O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 25 de julho de 2020

SL Benfica - Sporting CP

Avatar
 ●  100 comentários  ● 

ONZE DO SL BENFICA: 

Odysseas, André Almeida, Rúben, Jardel, Tomás Tavares, Weigl, Gabriel, Pizzi, Cervi, Chiquinho e Seferovic.


SUPLENTES: 

Zlobin, João Ferreira, Ferro, Florentino, Rafa, Zivkovic, Jota, Dyego Sousa e Vinícius.

 

Onze do Sporting CP: 

Luís Maximiano, Eduardo Quaresma, Coates, Acuña, Ristovski, Nuno Mendes, Wendel, Matheus Nunes, Gonzalo Plata, Jovane Cabral e Sporar.


Suplentes: Renan, Luís Neto, Borja, Doumbia, Battaglia, Francisco Geraldes, Rafael Camacho, Vietto e Tiago Tomás.

----------------

Seja para que competição for, a feijões ou para a Taça das Caricas, O DERBY É SEMPRE PARA GANHAR!

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Limites para o plantel do próximo ano?

Avatar
 ●  127 comentários  ● 


Há um esforço de comunicação de dentro do Benfica para passar a ideia de que podemos tudo e vamos trazer quem quisermos.

A novela Cavani foi de rir... especialmente pelo esforço em nos fazer acreditar a todos que era possível.

O que parece certo é que o plantel vai receber uma tonelada de jogadores e que os emprestados, como se tem visto, vão também todos regressar à base.

A questão é: se vão contratar, o que fazem aos emprestados sem colocação?

E onde vão financiar o investimento no plantel?

Antecipação do resto do contrato da NOS, privando as próximas 2 direcções dos dinheiros dos direitos televisivos?

Mais um empréstimo com a benção da Capital XXIII?

Vão vender os poucos que valem algum dinheiro e recomeçar com jogadores mais baratos e desconhecidos?

Vamos voltar a ter uma turma da picanha no balneário e por isso é que Luisão vai para a estrutura da equipa de futebol?

Muitas perguntas mas a resposta de sempre: Vieira não tem estratégia ou caminho definidos. A ele só interessa salvar a pele em Outubro. Ou antes. Ou em Janeiro.

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Noronha apresenta-se! Boa mensagem... veremos o programa!

Avatar
 ●  125 comentários  ● 
"Há 20 anos, quando o Benfica corria perigo, não fiquei de fora. Agora, mais uma vez, não podia ficar de fora. O Benfica precisa de mudar. Por isso aqui estou com uma enorme vontade de começar uma nova dinâmica, que ponha o Benfica onde o Benfica merece"

Ora cá está! Alguém que já por mais que uma vez disse "Presente" quando é realmente preciso e não quando é apetitoso, já tem a minha simpatia.

"O clube modernizou-se e profissionalizou-se, os benfiquistas reconhecem o trabalho de Luís Filipe Vieira e eu próprio já o fiz publicamente, mas agora - e no agora que estamos - assistimos à desorientação, à incoerência, à incapacidade de aprender com os próprios erros, à contradição. E a um desvio do que é essencial, o sucesso desportivo."

Ter gratidão e reconhecimento não significa subserviência. Saber respeita o legado de Vieira é sinal de equilíbrio mental, mas isso não quer dizer que tenhamos que confundir reconhecimento com subserviência.

"O negócio do Benfica é vencer jogos e os nossos maiores dividendos têm que ser os títulos. A ambição do Benfica tem que ser a ambição dos benfiquistas, e neste momento não é. O Benfica não pode ser visto apenas como uma empresa. Temos de aliar a sustentabilidade financeira aos títulos. No futebol, nas modalidades, em Portugal e na Europa."

Um elemento muito relevante. O desporto é um negocio? Sim, transformou-se nisso mesmo. Mas o activo principal têm que ser os títulos, não as vendas de jogadores ou as infra-estruturas. Devem existir? Sim... mas não podem ser a prioridade.

Depois aqui em diante já é onde precisamos ver o detalhe, que não foi apresentado:

"Não podemos adiar o Benfica europeu que os benfiquistas desejam. E nós sabemos como fazê-lo." 

"Temos de ter um projecto estratégico de longo prazo, um projecto que não varie ao sabor das luzes, da vontade de um homem só ou de calendários eleitorais."

"Proporemos aos sócios uma revisão dos estatutos que introduza a limitação de mandatos e um código de conduta que evite conflitos de interesses entre membros dos órgãos sociais e accionistas da SAD"

Por fim, sobre Jorge Jesus, uma verdade que antecipo que Vieira nunca irá responder:

"É um grande treinador e é o meu treinador. O que eu não percebo é como é que é o treinador de Vieira, quando foi empurrado quando não cabia no projeto e quando Vieira disse que nunca voltaria ao Benfica"

Muito mais empenho em salvar o projeto Vieira do que o projeto Sport Lisboa e Benfica

Avatar
 ●  88 comentários  ● 

Perguntas que me apetecia fazer neste momento:

1. O que aconteceu desde nem há dois meses atrás quando DSO afirmou que os tempos que correm aconselhavam a apertar o cinto, e agora em que o dinheiro parece pesar nos bolsos ao ponto de fazer cair as calças?

2. Quando Jorge Jesus saiu para o Sporting e o Benfica contratou Rui Vitória, LFV disse: “Houve um período de tempo no Benfica em que nada podia ser planeado. Hoje temos um treinador com quem podemos planear a três ou quatro anos. Tem os seus pontos de vista mas é humilde para discutir com as pessoas.

Com JJ voltou a poder-se definir estratégias a 3 ou 4 anos? JJ voltou a ser humilde?

3. LFV sobre Jorge Jesus (Setembro de 2016): “Trabalhou comigo seis anos. Nada tenho a apontar a Jorge Jesus, tirando o dia em que saiu do Estádio da Luz por opção dele.

Quando é que LFV vai contar a história verdadeira e admitir que JJ só aceitou a proposta do Sporting depois de perceber que LFV não o queria, e que já havia avião marcado para JJ, Vieira e Mendes, no qual os 3 embarcariam para se discutir o futuro de JJ fora da Luz? (JJ não apareceu para o embarque. Soaram os alarmes. Vieira voltou a querer Jesus, mas já era tarde)

4. LFV (Setembro de 2016): “Quem conhece o Jorge Jesus sabe como ele trabalha. Ele tem uma maneira de trabalhar que hoje não serve os interesses do Benfica.”

O que aconteceu para que o homem que não se adequava ao projeto seja de novo convocado tão desesperadamente para salvar esse mesmo projeto para o qual não servia?

5. Uma das razões que fez Jorge Jesus mudar-se para Alvalade foi a imposição que LFV lhe queria fazer na altura, de que o plantel do Benfica teria de ser 20 jogadores mais 5 da formação... Essa imposição mantém-se nesta altura? Será esse o Benfica dos próximos anos?

6. LFV (Junho 2020): “O Benfica para sonhar ser campeão Europeu tem de ter uma base formada no Seixal com a mesma identidade.

Se isto era verdade há 2 meses atrás, é verdade hoje? Jorge Jesus é o homem certo para este projeto? Ou mudou o projeto e nada nos foi comunicado?

7. LFV sobre Rui Vitória:  “Finalmente temos um treinador que assume a dimensão europeia do Benfica.”

Se a dimensão europeia é com jovens do Seixal e JJ não aposta nos jovens, se a dimensão europeia não existia com JJ como se afirmava, onde é que a contratação de JJ se encaixa neste Benfica com renovada ambição?

8. Sr. Presidente, já nos autoriza (ordena) a gostar de Jorge Jesus novamente? E se sim, porquê? Afinal Jorge Jesus não traiu? Não insinuou? Não roubou? Foram tudo mal entendidos? Se JJ não o fez, quando assume então Sr Presidente que nos mentiu, que montou uma campanha contra o homem e que fez de tudo para nos virar contra ele, apenas e só para se proteger tal era o medo que tinha que o seu eventual sucesso em Alvalade se virasse contra si? E se sim, se afinal tudo aquilo de que o acusaram aconteceu realmente, como é possível aos dois terem estômago e não haver um pingo de vergonha para este segundo casamento?

