O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 2 de outubro de 2010

A morte da Justica Portuguesa. Novas escutas do Apito Dourado.

 ●  16 comentários  ● 
Foram colocadas no Youtube novas escutas do Apito Dourado por um utilizador do Zimbabwe.
Nao sei como e que gente destes paises africanos arranja estes videos e os coloca no Youtube enquanto que num Pais "desenvolvido" como o nosso isto e tudo abafado...

Aqui esta o canal do juizmarado: http://www.youtube.com/user/juizmarado .

E aqui estao os videos das vergonhas que se passaram em 2004 (curiosamente o ano em que o Mourinho foi campeao). De salientar que apesar de as escutas serem chamadas "Pinto da Costa" o bufoso nao fala em todas.
Curiosamente algumas incluem o "amigo" do nosso Presidente, o Joaquim Oliveira. E andamos a negociar as transmissoes televisivas com escumalha destas????
E depois de ouvir a escuta que envolve os dois personagens mais sinistros do nosso futebol so posso chamar isto aos ingenuos que pensam que o futebol portugues se ganha dentro do campo: BURROS.

E para quem pensa que nao ha teias sinistras entre a politica e o futebol oucam essa escuta. Vejam as teias entre os Corruptos e o PS.













E so me resta dizer que fico parvo por ver o LFV a apoiar a candidatura do Fernando Gomes a Liga. Alem disso ja me foi confirmado que a "zanga" entre Fernando Gomes e PdC foi realmente uma invencao.

Posto isto, so me resta dizer que o futebol portugues joga-se nos gabinetes, quartos de hoteis e restaurantes. O Benfica tem que arranjar quem jogue nesses terrenos. E tem que dominar a FPF para nao deixar a podridao tomar conta de tudo.

Jorge Flores ou Quique Jesus?

 ●  7 comentários  ● 
Vamos começar pela parte do Quique Flores. O treinador escolhido pelo Rui Costa quando o Vieira precisava de se esconder atrás do "maestro", tendo saído muitíssimo mal amado do Estádio da Luz no final da época de 2008/09 que deixou o SLBenfica a 11 pontos do FCPorto.

Um treinador muito elogiado pelo GB, que bem me recordo, mas que também o fundador deste blog não foi capaz de resistir à crítica ao espanhol no final da temporada. Antes disso tinhamos ouvido falar na periodicidade táctica treinada por Quique Flores e preconizada por Paco
Ayastaran. Tinhamos também ouvido falar no trabalho físico feito durante uma época inteira em David Luiz, DiMaria, Aimar e Cardozo e que os frutos apareceram na época seguinte.

Quique Flores saiu, depois de uma temporada onde os esteios da equipa eram jogadores dispensados na época seguinte (Yebda, Katsouranis, Reyes, Suazo, Makukula, etc.). Teve Quique um DiMaria já fortalecido fisicamente (ou foi Jesus que fez tudo sozinho na pré-temporada em tempo record?)? Teve Quique um Javi Garcia guerreiro? Teve Quique um Ramires todo-o-terreno?

Para muitos foi um alívio, talvez até para o Quique Flores que no final o GB tanto criticava, mas que antes afirmava que as suas falhas se devidam ao habitual abandono do treinador por parte da estrutura do Benfica que nunca o enquadrou nem protegeu do cenário avençado da comunicação social, como o FCPorto fez por exemplo com Villas Boas este ano.

Saído então do Benfica, Quique Flores levou o Atlético de Madrid à conquista da Liga Europa na temporada seguinte, a sua primeira em Madrid, e logo a seguir "secou" o Inter de Benitez na Supertaça Europeia. Este ano, ao cabo de cinco jogos, apenas a derrota com o Barcelona o impede de estar no topo da tabela, estando em 5º a 3 pontos do primeiro. Grandes contratações? Nem vê-las, até porque o Atlético não pode e ainda deu para vender Jurado por 6,5M, Roberto por 8,5M e emprestar Salvio por 2M.

Mas o que tem o Quique a ver com o Benfica? Muito e por isso é que eu é que achei oportuno recordar o GB do treinador em tempos admirou e, como muitos, aceitou sucumbir à critica ao espanhol sem olhar ao que o condicionava, fazendo ele também parte do enriquecimento do cemitério de treinadores do Benfica, mais um que virou culpado das arbitragens que afastaram do título na Luz com o Nacional (mão inventada de Miguel Victor) e no Dragão com aquele penalty inventado... ele que voltou a por o Benfica no primeiro lugar da tabela tantos anos depois.

Este ano, sem o DiMaria que o Paco Ayastaran engrandeceu e de volta com a falta de mobilidade que o Cardozo talvez tenha desleixado depois do trabalho do espanhol, adivinhem lá quem começou a enfrentar enumeras dificuldades e a aproximar-se perigosamente de registos muito inferiores aos de Quique Flores? Sim... o tal treinador que fez milagres e pôs o Benfica a jogar dobros, quadruplos e outas multiplicações.

Onde quero chegar é às "peças jornalísticas" de análise e estatística que alguns jornais já vão fazendo, como que a começar a preparar a cama para Jorge Jesus. Os 9 pontos de atraso, não sendo irrecuperáveis, têm um grau de dificuldade muitíssimo elevado. Na Champions está visto que falta "estofo" e trabalho. Alguém vai ter que pagar a factura do que fora prometido aos sócios e já se está a ver em cima de quem está a cair.

Tal como se fez com Quique Flores (e antes com Fernando Santos), Jorge Jesus sucumbirá às análises estatísticas, à pressão dos sócios e ao "abandono" da Direcção se algo começar a tomar contornos de definitivo.

O desafio que os benfiquistas têm é o de exigir à direcção que não abandone Jorge Jesus como fez com Santos, com Quique e até com Rui Costa. Tal como esses, também Jorge Jesus não é o responsável por já não ter DiMaria e Ramires nem sequer substitutos para eles, ou por Cardozo ser displicente na sua preparação tal como foi com Ayastaran e lhe custou a titularidade na altura.

Não vou alinhar pela linha de pensamento do GB quando diz que estas "peças" são simpaticamente encomendadas pela Direcção para preparar caminho, mas resolvi escrever este texto a propósito de análises como esta do Record, do MaisFutebol ou estas três do DN (link1, link2, link3).

Estão a preparar o terreno para arrastar Jorge Jesus e Rui Costa na lama de possíveis fracassos esta temporada, o que será um grande erro.

Imagens como esta ainda vão rebentar nas mãos de Jesus este ano, se as coisas continuarem tão instáveis no campo.

Treinador de Bancada - Benfica vs. Braga

 ●  9 comentários  ● 
Deixem a vossa equipa para a recepção ao Braga.

A táctica é o 4x1x3x2, o que pressupõe que escolham um guarda-redes, dois laterais,dois centrais, um médio defensivo, três médios e dois avançados.

A votação estará aberta até ás 23h de hoje.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

As Falácias do GB - O Epílogo

 ●  13 comentários  ● 
A conversa vai interessante, contudo este espaço há muito que deixou de dar voz apenas ao GB, mas também não passou a dar apenas ao GB e... a RedMoon. Posto isto, entendo que não vale a pena passarmos agora a vida em interpelações. A discussão é interessante e é algo que acho muito produtivo para este espaço, contudo não se pode arrastar nem tornar-se estéril.

O RedMoon parece não querer entender que o GB não quer convencer ninguém de nada! O GB desde Maio de 2008 tem partilhado as suas opiniões e visões sobre o SLBenfica e o futebol português, sempre com o cuidado de não manifestar preocupações ou tomar posições respondendo "Sim... mas só não sei como!". Há muitos anos que o percebi, infelizmente, que o futebol (português) vai muito para além do romantismo e da paixão que nos une ao Sport Lisboa e Benfica e nos faz olhar para o Presidente, o Director, o Funcionário e o Jogador como alguém invejado... ao fim ao cabo trabalha no nosso Clube.

A vida permitiu-me conhecer dirigentes, treinadores, jogadores, olheiros... muita gente que, mais do que fazer parte do SLBenfica faz parte do edifício do futebol nacional. Foram muitas as vezes que ouvi dizer que o fulano A ou B iam "desaparecer" do futebol porque tinham o empresário errado ou porque tinham ousado desafiar quem não deviam.

Se para alguns só há o preto e o branco, a minha sugestão é que ou cresçam mais um bocadinho se forem muito novos e inexperientes, ou estejam mais atentos ao futebol e ao SLBenfica. É por isso que o RedMoon não consegue entender que eu não o vou nunca desmentir, vou limitar-me a discordar. Vou, sempre que se justifique, limitar-me a apresentar a minha opinião e a forma como eu faria as coisas se tivesse que decidir como tem que decidir o Presidente. E porque me refiro ao Presidente... porque o próprio se assume como o líder, o responsável e "mastermind" do actual SLBenfica, sendo assim tem que assumir também as partes menos boas, Presidente.

Voltando ao tema da formação, eu não posso tentar explicar ao RedMoon o tema da formação sem que se entenda o significado da palavra "formação", é ir ao dicionário e ler: Preparar, Fundar, Dar ensinamentos, enfim...

Se olhamos para a formação como mercadorias ou factores de exploração, demitindo o Clube da responsabilidade de FORMAR, ou seja, de explorar e potenciar as capacidades dos jogadores das suas equipas... nunca o conceito de formação vai ser entendido. Se para quem olha para a formação anda a procura de Ronaldinhos, Cristianos, Quaresmas, etc... desenganem-se! Esses não nascem debaixo das pedras, nem são esses as únicas vias para sustentar depois que se continuem a investir milhões em jogadores de qualidade duvidosa, escondidos depois pelos Cristianos Ronaldos.

A formação pressupõe um trabalho de elevada amplitude, que vai desde a formação de treinadores, de modelos de jogo, de metodologias de treino, de incorporação no futebol sénior, de um modelo de transição de etapas, enfim... não precisamos ir muito longe, vamos só até Barcelona para perceber porque forma tanto e tão bem não só para eles, como para muitos clubes em Espanha e no Mundo. E não me venham com as tretas de serem grandes... Ninguém inventa a roda na formação de atletas, seja em que modalidade for.

Posto isto, se é fácil esconder os muitos milhões GASTOS (não investidos) em camiões de jogadores brasileiros e outros que tais, mas se é capaz de saltar a terreiro para defender que os jovens da formação não tem qualidade para merecer investimento, treino, acompanhamento e inserção no modelo de formação sustentado... nesse caso palavras para quê?

Eu se não percebesse pêvas de formação, como leio em alguns comentários e textos escritos a este propósito, escolhia nem que fosse ir pela análise financeira... e essa é irrefutável, aquilo para que serviram esses flops todos (a grande maioria identificada ainda antes de chegarem) teriam sido "supridos" como jogadores da formação.

Assim sendo, encerro aqui o tema da formação, pois não se trata de um "guerra" de nomes, do "diz lá quem é bom", quando 90% dos benfiquistas nunca viram um jogo dos juniores e falam deles pelo que lêem na internet. A formação é um tema bem mais complexo e, quando bem aproveitado, acaba com muito do que faz o futebol ser interessante para alguns "lordes" e talvez quando os reguladores do futebol obrigarem a apostar na formação, talvez nesse dia se acabem com muitas coisas que todos desejem, todos falam... mas lá vão dizendo que não sabem como se resolve.

O GB fala de formação, não fala da formação do Vieira, do Manuel ou do Francisco. O GB lamenta a falta de visão do Vieira porque é o que lá está... se fosse o Manuel seria o Manuel. O que distingue o GB neste assunto é que o GB fala do SLBenfica, sem ter a preocupação de compreender ou defender seja quem for. Se todos optassem por esse caminho, talvez alguns dirigentes de hoje e do passado não tivessem feito tanto mal ao Benfica... Mas se todos gostassemos do amarelo, o que seria das outras cores, não é?

E fecho aqui o tema da formação recomendando, especialmente ao RedMoon que leia de novo o meu texto com calma, pois o seu "update" baralhou tudo o que escrevi ao ponto de me fazer pensar se terei escrito numa lingua estrangeira. A vontade de defender pessoas ao invés de conceitos cegou a análise.

Se o que estivesse em causa fosse defender ou acusar o Presidente, até eu concordaria com o texto. Mas será que não compreendes que não é isso que está em causa? Não andamos à procura de culpados, mas sim que se escolham as melhores soluções para o SLBenfica.

Quanto ao saber comprar e vender... O que dizer? Queremos elogiar ou criticar o Presidente Vieira ou queremos perceber se as coisas estão a ser bem feitas e se poderiam ser feitas de forma melhor? Queremos falar do elogio que merecem vendas como... o Ricardo Rocha?

Sobre esta questão dos jogadores vendidos, o que posso dizer mais? Andamos a discutir se a venda é feita ou não pela clausula? Mas que porra é essa? O que está em causa não é a palavra "clausula", mas sim o retorno efectivo que o Clube tem com a venda dos jogadores e se realmente têm que ser vendidos.

Nunca me verás escrever uma lista de coisas com as quais discordo ou acho que estão mal, mas sobre as quais não escrevo simplesmente porque não sei a solução. Se acho que está mal, à partida tenho que perceber a solução e não escolher enfiar a cabeça na areia e tentar destacar as coisas que acho bem, passando ideias "distorcidas", como a de que o DiMaria foi vendido entre 30 e 36M... não! Foi vendido por 25M€ (que não entraram todos no SLBenfica) mais outros retornos não garantidos (FACTO) e que poderão elevar o retorno.

Em resumo, o que escrevo não tem como objectivo DESMENTIR ou CONVENCER ninguém. Na minha opinião indico o caminho e as soluções que entendo serem melhores para o SLBenfica. Se tivesse uma visão limitada ao "Bom ou Mau"; "Singrou ou Não Singrou"; "Bem Vendido ou Mal Vendido", etc. obviamente que poderia dizer-te que tens razão no teu ponto de vista.

Mas (in)felizmente conheço um pouco mais do que isso, a vida deu-me um bocadinho mais conhecimento sobre certos enquadramentos que depois CONCLUEM nos tais "Bom ou Mau"; "Singrou ou Não Singrou"; "Bem Vendido ou Mal Vendido", etc.

Lamento a todos os que gostam de discutir o resultado final se a minha preocupação é muito mais profunda. Lamento também se toco em muitos assuntos cuja defesa é "os outros também fazem" ou "disso não sei como se resolve" e que com isso se tente legitimar outras posições.

Mas novamente, eu não quero CONVENCER ou DESMENTIR ninguém e guardo para mim a certeza que enquanto houver muita gente (cada vez menos) a pensar como algumas questões que o RedMoon refere nos seus dois textos, só me resta uma frase: "Temos o SLBenfica que merecemos... eternamente menor do que poderia ser".

O GB, o anti-romântico!

 ●  3 comentários  ● 
Obviamente que o RedMonn terá a devida (e desejada, eu sei) resposta. É interessante ver como os meus factos para ele nada provam, mas as suas subjecções para são... factos! Já lá vamos. Por agora, que os benfiquistas (e os outros pobres coitados), leiam o texto RedMoon e o comentem. Volto a dizer que gosto de ler e lamento que o negócio tenha tomado o lugar deste romantismo, porém não deixo de ter que admitir que ao pensarem assim... têm o SLBenfica que merecem.

Ler: Falácias que nem por muitas vezes repetidas, passarão a ser verdade (UPDATE)

Falácias que nem por muitas vezes repetidas, passarão a ser verdade (UPDATE)

Avatar
 ●  14 comentários  ● 
Primeiro ponto prévio: este post ‘e o seguimento de uma troca de pontos de vista entre mim e o GB. Para entender o contexto do que aqui escrevo, seria importante comecar por ler dois posts anteriores:

Falácias que nem por muitas vezes repetidas, passarão a ser verdade by Redmoon

Quando a Verdade vira Falácia
(by GB)

Segundo ponto prévio, porque é essa mensagem que parece que o GB quer passar e é totalmente errada e descabida: O Redmoon não pensa como o Vale e Azevedo e não defende que se acabem com as escolas do clube. O Redmoon defende sim o crescimento sustentado das suas promessas, e aproveitamento daqueles jogadores que TENHAM de facto valor.

E o que continuas sem dizer GB (e por isso não desmentiste RIGOROSAMENTE nada do que eu disse) é quem são os jogadores que VIEIRA (porque de facto é sempre ao Vieira que te referes) dispensou das escolas do clube e que contrariaram o veredicto feito provando mais tarde que tinham valor. Limitaste-te a análises TUAS de valor a jogadores jovens dos actuais quadros do clube que AINDA NÃO provaram nada. Mas foste incapaz de me dar o nome de UM craque dispensado das escolas do clube no tempo de Vieira que tenha singrado ao mais alto nivel.

Vires falar de jovens promessas das escolas que vingaram em outras épocas é fácil GB… Mas mesmo assim não foram muitos… Tiveste de ir buscar Nunos Afonsos, Abeis Silvas e Paulos Santos para que parecessem muitos!! Até o Abel Xavier do Estrela da Amadora foste buscar … e logo esse, o jogador mais assobiado na Luz nos últimos 30 anos!

Que é que Paulos Madeiras, Ruis Costas ou Paulos Sousas de há vinte anos têm a ver com esta conversa? Porventura queres passar a ideia de que o Redmoon defende que o Paulo Sousa e o Humberto Coelho nunca deveriam ter jogado no Benfica? Se queremos ser sérios nas análises, limitemo-nos ao tempo de análise. As falácias que indiquei foram criadas por ti em torno do VIEIRA, se queres provar que as falácias são verdadeiras, falemos do tempo do Vieira, não do tempo do João Santos. Não basta dares-me uma lição sobre a história do Benfica, porque eu também a conheço.

O Miguel Vítor poderá ser de facto o caso de um jogador com valor para jogar no Benfica… Mas esse saiu porque precisa de jogos nas pernas. Na idade dele NÃO PODE passar a terceira época seguida a jogar 100 minutos por ano. Acredito que regresse brevemente ao clube, num percurso que considero acertado.

