O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 17 de dezembro de 2011

Antes que seja "atacado", falo de Maxi!

 ●  19 comentários  ● 
Prevendo os ares de superioridade de alguns "bloggers" (e descansem, não falo dos que aparecem no painel de comentadores), permitam-me falar do caso de Maxi.
Fico extremamente satisfeito pela renovação do lateral direito Maxi Pereira. O uruguaio é um exemplo de dedicação e profissionalismo. Um jogador "à Benfica", ao fim ao cabo. Devo também felicitar LFV por esta manobra. Se bem que isso não invalida a opinião, fundamentada, que este dossier podia e devia ter sido resolvido muito antes. Pois no momento em que foi, tivemos de contar de certo com a vontade do jogador em si.
O preço desta operação não sei ao certo qual foi. Se mete os cinco jovens uruguaios, não sei. Se é favorável ao Benfica, logo veremos. O que sei é que o lateral fica. E isso é o importante! Também será importante, e espero que LFV tenha seguido esse caminho, dado o retardar da operação, que o Benfica tenha ganho em Paco Casal um aliado. Já aqui o tinha referido. Ter um "ponta de lança" no mercado sul-americano como Casal é muito importante e dá-nos vantagem num mercado tão atractivo e competitivo. Mas atenção: Casal é para ser um aliado. Se é para ficarmos reféns dele, não valia a pena a renovação!
Como tal, congratulo-me pela renovação, dou o mérito a LFV e fico descansado em relação à lateral direita. Agora, não custa a ninguém admitir que este processo podia e devia ter sido resolvido muito mais cedo, pois de certo isto implicou cedências a um empresário que não se pode dizer que tenha sido "um amigo" do SLB.
PS: Já com Aimar o caso muda de figura. O ónus será sempre do 10. Dividido entre o amor de sempre ao River Plate (à imagem de Rui Costa com o SLB) e o respeito, gratidão e carinho que sente pelo SLB, é normal que Aimar queira adiar o assunto até ao limite! E se ele optar por sair não devemos levar a mal! E se isso acontecer, devemos homenageá-lo à mesma!

Maxi renova por mais três anos

 ●  6 comentários  ● 

IMORALIDADES DO MORAL !!!

 ●  10 comentários  ● 
Normalmente tenho o feio hábito de comprar o CORREIO MANHOSO aos sábados, mais porque no caderno SPORT, tem lá uma página a nossa doce Leonor, sempre formosa e segura.

Mas como não há bela sem senão, também lá trás um  arroto de um tal Duarte Moral que, bolsando imoralidades  me faz rir de pena, porque o acéfalo não se dá conta que, dos 3 neurónios que ainda tem, pelo menos um ou dois, precisam de reparação urgente...e há por aí tanto Veterinário a precisar de trabalho...

Ladra-nos o canídeo no Cabreiro Manhoso de hoje, entre alguns latidos de circunstância isto:  " Delicioso o episódio em que a águia de estimação do Benfica se atirou a Luís Filipe Vieira durante a festa de Natal dos encarnados. Em resumo, já nem as águias amestradas se revelam de confiança e também elas não gostam das 'gaiolas', perdão, 'zonas de conforto' encarnadas. Ora bolas! Que ingratidão.

Mas  não há na Câmara de Lisboa, pessoal competente que o agarre e o conduza ao canil, para tratamento adequado???

É que, nas gaiolas de ferro e de diâmetro grosso, anda enjaulado o chulo da selva, que os do Ceportém escolheram para seu símbolo.

Se este IMORAL fosse ver o nosso estádio -
emporcalhando com as sua nojentas patas, o chão Sagrado do nosso Templo - verificava que a nossa ÁGUIA anda por lá à solta e faz exibições antes dos jogos para nosso deleite também à solta, ao passo que, o seu clube submisso se quiser mostrar o  chuloso símbolo, têm que o fazer numa jaula, como há bem pouco tempo fizeram.

Não sejam covardes. Façam como nós que somos corajosos, soltem também o chulo da selva, no vosso recinto desportivo!!!!

Por aquele Rio acima

 ●  11 comentários  ● 
Primeiro: aplaudo JJ pela decisão de colocar Nolito. Ao vê-lo jogar alegro-me, pois faz lembrar aquele jogador à antiga. "Fução" e com faro de golo! Parabéns a Garay pela "estreia". Por último, sublinho que este Benfica de ontem foi aquilo que eu e muitos outros pedíamos! Assertivo e combativo. Bem sei que não podemos marcar 5 golos a todo e qualquer adversário, porém a atitude é o que faz a diferença. Até podemos ganhar apenas por um ou até nem ganhar, mas saímos conscientes que a carne esteve no assador! JJ, por muitos defeitos que tenha, que os tem, se mudou algo no Benfica para melhor foi o nível de futebol! Dizer que é normal o Benfica "ser pragmático", criando duas/três chances de golo por jogo é descaracterizar aquilo que JJ fez nos últimos anos...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Benfica x Rio Ave: comentem em directo!

 ●  10 comentários  ● 
Fundamental ganhar este jogo para seguir na frente da Liga! E pressionar os nossos adversários que irão ter jogos difíceis brevemente.

Benfica x Zenit- Obrigação de passar (actualizado)

 ●  26 comentários  ● 
É uma equipa ao nosso alcance, logo passar é a nossa meta! Menos que isso será um mau desfecho!
Não retiro uma vírgula ao que disse! É incrível como se tolera a basófia em certas ocasiões do nosso treinador e agora eu faço uma afirmação mais do que lógica e dizem que eu é que tenho basófia! Todos nós vimos os embates com o CRAC e a mim parece-me que o Zenit está mais do que ao nosso alcance, logo não passar será um mau resultado! Não sei onde está a estranheza...
PS: Consta que Maxi já renovou! Ainda bem.
PS2: Burro Alves ao comentar sorteio disse que "salvo erro, o Benfica ganhou o grupo". Salvo erro, o Alves não deve saber que o Zenit ficou em 2º... Ou não sabe as regras de todo.

