O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 17 de dezembro de 2016

Com três centrais e um lateral adaptado nem sempre vai chegar

Avatar
 ●  74 comentários  ● 
Um jogo igual a tantos outros, com deficiências óbvias no controlo do jogo a meio campo (principalmente na primeira parte).

É fácil colocar em causa o trabalho do Guedes, do Rafa, do Pizzi, do Jimenez ou do Cervi na primeira parte do jogo de hoje? Correto!

Mas volto à minha tese que aqui explanei na última semana, e digam-me, aqueles que hoje estiveram atentos ao jogo, quantas vezes o Fejsa foi mais do que um terceiro central, quantas vezes ultrapassou um adversário com bola dominada, quantas vezes fez um passe para a frente a desmarcar um companheiro, quantas vezes fez um passe no último terço do campo! Não tem de o fazer porque defende bem? Mentira! Trincos de equipa grande têm de saber atacar também!

A verdade é que há alturas em que Pizzi e Fesja parecem jogar sem qualquer sintonia! É cada um por si... Fejsa a preocupar-se apenas em recuperar a bola e quando a recupera passa ao Pizzi, que avança sozinho para o meio campo adversário, quase sempre contra pelo menos dois ou três adversários, com o Fesja a ficar atrás como um terceiro central alheando-se quase do jogo.

E depois, claro, esse défice que Fejsa traz à equipa em termos ofensivos no miolo do campo, tem de ser compensado com os alas a fugirem para o meio, com Guedes a recuar muito no terreno, e com Jimenez a procurar espaço nas alas quando devia lá estar à frente e a dar ao Benfica profundidade e presença na área adversária.

Quero com isto dizer que Fejsa está a mais neste Benfica? De maneira nenhuma! A sua utilidade (e qualidade) no processo defensivo é inegável! Estou a dizer apenas que há alturas em que o Benfica precisa de um médio defensivo que também saiba levar a bola para a frente (para que o Pizzi possa subir e muitos dos nós do meio campo se desatem), e não tem (no ano passado ainda havia Renato Sanches para jogar no lugar do sérvio nos momentos em que a fórmula Fejsa não funcionava).  

Vale-nos o coração, a alma, a vontade e a qualidade individual na frente que pode sempre resolver um jogo a qualquer momento, mas há momentos em que apenas isso pode não chegar...

E claro, há a fórmula Jonas e Grimaldo pode também vir resolver uma série de deficiências que se percebem nesta altura.


P.S. Luisão, total respeito pela carreira brilhante que teve (e continua a ter) no Benfica mas, neste momento, é muitíssimo discutível que seja ele a melhor opção que o Benfica tem disponível para aquele lugar. E isto vindo de mim, que neste blogue sempre o defendi, mesmo neste início de época quando tantos defenderam a sua saída do clube.

Estoril - Benfica.

Avatar
 ●  18 comentários  ● 

Onze inicial: Ederson; Nélson Semedo, Luisão, Lindelof e André Almeida; Fejsa, Pizzi, Rafa e Cervi; Gonçalo Guedes e Jiménez.

Suplentes do Benfica: Paulo Lopes, Jardel, Samaris, Zivkovic, Carrillo, Mitroglou e Jonas.

Apesar do "frio do caraças" que se sente, espero que a equipa nos aqueça o ânimo com os seus golos!!

Parabéns Bruno, é isto o resultado do que fazes. São miúdos, seu cobardolas!

Avatar
 ●  17 comentários  ● 


Football Leaks: Doyen acusada de usar prostitutas para aliciar Real Madrid.

Avatar
 ●  14 comentários  ● 



No seguimento dos posts sobre o Football Leaks que lancei no NGB, "Football Leaks: Jovic no meio de ligações muito perigosas" e "Football Leaks: Jorge Mendes ligado a Ahmet Bulut. Todos ligados a Zahavi. Jovic é exemplo grave.", continuamos a partilhar as informações que saem sobre o podre mundo do futebol.


A situação relatada envolveu a tentativa de levar para o Real Madrid o jogador Geoffrey Kondogbia, que acabou por seguir um caminho comum aos jogadores ligados a todos os mencionados no Football Leaks: Sevilha, Mónaco e Inter de Milão.

A investigação envolve também Falcão no esquema de pagamentos ilícitos ou comissões não declaradas.

Com cada revelação, a investigação do "John" português vai fazendo tremer mais gente no mundo do futebol.

Os clubes estão falidos e estes senhores ricos. Cada um que retire as suas conclusões. 

Oficial FPF: Benfica tem 35 Campeonatos Nacionais e 28 Taças de Portugal

Avatar
 ●  11 comentários  ● 

"Por virtude da reforma a que se procedeu no Estatuto e Regulamentos da Federação os Campeonatos das Ligas e de Portugal passaram a designar-se, respectivamente, Campeonatos Nacionais e Taça de Portugal". (Relatório de Actividades da FPF 1938-1940)

"O Campeonato da 1ª Liga passou a ser Campeonato Nacional da 1ª Divisão, e o Campeonato da 2ª Liga obteve a designação de Campeonato Nacional da 2ª Divisão". (Relatório de Actividades da FPF 1938-1940)


A FPF respeitando o que foi tornado Oficial no Relatório da FPF de 1938-1940, reconheceu no seu Site Oficial que o Benfica tem:
35 Campeonatos Nacionais
28 Taças de Portugal


Na listagem dos Campeonatos Nacionais (Liga NOS) incluíram:
- Campeonato da Liga I Divisão (1934/1935 - 1937/1938) 
- I Divisão / I Liga (desde 1938/1939 até à data presente)

Na listagem da Taça de Portugal incluíram:
- Campeonato de Portugal (1921/1922 - 1937/1938)
- Taça de Portugal (desde 1938/1939 até à data presente)

Na listagem da 2ª Liga (2º escalão do futebol portugues) também foi cumprido o que foi decidido em 1938 pela FPF. Na listagem incluíram:
- Campeonato da Liga II Divisão (1934/1935 - 1937/1938)
- II Divisão (1938/1939 - 1989/1990)
- II Liga (desde 1990-1991 até à data presente)
http://www.fpf.pt/pt/Competi%C3%A7%C3%B5es/Futebol-Masculino/LEDMAN-Liga-Pro/Vencedores



Fonte: Printscreen do Site da FPF, apresentado no blogue de Alberto Miguéns


O troféu OFICIAL da Taça de Portugal atribuído pela FPF já era bem claro, e a FPF SEMPRE listou os vencedores do "Campeonato de Portugal" e da "Taça de Portugal" no mesmo troféu:




Analisando o país vizinho, a "Copa del Rey" em Espanha também era, e ainda é, designada de "Campeonato de España".
Tal como a "Taça de Portugal" era designada de "Campeonato de Portugal" no seu início.

 

Denominaciones del Campeonato de España (Wikipedia)

La denominación histórica y genérica de la competición es «Campeonato de España», y por eso el equipo vencedor se considera como el campeón de España; no obstante, el nombre oficial de la competición se ha modificado a lo largo de los años en función del jefe de Estado español, que es quien otorga el trofeo desde la primera edición. Así pues, ha contado con las siguientes denominaciones:
  • Campeonato de España–Copa de Su Majestad el Rey (1903-1930).
  • Campeonato de España–Copa de Su Excelencia el Presidente de la República (1931-1936).
  • Torneo Nacional de Fútbol (1939).
  • Campeonato de España–Copa de Su Excelencia el Generalísimo (1940-1976).
  • Campeonato de España–Copa de Su Majestad el Rey (1976 en adelante).
https://es.wikipedia.org/wiki/Copa_del_Rey#Denominaciones_del_Campeonato_de_Espa.C3.B1a

"Campeonato de España/Copa del Rey" equivale ao Campeonato/Taça de Portugal
"La Liga/Primera Division" equivale ao Campeonato da Liga/1ª Divisão 

Seria absurdo que um clube espanhol agora defendesse que o "Campeonato de España/Copa del Rey" de 1903 até 1928 teria de ser equiparado ao Campeonato "La Liga/Primera Division" que iniciou nessa data. 
Mais absurdo seria tentarem argumentar que até essa altura apenas existia 1 competição em Espanha e de a mesma ser designada de "Campeonato de España"!

Tanto em Espanha como em Portugal inspiraram-se no "modelo inglês" das competições de futebol em que surgiu primeiro a "CUP "(taça) e passados alguns anos surgiu a "LEAGUE" (Liga)!

Só em Portugal é que existiram alguns "chicos-espertos" e "mentirosos compulsivos" que julgavam que poderiam reescrever a história fazendo de todos ... "parvos" ou "idiotas"!



Listagem OFICIAL da FPF - Vencedores do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal:
 (17 de Dezembro 2016)

Campeonatos Nacionais - Link para o Site FPF
Benfica 35 
Porto 27 
Sporting 18
Inclui os Campeonatos 1ª Divisão/1ª Liga 



Taças de Portugal - Link para o Site FPF
Benfica 28
Porto 20
Sporting 20

Inclui os Campeonatos/Taças de Portugal


A FPF reconheceu no seu site o que a LPFP, UEFA e FIFA já reconheciam de forma OFICIAL!

Bruno de Carvalho nem sequer a "história" e a "memória" do Peyroteo conseguiu respeitar, já que apenas considerando os golos do Campeonato da Liga 1937-1938, que o Sporting agora não quer reconhecer, é que o Peyroteo conseguiu ser o "melhor marcador de sempre do Campeonato Nacional", como sempre se defendeu na história do futebol português e a própria UEFA também reconheceu.


Por muito que os dirigentes e comentadores afectos ao Sporting andem "desesperados" pelo facto de lhes ter sido negada uma MENTIRA, a verdade é que a HISTÓRIA foi respeitada de forma OFICIAL por parte da FPF, tal como sempre defendi:
"É OFICIAL! Campeonatos Nacionais: Benfica 35 vs Sporting 18"
"UEFA nega Sporting e Bruno de Carvalho quanto aos Campeonatos: Caso "Peyroteo"



ADENDA 13h00: FPF volta a confirmar ao Jornal Record a sua posição oficial:

CASO DOS 22 TÍTULOS: FPF REMETE PARA ATAS E RELATÓRIOS QUE VALIDAM POSIÇÃO (Jornal Record)

Campeonato de Portugal continua a ser considerado o antecessor da Taça de Portugal

Record questionou ontem a Federação sobre o facto de esta disponibilizar no seu site a informação de que os vencedores do Campeonato de Portugal "eram considerados os campeões da modalidade em Portugal", algo aparentemente contraditório com a versão atual da própria FPF.

Fonte do organismo esclarece que não é o texto em causa que define a posição sobre o tema (sem prejuízo de conter um erro editorial) . Ou seja, a prova continua a ser considerada antecessora da Taça de Portugal (como tem sido há anos, sem novidade) . "O que é válido é o que consta da documentação oficial da FPF, nomeadamente atas e relatórios", afirma fonte da FPF.
http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/caso-dos-22-titulos-fpf-remete-para-atas-e-relatorios-que-validam-posicao.html

No próprio site da FPF, na secção História, está escrito o seguinte:
http://org.fpf.pt/pt-pt/Institucional/Sobre-FPF/Historia

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Football Leaks: Jorge Mendes ligado a Ahmet Bulut. Todos ligados a Zahavi. Jovic é exemplo grave.

Avatar
 ●  83 comentários  ● 

Ahmet Bulut é o mais bem sucedido empresário de futebol da Turquia.

Representa, entre outros Emre Belozoglu e Demba Ba. Mas a sua jóia da coroa é Arda Turan. 

Bulut é representante de Jorge Mendes na Turquia e aparece ligado também a Fali Ramadani, aquele senhor "muito sério" que falamos no post "Football Leaks: Jovic no meio de ligações muito perigosas."

O portal "The Black Sea" refere que em pelo menos 2 ocasiões este empresário recebeu comissões de clube e jogador no mesmo negócio, quebrando as regras de representação definidas pela FIFA e pela Federação Turca, tudo através de offshores.

No negócio de Turan para o Atlético de Madrid aparece uma clausula curiosa e obscura em que 15% do vencimento de Turan, antes de impostos, seja transferido para uma empresa de direitos de imagem não especificada, envolvendo assim também o Atlético de Madrid em possíveis esquemas de fuga ao fisco.

Outra particularidade de Bulut é a sua garantia de que defende sempre até à exaustão o jogador que representa, nunca ficando do lado do clube. Só que um contrato adicional e confidencial de comissões assinado no dia a seguir à contratação de Turan diz que o Atlético de Madrid pagaria 1,5 milhões de euros para uma conta offshore se o agente convencesse o jogador a renovar contrato. Conflito de interesses? Pois é. 

A restante investigação sobre este agente FIFA revela muito dinheiro a circular por offshores, pagos em diversas clausulas adicionais de milhões, cujas suspeitas é de que seja um grande esquema de fuga aos impostos. Por ser dinheiro movimentado através de contas pouco ou nada escrutinadas quanto a reguladores, é também uma porta aberta à lavagem de dinheiro.

O interessante, e ao mesmo tempo assustador, é que todos estes senhores estão ligados a Zahavi, que controla o Apollon e o Mouscron. As claúsulas e negócios onerosos ficam para os clubes mas são negócios extremamente lucrativos para estes intermediários.

Por exemplo no caso de Zivkovic, existiam clausulas incríveis como aquela que foi acordada aquando da venda de 50% dos direitos do jogador ao Apollon.

Uma delas é que se Zivkovic rejeitasse uma oferta de transferência, o Partizan seria obrigado a pagar ao Apollon metade desse valor! Ou seja, já todos sabem de onde veio a notícia de que Zivkovic tinha rejeitado 15 milhões do Real Madrid! Ou que Sporting ou o raio que o parta estavam interessados no Zivkovic!

Pini Zahavi também embolsou metade dos 25 milhões da venda de Markovic ao Liverpool, por exemplo. "Peaners".

Curioso é que o Partizan realizou cerca de 100 milhões de euros em vendas nos últimos anos mas continua numa situação financeira precária.

Também é interessante o circuito que alguns jogadores detidos por Zahavi ou Ramadani fizeram ou fazem, segundo o Futbolgrad:

- Marko Pavlovski (22 years old): OFK Belgrad – FC Porto – Mouscron – OFK
- Marko Jankovćc (20 years old): Partizan – Olympiakos Piraeus – OFK – Maribor – Olympiakos
- Nikola Gulan (26): Partizan – Fiorentina – Sampdoria Genoa – Partizan – Mallorca – Mouscron
- Nikola Aksentijevic (22): Partizan – Vitesse Arnhem – Partizan – OFK – Mouscron
- Filip Marković (23): Partizan – Benfica – RCD Mallorca – Mouscron
- Danilo Pantić (19): Partizan – Chelsea – Vitesse
- Ante Rebić (22): RNK Split – Fiorentina
- Saša Zdjelar (20): OFK – Olympiakos
- Marko Bakić (22): Mogren Bukva – Torino – Fiorentina
- Marko Šćepović (24): Partizan – Olympiakos – Mallorca – Olympiakos – Mouscron – Olympiakos

Tudo clubes com ligações a estes senhores.

O problema é que Benfica e FC Porto estão muito envolvidos com esta rede de "negócios". Milhões a circular por offshores, comissões milionárias e para os clubes...a sorte de um destes jogadores poder um dia dar algum a ganhar. Ou seja, o risco do investimento fica na totalidade para os clubes.

Basta olhar para os negócios dos últimos anos e verificar que há muitos denominadores em comum: Atlético de Madrid, Mónaco, Zenit, Olympiakos, Partizan, entre outros.

Ora, como benfiquista estou-me perfeitamente nas tintas para se os portistas se importam ou não com as comissões do Alexandre, do Zahavi, do Pinto da Costa ou se até o passivo do FC Porto está no limiar do "impagável".

A mim o que interessa é o Sport Lisboa e Benfica. 

Os milhões pagos em comissões e transferências a estes senhores são provenientes não das contas de Vieira, de Soares de Oliveira ou de Gaioso Ribeiro mas do Sport Lisboa e Benfica e como pelo que sei o clube ainda é propriedade dos sócios e a SAD ainda é controlada pelo clube, quem anda a fazer negócios com gente duvidosa tem sim que prestar contas do que faz e não pode andar a "pagar favores" com dinheiro do Benfica. 

Quem quer pagar favores que o faça com o seu dinheiro.

Só com Carrillo, Jovic, 20% de Oblak, Jimenez ou 50% de Markovic já chegamos ao valor redondo de 50 milhões de euros obtidos à custa do Sport Lisboa e Benfica.

Enquanto estes negócios milionários enriquecem os intermediários, no caso do Benfica o passivo não desceu um cêntimo como se tem agravado, estando a chegar aos 500 milhões de euros.

É o Zahavi, é o Mendes, é o Kenyon, é a XXIII Capital, é a Lian Sports, é a Doyen...todos para quem o Benfica tem sido um excelente negócio.  


O que vos preocupa mais como benfiquistas? 

Se o Sporting vai pagar à Doyen ou ao raio que os partam? Se o FC Porto paga milhares de euros ao filho do Pinto da Costa? Isso não é um problema dos adeptos desses clubes?

Ou afinal interessa-nos que o futuro do nosso clube, o Sport Lisboa e Benfica, não esteja a ser sacrificado com divída e mais dívida?

Muitos podem viver algum tempo no país das Maravilhas, acreditando que é um R&C bem maquilhado que os vai salvar. Mas não há salvação possível para qualquer empresa que tenhas as suas contas bancárias depauperadas e que tenha mais custos que proveitos. REAIS.

OFICIAL: Federação confirma, Sporting tem 18 títulos e não 22

Avatar
 ●  22 comentários  ● 
Leões passaram a contabilizar 22 títulos, mas na verdade possuem 18. 

FPF associa o Campeonato de Portugal à Taça de Portugal

O Sporting continua a ter 18 títulos de campeão nacional, ao invés dos 22 que decidiu passar a reclamar desde junho último. 
A confirmação é dada pela Federação Portuguesa de Futebol, através do seu sítio oficial, com a consulta da lista de vencedores da Taça de Portugal. 
A FPF acrescenta, a essa lista, todas as equipas vencedoras do Campeonato de Portugal entre 1922 e 1938, confirmando que esta competição antecedeu a Taça de Portugal. 
O Sporting reclamava uma versão diferente, alegando que esta competição deveria ser considerada como o campeonato nacional.
Fonte: DN


SITE OFICIAL DA FPF 

Campeonatos 1ª Divisão/1ª Liga - Link para o Site FPF

Campeonatos Nacionais:
Benfica 35 
Porto 27 
Sporting 18

Taças/Campeonatos de Portugal - Link para o Site FPF

Taças de Portugal:
Benfica 28
Porto 20
Sporting 20



Nada que eu já não tivesse explicado!


O Sporting está a receber muitas prendas para este Natal:
- Afastados da Europa
- Perderam o derby com Benfica
- 3º classificado no Campeonato a 5 pontos do Benfica
- UEFA recusa o Caso "Vouchers"
- TAF dá razão à Doyen no Caso "Rojo", tendo o Sporting de pagar mais de 15M€.
- FPF de forma OFICIAL recusa atribuir os "campeonatos inventados" ao Sporting.

Mais uma vez as "mentiras" de Bruno de Carvalho foram desmascaradas! 


Fonte: Printscreen do Site da FPF, apresentado no blogue de Alberto Miguéns

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Football Leaks: Jovic no meio de ligações muito perigosas.

Avatar
 ●  28 comentários  ● 



Na informação revelada no "The Black Sea", ficamos a saber que:

Luka Jovic, com 18 anos, que custou 6,5 milhões, foi um nome referenciado directamente a Antero Henrique por Marc Rautenberg(um nome obscuro do futebol, direitos televisivos e com ligações às federações de futebol) e intermediário em transferências de futebol.

Marc Rautenberg fez referência a uma conversa de Antero Henrique com Pini Zahavi e Abdilgafar Ramadani. Se Zahavi já é um nome familiar aos portugueses, já Ramadani é, segundo o portal, associado de negócios dos irmãos Osmani conhecidos como chefes do crime organizado de Hamburgo e em outras cidades alemãs. Boa gente, portanto.

Rautenberg ofereceu uma série de jogadores romenos e sérvios ao FC Porto. Nenhum foi para lá. 2 deles assinaram pelo Apollon Limassol sem nunca irem lá sequer e depois foram parar ao Benfica(Jovic) e ao Eintracht Frankfurt.

Diz o portal: "Many players are further sold within days to clubs in western Europe, but the profit stays with the investors in Cyprus, which includes Pini Zahavi."

Ora, no caso de Jovic, a coisa fica mais interessante quando analisamos a sua "venda" ao Apollon.

A 25 de Janeiro de 2015, o Estrela Vermelha vende 70% dos direitos de Jovic ao Apollon por 1,4 milhões de euros. Além disso, o Apollon garante uma clausula que lhe garante os restantes 30% por 600 mil euros.

Mas o jogador ficou em Belgrado. Nunca jogou pelo Apollon. E a 1 de Fevereiro de 2016 assina pelo Benfica.

Ou seja: o Estrela Vermelha recebeu no máximo 2 milhões de euros por um jogador que veio directamente de Belgrado para Lisboa e o Apollon, sem que o jogador lá tenha colocado os pés, recebeu 4,65 milhões de euros pelo jogador.

O "grande" gestor do Estrela Vermelha que fez este negócio brilhante foi Zvezdan Terzic. Este senhor esteve fugido à justiça 2 anos por acusações de desfalque tendo-se entregue em 2010 e pago mais tarde uma caução de 1 milhão de euros para regressar "ao activo".

Entretanto, a irmã deste senhor é casada com um antigo guarda redes chamado Nikola Damjanac que foi contratado pelo Benfica para representar o clube nas negociações com Jovic. Por isso recebeu 100 mil euros do Benfica.

Curiosamente, Damjanac é co-proprietário da Lian Sports que entre outros representa: Djuricic, o irmão de Markovic Filip e Fejsa. Quem são os sócios de Damjanac? Rautenberg e Ramadani.

Ver o Sport Lisboa e Benfica envolvido nestes esquemas manhosos é repugnante.

Registo na FIFA, segundo o portal.


Jorge Mendes tem uma foto de Oblak na sala, e já guardou um lugar para Ederson.

Avatar
 ●  49 comentários  ● 

Enquanto aguardamos com curiosidade quais as informações sobre Benfica e FC Porto que segundo um jornalista da praça estão a ser bloqueadas por um orgão de comunicação social, podemos lembrar o bem que o Sport Lisboa e Benfica tem feito a Jorge Mendes como foi exemplificado no caso de Oblak.

Ora rezava o comunicado à CMVM:

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com o Club Atlético de Madrid para a transferência a título definitivo dos direitos desportivos e económicos do atleta Jan Oblak pelo montante de € 16.000.000 (dezasseis milhões de euros), valor da cláusula de rescisão consagrada no contrato de trabalho desportivo que vigorava entre o referido jogador e esta sociedade. 

O Conselho de Administração,

16 de julho de 2014."

-------------------------

Ora, nos últimos dias foi clarificado o que já se sabia: o Benfica é um excelente negócio para muita gente...menos para o próprio pois o passivo continua a subir. 

Dizia o "Record":

"Jan Oblak deixou o Benfica em julho de 2014, com o Atlético Madrid a pagar o valor da cláusula de rescisão no valor de 16 milhões de euros. No entanto, nos cofres da Luz apenas entraram 9,46 milhões de euros, segundo documentos revelados pelo Football Leaks analisados pelo 'El Mundo', que integra o consórcio de jornalistas European Investigative Collaborations (EIC).

A publicação espanhola refere que só o agente do guarda-redes eslovaco, Miha Mlakar, recebeu 1,9 milhões de euros da transferência de Oblak para o Atlético Madrid, ficando ainda acordado o direito a 12,5% de um futuro negócio.

O jornal espanhol indica ainda que apesar de a transferência ter sido concretizada por Miha Mlakar, também Jorge Mendes beneficiou com o negócio, ficando com 20%. Segundo o 'El Mundo', um ano antes da saída de Oblak para o Atlético Madrid, Jorge Mendes e o Benfica terão acordado que a empresa do representante português, em caso de transferência do guarda-redes, receberia 20% do negócio.

Nas contas da transferência há ainda a suprimir o valor recebido pelo Olimpija Ljubljana, clube de formação do guarda-redes, com direito a 5%."

É dinheiro a rodos para todos. Jorge Mendes, que segundo o presidente do Benfica recebia sempre 10%, afinal recebe mais. Pormenores...

Ficamos a aguardar pela parte II que se chama...Ederson.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Benfica segue em frente, com 2 quase certezas.

Avatar
 ●  76 comentários  ● 

Celis e Carrillo não justificam a sua contratação.

No caso de Celis, foram 2,2 milhões.

No caso de Carrillo, foram 6,6 milhões de euros logo à cabeça.

De resto foi um bom jogo para outros jogadores mostrarem serviço a Rui Vitória.

Siga a Taça.



Nota: Claro que juntando aos custos de Celis e Carrillo só os de Taraabt, chego à conclusão que o Witsel e o Garay é que são caros. Estes são uma pechincha!

As lágrimas de crocodilo de Pinto da Costa e o esquema da "zanga" com Joaquim Oliveira.

Avatar
 ●  15 comentários  ● 


O companheiro de blogue Benfica Eagle destacou algumas declarações de Pinto da Costa sobre os valores que recebeu da Olivedesportos. Diz Pinto da Costa que foi vigarizado durante anos no contrato de direitos televisivos com a Olivedesportos. 

Esta declaração do presidente do FC Porto seria para rir se não fosse um exercício mentiroso e de hipocrisia gigante. 

É natural que com o passar dos anos os dirigentes que se mantém agarrados no poder devido a não existir limitação de mandatos(como seria de esperar em organizações democráticas) queiram reescrever o passado para impressionar os mais novos. 

Mas neste caso a situação envolve o Benfica e por isso é necessário repor a verdade no que toca ao que Pinto da Costa vem insinuar.

Nunca vi o presidente do FC Porto incomodado com o facto de estar a receber 19M/ano enquanto o Benfica recebeu durante 10 anos pouco menos de 8M/ano. 

Nunca vi o presidente do FC Porto incomodado com as revisões do acordo com a Olivedesportos que fizeram com que o FC Porto fosse o mais bem pago embora quer em adeptos quer em audiências fosse sempre o terceiro mais rentável atrás de Benfica e Sporting.

Nunca vi o presidente do FC Porto incomodado com as recusas de Joaquim Oliveira em renegociar o acordo com o Benfica durante 10 anos enquanto canalizava para o FC Porto os valores que não pagava ao nosso clube.

A zanga de Pinto da Costa e Joaquim Oliveira é tão real quanto o FC Porto ter sido fundado em 1893.

Se é verdade que Joaquim Oliveira é perito em dar-se bem com todos pois era bom para o seu negócio, Joaquim Oliveira sempre agiu para favorecer o FC Porto e foi peça fundamental no crescimento da influência do clube juntamente com Adriano Pinto na FPF.

Até no jantar que o nosso amigo Mastergroove revelou em 2012 ficou evidente a coordenação de Joaquim Oliveira e Pinto da Costa para manterem o controle do futebol português. Juntaram no Gambrinus Fernando Seara e Judite de Sousa e o então ministro com a tutela do desporto Relvas. Conta quem viu que foi uma festa enorme pois o repasto aconteceu no dia a seguinte à vitória do FC Porto na Luz com o golo irregular de Maicon.

Pinto da Costa, burro das bimbas como é, revela mais uma vez que a sua estratégia passa agora por fingir relações mais frias com Joaquim Oliveira. Assim como fez com Fernando Gomes, com Antero Henrique, com Adelino Caldeira, com Angelino Ferreira e até com o presidente do Benfica.

Joaquim Oliveira livrou-se do peso dos favores políticos com o processo BES(já agora onde andaram os indignados com o facto de BCP e NB terem ficado com 30% da Controlinveste?), deixando de ter às costas o passivo gigante que criou para controlar todo o desporto português(os dirigentes da FPF até em carros cedidos pela Olivedesportos andavam), e dando em troca percentagens do seu império.

Ainda assim Joaquim Oliveira mantém muita influência sendo que:

- Detém 33% da Sporttv mantendo-se como presidente do CA e tendo o seu filho Rolando como braço direito

- É o maior accionista da antiga Controlinveste juntamente com quem pagou Samaris(António Mosquito), agora Global Media Group.

- Faz parte do Conselho de Administração da NOS

- Detém com os seus filhos a Rising Ventures, que investe em start-ups.

Para um tipo acabado não está nada mal.

Quer Pinto da Costa quer Joaquim Oliveira são a face de um sistema que beneficiou o FC Porto roubando valor ao Sport Lisboa e Benfica. 

Só acredita em regenerações quem quer. Fernando Gomes ou Joaquim Oliveira estiveram no centro do que o Apito Dourado revelou. As conversas publicadas no Youtube não deixam margem para dúvidas.

Tudo o que fazem ou fizerem em nada servirá o Benfica ou sequer o interesse de um futebol português limpo. E como benfiquista, quero um futebol português limpo desta escória corrupta.

Quero um Sport Lisboa e Benfica campeão por mérito desportivo ou então que se não ganhe, que seja derrotado de forma honesta e não através dos mesmos esquemas dos últimos 30 anos.

BOMBA: Pinto da Costa assume que "andou a ser vigarizado" por Joaquim Oliveira

Avatar
 ●  15 comentários  ● 
“Criou-se uma guerra com a ideia de que nós trocamos, mas trocamos porque fomos obrigados a trocar. Se me pagavam 19 milhões [por ano] e depois já me davam 39 milhões e depois afinal cobriam qualquer oferta, então andei a ser vigarizado durante muitos anos. Andaram a fazer de nós anjinhos”,disse Pinto da Costa referindo-se ao contrato que o clube teve durante décadas com a Olivedesportos, do empresário e amigo Joaquim Oliveira, e cuja validade se estende até à época de 2016/2017." In Observador


Há quase 1 década fui das primeiras pessoas a defender a ideia de que os clubes portugueses estavam a ser "explorados" por Joaquim Oliveira, que de um total de receitas "brutas" a rondar os 200M€/Ano só pagava 50M€/Ano aos clubes portugueses.

No mínimo os clubes deveriam receber 50% das receitas "brutas" e tendo o Benfica mais de 40% do mercado seria natural receber os famosos 40M€/Ano, quando na altura recebia 7,5M€/Ano!

A Blogosfera Benfiquista foi fundamental para que esta "posição" se começasse a propagar e depois disso várias figuras públicas do Benfica começaram a defender essa mesma ideia, até que o próprio Benfica assumiu essa posição oficial em 2013 ao não renovar com a Olivedesportos. Como na altura o clube não tinha alternativa à SportTV apostaram na BTV em sistema de "pay-per-view".

Foi uma "batalha" dura e longa e algumas pessoas tentaram contradizer o que defendia afirmando que os clubes tinham de estar "agradecidos" a Joaquim Oliveira como se esse empresário fosse algum tipo de "salvador" do futebol português.

Esta semana, Pinto da Costa assumiu numa entrevista ao JN que "ANDOU A SER VIGARIZADO DURANTE MUITOS ANOS" por Joaquim Oliveira e que neste momento nem sequer têm relações pessoais! "ele deixou de aparecer e deixou de me falar"

Este é mais um facto de demonstra o que já escrevo há algum tempo:
O "poder" de Joaquim Oliveira (Olivedesportos) está muito longe do poder que teve no passado!

As declarações de Pinto da Costa são uma evidente demonstração do que tenho escrito e que agora foi assumido publicamente!

Um clip sobre Pinto da Costa, Pinto de Sousa e Jorge Sousa.

Avatar
 ●  18 comentários  ● 


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Prolongamento de dívida do Sporting vai ao Parlamento

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
No final do ano passado, o Sporting enfrentava uma situação complicada. Os 55 milhões de euros de Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) que tinham sido emitidos em 2011, e adquiridos em partes iguais pelo então BES e pelo Millenium BCP (cada um com mais de 27 milhões), iriam converter-se em acções da SAD sportinguista a 17 de Janeiro deste ano, caso o Sporting não os pagasse. 

Esse cenário não agradava nem ao clube, nem aos bancos. Por isso, foi acordada a extensão do empréstimo até 2026, com um aumento de 0,5 pontos nos juros, para 4%. Ou seja, a dívida continua nos bancos. 

O cidadão Francisco Calado Cordeiro indignou-se com aquilo que considera ter sido um "perdão de dívida" do Novo Banco aos leões – o processo é especialmente sensível porque a instituição foi recapitalizada com dinheiro público – e redigiu uma petição que recolheu mais de quatro mil assinaturas, requisito necessário para ser discutida no plenário da Assembleia da República. 

Os peticionários exigem que o Sporting pague "uma taxa de juro de mercado" ou que "recompre os instrumentos ao preço facial". A discussão está marcada para amanhã à tarde. 

A petição, por si só, não terá qualquer efeito na operação de prolongamento de maturidades dos VMOC A, que agora apenas vencem em Dezembro de 2026. Depois da discussão, o assunto é arrumado e não há sequer lugar a votações. O que pode acontecer é algum partido apresentar uma iniciativa legislativa que responda a alguma das questões levantadas na petição. O que não é muito expectável. A maioria dos partidos ainda não definiu a sua posição, nem o que vai dizer nos dois minutos que vão ter para intervir. Já o PCP vai dizer que "compreende que ser accionista do Sporting não seja do interesse do Novo Banco", mas que "não se percebe porque é que os bancos decidiram comprar as VMOC", explicou ao Negócios o deputado Miguel Tiago. 

Sporting recusa ter sido beneficiado 

Ao Negócios, Carlos Vieira, vice-presidente do clube com o pelouro das Finanças, recusa "terminantemente" que o Sporting tenha sido beneficiado, e diz que os VMOC são uma "alternativa válida para apoiar reestruturações", que foi "analisada e aprovada não só pelo Banco de Portugal" como pela Direcção-Geral de Concorrênca da Comissão Europeia. E diz que o instrumento utilizado para recapitalizar a banca, CoCo, é similar. 

Ao abrigo da reestruturação acertada com a banca, "o Sporting tem ‘triggers’ de reembolso". Os proveitos com a ida à Liga dos Campeões ou a venda de jogadores são utilizados para amortizar empréstimos "e para constituir uma conta-reserva que posteriormente servirá para adquirir as VMOC", acrescenta Carlos Vieira. 

A Assembleia da República enviou pedidos de informação ao Banco de Portugal, Autoridade da Concorrência, Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), bem como ao ministro das Finanças e ao Fundo de Resolução. 

O Fundo de Resolução enviou os esclarecimentos do Novo Banco, que disse que existia um "compromisso formal" assumido pelo BES e pelo BCP em 2013 de subscrever uma nova emissão de VMOC. Como o Sporting "não dispunha de fundos disponíveis" para recomprar os 55 milhões que já estavam nos bancos, e como "não era do melhor interesse dos bancos" tornarem-se accionistas do clube, procedeu-se à extensão, em 10 anos, da maturidade da emissão. 

A CMVM lembrou que o BCP e o Novo Banco já tinham manifestado disponibilidade para alterar o prazo e condições da emissão em Novembro de 2014

Câmara da Maia utilizada para financiar o FC Porto?

Avatar
 ●  23 comentários  ● 

Com o presidente da CM Porto

Com o atual presidente da CM Gaia

Com o antigo presidente da CM Gaia

"Quando assumi a presidência, só prometi dar o meu melhor no dia a dia. Nunca prometi um titulo e como é obvio não vou prometer. 

Queria um centro de treinos para jovens, estamos em conversações com a Câmara Municipal da Maia. Não podem os ter uma equipa B construída com base em nigerianos, etc, etc. Vamos tentar, mas não é uma promessa". - JN.

Têm sido vários os posts em que no NGB, ao contrário da imprensa, temos exposto o saque que o FC Porto têm feito ao erário público através das várias Câmaras Municipais da Área Metropolitana do Porto.

Na entrevista que deu ao JN revelou que a CM Maia está a considerar gastar os nossos impostos para construir uma academia para o FC Porto.

Depois dos quase 20M gastos através da CM Gaia, dos protocolos assinados com a CM Porto e a CCDNR, Pinto da Costa procura continuar a construir património para o FC Porto à custa dos nossos impostos.

Por sinal, o presidente da CM Maia, António Gonçalves Bragança Fernandes, é membro do Conselho Superior do FC Porto!

Enquanto Benfica e Sporting pagam os custos dos seus centros de estágio, o FC Porto debaixo de uma capa falsa de "interesse público" continua a "vampirizar" as Câmaras do norte e os nossos impostos. 

Que serviço público é que o FC Porto presta à sociedade que justifique tantas benesses? 

Será que os munícipes têm ou terão acesso livre a algo que é pago pelos próprios? 

Os cidadãos de Gaia podem usar o Olival?

Os cidadãos do Porto podem usar a Piscina da Campanhã em condições idênticas às concedidas ao FC Porto?

Quanto é que o FC Porto vai pagar ao Estado Português pelo usufruto de tudo isto? 

Witsel não pode vir.

Avatar
 ●  16 comentários  ● 

Quanto vale esta foto?
Seria possível num clube que:

- Aumenta o vencimento de alguns jogadores anos sucessivos sem se preocupar com o tal tecto dos vencimentos ou com o mau estar que isso poderia causar no restante plantel

- Paga comissões entre 10% a 20% do valor transacionado, no mínimo 

- Contrata jogadores(e paga comissões) para nunca sequer vestirem a camisola do clube ou serem vendidos com mais valia

- Tem mais de 100 jogadores sob contrato

- Paga mais de 10M em vencimentos/ano a jogadores que não utiliza

Como nada disto acontece no Benfica, é óbvio que sonhar com o Witsel é irrealista. Assim como ter ido buscar o Garay ao Real Madrid. 

Witsel em saldos.

Avatar
 ●  47 comentários  ● 

"Embora o Zenit tivesse recusado propostas em torno dos 20 milhões de euros durante o mercado de verão, agora o clube russo estará disponível para negociar o seu passe em janeiro por apenas seis milhões de euros.

De acordo com a Gazzetta dello Sport, o Zenit teme que Witsel abandone o clube no final da temporada a custo zero, pelo que estará agora disponível a negociar o seu passe por valores a nível dos seis milhões de euros.

A Juventus, que esteve muito perto de garantir o internacional belga no mercado de verão, estará na linha da frente para contratar o jogador." - A Bola.

Deixa ver: o que se pagou pela transferência dos jogadores Taraabt, Jovic, Ould Chikh, Celis e Saponjic, só assim de repente, juntando ao que auferem de vencimentos, dava para quantos Witsel?

Lá cai o mito de que não temos capacidade para ter um Witsel.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Quatro factos do "dia seguinte" à jornada.

Avatar
 ●  13 comentários  ● 

Ver o Sporting queixar-se da arbitragem de ontem quando não o fez depois do seu jogo em casa com o FC Porto é ridículo e demonstra a dificuldade que algumas vedetas têm em assumir derrotas.

Quando eu vir um único clube a ser capaz de dizer que, pelo menos, teve lances duvidosos que o favoreceram, será um dia em que o futebol português mudará.

O que esperava de Jorge Sousa aconteceu: permite todo o tipo de entradas durante demasiado tempo em jogos contra o Benfica, e está sempre mal colocado quanto a lances na grande área. É um ex-SuperDragão por isso estará longe de ser benfiquista.

Querem queixar-se da arbitragem? Queixem-se de quem está a conseguir levar o FC Porto ao colo com mais uma arbitragem desbloqueadora de jogo e castradora do adversário.

Benfica e Sporting dignificaram a história dos Derbys com um jogo intenso, bem disputado e com profissionais que se respeitaram.

-----------------------------


Dias Ferreira veio hoje insinuar que o campeonato “está entregue” ao Benfica devido às arbitragens.

O taberneiro de palito na boca lagarto vem a público com esperança de obter os favores de Bruno de Carvalho quanto à folha de pagamentos dos comentários de encomenda. Para seu azar, o “palitos” é tão desprezível que nem Bruno de Carvalho tem interesse nos seus serviços.

Pena é que Dias Ferreira não se tenha insurgido contra o acordo nojento que a “geração Roquette” fez com o FC Porto em que subalternizou o Sporting aos interesses de Pinto da Costa.

Mas de um fanático não se espera outra coisa.

-----------------------------

Quem acompanha o blogue lembra-se já das várias vezes que trouxe à baila a cobertura deficiente da Sporttv no que diz respeito ao número de câmaras, o seu posicionamento e ausência de repetições em alta-definição que esclareçam cabalmente os lances.

Curiosamente, o senhor “Verdade Desportiva” ontem resolveu chamar a atenção da BTV sobre a cobertura do jogo. Não sei se Rui Santos faz ideia de que a cobertura dos jogos na maioria das vezes(senão em todas) é feita pela mesma empresa quer seja BTV ou Sporttv, em termos de realização.

Quantas vezes é que Rui Santos trouxe este assunto à baila quando toca à Sporttv? É que não me recordo de o fazer isso. Pelo que sei, ontem os adeptos do Sporting até filmados foram e várias vezes, ao contrário do Dragão em que nem no golo se viu uma imagem dos milhares de benfiquistas presentes.

-----------------------------


Aconselho a que se mantenham muito atentos aos próximos jogos do FC Porto e às arbitragens habilidosas de que vão continuar a usufruir. Nada que não tenha avisado quando divulguei aqui em primeira mão quem seriam os 2 responsáveis da arbitragem: Fontelas Gomes e Paulo Costa.

Aconselho “lampiões e lagartos” que andam tão entretidos a debater quem é o mais prejudicado a olharem antes para o clube que dominou os árbitros nos últimos 30 anos e que está novamente a querer controlar as nomeações para não lhe calhar nenhum árbitro menos “domável”.

A cartolina colada: mais uma mentira de Bruno de Carvalho?

Avatar
 ●  43 comentários  ● 


Todos vimos as imagens que passaram de Bruno de Carvalho a sair dos balneários e entregar à Comunicação Social presente na zona mista uma cartolina colada com fita como tendo sido algo atirado para o banco do Sporting com o objectivo de magoar alguém.

Repudio todos os que usaram as cartolinas para as atirar para o relvado. Isso só prejudica o Benfica e será mais uma desculpa para que o Benfica seja novamente multado em alguns milhares de euros.

No entanto, e até prova em contrário, estou convencido de que este é mais um esquemo do presidente do Sporting com  o único objectivo de FUGIR às questões dos jornalistas sobre a derrota na Luz e no impacto que isso terá na relação do treinador com os adeptos do Sporting, que já suspiram por Marco Silva ou Leonardo Jardim.

A não ser que Bruno de Carvalho tenha entregue uma cartolina igualmente colada com fita durante o jogo ao 4º árbitro ou ao delegado da Liga de Clubes, a situação relatada por Bruno de Carvalho é mentira.

Espero pela confirmação do que consta do relatório do árbitro e dos delegados da Liga. 

Fejsa vs William Carvalho: As virtudes e os defeitos do Sistema

Avatar
 ●  54 comentários  ● 

Feitos os elogios a Rui Vitória no meu texto de ontem, fica a inevitável pergunta: Foi ontem que o Benfica de Rui Vitória esteve por cima taticamente num jogo entre grandes equipas? Na minha opinião não!

Mas Rui Vitória mereceu os elogios sim, em primeiro lugar porque reconheceu a superioridade do adversário a nível tático (essencialmente no miolo), e porque soube contrariar essa superioridade adaptando o Benfica à dificuldade do jogo.

E o que fez Rui Vitória? Apostou em Jimenez para equilibrar a luta do meio campo (mesmo que à conta de quase abdicar de jogar com ponta de lança), e pediu a Gonçalo Guedes um jogo de esforço (que cumpriu), num Benfica onde não havia nenhum jogador que não lutasse avidamente pela posse de bola.

Se Sálvio é também um jogador que normalmente enquanto tem pulmão, apoia muitíssimo Nélson Semedo, já Rafa surpreendeu-me pela positiva, pela disponibilidade que demonstrou em acompanhar as subidas de João Pereira, ele que no Braga era um jogador exclusivamente de tração à frente.

Portanto, Rui Vitória foi inteligente como adaptou a equipa às circunstâncias do jogo, mas não foi o Sporting a adaptar-se ao Benfica. Foi o Benfica a adaptar-se ao Sporting, não pelo génio do desenho tático, mas pelo esforço extra que foi pedido a cada jogador do Benfica, no lutar por cada bola, ciente que só correndo mais do que o adversário seria possível conseguir a vitória. Rui Vitória e os jogadores do Benfica merecem por isso os parabéns!

Agora, mais uma vez o Benfica não fez, contra uma boa equipa, um jogo em que se impusesse ao adversário, em que conseguisse taticamente empurrar o adversário para trás. Podem-me dizer: “Sim Redmoon, mas os jogos podem-se ganhar de muitas maneiras, não necessariamente apenas por rematar mais ou ter sempre a posse da bola.”

Correta esta análise, com a qual terei de concordar em parte. Em parte só, porque há diferenças entre uma equipa que faz do contra ataque uma arma letal e no qual assenta o modelo do seu jogo, mas que quando defende o faz com consistência e controla o jogo quase sempre, de outra equipa, COMO O BENFICA, que quando precisa de recuar para controlar o jogo a partir de trás, mostra em muitos momentos uma fragilidade confrangedora bem como uma incapacidade gritante de manter a posse da bola!

E isto leva-me pois para tentar perceber os porquês desta realidade, a qual, no meu entender, está relacionada com dois fatores:

O primeiro é que realmente, no Benfica não há um número 8, um jogador possante, de raça, que saiba jogar entre as duas grandes áreas com igual qualidade. Danilo mostrou ontem se calhar os porquês de andar fora das opções de Rui Vitória.

E o segundo fator é para mim o estilo de jogo de Fejsa. Esta é pois a altura em que podem já desancar em mim, e dizerem que não percebo nada de bola, e lembrar-me do curriculum imaculado do Fejsa, e réu-téu-téu pardais ao ninho.

Fesja é um GRANDE jogador deste Benfica, para mim isto é ponto assente. Agora, é o jogador que o Benfica precisa para jogar naquela posição 6 em TODOS os jogos e em TODOS os momentos do jogo? Para mim só o é, porque o Benfica não tem outro jogador com outras características.

Uma equipa grande num jogo grande, se quer controlar o jogo e ganhar a luta do meio campo, é imperial ter sempre abertas várias linhas de passe para que a equipa possa respirar. O problema do Benfica em certos momentos é que Fejsa é um jogador com algumas dificuldades em sair a jogar, em ultrapassar um adversário para a frente no corpo a corpo, e que tende muitas vezes em encostar aos centrais, a abdicar de atacar, e dar a bola ao Pizzi à espera que seja ele a levar a bola sozinho para a frente.

Num Benfica que joga muitas vezes com dois médios apenas, ter um deles que quase não sobe, é pedir muitas vezes ao outro (Pizzi) que faça o impossível. E ele tem-no feito muitas vezes, há que reconhecer isso.

Aquilo que o Sporting faz muitas vezes (e outros adversários mais fortes), é ter o seu ponta de lança a fazer sombra a Fejsa, obrigando-o a dar a bola ao Pizzi e a manter-se atrás na cobertura, e depois temos o Pizzi contra dois ou três médios adversários, que logicamente para não perder a bola tem de a passar rapidamente aos extremos ou no avançado, que nesta altura já têm os laterais ou o central encostados a si, não deixando quase nunca o Benfica virar-se de frente para o jogo.

O FCPorto teve este problema o ano passado, quando Danilo Pereira alterou a titularidade com o banco de suplentes, enquanto foi um jogador exclusivamente defensivo, o que fazia com que no miolo o Porto jogasse muitas vezes em inferioridade numérica quando tinha de atacar. O Danilo de hoje é um jogador de campo inteiro!

E quem vê William Carvalho no Sporting por exemplo percebe também do que falo. William não é um jogador exclusivamente defensivo. William é um jogador que sabe ter a bola e levá-la para frente, chegando muitas vezes à área adversária, permitindo sempre a Adrien, Ruiz ou Bruno César subir e criar linhas de passe, empurrando com isso o Benfica para trás. O Sporting ataca por isso sempre com mais homens, porque William faz parte do processo ofensivo (como Matic fazia no Benfica há uns anos), coisa que Fejsa, especialmente nestes grandes jogos não faz.

Enquanto no Benfica, Fesja fica atrás e Pizzi leva a bola; no Sporting é o William a levar a bola permitindo a Adrien subir no terreno e receber a bola mais à frente (nestes jogos contra o Sporting, pressionar bem William Carvalho é essencial para condicionar o seu jogo).

Se contra as equipas pequenas, que atacam com um ou dois homens apenas, este problema não se nota tanto, porque Fejsa encosta ao jogador da saída da bola e ganha os duelos quase sempre matando aí a jogada permitindo aos colegas continuar subidos no terreno, contra boas equipas que atacam com mais homens, o meio campo parte-se muitas vezes, com Fejsa exclusivamente para defender encostado aos centrais (quantas vezes só reparamos que ele está em campo porque fez um desarme delicioso?), e Pizzi para atacar sempre contra dois ou três, com os extremos sempre de costas para o jogo!

Fesja precisava por isso na minha opinião, de juntar às suas EXTRAORDINÁRIAS capacidades defensivas, de fazer essa evolução que por exemplo Danilo fez no FCPorto, de passar a ser capaz de participar mais efetivamente no jogo ofensivo da equipa, permitindo a Pizzi subir no terreno para receber a bola mais à frente, levando consigo um ou dois jogadores do meio campo adversário, e permitindo ao Benfica subir no terreno!

Feita a minha análise, discutível evidentemente, pode Rui Vitória fazer muito mais com os jogadores que tem? Na minha opinião não. Em primeiro lugar porque não há Renato Sanches, um jogador tão efetivo a defender como a atacar. Em segundo porque aparentemente, para a posição 6 só há Fejsa que não permite alterar muito o figurino tático da equipa.

A não ser que o lugar verdadeiro de Danilo seja o 6 e não o 8 (posição para a qual entrou ontem com maus resultados), e talvez Danilo possa ser um bom substituto de Fejsa em alguns jogos e momentos, principalmente quando o Benfica precisa de um jogador mais eficaz na saída da bola sem abdicar da solidez defensiva que traz à equipa, permitindo ao Benfica defender um pouco mais à frente.

Sorteio completo. Benfica na Alemanha.

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Manchester City - Mónaco

Benfica - Dortmund

Real Madrid - Nápoles

Arsenal - Bayern Munique

FC Porto - Juventus

Bayer Leverkusen - Atlético Madrid

PSG - Barcelona

Leicester - Sevilha

Sport Lisboa e Benfica - Borussia Dortmund

Avatar
 ●  1 comentário  ● 
Champions com um jogo difícil para o Benfica.


domingo, 11 de dezembro de 2016

SLB:2 - SCP:1. Resultado melhor que a exibição.

Avatar
 ●  82 comentários  ● 


A vitória desta noite foi importante. Perder a liderança no final do ano civil, mais ou menos a meio da temporada, seria um golpe duro numa altura de menos bons resultados.

E o resultado é melhor que a exibição. O Benfica fez um jogo melhor que os últimos 3 ou 4,  foi mais rigoroso a defender no meio campo, fechou melhor em alguns momentos do jogo e foi eficaz em aproveitar as oportunidades que criou.

Gostei de ver Rafa e Gonçalo Guedes, fundamentais, gostei de Salvio (até rebentar), de Semedo, gostei do espírito colectivo e que acabou por ser a chave da vitória.

Continuo a não entender porque Pizzi é o escolhido para as bolas paradas pois não acerta uma(e foi novamente insignificante na gestão do jogo) ou o porquê de Danilo só hoje ter sido utilizado quando se vê que é muito útil. André Almeida fez mais um jogo de grande sacríficio numa posição que não é a sua e Jimenez acaba por justificar com o golo a sua presença embora na maior parte do tempo tenha corrido muito mas com pouco impacto no jogo.

Mas aquela zona central da defesa continua um caos, o Benfica tem uma dificuldade enorme em gerir vantagens, e o que nos vale é ter um Ederson que literalmente representa muitos pontos ganhos à sua custa.

Luisão é um jogador a menos. Vejam o replay do jogo, e na tv ainda se deve notar melhor que no estádio, e reparem como Luisão está 90% das vezes deslocado a marcar...o ar. Imensas vezes que Lindelof fica sozinho para lidar com o matulão do Bas Dost e com outros que entravam na área do Benfica. É o puto que tem que ficar a arder com a responsabilidade das falhas sucessivas? Era só o que faltava.

Este jogo foi bom para sossegar as hostes, mas também deixou à vista que há muito a fazer na equipa, começando por recuperar os lesionados e remendar de uma vez por todas a defesa central com a entrada de Jardel para o lado esquerdo e o regresso de Lindelof ao lado direito.

Quanto à arbitragem, Jorge Sousa esteve ao seu nível. Permitiu durante muito tempo pancada de todas as maneiras e feitios, esteve mal colocado em vários lances importantes e acaba por sair mal na fotografia por isso.

Nos lances mais reclamados, pelo que vi quando cheguei a casa, estão os possíveis penaltys e o lance parado a Gonçalo Guedes.

Começando pelo fim, no lance de GG queixem-se dos atrasados mentais que atiraram as cartolinas para o campo. O árbitro não podia fazer outra coisa senão parar o jogo. 

Nos outros lances, o único que não me deixou dúvidas quer no estádio que na tv é o de Semedo. Penalty pois a bola vai ao braço. O de Pizzi não me parece.

Fica o resultado e esse é o mais importante.

Nota: Logo aos 3 minutos o FCP fica a jogar contra 10 e tem mais um penalty a seu favor. Fontelas cada vez mais limitado no CA e Paulo Costa em crescendo. Depois queixem-se que não avisamos vezes sem conta que isto iria acontecer.

Os jogadores deram tudo para merecer a felicidade

Avatar
 ●  60 comentários  ● 
Rui Vitória merece um elogio na noite de hoje, por ter sabido ler o jogo bem praticamente do inicio ao fim.

Esteve bem na equipa inicial, equilibrando o jogo no meio campo onde era essencial anular o miolo do Sporting, com Jimenez e Guedes muito batalhadores na recuperação da bola, contando depois com a velocidade de Rafa e Sálvio para colocar a defesa do Sporting em sobressalto. 

E esteve também bem nas substituições, pelo menos na leitura que fez do jogo para proceder a essas substituições, já que Danilo acabou por não oferecer ao Benfica a consistência que se lhe pedia. Mas a leitura foi correta, ter Danilo para dar o apoio a Fejsa, deixando Pizzi mais disponível para a organização.

Palavras de elogio para Rafa e Sálvio, que enquanto esteve em campo, foram exemplares na cobertura essencial à subida dos laterais do Sporting, bem como quase sempre letais e esclarecidos na saída.

Uma palavra, claro, para Ederson, excelente na baliza mais uma vez e exímio a desmarcar os colegas com pontapés milimetricamente colocados a 60 metros... Para Jimenez, que marcou como lhe competia, mas que para além disso foi absolutamente essencial nos equilíbrios do meio campo, e outra para Pizzi, para mim o melhor em campo e que foi um Mouro de trabalho!


O Benfica acaba por ter alguma sorte em alguns lances capitais do jogo, nomeadamente no lance do possível 1-1 que dá o 2-0, também no penalty perdoado a Nélson Semedo (no de Pizzi não me parece haver intenção), numa exibição em que, em abono da verdade, os jogadores deram tudo para merecer a felicidade!

ranking