O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 28 de setembro de 2013

Areia para os olhos. Mas alguns benfiquistas gostam.

Avatar
 ●  44 comentários  ● 

«Nas primeiras seis jornadas, temos quatro penalties não assinalados a nossa favor e dois golos sofridos em fora-de-jogo. Não sei se já há faixas encomendadas por alguém, mas quero relembrar que continuamos a depender de nós», disse Luís Filipe Vieira, antes de se atirar a Jorge Tavares, árbitro do encontro com o Belenenses:

«Para não ver um fora-de-jogo daqueles, o árbitro ou é cego ou não tem competência. Há outras equipas que por vezes também não são competentes mas têm sempre quem os ajude. E ontem isso ficou claro. Isto compete a quem dirige a arbitragem, olhar para o que se está a passar. Os erros são flagrantes e têm sempre o mesmo destinatário.»

«Não podem continuar a brincar com o Benfica. Temos de dizer basta. É gravíssimo o que hoje se voltou a passar. O Benfica é sempre nitidamente prejudicado. Mas temos de continuar unidos porque ainda não perdemos nada», prosseguiu.

«A impunidade mantém-se. É notório o que se está a passar no futebol português. Quando as pessoas deviam ter sido castigadas não foram e é normal que isto se continue a passar.» -Luis Filipe Vieira (A Bola).

"Continuamos a depender de nós." Já se viu que não, quer no jogo jogado quer pelas arbitragens.

"Temos de dizer basta." E como vamos fazer isso? Reiterando o apoio a Fernando Gomes, como o fez na passada terça-feira? Então afinal a profissionalização dos árbitros não vai resolver tudo?

Quem está a brincar com o Sport Lisboa e Benfica é o presidente.
Mais uma vez não falou nos nomes. Parece que lhe queima dizer FC Porto e deixar bem claro quem é o principal beneficiado pelos roubos.

Há 20 anos o FC Porto não tinha a presidência da FPF mas tinha o controlo do Conselho de Arbitragem. Adriano Pinto certificava-se disso. Hoje nem precisam. Vítor Pereira é um fantoche. Fernando Gomes controla tudo.

Esta declaração no final do jogo por parte de Luis Filipe Vieira de nada servirá se não for acompanhada de acções. No princípio desta semana, preferiu não atacar as arbitragens e o que se estava a passar. 

Vamos ver se nos próximos dias medidas serão tomadas para pressionar Fernando Gomes e a FPF. Se Luis Filipe Vieira terá a coragem de considerar que Fernando Gomes não tem condições para continuar.
Se assim como soube vir publicamente dar o apoio ao director financeiro do FC Porto durante o Apito Dourado, tem coragem para da mesma forma o retirar.

Como sempre, parece que só os abutres é que conseguem antecipar o que se preparava para beneficiar o FC Porto e prejudicar o Sport Lisboa e Benfica.

Como sempre, a 'estrutura' do Benfica só sabe reagir depois do mal feito. 

Como sempre, teremos estas declarações, mais um ou outro comunicado, e mais nada.
Tudo permanecerá igual.

Um presidente que coloca as relações pessoais acima do clube, um treinador que não tem mais nada a dar ao clube, uma estrutura inexistente e uma equipa caríssima que joga sem alma.

Mas parece que alguns benfiquistas gostam disto. 
Chamam-lhe sucesso.
Eu diria que é incompetência. 
E má-fé, no caso de ainda assim, Fernando Gomes continuar a contar com o apoio do Benfica.

Temos de ganhar os nossos jogos pah

 ●  10 comentários  ● 
Portugal, 28 de Setembro de 2013

Uma das teses mais correntes entre adeptos e sócios do Benfica que se procuram instruir nas matérias de futebol, é que “o Benfica tem de ganhar os seus jogos”. Alguns acrescentam “pah”, como se o “pah” estivesse para as suas ideias como o tempero está para a comida. Comparação incorrecta.

De acordo com esta tese, se o Benfica ganhar os seus jogos, é campeão muito mais vezes. La Palisse não diria mais e melhor. A grande questão é saber onde nos leva esta tese, pois a ganhar os nossos jogos, seguramente ganharíamos todos os nossos jogos. E se ganhássemos todos os nossos jogos, faríamos 100% de pontos possíveis, algo que nenhum clube conseguiu até hoje.

Outra das consequências desta tese é que, treinador do Benfica que não ganhe os seus jogos, obviamente é responsável por não ganharmos o campeonato em particular. No limite, é um treinador descartável mesmo que faça percentagens superiores a 85%, algo que nem Mourinho conseguiu no FCP (fez 84 e 80%). Vou tomar como referência esta percentagem porque sabemos que mesmo esses 85% de pontos foram conquistados com erros de arbitragem a favor. Em particular nos jogos com o Benfica. Perdemos 0-1 na Luz com António Costa (Setúbal), hoje formador de árbitros (!), a não ver 1 penalty – gravata - de Pedro Emanuel sobre Ricardo Rocha, e posterior expulsão do mesmo RR por uma falta feita no grande circulo, a meio campo, com Hélder na jogada, mas o árbitro considerou – no meio campo – que havia situação de golo eminente.

Ora fazer 85% não é pois para qualquer treinador. Mas será para o treinador ideal dos tais adeptos que defendem que “temos de ganhar os nossos jogos pah”. O tal treinador que não faria os “erros” que Jesus “fez” no ano passado e que nos tiraram o título (depois enumeram algumas decisões que consideram erradas, sempre no pressuposto de as obterem depois do jogo acabado, e não antes).

Quando contrapomos a estes adeptos que Jesus fez, apesar de alguns erros de arbitragem contra a nossa equipa, 85,6%, isso é desvalorizado pelo facto de não termos ganho o título de campeão, já que o FCP fez mais 1 ponto. E assim, no limite, a conversa com os adeptos desta tese, conduz assintóticamente, a exigência do treinador para a obtenção de 100% de pontos.

Ou seja, para uma conclusão matemática impossível. Adiante.

Ontem o FCP deu-nos apenas mais um exemplo, de como pode fazer sempre mais 1 ponto que os adversários. A coisa estava difícil, o Guimarães defendia-se bem, os jogadores do FCP por cansaço ou falta de qualidade não estavam a funcionar, e eis que surge o árbitro Pedro “Portuença” a sacar 1 penalty do apito, num lance fácil de decidir, pois tratava-se de uma falta a favor do Guimarães. 1 penalty, 1 golo, 3 pontos, 3,3% de pontos para o pecúlio.

Por mero exercício de comparação, estamos a falar do mesmo “Portuença” que há 2 épocas entendeu não faltosa uma entrada sobre Witsel, na entrada da área do FCP, lance do qual nasceu o 2º golo (empate) do FCP. Estamos a falar do mesmo “Portuença” que não viu o pontapé de Guarin em Luisão, mas depois viu a cotovelada deste, expulsando-o, naquela que foi a 1ª expulsão da carreira, no célebre jogo dos 5-0 (nesse momento estava 3-0). Estamos a falar do “Portuença” que marcou o penalty à Lizandro quando o FCP perdia em casa 0-1 aos 70 mn de jogo, dando assim 1 ponto ao FCP e tirando 2 ao Benfica de Quique. Estamos a falar de um árbitro que tem uma colecção de decisões erradas em favor do FCP, nenhuma em contra o FCP e que por estranho que pareça a uma pessoa normal, continua a arbitrar. Já o Bruno Paixão, não pelo menos nos jogos do FCP.

Terminei o texto anterior onde dei conta da intencional opção da comunicação social em criar uma novela acerca de Jesus, em vez de se debruçarem sobre os erros de arbitragem na jornada, da seguinte forma:

Esta operação branqueamento/crucificação de Jesus, 1) permitirá ao FCP e a Vítor Pereira, corrigirem os erros das nomeações da semana anterior, com a maior das tranquilidades, 2) dá jeito para abafar o processo judicial (sim, este está mesmo a correr nos Tribunais) que existe entre o benfiquista Valdemar Duarte, e Pinto da Costa e outros responsáveis do FCP que o ameaçaram de morte e 3) ninguém pôde perceber que quando a equipa do FCP não é suficientemente ajudada e sofre 1 penalty com 0-0 ou 0-1, não conseguem ganhar os seus jogos.

Ora verificou-se que uma vez mais estive perto nas previsões. Vítor Pereira e o FCP corrigiram alguns erros das nomeações, com Proença (e Bertino Miranda) a ser chamado ao FCP - Guimarães e a errar (como esperado) uma vez mais em favor do FCP, e também se provou, uma vez mais perdoe-se-me a repetição (são mais de 20 anos a repetir-me) que para o FCP ganhar um jogo difícil, tem de aparecer o erro de arbitragem da ordem.


A comunicação social, por razões distintas, faz parte da operação branqueamento a favor do FCP. Os árbitros por razões diferentes, erram em favor do FCP. Mas bom, os que querem o Benfica a ganhar 100% de pontos, lá saberão melhor do que eu, porque razão tudo isto acontece.

AG de ontem: Não contem comigo para isto

 ●  30 comentários  ● 
Lamentável, é a forma como classifico a AG de ontem, e por vários motivos.

O primeiro de todos é precisamente o mesmo que me fez votar em branco nas duas últimas eleições, depois de antes ter votado em Luís Filipe Vieira. Aliás na ultima, em grande parte por manter na sua equipa dois benfiquistas que admiro (Rui Cunha e Rui Gomes da Silva) iria ter o meu voto, mas mais um "golpe de asa" fez-me recuar, porque a minha dignidade vem primeiro.

A AG de ontem deixou claro o que há muito digo, aparte de todo o mérito e dos defeitos que o Presidente e a direcção tenham... O SLBenfica deixou de ser dos sócios. Esta Direcção entende que ao ser eleita, faz o que entender porque.... Foi eleita.

Comecemos pelo que fez sair muita gente abandonar a AG: a buzina!

Aguenta-se o Presidente exaltado, aguenta-se sentir a Direcção a dar explicações absurdas sobre o relatório e contas e até se aguenta ouvir um vice presidente a dizer que não apresentaram novas contas depois do chumo da ultima AG porque sentiram que o chumbo não teve a ver com as contas, o que é absolutamente absurdo...

... Mas estar numa AG onde o vice presidente da mesa usa uma buzina para calar os sócios quando lhe apetece, ou quando pronunciam algo que saia unicamente da vulgaridade, ou... Quando pronunciam a palavra "SAD"... Isso não!

Se alguém vinha falar de resultados desportivos, do passivo da SAD, etc PLIIIM!!! Calado...

De fazer inveja a qualquer "reality show" dizia um sócio na AG.

No caso dos que queriam falar da SAD não deixa de ter a sua graça, pois na verdade minutos antes o Nuno Gaioso tinha referido precisamente várias vezes a SAD e o impacto dos resultados da SAD nos do clube, o que faz sentido dado que somos (Clube) o sócio maioritário... Mas se forem os sócios a levantar o tema... PLIIIIIM!

Quanto aos resultados, novamente dá-se o facto de ter ficado a sensação que houve mais sócios propensos ao NÃO do que ao SIM, mas na verdade... Houve mais votos SIM do que NÃO.

A votação foi electrónica. Recuso entrar na conversa de que os votos foram eletronicamente alterados como ontem já se dizia na AG, mas isso acontece por culpa da direcção, pois inacreditavelmente não divulgaram o número de votantes em cada sentido. 

Ou seja, ao invés de (como sempre e como faz sentido) referirem: X número de sócios, correspondente a Y número de votos votaram SIM... Não, só foram divulgados os resultados de 10.500 votos a favor e 2.700 contra entre 522 votantes.

Fica a ideia que não o fizeram porque em número de sócios na verdade houve mais a votar não. Eu acho que era preferível a Direcção saber lidar com esse facto do que o ocultar. Passa assim a ideia que isso não se deve saber...

... Não entendo isso!!! Os votos são claros, nada houve de ilegal e não é suposto ter em conta o número de votantes, mas sim o de votos, para efeitos de decisão. Mas isso não invalida que os dados não sejam todos claros e que não se tirem ilações dessa conjugação.

Quanto às duvidas que isso levantou no pavilhão sobre a independência do voto electrónico, eu não quero sequer entrar por aí, ainda que já o afirmei ontem que a forma como a direcção faz estas coisas é que leva a estas desconfianças. O que me preocupa nos votos é outra coisa:

Ver chegar, por exemplo, um Presidente de uma Casa do Benfica que terá levado para a sala o direto a... 70 votos! 50 da Casa e 20 dele próprio. Eu fiquei com essa sensação no registo, mas não tive depois forma de o comprovar, mas curiosamente também me apercebi que os próprios das Casas desconheciam que "votavam duas vezes".

Ora, a confirmar-se esta ideia com que fiquei... Os resultados são fáceis de explicar e, pior, quem estiver na Direcção (seja esta ou outra equipa) ganhará qualquer eleição nos próximos 20 anos. Mais uma vez, a culpa não é só da Direcção, mas sim dos 200.000 que ficaram em casa ontem e que também ficararam em casa quando se discutiu os estatutos. Agora aguentem.

Enfim, eu que até considero que este Presidente tem capacidade, como Presidente do Clube, para entrar na história, fico profundamente desiludido com tudo isto e mais ainda ao ver que ele considera mesmo que vai entrar na história, mas pelo Museu, Estádio, etc.. Está tão enganado, Presidente!

Não sou capaz de me rever nestas "manobras" que considero profundamente desnecessárias e, porventura, incentivadoras de comportamentos extremados como aconteceram ontem, a envolver o próprio presidente e um sócio que o desafiara e que vira o Presidente...reagir.

Isto vai acabar mal para todos. Principalmente para o Benfica.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Epá entreguem já as faixas ao "campeão"

 ●  41 comentários  ● 
E parem de gozar com a malta. Por este andar já todos sabemos como vai acabar o campeonato.
Todos os anos o filme é o mesmo e no Benfica temos um submisso á frente do clube que numa entrevista nesta semana nem sequer soube atacar os Corruptos pela escandaleira com o Estoril e preferiu gabar-se e comparar-se ao Bayern de Munique.

O Rei vai nú e os súbditos fingem todos que tem roupas magníficas. O pior é que acho que acreditam que vai mesmo vestido.

Até o Bruno Carvalho em 6 meses meteu os Corruptos mais em sentido do que Vieira em 12 anos! Ganhem tomates pá!

A carneirada tem vários rostos.

Avatar
 ●  3 comentários  ● 



Câmara de Gaia dá 690 mil ao ‘JN’
"Sob a presidência de Luís Filipe Menezes, o município de Gaia gastou mais de 690 mil euros em 64 inserções publicitárias no ‘JN' desde o início de 2013." - CM.

"Gaia gastou 16 milhões no centro de treinos de que recebe 500 euros de renda do FC Porto". DN.



Mas isto não vem de agora. Nas pontas, Ângelo César e Urgel Horta, 2 dos primeiros corruptos.

Vamos convidá-lo novamente para falar com o plantel do Benfica?

Importante sobre a AG

 ●  3 comentários  ● 
1. As contas têm que ser bem, muito bem, explicadas porque na verdade estão num nível muito preocupante

2. Não é possível cumprir o ponto 1. se não houver respeito, seriedade e atenção por parte de todos.

3. Hoje não se vai julgar a Direcção mas sim o Orçamento. Julguemos e analisemos o Relatório de Execução do que foi orçamentado e não a performance desportiva do Benfica.

4. É verdade que NADA acontece (infelizmente) se as contas forem chumbadas. Não está previsto sequer nos novos estatutos. Mas será importantíssimo que quem entender chumbar o faça em sinal de desacordo com a execução do que fora orçamentado e não foi cumprido. O mesmo se aplica a que concordar com o orçamento. Votem!

5. Respeitem o Benfica!

6. Ao contrario de outros blogs, mesmo que possa ser óbvia, não vou aqui dar conta da minha opção de voto ou sequer apelar ao tipo de voto seja ele qual for. Chama-se a isso respeito lê-las opiniões e liberdade de decisão individual.

Dia de Assembleia de Geral do Sport Lisboa e Benfica

 ●  7 comentários  ● 
Meninos e meninas, hoje é dia de AG. Fica o aviso... e depois não reclamem do que lá se passa na vossa ausência. Votar (seja eleições ou outra qualquer questão) não é um direito dos sócios, é um dever!

Usem mais a consciência... menos o computador!

Isto é saber escolher os parceiros... ou não?

 ●  20 comentários  ● 
O canal do Correio da Manhã vai passar a transmitir o pré-jogo das partidas da principal equipa de futebol no Estádio da Luz. Ou seja, o aquecimento dos jogadores e as incidências que têm lugar antes do início dos jogos.

Além do pré-jogo, a CMTV vai passar a transmitir, em direto, os primeiros cinco minutos desses mesmos jogos.

in Correio da Manhã

Eu podia aqui questionar o interesse para o SLBenfica desta parceria, considerando que é precisamente no período em que a BenficaTV está a ceder a exclusividade... é aquela em que a publicidade (na BenficaTV) tem maior potencial de retorno, pois durante o jogo não há anuncios, no final todos mudam... etc.

Mas não, o que vou questionar é mesmo o facto de estarmos a fazer uma parceria com um grupo que constantemente é criticado pelos benfiquistas pelo cariz sensacionalista e desestabilizador das suas notícias, o grupo Cofina (Record e Correio da Manhã).

Aliás, como "brinde" dessa parceria hoje temos o privilégio de ter uma capa de jornal altamente "manhosa", na medida em que MENTE (nada de novo!) e ILUDE os leitores.

Vejamos, a primeira página é o resultado de um inquérito online aos... leitores. Isto em si encerra dois problemas: 1) Quem é o incompetente que faz dos resultados de um inquérito oculto uma primeira página? 2) Confundir sócios do Benfica com leitores do jornal?


Para mim fica claro que se Rui Costa agora "aparecer" um dia destes no banco, depois de o Presidente ter respondido "Sheu" à pergunta de quem representava o Presidente junto da equipa, no banco, nos jogos... lá se vai o tal mito de que o Benfica não é gerido de fora para dentro.

E pior que isso...

... Esta notícia, e o destaque que lhe é dado, é claro como água que se vem juntar à ideia expressa pelo cliente de que... "O Rui Costa é que escolhe os jogadores de acordo com  o que o Jesus precisa".

Portanto, se o Rui Costa escolhe os jogadores e agora está a ser pressionado para dar a cara por isso e ir para o banco, sem que seja na verdade o líder do futebol do SLBenfica, fica bem evidente que... alguém quer tramar o Rui Costa.

Quem quer tramar o Rui Costa?

A carneirada de um clube mentiroso.

Avatar
 ●  40 comentários  ● 

"Cada vez que falam no impostor Nicolau d'Almeida dou voltas no túmulo!"

A última semana teve o condão de demonstrar para quem ainda não tinha visto a estirpe dos velhos do alterne e da sua carneirada. 

As agressões a Nuno Lobo, a campanha suja contra Jorge Jesus de alguns jornalistas que não fizeram mais nada durante a semana que repetir todos os dias as imagens de Guimarães, deixaram bem claro que a gentinha reles que rodeia os velhos do alterne não passam de carneiros com um neurónio que lhes permite apenas segurar as palas nos olhos e fazer o que o Papa do Viagra manda.

Por exemplo na SIC, o jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira todos os dias teve a sua peçazinha de reportagem repetindo as imagens de Guimarães e insistindo na mesma lenga-lenga. 

Curiosamente, o mesmo jornalista nunca mais pegou nas agressões a Nuno Lobo, apesar de ter sido ele a entrevistar o Presidente da AF Lisboa em directo para o 'Dia Seguinte'.
Já estamos habituados a este jornalista e às suas reportagens tendenciosas, não escondendo que o seu coração só tem uma côr: o azul e branco.

Mas o que seria de esperar? 
Uma carneirada azul e branca que aceita vencer com batota.
Uma carneirada que aceita passivamente a fraude com a data de fundação do FC Porto.
Ora vejamos:

Qual a data de início? Ah pois é!
Então onde está o nome do Nicolau d'Almeida?!?
Revista 'Dragões' nº10 em Setembro de 1986 assinalava 80 anos de FC Porto
junto da campa de...José Monteiro da Costa!
Carta timbrada do FC Porto datada de 5 de Junho de 1985, com a data de
fundação do FC Porto no canto superior direito, e assinada por Pinto da Costa
.
Jornal 'A BOLA' em 3 de Agosto de 1950. 
Estas são algumas das provas que a carneirada portista pouco se importa com o significado das palavras honra, verdade, honestidade e integridade.

- Um director do clube aparece morto no estádio? Não interessa!
- Existem escutas que comprovam a corrupção perpetrada durante os últimos 30 anos? Não interessa!
- Apareceram provas de que o FC Porto pagou viagens a um árbitro conhecido pelos seus erros sempre para o mesmo lado? Que pediu a factura com os nomes do meio? Não interessa!
- O clube tem uma claque com macacos que não trabalham e no entanto vivem como milionários, ao mesmo tempo que intimidam e agridem jogadores e técnicos da sua própria equipa? Não interessa!
- Os milhões feitos nos anos dourados de Mourinho não chegaram para diminuir o passivo do clube? Não interessa!
- O presidente e os seus capangas agridem dirigentes não portistas e jornalistas isentos? Não interessa! 

A verdade é que a esmagadora maioria dos portistas não passam disso mesmo. Carneirada acéfala que segue o assobio do dono, e que saltará de um penhasco se o mesmo lhes disser que é o melhor.

O momento é dos verdadeiros benfiquistas sairem do sofá. 
O momento impõe que os benfiquistas nos corpos directivos do clube assumam as suas responsabilidades!
Têm que defender o Benfica, atacando directamente e sem piedade o FC Porto e toda esta carneirada que está muito mal habituada.
Está habituada a viver na impunidade, a insultar e agredir sem resposta, a enxovalhar quem não se dobra à sua passagem.

O presidente do Sport Lisboa e Benfica perdeu uma oportunidade de ouro esta semana de liderar esse ataque. Mas ainda está a tempo.
Está na altura de colocar o clube acima das suas relações pessoais, caro Luis Filipe Vieira.
Se não o fizer, terão que ser os restantes corpos directivos eleitos a assumir essa responsabilidade.

Chega de humilhações! Chega de ficar caladinho perante a carneirada mentirosa! Chega de aguentar os ataques ao Benfica e aos seus adeptos com passividade, com silêncio.

Não tem coragem, Luis Filipe Vieira? Ou terá? 

Nota: Sugiro a quem ainda não o fez a leitura atenta do post "Quem renega os seus...é capaz de tudo." no blogue Em Defesa do Benfica, dos grandes benfiquistas Alberto Miguéns e António Melo. Têm aí todas as provas sobre a mentira que é o FC Porto.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Um abraço grande a Van der Gaag.

Avatar
 ●  2 comentários  ● 


A equipa do NGB deseja a Mitchell Van der Gaag uma rápida e total recuperação dos seus problemas de saúde.

Um artigo feito "em cima do joelho"

 ●  2 comentários  ● 

Caro colega da Casa do Benfica 

O nosso clube realiza, na próxima sexta feira, dia 27, uma Assembleia Geral de aprovação de contas.
Parece-nos muito importante que as casas do Benfica tenham uma participação activa nesta, como em todas as outras, Assembleias Gerais. 

Nesse sentido apelamos a que as Casas do Benfica façam o esforço de participarem nessa A. G., o que compreendemos, não será muito fácil, principalmente para aquelas mais distantes de Lisboa. 

Nesse sentido, vimos recordar que podem substabelecer num sócio do SLB, a sua capacidade participativa nessa A.G. 

Recordamos que muitos Delegados Regionais, poderão estar, eventualmente, disponíveis para essa representação. 

Se assim for a vontade da vossa casa, incluso enviamos uma minuta para substabelecerem, para essa A.G., e só para ela, a vossa qualidade de sócios do S.L. Benfica. 

Se subsistirem dúvidas não hesitem em contactar-nos. 

Saudações benfiquistas 

A Direcção da ACB - in Facebook


Vou passar adiante o convite da Associação de Casas a que compreendem que as pessoas das casas distantes não apareçam, coitados não podem porque é longe, e que para isso se disponibilizam a nomear os ditos delegados... que trazem logo na bagagem cada um 50 votos!

Portanto, um Delegado com direito a 5 votos (5 a 10 anos de sócio), será que pode votar como sócio (5 votos) e como representante de uma casa do SLBenfica (50 votos)? Bom... se for possível tornar-se num "todo poderoso" com 55 votos é totalmente surrealista, mas eu prefiro assumir (dado o meu desconhecimento) que isso não é possível... 

Assim, assumindo que sendo delegado a representar uma casa só pode votar em nome da casa (50 votos), transformamos logo alguém que tinha 20, 5 ou 1 voto em alguém que vale... 50 votos!

Portanto, se lá aparecerem 50 pessoas a representar Casas do Benfica... são 2500 votos! Para terem uma ideia, há um ano quando a malta das claques resolveu aparecer para criar confusão, foram 600 votantes e 11.000 votos em questão. Numa situação, infelizmente, normal serão talvez menos de metade.

Ou seja, à luz do artigo 52º, o dito delegado, independentemente do numero de votos a que teria direito... passa a ter 50 votos. Se isto é democracia, vou ali e já venho! Depois ainda há quem apele a que apareçam muitos destes... Na verdade, estes senhores, vindos sem sequer conhecer as contas e, por isso, nada discutidas na Direcção das Casas... vão lá votar "porque sim" e com isso são 2500 votos à cabeça.

Agora imaginem lá que estes 50 metem na cabeça bloquear as contas, lá está, "porque sim"!? São precisos 126 sócios com 5 a 10 anos de filiação para inverter essa situação que, se fosse por maldade, poderia prejudicar o SLBenfica.

Lá está... mas quando eu apelei aqui que aparecessem nas AG onde se discutiu os Estatutos estavam todos entretidos a celebrar pela milésia quinquagésima vez o facto de termos sido campeões umas semanas antes.

Sugestão, se não for pedir muito ao senhor que escreveu este texto no Facebook, por uma questão de lisura e respeito pelos valores do SLBenfica, peçam às casas que nomeiem delegados com pelo menos mais de 20 anos de sócio para assim pelo menos irem votar com o mesmo numero de votos que iriam a titulo individual. Respeito! Sei lá... acham que vale a pena pensar em respeitar o SLBenfica?

PS- eu sei que habitualmente não aparecem tantos (50) delegados, mas quis apenas destacar o exemplo que, no meu entender, está pouco cuidado. Não me choca os 50 votos... choca-me que as contas não tenham que ser discutidas e ratificadas em acta da Casa primeiro e que o Delegado não tenha que ter pelo menos mais de 20 anos de sócio, equiparando-se ao que teria se estivesse a titulo individual. É só isto mesmo.

Nem mais, caro Rui Gomes da Silva!

Avatar
 ●  2 comentários  ● 


"Rui Gomes da Silva reconhece que o que sucedeu no estádio D. Afonso Henriques não pode ser negado mas defende que as instituições têm de tratar todos da mesma forma.

"Quem viu [os incidentes] do D. Afonso Henriques não os pode negar, mas teremos também que ver, custe a quem custar, os resultados de um inquérito que exigimos que a Liga abra aos incidentes do Estoril-FC Porto", afirmou à Rádio Renascença, considerando que a "Liga tem pessoas sérias" e que só ainda não comunicou publicamente a abertura de um inquérito, porque espera os relatórios dos delegados que estiveram no jogo [do Estoril].

Rui Gomes da Silva esclarece que, caso essa averiguação viesse a concretizar-se, a conclusão seria que "o grande problema do futebol português é o medo".

"O grande problema do futebol português é o medo de afrontar determinadas forças, de apontar o dedo a determinadas formas de pressionar arbitragens e de resolver jogos que continua a existir em Portugal".

O vice-presidente dos encarnados sublinha que não quer que o Benfica seja beneficiado, mas avisa que, na Luz, não vão tolerar que o Benfica seja o alvo a abater e que "alguém seja levado ao colo em mais um campeonato". - Record.

'Mistérios demasiado misteriosos' para jornalistas e polícia explicarem?

Avatar
 ●  13 comentários  ● 

- Morte do dirigente do FC Porto Mesquita Alves (notícia em 1ªmão dada na altura no 'Cabelo do Aimar'):
Encontrado morto às 15h00, segundo as fontes oficiais, quando a notícia da sua morte já era conhecida afinal desde as 11h00 desse mesmo dia.(Ver aqui).
Algadamente suicidou-se com um tiro na nuca(ponto da cabeça escolhido por todos os suicidas), e antes de falecer terá conseguido ocultar a arma com que se suicidou.

Esclarecimentos sobre o caso? Investigação jornalística? Zero.

- Assalto à Federação Portuguesa de Futebol:
"Quase oito meses depois do assalto ao edifício da sede da Federação Portuguesa de Futebol e de se ter criado a ideia, pelos vestígios deixados pelo assaltante (sangue e artigos pessoais), que este seria um caso de fácil identificação, cuja conclusão se tornou ainda mais lógica quando as imagens de videovigilância foram tornadas públicas, confirmando a captação dos movimentos do meliante, o silêncio passou a ser o principal protagonista do caso." - Rui Santos, Record.

- Tentativa de atropelamento por parte do motorista de Pinto da Costa:
"Afonso Ribeiro, motorista de Pinto da Costa, atropelou hoje, à saída do tribunal de S. João Novo, um repórter-fotográfico e pôs-se em fuga, com o presidente portista também dentro da viatura de alta cilindrada, segundo o Record.
No momento em que Carolina Salgado, acompanhada pelos seus advogados e escoltada por cinco agentes da PSP, descia a pé a rua, a viatura onde seguia Pinto da Costa saiu do estacionamento e acelerou, tendo um agente da PSP feito sinal para abrandar, enquanto Carolina se encostava à parede e tendo atingido o fotógrafo terá sofrido apenas uma contusão na perna esquerda. "Foi a segunda vez que ele (Afonso Ribeiro, motorista de PC) me faz isto", queixou-se José Carmo." - DN.
Esclarecimento posterior da PSP do Porto:
"Não foi um sinal de paragem explícito do agente. O agente ia a acompanhar Carolina e o condutor resolveu sair de lá com pressa e tocou no fotógrafo", referiu à Agência Lusa fonte da PSP do Porto." - DN.

- Fuga de Pinto da Costa para Espanha depois de previamente avisado que iria ser detido: AQUI
"O director da Polícia Judiciária vai solicitar à Procuradoria-Geral da República a abertura de uma investigação criminal à suspeita de fuga de informação no interior instituição que dirige a favor do presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no âmbito do processo Apito Dourado.
A edição de hoje do "Correio da Manhã" (CM) avança que a decisão do director nacional da PJ, Alípio Ribeiro, foi tomada na sequência de uma notícia publicada ontem no mesmo diário, segundo a qual Pinto da Costa foi avisado por um alto funcionário da PJ de que seria detido e alvo de buscas domiciliárias.
De acordo com o mesmo jornal, esse aviso "frustrou a estratégia da investigação, por ter sido o único suspeito a não ser surpreendido pela Polícia Judiciária".

Segundo Alípio Ribeiro, "não existe na PJ do Porto qualquer processo disciplinar sobre esse caso", o que, em seu entender, "constitui mais uma razão para se actuar".
Alípio Ribeiro disse ainda que quer "tudo esclarecido" porque "a Judiciária não pode pactuar com este tipo de situações, venham de onde vierem".
"Além da eventual violação do segredo de justiça e dos deveres funcionais, estaria assim em causa uma acção contra a realização da própria justiça", acrescentou o director da PJ." - Público.

Consequências destes casos? Onde andam jornalistas e justiça portugueses?
A quem interessa que assim seja?

O Benfica "Acima de tudo" ou "Além de tudo"? Como vai ser?

 ●  13 comentários  ● 

O "tema Jorge Jesus", recuso chamar-lhe caso, está a ser resolvido pelo SLBenfica como lida com o campeonato nacional e com acredita que se conquista titulos: Dentro de campo durante 90 minutos.

Há dias disse a um pessoa: "Os jogos não se ganham apenas dentro de campo e menos ainda em apenas 90 minutos".

Pelos vistos, no SLBenfica continuam a não perceber... e sinceramente começo a ficar com a ideia que não querem perceber, porque não dá jeito nenhum. Começa a tornar-se óbvio que quem está no Benfica, não está lá "acima de tudo o resto", mas está sim "além de tudo o resto" que compõe a sua vida. Eu explico:

- Algum de vós imagina alguém da estrutura do SLBenfica desafiar e atacar directamente e sem rodeios o FCPorto ou alguém da sua estrutura e depois poder almoçar tranquilamente num conhecido restaurante do Porto ou a passear na zona ribeirinha junto ao Douro? Dificilmente, não é? O mais certo seria levar dois pares de estalos e considerar que o seu bem estar e da família seriam postos em causa numa situação dessas. O próprio Rui Gomes da Silva, à conta do dia seguinte sabe bem o que isso é.

Por outro lado, ninguém estranha se vir o Dr. Antero Henriques ou o Adelino Caldeira a almoçar descontraidamente nas Docas em Lisboa, ou mesmo na Expo. Somos todos capazes de apostar que seriam notados, mas jamais incomodados sequer.

Porém, "apenas ser do Benfica" podem valer quanto muito umas bocas, mas se não se tiverem metido com eles e forem "low profile", sem desafiar ou atacar ninguém, podem fazer a vida que quiserem e onde quiserem.

A ideia que vai ficando de quem está no SLBenfica é que não quer "correr riscos" no que toca ao fanatismo do FCPorto e à imensidão de "tabuleiros" onde eles jogam. O SLBenfica perder ou ser penalizado, dá a ideia de ser "um mal menor" face ao que aconteceria se, como o Nuno Lobo, saíssem a terreiro a "comprar guerras" com o FCPorto ou a entrar numa política de "olho por olho, dente por dente".

Será que ninguém no SLBenfica é capaz de compreender que isto não uma questão que se resolve aos Domingos no futebol? Será possível que ninguém no SLBenfica compreenda que é preciso "jogar fora de campo" e usar outros meios para poder combater as armas com que nos tentam afundar? Será possível que ninguém perceba que semanalmente o nosso adversário trabalha, treina e influencia para dois resultados e não apenas um, ou seja, para a sua vitória e a nossa derrota? Será possível que ninguém perceba que parte do percurso deles passa por destruir o nosso?

NÃO ACREDITO! Aliás, digo mais... todos sabem disso na Direcção do Sport Lisboa e Benfica e na Administração da SLBenfica SAD.

A duvida que coloco é... então mas porque raio continuamos a ser os mesmos "anjinhos" de sempre e a perceber o que vai acontecer dentro e fora de campo para nos prejudicar... e continuamos a não querer afrontá-los? Porque continuamos a não dizer o nome deles? Porque continuamos a não referir o nome do clube? Porque continuamos a não denunciar directa ou indirectamente? Porque não apoiamos declaradamente quem os afronta também? Porque não nos organizamos para lhes devolver em dobro o terror que nos causam?

... Porque isso implica colocar o SLBenfica... acima de todos os interesses pessoais e profissionais, ao invés do que se vê na SAD (e até no Clube) onde muitos colocam o SLBenfica além dos seus interesses pessoais e profissionais. Faz toda a diferença! 

São muitos poucos os que podem (e querem) sair prejudicamos financeiramente, pessoalmente e profissionalmente por serem dirigentes do SLBenfica... à Benfica. Não deveria ser assim, mas é infelizmente. E é por isso mesmo que para estar "na linha da frente" no SLBenfica é preciso ser uma "elite" social.
A pergunta que se coloca é: Quem está no SLBenfica está disposto a sacrificar-se pessoal e profissionalmente para ganhar no SLBenfica? E quando falo de sacrificar não estou a falar de "tempo", estou a falar de negócios que deixarão de se fazer, dinheiro que vai perder-se ou deixar de ganhar, falo em parcerias profissionais que se vão perder, falo em familia que será confundida com as "guerras" que serão compradas, etc. etc. etc.

Será que no SLBenfica há alguém disponivel para cerrar fileiras e lutar esta luta ?

Vamos a eles? Vamos enfrentá-los e vencê-los ao ataque?

... Ou vamos querer ficar sob a protecção divina das intenções não declaradas, sempre na defesa, e a reagir para o lado que sobra o vento, mas sempre sem "ferir" quem nos quer "matar"?

Se depender deles, Jorge Jesus vai apanhar um castigo irrepreensível. Eles vão mover-se dentro e fora da justiça desportiva e civil para consegui-lo, por isso representará o culminar da sua missão: Prejudicar o SLBenfica sempre que possível e beneficiar o FCPorto em qualquer circunstância.

Surpreendidos com as mudanças dos relatórios? E o que fizémos nós para o impedir? Que garantias e provas obtivémos para salvaguardar a nossa posição? Ah esperem... o Jesus falou com os polícias em Guimarães e o Presidente também, assinaram a notificação de boa fé dizendo que não nos preocupassemos... e ficámos serenamente a espera, enquanto outros se movimentavam e faziam movimentar na sombra.

Mas na verdade, aconteça o que acontecer... todos vão continuar a poder ter uma vida tranquila, sem estarem sujeitos a olhar pelo ombro, assistindo aos jogos na tribuna, viajando à conta do Benfica, lamentando uns desaires e exultando com umas vitórias, demonstrando o orgulho de um grande plantel... mas continuando a ver os outros festejar, gozar e humilhar o SLBenfica.

Senhores dirigentes, Pelo SLBenfica "acima de tudo"... já chega de ser pelo SLBenfica "além de tudo". É por isso que quem está no SLBenfica são V. Exas. e não outros quaisquer, é porque só alguns podem e sabem dedicar-se ao SLBenfica "acima de tudo" é que só uma elite muito restricta pode um dia ser Presidente da maior instituição de Portugal. Porque se fosse para estar no Clube com a salvaguarda de uma vida tranquila e sem sobressaltos... haveria cerca de 200.000 possíveis presidentes.

Chega de museus, estádios, centros de estágio, resistência a receitas de 130 milhões, planteis mais fortes de não sei quantos anos, chega de meias palavras e meias denuncias, chega de procurar esconder os insucessos e cobri-los com grandes medidas comerciais, chega de BenficaTV e parcerias com quem andamos sempre a apontar serem mentirosos e mal intencionados (CM/Record - esta parceria é inacreditavel)... Chega não porque não as queiramos, mas porque isso sim, tem que aparecer "além dos titulos" e não "acima dos títulos".

VAMOS LÁ! JUNTOS... MAS VAMOS LÁ! CHEGA DE FICAR A VER...

Não nos digam mais para defendermos o Clube, quando queremos é atacar quem nos ataca, vencer quem nos quer superar, destruir quem nos quer mal... QUEREMOS ATACÁ-LOS! A DEFESA DO NOSSO CLUBE TEM QUE SER A ATACAR! Atacar os títulos, atacar os adversários, atacar os objectivos, atacar quem nos faz mal, atacar quem pensa em fazer, atacar quem se move na sombra...

O Benfica "Acima de tudo" ou "Além de tudo"? Como vai ser?

Querem afastar Jorge Jesus do Benfica à força?

Avatar
 ●  22 comentários  ● 

Parece evidente que está em marcha um plano para 'liquidar' o treinador do Benfica, Jorge Jesus.
Ora vejamos:

"O relatório da PSP a propósito dos incidentes de Guimarães envolvendo Jorge Jesus não fala em agressões. O que consta é uma referência a empurrões e impropérios como Record adiantou." - in Record.

"O jornal Correio da Manhã faz saber, esta quarta-feira, que no auto da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Guimarães «não há qualquer alusão a agressões ou tentativa de agressões» por parte de Jorge Jesus." - Zero Zero citando o Correio da Manhã.

«Se os factos foram praticados em Guimarães, no passado Domingo, como é que hoje, quarta-feira, Jorge Jesus já foi notificado e constituído arguido, em Lisboa? Quem está a mandar isto tudo?» 
Perguntas pertinentes do Drº José Maria Martins (AQUI).


"De acordo com a SIC Notícias, o relatório da PSP confirma que Jorge Jesus agrediu por duas vezes o agente da PSP, após o fim da partida frente ao Vitória de Guimarães." - A Bola.

Os relatos anónimos que chegam do norte do país, levantam muitas dúvidas.

Quantos relatórios haverá? Um? Dois? O mesmo mas com modificaçôes à posteriori?
Quais os interesses que procuram manter na ordem do dia este assunto, tentando abafar as agressões de que foi alvo o presidente da AF Lisboa?

Anunciada parceria BenficaTV/CMTV.

Avatar
 ●  23 comentários  ● 


"A partir do próximo sábado, a CMTV, canal exclusivo MEO (posição 8), inicia uma parceria com o Benfica.

O canal do Correio da Manhã vai passar a transmitir o pré-jogo das partidas da principal equipa de futebol no Estádio da Luz. Ou seja, o aquecimento dos jogadores e as incidências que têm lugar antes do início dos jogos.

Além do pré-jogo, a CMTV vai passar a transmitir, em direto, os primeiros cinco minutos desses mesmos jogos.

Esta operação começa com um especial do programa ‘Mercado’ às 17h30, e o acompanhamento dos primeiros minutos do Benfica-Belenenses, às 18h30. Para o efeito, a CMTV vai mobilizar equipas em estúdio e no relvado, e contará com a análise de vários comentadores, como Octávio Machado." - CM.

EDIT: Então estes não eram os malandros pouco credíveis? Já não serão, presumo...

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Dar tiros nos pés é uma arte!

 ●  37 comentários  ● 
Como ponto prévio, repito o de sempre: Luis Filipe Vieira é, na minha opinião, a melhor pessoa para ser Presidente do SLBenfica entre todas as possibilidades que conheço poderem e quererem ser presidentes, ao dia de hoje

Dito isto, que já aqui escrevi vezes sem conta, importa não o confundir com considerar Luis Filipe Vieira um Deus que tudo sabe e tudo acerta.

A entrevista de ontem, agora mais a frio, terá sido das mais mal preparadas de Luis Filipe Vieira, porém com uma agravante, aparece num momento onde teria sido crucial "estar em grande". E a culpa não é nem pode ser só de Luis Filipe Vieira.

Estar na televisão, como bem sabe o director de comunicação do SLBenfica, implica a um conjunto de circunstâncias, onde por exemplo, os políticos são mestres, através do trabalho de preparação dos seus acessores e do treino que fazem, chamado "media training" para saber estar e responder na TV e saber conduzir uma entrevista no sentido que mais interessa ao entrevistado. Quem o sabe fazer, torna uma entrevista muito difícil... Ao entrevistador. Se há quem tenha essas competências inatas, como Mourinho, outros há que precisam de treino e apoio.

Luis Filipe Vieira precisa claramente de uma de duas coisas: 1) ou tem uma equipa de comunicação muitíssimo forte e tem acompanhamento/treino para falar aos meios de comunicação; 2) ou faz como realmente fazem os Presidentes dos grandes clubes e se resguarda na gestão corrente e operacional do futebol, trazendo à frente alguém com maior capacidade e conhecimentos - o que não invalida que essa pessoa não seja também treinada e assessorada.

Pelo contrario, a actual comunicação do Benfica, perdoe-me o João Gabriel que pode ser e seguramente é um homem de respeito e um profissional capaz, não está minimamente preparada para lidar com um "monstro mediático" como o SLBenfica.

O Presidente do Benfica, e menos ainda quando este chama a si tudo e mais alguma coisa, não é o mesmo que o Presidente da República que aparece cinco vezes por ano para dizer verdades de La Palice e elogiar duas ou três empresas e sectores em inaugurações e visitas oficiais.

Estão a transformar o Presidente do SLBenfica num político barato, populista e sem credibilidade pública. Não acreditam? Basta ver a entrevista de ontem e ler o que circula nas redes sociais, blogs e cada vez mais nas conversas de rua. Oiçam os sócios nas AG e talvez percebam no que essas pessoas "transformaram" o Presidente do SLBenfica.

Ontem ficou claro, por exemplo, que temos dificuldades em referir o nome do Presidente do FCPorto e o nome desse clube. Deve ser algum estigma de inferioridade, não sei. Mas aqui no NGB não tenho esse problema e se aponto essa gente no muito que fazem mal e ilegal, também o faço claramente nos exemplos favoráveis, sem vergonhas n pudores. Aliás, até já conseguimos ver em Bruno de Carvalho autênticas lições de liderança e comunicação no SportingCP que o SLBenfica não deveria ter vergonha de tomar como exemplo.

Atentem, por exemplo, às palavras do Presidente do Sporting sobre a sua presença no banco, ou anteontem sobre o empate com o Rio Ave. Diz Bruno de Carvalho que está no banco enquanto sentir que os atletas precisam saber viver e sentir o clube, enquanto precisar de ter a certeza que eleva ao limite a noção de responsabilidade... E depois cobra-a precisamente aos jogadores e treinador: sobre o empate, disse que sim houve um penalty, mas isso não pode apagar a má exibição que os deixou à mercê dos erros dos árbitros e que lhes cabe a eles corrigir e ser competentes no campo.

De Luis Filipe Vieira vemos precisamente o oposto. Com frases lapidares como dizer que da época passada aprendemos que as finais são para ganhar! Perdão? Ficámos a saber também que fomos até "demasiado competentes" à excepção do jogo com o Guimarães. A serio? "Demasiado competentes"?

A impreparação foi total! Não sei quem lhe deu aquele exemplo absurdo do Bayern para comparar com o que fez o Benfica da época passada para este ano... até porque se quiser ir copiar os demais, podem começar por copiar a organização.

Por falar em organização, Octávio Ribeiro tentou ajudar Vieira no tema de "quem lidera" o futebol... E Vieira espalhou-se ao comprido dizendo que ele é o Presidente e depois há o treinador, o Sheu que representa a liderança do Presidente no banco (??!!), o Lourenço Coelho, o Ricardo Lemos... E o gabinete de apoio à família!!!! Valerá a pena comentar?

É como sempre tenho dito! Manda-se "de menos" no Benfica, ou melhor, o presidente manda "de menos". Falta obviamente uma estrutura de liderança, de responsabilidade, de competência e de conhecimento. Falta um líder no futebol e qualquer coisa dita noutro sentido é pura demagogia barata. Bem percebo que assim há, rotativamente, vários para culpabilizar, mas isso é preparar-mo-nos para as derrotas, não para as vitórias. 

O Presidente já sabemos que não é responsabilizado porque não marca golos nem os defende. Jesus não é porque não escolhe os jogadores (o que até nem acho mal, aliás sempre disse que o problema do Benfica não são treinadores), o Sheu, Lourenço e Ricardo Lemos também não são responsabilizados. Sobra o Rui Costa que é quem escolhe os jogadores, mas na verdade... É o Rui Costa então, podem lá ser responsavel por algo mau, o maestro...

E sobre esta organização diz o Presidente que vêm cá aprender e copiar! Pois eu gostava de saber quem são, porque os de topo de ganham, não estão organizados assim... Será que vieram cá aprender e perceberam que não faz sentido?

O Presidente tem que perceber que copiar não é errado! O que é absurdo é copiar o que está mal ou insistir no que não funciona.

Fui só eu que reparei numa expressão do Presidente a questionar o Octávio Ribeiro sobre o Bayern que dizia: "você sabe seguramente mais de futebol que eu..." - nem quis acreditar!

Só uma dúvida: e o Benfica, quem se preocupa com o Benfica, dado que está tudo "orientado", mas o Benfica continua sem ganhar!!!?

Vou passar a frente de coisas como a pergunta a quem é a alternativa a Artur? Oblak... E depois para o banco vai sempre o Paulo Lopes.

Vou passar a frente de que à BenficaTV disse que já recebíamos mais pelos direitos do que o Oliveira nos propôs... E ontem já disse a realidade, que recebemos mais do que recebíamos até aqui. Até aqui nada de mau, apenas o "regressar à terra" num projecto que é claramente um sucesso e se o é devemos a Luis Filipe Vieira.

O que nos leva a outra questão... Então com a BenficaTV em "prego a fundo" temos necessidade de mais uma vez nos mostrarmos agradecidos a Joaquim Oliveira? Não se compreende... E menos ainda no mesmo dia em que um jornal de Joaquim Oliveira fez um lamentável e miserável comunicado contra o SLBenfica. 

Mas isto mantém-se noutra dimensão: Octávio Ribeiro perguntou claramente se hoje em dia voltaria a apoiar Fernando Gomes... E Vieira fugiu à questão e disse apenas que ainda não profissionalizou os árbitros, como se isso fosse garante de credibilidade ou o fim da corrupção. Alguém consegue perceber que não se tenha ali mesmo "tirado o tapete" a Fernando Gomes?

Não satisfeito... Ainda disse que não apoiara Mario Figueiredo, mas agora que foi eleito tem que ter o apoio do Benfica. Como é?! Não percebi e tenho medo do que venha a concluir quando perceber...

Voltando ao futebol, ainda ontem arrisquei aqui nos comentários do blog quais seriam os títulos dos jornais de hoje... E não falhei.

Cabe na cabeça de alguém falar em estar na final do Estádio da Luz com aquela assertividade e dizer que investimos no futebol e recusamos, segurem-se agora, 130M em receitas para vencer o campeonato e para estar na final da Champions na Luz?

Além das primeiras páginas que isso ia dar, obviamente.... Será que ninguém pensou que está encontrado o meio de pressão mais fácil à equipa e a Jorge Jesus? A cada escorregadela, lá virá a conversa dos 130M e do investimento feito para o título...

Obrigado Presidente, além da "fantochada" do valor... Ainda conseguiram colocar uma pressão na equipa que era mesmo o que estavam a precisar, até porque andam a deslumbrar em campo, não é?

E já agora, quando fizerem dessas, lembrem-se antes de ter o discurso coordenado com o treinador e até entre vocês da SAD... Uns falam nos 1/8 da Champions, e agora fala-se na final. O treinador, coitado (e bem) quer é ser campeão nacional e o resto logo se vê jogo a jogo.

O Presidente não terminou sem um choramingo inacreditável: defendam o Benfica! Os benfiquistas que defendam o Benfica dos outros em vez de andarem a criticar o que fazemos.

COMO É? Defender o Benfica de quem? 
Das pessoas que o Presidente se recusa a atacar? 
... Ou defender o Benfica de quem aconselha o Presidente a ter este tipo de entrevistas que só prejudicam o Benfica e os benfiquistas?

Para finalizar, dois aspectos positivos:

- A defesa incondicional de Jorge Jesus no caso do final do jogo de Guimarães, fazendo ver que não faz qualquer sentido castigar o treinador numa circunstância daquelas.

... Porém, e é isto que me irrita (há sempre um "mas"), era mesmo preciso alimentar o tema durante 25 minutos? Só tinha que ser directo e objectivo e não espaço a conjecturas e correlações, até porque sim... É verdade que é preocupante termos "casos" com o capitão, o treinador e o goleador. Aliás, quando se referiu que não deveria ter acontecido, o assunto deveria ter morrido aí: Jesus teve uma atitude digna, que eu teria no lugar dele, mas que tal como o próprio reconhece, se permitiu a levar o entusiasmo longe de mais na defesa dos nossos adeptos e foi só essa a sua falha. Ponto!

- A defesa incondicional de Cardozo. Desmentiu, como deveria ter feito, que Jesus não tivesse pedido a saída do jogador e valorizou a integração do mesmo como importante para o treinador e para o grupo.

... Todos sabemos que não corresponde à verdade, mas o papel do líder é este mesmo. A defesa dos jogadores, numa perspectiva como se tem com os filhos "se alguém critica sou eu, à minha frente ninguém o faz". Desta forma valoriza Cardozo e, com sorte e bem trabalhado, Cardozo acabará por ir fazer um ultimo grande contrato fora de Portugal, pois a sua situação no Benfica nunca mais será a mesma, mas publicamente o Benfica tem que assumir precisamente o contrario para valorizar o jogador.

Em resumo, uma entrevista muito mal preparada, que falhou na mensagem que quis passar e não capitalizou um momento relevante para atacar o Sistema. No que diz respeito ao clube, mantém-se a ausência de liderança do futebol, que parece entregue a Jesus (e... seja o que Deus quiser), confusão na estrutura e ausência total de cultura de responsabilização.

Para finalizar e sobre os "tiros nos pés", depois do empate dos adversários como estaria a ser a nossa semana sem que Jesus tivesse tido aquela "paragem cerebral" e se Vieira ontem tivesse sido agressivo e bem preparado na entrevista? 

Já pensaram...

... Em vez disso que pensaram, optámos por dar mais uns quantos tiros nos pés.

Crucificado há 2000 anos atrás...

 ●  11 comentários  ● 

CRUCIFICAÇÃO DE JESUS... NOVAMENTE ?


Porquê Jorge? Porquê? 

É esta a minha pergunta para ti, que és o nosso treinador. És o timoneiro escolhido pela estrutura directiva para comandares este plantel rumo a um título que tem tanto de desejado como de incerto. És o capitão de uma nau que teve um início complicado, fruto de uma tempestade capaz de afundar quase a própria arca de Noé, e graças a essas tormentas, ainda se franzem sobrolhos, os olhos se refugiam ora nos céus procurando um sinal divino, ou no chão, fugindo ao contacto com o terreno do nosso mundo.

Como se este "peso" ou "fardo" não bastasse, o de orgulhosamente poder dizer que treino o maior clube do mundo, pareces, Jorge, gostar de complicar o que já não é nada fácil, qual grupo de campistas mal formados que vão fazer pic-nic's em florestas, e que invariavelmente deixam brasas para trás, originando incêndios que levam dias a fio a lavrar até se poderem considerar controlados...

Porquê Jorge, o de quando as coisas parecerem estar a querer entrar nos eixos, abres o flanco e permites que as Virgens Ofendidas e mal pagas venham a terreno de língua afiada quais áspides corrosivas, denegrir e criar ataques viciados, promíscuos e hipócritas, procurando aumentar o peso que já transportas nos ombros, homem de Deus?

Já fui teu fã, mas agora és "apenas" o meu treinador. Já o disse aqui em post's anteriores, em cartas abertas, ver aqui um dos post , onde fui o mais sincero possível para contigo. A minha decepção contigo tem sido crescente, não tem a haver apenas com o fracasso da época passada. Quem pretender ligar estas duas causas, será mal intencionado, e porventura, seguindo políticas de (des)informação tão bem conhecidas... 

Já o tinha dito, mas repito, ser treinador do Benfica, não é o mesmo que treinar qualquer outro clube, e digo isto com todo o respeito pelos clubes que pautam a sua política por padrões de respeito, verdade e justiça. não vou aqui incluir clubes que se prostituem a outros, e que infelizmente até já pontuaram esta jornada, ou aqueles que são agentes de coacção, e que trocam a verdade desportiva por fruta, compadrios e proxenetas de aluguer.  Ser treinador do maior clube de Portugal, é saber ter classe, seja nos momentos de derrota, seja sobretudo nos momentos emotivos das vitórias. Saber ganhar é tão importante como encaixar as derrotas. E a minha pergunta JJ, é porque é que gostas de transformar vitórias suadas e conquistadas, em derrotas sociais, de crónicas que tentam apagar os feitos vitoriosos transformando a opinião de todo um país para com um técnico que despeja "insuficiências" gramaticais e de postura senhoril. 

Ponto Primeiro: Adorei a tua frase, ainda a quente: "No que diz respeito a defender o Benfica, seus jogadores ou adeptos, serei sempre o primeiro!" Aqui sim, demonstras estar com o espírito certo! Fazes parte do Maior Clube, e tens para com ele todas as obrigações, sobretudo de defender intransigentemente os nossos interesses. E quando digo nossos, refiro-me naturalmente á nação Benfiquista, desde a criança que tem 4 anos e já grita SLB, até ao roupeiro que levas as peúgas suadas dos jogadores para lavar. Todos somos Benfica, o Benfica somos todos Nós! 

Ponto Segundo: Conhecer o caminho, e percorrer o caminho, são duas coisas bem distintas! Passar da teoria á prática, é das coisas mais complicadas, apesar de todos os treinos, ensaios ou desejos. Fico feliz que tenhas sentido a Indignação de ver os adeptos benfiquistas, que época após época se deslocam ao Afonso Henriques para apoiar a nossa equipa neste ambiente hostil, e são apedrejados, mal tratados, intimidados e perseguidos, serem tratados com força exagerada. Mas depois, não podes reagir assim! Não podes Jorge.

Compreendo que andes nervoso, caminhando sobre brasas, algo que já tinha reparado nas tuas reações durante o jogo com o Vitória. Mas depois, não te podes virar contra agentes de autoridade e stewards, que têm um papel a desempenhar. Garantir a segurança dos intervenientes até que estes recolham aos balneários e abandonem as instalações. Tens de os deixar cumprir essa missão. Podias ter apoiado os nossos adeptos detidos, com muito mais serenidade e até controle emocional durante o processo. Apanham-se mais moscas com mel do que com fel. Agires assim, só permites que nos atirem pedras, e encham de areia os olhos das pessoas que tentam ter uma opinião sobre o nosso campeonato! 

Já tinhas tido o caso com o treinador do Nacional, já te tinhas envolvido com dirigentes do Marítimo, com o jogador Luís Alberto, com o Edinho da Académica, etc. Chega Jorge. Não é assim que um treinador do Benfica se deve comportar. Se pretendemos que a equipa cresça, eu também exigo que cresças e consigas dominar esses ímpetos auto-destrutivos de uma opinião pública sobre ti que não é nada famosa.

Quero que sejas sempre o primeiro a defender o Benfica, mas não assim! Concordo com o conteúdo da tua reacção, mas não com a forma da mesma! Está na altura de também tu teres nota artística, vais ver que assim, todos saímos valorizados!

Agora, podes enfrentar uma batalha jurídica em que o polvo do norte tudo vai fazer para tornar infernal. Lá está por isso, uma oportunidade oferecida em bandeja de ouro. Temos de parar com estas ofertas! Agora, enche o peito de ar Jorge, respira fundo, e vamos lá em frente! Mostras estar no sítio certo e na hora certa, mas tens tido os gestos errados. Apesar de não me rever na forma mas sim no conteúdo das tuas acções, nós não deixamos cair os nossos!! Está na altura de mudar, e podes contar com toda a ajuda da nação Benfiquista! Tens é de mostrar que estás disposto a lutar para evoluires! Se até o Paulo Fonseca evoluiu com os ganhos oftalmológicos de uma época para outra, e está num clubezeco de trocos e fruta, quanto mais tu, num clube histórico e vencedor!  