Somos benfiquistas...em qualquer parte do mundo!

Avatar
 ●  9 comentários  ● 
Caríssimos amigos benfiquistas,

Depois de algumas semanas do outro lado do mundo( e por isso pouco participativo no nosso blog), eis que estou de regresso à minha Lisboa e ao nosso Portugal.

Estar longe dá-nos sempre outra perspectiva das coisas. Até os falhanços do Cardozo parecem inevitáveis. Ansiamos por um chouriço de porco preto, por um bacalhau com batatas a murro afogado em azeite e acompanhado de um pão a estalar, por uma garrafa de um bom alentejano e pela companhia de alguém que saiba o significado da palavra...saudade!

Somos assim, os lusitanos. Quando estamos cá, apercebemo-nos de quanto podíamos fazer melhor, mas quando estamos longe, não há nada que nos pareça melhor que a nossa gente, a nossa terra!

Claro que absorver outras culturas mais civilizadas dá-nos outra vivência, outra realidade. E as há! Mas nós portugueses...há algo que mais ninguém tem.

Estava eu em Los Angeles a ver no meu portátil o jogo com o Marítimo quando um americano me pergunta qual era o jogo que estava a ver. Depois de lhe explicar, ele diz-me que conhece muito bem o Benfica. Afirma ser um 'amante do soccer' e que adora o futebol europeu e os grandes clubes como o Real Madrid, o Barcelona, o Milão,  Manchester United e o...Benfica! 

'From Lisbon, right?' - perguntou ele.

Depois continuou dizendo que adorava conhecer o Estádio da Luz e que não fazíamos ideia em como o Benfica é conhecido nos EUA. Fiquei espantado, mas ao mesmo tempo babado por um americano espontaneamente dizer tudo isto.

Ao andar pelas ruas de L.A. cruzei-me com uma loja de desporto. Lá encontrei camisolas do Real Madrid, Milão, Juventus, Man United, Liverpool e ...Benfica! Não resisti e perguntei ao gerente de quem era aquele equipamento e porque estava ali à venda. Ele respondeu tal e qual assim:

'It´s from Benfica, one of the great European clubs. From Lisbon, Portugal. We have it all!If it's a big club, we have it!'

Procurei mais clubes, mas só encontrei o Barcelona, o Ajax e o Bayern de Munique. 

Aí, resolvi sacar do meu REDPASS e mostrar-lhe. O homem ficou doido! E pediu-me para tirar uma fotocópia do cartão, para ter uma recordação de um 'benfica fan'!

É verdade, meus amigos. Podemos ou não concordar com o rumo do nosso clube, com as opções do treinador e do presidente...mas há algo que não muda:

o nosso clube é bem maior que todos nós. E isso é um motivo de grande alegria e orgulho.

Viva o Sport Lisboa e Benfica!!!!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

E começa a dissipar-se a cortina de fumo

 ●  17 comentários  ● 

Pais do Amaral falha garantias bancárias e deixa Liga Europa para a Sport TV

Presidente da Media Capital não fechou o acordo com a UEFA. O prazo limite esgotou-se na passada sexta-feira.

Miguel Pais do Amaral não terá entregue as garantias bancárias exigidas para ganhar os direitos televisivos da Liga Europa em Portugal, apurou o Diário Económico. O prazo limite estava definido para a passada sexta-feira, 9 de Dezembro, uma data que já sofrera uma prorrogação, a pedido do empresário.

O facto de não ter fechado o último passo do acordo com a organização europeia de futebol profissional deverá custar o contrato sobre os jogos da Liga Europa para as próximas épocas, mesmo tendo sido do presidente não-executivo da Media Capital a proposta mais elevada do ponto de vista financeiro. O Diário Económico questionou Pais do Amaral desde a passada quarta-feira, dia 7 de Dezembro, mas este escusou-se a comentários.

Tal como o Diário Económico já tinha avançado, a operação estava apenas dependente da entrega das garantias bancárias, mas perante a alteração das circunstâncias, a T.E.A.M, empresa responsável pela negociação e atribuição dos direitos televisivos da Liga Europa e Liga dos Campeões, deverá aceitar a proposta de Joaquim Oliveira, que se mantinha válida durante 120 dias. Resta saber se a reviravolta no processo foi uma decisão estratégica do empresário ou se Pais do Amaral não conseguiu cumprir a sua parte do acordo com a UEFA.

**************************************

Com papas e bolos...

Benfica visto à lupa...

 ●  12 comentários  ● 
O "Benfiquista a sério" brinda-nos com um comentário merecedor de melhor visibilidade. Com a devida vénia aqui vai:

Concordo em absoluto com o post, nomeadamente ao Witsel. pessoalmente, acho Witsel um jogador com qualidade mas um pouco lento. precisa de ser mais rápido a soltar a bola e de ser mais explosivo - pegar na bola e arrancar para a baliza e não para trás ou para o lado. o Witsel faz-me lembrar os cavalos das procissões que vão à frente das destas a abrir caminho a um ritmo de trote. o meio campo do Benfica precisa de um « cavalo» que vá a galope (com força e mudanças de velocidade).

Em relação aos alas Bruno César e Gaitan, penso que são duas adaptações.

Um clube como o nosso tem de ter especialistas e não biscateiros (habilidosos) em cada posição. o melhor Benfica do ano passado tinha dois especialistas: o Salvio e o Coentrão (que embora não sendo extremo), davam profundidade ao nosso jogo e o Cardosão agradecia com golos, à dois anos tínhamos o Di Maria na esquerda e o todo terreno Ramires.

Este ano temos o Bruno Cesar e o Gaitan que no ataque afunilam o jogo para o meio, indo de encontro à maior concentração de jogadores adversários perdendo inúmeras bolas sem conseguirem rematar à baliza e em termos defensivos são quase 0, deixando inúmeras vezes as laterais descompensadas surgindo sempre adversários sozinhos.

Penso que o nosso plantel está debilitado nas alas e a melhor solução seria jogar em 4x3x3 como joga a Alemanha (com 3 avançados puros - gomez, podolsky e muller, com um médio central mais defensivo (javi) e dois box-to-box que compensem as alas (aimar e witsel ou Amorim) e três avançados, sendo um mais fixo (cardozo) e os outros dois mais móveis que tanto se podiam encostar à linha como poderiam entrar pelo meio(Rodrigo, Nelson Oliveira ou Bruno César).

Também penso que tanto Melgarejo como Yartey poderão ser boas apostas. Mika para mim também deveria ser uma aposta para n.º 2 da baliza já que Eduardo (apesar de também gostar dele) ser muito caro para ser n.º 2 do titularissimo Artur (para mim a melhor contratação dos últimos 10 anos). para 3.º keeper apostaria em Oblak. fazia regressar Airton pois penso ser a melhor alternativa a Javi (matic não é 6)

Quanto a dispensáveis: Saviola (Rodrigo, Rodrigo Nora e Nelson Oliveira são mais novos com mais força física, velocidade, capacidade de arranque e mudanças de velocidade, Capdevilla (visto JJ tê-lo posto na reserva é muito caro para reservista), Jara (tentava uma troca com patito rodriguez), matic (apesar de ter boa técnica, não é 6 e para ser 8 penso que lhe falta velocidade e capacidade de explosão), Eder Luis e Filipe Menezes vende-los ou troca-los por um bom extremo direito ou defesa direito), Jardel por uma boa oferta 3 a 4 milhões (apesar de eu ter gostado dos seus últimos jogos), Emerson (não acho nada de especial, penso que contratar a um bom preço um defesa esquerdo de créditos firmados e apostar em Carole como alternativa).

Por ultimo o Maxi já deveria de ter sido vendido à um ano atrás pois vai sair agora a custo 0. para mim quem não renova, não joga.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Nelson Oliveira no Atlético?

 ●  13 comentários  ● 
Ainda é especulação de jornal (mas neste tipo de notícias este diário nunca falha por muito), mas merece reflexão! O que vos parece? A mim, a confirmar-se, parece-me novamente o queimar lento de mais um jovem promissor! Oliveira deve treinar-se, aprender e evoluir ao pé de jogadores do nível de Cardozo, Saviola ou Aimar. Deve fazer uma entrada progressiva na equipa, tranquila, em jogos com pouca pressão e deve ter uma sequência de chances. E as vocês, o que vos parece?

Discutindo agora a táctica e sobretudo Nolito

 ●  9 comentários  ● 
Cardozo será sempre um dos jogadores mais discutíveis do SLB. Uns argumentam com a frieza dos números, outros com a subjectividade das suas movimentações em campo. Ou falta delas. Ou estou algures no meio! Reconheço a importância vital de Cardozo no SLB, pois é um jogador que tem uma média de 0.6 golos por jogo desde que chegou à Luz. Porém, admito que estes números poderiam ser mais "redondos" se o paraguaio demonstrasse maior entrega e se fosse aprimorado ao nível do toque de bola! Algo da responsabilidade do técnico. E o 7 tem potencial para marcar mais. Muito mais!

Adiante. Creio que um dos casos mais discutíveis é mesmo Nolito. O espanhol, para mim, deveria mesmo ser titular! Porquê? Adiante o veremos. Já vimos que JJ não é grande apreciador de extremos, pois teve sempre muito poucos nos seus plantéis. E Gaitán não é um extremo, é um jogador tecnicamente evoluído, que encontra inúmeras soluções para os problemas. No actual Benfica, Aimar aparece como o vagabundo, meio nº10, meio 2º avançado. Depende dos momentos do jogo, mas o seu raio de acção é amplo demais para o vermos só como o jogador que apoia Cardozo. Bruno César e Gaitán não são extremos, são médios interiores quando muito. Não vão à linha de fundo e derivam muitas vezes para o meio. O losângo, portanto. Aposta nas mudanças de flanco e no carrossel para abrir brechas na defesa contrária. E, ocasionalmente, um cruzamento à entrada do último terço! Ora numa táctica destas, a meu ver, a chave muitas vezes passa pela velocidade e andamento impostos pelos laterais contrários, que tentam aproveitar as marcações movidas aos nossos médios para "furar". Isto implica que os centrais estejam concentrados e o tandém do miolo (Javi/Witsel) sempre pressionantes. O problema é que os nossos médios afunilam o jogo em larga medida, com Bruno César a ter dificuldades em entrar, preferindo conduzir a bola pelo meio, como tão bem faz. E Emerson é limitado. Tecnica e tacticamente. É aqui que Nolito fazia a diferença enquanto foi titular. Oferecia duas coisas: velocidade, à linha e na interior esquerda, e olhos sempre na baliza. Nos Barreiros, para Liga, o golo em boa parte é dele. E é um lance de marca registada: nunca desiste, fura, aos solavancos, mais leva a bola até lá! Muitas vezes vemos isto do espanhol. Como Emerson não sobe a preceito, boa parte do ideário táctico esvazia-se! E Nolito traz velocidade ao flanco. Com Maxi, que anda sempre numa roda viva à direita, isto não acontece, o uruguaio aplica velocidade à ala. A meias com Witsel, por vezes. Deveria o ex-Barcelona ser titular indiscutível? Talvez não. Mas jogos em que o Benfica deva forçosamente aplicar o máximo de velocidade sobre a bola e largura de terreno, Nolito é o homem! E como bónus: marca golos! Daí em não perceber bem o seu desaparecimento do 11. Do lado direito, teremos (?) Perez. Que no plantel que tem de ter a mesma função que Nolito. Ser solução para abrir os jogos, ou de início ou no decorrer do mesmo!