9. Sr Presidente, quando apresentar JJ aos sócios amanhã vai admitir  que houve algum exagero nas acusações anteriores? Vai admitir por exemplo que nos bate-boca entre JJ e Rui Vitória, a instituição Benfica esteve quase sempre fora destes diálogos? Vai admitir que para JJ o Benfica foi sempre o Ferrari? Que foi sempre o clube elogiado pela forma como trabalhava? Vai admitir por exemplo que uma das principais razões que levou à degradação de relação entre JJ e Bruno de Carvalho no Sporting foi a recusa de JJ em ser o aliado que Bruno de Carvalho queria ter na sua luta cega contra o Benfica?

10. Este investimento que se prepara para fazer no plantel do Benfica acontece repentinamente porque é Jesus o treinador, ou aconteceria sempre independentemente do nome do treinador porque essa era de facto a estratégia do clube para os próximos anos?

11. Sr. Presidente, em tempos não muito antigos Jorge Jesus afirmou que no Benfica apenas Rui Costa percebia de futebol... Vai aceitar a sugestão e fechar-se finalmente no gabinete dedicado àquilo para que realmente tem vocação?

12. Qual é o projeto do Benfica afinal? É o Benfica Made in Seixal anunciado como bandeira? É o projeto de há 6 anos atrás que se abandonou porque não servia mas que agora se quer retomar? Afinal o Benfica tem estrutura, tem projeto, tem uma ideia, ou percebeu-se que afinal navegamos à vista, nada do que havia serve e o novo projeto é simplesmente aquilo que Jorge Jesus quiser?

13. Este regresso de Jorge Jesus acontece para salvar o Benfica ou para salvar o Presidente nas eleições de Outubro?

14. Sr. Presidente, como é possível continuar a confiar em si? Como é possível justificar tanta contradição? Como é possível negar o desnorte? Como é possível não achar que tudo isto é errado e cheira mal? Como é possível não desconfiar que neste momento há muito mais empenho em salvar o projeto Luís Filipe Vieira do que o projeto Sport Lisboa e Benfica?

Felizes aqueles que sempre pensaram pela sua cabeça e sempre souberam em que lado da barricada estavam (independentemente do lado). Para os outros, tudo isto deve ser muito confuso, e imagino que requeira boa dose de contorcionismo continuar a ser um "bom" Benfiquista nesta altura.

Nova candidatura à presidência do SL Benfica anunciada hoje

Avatar
 ●  137 comentários  ● 


"João Noronha Lopes irá apresentar oficialmente a sua candidatura à presidência do Benfica - as eleições decorrem em outubro - numa conferência de imprensa a realizar pelas 17h, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Sob o lema “A Glória É agora”, Noronha Lopes encabeça, assim, uma quarta via numa corrida eleitoral na qual já estão o presidente Luís Filipe Vieira, como também Rui Gomes da Silva (ex-vice-presidente do Benfica) e Bruno Costa Carvalho (candidato derrotado em 2009), embora haja dúvidas sobre a legitimidade estatutária desta lista, pois Costa Carvalho não tem os 25 anos de sócio necessários para concorrer.

João Noronha Lopes, gestor formado em Direito pela Universidade de Lisboa, de 53 anos, foi vice-presidente mundial da McDonald’s e é descrito como um adepto fervoroso do Benfica, do qual foi vice-presidente na direção encabeçada por Manuel Vilarinho, que antecedeu Luís Filipe Vieira. O nome de Noronha Lopes, sabe a Tribuna Expresso, começou a ser discutido num grupo de WhatsApp que junta vários conhecidos benfiquistas descontentes com o rumo tomado pela SAD encarnada. O professor Pedro Adão e Silva e o publicitário Vasco Mendonça - ambos cronistas e também comentadores televisivos, respetivamente no Expresso, RTP, SportTV, e Tribuna Expresso e SIC Notícias - fazem parte deste grupo que, reconhecendo méritos a Luís Filipe Vieira na retoma do clube, entende que o modelo de liderança e de negócio estão esgotados.