Carrega Benfica, Sintam a Mística!

Operação branqueamento

 ●  8 comentários  ● 
Portugal, 24 de Setembro de 2013

O Benfica venceu no sempre difícil campo do Guimarães (o benfiquista Joaquim Rita diz que não), com um golo de Cardozo e uma exibição utilmente sóbria. Finalmente vê-se algum respeito do treinador pelas dificuldades que alguns clubes nos colocam, e a prova disso é a opção pelo modelo de jogo 4-2-3-1, com Djuricic atrás de Cardozo, Fejsa e Matic como médios interiores volantes, Enzo e Markovic como médios ala, e a já habitual linha defensiva, salientando-se a opção por dois defesas laterais altos como Siqueira e André Almeida.

Também, e uma vez mais, o Benfica foi penalizado (outra vez) por umas quantas decisões do árbitro Bruno Esteves e seus auxiliares, que tiveram influência directa no resultado final. Aos 30 segundos uma falta por trás a Luisão, passou sem sanção disciplinar, quando estamos perante o que na gíria se denomina “tackle deslizante com risco para a integridade física do adversário”. Aos 3 mn o auxiliar assinalou 1 fora de jogo a Enzo Perez que ficava na cara do guarda-redes com forte possibilidade de fazer golo. Se compararmos com a facilidade com que, na situação inversa, os nossos adversários nos marcam golos precedidos de fora de jogo, mais ou menos claros, como Marítimo e SCP, temos de concluir – uma vez mais – que isto não acontece por acaso e faz parte de um manual de arbitrar, criado para dificultar o acesso do Benfica à baliza adversária. Temos depois os já habituais penaltys não assinalados a nosso favor. Um por corte com o braço de Abdoulayeh, jogador emprestado pelo FCP, e outro por derrube claro a Lima. Entre estes dois lances, muitos outros lances ocorreram com a componente disciplinar a ser mal aplicada, mais em favor do Guimarães, mas a comunicação social, na também já habitual operação de iludir e enganar, quis fazer crer que apenas aconteceu um lance em que Siqueira podia ter levado o 2º cartão amarelo.

Ah, estou a dizer mal. Parece que a bola cortada com o braço do Abdoulayeh não era penalty. A fazer fé nas 1ªs páginas dos jornais de Lisboa (RECORD e BOLA) só era penalty o lance igual, a favor do SCP contra o Rio Ave, ou aquele que os adeptos do FCP ainda hoje invocam para contrabalançar ao golo 2 metros em fora de jogo de Maicon, um suposto penalty em que a bola vai contra Cardozo que está nas costas do defesa do FCP que falhou o cabeceamento....

Esta jornada acabou por ser peculiar pois FCP e SCP também perderam pontos, depois de estarem em vantagem no marcador (facto que passou despercebido aos analistas avençados de serviço, ao contrário do que acontece com o Benfica). O caso do FCP é mais interessante porque tendo sofrido um golo de penalty cometido fora da área (igual ao que lhes foi oferecido contra o Marítimo), não conseguiram ganhar a um adversário, que tem um orçamento bem inferior (não é esta a conversa que ouvimos quando se trata do Benfica?)...

A medo, a comunicação social ainda destacou o primeiro erro do árbitro, a expulsão perdoada a Otamendi aos 11 mn por derrube ao adversário que só tinha o guarda-redes, entre ele e a linha de golo. Ainda na semana passada vimos o famoso Capela expulsar um defesa do Estoril por ter feito uma “falta” (que não fez) junto à lateral esquerda da grande área (ainda por cima levou com 1 penalty), lance que deu polémica entre alguns comentadores e blogues, pelo que não se compreende que este árbitro de Vila Real, imune a essa polémica se tenha esquecido de aplicar a lei e expulsado Otamendi. Beneficiado duas vezes ficou a equipa do FCP, pois não tiveram de correr 80 mn, 10 contra 11, desgastando-se e tendo resultado mais incerto. E na próxima jornada teriam de meter novo jogador a central, com alguns riscos inerentes aos automatismos.

A arbitragem esteve pois e uma vez mais no nível que tem estado, naquilo que tenho referido como a “normalidade” da anormalidade, e o que é que a comunicação social faz? Aproveita-se de um momento menos bom do nosso treinador, que defendeu um adepto para além dos limites do razoável, e pronto, temos assunto para as próximas semanas. De forma simples e expedita, acabou o tema arbitragens e começou o tema Jesus.

Esta estratégia da comunicação social contudo está eivada de erros e demonstra a falta de qualidade que grassa nessa área: 1) Afirmaram que a PSP tinha colocado Jesus sujeito a termo de identidade e residência, o que é falso, pois só o Ministério Público pode propor essa medida de coacção que depois terá de ser validada por um juiz, 2) Mencionaram a existência de agressões, quando pelos vistos o relatório da PSP apenas refere impropérios e gestos impróprios. O que também é visível nas imagens.

Se querem dar a ideia que estão preocupados com situações incorrectas que ocorrem dentro dos campos de futebol, ao menos parametrizassem o problema de Jesus com o uso de força excessiva que alguns stwearts e policias de serviço empregaram em alguns adeptos do Benfica, tratando-os como se fossem terroristas! Já repararam se tivessem feito o mesmo ao puto adepto do SCP que atravessou todo o relvado do Estádio do Algarve para ir pedir a camisola aos jogadores do SCP, apenas há 8 dias atrás?

Esta operação branqueamento/crucificação de Jesus, 1) permitirá ao FCP e a Vítor Pereira, corrigirem os erros das nomeações da semana anterior, com a maior das tranquilidades, 2) dá jeito para abafar o processo judicial (sim, este está mesmo a correr nos Tribunais) que existe entre o benfiquista Valdemar Duarte, e Pinto da Costa e outros responsáveis do FCP que o ameaçaram de morte e 3) ninguém pôde perceber que quando a equipa do FCP não é suficientemente ajudada e sofre 1 penalty com 0-0 ou 0-1, não consegue ganhar os seus jogos.

Jesus é grande...

Mais uma oportunidade perdida por Luis Filipe Vieira.

Avatar
 ●  21 comentários  ● 

São 2 ou 3 as entrevistas bem conseguidas por parte de Luis Filipe Vieira desde que é presidente do Benfica.
Esta foi mais uma das fracas entrevistas.


Luis Filipe Vieira não soube relativizar o episódio do fim de semana com Jorge Jesus, continuou sem apresentar justificações plausíveis para a forma como o caso Cardozo foi resolvido e meteu-se em campos que não são o seu como no momento em que diz que a opção a Artur é Oblak. Então afinal não é o treinador que faz a equipa? 
E Paulo Lopes tem estado onde?


A continuação da 'felicidade' por termos discutido os títulos até ao fim. 
Em que a "incompetência só esteve presente no jogo com o Guimarães, pois fomos mais que competentes quer com Chelsea quer no jogo com o FC Porto." 
Tretas para os bate-palmas.

Mas para mim o pior desta entrevista foi a oportunidade perdida pelo presidente do Sport Lisboa e Benfica em manter o foco no ataque aos velhos do alterne.

Em vez de tornar no centro da discussão a corrupção e a influência nefasta do FC Porto na verdade desportiva, passou-se a maior parte do tempo a encher chouriços com o Cardozo e o Jorge Jesus.

Breves referências ao que se passou no Estoril, quando o enfoque deveria estar completamente virado para aí quando queriam falar de Jorge Jesus e da polícia.

Pelo contrário, mantém o apoio a Fernando Gomes, usando a profissionalização dos árbitros como a grande solução que resolverá tudo. Caso Luis Filipe Vieira não saiba, os 'amadores' da 1ª divisão portuguesa levam para cima de 40.000€/ano para casa. 
Têm condições de treino como os melhores.
A profissionalização dos árbitros é uma cortina de fumo para enganar os otários.

Para Luis Filipe Vieira, Fernando Gomes, o director financeiro do FC Porto do 'Apito Dourado' continua a merecer o seu apoio. 

Trouxe de volta a conversa de que 'somos gratos' à Olivedesportos, quando o que essa empresa fez foi encher os bolsos à custa do Benfica pagando ao FC Porto o que tirava ao Benfica. 
Gratos a quem, Luis Filipe Vieira?!?

Uma desilusão. Parece que só os adeptos é que se indignam com os ataques ao Benfica. 
É este o presidente que vai tirar o tapete aos corruptos? Duvido.
Reflete isto o espírito de combatividade demonstrado pelo presidente da AF Lisboa? Nem pensar.

ranking