O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 20 de fevereiro de 2016

«Na formação? Tinham de nascer dez vezes»

Avatar
 ●  56 comentários  ● 
A frase acima é mais do que conhecida e tem cerca de dois anos, tendo sido proferida por quem já dispensou do Benfica Bernardo Silva, João Cancelo e Helder Costa sem lhes ter dado oportunidade para mostrarem o seu valor... e que não deixou que jogadores como André Gomes e Ivan Cavaleiro se afirmassem, para dar espaço aos "seus jogadores" (€€).


Mas felizmente em boa hora Luis Filipe Vieira entendeu que era hora de por fim a esta política de castração do futuro do SLBenfica e foi contratar Rui Vitória.

Com imenso orgulho temos assistido ao Benfica a jogar não com 11, mas com muitos mais, tendo em conta que hoje quando o jogo terminou tinhamos em campo pelo menos três jogadores que já nasceram 10 vezes (Semedo, Lindelof e Renato).

O que vêem acima no Instagram do Bulo é muito mais que ser um grande jogador, é ter o prazer de poder estar em campo com a camisola que nos une e apaixona e partilhar esse momento com outros que sabem o que é o símbolo do SLBenfica

Rui Vitória já lançou no Benfica Semedo, Guedes, Renato e Lindelof... e todos eles já marcaram pelo SLBenfica. Só mesmo por infelicidade do Nelson e por um momento menos bom do Gonçalo (ou talvez uma cabeça a precisar de mais apoio) não estão todos em campo de forma regular ou até titular. Dizer que lançou também o Andrade ou Clésio seria o mesmo que dizer que o Gonçalo foi lançado pelo Jesus, o que não é verdade.

O jogo de hoje não foi brilhante, não pode ser sempre. Numa semana o SLBenfica teve dois jogos intensíssimos contra FCPorto e Zenit e que só por manifesta infelicidade no primeiro jogo, não obteve duas vitórias.

Hoje obviamente que a equipa manifestou essa carga e, mais que isso, a alteração da dimensão dos jogos, o que é compreensível. Ainda assim, não vencemos pela margem mínima nem vencemos "de calças na mão" como os rivais tantas vezes o fazem. Foram mais três golos!

Podem dizer o que quiserem sobre o penalty sobre o Jonas. Se o avançado não tem saltado a rasteira do jogador que levou o amarelo era totalmente evidente, mas como saltou... deixa de ser relevante que há falta clara. Como é que é possivel dois jogadores fecharem o caminho a frente do Jonas com as pernas e só porque o jogador salta virem dizer que não é penalty. Bem sei que estão habituados a decisões estranhas que protegem os avançados argelinos e os jogadores do meio campo que enchem os adversários de faltas... mas isto é o Benfica e contra nós não há Tonel.

Lá vamos construindo o nosso caminho, sem insultar nem ofender ninguém, com dignidade e elevação, com um treinador que tem feito esse caminho sem Luisão, Salvio, Gaitan, Lisandro, Fejsa e Semedo. O que seria do Super-Treinador se tivesse que lutar pelo TRI nestas condições...

Para 3 de Março, aquilo que desejo é a vitória, obviamente, mas marcada pelos nossos meninos. Gostava muito de um 3-0 (para equilibrar a contenda) com golos de Semedo, Lindelof e Renato, seria o karma perfeito para quem tanto os desprezou a eles e aos seus pares de formação...

3 pontos preciosos.

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

Sem Gaitan, sem Luisão, e com uma série de miúdos que teimam em calar os que os enxovalharam durante anos.

Enquanto procuravam idolatrar um azeiteiro, ajudaram a tapar o caminho a Bernardo Silva, Cancelo e tantos outros que não tiveram oportunidades, tempo e espaço para crescerem.

Lindelof, Sanches, Guedes, Semedo, Almeida são exemplos concretos de que com tempo os jovens são pelo menos tão bons quanto os que serviram para encher muita gente de comissões.

