Tudo igual neste burgo...
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 30 de janeiro de 2011

Tudo igual neste burgo...

 ●  + 2 comentários  ● 
Pois é pessoal depois de mais uma semana de intensa actividade profissional para mim e muitos de vocês, parece que o futebol português não mudou em nada. É tão casmurro e cabeça dura que não vê os factos mesmo quando estão a frente dos seus olhos. É este o resultado de termos um sistema podre que governa o nosso futebol, onde há interesses particulares muito mais importantes que o futebol português em geral e a boa imagem do país em particular.

Mas o cerco por muito que não o queiram ver finalmente aperta-se, a FIFA esticou a corda até onde podia, mas mais não pode, e agora relembrando o nosso querido presidente da república, tem a bomba atómica na mão e prepara-se para usá-la. A FPF teve de convocar com urgência esta Assembleia Geral de ontem já pressionada com o conhecimento de a FIFA ameaçar com sanções para a própria instituição e para os clubes portugueses que participem nas provas europeias. Esta situação em muito se parece com a situação do actual governo, em que só tomou medidas de austeridade a sério quando se viu encostado a parede pela União Europeia, aqui só se pensou em tomar medidas para mudar o regime jurídico da FPF depois de o senhor Laurentino Dias primeiro ter sido pressionado e depois a própria FPF dessas mesmas sanções.

É o espírito português no seu melhor, "guardar tudo para a última da hora", "reacção em vez de prevenção".

Como bem lhes chamou o vermelhusco, as forças de bloqueio do futebol português fizeram o seu papel, defenderam os interesses do corrupto que lhes da sustento, só assim se compreende o que Lourenço Pinto veio dizer ao explicar a sua acção de impugnação da AG antes de esta se iniciar, "A Assembleia Geral foi convocada pela Liga de Clubes e isso não é legal", colocando a importância de estatutos, eles mesmo fora da lei, que passassem por cima do interesse maior de evitar um terramoto no futebol português.

Pois bem, diferido o pedido de impugnação só restava uma opção ás força de bloqueio, com o seu direito de voto impedir a passagem do novo regime jurídico da FPF, quem poderia aceitar perder poder na instituição de livre vontade? E que significa-se a redução de influência do sistema corrupto? O resultado final da AG só espelha o estado do futebol português, e vendo bem, foi um resultado normal para este futebolzinho, onde se corrompe e se deixa corromper, onde se fecha os olhos, onde se cala a boca, onde não se viu nada.

Ao governo só se pode imputar responsabilidades de como consentiu que a situação chega-se a este ponto, e de como foi possível termos direcções tão corruptas e egoístas a frente de associações de futebol regionais.

Fazendo de novo o paralelismo com a situação económica do país, venha dai as sanções da FIFA senão nunca mais nos livramos desta podridão! E isto diz tudo...

Ps: embora a reprovação do novo sistema jurídico tenha sido possivelmente a machadada final nas aspirações de Gilberto Madaíl de continuar no poder, é realmente uma vergonha como um líder que deixou uma FPF andar fora da lei tanto tempo sem fazer nada, ainda tenha a lata de vir depois dizer: " Se o novo regime jurídico for aprovado então serei candidato". Se o próprio lider do nosso futebol age desta forma, que se poderá apontar aos seus subalternos? " O exemplo vem de cima"

2 comentários blogger

  1. porque não tem nenhum post referente ao vídeo do século? queria ver como analisam o que la esta, acima de tudo a verdade desportiva, quem não deve não teme. Paz

    ResponderEliminar
  2. Mais uma benfiquista de alma e coração no mundo dos blogues.

    http://milhoeseumasoalma.blogspot.com

    Espero que goste! ***

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares