Novo Blog Geração Benfica
O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 22 de junho de 2018

Bem vindo Cristian Lema!

Avatar
 ●  + 1 comentário  ● 

Obrigado Rui Costa por mais esta contratação.
"Cristian Lema. É este o nome do mais recente reforço do Benfica para a temporada 2018/19. O central argentino, oriundo do Belgrano, assinou contrato válido por cinco épocas.

"Espero primeiro uma boa adaptação. Quero adaptar-me bem ao que é o Clube e ao que é o grupo para poder render da melhor maneira. Tenho muita vontade. Para mim, é um salto muito importante na minha carreira. Fiz uma boa época, num campeonato difícil e estava à espera de uma oportunidade como esta. Quando surgiu, tomei a decisão com a minha família, que ficou muito contente", afirmou o defesa de 28 anos (24.03.1990), em declarações à BTV." - SL Benfica.


Ponto de situação: Sport Lisboa e Benfica

Avatar
 ●  + 101 comentários  ● 


Até agora contabilizam-se as seguintes entradas:
Vlachodimos, Ebuehi, Germán Conti, Yuri Ribeiro, Matos Milo, Erdal Rakip, Chiquinho, João Amaral, Nicolás Castillo e Facundo Ferreyra.

Fala-se que Cristian Lema vai assinar nas próximas horas.

Quanto às saídas: 
Paulo Lopes, Eliseu, Douglas, Jimenez, João Carvalho e Diogo Gonçalves.

Jogadores para vender até 30/06:
Salvio, Pizzi, Grimaldo, Lisandro e Seferovic.

Jogadores que deveriam ficar mas que estão em "perigo" de venda:
Ruben Dias, Samaris e Zivkovic.

Outras situações:
Luisão: O jogador mais caro do plantel. Não se compreende porque até agora não foi anunciada a sua dispensa. O rendimento desportivo já não tem qualquer interesse para o clube. Financeiramente é um peso enorme. 3.5M/ano é demasiado. 

Jonas: O terceiro mais caro do plantel. Problemas físicos que se têm agravado no último ano e meio e a caminho dos 35 anos. Com as contratações que o SL Benfica tem feito e parece ir continuar a fazer, Jonas não terá o mesmo espaço. Talvez a melhor solução seja mesmo uma saída consensual entre jogador e clube. Talvez agora a China seja a opção natural.

Guarda-redes titular: Entretanto ja vi alguns vídeos do Vlachodimos. Confesso que não fiquei entusiasmado. Acho que vamos continuar com o mesmo problema na baliza. Precisamos de um GR com um perfil mais interventivo e seguro.

Svilar:
Querer fazer do belga um GR de futuro obriga a que ele jogue. Não sei se todos se aperceberam que ele chegou ao SL Benfica sem ter feitos jogos como profissional. Para ser um GR de qualidade, precisa de ganhar experiência. Ocupar a baliza do SL Benfica não é tarefa simples. Ou entra e segura o lugar com qualidade ou não tem possibilidade de ficar. Manter este miúdo no plantel principal mais um ano é cortar o seu crescimento. Ele precisa de aprender.

Entre Luisão, Salvio e Jonas temos 10 milhões de euros/ano só em vencimentos. 

Estamos a dia 22/06 e começa a ser preocupante a quantidade de situações por resolver no SL Benfica. Entretanto, as entradas não páram.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Júlio Magalhães e Porto Canal: indignos

Avatar
 ●  + 85 comentários  ● 

«A Entidade Reguladora para a Comunicação Social entendeu “reprovar veementemente” o Porto Canal por tornar públicas práticas inaceitáveis nas competições desportivas por parte do Benfica.

E como chegou a ERC a esta original e até criativa decisão, depois de uma queixa do Benfica? Simples, recusando que ao Porto Canal fosse concedido o direito de fazer prova, de ser ouvido, de argumentar, recuperando um estilo de decidir que se julgava erradicado do Portugal democrático.

Curiosamente, a decisão só não contou com o voto do conselheiro Mário Mesquita, que se absteve, ele que é o único que apresenta um currículo extenso e seguro como jornalista, o que não pode deixar de merecer registo.

As denúncias que a ERC entendeu agora “reprovar veementemente” deram início a uma revolução no desporto português, decorrendo atualmente diversas investigações por corrupção desportiva e não desportiva a elementos do Benfica, ou que estavam ao serviço do Benfica, estando inclusivamente um deles detido preventivamente.

O Porto Canal afirma veementemente que continuará nesta luta pela verdade desportiva no quadro do seu direito à informação. E, obviamente, irá impugnar judicialmente esta decisão indigna.

O Diretor Geral do Porto Canal
Julio Magalhães»
-------------------------------------------------------------

O director do Porto Canal falar em indignidade é uma coisa no mínimo curiosa. 
"Juca" Magalhães, que até convidado para ir a apresentações de livros ao Estádio da Luz já foi, é um expoente de um clube podre e cuja história é que é indigna e uma nódoa para o nosso futebol.

Lamento que o director do Porto Canal não se lembre de utilizar o termo indignidade quando:

- O campeonato nacional foi alargado 2 vezes no passado para evitar que o FCP descesse de divisão

- O FCP pagou à Agência Cosmos de livre vontade uma viagem ao árbitro Carlos Calheiros com o nome na factura de José Amorim, tendo depois alegado um erro 

- O árbitro Jacinto Paixão fez confissão de ter recebido ofertas do FCP para manipular resultados de jogos a favor do FCP

- Tudo o que as Escutas do Apito Dourado revelaram e comprovaram

- Como jornalista não tenha repudiado o episódio entre Pinto da Costa e Tavares Teles

Júlio Magalhães revolta-se por as autoridades não lhe permitirem continuar a revelar conteúdos ROUBADOS. Indignidade? Só para os outros.

Lamento que o director do Porto Canal não se importe com outras indignidades que envolvem o seu FC Porto:

- Centro de Estágio do Olival utilizado pelo FCP quase à borla, tendo custado quase 20 milhões de euros aos contribuintes portugueses

- Utilização do Estádio Jorge Sampaio, em Pedroso, a troco de uma renda simbólica

- Utilização regular do Pavilhão Municipal da Lavandeira sem pagar quaisquer contrapartidas financeiras 

- Complexo da Piscina de Campanhã com usufruto para o FCP, pagos pela CM Porto e pela CCDRN

Indignidade, caro Júlio Magalhães, é um canal como o Porto Canal não ter ainda apresentado lucros desde que o FCP lhe pegou. Só no último exercício(2016/2017), apresentou um prejuízo de 2,571 milhões de euros. 

Mesmo apesar do financiamento descarado que entidades públicas do norte do país fazem ao canal, que nos últimos anos já recebeu mais de 2 milhões de euros em dinheiros públicos, Júlio Magalhães teve a lata de escrever o comunicado acima.

Indignidade é o ladrão querer apontar o dedo a alguém.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

O futebolzinho de Fernando Santos no Portugal - Marrocos

Avatar
 ●  + 141 comentários  ● 

Talvez agora apareçam não sei quantos experts a justificar este jogo de Portugal. 

Talvez seja uma "estratégia" ser dominados do princípio ao fim pela poderosa Marrocos.

O que sei é que se Rui Patrício não tem estado em mais um grande dia Portugal não tinha ganho.

Como é possível que a estratégia de um campeão europeu possa ser marcar e depois entregar-se ao "encolhimento"?

Pode vir Fernando Santos agora desculpar-se ou até colocar nos jogadores a responsabilidade. Só que quem fez o 11 foi ele.

Rafael Guerreiro foi talvez o pior elemento. Errou imensas vezes, foi ultrapassado outras tantos e demasiado faltoso gozando até de alguma impunidade por parte do árbitro. 

E lá vou eu falar do Pizzi de serviço: Moutinho. Sem intensidade, campeão nos passes para o lado ou para trás, teve como única coisa positiva o centro para o golo. Foi pouco? Para a posição que ocupa no campo sim. Muito pouco.

No jogo com a Espanha a desculpa foi o esquema dominador dos espanhóis de posse de bola. Hoje já não é possível desculparem-se. Grande parte do domínio de Marrocos passou pela falta de intensidade e oposição dadas por Moutinho. William andou por ali sozinho. Não dá.

Também Pepe, além das palhaçadas habituais, anda à nora e foram várias as ocasiões em que estava ou na zona de Fonte ou fora da sua zona. Resultado? Problemas. Cada vez mais acredito que Ruben Dias faria uma dupla bem melhor com Fonte.

Depois Fernando Santos baralha tudo. Para acomodar certos jogadores, coloca Bernardo Silva na linha e no pé contrário ao que domina melhor, por exemplo.

Depois mete João Mário de início e qual a substituição que faz no jogo? Mete no seu lugar o jogador que substituiu. Fernando Santos anda baralhado, só pode. Ou então assumiu que erra nas suas opções.

Não acredito que com um futebolzinho destes possamos ganhar segunda vez. Tivemos toda a felicidade do mundo em França. Não podemos é esperar ganhar sempre da mesma maneira.

P.S.: A SIC que pegue no Manuel Machado dos comentadores e o deixe na Sibéria. Não há paciência para ouvir os comentários de João Rosado.

Portugal - Marrocos (com 11 inicial)

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 


Um jogo importante para ambos. 

Fernando Santos vai apresentar o seguinte 11:
Rui Patrício; Cédric, José Fonte, Pepe e Raphael Guerreiro; William Carvalho, João Mário e João Moutinho; Gonçalo Guedes, Bernardo Silva e Cristiano Ronaldo.

Sai Bruno Fernandes para a entrada de João Mário, mantendo a aposta em Gonçalo Guedes e Bernardo Silva.

Fernando Santos insiste em Moutinho, coisa inexplicável quando se tem um Adrien ou um Manuel Fernandes. 

Moutinho, por muito boa imprensa que tenha, tem um rendimento fraco para a posição que ocupa. Aliás, o jornalista Fernando Guerra descreveu bem a inutilidade de Moutinho após o jogo com a Espanha. Mas Fernando Santos é assim. Só muda quando se vê apertado como aconteceu no Euro 2016.

Também inclusão de João Mário não é muito compreensível quando se tem um Gelson. 

Seja como for, o necessário é vencer o jogo.

ranking

recentes

Mensagens populares