O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 28 de maio de 2013

Mensagens de benfiquistas - Parte I

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

"Escolhi este blog para desabafar sobre um tema que não tenho visto tratado e revela mais uma lacuna/falha da estrutura profissional do Benfica. Vou introduzir o tema: o uso da língua portuguesa no plantel.

Maxi e Cardozo chegaram em Julho/2007, Aimar e Urreta em Julho/2008, alguém lhes conhece ou ouviu uma palavra em português? 
Um simples "bom dia" "boa noite" "obrigado" ou qualquer outra em "portu...lhano". NÃO! 

A única palavra que pronunciam em português é Benfica e c/sotaque. Agora juntem: Salvio, Gaitan, Enzo, Garay, Melgarejo, não esquecendo Saviola, Javi Garcia, Nolito, Capdevilla. Ah, graças a Deus Rodrigo nasceu no Brasil! 

E ainda temos o caso de Matic (2 anos já) que não sei se "arranha" alguma coisa, pois só o ouço falar em inglês. Estes imigrantes quando vão aos flash interview ou fazem a antevisão dos jogos estão a falar p/os sócios, adeptos e simpatizantes, esforçam-se para se fazerem entender? Sim, os palavrões devem saber!

Que babel será aquele balneário de um lado a língua portuguesa (brasileiros e lusos) do outro a língua castelhana e para o ano com o contentor de sérvios como vai ser? Um terceiro grupinho... JJ alegou dificuldades na adaptação de Ola John por causa da língua (pobre rapaz que língua devia apreender?). 

Lembro-me de um flash interview c/Witsel que ao fim de 3/4 meses se expressou num português muito bom, atendendo ao tempo entre nós, merecendo os elogios do reporter. 

A estrutura não devia ter uma atitude de firmeza e IMPOR a comunicação na n/língua, aos mais antigos? Obrigado por poder usar este espaço e não "roubo" mais tempo. Saudações benfiquistas!"

- recebido no email do blog.

7 comentários blogger

  1. O Matic fala português.
    Ouvi numa entrevista da TVI. Mas fala com montes de sotaque, acha que fala mal e, confessando que se sente envergonhado, prefere falar em inglês. Na verdade fala um português tão bom ocmo o inglês, que também é cheio de sotaque, mas ninguém teve a coragem de lhe dizer.

    O Witsel falou em português porque é belga, de outra cultura. Tal como o alemão que há uns anos foi gerir a autoeuropa em 4 meses estava a falar português.

    Se o clube não exige que se fale português, e o jogador é de uma cultura laxista (latinos), claro que não vai nunca aprender.

    O Van Bommel antes de ir jogar para o Barcelona esteve um Verão a aprender a falar espanhol, porque em Espanha não há abébias para ninguém.

    ResponderEliminar
  2. O Matic fala potuguês, o Ola John também fala portugûes, a o facto de ser De "outra cultura" não é desculpa para ninguém.

    ResponderEliminar
  3. Falta-nos cultura para nos impormos a tudo que é estrangeiro. O sotaque não tem problema pois esse existirá sempre. O que falta é uma cultura dentro do SLB que se imponha a todos os que lá trabalham. Há muita gente de colarinho levantado a dizer:-"Eu é que sou o Presidente..." E Presidente só tem que haver um. Mas tb há nos adeptos do SLB muita "garganta" pois falam falam falam e não fazem nada. Depois de ter enxovalhado o SLB na TVI o porcalhão do portista voltou a achincaalhar o SLB. E que fazemos? Ficamos caladinhos. Fosse aquilo feito aos corruptos e aquela amostra de gente já tinha levado uma tareia ai numa esquina qualquer de Lisboa.

    ResponderEliminar
  4. este tema até tem importância...
    mas neste momento...não interessa nada...mas mesmo NADA!
    o que está em jogo, projecto desportivo, treinador, época 2013/14 são a praia
    e isto é o grão de areia!

    ResponderEliminar
  5. No seguimento dos comentários aqui publicados, gostaria de acrescentar que, para além do Matic e Ola John, também o Sálvio e o Garay (creio) se esforçam por falar em "portunhol". Contudo, é verdade que a maior parte não faz esse esforço...

    ResponderEliminar
  6. Concordo. Se bem que os jogadores deviam fazê-lo por iniciativa própria, n acredito que o slb n tenha 1s trocos para pagar a 1 ou 2 professores para dar aulas no seixal. obrigatórias 1 hr por dia antes ou depois dos treinos não fazia mal a ninguém, nem ao JJ.

    ResponderEliminar
  7. isto não é um problema só do benfica é um problema do povo português no geral não existe cultura de exigência para com os estrangeiros, vai a determinados países alemanha frança etc ou falas a língua deles ou eles querem lá saber se falas inglês ou não, não te ligam nenhuma, em portugual começa-se logo a falar ingles e portunhol e como toda a gente percebe ninguém faz um esforço para aprender ou falar português.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking