O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 5 de dezembro de 2015

Querido Pai Natal (e Vieira)

Avatar
 ●  37 comentários  ● 
Querido Pai Natal,

Eu sei que fica complicado segurar o Gaitan no Benfica. O rapaz é um génio a jogar, mas também é verdade que Portugal já é "pequeno" para tanta dimensão. Bem sei que o vais ter que vender - talvez até já em Janeiro.

Mas posso dar uma sugestão? Que tal despachares também o Jimenez e com o dinheiro dos dois nos trazeres do volta o nosso menino? Olha só para este meio campo:


Até podias ir trocando entre o Jonas e o Mitro... podias jogar em 4-4-2 com o Guedes nas costas do avançado e o Bernardo mais como interior, enfim! Está aqui tanta qualidade que até dá pena ver o Bernas fora...

E não aparece na foto, mas temos ainda o Nuno Santos a ser preparado e o Semedo a recuperar. Ali na direita é dele... E sabes que mais, Pai Natal, no próximo ano o João Carvalho, pelo menos, também vem.

Fica o pedido da prenda!

Ai vale chutar de força?

Avatar
 ●  11 comentários  ● 

Direitos Televisivos: Vieira deu a mão ou deu pontapé no Sistema?

Avatar
 ●  32 comentários  ● 

Se há coisa que não sou é fundamentalista! Quando as coisas são bem feitas, há que reconhecer, quando são mal feitas, há que ser exigente para obrigar a que sejam feitas melhor. Prender por ter cão e por não ter é que não...

Há umas semanas, muita indignação eu li pela "vitória do Sistema" liderado por Joaquim Oliveira, com Proença como testa de ferro apoiado por Bruno de Carvalho e não contrariado por Pinto da Costa.

Vieira, eu próprio o escrevi, foi enganado pelo seu anterior parceiro da Santa Aliança - Pinto da Costa - e dava agora a mão a Bruno de Carvalho para meter um peão de Joaquim Oliveira na Liga que vinha com a mesma agenda que já elegera Luis Duque: Centralizar os direitos televisivos.

Ora, quem é que detinha TODOS os direitos menos os do SLBenfica?

Vá... esforcem-se lá um bocadinho para perceberem quem é que ficaria a ganhar com a centralização! O Benfica não era de certeza e o Oliveira teria "a faca e o queijo" nessa negociação, certo?

Será que quem tanto diz que o Benfica "deu a mão" ao Oliveira ainda não percebeu o problema que o Benfica causou na Liga, no Sporting, no FCPorto e no Oliveira?

O BENFICA ABRIU A CAIXA DE PANDORA! A centralização já era... Proença (o tal que o Sporting colocou a "jogar a ponta de lança" na Liga) já era... A capacidade de Oliveira continuar a liderar o mercado com o todos os direitos... já era!

Ah e tal mas a Sporttv é do Oliveira e da NOS! E então... mas quem é que está a comprar o Ativo? É a Sporttv? Será que a NOS compra o ativo (direitos televisivos) e o vai colocar numa empresa onde só recebe 50% da receita? Ou será que muito rapidamente o Oliveira vai acabar a ficar sem a Sporttv e esta vai ser um canal onde a NOS tem os direitos de cedência, como tem agora com a BenficaTV e vai receber por isso!

Ah e tal mas o Oliveira é accionista da NOS! A sério? Até quando vão repetir essa mentira? Para os menos informados: AQUI está a estrutura accionista da NOS. Vá lá... não sejam tolos!

Pela dimensão fantástica do nosso Renato Sanches, alguns ontem passaram ao lado de uma informação importante que se anda a passar em AlvaLIDL: A ordem está dada, agora todos a correr para os telefones e teclados!!!

Podemos continuar a querer inventar as perguntas que quiserem mas, por favor, sejamos menos fundamentalistas... reparem que até há quem questiona porque não optámos por fazer exclusividade com a Altice porque isso "matava" o Oliveira e a NOS.

A sério? E já passou pela cabeça de alguém que isso é um monopólio já regulado pela AdC que impôs precisamente ao Oliveira o fim das exclusividades? E se eu fosse cliente da NOS, agora teria que ser cliente da MEO para poder ver o Benfica? A plataforma seria ditada por um conteúdo? Vá lá... são melhores que isso.

Já agora, para quem acha que a parceria com a NOS é de agora... "pagina 114 do último R&C. Talvez tirem alguma conclusão. O dinheirinho que esta malta já pagava pelo canal, não era nada pequeno!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Enzo? Quem é o Enzo?

Avatar
 ●  45 comentários  ● 
O nosso "menino" 85 marca um golaço (aos 85) de lavantar o estádio, depois de uma exibição de enoooorme qualidade.

QUE ENORME ORGULHO!
Parabéns Renato! 

A ordem está dada, agora todos a correr para os telefones e teclados!!!

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

Em AlvaLIDL o tema ontem era de loucura: "como desmontar a aura de dimensão galática do acordo com a NOS?"

Era grande a azafama e a meio do dia lá saía a "dica" das agencias de comunicação que ajudam o "Gordo": O Sporting tem várias propostas e sido imensamente assediado para vender os seus direitos, querem até pagar a clausula de rescisão com a Olivedesportos... mas o Sporting prefere aguardar pelo fim do contrato.

Fantástico!

Os tipos que trabalham com o "Gordo" tomam os adeptos do clube do Lumiar por acéfalos limitados e depois aparecem com estas ideias absurdas.

Reparem que o assédio é grande - há até imprensa que refere "ao que pudemos apurar o clube já teve seis propostas" - mas claro que está, que à semelhança do que fizeram com a publicidade na camisola... preferem esperar.

Esta malta faz-me doer a barriga de tanto rir...

O que faz qualquer pessoa quando tem a possibilidade de aproveitar um momento concorrencial, que até clausulas de rescisão pagariam? Óbvio que prefere receber menos e esperar... DOIS ANOS!

É como na camisola... o patrocinador está para breve há mais de 6 meses! Todos os meses "ao que pudemos apurar, será anunciado na próxima semana"

Os jornais, claro, adoram estas merdas e vão brincando ao jornalismo sério... os sócios vão tendo orgasmos mentais com a ideia que aquilo é um mar de brilho e sucesso... e as agencias de comunicação vão enchendo os bolsos a "proteger o gordo" na imprensa.

Aqui pelo blog eles já vão tendo pouca coragem de tentar criar ondas de mentiras e já só mandam bitaites, quando alguns já descobriram da pior forma que não só sabemos quem eles são (e os seus diferentes nicknames e anonimatos) e até mostrámos saber coisas deles... Desculpem os nossos leitores benfiquistas termos estragado a diversão, mas os jornais e os canais de tv de desporto mantêm a brincadeira viva e dá para se rirem aí. 


Mais algumas questões para dia 10:

Avatar
 ●  61 comentários  ● 


- O que levou o presidente do Benfica a tornar a desperdiçar outra oportunidade de matar o sistema, não aceitando a integração dos jogos na Luz na Sportv, como vai acontecer?

- Porque razão o presidente do Benfica inverte sem qualquer aviso o rumo da independência do Benfica face ao sistema, que já tinha rendido 2 campeonatos nacionais desde a saída da Sporttv?

- O que levou a este anúncio tão cedo na temporada quando se sabe que outros 'players' do mercado estavam interessados em disputar valores, inclusivé os novos donos do Eurosport?

