O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

30 de setembro de 2022

Ganhar em Guimarães... para azia das viúvas e das... amantes!

Avatar
| 12 comentários

Num dia o Domingos Soares de Oliveira é um gestor competente, noutro dia é um cancro dentro do SL Benfica.

Num dia Domingos Soares de Oliveira é um lagarto infiltrado, noutro dia “competência não tem cor clubística”.

Num dia o Virgílio Duque Vieira é a encarnação do diabo, noutro era o Presidente da AG que preferiram não enfrentar enquanto eram atropelados todos os requisitos de democracia no SL Benfica.

O que fica claro é que há gente muito incomodada com o SL Benfica a ganhar jogos.

Há benfiquistas que, para defenderem os seus pontos de vista, precisam de ver o SL Benfica a ser derrotado.

Pois a razão não vem com as derrotas do SL Benfica.

Nem precisam sequer de pagar um cêntimo para virem pesquisar os posts do NGB para depois reciclarem em “comunicados” a defender temas com que nunca se preocuparam.

Felizmente, o tempo deu razão aos anos em que quase sozinhos defendemos o SL Benfica do que lhe estava a ser feito.

Podem sempre ir novamente pedir emprego ao Rui Costa… talvez agora pegue. Por pena. 

Mas cuidado... sempre vi que as únicas que acabavam por ser cuidadas eram as viúvas. 
As amantes... geralmente ficam agarradas. É o preço de andarem a querer ser tudo.

Vamos lá é ganhar a Guimarães, mesmo com o irmão do Paulo Costa a inclinar o campo. 

São as vitórias do Glorioso que nos dão ALEGRIA!

27 de setembro de 2022

A seleção do Continente vai fazer o quê ao Mundial?

Avatar
| 96 comentários
Tem tido nas mãos dos melhores conjuntos de jogadores que Portugal já teve. 

É talvez dos treinadores mais fracos que alguma vez foi seleccionador. 

Corta as pernas aos jovens para agradar ao Mendes.

Agora beija as cuecas do Ronaldo, seu🤡.


A Mordaça do Sistema através do "especialista" Daniel Seabra, andrade

Avatar
| 27 comentários

Dentro e fora de campo a metodologia é a mesma: protege-se o FC Porto.

Como exemplificou muito bem hoje Mauro Xavier no título da sua coluna semanal no Record, a “Mordaça do Sistema” procura de todas as formas condicionar a liberdade de expressão dos benfiquistas nos órgãos de comunicação social e agora até nos programas de opinião.

A Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto também se juntou a este movimento que tenta proteger o FC Porto de ser exposto realmente como é.

A referida Autoridade, perante o sucedido no Estoril – FC Porto, em que um adepto do FC Porto proferiu insultos do mais nojento que há desde o primeiro minuto de jogo contra os adeptos da equipa adversária, resolveu penalizar os adeptos do…Estoril, por terem respondido às ofensas e provocações.

Quanto ao adepto que provocou os distúrbios e que estava acompanhado da filha, nada.

É esta “mordaça” que dá a impunidade ao FC Porto que os andrades tanto gostam.

A mesma “mordaça” fica mais evidente quando assistimos à SIC e ao Expresso que, quanto ao tema da violência no desporto, resolve chamar sempre o mesmo “especialista” de seu nome Daniel Seabra.


Daniel Seabra é um adepto do FC Porto mas tenta passar por antropólogo isento e distante do fenómeno do futebol.

Deve ser por isso que em 1999 escreveu um “estudo” chamado “Mágico Porto, vence por nós”.

Ou ainda em 1995 quando escreveu um trabalho sobre o dia a dia nos Super Dragões.

Nesse “estudo” Daniel Seabra não teve problemas em dizer que era adepto do FC Porto.

Entre outras coisas, destacou o que era importante demonstrar enquanto membro dos Super Dragões usando o termo “fachada pessoal”. Quem quer ser membro desse grupo tem que de forma obrigatória expressar, por atitudes e palavras, o ódio ao SL Benfica.

Daniel Seabra descreveu também que, caso o FC Porto perdesse um jogo, nunca deveria considerar justa essa derrota e que o adepto do FC Porto deve afirmar sem qualquer hesitação de que o clube foi “roubado” pelo árbitro.


O “especialista” a que SIC e Expresso dão voz única sobre o tema da violência no desporto tem desde 1995 que centra as suas publicações nos Super Dragões, a claque do seu coração.

Em entrevista ao Expresso a 24/09/2022, Daniel Seabra culpa os programas de televisão, os dirigentes, o cão e o gato…todos menos os bandalhos da sua claque do coração.

Também culpou toda a gente menos o Famalicão, defendendo até que os benfiquistas tinham que acatar a proibição a usarem a camisola do seu clube noutros estádios!

Curiosamente, em 1995, descrevia a sua experiência dentro dos Super Dragões dizendo que nos bastidores da claque, num sítio onde apenas quem mandava na claque podia entrar e participar dos seus segredos, se escondiam os crimes praticados como furto, agressões ou outros.

Voltando ao que título escolhido por Mauro Xavier, a tal “mordaça” está bem à vista de todos.

Pois é altura de arrancar esta “mordaça” e impedir que a mesma seja o “novo normal”.

24 de setembro de 2022

Surpresos com a dispensa de um Benfiquista da SportTV?!

Avatar
| 77 comentários
Para começo de conversa, o que fazia lá?

Depois, o que esperavam de um canal que desde que foi criado serviu apenas para beneficiar o FC Porto, quer nos pormenores das transmissões televisivas, quer nos dinheiros distribuídos?

Há muitos anos que este canal é isto: serviço ao sistema e ao FC Porto.

Termino por onde comecei: o que sequer fazia lá alguém a comentar como Benfiquista?

Espero que todos tenham aprendido a lição, de uma vez por todas.

O rompimento com a SportTV já devia ter ocorrido há muito por parte de todos os benfiquistas.

22 de setembro de 2022

A Federação Portuguesa de Futebol e o ódio ao SL Benfica

Avatar
| 16 comentários
Casa do Benfica - Loures 
Comunicado

Um clube falido e protegido pelos nossos impostos

Avatar
| 39 comentários

O clube com mais adeptos em Gondomar e o segundo mais apoiado em sítios como o Porto e Gaia está com salários em atraso em praticamente todas as modalidades.

No futebol parece que a situação é ainda mais grave.

As dívidas a fornecedores e ex-funcionários acumulam-se.

Tem todos os contratos de tv e patrocínio já antecipados até daqui a não sei quantos anos.

Tem um passivo que não conseguirá pagar nem em 200 anos, e sem capacidade de angariação de receitas que suportem sequer os custos mensais correntes.

O valor do plantel de futebol é mediano e não se prevê qualquer venda que possa sequer tapar o buraco da atual temporada.

No entanto, isto não faz notícia na Comunicação Social, sempre tão interessada nas contas dos outros.

Curioso não é?

Já sabem o que vai acontecer caso não avancem até aos oitavos de final da Champions e não sejam campeões nacionais com acesso directo à já referida Champions não sabem?

Já sabem o que vai acontecer se o SL Benfica bloquear o acordo de Centralização de Direitos Televisivos não sabem?

Já sabem o que vai acontecer se o Tribunal de Contas e os cidadãos não permitirem mais um assalto aos nossos impostos para que o novo centro de estágio dessa agremiação seja construído novamente com dinheiros públicos, não sabem?

Ui se isto fosse com o SL Benfica…

20 de setembro de 2022

Escândalo: CM Porto e Rui Moreira beneficiam Liga de Clubes

Avatar
| 24 comentários
Escândalo na CM Porto:

Rui Moreira dá isenção do pagamento das licenças urbanísticas à Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), no valor de 1 037 073,24 € na última reunião de câmara. Ou seja, financia a LPFP em 1 milhão. 

Pedro Proença continua ao serviço do FCP e do seu futuro presidente.

Fora o conflito de interesses por Rui Moreira fazer parte dos órgãos sociais do FC Porto!

A filha da putice de Fernando Santos e da FPF

Avatar
| 39 comentários


Lamento, mas não há outra forma de definir isto.

Ficou definido com a entrada de Fernando Santos na Selecção que tudo seria gerido em torno de Cristiano Ronaldo.

Ora, quando estamos a falar de um clube que constrói uma táctica e um plantel em torno de uma estrela que tem na equipa, ainda se compreende.

Já quando uma Selecção fica totalmente à mercê das vontades de um jogador, a coisa muda de figura.

E é o que tem acontecido.

Cristiano Ronaldo só é substituído se quiser, e quando quiser.

Cristiano Ronaldo não aceita na equipa titular jogadores que não joguem para ele ou que não aceitem que ele é que define as dinâmicas em campo.

Cristiano Ronaldo não permite que ninguém na equipa possa dispor dos livres ou dos penaltys.

O problema? Não é Cristiano Ronaldo.

É sim de uma FPF subjugada a um empresário e de um seleccionador a quem caiu no colo um título europeu mas que apresenta um futebol fraco para a qualidade que tem ao dispor e que tem um rácio de resultados que deixa muito a desejar.

Só que no mais importante cumpre: convoca quem lhe pedem para convocar e deixa Ronaldo fazer tudo e mais alguma coisa. Inclusive sair antes dos colegas dos estágios, treinar mais ou menos conforme lhe convenha, e ainda usufruir de “no-show” em jogos a feijões.

Vejam os casos de Sérgio Oliveira ou Dyego Sousa. Convocados quando deu jeito, desconvocados quando já não interessava. Mas a lista é enorme.

É óbvio que tudo isso tem um preço. Rafa foi o mais corajoso de todos a pagar esse preço.

Já no ano passado uma “fonte” da FPF achou por bem manchar o seu nome pois já percebiam a insatisfação não só de Rafa como de outros. Rafa foi o bode expiatório nessa altura e o sinal para quem achava que podia contestar o reinado de Ronaldo na Selecção.

Por isso, e numa fase em que está novamente em forma, a marcar e a ser titular, Rafa devolveu a gentileza à FPF e a Fernando Santos, enviando de volta a convocatória com um sincero: vão-se f…….!

Convocados para fazer número e para jogarem os mesmos (os que Ronaldo quer) mais vale não ir.

Não conheço um benfiquista que não apoie Rafa nesta decisão.

Também conheço poucos que se sintam motivados a grandes entusiasmos com uma Selecção de Pepe, Octávio e Jorge Mendes.

Mas a maior filha da putice de Fernando Santos estava guardada para o substituto de Rafa na convocatória: Gonçalo Ramos.

Perde um extremo e em vez de ir buscar os nomes naturais que seriam Trincão ou Pote, chama um ponta de lança…e do SL Benfica na mesma.

Ou seja, Fernando Santos demonstra que não está interessado em lógica ou coerência. Como sempre.
Aliás, já o demonstrou imensas vezes, uma delas quando insistiu na miséria no Euro2020 e não deu minutos ao melhor marcador nacional da altura, sem qualquer justificação.

Rafa teve alguns períodos menos brilhantes na sua carreira no SL Benfica. Mas se há o que lhe não pode ser apontado é a frontalidade.

Rafa está de parabéns. Foi o primeiro na estrutura global do SL Benfica a fazer frente à Federação Portuguesa de Futebol capturada pelos interesses.

Rapidamente vão perceber que a maioria dos benfiquistas não só apoia Rafa como não tem grande empatia por uma selecção de poucos.

Um campeonato para nos fazer esquecer o essencial? Não! Queremos o campeonato E mudar o Sistema!

Avatar
| 18 comentários

Há uns dias um companheiro benfiquista no Twitter ficava muito escandalizado com a constatação do óbvio e a detalhada explicação que lhe fiz de como os campeonatos em Portugal são 70% decididos na secretaria em função dos interesses económicos do momento.

Por defeito a vitória é do FCPorto, mas quando os clubes começam a falar muito e os adeptos a fazer muito ruido, ou quando interessa ao Pinto da Costa "limpar a casa"... lá aparece uma época onde parece que vai por ali um grande descontrolo, quando na verdade é apenas limpar a casa sem gastar o dinheiro que... não têm, dinheiro esse que a Liga lhes proporciona quando lhes oferece os campeonatos.

Bom, mas agora não importa falar da #LigadaFarsa nessa perspectiva, mas sim em como é fundamental para a Liga que este ano o SLBenfica mantenha a ilusão dos adeptos até final e, se não afectar demasiado os planos do FCPorto, possamos até ser campeões... vejam lá que até já penaltis a nosso favor marcam...

O elemento central de tudo é a centralização dos direitos televisivos e, com isso as eleições para a Liga em 2023 e, depois, em 2024 para a FPF.

O plano é simples, claro e objetivo: Pedro Proença quer ir a votos para a Liga em 2023 e com isso desviar as atenções das eleições da FPF, onde vai depois concorrer também em 2024, deixando a Liga na mãos de um seu pau mandado. Basicamente o mesmo que fez Fernando Gomes.

A centralização dos direitos televisivos é seu projecto estrela, que lhe pode assegurar a eleição de 2023 e, especialmente (a que mais lhe interessa porque é onde está o poder) a de 2024 para a FPF... ao "embebedar" os clubes com a promessa de aumentos de receitas. Para tal, até se dão ao trabalho de dificultar a presença de adeptos nos estádios... porque o foco agora é aumentar o share de audiências na TV, para utilizar esse dado para tentar aumentar receitas na renegociação.

A questão não é fácil e a tremenda incompetência de Proença não o deixa ver mais adiante: O producto "Liga portuguesa" não é atrativo salvo alguns mercados específicos e mesmo nesses é fundamentalmente entre os tres grandes.

O que Proença devia estar a fazer era a aumentar a receita potencial através de novas fontes de receita no Digital como fez a La Liga, que inclusivamente criou uma empresa tecnologica para o efeito. Mas não: acham que metendo o DSO a CEO dessa nova empresa, para calar os benfiquistas e em especial o próprio Benfica e aumentando as audiencias... que se fará magia.

Ora, como isto vai ser um flop e vão acabar a ter que arrastar a centralização até às datas de renovação dos acordos em 2027 e 2028, muito rapidamente voltará a pressão do FCPorto e até do SportingCP porque têm as receitas totalmente antecipadas e precisam de injecção de capital urgente...

Por isso desenganem-se os que acham que esta tolerância para com o SLBenfica vai durar muito. Porém, conhecendo os benfiquistas, se nos "oferecem" este campeonato... acham que nos vão ter calados ou (pelo menos) pouco focados no essencial enquanto disfrutamos da nossa equipa e conquistas.

NÃO BAIXEM A GUARDA!

O foco de todos tem que estar em assegurar que Proença e toda a demais corja avençada e subjugada ao Sistema Corrupto serão expostos e afastados da Liga e da FPF.


Queremos ganhar o campeonato SIM! Podem até tentar evitá-lo que lutaremos sempre até final.. porém o mais importante é que o SLBenfica LUTE CONTRA o Sistema, contra Gomes e contra Proença... mesmo que isso nos custe um titulo.

Proená prepara um novo golpe que, como com Gomes fará com que o SLBenfica durante alguns anos não possa conquistar nada, tenha cada vez mais os adeptos contra o Clube... e as fontes de financiação "sequem"... é a unica forma de nivelar (por baixo, é certo) a Liga Tuga e manter as fontes de poder e rendimentos de todos os que fazem parte do Sistema Corrupto.

19 de setembro de 2022

Curtas: SL Benfica, jogo no Estoril e Selecção Cartão Continente

Avatar
| 49 comentários

SL Benfica:

É inegável o contentamento que (quase) todos temos com o futebol praticado pelo SL Benfica, pelos resultados obtidos até agora, e acima de tudo pela mentalidade diferente comparando com os últimos anos.

Há várias mudanças visíveis na estrutura mais próxima do futebol, mas sem dúvida que Roger Schmidt tem sido a pedra basilar dessas mudanças.

A recuperação de Rafa e João Mário, por exemplo, ou o aproveitamento de Gonçalo Ramos e António Silva, para dar outro.

As contratações que, na sua esmagadora maioria, nota-se que vieram para acrescentar e não para encher.

Não ganhamos nada, não vencemos nenhum troféu nem sequer já temos o campeonato no papo.

Por isso, o entusiasmo deve ser acompanhado de alguma cautela.

Mas que sabe bem ganhar sempre e estar à frente do campeonato…sabe!!

Estoril:

Mais uma vez, o jogo do FC Porto no Estoril fica marcado por situações anómalas que beneficiam sempre o mesmo lado.

Desde (mais) um penalty perdoado aos defesas do FC Porto, aos cartões perdoados aos jogadores do FC Porto que parecem usufruir de imunidade em Portugal, ao golo (de penalty como teria de ser) já para lá da hora.

Mas o que destaco, além da burrice de Nelson Veríssimo na gestão do jogo e das substituições, o lance protagonizado por Ndiaye, que lhe provocou a expulsão do jogo.

Mais um lance em que um ex-jogador do FC Porto inexplicavelmente faz algo que o mete fora do jogo, prejudicando a sua própria equipa. Quem é que está a ganhar, tem o jogo controlado, tem cartão amarelo…e faz uma entrada daquelas?

Até quando teremos de assistir silenciosamente a estas coincidências, sempre para o mesmo lado?

Ainda o Estoril:

Assistimos novamente a uma criança exposta a comportamentos inaceitáveis num estádio de futebol.

Só que desta vez o principal responsável pelo sucedido não foi o organizador do jogo, nem sequer essa criança foi impedida de entrar na bancada com a camisola do seu clube vestida.

Quem esteve no estádio sabe o que se passou, pois são vários os relatos vindos a público, todos no mesmo sentido. Os acontecimento estão aqui resumidos nas palavras do presidente do Estoril:

«A diferença entre uma ação e uma reação: apesar do jogo tenso, por várias razões relativas à competição, é imperdoável e injustificável o que aquela menina viveu. Não merecia e ninguém se revê no que aconteceu, sendo absolutamente reprovável. As informações obtidas apontam, porém, para o facto de não se ter tratado de um acto espontâneo por parte de adeptos do Estoril Praia, mas sim de uma reação a provocações constantes por parte do pai da criança, desde o início do jogo, ofendendo, com os maiores palavrões imagináveis e com gestos, quem se encontrava na bancada de adeptos do Estoril Praia, esgotando a paciência de qualquer ser humano num momento daqueles.»

Portanto e resumindo, uma besta levou a sua filha para o estádio e o exemplo que deu foi ser o mais ordinário possível desde o primeiro momento do jogo. Que belo exemplo!

Claro que depois as reacções foram duras e não tiveram em mente a criança ali presente…mas bolas! Quem provocou tudo? Quem foi o primeiro a não pensar na própria filha?

Por isso, não tentem relacionar este episódio com o de Famalicão, porque não têm nada a ver um com o outro!

Selecção da Federação Portuguesa de Futebol/Jorge Mendes/Sonae:

Como sempre, Fernando Santos é o palhaço do costume.

Um treinador com visão de futuro chamava António Silva para o ver a treinar e para sentir o jogador num contexto diferente. Mas não. É preferível o Pepe com quase 40 anos. Ou o Danilo como central… ridículo.

Depois chamar William Carvalho e não chamar Florentino Luís que arrancou muito bem a temporada é outro mistério que só Fernando Santos saberá explicar.

Finalmente, não chamar Gonçalo Ramos, Pote ou Trincão é ainda mais anedótico, quando se chamam ao invés jogadores completamente fora de forma como João Félix, Diogo Jota ou ainda mais incrível Pedro Neto que não passa de um gajo com boa imprensa.

E a cereja no topo do bolo: Ronaldo. Não digo que não seja convocado para o Mundial, mas esta convocatória era para ficar de fora e dar oportunidade a outros.

Infelizmente, a Selecção do Cartão Continente pertence a Jorge Mendes.

ranking