O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Eleições para a Liga: Incrédulo

 ●  11 comentários  ● 
Podem até chamar-me de teimoso, mas não consigo MESMO ver a Lista de Fernando Gomes como uma lista séria, de gente séria, com objectivos sérios.

De acordo com uma notícia do DN (vale o que vale), "FC Porto, Braga e Nacional, que apoia o seu líder Rui Alves, são dos poucos clubes que não estão dispostos a votar no economista".

A mim ninguém me tira da cabeça que a candidatura de Rui Alves e de Fernando Gomes estão ambas orquestradas entre si. Rui Alves está para o Sistema, como Mário Soares esteve para as presidênciais. Ou seja, na minha opinião o Sistema pretendeu lançar Rui Alves para dissimular a posição de Fernando Gomes junto dos "clubes alinhados" (Braga e FCPorto), ao mesmo tempo que estes incentivavam os "clubes submissos" a alinhar nesse mesmo caminho.

Basta pensarem um bocadinho. Em Portugal só há três tipos de Clubes:

» O Benfica
» Os Clubes Alinhados (FCPorto e o parceiro volante que é lançado para complicar as contas ao Benfica - Já foi o Boavista, Nacional, o Guimarães e agora é o Braga).
» Os Clubes Submissos (que sobrevivem às custas das malas de dinheiro e empréstimos de jogadores, a troco do alinhamento com as decisões dos "Clubes Alinhados" e favorecimentos no campo)

Ora, sabendo nós que clubes como Académica, Setúbal, Marítimo, Naval, Olhanense, etc nunca votariam favoravelmente a uma lista que não recolhesse o agrado de Pinto da Costa e, por consequência, todo o sistema que envolve ainda Madaíl e Oliveira, é fácil de entender que estamos perante um esquema muito bem montado.

Cronologia dos factos:
» Fernando Gomes é um "histórico" das Antas, um homem da confiança de Pinto da Costa e, de alteta a dirigente, ocupa vários cargos no FCPorto;
» Fernando Gomes é apanhado nas escutas do Apito Dourado com António Araújo;
» Fernando Gomes estabelece, no tempo, uma relação de amizade com a SAD do Benfica através de Domingos Soares Oliveira;
» Fernando Gomes simula uma saída litigiosa com a SAD do FCPorto, alegadamente em desacordo com a política de investimentos financeiros, ainda que seja um dos administadores mais bem pagos;
» Fernando Gomes, após um período de silêncio, aparece para... Se candidatar à Liga de Clubes. De Pinto da Costa, ao invés do normal sarcasmo ou critica, recebe... o silêncio e uma pseudo-insignificância;
» Luis Filipe Vieira afirma em entrevista que considera Fernando Gomes "pessoa de grande valor";
» Rui Alves apresenta a sua candidatura, sem quaisquer apoios e recebe de Pinto da Costa fartos elogios em entrevista ao Jornal da Madeira.
» Começam a aparecer as noticias de que Fernando Gomes reune o apoio de todos os clubes (incluindo o Benfica), com destaque apenas para a ausência de apoio de Braga, FCPorto e Nacional.

Volto a recordar que é absolutamente impensável a hipótese esses "Clubes Submissos" votarem favoravelmente a uma lista que não recolhesse o agrado de Pinto da Costa, pois isso colocaria em causa a continuidade de um conjunto de situações que lhes vão permitindo sobreviver e manter-se nas divisões de futebol profissional.

Posto isto, parece-me muitíssimo provável que o SLBenfica esteja a cair na armadinha do Sistema caso opte efectivamente por apoiar Fernando Gomes que estará agora estrategicamente distanciado do Sistema e de Pinto da Costa, apenas para garantir a eleição e posteriormente fará o que tem que ser feito: BENEFICIAR OS CLUBES ALINHADOS E OS CLUBES SUBMISSOS!

Agora pensem nas próximas 4 épocas, tantas quanto duram os novos mandatos para a Liga e FPF (que também vai ter eleições):

» Liga » Controlada!
» FPF » Controlada!
(Com isso... Arbitragem e Disciplina » Controladas!)
» Luta pelo título: FCPorto
» Champions: Intromissão nas lutas dos lugares cimeiros » Braga e Nacional

Ora, é tão fácil entender que o que está por detrás do fantoche do Rui Alves é garantir-lhe o acesso às provas europeias de forma sustentada e constante para assim aumentar o orçamento e lhe permitir contratar mais jogadores do Fundo Giorgio/Salvadinho.

Portanto, para os próximos quatro anos temos o FCPorto a ser levado ao colo para os títulos e o Braga e Nacional a garantirem, também levados ao colo, que o Benfica não volta a tocar na Champions.

DEIXEMO-NOS ANDAR! Ao fim ao cabo contentamo-nos com pouco e este campeonato já vai alimentar muito benfiquista durante mais uns 5 ou 6 anos... e assim vamos andando, cantando e rindo.

Coloquem-se no lugar dos "homens do Sistema"! Quantos de vós não prefeririam que o Benfica fosse mesmo campeão este ano, para assim deixar os benfiquistas entreterem-se com o título enquanto é montado um plano digno de ser chamado de "Cavalo de Troia do Sistema"????

Desportivamente confio a 100% na actual estrutura liderada por Jorge Jesus (há factores de melhoria, mas onde não há?). Mas pergunta que deixo é... o que aconteceria, a titulo nacional, se tivessemos arte e engenho para combater estas "falcatruas de secretaria"?

Eu digo-vos, FCPorto, Braga e Nacional seriam reduzidos aquilo que realmente são: Clubes de expressão regional.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Eu SHOW David Luiz

 ●  1 comentário  ● 
Numa crónica para o blog Futebol Deporto Rei, eu escrevi assim "David Luiz nunca por menos de 30 a 35M€ (trata-se de um dos melhores centrais europeus da actualidade e recordo que Pepe, da forma como todos sabemos, saiu por 30M€)". O jornal Record afirma hoje que a SAD não negociará abaixo dos 30M€, o que me parece adequadíssimo.

Na análise do derby escrevi: "QUE JOGADOR, MEU DEUS! (...) ele hoje esteve absolutamente gigante, brilhante. A primeira parte menos feliz da equipa, pela segunda vez consecutiva para o campeonato, foi colmatada por uma brilhante exibição de um jogador notável em termos de qualidade, determinação, confiança e bravura. Se houver coragem, David Luiz receberá claramente hoje uma das melhores notas de sempre pelos comentadores e paineleiros dos jornais desportivos. BRILHANTE! Na primeira parte foi um jogador inexcedível a dobrar os companheiros que estavam menos bem."



No derby deu um show brilhante que alguém já transportou para video e que abaixo disponibilizamos. Para os mais entendidos, e sabendo nós de como a Sportinvest actua nestes casos, pedia que libertassem o video noutra plataforma que não seja passível de ser bloqueada pela Sportinvest pois este video merece ser visto e revisto vezes sem conta.

E é mesmo isso que penso deste absoluto fenómeno que chegou à Luz desconhecido com Vieira, José Veiga e Bertolucci a conduzirem o processo. Rapidamente demonstrou o seu valor com uma excelente "entrada a frio" em Paris frente ao PSG... e daí em diante foi só crescer.

Como sabem não sou favorável a que estes "investimentos de empresários" se tornem regra ou proliferem no plantel aos magotes. Mas ainda assim, os exemplos que chegaram por Bertolucci, empresário em muito ligado a Vieira, não podem até ver ser ignorados: Luisão, David Luiz e Ramires (importante não repetir episódios como: Patric ou Shaffer). Em todos eles, o Benfica ganhou excelentes jogadores e poderá fazer muito dinheiro de lucro.

O ideal, como eu defendi há uns meses, é que todos os anos possamos receber um jogador neste enquadramento de parceria, em que o empresário suporta uma parte do investimento e o jogador muito acima da média nos chega em condições de outra forma impossíveis (valores tipicamente inferiores a 5M€ de custo real para o Benfica, dado que os demais 2,5 a 3M€ são suportados pelos empresários). O compromisso que temos que assumir é do possibilitar a venda do jogador quando atingir um patamar de valorização significativo, ou em alternativa, adquirir a parte do investimento dos empresários como fizemos com o Luisão.

Sobre isto, recordo que Bertolucci receberá 20% do valor da transferência de David Luiz, ou seja, cerca de 6M€.

Ainda sobre o clássico, deixo-vos este video também interessante:

Enriquecer à custa do SLBenfica e vender o clube ao FCPorto

 ●  7 comentários  ● 
O título deste tópico é o "nirvana" de qualquer clube: Enriquecer à custa das visitas do Benfica e vender a sua existência ao FCPorto disponibilizando-se para receber as malas simpáticas bem recheadas de notas e uns jogadores excedentários que o esse clube compra para colocar nos clubes submissos e que irão ajudar a manter o clube uns centímetros acima de água.

Obrigado ao nosso leitor que nos enviou a imagem dos preços dos bilhetes para o próximo Domingo no Municipal de Coimbra.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

terça-feira, 13 de abril de 2010

O Gigante David Luiz, o Mestre da Táctica e as Desculpas

 ●  8 comentários  ● 
JÁ CHEIRA A TÍTULO! Sugiro que criem já no Facebook um grupo para reservar lugares no Marquês e nos Aliados para festejar o campeonato. Como sabem, não gosto de me alongar muito em comentários sobre jogos, deixo essa tarefa para os apaixonados da técnica e da táctica, que definitivamente eu não sou um deles.

O que guardo deste jogo são os pontos que destaquei ainda perto do estádio enquanto comia:

» O inqualificavelmente maravilhoso jogo do David Luiz a todo o campo
» A capacidade técnica e táctica de Jorge Jesus para vencer o jogo. A importância do intervalo, de Aimar e da saída de Eder Luiz.
» As desculpas de maus perdedores que já ouvi na rádio de Carvalhal, Moutinho e Costinha, esquecendo-se de dizer que a entrada de Luisão é procurada por Liedson propositadamente. Era amarelo! Ah esqueceram-se da mão do Carriço, que era penalty. Também Carriço e Moutinho ficaram em campo mais tempo do que deviam.

Começando pelo nosso David Luiz! QUE JOGADOR, MEU DEUS!
Eu hoje escrevi a crónica para o Blog Futebol Desporto Rei e dizia que ele era possivelmente um dos melhores da Europa e do Mundo. E é indiscutível... ele hoje esteve absolutamente gigante, brilhante. A primeira parte menos feliz da equipa, pela segunda vez consecutiva para o campeonato, foi colmatada por uma brilhante exibição de um jogador notável em termos de qualidade, determinação, confiança e bravura.

Se houver coragem, David Luiz receberá claramente hoje uma das melhores notas de sempre pelos comentadores e paineleiros dos jornais desportivos. BRILHANTE! Na primeira parte foi um jogador inexcedível a dobrar os companheiros que estavam menos bem.

Para virar este momento, o SLBenfica contou mais uma vez com um factor-chave: O Intervalo! Um momento em Jorge Jesus teve um momento de união com os nossos jogadores e corrigiu um factor menos feliz do "desenho táctico" da equipa para hoje: Trocou Eder Luiz por Pablo Aimar e terá dado aos jogadores a "injecção" de moral que eles precisavam e que ontem eu tinha dito que tinha ficado por dar antes do jogo.

Pablo Aimar, em conjunto com Carlos Martins, conduziram o Benfica a uma segunda parte de luxo. Não foi nenhum deles sozinho, mas os dois em conjunto, sendo que o português começa a assumir um papel fundamental na equipa do Benfica - e mostra a Queiroz que mais do que estar na Africa do Sul, merece ser o patrão do meio campo luso.

E quando o Benfica foi Benfica... acabou o Sporting. Eles podem vir agora falar do lance do Luisão, mas também poderemos falar do lance do Carriço (em tudo igual) sobre o Eder Luiz que deixou no bolso de João Ferreira um amarelo (no mínimo), um penalty do mesmo jogador por mão na bola a remate de Carlos Martins e seria o segundo amarelo para este jogador (ainda na primeira parte).

Mas há mais: Miguel Veloso agrediu Ramires com uma entrada a pés juntos com os pitons levantados, assim como Moutinho ficou em campo mais tempo do que duas faltas perigosissimas lhe permitiriam.

Já Luisão, no lance que os sportinguistas agora aproveitam para "tapar o sol com a peneira", foi ademolestado com o amarelo, num lance em que Liedson ao ver o nosso capitão se limitou a esquecer da bola (recordo que o jogo estava parado) e posicionar-se de forma a ser atingido pelo carrinho do jogador do Benfica em terreno molhado.

O amarelo a Luisão, pela entrada intempestiva é mais do que justificado (e coloca-o de fora do jogo de Coimbra), ao mesmo tempo que a atitude premeditada de Liedson justifica a ausência de qualquer outra medida disciplinar.

Tentar fazer desta situação algo que penalizou o Sporting, que na 2a parte manifestamente não teve pernas nem capacidade técnica ou táctica para acompanhar o SLBenfica, é de um profundo mau gosto e evidencia um inqualificável mau perder e mesquinhice.

Estamos agora a 7 pontos do título, com quatro jogos para jogar. São 7 pontos, que podem ser menos se Domingos quiser estar na Champions no próximo ano pelo FCPorto, facilitando agora no final do campeonato o segundo lugar aos corruptos.

Caso o Braga (aka FCPorto B) perca dois ou mais pontos nas próximas duas jornadas e o Benfica vença em casa dos subsmissos efectivos do FCPorto (Académica e Olhanense), entraremos no Dragão a festejar o título e a cantar "Campeoooooes, Campeooooooes, nós somos campeoõoooooes".

Melhor ainda que isso, confesso, será o Braga não perder quaisquer pontos e irmos vencer ao Dragão para festejar lá, mijando no quinta do vizinho, o título de campeão nacional 2009/2010.

CARREEEEEEEEGA BENFICA!

O Gigante David Luiz, o Mestre da Táctica e as Desculpas

 ●  1 comentário  ● 
A partir dos arredores da Luz, a minha crónica do jogo vai apontar sobre:

» O inqualificavelmente maravilhoso jogo do David Luiz a todo o campo

» A capacidade técnica e táctica de Jorge Jesus para vencer o jogo. A importância do intervalo, de Aimar e da saída de Eder Luiz.

» As desculpas de maus perdedores que já ouvi na rádio de Carvalhal, Moutinho e Costinha, esquecendo-se de dizer que a entrada de Luisão é procurada por Liedson propositadamente. Era amarelo! Ah esqueceram-se da mão do Carriço, que era penalty. Também Carriço e Moutinho ficaram em campo mais tempo do que deviam. Enfim... Portuguesices

(Já voltarei)

Já não tinha gostado... e voltei a não gostar!

 ●  4 comentários  ● 
... Do discurso pré-jogo de Jorge Jesus. Admito que possa estar a "ver mal o filme", até porque confio na vontade de vitória de JJ. Mas pareceu-me uma inversão face à demonstração de "poder de fogo" daquela que é indiscutivelmente a melhor equipa portuguesa e uma das melhores equipas europeias a jogar futebol.

Quando eu estava a espera do discurso da "factura de Liverpool por pagar", apareceu-me um discurso de "não faz mal se perdermos porque continuamos com três pontos mesmo em caso de derrota e que o que interessa é chegar ao final em primeiro... mesmo que só com um ponto de avanço".

Já não tinha gostado, como disse, do discurso pré-Liverpool e voltei a ficar apreensivo com o discurso pré-Sporting, principalmente porque faz uma inversão sobre a enorme confiança, auto-estima e positivismo anteriores.

Acresce dizer que faltam vender bilhetes e, tal como o apelo do S.L.B na TertuliaBenfiquista, estou absolutamente certo que não há motivos para que os benfiquistas não respondam "PRESENTE" neste momento importantíssimo da temporada.

Estejam presentes, dado que depois deste jogo vamos jogar com o FCPorto mais quatro vezes: Académica. Olhanense, FCPorto e Rio Ave. O clube corrupto tem influência directa em todos esses clubes, que estarão dispostos a absolutamente tudo para travar o Benfica.

Incluindo o Sporting no grupo dos submissos (porque o é), estamos a falar de cinco jogos contra o FCPorto - pior que isto, só se o Braga e o Setúbal também tivessem entrado neste ciclo final.


----//----

Colocando de parte clubes sérios e falando de corrupção:

Em Itália, novas escutas foram reveladas por Lucciano Moggi em tribunal e envolvem Maximo Moratti (Pres. Inter Milão).

Resultado? A Federação já disse que planeia reabrir o "CalcioCaos" e ameaça retirar ao Inter de Milão o título de 2006, como já fizera com a Juventus quando o processo inicial rebentou e que redundou ainda com a perca de pontos de clubes como Milão, Juventus, Reggina, Lazio, Fiorentina....

Parece Portugal...!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Não precisamos, Obrigado!

 ●  Sem comentários  ● 
Deixem-me começar pelo prognóstico sarcástico para amanhã: 3-0 para o Benfica, claro, e ficamos todos contentes: O Sporting porque leva poucos e o Benfica porque ganha.... ehheheh!

Mas avançando na ordem do dia, li ontem no Record uma crónica de nuno Farinha a propósito de... Quique Flores. Quase me emocionei, então não é que deviamos ter ficado com o Quique porque ele afinal não é o bombeiro do Calderon... é o dono do prédio. Porque teve a arte e capacidade de apanhar o Atlético em 17º e está agora nas meias da Liga Europa (depois de corrido da Champions) e em 10º na Liga Espanhola.

Ora, a primeira coisa que se me oferece dizer sobre esta brilhante conclusão é o mesmo que o o Jesus disse ao Shuster quando apanhou, então no Belenenses, o Real Madrid: "Com aquela equipa dava 3 de avanço e ao intervalo ganhava 5-3".

Pois é, eu tive a oportunidade de acompanhar a eliminatória da Liga Europa do Atlético contra o Sporting e alguns jogos da equipa espanhola na liga do país vizinho... e, sinceramente, via o Benfica a jogar. Tímidos, pouco audazes, pouco agressivos e apoiados nos rasgos individuais de alguns jogadores, no ano passado era DiMaria, Aimar, Cardozo, Suazo, David Luiz, Yebda (não muitos) e no Atlético é Kun Aguero, Simão e Forlan. O elogio a Quique Flores não poderia ter vindo em pior altura para o Nuno Farinha... logo a seguir os espanhóis levaram 3 do Espanhol de Barcelona.

Por outro lado, e o título do tópico é precisamente pelas linhas que se seguem, o SLBenfica não precisa da obra de caridade do Nuno Farinha para dar continuidade à defesa da posição de Rui Costa, por ter escolhido Quique Flores e não ter permitido a entrada de Jorge Jesus no ano em que Luis Filipe Vieira se apoiou nos ombros do ex-jogador (ainda a cheirar a relva) para "salvar a pele" quando a contestação apertava.

Não ficou bem a Vieira relativizar e quase humilhar Rui Costa na entrevista que deu ao Miguel Sousa Tavares, não percebo porque sentiu agora necessidade de clarificar essa situação se esteve confortável no silêncio todo este tempo. Estas são aquele tipo de polémicas que o Benfica... não precisa.

Mas por outro lado, também não precisamos desta defesa pública encapotada de Nuno Farinha a Rui Costa, é conhecida a sua amizade, porque Rui Costa não precisa de defesa. Puseram-no a decidir e ele fez o que fez na certeza de que estava fazer o que sabia e podia, com o que tinha. Ainda que discorde de algumas coisas, NUNCA colocarei em causa que as decisões são feitas na certeza que são as melhores, quando têm que ser tomadas... posso discordar, mas NUNCA escrevi que faziam com a consciência que erravam.

O GB foi dos que gostou do trabalho de Quique... mas dos que se cansou da sua falta de ambição e do constante "politicamente correcto", do culto da boa imagem... apenas fora de campo. Reconheço, como já fiz várias vezes, vários méritos ao Quique, nomeadamente o de estar rodeado do "estratega físico" Pako Ayestaran que é, para mim, o obreiro da constituição física e subida de rendimento de DiMaria, David Luiz, Aimar e Cardozo.

Nem o SLBenfica, nem Rui Costa precisam desta "defesa invisível" para recordar uma expressão de Quique Flores. O Rui Costa fez o que fez, está onde está e contribui agora da forma que pode... como se costuma dizer: "cada qual faz a cama onde se deita". É tempo agora de aguentar o momento e aprender para o futuro, mas é preciso avisar estas amizades que estes textos de crónica não defendem os interesses do Rui Costa, nem do SLBenfica...

É minha opinião que o texto não terá sido a pedido, mas sim para agradar... O Rui Costa não precisa de ser agradado, nem o Benfica tem nada a ganhar que haja cá fora quem cultive "tricas internas" em vésperas de derby. Eu não me esqueço que Quique Flores ganhou na Luz ao Sporting 2-0, mas também não me esqueço do final de época penoso... Eu sei que com esta crónica, Nuno Farinha está de cavalinho para em caso de desaire vir apontar o dedo a Jorge Jesus e mostrar que o ano passado com Quique Flores o desfecho foi outro...

Pois é, caro Nuno Farinha, não vai haver desaire e o Benfica de JJ vai vencer categoricamente o Sporting, ajudando Costinha a sustentar a tese do despedimento do Carvalhal e da contratação de Jorge Costa, Paulo Sérgio ou de um treinador estrangeiro. Assobiaram-me que há a hipótese de realinhamento do Guimarães com o Sistema com a contratação de Jorge Costa, caso o Costinha consiga por o amigo Jorge Costa em Alvalade, ainda assim... a preferência vai para Le Guen, da selecção dos Camarões.

Por afirmo, "defesas" destas? Não precisamos, Obrigado! O Benfica não precisa, Rui Costa não precisa... enquanto no mesmo jornal outros "colegas" fazem a apologia da submissão do seu posto de trabalho aos interesses do Sistema, apontando o dedo e procurando a desestabilização dos adversários, quase sempre o Benfica, Nuno Farinha escolhe o caminho de falar do Benfica, com recados para dentro do Benfica.

Não precisamos, Obrigado!

PS- Porque o tema da Liga de Clubes e da "dança de treinadores submissos" me preocupa (muito mais que o "fait diver" deste tópico de hoje), não esqueçam os dois tópicos da "Cortina de Fumo":

A Cortina de Fumo veio para ficar...
A Cortina de Fumo veio para ficar... (parte II)

ranking