- Porque Vieira teve tanta pressa em fechar este negócio?

- Há quanto tempo estaria este negócio “acertado”? (Para quem não reparou, o anúncio foi propositadamente lançado após o dia 30/11/2015, assim como foi o anúncio do regresso da Liga Inglesa à Sporttv).

- A 7 de Outubro de 2015, o presidente da NOS (portista ferrenho) respondia ao Económico que a operação da Sporttv não era financeiramente saudável. Para quem não sabe, a Sporttv fechou 2014 com prejuízos de 6,2M€.

Sendo que até algum desmentido a Sporttv, segundo o próprio Económico é detido a 50% pela NOS e 50% pela holding de Joaquim Oliveira, e atendendo à suposta “guerra” que Vieira tantas vezes apregoou contra o sistema, porque razão de repente Vieira mais uma vez não “espeta a faca” num dos braços do sistema que sempre foi a Sporttv?

- Vamos fingir que Joaquim Oliveira não é accionista de referência da NOS?

- Teve alguma influência no desfecho do negócio, ou na urgência em o apressar, a presença na administração da NOS de Fernando Martorell, ex-administrador da Rio Forte, empresa essa que foi tantas vezes parceira da Promovalor de Luis Filipe Vieira em empreendimentos imobiliários em África?

Os números da BTV... Não nos enganemos a nós próprios!

Avatar
 ●  88 comentários  ● 
Lembram-se daquele anuncio do Lamy que dizia "posso não ser bom a fazer anúncios, mas de carros percebo eu"? É o que me ocorre quando me ponho a discutir finanças com o BenficaEagle.... ele pode não ser bom a perceber a BenficaTV, mas é verdade que de números percebe ele.


Vamos lá ver...

No último R&C o SLBenfica apresentou como "Receitas de Televisão" 34.6M€ e 20M€ em patrocínios e publicidade.

Ora, a tese do BenficaEagle é que estes 35M são receitas de direitos televisivos e na minha opinião são muito mais que isso. É nesta componente que entra tudo o que serão receitas derivadas da BTV, a saber: subscrições do canal, contratos de distribuição nas NOS, MEO, Vodafone e Cabovisão, revenda de direitos dos jogos, venda de resumos, publicidade no canal, publicidade estática, etc.

Ou isso é assim, ou então os acordos da Adidas (5M), da PT (6M), da Sagres (3M), da CocaCola (2,5M) da Emirates - formação (3,2M) vão cair onde? É que só aqui estão perto de 20M€, se além disso houver também mais publicidade da BenficaTV... algo não bate certo.

A minha "tese" já não é de hoje... os 35M€ são muitíssimo alavancados pelos contratos de distribuição (rende cerca de 1M€ por plataforma), mas acima de tudo pelas subscrições perto de 300.000 a pagarem 9,9€/mes... o que num ano daria precisamente 35M€ (mas não tivemos 300mil nos 12 meses correspondentes...).

Ora, se descontarmos a subscrição Premium e o valor pago pelas operadoras... antecipo que as receitas da BTV sejam bastante mais pequenas do que se quer fazer querer.

Por fim... fazer uma comparação dos direitos em Portugal com a meca dos direitos (Inglaterra) e/ou com "as principais Ligas", penso que seja um estudo demasiado ambicioso para a realidade da tugalândia.

Desculpa lá BenficaEagle, mas tal como referi na altura da Santa Aliança e vocês não queriam acreditar, os direitos voltarem a ser vendidos era uma inevitabilidade e mesmo por 22M€ já teria sido um grande negócio. Por 25+15 não só contém as negociações com rivais ao valorizar os direitos apenas em 25M e por isso os demais não podem almejar mais que isso e depois não têm canal premium para se compararem com os 15M remanescentes. Foi uma grande "jogada". Sem dúvida.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Dias "Palito" Ferreira.

Avatar
 ●  37 comentários  ● 

Um azeiteiro, mesmo que vista fato, não deixa de ser um azeiteiro.

É o caso de Dias "Palita os dentes em directo" Ferreira.

Canalhas, meu caro, são todos os que branqueiam a batota mesmo essa beneficie o seu clube.

O lance do Tonel "Cristo Rei" é do pior que já vimos no futebol português. E já vimos muita coisa má. O jogador do Belém não faz um movimento natural e por isso fica sujeito às críticas.

Não é por acaso que nem os sportinguistas gostam do palitos. É um azeiteiro, seboso, sem qualquer educação e anti-benfiquista primário.

E reassabiado por ter sido vomitado de um dos programas mais vistos da TV portuguesa.

Dor de cotovelo, caro palitos?

Benfica/NOS: 5 Anos teria sido Bom, 10 Anos poderá ser Mau (40M€/Ano)

Avatar
 ●  165 comentários  ● 
EVOLUÇÃO DO MERCADO DOS DIREITOS DE TV E DAS RECEITAS DOS CLUBES

Evolução do Valor dos Direitos de TV da Premier League
Os direitos Televisivos da Premier League (mercado doméstico) AUMENTARAM cerca de 300% no espaço de 19 anos. (Valores do gráfico expressos em Libras UK)


Valor anual dos Direitos de TV das BIG 5 Leagues

 A Premier League passou os seus direitos (mercado nacional) para um valor próximo dos 2.000M€/Ano, com a recente renovação, e ontem foi anunciado que a La Liga (Espanha) irá aproximar-se dos 900M€/Ano. (Valores do gráfico expressos em Libras UK)
  
  
Evolução dos Direitos de TV da NFL (EUA) e da Premier League (UK) 

A NFL e a Premier League nos últimos 10 anos, somando as 2 ligas, em média, duplicaram o valor dos seus direitos televisivos. (Valores do Gráfico expressos em Dólares USA)


Deloitte Football Money League - Evolução das Receitas do TOP 20 (2003-2014)

 

No espaço de uma década, em média, os clubes de futebol DUPLICARAM as suas receitas, considerando as receitas Operacionais (Direitos de TV, Receita dos Jogos, e Comercial & Patrocínios.) (Valores do gráfico expressos em Euros UE)
 
 
FACTOS:
- Os principais direitos televisivos desportivos mundiais DUPLICARAM de valor nos últimos 10 anos.
- As receitas dos Principais Clubes europeus DUPLICARAM de valor nos últimos 10 anos.
- Nos próximos 10 Anos o "fosso" da Liga Portuguesa, e clubes Portugueses, poderá aumentar ainda mais face aos valores negociados agora, até 2026.
- A MEO/ALTICE tinha "apenas" iniciado o LEILÃO pelos direitos televisivos, do Benfica e de outros clubes, está agressiva no mercado de conteúdos e tinha acabado de pagar 100M€/Ano pela Premier League para o mercado francófono, e segundo o Correio da Manha, poderá mesmo ter oferecido ao Benfica 450M€ por 10 Anos, valor superior aos 400M€ por 10 anos negociado com a NOS, e é inexplicável a "pressa" do Benfica em querer assinar rapidamente com a NOS, e não permitir um "leilão" entre as duas operadoras, impedindo dessa forma o lançamento de um canal desportivo concorrente à SportTV.
 
EXPLICAÇÕES ADICIONAIS:
- Os 40M€/Ano do negocio Benfica/NOS não são "limpos". Será necessário descontar os 5M€/Ano que custa a BTV na sua versão original (canal aberto sem direitos de Jogos do Benfica e de Campeonatos Europeus), ou seja o negócio representará cerca de 35M€/Ano "limpos", até 2026.
- O Benfica em 2014/2015 recebeu 35M€/Ano de direitos televisivos "brutos", e descontando os custos actuais da BTV, que poderão ter rondado os 12M€/Ano, terá rendido cerca de 23M€/Ano "limpos".
- As receitas de publicidade do canal e da publicidade estática, salvo erro, nunca foram consideradas na rúbrica "direitos televisivos", mas sim na rúbrica "publicidade e patrocínios", ao nível do Relatório e Contas da Benfica SAD.
 
CONCLUSÃO
- Passar de uma receita "liquida" de 23M€/Ano, para uma receita "liquida", em média, de 35M€/Ano, para os próximos 10 anos, parece-me pouco. Nos próximos 10 anos seria expectável que o valor dos direitos do Benfica pudessem pelo menos DUPLICAR de Valor, valor que alegadamente a ALTICE/MEO poderia estar disposta a oferecer, segundo o Correio da Manhã.
- IMPEDIR que um futuro Presidente do Benfica possa recusar o acordo nos últimos 5 anos de contrato, poderá originar uma situação prejudicial ao Benfica como aconteceu com o contrato de longa duração que tivemos com a Olivedesportos, já que basta que a NOS decida renovar os contratos para que os próximos Presidentes do Benfica fiquem "amarrados" a um contrato que na parte final poderá revelar-se prejudicial ao Benfica. Nos primeiros anos o contrato com a Olivedesportos parecia bom, mas nos últimos anos (devido à evolução do mercado mundial) acabou por se revelar um Péssimo negócio!

Sport Lisboa e Benfica 2015: o Ano da Transformação

Avatar
 ●  52 comentários  ● 

Podemos discutir o que quisermos em termos de estratégia, visão ou opções... podemos aqui discutir o Sistema, o Sporting, as invejas, o que quiserem... mas uma coisa não se pode esconder:

- A actual Direcção do Sport Lisboa e Benfica tem hoje um ecossistema de patrocinadores ao nível do melhor que há no mundo e com receitas que não só estão muito acima de qualquer rival nacional, como acrescentam valor ao Clube e à estratégia internacional.

Assim, muito por alto neste quadro de parceiros estarão entre 65 e 70M€/ano. É BRUTAL!

... e ganha uma expressão ainda maior quando a isto juntamos o facto de tal ocorrer de forma absolutamente isolada do mercado nacional onde o Clube está inserido.

Reparem que nenhum dos rivais tem sequer patrocinador para a camisola da equipa principal, o Benfica recebe mais pelas camisolas da formação do que recebiam os rivais pela camisola principal dos antigos sponsors.

O SLBenfica tem acordo com o "technical sponsor" na ordem de mais do dobro dos rivais. Tem um naming da Academia que nenhum consegue... E tem agora os direitos televisivos valorizados em mais do que valem os direitos dos rivais... juntos.

Podemos discutir o que quisermos em contexto do que foi dito e agora feito, da estratégia seguida e/ou alterada, do alegado papel que "dark forces" representam nisto... mas 70M€/ano? É FABULOSO e totalmente fora da realidade nacional...

E reparem nas marcas... líderes nacionais (NOS, CGG, Sagres) e/ou marcas globais (Coca-Cola, Adidas e Emirates) que lideram no seu setor mundialmente. Não temos a Macron ou a New Balance ou BMG ou a Revigres.

Num caminho parelelo desta transformação surge outro fator que fará do SLBenfica uma referência mundial no futebol e, consequentemente, para os seus parceiros:

O FUTEBOL DE FORMAÇÃO!



Já saíram do "novo" CaixaFutebol Campus nomes como Bernardo Silva, João Cancelo (que golão ontem!), Ivan Cavaleiro ou Helder Costa. Tudo jogadores que estão a jogar em bom nível em clubes de media dimensão em Espanha e França. Estão no plantel jogadores como Nelson Semedo, Gonçalo Guedes ou Renato Sanches que, dependendo da força do SLBenfica, poderão abandonar o clube em breve (max 2 anos) para entrar no topo da Europa do futebol e seguem-se nomes como Nuno Santos, Ederson, João Carvalho, Diogo Gonçalves, José Gomes, Sancidino Silva, João Teixeira, Lindelof, João Nunes... e poderia continuar.

Não sei se vamos ganhar o campeonato este ano... não sei se as respostas que tenho para dar ao Shadows sobre as suas dúvidas são as que ele gostava de ler... mas sei que seguramente que o SLBenfica está a preparar um caminho de sustentabilidade - algo que defendo há muito tempo - e que seguramente irá fazer no campo o mesmo que está a fazer fora dele face aos seus adversários, quando estes definharem nas suas próprias estratégias irrealistas.

Mais algumas questões:

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

- Vieira, a antecipar receitas deste contrato, vai usar algum valor que se reporte além da data das eleições do próximo ano?

- O Benfica chegou a apresentar alguma proposta pela renovação do contrato da Liga Inglesa? Se não, porquê?

- As receitas antecipadas vão ser usadas para abater passivo ou para contratar jogadores?

- Terá o Benfica necessidade de ainda assim vender jogadores em Janeiro?

- Que impacto terá esta decisão no futuro desportivo do clube visto que o Benfica venceu os campeonatos nacionais desde que se livrou da Sportv?

Liga Inglesa de volta à Sporttv

Avatar
 ●  8 comentários  ● 
Está consumado o negócio!

A Sporttv recupera a Liga Inglesa à BenficaTV no mesmo ano em que "protege" a Champions, Liga Europa e Liga Espanhola.. e no dia a seguir à sua acconista de referência, a NOS, passar a controlar o seu maior concorrente.

Onde é a festa hoje, "Jaquim"?!

Perguntas sobre o negócio do momento:

Avatar
 ●  41 comentários  ● 

- Vieira vai antecipar as receitas deste contrato? Se sim, para que efeito?

- Em que canal vão passar os jogos do Benfica em casa?

- Qual a estrutura acionista da BTV?

- O Benfica pode ou não recusar prolongar o contrato ao fim dos 3 anos?

- É ou não verdade que o Benfica recebeu uma oferta de 450M?

- Que outras contrapartidas foram dadas pelo Benfica neste negócio?

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

O Negócio NOS / Benfica explicado

Avatar
 ●  123 comentários  ● 

O normal seria o contrato histórico ser melhor comunicado ao regulador, mas também que o fosse anunciado com os intervenientes a ter capacidade para logo o apresentarem e não deixarem, nomeadamente os adeptos, com dúvidas sobre o futuro.

Seja como for, a minha leitura é simples e a que já tinha desde a Santa Aliança, quando todos aqui andavam a dizer que era boa para a BenficaTV:

- Este negócio vem já desde a entrada da NOS na Liga pela mão do Oliveira

- A unica forma de o Benfica poder chegar a estes valores foi ceder o canal (distribuição, não propriedade) por 15M€/ano. Com isto agora quem quer ter a BTV tem que pagar à NOS e não ao Benfica como até aqui.

- A NOS, em tese, poderia até optar pela exclusividade, o que não faz sentido face ao investimento.

- O Benfica joga bem com os números de modo a proteger o Oliveira de ter que por o FCPorto a ganhar 80% dos 40M e assim fica a pagar-lhes o mesmo.

- Financeiramente, no imediato, o negócio é claramente vantajoso (sem sombra de dúvida) e muito acima do valor do ativo (os direitos) em Portugal nesta fase e nos anos próximos. Sejam sérios na análise.

- O Benfica teve que ceder também na capacidade de quebrar este investimento brutal da NOS ao lhes dar a liberdade de renovação por livre decisão e sem necessidade de acordo do Benfica. Só assim se pode fazer um investimento de 40M€/ano... apostar no longo prazo para ter retorno. Mais uma vez, não pensem que só deste lado é que estão os espertos.

- Os "números" da BenficaTV, como eu expliquei há meses, NUNCA eram mais vantajosos financeiramente do que vender os direitos, porque mesmo que chegássemos a 50M€ de receitas, tal nunca seria comparável com uma receita de 40M pelos direitos.

- A única alavanca para ter a BenficaTV com os direitos era a "jogada contra-Sistema", mas como ficou evidente na "Santa Aliança" que esse era um "tiro" que o Vieira não queria dar nem a Joaquim Oliveira, nem a Pinto da Costa - ambos que não hesitaram em o "entalar" com o Proença... só sobrou esta via.

- A apresentação dia 10 vai ser feita cheia de pompa e circunstância. Vai ser anunciado um acordo histórico, nunca antes visto, cheio de imagem e marketing como foi com a Emirates e vai-se fugir a questões complicadas.

- Previsivelmente, a BenficaTV vai continuar a transmitir os jogos, mas agora a NOS passa a revender os direitos a terceiros e com isso amortiza o investimento, ao mesmo tempo que aumenta o potencial de clientes pois se quiser pode ter um valor mais baixo na sua plataforma.

- A NOS é assim detentora dos direitos do concorrente mais agressivo da sua empresa que detém a 50% com o Oliveira. Ou seja, por 10 anos, a concorrência da Sporttv... MORREU! Viva a Sporttv.



- A NOS, dentro da lei, tem agora o monopólio dos conteudos desportivos em Portugal. O que dá na Sporttv e o que dá na BenficaTV... e revende isso aos concorrentes ao preço que quer.

- Os custos do Benfica vão continuar a manter-se com a BenficaTV, mas as receitas aumentam drasticamente e o esforço de captação das mesmas baixa para zero.

- O Benfica vai continuar a manter a capacidade de adicionar conteudos à BenficaTV... e com isso a NOS só beneficia, pois vai ter um produto mais atrativo pelos 15M que paga por ano. Falta saber se o Benfica terá algum compromisso em investir nessa valorização do ativo da NOS e se ganha alguma coisa com isso... porque apesar de se manter no controlo da NOS, não interessa desvalorizar a Sporttv.

(Actualizado) OFICIAL: Negócio com a NOS fechado por 40M€/ano (caiu a máscara da Santa Aliança??)

Avatar
 ●  139 comentários  ● 
in CMVM


Numa notícia do Expresso de ontem, é referida uma "jogada de mestre" do SLBenfica:

"A proposta de 40 milhões por época para garantir os direitos será decomposta em duas parcelas: 25 milhões pelos direitos dos jogos, mais 15 milhões pelo exclusivo do canal Benfica na NOS"
in Expresso

Ou seja, com isto o FCPorto só pode "reclamar" da Sporttv 80% de 25M€... ou seja ficam na mesma.

... let the games begin!

Isto vai ter que ser muito bem explicado na óptica da estratégia de autonomia da BenficaTV e de todos os que referiam que aquilo era um maná de receitas, o que eu sempre discordei.

Querem mais uma acha para a fogueira? Atentem à notícia do Correio da Manhã:

NOS compra direitos televisivos do Benfica por 400 milhões A Altice ofereceu 450 milhões de euros por 10 anos de transmissão de jogos do Benfica.

Será que além de alterarmos a estratégia, esvaziarmos a BenficaTV... ainda perdemos dinheiro?

É que há mais: A mesma notícia do Expresso que cito acima, refere o seguinte:

"O contrato terá início na época desportiva 2016/2017 e uma duração inicial de três anos podendo ser renovado por decisão de qualquer das partes até perfazer um total de 10 épocas desportivas, ascendendo a contrapartida financeira global ao montante de €400.000.000, repartida em montantes anuais progressivos", conclui a mesma fonte

Ou seja, não vamos já receber os 40M€/ano?
Então mas a BenficaTV não dava 30M/ano?
Mas o Benfica nao queria independência do Sistema/JoaquimOliveira?

Pois, pois... querem que recupere os tópicos que escrevi a antecipar isto quando me opus à "Santa Aliança" adivinhando que isto ia acabar por acontecer??? Não é preciso, eu sei... mas é só procurarem cá no blog. Eu avisei...

E o que quer dizer no Comunicado: "bem como dos direitos de transmissão e distribuição do Canal Benfica TV"

Em teoria, isto quer dizer que a BenficaTV vai continuar a dar os jogos, do Benfica e das demais ligas, mas agora em exclusividade e quem quiser ver não basta subscrever o canal... tem que mudar para a NOS. Será?

Por sim... e o que me dizem do detalhe da renovação "por vontade de qualquer das partes"?? Ou seja, se a NOS quiser, durante 10 anos o Benfica fica "amarrado" tem que levar com uma renovação por estes valores...? Épico...

Valha-me o facto de eu ter anunciado isto tudo quando o Benfica e FCPorto fizeram a Santa Aliança para meter o Duque na Liga. Quem foi o "main sponsor" que o Oliveira meteu logo na Liga??? Pois...

Quem não tem que preparar o discurso, na faz um comunicado cheio de interpretações, nem marcar uma conferencia de imprensa para 8 dias depois da assinatura.

Um kit Eusébio é um escândalo... mas ir à cabine já nao!

Avatar
 ●  9 comentários  ● 

Portanto, numa semana ficamos a saber que um ex-jogador e capitão do clube do Lumiar pode fazer um penalty descarado e desnecessário aos 92' e não é nada... ficamos a saber que o treinador pode ir à cabine pressionar o árbitro e não é nada...

... mau mau é mesmo é oferecer uma caixa que se compra na loja por 53€ e que nem sequer iterações pessoais envolve.

Lá está... quando um tipo é trapaceiro e mentiroso, dá nisto!

Os direitos televisivos do Benfica.

Avatar
 ●  54 comentários  ● 

De repente, o mercado televisivo ficou eufórico com a possível disputa pelos direitos televisivos do Benfica.

Na verdade, nada disto surpreende pois realmente os direitos televisivos do Glorioso são mesmo a galinha dos ovos de ouro do desporto português. Garantem o sucesso a qualquer canal que tenha uma gestão competente.

Durante anos, demasiados digo eu, os direitos televisivos foram explorados por Joaquim Oliveira com grande prejuízo para o Benfica.

Pagava 8M/ano ao Benfica e utilizava todo o lucro originado para financiar o FC Porto a preços que o clube condenado por corrupção desportiva nunca justificou merecer.

A política de Joaquim Oliveira foi, com o beneplácito dos dirigentes desportivos e políticos, impedir qualquer possibilidade de haver concorrência no âmbito dos canais desportivos. Por isso gastou milhões e milhões a adquirir os direitos de tudo o que era desporto e dessa forma chegando ao ponto de ruptura em que está.

A Sporttv, e dito pelo próprio presidente da NOS alguns meses atrás, não é viável. Não com a sua formula castradora do mercado que tudo absorveu com o financiamento sem fim vindo principalmente do BES.

Como disse e bem o benfiquista Isaías no seu blogue, o clube enquanto esteve na Sporttv foi claramente prejudicado por um canal essencialmente virado para beneficiar o FC Porto.

Daí que qualquer solução que envolva o regresso dos jogos em casa do Benfica à Sporttv só servirá para devolver poder ao FC Porto e a Joaquim Oliveira. Por muito que queiram passar a imagem da NOS num possível negócio, a realidade é que é a salvação da Sporttv que está em causa.

A centralização dos direitos apenas serviria para retirar à BTV os jogos do Benfica. Se apareceu alguém que colocou isso em causa, os interessados na sobrevivência da Sporttv agora estarão desesperados em não perder de uma vez por todas a oportunidade de terem as transmissões que são realmente rentáveis em Portugal.

Claro que a aparente ressureição do Sporting ainda veio baralhar mais este tema. Baralhar para os interesses que defendem o FC Porto.

É que com o Sporting em alta, o valor que seria para o FC Porto terá que ser repartido com o Sporting e com a agravante de que claramente os jogos do Sporting têm muito mais audiência que os do FC Porto que interessem apenas ao cerca de milhão de adeptos do clube condenado por corrupção.

Por isso, de um valor na Sporttv de 80% do que seria pago ao Benfica, o FC Porto com uma nova negociação e sem a mão amiga de Joaquim Oliveira, descerá inevitavelmente para a terceira posição em valor de mercado.

O FC Porto valerá na melhor das hipóteses 50 % do valor do Benfica e o Sporting valerá na melhor das hipóteses cerca de 70% do valor do Benfica. Isto sim seriam proporções adequadas à real valia dos clubes em termos de audiências e impacto.

Quanto aos valores concretos, continuo a defender que o Benfica poderá alienar os seus direitos televisivos, mas nunca por um valor líquido abaixo dos 50M€ e nunca por um período superior a 3 ou 4 anos no máximo.

Se não há ninguém que os pague, então é preferível continuar a explorar os mesmos na BTV e a continuar a expandir o canal em especial lá fora. O potencial da marca junto dos emigrantes e até mesmo junto dos mercados emergentes faz toda a diferença. A BTV, como canal, ainda chega a muito poucos locais face ao potencial que tem. Alguém duvida que com um trabalho contínuo a BTV poderá ser subscrita lá fora por 500 mil assinantes?

Não aceito que usem os direitos televisivos do Benfica para salvar a Sporttv ou o FC Porto.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Trimestre 2015/2016)

Avatar
 ●  95 comentários  ● 
Análise 2000/2015:
As Finanças dos 3 Grandes (2000-2015)


Análise 2015/2016:
Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Trimestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Semestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (3º Trimestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (Época 2015/2016)

Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Trimestre 2015/2016)
Fonte: Relatórios e Contas da Benfica SAD, Porto SAD e Sporting SAD, na CMVM



Benfica: A Benfica SAD aumentou os seus Proveitos Operacionais, face ao 1º Trimestre de 2014/2015, subindo dos 23,7M€ para os 29,8M€, tendo os custos descido dos 25,9M€ para os 24,0M€. Os Resultados Operacionais foram então de +5,8M€, melhorando face aos -2,2M€ da época passada. os Resultados com Atletas foram de +10,9M€ (incluindo a venda de Lima e Ivan Cavaleiro que renderam 21,9M€ de mais-valias) e foram próximos da época passada, que tinham ficado nos 21,2M€ em mais-valias. Os Resultados Financeiros e de Investimentos ficaram nos -4,4M€, e neste particular melhoraram 6M€ devido à aquisição do Benfica Stars Fund que foi contabilizada há 12 meses.

Ao nível dos direitos televisivos, nos primeiros 3 meses do Ano o Benfica alcançou os 7,1M€, ao nível do obtido na época passada, e atendendo à tendência dos restantes 9 meses da época, o Benfica poderá voltar a aproximar-se dos 35M€/Ano "brutos", nesta rúbrica.

O lucro em 2015/2016 (1º Trimestre) situou-se no 12,2M€ melhorando dos 0,7M€ da época passada, em grande medida devido à melhoria dos resultados Operacionais e do efeito "Benfica Stars Fund" que não se verificou nesta época.

Em termos de Activo e de Passivo, o Benfica tem a sua situação equilibrada e positiva com um Activo "Liquido" de 445,6M€ e Passivo de 432,2M€, e Capital Próprio de 13,4M€.
Porto: A Porto SAD viu a sua situação piorar um pouco, no entanto conseguiu apresentar 9,5M€ de Lucros, nos primeiros 3 meses da época, face aos 13,5M€ alcançados na época passada. Os Proveitos Operacionais reduziram para os 22,6M€ e os Custos Operacionais ficaram-se pelos 28,6M€, o que originou -6,0M€ de Resultado Operacional negativo, que se agravou face à época passada -1,9M€. Em grande medida este mau resultado Operacional deve-se ao facto de a Porto SAD gastar mais 5M€/Trimestre do que a Benfica SAD em Custos de Pessoal, e de ter menos receitas do que a Benfica SAD. Atendendo a esta tendência a Porto SAD voltará a ter Custos de Pessoal anuais a rondar os 70M€/Ano, pelo 2ª época consecutiva, e a Benfica SAD ficará novamente pelos 50M€/Ano, podendo a Porto SAD ficar com Resultados Operacionais anuais negativos que poderão superar os 20M€/Ano a 25M€/Ano, dependendo das performances desportivas e europeias.

Ao Nível dos Resultados com Atletas a Porto SAD ficou praticamente igual (+19,6M€) face à época passada (+19,7M€) tendo considerado no 1º Trim. 2015/2016 a venda de Alex Sandro e mais alguns jogadores de pouca nomeada.

Os Resultados Financeiros e de investimentos têm piorado e estão cada vez mais próximos dos obtidos pela Benfica SAD (FCP -3,9M€ vs SLB - 4,4M€), e isso deve-se em grande medida ao facto de a Porto SAD ter duplicado o seu passivo em 5 épocas e 3 meses, tendo o Passivo subido dos cerca de 160M€ para os cerca de 320M€, tendência que aliás já vinha a avisar nos últimos anos.

Devido a esta performance o Lucro da Porto SAD baixou dos 13,5M€ para os 9,5M€, e ao nível do Activo e do Passivo, apresenta 411,7M€ de Activo, 318,3M€ de Passivo, tendo o Porto Clube 58,3M€ de "Interesses sem Controlo" pelo facto de deter 53% do Estádio (empresa EuroAntas), que foi consolidada a 100% nas contas da SAD, apresentando então um Capital Próprio da SAD, atribuível aos accionistas da Porto SAD, de 35,1M€.

Sporting: A Sporting SAD facturou 20,2M€ em Proveitos Operacionais e 18,7M€ de Custos Operacionais, tendo um Resultado Operacional de +1,5M€. A Sporting SAD tem pouca capacidade de investimento em Atletas, e como quase não vendeu nem comprou jogadores por valores significativos os Resultados com Atletas ficaram-se pelos -0,5M€ negativos.

Os Resultados Financeiros de -0,9M€ são resultado de "concorrência desleal", já que com o Passivo + VMOC's que a Sporting SAD tem, deveria ter tido um resultado negativo a rondar os -4M€ a -5M€. Ou seja, por época, a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros a rondar os 15M€/Ano. Devido a estes resultados o lucro ficou-se pelos 0,1M€ positivos.

O caso mais surpreendente, ou talvez não, é o facto de a Sporting SAD ter duplicado os Custos de Pessoal, de 5,7M€ para 11,7M€, relativos a 3 meses, aproximando-se do nível dos Custos de Pessoal da Benfica SAD, o que fará com que a Sporting SAD duplique os seus Custos de Pessoal dos 25M€/Ano para um valor próximo dos 50M€/Ano, em apenas 1 época! Se a Sporting SAD gastava metade do Benfica, isso deixou de acontecer a partir desta época.
Quanto ao Balanço, o Activo está nos 239,4M€ e o Passivo + VMOC's está nos 360,2M€, e se não fosse considerado o "fenômeno" das VMOC's o capital próprio ficaria nos 120,8M€ negativos.
 
Estes resultados estão a ser influenciados por várias  situações GRAVES e pouco TRANSPARENTES, que tenho destacado nos últimos meses, e terei de voltar a relembrar:
1ª situação (Caso Rojo/Doyen): Nesta época será conhecida a decisão do TAS sobre o Caso Rojo/Doyen, e se a Sporting SAD perder terá os seus Resultados agravados em mais de 15M€, na medida em que a Doyen só recebeu 3M€ e reclama pelo menos 18,75M€ + juros de mora, pela venda do Rojo (que incluiu também o empréstimo gratuito do Nani).

2ª situação (Caso BES/BCP): Para o resultado positivo apresentado, a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros atribuído pelo NovoBanco e Millenium Bcp, que ronda os 15M€/Ano, como já tive a oportunidade de explicar.

Só nestas 2 situações estão em causa mais de 30M€ que poderiam agravar o Resultado do Exercício da época 2015/2016. Ao nível dos Activos e Passivos, surgem outras 3 situações igualmente "graves" face às 2 situações que referi anteriormente sobre os Proveitos e Custos (caso Rojo e caso BES). 

3ª situação (VMOC's): A Sporting SAD teve de recorrer a uma reestruturação financeira que envolveu um aumento de capital da SAD, passagem da SPM para a SAD (empresa detentora dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade), e recorreu a 127,9M€ de VMOC's, que são obrigações (financiamento) que serão obrigatoriamente convertidas em acções dentro de poucos meses (1ª emissão) e dentro de 10 Anos (2ª emissão). Quanto aos VMOC's, ou o Sporting em Janeiro de 2016 arranja a maioria dos 55M€ "brutos" e 47,9M€ "líquidos" (1ª emissão de VMOC's) e dentro de 10 Anos arranja mais de metade dos 80M€ (2ª emissão de VMOC's) para adquirir a maioria das duas emissões de VMOC's, ou então a Sporting SAD passará a ser detida maioritáriamente pela Banca, ou por "investidores externos", quem sabe "investidores angolanos". Apesar de as VMOC's não serem registadas contabilisticamente como Passivo, na prática são responsabilidades que o Sporting terá de assumir se quiser manter o controlo maioritário da SAD.

4ª situação (Direitos de Superfície): Com base na informação do R&C, sabe-se que o Sporting "valorizou" os direitos de superfície do Estádio de Alvalade em 208,9M€ "brutos" e 145,5M€ "líquidos", e passou esses direitos para a Sporting SAD! Esta é uma mera operação de "cosmética" para tornar mais bonito o R&C da Sporting SAD, já que se trata de uma operação intra-grupo, sem qualquer reflexo no R&C Consolidado do Grupo Sporting.

5ª situação (Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting - Clube e SGPS): Tal como avisei, em 1ª Mão e em "Exclusivo", neste Blog há mais de 1 ano, a situação do Grupo Sporting é muito "grave". Essa situação foi confirmada  pelo próprio Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, na AG do Sporting realizada a 28 de Junho de 2015:

174,7M€ de Activo consolidado
487,1M€ de Passivo consolidado
(312,5M€) de capital próprio negativo
... e Prejuízos acumulados de 357,5M€
(situação a 30 de Junho de 2013)

Link: Finanças: Grupo Sporting com 174M€ de Activo e 487M€ de Passivo (em 2013)
Relembrando então as 5 situações relativas ao Sporting: 1) "Caso Rojo", 2) "Caso BES/BCP", 3) VMOC's que poderão levar à venda do Sporting à Banca ou a Investidores Externos, 4) Operação de "cosmética" com os direitos de superfície do Estádio de Alvalade, 5) Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting (Clube e SGPS), é fácil de perceber a "péssima" situação em que o Grupo Empresarial do Sporting se encontra, face à situação do Benfica e do Porto.

Curtas.

Avatar
 ●  47 comentários  ● 

- Direitos televisivos vendidos por 10 anos? Só por mais de 50M€. Tudo o que seja inferior a isso estará ao nível do ruinoso acordo do princípio dos anos 2000 com a Olivedesportos.

Ainda para mais quando o resultado líquido da BTV continua em clara subida e com o seu maior mercado ainda por explorar cabalmente: a emigração.

Vender por mais que 3 anos é um péssimo sinal sobre a real situação financeira do clube e um ato de gestão ruinoso.

É inverter uma solução sem justificar nada aos sócios do clube que é o dono da SAD.

- Continua o fandango entre Benfica/Sporting ou Sporting/Benfica. Desde a saída de Jorge Jesus que ambos os clubes continuam neste show vergonhoso que em nada dignifica os maiores clubes portugueses. O FCP agradece que continuem.

- Tonel protagonizou um momento tipo “Apito Dourado”. Já não via lances destes deste o tempo do Laureta ou de outros habilidosos. O movimento do braço de Tonel não é o natural naquela posição ou impulsão. E o Sporting lá se safou mais uma vez de não vencer.

- Pedro Proença esteve mais uma vez ontem nos “Dragays de Ouro”. Só em Portugal é que os dirigentes se misturam desta forma com os clubes.

Temos Fernando Gomes na FPF graças a Vieira, temos Pedro Proença na Liga de Clubes graças a Pinto da Costa e a Bruno de Carvalho, ou seja, quem vier dizer que tem dirigentes de nível no seu clube está a mentir pois os eleitos são um reflexo de quem os elegeu.

 

Ou é como eu quero ou não contem comigo!

Avatar
 ●  54 comentários  ● 
Cada jogo cada história, e a nossa ontem escreveu-se em 15 minutos. Uma entrada forte, dois golos marcados nos primeiros dois remates à baliza, Benfica sempre por cima do ponto de vista anímico, e gestão do jogo exemplar do ponto de vista defensivo durante 75 minutos que poucas “abébias” deu ao adversário. Atacámos pouco? Na verdade sim, mas também não tínhamos de fazê-lo a ganhar 0-2, e não esquecer que esta semana jogámos Champions League num relvado no outro lado do mundo!

A primeira conclusão que tirei do jogo é que pela primeira vez vi Rui Vitória confortável e quase no seu habitat natural. O onze inicial foi perfeito, a tática também, a forma como anulou os pontos fortes do adversário tem méritos seus inegáveis e... Não jogámos em 4-4-2! Finalmente!

E aqui se escreveu dezenas de vezes, que um outro sistema de jogo poderia fazer bem melhor uso dos jogadores que o plantel tem à sua disposição, e ontem foi prova disso. O 4-4-2 (o tradicional) não é (nunca foi) o sistema de Rui Vitória... Todos percebem que o treinador foi “empurrado” para dar continuidade ao sistema que vinha de trás, mas também todos perceberam desde cedo que insistir nessa estratégia com um miolo com dois homens como Samaris, Pizzis e Taliscas, iria dar muitos dissabores.

Ontem o meio campo foi nosso e aí ganhou-se o jogo, e não é fácil dominar o meio campo a jogar contra o Braga e no terreno deles. Espero eu que este sistema seja para continuar, obviamente com a flexibilidade de um 4-4-2 para jogos na Luz com adversários mais fáceis, e espero eu que a vitória de ontem tenha legitimado Rui Vitória para impor o SEU sistema de jogo, dar um murro na mesa e dizer “Ou é como eu quero ou não contem comigo!

A segunda conclusão a tirar do jogo é... Renato Sanches! Ele fez a diferença no jogo de ontem e trouxe ao meio campo encarnado capacidade técnica, capacidade física, capacidade tática, capacidade de passe, capacidade de choque, capacidade de pressing, capacidade de encurtar espaços ou esticar o jogo, e tudo baseado em processos simples. Em suma, o "oito" que não tínhamos!

Aqui disse já várias vezes que se começar a ser tudo assim, tudo à base de Guedes, Semedos, Renatos, Bernardos, Cancelos ou Andrés Gomes, junto-me à equipa do BenficaByGB...

Mas também se começar a ser tudo assim, tudo com este potencial e com esta classe, aí também contribuirei para se erguer uma estátua a Luís Filipe Vieira, porque se isto é o resultado da sua visão há muitos anos atrás, uma academia que no espaço de um ano tem capacidade de lançar 6 talentos como estes (e o BenficaByGB já aí vem para dizer que há lá mais!), isto é uma cadência de talento sem precedentes em nenhum outro clube do mundo!

No entanto porém, também não são estas agradáveis surpresas que me vão desviar do que sempre aqui escrevi nem alterar o quer que seja em relação àquilo em que acredito...

Neste blogue nunca houve ninguém contra a formação! Quando se apostou num André Gomes por exemplo, ninguém veio aqui dizer “Dasse ó Jasus, a gente quer é mais um brasileiro vindo da segunda divisão da Rússia!” Não! O que houve foi sempre confiança nas escolhas do treinador, quer quando decidiu apostar, quer quando achou que não devia apostar!

E quando se chega ao fim de um período de três anos, e num ano se chega às finais todas, e nos dois seguintes se conquistam seis em sete títulos nacionais, seria estúpido vir dizer agora que as apostas do treinador que cá estava não foram corretas.

Mas dito isto, também há algo que não posso negar:

Que o presente ano está a dar legitimidade a Luís Filipe Vieira para a sua exigência de que o treinador que cá estivesse apostasse em alguns miúdos da prata da casa! Chamasse-se ele Jorge, José ou Francisco!

E se Jorge Jesus não iria fazer essa aposta, e se iria continuar a ignorar o talento que o Seixal produz, é perfeitamente legítimo que LFV tenha pensado: “Ok, podes ser muita bom e perceber de transições e losangos para caramba mas, não te enquadras na filosofia que quero impor no clube e nas suas atuais restrições financeiras!”, e enveredado por outro caminho.

Se o futuro é o Seixal, e se do Seixal forem capazes de sair todos os anos 2/3 miúdos com a qualidade que já vislumbrámos em alguns este ano, então acredito que o Benfica possa estar no caminho certo e que o futuro possa ser risonho a muito breve prazo.

Mas aqui também, cabe a Luís Filipe Vieira mostrar com ações aquilo que pretende, e credibilizar ou não o seu projeto! Só palavras não chega!

Tudo isto fará sentido SE, jogadores como Guedes, Renato, Semedo e outros que venham a seguir, ficarem no Benfica PELO MENOS três anos! Todo o projeto cairá por terra se no final desta época virmos qualquer deles partir por valores abaixo das cláusulas de rescisão!

Tudo isto fará sentido se servir para reduzir custos e não colocar o Benfica refém da venda de jogadores como acontece todos os anos!

Cabe a Luís Filipe Vieira provar que as dores de crescimento se justificam, que este é o ano em que se prepara o futuro do Sport Lisboa e Benfica, e não o futuro de Chelseas e Reais Madrids!


Direitos Televisivos voltam à agenda

Avatar
 ●  33 comentários  ● 

A partir do final da próxima época, quem não renovou os contratos com a Sporttv depois da sentença da AdC que limitava os contratos a três anos e que eliminava a clausula de exclusividade... pode simplesmente romper com a Sporttv.

FCPorto e Sporting tem ambos contratos com a Sporttv até 2019 e receberão, respetivamente, cerca de 20 e 14M€/ano. O FCPorto tem uma clausula com a Sporttv que tem que receber no mínimo 80% do que estes paguem ao SLBenfica.

Ora, a Altice/MEO - segundo notícia da TVI - já tem praticamente assegurados os direitos da Premier League para 2015/16 e fez uma proposta na ordem dos 40M€/ano pelos direitos televisivos do SLBenfica.

Isto encerra imediatamente três questões:

1. Continuará a Altice/MEO a ligação à Sporttv? Em Agosto estiveram à beira da ruptura, segundo o Expresso, não sei entretanto se isto se resolveu.

2. Além do SLBenfica avançará a Altice/MEO para os direitos de FCPorto e Sporting?

3. Pedro Proença, Joaquim Oliveira (e Pinto da Costa?) tinham a estratégia concertada para a centralização dos direitos televisivos, com esta "jogada" da Altice... simplesmente esse tema "morre".

Caso a Altice/MEO não avance para o FCPorto e Sporting... a diferença de receitas entre o SLBenfica e os seus rivais será abissal!

Este tema vai, seguramente, ter cenas dos próximos capítulos. Vamos aguardar...

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Ex-capitao (à Manaca) faz penalty nos descontos e dá a vitoria....

Avatar
 ●  105 comentários  ● 
... O fandango que o gordo não faria se fosse com o Benfica!!!


E com isto, o SLBenfica só não reduz 2 pontos para o Sporting, porque um jogador da equipa adversária do Sporting entendeu que deveria "ajudar" desta forma o ex-clube, porque estes não conseguiram ganhar nos 90' a uma equipa que levou 6 (seis) do Benfica.

Braga - Benfica.

Avatar
 ●  42 comentários  ● 

Onze inicial: Júlio César, André Almeida, Lisandro, Jardel e Eliseu, Fejsa, Renato Sanches e Pizzi, Guedes, Gaitan e Mitroglou.

(O que se diria amanhã se um ex-jogador do Benfica fizesse um penalti frente ao Glorioso, mesmo a fechar o jogo?)

40M€/ano pelos Direitos Televisivos do SLBenfica?

Avatar
 ●  27 comentários  ● 
O MaisBastidores, da TVI24 anunciou hoje - em exclusivo - um alegado negócio envolvendo a MEO e a NOS para pagarem 40M€/ano a 10 anos pelos direitos do SLBenfica.

A confirmar-se, melhor meterem mais uns euros em Rennie para o Bruno de Carvalho.

"Ai do Rui Vitória se não ganha hoje!!!!"

Avatar
 ●  56 comentários  ● 

2009/2010 – Braga 2 Benfica 0

2010/2011 – Braga 2 Benfica 1

2011/2012 – Braga 1 Benfica 1

2012/2013 – Braga 1 Benfica 2

2013/2014 – Braga 0 Benfica 1

2014/2015 – Braga 2 Benfica 1

E não está aqui a eliminação da temporada passada na Luz para a Taça de Portugal ou a eliminação nas meias finais da Liga Europa na Pedreira.

O objectivo do Benfica é só um em todos os campos: vencer. Hoje não foge à regra!

Mas escusam de vir fazer comparações que no tempo do outro é que era bom...

O atual momento do futebol português em imagem.

Avatar
 ●  38 comentários  ● 

Um trabalho fantástico do benfiquista Red Devil.

A imagem diz tudo.

domingo, 29 de novembro de 2015

Injeção de Benfiquismo! QUE ORGULHOOO!

Avatar
 ●  27 comentários  ● 

O Catedrático reclama mérito na formação

Avatar
 ●  15 comentários  ● 

“Se começarmos a pensar nos jovens que o Sporting tem, que têm estado a jogar e, concretamente, o Matheus, o Gelson e o Esgaio, tenho vindo a desenvolver um trabalho como desenvolvi antes"

Gelson Martins já tem 20 anos e quem lançou no Sporting foi o Marco Silva (Taça da Liga no ano passado contra Belenenses e Setubal.

Ricardo Esgaio já tem 22 anos e já com Sá Pinto, Jesualdo, Leonardo Jardim e Marco Silva jogou no Sporting.

O único jogador que realmente jogou pela primeira vez com Jesus foi Matheus Pereira, sendo que na verdade é um jogador com 19 anos e que no ano passado esteve afastado da equipa por não querer renovar e no final da temporada que terminou, impedido inclusivamente de treinar por Bruno de Carvalho, teve tudo acertado com o Mónaco mas os interesses dos empresários boicotaram a saída.

Quando um labrego se tenta equiparar aqueles que realmente querem contribuir para o futebol português e para o futuro dos clubes, mais do que para o seu umbigo, dá nestas atoardas do bronco!


Nelson Oliveira levanta o estádio!

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Que GOLÃO!
Aí vão 4 dos 16 que a equipa marcou...

Rui Vitória: O Homem certo para a Missão necessária

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

Luis Filipe Vieira pode ter muitos defeitos - e eu aponto-lhe vários - mas há pelo menos uma qualidade em que supera grande parte dos seus pares: A capacidade de antecipação que coloca na sua gestão. Tem sido sempre assim, tem sido sempre o SLBenfica a arrancar primeiro em fatores que outros copiam e que são agora fatores normais.

Há muito que escrevo neste blog que a mudança de política do SLBenfica é no sentido de assegurar a sustentabilidade futura do SLBenfica, num contexto económico que, nos últimos anos, parecia que só o futebol passava ao lado, com os investimentos sempre a baixar em todo o contexto empresarial mundial... e no SLBenfica (e seus pares) os investimentos aumentavam de ano para ano.

Da minha parte entre o plano "ser campeão para poder convencer os sócios a aceitar vender a maioria da SAD a um investidor com a promessa de mais titulos" e o plano "poder não ser campeão, mas assegurar a sustentabilidade económica futura e a competitividade desportiva num prazo máximo de dois anos"... perdoem-me os mais imediatistas, mas eu prefiro a segunda opção e deixo, com alguma alegria, a primeira opção para os meus amigos sportinguistas.

Há muitos anos que todos dizem que a sustentabilidade do futebol português está em ser uma "fábrica de talentos" para o futebol europeu... mas na verdade todos os anos querem deixar isso na gaveta a troco de maior endividamento e alguns títulos.

Curiosamente, e a única excepção que ouvi neste discurso foi no outro dia o Pedro Barbosa no Maisfutebol, até os comentadores e "paineleiros" criticam esta aposta do SLBenfica, quando até há pouco tempo... criticavam que tal não fosse feito.

Luis Filipe Vieira nunca desacreditou da capacidade e competência do anterior treinador, simplesmente percebeu que ou o clube vencia a sua resistência a fazer esta "jornada de transformação" ou o treinador teria que dar o lugar a quem quisesse fazer essa transformação, eventualmente sob risco de não vencer no imediato. Aconteceu a segunda hipótese.

Esta temporada, de transição, ainda chegaram alguns "camiões" de jogadores a Portugal, mas acredito - ou quero acreditar - que tal vai mudar e o acesso à Luz vai ficar restrito a jogadores jovens de grande potencial como Cervi e Zivkovic (e outros que se seguirão), eliminando as apostas nos Taraabts e outros que tais, já com a afirmação efetiva de alguns jogadores que nunca tinha sido chamados ao plantel principal.

Por oposição, vê-se no rival que "levou o treinador" que a política seguida até agora na Luz... parece ter-se mudado para o outro lado da 2a circular, com vários jogadores a chegar em todas as fases da época, com os custos a aumentarem todos os anos, a espera que se façam uma ou duas transferências que paguem isto...

... Na sombra, dizem as más línguas, há quem se vá "orientando" com essas transferências, recebendo boas comissões nos jovens que saem, vendidos por baixo, pela "chapa 15" e também recebendo à chegada dos jogadores já rodados que querem uma nova oportunidade com um treinador ambicioso. Curiosamente, é essa tal "chapa 15" que está definida para a saída de Carrillo se ele aceitar renovar.

A poucos benfiquistas interessa a "magia económica" de num dia se fazerem "Operações Pavilhão" e noutro dia se pagam aumentos de salários, grandes prémios e várias contratações. Ser sustentável? Isso para uns é ser campeão... para mim é bem mais que isso.


Vieira igual a si próprio.

Avatar
 ●  35 comentários  ● 

" Este ano é um ano de mudança, por várias razões. É um ano que será decisivo para garantir a sustentabilidade e o futuro do clube por muitas e muitas gerações.

Quando tomamos decisões, não o fazemos por capricho ou de forma leviana. Fazemo-lo em função daquilo que acreditamos ser o melhor para o Benfica, fazemo-lo em função daquilo que nos dá garantias de que nunca mais vamos voltar aos tempos em que o clube quase desapareceu. É para isso que trabalhamos», disse Luís Filipe Vieira.

O líder do clube da Luz reconheceu que muitos podem no curto prazo não entender, mas garantiu convictamente: «O futuro passa pelas opções que hoje estamos a tomar.»

«Vão surgir sempre algumas dificuldades – é inevitável –, mas há algo de que nunca devemos desistir: das nossas convicções, do rumo que decidimos seguir e, acima de tudo, do nosso otimismo. Não de um otimismo cego que ignora as dificuldades, mas sim de um otimismo que sabe que as dificuldades vão surgir e que temos de as saber contornar. Este ano é um ano marcado por decisões estratégicas que vão definir o futuro do Benfica, e esse futuro depende de todos nós, mais uma vez», vincou. - "A Bola.

15 anos depois, continua o discurso do clube que "quase acabou" e de que agora é que vai ser.

Luís Filipe Vieira faz lembrar José Sócrates.
Estava tudo muito bem, tão bem e os outros é que não estavam a perceber a visão do líder.

Pois de igual modo Sócrates mais que quadruplicou a dívida do país, assim como Vieira o fez com o passivo do Benfica.

Não é por acaso que Vieira se esconde nos discursos nas Casas do Benfica. Sabe que aí tem o terreno propício para a sua propaganda barata de ditador agarrado ao poder.

ranking