O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 29 de fevereiro de 2020

Quando não há vergonha, é assim que se fala!

Avatar
 ●  101 comentários  ● 

"Luís Filipe Vieira aproveitou a cerimónia de entrega dos anéis de platina e emblemas de ouro e prata aos sócios com 75, 50 e 25 anos de filiação ao clube para pedir este sábado a união dos benfiquistas em torno da equipa que, não obstante ter sido eliminada da Liga Europa, lidera o campeonato com mais um ponto do que o FC Porto e mantém-se na luta pela Taça de Portugal.

"Entramos agora na fase decisiva de qualquer época. Este ano ganhámos a supertaça, passámos para a final da Taça de Portugal e lideramos o Campeonato. Vimos de um ciclo de vitórias com pouco paralelo, ganhando cinco dos últimos seis campeonatos. É certo que esta semana sofremos um revés com a eliminação das competições europeias. Mas neste clube - como sempre defendemos - não entramos em euforias em momentos de vitória, nem em depressões perante resultados menos positivos", considerou. 

"Fazemos é uma reflexão exigente e análise rigorosa, para rapidamente respondermos de forma positiva aos principais objetivos ao alcance no imediato, que importa conquistar. E neste momento todo o nosso foco estará na conquista do Campeonato e da Taça de Portugal", prosseguiu.

"Temos 13 finais pela frente, onde todo o apoio dos benfiquistas será necessário. Foi sempre quando unidos e juntos que conseguimos ganhar. E é esse exemplo que estou certo continuaremos a dar. Voltando à nossa gloriosa história, com ambição, determinação e vontade, com o amor e paixão ao nosso clube que todos os dias nos motiva", concluiu.

"Este é o local certo de dizer alguma coisa. Como sabem, o Benfica fez uma OPA às próprias ações. Ultimamente tenho ouvido, como devem imaginar, comentários dos mais parvos que podem existir. Estou inibido de falar, não posso falar mas na altura própria poderei falar. 

Sem entrar nesse paralelo sobre aquilo que mais tarde irei dizer, quero dizer-lhes que vocês, ou a grande maioria dos benfiquistas, escolheu alguém para liderar este clube [emociona-se e bebe água]. Tenho a certeza absoluta de que eu, os meus colegas, os benfiquistas em conjunto, fizemos a maior revolução alguma vez vista na Europa num clube de futebol. Acreditem que aquilo que se está a fazer no Benfica é para sermos duma dimensão europeia e para não ficar fechado em Portugal. Infelizmente, há pessoas que têm um pensamento muito pequenino em Portugal e o mais fácil para eles é insinuar, caluniar e tentar que o Benfica pare. Mas quero dizer-lhes abertamente: quanto mais me vão chateando mais força vou tendo para levar o Benfica a onde eu quero", afirmou.

E concluiu: "Não sou treinador de futebol, não jogo à bola, mas garanto-lhes que estamos a construir em conjunto um Benfica de dimensão mundial. Isso garanto a todos". - Record.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Imbecil

Avatar
 ●  104 comentários  ● 

"Alcino António, vice-presidente do Benfica, comentou a eliminação do Benfica da Liga Europa, vincando a tristeza que assola o universo benfiquista, mas desvalorizou os lenços brancos que foram erguidos no final do empate com o Shakhtar Donetsk, a três golos.

"Apesar de estarmos todos infelizes – é um misto de desilusão com infelicidade, por não termos passado à eliminatória seguinte - apraz-me registar o comportamento de todos os que estiveram nas quatro linhas. Foram exemplares para todos os simpatizantes e até dirigentes. Deram o máximo para ultrapassar esta eliminatória. Não o conseguiram, mas o sentimento dos benfiquistas é que se todos os nossos atletas, se derem tudo o em campo, serão ovacionados. Ontem foram ovacionados pela maior parte. Mas parece que uma ou duas pessoas estavam a assoar-se e a grande maquina comunicacional disse que eram lenços brancos. Uma pessoa já nem pode estar constipada no Estádio da Luz ao tirar o lenço, porque ao tirar já está a querer algo que não foi o que aconteceu", afirmou o responsável benfiquista, na BTV, tendo defendido que na receção ao Shakhtar Donetsk se sentiu "a mística" do Benfica, que os "atletas deram o máximo" e que o sentimento dos benfiquistas é de "inifinita tristeza". - Record.

Banha da cobra

Avatar
 ●  53 comentários  ● 



28 de Fevereiro de 1904

Avatar
 ●  87 comentários  ● 

Imagem e dados: Em Defesa do Benfica
Estimados fundadores,

Lamento que o clube que fundaram esteja nas mãos de quem não gosta dele mas sim do dinheiro e do estatuto que o Sport Lisboa e Benfica lhes confere.

