O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com

29 de junho de 2022

Tudo chumbado!

Avatar
| 37 comentários
As invenções não vingaram.

Assunto encerrado!

Importante: A Direcção do SL Benfica não tem outra opção disponível!

Avatar
| 27 comentários
direcção slb

Hoje, na FPF que deixou passar em claro o Apito Dourado, discute-se a adulteração dos resultados oficiais dos Campeonatos Nacionais e das Taças de Portugal.

Hoje, na FPF dirigida pelo director financeiro do FC Porto no período do Apito Dourado, discute-se como dar mais campeonatos ao FC Porto e eventualmente ao Sporting.

Hoje, na FPF que tem no andrade Paulo Costa o verdadeiro dono da arbitragem, discute-se como adulterar uma decisão tomada pelos próprios órgãos e clubes no seu devido tempo, no anos 30 do Século XX.

No caso do SL Benfica, seja qualquer for a formula de adulteração escolhida pela FPF, só há uma opção a tomar: uma providência cautelar e/ou uma acção judicial a bloquear e/ou impedir esta adulteração da história do futebol português, confortada pela documentação e decisões oficiais tomadas no seu devido tempo.

REPITO: A Direcção do SL Benfica não tem outra opção disponível: tem que ir para a Justiça a fim de impedir a adulteração da história do futebol português.

28 de junho de 2022

FPF: Campeonato de Portugal = Taça de Portugal. Campeonato da Liga = Campeonato Nacional

Avatar
| 18 comentários

"Por virtude da reforma a que se procedeu no Estatuto e Regulamentos da Federação os Campeonatos das Ligas e de Portugal passaram a designar-se, respectivamente, Campeonatos Nacionais e Taça de Portugal". (Relatório de Actividades da FPF 1938-1940)

 

O troféu OFICIAL da Taça de Portugal atribuído pela FPF já era bem claro, e a FPF SEMPRE listou os vencedores do "Campeonato de Portugal" e da "Taça de Portugal" no mesmo troféu:


Site da FPF:

Na listagem dos Campeonatos Nacionais (Liga NOS) incluíram:
- Campeonato da Liga I Divisão (1934/1935 - 1937/1938)
- I Divisão / I Liga (desde 1938/1939 até à data presente)

Na listagem da Taça de Portugal incluíram:
- Campeonato de Portugal (1921/1922 - 1937/1938)
- Taça de Portugal (desde 1938/1939 até à data presente)


Na listagem da 2ª Liga (2º escalão do futebol portugues) também foi cumprido o que foi decidido em 1938 pela FPF. Na listagem incluíram: 

- Campeonato da Liga II Divisão (1934/1935 - 1937/1938)
- II Divisão (1938/1939 - 1989/1990)
- II Liga (desde 1990-1991 até à data presente)
https://www.fpf.pt/pt/Competi%C3%A7%C3%B5es/Futebol-Masculino/Liga-Portugal-2/Vencedores

 

 


 Fonte: Printscreen do Site da FPF, apresentado no blogue de Alberto Miguéns 

 


- O Troféu do "Campeonato de Portugal" é igual ao Troféu da "Taça de Portugal" e o Troféu do "Campeonato da I Liga" é igual ao Troféu do "Campeonato Nacional da I Divisão". 

- A UEFA considera o Campeonato de Portugal como o vencedor do CUP Winner (Vencedor da Taça do país), atendendo à informação que a FPF lhes comunica. 

- A FPF considera desde o seu Relatório Oficial de Actividades de 1938 que o "Campeonato de Portugal" foi substituído pela "Taça de Portugal" 

- Os historiadores Ricardo Ornelas e Ricardo Serrado (Director do Museu do Sporting) consideram que o Campeonato de Portugal e a Taça de Portugal são a mesma competição, tal como Alberto Miguéns tem defendido no seu Blog (link 1, link 2, link 3, link 4)

 

Links no NGB sobre o assunto:

26 de outubro de 2016

Os 4 Títulos "imaginários" do Sporting!

12 de novembro de 2016

É OFICIAL! Campeonatos Nacionais: Benfica 35 vs Sporting 18

14 de novembro de 2016

UEFA nega Sporting e Bruno de Carvalho quanto aos Campeonatos: Caso "Peyroteo"

16 de dezembro de 2016

OFICIAL: Federação confirma, Sporting tem 18 títulos e não 22

17 de dezembro de 2016

Oficial FPF: Benfica tem 35 Campeonatos Nacionais e 28 Taças de Portugal 

Temporada 2022/2023: o que espera?

Avatar
| 11 comentários

Arrancou a nova temporada!

Ainda temos entradas e saídas a definir, mas não se pode dizer que estamos a arrancar com tudo para resolver.

Uma coisa parece óbvia: o novo treinador não vai permitir que as “velhas dinâmicas” de balneário tomem conta da equipa.

Duvido até que quem não se mantenha de boca calada e trabalhe de forma esforçada e empenhada fique no plantel.

Da minha parte, já sabem que Pizzi, Grimaldo ou André Almeida nem sequer treinavam com a equipa principal.

Que Luisão, Simão Sabrosa ou Bacalhau à Brás não têm lugar no dia a dia da equipa e muito menos acesso ao balneário.

Que Lourenço Coelho deve ter o poder necessário para ser ele o link com Rui Costa, e não com o lagarto Soares de Oliveira a meter o bedelho.

Domingo há treino aberto na Luz.

A presença massiva dos adeptos e sócios vai responsabilizar todos sobre uma temporada em que o insucesso não é opção: dirigentes, técnicos e atletas.

Por isso, vamos encher a Luz domingo?

25 de junho de 2022

FC Porto: O clube do regime, desde a ditadura à democracia

Avatar
| 48 comentários

O FC Porto, fundado em 1906, desde que saiu das mãos do seu fundador José Monteiro da Costa (falecido precocemente), entrou num caminho de que apenas nos tempos de Américo de Sá se livrou: o caminho do “vale tudo”.

Desde cedo, ainda no princípio do que seria o Estado Novo, que o FC Porto e os seus presidentes quiserem obter na secretaria aquilo que não conseguiam em campo.

O clube protegido pelo regime golpista


Aproveitando-se de afinidades políticas com alguns dos militares que saíram de Braga e fazer o golpe militar para derrubar o poder democrático, em 28 de Maio de 1926, o então presidente do FC Porto Sebastião Ferreira (com apoio de Urgel Abílio Horta, que lhe sucederia ainda em 1928) menos de dois anos após o golpe conseguiu para o FC Porto o Estatuto de Utilidade Pública.

Só quando Cândido de Oliveira foi treinar o FCP (1952/53 e 1953/54) os clubes de Lisboa ficaram a perceber que o FCP beneficiava de isenções e menos taxas que todos os outros clubes. Poucas instituições, em 1928, eram de utilidade pública pois estas tinham benefícios em termos de impostos e facilidade, para o FCP, em assegurar (e segurar) atletas de várias modalidades. Após insistentes pedidos para existir equidade o Estado Novo permitiu que num pacote de cinco clubes o SL Benfica conseguisse, em 1960, o que o FC Porto beneficiava desde 1928.


O antigo Estádio das Antas foi praticamente todo pago com dinheiros públicos, entre apoios da CM Porto e do Governo, com o pretexto de que Lisboa tinha o Estádio Nacional e Braga tinha o Estádio hoje conhecido como 1º de Maio.

Até a inauguração do Estádio das Antas aconteceu no aniversário do golpe que deu origem ao Estado Novo: 28 de Maio de 1952.

Campeonatos adulterados para salvar o FC Porto da descida de divisão

No início dos anos quarenta o F.C.Porto beneficiou da ajuda dos seus influentes homens do poder para, através de dois cirúrgicos alargamentos, evitar cair para a segunda divisão, após se ter classificado em terceiro lugar no seu campeonato regional, que na altura apurava as equipas (os dois primeiros) para a prova nacional.

Assim, um clube sem grande apoio popular fora de uma pequena área do país, provavelmente seria hoje o Boavista da cidade do Porto.

Democracia não trouxe nada de novo

A revolução de 1974 pouco mudou quanto ao tratamento de privilégio concedido pelo poder político ao FC Porto.

Com golpe de Pinto da Costa e Pedroto (o pai do atual ódio no futebol português), o FC Porto assumiu uma postura ainda mais vergonhosa passando a querer controlar políticos e dirigentes do futebol. Era Pedroto que defendia que se comprassem árbitros, como o disse a João Rocha, o presidente do Sporting que o mandou passear após essa exigência.

Apenas em 1994 o poder político, com Eduardo Catroga e Cavaco Silva, teve coragem de afrontar essa escumalha batoteira com as famosas penhoras nas Antas.

Fora isso, o FC Porto passou impune aos roubos vergonhosos dos anos 90.


O FC Porto passou impune ao Apito Dourado, conseguindo até que Escutas autorizadas por um Juiz fossem consideradas inválidas.

O FC Porto conseguiu eleger como presidente da Liga e depois da FPF o seu director financeiro que figurava numa dessas escutas num diálogo sobre “deusas”.

O FC Porto consegue usar a preço de saldo um Centro de Estágio que custou quase 20 milhões de euros dos nossos impostos.

O FC Porto conseguiu reabilitar as Piscinas da Campanhã com dinheiros públicos, com o apoio de Rui Moreira, o tal que fugiu de um programa de televisão para não ter que comentar as Escutas do Apito Dourado.

O buraco financeiro enorme de um clube pequeno

Mas grandeza não se compra. Muito menos capacidade financeira para ser um clube grande.

O FC Porto nunca atraiu as massas. Por isso, mesmo quando fez o seu maior contrato de sempre com a Altice, constava no estudo da operadora que o FC Porto tinha uma base de adeptos de “800 mil fãs, grande parte deles nos arredores da cidade do Porto”.

E na verdade, mesmo hoje, o FC Porto ainda é o segundo clube mais popular da cidade do Porto, atrás do SL Benfica. Curioso não é?

O FC Porto de hoje é um clube falido.

Todos os contratos que havia para antecipar foram antecipados.

O FC Porto já está a oferecer partes de passes de jogadores em troca de pequenos financiamentos a curto prazo.

Com um passivo de quase 600 milhões de euros, sem novas receitas, o FC Porto inventou agora mais um empréstimo obrigacionista, sendo que grande parte dos 40 milhões de euros serão para Tesouraria e necessidades imediatas de liquidez.

A única salvação do FC Porto será o contrato de Centralização de Direitos Televisivos.

Um contrato que o favorecerá pagando aquilo que o FC Porto não vale e, sendo um contrato a longo prazo, vai permitir ao FC Porto pedir a reestruturação do passivo com pagamentos a serem descontados directamente ao contrato de TV.

O regime tem feito tudo para aguentar o FC Porto. Só que classe, nível e grandeza não se vende no supermercado.

O FC Porto é gerido por gente reles, protegidos por escumalha da sociedade, e que se não tivessem a protecção política já estariam onde merecem: na sarjeta.

Mas penso que estamos esclarecidos quanto a quem é o verdadeiro clube dos regimes.

24 de junho de 2022

Já se trabalha melhor no SL Benfica?

Avatar
| 63 comentários

Uma coisa é certa:

O novo treinador do SL Benfica parece pouco disposto a aceitar ingerências na gestão diária do plantel, e muito menos tolerar indisciplina.

Por isso, as notícias da dispensa/afastamento do grupo das “vacas sagradas” dos últimos anos é de saudar.

Além disso, mesmo sabendo algumas coisas que prefiro para já não partilhar, o comportamento do SL Benfica no mercado de Verão tem sido bastante positivo, em especial nas contratações.

Relembro que esta temporada vai ser diferente das outras, pois teremos Mundial a meio da época.

Resta vender quem não pode ser simplesmente dispensado, como Weigl.

Nisso é que o chupista do Jorge Mendes podia trabalhar…

20 de junho de 2022

Caso dos Emails: Funcionários do FCPorto vão a julgamento

Avatar
| 55 comentários
Separar os benefícios obtidos pelo FCPorto nesta situação é uma tremenda vergonha, muito habitual na justiça portuguesa... tal como já sabemos que vergonha será também o resultado desta pronuncia pelo tribunal que levará a julgamento os funcionários do FCPorto:

"A confirmação da acusação (...) é uma decisão que julgamos acertada e que vê a realidade para lá da encenação tentada pelos arguidos de um pretenso interesse público e de uma falsa boa fé", sustenta a nota enviada à agência Lusa pela defesa do Benfica e assinada por João Medeiros, Rui Patrício e Paulo Saragoça da Matta.

É também "uma decisão importante por várias razões" - entre elas porque "reforça a ideia de que na rivalidade clubística não pode valer tudo, incluindo difamar e caluniar, e, também, selecionar, misturar, manipular, descontextualizar e truncar documentos, os quais aliás já tinham antes sido obtidos e depois traficados criminosamente". 

[A acusação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) imputa a Francisco J. Marques seis crimes de violação de correspondência ou de telecomunicações, três dos quais agravados, e um crime de acesso indevido. Júlio Magalhães está acusado de três crimes de violação de correspondência ou de telecomunicações, agravados, enquanto Diogo Faria, comentador no programa 'Universo Porto -- da Bancada', do Porto Canal, através do qual foram revelados os conteúdos dos emails do Benfica, está acusado de um crime de violação de correspondência ou de telecomunicações e outro de acesso indevido.]

15 de junho de 2022

Neres: o pagamento único de 15 milhões de euros que o Shakhtar aceita fazer

Avatar
| 75 comentários
Neres

(Nota prévia: nunca vi jogar o Neres, por isso não faço ideia se presta ou não.)

Diz a imprensa que Neres está garantido no SL Benfica.

Digo eu que o SL Benfica, fruto dos negócios nebulosos que insiste em fazer (e pagando sempre comissões absurdas aos mesmos pelas entradas e saídas dos jogadores), estava prisioneiro do Shakhtar. 

Isto porque do negócio "Pedrinho" ainda faltava pagar 15 milhões de euros.

O Shakhtar, fruto ou não do que se passa na Ucrânia, diz que não paga e que só está disposto a mandar o Neres como pagamento desse valor.

Por seu lado, o novo treinador do SL Benfica não está impressionado com o brasileiro e não demonstrou interesse em receber o jogador no plantel 2022/2023.

Portanto, a confirmar-se que Neres vem, este será o segundo sinal preocupante na pré-temporada do SL Benfica depois do episódio do vai e vem do médico do clube, num braço de ferro entre Lourenço Coelho e Domingos Soares de Oliveira.

Aliás, é curioso Rui Pedro Brás (Braz) (à Brás) ter sido banido do Seixal e da proximidade da equipa e depois aparecer a intermediar negócios. 

Esperemos que, no fim disto tudo, o que reste seja um plantel mais forte, um treinador capaz, uma estrutura mais pequena e mais fiável, e uma temporada melhor com títulos.

No fim de contas, os benfiquistas de bem é o que querem. 

Deixamos as auditorias para enxovalhar publicamente o clube para a ala lagarta do SL Benfica, para quem o clube é apenas um meio de promoção social.

Confirmado o pior: O SLBenfica pediu para vender Darwin Nuñez - Copo meio cheio ou meio vazio?

Avatar
| 32 comentários

 


No meu post anterior já deixei claro um facto de entrada que só não vê quem não quer:

- O Darwin queria sair, ia sair e não fazia sentido algum que um jogador destes permanecesse numa Liga como a Portuguesa. Estes jogadores simplesmente não ficam e a bem ou a mal... saem.

Porém hoje o SLBenfica confirmou que dos 75M (+25M) terá de abater: 2,3M do mecanismo de solidariedade + 10M ao Almeria + 7,2M de comissão (10% standard do Mendes). Assim que do total dos 75M, o SLBenfica irá receber 55,1M€ líquidos.

O jogador recusou qualquer outro clube assim que soube do interesse do Liverpool, o que se compreende, porém que dificultou a vida ao SLBenfica na negociação, pois tal como também faz o SLBenfica em situações semelhantes, terão usado a vontade do jogador em seu favor.

O que está então em causa é o que pode ser negociado: 20% do Almeria + Direitos de Formação + Comissões.

Vamos ao copo meio vazio:

- Não consigo entender como o SLBenfica, perante um activo deste potencial desportivo, mesmo que a forçar a saída face às oportunidades que teve (e o futebol está cheio de jogadores que fazem birra e acabam desvalorizados)... como é que acabamos a mandatar um empresário para vender o jogador...

Eu não consigo conceber essa ideia das comissões de venda... consigo entender quando um clube mandata um empresario para conseguir a aquisição de um jogador... mas a venda... só mesmo em casos em que o Clube queira vender. Que se pague uma comissão para colocar o Taraabt, ok... o Pizzi, ok! Mas o Darwin...???

Porém temos o copo meio cheio:

- Trata-se de um jogador com duas operações aos joelhos aos 24 anos. Estará a 100% mas nunca se sabe o amanhã, logo um jogador de risco futuro. Por outro lado, para efeitos de liquidez para contratar jogadores para o plantel da próxima temporada, o SLBenfica precisava de encaixar uma verba significativa rapidamente e a capacidade de negociação era baixa face à obcessão do jogador em só jogar naquele clube. Dito isto, mandatar alguem para gerir este processo é legìtimo (ainda que eu considere que o SLBenfica deveria de ter profissionais capazes de o fazer em situações estrategicas).

Seja la qual for a versão que escolham (dependerá de se gostam ou não de "bater" em Rui Costa, o que é facto é que por 55,1M€ líquidos + 25M potenciais... jamais qualquer clube se pode recusar, em Portugal, a vender seja que jogador for.

14 de junho de 2022

LFV numa tentativa desesperada de reescrever a história

Avatar
| 39 comentários

Absolutamente fantástico assistir a LFV na sua entrevista à CMTV reclamar para si dos louros da contratação de Darwin, segundo ele contra a opinião da grande maioria da Direção, como que comprovando-se assim a enorme sapiência em matéria de gestão desportiva do ex-presidente.

Tenho apenas pena que o entrevistador não tenha perguntado ao ex-Presidente se também se confirmou o seu olho de lince para o scouting quando previu que Carlos Vinícius bateria o record de transferências em Portugal e por quem, segundo ele, já teria recusado uma proposta de 60 milhões porque muito em breve valeria mais.

Obviamente, é uma excelente venda esta de Darwin mas, convenhamos, JÁ ERA TEMPO! Porque esta feliz contratação e venda de Darwin está bem loooonnngggeeee de ser representativa do que tem sido a miserável política desportiva do Benfica dos últimos 5 anos!

O que eu gostava é que tivessem perguntado ao ex-presidente, ex-diretor desportivo e ex-pai da formação do Benfica qual foi o último jogador CONTRATADO por si, que tenha sido valorizado DENTRO do Benfica e depois VENDIDO POR MAIS dinheiro do que aquele que custou.

E aqui meus amigos, eu sei que já lá vão uns bons anos mas eu dou uma ajuda: O último jogador CONTRATADO para a equipa A do Benfica, valorizado DENTRO do Benfica e vendido com lucro chama-se Gaitan e foi vendido na longínqua época 2016/2017.

Alguns talvez queiram considerar a época 2017/2018, quando se venderam Ederson e Lindelof, embora considere eu que estes dois se enquadram mais nas vendas de jogadores que vieram da formação do Benfica, à semelhança de outros nomes que também de lá vieram.

E depois destes, há apenas dois nomes vendidos por mais do que custaram, Talisca e Jimenez, embora tenham saído do Benfica dispensados, emprestados e desvalorizados, e se tenham valorizado depois já fora do Benfica nos seus anos de empréstimo ao Besiktas e ao Wolves. Não foi pois no Benfica que se valorizaram!

Ou seja, desde 2016/2017, e depois de um camião de euros investidos por LFV em nomes sonantes como Zivkovic, Cervi, Rafa, Carrilho, Ola John, Seferovic, Krovinovic, Gabriel, Castilho, Conti, Chiquinho, Vlachodimos, Lema, Alfa Semedo, Ferreyra, Weigl, RDT, Vinicius, Everton, Pedrinho, Waldschmidt, Gilberto, Ottamendi, Vertoghen, Yaremchuk, Meité, João Mário, Gil Dias, Lázaro ou Radjonic, quantos destes o Benfica valorizou até hoje? Resposta: ZERO!

Alguém lembrou a LFV este “record” negativo? Claro que não! Importa sim colher os louros da contratação de Darwin, uma das raríssimas boas contratações dentro de um saco com 50 nomes pelo menos! E ignorar tudo o resto!

Obviamente, valorizaram-se e venderam-se outros nomes nestes últimos 6 anos (com grande mérito de LFV diga-se), mas todos da formação do Benfica. Porque em matéria de contratações, o saldo é um desastre completo e explica MUITO do descalabro desportivo do Benfica dos últimos anos!

Mas mais fantástico ainda foi ouvir depois LFV dizer que se opôs ao investimento de 100 milhões em jogadores quando contratou Jorge Jesus! Isto dito pela mesma pessoa que ANTES de JJ chegar já tinha gasto 75 milhões de euros em Weigl, Vinicius, RDT e Pedrinho! Ou seja, depois de gastar 75 milhões, contratou um treinador conhecido por apostar na formação (ironia aqui), e era apologista do não investimento e de ir à luta (por exclusão de partes aqui) com miúdos da formação, exatamente a mesma política com que o novo treinador não concordava e que levara à sua saída 5 anos antes! Fantástico!  

E o entrevistador contrapôs o ex-presidente com a verdade?! O entrevistador fez ver ao ex-presidente que a urgência da contratação de JJ (para ganhar rápido como disse) aconteceu precisamente porque a política desportiva do Benfica estava a levar o Benfica para o limbo a nível nacional e mais ainda a nível europeu? O ex-presidente esqueceu-se da segunda volta miserável do último ano de Bruno Lage, dos 5-0 do Basileia ou dos zero pontos da Champions onde até Svillares, Nuno Tavares, David Tavares, Tomás Tavares e Diogo Gonçalves tiveram lugar no 11 titular?

Diz LFV que contratou JJ porque precisava de ganhar rápido! Mas era com a formação que se ganha rápido? É preciso lembrar que desde 2018/2019, em 4 épocas portanto, saíram da formação para a equipa A do Benfica nomes como João Félix, Florentino, Diogo Gonçalves, Ferro, Gedson, Jota, Nuno Tavares, Zlobin, Tomás Tavares, David Tavares, Gonçalo Ramos, Paulo Bernardo e Morato, e que apenas João Félix pegou de estaca e fez de facto a diferença até agora?

Se há coisa que a história recente do Benfica mostra é que nem tudo o que sai da formação é ouro e que boas colheitas não aparecem todos os anos! E também mostra que só a formação não chega e que não há vitórias sem uma política de contratações que acrescente ao plantel a qualidade que nos últimos anos tem faltado apesar de tanto milhão investido!

Era esta a verdade com que LFV devia ter sido confrontado. O que eu gostava era que tivessem perguntado a LFV se 3 épocas com 0 títulos conquistados, logo nos anos em que o dinheiro investido pelo Benfica foi muitíssimo mais do que a concorrência, não é prova mais do que suficiente da incompetência de quem mandava e de que a política desportiva do Benfica não era o conto de fadas que LFV tentava fazer crer que era!

O grande responsável do desastre desportivo do Benfica nestes últimos nomes chama-se LFV, ou há alguém que ainda tenha dúvidas disso? Quer agora reescrever a história? Só mesmo na mente dos mais esquecidos!

13 de junho de 2022

A venda de Darwin OFICIALIZADA. Uma oportunidade para Rui Costa mostrar Transparência!

Avatar
| 44 comentários

Segundo o Comunicado à CMVM, o SLBenfica acaba de vender Darwin Nuñez ao Liverpool por 75M€ + 25M€. Com esta venda potencial de 100M€, o SLBenfica eleva para dois os jogadores transaccionados na fasquia dos 100M€ ou superior... e lidera o Top3 das vendas mais caras da história do futebol português: João Felix, Darwin Nuñez e Ruben Dias - curiosamente dois são da formação.

Esta é, contudo, a primeira grande venda de Rui Costa.

Muitos dirão que para um jogador tão diferenciado, é um mau negocio. Isso mesmo quis Luis Filipe Vieira que todos pensassem quando referiu - ele que nunca vendeu um jogador pela clausula - que se fosse ele o Darwin não saia por menos de 150M€ - a dita clasula de rescisão.

Era um dado adquirido que o Darwin ia sair do SLBenfica. Só os benfiquistas mais românticos acham que é possível segurar um jogador com o potencial desportivo do Darwin. Antes de pensarem nisso, lembrem-se que temos das Ligas mais corruptas e humilhantes da Europa, somos um país que não pode pagar grandes ordenados e que os jogadores precisam pensar no seu futuro.

Facto: Qualquer proposta acima dos 45M/50M em Portugal é aceite porque qualquer dos três grandes... a unica forma de não ser aceite é quando o Clube sabe que, a muito curto prazo, haverá outras propostas mais significativas ou semelhantes.

Contexto: Os benfiquistas acham que o SLBenfica é o Rei do Mercado! Acham sempre que colocamos qualquer excedentário (e já agora que nos pagam bem por isso) e que vendemos quando e pelos valores que queremos. Sejamos objetivos: Um jogador vale o que os clubes pagarem por ele... e o facto de vir da Liga Portuguesa (triste e vergonhosa como é) desvaloriza logo imenso... ao que há que adicionar a desvalorização da falta de interesse dos jogadores em cá ficarem e a falta de dinheiro que têm os clubes.

Os benfiquistas sabem tudo isto... mas parece que vivemos numa bolha onde achamos que se falarmos baixinho os agentes desportivos do mundo inteiro não sabem disso... 

Dito isto, obviamente que vender um jogador por 75M+25M€ é um negócio fantástico e só mesmo a inveja ou falta de noção pode considerar o contrário. O Darwin há muito que disse que não queria ficar aqui, precisamente porque sabe que tem voos mais altos à sua espera... e sabia perfeitamente (e fez bem) que a melhor escolha para ele é o Liverpool (ainda melhor que a opção que ele também gostou do PSG).

Agora vamos ao que interessa: A compra do Darwin foi envolta em vários mistérios e suspeitas. Desde a amizade do dono do Almeria com o Jorge Jesus que levaram à inflacção do jogador de 15 para 24M€ em menos de duas semanas... passando por uma comissão de 10% a Paulo Gonçalves imposta pelo Luis Filipe Vieira depois de Rui Costa ter fechado o negocio por 24 + 0,5 de comissão para o então agente do jogador.

Se há caso que cheira a "dinheiro para todos" numa trasnferência... este foi um deles. Ao que parece o Almeria ainda tería reservado 10% da mais valia (até um limite de 10M de receita)... ou seja, com uma venda assim, o Darwin vale mais 5,1M€ ao Almeria... para um total de quase 30M de receita.

Rui Costa tem, nesta transferência, a oportunidade de demonstrar que o SLBenfica agora é um clube diferente e sem nada a esconder. Goste-se ou não dos negócios que se fazem... serão o que serão e não há que esconder:

Um elemento que considero impensável: Comissão ao agente (seja ele/eles quem fore(m).
- Num jogador que definiu sair, que tem um mercado tremendo entre os maiores clubes da Europa, com cotação em alta... não faz qualquer sentido o SLBenfica mandatar um empresário para se encarregar da venda. Espero e desejo que não tenha sido o caso. Aceito as comissões de venda para jogadores que queremos vender ou queremos fazer aumentar o valor da venda... quando o jogador tem mercado e clubes dispostos a pagar, não faz sentido.
Neste caso o que faz sentido é que esse encargo seja do Liverpool e não do SLBenfica.

Um dado que me parece fundamental: Quem paga os custos de formação.
- É outro dado importante, na medida em que serão ainda uns quantos milhões a ter em conta (salvo erro uns 4M€), saber se será o SLBenfica a pagar esses custos.

Em objectivos estão 25M€ que o SLBenfica terá a receber. Nesse sentido, sería também importante conhecer os objectivos que vão permitir conseguir essa receita adicional.

Por fim, por um contexto de liquidez, porque as receitas pós pandemia ainda estão abaixo do nivel anterior, é fundamental entender se os 75M€ vão entrar a pronto ou por tranches.

Tem a palavra o Presidente, se quer que os benfiquistas não achem que esta transferência vai padecer do mesmo problema que a do João Felix onde eram 126... mas depois foi preciso deduzir 6M em custos de antecipação, já foram 120M, dos quais 12M eram do Mendes... chegando de 126 a um "valor liquido" de 108M - e sabe Deus se isso entrou tudo nas contas do Benfica.

8 de junho de 2022

Os últimos 20 anos de SL Benfica explicados numa frase de Luís Filipe Vieira

Avatar
| 74 comentários
"O presidente do FC Porto pode ser inimigo do Benfica, mas meu não é." - Luís Filipe Vieira.

Durante anos denunciamos isto no NGB.