Além dos miúdos, na próxima temporada também Mitroglou é obrigatório manter, isto se o plano for fortalecer o Benfica.

Se for enriquecer empresários e rechear o Atlético de Madrid com o que temos de melhor, mais vale nem os iludir.

O falhanço com o FCP não foi esquecido mas o 35 ainda é uma possibilidade bem forte.

Não se pode voltar a falhar, Rui Vitória.

ORGULHO!

Avatar
 ●  2 comentários  ● 

As ausências dos outros

Avatar
 ●  3 comentários  ● 
Cada clube que joga com o Benfica, fala-se sempre na dificuldade acrescida causada pela falta do jogador X ou Y. Até já chegaram ao ridículo de destacar ausências de suplentes ou jogadores pouco utilizados.

Engraçado também a justificação dada aos resultados europeus do Sporting e Porto... devido às ausências. Aliás, esta estratégia do Jesus é fantástica: Se ganhar é o maior porque não era o 11 habitual, se perder tem a justificação... de não ser o 11 habitual.
Em oposição, jogadores contratados ao Benfica vão a jogo contra o Benfica e marcam (golaço há pouco do Diogo Jota)... e o Benfica anda desde o início da temporada sem muitos dos jogadores até agora tidos como vitais. Salvio, Semedo, Gaitan, Fejsa, Luisão e Lisandro são os seis habituais titulares antes das lesões ausentes do jogo de hoje em Paços de Ferreira.

A duvida que isto me coloca: Se o FCPorto e SportingCP andassem sistematicamente a jogar sem alguns dos seus principais jogadores será que estariam ainda na luta pelo título?

Um dos maiores méritos de Rui Vitória é, sem sombra de dúvida, ter distribuído pela equipa o imenso talento existente e reduzido a dependência da equipa face a uma ou duas unidades, com vinha sendo a opção do treinador anterior - tal como se via nos resultados quando esses jogadores falhavam, tal como se continua a ver no clube onde está.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

"Eles são muito bons é a teclar... "

Avatar
 ●  62 comentários  ● 

Um jogo das competições europeias, com uma equipa alemã de primeiro plano,  e o estádio estava às moscas?

Afinal onde andaram os "melhores" adeptos?

Será que a estratégia (perdedora) do Midas das tacticas já nem os próprios entusiasma?

Eu dou a solução para Sporting e FCP fazerem sempre boa figura lá fora: vistam camisolas do Benfica aos adversários.

Portugal precisava destes pontos perdidos hoje.

Não deixa mesmo saudades...

Avatar
 ●  65 comentários  ● 
"Não vai deixar de haver rotatividade. Estou focado no MEU objetivo"

Espetáculo! Ele é que manda! Ainda agora lá chegou e já tenho amigos meus a dizerem-me que estão fartos dele e do Vuvuzela.

Depois é coerente, reparem no que diz há 9 dias:

«Não tens muitas possibilidades de discutir esta eliminatória se não for com os melhores. São dois jogos que vamos tentar jogar com a equipa que a gente acha que é mais forte»

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Devia ser brincadeira, mas não é.

Avatar
 ●  60 comentários  ● 

"Sabemos que é muito difícil, se calhar o mais difícil da época. Muito mais do que o de sexta-feira, porque comparar as duas equipas é brincadeira. De qualquer forma, vamos entrar para ganhar, como sempre. “ –Pinto da Costa.

O que deveria ser brincadeira é alguém que já está a dever tempo ao seu amigo Pedroto ainda ter tempo de antena como as pessoas sérias.

O que é brincadeira é alguém achar que um clube regional, sem grande representatividade fora de Gondomar, que mesmo na sua cidade de origem não é o clube mais popular, que falsificou a sua data de fundação, que comprovadamente distorceu o resultado final de vários campeonatos com prejuízo do Sport Lisboa e Benfica, que inclusive recebeu árbitros em sua casa e deu instruções a jornalistas para inventarem notícias, tem peso real na opinião pública.

Os únicos que lhe dão crédito são os jornalistas afectos a Rui Cerqueira, ao FC Porto e a carneirada ignorante que o mantém no poder.

