O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 25 de maio de 2013

A quem interessa este futebol?

 ●  11 comentários  ● 
Não desta vez não vou escrever sobre o SLBenfica, mas sobre o futebol em geral.

Regido pela FIFA no Mundo inteiro e pela UEFA na Europa, o futebol tem que ser repensado para continuar sustentável, pois com o elevadíssimo endividamento dos clubes, ou algo muda ou qualquer dia o futebol europeu é um brinquedo de magnatas do dinheiro, porventura sujo!

Amanhã jogamos para a Taça pelo que não vou entrar em grande detalhe, pois este assunto não terá a merecida atenção neste momento.

Deixo apenas um "Case Study":

- Desporto nos Estados Unidos! Da NFL, à NBA, passando pela NHL ou a MLB, todos têm em comum um factor:

ESPECTACULO!

As regras sao ajustadas ao espectáculo e ao envolvimento dos espectadores. Toda uma "economia própria" gira em torno dos desportos e de cada jogo, se cada equipa. Todos os jogos têm um vencedor. As tecnologias fazem parte do espectáculo, tal como os árbitros e a sua iteração com as tecnologias e os fans.

O futebol ou "dá o salto" ou continua a perder magia e a ganhar suspeição e a aumentar os casos de corrupção e jogos de interesses.

Voltarei, durante a semana, a este tema com algumas sugestões que deveríamos "trazer" dos EUA.

PS- Não é por acaso que a MLS é o parente pobre (em termos de dinheiro movimentado e adeptos) face aos impressionantes espectáculos da NHL, NBA, NFL...

Teremos um novo Sporting, menos submisso?

Avatar
 ●  21 comentários  ● 

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, lamentou na madrugada deste sábado, em Toronto (Canadá), o "mau negócio" realizado pelo FC Porto com a transferência de João Moutinho para os franceses do Mónaco.

Em declarações à Lusa, o dirigente considerou ainda que a venda do colombiano James Rodríguez foi um "grande negócio".

"Tivemos o azar de o presidente Pinto da Costa não estar a conseguir fazer os negócios que tem feito. Ele sempre disse que os jogadores eram vendidos pela cláusula e sabemos que a [transferência] do João Moutinho era de 40 milhões. Infelizmente não foi assim, foi por 25 milhões ", disse, acrescentando que "às vezes as pessoas não vão tendo as mesmas capacidades e as mesmas competências". - Record.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

A palhaçada na CMVM continua...

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

"A CMVM pediu hoje esclarecimentos à Benfica SAD sobre a alegada renovação de Jorge Jesus.

Ao Económico, fonte oficial do regulador português, adiantou que "já foram solicitados esclarecimentos à SAD do Benfica" sobre a situação contratual do técnico encarnado.

Isto porque segundo noticia hoje o Correio da Manhã, o treinador português assinou já uma renovação contratual com o Benfica por mais dois anos, até 2015, com o clube a ficar com o direito de opção de prolongar o vínculo por mais um ano. Segundo escreve o jornal, Jorge Jesus mantém o salário de quatro milhões de euros por ano num acordo que o clube devia tornar público após a final da Taça de Portugal, no domingo.

Em declarações ao Económico no início da semana, fonte oficial da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) tinha já alertado que a SAD encarnada "terá de informar [o mercado] quando exista acordou ou a impossibilidade deste vir a existir", o que não aconteceu até agora.

Na sessão de hoje, os títulos do Benfica seguiam inalterados nos 0,75 euros, acumulando desde o início do ano uma valorização de 83%."  - in Económico.

Jogar como nunca, roubados como sempre II

 ●  32 comentários  ● 


Portugal, 24 de Maio de 2013

Apesar das novidades desportivas se sucederem a um ritmo estonteante, e nas quais incluo mais uma desconcertante – mas estratégica - entrevista de Pinto da Costa à RTP, prefiro dedicar mais alguma reflexão ao campeonato do “penalty fora da área e de outras tropelias de arbitragem” que nunca beneficiam o Benfica. 


Um parêntesis para referir que não pedimos que beneficiem o Benfica. Apenas queremos que não beneficiem o clube crónico campeão. Que é o que se passa...


Voltando ao campeonato do Benfica, desde logo defendo que apesar de perdido, o campeonato não deixa de ser excepcional. Porque fizemos 85,6% de pontos ganhos. Pelos comentários do texto anterior percebo que esta minha opção não é pacífica, pois há muitos adeptos que preferem “títulos” independentemente dos pontos conquistados. Entendo que esta forma de pensar é pactuante com o “sistema”, uma vez que se o “sistema” não nos permite fazer os pontos que a nossa equipa pode fazer, e se temos uma equipa que apesar disso fez muitos mais do que outras que até foram campeãs, isso não nos deve impelir a fazer mudanças, mas sim a manter a equipa e esperar que no ano seguinte possamos repetir a boa percentagem de pontos. Fazer mudanças porque não fomos campeões, apenas pode significar que no próximo ano façamos ainda menos pontos. E com isso diminuímos as possibilidades de conquistar o título.


Recordo que Trappatoni foi campeão com 65% de pontos (menos 20% do que Jesus) e isso não podia servir para definir a estratégia futebolística do ano seguinte. Apesar da felicidade que o “título” representou, tudo aconteceu porque o FCP não aproveitou as ajudas que lhes deram, incluindo o golo invalidado ao Petit na Luz contra o FCP e os 3 penaltys tirados por Proença ao Benfica em Penafiel, onde perdemos 1-0.


Voltando aos números que irritam alguns que estacionaram no passado, dos meus registos de 1986/87 para diante, 27 épocas portanto, a pontuação do Benfica desta época, 85.6% é a 2ª maior apenas inferior aos 91% da época 91/92 que deram o título de campeão. Tivemos 1 derrota como nessa época, no que são os 2 melhores registos nestes 27 anos. 


Essa equipa dos 91% de pontos era treinada por Eriksson. No ano seguinte, (roubalheira a dobrar), apenas fez 68%! E continua a não se perceber porque razão é difícil ao Benfica ganhar um bicampeonato. É que Jesus depois de ser campeão, fez 70% e a roubalheira nas primeiras 4 jornadas marcou a época toda.


Nestas 27 épocas, vários presidentes e vários treinadores, apenas ultrapassamos a barreira dos 70% de pontos por 14 vezes, sendo 4 em 4 de Jesus. Ou seja, em 23 épocas, apenas por 10 vezes o tínhamos conseguido. Nestas 27 épocas o FCP apenas por 2 vezes não conseguiu chegar aos 70% de pontos. Elucidativo...


Por curiosidade, em 1987/88 quando fomos à final da Taça dos Campeões, apenas fizemos 67% de pontos. Também – é pá que coincidência – tínhamos sido campeões no ano anterior.


Isto permite-me falar dos que dizem que “nunca o investimento foi tão elevado e que Jesus tinha obrigação de ganhar mais”. Tretas. O investimento é relativo. Quando em 1997 o Benfica foi buscar o Paulo Nunes para o Manuel José, era apenas o jogador mais caro de sempre no futebol português! Quando o Benfica foi buscar em 2001, Simão ao Barcelona por 2,2 milhões de contos e metade do Mantorras ao Alverca por 1 milhão de contos, fora todos os outros como Zahovic, Pesaresi, Júlio César, Drulovic, etc, isso significou um brutal investimento que o consagrado Toni e depois Jesualdo, transformaram em 63% de pontos. Só gente distraída, burra ou mal intencionada, pode relacionar o investimento com os resultados.


Se quisermos continuar na senda das comparações, o Benfica apenas fez menos percentagem de pontos do que Bayern, Barcelona e Shacktar. Fizemos mais pontos do que campeões como o PSG, Juventus, ManUnit, Ajax, CSKA e até na Argentina com 14 jornadas, temos mais do que os 69% do Newell’s Boys!


Em campeonatos limpos, onde há regras de arbitragem iguais para todos, apesar dos erros que também acontecem, este Benfica ultrapassou alguns campeões, que também têm superioridade orçamental sobre muitas equipas dos seus campeonatos. Mas cujos treinadores, como Ancelotti, Ferguson, Ronald de Boer, Conte, etc, também se enganam, também perdem pontos! Mesmo assim foram campeões porque fizeram mais do que os outros!


Cá isso é impossível. Só com percentagens superiores a 90% poderemos estar “a salvo” dos erros das arbitragens, e como vimos apenas conseguimos isso por 1 vez em 27 épocas. Pelo que considerar tal hipótese na preparação da época seguinte é um embuste aos sócios e adeptos.


Resta pois a estratégia para a arbitragem, algo que condicionasse pela positiva, a porcaria que por lá existe há décadas. E aqui voltamos ao Sr.º Luís Ferreira Vieira. Alguém ouviu a reacção deste que se faz passar por Presidente do Benfica a propósito de tantas e tantas arbitragens polémicas durante o campeonato, e até na última jornada? Não. Parece que, para branquear a vitória do Sr.º Pinto da Costa, está a encenar um jantar com deputados da Assembleia da República. Não é por acaso...

Sport Lisboa e Vieira não. Sport Lisboa e Benfica!

Avatar
 ●  38 comentários  ● 


"Luís Filipe Vieira prometeu a Jorge Jesus formar uma grande equipa para atacar campeonato e Liga dos Campeões na próxima época. O CM sabe que jogar a final da principal prova da UEFA, que se vai disputar no Estádio da Luz, é o grande sonho do líder dos encarnados, que se comprometeu com o técnico a envidar todos os esforços para que tal aconteça.

Apesar do fracasso na luta pelo título e também da derrota frente ao Chelsea (1-2), na final da Liga Europa, esta temporada, Vieira reiterou ao treinador a sua convicção de que o plantel poderá lutar por esses objetivos se for retocado.

Jorge Jesus, sabe o Correio da Manhã, comungou da mesma opinião do presidente do clube e foi com esses dois objetivos em mente que começaram a preparar a próxima época.

Vieira prometeu também tentar segurar a maioria das estrelas (Gaitán, Matic, Cardozo, e Garay) e dar atenção às lacunas da equipa. Contratar dois laterais (direito e esquerdo) e um médio-defensivo que seja alternativa a Matic ou o possa libertar para missões mais ofensivas é outra prioridade. Técnico e presidente convergiram em que o plantel terá de ser mais homogéneo do que o desta época, para evitar o desgaste evidenciado na ponta final. A falta de soluções no banco, na fase mais crítica da temporada, foi tema de diálogo entre ambos. O centro da defesa já foi reforçado com o sérvio Mitrovic, enquanto Sulejmani, Markovic e Rojas vêm preencher as alas, e Djuricic é considerado o substituto ideal para Pablo Aimar no meio-campo." - In CM.

Mais uma época a chegar ao fim, com os resultados comuns aos mandatos de Luis Filipe Vieira e começam a aparecer as promessas do costume para a temporada seguinte.
'Ninguém nos pára', 'os outros têm medo do que estamos a fazer' e outras frases feitas que são servidas como prato requentado ano após ano desde a chegada de Luis Filipe Vieira ao clube.

Em ano de final da Champions no Estádio da Luz, é natural que os adeptos do Benfica sonhem com a presença do clube nesse momento tão especial. Daí até às promessas é um pulo.

A imprensa portuguesa tem sido conivente, na sua maioria, com o branqueamento da corrupção desportiva em Portugal. Em grande medida, não são favoráveis ao SL Benfica. 
Mas quando se trata de Luis Filipe Vieira, a coisa muda de figura. 

São os elogios à gestão, à sua capacidade negocial e o passar da mensagem de que tudo está no bom caminho, como sempre.

Nos últimos dias a polémica acerca da transferência de Carlos Eduardo tomou conta da discussão. Estaria o Benfica realmente interessado? Será que o FC Porto realmente venceu o Benfica em cima da meta da contratação?
De acordo com os jornais, o Benfica perdeu essa corrida.
O pior é quando se diz que foi Vieira a ser derrotado mais uma vez pelo antigo amigo Pinto da Costa. 

O Benfica perder, dentro e fora do campo, é pouco importante porque estamos no bom caminho, é o que se diz e repete até à exaustão.


Mas se a cara da derrota for Luis Filipe Vieira, os cruzados do Vieirismo levantam-se porque é impossível Vieira perder seja o que for. A sua gestão e decisões são marcadas pelo sucesso.
Tem é azar, como Jorge Jesus. Ambos são os melhores, mas têm muito, muito azar.

Infelizmente para o Benfica e para alguns que se tornaram adeptos do Sport Lisboa e Vieira, Luis Filipe Vieira continua a coleccionar derrotas dentro e fora de campo com o FC Porto, clube de que foi sócio até 2009. 

Muitas delas com auto-golos incríveis como o apoio reiterado a Fernando Gomes(quantos campeonatos ganhamos desde então?), a introdução e manutenção de vários portistas na estrutura profissional do Benfica, e a sua insistência em dirigir o futebol do Benfica, desporto do qual não gosta e para o qual não tem disponibilidade para acompanhar dia a dia, como não tem disponibilidade para acompanhar as modalidades com a sua presença assídua nos pavilhões, seja na Luz ou fora.

Quando o líder máximo acompanha o jogo do título no balneário, em vez de dar a cara e demonstrar aos atletas e equipa técnica que nada teme, isso é um tiro...na sua própria capacidade de liderança.
Até o Vale e Azevedo acompanhou um jogo nas Antas entre os adeptos, dizia-me um benfiquista à dias.

O súbito aparecimento de Rui Costa na praça pública nestes últimos dias juntamente com as frases de que continua a ter um papel vital em todas as decisões do futebol, é mais uma estratégia de marketing nestes dias recentes em que perdemos para o FC Porto os títulos de futebol, hóquei em patins e andebol.
Quando lhe convém, Vieira cola Rui Costa à sua gestão, parecendo desconhecer que a reputação de Rui Costa junto dos adeptos já conheceu melhores dias, em grande parte por ter aceite ficar numa prateleira dourada.

Lamento que o Sport Lisboa e Benfica esteja mais centrado em proteger o seu presidente que o clube.

Mais uma temporada que se avizinha, e pede-se a Luis Filipe Vieira que mude este paradigma.
A sua receita para o Benfica produziu alguns resultados positivos, mas é insuficiente.

Tenha coragem para tomar decisões, mesmo que algumas delas sejam difíceis.

Paulo Gonçalves, António Carraça, Jorge Gomes ou Luis Lemos são nomes a riscar do Benfica.
Mas por si só isso não chega. 

É preciso fazer muito mais. Aqui e aqui ficaram sugestões. 

Ouça os benfiquistas. Como este aqui. Não aqueles que lhe fazem cócegas nos ouvidos ou os 'yes-man' que o rodeiam.
Na blogoesfera benfiquista, por exemplo, tem dezenas de blogues que procuram dar o seu modesto mas sério contributo.

Não queremos um Sport Lisboa e Vieira mas o nosso Sport Lisboa e Benfica.

Nota: Ver benfiquistas que tanto criticam os portistas pelo seu apoio cego a Pinto da Costa fazerem o mesmo seja com quem fôr é preocupante. Muito preocupante.

Obviamente sportinguistas, continuem a vibrar com os corruptos

 ●  25 comentários  ● 

Ontem li um comentário de um benfiquista que dizia:

- O negocio do FCPorto são as vitórias e as vitórias do SLBenfica são os negócios.

Olhando para as notícias de hoje sobre as alegadas transferências de James Rodriguez e Moutinho para o Monaco, vemos que em Portugal se fala de 70M€ pelos dois, em França fala-se... 50M€. São as chamadas "pequenas diferenças" normais nos negócios, estamos a falar de "apenas" 20M€ entre as notícias em França e em Portugal.

Por cá já a imprensa se apressa em "entalar" o SportingCP, fazendo passar a "mensagem do dono" de que pelo Nody vão dar apenas 25M€ e a grande fatia vai para o James Rodriguez que será então vendido por... 45M€ (o valor da clausula de rescisão). 

Vamos lá ver o detalhe de malvadez: 

O Monaco compra dois jogadores. Um pela clausula de rescisão, sendo esta um valor superior ao do Mario Goetze - porventura um dos melhores "craques" mundiais deste ano. E o outro, o que foi efectivamente o melhor jogador da equipa este ano (o Nody) e pagam apenas 25M€ quando este tema uma clausula de 40M€.

Isto porque o SportingCP tem direito a 25% do valor da transferência acima de 11M€. Ou seja, neste caso seriam 25% de (25-11=14M€ -> 25% = 3,5M€). Quanto maior for considerado o valor do negócio Moutinho, mais teriam que pagar ao SportingCP.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Negócio do Carlos Eduardo esmiuçado

 ●  54 comentários  ● 
UMA FONTE SEGURA, INFORMA-ME;
------------

A história do Carlos Eduardo é ridícula...então repara o que aconteceu...o Estoril está a rasca de dinheiro porque como vai participar na Uefa tem que cumprir com o Fair Play financeiro, e se há coisa que os clubes pequenos nunca fizeram em Portugal foi cumprir os orçamentos, por isso nos fins de época são ás centenas os jogadores que ficam a arder com ordenados...

