O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 26 de dezembro de 2009

Perspectivas

 ●  6 comentários  ● 
Duas perspectivas, dois factos, duas preocupações:

Lucho Gonzalez
Parece que a não será este a excepção que confirmará a regra. Também Lucho, tal como 99% dos jogadores que passaram mais de dois anos sob os métodos da "amarelinha do Povoas", quando sai do FCPorto... o seu destino seguinte é: As Lesões!

Pois é! O corpo humano é assim mesmo... quando se "vicia" em certas doses, em dificuldades em reagir sem elas. É a chamada ressaca... ou para os jornalistas é a formula milagrosa que faz com que a mega-organização do FCPorto consiga potenciar ao máximo os jogadores, como nenhum clube no Mundo faz. Tretas... DOPING, meus caros!


Ruben Micael
Ponto prévio: Deveria ter sido contratado pelo Benfica este ano (em vez do Filipe Menezes). Será um erro não o contratar em Janeiro... como será um erro não o contratar em cada oportunidade que passe. Cada dia que deixarmos este jogador no Nacional ou a caminho de outro Clube... é uma oportunidade perdida.

Mas o que me traz a falar dele é a preocupação sobre a perspectiva que os jogadores fora do Benfica constroem do nosso Clube, atentem ao que Ruben Micael confidencia sobre Nene (actual responsável pela formação do SLBenfica) e o Benfica em entrevista ao DN:

Há uma coisa que muito pouca gente sabe: quando estava nos iniciados, fui a Lisboa e fiz testes no Benfica. Mais tarde, já juvenil, responsáveis do Sporting viram-me jogar, gostaram e até disseram que se fosse um ano mais novo ficariam comigo. No Benfica, o senhor que me avaliou disse simplesmente que nunca seria jogador de futebol na vida.

Quem foi o "senhor do Benfica"?
Nené.

Erros de avaliação/casting aos 14 anos? Obviamente... são mais que muitos e continuarão a existir! O que está em causa nesta perspectiva de Ruben Micael não é chamar incompetente ao Nene (sim, ainda que não o considere a melhor opção para o cargo - longe disso).

O que está REALMENTE em causa é que, o Benfica há muito que deveria ter "apagado" este episódio da cabeça do Ruben Micael, mantendo com o jogador uma relação próxima e de confiança que pudesse potenciar - se o futuro assim o desejasse - uma possível transferência.

Esta é outra vertente do futebol do Benfica! Temos que saber ser "oportunistas" e criar uma teia relacional que potencie informação privilegiada e uma rede de contactos que nos coloque em posição favorável face à concorrência quando precisamos de "atacar".

Isto deve ser feito ao nível de jogadores de outras equipas, treinadores e dirigentes. O que actualmente fazemos é precisamente o inverso: Vivemos fechados no nosso Mundo e acreditamos (os dirigentes) que somos os "reis da cocada" e quando quisermos todos têm que nos "abrir as perninhas". Errado! Nada de mais errado.

... Ou se calhar, fazemos tudo isto sim... mas com os empresários estrangeiros que enriquecem à conta do Benfica e ajudam uns e outros também a enriquecer com os Kardecs, Airtons, Menezes, Keirrisons, etc.... Deixando caminho livre para manter no esquecimento outros como Nelson Oliveira, Saná, Miguel Rosa, Carvalhas, David Simão, Yartey... ou para encaminhar para os nossos rivais outros como João Pereira, Varela, Rolando, João Aurélio ou Ruben Micael.

O que têm em comum estes jogadores? São portugueses ou formados no Benfica... e não dão dinheiro aos "amigos"e patrões do futebol.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Descansa em Paz

 ●  Sem comentários  ● 
Grande Benfiquista!

Oscaralhinho...

 ●  4 comentários  ● 
O jornal A Bola vem acompanhando há alguns dias uma novela brasileira chamada: "A deseja aventura portuguesa de Oscaralhinho".

É a história de um empresário amigo (mais um amigo) que está a "orquestrar" uma saída litigiosa do São Paulo de um jogador de 18 anos e (alegadamente) muito potencial.

Infelizmente é o triste fado do futebol Mundial: Quem dita as regras são os interesses dos empresários e quando os clubes não alinham na história e facilitam as transferências pelos valores (e comissões) que eles pretendem... nada melhor que partir para a confusão.

Segundo a "Folha de São Paulo", há um litígio entre o jogador Oscar (18 anos) e o São Paulo, alegadamente por salários em atraso, sendo que por trás de toda a situação estará Giuliano Bertolucci - o tal "amigo" / empresário / quase-director desportivo - que alegamente pretende colocar o puto no Benfica para mais tarde promover uma transferência para um grande europeu.

Este Oscar é "apenas" o valor jovem mais seguro das escolas do São Paulo dos últimos anos, pelo que será desajustado estar aqui a promover quaisquer tipos de comentários a propósito da qualidade e/ou veracidade da ligação do jogador ao Benfica - não há quaisquer indícios de que isso seja verdade.

O que efectivamente me preocupa é o excessivo contingente de jogadores que tem chegado à Luz... a juntar à origem brasileira dos mesmos. Nada me move nem contra Airton, nem Kardec, nem agora Oscar (?). Não vou aqui estar a dissertar sobre a qualidade destes jogadores. Mas preocupa-me a oportunidade destas contratações:

Kardec? então e Nelson Oliveira? Makukula (a par de Cardozo entre os melhores da Europa)? Para que foi o investimento em Weldon? O que fazer com Mantorras e Nuno Gomes? E o empréstimo de Keirrison? De todos estes nomes... algum fará verdadeira sombra a Cardozo e/ou Saviola?

Airton? Lassana Camará sairá brevemente dos juniores e quem melhor que Javi Garcia ou Ramires para o acompanhar? O que vamos fazer com Ruben Amorim? Posso até aceitar a chegada deste jogador numa óptica de que Yebda será já uma carta definitivamente fora do baralho (ainda que seja titular na Premier League)...

Novamente, e para que não haja más interpretações, reitero que não estou de todo a questionar a chegada destes jogadores, mas sim o efeito que tal poderá ter na estratégia e "arrumação" da equipa. O que me preocupa é que possamos estar reféns de estratégias de empresários "amigos" e de problemas de tesouraria para aceitar esta chegada constante de camiões de jogadores brasileiros. Antes de qualquer contratação é fundamental perceber que tipo de estratégia pretende o SLBenfica seguir com estas aquisições.

Reforçar o ataque (Kardec)? Ok... mas o que fazer a Weldon, Keirrison, Nuno Gomes e Mantorras?

Reforçar a defesa (Fabio Faria)? Ok... mas o que fazer a Miguel Victor, Roderick, Sidnei, Zoro , Leandro e Halliche?

Reforçar o meio campo (Airton e Oscar)? Ok... mas o que fazer a Ruben Amorim, Fillipe Bastos, Filipe Menezes ou mesmo Yebda, Carvalhas, Miguel Rosa, Romeu Ribeiro? E Ruben Micael?

Qual o papel de Urreta? Qual a estratégia para o lado esquerdo da defesa onde nem Coentrão, nem Peixoto e muito menos Shaffer ou Sepsi convencem ou estão à altura?

E Luis Filipe, Jorge Ribeiro e Balboa? São dispensados, integrados ou "cruzes para carregar"? Quem secundará Maxi Pereira? É mesmo Luis Filipe ou poderia ter sido João Pereira? E o Patric?

E a baliza? Julio César é uma aposta de futuro... mas e qual será a equação? Precisamos de um GR de créditos firmados que Quim e Moreira parecem já não conseguir acompanhar.

E na direita? Ramires é uma solução ou uma opção? É estratégico jogar com uma ala esquerda e um interior direito ou pretendemos um ala direito? João Aurélio não poderá ser opção?

São, na minha perspectiva, muitas as vertentes pelas quais poderiamos e deveriamos abordar a questão do plantel e penso que a mais sensata de todas foi dita por alguém que parece estar a ter um papel pouco interventivo nesta fase: Rui Costa «Plantel foi pensado para toda a época».

Seguindo o raciocínio de Rui Costa, o caminho deveria ser, claramente, o de movimentação estratégica no mercado, antecipando bem as acções (para evitar subidas dos valores), mas procurando proteger antes de tudo e todos os que já cá estão.

Ora, das duas uma:

- Ou estes jogadores estão a chegar a pensar na próxima época e nesse caso parece-me muitíssimo ambicioso considerar que Kardec ou Airton possam fazer sequer sombra de substituição a Cardozo ou Javi Garcia.

- Ou estamos a contratar "para ver o que vão dar" umas oportunidades boas que o Bertolucci tem e pretende colocar a rodar na Europa com vistas a uma futura grande transferência.

Seja qual for o caminho - se for algum dos acima, parece-me ser muito perigoso.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal (com as novas contratações)

 ●  5 comentários  ● 
Por motivos profissionais, não me foi possível estar tão presente neste fim do ano, como é apanágio do GB. Contudo, prometo voltar em força na próxima semana.

Até lá, deixo-vos com um Feliz Natal pelas melhores contratações do SLBenfica para 2010 ;)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Frio, Chuva e... Ambição

 ●  7 comentários  ● 
AMBIÇÃO! Foi a palavra-chave desta noite... Um Benfica à Benfica! Não foi um Benfica espectacular... foi o único Benfica possível, contra a equipa que antevia uma semana dificil para o Benfica com duas derrotas (basquete e futebol), mas que na prática saiu o tiro pela culatra e quem perdeu os dois jogos foram os corruptos.

Com muita chuva e, consequentemente, com o relvado em más condições... JJ percebeu bem que o FCP ia arrancar mais com músculo do que com qualidade. Receita? Fazer o inverso...

Não me enganei quando disse que iam procurar "atacar" David Luiz, Javi Garcia e Cardozo... e entre agressão ao espanhol (pelo Cebola) até ao amarelo injusto ao brasileiro, o ramalhete só ficou composto com umas três ou quatro vezes que embrulharam o Ramires em choques... até que cedeu mesmo e teve que sair.

Por marcar ainda ficou um penalty (e consequente expulsão com o 2º amarelo) por mão claríssima de Cristian Rodriguez, numa noite onde os corruptos apenas tiveram um remate digno desse nome.

Bem pode o Jesualdo queixar-se do relvado (como se o Benfica não tivesse jogado na mesma relva), pode queixar-se que nos últimos 15' o Benfica fez o que o FCPorto faz tantas e tantas vezes (controlar o jogo)... enfim, ele pode queixar-se do que quiser, mas a verdade é que o Benfica ganhou e ganhou bem... muito bem!

PECA POR ESCASSO O RESULTADO! 2-0 era bem mais justo.

Por fim, e porque escrevo o que é justo e não o que interessa a algumas pessoas, a direcção esteve bem no jogo de hoje, como eu temi que pudesse não acontecer. Desde o "incendiar" o público com o "cheira bem, cheira a Lisboa" até à informação aos apanha-bolas para... relaxarem no fim do jogo"... passando por outros pormenores interessantes (no túnel, mas que não vou falar).

Fico contente que o repto aqui lançado esta manhã tenha tido sentido... ao ponto de se ter PROVADO que eu estava certo... ;)

PS- Agora vou mas é para o quentinho para recuperar do frio e chuva que apanhei... com gosto!

domingo, 20 de dezembro de 2009

Lançar o Clássico com ambição!

 ●  2 comentários  ● 
Que a equipa está entregue a si mesma (JJ & Jogadores) já todos sabemos... E LFV fez questão de dizer ontem isso mesmo na inauguração da Casa do Benfica de Torres Novas. Confia na ambição e determinação dos jogadores, mas não promete vitórias, apenas trabalho e dedicação.

Se dissesse isso há 20 anos... já não via o clássico como Presidente do Benfica! Mas enfim... outros tempos, outra entrega, outras motivações dos benfiquistas.

Vamos falar do jogo! Como em Braga e Olhão... o FCPorto traz a lição bem estudada e os alvos preferenciais serão o David Luiz, o Javi Garcia e o Cardozo! A estes, se Aimar e Ramires jogarem... serão pela certa alvos de entradas duras nos primeiros 20min de jogo, para os atemorizar face as lesões recentes.

Com isto, o Lucilio estará já devidamente "ensinado" para a estratégia que irá permitir esses "ataques" à concentração e determinação dos nossos jogadores, ao mesmo tempo que será intransigente perante qualquer contacto com o "flop" Hulk.

Será, por isso, fundamental criar um ambiente infernal na Luz para os corruptos. Tem que valer tudo para se sentir a jogar em ambiente hostil e terem também outras preocupações na cabeça alguém da matéria estudada no eixo corrupto de Contumil. Só assim poderemos reverter a nosso favor o jogo mental e corrupto que está preparado para ser usado contra o SLBenfica.

Deixar na mão do treinador, jogadores e adeptos tudo isto... é demitir a direcção de um papel fundamental de protecção dos jogadores, assim como criação de condições contra-ataque à estratégia "extra-futebol" dos corruptos.

A Estratégia dos Corruptos começa na cabeça corrupta dos seus dirigentes. Nós não somos corruptos nem nunca seremos, mas temos que saber usar a cabeça para virar essa estratégia deles... contra eles próprios.

O Presidente pode até não saber mover-nos nos meandros escuros do futebol e desejar que eles acabem, deixando entregues ao trabalho e dedicação todo o resultado de algum sucesso. Talvez por acreditar neste sonho... ou querer fazer-nos acreditar que é assim que ele pensa (mas isso é conversa para outro dia) não tenha ainda ganho quase nada.

Por isso o meu pedido para hoje é que cada um de nós faça a sua parte e, aconteça o que acontecer, ninguém abandone os nossos jogadores e o nosso treinador!!!!! E eu digo.... TODOS! Dos adeptos à direcção... repito: Direcção.

A minha parte começou a ser feita nestas linhas de alerta e continuará a ser feita no estádio, com total dedicação e apoio. FAÇAM A VOSSA!

ranking