A grande mágoa de Pinto da Costa é que está a chegar ao momento de partir, e deixará o FCP na mesma como entrou: um clube regional, virado para os ignorantes, com uma dívida astronómica e sem qualquer capacidade de crescer.
Só mesmo a solidariedade dos ex-sócios do FCP é que lhe afaga a alma.

Quem responde por isto?

Avatar
 ●  50 comentários  ● 

A decisão irresponsável de colocar em campo um jogador vindo de um tão longo período de inactividade está já a ter custos para o jogador.

Apenas aqueles minutos na sexta feira frente ao FCP já obrigaram Salvio a regressar aos banhos de gelo e à terapia contra as dores insuportáveis que sente.

Resta saber se isto não o vai obrigar a encostar novamente por mais uns meses.

A maldição.

Avatar
 ●  33 comentários  ● 

O texto seguinte foi remetido pela benfiquista Carolina, 22 anos, de Coimbra.

Obrigado por partilhares o que te vai na alma!

"Os jogos do Benfica são inevitavelmente um momento que marca o dia de todos nós. Marcam ainda mais quando temos a oportunidade de rumar aos estádios espalhados por Portugal, para acompanhar e apoiar bem de perto os nossos jogadores. 

O SLBenfica, como Maior clube de Portugal e um dos Maiores do Mundo, angaria sócios, adeptos e simpatizantes por todos os cantos do nosso País. E, eu, sendo de Coimbra não consigo marcar presença em todos os jogos do nosso clube. Contudo, considero que sou sócia assídua para quem tem que fazer cerca de 500 km sempre que quer ir à nossa catedral.

Esta época será sempre recordada por uma série de factores que mudaram o paradigma do nosso querido clube: mudança de treinador, aposta nos nossos jovens e redução do nosso passivo. Contudo, para mim, será também recordada pela "Maldição".

Em 5 jogos vistos esta época, não consegui ver o SLBenfica ganhar um que fosse....PIOR!!!...nem um empate vi. A rever: logo no início da época rumei ao Estádio Municipal de Aveiro, onde o Futebol Clube de Arouca ganhou por 1-0, com um golo apontado nos minutos iniciais. Seguiram-se os jogos no Dragão (1-0), na Luz contra o scp (0-3) e a presença na noite europeia contra o Atl.Madrid (1-2).

Porém, nenhum destes jogos, com excepção à recepção aos lagartos - em que fomos humilhados com um caseiro 0-3 - me desanimou...Ou por ser início de época e querer desculpar esse mesmo novo paradigma implementado na Luz, exigindo a cada um de nós uma paciência acrescida (nenhum Benfiquista está habituado a desculpar e perdoar derrotas), ou por estarmos a jogar com equipas de elite europeia que há dois anos lutavam pela conquista do troféu mais desejado a nível de clubes, ali mesmo, na nossa catedral. 

Contudo, chegou o momento do tão esperado SLBenfica-porto. Um jogo, que poderia e deveria afastar o colectivo do norte da luta pelo Campeonato. Seria a golpada final a um inimigo que já nos fez tão mal, ali mesmo, em nossa casa, com um estádio vestido a rigor, afastando definitivamente tal tripeirada de um título que lhes foge, pode fazer esta época, três anos. O desfecho já todos sabemos qual foi...somando assim mais uma derrota ao meu historial deste ano. E mais do que a normal tristeza e desilusão sentida, surgiu um novo sentimento, talvez ainda pior...Preocupação!

À entrada do último terço do campeonato, perder pontos torna-se cada vez menos aceitável se queremos lutar pelo tão ambicionado TRI.

Ai...como queremos este título, muito mais do que outro qualquer, quando já estivemos a 8 de desvantagem e fomos os principais alvos de chacota dos nossos rivais e imprensa nacional...

