O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 9 de dezembro de 2017

Ano e meio e 40 milhões depois, continua a não haver um ala titular neste Benfica

Avatar
 ●  59 comentários  ● 
Há algo que Rui Vitória tem feito bem: Tentou montar o SEU sistema de jogo e impor as SUAS ideias. A cair que caísse com elas, foi sempre o que lhe pedi MAS...

Continua a ser muito pouco aquilo que a equipa mostra e uma trapalhada completa...

Não quero repetir mais uma vez aquilo que já expressei dezenas de vezes quanto àquilo que foi o planeamento desta época mas, se quisermos todos perceber a dimensão do desnorte de Rui Vitória é olhar para aquilo que têm sido as apostas para jogar nas alas da equipa...

De Carrilho que cedo foi à vida, a Rafa que vai pelo mesmo caminho, a Sálvio que parece ser o único com presença assídua no onze, a Zivkovic e Cervi que não fazem três jogos seguidos a titulares, a Diogo Gonçalves que entrou e desapareceu num ápice...

A dimensão do desnorte vê-se aqui, e já nem falo nos 40 milhões gastos em alas pelo Benfica dos quais Rui Vitória não arranca um titular, mas sobretudo naquilo que qualquer leigo da bola percebe, que não é assim que se gere um balneário e não é assim que se dá confiança a quem quer que seja!

Rui Vitória anda HÁ ANO E MEIO a ver se consegue um ala esquerdo para o Benfica! Ano e meio!! E ano e meio depois continua a lançar e a queimar um a um em modo carrocel, a dar e a tirar confiança a cada um a cada duas semanas, e a testar um a um em cada jogo, sendo que, não há um modelo de jogo, não há uma ideia de equipa, é atirá-los lá para dentro e literalmente pedir-lhes para se desemerdarem por si!

Aqui disse há algum tempo quando se vislumbrou que Rui Vitória iria mudar algo na equipa, que saudava essa mudança mas que era um passo sem retorno. Quando se “queima” a base da equipa que já vinha de trás, quando se lhe retira a confiança, quando se testa uma segunda fórmula, só há um caminho: Ganhar. Porque não ganhando, já não há possibilidades de trazer os “rejeitados” de volta, não há possibilidade de se reerguer o que antes se chumbou aos olhos de todos.

E não quero falar muito deste jogo do Estoril porque é mais do mesmo, é mais de uma equipa banalíssima que vem à Luz jogar como quer e parecer uma equipa de Zidanes, muitíssimo superior ao Benfica do ponto de vista coletivo e que só não ganha hoje facilmente porque individualmente, são quase todos jogadores de quinto escalão e sem grande habilidade.


Mas aquilo que se percebe a olho nu é duas coisas ABSOLUTAMENTE óbvias:

1. Os adeptos já perceberam que Rui Vitória não serve e tem os dias contados.

2. E o mais grave: Os jogadores também já perceberam o mesmo, tal como perceberam que Rui Vitória é hoje bem mais parte do problema do que da solução.


Se há diferença naquilo que acontece este ano para aquilo que aconteceu em outros anos, é que nos primeiros dois anos Rui Vitória lançava muitos jogadores porque tinha muitas lesões e estava a cada semana a ter de inventar novas soluções sem ter de assumir nenhuma vontade própria em cada uma dessas escolhas.

Este ano as lesões são menos, há mais jogadores disponíveis, o plantel tem quase 30 jogadores e Rui Vitória tem de justificar as suas opções e mandar jogadores para a bancada todas as semanas. E isso muda tudo porque a gestão pacífica do balneário, a ideia do treinador simpático em paz com Deus e com o Diabo e com os jogadores sempre do seu lado não existe mais.

A verdade é que Rui Vitória já testou o plantel quase todo, já testou dois modelos de jogo, já testou três guarda redes, três avançados, 6 alas e as exibições da equipa continuam a ser de uma sofreguidão e de uma falta de ideias absolutamente alarmantes... E a cada semana aumenta o número de descontentes no grupo e o número de céticos quanto às suas ideias.

E a forma como ainda hoje se viu várias vezes uma equipa como o Estoril a partir para cima do Benfica em superioridade numérica do meio campo, a chegar até à nossa linha mais defensiva sem qualquer oposição do nosso meio campo que se limita a ver jogar, é a explicação de como se sofrem 14 golos em 6 jogos numa Champions League, mas também, quanto a mim, a prova da descrença e de como estes jogadores há muito que deixaram de acreditar neste treinador.

Como aqui sempre defendi, aqueles que quiserem olhar para o resultado apenas, eh pá, ganhámos 3-1 ao último classificado da Liga, estamos muita bem! Mas eu nunca pensei assim. Há jogos que se perdem com competência e outros que se ganham onde saltam à vista sinais alarmantes. Este de hoje, a juntar a TANTOS outros de um passado recente, é um deles.

A juntar ao óbvio de que este Benfica foi mal planeado, que a culpa disto vem bem mais de cima do que propriamente do treinador, e àquilo que salta aos olhos de todos de que a este Benfica faltam mais jogadores de qualidade, há algo que o Benfica também precisa como de pão para a boca neste momento:

De um treinador com ideias novas que agarre em 15/16 jogadores dos 30 deste plantel e faça deles uma base sólida, que lhes restaure a confiança em si mesmos, fazendo-os acreditar que valem muito mais do que têm mostrado esta época. E alguns valem mesmo, e o DESAPROVEITAMENTO dos bons alas do Benfica é um exemplo crasso dessa realidade.

Um grupo sem confiança no seu líder é o princípio de muitos problemas, e em parte, penso que é muito disso aquilo que se vive nesta altura.


Fornecedor de bolas da Liga processa o Benfica...

Avatar
 ●  61 comentários  ● 

A empresa que fornece as bolas para os jogos da Liga decidiu hoje, ao cabo de varias semanas da equipa do Benfica a tratar mal a bola, decidiu hoje fazer queixa do SLBenfica.

As bolas terminam os jogos a chorar de tão mal tratadas que são por gente que até tem qualidade nos pés e aparenta tratar mal as bolas por falta de vontade e respeito pelo material.

Mais um jogo com tudo para correr bem... e mais uma vez um jogo em que se aproveitam 10/15' de jogo e o resto é absolutamente sofredor.

Pelo caminho, lá vimos o treinador a deixar na bancada do Diogo Gonçalves para dar tempo de jogo a um cada vez mais desastrado Rafa e sem coragem para lançar os jovens com receio que o Estoril marcasse - Estoril que não marcava um golo há 8 jogos e acabou a ter mais remates enquadrados do que o Benfica.

Se isto é o foco no título e na resposta a uma saída inacreditável da Champios.... vou ali venho já!

Oh Rui Vitória... não há vontade de ser colaborativo e de apoiar o Penta que resista a tanta mediocridade!

Sport Lisboa e Benfica - Estoril Praia

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

Lista de convocados

Guarda-redes: Paulo Lopes e Bruno Varela;

Defesas: Lisandro López, Grimaldo, Luisão, Jardel e André Almeida;

Médios: Fejsa, Samaris, Salvio, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Rafa, Keaton Parks, João Carvalho e Diogo Gonçalves;

Avançados: Raúl, Jonas e Seferovic.

O 11 que escolheria, mediante os convocados
Varela, Luisão, Jardel, Grimaldo e André Almeida, Fejsa, Krovinovic e Samaris, Diogo Gonçalves, Pizzi e Raúl.

Vencer e convencer, meu caros. 

Dos convocados ao treinador de bancada

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Guarda-redes: Svilar e Bruno Varela.
Defesas: Lisandro López, Grimaldo, Luisão, Jardel e André Almeida.
Médios: Fejsa, Samaris, Salvio, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Rafa, Keaton Parks, João Carvalho e Diogo Gonçalves.
Avançados: Raúl Jiménez, Jonas e Seferovic.

O meu 11 para o jogo seria: Varela; Almeida, Luisão e Jardel, Grimaldo; Fejsa, Parks; Cervi e Diogo Gonçalvez, Krovi e Jonas.
De fora da convocatória: Rafa e Lisandro

Principio da escolha: RedPass Relvado são um produto que o Benfica tem que eliminar para ambicionar vencer o Penta.

Pena o Zivkovic ter que ficar de fora... por mim seria titular.

Já ninguem lhe liga, pobre coitado...

Avatar
 ●  29 comentários  ● 
... a não ser o Record!


Com o clássico a aproximar-se, o "Tolinho das Aldrabices" lembrou-se de mais uma inventona, mais uma mentira. A ideia era boa, mas mais uma vez, foi mal executada pelo rapaz das claques.

Como já nem no clube dele lhe ligam nenhuma e o "circo mediático" já o excluiu, pois o FCPorto assumiu as rédeas da pressão na comunicação social e programas de tv ao ver que o seu aliado serve de muito pouco, o "Tolinho das Aldrabices" teve que inventar qualquer coisa para alimentar a guerra com o Benfica, que é a unica coisa que o "aguenta" no lugar enquanto enche os bolsos.

Só que o desespero é inimigo da inteligência o tópico dele no Facebook acabou por ser um disparate tal que ninguém conseguiu fazer outra coisa que não rir-se dele, ao ponto de - mesmo com ameaças veladas ao Governo - vários jornais ignoraram.

A ideia era acicatar a guerra anti-Benfica a cobro de uma causa que a malta é sensível: provocação às familias, só que quem é que se ia lembrar de fazer isso com um simples cachecol pendurado?

... pelo menos partia um vidrinho, metia aquilo no carro dele, escrevia uma frase qualquer.... Agora chamar àquilo ameaça? na casa dos sogros? convenhamos... o rapaz está bem pior do que pensávamos.

Deu-se ao trabalho de arranjar um cachecol do Benfica para INVENTAR mais uma mentira, esta ainda pior que a cartolina que disse que era mandada para o banco do Sporting pelos benfiquistas e vinha embrulhada na fita adesiva do medico do Sporting... :)

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Luis Filipe Vieira e José Eduardo Moniz: 2 faces da mesma moeda gasta

Avatar
 ●  62 comentários  ● 

Luis Filipe Vieira:
"Estamos gratos a todos os bancos que nos financiaram. Mas temos de cumprir. O Benfica quer pagar. O Benfica não antecipa receitas para pagar jogadores, no dia em que acontecer será para pagar a dívida. O Benfica tem de ter capacidade a nível financeiro e desportivo e só descansarei aí, quando deixarmos de falar de passivo. Esse compromisso que já assumi anteriormente é completar o que é importante para o Benfica. Voltar a ter a dignidade toda, ser respeitado em todo o mundo, voltar a ter as suas próprias instalações, voltar a produzir jogadores para as nossas equipas. Temos que cumprir copiosamente com toda a gente. Sempre o fizemos. O Benfica terá que liquidar a sua dívida. Em breve vai completar essa promessa. O próximo ano será um marco histórico para o Benfica", assinalou Vieira, antes de apelar à união entre sócios e adeptos face ao momento menos exuberante do clube no futebol.

"Nenhum de nós pode andar de cabeça baixa. Devemos ter bastante orgulho naquilo que fizemos todos juntos. A obra está à vista de toda a gente. Quando, desportivamente, as coisas não correm como queremos, é importante que todos continuemos juntos. É assim que penso. Nunca me vou desviar de uma promessa que fiz. Olhem para o lado e para a frente e orgulhem-se de ser benfiquistas. Não deve haver clube no mundo que recuperasse tão depressa como o Benfica. Tivemos a capacidade de acreditar. Assim foi possível chegar onde chegámos. Que seja um ano grandioso para o Benfica e rumo ao penta", rematou o dirigente máximo dos campeões nacionais." - O Jogo.

Só não estamos gratos aos sócios e adeptos. A esses nunca demonstramos qualquer gratidão porque a sua função é pagar, e cada vez mais, para poderem entrar na Luz ou em qualquer outro estádio do país.

Temos é que estar gratos às instituições que nos levam 20 milhões em juros por anos ou aquela instituição que nos paga com o dinheiro que encaixa das assinaturas da BTV. Esses é que merecem agradecimentos.

Pró ano é que é benfiquistas, diz Vieira.

Não baixamos o passivo quase nada sendo Tetra campeões e recebendo centenas de milhões de euros em vendas de jogadores. Há milagres ou será que Vieira vai hipotecar os próximos 30 anos do clube? E não digo mais nada...para já.

Mas isto não fica por aqui.

José Eduardo Moniz:
"Somos a instituição mais equilibrada do ponto de vista financeiro porque fizemos um trabalho rigorosíssimo ao longo dos últimos 14 anos."

"Temos um rumo e uma força de vontade que ninguém consegue acompanhar. É-me indiferente que um grande dirigente do norte ou um pseudo grande dirigente do sul nos ataquem, porque o Benfica é um clube diferente." - Record.

O mesmo JEM que fala em trabalho rigoroso de 14 anos é o mesmo que atacava Vieira há menos de 10 anos. Sou só eu que estranho este conflito de calendário?

É o mesmo que entregou nas mãos de Joaquim Oliveira os direitos do futebol português quando ainda estava na RTP. 

É o mesmo de quem Marinho Neves disse em 1999 que tinha ido viajar para o Brasil e para os EUA à custa da Olivedesportos. Disse Marinho Neves em 2012 que teve uma queixa no MP sobre esta afirmação e que acabou arquivada porque o cheque que supostamente foi entregue à Olivedesportos para suportar os custos das viagens nunca apareceu na contabilidade da empresa.

Mas a cereja no topo do bolo é mesmo a seguinte afirmação de José Eduardo Moniz sobre Pinto da Costa: "...um grande dirigente do norte".

Ou seja, o tipo que lidera um clube que ataca e prejudica o SL Benfica é, na perspectiva de José Eduardo Moniz, um grande dirigente. 

A admiração de José Eduardo Moniz por Pinto da Costa não é de hoje. Enquanto esteve na RTP nunca perdeu oportunidade de bajular Pinto da Costa. E é esta gente que supostamente defende o Sport Lisboa e Benfica.



Pede-se que venham a público defender o Sport Lisboa e Benfica dos ataques a que tem sido sujeito.

Vêm a público defender o tacho e dizem zero para desmontar os ataques ao clube.

Rui Gomes da Silva afinal estava certo... e Luis Filipe Vieira estará comprometido?

Avatar
 ●  29 comentários  ● 
Há uns tempos Rui Gomes da Silva, antecipando a ausência dos vice presidentes nos momentos mais  complicados, dizia que pareciam taxis... quando eram precisos nunca apareciam. Semanas depois parece que afinal lhe reconheceram razão e não só José Eduardo Moniz apareceu, como lhe deu razão: "Vim também para ouvir e responder porque também temos de prestar contas sem medo. Não vamos tapar o sol com a peneira, dizendo que tudo corre bem." in Record


Já Luis Filipe Vieira - para alguns - começa a denotar alguns problemas estranhos de gestão, logo a área em que mais competências lhe são reconhecidas. Amanhã os blogs vão alimentar a questão : Qual é a sangria louca do Presidente em acabar com a dívida: "Antes do fim deste mandato sonho pagar a dívida do Benfica e hei-de conseguir" in Record

Pagar a dívida? Mas desde quando ter dívida é mau ou sequer motivo de obcessão? Vejamos:

Se o custos da dívida forem suportáveis, nomeadamente se houver receitas sólidas que cubram a dívida, não há qualquer problema em haver dívida.

Para fazer face às despesas, o Benfica tem dois caminhos: Ou utiliza capitais próprios (que deixa de rentabilizar mediante investimentos e/ou aplicações financeiras) ou contrai dívida (que fica sujeita a juros).

Faz sentido contrair dívida se o custo da mesma for inferior à rentabilidade obtida pelos capitais próprios. Caso contrário, se a rentabilidade dos capitais próprios for baixa e os juros altos... poderá ser um bom exercício utilizar parte desses recursos financeiros para abater a dívida bancária e acabar com o serviço dessa dívida (juros).

Ou seja, neste momento, se o Benfica vender um jogador por 30M e aplicar esse dinheiro, obterá rentabilidades muito baixas, enquanto continua a ter que responder por um serviço de dívida, por um capital muito superior, de 4 ou 6% ao ano. Ou seja, a rentabilidade obtida com os capitais próprios será "engolida" e superada pelo serviço da dívida.

Outra opção seria a remuneração / investimento no crescimento dos ativos. Neste caso podem assumir duas dimensões: Investimento em infra-estruturas de suporte à atividade/negócio (onde se insere o estádio, centro de estágios, alto rendimento, etc); ou Investimento em salários dos jogadores.

A primeira opção, que tem vindo a ser seguida, visa reforçar condições para os ativos gerarem valor, bem como gerar receitas (bilheteira, direitos televisivos, publicidade, merchandizing, transferências, etc).

A segunda opção visa efetuar um esforço na manutenção do plantel - pelo aumento dos rendimentos dos ativos. Essa opção tem um problema: Que jogador que jogar na Liga portuguesa quando se destaca? Ou seja, é um investimento que não tem retorno garantido, por dois motivos:


- apesar desse investimento, o sucesso desportivo não é garantido (vide Real Madrid) e desta foram o investimento de incremento de rendimentos não gera maior retorno na venda do ativo.

- os jogadores não se manterão na Liga portuguesa se tiverem oportunidade de sair e desta forma vendemos o jogador pelo mesmo (ou menos) dinheiro, apesar de o ter aumentado para ficar.

Se a primeira questão é indiscutivel, mesmo para quem gosta de criticar... já a segunda eu sei que não é unânime porque a generalidade dos adeptos ainda são "românticos" e acima de tudo interpretam o futebol pelos jornais e programas de tv.

Poucos sabem, mas apesar do que dizem para "inglês ver" nos jornais, a realidade é que - por exemplo - Lindelof e Semedo eram dois jogadores que tinham já dado nota no Benfica que não pretendiam continuar no clube porque tinham opção de sair para grandes ligas. Não há aumento que resista aos salários das grandes ligas e, além disso, jogar efetivamente nas grandes ligas ao lado de grandes jogadores...

... depois, claro, basta ler um jornal ou perceber o âmbiente do futebol nacional para perceber porque raio ninguém quer cá estar...

Sim, Luis Filipe Vieira -  numa dimensão financeira e de gestão com perspetiva sustentável - está correto em optar por canalizar as receitas para a amortização da dívida bancária.

Não confundam, abater dívida, com reduzir o passivo... são coisas diferentes. E aí sim, eu concordaria com os mais críticos, se o Presidente dissesse que queria acabar com o passivo, pois isso não só é irrealista, como indesejável num ponto de vista financeiro.

E sim, podem dizer que o Presidente poderia não abater a dívida, nem remunerar os ativos... mas sim comprar mais jogadores. Isso só dará origem a problemas maiores ainda e que caracterízam a falência das equipas portuguesas:

- nem abatia dívida e continuava a pagar juros
- nem renumerava ativos que continuariam a sair
- nem teria garantia de valorização de ativos caso não vencesse títulos
- nem teria uma exposição de valorização dos jogadores superior à que consegue agora.

Portanto...

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

João Carvalho: quanto mais tempo em campo, mais mostrará.

Avatar
 ●  103 comentários  ● 

Finalmente vimos João Carvalho na equipa principal do SL Benfica e não desiludiu. Era difícil brilhar numa equipa à deriva e em que apenas o individualismo traz algum rasgo de bom futebol.

João Carvalho (a par de Zivkovic) lutou, correu, deu o litro e mostrou bons pormenores ficando evidente que enquanto se andou a meter Filipe Augusto escondeu-se João Carvalho ainda não percebi porquê.

Quem desdenhou o que João Carvalho e Zivkovic mostraram na terça-feira são os mesmos que conseguem vislumbrar em Filipe Augusto um grande jogador, em Salvio exibições de sonho ou em Pizzi um mágico.

A aposta nos jovens continua a ser uma bandeira do clube, mas ao mesmo tempo a maior mentira que pregam aos benfiquistas. Só quando não há mais ninguém ou quando os outros já enterraram tudo o que podiam enterrar é que se tem apostado nos jovens.

Onde estaria Ederson se Júlio César não se tem lesionado? Ou Lindelof? Ou Nélson Semedo se Maxi não tem saído? Que chances teve Ruben Dias senão por lesões e impedimentos?

Este treinador, ao contrário do que se diz, não aposta nos jovens. Aposta em quem lhe mandam apostar. 

João Carvalho é um jovem de grande qualidade e potencial, com mentalidade à Benfica. Tem que fazer parte da solução.

"Hoje é difícil um jogador jovem sair do Benfica. Iremos retê-los o máximo de tempo possível." - Luis Filipe Vieira em Novembro de 2017.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Que vergonha para Vieira...e para FPF!

Avatar
 ●  77 comentários  ● 

O Sport Lisboa e Benfica foi a única equipa na edição da Champions League desta temporada que não fez um único ponto!

Até o Qarabag fez melhor. Que vergonha e que cara de pau dos cobardes da direcção do Sport Lisboa e Benfica que deixam Rui Vitória sozinho a dar a cara pela campanha europeia miserável.

Nem presidente, provavelmente escondido no balneário ou já metido no avião para a China, nem vices ou até Rui Costa. Ninguém veio assumir responsabilidades nem dar a cara.


Entretanto, foi preciso um árbitro estrangeiro para meter o Felipe na rua. Fontelas Gomes, Paulo Costa, Tiago Craveiro e Fernando Gomes vejam que lá fora não se toleram comportamentos que aqui no burgo passam em claro.

E já agora, caro Vieira, depois da habitual cagança do "estamos 10 anos à frente dos outros", da incrível e fantástica saúde financeira do SL Benfica, não tem vergonha que um clube intervencionado e que nem contratou ninguém esteja com mérito na fase seguinte da Champions enquanto o SL Benfica seja a vergonha desta Champions League?

Não tem, mas devia.

O que é um "jogador à Benfica"?

Avatar
 ●  61 comentários  ● 

"Uma das questões aqui afloradas e que eu também já observei muitas vezes - não por ser um visionário, mas porque se trata de ver o óbvio - é aquela que está relacionada com o poder fisico da equipa. 

De facto, como costumo dizer, o Benfica é hoje uma equipa recheada de anões. Veja-se o exemplo da ala esquerda preferida de Rui Vitória - Grimaldo e Cervi (!!!). Eu, pessoalmente, acho isto uma anedota. Os jogadores em questão são habilidosos, não há dúvida, mas não servem para uma equipa minimamente competitiva que se queira bater com outros adversários que não as equipas do meio da tabela do nosso campeonato. 

Ter um defesa com a capacidade física de Grimaldo é para mim uma coisa inconcebível. E há muitos outros exemplos. Compare-se o Benfica com o Porto - acham mesmo que as forças estão minimamente equilibradas quando do outro lado há jogadores como Aboubakar, Marega, Brahimi, Danilo, Filipe e Marcano? Isto é não ter noção da realidade...mesmo o nosso amado Fejsa ao pé do Danilo não tem grandes hipóteses. E se analisarmos o Sporting, a comparação também nos é altamente desfavorável.

Que me lembre, houve apenas um exemplo bem sucedido de uma equipa de pigmeus que ganhou títulos a nível mundial - o Barcelona de Guardiola (e mesmo assim, tinham Busquets, Puyol e Piquet), mas nesse caso a sua qualidade técnica era tanta que não deixam o adversário pura e simplesmente tocar na bola, pelo que não se tinham que desgastar em duelos físicos para recuperá-la.
E quem define a política desportiva e de contratações do Benfica não pensa nestas coisas?" 

- Comentário deixado no último post do Redmoon.

Este comentário aborda um dos muitos erros que se vêm a acentuar nas últimas temporadas e que explicam parte do desastre desta temporada: o perfil do jogador "Benfica".

É com jogadores fracos fisicamente que se consegue disputar um jogo de Champions League ou um jogo com os adversários que disputam o título português?

Não é também por aí que temos tido cada vez mais dificuldades?

Eu, que estou à vontade pois sabem o que acho de Jorge Jesus, reconheço que nisso ele era inteligente e sabia que não era com anões ou jogadores com pouca envergadura física que se disputam jogos com os melhores.

Quer dizer isto que não há espaço para um ou outro jogador de menor estatura/físico que seja um "artista"? Claro que não. Um artista tem sempre lugar. Vejam o caso do bombado Messi, de Maradona, de Simão ou indo mais atrás, de Hassler por exemplo.

Mas na defesa há lugar para jogadores de perna curta ou fraca compleição física?

E que dizer de jogadores com mentalidade/atitude "sem sal", sem agressividade q.b. e que demonstrem SEMPRE a mesma postura aguerrida e de luta em todos os jogos?

Como define você o "perfil do jogador à Benfica"? 

Jogadores querem Rui Vitória fora do Benfica

Avatar
 ●  81 comentários  ● 

Não encontro outra explicação! Há uma grande maioria de jogadores do plantel do SLBenfica que quer o Rui Vitória fora do SLBenfica.

A displicência e falta de determinação dos jogadores nucleares não se pode justificar com a ausência de objetivos, porque esses objetivos só são inexistentes porque essa displicência e falta de determinação dos jogadores tem vindo a ser um facto desde há muito, como aqui tenho escrito.

Mesmo jogadores como Lisandro, Douglas, Eliseu, Gabriel Barbosa, que são claramente jogadores abaixo dos padrões mínimos do SLBenfica, não justificam a péssima exibição de ontem, como não justificam a total ausência de compromisso, garra e querer dos jogadores.

O Redmoon refere, e com razão, que num Classíco e num lance que poderia ser decisivo, o Grimaldo ao invés de se impor na zona de ação... encolheu-se e "deixa la ver o que dá". E isto é sintomático! O Pizzi ontem perdia bolas infantis e não manisfestava a mais pálida vontade de corrigir ou fazer diferente.

Ontem salvou-se a vontade do Zivkovic e do João Carvalho num marasmo de falta de qualidade e, acima de tudo, ausência de empenho.

Há muito que ando a dizer que os jogadores do Benfica estão mal fisicamente por falta de vontade de trabalhar, só pode porque antes não estavam, e não têm qualquer compromisso com resultados, exibições e com o clube.

Só um total desleixo pode permitir que uma equipa faça a histórica marca de 0 pontos em seis jogos e marque apenas um golo sofrendo 14 e inventando diversas desculpas jogo a jogo.

Para mim é óbvio: Os jogadores querem Rui Vitória fora do SLBenfica, só não percebo porquê!

Uma coisa eu sei... os jogadores, mesmo que o treinador seja fraco na opinião deles, foi o mesmo treinador que os levou ao Tri e ao Tetra, foi o mesmo treinador com quem eles correram e lutaram antes...

Aburquesaram-se? Acham que ganharam um estatuto que justifica não terem que correr como correram antes? Consideram-se superiores aos demais a ponto de não terem que o demonstrar em campo?

O que eu sei é que há casos estranhos de decisão do Rui Vitória... 

- teve dificuldade em justificar a aposta no Ruben Dias, ainda o tirando da equipa antes de ser "obrigado" a apostar nele.
- não teve qualquer suporte ao Varela como teve com o Svilar e vê-se agora "obrigado" a apostar no português.

- o Diogo Gonçalves apareceu na equipa a bom plano, a exemplo do que acontecera com o Varela, saiu da equipa ao fim do primeiro jogo onde não rendeu tanto e passa direto para fora dos convocados.

- o Joao Carvalho, como mostrou ontem, tem muita qualidade para dar à equipa e só ontem teve uma oportunidade que, antecipo, irá desaparecer agora novamente por meses.
- o Zivkovic é um jogador de enorme qualidade e poder de decisão (ao contrário do Salvio que decide mal 6 em 10) e no entanto o argentino não sai da equipa e o sérvio até na bancada fica.


- O Douglas e o Gabriel Barbosa chegaram do Barça e Inter sem qualquer justificação e sem qualidade sequer para suplentes
- O Seferovic chegou com uma potencia e dimensão de jogo que hoje em dia é uma miragem e que só se pode explicar por menor intensidade de treino e jogo.

Enfim, em resumo, a situação de Rui Vitória oferece-me dois comentários:



1- Excelente treinador, mas que à excepção da primeira época, tarda em mostrar liderança forte ameaçando tornar-se num José Peseiro...

2- Habitualmente quando os jogadores não estao com o treinador, por muita qualidade que tenha, acaba por sair - vide até José Mourinho que já passou duas vezes por isso. 

Aguardemos pelos resultados financeiros este ano, para percebermos que sem Benfica forte não há milagres

Avatar
 ●  70 comentários  ● 


Sinceramente, quando se analisa aquilo que está a ser a corrente época, não lhe quero pegar pelo facto de poder ser apenas uma época má como acontece em todos os clubes, ou pelo facto de podermos ter um treinador que não é aquilo que o Benfica precisa, ou pelo facto de podermos ter tido algum azar com alguns reforços deste ano.

Podia, de facto analisar as coisas por esse prisma mas, seria redutor. Isso seria acreditar que o problema de fundo do Benfica se resolveria apenas com a troca de treinador, ou acreditar que em Janeiro, com um pouco de sorte na possível contratação de um ou dois jogadores, todos os problemas do Benfica se resolveriam por milagre. Infelizmente não é assim, e aquilo a que se assiste neste momento são as consequências reais de uma aposta convicta de quem acredita realmente que este deve ser o caminho!

Avaliar aquilo que é o Benfica nesta altura é analisar aquilo que foi a Liga dos Campeões deste ano, num grupo, convenhamos, mais do que acessível! 0 pontos, 1 golo marcado, 14 sofridos e, pior que isso, 5 exibições absolutamente horríveis, de uma fragilidade confrangedora, salvando-se uma exibição positiva em Manchester, num jogo que o United nunca acelerou e se limitou a gerir.

Ouvir Samaris ontem no flash interview dizer que o Benfica domina os jogos e os outros é que marcam é de quem ou é parvo ou não pode dizer a verdade.

Porque este Benfica parte para cima do adversário bem mais pela obrigação do seu estatuto do que por real força ou convicção. E essa é a melhor prenda que podemos oferecer a adversários com qualidade: ver o adversário partir para cima de nós sabendo nós que eles vão cometer erros primários e que lá atrás são uma manta de retalhos, e que basta acelerar um bocadinho para marcarmos 1, 2 ou 3 golos.

Este Benfica a defender, e esta Liga dos Campeões mostrou-o bem, é um ABSOLUTO desastre!

Este é um Benfica de pesos plumas, um Benfica que não ganha uma bola dividida, um Benfica sem intensidade nenhuma. Este é um Benfica sem jogadores para uma competição como a Liga dos Campeões, facto! Chamar àquilo que se tem visto AZAR é de quem não percebe um corno de bola. O Benfica é uma equipa de putos a jogar contra graúdos.

Um exemplo dos miúdos contra graúdos e sintomático da nossa falta de capacidade competitiva é lembrar o golo anulado ao Porto no último fim de semana por fora de jogo mal assinalado, vindo alguns de nós Benfiquistas com a desculpa de que há falta antes sobre Grimaldo.

Falta?! Abramos os olhos senhores! O Grimaldo já salta àquela bola de costas para o lance e borrado de medo, tentando bem mais proteger a sua integridade física do que ganhar o lance. Grimaldo nunca tenta ganhar o lance. E isto para mim é um lance sintomático do muito que se vê no Benfica nesta altura. Num lance daqueles, num lance de golo eminente para o adversário, um jogador à Benfica tem de entrar com tudo mesmo que saia do lance com uma cabeça partida!



Seria grave se fosse apenas Grimado com esta filosofia de jogo? Talvez não. Mas o problema não é o Grimaldo. É o Grimaldo, é o Douglas, é o Pizzi, é o Diogo Gonçalves, é o João Carvalho, é o Zivkovic, é o Cervi, é o Rafa, é o Gabi das noites, são muitos do mesmo tipo de jogadores que não estão talhados para certo tipo de jogo que é necessário fazer contra equipas fortes e competitivas, competitivas não só quando têm a bola mas também quando não a têm, o que não é o caso do Benfica!

Mas depois olhamos para a baliza e levamos as mãos à cabeça! Um guarda redes de 18 anos, que faz a sua estreia no futebol sénior num jogo contra o Man United na Liga dos Campeões e logo com um frango monumental! Um jogador que a jogar com os pés é um absoluto desastre e que ontem ia dando mais um frangalhão!

Um jogador que não ficou no Anderlecht porque o Anderlecht não lhe garantia a titularidade porque achava que ainda não estava preparado. Mas o Benfica garante e dá a titularidade. Tal como a dá ao João Carvalho, ao Diogo Gonçalves, a jogadores que não estão ainda nem de perto nem de longe preparados para jogar num GRANDE Benfica!

Depois olhamos para Gabigol e Douglas e percebemos uma outra dimensão do desastre!

Mas depois, claro, lá virão alguns com a história de que ainda podemos ser Penta e que como tal está tudo nem. É verdade sim, podemos ser Penta, quando das 18 equipas do campeonato português, 14 estão a um nível muitíssimo abaixo do nosso e nos permitem um tipo de jogo com um único sentido. Mas quando nos comparamos com equipas de igual nomeada, com equipas que exigem de nós competência em muitos mais momentos do jogo, não podemos deixar de perceber tudo aquilo que nos falta.

E se formos Penta, como eu ainda acredito, lá virão alguns com o ah e tal, embrulha Redmoon, como se todas as críticas tenham sido injustas...

Como se o Benfica não tenha já assumido ter de ir ao mercado em Janeiro como devia ter ido em Julho último, como se o Júlio César não se tenha despedido do Benfica em Dezembro, como se o Douglas não tenha já guia de marcha anunciada, como se a venda de Mitroglou não tenha sido obviamente um erro, como se o Krovinovic fora da Liga dos Campeões não tenha sido outro erro monumental, como se o Rui Vitória não ande há meses a lançar (e a queimar) o A + B  + C, lançando-os lá para dentro sem qualquer ideia de jogo, como se Rui Vitória não ande ainda em Dezembro a lançar as pedras de um novo sistema de jogo, enfim, como se a preparação desta época não tenha sido um DESASTRE completo!

Mas como disse, o problema, na minha opinião claro está, é bem maior do que as circunstâncias. O problema é de quem ainda acredita num grande Benfica (europeu também), formado em 75% pela prata da casa, por Svillares inexperientes e sem estaleca nenhuma, com a agravante de que assim que um deles se eleva da mediania, aí vai ele despachado para outras paragens!

Aguardemos pois pelos resultados financeiros da corrente época, sem vendas de miúdos como o Presidente garantiu (quem mais irá vender então?), para percebermos que não há milagres com estádios vazios e sem um grande Benfica sempre presente nos grandes palcos.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Um desastre com a chancela de Luis Filipe Vieira.

Avatar
 ●  102 comentários  ● 


6 jogos, 6 derrotas.

1 golo marcado, 14 golos sofridos.

A pior prestação de sempre.

Jogadores sem chama, sem vontade de ganhar.

Jogadores que faltam ao respeito ao clube(Gabigol), ao treinador(Pizzi) e os adeptos(Filipe Augusto) e que mesmo assim continuaram a ser utilizados.

Jogadores como Mitroglou ou Garay que Vieira dizia não fazerem falta...

Douglas e Gabigol como "reforços".

Um treinador sem ideias, sem liderança e sem o respeito dos jogadores.

Um adjunto que é afinal o verdadeiro treinador e decisor da equipa técnica.

Um 11 inicial que muda como quem muda de boxers ou seja todos os jogos.

Cobardia de Rui Vitória que hoje não colocou o "seu" 11 fetiche para queimar os de que não gosta.

Mas isto não fica por aqui...

Sport Lisboa e Benfica - Basileia

Avatar
 ●  107 comentários  ● 

Guarda-redes: Svilar e Bruno Varela;

Defesas: Lisandro, Luisão, Douglas, Eliseu, Jardel e André Almeida;

Médios: Fejsa, Samaris, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Rafa, Diogo Gonçalves e João Carvalho;

Avançados: Raúl, Jonas, Gabriel Barbosa e Seferovic.

------------------------------

Já ninguém consegue evitar a vergonha que foi a campanha europeia desta temporada. Ao menos que vençam este jogo...

Atualização: 11 INICIAL

Svilar, Douglas, Lisandro, Jardel, Eliseu, Samaris, Pizzi, João Carvalho, Zivkovic, Seferovic e Diogo Gonçalves.

Jorge Sousa: O escolhido de Pinto da Costa.

Avatar
 ●  22 comentários  ● 

Só é enganado quem quer. Jorge Sousa é portista e reincidente em permitir jogo violento dos jogadores do FC Porto contra os jogadores do SL Benfica.

Vamos lá recordar a Taça da Liga:


O Baluarte da Bancada deve pensar que anda tudo a dormir ou a esconder-se nos balneários. Nem todos os Benfiquistas são desses...

O Baluarte da hipocrisia no FC Porto.

Avatar
 ●  50 comentários  ● 

"O FC Porto emitiu esta segunda-feira um comunicado no qual repudia a atitude do adepto que entrou em campo e empurrou Pizzi, já nos momentos finais do clássico com o Benfica.

"O FC Porto não se identifica com a atitude, que repudia, do espectador que entrou em campo perto do final do jogo frente ao Benfica, numa altura em que a partida se encontrava interrompida na sequência de um comportamento antidesportivo de um dirigente benfiquista", frisam os dragões em comunicado.

O clube demarcou-se ainda de qualquer iniciativa de apoio ao adepto, pedido que chegou a circular nas redes sociais: "Tendo isso em conta, o clube repudia e demarca-se de todas as iniciativas em curso que visam o apoio financeiro ou judicial a esse espectador". - Record.

O mesmo clube que se demarca do seu adepto que invadiu o relvado e agrediu um jogador do SL Benfica não se demarcou nem demarca disto:







Além disso, o Baluarte até já participa na palhaçada perpetrada pelos de sempre que andam a querer passar a mensagem de que o SL Benfica tem "casuals" ou adeptos não identificados que vão para o norte provocar desacatos.

O SL Benfica não tem grupos de adeptos "casuals" nem NUNCA teve qualquer episódio no passado relacionado com isso. Tem claques e são esses que por vezes se têm envolvidos em desacatos ou actos criminosos como foi o caso da morte do adepto da Fiorentina.

Há um esforço grande de adeptos identificados do FC Porto de incriminar o SL Benfica nas deslocações ao norte.

Não vão conseguir. Nem que o Baluarte dos anormais se esforce muito.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Exclusivo: "Quando a melhor equipa dos últimos 10 anos do clube do "funcionário do ano" empata...", por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  79 comentários  ● 

QUANDO A MELHOR EQUIPA DOS ÚLTIMOS 10 ANOS DO CLUBE DO “FUNCIONÁRIO DO ANO” EMPATA, EM CASA, COM UM BENFICA “EM CRISE”...

... isso faz-me sorrir!

Mas isso - incluindo o sorriso - torna muito difícil escrever (à segunda) dando um qualquer ponto de vista novo sobre um jogo que aconteceu na sexta, ou seja, quase 72 horas antes!

Porque do jogo ... já toda a gente falou!

Do jogo, dos lances, dos heróis e de quem teve a responsabilidade pelo nulo que aconteceu no futuro Estádio Pinto da Costa (por isso não se chamou Monteiro da Costa ou das Antas ... “julgo eu de que ... como diria ... o próprio”)!

DAS JOGADAS EM QUE - COMO SEMPRE - O BENFICA SAIU PREJUDICADO ...

Bem podem levantar a voz, tentando dar uma ideia diferente do que se passou em campo!

Mas - digo e repito - foi o Benfica o grande prejudicado ...

Erros que se poderão aceitar ... mas que, nas velhas contas do “deve e haver”, se as querem fazer, não poderão deixar de ser contabilizados.

Eu sei que “eles” só gostariam de falar” do golo que nunca existiu (e, por isso, não foi anulado), mas têm de ouvir - firmes e hirtos - tudo o resto!


E esse “resto” inclui (recorrendo a um dos blogs que observam muito melhor os jogos que eu):

 - uma entrada por trás de Sérgio Oliveira, onde logo ficou por mostrar um cartão amarelo;

 - a agressão de Filipe (Vale Tudo, como lhe chamam lá pelos corredores da Luz) a Jonas, onde ficou por mostrar o cartão vermelho (como ficou, sejamos honestos, tantas vezes ao mesmo jogador em tantos jogos, até esta jornada);

- a repetição da entrada por trás, de Sérgio Oliveira, com a repetição do mesmo gesto por parte do árbitro: sem qualquer cartão para o jogador do Porto;

- Ricardo Pereira entra “com tudo” à perna de Cervi, sem que Jorge de Sousa se lembrasse dos cartões que tinha no bolso;

- Danilo simula agressão de Jonas ... e nem um amarelo, quer para o jogador quer para o banco, que protestou ... à Porto;

- Aboubakar conseguiu pedir ao árbitro para ver o vídeo na jogada discutida, ... sem ter visto um cartão amarelo ... como mandam as regras;

- Com tudo isso, o Porto devia estar a jogar com 10 aos 12m e com 9 aos 19m ... mas continuou com 11;

- Filipe ... (recordo - Vale Tudo - assim o chamam lá pelos corredores da Luz), voltou a agredir Jonas, pisando-o depois de impedir um contra ataque perigoso;

- Alex Telles corta com o braço um lance de ataque do SLB, sem qualquer cartão, o que, a acontecer, seria o segundo.

- Deveria, o Porto, passar a jogar, a partir dali, com 8 ... mas continuou com 11;

O que se pode concluir?

Que o Benfica foi beneficiado ... pois então!!!

Nem aqui, em nenhuma destas situações ... nem no pênalti de Luisão que nunca existiu, e muito menos no fora de jogo mal assinalado.

Porque, no fora de jogo que todos dizem ter sido mal visto, houve, antes, uma falta atacante!

... ATÉ À AGRESSÃO A PIZZI POR UM ADEPTO!

E como se isso não bastasse, eis que surge, do nada, uma agressão de um adepto a Pizzi , estando agora - todos - dependentes do ... Relatório do Árbitro!

Porque a lei é peremptória e foi mudada depois do ocorrido na Luz, há uns anos, para que essas situações fossem sancionadas ... só Jorge Sousa pode salvar os legítimos herdeiros do espírito da família Andrade de jogarem, pelo menos, um jogo fora!

E POR FALAR EM ADEPTOS ...

O que acontecer ao líder dos Super Dragões dar-nos-á a medida da força do poder administrativo e judicial da cidade do Porto contra o Porto ... clube!

Como escreveu Pacheco Pereira em artigo que - um dia - revisitaremos...

Porque eles - “lagalizadissimos” como gostam o Xico e o Nuno - não se coíbem de mostrar quem manda por lá ... nem de mostrar o que gostariam de fazer aos árbitros ... como na publicação de sexta passada!

UMA ÚLTIMA PALAVRA ... PARA RUI VITORIA

Se Sérgio Conceição fez, no fim do jogo, um discurso de justificação, para dentro (o seu “super Porto” perdeu 4 pontos em 2 jornadas seguidas, ... tem de fazer pontos com ... a tripla de “cortar os pulsos” SAM ... Soares, Aboubakar, Marega e ... não conseguiu vencer um Benfica que ia lá para ser esmagado), Rui Vitória deixou que o coração falasse ...

Fe-lo, essencialmente, quando se referiu a tampas de caixões já quase a fecharem-se, ao julgarem que o Benfica sairia das Antas com 8 pontos de atraso.

Desafiando, ali mesmo, de frente, ... à boa maneira ribatejana, ... os que já lhe andavam a “rezar pela pele”, aos que já tinham posto, em cima da mesa, a sua substituição.

Como se isso - nesta altura - resolvesse alguma coisa ...

Rui Vitória fez, nas Antas, o que fez dele o segundo bicampeão do tetra campeonato que estamos a defender.

Perfeita a abordagem no contrariar do jogo do Porto, transparente na ideia de não deixar jogar Brahimi ou de não deixar embalar a dupla de avançados do Porto (só conseguem ser razoáveis com espaço à sua frente ... como se viu), coerente na escolha - muito feliz - de Bruno Varela e na aposta em Krovinovic, o novo “menino bonito” da Luz (que espero que não seja só até ao fim da época).

Mas isso - “até ao fim da época” - que envolve política desportiva, inevitabidade ou não de vendas - com a aposta ou não na 3.ª Liga dos Campeões, Jorge Mendes e outros assuntos parecidos ... não são para agora!

Por agora, um único objetivo:

RUMO AO PENTA 37!
Percebido?

ranking