O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 15 de março de 2014

Mais um tiro ao lado...Mais do mesmo!

 ●  55 comentários  ● 

TER OPORTUNIDADE PARA FAZER MEA CULPA... E REMATAR AO LADO!


Mais uma repetição da "superioridade" absolutista que este senhor continua a granjear no Benfica. Na conferência de antevisão ao jogo com o Nacional, o mister JJ tornou a borrar a pintura. Em vez de ter aproveitado a "obrigação" da conferência e dizer que se deixou levar pela emoção do jogo em White Hart Lane (sim, porque estas coisas podem acontecer, é normal que com a adrenalina no máximo, e querendo mostrar força perante o ordinário e patético treinador do Tottenham, tenha ali querido mostrar que quem manda é ele), e que nunca quis beliscar os 40 anos de Benfica que Shéu possui, nem tão pouco desrespeitar 2 superiores hierárquicos (Rui Costa incluído), pondo água na fervura (mas continuando a necessitar de um pedido de desculpas públicas), este "senhor" torna a vincar a sua arrogância, mostrando que se está positivamente a "cagar" para o triste episódio que junto a todos os outros, destrói tudo o que de bom consegue desempenhar no seu dia a dia. 

Jorge Jesus mostrou uma enorme relutância em comentar o que aconteceu em Londres. JJ quando questionado sobre o desentendimento com Shéu,  praticamente não disse nada... dizendo tudo:

«Não é verdade que tenha sido obrigado pela SAD a pedir desculpa ao Shéu», garantiu. «O que se passou em Inglaterra não é mentira, mas é mentira que tenha sido obrigado a pedir desculpa ao Shpéu.»

Instando a explicar as atitudes que todo o país viu, Jorge Jesus desviou o assunto para o lado que mais lhe interessava: «Estamos aqui a desvalorizar o jogo que o Benfica tem nada Madeira, o respeito pela grande equipa que é o Nacional, bem orientada e que está a fazer um grande campeonato», disparou de imediato!

Portanto, fez mais elogios ao Nacional que ao Shéu. Aliás, mostrou que "PEDIR DESCULPAS AO SHÉU? MAS QUEM É ESSE TIPO COMPARADO COMIGO PAH?"... e "SIM, É VERDADE QUE O EMPURREI, AGORA A MIM NINGUÉM ME OBRIGA A BAIXAR O QUEIXO PAH!"...

Se isto fosse basebol, já tinhas ido no strike one, strike two... strike three! YOU'RE OUT!! Mas como é futebol... vais empurrando pelo caminho acima...  

Só faltou o Cardoso, que se levantou do banco ao ver a figura de JJ sobre o Shéu, ter-te enviado mais um empurrão, daqueles que só paravas aos pés do Oblak. Mas afinal, o Cardoso é que é um malandro... 

Espero que 2a ou 3a feira não acorde com os jornais a anunciar: Shéu demite-se do Benfica... Sim... porque só gosta de ser figurante desrespeitado quem lhe veste a pele. E se não há ninguém que mande ali... então espero que na próxima assembleia geral, seja JJ a falar, e que LFV fique caladinho, pois já se viu quem veste as calças ali... 

Lamentável... Jesus tem tanto de Excelente treinador, como de arrogante desmedido. Já uma vez disse, ser Treinador do Benfica não está ao alcance de todos... É preciso saber estar, não basta perceber o jogo... Não posso pactuar com este comportamento, e quem quiser desculpa-lo, comparando a actos de Mourinho, "Mind Games" ou murros de Scolari... lembrem-se, que o clube está sempre à frente das pessoas, e se as pessoas servem este enorme clube, têm de saber respeitar-se umas ás outras, porque ao não o fazerem, estão a desrespeitar o próprio Benfica. Quem não concorda... que faça uma reflexão séria...

Sintam a Mística, Carrega Benfica!

O semeador está desaparecido em combate.

Avatar
 ●  3 comentários  ● 


Foi ele que lançou as sementes da 'revolução' que está em curso na Liga. 

É ele que ao longe está a observar com um sorriso a destruição da Liga de Clubes e a tentativa de perpetuação do poder de Joaquim Oliveira, um dos seus antigos mestres.

Ele é o responsável máximo do futebol em Portugal e não tem uma intervenção que seja para tentar sanar esta 'guerra'. 
Não o faz porque é parte interessada. Está a defender o seu FC Porto, juntamente com o seu ajudante de campo Tiago Craveiro.

Sem a queda deste senhor, nada mudará no futebol português. 

O 'golpe de estado' continuará no campo.

Avatar
 ●  2 comentários  ● 

Este fim de semana está muita coisa em jogo.

Esta jornada é um passo muito importante para o Benfica na conquista do 33. O terreno do Nacional é sempre um campo difícil e desta vez não será excepção. Certamente que as malas chegarão lá até domingo.
Mas sinceramente, olhando para as últimas exibições do Benfica, estou esperançoso de que o Nacional será mais um obstáculo a ultrapassar com sucesso.

Mas o jogo da jornada é o Sporting-FC Porto. Por várias razões.

São os clubes que são, está em disputa o segundo lugar, mas mais que isso, está em causa um grande balão de oxigénio financeiro para o FC Porto que é a qualificação directa para a Champions.

Está em causa a demonstração pública de força do FC Porto face às forças que colocaram em causa o seu poder esta temporada.

Está em causa a demonstração perante os arregimentados de Pinto da Costa de que ele não perdeu as suas capacidades.

Está em causa o FC Porto ainda demonstrar ter influência no futebol português para poder continuar a liderar 'o sistema'.

Como adiantamos em primeira mão aqui no blogue, é agora mais ou menos uma verdade aceite entre os meios desportivos que o FC Porto tem salários em atraso no futebol. Como já tinha e vem tendo nas modalidades.
O sufoco financeiro é uma realidade no Dragão. E estão a colocar todas as fichas na mesa. Este movimento de presidentes em que se pede a 'cabeça' de Mário Figueiredo tem como único objectivo manter o último balão de oxigénio permanente que o FC Porto, que é a Olivedesportos e o balão de verão que é o prémio de entrada directa na Champions.

Composto de 'chico-espertos', esse movimento pensa que por ajudar Pinto da Costa vai tirar algum proveito disso. Errado.

O que pode abalar essa 'crença' no poder de Pinto da Costa? Uma derrota clara em Alvalade.

Vemos o brasileiro do Estoril que rapidamente aprendeu a tomar a iniciativa para servir o mestre. Vemos o presidente do Guimarães, falso e esperançoso de ver alguns trocos cairem para o seu clube.

Vemos uma geração de dirigentes sem coluna vertebral que esperam ainda poder prolongar por mais alguns anos a sua miserável existência.

O caminho que o Sporting seguiu esta semana não me parece ser nem o mais correcto nem o mais produtivo. Mobilizar os seus adeptos sim, mas não achar que no homem vestido de preto está a solução para os seus problemas.

Como já escrevi por aqui, apresente queixa primeiro contra os que depauperaram os cofres do Sporting. Os que lamberam os sapatos a Pinto da Costa. Os que subalternizaram o seu clube aos corruptos do norte.

Onde andam os resultados da auditoria aos últimos anos, Bruno de Carvalho? Já deu instruções para que todos os que realizaram uma gestão danosa sejam processados?

O Sporting, se quiser ter futuro, tem é que se centrar em ganhar no campo, e em lutar por um futebol limpo de corruptos fora dele.

Ainda há quem defenda Jorge Jesus depois desta análise?

Avatar
 ●  54 comentários  ● 




Este assunto, ao contrário de outras faltas de respeito de Jorge Jesus, não vai desaparecer com os dias. Até que o Benfica tome medidas e que Jorge Jesus seja obrigado a lamentar publicamente a forma como se comportou, este triste episódio de quinta à noite continuará a ser lembrado. 


sexta-feira, 14 de março de 2014

Uma atitude à FC Porto. Exige-se um pedido de desculpas público.

Avatar
 ●  69 comentários  ● 

Uma atitude à FC Porto.
Foi o que Jorge Jesus fez com Shéu e Rui Costa.

Confesso que só reparei durante a emissão nas imagens do '3' e não me pareceu nada de grave. Mais ou menos elegante, estes gestos surgem por vezes até dos mais politicamente correctos.

A questão é que vendo a forma como Jorge Jesus tratou Shéu Han e Rui Costa fica um imenso amargo por ver que se permite que um simples funcionário do clube trate os seus superiores com esta impunidade. 

Mais: permitir que um simples treinador trate assim 2 figuras emblemáticas do Benfica. É que se os mais jovens não fazem ideia quem é Shéu Han, então aprendam e respeitem um homem que tem levado com toda a porcaria que os dirigentes fizeram nos últimos 20 anos. O seu papel tem sido muito maior que um simples secretário técnico. E o atleta exemplar que sempre foi.

Rui Costa. Temos afirmado aqui repetidamente o ocaso do papel do Rui no Benfica por exigência de Jorge Jesus. Como ficou à vista, o treinador do Benfica não respeita nada nem ninguém porque se acha acima de tudo e todos. Julga-se a 'última bolacha do pacote' como se diz popularmente.

Não há qualquer motivo que justifique a forma execrável com que Jorge Jesus tratou 2 figuras do clube, que não lhe foram bater, empurrar ou chamar nomes. Foram chamá-lo à razão, para que a situação não descambasse ainda mais.

A ignorância ou má fé de quem defende estes gestos é típica de portistas. De mais ninguém.

Os responsáveis do clube não estão no banco para enfeitar. Têm o seu papel e estarão SEMPRE acima de Jorge Jesus no que toca a tudo o que se passa fora das 4 linhas.

Quando o treinador e jogadores do Benfica fizeram aquela figura lamentável na Alemanha rindo perante uma situação daquela gravidade, todos foram rápidos a criticar a inacção de Carraça, como responsável presente no banco.

Ontem os dirigentes do Benfica agiram e foram desrespeitados perante milhões.

Raúl José já está habituado a ser enxovalhado publicamente por Jorge Jesus e se permite é um problema seu. É subordinado de Jorge Jesus.

Shéu Han e Rui Costa não são empregados nem filhos de Jorge Jesus.

Já vimos isto com jogadores, com a polícia. O treinador do Benfica julga-se acima de tudo. Está muito enganado.

Só falta virem justificar a violência doméstica porque 'a gaja estava a pedi-las'. É o tipo de raciocínio que li no post do GB. Só faltou este.

Pena que uma noite europeia muito boa acabe por ficar eclipsada por isto. 

A culpa  do que aconteceu foi de Jorge Jesus. Mais ninguém. Aliás, há mais valor e nível no não responder a provocações no que no resto. Mas vindo de um azeiteiro que insiste em o ser nada me surpreende. 5 anos de Benfica não chegam para trazer humildade a um treinador que insiste em nivelar-se por baixo.

Espero que Luis Filipe Vieira imponha um pedido de desculpas público de Jorge Jesus pelo sucedido. 
Um clube de bem é o que faria. Um clube de bem não pactua com estas atitudes.

Não somos FC Porto, onde tudo justifica a violência, a arruaça. Se há quem se identifique com isso, então deve estar enganado no clube.

Nota: Onde estão os que pediram a cabeça de Cardozo por ter empurrado o seu superior hierárquico?
2 pesos e 2 medidas?

ADENDA: Vejam AQUI o que um benfiquista a sério diz. E tenham vergonha na cara por defenderem a arruaça perante alguém que serve o Benfica à 44 anos. 

(des)Evolução

 ●  Sem comentários  ● 


O que aconteceu a determinada altura para voltarmos atrás na evolução? Ou será que nunca evoluimos? Não explica a imagem acima o porquê de o futebol português não passar de um refúgio de malfeitores, vigaristas e corruptos?

Não falta muito para voltarmos a estar de 4 patas no chão.
A não ser que se quebre esta 'evolução' corrupta.

Pinto da Costa - a cabeça do macaco
Joaquim Oliveira - o mordomo
Valentim Loureiro - o operativo
Pimenta Machado - a voz do dono
Sousa Cintra - o anti-Benfica
Gilberto Madaíl - a marioneta
Fernando Gomes - 'the hitman'

Veremos o que a reunião de hoje vai trazer de novo. Ou não.

Caro Jorge Jesus, está despedido!

Avatar
 ●  88 comentários  ● 
Rezam as histórias que um dia José Mourinho terá entrado no gabinete de Manuel Vilarinho depois de ganhar 3-0 ao Sporting e dito que ou lhe renovavam o contrato (NDR: Vilarinho havia dito na campanha que o seu treinador era o Toni) ou ele saia já do Benfica.

Manuel Vilarinho fez o que deveria ter feito: "Então saia". Não se arrependeu, nem eu! Mas Mourinho arrependeu-se de se ter tentado colocar acima do Benfica e do seu Presidente... e di-lo na qualidade de melhor treinador do Mundo.

Ontem Jorge Jesus deu este triste e lamentável espetáculo que até agora ainda não tinhamos visto:



Empurrou e gritou com dois alegados superiores hierárquicos (Sheu Han e Rui Costa) e na cara de pessoas externas ao clube ainda empurrou e gritou com o seu adjunto que tentava impedi-lo de se comportar como um labrego sem carácter depois de ter dado em Inglaterra um recital de futebol.

Jesus não foi capaz de ganhar à Benfica!
Podemos tirar o homem do bairro, mas não tiramos o bairrismo do homem... (para ser simpático nas palavras).

Este vídeo, como benfiquista e pessoa que esteve no desporto durante muitos anos, envergonha-me.

Obviamente o que o título deste tópico é provocador - não quero o Jesus fora do Benfica - mas se dúvidas houvesse que Jorge Jesus dificulta as condições para ter continuidade no Benfica por várias épocas - POR CULPA PRÓPRIA (e não pela sua competência e resultados alcançados).

Se numa situação destas Jesus reage assim (a estrutura "aguenta-se"), nem quero imaginar isto no dia a dia e quando é preciso tomar decisões difíceis.

E assim Jorge Jesus conseguiu, sozinho, transformar uma vitória colectiva brilhante, numa derrota individual gigantesca.

Não confundamos a qualidade do treinador (INQUESTIONÁVEL) com o seu erro grosseiro de atitude - em que já é reincidente.

Não se pretende crucificar o Jesus, nem nos temos (nem ninguém) qualquer tipo de moral para seja o que for. O que defendo é tão só e apenas que haja outro tipo de atitude e postura por parte de Jesus que é (apenas) funcionário de um clube centenário que faz parte da história no futebol Mundial

ADENDA IMPORTANTE: 

Mas quem é que está a criticar o gesto dos três dedos para o Sherwood???? Nesse aspecto, ainda que não me reveja na atitude, percebo o momento a "chinelice" do JJ...

O que não entendo é a sua atitude para com DIRIGENTES do SLBenfica sobre a sua conduta - não sobre o seu trabalho.

O que me repulsa nesta situação não é a picardia com o inglês, mas a gala que Jesus fez em impor essa picardia apesar de ser chamado a atenção por TODOS

Quem chegará à presidência da Liga de Clubes?

Avatar
 ●  1 comentário  ● 

Lançamos uma sondagem acima para entender quem pode estar mais cotado para receber o apoio dos benfiquistas para a Liga de Clubes.

Seleccionamos alguns nomes, que por uma razão ou outra, têm sido lançados para esse lugar.

Resolvi incluir o nome de alguém que passa despercebido para muitos, mas que tem uma dimensão que poderia se adequar ao lugar: Shéu Han.

Seja como for, o que vos pergunto é se pensam que o próximo presidente da Liga sairá destes nomes. Ou se pensam noutra figura para este cargo.

Ou ainda se acham que o objectivo desta 'revolução' é exterminar a Liga e entregar todo o poder nas mãos de Fernando Gomes.

Sim, Fernando Gomes. Sabem quem é? É o presidente do orgão máximo do futebol português. Mas que ninguém vê ou ouve tomar posições sobre o que se está a passar. Sabem porquê? Porque muito do que está a acontecer foi semeado por si. 

Agora a sério...

Avatar
 ●  34 comentários  ● 
O Tim Sherwood disse ontem que "o Benfica tem classe, mas o seu treinador não. Tem a mania que é especial".

Ora, este é o problema central de Jesus que o tem impedido de ser um treinador de top mundial.

Foram perspectivas destas, e rapidamente aqui lemos ontem muitos benfiquistas a criticá-lo de forma muito rude, que me levou ha dias a levantar a hipótese de o mister - que reforço ser um fantástico treinador - poder fazer sentido ter um novo ciclo na vida dele (e na do Benfica).

Porém não faz qualquer sentido pensar nisso "porque sim" ou apenas "para trocar por outro".

Notem que não encontraremos muitos que sejam melhores que Jesus. Porventura encontraremos vários com outro tipo de defeitos. Se quiserem na SAD escolher o caminho do dito "novo ciclo", então é preciso que tenham em mente que terão que encontrar outro treinador de top mundial e com a capacidade de superar os defeitos de um treinador que se tornou na Luz muito mais que isso, pois JJ é hoje o treinador e o director desportivo do SLBenfica.

Será que um substituto para Jesus, com essa amplitude, está ali ao virar da esquina?

... Ou será que se o caminho for esse, vai ser preciso ser muitíssimo criterioso na escolha do treinador - completo como Jesus - e ainda reestruturar a SAD para ter também um novo líder para o futebol que substitua o Jesus?

Seja como for, temos tacticamente um treinador brilhante - não é de agora - e está de parabéns pelo show que a nossa equipa deu em Inglaterra

Não sei se deram por ele em campo...

Avatar
 ●  10 comentários  ● 


2 assistências para golo. Correu kms e foi mais um que emprestou a sua qualidade a uma noite europeia 'à Benfica'.

Chama-se Ruben Amorim e é português. O Mundial do Brasil certamente terá a sua presença.

O equívoco impressionante de Tim Sherwood

Avatar
 ●  33 comentários  ● 
O NGB está em condições de informar que Tim Sherwood ficou muito impressionado com os dados do relatório do seu observador sobre Steven Vitória no treino de adaptação ao White Hart Lane ontem.

Há fortes possibilidades que os Spurs avançarem para a contratação do defesa português pois o Manager do Tottenham está obcecado com o jogador, ao ponto de hoje, cada vez que um dos nossos centrais fazia uma boa intervenção, questionava sempre "Jesus, is that one Steven Vitoria?"

O Jesus foi dizendo pacientemente que não várias vezes... ora dizia que era o Garay, ora dizia que era o Luisão e explicava que o Steven estava na bancada, mas o inglês achava pouco possível termos centrais ainda melhores do que ele sabia ser o valor do Steven e passou o jogo todo a insistir, até que não restou outra alternativa ao Jesus, depois de mais uma insistência do Sherwood a seguir ao terceiro golo em perguntar se era o Steven que estava a bisar. O Jesus passou-se:

Jesus: "Não pah! Chato! Já te disse que o Steven é o três. Olha aqui TREEEEÊS!"

Sherwood: "O três?! Mas esse não está a jogar..."
Jesus: "Mau... se te estou a dizer é porque é! Baixa a bolinha oh beef"

Sherwood: "Vamos lá pessoal, afinal o Steven Vitória não está a jogar, vamos dar a volta a isto"
Jesus: "Agora pah?! Agora já foste, nós estamos muita fortes, isto hoje foi piners"

quinta-feira, 13 de março de 2014

Ai queres 1-3? Então toma lá!

Avatar
 ●  27 comentários  ● 


Antes de mais: geralmente sou dos primeiros a criticar o Jorge Jesus quando inventa ou quando toma decisões baseadas no ego e não nas necessidades da equipa.
Hoje a primeira referência tem que ser para ele. Para como 'montou' o jogo, como leu o jogo, substituindo na altura certa e equipando a equipa das armas necessárias para uma noite de ouro em Londres, perante uma equipa que gastou 100M no verão passado.
Parabéns Jorge Jesus! Tiro-te o meu chapéu esta noite!

Eu tinha pedido no post de lançamento do jogo que se inspirassem na vitória também em Londres frente ao Arsenal, por 1-3. A classe com que 'responderam' foi fenomenal.

O colectivo foi fantástico. Todos sabiam o que tinham de fazer. 

Os holofotes individuais têm que ir para Luisão e Rodrigo.  
Luisão está na minha opinião a fazer a melhor época desde que chegou. Não pelos golos mas pelo posicionamento, pela postura, pelo zelo e pela constância nas exibições. Está finalmente a ser o 'capitão'.

Rodrigo finalmente regressou, depois da pancada de violência dada por Bruno Alves. Teve tempo em campo, teve espaço e foi colocado onde rende mais e os resultados estão à vista.
(Gostava de ver onde estão aqueles que colocaram o valor do Rodrigo em causa, quando aqui no blogue o defendemos enquanto esteve na mó de baixo. Hoje é fácil dizerem que gostam do Rodrigo.)

Um show também dado pela massa de benfiquistas em Londres. Algo ao alcance de poucos clubes.

O único sinal menos vai para Cardozo. Não que não se tenha empenhado, mas está claramente fora do actual modelo de jogo do Benfica. Um jogo dinâmico, rápido, com base no colectivo e não jogando 'para ninguém'. Parece-me que Cardozo não tem lugar nesta dinâmica. 

É claro que estamos no mesmo ponto que estavamos hoje manhã. Não ganhamos nada ainda. Mas a mentalidade e postura parecem-me diferentes. Um bom sinal.

Jogo a jogo. No campeonato, nas Taças domésticas e na Liga Europa.

Nota: Três? :)

Intervalo para galhofa

Avatar
 ●  9 comentários  ● 
Estamos todos bem dispostos com o ENORME jogo que fez o Benfica, muitíssimo bem orientado pelo Jesus...

... Mas não podemos deixar passar a justificação do Jesus quando lhe perguntaram porque mostrou três dedos ao Sherwood depois do terceiro golo:

"Apenas lhe disse Number three, Luisao number three"

... Até corria bem, não fosse o facto de o Luisão ser... o número 4!

És o maior JJ! Mas hoje tudo é perdoável depois de um trabalho magistral do treinador e da equipa!

EU SHOW JESUS!!!!

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Que lição de futebol de Jorge Jesus - e nem precisa dos titulares todos!

Parabéns mister!!!

Junto-me a este pedido ao mister JJ

Avatar
 ●  5 comentários  ● 

Nós sabemos que o campeonato é o grande objectivo,* mas acho que não seria pedir muito se hoje em Londres pudéssemos entrar em campo com a porta fechada no trinco, em vez de estar escancarada. É que, caso não tenha reparado, mister, nós não temos nenhum Casillas no banco. E ainda todos nos recordamos do que aconteceu com o Júlio César em Liverpool, não é verdade…? Seria pouco inteligente se deitássemos fora uma eliminatória por causa disso, tal como aconteceu há quatro anos. Os sinais estão todos lá: frente ao Leixões na Taça da Liga e em ambos os jogos contra o PAOK. Pelo menos, um frango está garantido, a diferença é que duvido que os Spurs não o aproveitassem como os outros adversários.

Vamos lá pensar melhor nisto, ok mister? É que há toda uma Taça da Liga para fazer a rotação nesse lugar específico. Aliás, tal como aconteceu no ano passado, em que só nessa competição é que se fez a rotação. Pode ser? É que os guarda-redes não se cansam assim tanto… Muito obrigado pela atenção e boa sorte para mais logo. 

* No entanto, já agora, é só o campeonato, mister; não existem “competições” mais importantes do que a Liga Europa, é só uma e mesmo assim é só porque estamos de jejum há algum tempo, porque bem vistas as coisas se não somos campeões há três anos, não ganhamos uma prova europeia há mais de 50… E não foram os campeonatos nacionais que nos tornaram conhecidos a nível mundial…
por S.L.B. em TertuliaBenfiquista

Benfica a representar Portugal em Sub17

Avatar
 ●  6 comentários  ● 
Do Benfica são "apenas" 11 em 20 atletas convocados por Emilio Peixe para a Ronda de Elite que dá acesso ao Euro2014 em Sub17.

É legítimo dizermos que é o Benfica que vai representar Portugal nesta qualificação.

Parabéns à formação do Benfica.

Eyes wide open, Mr Jesus!

"Respeitar aquilo que é o Benfica."

Avatar
 ●  7 comentários  ● 



São as palavras chave do que disse Jorge Jesus ontem. 

Hoje joga-se uma cartada importante para o prestígio do Benfica. Em Inglaterra, fruto da campanha do Benfica dos anos 60, do Mundial 1966 e claro de Eusébio, esse prestígio sempre foi mais marcante que em qualquer outro lado.

O treinador do Benfica afirmou que para os adeptos o campeonato é mais importante. Sem dúvida que sim. 
Como não acredito que Jorge Jesus não queira repetir erros do passado, como no jogo em Liverpool, quero pensar que isto foi um 'mind-game' da parte dele. Temos demasiadas presenças em finais europeias para achar que só temos que ir marcar o ponto e esperar pelo melhor.

O Benfica entra para ganhar em qualquer campo e logo não será excepção.

Não vou tentar adivinhar o 11, mas há algo que peço a Jorge Jesus: coloque Oblak e não Artur. 
Parte vital da segurança defensiva que o Benfica tem demonstrado provém de Oblak. Aquela defesa com Artur treme muito mais.

Deixo ficar uma inspiração para logo. Um dos jogos míticos do Benfica em Inglaterra. Que sirva para mostrar que o Benfica pode tudo em qualquer lado.


7.000.000

Avatar
 ●  9 comentários  ● 


7.000.000. 

Um número curioso para uma página privada na internet que não faz publicidade, não tem publicidade e não procura publicidade.

Todos os dias o que nos move é o que sentimos pelo nosso clube do coração. 
É a vontade de que possa triunfar de forma limpa, honesta e que nos possa orgulhar em cada momento da sua história, assim como o fez durante tanto tempo.

Como é visível no dia-a-dia, a partilha desse sentimento pelo nosso clube não faz que estejamos sempre de acordo. Muito pelo contrário. Mas concordamos em discordar. Desde que no fim de tudo, o nosso sentimento pelo Sport Lisboa e Benfica permaneça intacto.

Embora cada um seja exclusivamente responsável pelo que escreve, todos temos a mesma paixão.

Obrigado a todos os colegas de blogue pelos contributos que vão dando, quer escrevendo, quer contribuindo para os textos e informações que divulgamos.

Obrigado ao grande obreiro deste blogue: o GB

A todos que nos honram com a sua visita, obrigado por contribuírem para o debate.

O sucesso do Sport Lisboa e Benfica será sempre a nossa motivação.

quarta-feira, 12 de março de 2014

Pedro Proença no clássico. Ou não?

Avatar
 ●  10 comentários  ● 

Será que veremos Pedro Proença no domingo em Alvalade...? Duvido.

"Movimento Basta"... mas de serem burros!

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

Segundo rezam as notícias, os sportinguistas vão fazer criar o "Movimento Basta". Eu diria que as mobilizações de massas em torno da defesa dos interesses dos respectivos clubes é sempre de elogiar. Acho que devem ser o mais efectivos possível e, como diz o seu presidente, indignarem-se, revoltarem-se e exporem ao máximo quem os tenta "puxar para baixo".

Mas...

... Por favor, sejam inteligentes! De que serve criarem esse "Movimento Basta" e depois andarem feitos burros a dizer que a culpa destas situações é da única equipa que tem sido superior a todos os seus adversários (incluindo árbitros) e que, efectivamente, não precisa de todo deste tipo de expedientes?

É absolutamente absurdo andarem a apontar a culpa destas situações - reais- ao SLBenfica, quando na verdade somos a única equipa em Portugal com argumentos (jogadores, treinador e qualidade de jogo) para ocupar o primeiro lugar por mérito próprio.

Já aqui expliquei nos tópicos Jogo Importantíssimo em Setubal... para o futuro da Liga de Clubes e principalmente O "Golpe" do Oliveira (e do Gomes) que quem está a "afastar" o Sporting dos lugares cimeiros é o FCPorto, devido à fundamental importância de assegurarem o acesso directo à Liga dos Campeões - para eles isso é vital e não podem correr o risco de não ir e menos ainda de obrigar à alteração da preparação da equipa, começando quase um mês antes dos demais devido à pré-eliminatória que, depois, podem ter o azar de não passar.

Financeiramente é uma catástrofe para o FCPorto ir à pré-eliminatória e perder, pois não só não estarão na Champions, como ainda as hipóteses de vencerem o campeonato nessa temporada (devido ao impacto da pré-epoca) se tornam absolutamente mais reduzidas.

BASTA! Basta sim, amigos sportinguistas... mas basta de apararem os golpes aos amigos (ou agora ex-amigos) lá de cima e que têm feito de vós joguetes iguais aos que fazem com os pequenos. SEJAM GRANDES! Sejam o que sempre desejámos que fossem (e foram):

O NOSSO ÚNICO E VERDADEIRO RIVAL. Juntem-se à luta pela verdade desportiva que coloca o FCPorto no seu lugar de mero adversário, como todos os outros...

Choradeiras sem sentido.

Avatar
 ●  11 comentários  ● 





Li ontem e continuo a ler hoje em alguns blogues de adeptos do Sporting a choradeira sobre os árbitros e as arbitragens. 
Não tenho problema nenhum em afirmar que o Sporting, em quantidade, tem sido o clube mais prejudicado pelas arbitragens nos últimos anos.

Assim como reconheço que o Benfica, em alguns momentos chave, tem sido prejudicado pelas mesmas.

Mas dito isto, há algo que convenientemente muitos preferem ignorar na hora da choradeira.
Quem colocou lá os supostos manipuladores dos árbitros.

No caso do Benfica, tenho dito e repetido que, embora estando atento às movimentações e estando sempre pronto a denunciá-las, como no post anterior, acho que nós os benfiquistas temos poucas razões para nos queixarmos dos árbitros. 

Assim como o Sporting tem ainda menos razões para lamentar os erros de arbitragem que os têm prejudicado. 

Porquê? Bem, porque quer para a LIGA quer para a FPF...BENFICA E SPORTING APOIARAM FERNANDO GOMES E VÍTOR PEREIRA!

Qual é essa parte do passado que esqueceram, sportinguistas? Ontem alguns diziam que os benfiquistas elegeram LFV com 83% e por isso não se podem queixar dos seus apoios. E quantos sportinguistas elegeram Godinho Lopes ou Bettencourt? Não foram muitos dos mesmos que agora rasgam as vestes e choram?

E já agora, vejo muitos também preocupados com a suposta cor clubística de Manuel Mota. Eu estou preocupado sim, assim como estaria se fosse...Pedro Proença, cujo 'grande' benfiquismo o tem feito roubar o Benfica sucessivamente.

O que dizer da cor clubística de Vítor Pereira? Não é ele...SPORTINGUISTA?

Apercebem-se do ridículo da coisa? 
Podemos sempre reclamar disto ou daquilo e muitas vezes com razão. Mas passar certos limites, esquecendo que quem está nos lugares de poder só faz o que faz porque BENFICA E SPORTING os colocaram lá...

Os prejudicados pelas arbitragens têm sido Benfica e Sporting. 
O claramente beneficiado tem sido só um: FC Porto.

Querem fazer algo pelos vossos clubes esta jornada? Vão aos estádios, gritem, puxem pelos vossos. 

E reclamem dos dirigentes para nunca mais apoiarem gente vinda do Apito Dourado ou de um clube já condenado por corrupção. 

Depois disso, terão todos mais legitimidade para se queixarem.

terça-feira, 11 de março de 2014

O título começa a ser perdido na Madeira e ganho em Alvalade?

Avatar
 ●  36 comentários  ● 

Faz agora quase um ano, o Benfica visitava a Madeira, mais concretamente o terreno do Marítimo. 
Na generalidade, esse era considerado um jogo chave no caminho para o título.

Nessa altura foi partilhada conosco uma mensagem por um leitor do NGB e destacada no post "Vamos dizer adeus ao título", 2 dias antes de ser conhecida a nomeação:

Entretanto, há 2 dias um leitor avisava-nos...

RUI BENFIQUISTA - 24 Abril, 2013 17:55

Acabei de saber por um arbitro dos distritais e 3 divisões daqui do Porto, que o arbitro é um M M de Braga.  Ora M M DE BRAGA É O MANUEL MOTA, E QUE VAI PREJUDICAR O BENFICA, DIZ ELE QUE VAMOS DIZER ADEUS, NA MADEIRA, AO TITULO! COM TODA A SATISFAÇÃO! ORA TEMOS DE CONFIRMAR SE É VERDADE. E A SER, COMO É POSSÍVEL ELE SABER QUEM É O ARBITRO? POIS ELE TEM UM PADRINHO ARBITRO DA PRIMEIRA MAS NÃO ME DIZ QUEM É.
---------------------------------------------------------------------------------

Na realidade, o árbitro Manuel Mota ficou condicionado, mas para não prejudicar o Benfica após colocarmos esta informação cá fora. Ainda hoje é o post mais lido no nosso blogue.
Não prejudicou o Marítimo e não prejudicou o Benfica, o que obrigou a um esforço financeiro para que na jornada seguinte as malas chegassem à Linha do Estoril.
Curiosamente mais uma vez o Benfica tem um jogo decisivo na Madeira. E coincidência das coincidências: Manuel Mota é o escolhido!
Acreditam nos acasos? Eu não.

E em Alvalade? Olegário Benquerença. Diz hoje Marinho Neves sobre este senhor:

"Aqui vai um relatório: Olegário Benquerença é capaz de tudo para conseguir atingir os seus objectivos, mas mesmo tudo. Basta analisar a sua carreira e tomar conhecimento de como geriu todas as suas promoções. Para além disto, está em final de carreira e está preso por fios. Sabendo que vai enfrentar uma poderosa máquina de poder, em caso de dúvida beneficiará sempre o mais poderoso. Quanto ao Sporting, tem de cair na real e deixar o medo nos balneários acreditando sempre que é possível contrariar forças ocultas. Ser cuidadoso nas zonas perigosas, não dar baldas para que o o árbitro invente, obrigando-o a entrar no escândalo se houver intenção de benefício. Pensar sobretudo e somente no jogo. O árbitro sabe que vai estar sobre atenção redobrada e depois do escândalo no jogo do Sporting da semana passada, a pressão é ainda maior."

Diz-me quem sabe que o Olegário quando quer apita bem. E o que quererá Olegário? O que desejará alguém ligado por laços familiares a António Garrido? Sabem quem é António Garrido?

Aqui vai um resumo:
"Quem é António Garrido. Garrido foi o primeiro árbitro português escolhido para apitar a fase final de um campeonato do mundo (Argentina 78). Esteve também no Europeu de 80 (Itália) e no Europeu de 82 (Espanha). A 1 de Abril de 1973, quando faltavam seis minutos para o final do FC Porto – SL Benfica com o resultado em 1-2, inventou uma grande penalidade após simulação do portista Flávio na área das águias. O jogo terminou empatado e o Benfica foi assim impedido de conquistar o campeonato 100% vitorioso (levava 23 vitórias em 23 jornadas num campeonato com 30).

Depois de terminar a carreira 1982 foi recrutado estrategicamente pelo FC Porto. Sim, o FC Porto deve ser o único clube do mundo que tem uma ex-árbitro na sua estrutura. Deve ser por uma questão de transparência. A questão que põem é a seguinte. O que fará António Garrido na “estrutura” do FC Porto? Ao longo dos anos fomos tendo acesso a alguma informação (pouca). Garrido é o verdadeiro homem sombra. Desde que terminou a carreira pouco se ouviu falar dele.

Foi uma das pessoas que jantou com o árbitro do Porto – Villarreal. Foi uma das pessoas que estava presente quando Jacinto Paixão, o árbitro da fruta, foi coagido por elementos ligados ao FC Porto na mesma marisqueira. Foi apanhado nas escutas do Apito Dourado a falar com Valentim Loureiro e Pinto de Sousa. Foi identificado pela Polícia Judiciária, no âmbito do processo Apito Dourado, como o “contacto preferencial” do Porto para exercer pressão junto do órgão que nomeava os árbitros.

O FC Porto é dos clubes mais titulados do planeta desde que Pinto da Costa assumiu a presidência do clube em precisamente 1982, aproximadamente na mesma altura em que António Garrido foi recrutado pelo clube azul-e-branco. A maior parte das pessoas atribuem boa parte do mérito das conquistas recentes do clube ao seu presidente, homem que esteve suspenso durante 3 anos por corromper árbitros e que levou o clube a perder 6 pontos pelo mesmo motivo. Talvez os adeptos do FC Porto devessem estar gratos também a António Garrido, um ex-árbitro que entrou no FC Porto aproximadamente na mesma altura o presidente do Porto.

Pinto da Costa e António Garrido (ex-árbitro) conquistaram em quase 30 anos, 17 Campeonatos Nacionais, 11 Taças de Portugal, 16 Super Taças, 2 Ligas dos Campeões e 1 Taça Uefa.

O FC Porto, até a entrada do presidente condenado por corromper árbitros e do árbitro António Garrido, era um clube honrado mas tinha ganho apenas 7 Campeonatos Nacionais, 4 Taças de Portugal e 1 Super Taça." - retirado daqui.
---------------------------------------------------------------------

A capacidade dos jogadores do Benfica e a maturidade com que têm estado em campo tornará mais difícil a tarefa de quem quiser prejudicar o nosso clube. Mas temos de estar MUITO ATENTOS E CONCENTRADOS.

Já em Alvalade, a caça ao segundo lugar, com acesso directo à Champions, obriga o FCP a jogar as fichas todas nesse jogo. Espero que o Sporting siga os conselhos de Marinho Neves, homem que já provou saber bem como se movem os corruptos do futebol português.

Não tenham dúvidas disto: vai ser uma jornada explosiva e decisiva para o futuro imediato do futebol português. 

Se Benfica e Sporting sairem por cima, o tal 25 de Abril ficará mais perto. Mas ao contrário do que o sabujo da Académica esperaria.

Marco Silva no SLBenfica em 2014/15

Avatar
 ●  39 comentários  ● 
Aviso aos mais sensíveis: Calma! Não estou a "despedir" o Jesus nem nada que se pareça... Nem sequer este tópico será uma crítica ao Jesus, antes pelo contrário, nem um elogio ao actual treinador do Estoril, que ao contrário da corrente geral não me entusiasma particularmente.

"Ah e tal um tópico destes quando vamos à frente...". Bullshit, rapazes! Isto é um espaço de opinião e comentários pessoais. Deixem-se lá de merdas que isto não é nenhum jornal de tiragem nacional com impacto na opinião pública e, menos ainda, com impacto na preparação/moral da equipa, olhem para isto como uma conversa de café que vocês vão ser capazes de dar uma opinião simples e sem tolices.

Dito isto...

A minha convicção é que aos 60 anos (fará em Julho) e depois de 4 anos no SLBenfica, Jorge Jesus merecia sair de Portugal para tentar "uma perninha" num campeonato estrangeiro e voltar para ser o futuro seleccionador nacional depois do "ciclo Paulo Bento".

Estes quatro anos que se iniciaram com um titulo de campeão e que se poderão fechar da mesma forma - tenho plena convicção que seremos campeões este ano - seriam a saída triunfal para um treinador de enorme qualidade e que, pelo seu feitio, teimosia e personalidade, não se conseguiu impor como unânime entre os benfiquistas - e não creio que nem mais um título fará mudar essa situação.

Jorge Jesus, com melhor orientação que o ajudasse na vertente mental, psicológica e relacional/comunicação, seria possivelmente um treinador de nível mundial e "namorado" pelos melhores clubes do Mundo. O SLBenfica perdeu a oportunidade de ter uma organização que ajudasse Jesus e, com isso, ele ajudasse o Benfica. Se com essas lacunas fez tanto... imaginem se fosse ajudado a ultrapassar os seus maiores defeitos.

Este ano, um muito melhor SLBenfica em qualidade e mentalidade, arriscava-se a ser campeão sim... mas não podemos esquecer-nos que esse melhor Benfica, não fora a fragilidade comum a Sporting e FCPorto, teria - apesar da muito superior qualidade - passado um muito mau bocado para chegar ao título, se fosse possível.

Dito isto, talvez faça sentido repensar este ciclo de Jorge Jesus no Clube - porque o Benfica não pode/ não quer dar ao Jesus o que ele precisa para ser um fabuloso treinador melhorando nas vertentes que já referi - e procurar alicerçar em cima do trabalho de Jesus numa mentalidade diferente, porventura aproveitar para melhorar também a estrutura do futebol.

Jesus, vencendo o campeonato e com Jorge Mendes a apoia-lo, tem as portas de Espanha abertas, onde o Valencia seria uma grande porta de entrada - com dinheiro fresco - e que poderia permitir a Jesus fazer figura num campeonato e numa lingua onde é capaz de se fazer entender.

O SLBenfica ganharia um novo folego entre vários adeptos descontentes e que constantemente apontam a Jesus cada momento menos positivo, cada jogo menos conseguido... enfim... tudo é culpa de Jesus - na verdade, algumas coisas são, mas outras começam a ser perseguição. Por outro lado, a solidez do modelo de gestão permitiria aproveitar o que de bom Jesus deixou.

Ao nível das apostas de futuro, Marco Silva é um nome muito reconhecido na Luz entre dirigentes e adeptos e poderia ser uma boa opção para um treinador destemido que não aposta nos nomes mas nas soluções, algo que poderia perfeitamente abrir a porta aos jovens da formação enquanto consolidava processos e mantinha a solidez dos mais experientes.

A imprensa que dá Marco Silva no FCPorto teria muitas paginas para escrever sobre um alegado "roubo" quando muitos, como eu, acreditam que o próximo treinador do FCPorto já está escolhido e será estrangeiro - é apenas uma convicção.

Talvez fosse uma via que agradasse a todos... até ao Jorge Jesus que, saindo pela porta grande para um projecto estrangeiro não perderia dinheiro (e o Benfica não tinha que lhe pagar a saída).

Isto era o exercício!!! A minha opinião é simples: se for para mudar por mudar, eu acho que um "Jesus vintage", como se te assistido nos últimos tempos (um/dois meses), é claramente a melhor solução. Se for para mudar para "aliviar o cansaço" do Jesus e dos adeptos, porque não querem mudar a estrutura da SAD para o apoiar (esta seria SEMPRE a minha opção nº1), então talvez o cenário de "saída em grande" fosse uma boa via. O Valência vai investir muito e com o Mendes na retaguarda talvez fosse um "final de carreira" em grande para JJ.

Mas mais uma vez repito: manter JJ e melhorar a SAD para o ajudar/apoiar nas suas lacunas mais fortes (comunicação interna e externa, algumas teimosias absurdas, muits sobranceria, etc) seria de caras a melhor solução.

PS- Apesar de gostar da juventude, atitude e irreverência do Marco Silva, a minha aposta para suceder a Jesus num cenário destes seria: Rui Vitória.