A minha preocupação aparece também quando penso que o milagre da perda de pontos dos nossos rivais directos não acontecerá outra vez....pelo menos, não é normal que isso aconteça..claro que pode acontecer, mas não é expectável que assim seja, até porque à medida que o campeonato for avançando, haverá menos jogos para que tal se suceda.

E olhando para o calendário que se avizinha, vemos-nos obrigados a ganhar em Alvalade..tarefa nada fácil, para não dizer muito complicada, quando ainda não ganhámos a nenhum dos grandes e quando vamos com 3 pontos de desvantagem, podendo ficar a 6 e quiçá arredados de forma definitiva do nosso tão ambicionado 35.

Claro que o scp tem teoricamente um calendário muito adverso, mas se há coisa que nenhum benfiquista deseja é depender de outros para conseguir os seus objectivos. Impera vencer!!!

E se para vencer, seja necessário não sair de casa para apoiar o nosso SLBenfica, que assim seja. Ficarei trancada em casa...a ver tão nobre Instituição triunfar!"

Sim já sei... bom bom era quando perdíamos 2-0

Avatar
 ●  46 comentários  ● 

Que ENORME maturidade tática do SLBenfica! Sempre por cima num jogo que, não sendo brilhante, foi de grande capacidade táctica e de entrega da equipa que na sexta-feira se viu perante uma tremenda injustiça numa derrota com um rival direto.

Sem me querer alongar mais que estou demasiado ocupado a estar feliz com a vitória, gostava apenas de destacar a ENORME exibição de um jogador pouco destacado e que está aparentemente a tornar-se num jogador assombroso em classe, sobriedade e qualidade de jogo: Victor Lindelof!

O sueco já tinha estado em grande nível nos jogos anteriores e com o FCPorto em particular. Hoje esteve ainda melhor e novamente bastante melhor que Jardel.

O Renato eu já nem vou falar. Simplesmente não tem mais o que dizer deste Monstro do meio campo. Mas Lindelof merece um grande destaque... pelas oportunidades que nunca teve e que demonstra agora que valeu a pena esperar por Rui Vitória

Quanto ao treinador do Benfica, é impressionante a facilidade e confiança que dá a estes jovens na forma como entram em campo parecendo jogadores experientes, sem acusar a pressão, sem medo de falhar e sempre com uma determinação avassaladora. Foi assim com Semedo, com Renato e agora com o Lindelof.

Muito em breve, Semedo e Lindelof farão parte de metade da defesa do Benfica, com Renato Sanches na condução da equipa.

BRUTAL! Que orgulho, que trabalho fantástico de Rui Vitória!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Teremos quartos de final na Luz?

Avatar
 ●  130 comentários  ● 

Salvou-se o resultado.

Exibição sem sal, em que não se percebe acima de tudo como jogadores que treinam todos os dias não conseguem fazer um centro ou uma marcação de livre/canto com conta/peso e medida.

Valeu o golo de Jonas, na sua praticamente única intervenção no jogo.

Diria que na segunda parte nem se viu Jonas em campo, mas como marcou numa oportunidade de que dispôs está de parabéns. Definiu nessa oportunidade um jogo importante.

Este resultado está longe de ser passaporte seja para o que for, mas permite que o Benfica vá à Rússia com outras ambições, legítimas.

Mas é preciso mais que isto que se viu. Mais objectividade, mais inteligência no jogo e não viver só de inspiração individual.

Rui Vitória tem que se lembrar que fazer sempre as mesmas opções torna o Benfica demasiado previsível.

Ganhar e sem sofrer golos era vital. Foi conseguido.

Vamos lá beber umas bejecas.

Lindelof e Renato: Que dois!

Avatar
 ●  21 comentários  ● 

Considere-se insultado por mim o treinador que tiver coragem de tirar algum destes dois jogadores da equipa titular...

Que jogão do Lindelof hoje!

SL Benfica - Zénit, com equipas iniciais.

Avatar
 ●  15 comentários  ● 

Já há equipa oficiais.

Benfica: Júlio César(GR); André Almeida, Lindelöf, Jardel e Eliseu; Samaris, Gaitán(capitão), Renato Sanches, Pizzi, Jonas e Mitroglou.

Zenit: Lodygin; Anyukov, Criscito, Lombaerts e Garay; Danny(capitão), Shatov, Javi García, Witsel, Hulk e Dzyub.

E hoje?

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

Hoje é o segundo round dos jogos a doer.
De preferência, a inspiração da primeira parte de sexta, com mais pontaria e acerto defensivo, e com concentração máxima.

O desafio não será fácil, mas quem chega aos oitavos da Champions não pode esperar facilidades.

Quem aposta no onze inicial?

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Benfica - Porto: não brinquemos com a realidade.

Avatar
 ●  86 comentários  ● 

A diversidade de opiniões sobre o jogo de sexta-feira é um sinal de uma diferença enorme de visão que se apossou dos benfiquistas.

Não considero que haja benfiquistas menos “encarnados” que os outros, mas discordo da falta de exigência que se apodera de parte dos adeptos, tão conveniente para uma direcção incompetente e que se mantém à tona de água fugindo às suas responsabilidades.

No jogo em si:
- Rui Vitória não esteve ao melhor nível nas opções que tomou na segunda parte.  Não substituir Gaitan (em claras dificuldades físicas) foi algo incompreensível.

- Também meter Salvio no jogo foi do mais surreal que vi nos últimos tempos. Invocar o “medo” que Salvio causa nos adversários não faz qualquer sentido até porque o argentino não é nenhum papão e tem passado mais tempo no estaleiro que a jogar. E quando foi preciso correr…Salvio parecia estar parado.

- Colocar Talisca em campo foi outro tiro nos pés. Um jogador sem qualquer mais valia e que é quase um a menos. Não se compreende o porquê em insistir no brasileiro. Quer dizer, compreendo que seja uma ordem de Vieira para ver se alguém pega nele.

- Quanto aos restantes jogadores:

Júlio César: Quem acusa o brasileiro de estar mal colocado no lance do primeiro golo não viu uma repetição do angulo por cima da baliza. Júlio César está bem colocado e só não apanha a bola porque a mesma foi o mais ao canto possível.

Quem falha no lance do primeiro golo foi PIZZI. Enquanto todos estão a marcar um jogador do FCP, Pizzi está a marcar o vazio, deixando Herrera com espaço para arriscar. As imagens não deixam dúvidas quanto a isso.

Aliás, com uma ou outra excepção, Pizzi demonstrou o quão mediano é como jogador. Não é por terem pago 14M€ por ele que o transforma num jogador acima da média. Contra os medianos pode fazer umas graças, nos jogos a sério ficam visíveis todas as suas limitações.

Na defesa, André Almeida fez o que pode perante o melhor jogador do FCP. Subiu várias vezes procurando a superioridade numérica mas depois reparava que ninguém fechava o seu flanco com segurança e passou a subir menos.

Jardel continua a ser um jogador esforçado mas sem mentalidade e qualidade para ser titular. Nos jogos a doer e perante adversários de qualidade, treme por todos os lados e é raro não ser comido em lances a rasgar, como foi no segundo golo.

Lindelof, embora claramente nervoso, procurou não complicar e fez uma exibição positiva. Como menos bom, e talvez fruto do nervosismo, o ter demorado a desfazer-se da bola quando em contra ataque. Muitas vezes teve alguém a desmarcar-se à linha e ele não viu. Algo que um jovem como ele irá aprimorar.

Eliseu é uma nulidade. Não enterrou como é seu hábito mas não trás nenhuma mais valia, está quase sempre no sítio errado e treme sempre que está numa situação de pressão.

Renato Sanches é o motor da equipa. Um jovem com tanto para aprender já dá cartas e não vira a cara à luta em nenhum momento. O meio campo do Benfica sem ele seria um passador.

Samaris ou não entendeu bem o que RV queria dele ou teve uma noite desinspirada. Seja como for, foi muito pouco para um jogo tão importante. Fejsa fez muita falta.

No ataque, foi o costume. Mitroglou não teme jogar contra ninguém, marcou, tem um grande sentido de colocação e não merecia ter falhado aquele segundo golo. Temos ali avançado para anos.

Já Jonas, apesar da guarda pretoriana que defende a sua valia nos jogos com os mais fracos, continua a valer quase zero nos jogos a doer. Provavelmente a culpa nem será sua e não digo que ele não se empenha em campo. Mas o seu posicionamento, que não é nem carne nem peixe,  prejudica a equipa deixando-a com menos gente no meio campo face a outras equipas com o miolo mais povoado, e não é nem um 10 nem um apoio para o grego.

Em suma, o jogo que era vital ganhar…terminou em derrota.

As vulnerabilidades da equipa são conhecidas e aproveitadas pelos adversários, em especial os de maior qualidade. José Peseiro soube ler o jogo e teve pedras para jogar.

Rui Vitória falhou, assim como ficou evidente que Luis Filipe Vieira falha clamorosamente esta temporada na constituição do plantel. Se RV não tem lançado neste plantel alguns miúdos…o que seria desta equipa!

Querem desculpar o resultado? Perder na Luz pode ser aceitável para novos-benfiquistas, para campeões das vitórias morais e para gente que prefere festejar negócios.     

Sei que alguns acham que não podemos assobiar ou demonstrar desagrado com os seres frágeis que vestem a camisola do Benfica.

Pois quem não tiver “tomates” para aguentar a pressão de envergar a camisola de Eusébio, Coluna, Zé Águas e outros grandes da nossa história que diga no final do mês que não quer receber o vencimento. Se são homenzinhos para receber milhares de euros, têm que o ser para aguentar a pressão.

Como ficou provado com a postura de Maxi Pereira, não há quem sinta a nossa camisola como nós adeptos. 

«OS BENFIQUISTAS SÃO BONS A TELEFONAR E A TECLAR»

Avatar
 ●  44 comentários  ● 
"Essa melhor academia do Mundo, pelo que sei, era uma votação online. Significa o mesmo do que nos programas desportivos na TV, que vejo cada vez menos - são votações cómicas. Percebi duas coisas: os benfiquistas são bons a telefonar e a teclar. Aí, são os melhores do Mundo, gastam é muito dinheiro", disse o presidente leonino numa entrevista ao "Jornal do Sporting"
in Record

mas como o karma é lixado:

Então mas não deu na TV os festejos do campeonato?

Avatar
 ●  47 comentários  ● 


O "Tolinho das Aldrabices" não tem vergonha e os sportinguistas não param de surpreender pelo grau de acefalia que conseguem apresentar.

O Sr. Facebook manda os seus acólitos seguidores para Alvalade. Convoca as claques pelos seus canais de acesso direto e dá instruções aos peões que o bajulam para incentivarem estas movimentações em AlvaLIDL através dos foruns e redes sociais. A ideia é dar uma alegada dimensão a uma tal de "onda verde" composta por... 150 gajos recrutados nas claques e nos foruns do clube.

Bom, bem sei que ganharam ao Nacional e desta vez podem festejar terem conseguido marcar-lhes o mesmo número de golos que o Benfica (4), com a vantagem que desta vez o "lider anafado" já não levou na tromba na discoteca na noite anterior.

Agora... eu não sou de agoirar, mas andar a festejar assim ainda com tanto pela frente só porque estão três pontos à frente do Benfica.... é motivo para perguntar:

Correndo mal, como tem tudo para correr, será o que o "Tolinho das Aldrabices" também vos vai organizar uma festa da Praça do Comércio para celebrarem o momento do melão?

Hélder Cristóvão: deu jeito a quem?

Avatar
 ●  22 comentários  ● 

A 30 de Maio de 2013, escrevi o seguinte sobre a notícia que seria confirmada pouco depois:

"Hélder Cristovão na Equipa B??

Só pode ser para loooooool................"

Quase 3 anos depois é que estão a perceber que o Hélder não tem qualidade para estar ali?
Tenham paciência.
Quem é o responsável pela sua manutenção naquele lugar? A quem interessou ter durante tanto tempo uma nulidade no banco da B?

Perguntem antes isso.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Eu perdi o Clássico e tu Júlio?

Avatar
 ●  58 comentários  ● 

Para quem foi batido em duas das três vezes que o adversário foi à baliza, eu chamaria a isto... pouco comprometimento. A melhorar, sff!

Equipa B: Quanto tempo falta para ligarem para Sheffield a chamar o rapaz?

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

Quem acompanha o meu entendimento da formação do SLBenfica, sabe perfeitamente que não considero absoluto valor acrescentado algum ter Helder Cristóvão como treinador da equipa B. Simplesmente não tem nada para ensinar aqueles miudos que já de si têm a complicada tarefa de, muitos deles ainda em idade junior, estarem numa liga competitiva e a apanhar pela frente jogadores rodados e experientes em muitos casos.

Ora, dito isto, é preciso um treinador que tenha algo a acrescentar à equipa e que a médio prazo possa ser visto como um sucessor do treinador da equipa principal, alguém que possa inclusivamente fazer parte da equipa técnica estendida de Rui Vitória, como deveria fazer também o Tralhão.

Na minha cabeça, e já não é de hoje, só tenho um nome que preenche os requisitos de competência, capacidade de acrescentar valor, profundo conhecimento do futebol, do SLBenfica e da formação: Mister Bruno Lage, atualmente treinador adjunto de Carlos Carvalhal no Sheffield Wednesday na II Liga Inglesa.

Querem o número de telefone? Por mim começa já amanhã...

"They did not know it was impossible, so they did it!"

Avatar
 ●  18 comentários  ● 
A frase de Mark Twain cai que nem uma luva nos reforços desta temporada da equipa de Rui Vitória. Lindelof, Renato Sanches e Nelson Semedo (aos quais junto Gonçalo Guedes quando "recuperar" a confiança) já passaram de promessas a certezas. Se há seis meses aqui escrevessem que os adeptos iam suspirar por ter estes três jovens entre os titulares da equipa... comentar-se-ia que o Benfica com eles lutariam para descer de divisão. Que era impossível vencer assim...

... Mas eles não sabiam que era impossível, então foram lá e conseguiram!

O SLBenfica está a três pontos da liderança - que pode perfeitamente recuperar em Alvalade - já provou em campo que já é superior ao FCPorto (o rival que segue atrás) e só por um enorme Casillas não saímos da Luz na roda do SportingCP, porém o líder ainda tem dois clássicos pela frente enquanto os demais só têm mais um.

Mas não quer voltar aqui à ambição que mantenho intacta em ver o SLBenfica campeão, aliás tri-campeão. O que quero mesmo destacar é o orgulho por ver, com enorme qualidade e não por caturrice como muitos idealizavam, três (que serão quatro) jogadores da formação a triunfar na equipa principal e a acrescentarem valor ao plantel e às exibições.

O SLBenfica, o tal que está na excelente posição que referi há dois parágrafos atrás, entrou em campo com o FCPorto com quatro portugueses em campo e seis entre os 18.

Para o Zenit, e para o que falta da época (enquanto não houver Fejsa), eu até subiria a parada dos titulares com Nelson Semedo a entrar para o lugar de André Almeida e este a ocupar a vaga de Samaris como médio defensivo. Seriam 5 portugueses titulares... e três jogadores da formação nesse mesmo onze... e a ganhar qualidade!

Mas não se distraiam... na equipa B e de juniores há mais de onde vieram estes e não são um nem dois (Ederson, João Carvalho, Diogo Gonçalves, Guzzo, Pedro Rodrigues, Lystcov, Guga, José Gomes, Buta...). Esta equipa ainda vai ser enriquecida com jovens que irão ser trabalhados pelo treinador e que chegaram com elevado potencial dos seus países de origem, como é o caso de Saponjic, Jovic, Grimaldo e Cervi.

ranking