Lamento que a vossa ambição de um clube grandioso mas humilde tenha sido substituída por uma ideia de clube para fazer negócios, fantástico para quem não gosta do SL Benfica, mas destruidor para quem cresceu a acreditar que o principal objectivo do SL Benfica é ganhar dentro de campo.

Lamento que as bases que lançaram e que permitiram mais tarde atingirmos o topo do futebol mundial tenham sido trocadas por euros nas contas de terceiros ou de gente de terceira categoria 

Lamento que tenhamos hoje na presidência do clube alguém para quem o sucesso desportivo é algo indiferente.

Lamento que o importante para este presidente seja ter uma estrutura de gente amansada, necessitada do dinheiro que ganham no SL Benfica, muitos deles sem qualquer ligação emocional ao nosso clube. E se não é a emoção que os liga ao SL Benfica...é o dinheiro.

Lamento que tenhamos como vice-presidentes uma cambada de gente sem espinha, incapazes de dar um murro na mesa. Pelo contrário, temos os Alcinos da vida, que nunca serão mais que servos de um amo. 

Lamento que todos tenhamos a noção de que este presidente precisa do SL Benfica para ser quem é, quando o SL Benfica nunca precisou de nenhum messias, mas sim de quem queira trabalhar para o seu sucesso.

Lamento que o SL Benfica hoje não passe de um projecto imobiliário sem fim. Não passe de um entreposto de jogadores. 

Lamento que o SL Benfica para alguns seja apenas um evento corporate com direito a pulseira, comes e bebes e lugares VIP.

Lamento, caros fundadores, que o SL Benfica hoje não passe de uma caricatura do clube que vocês sonharam. 

Lamento que presidentes como Maurício ou Adolfo Vieira de Brito, Joaquim Ferreira Bogalho, António Fezas Vital, José Ferreira Queimado, Duarte Borges Coutinho ou João Santos tenham tido como sucessores mercenários e aproveitadores para quem o clube foi e é uma tábua de salvação pessoal.

Para vocês fundadores e para nós que amamos o Sport Lisboa e Benfica, o clube é uma paixão, um amor sem fim. 

E será com os que partilham essas emoções que o conseguiremos resgatar de populistas com máquinas de comunicação que lhes lavam a imagem a toda a hora. 

Porque o Sport Lisboa e Benfica é e sempre será uma paixão e não um negócio!


quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

A mediocridade não é "Benfica à Benfica"

Avatar
 ●  131 comentários  ● 
"Mas hoje viu-se um Benfica à Benfica, a procurar, a chegar ao 3-1 para seguir em frente e lamento imenso não oferecer isso aos adeptos e ao presidente".

Enquanto eles acharem que servindo-se do SL Benfica nos estão a fazer um favor, dirão mais barbaridades como aquela.

Benfica à Benfica, caro ex-adjunto de Carlos Carvalhal, era um Benfica que não era humilhado na Europa. 

Era humilde mas entrava para ganhar em qualquer lado.

Bruno Lage confunde mediocridade com qualidade. É um lapso normal entre os servos de Jorge Mendes e Luís Filipe Vieira.

Para eles temos todos é que apoiar a mediocridade enquanto se servem como querem do SL Benfica.

Mas esse tempo vai terminar.

Chega de parasitas.

SL Benfica - Shakthar (com 11 inicial)

Avatar
 ●  224 comentários  ● 

Foto: SL Benfica

Convocados:

Guarda-Redes: Mile Svilar e Odysseas;

Defesas: Ferro, Rúben Dias, Nuno Tavares, Grimaldo e Tomás Tavares;

Médios: Julian Weigl, Taarabt, Samaris, David Tavares, Pizzi, Florentino, Rafa, Cervi e Chiquinho;

Avançados: Vinícius, Seferovic, Jota e Dyego Sousa.


ONZE DO SL BENFICA: Odysseas, Tomás Tavares, Rúben Dias, Ferro, Grimaldo, Weigl, Taarabt, Pizzi, Rafa, Chiquinho e Dyego Sousa.

Suplentes: Svilar, Nuno Tavares, Florentino, Cervi, Jota, Seferovic e Vinícius.

-------------------------------------------------

Todos temos a noção de que é vital continuar em prova.

Seria mau demais que, vindos eliminados da Champions, caíssemos logo aos pés de um clube treinado por... Luis Castro.

Portanto hoje não esperamos menos que uma exibição de garra, qualidade e que no final do encontro possamos festejar a passagem à eliminatória seguinte.

Não aceitamos menos que isso.

Quem defende o SL Benfica de quem o roubou?

Avatar
 ●  28 comentários  ● 

João Vale e Azevedo com o seu vice José Manuel Antunes,
hoje comentador da BTV
"A defesa de João Vale e Azevedo pediu a prescrição de mais um processo: desta vez, está em causa um processo no qual é acusado de desviar cerca de cinco milhões de euros relativos a transferências de jogares do Benfica, avança a TVI, lembrando que já passaram 20 anos desde que os alegados crimes foram praticados.

No dia 20 de fevereiro, o tribunal tinha já declarado a prescrição de um dos processos pendentes contra o antigo presidente do Benfica, também pelas mesmas razões. Em causa estavam crimes de peculato e falsificação de documentos relacionados com o desvio de cerca de 1,2 milhões de receitas provenientes de direitos de transmissão de jogos europeus entre 1998 e 1999." - Observador.

----------------------------------------------------

"Os encarnados pagaram no último exercício (2018/19) 13,7 milhões de euros na rubrica de ‘trabalhos especializados’, que inclui gastos com advogados e consultores. Em 2017/18, a SAD do Benfica havia pago bem menos: 9,45 milhões de euros." - Record.

----------------------------------------------------

Aguardamos explicações urgentes do Departamento Jurídico do SL Benfica sobre como os processos contra João Vale e Azevedo vão prescrever sem que o nosso clube seja ressarcido por esse vigarista.

Mais ainda: como é que o SL Benfica anda a gastar milhões de euros/ano em advogados e consultores para afinal tudo prescrever?


E para finalizar, a BTV que explique se José Manuel Antunes está a ser remunerado pelas suas participações no canal do nosso clube. 

É que alguém que, segundo a Sábado colocou o SLB em tribunal depois de ter sido o braço direito de alguém como Vale e Azevedo, ainda volta e é remunerado...algo está muito mal.

Estranho silêncio no mundo do futebol sobre...

Avatar
 ●  32 comentários  ● 

Foto: Record
a) Insultos racistas contra Abdu Conté por parte de adeptos do FC Porto. 
Árbitro e delegados da Liga nada colocaram no relatório. Foi preciso a polícia apresentar o relatório.

Até agora, não ouvi ou li uma linha de solidariedade com o jogador ofendido. Deve ser menos "preto" que outros, pelo visto.

Como escrevi na semana passada, racismo é racismo não importa a cor ou o local. 

Nem quero imaginar as teorias de premeditação que se levantariam se não estivessemos a falar do FC Porto... 

b) Sérgio Conceição passa impune nos festejos ofensivos ao fiscal de linha do jogo com o Portimonense. Deve ser do Estádio. Lá até jogadores em campo são agredidos por adeptos sem qualquer consequência.

c) Processo do Túnel do Jamor arquivado. Eu diria que só não foi arquivado antes porque entretanto apareceram as imagens a corroborar o que se tinha passado. Como ninguém do Codecity quis dizer que era o "boi", e no FC Porto muito menos, a coisa ficou entre amigos e é arquivada.

Como temos uma FPF dirigida por andrades...nada de estranho.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

'Operação Lanigan' - o NGB bem avisou em 2016

Avatar
 ●  44 comentários  ● 
"Os agentes de futebol Abdilgafar Ramadani e Nikola Damjanac foram esta quarta-feira constituídos arguidos por um tribunal espanhol, por suspeita de branqueamento de capitais, fraude fiscal e outros delitos relacionados com um esquema ilícito de transferências de jogadores.

O albanês Ramadani e o sérvio Damjanac, sócios na agência Primus Consultance - que se chamava anteriormente Lian Sports -, estão a ser investigados pelas contratações fictícias de jogadores para clubes que controlavam em diferentes países europeus, como o cipriota Apollon Limasol, com o objetivo de encarecer as suas transferências futuras para os maiores clubes europeus.

A chamada 'Operação Lanigan', que teve origem em notícias divulgadas em vários órgãos de comunicação social com base em documentos tornados públicos através do Football Leaks, descobriu que os dois empresários captavam para a sua agência jovens jogadores que despontavam em equipas de países do Leste, como a Sérvia e a Roménia, e, quando os grandes clubes europeus se interessavam na sua contratação, faziam-nos assinar por um dos clubes que controlavam para depois os venderem mais caros.
Os futebolistas nem sequer chegavam a vestir a camisola dos "clubes de passagem", de acordo com as provas reunidas pela acusação. - Record.

----------------------------------------------------------

Em 2016 publicamos vários posts sobre estes temas:




As várias informações publicadas na altura ligavam Ramadani a negócios dos irmãos Osmani, conhecidos como chefes do crime organizado de Hamburgo e em outras cidades alemãs.

Também o ligava a Marc Rautenberg, (um nome obscuro do futebol, direitos televisivos e com ligações às federações de futebol) e intermediário em transferências de futebol.

Rautenberg ofereceu uma série de jogadores romenos e sérvios ao FC Porto. Nenhum foi para lá. 2 deles assinaram pelo Apollon Limassol sem nunca irem lá sequer e depois foram parar ao Benfica(Jovic) e ao Eintracht Frankfurt.

Diz o portal: "Many players are further sold within days to clubs in western Europe, but the profit stays with the investors in Cyprus, which includes Pini Zahavi."

Ora, no caso de Jovic, a coisa fica mais interessante quando analisamos a sua "venda" ao Apollon.

A 25 de Janeiro de 2015, o Estrela Vermelha vende 70% dos direitos de Jovic ao Apollon por 1,4 milhões de euros. Além disso, o Apollon garante uma clausula que lhe garante os restantes 30% por 600 mil euros.

Mas o jogador ficou em Belgrado. Nunca jogou pelo Apollon. E a 1 de Fevereiro de 2016 assina pelo Benfica.

Ou seja: o Estrela Vermelha recebeu no máximo 2 milhões de euros por um jogador que veio directamente de Belgrado para Lisboa e o Apollon, sem que o jogador lá tenha colocado os pés, recebeu 4,65 milhões de euros pelo jogador.

O "grande" gestor do Estrela Vermelha que fez este negócio brilhante foi Zvezdan Terzic. Este senhor esteve fugido à justiça 2 anos por acusações de desfalque tendo-se entregue em 2010 e pago mais tarde uma caução de 1 milhão de euros para regressar "ao activo".

Entretanto, a irmã deste senhor é casada com um antigo guarda redes chamado Nikola Damjanac que foi contratado pelo Benfica para representar o clube nas negociações com Jovic. Por isso recebeu 100 mil euros do Benfica. 

Este senhor é o outro nome que o Estado Espanhol acusa.

Damjanac era co-proprietário da Lian Sports que entre outros representava: Djuricic, o irmão de Markovic Filip e Fejsa. Quem são os sócios de Damjanac? Rautenberg e Ramadani.

Quem tiver dúvidas pode consultar The Black Sea.

Que necessidade o SL Benfica tinha de se meter com esta gente?

Weigl: um diamante por lapidar?

Avatar
 ●  75 comentários  ● 


A chegada do alemão criou muitas expectativas quanto ao seu impacto no jogo do SL Benfica.
Muita dessa expectativa foi criada pelo próprio clube, com opinião escrita e falada.

O treinador do SL Benfica também não ajudou ao colocar o jogador logo na equipa mal chegou. Além da mensagem para os jogadores que já cá estavam não ser a melhor, deu a ideia a quem não conhecia o jogador de que já era um craque feito e que por isso a sua entrada na equipa era algo natural.

Todos os jogadores, mesmo os "craques" precisam de um tempo de adaptação quer ao clube, aos colegas mas também ao campeonato.

Ao privar Weigl desse tempo, e numa altura em que o futebol praticado pelo SL Benfica não é o melhor, está-se a contribuir para as críticas que já se ouvem por todo lado às reais capacidades e qualidades do jogador.

Pelo que foi possível ver até agora, o alemão parece mesmo ter ali um potencial grande de evolução. 

No entanto, sem um treinador que o ajude a crescer, que perceba onde estão as suas qualidades e como aproveitá-las, poderá ser (mais) um investimento enorme deitado à rua.

O Bruno Lage que tomou conta da equipa no ano passado e teve o mérito de colocar os jogadores nas posições onde mais rendiam teria conseguido fazer isso.

O Bruno Lage desta temporada, agenciado pela Gestifute, e com as limitações demonstradas, não me parece ser o treinador ideal para ajudar Weigl.

Se era para ter um 6 a passar bolas para o lado e para trás já cá tínhamos Florentino ou Samaris, que chegavam e sobravam para esse tipo de jogo.

Precisamos de um 6 interventivo, que apoie os centrais mas tenha a capacidade de subir e dar apoio aos médios mais ofensivos e até de distribuir jogo e lançar o contra-ataque.

Preocupa-me que se esteja a queimar um jogador, que custou 20 milhões, por falta de capacidade em o ajudar.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Não aprendes nada, Bruno Lage. Nem Vieira

Avatar
 ●  89 comentários  ● 

Quem teve estômago para assistir a mais uma conferência de imprensa enjoativa do treinador do SL Benfica teve mais uma chance de perceber o que é Bruno Lage como treinador: fraco.

Um treinador que valorize o grupo que tem passaria a primeira metade da conferência de imprensa a valorizar os jogadores e a importância do que tinham conseguido em Barcelos: a vitória.

O que fez Lage? Achou importante foi falar, mais uma vez, de uma "qualidade de jogo" que só ele vê.

Depois de meses a desprezar um jogador como Samaris, colocou-o em campo no jogo que seria vital para a sua estabilidade como treinador nos próximos tempos. Todos perceberam que Samaris teria sido muito útil na esmagadora maioria dos jogos desta temporada, como foi vital no título 37.

O que faria um líder? Teria dado uma palavra pública de incentivo ao jogador reconhecendo o empenho de um atleta que não era opção regular há meses, sem desprezar ou menorizar o contributo de qualquer outro atleta do plantel. 

O que fez Lage? Não só desvalorizou como lembrou que no passado também tivemos jogos em que a sua utilização correu mal. Isto é de um líder? 

A grande prioridade de Bruno Lage nas conferências de imprensa é valorizar-se a si próprio. A tal conversa de teórico da treta com as "linhas", "entrelinhas", "larguras", "transições" e outras tangas muito interessantes para capas de jornais ou artigos de culambismo.

Na verdade, são cada vez mais os benfiquistas sem estômago para escutar Lage, as suas conferências de imprensa ou sequer pequenas declarações. O que pensarão os atletas? 

Mas afinal vencemos em Barcelos, recuperamos o primeiro lugar, e este post é a "rasgar no Lage"?

Sim, porque hoje não estamos confortáveis no primeiro lugar do campeonato porque o treinador do SL Benfica foi incompetente perante o FC Porto mais fraco que me lembro de ver.

Alguém tem visto qualquer jogador do SL Benfica melhorar por acção de Lage? Um que seja? 

Não é verdade que o mérito do título 37 foi apenas colocar os jogadores nas suas devidas posições em campo? Félix, Gabriel, Samaris, etc, etc?

Assistimos a uma defesa do SL Benfica sem qualquer rotina de treino e em que apenas Vlachodimos nos tem valido. Se estamos na Final da Taça de Portugal, se não perdemos imensos pontos no campeonato tem sido graças a Vlachodimos.

Desde o princípio da temporada que escrevo no NGB acerca da fraca qualidade de jogo da equipa, dos erros constantes de Bruno Lage e da sua incapacidade em ser melhor. Não descobri agora, como alguns, que Lage é muito limitado. 

Referi-me à dificuldade do treinador em lidar com jogos de maior dificuldade desde o ano passado com o Eintracht e com o Sporting, em que ambos os jogos fomos eliminados. 

Tenho escrito sobre a utilidade e importância da postura de jogadores como Samaris, por exemplo.
Isto enquanto nos vendiam os Caios Lucas da vida como craques. Ou nos obrigam a ver Pizzi acabar jogos sem ser metido no banco de suplentes.

Não andei a "cagar postas de pescada" com estatísticas do campeonato que serviam apenas para esfregar areia nos olhos da maioria, enquanto nos minavam a prestação em mais uma Champions com miúdos sem experiência, lançados aos lobos da competição mais importante do mundo. 

O que vi ontem em Bruno Lage foi que não aprendeu nada. Nem quer. Ontem lá meteu Samaris porque precisa de salvar o pescoço. Só. 

Não estou mais sossegado por o FC Porto não jogar a ponta do corno. Os mesmos que já nos venceram 2 vezes esta temporada.

Nós também não jogamos nada. Temos jogadores que podem dar mais, que podem ser úteis, mas só os metemos em último caso, se metermos.

Ficaram mais sossegados com a vitória de ontem? Sim, mas por poucas horas. Isto porque o treinador vai continuar a insistir nos erros. 

O que Bruno Lage deveria dizer é que devemos TER MEDO de perder porque no SL Benfica perder não é opção. 

Quanto a Luis Filipe Vieira, o construtor deste plantel, o culpado de não termos qualidade para sequer passar uma fase de grupos da Champions, o responsável por termos deitado à rua a possibilidade de um Penta, mais uma vez foge da imprensa quando as coisas correm mal. 

Refugia-se num discurso escrito por outros, num palanque sem direito a perguntas, e sempre preocupado é com os que não estão no seu "payroll", directo ou indirecto, e por isso não controláveis.

Foge porque não quer responder a perguntas sobre o plantel, sobre os resultados, mas também sobre a a palhaçada que evidentemente a OPA é.

Vieira não aprendeu, nem vai aprender, que o SL Benfica não é um clube "controlável" como era o Alverca ou como é o FC Porto, onde andou a aprender no círculo de confiança de Pinto da Costa.

Em conclusão, com um treinador mais preocupado com o seu umbigo e com um presidente cuja prioridade são negócios, vocês ficam mais descansados e optimistas quanto ao resto da temporada?

Eu não.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Gil Vicente - SL Benfica

Avatar
 ●  87 comentários  ● 

ONZE DO SL BENFICA: 

Odysseas, Tomás Tavares, Rúben, Ferro, Grimaldo, Weigl, Samaris, Pizzi, Rafa, Taarabt e Vinícius.

Suplentes: 

Zlobin, Nuno Tavares, Cervi, Chiquinho, Jota, Seferovic e Dyego Sousa.

-------------------------------------------

A entrada de Samaris para o 11 inicial é a grande novidade. Não deixa de ser curioso alguém que sempre foi a última opção agora estar no 11 inicial num jogo fundamental.

Saúdo a entrada de Samaris no 11. Vamos ver qual a missão que lhe foi confiada.

Por outro lado, a saída de Cervi deixa o lado esquerdo mais descoberto como tem sido comum observar. Veremos que cautelas foram tomadas nesse sentido.

O que interessa é simples: sair de Barcelos com os 3 pontos e com a liderança segura.

Exclusivo: Um plantel "à Benfica"!, por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  95 comentários  ● 

DEPOIS DA UCRÂNIA 

Hoje, à noite, ao entrarmos em campo, em Barcelos - com 3 derrotas e 1 empate, nos últimos 4 jogos - temos um registo impensável ... mesmo para o pior Benfica da História!

Mas há algo fundamental hoje à noite:

Se entrarmos focados, formos competentes e tivermos sempre em mente que a camisola que envergamos é muito mais importante que qualquer outra coisa, teremos uma grande probabilidade de vencer e continuarmos só a depender de nós. 

Queremos ganhar pela nossa competência!

A. TRÊS DERROTAS E UM EMPATE

Três derrotas e um empate (em quatro jogos) depois, começamos a perceber que - no futebol, como na vida - há erros que nos podem custar muito caro!

Constatamos, hoje, que não contratámos - quer em Julho, quer em Janeiro - para suprir as nossas necessidades. Porquê? Que razão justifica ignorar as debilidades do plantel?

Essas fragilidades, que não foram acauteladas, levou-nos a perder com um Shakhtar Donetsk em princípio de época, sem competir há dois meses ... 

B. O JOGO QUE SÓ BRUNO LAGE VIU

Como me escrevia o Mário Correia, “... depois dos comentários de Lage ao jogo com o Shaktar, fiquei com a sensação que não devemos ter visto o mesmo jogo”!

Em Kharkiv, o Benfica apresentou-se frágil e apático, contra uma equipa que não joga desde Dezembro, mas com uma agressividade, um ritmo, uma garra e uma organização tática muito mais de Champions do que nós!

Como pôde Bruno Lage ter gostado de um jogo em que só aos 40 m fizemos o 1.º remate à baliza?

Como pode o treinador do Benfica ter gostado de um jogo em que o nosso melhor jogador foi Odysseas, que, com uma grande exibição, evitou 4 ou 5 golos?

Como pôde Bruno Lage ter gostado de um jogo em que só meteu Samaris já nos descontos, ele que - como todos já percebemos - tem de jogar sempre, para além de ser, hoje, o porta estandarte dessa mística e dessa vontade de ganhar de que se fazem os campeões?

Como pode o treinador do Benfica ter gostado de um jogo com as confusões posicionais de Chiquinho e os sucessivos erros de “entrada” e de “saída” de Taarabt?

C. DE TREINADOR À BENFICA A ... TREINADOR DO BENFICA

Ora, neste jogo, foram mais visíveis os problemas que foi escondendo - como confessou - durante um ano!

Por isso recordo, aqui, outra conversa, num almoço em Lisboa, depois dos jogos com Porto e com o Braga, em que o Paulo Morais me dizia que o grande problema é que “Bruno Lage, o treinador à Benfica do ano passado, transformou-se - esta época - no treinador do Benfica ... e isso faz toda a diferença”!

Talvez seja mesmo isso que anda a fazer a diferença!

Onde não existe diferença é na ambição europeia de Vieira, que, 17 anos depois de chegar ao poder, no Benfica, continua sem uma equipa que ganhe ... “de caras” ao Shakhtar, como a quase todas as outras equipas ... na Europa!

EU, ... PRESIDENTE ... A ESCOLHER SÓ PELO BENFICA ... 

Há uma semana escrevi sobre o que Bruno Lage vê ... mas de que não pode falar ...

Sobre as fragilidades não corrigidas, sobre uma equipa não reconstruída em Julho e muito menos corrigida em Janeiro! 

Ora, correndo o risco de, em Julho, fazerem o que vou dizer que faria - e para que se calem, de vez, os que andam sempre a pedir uma oposição credível e com ideias - é tempo de (dando público testemunho das mensagens trocadas com o Pedro Rito) vos transmitir as minhas opções ... se fosse, em Julho, Presidente do Benfica (se esta indefinição se mantiver por incompetência ou por exigência da “parceria estratégica”).

A. 10 ANOS À FRENTE?

Nos últimos anos, os nossos resultados, na Liga dos Campeões, só nos têm envergonhado!
Estamos muito longe do sonho europeu.

O problema é que ou voltamos, rapidamente, a esses registos, a esse Benfica europeu conquistador, sem medos, jogando de igual para igual com os grandes da Europa ou seremos reduzidos a uma mera expressão nacional!

Temos, por isso, que pensar em grande, ter ambição, acreditar que podemos voltar à glória dos tempos passados! Porque ou voltamos a esse registo ... ou seremos irrelevantes na Europa do futebol!

Estamos fartos de ouvir o actual Presidente do Benfica dizer que estamos 10 anos à frente dos nossos adversários! Mas todos nós sabemos que essa não é a realidade!

Se o fosse, não seria cada vez mais difícil vencer internamente, ... perante uma concorrência cada vez mais fraca. 

Mas mesmo ganhando internamente, importa saber porque perdemos, cada vez mais, em termos europeus!

Claro que só foi possível chegar a esta situação por força de um conjunto de erros estratégicos, de falta de visão, de alianças espúrias, de conflitos de interesse, de más decisões em termos táticos!

Mas, também, por falta de convicção nessa mesma possibilidade de lutar na Liga dos Campeões!
Ou seja ... 10 anos à frente de coisa nenhuma!

B. UMA GRANDE EQUIPA SÓ SE CONSEGUE COM GRANDES JOGADORES

E não adianta acreditar que é possível fazer grandes equipas a diminuir a qualidade do plantel, a cada ano que passa!

Se, quem manda, lesse alguma coisa, por muito pouco que fosse, teria, por exemplo, lido o que se escreve sobre o Método Coerver (Wiel Coerver, Holanda, 1924/2011) .

Onde se conclui, de uma forma muito simples, que só com individualidades fortes se consegue ter um coletivo forte.

O que significa que teremos que ter jogadores que, fazendo a diferença em termos individuais, a consigam, depois, concretizar em termos de equipa!

E se, para consumo interno, vai bastando, já nos jogos internacionais a falta de jogadores com qualidades individuais acima da média, em termos de criatividade, de habilidade, de qualidade de passe e de finalização determinam os maus resultados que vamos tendo.

C. UM PLANTEL À BENFICA

Importa, por isso, perceber o que precisamos!

Se analisarmos os nossos últimos jogos (embora, para um observador mais atento isso fosse perceptível desde há algum tempo), concluiremos que não temos um plantel equilibrado, com jogadores chave em cada sector.

O objetivo deverá ser conseguir ter 17 ou 18 jogadores de qualidade muito idêntica, que disputem, sempre, entre si, a titularidade, sem que nenhum deixe de se sentir uma verdadeira opção, em termos de efetividade.

Para além desse núcleo duro, as restantes opções deverão ser obrigatoriamente fornecidas pelos jovens da equipa B.

Podemos ter alguém que vai ser um grande lateral, mas alguém com mais experiência seria bem vindo nesta fase.

Com um jogador mais maduro, quer no aspecto ofensivo, quer em termos defensivos, conseguiríamos uma maior profundidade nesse corredor, de forma a libertar o médio (que ajudaria Tomás Tavares a evoluir) para sair a jogar, em termos ofensivos!

O mesmo se diga do central mais rodado de que necessitamos, para, com essa experiência, ajudar no crescimento e na consolidação, como grandes jogadores, de Ruben Dias e de Ferro.

A isso acrescentaria um 4º central, mais jovem, de forma a precaver uma qualquer saída (que evitaríamos até ao limite ... ao contrário do atual Presidente, que se esforça - também até ao limite, reconheçamos - para vender tudo o que se vá destacando, em termos individuais).

Acrescentaria, a essas preocupações, a de um novo lateral-esquerdo, mais experiente, para jogos em que fosse preciso um maior rigor defensivo!

Se acham que Florentino não serve, e que Weigl não é o que queriam, então terão de procurar um novo número 6, que dê estabilidade à equipa, de forma a não só apoiar os centrais mas, também, para poder sair a jogar.

Esse é, hoje, um dos nossos problemas, quando os 2 médios estão em linha, sem capacidade de sair rapidamente, sem capacidade de pressionar à frente, capaz de sair com a bola no pé em transição rápida, preparado para, nesse movimento, fazer o último passe.

Também precisaríamos de alas diferentes, mas complementares, que possam entrar pelos corredores mas que também busquem o jogo interior (tão importantes no sistema de Bruno Lage).

Finalmente - e porque não concebo um futebol direto numa equipa grande, sem pressing ofensivo constante e cada vez mais sufocante para o adversário - quereis um génio que seja um 10 ou ... vá lá ... um 9 e meio. 

Um jogador que, com a sua visão, com os seus movimentos de ruptura, os seus passes, faça a diferença. 

João Félix, no ano passado, encarnou esse 9 e meio. Graças a ele, vibrámos e ganhámos com um futebol encantador, recordando a magia de Aimar.

Precisamos desse tipo de jogadores, que relance o Benfica na Europa e o conduza ao topo da Liga dos Campeões!

E - claro - apostar tudo no regresso de Bernardo Silva, porque quando as duas partes querem ... é mais fácil concretizar o sonho!

D. SEIXAL: QUALIDADE E NÃO QUANTIDADE 

E se não é só com o que vamos formando no Seixal que seremos Campeões Europeus, teremos que saber se lá há ou não o que precisamos. Mudando, todavia, de paradigma!

Apostando na qualidade em vez de continuar, indefinidamente, a investir na construção civil no Seixal.

Um Seixal onde coexistam os melhores jovens portugueses com os muito bons estrangeiros, como foi feito no passado, quando Armando Jorge Carneiro, Nuno Gomes ou José Boto estavam presentes.

E. COMPRAR SEM DAR DINHEIRO A GANHAR AOS AMIGOS

Para além dos reforços, vindos de fora, para o Seixal, importa contratar bem!

Sem ser jogadores que nunca envergarão a camisola do Benfica, como os 26 que, nos últimos anos, passaram por essa situação.

Recrutar de forma inteligente, como fazem clubes como o Ajax ou o Borussia Dortmund, que vão copiando a fórmula que tivemos no passado, mas que, hoje, abandonámos por força de uma “parceria estratégica” que não serve os interesses do Benfica.

Temos - obrigatoriamente - de voltar a dominar o mercado interno.

Não podemos deixar fugir jovens talentos, quer nos escalões jovens, quer quando despontam noutras equipas do futebol português.

Internamente, temos que ser capazes de ir buscar e ter o melhor! 

No mercado internacional devemos ter argumentos desportivos e financeiros para sermos capazes de voltar a ir buscar “jogadores de seleção” ... no auge da sua carreira, como fazíamos antigamente (Mozer, Ricardo Gomes, Valdo, Elzo, Filipovic, Stromberg, Magnusson, Thern, Schwarz, Preud’homme)!

E - já agora - sem fazer passar as compras e as vendas sempre pelos mesmos circuitos!
Ajuda ... em todos os sentidos!

F. SABER VENDER NA HORA CERTA E PELO PREÇO CERTO

E se comprar tem os seus segredos, vender também!

Os erros dos últimos 2 anos em renovações de jogadores que se sabia não irem continuar a jogar levanta dúvidas ... pelo menos de capacidade de gestão!

E se vender antes do tempo deve ser “proibido”, manter jogadores para além do desportivamente admissível deve ser evitado a todo o custo.

G. UM TREINADOR OFENSIVO, COM NOME NA EUROPA, DIGNO DA NOSSA HISTÓRIA 

Por último ... um treinador à Benfica!

Um treinador de futebol ofensivo, sem receios, que seja capaz de voltar a querer vencer em qualquer Estádio do Mundo!

Um treinador conhecido na elite do futebol mundial, que não seja só importante por ser o treinador do Benfica, mas - antes - de que o Benfica tire proveito da sua notoriedade!

Para conduzir, tecnicamente, um Benfica, que volte a vencer, dominando e atacando, inspirado em Bela Guttmann, Fernando Riera, Eleck Schwarz, Otto Glória, Jimmy Hagan, Sven-Goran Eriksson ou - mesmo - Toni ou Jorge Jesus!

O FIGURÃO, AS FIGURINHAS E OS FIGURANTES 

Soubemos, esta semana, que Benfica contratou “figurantes para encher a plateia” na entrega dos Galardões Cosme Damião!

Já tínhamos um figurão!

Já tínhamos as figurinhas ... a maior parte dos que lá andam a dizer a tudo que sim ... em troca de dois bilhetinhos por jogo para o Camarote Presidencial e uma viagenzita ao estrangeiro ... “quando o Rei faz anos”!

Agora temos os figurantes!

A não ser que venhamos a descobrir que as figurinhas - para não chatearem mesmo nada - foram, há tempos, substituídos por figurantes!

E nós sem darmos pela diferença ... porque, se calhar, a diferença entre as figurinhas e os figurantes ... não existe!

Grande BENFICA!!!

domingo, 23 de fevereiro de 2020

ranking