O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 22 de março de 2014

Um triste serviço público no programa 'Zona Mista'.

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

Num programa onde se debate o estado da arbitragem, em que o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF se dispõe a perguntas do painel, ter um pseudo-jornalista (que comprovadamente fabricou notícias para beneficiar o seu clube, conforme as escutas publicadas no Youtube) a dissertar sobre HONESTIDADE é simplesmente ridículo e um atentado à seriedade de qualquer discussão.

Afirma o jornalista Paulo Sérgio que escolhe os melhores para o seu programa. 
Não é verdade. António Tavares-Teles é o último que pode dissertar sobre a honestidade seja de quem fôr. 


A sorte de ser estrangeiro...

Avatar
 ●  28 comentários  ● 
Olha olha, lá vem este defender a formação outra vez!

Com o regresso do Salvio, mas até ja antes disso, assistimos ao eclipse de Ivan Cavaleiro com a mesma velocidade que tínhamos assistido aos eclipses anteriores de André Gomes e André Almeida.

O facto comum aos três é que apareceram, encheram páginas de jornais durante algumas semanas dando conta do "lançamento de jovens" pelo Jorge Jesus... E depois de criada a ideia voltaram para o sítio escuro de onde tinham vindo.

O André Almeida ameaçava até, para alguns, o lugar do Maxi. O André Gomes suportava a rotatividade do meio campo a par de Ruben Amorim e o Ivan trouxe uma irreverência e velocidade nas alas que apenas o Salvio é capaz.

Desapareceram todos! À excepção do André Gomes (e com as consequências evidentes de falta de ritmo) consegue ir jogando na rotatividade da Liga Europa. O André tem sido o preferido para o lugar da bancada e o Ivan, depois da exigência da 1a Liga e da primeira equipa, joga na B.

... Podemos até querer questionar o rendimento dos jogadores e, qual treinador de bancada, dizer que o rendimento não está à altura e por isso a situação deles é compreensível...

... Porém talvez não fosse má ideia tentarem justificar porque motivo a situação de Cardozo e Djuricic é diferente, que mais uma vez demonstraram - nesta quinta-feira - que parecem agora um corpo estranho numa dinâmica de jogo que os ultrapassa é que eles parecem não saber ou querer acompanhar.

Se eu acho que devia ser enviado para a B o Cardozo, por muitos coroado herói depois de quase ter ido aos fagotes ao Jesus (por mim o paraguaio numa mais vestia depois daquele dia, mas isso sou eu!)? Claro que não, mas espero que agora voltem às estatísticas sobre o Cardozo, pode ser que se acabe o mito que tentava coroar não o avançado com mais golos, mas sim aquele que teve a possibilidade de ter mais jogos consecutivos no Benfica. O Rodrigo agora está a mostrar a importância disso que beneficiava o Cardozo e que fora o seu problema com Quique, como será agora com Jesus se não voltar a titularidade por decreto.

Um avançado no Benfica, servido por grandes jogadores, é muito possível que marque golos ou colabore para eles... Um avançado que joga todos os jogos por decreto durante anos a fio, não só marca golos, como marca vários.

Continuo sem perceber porque dormem à tantos anos os grandes clubes que nunca o vieram buscar...

Se eu acho que o Djuricic devia ser enviado para a equipa B... Depende! Eu acho é que não faz muito sentido contratar jogadores para posições que não existem em campo com Jesus - como é o caso da posição 10. Bom, mas ja que fomos buscar um jogador para o qual não temos sistema de jogo, o que fazer agora? Mudamos o sistema de jogo ou mandamos o tipo para a B e então além dele ainda prejudicamos o Bernardo?

sexta-feira, 21 de março de 2014

Tive um sonho.

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

Tive um sonho.

Sonhei que no Youtube estavam provas de que o futebol português esteve minado de corrupção.

Sonhei que os envolvidos tinham sido condenados pelos actos comprovados de viva voz pelos próprios.

Sonhei com a justiça desportiva em pleno para punir os transgressores.

Sonhei com um sistema judicial que protegia a verdade dos factos.

Não passou de um sonho. Acordei e afinal tudo não passou de um sonho.

---------------------------------------------------------------------------

"O Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa considerou o uso de escutas telefónicas "uma violação flagrante" de princípios constitucionais para os crimes que foram julgados e decidiu anular a decisão do Conselho de Justiça da FPF de 30 de junho de 2009 que implicou a despromoção do Gondomar da 2.ª Divisão.

Com esta decisão, que não tem recurso, o clube gondomarense pode vir a pedir uma indemnização à Federação Portuguesa de Futebol.

Record sabe que também o Vizela, despromovido na sequência do processo Apito Dourado, aguarda uma decisão relativamente ao seu caso.

Recorde-se que em 2008 o Tribunal de Gondomar condenou 13 dos 24 arguidos do processo originário do Apito Dourado. Valentim Loureiro foi condenado por abuso de poder e prevaricação enquanto José Luís Oliveira, à altura dos factos presidente do Gondomar Sport Clube, foi condenado por 25 crimes de abuso de poder e 10 de corrupção desportiva ativa, tendo estado em prisão domiciliária com pulseira eletrónica." 
- Record.

Duas décadas de vitórias antes do último apito

Avatar
 ●  10 comentários  ● 
A eliminação do Tottenham da Liga Europa é brilhante. Estamos a falar de uma equipa, que só no último defeso, investiu 100 milhões de euros em novos jogadores.

Fazê-lo com a nossa segunda equipa é mais brilhante ainda, já que, quer no jogo de Londres quer no de Lisboa, foram muito poucos os titulares que jogaram.

Perder com o Tottenham seria um drama? Na minha opinião não, tendo em conta as diferenças de orçamentos. Mas passámos, com classe e com mérito, com um jogo de pura classe em Inglaterra e um em Lisboa assim assim, em que tentámos gerir a vantagem desde o primeiro minuto, algo que também aceito, tendo em conta que a prioridade é o campeonato.

Mas aqui entra mais uma vez o gesto dos três dedos de Jorge Jesus no jogo de Londres. Podíamos ter perdido a eliminatória em casa, contra uma equipa que, convém lembrar, liderava a tabela dos jogos fora de casa da Premiership até à semana passada.

Mas não seria apenas uma eliminação. Seria, por causa desse gesto, uma eliminação com juros, com vexame, com chacota, uma derrota que iria, mais uma vez, fazer correr muita tinta e iria muito além do próprio jogo.

Eu assisti ao jogo da Luz na TV Inglesa. E Tenho de dizer, que quem comentou esse jogo passou o tempo todo a dar realce a duas coisas: a primeira, à classe de Sálvio. A segunda... Jorge Jesus. 

Quando o Tottenham faz o 2-1, era ouvir o comentador a gozar mais uma vez: “Agora não te apetece dançar, pois não Jorja Jasus?”

A realização do jogo filmou 4 ou 5 vezes o adjunto do Tottenham a dar ordens no banco, enquanto Sherwood assistia ao jogo lá em cima. E era ouvir o comentador: “O adjunto do Tottenham deve estar todo contente, já apareceu mais vezes na TV no jogo de hoje do que no resto da sua carreira.” 

E tudo isto por causa de... três dedos... de um momento em que Jorge Jesus não se conteve! Para mais feito num momento em que nada estava ainda decidido, e em que o gesto nos podia sair caro. Três dedos apenas para, o mais importante de uma grande noite de futebol passar a ser o duelo entre dois treinadores em vez de um confronto entre duas grandes equipas.

Humildade, é o quero lembrar com este post. Humildade para se ser otimista mas celebrar as vitórias no fim. Humildade para lembrar a todos a razão de muito do anti-benfiquismo que se vê por aí: Somos um clube grandioso, o maior, deste mundo e do outro... com dois campeonatos nacionais para mostrar desde 1994/1995! 

Muito pouco para mostrar para tanta grandeza e presunção, e tanta celebração antes do último apito.


P.S. Já aqui escrevi a desculpabilizar o gesto de Jorge Jesus, agora pareço condená-lo. Para esclarecer os mais confusos: do ponto de vista disciplinar, Jorge Jesus nada fez de errado, nem sequer é caso virgem no mundo do futebol. Do ponto de vista ético no entanto, gostava que o meu Benfica fosse capaz de ganhar com mais humildade dentro do campo e sem tanto espalhafato fora dele.

Benfica supera 3 euros por acção e valoriza 255% desde o início do ano.

Avatar
 ●  2 comentários  ● 

"A SAD do Benfica iniciou o ano a valer pouco mais de 80 cêntimos por acção. Hoje, já negociou acima dos 3 euros. A possível vitória no campeonato e a euforia na Bolsa de Lisboa podem ser justificações, segundo operadores do mercado ouvidos pelo Negócios." - Negócios.

------------------------------------------------------------

"A Comissão do Mercado de Valores Mobiliário solicitou ontem esclarecimentos à SAD do Benfica pelo facto das ações do clube encarnado terem disparado nos últimos três dias.

A SAD encarnada respondeu que não tinha explicação para a forte valorização das ações do Benfica, que nos últimos dias viu o seu valor mais do que triplicar subindo mais de 80 por cento com cada ação a superar os 3 euros. A SAD do Benfica acrescentou ainda que tal poderá estar relacionado com movimentações do mercado.

As ações de Benfica, FC Porto e Sporting foram as que mais subiram na Europa no dia de ontem, talvez pelos resultados na Liga Europa de águias e dragões." - Sapo Desporto.

Não sei o que é mais estranho. Esta súbita valorização, o facto de a CMVM que em conjunto com o Banco de Portugal têm andado a dormir nos últimos 10 anos ignorando tudo o que se passou no sector financeiro, ou se o facto de as acções do Sporting subirem por Benfica e FCP seguirem na Europa. :)

Não sabemos de nenhuma OPA. Por isso, deixem o mercado funcionar.

La Famiglia...

Avatar
 ●  7 comentários  ● 
Foto encontrada no Facebook

"La Famiglia"
pousou para a posteridade!
(peço desculpa por não ter avisado que tanta corrupção junta poderia ferir os olhos dos mais sensíveis)

Há ali muita gente que não sei quem é, mas há duas curiosidades que tenho, aliás três:

- Então o Angelino não tinha feito o "golpe da birra" e saído em ruptura com o velho? É que a pousar paras as fotos com ele, nunca mais ninguém acredita que o tipo dá um candidato isento à Liga!

- Quem é o rapazinho à direita do velho? Alguém com jeito para consultas de apoio matrimonial, porque para ter liberdade para por a mão por cima do velhote é preciso conquistar estatuto!

- Por fim, a mesma dúvida aplica-se ao que está à sua esquerda que, tal como o rapazito, também faz de Fernanda e abraça o velho?

A julgar pela disponibilidade física do plantel, ou seja não houve paródia, e pelo facto de não estar na foto, só vejo duas explicações: 1) não terem mais tarde que a apagar das fotos como fizeram com a foto no Museu com o Papa Joao Paulo II em que apagaram a Carolina Salgado; 2) era ela que estava a tirar a foto

Ben10

 ●  27 comentários  ● 
O que têm em comum Pablo Aimar ou Rui Costa?! 

Grandes jogadores, inteligentes, esforçados, jogadores de equipa, maestros, poder de decisão, controle da bola de cabeça erguida, carisma, régua e esquadro nos pés, fazem 6 posições num único jogo de futebol (trincos, médios centro, médio ofensivo, extremo direito ou esquerdo, avançado...), são mágicos! Parece complicada a resposta?.. Não... é simples, são 10. 
Ser 10 é uma raça que desaparece com o passar do tempo, porque a formação não a procura... (preferência para colocar técnica e velocidade nas linhas, e transformar inteligência em físico na zona interior... os médios centro box to box) mas também  porque um 10, geralmente, não nasce no campo relvado sintético, nasce na rua, sem regras! 

Bernardo Silva, não faço ideia onde fez nascer este talento todo, mas tem de ser o numero 10 do Benfica.

É a maior prova de que ainda existe futebol puro, o futebol que eu defendo. Junta técnica base (passe, recepção, remate colocado) a uma inteligência na ocupação dos espaços, uma capacidade de luta pela posse, joga de cabeça levantada, vê ao nível da relva o que outros não vêem de helicóptero, faz a maior parte na velocidade certa, parece muito mais adulto do que realmente é, vem buscar jogo a zona dos centrais, entra sem bola nas costas dos extremos, faz diagonais entre lateral e central, percorre quilómetros com e sem bola sempre no apoio, a dar uma linha de passe e a respeitar os colegas, ainda por cima é benfiquista, é mágico, é 10!

Para o Jorge Jesus, pode ser uma dor de cabeça, porque é um jogador que, para além de não ter as características que ele mais gosta (não tem 196 cm, nem corre desenfreadamente sem pensar no que está a fazer), tem talento para fazer uma equipa inteira rodar positivamente á volta dele... e isso tira prepotência a um treinador que gosta que tudo possa girar á volta dele, seja dentro do campo, fora dele ou no banco, onde até manda num mágico numero 10 agora director, ou num antigo e fabuloso numero 11 com 44 anos de história no clube.

Que Bernardo Silva tenha a sorte de ter na equipa principal do Benfica um treinador que o deixe ser protagonista, porque com estas características, pode não ser um super herói, mas passa a ser o nosso BEN10.

Bernardo Silva ainda miúdo: o estilo está lá todo.. o Benfica está no coração, e o numero enganado... Tipico das crianças... não sabem ainda o que vão ser quando crescerem!

Sorteio amigo!!!

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

Queria a Juve ou o Porto...calhou o AZ! Siga!!!

(Vamos ver quantos frangos vai dar o Beto na baliza do Sevilha...ou se vai mandar sms com a táctica)

Há coisas que nunca mudam!

 ●  30 comentários  ● 
É um facto, a equipa joga diferente das ultimas épocas.

Mais pragmática na forma como aborda os jogos, cai em cima do adversário desde cedo, num claro 1x4x1x1x4 com laterais muito subidos, cedo, para meter o primeiro e poder gerir o jogo, baixando a linha dos avançados e acima de tudo meter Enzo Perez a galgar metros com e sem bola no controlo do jogo e dos espaços, com isto aproveita a velocidade e talento em fase ofensiva dos 4 homens da frente. A capacidade de trabalho, dos mesmos 4, na fase defensiva, completa uma estratégia, que resulta. É um 1x4x4x2 que no papel é clássico, mas que no campo se desdobra muito bem tanto em fase ofensiva como em defensiva. E é assim que deve ser... a única táctica que é fixa é a 1x2x5x3, os matraquilhos! A equipa desdobra-se bem a atacar e dobra-se bem a defender. Palmas para o Jorge Jesus, ou não?..

Quando se olha para um treinador, tem de se olhar para várias facetas e numa das mais importantes, o nosso treinador não merece pouco mais do que umas vaias. A forma como gere a equipa a partir do banco.

No jogo de ontem contra os ingleses, Christian Eriksen entrou em campo e encostou-se á esquerda, caindo em cima do nosso defesa direito, Maxi Pereira, que é um Ás da entrega e no querer, mas o Joker da equipa nos erros posicionais defensivos. Maxi foi atrás do internacional pela Dinamarca e o seu bombeiro (jogo após jogo...)  Luisão, teve de ir tapar o buraco que Maxi deixava nas suas costas... a defesa abria repetidamente, foi assim durante 18 minutos (dos 76 aos 94) e nesse tempo, nas costas de Luisão se criaram dois golos para os ingleses... o estádio da luz tremeu. Por muito que ache Maxi descuidado, a culpa não é dele, é de Jesus. Maxi não tinha o apoio de Sálvio (ou mesmo por momentos na direita, de Sulejmani) a defender. Se alguém fosse e colocasse a mão a tapar a boca de Sálvio ele ia explodir de cansado. Jesus tinha no banco André Almeida e Markovic para render o argentino. Entrou o Sérvio... aos noventa e tal minutos, para queimar tempo... para o flanco esquerdo!   

Outras duas substituições, outros dois erros, na minha opinião:

Djuricic a jogar fora de posição e na zona onde menos pode render (insisto, é extremo.. tem de jogar com mais espaço, de frente para a baliza e fora da zona de choque dos centrais e trincos, joga frustrado), ainda assim esforçado o jogo inteiro... continua a tentar jogar sempre em "nota artística elevada" com toques elaborados, mas em zonas que não os pode fazer. Parte culpa dele (pode e deve jogar simples ali) e parte culpa do treinador que incentiva um jogo deste género (Recado para Jesus: Jesus se me estás a "ouvir", Urinar a fazer bonecos no chão também pode ser arte, mas não deixa de ser urinar!). Djuricic não aguentou muito mais frustração e acabou por sair orgulhoso pelo aplauso que a luz lhe deu, mas mais uma vez de cabeça baixa, entrou Enzo. Já o disse, é para mim o jogador mais importante deste Benfica, mas a jogar no sitio dele. Jogou na mesma zona de Djuricic, com o mesmo grau de frustração. Porque troca de jogadores e não acrescenta nada á equipa J.J.? Porque não fechar a equipa num 1x4x3x3 e descansar o estádio, mas acima de tudo a equipa? Passa um pouco a imagem de um treinador que não sabe mais, dependente da qualidade dos jogadores.

Cardozo, não faz falta á maior parte do tempo deste Benfica. É um jogador a mais numa estratégia que depende da capacidade que ele menos tem, a de trabalho defensivo... mas ontem estava a usar bem a sua melhor arma, estava a obrigar os centrais dos ingleses a ficarem fixos lá atrás, porque ele não saia de lá... e na fase em que o Benfica precisava mais que os centrais ingleses (um deles um trinco de origem com poder de passe médio/longo) não se envolvessem no futebol ofensivo, J.J. lança Lima com claras obrigações defensivas. Lima juntou-se ao meio campo, e deixou trabalhar á vontade dois, a partir desse momento, organizadores de jogo. O Benfica perdeu um homem na frente, o Tottenham ganhou dois no processo ofensivo.

Será este o treinador que se quer numa equipa da qualidade da do Benfica?  

Sorteio. Venham eles!

Avatar
 ●  Sem comentários  ● 

Juventus ou FC Porto. É que nem há que hesitar. Quero um destes.

(Ver um Dortmund ou um Man United nos quartos de final da Champions quando estão a fazer a época fraca que estão...dá que pensar porque o Benfica não está lá.)

Uma lição para os 'reservados'.

Avatar
 ●  25 comentários  ● 

Não. Não julguem que é para o 'reservado' que está no cimo desta página.

É sim para os 'reservados' feitos em campo, dentro das 4 linhas. 
Os jogos não terminam aos 70 ou 80 minutos. Nem sequer aos 92 minutos. Terminam com o apito final do árbitro.

Até lá, não há tempo ou espaço para displicências, facilidades ou relaxamentos. Ou será pedir muito a profissionais que ganham milhões de euros estarem concentrados 90 minutos seguidos?

O jogo de ontem é uma lição para o resto da temporada. Não se pode ter uma vantagem de 3 golos e em pouco minutos ficar à beira de um prolongamento. Sim, porque se não é Oblak ou se o árbitro resolve apitar penalty no lance na nossa área era o que tinha acontecido muito provavelmente. 

Não seria justo? Desde quando é que o futebol é um jogo justo? Quem merece mais? Uma equipa com 5 oportunidades e que as falha ou uma equipa com apenas uma oportunidade mas que a concretiza?

Na temporada passada, foi essa mesma atitude que custou tudo. Pensar que os jogos estão ganhos antes do apito final.

Continuo a achar que o 'reservado' no topo desta página tem toda a lógica. E este blogue está mesmo reservado para a festa da vitória no campeonato.

Mas caros jogadores e treinador do Sport Lisboa e Benfica: exige-se concentração e profissionalismo até ao último apito! Só aí podem relaxar!
É o que têm mostrado e certamente o continuarão a fazer. Ontem foi uma excepção.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Em memória de...

Avatar
 ●  2 comentários  ● 


Manuel Barbosa. 

Foi o maior empresário do mundo do futebol no seu tempo. Trouxe para o Benfica alguns dos melhores jogadores do mundo como Valdo, Mozer ou Ricardo, entre outros.

Um grande benfiquista.

Um abraço e até sempre.

Susto? Qual susto...

Avatar
 ●  19 comentários  ● 
Cambada de maricas que vocês me saíram...

Então a eliminatória esteve em risco, foi? TRETAS!

O Benfica geriu o esforço e o risco (de amarelos) durante 90' e nem os dois golos do Totta (como lhes chamou o JJ) puseram nada em risco... O melhor que conseguiram foi "estar mais perto" e mesmo assim o contra golpe do Benfica foi sempre temível e a prova disso é o penalty.

Hoje jogamos QB não porque não soubéssemos mais, mas porque não era preciso mais.

Verdade verdadinha: ESTAMOS MUITA FORTES!!!

Sim! Está RESERVADO! E vai continuar...

Avatar
 ●  44 comentários  ● 
CORRIGIDO (obrigado a todos)

Até final do campeonato o SLBenfica recebe em casa: Académica, Rio Ave, Setubal e Olhanense. E vai visitar o SCBraga, Arouca e o FCPorto. Quatro jogos em casa que valem 12 dos 21 pontos em jogo. Fora visitam um dos quatro últimos classificados (Arouca) que valem mais 3 pontos.

Ou seja, estamos a falar de 15 pontos com grau de dificuldade médio/alto, aos quais se juntam dois jogos de grau de dificuldade elevada: Braga e Porto. 

Tenho lido por aqui, e por outros blogs, muito sentimento de inferioridade... Muitas acusações de estar a ser inconsciente em afirmar que não tenho qualquer dúvida que iremos ser campeões e que este blog está reservado para a festa do título que vai coroar a melhor equipa do campeonato liderada por Jorge Jesus e com um plantel de grande qualidade.

Esses mesmos que aqui vêm acusar de inconsciência, são os mesmos que perante o mínimo apontamento a Jorge Jesus, a um jogador ou dirigente não hesitam em destacar a imensa qualidade profissional de tudo o que rodeia o futebol do Benfica - e estão certos (só acho mal esquecerem-se do que está menos bem com vista a contribuírem para que seja corrigido, mas isso é outra coisa). Ora, então esses tão acérrimos na defesa da imensa qualidade e competência estão com medo que o SLBenfica a receber em casa os actuais 9º, 10º e 11º classificados e a ir visitar os actuais 13º e 16º classificados não tem motivos enfrentar esses desafios com confiança e vontade de cumprir o nosso mais forte objectivo?

E digo-vos mais: Vamos ser campeões, possivelmente, junto dos nossos adeptos do Norte contra o Arouca ou - como espero - com mais uma escorregadela do FCPorto seremos campeões em casa com o Rio Ave.

Agora, voltemos à responsabilidade e consciência...

... Portanto, para alguns foi culpa da confiança dos adeptos que no ano passado a equipa festejou o título na Madeira (com 5 pontos de avanço na altura) quando ainda lhes faltava o Estoril e o FCPorto?

... Portanto, para alguns foi culpa da confiança dos adeptos que no ano passado o director de comunicação a seguir à vitória na Madeira tenha vindo fazer uma conferência de imprensa absolutamente ridícula a malhar nos árbitros?

Ainda vos hei-de ver a defender que não se festeje o primeiro golo de cada jogo, porque já perdemos jogos porque um adversário, noutra ocasião, já deu a volta e fez o 2-1...

ENTENDAM UMA COISA: No Seixal, ninguém vai aos blogs ler as notícias antes de definir o estado de espírito da equipa ou a forma como encaram os jogos! Ninguém olha para os adeptos e, se eles estiverem confiantes no título, jogam sem responsabilidade. NÃO!

Somos nós, os adeptos que vivemos o Clube com emoção, que temos que acreditar, ambicionar, sonhar, projectar as vitórias. Nós não somos adeptos profissionais do Clube, somos adeptos APAIXONADOS pelo Clube.

Não é a nossa crença ou confiança, não são as nossas criticas ou elogios, não é a nossa desconfiança ou cautela que ditam o estado de espírito dos jogadores e dirigentes...

Quem tem que não fazer as figuras que fez o ano passado não são os adeptos! Esses, pelo contrário, têm que voltar à acreditar e mostrar ao Mundo (não ao Clube nem à equipa) que acreditámos no passado, acreditamos este ano e vamos acreditar sempre que a equipa entrar em campo.

Nós somos aqueles, como diz o RAP, que acreditamos que a dois minutos do fim é possível virar um resultado se estivéssemos a perder 5-0.

Aliás, se há coisa que me repugna é pensar que efectivamente o SLBenfica teria um treinador, um plantel, uma direcção capaz de repetir todos os erros de novo! NÃO! Não acredito minimamente que os erros se repitam, nem que o azar (no caso da Liga Europa) aconteça duas vezes da mesma forma.

SIM! Está RESERVADO!

Está RESERVADO porque vamos ser campeões e com distinção, porque vamos entrar em campo até ao fim e disputar cada uma das 7 partidas com uma qualidade e determinação que, mesmo depois de campeões, vamos continuar a vencer e vamos ao Dragão campeões... e vamos vencer lá!

SIM! "Eu Acardito!"

Sport Lisboa e Benfica - Tottenham Hotspur

Avatar
 ●  Sem comentários  ● 
O Santo

18 horas, no estádio da Luz.

Convocados:Guarda-redes: Oblak e Paulo Lopes

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Garay, Siqueira e Jardel

Médios: Djuricic, Salvio, Fejsa, André Gomes, Ruben Amorim, Enzo Perez e André Almeida

Avançados: Sulejmani, Cardozo, Lima, Markovic e Rodrigo

quarta-feira, 19 de março de 2014

O fim de ciclo está aí.

Avatar
 ●  38 comentários  ● 

Para quem quis ver, estão aí os sinais de que uma nova era no futebol português está aí à porta. Não é garantido que aconteça, mas os sinais são claros de que dificilmente esta oportunidade não será potenciada no futuro imediato.

A sucessão de comunicados do FC Porto demonstram uma pobreza de espírito enorme, utilizando termos que nem sequer originais ou criativos foram. Nada surpreendente por parte de dirigentes da velha escola caceteira completamente desorientados.

O que guardo de assinalável nesta troca de galhardetes dos últimos dias foi o sinal claro enviado por Luis Filipe Vieira e Bruno de Carvalho a Pinto da Costa.

A ironia e forma leve como Luis Filipe Vieira respondeu à questão dos pontos a mais ou menos foi um primeiro sinal que a animosidade entre Benfica e Sporting estava longe de ser o que o FC Porto pretendia e que tanto bem lhe fez nos últimos 30 anos.

Depois hoje o presidente do Sporting dá a outra parte do sinal de que Benfica e Sporting não baralham as suas prioridades como grandes clubes nacionais, mas...estão mais em sintonia do que poderia parecer. 
Não se trata das picardias típicas entre conhecidos ou amigos, que sinceramente é comum fazermos todos os dias com os nossos amigos ou conhecidos.

Trata-se sim do facto de Bruno de Carvalho revelar que fala ao telefone, ou seja comunica, com Luis Filipe Vieira. 
Um sinal claro de que os presidentes dos maiores clubes portugueses defendem cada um o seu clube, mas sabem que fora de campo é altura de ter uma estratégia conjunta para de uma vez por todas derrotar a corrupção e coacção do FC Porto. 
Ou seja, ambos os clubes têm relações cortadas com o FC Porto, mas comunicam entre si ao mais alto nível.

Para mim, e para o que defendo para o futuro imediato do futebol português, é um sinal muito bom.

A capa do Record de hoje revela o desespero que há por colar o Benfica ao FC Porto.
Estão enganados porque nenhum benfiquista aceitará isso, e porque realmente Benfica e Sporting parecem ter aberto os olhos.
Finalmente!!!  

The Walking Dead

Avatar
 ●  7 comentários  ● 


Lourenço Pinto dixit:
«Li atentamente o conteúdo e subscrevo inteiramente a deliberação. Movimentos quer do clube, quer de adeptos, visaram o receio e o medo das pessoas que vão intervir no próprio jogo. É a norma da ameaça, coação e do medo permanente», disse o dirigente, que também abordou as possíveis penalizações sobre os leões:
«O castigo é a perda de pontos no jogo com o FC Porto e, se se provar que a coação foi mais extensiva, pode implicar a descida de divisão». - A Bola.

-------------------------------

10 de Novembro de 1990 - 
O árbitro algarvio Francisco Silva está no balneário para apitar o Penafiel-Belenenses. No entanto, quem aparece em campo para apitar é Fortunato Azevedo. Minutos antes do encontro, Lourenço Pinto, então presidente do Conselho de Arbitragem, entra no balneário do árbitro e ordena que lhe seja entregue um envelope contendo 2 mil contos. - (fonte aqui).

Mais uma figura do passado que convém 'enterrar' na história. Bem 'enterrada'.


É nas coisas "pequenas" que se vêm as grandes intenções

 ●  5 comentários  ● 

"PASQUINS" E OUTROS FINS


A ideia do "sistema" ver os grandes de Lisboa unidos na causa incomoda e muito! Reparem só no belo arranjo gráfico e no belo título, para tentar já começar a afastar o pessoal, e levar os "menos atentos" a cerrar fileiras... Estas invenções, tácticas de guerrilha e manipulação da comunicação social já não funcionam pah! Dividir para conquistar já teve o seu tempo : 30 anos! Agora já ninguém aceita ter areia nos olhos!

Eles já tremem... o final de ciclo está mais do que iminente... Nós não estamos nada juntos com o Porto... nem,contra o Sporting. ESTAMOS CONTRA A CORRUPÇÃO E A COACÇÃO!  


Carrega Benfica, Sintam a Mística!

A hipocrisia dos novos defensores dos árbitros e da verdade desportiva.

Avatar
 ●  18 comentários  ● 

20 de Novembro de 1988 - 
Apesar da sua avançada idade, Carlos Pinhão é barbaramente agredido em Aveiro, depois de jogo 
Beira Mar-FC Porto, por elementos ligados ao FCP. Processo judicial acabará por ser arquivado por "falta de provas".
No mesmo dia em que Carlos pinhão é agredido, Martins Morim, colega de jornal de Carlos Pinhão, é também alvo da fúria dos adeptos do clube da cidade invicta. Entre os agressores destacava-se Tónio Maluco, conhecido adepto portista. O guarda Abel diz aos jornalistas que «era melhor do que cair por uma ribanceira».

5 de Março de 1989 - 
Eugénio Queirós, jornalista do Correio da Manhã/Record, é agredido no Estádio do Restelo por seguranças de Jorge Nuno Pinto da Costa, que o empurram violentamente para fora do corredor de acesso à cabine do FC Porto. O jornalista ainda apresenta queixa na PJ mas acaba arquivada por "não se conseguir identificar os agressores".

24 de Setembro de 1989 - 
João Freitas, jornalista de A Bola, é agredido barbaramente perto dos balneários do Estádio das Antas. Foi assistido no Hospital de Santo António e identificou Vergílio Jesus e um tal Armando entre os agressores. A queixa foi arquivada porque a estemunha principal, o agente da PSP Oliveira Pinto, disse que não se lembrava de nada.

4 de Outubro de 1990 - 
Na véspera do jogo Portadown-FCPorto, Manuela Freitas do jornal Público foi ameaçada e insultada no 'hall' do hotel por integrantes da comitiva portista.

24 de Outubro de 1990 -
José Saraiva, chefe de redacção do Jornal de Notícias, é agredido à porta de casa por dois indivíduos. O JN tinha publicado uma notícia envolvendo Pinto da Costa no famoso caso "Aveirogate". Nunca chegou a haver queixa judicial.

1990 - 
Santos Neves, jornalista de A Bola, quase que se despista em plena estrada no Porto, por alguém lhe ter desapertado as jantes do carro. Nunca se provou quem foi o autor.

28 de Abril de 1991 - 
Incidentes de violência no FC Porto – Benfica. Um dos clássicos mais quentes de sempre, o FCP recebe o Benfica naquele que é o jogo decisivo do título. O mote é dado logo à chegada da comitiva benfiquista, uma tarja com os dizeres "Ide sofrer como cães"(lembra-vos alguma coisa mais recente?) é pronúncio do que se vem passar a seguir. 

Os jogadores do Benfica foram obrigados a equipar-se nos corredores, pois o balneário tinha sido empestado com um cheiro nauseabundo e tóxico. 

Nesse dia o presidente João Santos e Gaspar Ramos são ameaçados de morte pelo guarda Abel, e a comitiva benfiquista é apedrejada logo desde a saída do hotel. Alheio a estes episódios, o Benfica de Erikson ganha este jogo por 2-0 graças a dois golos de César Brito, consequentemente sagra-se campeão poucas jornadas mais tarde. 
Carlos Valente, o árbitro do clássico - só a muito custo consegue sair do estádio, no meio de insultos e algumas agressões que o deixaram a cambalear. A escolta policial consegue, por fim, retirá-lo do estádio.

1 de Setembro de 1992 -
António Paulino, jornalista do Expresso é agredido à porta do seu jornal na redacção do Porto, segundo o próprio, por Pinto da Costa, o filho e Joaquim Pinheiro. Tudo acontece porque queriam sabem que teria sido o jornalista responsável pela notícia sobre um processo de Alexandre Pinto da Costa.

10 de Março de 1993 - 
Agressões à equipa da RTP (Paulo Martins/Pedro Figueiredo) no relvado nas Antas no final do Porto-Famalicão, o jornalista Paulo Martins está no relvado a tecer os comentários finais a um jogo entre o FC Porto 0-1 Famalicão quando um elemento não identificado do público entrou pelo campo dentro e agride à palmada a equipa da reportagem da RTP. Tudo foi transmitido em directo, toda a gente viu, contudo o jornalista da RTP e a própria RTP não apresentaram queixa à Justiça. As frases de Pedro Figueiredo ficam para a história, «Estou a ser cuspido (...), estão a pôr em causa a minha integridade física»

1993 - 
Pedro Figueiredo, jornalista da RTP1, é agredido no Estádio do Bessa no final de um Boavista-FC Porto. Não houve queixa judicial porque a empresa não autorizou.

11 de Dezembro de 1994 -
Marinho Neves, jornalista da Gazeta dos Desportos e autor do livro sobre corrupção na arbitragem "Golpe de Estádio" é alvo de uma emboscada à porta de casa por dois indivíduos. Processo judicial vem a ser arquivado na PJ do do Porto por "falta de provas", apesar de haver cinco testemunhas que nunca foram ouvidas e de a queixa se fazer acompanhar com uma fotografia dos agressores.

5 de Março de 1995 -
No intervalo de um FC Porto-Benfica, José Pratas, o árbitro do encontro, é insultado e agredido no balneário. Quando volta ao terreno de jogo faz uma arbitragem absolutamente vergonhosa, beneficiando claramente a equipa da casa. O FCPorto vence o jogo por 2-1.

28 de Fevereiro de 1997-
Fernando Mendes, jogador do FC Porto, agride o bombeiro Joaquim Grilo, de serviço no Estádio José Gomes, após um empate a 2 bolas com o Estrela da Amadora.

22 de Março de 1998 - 
O Benfica joga em Guimarães, para o campeonato, e o seu autocarro é apedrejado à passagem pela cidade do Porto por supostos adeptos portistas.

Junho - 
Dia de FC Porto - Benfica em Hóquei em Patins, o Benfica sagra-se campeão nacional e os adeptos do Benfica invadem o ringue para festejar, Paulo Alves, então defesa azul-e-branco, agride um jovem na cabeça, deixando-o gravemente ferido.

20 de Setembro de 2000 - 
Matt Fish, jogador de Basquetebol, é agredido por nove ou dez indivíduos nos escritórios da secção de Basquetebol do FCP. A agressão foi orquestrada e presenciada pelos dirigentes Fernando Gomes e Fernando Assunção.

30 de Outubro de 2000 - 
O FC Barcelona sagra-se campeão europeu de Hóquei em Patins no Pavilhão das Antas, no final da partida, regista-se uma invasão de campo por parte dos adeptos portistas e registam-se algumas agressões, com o ministro da administração interna de então, Fernando Gomes, a assistir da bancada.

25 de Janeiro de 2005 - 
Ricardo Bexiga, vereador do PS da Câmara Municipal de Gondomar é violentamente agredido no Parque de Estacionamento por dois indivíduos encapuzados, contratados pela ex-namorada de Jorge Nuno Pinto da Costa, Carolina Salgado.

6 de Abril de 2006 - 
Carolina Salgado, ex-companheira de Pinto da Costa, é agredida por Pinto da Costa e dois indivíduos. Acaba por acusar Pinto da Costa, o seu motorista e um segurança de a terem agredido a pontapé na casa da Madalena, bem como à irmã grávida na altura. O motorista retirou um faqueiro da casa e ameaçou que lhe espetava uma chave num olho. Foram observadas no Hospital Santo Silva e apresentaram queixa na GNR.

27 de Janeiro de 2008 - 
«Autocarro encarnado fugiu a emboscada. [no regresso de Guimarães]» - Jornal A Bola, 27 de Janeiro de 2008.

25 de Fevereiro de 2008 - 
Após sair dos estúdios da SIC em carnaxide, o jornalista Rui Santos é atacado por 3 indivíduos encapuçados e armados com barrotes. O caso foi abafado quando se percebeu a quem os indivíduos estavam ligados. Após este acontecimento, Rui Santos não mais voltou a falar de algumas questões que tinha levantado sobre a questão financeira da SAD do Futebol Clube do Porto.

8 de Abril de 2008 - 
Paulo Assunção foi abordado por 5 indivíduos que lhe disseram «... se não renovas até quarta-feira levas um tiro no joelho».

21 de Dezembro de 2008 -
O motorista da Liga, incumbido de acompanhar e conduzir os quatro integrantes da equipa de arbitragem - estava à porta do seu automóvel quando foi agredido por Rui Carvalho, assessor de imprensa do FC Porto. No mesmo dia vários jogadores e técnicos do Marítimo são agredidos no túnel de acesso aos balneários.

7 de Março de 2009 - 
João Pedro Silva, jornalista da RTP, após entrevistar Jesualdo Ferreira, foi abordado pelo funcionário do FC Porto (e seu ex-colega da RTP) Rui cerqueira, que o acusou de fazer "perguntas encomendadas" e lhe disse, em frente a várias testemunhas: «és um filho da puta, um bardamerdas, és muito pequeno para mim».

1 de Maio de 2010 - 
O autocarro do Benfica foi apedrejado na chegada ao Porto, na véspera do Clássico.

2 de Maio de 2010 - 
Na madrugada do dia de Clássico FC Porto - Benfica, a Casa do Benfica de Gaia é vandalizada.
No percurso para o Estádio do Dragão, o autocarro do Benfica viria a sofrer novo ataque com pedras e bolas de golfe, uma das quais por sorte não fere Pablo Aimar com maior gravidade.

7  de Novembro de 2010 - 
Autocarro do Benfica é atingido por pedras e bolas de golfe no trajecto para o Estádio do dragão. Vidro da frente fica partido.

2 de Fevereiro de 2011 -
Em vésperas de Clássico FC Porto - Benfica, a contar para as meias finais da Taça de Portugal, a Casa do Benfica em Gaia foi mais uma vez vandalizada, desta feita às 4 da manhã do dia do jogo.
Depois do Clássico FC Porto - Benfica, jogo que o Benfica venceria por 2-0, a viatura encarnada é apedrejada já na A1, antes das portagens do Grijó, no regresso a Lisboa. Um vidro partido, entre outros danos.

21 de Março de 2011 - 
No regresso da deslocação à Mata Real, o carro onde Luís Filipe Vieira seguia foi atingido por um saco de pedras, ferindo o presidente encarnado e o motorista, na face e mão esquerda. O veículo seguia pela autoestrada que une Paços de Ferreira ao Porto quando foi atingido.

2 e 3 de Abril de 2011 - 
Várias Casas do Benfica vandalizadas.

27 de Novembro de 2011 - 
O presidente do FC Porto Pinto da Costa insulta um jornalista da TVI no final do jogo entre o FC Porto e o Sp. Braga, no Dragão. Tudo sucedeu numa zona do Estádio do Dragão vedada ao público. De acordo com testemunhas, o jornalista Valdemar Duarte, que narrou a partida em directo, foi confrontado por Pinto da Costa depois de descer da tribuna de imprensa. Nessa altura, o presidente portista, rodeado por elementos do clube, insultou o jornalista. Um pouco depois, uma das pessoas que acompanhavam Pinto da Costa agrediu Valdemar Duarte. Mais à frente, junto à entrada da sala de imprensa do Estádio do Dragão, seguranças ameaçaram fisicamente o jornalista, pressionando-o para que abandonasse de imediato as instalações. As ocorrências foram comunicadas a elementos da Polícia de Segurança Pública em serviço no Estádio.

5 de Abril de 2012 - 
A poucos dias do dérbi em Alvalade, as Casas do Benfica de Quarteira, Faro e São Brás de Alportel são alvo de atos de vandalismo na madrugada, em Quarteira, a fachada foi pintada de verde e em São Brás de Alportel foram cortadas as bandeiras do clube.

27 de Fevereiro de 2013 - 
O autocarro do Benfica é mais uma vez apedrejado, desta feita à saída de Braga, depois do jogo no Axa a contar para as meias-finais da Taça da Liga, do qual os encarnados foram eliminados. Vários blocos de cimento foram arremessados na direção do veículo, que seguia numa das variantes que dão acesso à saída da cidade, partindo um vidro partido numa zona lateral a meio do autocarro onde felizmente não seguia ninguém.

------------------------------------------------------------------

Apesar de muito longo, este post visa lembrar a alguns e dar a conhecer a muitos o porquê de o FC Porto e o 'seu' sistema serem o principal alvo a denunciar e a abater no futebol português.

É este FC Porto que vem acusar outros de coação?!?

É altura de os principais responsáveis do futebol português, os dirigentes, passarem a ser o melhor exemplo do combate à violência e à batota.

É hora de termos um futebol livre do que está relatado acima.  Ninguém pode vir pedir um 'Basta' se não o fizer através de uma revolução firme e exigente, mas apenas nas instituições.

Não exijam responsabilidades se omitirem as vossas. Querem um futebol limpo? 
Então mudem os dirigentes bafientos do passado!

Eu apelo ao Presidente do Sport Lisboa e Benfica para o fazer já. Aproveite a tentativa de golpe na Liga de Clubes para assumir uma candidatura alternativa, com gente nova. 
Mobilize e una em torno dessa candidatura todos os verdadeiramente interessados numa mudança.

Todos os que queiram participar terão de estar ao mesmo nível de envolvimento. Todos deverão ter igual participação e decisão. 

Não quero substituir este sistema podre por um em que seja o Benfica o beneficiado.
Quero um em que todos sejam tratados da mesma forma e estejam sujeitos à mesma sorte. 

Mais uma vez insisto: Benfica e Sporting têm que estar na linha da frente desta mudança.

E tu? Apelas ao presidente do teu clube?

(fonte e mais informações da história da corrupção aqui)

Que grande demonstração de Vontade, de Qualidade e Mística!

 ●  8 comentários  ● 

GERAÇÃO BENFICA!!




Já aqui se fez um "post" sobre a grande vitória dos "putos" do Benfica, na Youth League, mas sem desprimor pelo postado, quero aqui aprofundar um pouco mais, e destacar algumas situações, salientando a enorme qualidade que a nossa equipa demonstrou ( e demonstra ) possuir.

A equipa de Juniores do Sport Lisboa e Benfica deslocou-se, esta terça-feira, ao reduto do Manchester City para disputar os quartos-de-final da UEFA Youth League, onde venceu com grande categoria por 1-2, carimbando a presença nas meias-finais!

Uma equipa do Man City, onde a aposta nas camadas jovens é feita, à semelhança da equipa principal, por intermédio de contratações dispendiosas (ou a custo 0 após aliciar alguns meninos...) de jogadores com um potencial elevado e com grandes previsões de qualidade futura. 

Neste paralelo, temos um belo exemplo, de alguém bem próximo de nós - Rony Lopes. Ex-jogador desta equipa, que foi atraído e inserido nesta estrutura milionária, deixando para trás qualquer ligação sentimental, ou perspectiva de singrar no nosso Glorioso ao mais alto nível. Podendo ou não criticar-se a sua ambição, o certo é que não o podemos criticar. Surgiu-lhe a oportunidade de sair para um clube milionário, com boas condições de trabalho, e certamente com um excelente contrato, impensável para muitos "adultos" do futebol. E sabendo-se que no Benfica, a aposta em portugueses tem deixado a desejar... lá foi ele...

Afinal, o querer, a ambição, a garra e o valor nacional ainda contam para alguma coisa, e lá batemos o pé aos bifes, mostrando a Rony que... há sempre dois caminhos para alcançar um fim: o trajecto corta mato... e aquele onde palmilhamos com sangue suor e lágrimas, até atingirmos a meta a que nos predestinamos! Curioso o agradecimento aos adeptos do Manchester City de Rony Lopes no "Twitter", que aqui reproduzo com ênfase ao final:  «Lição aprendida» foi a hashtag usada pelo médio, em jeito de recado aos seus seguidores. Afinal, aprendeste a lição, dos dois caminhos. Eu acredito que lá chegarias, e ninguém iria tirar o teu lugar. Assim como acredito em Bernardo Silva. 

Aqui fica a constituição da nossa equipa do BENFICA - Thierry Graça, Rafael Ramos, Ricardo Carvalho, Alexandre Alfaiate, Rebocho, Estrela, Raphael Guzzo, Filipe Nascimento (Rochinha, 46), Romário Baldé (Hildeberto Pereira, 90), Gonçalo Guedes e Nuno Santos (Gilson Costa, 87).

A equipa da casa entrou forte e aos 12 minutos inaugurou o marcador por intermédio de Fofana. Até ao intervalo, o Benfica cresceu, acercou-se da baliza inglesa com maior propriedade, sem que o Manchester City deixasse de encetar alguns ataques perigosos.
Aliás, à passagem do minuto 33 Nuno Santos obrigou O’Brien a vistosa defesa.

Ao intervalo, o conjunto da casa vencia por 1-0, mas na etapa complementar tudo foi diferente. Os Juniores do Benfica entraram mais perigosos, criaram mais oportunidades e acabaram recompensados.

Aos 74 minutos, Gonçalo Guedes empatou a partida. Nos minutos seguintes, o Manchester City voltou a pressionar, mas foi o Benfica quem respondeu com novo tento, desta feita, por Estrela, quando o relógio apontava aos 82’.  

Daí até final, a turma da casa ainda tentou o empate e Marcos Lopes até atirou ao poste, mas o resultado já não se alterou. Ver aqui as estatísticas.

A equipa portuguesa terá agora pela frente, nas meias-finais, o Real Madrid. O jogo realiza-se em território neutro, neste caso Nyon, na Suíça, a 11 de abril.

Isto, para além do tremendo orgulho sentido por mais uma majestosa exibição de classe em terras de sua majestade no espaço de 1 semana, demonstra que o Benfica tem muita, muita classe nas suas camadas jovens. Trabalha-se bem, estamos como condições de trabalho ímpares (até nos vieram buscar o Rony Lopes!!) por isso, só falha quando chega a hora de os aproveitar e os colocar a jogar profissional. HÁ QUE APOSTAR NA QUALIDADE! NÃO HÁ GRANDES VITÓRIAS SEM QUALIDADE!! E hoje bem que se demonstrou mais uma vez a qualidade dos nossos! 

Os Juniores, a Equipa B, todas estas equipas estão equipadas com diamantes em bruto! Nem todos serão jogadores de top, alguns poderão até enveredar pelo anonimato, mas muitos destes têm de ser aposta, e sem medo, para o nosso futuro! Os da equipa B tem de subir para a Principal ou rodar para voltar á casa mãe com outras armas, e os juniores tomarão o seu lugar na equipa B! Queremos Ivan Cavaleiros, Bernardos Silva, e não novelas como Miguel Rosas... APOSTA BENFICA, TEMOS QUALIDADE!! A nossa estrutura não pode adormecer, ou preferir apostar em jovens estrangeiros, só porque são... estrangeiros, e porque assim se pagam luvas a alguém! O que é nacional é bom ( 4-2 toma lá Manuel Machado - não resisti a fazer a piada!)

Após este triunfo, o Sport Lisboa e Benfica já informou que o voo da equipa chega ao Aeroporto da Portela, em Lisboa, às 13h15 de quarta-feira. Por isso, quem quiser, puder, e primar pela superação, que esteja á espera destes jovens para uma merecida recepção, já que eles bem merecem!! 

CARREGA BENFICA, SINTAM A MÍSTICA!!


terça-feira, 18 de março de 2014

Homenagem a um grande benfiquista.

Avatar
 ●  7 comentários  ● 


Deixamos aqui a nossa homenagem a um grande senhor e benfiquista que nos deixou hoje.

Medeiros Ferreira além do homem correcto, culto e de uma dimensão enorme que foi, era um dos nossos. Viveu o Benfica sempre muito intensamente, mas nunca sacrificou a sua independência e a sua análise sobre os vários momentos da história do clube.

Sentiremos a sua falta. Dirigimos à família e amigos as nossas sentidas condolências.

Benfica elimina Man City na Youth League

Avatar
 ●  7 comentários  ● 
Fantástica segunda parte valeu reviravolta de 0-1 para 2-1 com golos de Gonçalo Guedes e Estrela. O guarda-redes Tierry Graça também esteve muito bem.

Xau Rony Lopes!
Rumo às meias finais - venha o Real Madrid!

Mantendo o assunto "Rodrigo": que futuro?

Avatar
 ●  8 comentários  ● 
Às 23.30 do dia 31 de Janeiro o Benfica comunicava à CMVM o seguinte:

«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com a sociedade Meriton Capital Limited para a alienação de 100% dos direitos económicos dos atletas Rodrigo Moreno Machado e André Filipe Tavares Gomes, pelos montantes de € 30.000.000 (trinta milhões de euros) e € 15.000.000 (quinze milhões de euros), respetivamente. 


Mais se informa que no acordo referente ao atleta Rodrigo Moreno Machado estão previstos valores adicionais num montante global de € 10.000.000 (dez milhões de euros) dependentes da performance desportiva do atleta e que a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD terá ainda direito a receber 25% do valor da mais-valia obtida numa futura transferência do atleta André Filipe Tavares Gomes.»


Ora, cerca de um mês e meio depois o pai e empresário do Rodrigo diz:

«Iremos ver o que será melhor para o Rodrigo e para o Benfica. Esta questão pode ser complexa ou simples, dependendo da forma como é encarada. O Rodrigo é jogador do Benfica, tem de estar 100 por cento focado no Benfica, tudo o que poderá acontecer de bom para o Rodrigo será em função do que ele faça no Benfica»

A interpretação que faço deste processo é simples e, convenhamos, representará porventura uma manobra financeira fantástica do SLBenfica e do Jorge Mendes:

- O SLBenfica antecipa a receita em Janeiro de 30M€ vendendo o jogador ao Fundo de investimento que terá, porventura, alguma comissão num futuro processo de venda, mesmo que o jogador seja vendido pelos mesmos 30M€.

Na prática, o Benfica antecipa a receita - convenhamos que no momento actual dificilmente venderia por mais - e o fundo (Jorge Mendes) recupera a totalidade do dinheiro passados seis meses (Junho) e ainda receberá, possivelmente, um duplo comissionamento (na compra e na venda), constituindo isso a mais valia no negócio.

Todos saem a ganhar!

Na verdade, como diz o pai do Rodrigo, o jogador é do Benfica e será o Benfica até final da época - juntamente com o Mendes - que o vão vender ao clube que pagar os 30M€ (ou outro formato financeiro a acordar com o Fundo de investimento.

Brilhante Mr. President!
Por muito que queiramos renegá-lo e por muito que saibamos que é um escroque, o Mendes acaba sempre por aparecer a salvar quem precisa e, por isso, tornar-se indispensável a todos...

And the shit still goes on...

 ●  4 comentários  ● 


Portugal 18 de Março de 2014

A última semana e fim-de-semana foram pródigos em acontecimentos desportivos e extra desportivos de relevância.
Desportivamente, no futebol o Benfica venceu o Tottenham em Inglaterra por 3-1, uma vitória inédita e difícil que a nossa comunicação social se encarregou de ofuscar (como fazem quase sempre) com a ênfase desproporcionada ao polémico gesto dos 3 dedos que Jesus fez na direcção do treinador adversário. No basquetebol venceu-se a 19ª Taça de Portugal, feito que escapava há 18 anos e que me parece ter sido conquistada com muito brilhantismo, pois eliminamos as equipas com tradição na modalidade, incluindo o detentor do Troféu.
Houve mais vitórias, mas parece-me que estas se destacam pela excelência.
Claro que também houve acontecimentos extra desportivos, cujo alcance ainda está para se ver. De facto o SCP encetou mais uma campanha (depois daquela do luto) contra as arbitragens e árbitros portugueses, de forma aparentemente correcta e compatível com princípios de justeza e igualdade de tratamento na competição, mas que na prática não passa de um mecanismo de pressão e coação inadmissíveis que deveria merecer da parte da Direcção do Benfica uma posição de firmeza sem beliscar o propósito comum de lutarmos por uma competição limpa das más interferências da arbitragem e da disciplina.
Na sequência do empate 2-2 em Setúbal, arrogando-se em donos da verdade e pegando nas imagens que a Sporttv normalmente disponibiliza, o SCP fez a contabilidade de erros dos árbitros e suas implicações na pontuação, concluindo que tem 7 pontos a menos, o Benfica tem 1 ponto a mais e o FCP tem entre 2 e 4 pontos a mais! O SCP não mencionou se eram erros grosseiros, ou se eram aceitáveis. O SCP apenas vincou estar a ser lesado em 7 pontos!
Se é verdade que tiveram a decência de incluir o jogo SCP - Benfica com prejuízo para o Benfica de 2 pontos, também é verdade que apresentam conclusões caricatas e preocupantes acerca de outros lances que ocorreram na Liga. Por exemplo, dos 5 penaltys assinalados a favor do Benfica, concluem que 2 não tinham razão de existir (Arouca e Gil Vicente). Já os 7 penaltys assinalados a favor do SCP, esses foram todos bem assinalados e ainda ficaram alguns por assinalar, como um sobre Slimani em Setúbal, por alegado derrube (fica por saber o que acham do encosto do Adrien em Jackson no jogo de ontem, com resultado em 0-0). Idem relativamente ao FCP que na mesma óptica tem penaltys a mais.
Quanto aos foras de jogo, incluem o golo do Lima ao Olhanense (um fora de jogo milimétrico detectado pela televisão) e equiparam-no ao golo do Montero ao mesmo Olhanense, o 1º de dois golos, em fora de jogo de metro. Ainda tive curiosidade de saber em que categoria iriam incluir o golo da vitória sobre o FCP, mas Bruno de Carvalho rematou, de forma hipócrita, que se tratou de “um erro não grosseiro”... Não explicou é porque fizeram tanto “cagaçal” com os erros não grosseiros que, na óptica do SCP, beneficiaram a concorrência...
A estratégia do SCP, patrocinada pelo Presidente que alguns benfiquistas (sempre os mesmos) várias vezes elogiaram pelo denodo e coragem demonstrada na defesa dos interesses do SCP, é uma patetice que induz à confusão e coacção sobre os árbitros. E como tal induz à falsidade desportiva (o oposto do que dizem defender), de que nesta jornada já tivemos o primeiro exemplo. Aos erros que ajudaram o SCP a ganhar ao FCP (golo em fora de jogo detectável e penalty não assinalado contra), temos os erros de Mota a favor do Nacional na parte inicial do desafio (penalty inexistente que dá o 1-0 e expulsão perdoada a Marçal por 2º amarelo).
Não associar a pressão (coação?) que o SCP está a fazer sobre a arbitragem, com as decisões dos árbitros nos dois jogos de SCP e Benfica, é ingénuo e pode ser perigoso para os nossos objectivos. Ontem valeu a inspiração dos nossos jogadores que marcaram alguns golos sensacionais (Rodrigo) e fortuitos (1º de Garay). E se essa inspiração não tivesse aparecido? Com um empate e o SCP a 5 pontos, sabendo que na última jornada vamos jogar ao estádio da Galinha, como é que ficariam as coisas?
Mas os problemas actuais do Benfica não se quedam na pressão do SCP. De acordo com a Benfica TV, o árbitro do Nacional – Benfica esteve bem, dentro do possível, considerando a pressão que havia sido feita sobre ele, incluindo a vandalização do talho (3ª vez esta época). Ou seja, para António Rola, comentador de arbitragem da BTV, mais o Calado comentador de futebol, apesar do penalty inexistente que deu 1-0 ao Nacional, apesar da expulsão perdoada ao Marçal, apesar da falta e errado cartão a punir Gaitan, ou seja, apesar dos 3 erros serem todos contra o Benfica, o árbitro esteve bem. Não percebo os critérios desta gente quando vemos o SCP contestar como contesta, erros bem menos grosseiros, bem menos graves dos que no ano passado nos impediram de sermos campeões. Basta de masoquismo. Basta de ingenuidade.
Também acho graça (mas isso já não surpreende) ao ver excertos de programas de trios, nos meus habituais “zapings”, onde os ditos comentadores de futebol, quase todos de simpatia leonina, tentam explicar que Bruno de Carvalho tem razão pois o erro no fora de jogo é aceitável, porque o lance é difícil, porque o árbitro assistente está do lado do jogador do SCP o que torna as coisas mais difíceis de analisar, etc, etc. Nem por uma vez consideraram que nas situações abrangendo o Benfica, a contabilidade do SCP não considerou as mesmas atenuantes! De que lado estão eles? Do lado do SCP, do seu clube do coração, pois claro...
Foi uma jornada paradigmática da ingenuidade da Benfica TV e da influência que o SCP tem na comunicação social e capacidade de transformar uma mentira, numa verdade. Caso para dizer “the shit still goes on” ...