Então, o Estoril oferece,  repito, oferece o jogador ao Benfica por 300.000 euros,  o Benfica diz que não precisa do jogador, mas que está na disposição de estudar uma forma de ajudar o Estoril...no dia seguinte o porto compra o gajo por 800.000 euros !!!!!!

Isto é de malucos !!!!!

O peidoso armou esta cena toda só para lançar atoardas para os olhos dos seguidores azeiteiros...manda umas farpas ao Benfica e eles ficam todos contentes...DE FORMA A QUE NINGUEM PRESTE MUITA ATENÇÃO AOS VALORES PELOS QUAIS SERÃO VENDIDOS O JAMES E O MOUTINHO......QUAIS 70 MILHÕES????

Mas enfim...é deixá-lo ladrar....ele está refodido, o Benfica tem a próxima época praticamente preparada e fechada. só faltam um ou dois jogadores para fechar o plantel...e o gajo nem treinador tem...e acabou de vender as jóias...há que desviar atenções...para isso nada melhor que atacar o Benfica...
------------------------------

ADENDA:
Aliás , já depois de te ter enviado o 1º email já foi tornado publico aquilo que te estava a querer dizer...venderam os 2 jogadores por uns miseráveis 55 milhões !!!!!!

ADENDA NR.2
  Viriato, o futebol é como a nossa vida no dia a dia, as pessoas ás vezes fantasiam muito o futebol...mas aqui não há fantasias...algum dia o Jesus queria aquele Carlos Eduardo??? para jogar aonde??? para tirar o lugar a quem???

O meio campo do Benfica para o ano é uma bomba..é um autentico 500 cavalos da ferrari !!!!

Isto é um cliché...mas a verdade é que eu digo mesmo...nunca mais chega Agosto!!!!

Mais. o Benfica praticamente vai voltar a não ter portugueses no plantel..mas temos que ser realistas, não podemos fantasiar, não há de momento jogadores com qualidade para entrar no plantel do Benfica, com o grau de exigência e grandeza que cada vez mais vai pautar o plantel.

O Cancelo  daqui a um ano ou dois...talvez...mais um ou outro dos "B" poderá vir a trabalhar com o plantel principal, mas é muito complicado.

Para um puto entrar neste plantel tem que ser aos 18 ou 19 já um "Craque feito" ou no Benfica ou na equipa donde ele vem...não há hipótese....o futebol já foi inventado há muito tempo, não podemos ser desonestos e vir dizer "Ah e tal é uma vergonha não se apostar nos putos novos dos juniores ou da bê", isso é ser desonesto, porque para se competir ao mais alto nível europeu...não dá, é suicida...basta olhar para o sporting ou se quiseres...para o Ajax aqui a uns anos atrás quando pensaram que por terem a melhor formação bastava por os putos a jogar....praticamente desapareceram da Europa.

Há que ter calma e acima de tudo os Benfiquistas que escrevem em blogues deveriam ser sérios....ao menos isso.

Para reflectir: Pinto da Costa diz que Benfica está melhor

 ●  46 comentários  ● 
...desde que Luís Filipe Vieira chegou à Presidência do Benfica.


Na primeira entrevista depois de ganhar o tricampeonato, Pinto da Costa revelou, ao JN, que o Benfica "está melhor" desde que Luís Filipe Vieira está à frente dos destinos das águias.

O presidente do F. C. Porto explica: "Para nós está melhor. Conseguimos vencer em onze anos, nove campeonatos. Temos conseguido trazer grandes jogadores que eles negoceiam e, em alguns casos, até os descobrem como o Falcao, o James e, agora, o Carlos Eduardo. Para mim, está melhor. E para eles também deve estar, porque se o reelegem é porque acham que está melhor".

JN

Vamos lá ver se nos entendemos

 ●  57 comentários  ● 
1. O SLBenfica ESTEVE EFECTIVAMENTE a negociar o Carlos Eduardo

2. Quem bem o conhece, revê nele as capacidades do Deco, mas com mais juventude, velocidade e dinâmica.

3. Carlos Eduardo poderia ser perfeitamente ser uma excelente alternativa ao, também ele, "volante" Enzo Perez.

4. Ao blog NGB pouco interessa se os jornais falaram ou não no caso, se falaram muito, pouco o que escreveram. O facto é que o SLBenfica quis contratar Carlos Eduardo e isso é de elogiar no que diz respeito à política de contratações e de prospecção do SLBenfica.

5. O SLBenfica falou com quem considerou mais adequado para melhor referenciar o jogador e o seu potencial, definiu o seu modelo de relação com o Clube e representantes do jogador.

6. A contratação pelo FCPorto só aconteceu porque efectivamente o método/processo/timing do SLBenfica assim o permitiu.

REPITO: 

O interesse do SLBenfica é de elogiar, o jogador possivelmente encaixaria como uma luva no plantel, permitindo uma rotação efectiva do Enzo Perez e em qualidade.

Carlos Eduardo não é um 10 como o Djuricic é, pelo que a comparação não faz qualquer sentido. Quanto muito comparem-no com Aimar e o jovem sérvio nao deixará muito a dever ao "mago".

Hoje os jornais falam em Licá e deixa-se nas entrelinhas que o Benfica possa também ter interesse o que não faz qualquer sentido, nem sequer o jogador traria mais-valias.

Falhada a abordagem deste jogador para o apoio/rotação a Enzo, obviamente que o SLBenfica encontrará outra alternativa - desejavelmente tão boa ou melhor como Carlos Eduardo.

Não é vergonha nenhuma o desfecho desta situação, pois faz parte do mercado e o Carlos Eduardo não é o único bom jogador do mercado. É pena porque mais uma vez fomos nós os primeiros a identificar e liderar os melhores, sem conseguirmos fechar. É este o processo e atitude que tem que ser revista para de vez estancar estas situações.

PS- O Jogo fala hoje no Gonçalo Santos, médio defensivo também do Estoril como alvo do SLBenfica. Novamente, tratar-se-ia de uma excelente contratação, na linha da aposta como foi feita com o André Almeida -
Jovem com elevadíssima qualidade e futuro muito promissor, neste caso para permitir o apoio/rotação do Matic.

Confirmada a contratação de mais um craque a juntar ao Sulejmani e Djuricic: Markovic - é um fabuloso jogador

"Benfica não pode chegar ao fim só com aplausos"

 ●  22 comentários  ● 



A citação no título deste texto foi retirada das afirmações do Rui Costa na apresentação da Final da Taça de Portugal que se disputa no próximo domingo.

Na foto podemos ver, três pessoas :

- Ao centro, o Vice Presidente da F.P.F., Hermínio Loureiro
- À direita, Flávio Meireles, Director Desportivo para o Futebol, no Vitória de Guimarães
- À esquerda, Rui Costa, Administrador da SAD e Coordenador da Prospecção do Futebol Sénior.

As perguntas que eu faço, são as seguintes :

- Onde anda o António Carraça ? Não seria ele, sendo o Director do Futebol Profissional, que estando ao nível de Flávio Meireles, deveria estar no "boneco" ?
- Onde andou o António Carraça esta época toda, além de estar no banco de suplentes e levantar as placas das substituições ?
- Onde andou o António Carraça, quando foi necessário dar a cara nos momentos menos bons ?
- Onde andou o António Carraça, quando se atirou o Jorge Jesus nas conferências de imprensa, dando "o corpo às balas" ?

Resumindo...O que raio fazes tu, António Carraça no Benfica, que o Shéu, o Lourenço Coelho ou até mesmo o Rui Costa, não o possam e SAIBAM fazer ?

Agora "nós" Rui....

- Onde andaste tu ? Provavelmente a ver jogadores para o Benfica. Até aí, tudo bem, é a tua função.
- Porque razão foste ontem à apresentação da Final da Taça de Portugal ?
a) Porque te pediram ?
b) Porque como a época não correu de feição, foste "atirado" como Relações Públicas do Benfica para aparecer no "boneco" ?
c) Porque a agende do António Carraça não o permitiu ?
d) Se não apareceste antes, porque raio foste aparecer ontem ?

Até quando Rui, tu tal como o Benfica, irão chegar ao fim só com aplausos ?

Até quando Rui, tu tal como o Benfica, irão se deixar levar pela onda dos adeptos ?

Até quando Rui, tu tal como o Benfica com a Taça de Portugal, vais "salvar" a estrutura incompetente do Futebol Profissional ?

Até quando Rui, tu tal como o Benfica, vão voltar a sentir amor próprio ?

Até quando Rui ? Até quando ?

Carlos Eduardo - esqueçam o nome, fica o exemplo

 ●  50 comentários  ● 
Eu sei que é confortável para todos nós responder com "o Benfica nunca esteve interessado, foram só noticias de jornais" a mais uma contratação CONFIRMADA pelo FCPorto e antes ANUNCIADA para o SLBenfica.

Esta situação é recorrente! Não aconteceu nem uma, nem duas vezes... E tem paralelo no final da temporada desportiva onde o SLBenfica ANUNCIOU-SE campeão e o FCPorto CONFIRMOU-SE campeão.

Aparentemente não aprendemos com os erros do passado, permitimos que tudo chegue aos jornais e muita gente gosta de brilhar fazendo passar informações para os jornais e passear-se nesta "feira de variedades".

Juntamos a isso uma falta de humildade e sobranceria típica de quem acha que todos se devem vergar perante o grande Benfica... Apenas porque sim!

O resultado é obvio e está à vista. Enquanto nos entretemos com este comportamento de quem se considera o dono do mundo sem nada ter, outros em surdina vão fazendo bem as coisas certas e... Até fazem bem as coisas incorrectas/ilegais.

Quando acordamos, habitualmente já é tarde e já perdemos a oportunidade que tivemos para fazer bem feito.

Foi apenas mais um caso. Até quando??

Para o Amorim, do Magrebe Encarnado!

Avatar
 ●  7 comentários  ● 
Da benfiquista MRosa, em comentário publicado no post 'Há uma linha que separa..." lançado pelo ilustre POC.

"Eu, Magrebina me confesso.

Com muita honra, orgulho e altivez.

Não serei lisboeta pelo nascimento, mas considero-me sua filha pelo coração.

Não seria necessária esta declaração. É, contudo indispensável para mostrar que o meu benfiquismo não nasceu em Lisboa. E sabem porquê? Porque o Sport Lisboa e Benfica é um clube de dimensão nacional, internacional, mundial!
É um clube de valores, que fez mais pelo país que muitos políticos saltitantes, que pulam de partido em partido, de acordo com as suas suspeitas ambições e oportunismos.
Ainda esse senhor(?) não tinha nascido era o Sport Lisboa e Benfica o arauto denunciador por essa Europa e mundo fora , de um país acorrentado, mergulhado num obscurantismo que durante anos nos vergou e envergonhou.
Se esse personagem tem hoje a possibilidade de escrever tais alarvidades, deve essa liberdade também e em grande parte, ao Sport Lisboa e Benfica!

E é em nome dessa liberdade e do respeito devido a todos os cidadãos, que mantém e alimentam essa classe de parasitas que são os políticos – todos sem excepção – que vivem dos impostos de todos os cidadãos, benfiquistas e não benfiquistas, que venho repudiar as palavras odiosas, intoleráveis, execráveis, abomináveis, com que esse cabreuamorim brindou num tom ostensivamente ofensivo e violento, os que habitando ou não no sul do país, escolheram como clube de coração o Sport Lisboa e Benfica.

Todos nós, os que ainda temos a noção do respeito, da responsabilidade e da honorabilidade, não podemos deixar de nos preocupar com a dimensão e repercussão que essas palavras poderão vir a ter.
E se de um cidadão anónimo serão graves certas atitudes, dum político(?) serão mesmo inqualificáveis e terão que ter inequivocamente um tratamento adequado.
É claro que num país onde a classe política vive impune a todas as trapaças e atitudes por mais indignas que sejam, nada acontecerá a essa criatura, que alardeia a defesa da corrupção, que convive alegremente, como outros políticos da nossa praça, com quem há trinta e tal anos manobra fraudulentamente o mundo do futebol.
Com certeza, que dentro de dias, esse cabreuamorim e outros cabreus desta vida, não terão pejo, pudor e vergonha em receber na casa que é de todos nós, e que deveria ser da Democracia, onde só deveria entrar gente séria e honrada, o maior negociante de fruta, café com leite, chocolatinhos, viagens e sabe-se lá que mais, condenado por corrupção! 

Num país a sério, justo, digno, livre e verdadeiramente democrático, o fim da criatura em causa seria traçado nas primeiras horas, logo após tão eloquente comentário com a DEMISSÃO de todos os cargos! Neste país de faz de conta, nada acontece e tudo continua como se vivêssemos no melhor dos mundos!

Vergonha e náusea é o que sinto, por ter nascido num país tão belo mas onde os responsáveis há muito esqueceram a ética e a responsabilidade dos seus cargos, comportando-se como autênticos vândalos, imbecis e néscios.

Que esse cabreuamorim se movimente sempre em liberdade no meio dos arianos, como acontece no seio dos magrebinos. 
Ah! E já agora, aconselho esse ariano puro, a nunca mesmo nunca, visitar um país verdadeiramente magrebino! É que estas declarações por ventura já lá chegaram!


Lisboa, 21 de Maio de 2013"

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Mais um!

Avatar
 ●  32 comentários  ● 


Quantos mais jogadores que o Benfica realmente desejava irão para o FC Porto até que Luis Filipe Vieira entregue o futebol a gente competente...e benfiquista?

Jogar como nunca, roubados como sempre

 ●  53 comentários  ● 


Portugal, 23 de Maio de 2013



3 dias depois do final do campeonato confesso que ainda tenho as ideias um pouco confusas e não percebi bem o que se passou para perdermos um campeonato por 1 simples ponto. Se noutros anos a diferença pontual existente para o crónico vencedor, ainda me provocava alguma incerteza nas minhas convicções sobre o modelo que leva o FCP a ser sempre campeão, desta vez não tenho esse álibi e apenas fico a olhar para a tabela classificativa interrogando-me “como foi possível?”.


Antes que venham os adeptos estoicistas com o choradinho habitual que as culpas do mundo ser um lugar tão mau, serem todas da nossa exclusiva responsabilidade, lembro que esta equipa do Benfica fez mais pontos que o FCP de Hulk no ano passado (esta é para alguns que querendo criticar Jesus, afirmaram que o castigo de Hulk ajudou o Benfica a ser campeão em 2010), lembro que esta equipa do Benfica fez mais pontos do que a equipa campeã em 2010, lembro que esta equipa do Benfica fez mais pontos que o FCP de Mourinho, quando em simultâneo ganhou a Taça UEFA num ano, ou a Champions no ano seguinte.


Esta equipa que é a equipa do Benfica com melhores resultados nos últimos 20 anos, conseguiu fazer 85,6% de pontos e mesmo assim não ganhou o campeonato.


Perante tão óbvia constatação restam duas hipóteses: 1) dar os parabéns aos vencedores porque foram efectivamente melhores e conseguiram com essa qualidade fazer mais 1 pontos, 2) concluir que pelo contrário, este campeonato perdido por 1 ponto prova à saciedade que há limites para o mérito, limites colocados pela manipulação dos erros de arbitragem, manipulação que influencia o mérito de uns e de outros, aumentando ou diminuindo-o conforme a cor da camisola.


Eu sou, desde há mais de 20 anos, apologista da opção 2. Desde que o clube da minha terra jogou contra o Rio Ave, na altura na 2ª divisão e no sábado anterior, tive uma conversa com o presidente de um clube vizinho (também na 2ª divisão e treinado por Freitas, ex-jogador do FCP), na qual ele me disse friamente “o árbitro vai ser o José Silvano e já perdestes”. Como não queria acreditar nas certezas desse presidente e amigo, fui ver o jogo. E vi como se faz...


O futebol nunca mais foi o mesmo para mim e com facilidade percebi como é que a máquina portista ganha os campeonatos enquanto em Lisboa se muda de jogadores, treinadores e presidentes. Com o passar dos anos fui adicionando peças ao puzzle, peças que me foram chegando de pessoas com credibilidade no meio. Até de sócios do FCP com conhecimento da matéria.


Tudo se resume a ter o controlo de todas as variáveis da arbitragem, que agora ao contrário dos tempos de Mourinho, é agora total. Antigamente o FCP controlava alguns árbitros, com prendas, meninas, empréstimos, etc. Contudo esses árbitros, eram penalizados quando erravam de forma evidente, sendo prejudicados nas nomeações dos jogos seguintes. Daí o FCP de Moutinho ter sido campeão com 84% e 80% de pontos “apenas”.


Hoje o FCP domina através do Dr.º Fernando Gomes, o presidente da Arbitragem Vítor Pereira (que já estava controlado pelo FCP devido a “pecados” cometidos nos anos 90) e as comissões de acompanhamento técnico, as tais que promovem reuniões de aperfeiçoamento regular com os árbitros. Portanto os árbitros que erram de forma escandalosa, a favor do FCP ou contra o Benfica, têm uma protecção “especial” que se resume a serem poupados à critica no jogo seguinte, mas entrando nas nomeações logo a seguir, nem que seja para jogos da 2ª Liga. Não ganham os 1100 euros da 1ª liga mas ganham 800 euros da 2ª Liga e ainda continuam nas boas graças deste “sistema”. 


Assim Bruno Paixão que arbitrou a única derrota do FCP em 3 anos de campeonatos “made” Fernando Gomes, não apita jogos de FCP e SCP e perdeu as insígnias de internacional. Este Hugo Miguel não tarda a ser novamente nomeado para um jogo de algum prestígio e continuará na fila para ser promovido a internacional!


Este domínio que hoje o FCP tem nas diversas variáveis da arbitragem e que não tinha há 10 anos, tem pois a ver também com a estratégia do Benfica para a Liga e para a FPF, que através do Sr.º Vieira apoiou “inequivocamente” a candidatura de Fernando Gomes. Ora perante a evidência dos factos, das duas uma: 1) ou o Benfica admitia o erro desse apoio e passava a criticar o desempenho dos árbitros e os critérios de quem os avalia, 2) ou não admitia o erro e continuava a aceitar de forma passiva e activa, toda a espécie de tropelias praticadas pelos árbitros com prejuízos incalculáveis na auto estima dos benfiquistas e no prestigio do clube.


Alguém viu o Sr.º Vieira comentar a arbitragem do Paços – FCP, como vimos o Sr.º Pinto da Costa dizer que não queria que “este campeonato fosse conhecido como a Liga Capela” momentos depois de ganhar com 1 penalty fora da área? Não viram nem vão ver. O Sr.º Vieira faz parte desta engrenagem. É chocante, mas é a realidade! Voltarei ao tema ...

Há uma linha que separa...

 ●  4 comentários  ● 
Cortesia dos meus amigos Eternos Rivais

George Jardel II. Será que o Matic não tem uma irmã também?

 ●  26 comentários  ● 

Desde ontem que o Record anda a anunciar o interesse REAL do SLBenfica numa das revelações do campeonato nacional deste ano: Carlos Eduardo, do Estoril.

Efectivamente o brasileiro ex Fluminense fez um excelente campeonato, jogando de forma fabulosa principalmente nos jogos de maior complexidade e sendo sempre um pilar fundamental da equipa seja na organização ofensiva, seja no suporte defensivo.

Hoje, as notícias dão conta que o FCPorto está interessado no jogador... e notícia mais recente do site O Jogo diz já que avançaram para a contratação que estará fechada nos próximos dias.

Num contexto económico onde o SLBenfica tem que ser muito racional nos investimentos, para não ter que vender meia equipa, a contratação de jogadores acima da média do campenato nacional deveria ser uma "formula" a ter em conta. André Almeida e Lima fora as últimas demonstrações dos beneficios deste tipo de contratação de jogadores de qualidade, com margem de progressão e já identificados com o futebol nacional.

Não sou muito de dar grande atenção aos jogadores dos adversários, mas nos dois jogos com o SLBenfica e mais alguns que vi devido à simpatia pelo Estoril e à qualidade do futebol desta equipa, Carlos Eduardo foi indiscutivelmente um jogador que se destacou e que cedo considerei ser uma boa opção para o meio campo do SLBenfica, como apoio ao Matic e ao Enzo.

Mas infelizmente parece que mais uma vez o SLBenfica foi lento e "adormecido" a fechar este tipo de "dossiers" e, mais uma vez, vemos estas oportunidades poderem escapar para o FCPorto.

Mas o nosso contentamento é que ficamos a saber que o irmão do Matic esteve a fazer uns treinos à experiência no SLBenfica e isso valeu-lhe, imaginem, um contrato com o finalista da Liga Europa e uma das equipas a melhor jogar futebol na Europa... aos 23 anos depois de uma ascendente carreira sempre no MFK Kosice.

Será que o Matic não tem outro irmão que seja defesa esquerdo? E uma irmã para cheerleader?

Pelo caminho estão "confirmadas" outras quatro contratações de sérvios: Markovic (10M€), Djuricic (6M€), Mitrovic (1M€), Sulejmani (0M€)... sendo o quinto Urbe Matic a juntar a Nemanja Matic, num total de seis jogadores sérvios no plantel. Depois da vaga argentina, agora os sérvios - isso nem sequer me choca!

O que me deixa desgostoso é ver uma tendência que segue claramente uma relação com empresários com determinados "mercados" (o mesmo se passou com a Argentina) e ver o mercado nacional ser "deixado" ao nosso maior rival, com todos os beneficios que isso lhe traz:

- Enche os cofres de clubes nacionais, ajudando-os
- Solidifica a relação com os clubes nacionais, aproximando-os
- Contratam os melhores jogadores nacionais já adaptados ao nosso futebol, tirando proveito disso.
etc etc. etc

... E reparem que só não aconteceu o mesmo com o Lima, por uma unha negra.

Toda a gente fala em defender os jogadores, o treinador, o presidente...mas e os adeptos? Quem os defende?

Avatar
 ●  14 comentários  ● 

Maio de 2005: portistas agridem benfiquistas na Av.dos Aliados.

Durante os festejos do título de 2012/2013, alguns portistas festejaram sem grandes problemas na Av.da República em frente à casa do FC Porto em Lisboa e no Marquês de Pombal.
Não há notícias de confrontos ou agressões de adeptos rivais.
Viver numa cidade em que a liberdade de expressão ainda é um bem protegido reflete-se em tudo. Até no futebol.

Já na cidade do Porto o mesmo não é verdade. São inúmeros os relatos de benfiquistas agredidos ou impedidos de demonstrar livremente o seu benfiquismo, onde o exemplo acima demonstrado na foto deixa bem claro o lixo humano que são alguns portistas.

Pergunto eu: quem defende os benfiquistas? Até agora, ninguém. Nem a polícia, nem o poder político.. nem a comunicação social. Nem o primeiro, que deveria publicamente trazer esse assunto à tona e lançar a resolução urgente do mesmo nas costas do ministro da administração interna.

Quando os jogadores do FC Porto tentarem dar mais uma volta no Parque Eduardo VII e não conseguirem talvez a coisa mereça mais atenção.

Os empurrões que trouxeram o FC Porto às 3 jornadas finais.

Avatar
 ●  11 comentários  ● 



-




terça-feira, 21 de maio de 2013

No mundo real...

Avatar
 ●  13 comentários  ● 


...partiu um dos músicos que mais influenciou a sua geração e as seguintes.
Se há alguém que ainda não sabe quem foram os 'The Doors', ainda está a tempo de descobrir.



Submisso Lisboa e Benfica

 ●  42 comentários  ● 
Após a recepção eufórica á equipa no final do jogo com o Chelsea senti uma certa ponta de orgulho pela grande recepção á equipa. E a grandeza dos sócios ficou de novo bem evidente pelo enorme apoio manifestado durante o jogo com o Moreirense. Os adeptos demonstraram que estão com a equipa tanto nos bons como nos maus momentos.

No entanto, chegado ao final desse jogo Jesus afirma que tomara que para o ano repeti-se o que o Benfica fez esta época, e que enquanto os negativos dizem que o Benfica morreu na praia, outros morreram afogados pelo meio.
Ora, eu tenho imensos problemas com este discurso. Alguém devia ter perguntado a Jesus qual a diferença a morrer na praia ou afogado a meio, porque no fim o resultado é o mesmo: a morte - no caso do futebol, a derrota. Qual o mérito de ser derrotado?? E humilhado?
Se os sócios do clube demonstraram que estão com Jesus (mais que evidente no fim da final da Liga Europa), com Vieira (mais que evidente pelos 83% que votaram nele, mesmo apoiando corruptos para a FPF) porque raio é que se continua a usar este constante discurso de desvalorização da importância de ganhar títulos?

Quando Jesus veio para o Benfica, trouxe com ele um discurso ambicioso e construiu uma equipa claramente vocacionada para conquistar títulos. Depois, essa ambição esbateu-se e neste momento Jesus parece estar satisfeito com vitórias morais. Ora de vitórias morais ando eu bem farto!!
Estou-me a cagar que percamos campeonatos por 15 pontos do nosso rival ou por 1 ponto. O que quero é ganhar campeonatos. Está na hora da estrutura do clube se reorganizar e assumir que para ganhar em Portugal tem que desenvolver uma estratégia coerente de confrontação com o Porto e acima de tudo ultrapassar o bloqueio mental quando se joga contra os representantes da corrupção.

É inadmissível que em qualquer modalidade em que o Porto esteja presente o Benfica seja derrotado por eles como aconteceu este ano no futebol, no hóquei e no andebol. É inadmissível que a estrutura do clube assobie para o lado sobre esta situação e prefira realçar pretensas vitórias morais.

Se a Direcção não arranja forma de quebrar esta situação então o Benfica não é melhor que o Sporting. Neste momento, o Benfica é o novo clube submisso de Portugal porque todos os membros da estrutura assumiram como lugar natural do clube a posição subalterna ao Porto. O Benfica neste momento está a passar exactamente pela mesma fase que o Sporting passou com Paulo Bento. Uma equipa com bom futebol, que rentabiliza os seus jogadores mas dirigida por um treinador que com o desgaste da escassez de títulos perdeu o brilho e a capacidade de mobilizar os jogadores. Vejam onde o Sporting está agora.
Ninguém mais fala de a grande ambição do clube ser ganhar títulos - o bom é não ficar a 15 pontos do rival, o bom é perder finais desde que lá cheguemos. Digo desde já que tinha preferido mil vezes que o Benfica não tivesse ido á final ou ás meias-finais da Liga Europa mas tivesse ganho ao Estoril. Porque se tivéssemos ganho ao Estoril no último domingo todos os benfiquistas estariam a celebrar a conquista do campeonato e a sonhar com a dobradinha.
Quem não pensar assim, que fique satisfeito com as suas vitórias morais. Com ter igualado o feito do Sporting em 2005 e do Sp. Braga há dois anos. Chegar á final da Liga Europa não foi um grande feito. E igualar o grande feito de José Peseiro não é algo que deve-se orgulhar Jesus. Grande feito teria sido ganhá-la.

Dispensas na Luz (continuação)

 ●  30 comentários  ● 

Queria deixar a minha sincera homenagem ao nosso leitor Rui Sergio Guerra pela abordagem apresentada ao tópico A primeira lista de dispensas na Luz.

Eu considero este tema ser, porventura, dos mais importantes para o futuro do SLBenfica e o nosso leitor Rui Sergio Guerra foi mais longe na análise incluindo duas dimensões à reestruturação que proponho para o SLBenfica, nomeadamente apontando a um assessor mais operacional para o Director Geral do Futebol do SLBenfica e ao treinador da equipa B.

Ora, desenvolvendo o tema do meu tópico, no que diz respeito a Rui Costa ter um braço direito, agrada-me a ideia Carlos Mozer, mas a melhor função para alguém com as características de Mozer, tal como é preconizada por José Mourinho, é a de segundo adjunto. Ou seja, aquele que tem a função de ser o pilar de suporte e de respeito no balneário. Função agora desempenhada por Pietra e que Mozer em tempos desempenhou com Mourinho, seguindo-se Baltemar Brito. Neste particular penso que o SLBenfica está bem servido.

No entanto, o braço direito de um Director Geral para o futebol, que apontei a Rui Costa, seria obviamente fundamental. Essa função tem um destinatário natural em alguém que estará prestes a iniciar a sua vida fora dos relvados, que é um benfiquista de peito cheio e um grande exemplo de Homem: Nuno "Gomes" Ribeiro.

O apoio operacional no departamento de futebol, ficaria a cargo de Lourenço Coelho e Sheu Han.

Quanto ao treinador da equipa B, não considero que Norton de Matos seja, por via dos resultados, um "remodelável", contudo sempre preconizei para a equipa B um modelo mais próximo do que adoptaram SportingCP e FCPorto, ou seja, treinadores jovens, com potencial e capacidade para inovar e potenciar jogadores. Neste perfil enquadra-se um excelente treinador que o SLBenfica permitiu que saísse para o Médio Oriente por se recusar aos caprichos de Armando Jorge Carneiro: Bruno Lage -  um fabuloso, jovem e benfiquista treinador.

Por falar em Armando Jorge Carneiro... com toda a sinceridade, não vejo qualquer vantagem em manter este senhor no SLBenfica. É mais um, como Carraça ou João Gabriel a quem é dado um protagonismo exagerado como se as vitórias da formação se devessem a ele.

É preciso reduzir a exposição deste cargo, inseri-lo na estrutura do futebol da SAD, sob a responsabilidade do director geral e do seu "braço direito", porventura sendo um espaço privilegiado para este último ter maior preponderância. Que jovem não "abanaria" quando se aparecesse Nuno Gomes à frente para terem uma conversa sobre o interesse do SLBenfica na sua contratação?

Ainda de volta à Comunicação e à liderança da SAD de José Eduardo Moniz, o Rui Sérgio Guerra sugere Carlos Daniel para a liderança operacional da Comunicação sob a direcção de Moniz. O Carlos Daniel parece-me já noutro patamar até da esfera de análise política, pelo que aproveito para sugerir outro nome e focá-lo mais na reconversão da BenficaTV: Pedro Pinto, actual pivot da TVI e conhecido grande benfiquista.

Em resumo, a proposta de alterações sugerida daria origem a uma estrutura do futebol mais ou menos como abaixo, onde apenas não tenho sugerido o lugar de Administrador da SAD com o pelouro jurídico - onde até coloco uma continuidade de Paulo Gonçalves, mas sempre sob a liderança de um homem forte e conhecedor dos meandros dos regulamentos nacionais, da FIFA e da UEFA:


Amorim é um nojento mentiroso!

 ●  32 comentários  ● 

Carlos Abreu Amorim desculpa-se de "brincadeira infeliz" com "magrebinos"
-------------------------------
“Não teve, nem de perto nem de longe, o intuito de ofender quem quer que seja e lamento profundamente se alguém se sentiu ofendido com aquilo que não passou de uma brincadeira entre amigos”, desculpou-se.
------------------------------


É mentira... É mentira... É mentira !!!!!!!!!



O pensamento deste canalha e de outros androides é sempre o mesmo. A ofensa e a ordinarice está sempre na ponta da lingua destes adeptos do clube cujos alicerces honestos, estão bem à vista de todos, nas escutas do Apito Dourado.

Essas brincadeiras entre amigos, versam sempre - ontem, hoje e amanhã - o tema dos " mouros bermelhos da bergonha" e agora dos Magrebinos, além de quererem ver Lisboa a arder e dos muitos cânticos ordinários que a turba acéfala ronca, sob os aplausos, deleite  e gáudio, dos Amorins desse clube da fruta, cafézinhos e chocolatinhos, além de muitas outras prebendas da mais pura e honesta filantropia, oferecidas a árbitros.

Esse monte de unto e de lixo, que é adepto de um clube que faz da trapaça e da batota a argamassa dos seus mafiosos êxitos, só disse o que disse à Agencia Lusa, porque se sentiu apertado pelo partido e dos votos que necessita para o cadeirão da Câmara de Gaia, onde vai ser - caso ganhe as eleições - um serventuário às ordens do seu amo e senhor.

COBARDE !!!

COBARDE  que não assume o que a cada minuto pensa do Benfica, dos seus adeptos e de quem vive abaixo do Mondego!!! 

E a ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA é outro antro onde se abençoam os corruptos e mafiosos !!!!

Muito brevemente, lá vai de novo  o presidente e comitiva do clube condenado por corrupção desportiva, serem recebidos com toda a pompa e circunstância numa opipara jantarada - paga pelo povo, sendo que esse povo são na maioria Benfiquistas - pelos deputados que deviam ser sérios, honestos e rigorosos nas escolhas das personagens que recebem, mas enfim...esses deputados, a começar na dragona Presidenta e que vem à escadaria receber o Gerente da Caixa, Padre das Antas e Conselheiro Espiritual de Árbitros estão bem uns para os outros. Uns fazem de jarras e outros de flores.


QUE NOJO!!!

Viriato de Viseu


 ---------------------------------
Enviado para;
distrital@psdporto.net
psddistritallisboa@gmail.com
gp_psd@psd.parlamento.pt
psd@psd.pt
jsd@jsd.pt

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Porto claim Portuguese title after outrageous penalty decision

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

link imagem fb

Video: Watch James Rodriguez go down OUTSIDE the box under a soft challenge to set Porto on their way to the title

A primeira lista de dispensas na Luz

 ●  11 comentários  ● 

Final de temporada, objectivos por atingir... há que olhar ao que poderá efectivamente ter que ser melhorado, sendo que há gente a cumprir e gente que teria a obrigação de fazer um melhor trabalho.

Novamente, e não é demais reforçar por todas as vezes que falo neste assunto, não está em causa a capacidade e/ou competência de cada um - reforço até que há pelo menos dois benfiquistas de coração entre os indicados- mas sim uma opinião meramente pessoal e o que consigo percepcionar que as suas capacidades e perfil profissional podem dar ao SLBenfica, sendo que estamos inseridos num contexto de um país onde impera a impunidade e as "jogadas de bastidores".

Nesse sentido, uns porque a sua competência não se traduziu nos melhores frutos para o SLBenfica, outros porque efectivamente não têm a menor paixão pelo SLBenfica e vontade que o nosso clube se superiorize nacional e internacionalmente, especialmente se tal implicar superiorizar-se aos seus "amores passados"... é hora destas pessoas deixarem a estrutura do Clube e serem substituídos por alguém que expectavelmente possa fazer mais e melhor.

Comecemos pelo João Gabriel. Não coloco em causa o seu benfiquismo, empenho ou vontade de fazer bem. Fora de questão! Menos ainda coloco em causa a sua competência profissional. Mas o facto de ter sido um excelente director de comunicação no "mundo" da política, não faz dele alguém talhado para o mundo odioso do futebol.

Estes últimos anos tem acumulado "erros de casting" em diferentes momentos em que interveio, tem tido um protagonismo que não se compreende na sua função e que olhando ao seu passado, estranhamento só no Benfica se tem assumido desta forma. Por este facto tem ajudado muito pouco o SLBenfica a lidar com as "ameaças" constantes que são suportadas na comunicação social, no impacto da utilização do "nome Benfica". A sua linha de comunicação expõe o SLBenfica! Tem dificuldade em controlar os que sobre nós exercem um acção negativa e não demonstra preparação e conhecimento dos actores dos bastidores dos jornais e televisões. A sua conduta não me parece ser a mais adequada para lidar com esta gente de merda... a conduta se calhar está certa, mas não para lidar com esta corja de avençados e submissos.

O Dr. Paulo Gonçalves é outro cujo benfiquismo e conhecimento profissional não tenho qualquer intenção de colocar em causa. Se alguém o quiser fazer, o que faça, mas não me parece que se justifique. Contudo, tal como o caso do João Gabriel, parece-me ser um profissional pouco talhado para esta corja de gente corrupta. Acumula insucessos em processos jurídicos de conduta desportiva. Poucos ou nenhuns sucessos na linha de orientação em questões com a FIFA. Mostra ser uma pessoa crente/honesta num mundo de gente podre e sem escrúpulos.

Para lidar com esta gente, é preciso ser-se mais inteligente que eles e conhecer tão bem ou melhor que eles, os regulamentos nacionais e internacionais que mais parecem queijos suiços cheios de buracos sempre prontos a ser utilizados como escapatórias para proteger os mais arrojados e corruptos. Nesta linha, Paulo Gonçalves perdeu sempre e se a sua linha de acção é apenas fazer contratos dos jogadores... nesse caso não precisamos de "investir" tanto.

Os outros dois casos são bem diferentes. Trata-se de gente que não é benfiquista, que não sente o SLBenfica, que não perde o sono com as nossas derrotas ou insucessos. Gente bem paga, com privilégios que não justifica na prática em termos efectivos. Gente que por várias vezes, permitiu que fossemos "apanhados na curva" por adversários directos e com isso prejudicados. Se foi por interesse ou sua acção, nem sequer quero entrar por esses juizos de valor. António Carraça e Jorge Gomes estão a mais na estrutura do SLBenfica, onde nunca deviam ter entrado.

No grupo destes dois cabe ainda um terceiro, que não sei se faz parte dos assalariados do SLBenfica ou se presta serviços, mas seja como for... depois de ter sido o responsável de campanha de José Couceiro à presidência do SportingCP, deveria nesse dia ter tido o seu último dia em funções na BenficaTV: Luis Lemos.

Em resumo, respeito integralmente a competência de João Gabriel e Paulo Gonçalves, mas considero de qualquer forma que o seu percurso na Luz não deveria ter continuidade para bem de ambas as partes, pois não creio que acrescentem valor à sua carreira na situação actual,  nem acrescentam ao SLBenfica.

No caso dos outros três, nesse caso não tenho dúvidas: Não faz qualquer sentido fazerem parte da folha de pagamentos do SLBenfica.

Para os seus lugares, confio no Presidente Luis Filipe Vieira para identificar quem melhor os substituiria, mas sei também que outra mudança importante fazer quando o Presidente não pode, por motivos profissionais, dedicar-se a 100% ao acompanhamento da equipa de futebol profissional, aos momentos decisivos dos nossos jovens da formação... e também aos importantes jogos das equipas das modalidades.

Assim sendo, a minha sugestão para assumir o papel de CEO da SAD do Sport Lisboa e Benfica, seria José Eduardo Moniz, tendo como "Chairman" (haveria que introduzir esse cargo no modelo de Governance) o actual presidente Luis Filipe Vieira.

José Eduardo Moniz assumiria, neste enquadramento, a liderança directa do pelouro da Comunicação, da BenficaTV, Jornal O Benfica, Mística e futura Rádio SLBenfica.

Rui Costa substituiria António Carraça, mas com funções mais alargadas como Director Geral para o futebol do SLBenfica. O acompanhamento da equipa profissional e supervisão das equipas de formação seria de Rui Costa. As decisões seriam da responsabilidade deste trio com hierarquia definida: Vieira, Moniz e Rui Costa.

Portanto, até aqui... substituiria dois recursos que me parecem não acrescentar valor, por outros dois que já fazem parte da estrutura e me parecem (numa análise exterior) muitíssimo mais talhados para o efeito.

As demais situações, como disse acima, penso que na estrutura directa do SLBenfica seria possível encontrar gente com capacidade para assumir a pasta jurídica com competência e experiência - Fernando Seara (não sendo do agrado por atitudes recentes, conhece bem esses meandros!). Já na prospecção, eu iria sugerir colocarem o nosso Snortinho no lugar do Jorge Gomes: ganharíamos em competência e benfiquismo eheheh... estou a brincar, sendo que este é mesmo o caso onde menos preocupação eu teria, porque o SLBenfica tem uma fabulosa equipa de prospecção, onde seria muitíssimo fácil encontrar um substituto para o papel de Jorge Gomes e com a vantagem de não vermos os jogadores irem parar ao FCPorto como foram os casos mais recentes desde que este chegou ao SLBenfica.

Fica a sugestão, reiterando mais uma vez o meu respeito e consideração pelos visados, não apontando de todo a criticas ao seu trabalho ou competência, mas sim à mais-valia mutua (para o SLBenfica e para eles próprios) que a sua presença na estrutura apresenta.

NDR: Obviamente que esta visão é condicionada a um factor fundamental- não estou dentro do SLBenfica e é uma análise externa, baseada na perpecção externa, portanto, do trabalho destes profissionais. Mas seja como for, parece-me também que se trata de uma análise interessante, pois não tem quaisquer "vícios" de compreensão ou atenuantes, olhando apenas aos resultados verificados.

As Estatísticas do Titulo e os últimos 13 anos

 ●  13 comentários  ● 
Com 77 pontos, tantos quantos os que o SLBenfica conquistou este ano, nos últimos 13 anos o SLBenfica teria conquistado 9 títulos, mesmo considerando os campeonatos com 18 equipas (até 2005/06).

Ou seja, de 2000/01 a 2012/13 apenas por quatro vezes o Campeão teve mais pontos do que o SLBenfica obteve este ano, tendo três delas sido com o campeonato a 18 equipas (portanto mais 4 jogos disputados - mais 12 pontos em jogo).

Além da equipa do Conselho de Arbitragem esta época, no campeonato com 16 equipas, só o FCPorto de Villas Boas conseguiu mais pontos que o SLBenfica, pelo que com esta pontuação seriam 5 títulos para o SLBenfica.

Jorge Jesus fez a sua melhor pontuação desde que está no SLBenfica:

2009/10: CAMPEÃO SLBENFICA!
76 pontos no seu primeiro ano (Campeão com 5 de avanço sobre o Braga)

2010/11 e Seguintes: (Início do "reinado" de Fernando Gomes na Liga e depois FPF)
63 pontos em 2010/11 (o ano do "all in" do Villas Boas que nos deixou a 21 pontos)
69 pontos no ano passado (a 6 do FCPorto)
77 pontos esta época terminando em 2º a um ponto do FCPorto

Depois da época do título em 2009/10 com uma equipa com grandes jogadores que estão hoje nas melhores equipas do Mundo (David Luiz, Ramires, DiMaria, Coentrão, Javi Garcia...), deu-se o ano seguinte de renovação e saída de parte desses jogadores com pontuação fraca. Depois foi sempre a recuperar e reconstruir novamente uma equipa digna de rolo compressor e fazendo melhor, em pontuação, que o "dream team" de 2009/10.

Dentro do campo o trabalho é bem feito!
Falta fora do campo!!!!!!!! Onde apoiámos Fernando Gomes ao Tri do FCPorto.

Contra factos, não há argumentos......

A quem interessa isto?

 ●  26 comentários  ● 
Bem recordado pelo Marinho Neves:

- A quem interessa abafar o caso do assalto à FPF há pouco menos de 3 meses?

Tanto policia como FPF, na pessoa dos seus dirigentes, têm feito um esforço brutal para abafar esta situação...

Recorda Marinho Neves que houve vários indícios recolhidos... E nada aconteceu!!!


ADENDA:
Marinho Neves.. há 1 hora..
Por falar em futebol. A FPF foi assaltada e roubados os computadores do presidente e de Vitor Pereira. A polícia cientifica entrou na investigação. Há sangue do ladrão, imagens do ladrão e até documentos que identificam o ladrão. Alguém me sabe dizer qurque é que os dirigentes federativos e polícia, abafaram o caso?

Os abutres.

Avatar
 ●  11 comentários  ● 


"O que é extraordinário é que nós, os "abutres", vamos avisando para os problemas, antecipamos erros, descobrimos perigos onde a maioria só vê força e pujança, respeitamos a opinião alheia, tentamos debater as nossas ideias, não atacamos ninguém por não ver o que nós vemos - e geralmente batendo certo; basta recuar até à conferência absurda do Juan Gabriel, além de tantas outras coisas -, tentamos a discussão saudável, não vimos para aqui com ironias nem a fazer posts que atacam os outros, chamando-os de "anti" e outras patetices semelhantes. 
Os "abutres", no fundo, são pessoas que conhecem o conceito de democracia e respeito pelos outros, além de serem, na sua generalidade, bem mais lúcidos e atentos à realidade do clube do que os outros, os "apoiantes". E, mesmo sendo assim, temos de levar com todo o tipo de insultos, faltas de respeito, ironiazinhas bacocas por parte daqueles que, ano após ano, não antecipam nada, não percebem onde estão os erros, enganam-se constantemente, falham todas as previsões e andam felizes com o quase. 

Nós não queremos o quase, é por isso que reflectimos sobre o clube para além do "vamos apoiar tudo o que os nossos amados dirigentes fazem, que assim é que se defende o Benfica!". Não, não é assim que se defende o Benfica. Se se defendesse assim o Benfica, o clube tinha passado a sua História a ganhar o que ganha agora: ou seja, quase nada." - retirado do facebook de 'Ontem vi-te no Estádio da Luz'.

Os nossos em 2012/2013: Vamos a notas

Avatar
 ●  18 comentários  ● 

Artur   15
No geral, grandes exibições e alguns pontos no bolso graças a si. Alguns falhanços porém, em momentos importantes da época, nomeadamente no jogo com o Porto na Luz. Tecnicamente muito bom. Seria ainda mais importante se mentalmente tivesse condições de assumir papel de líder.

Paulo Lopes   6
Um suplente, acomodado ao seu estatuto de figura secundária.

Maxi    13
Pela entrega merece sempre nota alta e o apreço dos adeptos. Mas esta não foi no global uma época muito conseguida. Será sempre uma mais valia no Benfica de consumo interno. Será eventualmente um dos elos mais fracos num Benfica dos grandes momentos.

Melgarejo       12
Para época de estreia numa nova posição, mostrou sinais positivos. Merece ficar, porque é novo, porque pode evoluir. Mas foi claramente o elo mais fraco esta época, e joga numa posição que tem de ser reforçada urgentemente.

Garay  17
Sóbrio e eficaz. Joga quase sempre bem sem se dar muito por ele. Pessoalmente acho que lhe falta mais sangue na guelra para ser de facto um central de topo, daqueles com lugar cativo nas grandes equipas do mundo.

Luisão             14
Começou mal com os dois meses de suspensão. Recuperou o lugar na equipa pelo estatuto, numa altura em que Jardel dava bem conta do recado. A liderança e o caráter estão sempre presentes. Mas foi um Luisão ligeiramente abaixo do que vimos em outras épocas.

Luisinho         5
Erro de casting.

Jardel              12
Nos dois meses em que teve de substituir Luisão deu bem conta do recado. Saiu da equipa sem que tecnicamente lhe houvesse nada para apontar. No geral cumpriu sempre que chamado. Mas é provável que nunca passe de um bom suplente.

Miguel Vítor   3
Está no plantel por imperativo dos regulamentos de composição dos planteis profissionais?

André Almeida          15
A revelação da época e peça fulcral no Benfica de hoje. Tem tudo para vir a ser um lateral referência no Benfica dos próximos anos.

Matic               19
Herói improvável e jogador do ano. Tecnicamente evoluído, taticamente inteligentíssimo, fisicamente insuperável. Jogador de topo.

Enzo Peres     17
Se todos tivessem a sua mentalidade não tínhamos perdido este campeonato. Jogador Á Benfica. Se a primeira época como médio centro foi assim, mal posso esperar pela próxima.

Sálvio              16
Justificou a verba despendida na sua contratação. Foi figura relevante no melhor Benfica da época. Durou a época inteira sempre em rotação máxima. Um ala ofensivo que também sabe defender.

Gaitan             13
Só apareceu em grande plano na segunda metade da época. Tecnicamente é do melhor que temos, e quando decide entregar-se ao jogo é genial. Mas continua a faltar qualquer coisa para ser de facto uma figura de topo, capaz de fazer a diferença em 30 jogos da época e não apenas em 5 ou 6.

Ola John         13
No melhor e no pior. Merece o beneficio da dúvida, pela sua idade e pelo que já o vimos fazer. Mentalmente precisa de ser mais forte para ser um jogador de topo.

Aimar              6
Foi uma época sem número 10. As lesões traíram-no no inicio. Fica a ideia que para Jorge Jesus se tornou um proscrito a partir do momento em que em Dezembro mostrou vontade de sair e rompeu depois o acordo com o clube Árabe à ultima da hora. Não teve a despedida que merecia.

Carlos Martins           6
Não houve Carlos Martins. Fisicamente sempre muito mal, borrou ainda a pintura no jogo com o Estoril. Deu razão a Jorge Jesus que já o dispensara um ano antes.

André Gomes             11
Mostrou potencial mas, está ainda verde. Sempre que chamado a substituir Enzo ou Matic, a equipa não carburou da mesma maneira. Talvez lhe fizesse bem no próximo ano ser emprestado e poder crescer jogando com regularidade.

Roderick         6
Para mim, sem valor para jogar no Benfica. Se Jorge Jesus for capaz de fazer deste Roderick um Matic, reduzo-me à minha insignificância e nunca mais discuto futebol com ninguém.

Urreta             4
Figura secundária da equipa. Chegou para tapar o buraco provocado pela saída de Nolito e Bruno César. Que bom seria que o Benfica tivesse um médio com a capacidade de remate de Urreta.

Lima                18
Excelente contratação. Jogador maduro, goleador, mentalmente forte. Foi chegar, ver e vencer, e se na próxima época só jogarmos com um avançado, Lima tem de partr na pole-position.

Cardozo          15
Merece sempre nota alta pelos golos que marca, mas tenho de lhe deduzir alguns pontos pelos golos que falha. Fica sempre a sensação que os golos que marca são poucos para as oportunidades que tem. Ainda assim, os números não mentem.

Rodrigo           12
No ano que se adivinhava como o da explosão, tem de se ver o seu desemprenho como sofrível. Poucas vezes fez a diferença e a ansiedade de jogar e marcar tornou-o em muitos momentos egoísta. Fica a ideia de ser um jogador com talento imenso, mas a quem tem sido pedido que desempenhe uma missão em campo que não é bem a sua.

Kardec            3
Carta fora do baralho.


ranking