Superação

 ●  7 comentários  ● 


Portugal 11 de Março de 2014

O texto que escrevi em 22 de Janeiro e aqui publicado, intitulado “Balanço da 1ª volta” terminava assim:
“Dado o evoluir da situação competitiva do Benfica, bastante melhor do que os habituais críticos de Jorge Jesus (nos mídia e fora deles) supunham na 1ª fase da época, e dado que há agora muito menos divisão no apoio à equipa, por parte dos adeptos, podemos acreditar numa 2ª volta tão boa ou melhor do que a 1ª. Melhor pontualmente, não em qualidade exibicional, porque as baixas de Cardozo e Sálvio, associada à venda de Matic, obrigam à alteração da dinâmica de jogo para figurinos exibicionais de maior pragmatismo e menos espectáculo.”
Como se pode concluir, 7 jogos depois, ou seja, quase metade da 2ª volta, e o figurino por mim antecipado confirmou-se na plenitude. O Benfica é uma equipa que busca o golo a partir de figurinos tácticos que privilegiam a contenção e controlo da posse de bola, sem excessos ofensivos nem excesso de velocidade nas transições defesa/ataque...
Também escrevi no texto “Paços firmes e decididos” publicado em 19 de Fevereiro:
“Como nos últimos 20 anos foram raras as vezes que vi o Benfica em 1º lugar em plena 2ª volta, é natural que me sinta satisfeito com o facto de pela 3ª época consecutiva isso estar a acontecer novamente. Contudo, depois dos “roubos” das épocas anteriores, é obvio que aguardo pela reacção da equipa quando jogar com arbitragens de Proença e Xistra, em particular. Na época passada, no Funchal e em Coimbra, estes senhores conseguiram empatar-nos a 2, tirando-nos 4 pontos que se revelaram decisivos nas contas finais do título. Por isso parece-me fundamental que só façamos “contas” quanto ao título de campeão quando passarmos por estes dois árbitros.”
Dito isto, aproveito para corrigir e esclarecer que Proença não é um potencial árbitro dos jogos do Benfica por causa do processo judicial que tem com o adepto que o agrediu (uma cabeçada útil, que valeu pontos ao Benfica e "pontos" ao Proença).
Voltando ao campeonato, devido ao empate do SCP em Setúbal e à nossa vitória sobre a equipa sensação da Liga (o Estoril que há 15 dias havia ganho em casa do FCP), passamos a dispor de uma vantagem de 7 pontos sobre o SCP e de 9 sobre o FCP que na minha maneira de ver, é o nosso principal concorrente. Podem parecer muitos pontos, mas não são.
Em 8 jogos tudo pode acontecer, em particular se os árbitros, na globalidade, voltarem a acreditar no FCP depois da mudança de treinador. Porque até ali, e devido a toda a divisão que existia entre adeptos mais notáveis ou menos notáveis, relativamente à forma como o FCP estava a jogar, nem os árbitros acreditavam que o FCP conseguia capitalizar os “empurrões” que eles costuma dar. Agora não parece ser assim, e 2 penaltys marcados no primeiro jogo após a substituição do treinador, fazem-me pensar que voltaram os truques de arbitragem.
A comunicação social, com a habitual hipocrisia e especulação, tem feito várias referências às possibilidades do Benfica ser campeão, porque nunca desperdiçou uma vantagem tão grande, esquecendo, agora e sempre, que antigamente os árbitros erravam por limitação humana e hoje erram de “manual”, erram para favorecer declaradamente terceiros. Portanto não há qualquer hipótese de comparar o que quer que seja, mas o que é certo, é que se instala um clima de grande euforia entre os adeptos, euforia que pode ser prejudicial.
Portanto para mim neste momento a estratégia futebolística do Benfica deve focar-se num único adversário: o próprio Benfica e todos os defeitos que sabemos que temos. Devemos ser capazes de nos superarmos, em cada jogo que ainda teremos de disputar. Teremos de ser humildes e focados no apoio à equipa, porque iremos perder alguns jogos, ou algumas provas, mas temos de permanecer firmes e coesos em torno do principal objectivo da época, que é ser campeão nacional. E continuando a ganhar para o campeonato, a confiança estende-se às outras provas impulsionando a nossa equipa e condicionando os nossos adversários. Superação é o nosso desafio, de nós adeptos, e da equipa enquanto um todo que começa no Presidente (ou no faz que é) e termina no roupeiro.
Entretanto as gentes do SCP, que beneficiaram de um golo fantasma em Setúbal e de 1 penalty que a favor do Benfica não se marca, queixam-se de ter sido “escandalosamente” prejudicado e de lhes terem “roubado” 2 pontos. Dizem à “boca cheia” que o Benfica pode encomendar as faixas de campeão, os jogadores escrevem “grosso” nas suas contas pessoais de facebook e twiter... Acho que perderam a noção do equilíbrio, da sensatez e do bom exemplo...
As nomeações dos árbitros para a próxima jornada, numa terça-feira (estranho), Benquerença no jogo do SCP com o FCP, e Mota no do Benfica contra o Nacional, provam que continua a haver interesse em puxar pelo FCP. Benquerença é o que se sabe nos jogos do FCP (tal como Proença). E Mota está tão condicionado pela campanha que o SCP fez contra si, que obviamente não vai querer errar a favor do Benfica (de preferência a favor do Nacional), para não lhe vandalizarem novamente (e vão duas) o talho... Isto está perigoso... Superação...

Uma lição da história aos benfiquistas e sportinguistas com palas nos olhos.

Avatar
 ●  40 comentários  ● 


1980. Final da Taça no Jamor. Adeptos do Sporting e do Belenenses juntos EM MASSA com os adeptos do Benfica, a PUXAR PELO BENFICA, contra o FC PORTO DE PINTO DA COSTA.

Vejam a reportagem, pesquisem sobre o tema e depois vejam quem tinha mais conhecimento da grandeza de ambos os clubes, Benfica e Sporting. Os de agora ou os daquela altura?

Os adeptos desse tempo não estavam toldados pela intoxicação de 30 anos da comunicação social e do hábil jogo de Pinto da Costa que conseguiu colocar Benfica e Sporting de costas voltadas.

Vejam a reportagem até ao fim e compreendam porque é que o FCP tremia quando vinha ao Sul. Não lhes era permitido virem cá espalhar o seu ódio que eram logo corridos, em todos os aspectos.




Nesse tempo, quer dirigentes quer adeptos percebiam o que estava em jogo. 
30 anos depois, comprova-se que tinham razão!! 

O que me surpreende( e não devia) é a quantidade de adeptos facciosos benfiquistas e sportinguistas que ainda insistem em olhar só para o seu umbigo e viverem convencidos de que o seu inimigo é o vizinho da 2ª Circular.
Que invocam episódios recentes uns dos outros para justificarem a sua cegueira.
Mas alguém tem legitimidade para invocar que não foi instrumento na ascensão do poder de Pinto da Costa? Há inocentes onde? Não brinquem com a verdade!

A dinastia 'Roquette' realmente fez um pacto com o 'Diabo' para tentar obter favores desportivos. A sua subserviência ao FC Porto envolvia ser instrumento e capacho nos ataques ao Benfica. Isso quase custou a sobrevivência do Sporting.  

Mas no Benfica temos legitimidade para apontar o quê a quem?
Quem foi o primeiro grande amigo de Pinto da Costa no futebol, e talvez ingenuamente, lhe facultou a entrada nas estruturas do futebol português?

Lembram-se de Damásio e do seu apoio a Pinto da Costa para a Liga? Da sua subserviência nojenta ao 'presidente Pinto da Costa' como ele sempre o chamou?

Quem apoiou uma peça central na estratégia do golpe de estado em curso na Liga? Quem apoiou Fernando Gomes? Não foram Benfica e Sporting? Quem disse ainda à uns anos atrás que Valentim Loureiro era um homem sério?
Quem ainda à alguns meses afirmou que foi 'homem de confiança' de Pinto da Costa?
Temos legitimidade para apontar o quê ao Sporting? Digam com honestidade!

Os adeptos que viviam Benfica e Sporting na altura em que ambos estavam bem mais perto da sua grandeza em termos de títulos sabiam bem quem era o inimigo.
Não se deixavam envenenar pelo FCP e pelas suas teorias.

Não confundiam o seu amor pelos seus clubes e a sua vontade de ganhar sempre. Nada disso era posto em causa. As 'alianças' que hoje fazem comichão a tanta gente eram vistas como algo essencial. 

Benfiquistas e Sportinguistas não eram menos adeptos dos seus clubes por entenderem e apoiarem isto. Viram o vídeo no início do post? Ouviram o relato da jornalista? Não eram 2 ou 3 bandeiras do Sporting. Eram dezenas, centenas!

É altura de benfiquistas e sportinguistas serem inteligentes! 

É altura de benfiquistas e sportinguistas estarem com os seus presidentes no combate à batota e à corrupção!

Quem lê o NGB sabe que eu estou longe de ser um vieirista. Mas siga Vieira um caminho que ficou aberto com as suas declarações de sexta-feira à saída do 'golpe de estado' e serei eu o primeiro a bater-lhe palmas e a defender as suas acções.

Acham que quero perder algum jogo com o Sporting, até mesmo a brincar entre amigos? Nem pensem nisso!

Mas fora das 4 linhas, se eles se revelarem parceiros na luta pela limpeza do futebol português, eu direi:
"Bem vindos! É um prazer lutar lado a lado convosco por um futebol limpo dos corruptos!"


segunda-feira, 10 de março de 2014

O que hoje é verdade, amanhã pode ser mentira...

 ●  9 comentários  ● 

O PRINCIPAL OBJECTIVO É O CAMPEONATO... MAS JÁ AGORA... ENTÃO E O RESTO?


Devo dizer antes do mais, que muito dificilmente, para não dizer impossível, depois das primeiras jornadas do campeonato pensar estar na situação actual, com 7 (8) pontos de avanço para o Sporting e 9 para o Porto a 8 jornadas para o fim da liga. Longe de mim dar-me a esse luxo de delírio, com base em toda a tempestade de final de época, e tumultuoso início da actual. 

Mas a verdade meus amigos, é que eis-nos chegados a esta maravilhosa "pole position" para a conquista do nosso 33º Título de Campeão Nacional! Volto a repetir, não me lembro de uma época onde estivéssemos tamanha vantagem pontual. E com esta vantagem pontual, julgo que começa a vislumbrar-se alguma ambição, que podemos aqui discutir se é desmedida e perigosa, ou perfeitamente exequível e controlada.

Jorge Jesus disse, e bem a meu ver: «Queremos ser vencedores do campeonato em Portugal. Depois vem a Champions League mas é um segundo objetivo porque os adeptos do Benfica estão ansiosos por voltarem a ser campeões em Portugal!" e ainda "Temos de apostar tudo no nosso campeonato, e poupanças pode ser para as taças e liga europa, no campeonato não vai haver poupanças!". Relativamente a isto, 100% de acordo. Não vamos hipotecar as chances de sermos campeões com uma vontade por vezes desmesurada e desajustada da nossa realidade nacional de querer ombrear com essa Europa fora. Acontece que isso era quando andávamos ali a perseguir a liderança, a disputá-la com 2, 3 pontos de avanço... agora... bom... agora estamos confortavelmente instalados como líderes e com um calendário restante que, longe de ser fácil, é acessível e relativamente tranquilo - tirando este receio de fatalidade patrocinada não por uma bebida qualquer mas sim pelo "terminus horribilis" de 2012/2013.

E agora?, penso eu e muitos dos nossos. Faltam 8 jornadas, a ver Nacional (f), Académica (c), Braga (f), Rio Ave (c), Arouca (f), Olhanense (c), Setúbal (c) e Porto(f). A negrito os jogos complicados que temos pela frente. Não que os outros sejam favas contadas, mas temos a obrigação de os tornar fáceis. Vencer no Nacional será importantíssimo para "arrumar" já a questão, tirando qualquer veleidade dos adversários. E não esquecer que Sporting tem pela frente Porto, Marítimo, Guimarães, Nacional e Estoril, e os dragays o Sporting, Nacional, Braga, Académica e Benfica. Por isso, conto que tanto um como outro ainda percam pontos, e muitos (todos os possíveis, com o Sporting a acabar em segundo com 1 ponto de avanço sobre o... Estoril). 

Com isto, será lícito ambicionar apostar algo mais na Liga Europa? Porventura será loucura pensar que um ano onde perdemos tudo irá dar lugar a uma época onde ganhamos tudo? O Totenham, a atravessar um mau momento, está perfeitamente ao nosso alcance. Não é um jogo fácil, mas estão a jeito! E depois... bom... depois... É ganhar a liga Europa certo? ou Errado? Será este pensamento errado? Eu julgo que não! Acho que devemos sempre ambicionar mais e melhor, até pela história que temos, a obrigação existe! Errado seria começar a época a dizer que queremos ganhar tudo, armados em campeões. Outra coisa, é com o decorrer da época, podermos fazer ajustes de objectivos e rectificações de discursos, quer para os adeptos, quer para dentro do próprio clube! E neste momento, julgo que apostar mais seriamente na Liga Europa não irá fazer perigar o Título de Campeão Nacional. Mas claro, O Título acima de tudo!!

Com isto, fica aqui para reflexão. Numa época onde perdemos porventura os nossos dois maiores símbolos, Rei Eusébio e o senhor Coluna, vamos honrá-los com um manto vitorioso nacional e europeu? Voltámos a ter Guttmann na Luz, estão reunidas as condições para vencer uma prova europeia? Vamos pender para "Quem tudo quer, tudo perde", "Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar", ou "A sorte protege os audazes" e "Peito para fora, barriga para dentro! Dos fracos não reza a história" Como vai ser mister JJ? "Acraditas" mesmo que temos um plantel com mais opções, e é viável querermos mais? E LFV, está na hora de vires largar uns comentários inflamados e carregados de ambição, ou virás pôr água na fervura?  Já nem falo da Taça de Portugal e da Liga... Deixo para vocês a palavra!

Já sabem, SINTAM A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!

" Os mais novos merecem sentir a grandeza do Sport Lisboa e Benfica, Títulos, venham eles! " 


O "Golpe" do Oliveira (e do Gomes)

Avatar
 ●  14 comentários  ● 

Alguém já se deu ao trabalho de perceber o que reclamam os clubes que querem destituir o Mário Figueiredo? Nada em concreto, pois claro, pois nenhum quer assumir que o que está por detrás de tudo isto é a protecção do monopólio do Joaquim Oliveira nos direitos televisivos - o seu actual único negócio (depois da venda de 72% da Controlinvest).

Ora, para contornar isto e atacar o Mário Figueiredo, o que é alegado pelos clubes é que não se conseguem marcar AGs, que não há poder para os clubes na Liga, etc etc etc. Tudo questões que o presidente Mário Figueiredo nada está a fazer de errado e que se limita a cumprir... OS ESTATUTOS!

Então e quem é que submeteu os actuais estatutos que tiraram poder aos Clubes? FERNANDO GOMES!

Então e quem é que votou e aprovou de cruz os estatutos propostos pelo Fernando Gomes? ESTES CLUBES!

... Dito isto, porque raio de repente quem era bom (Mário Figueiredo) e o que fazia sentido (os estatutos) viraram um foco de tamanho descontentamento?

PORQUE MÁRIO FIGUEIREDO QUIS "MATAR A GALINHA DOS OVOS DE OURO" DE JOAQUIM OLIVEIRA.

O mesmo que desde sempre tem ajudado (e financiado) o FCPorto através dos mais diferentes expedientes e que por isso tem agora no FCPorto um importantíssimo aliado nesta luta.

É precisamente nos bastidores desta luta que o FCPorto está a contar espingardas e chamar a si os aliados de sempre (não os clubes mas quem os lidera) para defender a posição de Joaquim Oliveira a troco dos apoios de sempre: jogadores emprestados, financiamentos, ajudas, garantias classificativas, manutenção nas Ligas profissionais, arbitragens mais "macias", etc etc etc.

E para ter isto para dar aos clubes, o actual posicionamento de Fernando Gomes é fundamental como "todo o poderoso" na FPF... e reparem que é tão poderoso que foi ele que criou a Liga que todos criticam... mas que ninguém lhe aponta nada.

Desenganem-se os que acreditam nas balelas de "um futebol melhor". Mentira... E se consultarem os adeptos e sócios dos clubes em questão, possivelmente NINGUÉM votaria alinhado com a posição que os Presidentes tomaram. O que se passou na reunião de Fátima foram decisões de PESSOAS que pensaram nos interesses de PESSOAS e ignoraram, como nos últimos 30 anos, a sustentabilidade do futebol português e, mais grave, a sustentabilidade futura dos próprios clubes.

O que está em causa é um grupo de pessoas que quer tomar de assalto a Liga para proteger o negócio de Joaquim Oliveira que, continuando a enriquecer à custa dos clubes, poderá mover as suas influencias para precisamente "manter à tona de água" esses mesmos clubes e as redes de empresários que importam camiões de jogadores de péssima qualidade para o futebol nacional e que "matam" o espaço da formação.

É UMA REDE, meus amigos... UMA REDE DE INFLUÊNCIAS... E nenhuma delas tem a ver com os Clubes, mas sim com a "sede de poder" e a ganância de quem os lidera.

O SportingCP há muito (desde que chegou Bruno de Carvalho) percebeu isto... e Infelizmente foi logo penalizado em campo pelas suas tomadas de posição, pois não tem a força e as armas que tem o SLBenfica que devido a isso fica imune às tentativas de destruição.

Lamentavelmente vamos assistir, mais uma vez, ao que se passou em 1993 e à tentativa de arrancar para mais uns anos de domínio obscuro e vergonhoso do futebol nacional por parte de interesses individuais e que em nada irão contribuir para o futebol nacional.

A Hora da 2ª Circular

 ●  29 comentários  ● 

TOCA A REUNIR, LISBOA!

Ainda algo eufórico/agradado com este fim de semana desportivo, onde quero crer que foi dado um passo de gigante para sermos CAMPEÕES NACIONAIS, alcançando o 33º Título de Campeão, tenho de reconhecer que ainda muito há para jogar no nosso campeonato, e sobretudo muitas e importantes decisões se aproximam a passos largos

No seguimento do que disse e muito bem o GB no seu post, a força do sistema está agora encostada entre a espada e a parede, não podendo mais ser "discreta" nas suas manobras. São obrigados a actuar e já, sem contemplações, sem rodeios, e à descarada. A luta pelo poder, onde os campadrios se vão exaltar, onde as comadres vão protestar e todos aqueles que estão encostados ao sistema vão agora pegar nas suas armas e atirarem-se como gatos a bofe. 

Já vi aqui muito Benfiquista a dizer: lixem-se os "lagartos", são anti-benfica! Benfica e Sporting friends lda, etc. Muito bem, vejo que o papel que Pinto da Costa tem de desempenhar é mais ligeiro enquanto houver quem pense assim. Da mesma forma, que os anti-benfica mascarados de fatos leoninos, enquanto continuarem na sua demanda "santa" de cruxificar todo o Benfica, serão os primeiros a criar frestas e rupturas na estratégia de Bruno Carvalho.

Já todos perceberam, se ainda não chegaram lá, nós fazemos um desenho: Benfica e Sporting não se podem mais incompatibilizar! Não temos de dormir juntos, de partilhar uma refeição a meias, ou sequer ter um estádio único onde disputar as nossas partidas! Temos sim, de perceber que temos em ambos os lados a intenção de legitimar o futebol português e dele correr com toda a podridão que tão confortavelmente nele está instalado. 

Pinto da Costa cedo percebeu, que precisaria de dividir a 2ª Circular para poder entrar e carregar a sua vontade. Dividir para conquistar, manobra "by the book" á "old School"! Numa época, é amigo de um, depois é do outro, nunca do mesmo muito tempo para também não o fortalecer... quem acha que isto é fantasia, é realmente... muito inocente (uso aqui esta palavra, pois de todas as que me ocorreram é a mais gentil e não quero aqui ferir susceptibilidades nem sentimentos).

O Porto tem de cavalgar até ao 2º lugar para poder entrar na Champions e assim amenizar todo o colapso económico e tentar afastar dos seus adeptos a ideia de final de ciclo. Não pode já almejar o 1º, pois esse já ninguém nos tira, e seria preciso um desastre para chegarmos ao Dragay apenas com os 2 pontos de vantagem necessários para a "remontada". Até para o sistema seria "demasiado". 

Quem está a jeito, são uns tipos de verde, que muita gente tem medo de apelidar de Sporting, como se uma asneira ou palavrão estivessem a proferir. Relembrem o seguinte: O nosso adversário é, sempre foi, e sempre será o Sporting. O nosso Rival é, sempre foi, e sempre será o Sporting. É com eles que sempre disputámos a liderança do futebol português. Dos 5 Violinos, Hilários, Vitor Damas, etc, estes foram os artistas com que os nossos grandes atletas disputaram verdadeiras jornadas heróicas. Homens como COLUNA, EUSÉBIO, José Águas, Humberto Coelho, Manuel Bento, ascenderam ao Olimpo através destes gloriosos encontros e rivalidades! 

Pensar que o Porto é o nosso maior rival,... é triste. Porque quem não joga limpo não pode ser rival de ninguém, é um parasita, um logro, e algo a que aprendi a odiar, pois representam todo um mal e podridão que podemos encontrar paralelamente na nossa sociedade, fruto de haver protegidos, cunhas, colarinhos brancos, malta que cai em graça sem ser engraçado, etc. 

Não me entendam mal, sobretudo aquele que já estão a espumar da boca, e aos gritos esmurrando as teclas do teclado fazem já os comentários do INFILTRADO, VAI PARA A TASCA DO CHERBA, AO JUNTA-TE À JUVE SEU VERGONHOSO, eu gosto de ver o Sporting perder, sempre que possível, e se possível sempre! Gosto de ás 2as feiras cruzar-me com os meus amigos "lagartos" e poder olhar-lhes de cima, com eles a fugir a sete pés do tema futebol. Ser benfiquista é poder "quebrar" a altivez dos "marqueses sportinguistas". Agora, O Sporting é um clube que respeito, e o coloco num patamar logo abaixo do Benfica. O porto nada merece, a não ser desprezo.

Não tenho dúvidas que vai ser complicado o Sporting bater o pé ao porto, já no próximo jogo, espero que consigam ganhar, e calcar os azuis de vez para baixo, e deixá-los á mercê do Estoril. Temos de saber perceber o "timing" das rivalidades, e está na hora do Sporting ter um reforço de peso na sua luta pela final da liga Portuguesa! Está na hora de darmos a possibilidade de se voltar a respeitar o grémio de alvalade. Eles que se defendam a eles próprios em campo. Mas se algo se passar fora das quatro linhas, devemos sentir essa afronta como se fosse dirigida a nós próprios! Porquê? Porque é mesmo dirigida a nós, sempre que destroem a verdade desportiva. Não podemos permitir que o Sporting seja escorraçado do 2º lugar. O porto ganhar fôlego para mais uma época, é dar-lhes hipóteses de se manterem no "activo". 
Está na hora de desligar a máquina ao dragay. Cortem-lhe o oxigénio, e declarem a hora de óbito: Março de 2014! 

SINTAM A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!!

domingo, 9 de março de 2014

Jogo Importantíssimo em Setubal... para o futuro da Liga de Clubes

Avatar
 ●  25 comentários  ● 

O que se passou em Setúbal foi uma demonstração de força do Sistema... que não aconteceu na Luz precisamente porque... prejudicaria o FCPorto.

Vamos lá explicar isto:

SportingCP, SLBenfica e Marítimo desafiaram o "velho gagá imbecil" e este não perdeu tempo a mostrar a sua força aos que se pudessem ter deixado impressionar pela atitude deste trio. Recordo que as votações naquela reunião dos presidentes não foram por unanimidade, cerca de 20% dos presentes não votaram na linha da maioria.

Ora, estes que votaram contra o "Golpe de Estado" e outros que possam ter-se demonstrado menos "guerreiros" na revolta contra SLBenfica e Sporting (acompanhados do Marítimo), podem ser um perigo para esse mesmo "Golpe de Estado" na AG da Liga, por isso, há que demonstrar a esses quem é que tem o poder e a influência para "afundar" os objectivos das equipas no campeonato.

Não se sabe quem foram os 20% presentes que não votaram alinhados, mas hoje esses ficaram a saber que ou colaboram, ou pelo menos não dificultem nem levantem ondas, pois isso pode resultar em algumas arbitragens mais desastrosas assim também para eles.

Então porque isto não aconteceu com o Benfica também? Fácil... porque ao FCPorto interessa uma derrota do Estoril, especialmente numa jornada em que eles têm uma vitória mais garantida com um adversário mais acessível como o Arouca. Reparem que com isto o FCPorto ganha pontos ao adversário que está abaixo (passa para 7 pontos de atraso) e ao que está à frente (fica a apenas 3 de ser alcançado). Assim o acesso indirecto à Champions está garantido e o acesso directo só depende deles... tendo em conta que jogam com o Sporting na próxima jornada.

Curioso, não é?

E é perfeitamente natural que amanhã o Marítimo, se o jogo lhes estiver a correr de feição também possa enfrentar algumas dificuldades. É que também isso vai beneficiar uns quantos aliados: 

- Académica que empatou e está à frente deles, 
- Setúbal que empatou e fica a um ponto
- Gil Vicente que venceu e com isto está a dois. 
- Também o Rio Ave ficará a apenas três pontos do Marítimo 

Reparem que o Marítimo pode cair da 7ª posição antes desta jornada para a 9ª e a apenas 3 pontos do 12º lugar.

Esta arbitragem de Setúbal foi importantíssima para a estratégia de "Golpe de Estado" da Liga de Clubes.

Da minha parte não tenho dúvidas: Desejo A VITÓRIA do SportingCP em todos os jogos até final do campeonato (tendo em conta que mesmo assim nunca chegarão sequer aos calcanhares do SLBenfica), pois dessa forma o FCPorto ficará seguramente atrás do SportingCP e terá problemas para cumprir o que prometem aos outros clubes.

Não há como perder este!

Avatar
 ●  6 comentários  ● 

Depois desta jornada, e embora muito possa acontecer, a minha convicção é de que não há como perder este campeonato. Isto apesar de não partilhar das euforias que vi na Luz entre muitos adeptos.
Ganhamos o jogo ao Estoril, e não ao Real Madrid ou ao Bayern Munique.

Excelente jogo do Benfica, não em nota artística, mas em maturidade e controle de jogo. Assim, há razões para termos confiança de que este ano o 33 pode ser uma realidade. 

Mas apenas se mantivermos esta atitude mental e se JJ não improvisar.

Nota: Aos sportinguistas que são mais anti-benfiquistas que outra coisa. Se o jogo de hoje no Bonfim não vos abriu os olhos para quem vos quer puxar para baixo...então pensem com o único neurónio que vos resta. Continuem a sonhar com o Benfica em vez de olharem para o vosso verdadeiro inimigo.

ranking