Além disso, os casos de justiça e as suspeitas que rodeiam antigos responsáveis do Benfica e, sobretudo, Luís Filipe Vieira — nomeadamente na Operação Lex, na qual será acusado por recebimento indevido de vantagem — são vistos como nódoas inamovíveis na história do clube. Esta via já captou o apoio de várias figuras públicas da televisão e da rádio, que se irão manifestar favoravelmente a Noronha Lopes num futuro próximo." - Expresso.

--------------------------

Todos os benfiquistas devem ficar contentes pelo que está a acontecer no clube.

Pela primeira vez em muitos anos, teremos vários projectos de onde escolher em Outubro.

Pela primeira vez, Vieira não poderá escapar a debates e a ver discutida a sua gestão desastrosa do SL Benfica, em especial nos últimos 4 anos.

A democracia e a liberdade de expressão foram durante décadas uma das características básicas do SL Benfica.

Bem vindo, João Noronha Lopes!


quarta-feira, 22 de julho de 2020

Até já o advogado de Jesus dá bitaites e bicadas... (Santa Aliança exposta?)

Avatar
 ●  73 comentários  ● 


"Conceição cometeu erros. O momento que tem com o Danilo é de má gestão. Não sei se com proteção superior da presidência mas, a determinado momento, a equipa consegue reagrupar-se, redefinir-se e reagrupar-se, aproveitando o erro do adversário. O dinheiro que vai fazer com a entrada direta na Liga dos Campeões e o que pode vai fazer em algumas vendas fará com que comece a haver novamente um equilíbrio financeiro entre a situação financeira do FC Porto e do Benfica, algo que não ocorreu nos últimos dois anos. O Benfica não só perde o campeonato como perde a capacidade de esmagar financeiramente o FC Porto e deixa-o reerguer-se, o que pode gerar um aumento do índice de competitividade nos próximos anos", explicou em declarações (emitidas na semana passada) ao programa Jogo Económico, da Jornal Económico TV.
in Record

terça-feira, 21 de julho de 2020

A purga de JJ

Avatar
 ●  129 comentários  ● 

Há precisamente um mês eu referia neste espaço Um problema de liderança gritante que há no SLBenfica e parece que o Jorge Jesus tem exactamente a mesma opinião.

Da limpeza do balneário já muito anunciada e que já deve deixar Pizzi, Almeida, Grimaldo, Samaris e Rafa com as orelhas a arder... parece que Jorge Jesus não só concorda com a questão do balneário... como também concorda com a necessidade de rever integramente a estrutura.

Segundo o Benfica faz chegar às redacções, Jesus terá pedido que a liderança do futebol seja entregue a Rui Costa e Jorge Jesus, para ele poder trabalhar directamente com a única pessoa que percebe realmente de futebol na actual estrutura.

Depois, parece que quer Lourenço Coelho de novo como Director Geral da SAD, como braço direito de Rui Costa e de Jesus a assegurar o funcionamento profissional de todo edifício do futebol.

Como qualquer treinador inteligente, quer um "team manager" / director técnico que basicamente seja o tampão que evite o crescimento das "vacas sagradas" que têm vindo a minar o balneário desde a saída de Jesus.

Com isto reduz-se muito o espaço para o "bufo do Presidente" - e Jorge Jesus jamais aceitará ter um bufo ao seu lado - e também se reduz o espaço de Pietra que por ter tido o coração de benfiquista a "afastá-lo" de Jorge Jesus após a sua saída e não tolerar os comportamentos do treinador (como todos nós não toleramos e apenas quem tem memória curta pode esquecer).

Por outro lado, também o nome de Jose Luis - alegadamente já convidado para o SLBenfica - pode também entrar no SLBenfica para esta estrutura, algo que me pareceria totalmente desnecessário a menos que Lourenço Coelho ou Luisão não aceitassem a missão que Jesus gostaria de ter.

Pelo caminho parece ficar também Otávio Machado, como se poderia ter descido tão baixo ao pensar nesta hipotese? E com ele Carlos Janela, outro elemento impensável... e Carlos Freitas, que só teria sentido para fazer o pleno de sportinguistas no SLBenfica, depois de Domingos Soares Oliveira e Jesus...

O Futebol Clube de Portugal de Luis Filipe Vieira

Avatar
 ●  92 comentários  ● 


Depois de um vôo com custos inaceitáveis, assistimos a algo digno do FC Porto e do Sporting CP.

Do FC Porto de Pinto da Costa os seguranças que procuravam e empurravam qualquer adepto não conotado com o grupo que foi expressamente ali colocado para fingir apoio popular a Jorge Jesus.

Do Sporting CP de Bruno de Carvalho, os figurantes contratados. Gente que trabalha no clube e que por uns trocos extra foi ali colocada, juntamente com os cartazes fabricados pelo SL Benfica.

Uma autêntica Venezuela.

Para culminar, além deste circo todo, o aparato policial pago por todos nós, como se estivesse a chegar alguém muito importante.

Não estava. Era só um treinador de futebol.

O SL Benfica de hoje é uma mistura tóxica do pior que tem o FCP de Pinto da Costa e o que teve o Sporting CP de Bruno de Carvalho. Não é de estranhar porque alguns dos personagens que rodeiam Vieira vieram desses mesmos sítios.

É o Futebol Clube de Portugal.

É tudo menos Sport Lisboa e Benfica.

BENFICA SEMPRE (e em qualquer circunstância!), por Simão Santana

Avatar
 ●  116 comentários  ● 


O Benfica é feito dos seus associados e da sua massa adepta. Em nenhum momento, qualquer que seja a decisão das Direções (todas elas temporárias, ao contrário dos adeptos e sócios) ela deve definir o nosso empenho e apoio ao Sport Lisboa e Benfica. 

A história de 116 anos do S.L.B. foi feita por muita gente de relevo, mas só UM teve direito a Estátua... porque colocou o Benfica acima de qualquer outro valor! 

Dito isto, o regresso de Jorge Jesus ao nosso Clube não deve, nem pode, colocar em causa o Benfiquismo de nenhum de nós, que já sofremos, reerguemos e celebrámos com a bandeira encarnada solta ao vento! 

Ser do BENFICA, está acima de qualquer vitória ou derrota. Somos nós, os Sócios e Adeptos que escrevemos a história que perdurará no tempo do nosso Clube! 

UM DUPLO SENTIMENTO 

Digo assim com um duplo sentimento, como acredito que também sejam os mesmos sentimentos de muitos de vós: 

- Em primeiro lugar a chegada de JJ é o regresso ao nível de categoria internacional que ambiciono para o meu clube: JJ foi o único treinador em 30 anos que trouxe a dimensão europeia que devemos ter sempre; 

- Em segundo lugar, o seu regresso, é assumir que alguém que fez parte de uma estratégia de agressão ao Benfica, pode voltar... não por ter pedido desculpa, mas sim, porque precisamos dele para nos salvar do precipício que temos à nossa frente. 

Tenho como regra, considerar que nisto do futebol e na vida, "não devemos voltar ao lugar onde fomos felizes..." e todos nós sabemos bem como acabou, por exemplo, a história de José António Camacho... 

MAS MAIS IMPORTANTE QUE ISSO: 

Jorge Jesus - que a meu ver nunca deveria ter saído do Benfica - vem comprovar que a atual direção faz uma navegaçao à vista, sem estratégia, nem rumo, numa lógica de sobrevivência político-desportiva com base nas eleições de outubro 2020. 

É o fim da linha para um direção que está esgotada, que não tem projeto e que agora vai gastar o dinheiro todo que tem e não tem com um treinador, quando negou esse mesmo dinheiro a outros dois, durante 5 anos. Aliás, foi exatamente por esta razão que alegadamente JJ foi empurrado para fora do clube, ainda com a época 14/15 em andamento. 

Ainda a 01 de junho, Vieira afirmou que só era possível conquistar a Europa com a formação do clube (nada mais errado) e agora prepara-se para gastar mais de 100M€ em jogadores tarimbados e nada jovens, satisfazendo os desejos de um técnico que é exatamente o oposto da estratégia definida até há 15 dias atrás. 

A chegada de JJ agora, significa o fim da farsa de Vieira sobre a estratégia do Seixal. 

Não esqueçamos esta frase: 

"Sou amigo do Jorge Jesus, mas não falo de futebol com ele. Enquanto for presidente, ele jamais voltará a treinar o Benfica”. - LFV, Benfica Futebol Campus, 6 de julho de 2019. 

Em Outubro, vamos dar um novo futuro ao nosso Benfica, porque a história é escrita por cada um de nós! 

Simão Santana, Sócio n. 106576

segunda-feira, 20 de julho de 2020

O almoço da "conivência credível"

 ●  71 comentários  ● 


Aconteceu por estes dias um almoço onde alguns elementos da direcção, incluindo Gaioso Ribeiro e Costa Quinta, aproveitaram para realçar a obra de Luis Filipe Vieira e a “fantástica” contratação de Jorge Jesus perante um grupo de “notáveis” benfiquistas, perante o ar embevecido do próprio Vieira, segundo os relatos. 

Francisco Cortez, José Jacome, Diogo Cortez, Luis Seara Cardoso, Pedro Cardigos, António Cabecinhas Mendes, João Noronha Lopes, José Theotónio, Pedro Figueiredo, Filipe Pereira Coelho, José Vaz Guedes, Jorge Mattamouros, Pedro Nunes de Carvalho, José Diogo Vaz Pinto, José Eduardo Carvalho, Francisco Dias, Miguel Saraiva, Domingos Amaral, Gonçalo Valente, Diogo Leote, Miguel Agrela, João Cluny, João Valente, entre outros, foram os presentes no repasto de reflexão anual. 

Considero que todas as explicações e reflexões que devam ser feitas pela direcção o podem e devem ser realizadas através da BTV ou de meios públicos alcançáveis a todos os sócios. 

Acho que este formato, tipo “Conselho Leonino”, fechado ao sócio comum e aberto apenas a um clube restrito de “notáveis”, é um caminho de elitização do Benfica inaceitável para um clube de cariz popular como sempre foi desde a sua fundação. 

Mas se alguns nomes já sabia estarem disponíveis para serem novas ferramentas de Luis Filipe Vieira para as eleições que aí vêm, fiquei surpreso fiquei ao ver o nome de João Noronha Lopes aqui metido. 

O Benfica está metido num sarilho de processos judiciais, gestão com critérios pouco explicáveis à luz das melhores práticas, antecipação de receitas futuras sem fim à vista e com declarações de todos os quadrantes reconhecendo que Luis Filipe Vieira nada mais tem a dar ao clube. 

Foi com desilusão que vi o candidato “da credibilidade” preferir entregar-se aos braços do poder que assumir liderar uma alternativa a esse mesmo poder. Não acreditei quando dizem que procura uma saída profissional e não servir o Benfica.

Alguém viu os candidatos à presidência dos grandes clubes espanhóis reunirem-se em privado com os adversários nas eleições, em vez de prepararem uma alternativa e apenas os encontrarem em debates? 

A conivência demonstrada com o estado atual do Benfica é preocupante. 

Quando todos os benfiquistas com amor ao clube procuram escolher uma alternativa para as próximas eleições, eis que os “credíveis” escolhem o caminho das pedras. 

Vergonhoso.

Exclusivo: "Não se gere um clube com desespero", por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  164 comentários  ● 



O Sport Lisboa e Benfica anunciou o regresso de Jorge Jesus, pela mão de quem considerava isso impossível, enquanto fosse Presidente!

O mais importante nem será o valor pago nesta altura das incertezas em que vivemos, nem o tempo de contrato, nem as exigências satisfeitas!

O que importa sublinhar são todas as sucessivas contradições bem reveladoras do caráter de quem obrigou o Benfica neste contrato!

Contrariando declarações sobre “o projeto” que foram argumento chave para as razões da saída há 5 anos, despedindo insubstituíveis até há poucas horas, veio provar que a palavra é volátil e os princípios - pela Luz (seja de fato) ou pelo Seixal (seja em fato de treino) - não existem!

Ou melhor, existe apenas um: o de sobreviver e tentar usar o Benfica como bóia de salvação.

O Benfica não pode ser instrumento de ninguém nem para enriquecer nem para sobreviver!

Este é claramente um ato desesperado de quem enceta uma fuga para a frente, afinal, de quem precisa do Benfica. 

Alguém que desde que se iniciou a famosa parceria estratégica com um empresário, mudou radicalmente a sua atitude perante o Benfica. 

Alguém que, desde então, se habituou a servir-se do Benfica em vez de servir o Benfica, de quem usa o Benfica como escudo protector em vez beneficiar o Benfica com o seu trabalho... no fundo de quem não sente o Benfica na alma nem os ataques ao Benfica como ataques a todos nós. 

Na minha opinião, este é um ato de quem põe os seus interesses à frente dos do Benfica julgando, com isso, criar dificuldades intransponíveis para que os sócios do Benfica não votem em liberdade e de acordo com a sua consciência.

O BENFICA DE PALAVRA DE AMANHÃ

O Benfica que queremos - a partir de Outubro ou de quando forem as eleições - é um Benfica de palavra, de estratégia clara que não mude com as circunstâncias ou com o vento, ou seja, à Benfica!

Feito de gente séria, disponível para servir o Benfica!

De gente de palavra, que não precisa do Benfica!

Porque foi assim que o Benfica se fez tão grande!

UM BENFICA SEM MEMÓRIA

Todos sabem que Jorge Jesus não seria o treinador que eu escolheria para o Benfica. 

Não estarão, sequer, em causa as suas qualidades técnico-táticas (apesar de não se poder esquecer que na sua primeira passagem pelo clube nem tudo foi perfeito), mas sim a forma como tratou e se referiu a “nós”, quando aceitou fazer parte (e não apenas como treinador) de uma estratégia anti-Benfica, comandada pelo então presidente do seu clube do coração.

Há, por certo (pelos valores que vamos pagar), tão bons ou melhores treinadores no mundo, embora reconheça muito poucos com esse perfil, face às limitações de quem escolhe.

Uma atitude bem reveladora do desespero em que se encontra o Presidente do Benfica, ao escolher, com tanto treinador pelo Mundo, exatamente aquele que nos atacou e que foi atacado - inclusive com um processo de 14 milhões de euros - como sendo o único capaz de orientar a nossa equipa!

No dia em que for presidente, como acredito que serei, quem estiver no banco da equipa de futebol será parte da solução de vitórias para o Benfica, se partilhar das nossas ambições e projectos que levaremos para o Benfica.  

40 MILHÕES E UMA MEMÓRIA CURTA ... PARA SALVAR UM PRESIDENTE

O desespero de Vieira custa 40 milhões de euros ... fora o resto!

14 milhões de um processo que desistiu sem nunca se entender porquê e agora 26 milhões para treinador e tudo o resto que nos chega do Flamengo ... sem contar com o médico (que não quer vir, ao que parece)!

Eis a prova de como a memória é curta ... curtíssima, mesmo, no futebol!

UM FUTURO COM CARÁCTER, FIEL AOS SÓCIOS

Por tudo isso ... haverá um desafio adicional ao de recuperar a grandeza do Benfica em termos europeus!

O de reconstruir o Benfica , regressando aos valores fundadores.

Um Benfica de carácter, de gente de uma só cara, de palavra de honra, um Benfica de pessoas de bem!

Um Benfica que não envergonhe a memória de Cosme Damião!

Enquanto Presidente em nome de um projeto - como espero vir a ser, com o voto dos sócios, a partir das próximas eleições - posso apenas garantir que nenhum valor financeiro me impedirá de defender os interesses do Benfica!

Porque é aos sócios e ao Benfica, aos valores que o fizeram tão grande e não a quaisquer outros interesses, é que serei leal!

Lutando pelo melhor para o Benfica, porque o nosso clube merece (muito) melhor!!!

Uma nota final: 

O avião que está na foto é um avião privado, pago pelo Benfica, para o ainda presidente ir ao Brasil buscar o treinador. 

Isto enquanto se cortam despesas nas modalidades e se dispensam jogadores que ainda tinham muito a dar ao Benfica.

Os sócios que, com sacrifício, pagaram quotas e cativos não percebem esta atitude de milionário ou "novo-riquismo" de Luis Filipe Vieira... logo ele.

Nem eu entendo... Talvez Vieira entenda em Outubro, quando os sócios lhe explicarem nas urnas.

ranking