O apoio incondicional a Fernando Gomes, o deixar enterrar o processo Apito Dourado na justiça desportiva, a salvação do FC Porto nos anos em que financeiramente não irem à Champions significaria entrarem em incumprimento, o destruir a equipa enchendo-a de jogadores de segunda categoria...

Tudo isto explicado nesta resposta de Luís Filipe Vieira.

7 de junho de 2022

Luís Filipe Vieira: o José Sócrates do SL Benfica

Avatar
| 86 comentários
Vale e Azevedo ao pé deste senhor é um homem sério.

Alguém que deixou um calote de mais de 600 milhões de euros vir invocar credibilidade é notável. Só está ao alcance de um mitómano.

Depois de se ter apresentado em 2020 com Rui Costa ao lado vir dizer que afinal o ex jogador trabalhava pouco é extraordinário. Então não era o teu sucessor, oh ventoinha?
(Lembram-se quando escrevia no NGB sobre Rui Costa e o seu emprego de escritório? Ah pois é...)

Mas o carácter de Luís Filipe Vieira resume-se ao que fez à imagem de Eusébio da Silva Ferreira.

Eusébio já era o Rei aos olhos dos Benfiquistas. Não foi Vieira que lhe deu nada.
Relembro que foi a presença de Eusébio que deu a vitória a Vilarinho em 2001 (juntamente com a promessa da contratação de Jardel).

Nessa altura Vieira ainda andava a servir de acessório a Pinto da Costa no Alverca.

Em resumo, se ainda assim continuam a acreditar num vigarista como este... Não têm salvação.


3 de junho de 2022

Ricardo Horta: pagar sardinha a preço de lagosta

Avatar
| 77 comentários

 Não confundam as coisas.

O Ricardo Horta é bom jogador, é benfiquista e poderia ser um jogador de banco no SL Benfica.

Mas dar não sei quantos milhões por ele é roubar o SL Benfica e dar um prémio ao SC Braga.

E já chega de financiarmos o SC Braga para depois o clube do Salvador andar a alinhar com o FC Porto.

É chegada a altura de cortar com todos os que não lutam pela limpeza do nosso futebol.

Ricardo Horta não é nenhum craque. Muito menos uma ás de trunfo para uma equipa que se quer forte na Champions.

Por isso, se realmente a contratação do Ricardo avançar pelos milhões que Jorge Mendes quer, o negócio terá que ser muito bem explicadinho.

Muito mesmo.

Ricardo Horta não é nenhuma lagosta. Já chegou pagar aquela fortuna pelo Rafa.

2 de junho de 2022

Atualidade SL Benfica

Avatar
| 26 comentários

Treinador:

O nosso novo treinador chegou, fez as aparições para a imprensa que tinha de fazer…e desapareceu dos holofotes. Um bom começo, diria eu.

Melhor ainda será se escolher ter uma equipa técnica apenas com gente da sua confiança total.

Pietra já está a caminho dos 70 anos e sinceramente, tirando Diamantino, não vejo outro que gostasse que ali estivesse.

Contratações:

Ainda não é claro o caminho das contratações para 2022/2023.

Mas pelo menos, vê-se uma série de vedetas que se achavam intocáveis no SL Benfica já preocupadas em mandar recados para a imprensa com medo de serem dispensados.

Vassourada…!

Modalidades:

Alguém dizia que as modalidades de maior sucesso entre os adeptos são as em que o FC Porto não está presente, pois assim não estão sujeitos a jogos manipulados.

Infelizmente, nem no SL Benfica há gente com vontade de isolar o FC Porto. E era tão fácil…

Auditoria:

A auto intitulada “oposição” passa os dias a chorar por uma auditoria. Parece que querem descobrir o que nunca questionaram antes de 2020 ou revelar o que nem a PJ ou os ladrões de mails encontraram.

Seja como for, sou a favor de uma auditoria total.

Por exemplo, uma que revele o NIF de todas as empresas/empresários que realizaram contratos com o SL Benfica clube ou com a SLB SAD nos últimos 10 anos.

Prestação de serviços, fornecimento de material, organização de eventos…tudo.

Assim sim, veremos se a “oposição” também apoia esta divulgação massiva.

Será também interessante que Vieira revele na sua próxima entrevista à CMTV quem da “oposição” o procurou a pedir trabalho/cargos no SL Benfica.

ranking