É óbvio que se JJ não gosta de ter extremos, em Janeiro não será uma posição a ser revista. Como tal ter Nolito e Perez será suficiente. Isto é, se o argentino recuperar a 100% e se deixar de ser parvo. Mas convém que o treinador prepare os jogadores para serem peças fundamentais no ataque à 2ª metade da temporada. Cada vez mais as equipas pequenas se vão fechar para "ganharem o pontinho" e o cansaço vai-se acumular.

Por falar em flanqueadores, temos dois emprestados que podem acrescentar muita qualidade ao plantel: Melgarejo, que tem marcado golos e acumula excelentes exibições em Paços de Ferreira, e Yartey, o fantasista do Servette. E se LFV quer combater a crise que se avizinha, estes dois jovens estão prontos! Para o flanco esquerdo temos soluções por muito tempo, creio. É só JJ acreditar, que de certeza consegue fazer deles bons jogadores.

Não, não assobio. Nunca o fiz, mas já vociferei muito

 ●  24 comentários  ● 
E continuarei a fazê-lo.

Vermelhusco, se calhar já fui a mais jogos na Luz e já gastei do meu bolso para ir a mais jogos fora da Luz que alguma vez o meu companheiro irá fazer. Seguramente que não é por assobiar, não é para assobiar e se o fosse não era que fazia de mim menos benfiquista que tu ou qualquer outro.

NÃO ACEITO LIÇÕES DE BENFIQUISMO DE NINGUÉM. Que fique claro.

O que pretendo que os leitores do NGB percebam é que os defensores acérrimos do individualismo (uma marca do Benfica de Vieira) não podem esconder-se atrás da vitimização dos seus apaniguados para poder reclamar o tamanho do seu benfiquismo.

Desde a entrada do Vieira no Benfica, assobiar um jogador - ou seja reclamar que ele faça mais e melhor - virou um comportamento anti-benfiquista. O que está correcto nos dias que correm é aceitar que mesmo de forma displicente... se é assim é porque é o melhor que pode fazer.

Do presidente aos jogadores, instalou-se a cultura que se pode fazer toda a merda, que se for comunicada com boa intenção... então os sócios têm o dever de comer e calar em nome do bom benfiquismo. TRETAS, é o que é.

O Cardozo tem obrigação de fazer bem mais na minha opinião. E quando digo bem mais não me refiro á quantidade de golos marcados, mas sim à sua importância na manobra ofensiva e defensiva do Benfica. E mesmo ao número de golos marcados, sim.

Se há coisa que todos falam é do Benfica demolidor, do rolo compressor bla bla bla. E numa circunstancia dessas com assistentes como DiMaria, Coentrão, Ramires, Aimar, Saviola, Witsel, etc. temos que exigir mais entrega ao Cardozo.

Um jogador que desiste dos lances, que passa a vida a reclamar, que aproveita as oportunidades para se encolher e pedir faltas no chão... não pode livrar-se de umas reprimendas do terceiro anel. SEMPRE FOI ASSIM... E SEMPRE SERÁ SE O VIEIRA NÃO MATAR O BENFIQUISMO.

Se é assobio, ou manifestação verbal, isso para mim é «peanuts». Era o que faltava um jogador profissional que não faz mais nada na vida e recebe mais num mês que muitos de nós numa vida, viesse com a TANGA que joga mal porque o publico assobia. Se é assim, não tem estrutura mental para jogar no Benfica.

Oiçam os relatos de grandes jogadores como Humberto Coelho, Coluna, Simões, Veloso, etc. e percebam o respeito que eles tinham pelos sócios do Benfica, pela sua exigencia e intransigência. SEMPRE FOI ASSIM!

Nunca chegou aos benfiquistas que um jogador andasse ali a fugir dos defesas com medo de se aleijar e depois marcar um penalty, um livre ou empurrar uma bola para mudar tudo!!!!

Se quiseres, os benfiquistas querem ou preferem jogadores como o Rodrigo ou Nelson Oliveira que, com outras características é certo, correm lutam, envolvem-se, recuperam as bolas, incluem-se nas manobras de ataque.

Quantos avançados já tiveram as oportunidades para falhar e melhorar que teve o Cardozo? Olha para o Rodrigo, para o Nélson Oliveira... se quiseres até o Saviola. Olha para as oportunidades de recuperar dos falhanços que têm esses e que são dadas ao Cardozo....

O Nolito saiu porquê? Porque houve um jogo em que deixou de jogar e marcar???? (Durante quase 10 jogos tinha melhor média de golos que o Cardozo, até... e saiu da equipa).

E o Rodrigo? Saiu porquê? Não que não estivesse a justificar... mas porque simplesmente o Cardozo tinha que entrar.

E o Nelson Oliveira? Passa meses sem jogar, sem entrar em campo sequer e depois dizem que marca poucos golos ou que não concretiza quando ele joga um jogo, desgarrado e sem os habituais titulares e querem dele em 45min o que o Cardozo não faz em 50 x 90min.

TODOS MERECEM oportunidades. Do Cardozo aos demais... mas nenhum está imune à nossa exigência, nem pode estar.

ISTO FAZ LEMBRAR O TEMA DO ROBERTO O ANO PASSADO! Todos alegavam mais
oportunidades e compreensão para o Roberto. Curiosamente, este ano todos percebem o quanto isso era ridículo e sem sentido perante a performance do Artur Moraes.

Outro bom exemplo é a NÃO-RENOVAÇÃO DE MAXI PEREIRA. Para muitos isto pode ser normal, compreensível, culpa do Paco Casal, etc. O que é certo é que o camião de juniores uruguaios já chegou à luz e o Benfica continua com um dos seus melhores jogadores já em situação de assinar livremente por outro clube. Já sei, temos que compreender e não podemos reclamar com o Vieira senão não somos bons benfiquistas...

Em defesa do nosso Tacuara!

 ●  13 comentários  ● 
Não sabia que fazias parte do gangue do assobio ó soubenfica!

E acho deliciosamente irónico que não queiras comparar o Cardozo com o Néné porque o gangue do assobio também não podia com ele porque o homem não gostava de andar com o equipamento sujo!

Quanto a este ano a razão para o menor rendimento de Cardozo é muito simples: o Benfica não está a jogar com extremos puros (Nolito no banco e Enzo Pérez lesionado) e como o Emerson não tem vocação ofensiva o único jogador que municia o Cardozo na área é o Maxi Pereira de tempos a tempos!

O Cardozo é um jogador como o Jardel original: necessita de quem lhe municie para valer alguma coisa. Se o vão avaliar pelos mesmos parâmetros porque avaliam o Aimar ou o Bruno César então obviamente que fica mal na fotografia. Mas analisem esses dois em termos de golos marcados, poderio físico, capacidade de desmarcação na área e veremos quem fica pior na fotografia...
Com dois jogadores nas alas que flectem para o meio o jogo que sobra para o Cardozo é muito menor do que era em épocas anteriores.

E quanto á falácia de ter pouco golos para o número de jogos vamos rever a sua história um pouco

Jogos(golos) Liga Sagres Liga dos Campeões da UEFA Taça UEFA/Liga Europa UEFA Taças Nacionais (Liga, Portugal e Super) Total
2007/2008 29 (13) 8 (3) 3 (1) 5 (5) 45 (22)
2008/2009 26 (17) 0 (0) 3 (0) 5 (0) 35 (17)
2009/2010 29 (26) 0 (0) 12 (10) 6 (2) 46 (38)
2010/2011 22 (12) 4 (1) 8 (4) 8 (6) 42 (23)

Na primeira época, completamente inadaptado pegou de estaca e marcou mais de 20 golos. Nada mal para uma primeira época de adaptação.

Na segunda temporada, Quique Flores embirrou com o jogador e mal o pôs a jogar até o Benfica ter todas as competições perdidas. Mesmo assim conseguiu 17 golos para o campeonato.

No terceiro ano, adaptado á realidade europeia e com jogadores que o serviam em condições como Di Maria, Coentrão, Maxi e Ramires finalmente atingiu os números que se esperava dele: 38 golos! Curiosamente foi nesta época em que Di Maria também atingiu um número absurdo de assistências, assim como Coentrão ou Ramires. Coincidência? Ou enquadramento perfeito dos jogadores segundo as suas características?

A época passada foi mais mal sucedida porque afinal de contas "só" marcou 23 golos. Coisa pouca. Isto apesar de ter feito menos 7 jogos para o campeonato e 4 para a Liga Europa muito por culpa de lesões e de falta de férias por causa do Mundial.

Este ano, com uma equipa que não joga para ele ainda assim leva 11 golos em 18 ou 19 jogos. A razzão para um provável sub-rendimento para mim não reside numa atitude displicente do jogador (não vejo mudanças na sua atitude comparado com épocas anteriores) mas sim numa equipa montada de forma diferente por Jesus com aquilo que considero alguns equívocos tácticos mas isso é matéria para outro post.

O terceiro anel meu caro soubenfica, só tem uma coisa a fazer: aplaudir e apoiar o homem durante os 90 minutos. Defendê-lo incessantemente de qualquer ataque de antis e avençados sobre ele. Não é por pagarem bilhete e quotas que têm o direito de assobiar o jogador! Para mim atitudes de lagarto é queimar e criar inimizades com os jogadores que defendem a própria equipa. Tornar um ambiente tão insuportável que o jogador só quer sair do clube.
Não se paga bilhetes e quotas para isso! É para apoiar o clube e criar o Inferno da Luz para os nossos adversários e não para os nossos.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Respeito por todos. Endeusamento? Só para alguns

 ●  13 comentários  ● 
Li com atenção o pedido de respeito pelo Cardozo. Em tese parece-me que podia ser feito por Capdevila também, ou por Mika, por David Simão ou Eduardo. Por Jardel ou Ruben Amorim... enfim, acho que qualquer jogador que represente o Benfica é merecedor de respeito. PONTO FINAL!

Confundir desrespeito com manifestação desagrado pelos sócios em virtude da atitude displicente com que o Cardozo nos brinda com regularidade é que me parece desajustado.

Em números gerais estamos a falar de um jogador com quase 200 jogos pelo Benfica, como disse um leitor se calhar deve ter fazer mais de 50 consecutivos ou perto disso por época. Ou seja, tem tido lugar cativo na equipa de há cinco anos para cá.

188 jogos em 4 anos e meio são qualquer coisa como pouco mais de 40 jogos por ano e cerca de 25 golos. Em média o Cardozo precisa de dois jogos para marcar um golo, numa equipa que tem um caudal ofensivo que todos dizem ser demolidor.

Bom, pelos vistos não é assim tão demolidor na hora de concretizar porque se são precisos dois jogos para marcar um golo...

O que quero dizer é que o Cardozo enquanto tiver aquela atitude passiva em campo, nem sempre mas muitas vezes, jamais terá a compreensão do terceiro anel. Isso não quer dizer, e é importante que se destaque, que o Cardozo não tenha o respeito.

No que me diz respeito, posso levar-me como exemplo. Respeito o Cardozo como respeito o Javi ou o Luisão ou qualquer outro. Mas não consigo aceitar a atitude, a displicência e falta de espírito guerreiro que caracterizam o Benfica e que construiriam a nossa história.

É facil dizer que é o que marcou mais golos, porém esquecemo-nos que infelizmente demos oportunidades a poucos para cá ficar 5 anos. Parece-me tremendamente injusto dizer que avançados como Van Hooijdonk ou João Tomás ficariam atrás de Cardozo. Colocar o paraguaio ao nível do passado de Águas, Torres, Nené ou o Rui Águas ou mesmo Magnunsson... parece-me tremendamente injunto para estes.

Como provam as transferências recorrentes no mercado do futebol, se o Cardozo fosse esse jogador de topo que alguns querem fazer dele, como o Jesus (possivelmente em missão de promoção e venda do jogador mandatado pela SAD), seguramente que não seria em Portugal que o Cardozo passaria 5 anos.

Não quero com isto dizer que o Cardozo é mau jogador, que deva ser mandado embora ou que não mereça o nosso respeito. Antes pelo contrário. Vou repetir: Antes pelo contrário.

Agora, dizer ao 3º Anel que são uns bandidos por assobiarem determinado jogador e que isso é faltar-lhe ao respeito, é desconhecer a história do Benfica. É desconhecer o que ia na cabeça dos jogadores que formaram o nosso passado glorioso e que sempre respeitaram em campo esse exigente e muito envolvente 3º anel.

Curiosamente, parece que se inverteram os papeis. O 3º anel é que tem que compreender os jogadores, que são pagos pelo 3º anel, para defender... o 3º anel. Estranho, no mínimo.

Não será nunca a estatística que irá mudar nada disto. O que mudará é esta malta que pede que um golo ou conjunto de golos valha aos jogadores algum crédito de exigência e lhes permita a passividade, falta de entrega ou atitudes desrespeitadoras.

O Benfica não é isso nem nunca mais vai ser. Se querem isso vão ali para o outro lado da segunda circular.

Respeito por Cardozo - Essencial

 ●  14 comentários  ● 

 Golos de Cardozo em Portugal
Liga
117 jogos – 75 golos

Taça de Portugal
12 jogos – 10 golos

Competições europeias
47 jogos – 23 golos

Taça da Liga
11 jogos – 3 golos

Supertaça
1 jogo – 0 golos

Total
188 jogos – 111 golos (média de 0,6 golos/jogo)


Tendo em conta a importância de Cardozo nos últimos anos no Benfica acho que é uma tremenda injustiça a contestação do gangue do assobio ao paraguaio. Basta olhar para os seus números para ser óbvio como é importante no Benfica e não é por surgir um jogador mais entusiasmante como Rodrigo que justifica o péssimo comportamento de muito adepto e sócio benfiquista face a Cardozo.


Sim, pode ser exasperante com a sua lentidão e incapacidade de jogar com o pé direito. Eu próprio passei o jogo todo com o Marítimo a insultá-lo mas no fim quem é que resolveu??


Se o ano passado, durante toda uma época os benfiquistas protegeram Roberto, apesar das evidentes lacunas e erros que custaram pontos e títulos. Não merecerá Cardozo o mesmo nível de protecção após tudo o que fez e já deu ao clube?
Ou então comparem os seus números com o do último grande goleador do Benfica: Nuno Gomes. Quantos jogos, quantas épocas demorou este a alcançar a marca dos 111 golos pelo Benfica?

Para além disso, Cardozo é um jogador que ainda pode ter pela frente muitos anos no clube ao contrário de Rodrigo. Não só porque é menos vistoso, logo atrai menor interesse de clubes com maior poderio financeiro mas também porque já tem 28 anos!

Fará algum sentido atacar e deitar abaixo um dos jogadores mais importantes do Benfica nos últimos anos apenas porque não se gosta do seu estilo de jogo? Tudo o que benfiquistas que o assobiam conseguem é abalar o estado anímico do jogador, diminuir o seu rendimento. Tendo em conta a sua preponderância na equipa isso é totalmente contraproducente e pode afectar seriamente o rendimento ofensivo da equipa. Numa altura em que o rendimento ofensivo da equipa já é baixo, assobiar Cardozo é um RISCO sobre a capacidade da equipa em continuar a ganhar. Ou alguém acha que um Cardozo com a confiança em alta falhava aquele golo contra o Marítimo?


Se o ano passado se aplaudiu e protegeu um jogador que prejudicou o Benfica este ano os Benfiquistas têm a OBRIGAÇÃO de proteger um jogador que já deu muito ao clube. 
E quem não consegue ultrapassar o seu gosto por brincas-na-areia face aos números e deixar de assobiar um jogador cujos números não mentem então esse alguém que assobia Cardozo no estádio pura e simplesmente não merece ser chamado de benfiquista pois está a queimar um homem que defende o clube e um homem essencial para a eficiência ofensiva da equipa.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Para os que são bons em estatísticas

 ●  14 comentários  ● 
Que tal investigarem, desde 1993, quantas vezes o Porto jogou «com as sobras» do Benfica e quantas vezes o Benfica teve o favor da Liga de jogar com os adversários que antes tinham jogado com o Porto - beneficiando assim do respectivo cansaço, mazelas e cartões/castigos.

Marítimo x Benfica- O que vale esta descolorida vitória!?

 ●  18 comentários  ● 
Perante o jogo de ontem, os benfiquistas devem ser razoáveis. Para o melhor e para o pior!
Em primeiro lugar, destaque-se o facto do Benfica, à 12ª jornada, já ter "despachado" as idas ao Porto, Braga, Nacional e Marítimo. E também já recebeu o Sporting. E em 15 pontos faz 11, o que é francamente positivo! Já o FCP, o mais directo rival, ainda não visitou Braga, os Barreiros, a Choupana, a Luz e Alvalade! Ao Sporting, falta Braga, a Choupana, os Barreiros, Braga e Dragão. A nós, das deslocações teoricamente difíceis, temos apenas Alvalade e Guimarães. Bom, isto vale o que vale, mas é significativo. Indica que sobrevivemos às mais complicadas tempestades da Liga!
De positivo, a sublinhar a enorme disponibilidade física de Javi Garcia. E a sua voz de comandante! Aimar continua fresco (tem mesmo que renovar) e Jardel tem feito um belo trabalho a substituir Luisão! E em 4 jogos consecutivos, nem podemos dizer que o "Girafa" tem sido lembrado muita vez. E nesses 4 jogos, em três não sofremos golos! Muito bom. E Witsel, jogue bem ou menos bem, quero crer que é o nosso melhor jogador! E quando saiu ontem, ficamos imediatamente expostos ao Marítimo. É fulcral no actual Benfica e demonstra que no ano passado foi um erro jogar com Javi a solo no miolo!
De negativo. Foi mais uma exibição desprovida de alma, na linha das últimas. O colectivo foi incapaz de funcionar e o afunilar do jogo constante! Não raras as vezes vimos Bruno César a conduzir a bola da direita até ao centro ou Aimar a tentar furar com toda a gente concentrada a meio. Emerson continua a ser uma unidade a menos, não desenvolve, tem medo e não sobe a preceito! E à 12ª jornada, Cap só alinhou por uma vez. E tem que se dizer, para o espanhol não jogar é porque tem de ser mesmo mau! Pior que Luís Martins. E Nolito tem de forçosamente jogar mais de início. Cardozo marcou o golo da vitória, mas até aí tinha sido nulo e prejudicial quase. Mais banco não lhe faria mal! E de destacar ainda outro facto: criamos poucas oportunidades e marcamos poucos golos. Nos últimos 7 jogos, marcámos apenas 7 golos. O que me parece pouco. Melhorámos a consistência defensiva, mas marcamos pouco.
Resumindo e baralhando. Não podemos alinhar no discurso negativista, pois passámos obstáculos difíceis e sobrevivemos, ganhando pelo caminho muito dinheiro e um ou outro jogador (Jardel). Mas não podemos ser ingénuos ao ponto de dizer que está tudo bem, que tem sido brilhante. Perdemos a Taça (e sim, a Taça é muito importante) e continuamos a jogar um futebol muito cinzento. Tem chegado até aqui, mas chegará ao fim? E se muitos criticavam o futebol da equipa de Trap, este actual também não pode estar imune à crítica. E com recursos mais vastos! Ou seja, o copo não está nem meio cheio, nem meio vazio. Está meio.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Muito Fraquinho

 ●  22 comentários  ● 
Que comentem os nossos leitores... da minha parte, achei (como tem acontecido há uns tempos para cá) um Benfica muito fraquinho.

PS- O Capdevila deve ter cometido um crime muito grave para não poder jogar no lugar daquele sofrível e medíocre Emerson.

Anti-Benfiquismo- Tréplica I (continuação)

 ●  18 comentários  ● 
Caro Fernando Manso: A ignorância que revela do que fez Filipe Vieira contra o “sistema” demonstra a falta de fundamento das suas conclusões e de solidariedade para com o Presidente do seu clube. Filipe Vieira foi intensamente caluniado, por vezes implicitamente, na comunicação social que, como é habitual, o colocou ao nível dos vendedores de fruta, foi intensamente investigado por autoridades várias, foi vítima de assalto à sua residência, foi acusado de traficante de droga, precisamente por, “ingenuamente”, ter denunciado o sistema. Depois do corajoso Vale e Azevedo que, acredito, ainda hoje está a pagar, também por isso, e muito antes de Dias da Cunha, foi ele que se bateu sozinho contra “o sistema” apresentando no Ministério Público uma pasta de origem anónima com, alegadamente, denúncias de corrupção no futebol, eventualmente, acredito, despoletanto a investigação que veio a dar lugar ao processo do Apito Dourado. Entendeu-se com o valente Dias da Cunha elaborando em conjunto um manifesto para o Futebol Português centrado no combate à corrupção. Dias da Cunha foi corrido do Sporting mais que depressa, segundo ele, traído pelo seu Vice, Soares Franco, o qual adotou de imediato uma política de colagem ao “Imperador do Norte” que, alegadamente, teve a desvergonha de lhe dar roda de bêbedo, “comendo-lhe” também a ele, as papas na cabeça, como aliás já tinha feito com Damásio, um homem de boa-fé!


Afinal, por onde tem andado V.Ex.ª? E como é que, nesta conjuntura, tem o descaramento de culpar o Presidente do seu clube pela míngua de títulos? Uma das diferenças entre o Benfica e o Porto é que, enquanto os adeptos do Porto, em caso de infortúnio do seu clube, apoiam incondicionalmente o seu Presidente e seguem as suas orientações, muitos de nós, porque “somos superiores”, desatamos a atacar os dirigentes do nosso clube, insultando-os e exigindo-lhes, o que, só à Justiça compete.


Enquanto isso, acredite - e posso demonstrá-lo -, houve quem, em silêncio, o defendesse perante a alegada manipulação difamatória de alguma comunicação social.


Capichi?


Caro Cabau: Permita-me um aparte: Tive um colega com o nome de Cabau, antigo jogador do Oriental (que me chegou a “sugerir” o ingresso nesse clube) e que não vejo há muitos anos.


Não leve a mal mas, talvez por distração, não se tem apercebido das numerosas iniciativas de Filipe Vieira, ou não se apercebe da importância delas no fortalecimento do nosso Benfica.


Reservarei uma crónica sobre esse tema dedicada a si e a outros Benfiquistas céticos, porque é uma matéria relativamente extensa. Permita-me entretanto adiantar desde já que, quer a Fundação Benfica, quer a Benfica TV, têm uma importância vital para o fortalecimento do clube, aproximando-o de todos os adeptos de todos os continentes e lançando as raízes do Benfiquismo profundamente e profusamente entre os jovens mais desfavorecidos, dando cumprimento à sua matriz popular de que tanto nos orgulhamos. Afinal já ouviu dizer que o Benfica é muito mais que um clube de futebol, não é verdade? Pois é, o Benfica, acima de tudo, é uma escola de valores, é uma escola de vida. É esta a mensagem central de Filipe Vieira. Poderia, é verdade, ter optado por oferecer chocolatinhos aos Senhores árbitros ou dedicar-se ao aconselhamento matrimonial aos pais destes. Certamente teria garantido mais títulos para o nosso clube. Eu, porém dispenso.


Contudo, não o censuro por preferir a mudança. Desde que seja para melhor, também eu estou consigo.


Caro Red Sniper: Ora aí está uma das coisas que todos nós, sócios do Benfica, devíamos fazer, conhecer os Estatutos do clube.


Caro Jedi: Também eu já te vi fazer muito melhor.

Agora um extra: BEM-VINDO RICARDINHO; UM GRANDE ABRAÇO DE GRATIDÃO.


E Por hoje fico por aqui,

Um abraço a todos,


Continua,

Pobre desporto Tuga

 ●  15 comentários  ● 
Haverá país na Europa onde o Desporto sirva de albergue a tantos parasitas como em Portugal? Dos dirigentes aos árbitros, do Hoquei ao Basket, passando pelo Futsal e, claro, o futebol... este país de incultos vira-se ao desporto para enriquecer gente que parece multiplicar-se todos os dias.

A qualidade do desporto praticado roça o sofrível. Ainda ontem vi dois candidatos ao título de futebol a jogar e, por amor de Deus, que mediocridade. Em Espanha talvez desse para lutarem pelo 5 ao 8º lugares com o Sevilha, o Osasuna e o Atlético Madrid.

No dirigismo, já tivemos de tudo. De escutas óbvias onde fica demonstrada a forma como se compram e influenciam desde resultados, até ao «assassinato desportivo» de jogadores, árbitros e dirigentes. Mas a justiça desportiva é controlada por esses mesmos corruptos... e a justiça civil é um emaranhado de interesses onde os mais fortes acabam sempre por escapar.

Pelo caminho, isto parece que não é estranho para ninguém... e lá vai o poder da Liga para a FPF... com os mesmos actores a transitarem de um sítio para outro. Inacreditável.

Mas o mal não vai só no futebol, olhamos ao futsal e o mediatismo desta modalidade já leva a voz dos treinadores, principalmente, a manifestações vergonhosas de «choradinhos» ao ponto que os erros de arbitragem começam a ser o que mais influencia os jogos entre Benfica e Sporting. Ainda ontem, mais dois erros CLAMOROSOS da arbitragem, ditaram um empate que manteve o Sporting perto do Benfica. O Sporting tenta fazer valer a presença histórica para ganhar ascendente nas decisões fora de campo... tentam ser o "Porto do Futsal".

No Hoquei... bom, no hóquei não valerá a pena descrever. Possivelmente será dos poucos desportos em Portugal que consegue bater a vergonha do futebol, em matéria de corrupção dos árbitros e da FPP. Inacreditáveis decisões, chocantes favorecimentos e... claro, as equipas vão desaparecendo e as que aparecem vão «virando a norte»... o título vai sempre para os mesmos há mais de 10 anos.

O Basket vai ficando a meio caminho entre as movimentações obscuras e os momentos de verdade desportiva. Isto porque a precisão do desporto em causa, muitas vezes faz cair por terra muitas das estratégias de bastidores.

A par do Futsal, o Andebol tem vindo também a ver a intervenção cada vez maior de factores externos ao desporto... e, como em todos os casos, começa a perder o interesse dos adeptos, com cada vez os pavilhões mais vazios. Naturalmente, o caminho é o mesmo do Hoquei... começam a desaparecer equipas e a sobreviver as do Norte.

O Volei, curiosamente naquela onde o Futebol Clube do Porto não está, ainda vai dando gosto ver os jogos dos históricos Espinho, Castelo da Maia, Guimarães e Benfica, sempre desafiados por emergentes como o Fonte Bastardo.

E podiamos continuar. Mas o panorama é cada vez mais triste e vergonhoso. Os adeptos estão cada vez mais distanciados do desporto, mas curiosamente há cada vez mais gente e viver dele e a enriquecer de forma crescente.

Longe vão os tempos dos Domingos de Desporto com idas aos Estádios e Pavilhões durante a tarde, com mulher e filhos para uma tarde em família com diversão. Agora, o melhor que conseguimos num miserável jogo de futsal é ver chegar à Luz 10 carrinhas do corpo de intervenção para o que devia ser «apenas» um jogo de futsal entre duas grandes equipas... mas não, é um «jogo de alto risco» e por isso vetado a uma tarde em família ou à companhia das crianças.

Este é o resultado de um dia alguém ter achado relevante entregar o desporto aos tais «profissionais», um slogan tão usado pelo Fernando Gomes (ex funcionário de Joaquim Oliveira e ex dirigente do Porto), mas também pelo Luis Filipe Vieira.

Os tais profissionais, os fabulosos gestores, transformaram isto no negócio de alguém que não é o nosso. São milhões que circulam de mão em mão num momento economico onde as famílias vêem governantes pedir cada vez mais austeridade e as economias estão cada vez mais recessivas. Mas que parece que nada disso interessa para o desporto nacional que parece viver numa economia paralela onde os adeptos são apenas meios para atingir um fim: O ENRIQUECIMENTO.

ranking