Mas se vais buscar Nunos Afonsos (LOL) para lembrar apostas de sucesso da formação, então GB, eu também sou capaz de lançar um slogan que diz assim:
Vieira aposta forte na formação.
E com isso desmentir-se-ia mais uma falácia tua. E com engenho até seria capaz de sustentar o que digo. É que desde que ele lá está, fizeram parte dos SEUS plantéis enquanto presidente, jogadores como Hugo Pereira, Tiago Gomes, Amoreirinha, Manuel Fernandes, Bruno Aguiar, João Pereira, João Vilela, Rui Nereu, Bruno Costa, Hélio Roque, Romeu Ribeiro, Manuel Fernandes e Roderick. Dito assim também parecem muitos não parecem? Quase não jogaram? É verdade mas, o Paulo Santos jogou? O Nuno Afonso?? O Abel Silva? E se não jogaram mais foi por culpa do Vieira? E o Bruno Aguiar que acabou por ser mais ou menos uma aposta regular com Camacho? E o Amoreirinha, o Tiago Gomes, o Romeu Ribeiro a quem foram dadas algumas oportunidades? Algum deles triunfou? No Benfica ou noutro clube qualquer? Como ves GB, verifica-se que o que digo tem muito de verdade: não foi por falta de oportunidade que não triunfaram. Não triunfaram porque não tinham valor, por isso não triunfaram em lado nenhum. E não foi, como dizes, por crescerem nos seniores DO BENFICA e não terem sido emprestados a outros clubes que a sua sina se alterou.

Mas pela tua teoria de que deviam estar todos na Luz a crescer e que o Jorge Jesus devia ter 45 jogadores no plantel para treinar todos os dias, com o argumento de que é melhor treinar com o Aimar no Benfica do que com o Manuel José no Paços de Ferreira, e quereres passar a ideia que SABES que assim é que os caloiros se fazem craques, então GB, de facto os factos mostram mais uma vez que não tens razão nenhuma. Estes jogadores que acabei de referir e que passaram épocas a “crescer” nos seniores do Benfica, cresceram tanto a treinar com os Zahovics e com os Simões Sabrosas do Benfica, que todos sabemos os craques em que se tornaram. Até o Toy, o Pepa, o Rui Baião e o Mawete Junior cresceram tanto que tiveram carreiras brilhantes no Varzim e no Olhanense! Eu por exemplo, ainda me lembro do Rui Nereu todo mijado a jogar na Luz um jogo europeu com os Ais e Uis que vinham da bancada. Também te deves lembrar certamente. Onde é que anda o moço agora?

Outra, foi porventura o Luís Filipe Vieira que dispensou o Ruben Amorim? É mais um exemplo descabido GB.

Resumindo e baralhando: não desmentiste nem provaste nada em relação à primeira falácia. A falácia continua a ser falácia, agora ainda mais sustentada, é a minha opinião.


E a segunda falácia, pior ainda. Onde andam os negócios ruinosos de Filipe Vieira? As vendas ao desbarato? As saídas em catadupa? Não provaste nada GB. Limitaste-te a lembrar incompatibilidade do Benfica com dois jogadores (que por acaso até eram (pelo que julgo saber) incompatibilidades dos jogadores com o José Veiga), para defenderes o que não sustentas com factos.

Continuam a ser SEIS vendas importantes de Vieira em 6 anos como disse, a maioria delas porque tiveram mesmo de ser. Não desementiste rigorosamente nada, limitaste-te a tentar justificar o que foi feito.

Até fizeste mais: criaste a terceira falácia: Disseste tu que “O Filipe Vieria NUNCA VENDEU BEM um jogador de qualidade acima da média.”
Pergunto: O Ricardo Rocha alguma vez voltou a valer os 5 milhões por que foi vendido desde que saiu do Benfica? O Simão alguma vez voltou a valer 20 ou 25? O Manuel Fernandes alguma vez voltou a valer 18? A não ser que me querias dizer que vender bem é vender por 40 aquilo que só vale 20. Se for esse o caso, dou-te razão, o Vieira nunca vendeu bem.

Outra inconsistência GB, então só no tempo do Vieira é que houve incompatibilização com jogadores das escolas do clube (Manuel Fernandes)? É que eu pensava que já antes, rigorosamente TODOS aqueles jogadores juniores em quem o Benfica apostou forte para o futebol profissional nos últimos anos nos deram um chute à primeira oportunidade. O Jorge Ribeiro, Maniche, Edgar, Hugo Leal? Esses também foram culpa do Vieira?

Houve contratações erradas? Evidentemente, como em todos os clubes do mundo, e sem dinheiro é sempre maior o risco de se errar. Que elas custam dinheiro? Claro que sim. Mas agora que parece que todos querem trazer para o blog do Benfica o exemplo do FC Porto como a gestão sem erros, pois nesse caso, o que chamas tu às contratações de Areias, Leandro, Argel, Carlos Alberto, Leo Lima, Leandro Bonfim, Sonkaia, Ezequias, Lucas Mareque, Edgar, Diego, Sokota, Bruno Moraes, Rossato, Pitbull, Alan, Kaz, Ibarra, Adriano, Valeri, Bolatti, Panduru, Pedro Henriques, Kenedy, Sousa (tão bons que eram para o Benfica que foram para o Porto para ser craques e nem tocaram na chicha), Mariano, e tantos outros que nem me vou dar ao trabalho de ir à internet para apontar?

Simão foi mal vendido? Mas ele não queria sair e não passou na luz 6(!!) anos?! Não merecia que se lhe fizesse a vontade? Então promete-se ao jogador que se deixa sair e depois dá-se o dito por não dito? E o Quaresma do Porto foi bem vendido? E o Quaresma, o Meireles e o Bruno Alves nunca disseram em público que queriam sair do Porto? E o Argel não partiu os computadores no gabinete do Pinto da Costa? No Porto NUNCA há casos?

E mais poderia dizer GB. Não me vou alongar muito sobre as tuas avaliações ao Aimar, ao Coentrão, que um devia ganhar mais que o outro, que o Di Maria foi mal vendido, etc, não porque não sejam válidas mas porque isso já é entrar no campo das opiniões. Para mim, reafirmo o que antes escrevi: Di Maria saiu porque tinha mesmo de sair.

Tu por exemplo achas que o Di Maria foi mal vendido por verba entre 30 e 36 milhões mais um jogo com o real Madrid no estádio da Luz, mas já achas que por 25 milhões o Cardozo deveria ter sido vendido, mesmo por valores abaixo da cláusula. E se queres que te diga, até concordo contigo mas, então que raio de coerência é essa? O Di Maria não pode ser vendido abaixo da cláusula e o Cardozo já pode? É a tua opinião, mas pelo que vou lendo, muitos Benfiquistas consideram o Cardozo mais fundamental do que o DI Maria. Mais uma vez, subjectivo.

Ainda sobre o Di Maria, criticas a sua venda mas, se o Di Maria tivesse ficado e fizesse três ou quatro maus jogos já estavas a dizer que devia ter saído porque ficou contrariado. Pelo que me parece, já é o que começas a sugerir em relação a David Luiz, e até, imagine-se, a Jorge Jesus! Não tarda nada vais estar a dizer que devíamos ter corrido com todos.

Em suma GB, não penses que para mim está tudo certo no Benfica. Por exemplo, acho ridículo que se invista 5 milhões num jogador como Rodrigo para emprestar, não porque Rodrigo não se possa vir a tornar num bom investimento, mas porque se havia 5 milhões para gastar, teriam sido bem melhor empregues no plantel de hoje que obviamente revela algumas carências.

A época foi mal planeada? Admito que sim, houve erros claros. Jorge Jesus esperava outros reforços? Parece-me evidente. Há negociatas no Benfica mal explicadas? Subscrevo inteiramente. Fico frustrado de cada vez que o Pintinho lá de cima é mais esperto do que o Vieira e nos passa a perna? Claro que fico. A política de comunicação do Benfica é horrível? Acho que sim e já escrevi sobre isso. O Sistema tem de ser derrotado? Evidentemente, só não sei como.

Mas caramba… Será que no Benfica tudo é mau? Será que cada vez que escrevemos sobre o nosso clube tem que ser para cascar no Vieira ou para falar sobre sistemas? É só isso o Benfica? Não há nada de positivo para falar?

Comentaste num post que escrevi de apoio a Roberto (que começa a dar-me razão), palavras tuas: “O futebol de Romântico tem ZERO, meu caro.” Pois para mim, continua a ter tudo.

Mais do que qualquer outro aspecto GB, é isso que realmente nos separa.


P.S. Não tinha de facto a menor intenção de escrever um post a ti dirigido mas, parece-me que foi isso o que fizeste em relação a mim, pelo que me senti no direito de retribuir a “gentileza”.

P.S.2 Parece-me errado acusares-me de andar aqui a MENTIR aos benfiquistas sobre o negocio Simao Sabrosa, quando o que eu escrevi foi “Vermelhusco, segundo julgo saber(posso estar enganado), os dois jogadores que viriam do ATletico teriam de valer 5 milhoes.Em vez dos dois jogadores vieram 25% do passe de reyes e o seu emprestimo. Julgo que foi assim que ficou o negocio.”, logo admiti poder estar enganado. Se sabes mais, esclareces e ponto final. Do Salvio nem sequer falei. E ainda nao li aqui ninguem a chamar-te mentiroso por andares a anunciar o ordenado de Jorge Jesus em 20000 euros apenas porque leste no Correio da Manha. Mas se for esse o caminho que queres seguir ou se as coisas que eu escrever comecarem a deixar-te nervoso, sabes bem o que tens de fazer. O blog ‘e TEU. O romantico, como me acusas, sou eu. Mas pelo que me parece andam aqui muitos romanticos como eu. Cumprimentos

Quando a Verdade vira Falácia (by GB)

 ●  17 comentários  ● 
[Ponto Prévio] - Qualquer referência menos simpática ao conteúdo do tópico do RedMoon preserva todo o respeito que o GB tem pelo individuo e benfiquista, pelo que qualquer associação a atitude provocatória ou desrespeitadora é pura ficção ou tentativa de encontrar coisas que não existem. O RedMoon merece todo o respeito como individuo e benfiquista.

Feito o ponto prévio, o tópico do RedMoon (Falácias que nem por muitas vezes repetidas, passarão a ser verdade) é para mim o conto da carochinha. Uma análise romântica, como é seu timbre, assente no endeusamento e decreto de competência, a pessoas individuais, esquecendo-se do Clube. Vamos ao que o RedMoon considera Falácias, então.

De acordo com o RedMoon, é falso que "O Benfica desaproveita as suas camadas jovens". Na minha perspectiva, nem os pensamentos mais românticos poderiam concluir tamanha falta de critério e assertividade na análise, assente num argumento "se sairam do Benfica e não vingaram... então não tinham qualidade para o Benfica".

Vamos a factos, a formação do SLBenfica tem três momentos: a) Até 1997; b) De 1997 a 2003; c) Depois de 2003. Estes momentos prendem-se, acima de tudo, com as infra-estruturas ao dispor do Clube para dar condições de treino e formação dos jovens e com a definição de metodologias de formação.

Bons ou menos bons, no Sport Lisboa e Benfica até ao início da década de 90 sempre foi "regra" ter vários jogadores formados no SLBenfica como soluções no plantel sénior. Basta recordar o plantel campeão de 94 para ver Rui Costa, Kenedy, Nuno Afonso, Abel Silva, Paulo Santos, Abel Xavier, Pedro Henriques, no plantel... Antes disso outros como Paulo Sousa, Rui Bento, Paulo Madeira e depois de todos estes outros como Maniche, Jorge Ribeiro, João Pereira, Manuel Fernandes, etc.

Em 1997 Vale e Azevedo concluiu o mesmo que o RedMoon: O povo não gosta dos putos, os putos não têm valor... acabe-se com a formação! Foram três anos de total deserto e dispensas de muitos jogadores, como foi o caso do Ruben Amorim, por exemplo, formado no SLBenfica e dispensado nesta fornada.

Mais tarde, no início do Sec. XXI apareceu o "Projecto António Carraça" para a formação do SLBenfica. Apostou-se na prospecção, nos observadores, no conhecimento impar do mercado nacional, contudo, as equipas andavam perdidas em campos espalhados por Lisboa até à abertura do Caixa Futebol Campus, cuja primeira geração a aparecer de lá é a de Miguel Victor, André Carvalhas, Ruben Lima e Romeu Ribeiro. (se os vires na rua não conheces, RedMoon, porque arrisco que nunca os viste jogar ao vivo)

Recuso-me explicar a quem possivelmente nunca viu um jogo de juniores, juvenis e iniciados do SLBenfica, os motivos pelos quais Ruben Lima é superior a César Peixoto a defesa esquerdo ou porque Miguel Victor é muito superior a Fábio Faria. Em tese, na "primeira fornada" o SLBenfica teria poupado 1.1M€ + salários.

A "fornada" seguinte do Caixa Futebol Campus trouxe a profissionalização de Miguel Rosa, David Simão, Nélson Oliveira, Yartey, João Pereira e Leandro Pimenta. Mais uma vez vou recusar-me a explicar a quem nem conhece a cara destes jogadores em campo, porque motivo Miguel Rosa e David Simão são superiores a Filipe Menezes, porque motivo Nélson Oliveira é muito superior a Weldon ou Mantorras, e sai mais 1.1M€ + salários poupados.

Já este ano Roderick Miranda, Lassana Camará, Mário Rui e Rafael Costa sairam também do Caixa Futebol Campus, um perdido na sombra de jogadores pouco profissionais e outros a rodar num clube da segunda liga.

Apresentados que estão os nomes e apontados pelo menos quatro jogadores em dois anos com todas as condições para serem integrados no plantel do SLBenfica e poupados mais de 2M€ aos cofres do Clube, importa agora apontar a questões técnicas e à perfeitamente descabida ideia "se não singraram noutros clubes... não servem para o SLBenfica".

Parece-me fácil de explicar que a aposta na formação só faz sentido analisar quando o Clube se estruturou para esse efeito, ou seja, pós 2004 e nesse enquadramento já dei pelo menos quatro nomes e 2M€ de motivos financeiros. Contudo, podemos ir mais longe na análise perguntando se quem se considera tão conhecedor da gestão e da metodologia de formação tem explicação para o facto de ser melhor um jogador evoluir na formação do SLBenfica ou de qualquer outro Clube?

Ou seja, se treinar e evoluir diariamente no Paços de Ferreira ao lado do Manuel José, Filipe Anunciação ou Bruno di Paula será realmente o mesmo do que treinar diariamente ao lado de Pablo Aimar, Carlos Martins ou Javi Garcia? Será que se aprende o mesmo? Será que se evolui o mesmo? Será que integrar o plantel do SLBenfica permite a mesma evolução que estar no Braga ou no Setúbal? Acho que a resposta é demasiado óbvia para eu ter que expor ao ridículo quem "desenhou" esta tese sem sentido.

Para terminar este ponto, e porque o outro é demasiado fácil e rápido de resolver, levanto ainda a questão de "investimentos" que NUNCA deram qualquer tipo de mais valia desportiva ao SLBenfica, quanto mais financeira: Eder Luiz (3.4M), Shaffer (1,5M), Patric (2M), Makukula (4M), Balboa (4M), Zoro (2M), Adu (1,5M), Moretto (1M), Sepsi (1,8M), Menezes (1,5M)... isto só para falar nos mais recentes. Queres fazer contas RedMoon? Não te esqueças dos salários.

Quanto deste dinheiro não poderia ter sido melhor investido, em melhores jogadores, colmatando as necessidades de ter soluções de recurso no plantel... com a formação do Clube?

Ah já sei, a eterna desculpa de que "flops" todos os clubes têm, é isso? Mas não só eu EXIJO que esses flops sejam casos pontuais, como se for para correr riscos, que o façam com jovens da formação, que custam muito menos dinheiro ao Clube. Não é preciso jogador Football Manager, RedMoon... basta tirar as palas dos olhos e em vez de defender pessoas ou Presidentes, defender os interesses do SLBenfica.


Aproveito então o tema das contratações falhadas para falar das vendas. SIM... O Presidente Luis Filipe Vieira NUNCA VENDEU BEM um jogador de qualidade acima da média. Olhemos ao triste ridículo que escreves: Três incompatibilizaram-se com a estrutura, um saiu porque merecia, o outro queria sair antes de entrar e mais um que tinha um contrato que obrigava a sair. Haverá algum que tenhamos capacidade de o vender sem problemas e sem "baixar as calças"? Ou vai haver sempre desculpas?

Pois bem... e de quem é a culpa da fragilidade de gestão que nos coloca nestas circunstâncias? Só no SLBenfica é que os bons jogadores merecem sair? No FCPorto isso não é verdade? No Lyon? No Marselha? No Sevilla? E porque conseguem esses gerir bem os recursos e não ser expostos a esses ridículos?

Já ouviste falar em "capacidade de antecipação"? Antecipar as reacções dos jogadores, as necessidades, as movimentações dos empresários... em resumo, conhecê-los um bocadinho e, como diz e muitíssimo bem o DarthVader não ver neles Meninos mimados ou filhos de "Pais" condescendentes.

No SLBenfica "aconteceu" sempre qualquer coisa... ou seja, é sempre algo que ANTES de nos mexermos, já nos está a lixar! A culpa morre sempre solteira e o Clube é que fica a arder. Será possível que o Simão carregava a equipa, era já visto como um símbolo e se decida "facilitar" a saída dele? Ou que DiMaria reuna condições técnicas quase únicas na Europa e se "negoceie" a saída dele? Mas afinal quem é que pagou pelos jogadores e paga os ordenados?

Mas afinal quem é que manda aqui? Os Empresários? Os Compradores? Os Jogadores?

Falaste no Fábio Coentrão! O empresário não aceitou subir a clausula... porque será? O que propuseste ao jogador foi ficar a ganhar 3x menos do que ganha Pablo Aimar que tem menos importância e regularidade do que o Fábio e que nem sequer tem solidez física (para não falar que custou 6,5M). E já nem vou ao ponto do atraso de 4 meses na renovação e no prémio do campeonato pago abaixo do prometido... No lugar do empresário, que nestas condições vê a venda mais facilitada, aceitarias ceder?

... E a culpa é de quem? Do Empresário?

Volto ao ponto acima, não é preciso jogador Football Manager, RedMoon... basta tirar as palas dos olhos e em vez de defender pessoas ou Presidentes, defender os interesses do SLBenfica.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Meninos mimados ou "Pais" condescendentes?

 ●  12 comentários  ● 
O nosso glorioso foi campeão em 2009/2010, com todo o mérito e com "nota artística" (by JJ). O que se passou desde então na performance da equipa? Jogadores completamente devotados ao sucesso do clube agora salvo raras excepções estão displicentes e parecem desunidos enquanto grupo. Porque será?

Vou falar aqui no Porto, não das corrupções, fruta, viagens ao brasil...mas do que o porto sabe fazer bem, não é perfeito, mas é um bom medidor para o que vou falar...

O F.C.Porto foi tetra-campeão antes de o benfica lhe conseguir roubar o ceptro, um jogador ou outro iam saindo, outros entrando, mas a espinha dorsal da equipa sobreviveu sempre, e nunca ou raramente se viram palavras, gestos ou desempenhos de desagrado devido a não saírem para um clube de maior projecção a nível europeu(conquanto estivessem realmente interessados nesse desfecho)...Mantiveram sempre o respeito pela sua entidade empregadora, tal como os desempenhos desportivos.

O Benfica na pré-época foi um corropio de noticias, entrevistas, comunicados, desmentidos...além de jogadores com intenções de sair que vinham a público (Cardozo é o caso mais notório) e outros que as mostraram em privado aos dirigentes.

Porque será que o F.C.Porto ganha títulos atrás de títulos e a cabeça dos jogadores se mantém no lugar, além da performance desportiva? Porque será que ao contrário disso o Benfica não pode ganhar nada que já os jogadores pensam que são os maiores e que devem sair o quanto antes do clube porque ficar seria o estagnamento da carreira?

Será que os jogadores que o Benfica e o Porto contratam são assim tão diferentes a nível psicológico? Não creio...

O que difere são os dirigentes e o seu tratamento dos jogadores.

No Porto há uma linha definida, que nenhum jogador cruza, são regrados segundo uma conduta de comportamento, relação com a comunicação social, o que se pode discutir em público ou não, além do compromisso de enquanto estiverem ao serviço do clube de dar tudo pela sua entidade empregadora, sob pena de perder o lugar. São mantidos num regime psicológico apertado e recebem a doutrina do clube quanto a sua conduta (provocação, favorecimento por arbitros) e sobre a "mística"(fruta, corrupção, putedo). Podem ser alinhados num sistema corrupto, mas que admito que têm a sua eficiência.

No Benfica não há muito definido, os jogadores estão sempre a cruzar limites que deviam estar vedados, o seu desempenho na equipa esta directamente ligada a sua satisfação ou não com a sua manutenção no clube (o Benfica é muitas vezes visto simplesmente como um clube ponte para a europa), estão sempre a haver fugas de informação para a comunicação social ( e ai o assunto departamento de comunicação tem a sua importância obvia). Os seu rendimentos desportivos não são tão monitorizados como no Porto e isso leva a laxismos e displicências que raramente têm consequências.

Os dirigentes do Benfica têm de impor a sua vontade, e não ir ao sabor do vento das vontades dos jogadores, têm de implementar um código de conduta, de saber servir o clube( deixar a pele em campo) têm de dar a entender aos jogadores que se alguma vez levam a sua passagem no benfica como brincadeira ou férias, então serão postos de lado! Sem rodeios!

Os jogadores do Benfica são como meninos mimados que fazem o que lhes dá na real gana e saiem de casa quando lhes aprouver...os dirigentes do benfica são os pais condescendentes que fazem todas as vontades aos meninos e depois sofrem com as consequências da desobediência e do desrespeito...

Para quando jogadores no glorioso com sentido total da sua missão ao serviço do Benfica? Que nunca perdem motivação por muitos troféus que ganhem ao serviço do clube?

As Falácias do GB by RedMoon

 ●  2 comentários  ● 
Deixem a vossa opinião no tópico do RedMoon - o meu desacordo é praticamente INTEGRAL - que amanhã de manhã terei oportunidade de as rebater, uma por uma. RedMoon, parabéns pelo tópico!

Falácias que nem por muitas vezes repetidas, passarão a ser verdade

Avatar
 ●  21 comentários  ● 
Falácia nº1:
O Benfica desaproveita as suas camadas jovens.


Já aqui escrevi sobre este tema mas, de facto, e isto parece-me consensual, todos os benfiquistas gostariam de ter mais atletas da formação no plantel principal, DESDE QUE, evidentemente, isso representasse um plantel ganhador. Este "desde que" é uma ressalva importante, porque se é para ser como no SCP e usar-se a bandeira da formação para angariar simpatias, fiquem lá eles então com os títulos das escolinhas e das simpatias, porque o que a realidade demonstra é que em Alvalade o score vai em três campeonatos nacionais em trinta anos!

O problema desta falácia criada em torno da formação do clube é que, para além de ser falácia, tem como objectivo apontar erros a esta direcção. O slogan que se quer passar é: O problema não está na falta de qualidade dos jogadores que saem da formação mas sim na direcção do clube que não aposta neles.

E tudo isto estaria certo se os factos sustentassem a tese. Mas não sustentam, ou melhor, para sustentarem a tese não basta apontar a falta de jogadores da formação no plantel sénior como uma realidade. É preciso sim dizer-se (e isso ainda ninguém fez), quem são os produtos das escolas do clube desaproveitados pelo Benfica nos últimos anos que se revelaram depois jogadores de topo em outros clubes. Desaproveitamento implica haver algo para aproveitar, e eu, por muito que puxe pela mioleira, só consigo lembrar-me de um nome: João Pereira, que por sinal até foi aposta do clube no futebol sénior, teve até algum espaço para crescer mas que teve o azar de ter pela frente um senhor chamado Miguel.

E fácil pois, vir aqui anunciar conclusões que os factos não substanciam, e invocar por exemplo que os jogadores que o Benfica tem emprestados a clubes menores nesta altura, nem nesses clubes jogam tanto como deveriam. Tudo muito certo mas, a pergunta que se impõe fazer é: então se são tão bons ao ponto de não jogarem sequer em clubes menores, iam jogar no Benfica? Ah sim, ficavam no plantel para aprender. Quer-se dizer, depois de 7 anos de futebol juvenil em campeonatos de competitividade zero, ficam ainda mais 2 ou 3 anos no plantel principal a treinar e a passar férias, e as pessoas acham que salvo raríssimas excepções, é desta forma que algum destes caloiros vai chegar aos 22 anos e ser jogador profissional de topo?


Falácia nº2:
O Benfica anda a vender jogadores ao desbarato, e por valores muito abaixo das cláusulas de rescisão


Isto a propósito da renovação de contrato de Fábio Coentrão, usada por alguns para tentarem atingir mais uma vez esta direcção, sob o pretexto de ser já uma venda anunciada para o próximo ano e por "míseros" 30 milhões de euros.

Voltemos mais uma vez aos factos, pois embora este seja um espaço de opinião, seria também importante que os factos começassem a sustentar as teses que se procura passar.

Quem são então os jogadores que Luís Felipe Vieira tem andado a vender ao desbarato? É que, que eu me lembre, em mais de 7 anos de presidência, só por 6 vezes LFV vendeu jogadores chave do plantel e, a maioria das vezes, porque estava já condenado a perdê-los:

- 2004, Tiago para o Chelsea por 12 milhões, depois de 3 épocas de Benfica, e isto porque Tiago ameaçou com a saída a custo zero no ano seguinte;

- 2005, Miguel para o Valência por 10 milhões, depois de 5 épocas de Benfica, resultado de rescisão de contrato unilateral;

- 2007, Manuel Fernandes para o Valência por 18 milhões, depois de 3 épocas de Benfica, e mais uma vez nas circunstâncias que todos sabemos;

- 2007, Simão para o Atlético de Madrid por 20 milhões + 5 milhões correspondentes a 25% do passe de Reyes, depois de 6 anos de Benfica, e que saiu por ser uma promessa pessoal do presidente a um jogador que há muito queria (e merecia) sair;

- 2010, Di Maria por valores entre 30 e 36 milhões, depois de 3 épocas de Benfica, venda de um jogador que antes de aterrar em Lisboa já havia dito que no ano seguinte ia para o Chelsea;

- 2010, Ramirez por 23 milhões, que saiu porque contratualmente LFV nada pôde fazer para o impedir.

Onde estão então essas anunciadas vendas ao desbarato de LFV? Estarão a falar de David Luiz, Luisão, Coentrão ou Cardozo, que já podiam ter saído por muitos milhões e que ainda lá estão porque a direcção se recusou a vender abaixo do valor que achava que valiam?

Se há coisa que os factos mostram é exactamente o contrario: mesmo em épocas não muito distantes, em que se entrava nos defesos quase sem dinheiro para gastar em reforços, manter os melhores jogadores foi SEMPRE politica desta direcção.

Isto a propósito do que ontem se ficou a saber. Ao contrário do que se tentou sugerir neste e noutros espaços, não foi por incompetência nem “Vieiradas” que a cláusula de Coentrão se manteve nos 30 milhões de euros. Manteve-se sim, porque o jogador/empresário se recusou a subi-la.

Deveria-se então não renovar contrato com o jogador?, poderão perguntar alguns. Pois, isso será sempre algo muito fácil de argumentar por alguém que não perceba que gerir um clube e pessoas não é a mesma coisa que jogar Football Manager. O Benfica fez com Coentrão exactamente aquilo que tinha de fazer: Pedir-lhe que ficasse mais uma época em face das excelentes propostas que recebera no defeso e da vontade que o jogador demonstrara em sair, prometendo-lhe eventualmente que na época seguinte, surgindo uma oferta de 30 milhões não lhe cortaria as pernas. Em retorno, aumentar-lhe-ia o ordenado para compensar um pouco o que o jogador deixou de ganhar por não ter saído já este ano.

Tudo muito claro, a não ser para aqueles que continuem a pensar que, apesar dos contratos assinados, é possível aos clubes manter jogadores contrariados e esperar deles rendimento máximo. Isto bem comparado seria o mesmo que Benfica, Porto e Sporting estarem interessados em Rúben Micael, e alguém achar que seria possível ao Nacional manter o jogador motivado na Madeira mais duas ou três épocas a jogar para sextos lugares, e que para o convencerem a fazer carreira na Madeira bastaria pagarem-lhe um ordenado ao nivel do FCPorto.

Ou alguem acredita realmente que teria sido possivel a LFV segurar Di Maria este ano, tal era a sua vontade em sair e, quando a proposta recebida era do... Real Madrid?

Inventar outro tipo de questões à volta desta renovação de Coentrão é, na minha opinião, mais do mesmo: usar todo e qualquer pretexto para atingir a actual direcção e, com algumas falácias à mistura, que nem por muitas vezes serem repetidas, passarão a ser verdade.


E mais um interessante post de GB no dia de hoje: O Mundial ou Resquícios do Mau Planeamento? Assumidamente nem sempre concordo com o que defende mas, sempre posts interessantissimos de ler.

O Mundial ou Resquícios do Mau Planeamento?

 ●  12 comentários  ● 
Não vale a pena esconder! O SLBenfica do ano passado nunca teria perdido o jogo de ontem e, pior, teria deixado o Schalke com uns 3-0 na Arena. E o SLBenfica do ano passado também não... falhava tanto.

Mas o SLBenfica do ano passado já não existe e não vale a pena chorar por eles. Sairam dois jogadores que muitos tentam justificar terem sido bem vendidos, mas para mim 25M e 22M€ por dois jogadores que entram para titulares de equipas de topo como o Real Madrid e Chelsea... é pouco! Se querem jogadores de qualidade para entrar para peças-chave, deveriam ter pago por isso.


Jorge Jesus, e muitíssimo bem, tem tentado "tapar o sol com a peneira", mas a verdade é que o Jorge Jesus dos 500.000€/ano não é o mesmo Jorge Jesus dos 2M€/ano. Em boa verdade, quem seria o mesmo? A verdade é que os 150.000€ entram todos os meses e o prémio de 500.000€ (merecido) já estão na conta bancária.


O ano passado Jorge Jesus tinha um objectivo pessoal de enriquecer pelas vitórias e um objectivo profissional de se notabilizar pelas mesmas vitórias. Este ano, em boa verdade, sem vencer absolutamente nada, ganhará sempre mais do que no ano passado.


Considero que Jorge Jesus terá sido excessivamente premiado no aumento. Deveria ter sido aumentado, é indiscutivel, mas não tanto. Ou, sendo, deveria tê-lo sido mais no prémio de desempenho do que no vencimento mensal, aliás os leitores do GB sabem bem que é esse o enquadramento salarial que defendo para o SLBenfica, de dirigentes a jogadores, passando pelos treinadores de todos os escalões e modalidades.


Com José Veiga, penso eu, montou-se um sistema de prémios que DISCORDO! Paga-se aos jogadores apenas no fim do ano um prémio previamente acordado pelos desempenhos. Eu defendo que os jogadores devem receber MENSALMENTE a parte correspondente desse prémio, em função do desempenho e das vitórias... e no final ter um prémio pela vitória no campeonato (necessariamente inferior ao que seria no caminho que está agora, pois os jogadores já vão recebendo uma parte ao longo do ano).

Mas este está longe de ser o único problema. Sendo um factor de clara falta de capacidade de compreensão dos jogadores de futebol - só um "louco" poderia vir este ano negociar o prémio acordado relativo ao ano passado... e acabar a pagar menos do que estava prometido, depois de ter honrado as contas com o treinador, com medo que este fosse para o FCPorto.

Os erros de planeamento estão, para mim, na base de ainda não termos visto o tal "super-Benfica" que no ano passado começou no primeiro jogo da pré-temporada e acabou só no último, independentemente de quem eram os jogadores em campo ou a competição em causa.

Jorge Jesus esperava muito mais da Direcção quando aceitou jogadores como Gaitan, Jara, Salvio ou quando aceitou a saída do Urreta. A expectativa de Jorge Jesus era que esses jogadores, a virem, chegassem como alternativas a jogadores como Simão, Quaresma ou Huntelaar, considerando as quase impossíveis de impedir saídas de DiMaria, Ramires e Cardozo.

Eu já provei no tópico GB, o Director Desportivo (LOL) que era possível trazer esses jogadores sem aumentar custos - antes pelo contrário - e era exactamente essa expectativa de Jorge Jesus quando no início da temporada afirmava: "Nós queremos contar com jogadores consagrados, que possam estar em dificuldade nas suas carreiras e queiram voltar a estar em grande. Depois há estes miúdos como o Fábio Faria, o Franco Jara e o Nico Gaitan, que têm de crescer com o treinador e com a equipa. São jogadores de risco".

Ora, se Jara, Gaitan e Faria (já nem me lembrava que é jogador do SLBenfica) eram jogadores de risco para substituir jogadores de top, o resultado NUNCA poderia ser bom.

Na impossibilidade de, por exemplo, substituir DiMaria... o tal "melhor lateral esquerdo do Mundo daqui a um ano" segundo Jorge Jesus, passou a ser... um interessante e muito bom médio ala esquerdo! Se a ideia é desvalorizar o jogador (apesar de ser dos que está com melhores performances), é uma boa medida.

Pelo caminho também já se relativizou a função e importância de Rui Costa em entrevistas à SIC, já se retirou agora o futebol de formação ao mesmo Administrador da SAD... talvez o único naquela equipa (?) de gestão que sinta realmente o SLBenfica como uma paixão.

Estes pontos não são de agora, mas merecem ser recordados para explicar mais uma vez porque determinadas ambições não têm lugar este ano. Penso que deveriamos canalizar todas as forças para o Campeonato Nacional porque definitivamente não temos equipa para ir longe na Europa (seja na Champions ou Liga Europa), pelo que deveriamos fazer o melhor possível, mas apontando acima de tudo ao Campeonato Nacional, a Taça de Portugal e a Taça da Liga, na expectativa de no final da temporada haja a humildade de Luis Filipe Vieira voltar a emendar a mão e, para se proteger dos sócios perante uma época abaixo das expectativas, volte a entregar o futebol a Rui Costa - não que Rui Costa seja "o salvador", mas porque já está no SLBenfica (e não defendo "substituições a meio do jogo") e porque é inqualificavelmente melhor que Luis Filipe Vieira.

Sugestão: Porque não convidar Humberto Coelho para Presidente da SAD, entregar o futebol a Rui Costa e manter Luis Filipe Vieira como Presidente do Clube?

PS- Chamo a vossa atenção para um comentário de um adepto portista aqui no Blog:
É assim que vocês querem ganhar o campeonato e ir longe na champions??? Por amor de deus...só vos vejo aqui a culpar o peixoto, e o magnifico futuro melhor defesa central do mundo(lol) David Luiz que já enterrou em mais golos do que o Peixoto?? O Benfica é uma sombra da equipa que foi na época passada...uma manta retalhada que tapa de um lado, destapa do outro..sem um banco que suporte os momentos menos bons dos titulares! Treinador e jogadores sem garra! Mas claro isso não se pode dizer...o culpado disto tudo é o Olegário, o Xistra, o Paixão...o Porto...enfim o Sistema!
E sabes o que é engraçado nisto tudo DarthVader...é que eu sou do F.C Porto e já vi este filme no meu clube no ano passado...exactamente igual, deficiente preparação da equipa com contratações de merda...Valeri's´, Prediguer's, Orlandos sá's e outros que tal deixando posições chave por culmatar, pensando que o penta estava no papo, culpar jogadores esforçados mas que não sabem mais..Mariano (sim é o nosso César Peixoto) e desculpar os amuados Bruno Alves e Meireles que enterravam jogo atrás de jogo...e no fim culpar as arbitragens...o Ricardo Costa..os Tuneis! Agora faz um exercicio...pega nisto tudo que eu te disse em relação ao Porto do ano passado e compara com o Benfica deste ano!!! Pois é...dá que pensar!

Triste isto e' muito triste demasiado triste

 ●  5 comentários  ● 
Ao fim de muitos, muitos meses (ja' lhes perdi a conta) vi um jogo do Benfica sentado no sofa', em frente 'a televisao num canal de piratas, e nao num qualquer canal pirata atraves do computador. Pequenos prazeres que resultam de estar por uns dias no continente certo. Pena que nao valeu de nada.

Custa-me dez vezes mais ver a equipa perder um jogo em que mostramos no campo que somos melhores do que ve-los perder quando simplesmente nao chegam. Como ontem, em que andamos ali a ameacar uma tareia aos gajos, para acabarmos com os queixos partidos, deixa-me quase doente.

Outra coisa que me deixa doente e' ver aquele Luis Filipe que joga do lado esquerdo. Nao se arranja uma lesao qualquer que o deixe fora de combate ate' ao fim da epoca, ou coisa assim? O Coentrao pode fazer (e faz, de cada vez que o outro tambem joga) de defesa e medio ao mesmo tempo, e assim evita-se muita asneira. Esse Luis Filipe da esquerda ontem parecia patrocinado pela Brisa. Aquilo era uma auto-estrada para quem quisesse. Os alemaes ate' desistiram de atacar pela esquerda a dado momento, tal a simplicidade de processos do outro lado...

A terceira coisa que me deixa doente e' ouvir os sonhos do treinador em publico, e assistir a pesadelos em campo.

P.S.: percebeu-se para ai' aos cinco minutos de jogo que o 'arbitro nao marcava faltas. Valia mesmo a pena continuar a insistir em jogadas em que o nosso jogador acaba emparedado entre cinco alemaes? E se o arbitro nao marcava faltas, havia algum problema em usar os nossos fisicos mais avantajados para devolver o tratamento aos gajos, ou tinhamos mesmo que fazer de anjinhos?

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

É a Champions, meus amigos!

 ●  17 comentários  ● 
Para os que desconheciam, desde o arrepio da música incial até ao final do jogo todos os detalhes contam e muito frequentemente os erros (por incapacidade ou, como aconteceu, por infelicidade) dão quase sempre em golos dos adversários.

Roberto (atenção à chamada de destaque) e Luisão não mereciam! O jogo foi bom... mas não chega! Talvez agora entendam a chamada de atenção a Jorge Jesus em As Renovações e os Erros.

Sou só eu que acho o David Luiz um... jogador diferente (para pior)?! Infelizmente a culpa não é dele. Recordem o tópico: Leitura Obrigatória

Treinador de Bancada - Schalke 04 vs. Benfica - As Escolhas

 ●  6 comentários  ● 
A equipa escolhida foi a seguinte:

E se fosse o Roberto? Jogos desta semana

 ●  4 comentários  ● 
E se fosse o Roberto a sofrer este frango o que é que os media deste País miserável iriam escrever sobre ele?
Já estive a ver o que os media andaram por aí a escrever e mal mencionam o frango do Felipe. Certo que não custou 8,5M € mas isto prova que há um certo histerismo sobre o Roberto e um aproveitamento dos jornais para vender papel.

Agora quanto aos jogos desta semana:

Na minha opinião esta é uma semana crucial para um eventual "descolar" da equipa em termos anímicos. Já venceram alguns jogos e estabilizaram psicologicamente e agora existe a oportunidade de motivar os jogadores e de lhes dar a confiança necessária para voltar a praticar o futebol entusiasmante da época passada (e neste aspecto acho que as revisões salariais com algumas das pedras basilares da equipa são bastante adequadas nesta fase).
Algo de essencial num momento em que tentativas de destabilização abundam (ou alguém acredita nesta noticia quando a Direcção está a rever os salários do David Luiz e Luisão sem lhes mexer também nas cláusulas?).

Hoje á noite vamos defrontar uma equipa muito poderosa do Campeonato Alemão, que tem um dos ataques mais temíveis da Europa. Está a atravessar um mau momento neste inicio de época, algo que tem em comum com o Benfica mas tem jogadores com a qualidade para superar este mau momento como Raul, Huntelaar, Rakitic e Jurado entre outros. Definitivamente uma equipa muito superior ao Hertha que apanhamos á 2 anos e que também estava nos ultimos lugares da Bundesliga na altura.
E convém lembrar que o Benfica parte para este jogo com um handicap muito forte de nunca ter vencido um jogo na Alemanha! Será desta que matamos o borrego? Temos equipa e jogadores para isso mas já me dou satisfeito com um empate pois nestas competições empatar fora é um óptimo resultado.

Quanto ao jogo do fim-de-semana vamos enfrentar a Equipa B dos corruptos. Uma equipa que sem a ajudinha dos árbitros na Europa mostra o seu real valor! Depois de mais uma derrota pesada os jogadores estarão de rastos mentalmente neste fim-de-semana e o Benfica tem a obrigação de ganhar e humilhar esta gente. Se não houver roubos como o do Olarápio em Guimarães isto será facilmente atingido.

Esta semana é crucial. Um empate na Liga dos Campeões é um objectivo mínimo e uma vitória no Campeonato é obrigatório se queremos continuar a sonhar com o título (é horrível usar esta expressão á 6ª jornada).

E para quem tem amor á camisola: as camisolas do nosso embaraço.
E será que há mais um jornaleiro apontado ao Porto? Espero bem que sim, pois pode ser que entre alguém isento em seu lugar na estação pública.

As camisolas do nosso embaraço

 ●  1 comentário  ● 

Eis que encontrei duas criticas muito pertinentes em dois blogs, a propósito da imagem do SLBenfica depois da polémica da TMN, onde teve que ser a pressão dos sócios a fazer barulho e que valeu pelo menos para tirar aquele azul das paredes exteriores da bancada TMN no Estádio da Luz, assim como dos muretes do interior da mesma bancada. São dois textos que não são da minha autoria mas que aqui vos deixo:

Por sistema não gosto de fazer compra de roupa na internet, mas o principal motivo da minha apreensão ao adquirir esta camisola é saber que parte das receitas da Adidas vão para o Benfica...

Mas depois fiz algumas pesquisas, e comparando a realidade económica dos países que a titulo de exemplo aqui exponho (e apenas falo de grandes clubes - apesar de praticamente nenhum ter a minha preferência no país de origem - excepção ao Marseille) sinto-me roubado pela Adidas. Os 70€ que pagamos pela camisola do Benfica ano após ano é uma roubalheira. Em Inglaterra alguns clubes apenas mudam de camisola de duas em duas épocas devido à pressão dos adeptos, mas mesmo assim ano após ano as marcas (sobretudo as grandes como a Adidas e a Nike) apresentam camisolas com ligeiras alterações (não me refiro obviamente à nova do SLB, completamente diferente) , com apresentações pomposas que procuram rentabilizar camisolas de baixo custo, feitas no terceiro mundo, a custos baixíssimos para depois serem vendidas a preços exorbitantes aos habituais consumidores ocidentais…
Eu sei que o Mundo é mesmo assim, e não tenho qualquer teoria utópica para o mudar…

… no fundo no fundo o que me lixou mais foi ter mesmo aquele rectângulo (seja de que cor
for) a lixar uma das mais bonitas camisolas do Benfica dos últimos anos… e a inércia de uma Direcção que não consegue ver isso... e também me lixou bastante a explicação da loja da Adidas da Luz para o facto do escudo na camisola do Benfica que é vendida ao público em geral estar na manga errada (ao contrário da dos jogadores): "Os patrocinadores têm muita força no Benfica"...

Portanto… e pela módica quantia de 20 e poucos euros… disponham… Aqui. A minha já chegou.
in "Comprem Meninos Comprem" no Blog VelhoEstilo Ultras

*********************
Três clubes patrocinados pela Adidas com templates e equipamentos semelhantes.
Saint Etienne, Dinamo de Kiev e Benfica.
Porque razão gostamos tanto de passar estes sinais de amadorismo em coisas tão simples como a colocação dos nomes?
Vá lá, façam esse favor...
in "Alguém me Explica" no Blog ChamaGloriosa
(NDR SouBenfica: Se o patrocinador da Liga não é usado na champios, porque não põem o nome no sitio certo?)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Hugo Gilberto apontado ao FCPorto?

 ●  9 comentários  ● 
Depois de Rui Cerqueira ter deixado a RTPN para integrar o Dpt. de Comunicação do FCPorto, Hugo Gilberto parece ter ficado com intenção de seguir os mesmos passos do ex colega.

Quem tem visto a RTPN e Trio d'Ataque sabe do que estou a falar e hoje houve mais uma demonstração desse serviçalismo reles e porco feito pelo Hugo Gilberto. Desde provocações a Jorge Jesus e Roberto, quando a sua função impõe distanciamento e imparcialidade... até um quase colossal acordo com as palavras de Pinto da Costa sobre os campeonatos dos túneis.

A RTP merece ser massacrada de criticas a esse amador anti-codigo deontológico dos jornalistas.

Peço desculpa por esta chamada de atenção que se impunha e, como muito bem lembra o DarthVader, é hora de "Matar o Borrego"

A falta que fazem as arbitragens... (Parte II)

 ●  1 comentário  ● 
Braga 0 - Shaktar 3
Quando não há a ajuda dos amigos do Giorgio... dá nisto!
Siga o que interessa em:
"Matar o Borrego"

"Matar o Borrego"

 ●  2 comentários  ● 
Esta época já vimos que vai ser extremamente difícil. Temos todos ou quase todos os factores contra nós e se pensarmos bem, veremos que isso influencia e muito a parte anímica e mental dos jogadores e equipa técnica.

Quando a imprensa fala num "super-porto" é um Porto que além de ter os "factores" a seu favor, isso principalmente lhes dá a tranquilidade necessária para atacarem cada jogo com a convicção que no fim o placar do resultado cairá sempre a seu favor, e isso ajuda a jogar mais nos limites e a arriscar mais.

Falou-se no início do grande salto anímico que a vitória sobre o Benfica deu ao Porto, e é mais que certo que foi assim, foi o trampolim que lhes faltava para eliminar o fosso que os separava de nós.

Agora temos de ser nós a criar condições para que tenhamos a força mental para encarar o resto da época com pensamento positivo e certezas sobre as nossas qualidades. E nada melhor para isso que quebrar um enguiço.

O "borrego" alemão é gordinho e está bem alimentado!

O Benfica nunca ganhou em território alemão, no ano passado tivemos uma oportunidade flagrante de terminar esse jejum, mas foi desaproveitada. Este ano voltamos a ter essa oportunidade, o Schalke 04 esta numa fase terrível, e o seu meio campo e defesa estão com um desempenho próximo do catastrófico, é o jogo certo para fazer história, balancear o Benfica para uma grande campanha na fase de grupos da liga dos campeões, e ganhar o tal balanço anímico para jogos muito importantes que estão próximos no campeonato nacional, nomeadamente o jogo com o braga e mais tarde o jogo com os corruptos, que serão decisivos para definir se teremos uma cartada a jogar ou não em relação ao título nacional.

Posto isto, temos de encarar este jogo de forma muito seria! Penso que JJ não vai descurar essa parte e colocará em jogo uma equipa mais virada para neutralizar o forte ataque dos alemães, e depois aproveitar as fraquezas do seu meio campo e defesa.

Precisamos de uma defesa compacta, por isso estou a pensar no César peixoto para a posição de lateral esquerdo, ficando o resto da defesa inalterada, colocar Rubén amorim ao lado de Javi garcia no meio campo, para desfazer o meio campo alemão, Coentrão na ala para os ataques rápidos pela linha para romper as linhas defensivas, e Aimar a distribuir jogo para Saviola e Cardozo.

(o meu onze inicial já foi exposto no tópico do Pjsimões, Treinador de Bancada: Schalke 04 vs Benfica)

Penso que isso nos dará as melhores hipóteses de "matar" este "borrego" e de termos uma grande jantarada que nos balançará, espero, para 8 meses de rolo compressor!

ps: Jardel vem hoje na capa d'O Nojo a dizer "O Porto só perde se jogar muito mal", e ele bem sabe, tão bem como nós, porque...

E não deixem de ler o tópico do Vermelhusco, Não ganharam o campeonato dos túneis

As Renovações e os Erros

 ●  18 comentários  ● 
É muito difícil, pelos vistos, aprender a lição. Já deviam saber que para mim não há imaculados e apesar de gostar do trabalho do Jorge Jesus, quando tem que "levar nas orelhas"... leva. Jesus deu uma entrevista ao site da UEFA e... entusiasmou-se! Eu até compreendo que a alta roda da Europa seja a ambição de sempre de Jesus e poder agora estar um pouco entusiasmado a mais quando se vê a dar entrevistas à UEFA e a falar sobre a Liga dos Campeões.

Mas acima das ambições do novo milionário Jorge Jesus estão os interesses de quem lhe enche - e com mérito - a conta bancária todos os meses. Sobre este propósito, diga-se que sou defensor que Jorge Jesus seja bem pago, que seja enquanto treinador, um projecto de médio e longo prazo no SLBenfica e que os sócios saibam resistir à tentação de ver nele o elo mais fraco que a Direcção não hesitará em usar se algum dia as coisas estiverem a correr mal. Ele não é, definitivamente, o elo mais fraco. No que diz respeito ao futebol, será porventura, o mais forte, mas não só, também no que diz respeito às finanças é quem mais valorizou activos do Clube em menos tempo.

Já deveria ter ficado como lição de Jorge Jesus que a ambição desmesurada dá sempre maus resultados. A humildade que fez unir a equipa na temporada passada, tem contrastado este ano com uma "cagança" exagerada que é verdade que empolga os adeptos, mas também faz os jogadores perder a lucidez e... se algo correr mal, multiplica por 10 o tamanho da asneira.

Posto isto, considero absolutamente UM ERRO este tipo de entusiasmo e, pior, que os profissionais do SLBenfica continuem a ir mal preparados para este tipo de posições públicas, deixando estes momentos entregues à criatividade de cada um dos profissionais, sejam jogadores, treinadores ou dirigentes. De uma vez por todas é preciso aprender a comunicar... se não sabem, pelo menos aprendam a copiar.

Por falar em comunicar, ontem ficámos a saber o que o SouBenfica chamou de renovação esquisita porque manteve a clausula de rescisão nos 30M€, quando teria sido uma boa oportunidade para a aumentar. Entretanto, nos comentários, houve já quem se conformasse com a saída do jogador e afirmando que 30M€ já seria muito bom.

Definitivamente, se calhar mal habituados pelas inabilidades do Presidente para vender bem, já nos conformamos com tudo: Já aceitamos que o Fábio Coentrão, porque é bom vai sair já no final da época; Já aceitamos que o Fábio Coentrão saia por perto de 30M porque seria dos mais caros laterais do Mundo... enfim.

Pois deixem-me que vos diga que, tal como vinha advogando desde o final da temporada passada (quando estes assuntos se resolvem - mesmo que só se formalizem publicamente num momento que "interesse"), a clausula de rescisão do jogador deveria MESMO ter subido, na minha opinião, para valores na ordem dos 45M€ e explico porquê:

1. Desde já para evidenciar ao próprio jogador que há muito para conquistar no SLBenfica. É certo que terá ambições de jogar em equipas de topo, mas trata-se de um jogador jovem e que pode ainda conquistar muito antes de chegar a essas equipas... e chegar lá com um estatuto de craque mundial.

2. Depois, para evidenciar aos clubes potencialmente compradores que o SLBenfica pretende manter o jogador e dificultar a tarefa a quem o queira comprar, obrigado com isso os clubes a prepararem melhores e mais robustos argumentos financeiros para discutir com o SLBenfica.

3. Obviamente, para garantir face à inércia negocial nas vendas desta direcção, que a negociação é feita num patamar superior, ou seja, se o limite forem 30M€... esta direcção vai acabar por negociar o jogador entre os 24/25 e os 30M. Se o limite fosse superior, poderiamos negocia-lo nos 30 a 35M€. Um detalhe que poderia valer ao SLBenfica mais 10M€.

Isto tudo, com dois pressupostos:
» O Fábio Coentrão, não é e veremos se será, o melhor lateral esquerdo do Mundo. Mas é seguramente já um valor seguro como um dos mais completos esquerdinos do Mundo, capaz de actuar com elevadíssimo rendimento em qualquer posição da esquerda... e arrisco dizer que a médio direito seria também uma excelente solução recurso.

» O SLBenfica pretende, efectivamente, manter como prioridade a permanência dos melhores jogadores, salvo se registem condições absolutamente impossíveis de recusar como o cumprimento das clausulas ou vantagens de negocio com a venda de um jogador que permita o investimento noutro de igual ou superior potencial.

Contudo, e concordando com o SouBenfica, a ideia que efectivamente fica é que estas renovações vêem apenas tentar estabilizar promessas antigas aos jogadores, que estavam por cumprir pelos desempenhos na temporada passada.

Se assim for, estas renovações aparecem tarde, já aparecem quase como parecendo ser o Clube a não conseguir mais evitar não as fazer... quando na verdade estes processos deveriam ser uma iniciativa do Clube que surpreendesse e premiasse os jogadores, tendo já sido efectuada no defeso, servindo como factor motivacional adicional para resistir às ambições de transferências que tomaram conta do David Luiz, Luisão e Coentrão que, por eles, não tenho duvidas que teriam aceite as propostas que receberam, mas que sendo bons e respeitadores profissionais ficaram e aceitaram ficar.

Às vezes não é o que se faz... é como se faz!

ranking