O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


26 de setembro de 2013

'Mistérios demasiado misteriosos' para jornalistas e polícia explicarem?

Avatar
 ●  13 comentários  ● 

- Morte do dirigente do FC Porto Mesquita Alves (notícia em 1ªmão dada na altura no 'Cabelo do Aimar'):
Encontrado morto às 15h00, segundo as fontes oficiais, quando a notícia da sua morte já era conhecida afinal desde as 11h00 desse mesmo dia.(Ver aqui).
Algadamente suicidou-se com um tiro na nuca(ponto da cabeça escolhido por todos os suicidas), e antes de falecer terá conseguido ocultar a arma com que se suicidou.

Esclarecimentos sobre o caso? Investigação jornalística? Zero.

- Assalto à Federação Portuguesa de Futebol:
"Quase oito meses depois do assalto ao edifício da sede da Federação Portuguesa de Futebol e de se ter criado a ideia, pelos vestígios deixados pelo assaltante (sangue e artigos pessoais), que este seria um caso de fácil identificação, cuja conclusão se tornou ainda mais lógica quando as imagens de videovigilância foram tornadas públicas, confirmando a captação dos movimentos do meliante, o silêncio passou a ser o principal protagonista do caso." - Rui Santos, Record.

- Tentativa de atropelamento por parte do motorista de Pinto da Costa:
"Afonso Ribeiro, motorista de Pinto da Costa, atropelou hoje, à saída do tribunal de S. João Novo, um repórter-fotográfico e pôs-se em fuga, com o presidente portista também dentro da viatura de alta cilindrada, segundo o Record.
No momento em que Carolina Salgado, acompanhada pelos seus advogados e escoltada por cinco agentes da PSP, descia a pé a rua, a viatura onde seguia Pinto da Costa saiu do estacionamento e acelerou, tendo um agente da PSP feito sinal para abrandar, enquanto Carolina se encostava à parede e tendo atingido o fotógrafo terá sofrido apenas uma contusão na perna esquerda. "Foi a segunda vez que ele (Afonso Ribeiro, motorista de PC) me faz isto", queixou-se José Carmo." - DN.
Esclarecimento posterior da PSP do Porto:
"Não foi um sinal de paragem explícito do agente. O agente ia a acompanhar Carolina e o condutor resolveu sair de lá com pressa e tocou no fotógrafo", referiu à Agência Lusa fonte da PSP do Porto." - DN.

- Fuga de Pinto da Costa para Espanha depois de previamente avisado que iria ser detido: AQUI
"O director da Polícia Judiciária vai solicitar à Procuradoria-Geral da República a abertura de uma investigação criminal à suspeita de fuga de informação no interior instituição que dirige a favor do presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no âmbito do processo Apito Dourado.
A edição de hoje do "Correio da Manhã" (CM) avança que a decisão do director nacional da PJ, Alípio Ribeiro, foi tomada na sequência de uma notícia publicada ontem no mesmo diário, segundo a qual Pinto da Costa foi avisado por um alto funcionário da PJ de que seria detido e alvo de buscas domiciliárias.
De acordo com o mesmo jornal, esse aviso "frustrou a estratégia da investigação, por ter sido o único suspeito a não ser surpreendido pela Polícia Judiciária".

Segundo Alípio Ribeiro, "não existe na PJ do Porto qualquer processo disciplinar sobre esse caso", o que, em seu entender, "constitui mais uma razão para se actuar".
Alípio Ribeiro disse ainda que quer "tudo esclarecido" porque "a Judiciária não pode pactuar com este tipo de situações, venham de onde vierem".
"Além da eventual violação do segredo de justiça e dos deveres funcionais, estaria assim em causa uma acção contra a realização da própria justiça", acrescentou o director da PJ." - Público.

Consequências destes casos? Onde andam jornalistas e justiça portugueses?
A quem interessa que assim seja?

13 comentários blogger

  1. O que tem o assalto a FPF a ver com o Porto? Espera foi o Rui Santos que lançou a desconfiança? Então agora tem credibilidade? Mas só para o que interessa, não é?

    Rui Tavares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tem a ver com o porto porque sucedeu após o jogo da taça da liga em que o porto jogou com 3 jogadores impedidos de jogarem e para o porto não ser punido (aconteceu ao Braga B, retirados 3 pontos da 2ª liga) tiveram que fazer desaparecer todo o material informático. Após o assalto, há uma investigação da PJ e essa investigação impede que a liga instaura um processo ao porto e retirar-lhe os 3 pontos porque o material simplesmente "sumiu".

      Eliminar
    2. Não se sabe se foi gente do porto ou não...o que se sabe é que ainda nada foi feito...apesar do ladrão ter deixado pistas umas atrás das outras.

      Eliminar
    3. Ligar o assalto à federação ao Porto ou a outro qualquer clube é de uma desonestidade tremenda. Não se sabe o motivo do assalto e quem foi. Concordo com o Viriato, supostamente ainda nada foi feito, ou se foi, está de dificil a resolução. lol

      Eliminar
    4. Mas então as opiniões de uns valem mais q as de outros !

      a nossa opinião e q foram do porto ,ponto final

      Ou os do porto são uns santinhos de todo os outros sim são desonestos intelectuais ,e pá vira pra la a cara ..

      cuidado com o andor [porto] o santo e de barro ...

      Eliminar
  2. Os jornalistas Portugueses só divulgam o que lhes interessa!
    No que respeita ao porto, ficam calados. Porquê?
    Medo de represálias, ou medo, de ficarem sem tacho!
    Felismente, ainda, que poucos, sem medo denunciam.A isto chama-se integridade.
    Saudações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A PSP foi constituir arguido Jorge Jesus, em Lisboa, sem ordem do Ministério Público, sem oficio precatório?


      Senhora Procuradora-Geral da República, o que é que se passa?

      Eliminar
  3. O meu aplauso; clap, clap,clap,clap, é nunca esquecer estas situações é lembrar-lhes sempre e tentar saber o resultados das mesmas, bom post.

    Furabardas

    ResponderEliminar
  4. Parabéns ao blog pelo artigo!
    Mantenham a chama da justiça acesa... A verdade vencerá!

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  5. Águia Preocupada26 setembro, 2013 19:22

    Os jornalistas só têm "profissionalismo" quando está em causa o Benfica! Porque os criminosos do norte gozam de toda a liberdade e imunidade seja jornalistica, civil ou desportiva!
    Uns, porque são cobardes, outros porque não querem perder o tacho e outros porque são uns vendidos como é o caso da justiça civil em que até os juízes se vendem por uns bilhetitos e umas idas ao estrangeiro com a corrupção!
    Quanto ao caso da federação e perante um tão grande silêncio, depois do espalhafato feito pelo facturas, há toda a legitimidade para se pensar que está relacionado com os corruptos. Ou alguém tem dúvidas que se fosse alguém do Benfica era já do domínio público?!
    O país está entregue aos bichos! E será cada vez pior. Com os (des)governantes que temos, não podemos esperar melhorias! (Lia ontem, um artigo de Natália Correia que consta do livro "Botequim da Liberdade" de Fernando Dacosta, que já previa tudo isto por que estamos a passar... Arrepiante!)

    ResponderEliminar
  6. Ate os jornalistas da Benfica tv e da cmtv estão vendidos ao tri campeão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que se passou afinal na Federação? E Fernando Gomes não veio logo dizer que sabia ser pessoal o que fizeram? Ele não sabia dos casos CALHEIROS E Cª quando aí ainda estava no Porto? Eles podem fazer tudo, [VOU À SICÍLIA PORTUGUESA.] Disse José Mourinho um dia, na sua vinda a Portugal jogar com o Porto, quando lhe perguntaram porque tanto segurança.

      Eliminar
  7. E o porto que continua a ser beneficiado pelas expulsões de jogadores nas jornadas anteriores a jogarem contra o porto? O Addy só foi expulso para beneficiar o Porto!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking