Benfica 4 Nacional 2 Rolo compressor aos solucos
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 23 de janeiro de 2011

Benfica 4 Nacional 2 Rolo compressor aos solucos

 ●  + 8 comentários  ● 
Apos mais uma vitoria mediocre com uma ajudinha aos Corruptos contra um Beira-Mar anemico que pouco fez para contrariar o resultado era essencial que o Benfica vencesse o jogo contra uma das melhores equipas do Campeonato para se manter nao so na perseguicao ao lider mas tambem a distancia para o Sporting no 3o lugar. Ou seja, um jogo de extrema importancia e ainda para mais contra a unica equipa que para mim derrotou o Benfica de forma indiscutivel esta temporada alem da hecatombe contra os corruptos.

Para este jogo Jorge Jesus entrou com a equipa que considero mais forte e que tem jogado no campeonato. A unica mudanca digna de relevo para a ultima jornada foi a troca de Carlos Martins por Aimar, Sidnei jogou no lugar de David Luiz devido a suspensao deste por acumulacao de amarelos.

O jogo praticamente que comecou com uma boa defesa de Roberto a um remate de Diego Barcellos. Poderia-se pensar que o Nacional ia entrar a todo o gas e complicar a vida ao Benfica mas essa ideia acabou por nao se verificar e isto deve-se ao nivel fantastico dos jogadores do Benfica. A equipa esteve super-pressionante e nao deixou o Nacional respirar e os suspeitos do costume na frente fizeram a cabeca em agua a defensiva do Nacional. Logo ao minuto 8, Aimar comecou a jogada do primeiro golo: passou a bola para Salvio que passou por 2 jogadores do Nacional antes de ser rasteirado em falta (mais um penalti por marcar...), Saviola recolhe a bola que rematou para defesa incompleta de Bracalli sobrando a bola para Gaitan que com um toque com a parte de fora do pe a colocou na baliza. 1-0 para o Benfica e inicio de uma exibicao de sonho na primeira parte.
O Nacional mal conseguia sair do seu meio-campo com Javi Garcia, Maxi, Coentrao, Sidnei e Luisao a nao permitirem quaisquer veleidades e a colocarem a bola logo nos artistas da frente onde o Benfica esteve diabolico com as inumeras cavalgadas de Salvio, a magia de Aimar, a classe de Saviola, a inteligencia de Gaitan e o pulmao de Coentrao a deixarem o Nacional com a cabeca em roda.
O segundo golo era apenas uma questao de tempo e acabou por surgir num canto de Aimar com um cabeceamento imparavel (pelo menos dentro da linha de baliza!) de Sidnei ao minuto 20. No resto da primeira parte assistiu-se a continuacao deste concerto magico sob a batuta do maestro Aimar que participou no lance dos dois golos e em que Saviola e Cardozo falharam algumas ocasioes para dilatar a vantagem.

Se no jogo contra o Olhanense o Benfica veio do intervalo ainda a dormir, o mesmo nao se pode dizer neste jogo. O Benfica entrou a asfixiar por completo o Nacional e o terceiro golo surgiu praticamente na entrada da segunda parte de novo no seguimento de um canto em que Saviola impede a bola de sair e Luisao com um toque de calcanhar fabuloso isola Cardozo que faz a bola passar por baixo de Bracalli enquanto que a defesa do Nacional estava especada meio aparvalhada.
Contudo, com a saida de Aimar por poupanca apos recuperacao de uma lesao e a entrada de Carlos Martins a equipa adormeceu e permitiu o crescimento do Nacional. Se o primeiro golo surgiu ainda contra a corrente de um canto em que Coentrao permitiu que Luis Alberto cabecea-se para a baliza nas suas costas ao minuto 76 depois observou-se a um crescimento ameacador do Nacional que pouco depois poderia ter marcado por Anselmo nao tivesse Roberto feito uma grande defesa quando estava cara a cara com o jogador. Contudo, o Nacional nao desarmou e ao minuto 86 o fantasma do jogo com o Lyon voltou a pairar na Luz quando Mihelic marcou o segundo do Nacional surgindo outra vez nas costas de Coentrao.

No entanto, a tranquilidade voltou a chegar apos uma grande jogada de Saviola pelo flanco esquerdo por um cabeceamento de outro argentino que esta numa fase de crescimento e que mostra um potencial fantastico: Jara. Com este golo no minuto 89,
Jara matou definitivamente as pretensoes do Nacional e os fantasmas na cabeca dos adeptos do Benfica e seguramente em alguns dos jogadores.

No geral, e apesar de  ter passado por umas fases de intranquilidade, o Benfica fez um jogo entusiasmante contra uma equipa forte que soube dar uma boa replica e que nunca desistiu de chegar ao empate. Assistiu-se a um jogo de futebol emocionante, com poucos lances polemicos de arbitragem (tirando o lance do penalti) e bem jogado.

Positivo: Exibicao de Aimar. Carlos Martins substituiu muito bem o argentino nos jogos anteriores, mas com ele em campo o jogo ganha outra beleza com as combinacoes com Saviola e Salvio.
Salvio: voltou a fazer um grande jogo e deixou a cabeca em agua a defesa do Nacional na primeira parte.
Saviola: nota-se que esta num bom momento de forma e muito confiante. Teve participacao decisiva em 3 lances de golo. Para mim foi o homem do jogo.
Entrada de Jara: este miudo ameca tornar-se outro caso serio e marcou pelo segundo jogo consecutivo alem de ter mexido com a equipa quando esta estava a adormecer.
Exibicao de Sidnei: apesar de nao gostar nadinha dele e achar que muita da intranquilidade defensiva do inicio da temporada se dever a ele entrou bem neste jogo, marcou um golo e nos lances de golo nao teve influencia directa.

Negativo: Ma exibicao de Coentrao: ate parecia que ia arrancar para outra exibicao de luxo mas ambos os golos do Nacional foram por jogadores que surgiram pelas suas costas alem de ainda me lembrar de outro lance em que Diego Barcellos lhe  partiu completamente os rins. Se joga a lateral-esquerdo tem que se mentalizar que tem que se preocupar um pouco mais com as tarefas defensivas.
Pessima entrada na equipa de Carlos Martins. Francamente desinspirado, emperrou as manobras ofensivas da equipa comparativamente a Aimar e coincidiu com a pior fase da equipa.

8 comentários blogger

  1. Vermelhusco:
    Se no tópico de Positivo dizes que "Carlor Martins substituiu muito bem o argentino", no Negativo dizes "péssima entrada na equipa de Carlos Martins,"
    Eu vou pela segunda consideração!
    O Carlos Martins anda meio alheado e sem alegria.
    Perguntem ao rapaz se ele quer voltar ao Sporting ou o raio!

    ResponderEliminar
  2. O que queria dizer e que nos jogos anteriores Carlos Martins substituiu bem Aimar. Neste jogo ao entrar nao.

    ResponderEliminar
  3. Exibicao de Sidnei: apesar de nao gostar nadinha dele e achar que muita da intranquilidade defensiva do inicio da temporada se dever a ele

    Sidnei, goste-se dele ou não, jogou na 1ª jornada contra a Académica e os 1ºs 45 minutos contra o Porto, reaparecendo na parte final da 1ª volta. está em 1 dos 3 jogos perdidos nas primeiras jornadas. Por onde passou a responsabilidade de Sidnei na "intranquilidade defensiva"?

    Cumps Fernando

    ResponderEliminar
  4. Sabes aonde, pelos lances em que em vez de acompanhar os avancados ficava a olhar a ver no que dava. Por pegar na bola e tentar imitar as cavalgadas do David Luiz pelo relvado fora e por ter periodos de distraccao indesculpaveis que as vezes resultavam em golo!

    Vai rever esses jogos em que ele jogou para veres o que quero dizer.
    Ou se nao tas com cabeca para isso ve a estatisticaa de golos sofridos apos o Luisao ter regressado para o centro da defesa!

    ResponderEliminar
  5. E pá, então o Coentrão sofre uma carga no 1º golo dos rotos, e dizes que teve culpa no golo!!!. Sabes como começou a jogada do golo do Gaitan? com uma jogada do Coentrão, ainda vamos chorar muito a sua ausência na próxima temporada, mas oxalá esteja enganado.

    ResponderEliminar
  6. Que digas que não te agrada a forma como o Sidnei aborda os lances, fazendo um "género de defesa à zona" em vez de atacar a abola e o adversário, estamo os dois de acordo. Qunato às estatisticas não vejo em que é que as mesmas possam vir para o caso, quando o que (a não ser que eu tenha entendido mal atua observação)está em causa é a tal intranquilidade defensiva de principio de época, quando o Sidnei somente participou no 1º jogo com Académica (2 golos sofridos)e posteriormente nos 1ºs 45 minutos no jogo com o Porto. Creio que o David Luiz esteve presente em todos os jogos e o Luisão do principio da época (vamos lá até à 12ª jornada apenas falhou o 1º jogo. O facto de gostares ou não do Sidnei e não quero dizer que eu seja um fã do mesmo, não me parece correcto que devas atribuir a este jogador a responsabilidade da "intranquilidade" em causa, quando o mesmo, repito só esteve presente em 1 de 3 derrotas.

    Cumps
    Fernando

    ResponderEliminar
  7. Nao te preocupes que nao lhe atribuo a responsabilidade toda. O David Luiz tambem se fartou de enterrar no inicio da temporada.

    ResponderEliminar
  8. Malta alguém sabe onde posso encontrar o vídeo com a agressão do animal do luís alberto ao aimar? Só para calar os antis que já andam a salivar com a suposta agressão do jesus a um jogador que devia anteriormente já ter sido expulso devido à referida agressão? Aconteceu, julgo eu, ao minuto 18 do jogo...

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares