O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 21 de março de 2014

Duas décadas de vitórias antes do último apito

Avatar
 ●  10 comentários  ● 
A eliminação do Tottenham da Liga Europa é brilhante. Estamos a falar de uma equipa, que só no último defeso, investiu 100 milhões de euros em novos jogadores.

Fazê-lo com a nossa segunda equipa é mais brilhante ainda, já que, quer no jogo de Londres quer no de Lisboa, foram muito poucos os titulares que jogaram.

Perder com o Tottenham seria um drama? Na minha opinião não, tendo em conta as diferenças de orçamentos. Mas passámos, com classe e com mérito, com um jogo de pura classe em Inglaterra e um em Lisboa assim assim, em que tentámos gerir a vantagem desde o primeiro minuto, algo que também aceito, tendo em conta que a prioridade é o campeonato.

Mas aqui entra mais uma vez o gesto dos três dedos de Jorge Jesus no jogo de Londres. Podíamos ter perdido a eliminatória em casa, contra uma equipa que, convém lembrar, liderava a tabela dos jogos fora de casa da Premiership até à semana passada.

Mas não seria apenas uma eliminação. Seria, por causa desse gesto, uma eliminação com juros, com vexame, com chacota, uma derrota que iria, mais uma vez, fazer correr muita tinta e iria muito além do próprio jogo.

Eu assisti ao jogo da Luz na TV Inglesa. E Tenho de dizer, que quem comentou esse jogo passou o tempo todo a dar realce a duas coisas: a primeira, à classe de Sálvio. A segunda... Jorge Jesus. 

Quando o Tottenham faz o 2-1, era ouvir o comentador a gozar mais uma vez: “Agora não te apetece dançar, pois não Jorja Jasus?”

A realização do jogo filmou 4 ou 5 vezes o adjunto do Tottenham a dar ordens no banco, enquanto Sherwood assistia ao jogo lá em cima. E era ouvir o comentador: “O adjunto do Tottenham deve estar todo contente, já apareceu mais vezes na TV no jogo de hoje do que no resto da sua carreira.” 

E tudo isto por causa de... três dedos... de um momento em que Jorge Jesus não se conteve! Para mais feito num momento em que nada estava ainda decidido, e em que o gesto nos podia sair caro. Três dedos apenas para, o mais importante de uma grande noite de futebol passar a ser o duelo entre dois treinadores em vez de um confronto entre duas grandes equipas.

Humildade, é o quero lembrar com este post. Humildade para se ser otimista mas celebrar as vitórias no fim. Humildade para lembrar a todos a razão de muito do anti-benfiquismo que se vê por aí: Somos um clube grandioso, o maior, deste mundo e do outro... com dois campeonatos nacionais para mostrar desde 1994/1995! 

Muito pouco para mostrar para tanta grandeza e presunção, e tanta celebração antes do último apito.


P.S. Já aqui escrevi a desculpabilizar o gesto de Jorge Jesus, agora pareço condená-lo. Para esclarecer os mais confusos: do ponto de vista disciplinar, Jorge Jesus nada fez de errado, nem sequer é caso virgem no mundo do futebol. Do ponto de vista ético no entanto, gostava que o meu Benfica fosse capaz de ganhar com mais humildade dentro do campo e sem tanto espalhafato fora dele.

10 comentários blogger

  1. Luiz Sousa - Portista21 março, 2014 21:49

    Boa noite, Sou Luiz Sousa - Portista

    O post esta muito bem escrito e toca em varias feridas, que ficaram bem abertas dos desaires do ano passado.

    O jj é assim mesmo e nada o fara mudar, nem a vergonha que foi de ajoelhar na Luz...para ele isso já é passado e o importante é cavalgar o seu proprio ego, que é muito maior que o slb ou os adeptos. Os gesto dos 4 dedos no jogo com o Nacional demonstra bem que nao vai mudar.
    Love him or hate him!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada21 março, 2014 23:12

      Parece que não tens no teu clube factos bastabte comprometedores para criticar... Que moral tens para vir para aqui falar seja do que for ou de quem for?
      Olha por ti abaixo e pelos teus comparsas corruptos e deixa-nos em paz! Gente da tua laia só merece estar na cadeia!

      Eliminar
    2. Oh Luisinho , mais uma vez vens para aqui armado em mete nojo !
      Vergonha é teres um merdoso de um jogador que num jogo contra a Suécia, virou-se para o público no fim do jogo e fez-lhes um pirete, vergonha é teres um outro que desata aos pontapés a tudo o que lhe aparece pela frente, factos presenciados por quem assistiu aos jogos e por muitos millhares de espetadores da televisão, vergonha é teres um dirigente que apareceu misteriosamente morto com um tiro, e até agora a comunicação social e os dirigentes do teu clube de merda não se ter pronunciado!
      Oh meu, dá o fora e vai ver se o mar tem peixe !

      Eliminar
  2. Este post está de facto muito bom.Agora um portista a querer dar lições de moral, já me parece um abuso. Tenham vergonha na cara.

    ResponderEliminar
  3. Finalmente percebeste... tardas mas não falhas. Já com o Vieira foi a mesma coisa!

    ResponderEliminar
  4. superstições, LOL.

    no entanto, concordo com parte. mas, REDMOON, O NOVO GB ESTÁ A SER MUITO MAIS ARROGANTE COM AQUELA ESTÚPIDA FAIXA DE RESERVADO. revela total desprezo pelos adversarios e falta de humildade, muito mais que jesus.

    ResponderEliminar
  5. "Do ponto de vista ético no entanto, gostava que o meu Benfica fosse capaz de ganhar com mais humildade dentro do campo e sem tanto espalhafato fora dele. " Concordo inteiramente com esta frase...não gosto nada de fanfarrões!

    ResponderEliminar
  6. Carapau de Corrida22 março, 2014 10:47

    Um post tão bom, mas tão bom, que até os portista aplaudem... de facto este blog está perdido.

    P.S.: Tirem aquela merda do RESERVADO em cima do blog... até mete nojo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidentemente, se por consideracao a todos os que dao vida a este blogue, houvesse uma sondagem sobre o bom gosto daquela barra, todos descobririamos que os que gostam sao 1 ou 2.

      Mas faz como eu, usa a versao mobile onde a barra nao aparece.

      Eliminar
  7. Luiz Sousa - Portista23 março, 2014 15:13

    Boa tarde,

    Muito gostaria de saber pq a opiniao de um portista sobre um facto que se passa no slb tem que ter como resposta factos, que nada têm a ver com assunto, sobre o FCP?

    Posso ser portista e ter uma opiniao sobre o grande ego do jj... nao gostaria que um treinador do meu clube fosse "eu" nas vitorias e "eles" naas derrotas! Está-lhe no sangue!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking