O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 22 de janeiro de 2011

Campeão Voltou

 ●  3 comentários  ● 
Acabo de chegar do estádio da luz completamente gelado, e ate ao quarto de hora final do jogo pensei que este era o titulo indicado para o meu post!
Um Benfica a jogar um grande futebol , rápido, com passes curtos , todos os jogadores em movimento , grande pressão sobre os adversários.Até que tivemos 10 minutos de paragem cerebral( vez me lembrar contra o lyon), eu ate tento aceitar que a nossa equipa e toda muito nova , e que tem grandes artistas que as vezes preferem fazer 50 passes bonitos em vez de marcar golos, mas isto não pode acontecer. Segundo ouvi na radio o J J diz que e excesso de confiança, eu também tenho essa ideia para isso o nosso treinador tem de berrar com os meninos durante a semana , porque se der para ganhar por 6 , porque havemos de ganhar só por 2.
Gostei muito do Sidney e do Aimar , acho que fizeram um grande jogo, o defesa esteve muito bem a defender e ainda foi a frente marcar um grande golo. Enquanto o nosso maestro acho que não é preciso dizer muito , é um senhor a comandar o meio campo e a por os "meninos" a correr.


P.S Parabéns ao andebol que conquistou a supertaça

O jogo e o Vieira

 ●  6 comentários  ● 
Depois de mais uma semana repleta de trabalho eis que tenho algum tempo para deixar as minhas opiniões neste espaço, e nada melhor para começar do que a novela David Luiz.

Sem Paulos Ferreiras à mistura e com valores a rondar os 30M, eu mesmo o venderia, concordando totalmente com o GB no seu tópico O fumo e o fogo, agora deixo o seguinte reparo à maneira como Luis Filipe Vieira trata destes assuntos... Porque haverá de o presidente do clube a que o jogador pertence deslocar-se à casa do clube que pretende esse jogador?? É uma demonstração de que quem manda nas negociações é o Chelsea e não o Benfica, que basta acenarem com o 1º valor que lhes vier a cabeça e o nosso presidente, de tão necessitado que está de vender o activo o aceitará sem pensar duas vezes. Se o Chelsea quer o jogador, que venha um responsável do clube negociar com os dirigentes do Benfica na sua casa, porque para vender não temos de fazer vontades a outros, eles é que têm de se esforçar por nos agradar! Já nas negociações por Di Maria fiquei com essa mesma ideia quando o presidente foi que nem um cachorrinho a Madrid ter com o dono, para ver se saltava algum osso... Quando somos nós os interessados não somos nós que nos deslocamos ao clube do jogador? Não tenho notícias de dirigentes de outros clubes se tenham dirigido ao estádio da Luz para venderem jogadores ao Benfica, mas como eu não sei nada disto...

A compra de Jardel fazia adivinhar esta situação da iminente venda de David Luiz, agora só faltará saber quem será o natural substituto dele como titular... Hoje sem David Luiz por castigo e a não convocação de Jardel por ainda ter poucos dias de casa não há dúvidas que Sídnei será o dono do lugar, e penso que será mesmo o início do seu período como titular, com a contratação Jardel a servir de "airbag" para o caso da experiência correr mal. Uma coisa que noto na convocatória é mesmo a falta de um 3º central, o castigo de David Luiz e o empréstimo de Fábio Faria criaram aqui uma situação perigosa...porque não se convocou Roderick? Estranho...

De resto poucas surpresas na convocatória, agora é só esperar que mais logo os jogadores entrem em campo com o tal espírito de ganhar todos os jogos até ao fim, e não com o espírito de treino da 2º parte do último jogo de campeonato... Se assim for, ganharemos.

Ps: segundo vi nas notícias, com muita gente para pedir que avance, prepara-se a candidatura a presidência dos lagartos por parte de Rogério Alves. Com tudo o que sempre vi dele, o veneno que sempre destilou ao Benfica, tal como as declarações patetas e trocistas acerca do nosso clube, se for eleito teremos um Sporting submisso aos corruptos que troca títulos para ficar a frente do Benfica por mais uns anitos... E isso para o Benfica só pode ser mau... Deixem os ódios clubísticos de lado tal como as burrices dos lagartos nas conversas que têm com eles sobre futebol e pensem...enquanto tivermos um Sporting vergado à vontade do corrupto, seremos incapazes de vencer o sistema. Não falo isto pelo bem dos lagartos, eles que se preocupem com eles, mas pelo bem do nosso Benfica! Espero sinceramente que apareça um candidato para essas eleições que mais do que falar, sinta que o mais importante para o Sporting é pensar que devem ser sempre os 1ºs, seja à frente de quem for. Sem isso o Sporting mais não será que um Belenenses com um estádio maior e uma grande massa adepta, um corpo sem alma, qual prostituta...

A origem do Medo

 ●  1 comentário  ● 
Porque há assuntos mais importantes que o meu tópico anterior, escrevo este consecutivo apenas para vos dar conta que os Corruptos estão com medo! Sim... e que medo!

Mas não é medo do futebol do SLBenfica, porque como eles dizem em surdina, isso eles resolvem em três tempos com os aconselhamentos matrimoniais em casa do Giorgio.

O que o os preocupa é a Assembleia Geral Extraordinária da FPF para 29 de Janeiro, para votar e aprovar a alteração dos estatutos antes das eleições de 5 de Fevereiro.

Esta AG vai dar muito trabalhinho aos corruptos, dado que vão ser necessárias muitas manobras de diversão para que as movimentações sujas passem despercebidas aos vice-presidente dos comités executivos da FIFA e da UEFA, Angel Villar, e o director da Unidade de Desenvolvimento das Federações Nacionais, Thierry Favre.

As informações que chegam é de que os estatutos poderão mesmo ser aprovados de acordo com o exigido no Novo Regime Jurídico das Federações Desportivas. E em paralelo, Fernando Seara prepara-se para anunciar a candidatura, já com os estatutos limpos... na BenficaTV - Uma grande, excelente, jogada de Luis Filipe Vieira.

Mas atenção! Lembrem-se do que aconteceu nas reuniões do CJ da FPF que permitiram ao FCPorto manter o lugar na Champions, quando a verdade desportiva apontava noutro sentido, portanto não esperem que vendam o poder de forma fácil.

O Fumo e o Fogo

 ●  3 comentários  ● 
Eu quando escrevo agora tenho que vir primeiro avisar que não passa da minha opinião pelo que façam lá o favor de colocar as verdades universais de parte se quiserem comentar.

Nos últimos tempos, fruto do empenho dos benfiquistas, em especial na gloriosasfera, muito se tem falado de três temas: Transferências; Direitos Televisivos; Formação e jovens formados no Benfica

Três temas onde, "cada cabeça sua sentença" e ainda bem. Ao contrário do que Luis Filipe Vieira tem vindo a tentar "impor" no SLBenfica, é da discussão que nasce a concórdia e o melhor para o SLBenfica. Andarmos aqui amordaçados e calados era dar razão aqueles que durante muito, e alguns ainda hoje, nos chamam "clube do regime".

Sobre as transferências, já deixei a minha opinião no tópico As novas/possíveis movimentações (by GB) e não as vou repetir. Infelizmente, conforme eu previa, o cerco aperta-se sobre David Luiz e penso que apesar de estar seguro que o SLBenfica estará a tentar apenas vender em Junho, acho que qualquer proposta na ordem dos 30M€, na actual conjuntura económica é absolutamente irrecusável.

O SLBenfica tem problemas financeiros complicadíssimos, ao contrário do que a actual direcção pretende que acreditemos, e estas ofertas tornam-se irrecusáveis, sob pena de no final da temporada serem ainda inferiores. A melhor proposta que recebemos pelo David Luiz foram 38M€ do City... onde é que já vão essas loucuras!!!! O processo de sucessão de David Luiz poderá ser assumido pelo Sidnei, sem sobressaltos! Foi um jogador que nos custou quase 7M€ (5+2), pelo que temos que rentabilizar e é hora de contar com ele.

Contudo, qualquer oferta abaixo dos 30M€ ou com a inclusão de jogadores, na minha perspectiva só deverá ter uma resposta: NÃO! Se for para isso, vale mais assumir o risco de o vender no final da temporada.

As saídas que se seguem, mas não no Inverno, são de Coentrão e Cardozo, disso não tenho dúvidas. Espero que juntos possam render pouco mais de 50M€ ao SLBenfica e ficarei muito desiludido se chegarmos a um valor inferior. Se a substituição do português não me assusta se fecharmos o Taiwo, ao qual vamos juntar o potencial do Carole, já no caso do paraguaio, penso que não temos no plantel substituto à altura - Kardec tem que sair para jogar num clube com aspirações à Europa (Guimarães, Marítimo, Nacional ou Braga). Rodrigo pode ser a solução, o que me agradaria dado sou mais adepto de avançados com mobilidade. É importante não "estoirar" com a receita do David Luiz, Coentrão e Cardozo que estimo em cerca de 85M€.

O resto das "mexidas" já as escrevi no tópico e penso que farão todo o sentido. Como sentido também fará a inclusão de Miguel Rosa e Nelson Oliveira - pelo menos - no plantel da próxima temporada, por limpeza de muito "lixo" que ali anda a ganhar balúrdios.

Isso leva-me ao tema da formação do SLBenfica e a uma entrevista que o Rui Águas deu ao DN hoje onde "põe o dedo na ferida" de alguns temas, pelo que recomendo a vossa leitura cuidada da entrevista.

Contudo, destaco apenas uma passagem, sobre a quantidade de estrangeiros na formação, quando houve uma decisão de focar no território nacional:
"Tal facto deve-se a acordos entre a administração e outros clubes ou agentes que não passavam pela prospecção nem pelo nosso parecer. Entre a formação e a profissionalização há, de facto, alguma área cinzenta".

Parece-me algo bastante paradigmático do que se passa na formação do SLBenfica. Na formação e no futebol no seu todo. A minha interpretação é que todo o trabalho MUITO PROFISSIONAL, supra-treinador e supra-presidente que o Rui Costa começou a tentar implementar e que iria colher frutos... acabou destruído e extinto de forma inexplicável, ao ponto de Rui Águas considerar hoje, tal como há muito eu refiro, " sinto que se pode tirar mais partido da sua experiência e conhecimento. Que me parece algo isolado e triste, parece".

Eu assumo, desde já, a minha concordância em absoluto com a entrevista e a leitura do Rui Águas, que considerou que jamais se poderia acreditar que a conquista do campeonato passado iria, per si, acabar com a hegemonia corrupta do FCPorto, ainda para mais quando se extinguiram e desvalorizaram acções e medidas estruturantes levadas a cabo por Rui Costa e se optou por "navegar à vista" e ao sabor, não das marés, mas dos empresários amigos.

Por falar em amigos, sem desprimor para as dúvidas do SouBenfica, tem sido divertido ler os "sonhos" de alguns benfiquistas sobre Joaquim Oliveira e os direitos televisivos. Então o SLBenfica que nunca teve "tomates" para dar um murro na mesa junto do Oliveira, nunca tentou sequer limitar (antes pelo contrário) a sua posição accionista na SAD e na Benfica Multimédia... vai agora "dar-lhe uma facada nas costas"?!

Era bom, era... eu também gostava e seria esse um dos meus maiores desejos! Mas ainda assim, ainda que não seja o eu mais gostaria, tenho que concordar com os que afirmam que os direitos do SLBenfica vão, possivelmente, permanecer na Olivedesportos.

Há muitos factores favoráveis ao Joaquim Oliveira nesta equação! Factores demasiado complexos para serem contornados quando o Clube não se move numa vontade férrea concertada para alterar esta conjuntura.

Eu já tenho também aqui questionado sobre os diferidos dos nossos jogos na BenficaTV. Algum de vós acredita que foram "à borla"? Algo que o SLBenfica não tinha ao início porque o Oliveira não deixava... acham que "nos caiu no prato da sopa"? Pouco provável... E há quem diga, eu nunca o vi confirmado, que o "pagamento" foi a extensão do contrato até 2014. Para todos os efeitos vamos considerar 2013, porque é o que é conhecido...

À margem disso, o Clube nunca utilizou o mais forte trunfo negocial: A vontade dos sócios. A prometida AG que nunca aconteceu para discutir este tema, seria uma arma negocial brutal! Joaquim Oliveira seria confrontado com um Presidente a dizer-lhe "meu caro amigo, eles não querem, portanto só algo irrecusável me permite convencêl-los a cá ficares".

E por falar em irrecusável, só quem conseguir o "efeito de escala" nos poderá efectivamente proporcionar um contrato significativamente melhorado. Só quem tenha capacidade de rentabilizar os meios em vários jogos, de várias equipas, poderá ter poupanças de custos que lhe permitam apresentar melhores propostas.

Um novo canal terá que revender os direitos ou investir em meios para fazer publicidade no relvado, para angariar publicidade, para transmitir os jogos, enfim... tudo isto custa dinheiro. Ou acham que é por acaso que o Benfica não transmite na BenficaTV em exclusivo os jogos sobre os quais tem os direitos em seu poder?

Temos que saber ser realistas na análise deste tema. Isto só é um grande negócio para quem conseguir "montar uma máquina" com escala para tirar partido do investimento elevado efectuado. Para o Oliveira, "a máquina está montada" e a sua capacidade de apresentar melhor proposta é indiscutivelmente superior... assim o saibamos EXPLORAR!

Além disso, a comparação com outros mercados, como Barcelona ou Real Madrid - ou mesmo qualquer outro clube das mais fortes ligas Europeias - é totalmente descabida. Basta olharem para o exemplo da vossa opinião sobre os direitos da Liga Espanhola! Obviamente que é um activo interessante para os adeptos, nem que seja para ver o Villareal x Valencia. Agora pensem lá a quem interessa noutros países, que alguém compre os direitos da Liga Portuguesa? Zero...

Portanto, quando se falam em valores de 40M€/ano eu acho perfeitamente sonhador - desejável, mas sonhador!!! Na realidade nacional, penso que um valor muitíssimo bom seriam 25M€, precisamente mais 10M€/ano do que o Sporting ganhará a partir de 2014, o que me parece justíssimo.

Agora, esse valor tem que EXCLUIR tudo o que não sejam direitos televisivos publicitários dos jogos do campeonato, tem que contemplar a compra pelo SLBenfica da totalidade das participações de Joaquim Oliveira e da Sportinvest no SLBenfica. Isso é fundamental e ninguém fala.

Como fundamental também é que o comprometimento não exceda os 5 anos a contar da renegociação, porque o mundo dos media está em constante crescimento e mutação e o SLBenfica tem que acautelar o futuro.

Já perceberam que tirar conteúdo ao contrato, reduzir anos e ainda... incrementar para valores próximos do topo da Europa - mais de 5x superior ao actual??? Obviamente que é complicadíssimo alguém aceitar!

Caso a alternativa surja como viável e interessada, ainda que o nosso interesse benfiquista seja ver o Oliveira pelas costas, concordo com as correntes que dizem que a Administração da SAD só tem um caminho a seguir: Vender a quem der mais!

Até lá... há outro caminho a seguir:
Criar condições para que haja disputa e concorrência pelos direitos e fazer subir a parada ao limite. Se o limite for acima dos 20M/ano eu já considerarei muitíssimo bom. Se for nos desejados 40M€... cá estarei para dar razão a quem a tinha.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Vamos lá ver se eu percebi isto

 ●  8 comentários  ● 
Primeiro queria agradecer as tentativas de me explicarem esta história dos direitos televisivos. Eu disse tentativa porque continuei com muitas duvidas por esclarecer, mas o defeito deve ser meu.

Uma coisa é certa: os benfiquistas são da opinião que o Benfica deve receber no mínimo 30 milhões por ano pelos direitos dos quinze jogos e publicidade estática do relvado nos jogos.

Pelo que vi na internet, o Oliveira revende os direitos totais dos 16 clubes por cerca de 150 milhões e actualmente gasta nos três grandes 8,6 com o Porto, 7,5 com o Benfica e recentemente 13 milhões (média) com o Sporting. No total com outros clubes e competições dizem que gasta uns 50 milhões por ano para receber 150. Não sei se é isto ou não, mas não deve andar longe.

A minha dúvida continua a ser como é que há espaço em Portugal para dois players nesta área, quando na generalidade da Europa, pelo que vi, também só há um. E além disso o Oliveira domina o mercado há muito tempo da forma corrupta que se vê. É mesmo possível fazê-lo cair da cadeira?

Foi falado nos comentários que o Benfica podia ficar com os direitos. É uma situação que me agrada. Se é possível ir buscar o valor da publicidade e depois pode-se usar a Meo por exemplo para contribuir, porque iam ter um conteudo que ninguém tinha e em canal aberto no Canal do Benfica, o que aumentava as audiências e logo a receita de publicidade.

É aqui que me perco, porque se há assim tanto dinheiro para ir buscar, porque é que o Benfica não tem interesse em ficar com esse dinheiro em vez de ter um parceiro que fica com grande parte desta fatia? Ou não há assim tanto lucro directo nisto, ou então não entendo. Depois se não há assim tanto lucro, como podemos querer receber 30 milhões?

Estou ainda muito baralhado

O que se passa afinal?

 ●  2 comentários  ● 
Hoje a maior parte dos jornais vem a dizer que o Benfica esta quase a contratar um avançado colombiano, desculpem mas não me lembro do nome porque já dever o centésimo jogador que o Benfica contrata para a nova época.
Mas depois comecei a pensar? Será que os jornais contam tanta mentira que depois já não se lembram ou será que o Benfica esta mesmo mal organizado?
Vamos por partes a uma semana vem nos jornais que um olheiro do Benfica tinha encontrado um avançado com grande futuro , mas como o Benfica esta a precisar de um lateral direito esse senhor decidiu indicar esse jogador ao Sporting.
Hoje vem nos jornais que o Benfica acaba de contratar um avançado!!!! que tinha sido visto por esse no campeonato sul americano sub 20.

Das duas uma ou os jornalismo português esta mesmo de rastos e inventa muito e acerta pouco ( é a versão que eu quero acreditar) ou então meus amigos a coisas muito mal contadas para os nossos lados

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Alguém pode responder?

 ●  16 comentários  ● 
Tenho ouvido falar nos direitos televisivos. Eu não estou muito por dentro do assunto mas também já li alguns tópicos em blogs e foruns sobre algumas duvidas interessantes que pedia que me respondessem:

- só 15 jogos do Benfica em casa valem 40 milhões? ou 30/ano que sejam?
- se o Benfica vender os direitos a outro canal, começa quando, em que época?
- o Benfica pode vender os direitos já para a próxima época ou tem que pagar indemnização?
- esse novo canal será pago? eu para ver o Benfica vou ter que pagar a sporttv e esse novo? Vivo no Algarve e não vejo jogos do Benfica no estádio.
- qual é o papel do canal Benfica nesta conversa? e da MEO que dizem que mete todos os anos mais de 1 milhão no Benfica para manter o canal e captar subscritores?
- se a MEO é da PT e o Rui Pedro Soares era também, os direitos não podiam passar pelo canal do Benfica? Não ganhavam todos?

se alguém poder explicar-me o que vai ou pode acontecer eu agradecia

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Fui só eu que não vi

 ●  16 comentários  ● 
... o Menezes, o Kardec e o Peixoto em campo? Mandem embora estes gajos com urgência, sff
Até o chavalo Roderick fez mais e melhor, mesmo não tendo feito muito o que se compreende, pois como disse o Jesus esteve melhor com bola do que sem bola, que são rotinas que se ganham com competição.

Porque o Nuno Gomes não jogou?

O Salvio faz mesmo toda a diferença nesta equipa pela velocidade e repentismo na decisão e o Gaitan é irritante. Se queremos tirar partido do Gaitan, o melhor é arranjarmos uma bola só para ele, porque parece que só joga quando a tem nos pés, de resto dá ideia que se esquece o futebol tem outros momentos - ele que tem tanta qualidade naqueles pés.

15 milhões pelo Salvio? Mais valia terem dito que vinha só fazer uma perninha e ia embora.

Estranhas Notícias...

 ●  9 comentários  ● 
Eu desconfio, sempre, de notícias que não envolvem directamente as entidades ou pessoas visadas. O jornalismo português já deu suficientes provas de sensacionalismo e estratégias de "invenção" que nos permitem sempre duvidar de algumas notícias, especialmente quando elas aparecem primeiro e mais em força na Gloriosafera.

Deixem-me ser suficientemente pessimista e sincero: Eu não acredito que o SLBenfica esteja sequer a considerar a parceria com o Rangel e o Rui Pedro Soares, à margem do Joaquim Oliveira, conforme tem noticiado a Cofina - Record e Correio da Manhã.

A Gloriosafera tem sido, possivelmente, o único "player" no Universo Benfiquista a tentar enfrentar a Sporttv e o Grupo Sportinvest/Controlinveste. Como era a Gloriosasfera que apelava contra o financiamento dos clubes submissos do Sistema, como era a Gloriosasfera que se insurgia contra o Laurentino Dias, etc., etc. etc.

Desde há algum tempo para cá, suportado unicamente em notícias estrategicamente lançadas no tempo e em determinados momentos, têm aparecido notícias e apenas notícias a dar conta de INTENÇÕES do SLBenfica, sem nunca envolver qualquer entidade individual ou colectiva do SLBenfica.

Na prática, em discurso directo do SLBenfica, zero!
Na prática, em acção concreta e com visibilidade para os sócios do SLBenfica, zero!

Já repararam na quase premeditação desta situação?
1. Anuncio da aquisição dos direitos da Liga Espanhola num dia;
2. Ao fim de 10.000.000 de vezes que a Sporttv foi tendenciosa, o João Gabriel resolve comentar uma transmissão;
3. Anuncio do alegado interesse desse novo canal pelos direitos do SLBenfica;
4. Informação de que o SLBenfica já negoceia com esse potencial novo canal...

Isto tudo está distanciado em menos de uma semana, o que me parece algo... estranho! ... Isto quando, de acordo com os próprios, esse novo grupo de comunicação ainda nem tem estrutura de investimento e, portanto, capacidade de negociar dimensões como os direitos do SLBenfica.

Dá tudo um bocadinho a entender que estão a ser criadas ideias, intenções, notícias para agitar/animar as massas. Tudo não passa de vapor, intenções e conspirações noticiosas que não estão a produzir qualquer resultado prático.

Exemplos? Pois bem:
» Porque o SLBenfica não anuncia o fim da relação com a Sportinveste o interesse em adquirir a sua posição accionista na SAD e na Benfica Multimédia?

» Porque o SLBenfica não comenta as notícias e estabelece claramente objectivos temporais, considerando inclusivamente a opção jurídica de rescisão unilateral do contrato actual?

» Porque o SLBenfica não convoca a prometida (para 2010) AG sobre este tema?

Contrariamente ao que possam pensar e em linha com o que eu já aqui tinha escrito, não se trata de "contar a estratégia", mas sim utilizar o maior activo do Clube, como principal móbil das negociações, como segmento de pressão.

Há, efectivamente, a possibilidade de isso estar a ser feito... mas para tentar "sacar" algum ao Oliveira, num momento em que o SLBenfica já terá percebido que pela estreita ligação e dependência que permite a esta personagem, quem lidera a negociação em termos de valores é ele: Tem contrato em vigor, tem relação directa com o Presidente, enfim...

O que me parece dramaticamente preocupante no sentido em que não se estarão a considerar alternativas e em que, alegadamente existirá uma clausula no recém negociado acordo do FCPorto, que lhes permite uma actualização em conformidade com os valores actualizados ao SLBenfica.

A novela Sálvio

 ●  15 comentários  ● 
A Bola de hoje tem uma notícia queme deixou bastante perturbado. Trata-se de uma notícia sobre um potencial desvio de Sálvio para o Porto na próxima época. O que me deixou bastante irritado com esta notícia para além da possibilidade do jogador ingressar no Porto é que o Director Executivo do Atlético de Madrid disse que a cláusula de opção do Benfica sobre Sálvio começa num valor de 15 milhões de euros (!!) e não de 8 milhões de euros como tinha sido noticiado até agora.

Se efectivamente for esse o caso então está explicado porque é que até agora quando se tem abordado a possibilidade e adquirir Sálvio no final da época se tem encontrado uma parede de silêncio constrangedor.

Ou isso, ou então o Atlético de Madrid anda a esticar a corda agora que o jogador está a explodir e a mostrar o seu valor! Apesar de não ser política do Benfica falar sobre estes casos acredito que a Direcção não pode deixar o Atlético de Madrid sem resposta e mandar-lhes a boca de que têm um contrato de empréstimo assinado com uma clausula de opção e que o Benfica tem todo o direito de exercê-la se assim o entender.

Agora que as candidaturas olímpica de Madrid e ao Mundial de Espanha foram para o galheiro e o Estádio do Atlético de Madrid está quase em banho-maria, o LFV já não tem que andar com falinhas mansas com os colchoneros nem a abrir-lhes as pernas em negócios como o de Simão, Roberto entre outros.

Está na hora de telefonar a esses senhores e fazer voz grossa. Se se confirma que dificultam a vinda do jogador para o Benfica e este acaba desviado para o Porto então tem que se cortar relações com o Atlético!!
Não podem gozar com o Benfica!

Quanto ao facto de que o Porto quer roubar o Sálvio espero que os adeptos compreendam que isto não é razão nenhuma de orgulho. Está na hora de começar a bloquear estas jogadas sujas que invariavelmente levam a um enfranquecimento do plantel do Benfica e que afecta tanto adeptos como o resto do plantel a nível anímico e que podem condicionar toda uma época.

Não se pode perder com os Corruptos em nenhum campo, económico, de contratações e no campo. Perder com os Corruptos afecta a equipa e os adeptos a vários níveis e enfraquece o Benfica!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ventspils 100 - Benfica 65

 ●  2 comentários  ● 
Obrigado à FPB por nos terem permitido ir disputar um jogo europeu já com três jogos quase seguidos em cima das pernas, um deles uma final contra o Porto. E ainda ter que fazer mais de 3000 kms de viagem. Ficámos todos sensibilizados ou até emocionados.

Depois queixem-se de o basquetebol tuga não chega a lado nenhum. Rezam as crónicas que o Benfica até deu conta do recado enquanto teve pernas, mas quando o fardo criado pela FPB começou a pesar demasiado, obviamente que foi um passeio para o Ventspils. Viva a incompetência lusa.

Uma Mensagem Inequívoca

 ●  7 comentários  ● 
Caros, dizer-vos muito rapidamente apenas o seguinte: Concordo integralmente com o que tem sido dito e escrito em alguns blogs sobre o momento actual do SLBenfica. Torna-se fundamental "comprar as guerras certas" e dar uma claríssima demonstração de força, organização e capacidade não só do clube, mas também da estrutura do futebol.

Bem sei que tenho sido critico sobre essa mesma falta de organização e capacidade de ataque "à Benfica". Mas isso não faz de mim menos crente que tal situação mude. Como benfiquista entendo que devemos sempre acreditar e ter esperança que seja possível inverter estas situações que estão perfeitamente ao nosso alcance.

Pede-se, por isso, uma intervenção inequívoca na defesa dos interesses do SLBenfica. Não é nem pode ser apenas nas derrotas e nos momentos maus que se vem a terreiro fazer um "chiqueiro" de todo o tamanho, perdendo toda a credibilidade e fazendo "tapar o sol com uma peneira".

Não podemos admitir esta ideia que se quis fazer passar, de que o Benfica venceu de forma irregular, quando na prática voltámos a ser prejudicados e voltámos a ver o nosso adversario directo a ser mais uma vez beneficiado/ajudado na sua já simplificada missão. Da mesma forma não se pode permitir que andem outros clubes a fazer passar uma imagem do SLBenfica que se movimentará contra as boas regras de mercado, quando as antecipações têm sido feitas dentro das regras, mas sem prestar a vassalagem que outros gostariam, possivelmente que até dava jeito para ganharem tempo para nos dificultarem os negócios.

Não devemos explicações a ninguém, contudo devemos sim a defesa dos interessada dos SLBenfica e a transmissão de liderança e segurança no futuro e na próxima temporada, não descurando o sucesso efectivo que esta época ainda pode e deve representar - há quatro competições para ganhar!!!

Esta defesa, e perdoem-me os meus amigos BenficaSempre e SouBenfica, não inclui nem deve incluir explicações sobre o dia-a-dia do clube. Os dirigentes em funções foram eleitos pelos sócios e, portanto, representam o voto de confiança destes na direcção. Se não gostam da forma como os destinos são conduzidos, azar o de quem achou muito legitimo que o acto eleitoral se fizesse de forma atabalhoada, pouco discutida e nada democrática. Se querem explicações, espetem agora por próximos actos eleitorais, porque neste aspecto concordo com a Direcção, no sentido que não lhes cabe explicar a situação financeira do Clube ou sequer os motivos da escolha do Jorge Gomes para olheiro do Clube.

Criticar é um direito que nos assiste, se for e forma construtiva, agora exigir explicações? Era o que faltava... Meteram-nos lá com um cheque em branco, agora têm que respeitar as decisões por eles tomadas.

Pedido

 ●  3 comentários  ● 
Eu tenho feito o meu papel e entupido o mail do S.L.B. a pedir esclarecimento sobre a história do olheiro que a nossa conta anda arranja jogadores para os outros. Eu não sou ninguém , e se calhar este não e o espaço ideal para estar a fazer este tipo de pedidos, mas acho que mais uma vez não podemos deixar passar esta história em claro,quem nos diz que também não é este senhor que "desviou" outros jogadores sul americanos como são os casos de Álvaro Pereira e Falcão?

Em relação ao jogo de ontem , tenho de dizer que gostei muito da atitude ate a expulsão do jogador da Académica, porque a partir dai os nossos jogadores tirando o Fábio , vestiram o fato de gala e pensaram que o jogo estava garantido e por causa disso todos nos tivemos de sofrer um bocado no final.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Análise Financeira Credível

 ●  7 comentários  ● 
Passando à frente na conversa sobre os jogadores e os direitos televisivos que parecem não vir a trazer novidades nenhumas no futuro, gostava de deixar um pedido na blogosfera:

Através dos relatórios e contas, alguém pode fazer uma análise financeira cuidada dos números da SAD e do grupo Benfica?

Há vários indicadores, das modalidades às novas políticas do futebol, passando pela vida quotidiana do Benfica, que dão a entender que estamos em complicadíssimas dificuldades financeiras. Mas pode ser só impressão minha porque não entendo nada de finanças. Alguém me pode ajudar a perceber isto, com números sem suposições e sem atacar ou lamber o cu seja a quem for?

Shazzam do João Gabriel - Aplauso

 ●  11 comentários  ● 
«A SportTV deve prezar a imparcialidade e isso não aconteceu no jogo de hoje. Se aquilo que se passou hoje tem a ver com o processo negocial que está em curso, e que está longe de chegar a bom porto, então a SportTV escolheu o caminho errado e quem sai prejudicado são aqueles que pagam à SportTV para ter uma transmissão de qualidade com comentário isentos e imparciais sobre o que se está a passar em campo»

Um elogio (à atitude)
Uma preocupação ("processo negocial que está em curso"????? - em curso? Não Obrigado!!)

domingo, 16 de janeiro de 2011

Academica 0 Benfica 1 Vitoria do suor e da desinspiracao contra o Elmano

 ●  1 comentário  ● 
O jogo de hoje foi um daqueles jogos tipicos do campeonato portugues em que um arbitro muito espertalhao decide condicionar todo um jogo com uma arbitragem habilidosa que vai condicionar esta proxima semana. A Direccao que se prepare para defender o Benfica nos orgaos de Comunicacao Social porque a campanha de intoxicacao vai ser feita para sermos prejudicados no proximo jogo do Campeonato!


O Benfica alinhou neste jogo contra uma Academica satelite dos corruptos com duas alteracoes face ao ultimo onze no Campeonato com Airton no lugar do suspenso Javi Garcia e Ruben Amorim no lugar de Maxi Pereira. Airton esteve um pouco nervoso em campo tendo perdido algumas bolas enquanto que Ruben Amorim cumpriu bem o seu papel mas saiu lesionado (as lesoes nao o largam o que sao pessimas noticias para a equipa).
O Benfica entrou muito forte e decidido no jogo asfixiando por completo a Academica e conseguindo diversos cantos. Cardozo tambem poderia ter marcado apos grande passe de David Luiz a isola-lo, contudo falta velocidade ao paraguaio que nao conseguiu fazer melhor.
Ao minuto 19 comecou o festival do Elmano: livre perigoso a favor do Benfica marcado por Cardozo, Saviola em posicao irregular interfere com o lance e golo do Benfica (nao sei se contou para o argentino ou para o paraguaio). Benfica a frente do marcador mas com um golo irregular.
No resto da primeira parte o Benfica esteve sempre bastante proximo de ampliar a vantagem e teve varias oportunidades para isso. Salvio a falhar escandalosamente com a baliza aberta ao minuto 23 apos bom trabalho de Coentrao e Carlos Martins, ao minuto 28 Coentrao volta a cruzar para  Cardozo falhar ao minuto 28. A Academica tentava reagir e teve um lance perigoso com Miguel Fidalgo a ficar cara a cara com Roberto que cobriu muito bem a baliza e defendeu o ouro dos academistas.
Depois, talvez com inveja do protagonismo que os jogadores estavam a ter e provavelmente com a consciencia pesada de ter "ajudado" o Benfica a besta do Elmano decide voltar a "brilhar": ao minuto 30 da amarelo a David Luiz que fica suspenso no proximo jogo do campeonato contra o Nacional e pouco depois fecha os olhos a um penalti descarado sobre Coentrao amarelando ainda este jogador.
Felizmente o Elmano pareceu ainda ter um minimo de consciencia ao expulsar Pape Sow apos uma entra de kung fu deste a cabeca de Cardozo!
A Academica fica reduzida a 10 e o jogo quase que poderia ter sido dado por terminado se Carlos Martins pouco depois nao tivesse falhado um chapeu na cara de Peiser. Foi pena pois a segunda parte foi uma tortura para todos os benfiquistas.

Depois de uma primeira parte completamente frenetica o Benfica entrou sonambulo na segunda parte. Estava tao imerso no seu sono que nao reparou que a Academica, apesar de jogar com 10, cresceu e cresceu ao ponto de quase poder ter marcado perto do minuto 70 com dois lances seguidos: o primeiro com Diogo Valente a chegar atrasado a um centro de Sougou apos grande jogada deste e depois com um remate de Amaury Bischoff ao poste. Dois baldes de agua fria que acordaram a equipa pois minutos seguintes o Benfica poderia ter marcado 2 ou 3 golos nao fosse o Elmano e nao deixou a Academica voltar a tentar gracinhas ate ao fim do jogo.
A Besta marcou livre num atraso de um jogador da Academica a Peiser que agarrou a bola ao minuto 71. O Benfica marcou golo numa marcacao rapida do lance mas a Besta decidiu nao validar o golo. Pelos vistos esses lances so valem para os Corruptos na Liga dos Campeoes.
Posteriormente, num canto a favor do Benfica, Luisao cabeceia ao poste e pouco depois a Besta voltou a roubar o protagonismo aos jogadores ao nao assinalar um penalti descarado contra a Academica quando Bischoff ja tinha um amarelo. Completamente vergonhoso, mas a exibicao desta Besta de amarelo ainda nao tinha acabado apesar dos dois penalties por marcar pois ja no minuto 90 nao marca uma falta descarada sobre Jara que ficaria isolado e logo a seguir expulsa Coentrao num lance completamente idiota em que o jogador academista simulou a falta! Foi a maneira mais caricata para acabar o jogo. Ao menos assim Coentrao podera jogar contra o Nacional, nao jogando para a Taca da Liga.

Estive a ver o jogo com comentarios de um ingles que da sua perspectiva de estrangeiro educadinho classificou esta arbitragem como "curiosa".
Na primeira parte ainda se conseguiu ver um jogo interessante com varios lances de perigo e um jogo emotivo mas a segunda parte foi completamente condicionada pela pessima arbitragem do Elmano.
Infelizmente, devido ao golo obtido de forma irregular la vamos levar com os antis a zurrar a semana toda apesar de a arbitragem ter sido masi prejudicial para o Benfica!

Positivo: A grande exibicao de Coentrao. Esteve completamente endiabrado! Os grandes lances de perigo do Benfica tiveram quase sempre o seu envolvimento. Carlos Martins na primeira parte tambem esteve inspirado. A dupla de centrais esteve bastante bem no jogo e compensaram a exibicao menos conseguida de Airton. Salvio voltou a jogar numa bitola elevada.

Negativo: Exibicao de Gaitan e Cardozo. 2 dos jogadores (juntamente com Salvio, Coentrao, Saviola e Martins) que melhor entraram neste ano estiveram hoje uns furos abaixo do habitual, Cardozo falhou alguns golos (e esta la para os marcar). Pessima entrada na segunda parte de toda a equipa. Ah! Ja mencionei a arbitragem?...

Ao menos com este jogo aumentamos a distancia para o Sporting para 8 pontos e passamos com distincao por uma fase complicada em que tivemos dois jogos seguidos fora de casa contra duas das equipas mais beneficiadas deste campeonato e mais protegidas pelos Corruptos. Pena que estes tenham ganho ao Mozer e consequentemente a distancia mantem-se a mesma mas temos equipa para os apanhar se perderem pontos em 2 ou 3 jogos antes de irem a Luz e eles ainda tem que passar por fases complicadas no campeonato.

Resultados das modalidades

 ●  Sem comentários  ● 
Este foi mais um fim-de-semana bastante proveitoso nas modalidades amadoras com a conquista de um titulo frente aos Corruptos!


No Basquete, o Benfica conquistou mais um trofeu nesta temporada que se esta a revelar bastante proveitosa em termos de titulos apesar de no Campeonato estar em segundo atras do Porto.
Foi precisamente contra os andrades que, num jogo bastante emotivo e decidido com um lance livre de Heshimu Evans nos segundos finais que o Benfica conquistou mais um trofeu para a vitrina tendo o resultado final do jogo sido 76-75.
Pelos vistos, este e o inicio de uma nova epoca de ouro para o basquete da Luz.

No volei, o Benfica nao deu hipoteses ao Maritimo e esmagou os madeirenses por 3-0 mantendo a distancia para os perseguidores directos, o Guimaraes.

 No hoquei em patins, o Benfica venceu facilmente o Cambra por 6-2 e manteve a distancia de dois pontos para os Corruptos. Temos que continuar assim e voltar a ganhar um campeonato nesta modalidade. A travessia do deserto foi grande demais.

No futsal, o Benfica empatou na 6a com a Fundacao Jorge Antunes por 4-4. Felizmente, o Sporting tambem empatou com o Freixieiro e nao aproveitou este deslize.

No andebol, o Benfica esta a participar no torneio Cidade de Leiria e assegurou o 3o lugar. O que nao e um resultado famoso.

Paulo Ferreira, Mercado, Direitos Televisivos e os Lagartos (Actualizado)

 ●  6 comentários  ● 
Quero primeiro dar os parabéns aos posts que os meus colegas têm escrito e que tão bem têm descrito os últimos dias e o paradigma em que o Benfica está mergulhado.

Os compromissos profissionais e a vida pessoal muitas vezes não permitem a minha participação mais activa no blog, mas faço os possíveis.

Quero desde já realçar o comunicado de ontem sobre o desmentido da venda de David Luiz ao Chelsea por 20M e a vinda de Paulo Ferreira para o Benfica. Penso que a conclusão desde negócio, não só pelos valores envolvidos, como também pelo nosso vergar às vontades de outro clube, de livrar-se de um peso morto do seu plantel para passarmos a ser nós a aturá-lo, seria um atestado da nossa menoridade no quadro da europa do futebol como mais uma prova que qualquer clube nos pode enfiar barretes quando assim o entender. Seria um negócio a cheirar a maçã podre. Já basta as novelas com os clubes de Madrid nesse aspecto.

Não quer dizer com isto que não se façam este tipo de negócios, mas tem de se ponderá-los só no caso do nosso clube não ficar a perder, e de preferência ter um ganho, tanto em termos financeiros como desportivos. O Benfica tem de saber muito bem o que precisa e o que não precisa, e que necessita fazer para que se chegue a essas metas. Se para laterais direitos já temos o Maxi e o Wass, não teria nenhum propósito ter no plantel o Paulo Ferreira, sem colocar em cima da mesa a sua qualidade, que para mim é bastante reduzida.

O critério deve ser a mais importante das nossas armas, sabermos o número de jogadores que o plantel deverá ter para optimizar tanto o lado psicológico como competitivo dos jogadores, como a saudável noção de 2 jogadores por posição, que alimenta a competição entre eles e não desmoraliza os não titulares como aconteceria se fossem mais de 2, saber aproveitar ao máximo todos os mercados a nossa disposição e não nos centrarmos num, como se jogadores de qualidade só houvesse lá, dar as mesmas oportunidades aos jogadores, sejam eles portugueses, brasileiros ou polacos, pois tem havido um sentimento de depreciamento principalmente em relação aos jogadores nacionais, dados como inferiores e fracos de mente, em favor de sul-americanos que em alguns casos não trazem nenhuma adição em relação a estes, embora com um gasto financeiro maior e mais tempo de adaptação necessário.

Depois, uma política de recolocação e venda dos activos supérfluos, a nossa massa salarial está altamente inflacionada devido a estes jogadores que embora não joguem recebem mensalmente o seu vencimento, tudo isto estrangula tanto a nossa capacidade de ter activos financeiros para manter um plantel principal de qualidade, como também de ter orçamento disponivel para reforçar a equipa com qualidade e onde precisa, como sempre, com critério e não ao desbarato, como em algumas situações aconteceu nas últimas épocas (Rodrigo (em causa o valor e o propósito de apostar em alguem para emprestar em vez de alguém para o plantel principal), Alípio, Luís Filipe, Andrés Diaz, Shaffer, Patric, Balboa, Zoro, Sepsi, Jorge Ribeiro, Éder Luís, Roberto (aqui em causa unicamente o valor pago pelo jogador) Freddy Adu, Filipe Menezes, Mantorras, Yebda (embora este jogador esteja emprestado eu até o via ter qualidade para integrar o plantel em concorrência a Rubén Amorim).

Tudo isto jogaria em favor de termos um Benfica mais poderoso financeiramente e com um plantel mais a altura dos seus pergaminhos.

A resolução dos direitos televisivos também seria algo que nos traria um acréscimo em termos de orçamento, pois temos de ver que neste momento tanto Sporting como FCPorto já renovaram com a Olivedesportos e estão a receber mais pelos direitos televisivos que nós. Não digo que renovemos sem critério com eles, muito pelo contrário, temos de aliciar outros interessados a entrar na corrida para serem nossos parceiros na transmissão dos jogos em casa do Benfica. Eu como muitos Benfiquistas simplesmente dizemos não a SportTV, o que quer dizer que simplesmente o Benfica seguindo esse caminho, teria de continuar com receitas menores de direitos televisivos até ao expirar do actual contrato, seria uma perda de capacidade momentânea, pois uma renovação imediata com a Olivedesportos nos colocaria de novo como clube mais bem pago pelas transmissões dos seus jogos e nos daria um "boost" imediato no orçamento, com mais dinheiro para reforçar a equipa de futebol, mas mais uma vez, tem de haver critério e também honra. Mesmo com essas perdas momentâneas quem nos diz que se realmente nos esforçássemos por encontrar parceiros mais favoráveis e que nos pagariam melhor, não seria melhor a longo prazo? Acordar por exemplo com a PT um contrato com um valor hipotético de 30M ano a partir de 2013 quando o actual contrato expira-se? Ficaríamos a ganhar mais de 10M a qualquer dos nossos rivais por ano e ainda teriamos como parceiro uma empresa que já teve bastantes negócios e parcerias connosco, além de nunca nos ter prejudicado deliberadamente, como já aconteceu com a Olivedesportos e nomeadamente o seu presidente, Joaquim Oliveira.

Os nossos dirigentes têm de se esforçar para defender o clube dos parasitas que pululam por esse futebol, em Portugal e não só. Os empresários são uma praga do futebol e o Benfica está altamente dependente hoje em dia deles, além de intermediarem os negócios, influenciam o seu desfecho tal como influenciam o critério dos nossos dirigentes sobre o que é melhor para o nosso clube, senão porque se está sempre a dar favorecimento a negócios que envolvem altas somas de dinheiro, de jogadores vindos de países longíncuos, alguns com qualidade duvidosa e tempo de adaptação associado, a outros negócios que embora tivessem algumas incognitas, seriam mais baratos e sem esse tempo de adaptação? Sendo o futebol de hoje um negócio, e os empresários os especuladores a procura de fazer fortuna, é claro que eles preferem os negócios de maior monta, pois trazem por arrasto comissões mais elevadas, basta pensar numa contratação de 10 mil euros com 500 euros de comissão e outra de 1 Milhão de euros que dá uma comissão de 50 mil euros. Que fariam vocês no lugar deles? E depois este mercado que favorece a livre acumulação de fortuna destes empresários, lhes permite acumular poder sobre os clubes e outras entidades ainda maiores, chegando ao ponto de hoje termos os clubes vergados as vontades dos empresários, pois se não colaboramos com eles, jogadores de qualidade nem vê-los, ou o caso da nossa federação, que neste mundial foi uma marioneta nas mãos do Jorge Mendes. Como já disse num comentário ao Post do Red Moon, temos de criar movimentos para pressionar tanto a FIFA como a UEFA, elas também submetidas aos empresários através de subornos, para que criem leis que limitem as liberdades de negócio aos empresários, de maneira a que os clubes não saiam prejudicados.

Agora em relação ao tema lagartos e no seguimento do post do vermelhusco, venho também além de deixar o meu desejo que os de Alvalade finalmente acordem e se livrem das correntes da submissão, que o Benfica saiba jogar esta situação a seu favor, pois uma ajuda para que o Spoting tivesse na sua presidência uma pessoa que fosse totalmente anti-submissão e que só pensasse na glória do Sporting e não na desgraça do Benfica em 1º lugar, seria a maneira de levantar o clube a altura da sua história, e não se enganem, só com a ajuda de um Sporting forte e independente poderemos nos esperançar de poder derrubar o sistema que controla o futebol português. Porque não um regresso de Luís Duque (que na sua presidência deu os 2 últimos campeonatos aos de Alvalade) que além de poder recolocar o Sporting no seu lugar, como já se viu no passado, seria um importante apoio numa candidatura independente e isenta para a FPF?

Penso que os dirigentes do Benfica não deviam ficar parados neste momento, em que muito do que se vai passar nos próximos anos no futebol português vai ser decidido. Seremos mentes abertas ou continuaremos fechados no nosso casulo com o pensamento que só dependemos de nós e não precisamos de ninguém para derrotar a corrupção que reina pelo nosso burgo?

Ps: quero deixar a nota de que 5 atletas jovens do Benfica assinaram contrato profissional, espero que haja neste caso o tal critério que referi atrás, quem assina um contrato profissional com o nosso clube é porque tem de ter qualidade para isso, depois, conseguir da melhor maneira possível conseguir explorar e expandir as suas capacidades, através dos empréstimos certos de maneira que joguem e evoluam para mais tarde regressar com a qualidade que precisam para estar no plantel principal. Se soubermos semear um campo e cuida-lo com afinco, um dia virá em que colheremos os frutos e ganharemos com isso, só temos de saber como o fazer e colocá-lo em prática.

Pss: Hoje jogamos com um dos clubes submissos da corrupção, deixo aqui a mensagem que embora seja naturalmente muito complicado, eu acredito que podemos ganhar todos os jogos até ao fim, mas se pensarmos sempre jogo a jogo, e entrarmos em campo com a vontade de vencer e que nunca podemos descansar, pois do outro lado está uma equipa muito forte, acredito se o nosso treinador conseguir motivar os jogadores e souber tirar o melhor do seu futebol, e eu acredito nele! Acredito que podemos ter aqui o tal treinador que vai ter mais de 2 anos de Benfica em muitos anos! Vamos la ganhar o jogo porra!

Seguindo a dica do GB e em seguimento do post dele de ontem RP Soares e Rangel tramam Oliveira o Record noticia isto:


Veremos o que sai disto, mas pelo menos parece que se anda a fazer algo e que há interessados na transmissão dos nossos jogos, agora é só passar da teoria a prática, tudo menos a SportTV! Coloco só um aparte, porque não com a colaboração dessa nova empresa de comunicação social conseguir associar a isso a BenficaTV? Mas aí já tem tudo a ver com negociações entre as partes.

Chamada de atenção

 ●  2 comentários  ● 
O treinador da filial dos corruptos já disse que se aconselhou com o Pillas Boas.

O objectIvo é simples: se o arbitro fizer o papel que lhe pediram, amanhã virá nos jornais que foi o Pillas Boas que ajudou a filial corrupta a ganhar ao Benfica, a ideia será dizer que o Pillas Boas é tão bom que até dá aulas de vitoria.

Espero que se o Benfica ganhar como eu espero, os jornais tenham tomates para dizer que o Pillas Boas também foi derrotado.

Se Eusébio fosse 40 anos mais novo, tinha jogado na Luz 6 meses e hoje tinha uma estátua em Madrid

Avatar
 ●  13 comentários  ● 

Muito se tem escrito neste e noutros blogues, aliás, julgo esse ser um reparo apontado por todos os Benfiquistas, que todos gostaríamos de um Benfica mais português, com mais jogadores portugueses, em que o português fosse a língua reinante no balneário.

Apesar de ter opinião divergente em relação ao papel da formação do clube, se comparado com as opiniões de outros membros deste blogue, partilho a opinião de todos eles no essencial, e também eu gostava de um Benfica mais português. Mas entendo as razões pelas quais as coisas não são assim, os sinais dos tempos, os sinais da globalização, em que os campos de recrutamento deixaram de ser maioritariamente os espaços nacionais.

Basta olhar para o que se passa mesmo fora do nosso clube, se quisermos, para aquilo que se passa nos melhores clubes do mundo (excluindo o Barcelona, que tem aproveitado excepcionalmente os produtos de uma fantástica geração espanhola, que ao fim de mais de cem anos de futebol vive finalmente o seu período de ouro). Portugal também teve uma geração de ouro mas, de quantos dessa geração se poderia esperar que fizessem carreira num clube português?

Quantos jogadores portugueses fazem parte do onze do FCPorto? Quantos jogadores Italianos eram parte do onze do Inter de Milão recentemente campeão europeu? Quantos jogadores espanhóis fazem parte do onze do Real Madrid? Quantos jogadores ingleses fazem parte do onze das primeiras quatro classificadas do campeonato inglês, ManUnited, Manchester City, Arsenal e Chelsea? Verão que são muito poucos.

As razões são muitas, mas destaco a principal: a Lei Bosman.

É fácil vir aqui lembrar equipas do Benfica maioritariamente portuguesas, lembrar Bentos, Vitor Paneiras, Velosos, Chalanas, Rui Águas ou Diamantinos mas, a pergunta que eu gostava de fazer é: se fosse hoje, com as regras de hoje, quantos desses jogadores teriam feito de facto carreira no Benfica? Provavelmente nenhum. Andariam lá fora, se calhar em clubes menores mas, seguramente bem mais bem pagos.

A questão é que no passado, os clubes podiam apenas jogar com três ou quatro estrangeiros, eram essas as regras para todos, e o recrutamento nos territórios nacionais era obrigatório. O estrangeiro, por assim dizer, estava apenas destinado àqueles que eram de facto craques e já certezas, e completamente vedado àqueles que não passavam de promessas, eventualmente com um futuro risonho. Durante anos, Paulo Futre foi o único que andava lá por fora, seguiu-se Rui Barros, anos antes tinha sido Chalana. Contavam-se pelos dedos e, para a maioria, representar um dos três grandes de Portugal era o máximo que poderiam almejar. Se Eusébio fosse 40 anos mais novo, tinha jogado na Luz 6 meses e hoje tinha uma estátua em Madrid

Nos dias de hoje, qualquer puto de 18 anos que saiba dar uns toques na bola, tem as portas abertas em qualquer clube do mundo. Onde seria possível há quinze anos atrás, um miúdo dar no espaço de um ano o salto do Estrela da Amadora para o Vitória de Guimarães e de seguida para o Manchester United?!

Muito se tem falado em comissões, em que no Benfica só jogam jogadores com sotaque espanhol porque os portugueses não rendem dinheiro a empresários. Assim explicam o recrutamento de Kardec em detrimento de Nélson Oliveira ou de Menezes em detrimento de David Simão por exemplo. Admito alguns casos destes mas discordo na maioria.

Discordo porque compreendo a posição dos treinadores, principalmente em Portugal, em que muito raramente um treinador fica no clube mais do que um ano, e mesmo um ano já é demasiado tempo para a maioria. A pergunta que se impõe fazer e que para mim faz todo o sentido é: porque razão andaria um treinador a formar miúdos acabados de sair dos juniores de campeonatos de competitividade zero, sabendo que em 90% das vezes, não estará lá um ou dois anos depois para colher os frutos do seu trabalho?

Vejam-se os casos de Anderson e Nani no Manchester United. Em ambos os casos, jogadores já figuras no Porto e Sporting quando saíram, e que precisaram de três anos para se impor em Inglaterra. A diferença é que três anos depois, o treinador do Manchester United é o mesmo, e ele lá está para colher os frutos de três anos de trabalho árduo. Anderson deixou por exemplo de ser um “10” para passar a ser um “8”, e Nani transformou-se num soberbo jogador de futebol, e há dois anos esteve quase para ser dispensado. Porque razão seguiria Ferguson a mesma política, se andasse a investir em talentos que só iriam desabrochar quando ele já não estivesse lá? Se assim fosse, talvez ele preferisse ter investido num jogador já feito, se calhar com menor potencial de crescimento, mas que chegasse e rendesse logo. Manda a lógica actuar assim, quando se é escravo dos resultados imediatos.

Alguns dirão, pois, mas sendo assim, porque se contratam então no Benfica outros miúdos das mesmas idades e que vêm de outros campeonatos? A minha interpretação é que nenhum desses tais de sotaque estrangeiro são jogadores acabados de sair dos juniores. São jogadores que já têm uma ou duas épocas de futebol sénior e já são figuras nas suas equipas.

Jara e Gaitan por exemplo, apesar de jovens, chegaram à Luz já internacionais argentinos. Kardec foi eleito há um ano pela France Football (julgo), como um dos grandes prospectos mundiais do futebol futuro. Airton foi campeão pelo Flamengo onde era pedra basilar apesar dos seus 19 anos. Di Maria já era observado aos 18 anos por grandes equipas mundiais e o valor do seu passe demonstrava exactamente isso. Fábio Coentrão chegou à Luz quando já era a figura do Rio Ave. Jardel, que agora chega à Luz, era a figura do Olhanense. Continuam evidentemente a ser jogadores que precisam de crescer, mas não são exactamente caloiros a dar os primeiros pontapés no futebol sénior e com tudo para aprender.

E isto leva-me para aquilo que foram as prestações de David Simão, Nélson Oliveira e Rodrigo (Bolton)nos jogos que este fim de semana fizeram pelas suas equipas de empréstimo. Três boas exibições, e três jogadores que têm na minha opinião crescido imenso este ano e que começam já a largar o estatuto de caloiros para passarem a ser certezas.

E é aqui que a minha opinião diverge em muito da de outros colegas deste blogue, e é por isso que entendo que o seu empréstimo foi a decisão certa, é em competição que precisam de crescer, é em clubes menores que têm de se impor e ser figuras, para regressarem ao Benfica com outro estatuto, e principalmente com outra maturidade. A maturidade é essencial na hora de enfrentar os primeiros assobios que vêm da bancada. É aqui que muitos bons jogadores sucumbem.

Muitos miúdos foram queimados no Benfica por serem lançados às feras sem qualquer tipo de preparação: Pepa, Rui Nereu e tantos outros exemplos que poderia dar…

Alguns poderão dizer: pois, mas a cultura do Benfica está descaracterizada. Discordo, a cultura do Benfica está tão descaracterizada como está a dos grandes clubes do mundo. Mas a cultura dos grandes clubes, mais do que a nacionalidade dos seus plantéis, é ganhar! Isso é que é a cultura do Benfica, ganhar, independentemente das nacionalidades. O Sporting é fiel à sua cultura e é um clube que ameaça tornar-se rapidamente no Belenenses dos tempos modernos. Valeu a pena?

Em conclusão, começo finalmente a perceber em David Simão, Rodrigo e Nélson Oliveira, potencial para jogar no Benfica. Mas é importante que continuem a crescer, e que sejam capazes de se tornar nas figuras das suas equipas, presenças assíduas nos onzes, coisa que ainda não o são. Não chegam 20 minutos por semana. Julgo ser do mais elementar senso comum perceber que, se não forem capazes de se impor no Paços de Ferreira ou no Bolton, não é no Benfica que o irão fazer.

O que espero é ver estes jogadores de regresso à Luz num futuro próximo, e que os seus empréstimos tenham sido decisões ponderadas que visem essencialmente o seu crescimento para “repatriamento” futuro.

Três craques em perspectiva, oxalá não caiam no esquecimento.

O cabeça de cotonete caiu.

 ●  4 comentários  ● 
Um dos símbolos maiores da submissão e da pequenez dos Lagartos demonstrou mais uma vez a "grandeza" do seu carácter e abandonou o barco a meio da época após uma derrota contra um Paços de Ferreira avermelhado. Uma equipa muito bem dirigida por um jovem treinador promissor, Rui Vitória, que na minha opinião merece uma oportunidade de dirigir o Benfica quando o ciclo de JJ (que espero que seja longo - será sinal de muitos sucessos) terminar.
Fico contentíssimo de ver jogadores do Benfica e treinadores que foram campeões de júniores pelo Benfica a causarem uma crise profunda na lagartagem.


O Cabeça de Cotonete entra para a galeria dos piores presidentes de clubes da história do futebol português ao lado de nomes como Manuel Damásio. Pode ser que agora a maioria dos lagartos acordem para a vida, assumam uma postura idêntica á de uns poucos indivíduos de espinha dorsal recta que ainda apoiam aquele clube como Zé Diogo Quintela e percebam que não é fazendo alianças com quem tem um ódio visceral por tudo o que é de Lisboa que conseguem vitórias e tornar-se uma força dominante do futebol português.

Não tenham dúvidas que esta demissão é a morte anunciada de uma fase do clube da lagartagem: do Projecto Roquette, que assentou numa Podre Aliança entre Lagartos e Corruptos para prejudicar o Benfica a todo o custo.

Será que quem vem a seguir dirigir os lagartos vai virar a matriz que rege aquele clube do anti-benfiquismo primário e da satisfação em ficar somente á frente do Benfica para uma cultura de vitória independentemente do adversário?
Enquanto isso não acontecer continuarão a definhar! Mas duvido muito pois acho que são poucos os lagartos que têm o discernimento para compreender que ser grande não é ser anti. Ser grande é ter sede de vitória. Se o Sporting quiser voltar a ser grande então tem que trilhar o seu caminho no futebol português independentemente dos Corruptos e não estando subordinados aos seus interesses. E um Sporting com ambição de ser grande não o beneficiaria só a ele mas também ao Benfica pois para ser grande o Sporting teria que derrubar o Porto pois a grandeza constrói-se com títulos...

Esta noite festejo, pois um dos grandes pilares do Sistema caduco que reina no nosso futebol, por fechar os olhos á podridão, acabou de ruir.
Espero amanhã á noite estar de novo a festejar, com uma perda de pontos dos Corruptos frente a um clube treinado por outro treinador encarnado e por uma vitória do Glorioso em Coimbra.

P.S. - Não sei se Vitor Pereira terá visto que se calhar fez merda ao esticar a corda mas parece que já anda a baixar a crista.

P.S.2 - A Direcção do Benfica que comece a fazer trabalho preventivo com a imprensa pois os lagartos de certeza que já vão vir para aí choramingar a dizer que isto beneficia o Benfica. E depois lá seremos de novo prejudicados nas arbitragens enquanto os Corruptos se ficam a rir!

ranking