O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 21 de abril de 2018

Rui Vitória brinca com o fogo

Avatar
 ●  133 comentários  ● 

Vimos todos a mesma história da semana passada. Boa primeira parte, com oportunidades e até um golo com um passe fantástico de Zivkovic e depois...uma segunda parte miserável.

A diferença foi que desta vez tivemos várias chances para matar o jogo. Rafa, que deixa Salvio a anos luz pela forma como com ritmo de jogo adquirido segura os defesas adversários, continua com a sua grande dificuldade: a concretização. E isso é a diferença entre um grande jogador e alguém que nunca passará de uma boa promessa. Mas não se enganem: merece a titularidade.

O problema do SL Benfica está na falta de qualidade no capítulo defensivo. Se não temos um bombeiro como Fejsa, as consequências serão bem piores.

Depois continua a inexplicável insistência num zero como Pizzi. Não defende, não sabe atacar, é um jogador a menos que RV insiste em colocar a jogar.

No inverso, Zivkovic continua a mostrar que tem uma qualidade de passe incrível e que passará por ele um futuro melhor desta equipa.

Rui Vitória fez as mesmas burradas de sempre. O que é feito de Diogo, por exemplo? Seferovic serve para quê ou quem?

Salvio valeu pelo golo oportuno. Mas o que mais acrescenta...? Nada.

Uma equipa que quer ser campeã nacional não pode jogar assim.

Um treinador que quer ser campeão não pode achar que os jogos estão ganhos ao intervalo nem trazer substituições decididas de casa.

#ApagaTudo

Avatar
 ●  39 comentários  ● 
Imagino a quantidade de gente a querer insultar o Salvio por não poderem vir para aqui hoje expor as frustrações e criticar o Vieira, Rui Vitoria e hoje, até o Domingos Soares Oliveira ia entrar ao barulho!

E lá ficou mais um penalty por marcar, mais uma expulsão (perto ainda da meia hora) que não aconteceu... siga o VAR!

Como disse o Rui Vitória, foi uma goleada por 2-1 tantos foram os golos perdulários 

Estoril - SL Benfica

Avatar
 ●  59 comentários  ● 

Onze do Benfica: Bruno Varela; André Almeida, Rúben Dias, Jardel e Grimaldo; Fejsa, Pizzi e Zivkovic; Rafa, Jiménez e Cervi.

Suplentes do Benfica: Svilar, Luisão, Samaris, Seferovic, Salvio, Diogo Gonçalves e João Carvalho.

Fazer de conta...

Avatar
 ●  18 comentários  ● 

Vamos fazer de conta que a Comunicação do SL Benfica não andou caladinha enquanto durante meses o clube tem sido acusado de tudo e mais alguma coisa.

Vamos fazer de conta que a direcção do FC Porto não fez tudo o que fez durante 30 anos e que, apesar de tudo o que se sabe, foi o parceiro escolhido pela direcção para "salvar" a Liga de Clubes e o futebol português ainda recentemente.

Vamos fazer de conta que o gerente da Makefoot, que geria a carreira de Rui Vitória, não era o Marinho.

Vamos fazer de conta que a direcção do SL Benfica está muito indignada com o que se está a passar na Arbitragem e na FPF. Nota-se pelas fotos com Fernando Gomes. Nota-se pelas vezes que o SL Benfica questionou Fontelas Gomes ou Paulo Costa. Nota-se pelas vezes que denunciou Tiago Cachecol do Porto Craveiro.

Vamos todos fazer de conta que está tudo bem e que não é uma vergonha estarmos dependentes de um clube intervencionado pela UEFA para sermos campeões. 

O País, o Futebol e a Imprensa de Faz de Conta...

Avatar
 ●  32 comentários  ● 
“Querem brincar ao faz de conta? Então vamos brincar ao faz de conta.

Faz de conta que um presidente de clube não foi apanhado a gabar-se de ter colocado um amigo na presidência da liga.

Faz de conta que um presidente de clube não foi apanhado a gabar-se de ter evitado que Vítor Pereira fosse nomeado para o Comité de Arbitragem da UEFA.

Faz de conta que um presidente de clube não foi apanhado em reuniões secretas com jornalistas com o objectivo de os influenciar e controlar.

Faz de conta que um desses grupos de comunicação não anda a sanear jornalistas apenas porque tem uma ligação ao Benfica.

Faz de conta que jornais como o JN e O Jogo não são controlados pelo FCPorto nas suas opções editoriais.

Faz de conta que um grupo de jornalistas da Cofina não tem uma agenda concertada com os rivais do Benfica para criarem a ideia de que o Benfica manda nisto tudo.

Faz de conta que o director adjunto do Correio da Manhã e CMTV não foi apanhado a festejar os golos do Sporting.

Faz de conta que o director adjunto do Record não foi apanhado a almoçar com Jesus num dia e nos dias seguintes assinou peças no jornal em que passava os recados do treinador do Sporting.

Faz de conta que o antigo chefe de redação do Record não fez uma extensa entrevista a Bruno de Carvalho quando já sabia que o presidente do Sporting iria ser o seu próximo patrão.

Faz de conta que o Porto nunca pagou a prostitutas para controlar árbitros, delegados e dirigentes de associações, clubes e entidades reguladoras do futebol.

Faz de conta que o Porto nunca pagou viagens ao Brasil a arbitros de futebol.

Faz de conta que o presidente do Porto nunca recebeu árbitros em casa.

Faz de conta que as escutas nunca existiram.

Faz de conta que o Porto nunca aceitou em comunicado oficial o castigo de seis pontos por corrupção e tráfico de influencias.

Faz de conta que não foram os bons ofícios de um juiz portista que tornaram possível a impossibilidade de julgamento do maior caso de corrupção de que há memória no futebol português.

Faz de conta que um antigo presidente do Conselho de Disciplina da FPF não tentou boicotar uma reunião onde o seu clube do coração iria ser condenado por corrupção.

Faz de conta que o Porto não controlava e controla uma boa parte da polícia, da justiça, dos juízes, dos tribunais, do serviço de estrangeiros, de advogados,  de jornalistas na cidade do Porto.

Faz de conta que nunca houve bilhetes distribuídos a toda a esta gente com o objectivo de criar um sórdido esquema de favorecimento do Porto sem paralelo em toda a história do futebol mundial.

Faz de conta que os jogadores do Porto não abusavam de substâncias proibidas e que isso lhes era tolerado por um sistema que eles controlavam e acabavam com muitos deles a exibir os efeitos secundários desse abuso.

Faz de conta que o Porto não controlava e controla clubes através da colocação de treinadores e jogadores.

Faz de conta que só assim treinadores como Rodolfo Reis e muitos, muitos outros Rodolfo a Reis tenham tido a oportunidade que escapa a muitos outros treinadores mais competentes de treinar na Primeira Liga.

Faz de conta que o Porto não chegava a jogar contra adversários com quatro e cinco jogadores emprestados e controlados.

Vamos todos continuar a fazer de conta que nada disto existe ou existiu.

Vamos todos continuar a fazer de conta que as ameaças aos árbitros nunca se verificaram.

Vamos fazer de conta que as suas famílias têm sido poupadas.

Fazer de conta que os Superdragoes não os perseguem.

Que um grupo de adeptos do Sporting não os persegue, ameaça e expõe, com a divulgação pública dos seus dados pessoais.

Vamos fazer de conta que não foi um dirigente do Sporting que elaborou um macabro esquema de controlo e condicionamento dos árbitros.

Vamos fazer de conta que o Benfica não apoiou nenhum dos presidentes das entidades reguladoras do futebol.

Vamos fazer de conta
Viva o futebol faz de conta
O jornalismo faz de conta
A justiça faz de conta
A Liga faz de conta
Vivam todos os faz de conta deste país
E o mais importante...o faz de conta que o Benfica manda nisto tudo.”

José Marinho in Facebook

Curtas: Rui Vitória/Jaime Marta Soares/Rui Costa

Avatar
 ●  34 comentários  ● 

Rui Vitória: 
Caro treinador do Sport Lisboa e Benfica, deixe lá de fazer esses teatrinhos com ar de indignado. Quero lá saber se o SCP ou o FCP não ganham campeonatos desde não sei quando...

A verdade é que no passado domingo poderíamos ter quase garantido o Penta, e pela sua incompetência como treinador, perdemos esse jogo.

Portanto, em vez de lições de moral, preocupe-se em ganhar todos os jogos até ao fim e esperar, como no ano passado, por mais uma borla do FC Porto.

Jaime Marta Soares:
É lamentável e vergonhoso o silêncio de toda a comunicação social sobre o que se passou e se está a passar com Jaime Marta Soares.

Mais ainda, é um sinal muito grave que Jaime Marta Soares tenha sido alvo de capangas de alguém e nem uma linha se tenha produzido sobre o tema. Além de ninguém na instituição Sporting ter vindo a público repudiar isso, nem sequer o respeito por alguém já com uma idade avançada existe.

Será que têm medo de Bruno de Carvalho? Será que no Sporting ninguém vai revelar o que fizeram nos últimos 15 dias a Jaime Marta Soares?

Rui Costa:
Quando nos últimos anos várias vezes escrevemos que Rui Costa no SLB valia zero, lemos muitos comentários indignados atribuindo-lhe uma importância que afinal se revela não ter há muito tempo. E ao ler na imprensa a forma como Rui Costa é definido por DSO...

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Entretanto...

Avatar
 ●  59 comentários  ● 

...o pessoal do Gabinete de Crise, onde a paródia acabou, deve ter ido de fim de semana mais cedo.

É que perante mais um ataque à honestidade do Sport Lisboa e Benfica, o silêncio é total. 

Talvez estejam a preparar mais algum videozinho motivacional ou outra acção de propaganda de vão de escada.

Ao longos dos meses, provou-se que o silêncio só contribuiu para o nome do SL Benfica ser enxovalhado sem defesa.

Fosse para defender os negócios com o Mendes, eram rápidos.

O plano do SL Benfica para dominar o futebol português

Avatar
 ●  70 comentários  ● 

A revista Sábado revela hoje mails de Domingos Soares de Oliveira.

Publicado pela revista Sábado

Parece que a grande bomba é que o SLB, numa reunião de quadros, assume como desafio o reforço/controlo sobre a arbitragem, o poder políticos, os media e o poder judicial.

Publicado pela revista Sábado
Curiosamente, nesta segunda imagem, um dos itens da coluna "Poder Benfica" reza:
estimular a verdade desportiva junto da sociedade e do público do futebol.

Que grande plano de poder! Estimular a verdade desportiva!

Há tanta coisa para criticar ou falar no SL Benfica de Vieira, Moniz e Soares de Oliveira. Mas apontar isto como um "plano" é uma coisa ridícula. Qualquer reunião de quadros de empresas cuja marca viva muito da imagem pública utiliza o mesmo discurso. 

Aqui faz-se logo a conotação de que influenciar é no sentido negativo. E porque teria de ser? Não poderia ser o contrário? Influenciar para prevenir o regresso de tempos sombrios, esses sim marcados por influências e controlos negativos para o futebol?

Não há que ser anjinhos nem achar que LFV, JEM ou DSO também o são. Sabemos bem que não são.

Mas vamos lá observar os resultados práticos do "plano de poder" do SL Benfica:

- Presidente da FPF: Fernando Gomes
Antigo vice-presidente do FC Porto para a área financeira durante o período do Apito Dourado; consta das escutas com António Araújo em conversa ainda hoje não explicada; adepto ferrenho do FC Porto

- CEO da FPF: Tiago Craveiro
Tem acompanhado Fernando Gomes desde a Liga de Clubes. É tão doente pelo FC Porto que consta ter a alcunha de "Cachecol do Porto"

- Director de Marketing da FPF: Nuno Moura
A sua principal afirmação é que o FC Porto "está-lhe no sangue".

- Conselho de Arbitragem: Fontelas Gomes e Paulo Costa:
Todos lembramos as críticas ferozes a Vítor Pereira acerca das arbitragens em Portugal. Pois desta vez até temos VAR, não passa um jogo sem que seja tudo colocado em causa e no entanto...ninguém sequer menciona os nomes destes senhores. Nem FCP ou SCP alguma vez os citaram como responsáveis. Estão apresentados não estão?

Podíamos falar em mais nomes que estão na FPF como Hermínio Loureiro que fez cair a Liga de Clubes ao não resistir às pressões do FCP aquando do processo Apito Dourado ou Pedro Proença na Liga de Clubes. Todos lembramos as arbitragens de Pedro Proença quando apitava qual jogo entre SL Benfica e FC Porto.

Portanto, eu diria que este plano de "controlo" correu bem não? Os poucos benfiquistas de gema, em lugares menores, têm sido saneados.

Como está à vista, o FC Porto controla totalmente a FPF. 

Afinal, era só isto que tinham?

Estou muito longe de me identificar com a gestão actual do SL Benfica. Mas ainda mais longe estou de quem quer atacar o SL Benfica. O plano que realmente existe é o de manchar o clube mais representativo do país. E esse é que é indesmentível.

O que me irritaria profundamente é se o SL Benfica andasse a discutir cêntimos quando solicitado a ajudar uma das maiores glórias do clube. Isso sim é que seria vergonhoso.


As Taças para ti, o Campeonato para mim...

Avatar
 ●  39 comentários  ● 
Do your job now, Jesus... e continuarás a ver o Luis Gonçalves feliz nas derrotas da Taça:


quinta-feira, 19 de abril de 2018

Fortes com os Pequenos e Fracos com os Grandes? O algodão não engana

Avatar
 ●  28 comentários  ● 

2015/2016
Benfica 0 – 1 Sporting               Derrota
Benfica 0- 3 Sporting                Derrota
Benfica 1-2 Porto                     Derrota
Sporting 0-1 Benfica                 Vitória
Porto 1 – 0 Benfica                   Derrota
Sporting 2 – 1 Benfica               Derrota

Benfica 2-0 Astana                    Vitória                        
Atlético Madrid 1 – 2 Benfica      Vitória
Galatasaray 2 – 1 Benfica            Derrota
Benfica 2 -1 Galatasaray             Vitória
Astana 2 – 2 Benfica                  Empate
Benfica 1 – 2 Atlético de Madrid Derrota
Benfica 1 – 0 Zenit                     Vitória
Zenit 1 -2 Benfica                       Vitória
Bayern 1 – 0 Benfica                   Derrota
Benfica 2 – 2 Bayern                  Empate

2016/2017
Benfica 1-1 Porto                          Empate
Benfica 2-1 Sporting                       Vitória
Sporting 1-1 Benfica                      Empate
Porto 1-1 Benfica                           Empate

Benfica 1 – 1 Besiktas                     Empate
Napoli 4 – 2 Benfica                       Derrota
Kyev 0 -2 Benfica                            Vitória
Benfica 1 -0 Kyev                            Vitória
Besiktas 3 -3 Benfica                       Empate
Benfica 1 -2 Napoli                         Derrota
Benfica 1 – 0 Dortmund                  Vitória
Dortmund 4 – 0 Benfica                  Derrota          

2017/2018
Benfica 0 – 1 Porto                                Derrota
Benfica 1-1 Sporting                              Empate
Porto  0-0 Benfica                                  Empate
Sporting X Benfica                                 ???????                     

Benfica 1-2 CSKA                                  Derrota          
Basileia 5-0 Benfica                                Derrota
Benfica 0-1 Man United                          Derrota
Man United 2-0 Benfica                         Derrota
CSKA 2-0 Benfica                                  Derrota
Benfica 0-2 Basileia                                Derrota


CONCLUSÃO:
Em Portugal
13 Jogos    2 Vitórias     5 Empates    6 Derrotas

Liga Campeões
24 Jogos    8 Vitórias    4 Empates     12 Derrotas    

TOTAIS:
37 Jogos         10 Vitórias      9 Empates      18 Derrotas

Fortes com os pequenos, fracos com os grandes?

Os números mostram que sim!

Refletem os números a falta de qualidade do plantel?

Refletem os números a falta de qualidade do treinador?

Refletem os números a falta de investimento da Direção no futebol do Benfica?

Refletem os números as três coisas juntas?

Refletem os números apenas uma tremenda dose de azar nos jogos a doer?

Uma coisa eu sei: Algo tem de mudar a vários níveis se queremos melhor na próxima época. Isto não é o Benfica pujante que a Direção quer fazer acreditar que os Benfiquistas têm neste momento. Com ou sem título este ano!

O SL Benfica quis mesmo ganhar este campeonato?

Avatar
 ●  112 comentários  ● 

Vamos olhar só para dentro de campo: para a equipa.

As asneiras começaram logo pela resolução do dossier Baliza. Passa pela cabeça de alguém, que quer ser Penta, que quer fazer uma boa Champions, vender um dos melhores guarda redes do mundo e não o substituir por outra opção de qualidade?

Sem qualquer desprimor para Varela (que não mereceu a forma como foi tratado após uma única falha), mas ele não tem nem qualidade suficiente nem segurança para estar naquele lugar. 

E se a aposta em Varela até poderia ser entendida(como opção de banco) por conhecer o nosso campeonato, já a aposta em Svilar foi digna dos livros das maiores anedotas do mundo. 

Colocar na baliza do Sport Lisboa e Benfica um guarda-redes que não tinha 1 único jogo na carreira como profissional? Para se ser guarda-redes é preciso muito mais que um dom. É preciso experiência, sentido de posição, segurança, coisas que só chegam com jogos! 

Há uns que aprendem mais depressa (Ederson ou Oblak) e outros que demoram mais. Mas precisam de aprender a estar naquele espaço e a dominá-lo. A gestão deste dossier foi digna de um clube de terceira divisão.

Outro erro histórico foi a venda forçada de Mitroglou. Sim, o grego estava muito bem cá, e nem ele nem a família queriam sair de Lisboa. 

Um jogador que valeu 52 golos em 2 temporadas(sem precisar de marcar um penalty) e que dava à equipa uma referência na área foi talvez a maior bastonada nas pernas do SL Benfica 2017/2018. 
A equipa andou meses à nora, com RV insistindo numa táctica que funcionava devido...a Mitroglou.

Foram buscar quem? Aquele craque chamado Seferovic. Um tipo que desde 2010, nos campeonatos italiano, espanhol e alemão tinha marcado a fartura de 16 golos! Que em 21 jogos adicionais tinha marcado 3 golos! 

Publicamos 3 posts a avisar sobre Seferovic, desde Dezembro de 2016:

É curioso lembrar os comentários naqueles posts com o que hoje já dizem sobre o jogador...

Quem passa a vida a anunciar que luta para ser campeão, que quer lutar pela Champions (quem é que no SLB tinha como plano ser campeão europeu até 2017?), substitui titulares por jogadores de segunda?

Depois podemos analisar outras decisões incompreensíveis. 

O último central de qualidade internacional contratado foi...Garay! Em 2011! Isto é de quem quer ganhar? 

É com um Luisão de 38 anos, um Jardel que alterna boas exibições nacionais com outras péssimas e que raramente faz um bom jogo europeu, ou com um Lisandro que se ía jogar para ganhar? 

Afinal havia vontade para construir uma equipa para o futuro mas fez-se das tripas coração para vender Lindelof? Ou apostou-se no Ruben Dias só porque os outros estavam todos lesionados ou impedidos?

Podemos recordar também a inexplicável insistência em Filipe Augusto e Pizzi, em prejuízo de Krovinovic e Zivkovic. Não provou o tempo que o croata e o sérvio eram claramente as opções de maior qualidade para o meio campo? Mas também não é verdade que só tiveram tempo para jogar e ganhar ritmo como últimas opções porque o resto(previsivelmente) falhou?

Mas infelizmente há mais. Tanto "Benfica LAB" e mais não sei o quê, e ninguém se apercebeu que o SL Benfica não tem envergadura física para "bater de frente" com nenhuma equipa mais cotada?

Quantos jogos desses ganhamos esta temporada? Nem um!

Alguns dos melhores jogadores da história não eram calmeirões, como um dos nossos leitores lembrava. Mas eram 1 ou 2 num 11! No SL Benfica são quase meia equipa. Passa pela cabeça de alguém ter um Grimaldo a guardar o nosso lado esquerdo, que além de ser um medíocre defesa, não tem físico nem capacidade para suportar o contacto físico com nenhum jogador de uma equipa mais forte? 

Olhamos para o nosso meio campo e o que vemos? O único com cabedal e que aguenta é o Fejsa. O Pizzi, além das exibições miseráveis, não aguenta uma corrente de ar e foge do contacto físico a 7 pés. Temos um jogador de grande qualidade a construir que é Zivkovic e que apesar da sua estatura luta e aguenta muito mais que Pizzi quem tem mais 12 cm que ele.

Era com Gabigol ou Douglas que íamos lá?! Não é ridículo?

Por algumas destas razões é que fomos enxovalhados na Europa e em Dezembro já estavamos fora de quase tudo. Não são demasiados pontos fracos ou erros para quem queria ganhar? 

É ou não verdade que Rui Vitória tem as suas responsabilidades, e que não tem condições para continuar na próxima temporada, mas que está longe de ser o principal responsável?

Afinal Vieira, Moniz e Soares de Oliveira tinham ou não a convicção da importância de ganhar este campeonato? Não é evidente o desinvestimento crescente na equipa nos últimos anos? 

Não é a formação uma treta contada aos adeptos e sócios? Andamos a ouvir conversas sobre a formação e a sua importância para a equipa principal...quando afinal quantos jogadores da formação lá estão? Está lá o Ruben Dias e entrou por falta de comparência dos outros. E qualquer jogador de grande qualidade que apareceu nestes últimos anos vindo da formação...foi logo vendido à primeira oportunidade.

Já na temporada passada não é verdade que ganhamos o Tetra também porque o FCP de NES falhou nas alturas cruciais? Não é disso que agora, fruto da incompetência ou da falta de vontade, que estamos novamente dependentes? Que o FCP torne a falhar para podermos ser Penta?

Mas afinal, se não se investe na principal fonte de receitas do clube, as vitórias da equipa principal, para onde está a ir o dinheiro? 

Betão? Outros investimentos? Será isso a prioridade de um clube de futebol?

A realidade

Avatar
 ●  69 comentários  ● 

Ver este FCP com possibilidade de ser campeão nacional, não só é ridículo, como deixa evidente que se no SL Benfica tivessem trabalhado para ganhar esta temporada, teria sido como tirar doces a meninos.

Até os lagartos, devastados pelo presidente anormal que têm, conseguiram forças para lhes ganhar. Quiseram ganhar o jogo e conseguiram.

Capacitem-se de que nem Vieira, nem Moniz ou nem Soares de Oliveira quiseram ganhar este campeonato. Não quiseram ganhar dentro de campo, ao não reforçarem a equipa com qualidade, e não quiseram ganhar fora de campo pois nada fizeram para combater a influência do FCP junto da FPF.

Querem apostar que, se chegarmos à última jornada com a mesma diferença de pontos de hoje para o FCP, Soares Dias será escolhido para apitar o Guimarães-FC Porto?

quarta-feira, 18 de abril de 2018

O uso da “Razão” no mundo do futebol onde a “Emoção” domina

Avatar
 ●  58 comentários  ● 

O difícil no futebol é conseguir ser-se racional num meio onde a emoção domina e não deixa ver mais nada.

No futebol a razão chama-se “ganhar ou perder”. Eu posso por exemplo fazer uma dissertação fantástica sobre as razões pelas quais gosto ou não de Rui Vitória como treinador do Benfica mas, no fundo, o acerto ou desacerto da minha leitura entronca sempre no facto de o Benfica ganhar... ou perder. Se eu disser mal e o Benfica perder o Redmoon é que sabe disto, se o Benfica ganhar o Redmoon devia dedicar-se ao tricot!

O mesmo se pode dizer de Luís Filipe Vieira... Inúmeros argumentos têm sido referidos ao longo do tempo para justificar os porquês de tantos estarem contra a política desportiva do Benfica nos últimos anos, onde tantos sentem que se iniciou há quatro/cinco anos um caminho que nos levará inevitavelmente a ganhar bem menos MAS...

O Benfica venceu nos últimos dois anos também, logo, esses resultados provam aos olhos de tantos que todos os argumentos dos que desacreditam deste projeto estão errados.

Como disse, a emoção oculta sempre a razão mas, a razão também nos deixa perceber que há alturas em que vencemos quando fizemos quase tudo mal ao nível do planeamento, mas também há outras em que perdemos e em que sentimos que no papel até fizemos quase tudo bem feito.

Em suma, o ganhar ou perder não pode ser tudo.

Um dos erros principais que se comete no futebol, mesmo ao nível de profissionais competentes, é aquela análise com a frase chavão de que para ganhar dependemos só de nós! É mentira! Dependemos de nós obviamente, mas, dependemos também daquilo que os nossos adversários forem capazes de fazer. Se o Benfica for fortíssimo mas tiver o azar de enfrentar nesse ano um adversário ainda mais fortíssimo, devemos destruir tudo no Benfica e começar de novo por causa de um mau resultado, ou devemos antes ter a capacidade de perceber que perdemos porque enfrentámos um adversário forte mas que estamos no bom caminho e que os resultados vão aparecer?

Essa é a questão emoção/razão que se coloca tantas vezes no futebol, quando o ganhar/perder é tudo!

Alguém disse por exemplo que o Benfica fez uma má época em 2004/2005 quando conseguimos ser campeões com a miséria de 65 pontos, record negativo em campeonatos com vitória a valer 3 pontos?! Alguém disse que ah e tal, ganhámos porque os adversários foram uma merda tal como nós também o fomos nesse ano, embora ligeiramente menos?!

Faço-vos uma pergunta: Em termos objetivos, se este ano fizermos 80 pontos e formos campeões, e no próximo ano fizermos 92 e acabarmos em segundo, teremos feito uma época melhor ou pior?

Para mim, em termos objetivos teremos feito melhor, mas para a maioria dos analistas e adeptos teremos feito pior porque, mesmo tendo feito melhor não chegou para ser campeão! E isso é que conta!
                      
O erro de se seguir apenas este tipo de análise vai ao encontro do que disse acima e do que escrevi aqui a semana passada sobre o ser-se forte com os pequenos e fracos com os grandes: Por muito que nos custe, para sermos campeões não dependemos só de nós. Dependemos de nós sim mas dependemos também e muito da força dos adversários e daquilo que eles são capazes ou não de fazer em jogos que não controlamos.

E é por isso que acho irrelevante usar esta semana negativa do Benfica para relembrar por exemplo todas as críticas que tantas vezes já fiz (nem sempre acertadas, e discutíveis evidentemente), das razões pelas quais discordo desta política desportiva de LFV e tantas vezes também do trabalho de Rui Vitória, porque para mim não é só o ganhar ou perder que valida as criticas. Para mim, as criticas serão sempre válidas (e discutíveis) independentemente do ganhar ou perder!

E àqueles que quiserem por exemplo desancar em Rui Vitória este ano se acabar em segundo ou em terceiro, quando o ano passado, sendo campeão era o maior, eu só quero lembrar o seguinte para reflexão:

Em 2015/2016 o Benfica foi campeão com Rui Vitória, fez 88 pontos e bateu o record de pontos do campeonato. Rui Vitória: Herói!

Em 2016/2017 o Benfica foi campeão com 82 pontos (menos seis que na época anterior!) mas ainda chegou para ser campeão. Na época anterior não teria chegado. O Porto somou 76 e foi segundo! Rui Vitória: Herói!

Este ano, num ano que para tantos será um descalabro se não formos campeões, temos neste momento 74 pontos. Se vencermos os 12 que faltam somaremos 86 (mais quatro que o ano passado!). O Porto se vencer os quatro jogos que faltam somará 88 (mais 12 que o ano passado!), igualando assim a melhor pontuação de sempre do Benfica, os 88 pontos! Rui Vitória: Flop e rua!

E a este dado junto ainda o seguinte:

Segundo o Transfermakt, neste momento o plantel do FCPorto é o mais valioso da Liga e está avaliado em 223.10 milhões de euros, o do Sporting é o segundo mais valioso e está avaliado em 202.5 milhões e o do Benfica é terceiro avaliado em 178.70 milhões!!

Sem ter esse dado comigo, diz-se também que a nível de massa salarial, o Porto lidera a tabela, o Sporting é segundo e o Benfica é terceiro!

O que nos diz esse dado?

Diz-nos que em termos objetivos, milagres no futebol existem mas não acontecem todos os dias, e muito menos para beneficiar sempre os mesmos!

O Porto tem o plantel mais valioso, o Porto paga melhores salários, e estas duas variáveis normalmente decidem os campeões, facto provado por diversos estudos feitos ao longo da história do futebol nos diversos campeonatos!

Se o Benfica acabar em terceiro este ano, em teoria seria sempre o nosso lugar em face do investimento feito (tal como o natural é que o Braga fique sempre em quarto), embora nós Benfiquistas queiramos sempre mais, vivamos de ilusões e sejamos capazes até de culpar Rui Vitória pelo possível desaire quando com este Benfica cada vez menos valioso até será capaz de somar mais pontos do que o ano passado!

Percebem agora dos porquês de para mim, e no atual contexto de desinvestimento, a Direção do Benfica ser sempre muito mais culpada de um desaire do que qualquer nome de treinador?!

O papel do Presidente é criar condições (e devia ter condições para o fazer porque segundo ele, nós é que respiramos saúde financeira) de dar ao Benfica o plantel mais valioso da Liga! E aí sim, tem legitimidade depois para responsabilizar treinador e jogadores pelos insucessos!

É isso que está a acontecer? Não, não é! E qual é a solução? Mandar embora Rui Vitória, fazer dele o culpado de tudo, manter tudo o resto na mesma, e no próximo ano esperar resultados diferentes?!

E atenção, que nada do que disse acima tem por objetivo defender a competência de Rui Vitória mas, crucificar treinadores? Claro que sim mas, num contexto justo e adequado, o que não me parece que seja o caso neste momento!


ranking