O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 8 de março de 2014

Será que Luis Filipe Vieira fez bem?

Avatar
 ●  22 comentários  ● 

Ontem o Presidente do Benfica "bateu com a porta" na reunião dos Presidentes, ou melhor na reunião que visava o "Golpe de Estado" à Liga - não chega ao Sistema ter a FPF (árbitros e disciplina) querem ainda ter a regulamentação e exploração da competição...

Os jornais dividem-se na forma como exploram o tema, mas rapidamente o Record pegou numa frase que indignou já muitos benfiquistas de cristal. Alegadamente o Presidente terá dito à frente de todos que já se tinha arrependido de ter ajudado a "salvar" o Guimarães.

UI! O que o homem disse... Correm por aí já os benfiquistas moralistas a dizer que não houve AG para suportar essa decisão, outros dizem que o Benfica estava a comprar o Guimarães contra o FCPorto e que agora era traído... PALHAÇADAS, é o que é!

Quando o FCPorto usa expedientes de "financiar" ou ajudar os clubes alinhados... ficam todos indignadinhos e dizem que somos uns anjinhos por não fazer o mesmo. Quando fazemos, só falta pedirem que tal ocorra com um requerimento ao Presidente da República. Que parvoíce...

Nem o Presidente do SLBenfica "comprou" o Guimarães, nem estes traíram a confiança do Benfica. O que o SLBenfica fez foi o que defendo há muito que seja feito que é ajudar à sobrevivência do futebol e dos clubes portugueses à margem da necessidade destes de "se venderem" ao Sistema.

O que se passa é que pelos vistos o Presidente do Guimarães não resistiu à tentação do poder e... escolheu o caminho mais fácil esquecendo-se do passado e das atitudes que o Guimarães foi alvo para o FCPorto se aliar em momentos de especial interesse ao SCBraga.

Esclarecida essa questão... Luis Filipe Vieira fez ou não bem em ter esse tipo de "desabafos" e em abandonar a reunião, dando conta que "quem lá ficou que se responsabilize pelo futuro"?

FEZ MUITÍSSIMO BEM!

Porque o futebol português é corrupto, porque 80% dos homens (não tanto os seus clubes) que estavam naquela sala são corruptos e com interesses obscuros no futebol português, aquela reunião era "uma guerra perdida à partida". Mas ainda assim os Presidentes do Benfica e Sporting tomaram a atitude certa de estar presentes e tentar que o caminho fosse outro... quando confirmaram que a "manobra" não tinha volta a dar, resolveram demarcar-se da situação e com isso reforçar a credibilidade de quem sabe e adivinha que, quando se zangarem (brevemente) as comadres... vão descobrir-se muitas verdades sobre o dia de ontem e os planos que ali se arquitectavam.

FCPorto, Guimarães, Braga, Estoril, Nacional e Académica são os principais peões da estratégia de tomada de poder absoluto na Liga + FPF. Curiosamente... são todos os que estão abaixo do Benfica e Sporting na primeira metade da classificação. Curioso, não é?

O problema é que os apoiantes do FCPorto têm todos a mesma ambição: A Liga Europa (o presidente da Académica só que estar protegido da justiça, não conta para isto)... mas só dois lá vão chegar, ficando dois pelo caminho este ano... e já no próximo será o mesmo. E será aí que vão começar a "estrilhar" pois eu não creio que nenhum destes aceite "rodar" fora das competições europeias anualmente como costuma ser o modo habitualmente utilizado pelo Sistema para gerir as subidas e descidas. É que estão todos "com a corda na garganta" em termos de contas...

Mais uma vez, antes de estas iniciativas/reuniões obscuras se iniciarem, muito se passou nos bastidores e muitos acordos foram feitos com o Presidente do FCPorto. Mas com o Benfica e Sporting na frente... terá sido preciso "jogar alto" para conseguir unir aquela escumalha oportunista e... tem tudo para correr mal.

Estas movimentações só demonstram que Joaquim Oliveira não tem bolsos recheados para ser opção nestas jogadas, como tem sido no passado, pelo que a solução passa por unir os clubes com promessas de Liga Europa...

Isso até podia correr bem se desse para usar uma das vagas do Benfica na Champions (puxando-nos para baixo) e do Sporting na Liga Europa (puxando-os para baixo)... mas estão com azar!

Não só o FCPorto se arrisca a ter que disputar nos próximos anos as pré-eliminatórias (com os custos que isso tem no arranque da preparação da época e com o risco que tem de não terem sucesso), como igualmente não se espera que venham a haver vagas abaixo dos dois primeiros lugares se Benfica e Sporting se mantiverem unidos pela verdade desportiva, sem temores e se recuos.

A estratégia de Luis Filipe Vieira e de Bruno Carvalho está certa e, com títulos de ambos os clubes em função das suas capacidades e competências todos os anos, o Sistema que já está abalado vai ruir e, como diz o Presidente, "o futebol português não tem alternativa senão passar pelo Benfica e Sporting a promover uma liderança séria e honesta dos organismos".

O Presidente do FCPorto quer dividir para reinar... mas ainda não percebeu, ou se calhar já percebeu e sabe que perdeu, que a única divisão que lhe vale ele não a vai conseguir: Colocar o Benfica contra o Sporting

Temos pena...

Agora reparem no problema que o Presidente do FCPorto tem:

- Se não seguir este caminho, o FCPorto deixa de vencer (da forma como todos sabemos) e ele acabará por sair e ficar à mercê da justíça.

- Seguindo este caminho, tentará ganhar tempo que lhe permita preparar a fuga a saída para o Brasil onde ficará protegido da justiça portuguesa.

Pobres coitados dos peões que estão a servir de suporte à noção que Pinto da Costa tem do fim dos seus dias... Até pelo desastre que vai ser o futuro, o futuro do FCPorto, com Alexandre Pinto da Costa em guerra com Antero Henrique pelo poder que lhes dará o futuro de bolsos cheios. É que não só não haverá como se encherem (como fez o "velho gagá imbecil") devido ao facto de o clube estar prestes a sucumbir e voltar ao passado de insignificancia, como mesmo que tal não acontecesse... essa luta absurda pelo poder irá destruir o FCPorto, como já vimos acontecer por exemplo no Benfica.

O Critério do Palhaço

 ●  Sem comentários  ● 

A BOLINHA VERMELHA, NÃO NO CANTO DA TV, MAS SIM NO NARIZ


Certamente já toda a gente viu e talvez riu com a actuação de algum palhaço, seja num circo ou num estúdio televisivo. Possivelmente ri, mas gosto igualmente de deixar aqui a minha admiração pelo trabalho de caracterização que o palhaço tem de fazer antes de entrar em "palco". Mas o que muitas pessoas não fazem é pensar no interior daquele homem, ou mulher, no que está por detrás daquela maquilhagem que o transforma fisicamente e cuja missão é fazer rir o público que o vê e o ouve.

Quando pensamos na vida difícil e "mascarada" de um palhaço, ocorre-me o pensamento de que possivelmente já todos nós fizemos um pouco de palhaço ao longo das nossas vidas, isto é vestimos roupas e "capas" que disfarçam os nossos sentimentos, que ocultam emoções ou receios, para podermos satisfazer os desejos de outros.

Talvez possamos chamar de hipocrisia o recurso a este disfarce quando não somos profissionais do "palhacismo", ou seja, não é com a maquilhagem, roupas ou adereços que procuramos ganhar o nosso pão, fazendo desta a nossa profissão. Não nos cabe a nós, falando em termos profissionais, entreter filhos, familiares, amigos, estranhos, fazê-los rir para depois passado algum tempo, já embriagados pelo riso, mudar-lhes o humor, levando-os ás lágrimas com uma actuação sentimental, que nos abre as portas da alma. 

Poder-se-à pensar que vale a pena ser-se palhaço, quando olhamos para um público de crianças, que se deixam levar e viajar pela pureza deste "universo construído" e que não sabem compreender os limites entre o entretenimento e a malícia. O seu papel de fazer rir quando por vezes nos apetece chorar, de dizer presente quando se pede alguém que nos faça esquecer o dia a dia, de dar esperança a todos aqueles que como nós por vezes, a perdem, de dar alegria e liberdade aos muitos que vivem em tristeza e até opressão.

A esses profissionais, tiro o meu chapéu e aplaudo, pela sua entrega e profissionalismo.

Revolta-me que muitos dos "chique espertos" da vida, pensem que tudo isto é um circo. Revolta-me que haja tanta gente com responsabilidades a pensar que nos podem "entreter", quando a sua função não é essa. Vestem roupas, fatos empresariais, puxam do seu carisma "comprado" no mercado ou na tasca do lado, e querem-nos transportar para o seu mundo construído. Mas ao contrário dos verdadeiros e profissionais palhaços, o mundo destes não é de entretenimento mas sim de ilusão, decepção e logro.

Já fui criança, e gosto de a manter viva dentro de mim, mas já não é pelos seus caprichos inocentes que me guio na minha vida, nem tão pouco pelos seus impulsos que tomo decisões. Agora, quando quero ver palhaços, compro um bilhete e vou lá, entrar na magia do seu mundo. Não gosto que me iludam fora do circo. Aliás, a mania de chamar circo ao mundo do futebol, nunca foi tão bem aplicado como nos dias que correm. Mas desenganem-se, nem eu sou criança, nem encaro o futebol como um circo, apesar de todos os esforços que muitos "senhores" têm feito. 

Esta palhaçada, que não posso atribuir outro nome, apelidada também de Conselho de Presidentes da liga Portuguesa de Futebol, tem sido "liderada" por nomes que poderiam figurar num circo Chen, ou Cardinali. Digo poderiam, mas não podem, pois o seu intento, como já disse, não é a do verdadeiro palhaço. Nomes como Pinto da Costa, Júlio Mendes, Salvadore, Rui Alves, a que podemos juntar outros ilustres como Joaquim Oliveira, Rui Pedro Soares, Fernando Gomes, entre muitos, muitos outros.

Estou cansado destes "cartazes" de circo, e nunca como agora seria necessário um murro na mesa por parte de um Benfica e Sporting! Fico a aguardar por desenvolvimentos, e sobretudo um movimento em conjunto daqueles que, como eu, não querem um circo, mas sim um futebol profissional. O Futebol Português está à beira do precipício, resta agora ver se damos o passo em frente, ou meia volta e trilhamos um caminho sério e limpo. SEM MAQUILHAGENS, SEM TENDAS ou LUGARES PREENCHIDOS POR TACHOS.

Sintam a Mística, Carrega Benfica!  


sexta-feira, 7 de março de 2014

"Velho gagá. Imbecil!"

Avatar
 ●  25 comentários  ● 

Frase do dia, por Carlos Pereira a Pinto da Costa na reunião dos Presidentes.

Vai buscar! A partir de agora a designação oficial do Papa aqui no NGB será o "Velho Gagá Imbecil" (pelo menos no que toca aos meus tópicos).

Última hora: Eleições na LPFP a 11 de Junho.

Avatar
 ●  9 comentários  ● 

Deve o Benfica patrocinar uma candidatura própria? 

Deve o Benfica patrocinar uma candidatura em conjunto com o Sporting?

Que nomes para a presidência da LPFP?

Mantendo o que disse aqui no blogue assim que o tema das eleições como hipótese surgiu, eu sugeria o nome de Nuno Lobo, da AF Lisboa.

Chega de nomes do sistema ou mesmo até de actuais dirigentes bolorentos do futebol português.

É a hora de mudar!

O enclave FC Porto, onde a lei é diferente.

Avatar
 ●  5 comentários  ● 

"Ao contrário do que chegou a ser noticiado, o relatório da PSP sobre os incidentes após o FC Porto-Estoril não faz qualquer referência a uma alegada desobediência dos azuis e brancos. 

Com efeito, a noite quente vivida no Estádio do Dragão, que conheceu o ponto mais alto no empurrão dado por um elemento da segurança privada a um agente da PSP em serviço no local e que foi captado pelas câmaras de várias televisões, teve apenas como consequência uma participação do polícia em causa contra o indivíduo que o empurrou." - A Bola.

Escutas, agressões, subornos ou atropelos às regras das competições? O FCP está imune a tudo. Na pior das hipóteses, paga o Semedo.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Elevar-nos ao Olimpo... para depois nos ver cair!

Avatar
 ●  11 comentários  ● 
A história repete-se, e o novo campeão nacional 2013/2014 é, à semelhança das últimas duas épocas, o Benfica.

Pelo menos para a comunicação social, jornais e televisões, até parece que o campeonato já acabou.

Razão tinha Carlos Queirós o ano passado, quando numa entrevista televisiva depois do términos do campeonato nacional, decidido no foto finish com a vitória do FCP, disse que a imprensa tinha grande responsabilidade no desfecho trágico da época do Benfica o ano passado, dando como exemplo as últimas 15 primeiras páginas dos jornais Abola e Record antes do jogo do Dragão, e nas quais, claramente, era como se o Benfica já tivesse sido campeão e não tivesse qualquer hipótese de perder o campeonato.

Disse ainda Carlos Queirós, que por motivos óbvios, interessa sempre fazer do Benfica o campeão durante 11 meses do ano, deixando apenas aquele mesinho livre em que tudo se desmorona, em que as vendas de jornais vão baixar mas compensadas pelas altas vendas dos outros meses do ano. 

E de facto é assim, e a fórmula repete-se. O Benfica já ganhou alguma coisa? Evidentemente que não. Mas vamos pois fingir (nós, a Comunicação Social), que o Benfica ja ganhou. O que importa é que a malta ande excitada, que reserve o Marquês antes do tempo, e que compre jornais, muitos jornais, porque um clube que, caramba, até foi eleito o melhor clube do mundo no mês de fevereiro (sim, meus amigos, do mundo!!, para que não pensem que estamos com brincadeiras), como pode um clube dessa dimensão estratosférica como o nosso, não ganhar uma simples competiçãozeca dentro de portas? 

Por isso meus amigos, que ninguém duvide, o título já é nosso, pelo menos é o que nos querem fazer crer. E muitos acreditam e vão na cantiga!

O que interessa é passar a mensagem que este já não é um campeonato para ser conquistado mas um campeonato para ser perdido!

O que interessa é fazer-nos a todos caminhar no céu antes da hora, para que, se houver uma queda, esta seja bem grande! E depois, se houver uma queda e mais uma desilusão, essa mesma imprensa que hoje passa a mensagem da glória que não pode ser perdida, será a mesma que virá acusar os jogadores de falta de humildade, e que fizeram a festa antes da hora, e isto e aquilo, como se os jogadores não sejam também influenciados por este folclore todo, e não leiam jornais e não vejam televisão, e não sintam a pressão que diariamente lhes colocam nos ombros, enquanto os nossos adversários lá vão caminhando e trabalhando com a tranquilidade que aos nossos não é permitida! 

E basta realmente ler jornais e ver televisão para perceber que para muitos o FCP já não se levanta (até há quem já ponha em causa o terceiro lugar pois o mais certo é ser apanhado pelo Estoril!!), e o SCP não conta, mesmo que ali vá caminhando na penumbra a 5 pontos do primeiro.

E no meio disto tudo, temos um jogo dificílimo no fim de semana com o Estoril, temos uma ida à Madeira para defrontar o Nacional na semana seguinte, temos ainda uma saída a Braga, e uma ao Dragão na última jornada! Sem contar com as taças de Portugal e da Liga e o brilharete da Liga Europa que se metem no meio! Este ano é tudo nosso carago!

E alguém se lembra da saída de Matic? Alguém imagina sequer que este Matic ainda nos vai fazer falta? Claro que não, quem não caça com Matic, caça com Ruben Amorim!

O campeonato está ganho? Só para quem alinhar neste folclore e acreditar na cantiga que nos querem vender! Ao Sporting por exemplo, basta manter-se a uma distancia de 2 pontos do Benfica (e para isso basta que o Benfica tenha um deslize), para levar o campeonato até ao fim, sempre na esperança de que o percamos na última jornada no Porto.

O problema do excesso de confiança é que basta um deslize para se transformar em desespero.

É pois bem mais fácil de lidar com a pressão de um clube que tem tudo a ganhar neste momento (SCP ou FCP), do que a pressão de um outro que só tem tudo a perder.

Da minha parte não tenho dúvidas: Este campeonato está bem longe de estar decidido, vai ser jogado até à última, e só peço a Jorge Jesus que não se entusiasme com a Liga Europa antes de resolver o que importa resolver dentro de portas.

Aos jogadores pede-se humildade, suor e concentração. Sem ler jornais, que a estratégia, mais uma vez, passa por nos elevar ao Olimpo... para depois nos ver cair!

Ainda sobre Marco Silva e a dança de treinadores.

Avatar
 ●  28 comentários  ● 

A ida de Marco Silva para o FC Porto, ainda por confirmar de forma oficial, levanta para mim questões que deverão ter um dia que ser revistas. 

Se há uma época de transferências para jogadores, porque não para treinadores? 

O Estoril está a 4 pontos do FCP. Dizem que vai ficar a 7 na próxima jornada. Sabem se o FCP iria ganhar o seu jogo? É que não venceu os últimos 4.

Que verdade desportiva revela um campeonato em que um competidor directo vai buscar ao seu adversário o treinador que lhe morde os calcanhares, na altura das grandes decisões? 
É que neste momento o grande adversário do FCP é o Estoril. Já o escrevi e torno a escrever: o FC Porto fora da Champions entra em rotura financeira. Pior do que já está.

Mesmo que a ida do Marco Silva só se concretize no fim da temporada, não fica condicionado durante o resto do campeonato?

O que disseram de Paulo Fonseca quando esteve em causa apenas o último jogo do campeonato? 
A carapuça que serviu ao Paulo Fonseca não vai servir ao Marco Silva só porque no jogo na Amoreira os mandou para o "%#$%#$?

Os treinadores deveriam usufruir do mesmo regime dos jogadores. Só assim se protegerá (mais) a verdade desportiva.

Quanto ao Marco Silva, repito o que escrevi no primeiro post sobre este tema:
Marco Silva tem parecido um tipo sério. Certamente o continuará a ser. A decisão está na sua mão.

Lembre-se é que quem sacrifica a sua honra uma vez, perdeu-a para sempre. Paulo Fonseca que o diga.

A convocatória da selecção nacional para o Mundial.

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Teremos atletas do Sport Lisboa e Benfica? Não sei não...

quarta-feira, 5 de março de 2014

Ivan Cavaleiro estreia-se na Selecção A

Avatar
 ●  3 comentários  ● 
PARABÉNS AO NOSSO IVAN CAVALEIRO PELA 1ª INTERNACIONALIZAÇÃO.

Primeira parte muito nervosa e "fora do espaço natural", na segunda parte bastaram 25' na sua posição mais rotinada para "mostrar serviço" e fazer uma grande assistência para o golo do Coentrao.

Boa estreia, puto!

PS- muito bem também o Bernardo Silva no jogo dos Sub21, com direito a golo e tudo!

Afinal parece que o NGB tinha razão antes do tempo...mais uma vez.

Avatar
 ●  32 comentários  ● 

"FC Porto tem acordo com Marco Silva Treinador do Estoril orientará a equipa contra o Benfica, no domingo, e na segunda-feira deve ser oficializado ao leme da formação portista. O Expresso sabe que a cláusula de rescisão de contrato é 500 mil euros." - Expresso.

Ontem, às 00:32, ainda nem era público o despedimento de Paulo Fonseca, no post "A verdade de um campeonato, por Marco Silva" já levantamos a questão, que em poucas horas se transformou numa quase realidade.

Quem afinal são os anjinhos? Quem afinal com um movimento garante já a Champions? Fede este futebol português.

Opiniões coincidentes.

Avatar
 ●  4 comentários  ● 

Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2014: "Mudem o nome "Selecção Portuguesa", sff."
- Blog Geração Benfica.

- José Mourinho.

A verdade de um campeonato, por Marco Silva.

Avatar
 ●  31 comentários  ● 

Que verdade tem um campeonato em que um treinador está num clube mas condicionado pela hipótese de ir ocupar o lugar do clube imediatamente acima?

Como se comporta um treinador que luta por um lugar na Champions, mas que conseguir tal feito significará não treinar na Champions no ano seguinte?

O que leva um clube com um projecto com resultados a médio prazo 'abrir as pernas' e libertar um treinador que é a solução para um seu concorrente actual na classificação?

Já vimos uma história idêntica na temporada passada. Sacrificar o último jogo deu-lhe o lugar de que hoje quer fugir a 7 pés.

Marco Silva tem parecido um tipo sério. Certamente o continuará a ser. A decisão está na sua mão.

Lembre-se é que quem sacrifica a sua honra uma vez, perdeu-a para sempre. Paulo Fonseca que o diga.


terça-feira, 4 de março de 2014

Quem não se sente indignado, não é filho de boa gente

 ●  16 comentários  ● 

O TRISTE SILÊNCIO, DE COMO SE NÃO TIVESSE SIDO NADA...

É com muita desilusão, e pesar, que confirmo as minhas suspeitas. Já lá vão mais de 3 dias após o "circo" montado pelo Belenenses, sobre a proibição da entrada de adeptos com elementos alusivos ao S.L.Benfica.

Relembro que foi com uma atitude vergonhosa, mesquinha e que visa violar toda e qualquer regra de fair play que a Direcção de "Os Belenenses" decidiu emitir um comunicado no seu site oficial onde proíbiu qualquer adereço afecto ao S.L.Benfica na Bancada Poente do seu estádio. O clube informou assim os seus sócios, que serão barrados à entrada do Estádio do Restelo caso queiram portar “cachecóis ou outro tipo de adereços alusivos à equipa adversária”. 

Ora, passado todo este tempo, nem um comunicado oficial do Benfica, a condenar veemente esta acção de Rui Pedro Soares, presidente do Belenenses e segundo suas palavras: "sou um adepto fervoroso do FC Porto" e a exigir, no mínimo, um pedido de desculpas público ao mundo do futebol em geral, e aos Benfiquistas em particular. 

Nada que infelizmente me tenha surpreendido, como tinha colocado no post onde referi esta miserável situação  - VER AQUI POST - disse que ia aguardar a reacção de LFVieira  sobre este atentado. Relembro aqui o parágrafo : " Espero uma acção veemente da nossa direcção. Sou um daqueles que não tenho vergonha ou problemas em admitir que não acredito ou me revejo num presidente como LFVieira, que continua a promover muitas vezes os seus interesses pessoais à frente dos do clube, mas agora tem aqui uma grande oportunidade de me mostrar que defende os interesses do S.L.Benfica perante qualquer outros! Que defende os seus sócios, adeptos e simpatizantes! Que defende um clube cuja história valoriza o futebol Nacional e Mundial! Que defende a verdade desportiva, social e sobretudo, sobretudo, O PODER DE TER A LIBERDADE DE NOS PODERMOS EXIBIR BENFIQUISTAS ONDE QUER QUE ESTEJAMOS!  "

Não só me mostrou que não defende os interesses do Benfica acima dos seus, pois claramente esta decisão do Belém em nada afecta ou afectou a sua vida pessoal, bem como não defendeu, e volto a repetir, o que para mim é mais importante: O PODER DE TER A LIBERDADE DE NOS PODERMOS EXIBIR BENFIQUISTAS ONDE QUER QUE ESTEJAMOS! 

E mais! Segundo o Record aqui fica mais um lamiré : "O dirigente das águias (LFVieira) não assistiu ontem ao jogo no camarote que havia sido disponibilizado para os elementos do Benfica. A razão é simples. As muitas horas passadas no avião que o levou e trouxe da cerimónia fúnebre de Mário Coluna passaram-lhe uma pesada fatura... às costas. Luís Filipe Vieira sentiu fortes dores e, como tal, preferiu refugiar-se junto à zona dos balneários do Restelo, aí seguindo atentamente todas as incidência do triunfo pela margem mínima.  A seguir ao derradeiro apito do árbitro Jorge Ferreira, o líder máximo das águias deslocou-se ao balneário para felicitar o plantel, que acabara de segurar a preciosa vantagem sobre o Sporting (cinco pontos), o segundo classificado do campeonato. "

Ora Bem, LFVieira tinha uma excelente oportunidade de não ver o jogo no seu lugar disponibilizado pela direcção azul pelo simples facto de NÃO CONCORDAR E MOSTRAR O SEU REPÚDIO PELA INICIATIVA de Rui Pedro Soares. Mas não, foi por causa de dores nas costas... Para mim está tudo dito, já foste, não és e não mais serás o meu presidente. Não vejo nada aqui que mostre que ali bate um coração Benfiquista. Bate sim um coração de empresário, nada mais.

Mas aqui a minha tristeza e insatisfação não morre solteira com LFVieira. Mas sim com todos aqueles que diariamente frequentam (e muito bem o fazem) este blog, e são os primeiros a criticar quando questionamos LFV ou JJ, mas quando o valor do Benfiquismo foi posto em causa, sendo motivo de repúdio/barramento e opressão, todos vocês ficaram calados. Pelos vistos, defender o Benfica não dá o mesmo gozo que defender JJ ou LFV. Esses sim, são o Benfica. O Benfica afinal não somos nós, não é a história, a glória, a mística que possuímos, essa pode ser alvo de chacota por um "clubezeco" liderado por "bobis e tarecos". O verdadeiro benfiquista é aquele que tem de dizer amén ao treinador e presidente, os verdadeiros bastiões do nosso clube. Isso sim, o resto, são... como é que dizem... ahh, isso: Antis! 

Lamento assim que não tenham agarrado com unhas e dentes esta hora importantíssima de marcar a nossa posição perante um desafio baixo lançado por aqueles que rastejam na lama à procura de restos, subservientes ao poder radicado a norte. Mas vá, façam agora aquilo em que se mostram empenhados, que é criticar aqui o Rolo porque atacou o pobre Vieira, que afinal até estava com dores nas costas...

Desabafem ... mas quanto ao resto, EU SINTO A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!

Urban Value ou a explicação para um Centro de Estágio à borla.

Avatar
 ●  5 comentários  ● 

A revista Visão publicou um artigo sobre uma até agora relativamente desconhecida empresa do ramo imobiliário chamada Urban Value.

Diz a Visão:

O que juntará Luís Filipe Menezes (ex-autarca e líder do PSD), Martins da Cruz (ex-conselheiro diplomático de Cavaco e antigo MNE) e Jorge Costa (ex-secretário de Estado das Obras Públicas de Durão Barroso) numa desconhecida empresa do ramo imobiliário, com fortes laços em Angola? 

Política, diplomacia e negócios constituem um triângulo dourado que passa por Gaia e conta com ramificações de peso em Luanda. Quem são, o que fazem e que ligações têm os homens com quem a Urban Value conta?


A revista produz um artigo muito interessante a que aconselho a leitura para quem gosta de perceber mais a fundo as ligações obscuras entre a política, os negócios e as obras públicas que criam uma dívida enorme para os contribuintes mas ao mesmo tempo enriquecem estes personagens representantes de interesses muitas vezes sem rosto.

Para a nossa realidade(futebol) interessa-me destacar 2 nomes: 
Luis Filipe Menezes e ...surprise!!!! Adelino Caldeira, do FC Porto.



O Centro de Estágio do Olival custou aos contribuintes 16 milhões de euros e foi oferecido ao FC Porto durante 50 anos por uns míseros 500 euros/mês.

O Centro foi contruído com verbas canalizadas através das fundações  Portogaia e Gaia Cidade d´Ouro, que afinal nem cabimento legal tinham.

Nesse capítulo, o papel do Ministério da Administração Interna foi decisivo e, no mínimo, incompreensível. O MAI considerou que a Portogaia - da qual a FC Porto, SAD detinha a maioria - tinha património suficiente para os fins propostos, apesar do seu financiamento «certo e regular» ser proveniente da Fundação Gaia Cidade d´Ouro, a qual não tinha personalidade jurídica e cujo reconhecimento viria a ser chumbado, mais tarde, pelo próprio ministério.

À época, o titular da pasta era Fernando Gomes(capachinho), ex-presidente da Câmara do Porto e agora de regresso ao FC Porto para o lugar de Angelino Ferreira. É do seu ministério que saem as decisões feridas de ilegalidade.

A Urban Value(podem ver AQUI) é um exemplo dos interesses que mais cedo ou mais tarde vêm a público.

Luis Filipe Menezes e Fernando Gomes(capachinho) serviram bem o seu FC Porto
Serviram pessimamente a causa pública. 
O oficial de ligação, Adelino Caldeira, encarregou-se de os manter na linha e no plano.

Perante tudo isto, não sei porquê ainda há quem ache que quem está ou esteve ligado ao FC Porto e às suas cúpulas é capaz de sair da alçada do clube sem continuar a trabalhar para o mesmo amo.

Fernando Gomes(FPF), Tiago Craveiro ou até mesmo Mário Figueiredo são actores do mesmo filme.

Nada até agora provou o contrário.

Para quem não se lembra, houve um tempo em que os clubes tinham uma máxima de não dar lugares de poder no futebol português a ninguém ligado ao FC Porto. 

A razão desse princípio tem-se comprovado nos últimos 30 anos e todos os dias surgem novos dados que dizem que o caminho de renovação e limpeza do futebol português nunca pode passar por ninguém ligado ao FC Porto.

Espero que Benfica e Sporting, clubes líderes de opinião em Portugal, não caiam novamente na mesma esparrela.

Como já ontem tinha sido destacado no NGB:

   

segunda-feira, 3 de março de 2014

O último terço...

 ●  23 comentários  ● 


Portugal, 3 de Março de 2014

Entramos no último terço do campeonato (10 jogos) com uma vitória em Belém. Uma vitória competente mas escusadamente sofrida. E com um erro de arbitragem que nos beneficiou e que vai marcar o debate. Erro difícil de avaliar em campo, mas fácil de polemizar pelas televisões.
À partida para esta última série de 10 jogos, tínhamos 5 pontos de avanço para o SCP e 7 para o FCP, “almofada” pontual de alguma relevância. Nada está ganho, nada está conquistado, mas é mais fácil entrar em campo sabendo que temos essa “almofada”, do que não a tendo.
Uma análise ao calendário que resta sugere que temos duas “etapas” completamente distintas: 1) uma série de 4 jogos até ao Nacional - Benfica e SCP - FCP, 2) uma última série de 6 jogos onde se inclui a difícil deslocação a Braga. Estas duas etapas são marcadas por um jogo que nos interessa, o SCP – FCP, onde uma, ou as duas equipas irão perder pontos. Situação que nos pode beneficiar.
Contudo a fixação destas duas etapas só tem interesse se nós não perdermos pontos até lá. O que significava ganhar ao Belém (missão cumprida), ao Estoril em casa e ao Nacional fora. Por sorte nossa, o FCP perdeu mais 2 pontos nesta 1ª etapa, o que aumenta mais a nossa “almofada” sem com isso querer dizer que podemos alterar o plano de ataque às duas etapas que faltam.
Do que vi no jogo com o Belenenses, confesso ter ficado preocupado. O Benfica fez uma exibição competente é certo. Controlou e marcou o ritmo de jogo, controlou a pouca posse de bola do adversário. Na vertente defensiva, a presença de Oblak dá mais garantias do que Artur Moraes, e esse factor também poderá “jogar” no que falta de campeonato. Mas na vertente ofensiva estamos longe de uma equipa que quer ser campeã nacional. Muito longe.
Eu diria até que é inadmissível que uma equipa que marca 1 golo aos 7 mn, numa excelente transição rápida defesa/ataque mas concretizada por uma inspiração individual, não consiga marcar mais golos aproveitando a abertura do adversário e a consolidação dos processos de contra ataque que temos visto nos últimos jogos. É inadmissível e é preocupante. Se a equipa não “mata” o jogo perante adversário de nível inferior e partindo em vantagem no marcador, se a equipa pensa que pode gerir resultados de 1-0 com árbitros nacionais ou com as ditas bolas “paradas”, o melhor mesmo é não fazer grandes planos para já. Porque como diz o ditado, “tantas vezes o cântaro vai à fonte que algum dia fica lá”. E ontem só não ficou porque aos 72 mn o árbitro assistente viu bem um lance que normalmente dá golo. É discutível se o avançado que está “acampado” à frente de Oblak tem ou não interferência na jogada. Há quem defenda que sim, há quem defenda que não. Uma coisa é certa: na 1ª volta, o árbitro assistente não teve o mesmo critério, e um golo ilegal foi validado tirando 3 preciosos pontos ao Benfica.
A minha maior preocupação deriva do facto de estarmos jogar como na pré-temporada, fazemos o mesmo tipo de exibições e ninguém parece perceber. Se bem se recordam, na pré-temporada e por via do castigo a Cardozo, o modelo de jogo regra geral foi o 4-4-2 em losango apoiado nos atacantes Lima e Rodrigo. Golos? Poucos. Vitórias? Algumas, mas sempre tangenciais. Derrotas? Uma delas com particular significado: o troféu do Eusébio.
O que mudou daí para agora é que os médios estão a marcar mais golos, seja Markovic, seja Gaitan, com Enzo Peres e Garay pelo meio! Os avançados não! Rodrigo marcou pela última vez na jornada 16 com 2 golos ao Marítimo (há 4 jogos que não factura) e Lima marcou pela última vez na jornada 14 e 17 ambos de penalty. Há 3 jogos que não marca, e de bola corrida não marca desde Olhão na jornada 13, há 8 jornadas!
É pois com alguma estupefacção que tenho lido artigos de opinião na blogosfera sobre as qualidades “goleadoras” de Lima e Rodrigo, ou sobre o que é que vamos fazer com Cardozo, agora que temos esta dupla “goleadora”. Para além de outras explicações “surrealistas” tais como associar o desempenho de Lima e Rodrigo à boa qualidade defensiva deste Benfica.
Em resumo: as coisas estão a repetir-se, tal como na pré-temporada, os golos não entram porque os nossos avançados não estão a marcar. Temos 38 golos marcados e a este ritmo nem conseguimos ultrapassar os golos do Benfica de Quique Flores: 54! Nas anteriores 4 épocas de Jesus marcamos 77, 66, 61 e 78 no ano do último título.
Este problema tem de ser resolvido e com brevidade, se quisermos ser campeões com mérito redobrado. Sermos campeões porque os outros fizeram pior, como no ano de Trapp, é algo que devemos evitar...

Há quanto tempo aqui defendemos isto?

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

... Há muitos anos que defendo isto aqui no blog! Chamavam-me louco por acreditar que tinha algo a ver...

Na verdade a única coisa que aparentava faltar era o Sporting "largar as saias" do Sistema onde estavam desde que os patrões do futebol tinham conseguido correr com o Dias da Cunha de lá.

O Joaquim Oliveira já só tem 27% da Olivedesportos e nem tem lugar no Conselho de Administração - ele e o filho serão não executivos, pelo que vai agora virar-se para o focus na Sportinvest (Sporttv e exploração de direitos televisivos e multimédia), onde também aqui tem problemas dado que a Autoridade da Concorrência não está a autorizar a entrada de dinheiro fresco da PT, pois já perceberam que isso será impor um monopólio encapotado nos direitos televisivos em Portugal.

Há que manter esta "união separada" (unidos pela verdade, separados pela luta desportiva) contra os poderes instalados e os interesses de terceiros onde não podemos esquecer também outros nomes importantes que estão muito ligados ao Joaquim Oliveira (como Fernando Gomes, Jorge Mendes e... O Banco Espírito Santo).

Já tivemos vitórias importantes, mérito de Luis Filipe Vieira e Bruno de Carvalho, mas a luta ainda agora começou...

Ciganices... e humorices!

 ●  5 comentários  ● 

O Bad Boy que virou Animador de Campo!

Quaresma, não é apenas um bom jogador, com características técnicas ímpares! É também um grunho que desperdiçou o seu talento futebolístico em vez de seguir uma vida responsável e profissional! Mas apesar de tudo, de poder ser acusado de egoísta, excêntrico ou problemático,eis que decidiu ontem animar a plateia em Guimarães, pois o espectáculo estava fraco, o ambiente pesado e os rostos estavam fechados.

Ele, pensando sempre no bem estar dos outros, especialmente preocupado em animar o mister Fonseca, e em provocar gargalhadas, decidiu imitar durante períodos do jogo o andar do Hitler, com as suas belas chuteiras laranjas bem erguidas no ar, fez de conta de fazia chichi em pleno campo, metia-se com o árbitro a dizer que tinham mudado o jogo para outro campo, que tinham todos de ir andando, e até quis por diversas vezes iniciar um comboio com pessoal das duas equipas! Um fartote este Quaresma, que arrancou sorrisos a todos os presentes, especialmente ás crianças, pois bem sabemos que estas adoram sempre ver palhaços

Não quis por isso deixar de partilhar convosco estas pérolas, para alegrar o início da semana de trabalho, e já sabem, afinal, o Ricardo Quaresma é um gajo porreiro pá! 









Se estiverem tristes, pensem no Quaresma, e pensem assim: podemos levar este para o Brasil, para animar a malta enquanto os estádios não estão concluídos! É ver os trabalhadores a bater palmas a este tipo de talento! Não deixes escapar esta pérola Paulo Bento!!

Carrega Benfica, Sintam a Mística! 

A lei do fora de jogo: Para bom entendedor

Avatar
 ●  27 comentários  ● 
Aliás, foi com um golo destes que empataram na Luz. Pelos vistos queriam ter a mesma sorte duas vezes.


Na primeira volta foi assim

domingo, 2 de março de 2014

Oxalá desçam, Belenenses. E sim, torno a discordar de JJ.

Avatar
 ●  24 comentários  ● 


Antes do jogo: Assim como outros tantos milhares de benfiquistas, também eu fui ao Restelo ver o jogo. Eu ainda sou do tempo em que o Belém era um clube que reunia a simpatia de muitos. Hoje não passa de um clube mesquinho, hipócrita e que caminhará certamente para o mesmo destino de Salgueiros ou Boavista. E sinceramente, porcaria desta não faz cá falta nenhuma.

Parabéns à PSP e aos spotters pelo trabalho efectuado pela positiva. Mesmo com adeptos mais difíceis, assim as coisas são sempre mais simples.

Os adeptos benfiquistas, na sua maioria, foram encaminhados para a porta 9, que dá acesso a todo o topo norte do Restelo. Com uma fila gigantesca de milhares de adeptos, a direcção do Belenenses só permitiu a entrada dos adeptos às 16h, apenas uma hora antes do início da partida. 

E contra as recomendações da PSP, a direcção do Belenenses não reforçou as equipas de seguranças que controlavam as entradas. Estavam lá os mesmos que estão em jogos contra o Cascalheira ou outros clubes quase sem adeptos. Curioso também o regulamento do Restelo, que proíbe tudo e mais alguma coisa de entrar. Muito mais que o obrigatório pelo regulamento da LPFP. 

Uma nota pela positiva para o speaker do Restelo. Um espectáculo de stand-up comedy fantástico!

Uma nota negativa para todas as bestas que andaram a rebentar petardos pela ruas das redondezas. Espero que um dia um desses vos rebente nas mãos.

O jogo: o relvado encharcado e a relva alta previam um jogo difícil. Mas não vi o mesmo jogo que Jorge Jesus viu. 
Não vi uma equipa com excesso de confiança ou a jogar sem ser objectiva. 
Curioso que hoje não ouvimos a repetição da conversa de que a equipa tem uma 'ideia de jogo' e que é essa 'ideia de jogo' que é o grande trunfo para as vitórias.

Vi sim uma equipa demasiado presa à tal 'ideia de jogo' que em determinadas alturas é tão previsível que permite que uma equipa fraca como a do Belém possa ter montado um esquema que cortou grande parte dos espaços e creatividade ao meio campo do Benfica. 

Não se percebe também que perante a expulsão de um jogador do Belém, o Benfica comece a fazer contenção de bola em vez de procurar matar o jogo. Já vimos isto no passado e assim continua a ser. Defender demasiado cedo pode custar caro, muito caro. Pragmatismo sim mas em demasia não.

JJ não ultrapassa o mau hábito de agendar as substituições por antecipação em vez de fazê-las adaptadas à realidade do jogo. Nestes jogos isso pode ser fatal.

Mau jogo do Benfica, onde salvaram-se o fantástico golo de Gaitan e o resultado.

Precisaremos de produzir muito mais na próxima jornada para levar de vencido o Estoril.

Depois do jogo: O caso do jogo. O golo anulado ao Belém. Mal anulado e mal na resposta Jorge Jesus, na minha opinião.  
Lembro o golo do Saviola ao FC Porto em 2009 na Luz. Parece-me um caso idêntico.

Quanto à resposta de que fomos prejudicados na primeira volta, é um facto que fomos, mas quando por exemplo os lagartos voltarem a usar a 'lei da compensação' para justificar seja o que for, o Benfica não pode dizer nada porque foram iguais.

Lá está um tema em que o treinador do Benfica, seja quem for, não comentaria e deixaria qualquer posição do clube para um director para o futebol. Como não temos director nem ninguém que venha dar a cara pelo futebol, dando o 'corpo às balas', sujeitamo-nos a que isto aconteça.

Também num clube em que o treinador soubesse o seu lugar na estrutura, que é apenas treinar futebol, e estando no exercício das suas funções, não poderia vir dizer que um clube como o Belenenses merece ficar na primeira divisão, no mesmo dia em que esse mesmo clube impediu adeptos do clube que lhe paga o vencimento de entrarem na bancada poente do Restelo com cachecóis do Benfica. Um clube que faz parte do séquito de Pinto da Costa na tentativa de destruição da LPFP.

A não ser que...seja mais um clube amigo. Tipo Braga.

Notas finais: se a PSP de Lisboa me merece uma nota pela positiva, a PSP do Porto continua a pautar o seu comportamento pelo que de pior há na Venezuela. O reporter de imagem da TVI24 tem de sair a correr 'aconselhado' pela PSP.
4 ou 5 spotters fazem frente a dezenas de super-dragays a quem foi permitido estar quase dentro das instalações do FCP e bater no autocarro. Podiam até incendiá-lo. Pouco me importa. A questão está no servilismo demonstrado pelos agentes.

E sobre o caso Miguel Rosa? O que dizemos benfiquistas?

O melhor em campo... Jorge Jesus!

 ●  22 comentários  ● 
AS COISAS SÃO COMO SÃO! AH POIZÉ!


Num jogo que antes de começar já me tinha deixado enervado ( ver aqui a razão da minha indignação - Junta-te aos maus... e serás como eles! ), Vi que não conseguimos encher o campo com a magia que pretendia para hoje! Iria, por razões óbvias, eleger Nico Gaitán como o melhor em campo, mas após ver as declarações do mister, eh pa... tenho de dar o braço a torcer... Leva Jesus o troféu de MVP! 

Esteve muito bem na análise do jogo, e melhor ainda a responder sobre o "tal fora de jogo" que influenciou o resultado, ferindo de morte a verdade desta partida. Assim falou Jajuz:

"Foi uma vitória difícil, mas justa. O Belenenses é uma equipa que nos criou grandes problemas em termos ofensivos, tentou sair em contra golpe e nem sempre conseguiu, mas defendeu bem e numa bola parada podia criar perigo.
Depois do golo do Gaitán estivemos a entrar um bocadinho em excesso de confiança, passámos a jogar um bocadinho sem ser objetiva e isso pode custar-nos caro. Mas foi uma vitória difícil e justa.

Se estamos mais perto do título do campeões? Faltam nove jogos e há muito para disputar. Contra estas equipas, e é normal, os adversários têm um comportamento mais emocional. Faz parte. Gostava que o Belenenses ficasse na primeira divisão (compreendo aqui a tua ligação emocional mister, mas para mim, esta foi a única nota desafinada do teu discurso, estes fulanos não merecem nada a não ser a 2a liga...).
Se o Gaitán está melhor jogador hoje? O Gaitán é muito melhor jogador hoje do ponto de vista técnico e tático, neste jogo por exemplo fez um movimento de lateral esquerdo que quando chegou não faria. Pensei que estivesse mais fatigado por ter jogado na quinta-feira mas a verdade é que houve outros jogadores que não jogaram na quinta-feira e não tiveram a intensidade dele.

Se tenho opinião sobre o golo anulado ao Belenenses? De onde eu estou não tenho noção, sei que é uma bola batida, não sei se bate em alguém. Na Luz também empatámos com uma bola com um golo do Belenenses em fora de jogo. As coisas são como são. Da minha posição não consigo perceber, pode ter havido um ressalto que muda tudo, não consegui ver."


Mais nada, AS COISAS SÃO COMO SÃO!! Com ferro matas, com ferro morres! (ahhh,... já me esquecia. Não queria aqui deixar de referir o belo tufo de relva por cortar, para a bola não rolar, e já agora, mais um golo do Benfica para dar a volta ao mundo! Obrigado Gaitán!) 

Para ti Belém, com amor! Chucha neste!

Já sabem, Sintam a Mística, Carrega Benfica!

O meu palpite para hoje:

Avatar
 ●  8 comentários  ● 


Os dados das contas da SAD

Avatar
 ●  14 comentários  ● 
Olhando ao relatório e contas do primeiro semestre desta época há alguns dados muito relevantes:

- O passivo não pára de aumentar e já vai em 450M€
- O activo continua a cair para 410M€ aumentando assim o "fosso" negativo entre activo e passivo
- Os custos com a massa salarial do futebol profissional continuam a aumentar também
- Uma quebra apenas aparente de mais de 50% em receitas de quotização (de 4.2M para 1.9M). Isto deve-se ao facto de que a SAD passou a ficar só com 25% desta receita ao invés dos anteriores 75%. Ainda assim haverá pequena quebra de receitas... Apesar do aumento de números e sócios. Ou seja, os novos sócios não estão a compensar os que deixam de pagar, em grande parte devido ao estrangulamento económico.
- Um quebra de 50% do valor das receitas de bilheteira (de 3.8M para 1.9M). Isto sim imensamente preocupante.

Depois há a cosmética interna como em todas as empresas:
- A BenficaTV custou à SAD 5M, que representam o valor de compra do activo ao clube, mas só em receitas este activo valeu 11M no primeiro semestre - expectavelmenfe valerá 20 a 25M€ no ano.
- A ZON e a PT pagam-nos (juntos) cerca de 4.5M pelos direitos de transmissão da BenficaTV
- Não identifiquei os custos isolados da BenficaTV (pessoal, meios, etc)

E os negócios:
- O Kardec está a fazer uma grande temporada no Brasil, onde até se fala em idas à selecção depois do Mundial. Há um princípio de acordo com o Palmeiras para 4M, dos quais o Benfica só receberá 2M dado que os demais 50% irão para o fundo do Benfica que avaliara o jogador em 6M (pagaram 3M por 50%). Será bom negócio para todos vender por 4M apenas a totalidade do passe?
- O Benfica é detentor dos direitos federativos (desportivos) do Roberto até 1 de Julho de 2014, apesar de ter vendido os direitos economicos por 6M€ ao Atlético de Madrid (perdemos 2,6M€ + salários, num ano com este jogador).
- Houve uma renegociação do contrato da Adidas, mas aparentemente sem impacto nos valores recebidos, mas sim nas comissões da loja. Não é indicado se o contrato foi renovado.
- Já não é de hoje, mas o Benfica só tem 45% do Nelson Oliveira, sendo os restantes 25% do fundo do Benfica e outros 30% "de alguém". Tal como há vários jogadores detidos em pequenas partes por "outras sociedades"

Eu não sou nem quero fazer-me entendido no tema. Quem quiser esclarecer, é benvinda a ajuda

Vamos dar um empurrão ao Belenenses...para baixo! Rumo à segunda!

 ●  3 comentários  ● 
É hoje!

Vamos ao vivo puxar pelo Glorioso! No deslumbrante palco cénico do Restelo, local idealizado pelo Estado Novo. A um clube que deveria ser nosso aliado e irmão....mas cuja história, desde a sua contituição até hoje, anda alinhada com os poderes fácticos que se opõem à verdade desportiva....


Por isso eu quero que o BENFICA ganhe hoje. Quero lá saber da chuva, do vento ou do frio. Ou até mesmo da aldrabice do Belenense me cobrar um bilhete como se fora de central e nos colocar no topo....eu quero é ganhar hoje e contribuir para que o Belém vá para a segunda!

A lei do fora de jogo: para bom entendedor

Avatar
 ●  3 comentários  ● 

Junta-te aos maus... e serás como eles!

 ●  3 comentários  ● 

O PORQUÊ DO BELENENSES NÃO SER UM GRANDE!


Foi com uma atitude vergonhosa, mesquinha e que visa violar toda e qualquer regra de fair play que a Direcção de "Os Belenenses" decidiu emitir um comunicado no seu site oficial onde proíbe qualquer adereço afecto ao S.L.Benfica na Bancada Poente do seu estádio. O clube informou assim os seus sócios, que serão barrados à entrada do Estádio do Restelo caso queiram portar “cachecóis ou outro tipo de adereços alusivos à equipa adversária”.


Depois da polémica originada pelo comunicado da direcção do Belenenses, os responsáveis dos azuis, esclareceram que "apenas pretendem apelar ao bom senso, desta forma evitando possíveis conflitos entre adeptos num sector do estádio que está destinado aos sócios do clube da casa". VERGONHOSO!! Só quando temos animais em casa que não se sabem comportar num ambiente que até pelo horário convida a presença de famílias, e não apenas de adeptos, podemos agir assim, de modo limitado e lamentável! Separem as claques, sim, mas na bancada de sócios, onde teoricamente existem pessoas pagantes, responsáveis, plenas da consciência civil e do que é viver em sociedade, não pode haver este tratamento. 

Não pretendo confundir adeptos ou o clube com a direcção que tomou esta decisão, mas nesse barco colocarei todos aqueles que pactuarem com esta atitude, seja aplaudindo, assinando por baixo, ou virando a cara para o lado, com o silêncio cobarde ou indiferente de quem nada vale. 

São atitudes destas que nada dignificam a modalidade. Num horário familiar, torno a repetir, convidativo após um passeio de domingo, pergunto eu se a ideia é de transmitir um ambiente de guerra, violência ou racismo/facciosismo. Uma família, cujo Pai e Mãe sejam do Belenenses, e um dos seus filhos Benfiquista, o pequeno tem de estar calado todo o jogo, sentado como que acorrentado e com o pai a temer ser agredido a qualquer instante pelos restantes sócios? Se porventura são "medidas encomendadas" por terceiros, para começar a aquecer as coisas em campos onde se pretendem ganhar vantagens, visto que não dependem só deles, então, desejo a mesma sorte que este ano bafeja o Passos de Ferreira, que vendeu a alma na última temporada, pensando que iria ter benefícios e passadeiras estendidas pelo campeonato fora! Que se encontrem ambos na 2ª divisão na próxima época e por lá se mantenham até limparem os quadros directivos  e os substituírem por pessoas sérias, conscienciosas e profissionais, que não se vendem ou enveredem por caminhos escuros, sombrios e degradantes. 

O belenenses demonstra assim que, de um clube que até se diz ser o quarto grande, de quarto apenas é assombrado e escuro de um castelo medieval que ainda tenta puxar dos galões em noites de trovoada. Antes de querer ser grande, há que o saber ser. E não é com climas de terror, limitando a liberdade de expressão que tanta dor gerou até ser obtida, ostracizando pessoas e não as fazendo sentir bem vindas, que alguém demonstra o tal bom senso apregoado pela "iluminada" direcção azul. 

Espero uma acção veemente da nossa direcção. Sou um daqueles que não tenho vergonha ou problemas em admitir que não acredito ou me revejo num presidente como LFVieira, que continua a promover muitas vezes os seus interesses pessoais à frente dos do clube, mas agora tem aqui uma grande oportunidade de me mostrar que defende os interesses do S.L.Benfica perante qualquer outros! Que defende os seus sócios, adeptos e simpatizantes! Que defende um clube cuja história valoriza o futebol Nacional e Mundial! Que defende a verdade desportiva, social e sobretudo, sobretudo, O PODER DE TER A LIBERDADE DE NOS PODERMOS EXIBIR BENFIQUISTAS ONDE QUER QUE ESTEJAMOS!

Seja pintando o Restelo de encarnado, seja deixando as suas bancadas vazias e entregues aos seus 634 adeptos azuis, amanha a resposta será dada por nós! Mas sobretudo, com os três pontos que serão encaminhados para o estádio da luz, arrancados em pleno relvado azul, vos iremos mostrar o que ser grande significa! 

ET PLURIBUS UNUM ! O resto já sabem... SINTAM A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!!

Jesus está diferente... Para melhor

Avatar
 ●  1 comentário  ● 
Muito melhor o registo de JJ na conferência de imprensa hoje na antevisão do jogo de amanhã com os fascistas do Restelo.

Gostei muito de o ouvir em toda a linha da conferência de imprensa.

Congrats Mr Jesus

ranking