Até quando o sonho deve evitar estar 'reservado'?

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

Porque não 'Reservado'?

Falta de confiança no que está à vista? Se o treinador é arrogante, pretencioso ou 'basófias' é uma qualidade...então os adeptos não têm direito de imitar essa 'atitude'?

Será que neste momento não temos razões para 'acarditar'?

DIGAM....:


Sem fazer barulho nem atropelar ninguém

Avatar
 ●  32 comentários  ● 
Rodrigo é um caso paradigmático do futebol do Benfica, que prova que de facto, quem sabe sabe, e o resto é conversa.

Não houve quem criticasse esta contratação, de um jogador das escolas do Real Madrid por 6 milhões de euros, em tempos em que, convém recordar, a moda era associar jogadas escuras e negócios de cimento, a todos os negócios que o Benfica fazia com Madrid.

O primeiro ano foi em Bolton, e eu, se calhar por morar por aqui e acompanhar as coisas mais de perto, fui sempre acrescentando que o miúdo Rodrigo, apesar de não ser um titular indiscutível de uma equipa que jogava para não descer, mostrava qualidade acima da média.

Prova disso foi o facto de, enquanto alguns continuavam a questionar esta contratação e o facto de nem num Bolton conseguir ser titular, no final da época o mesmo Bolton lutou desesperadamente para contratar o jogador de 19 anos a título definitivo, algo que Luís Filipe Vieira sempre recusou. 

No ano seguinte, Rodrigo regressou à Luz e foi lentamente entrando na equipa. Imediatamente mostrou o seu talento e que tinha tudo para ser um prodígio, altura em que, convém lembrar, até em Madrid se voltou a falar dele, e a falarem-se em cláusulas que existiram eventualmente que permitiriam ao clube espanhol recuperar Rodrigo a qualquer momento.

Mas entretanto aconteceu o jogo da Rússia no qual se Rodrigo se lesionou com alguma gravidade. E desde aí, o sururu em volta do avançado arrefeceu e levou tempo a voltar a ser o mesmo. Essa foi a altura em que alguns voltaram a questionar a qualidade do miúdo, a questionar até porque razão Rodrigo ia tendo os seus minutos de jogo em vez de um outro miúdo e terror das balizas adversárias chamado Nélson Oliveira, um português que tinha tudo para ser tão bom ou melhor que Rodrigo. 

Rodrigo foi sentindo o seu valor ser posto em causa, e sentiu-se muitas vezes o seu desespero em fazer as coisas certas e mostrar serviço rapidamente. Percebeu-se também, que no esquema de Jorge Jesus, o seu papel era muito diferente daquele que lhe era destinado na seleção Sub 21 espanhola (no qual continuava a render e a marcar golos quase sempre), papel esse a que terá levado algum tempo a adaptar-se.

Apesar de tudo, no entanto, há algo de que sempre tive a certeza: era uma questão de tempo, porque só um cego não via que estava ali um jogador com tudo para ser excecional.

Caramba, para alguns, se Jorge Jesus era de facto um potenciador de jogadores tem forçosamente de fazer render todo e qualquer jogador que lhe passe pelas mãos. Se o Rodrigo dava, o Nélson também tinha de dar. Era uma questão de oportunidades, diziam alguns. 

Mas enquanto Rodrigo continuava a trabalhar, o Nélson amuava. Enquanto Rodrigo continuava a respeitar as escolhas do treinador e a elogiar a qualidade dos que jogavam, o Nélson reclamava minutos de jogo porque já sabia tudo. Enquanto Rodrigo falava sempre do treinador e do clube com respeito e admiração, o Nélson falava mal de ambos e elogiava as políticas desportivas dos adversários do Benfica. Enquanto Rodrigo ia mostrando aqui e ali um potencial imenso, o Nélson desapontava por todo o lugar por que passava. Enquanto O Rodrigo mostrava a atitude certa de quem quer ser um vencedor, o Nélson mostrava porque razão não singram algumas outrora esperanças do nosso futebol.

Jorge potencia? Inquestionavelmente! Mas não faz milagres. Em primeiro lugar é preciso talento para ser potenciado, e isso nem todos têm. Em segundo, o treinador fará a sua parte. Mas o jogador tem de lá estar para fazer o resto, com humildade, dedicação, capacidade de trabalho e sofrimento, e confiança nas suas capacidades. Rodrigo sempre o teve. O Nélson, infelizmente, 3 ou 4 anos depois parece voltar a ter de começar do zero. Quando um jogador não quer, não há treinador que o salve.

Que prazer me dá ver Rodrigo brilhar com a camisola do Benfica neste momento, antes da partida para outros voos que seguramente serão grandiosos. Pelo talento que tem, pelo respeito que sempre mostrou pela camisola que enverga, por ter mostrado a toda a gente o que é subir a pulso a escada do sucesso, sem fazer barulho nem atropelar ninguém.

GRAVE, GRAVÍSSIMO...

Avatar
 ●  11 comentários  ● 

Ontem foi-nos dado a conhecer que o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional deu entrada no Hospital Pedro-Hispano, em Matosinhos, após a viatura em que seguia ter sido abalroada na rotunda AEP, no Porto. O incidente rodoviário com a viatura que Mário Figueiredo conduzia ocorreu cerca das 21:40, de acordo com a mesma fonte da LPFP, que acrescentou que o dirigente está em observação na referida unidade hospitalar de Matosinhos. 

De acordo com a mesma fonte, a Polícia de Segurança Pública (PSP) já tomou conta da ocorrência. 

Já hoje ficámos a saber que uma testemunha confirmou à SIC Notícias que o carro em que seguia Mário Figueiredo foi mesmo abalroado intencionalmente
Informação retirada da SIC Noticias:  VER VIDEO AQUI

Isto é muitíssimo grave! Que o futebol português é corrupto todos sabemos, que o futebol português tem gente mal intencionada e mal formada que destrói espaços comerciais e propriedades de terceiros, também já se sabia...

... Mas estamos a chegar a ponto de colocar em risco A VIDA DAS PESSOAS em prol da protecção e ocultação dos esquemas corruptos que favorecem quem faz parte do Sistema.

País de merda! Futebol de merda! São a vergonha deste país cambada de corruptos nojentos...

PS- Nunca é demais recordar que a "guerra" travada por Mário Figueiredo não é desportiva, é pelos direitos televisivos que alimentam Joaquim Oliveira e que por sua vez financia os esquemas sujos do futebol português.

Uma palavra especial...

Avatar
 ●  6 comentários  ● 
Para os NN e DV em força na Madeira e estiveram ao lado da equipa durante 90' de forma incansável. Quase que dava para os "sentir em campo".

Mais uma vez o Benfica foi demolidor. 

Ha quem diga que foi o vento, outros que são os árbitros (penalty RIDÍCULO contra o Benfica, já agora), outros que é sorte... Inveja e falta de honestidade é o que é. Este Benfica junta o Rolo Compressor da primeira temporada, ao pragmatismo das vitórias sem deslumbre nem irracionalidade. 

Digamos que é um Benfica de 2009/10, mas com mais maturidade - trabalho e mérito do grupo de trabalho liderado por Jorge Jesus. Não há duvidas que dentro daquelas quatro linhas o homem é fantástico (só falha mesmo fora delas).

Um tolo chamado Bruno de Carvalho.

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

Tenho sido provavelmente o mais ferrenho dos que defendem uma política comum, fora dos relvados, entre Benfica e Sporting, os 2 maiores clubes portugueses.

Foi sempre para mim algo triste ver gente a dominar o Sporting cujo grande objectivo era ver o Benfica perder e não fazerem o Sporting ganhar. Habituei-me a ver no clube de Alvalade o grande rival e a aguardar com expectativa os embates para depois gozar com os meus amigos sportinguistas(ou eles comigo...).

Daí que ver a 'geração Roquette' dominar o Sporting e verificar um anti-benfiquismo nauseabundo a dominar o pensamento desses senhores significava para mim algo realmente desolador. Um clube da minha cidade e que me habituei a respeitar entregue ao ódio e ao combate ao meu clube do coração.

Por isso foi com um certo entusiasmo que vi a ascensão de Bruno de Carvalho. Um tipo que parecia apenas apaixonado pelo 'seu' Sporting e que queria uma nova vida para o seu clube e para o futebol português.

Depois de um bom arranque na gestão interna dos dossiers, o presidente do Sporting, agora que tem mais tempo livre dos problemas do seu clube, está a revelar-se um tolo, radical, e sinceramente pouco inteligente.

A forma bélica como decorreu a semana passada, apelando de forma encapotada à violência, é inadmissível. Os comunicados e conferências de imprensa como a desta segunda-feira foram ridículas. 

O problema principal do Sporting nunca foram os árbitros mas a forma como se rebaixaram os interesses de terceiros, esperando daí poder obter vantagem e nunca percebendo que eram eles os principais alvos a abater. 

O Sporting da última semana é o ressurgir desse Sporting pouco inteligente, desorientado e sinceramente pouco confiável. Tudo refletido na pessoa do seu presidente, que de lufada de ar fresco no futebol português, está a refletir o que de pior se tem visto no dirigismo.

Os acontecimentos relatados na imprensa envolvendo o árbitro Manuel Mota, os seus bens e a sua família, são um reflexo da conversa irresponsável de dirigentes que serão sempre cúmplices destes actos. Eu duvido que tenham sido adeptos do Sporting por várias indicações vindas do norte, mas a conversa irresponsável é a mesma de outros.

Quaisquer adeptos, não importa a côr, que fizeram a Manuel Mota e à sua família o que foi relatado na imprensa são criminosos. E lugar de criminosos que não sabem viver em liberdade e em sociedade é na prisão. 

Gostei de ver o 'Movimento Basta' demarcar-se da violência. 

Neste momento, continuo a achar que os 2 maiores clubes portugueses têm a responsabilidade de tomar a liderança do futebol e de serem responsáveis, inteligentes e acima de tudo didácticos na forma como abordam o fenómeno futebol.

Bruno de Carvalho, nesta fase, é mais um radical lagarto que um sportinguista. 
E radicais fanáticos para quem os fins justificam os meios, para mim são companhias indesejáveis.

Venham de lá os sportinguistas sérios. Corram com a porcaria dos lagartos.

Mario Figueiredo vítima de acidente "esquisito"

Avatar
 ●  3 comentários  ● 
Mario Figueiredo foi hospitalizado depois de o carro dele ter sido abalroado numa rotunda.

Coincidência? Talvez...

segunda-feira, 17 de março de 2014

Eu sonho e tu?

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Académica, Braga, Rio Ave, Arouca, Olhanense, Setúbal e Porto; Os caminhos para o sonho… Faltam 21 pontos, muito suor mas juntos la chegaremos…
Não adianta tentar manter a calma, com 7 (pronto 8) pontos de avanço, e por muito escaldados que estejamos, somos forçados a sonhar e eu sonho!!!

Adoro o Benfica e só ele me tem dado alegrias... Vamos nos juntar e apoiar... 4 jogos em casa, não espero menos do 240 mil adeptos no estádio nesses jogos!!!

Abraço a todos!!!

Muita fortes...

Avatar
 ●  6 comentários  ● 
Ver esta equipa a jogar é orgásmico!!!

"Muita fortes!!!"

Em Lisboa, Londres, na Madeira ou em Marte... NINGUÉM PÁRA O BENFICA!!!

Serão capazes de "levantar o pé do acelerador" na segunda parte a pensar na Liga Europa? Eu acho que não... Esta equipa não sabe jogar menos bem, são um ROLO COMPRESSOR

E pronto... "Pumba na Irina..."

Avatar
 ●  9 comentários  ● 
Há um sketch do Cesar Mourão onde ele brinca com o facto de todos quererem fazer "pumba na Irina", uma miuda tola e desajeitada. O nosso Jorge Jesus é uma espécie de Irina... que pelos vistos gosta que todos lhe façam "pumba no Jesus"!

Ora digam-me lá os que compreendem todos os métodos e atitudes do mister foras das quatro linhas, que raio de necessidade tem ele de andar a "levar com estas":


Maxim Mitrofanov, diretor geral do Zenit, lançou duro ataque a Jorge Jesus por este ter dito, em conferência de Imprensa, que André Villas Boas seria o sucessor de Luciano Spalletti no comando técnico da equipa de São Petersburgo. 

«No futebol há treinadores que procuram simplesmente atrair as atenções. Não percebo o que levou o treinador do Benfica a partilhar com os jornalistas informações que não lhe dizem respeito», protestou o dirigente do clube russo.
In A Bola

O que tem de positivo para o Benfica, reforço a questão, de positivo PARA O BENFICA, este tipo de "fait divers" do nosso treinador, que acabam invariavelmente com ele a levar bocas de terceiros? Para quando o homem focar-se em treinar e orientar a equipa COMO FAZ TÃO BEM! Porquê ter que se meter em confusões e polémicas fora do campo? Alguém com a sua brilhante competência técnica e táctica deveria responder sempre... em campo! Com vitórias de alto nível como as que nos tem brindado ultimamente e como a quem vai ter, sem duvidas, esta noite!!!!!

Dirão alguns: Ah e tal quiseram desestabilizar a dizer que ele era opção para o Zenit e ele meteu logo a boca no trombone e lixou tudo aos jornalistas. 

Ena! Boa... e agora temos o treinador do Benfica nas bocas dos outros, numa altura em que este tipo de merdas nem deveriam fazer parte do dia-a-dia, quanto mais ser notícia.

Dirão outros: Eh pah outra vez a "bater no Jesus"?
Ah espera... eu é que tenho a culpa porque escrevo sobre isso! Ele não está errado em por-se a jeito, eu é que estou errado em não fingir que não aconteceu, porque ele pode sempre fazer o que quiser, mesmo que o meu clube não ganhe nada com isso...

Seja como for, mais logo às 20.00 o Jesus não estará numa conferência de imprensa nem estará a falar para ninguém que não os seus 11 jogadores, pelo que ali sim o Jesus é um mestre e vai, mais uma vez, orientar uma brilhante equipa - em muito trabalhada com o mérito dele próprio - a mais um brilhante resultado rumo ao objectivo comum dele e de todos nós: O 33º!

CARREGA BENFICA!


Caro Jorge Jesus:

Avatar
 ●  5 comentários  ● 

O jogo de hoje é muito importante para que o final de temporada não seja o mesmo dos últimos 4 anos. 

Sim, porque mesmo no ano do único título de campeão que os 4M/ano que recebes conseguiram, mesmo nesse ano sofremos até aos últimos minutos.

A equipa está a demonstrar uma solidez e frescura física diferentes. Para melhor. Claro que o mérito é teu. És o treinador. 

Asim como o foste quando levamos 5 no Dragão, quando resolveste inventar em casa e permitir que um vitória do FCP na Luz os sagrasse campeões no nosso relvado quando tu mesmo não o fizeste no teu primeiro ano de Benfica.
Também eras o treinador quando equipas mais fracas nos eliminaram na Champions quase todos os anos.
Assim como o eras quando perdemos o acesso à final da Liga Europa perante um Braguinha ou quando fomos goleados em Liverpool.

Ou seja, és o treinador em todas as alturas e não apenas quando te convém.

Por ora vamos esquecer a forma como enxovalhaste uma figura do Benfica como Shéu, que quando tu mandavas bocas ao Benfica noutras paragens, já servia o Benfica há muito tempo.

Vamos olhar para o que nos espera. 2 acessos à finais das Taças nacionais. A Liga Europa. E o campeonato onde tens uma vantagem soberana.

Hoje e daqui em diante espero ver um Jorge Jesus no seu melhor. Para que no final da temporada o Marquês encha 4 vezes. É o que podes fazer por todos. Farei a minha vénia e homenagem se o conseguires.

O que virá depois, ficará para depois. Agora trata lá é de vencer.

ranking