O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

31 de janeiro de 2022

Dia 31 de Janeiro

Avatar
| 104 comentários

Dia 31 de Janeiro.

Último dia de mercado de transferências.

Até agora, a intervenção do SL Benfica quanto ao reforço do plantel está ao nível da sua qualidade de gestão: medíocre. Zero.

Mesmo depois de mais uma humilhante derrota contra um Sporting que está claramente em órbita descendente em termos de exibições, nada parece mexer com a Administração da SAD do SL Benfica.

Os únicos temas que merecem o empenho da Administração da SAD do SL Benfica:

1) Alienar os direitos televisivos futuros a um preço qualquer para uma centralização cujo único objectivo é salvar o FC Porto da falência e da exclusão das provas europeias

2) Meter o SL Benfica num projecto imobiliário megalómano, cujos verdadeiros interesses serão expostos oportunamente

3) Passar ao lado de todas as investigações aos últimos 6 anos de gestão financeira da SAD, contribuindo assim para a protecção de Vieira e daqueles que com ele desgraçaram o SL Benfica

4) Manter o silêncio quanto às arbitragens e à FPF, participando na palhaçada que é pedir contas à LPFP quando toda a gestão do futebol português está na FPF de Fernando Gomes e Tiago Craveiro

5) Degradar o SL Benfica ao máximo para justificarem a venda da maioria da SAD num futuro próximo, com a cenourinha de que “seremos grandes novamente”

Mas na verdade, os benfiquistas na sua maioria merecem tudo isto.

Foram alertados quando ainda havia muito para salvar. Mesmo quando caíram no erro de votar Vieira em 2020, continuaram a ser avisados que as coisas iriam ficar piores.

Mesmo depois de elegerem Rui Costa de forma esmagadora, continuaram a ser avisados que o SL Benfica precisa de mais e melhor e que as coisas continuariam em trajectória descendente.

Por isso, não é de estranhar que apenas meia dúzia de benfiquistas tenha apupado Vieira no sábado. Não é surpresa que Vieira ainda goze com isto tudo.

Aliás, perguntem a Rui Costa se faz ideia quantas pessoas na SAD do clube falam com Vieira. E quantas vezes o fazem.

Perguntem a Domingos Soares de Oliveira se sabe alguma coisa sobre pagamentos por fora de hotéis ou porque o SL Benfica ficava sempre nos mesmos hotéis mesmo que para isso tivesse que se deslocar varias dezenas de kms antes de um jogo.

Perguntem a Miguel Moreira se sabe alguma coisa sobre a substituição da Prosegur como empresa principal de segurança do SL Benfica no Seixal e na Luz.

Ou questionem-se sobre quem, como e porquê mandava despesas de familiares para a SAD do SL Benfica pagar.

Perguntem o porquê de Rui Costa não se perguntar a razão de contratarmos jogadores que não vestiam a camisola uma única vez.

A maioria dos benfiquistas hoje rasga as vestes, chora barba e ranho, grita de desespero, chama chulos a todos os que lá estão, e aplaude cada escuta que devassa a vida interna do SL Benfica.

Mas essa mesma maioria foi aquela que elegeu Damásio, Vale e Azevedo, que votou 20 anos em Vieira

Foram aqueles que esqueceram os 13 anos de silêncio de Rui Costa a troco de um salário milionário na SAD.

É a mesma que achava que Rui Gomes da Silva atacava o SL Benfica quando sacrificava a sua imagem pública avisando sobre quem era Vieira, o que estava a fazer e a preparar para o futuro.

É a mesma que quando Rui Gomes da Silva avisou que teríamos eleições no espaço de um ano, achava que o sócio 1812 do SL Benfica estava era ressabiado com o seu resultado fraco nas eleições de 2020.

É a mesma que quando Rui Gomes da Silva avisou que consigo a presidente a Administração da SAD seria toda substituída, que não teríamos não-benfiquistas em cargos de gestão e que Jorge Jesus só ficaria a treinar se aceitasse as regras da nova gestão do clube, achou que o sócio 1812 do SL Benfica estava a exagerar.

Aliás, os elogios foram para Noronha Lopes, o tipo que durante 20 anos cagou para o SL Benfica, que foi a 2 ou 3 jogos durante esse período de 20 anos, e que as primeiras coisas que fez quando se assumiu como candidato foi reunir com Vieira em privado, reunir com os representantes de Jorge Mendes em conjunto com vices de Vieira numa almoçarada, e para culminar tudo isto, mentiu aos benfiquistas em directo quando disse que o seu orçamento de campanha eram 90 e tal mil euros

Talvez um dia queiram contar quanto custou a rouloute das bifanas ou se a empresa de comunicação que fez a campanha trabalhou à borla…

Em suma, os benfiquistas na sua maioria são aqueles gajos que sabem que andam ladrões na zona mas deixam as portas destrancadas.

Nada de bom se avizinha.

E olhando para o horizonte benfiquista, é difícil vislumbrar quem esteja disponível para batalhar pelo SL Benfica.

Para lutar por reformas no futebol português, que retire o poder às AF Porto e AF Braga, que exija um novo Conselho de Arbitragem sem Fontelas ou Paulo Costa, que recuse assinar qualquer acordo de centralização de direitos televisivos que retire valor ao SL Benfica para inflacionar os valores pagos ao FC Porto ou o SC Braga.

Precisamos de alguém independente, que não precise de vender a alma para ter apoios e suporte financeiro, que venha com um projecto e uma ideia e não que seja mais uma cara escolhida pelo sistema para manter tudo como está.

Dia 31 de Janeiro.

Tudo isto está tão longe…

29 de janeiro de 2022

Falta tudo...

Avatar
| 116 comentários

Falta qualidade no futebol...

Falta garra, determinação e entrega aos jogadores

Falta capacidade de luta e de impor uma posição em campo

... e fora do campo, mais ainda.

Falta qualidade, muita qualidade

Falta liderança dentro e fora do campo

Falta vergonha e coragem

Falta espírito coletivo

Falta acima de tudo, Liderança!

Falta indignação na luta pelo que é nosso e nos é retirado em campo...

... Falta Benfica ao Benfica

Rui Costa não demonstra ser capaz de dar a volta à situação! Confirma o que aqui sempre dissemos dele: Não tem capacidade para ser Presidente e foi um erro (para ele e para o Benfica) ter ido a votos. Venham as próximas eleições e não pensem que me regozija dar a razão ao Rui Gomes da Silva. Preferia 1000x que ele estivesse redondamente enganado.

PS- Raramente vejo jogos do SportingCP - porque me recuso a ver uma equipa que entra em campo com a certeza que o árbitro está condicionado para decidir sempre por eles - mas hoje voltei a ver e a confirmar o que já se sabe: Interessa ao Pedro Proença um SportingCP na luta... e os árbitros estão instruidos para os manter na luta. A forma como GRITAM e PROTESTAM cada vez que lhes tocam e cada vez que lhes é assinalada uma falta... é de quem sabe que funciona e que, pior, ninguém os penaliza.

Hoje, se fosse contra o SLBenfica, o lance do Henrique Araujo com o Matheus Reis teria sido penalty. SIGA A BANDA!


Resultado natural quando se joga como equipa pequena frente a um adversário banal

Avatar
| 50 comentários

 

Podíamos ter ganho? Sim, podíamos, a jogar à Moreirense, na retranca como uma equipa pequena à procura da sorte num lance esporádico...

Mas no fim, o Benfica perdeu merecidamente, como o Moreirense normalmente perde a jogar desta maneira no estádio de uma equipa grande, mesmo em jogos em que por momentos até pareça ter tido o controlo do jogo...

Surpresa o resultado final? Só para os mais desatentos! Fartinho dessa conversa de que o Benfica tem o melhor plantel de Portugal! Façam-me um favor: Façam um só plantel com os planteis dos 3 grandes, e digam-me quantos jogadores do Benfica meteriam num onze: Eu meteria o Ottamendi e o Darwin, e mesmo assim acho que estou a ser generoso.

O Benfica tem de ser MUITO mais que isto.

SL Benfica - Sporting CP: Derby numa final? Fantástico!

Avatar
| 38 comentários

Há jogo que dê mais gosto ganhar que este? Não!

É o jogo rei do nosso futebol, uma rivalidade com mais de 100 anos! 

Que seja um grande jogo e que a vitória nos sorria!!!!

É isto!

Avatar
| 11 comentários

28 de janeiro de 2022

Falta Benfica ao Benfica! E é tão fácil fazer com que falte...

Avatar
| 41 comentários

Há uma frase que vem sendo repetida, pelo menos por mim e pelo Shadows foi aqui repetida várias vezes no NGB desde 2012 mais tardar: FALTA BENFICA AO BENFICA!

Luis Filipe Vieira não tinha Benfica! Era um negociante, como sempre aqui o caracterizámos. Não acho porém que quisesse mal ao SLBenfica... apenas não tinha as mesmas prioridades que nós e quando um negociante está à frente, perdem o foco no essencial e o superfulo ganha espaço... daí a tomarem-se atitudes erradas e que prejudicam a essência, vai um passinho.

Neste sentido, parece-me unânime que "Falta Benfica ao Benfica" e como ouvi houve numa intervenção na BenficaTV... falta desde a liderança (que é mais grave... porém que acho que facilmente essa parte irá melhorar com Rui Costa) até aos jogadores e demais funcionários.... mas também falta aos adeptos.

E foco-me hoje nos adeptos! Primeiro porque muito se tem falado nos demais e não haverá muito mais que acrescentar, mas acima de tudo porque entendo que os benfiquistas serão, porventura, o "povo" mais facil de orquestrar desde fora, em comparação com os adeptos de outros clubes.

O primeiro grande projecto de Pinto da Costa e de Jose Maria Pedroto foi precisamente criar uma cisão Norte / Sul sobre a qual os portistas se centrariam para defender o FCPorto como bastião dessa clivagem. Essa sempre foi a maior bandeira de Pinto da Costa: isolar o FCPorto de Portugal e mostrar aos seus adeptos que Portugal não quer o bem do FCPorto.

A partir dessa conquista, de fora (dos rivais e outros) podem vir os ataques que quiserem, que eles terão sempre nos seus adeptos uma linha de defesa densa e impenetrável. Ainda hoje é assim!

A segunda linha desta estratégia foi o controlo integral dos mecanismos de decisão e de acesso aos decisores no futebol português. Vejam as Associações mais poderosas, até à bem pouco tempo qual era o mecanismo e influencia que tinham nas decisões da FPF, arbitragem, etc.

A terceira linha de protecção eram os jogos de poder com o Sporting e Benfica. Primeiro com o "projecto Roquette" que desafiado pelo FCPorto visava repartir campeonatos entre os dois para secar o SLBenfica... com a queda do Roquette, praticamente ao mesmo tempo ascendeu Luis Filipe Vieira e, com ele, a Santa Aliança.

Como negociante, Vieira percebeu que "afundar" os rivais não lhe interessava. Por outro lado ter com que negociar com eles (titulos) sempre lhe daria uma vantagem e acima de tudo imunidade no panorama sujo de esquemas do futebol português.

Para os que acham que isto é tudo uma novidade... leiam o arquivo do blog. Recomendo as "colheitas" de 2012 a 2015.... sim, ainda que achem que os problemas começaram quando se abdicou do Penta... não, os problemas são muito anteriores.

O "saldo" no reinado de Vieira é de 11-7 para o FCPorto (jamais o Pinto da Costa negociaria de forma a ter menos titulos, sempre 30% acima) e ambos com ciclos consecutivos (o FCPorto com dois: um penta e um tri; o SLBenfica com um Tetra). Ainda que para qualquer benfiquista isto seja absurdamente pouco, visto assim, para o Vieira o facto de ser intercalado e de ir dando espaço a ambições futuras, era mais que suficiente.

Para o Pinto da Costa era perfeito... nos ciclos de Vieira e do Benfica ia arrumando a casa e o Benfica, como eles quis inicialmente com o Vieira, ia baixando a guarda. A dada altura, aparece outro artista convidado que Pinto da Costa vê nele a oportunidade perfeita para o usar um desejo comum: Atacarem e destruir um Benfica sem identidade e sem defesas... com um Vieira que entretanto já estava mais que "agarrado" pelos seus proprios negocios e amizades com o BES.

A partir desse momento, do famoso encontro no Altis (quartel general do FCPorto em Lisboa), propriedade de um ex-Presidente do Benfica), uniram esforços contra o Benfica acima de tudo... e de caminho para eliminar todos aqueles que no SLBenfica podiam fazer frente às suas estratégias.

... primeiro foi Paulo Gonçalves, depois Luis Filipe Vieira... e em breve irá Domingos Soares Oliveira (aposto que daqui a uns meses ainda veremos as suspeitas de cumplicidade a serem trazias pelo MP)... e o que era preciso para isso era apenas que Rui Costa o nomeasse Administrador para mais um mandato (algo que aconteceu esta semana) e que reforçasse a confiança nele.

Assim que com um ataque cerrado ao Benfica, com a exposição de todos a comunicação escrita (e agora telefónica) na rua, os dirigentes do SLBenfica ficam basicamente de pés e mão atadas. Não fazem ideia de que mais possa ser exposto... pois muita informação é trabalhada e truncada antes de ser exposta.

Porém, com as defesas baixas e com os adeptos sem qualquer militância em defesa do Clube... reparem que continuam a sair escutas, emails e mais histórias... sem qualquer demonstração que comprove que sequer são verdadeiras. O Record escreve "nas escutas ouve-se que..." e depois escrevem o que lhes apetecer (verdade ou não ninguem sabe).

Perante isto hoje em dia é o reboliço geral... tudo é motivo de crítica ao Clube, aos dirigentes, aos jogadores... os benfiquistas hoje em dia, depois deste histórico, pela sua ansiedade de saber coisas - habituaram-se a confiar mais no jornalismos avençado... do que no próprio Benfica.

Há dias todos criticavam o amadorismo do SLBenfica apenas porque um jornalista disse que o Ferro ia para o Estoril e só não foi porque o Benfica foi amador e já não tinha vagas para inscrever o jogador. Porém tanto o Estoril, como o Benfica, como o jogador desmentiram. Resultado? Continuam a acreditar no jornalista...

Isto é tudo o que se pode desejar para continuar a desferir ataques ao SLBenfica. Parecemos as vitimas de violência doméstica que apesar de apanhar "damos sempre a outra face". Somos assim com os que nos querem mal... damos sempre a outra face.

Sim, Falta (muito) Benfica ao Benfica! Mas é tão fácil fazer com que falte... e a culpa é apenas nossa, porque o permitimos durante anos e agora não queremos ver a situação em que nos metemos.

26 de janeiro de 2022

Sim Rui, podias ter sido para o Benfica aquilo que Eusébio foi há 22 anos atrás

Avatar
| 87 comentários

Sim, as escutas recentes vindas a público a uma cadência quase diária, a grande maioria delas sem nada para acrescentar ou diminuir a nenhum processo em termos jurídicos, prejudica muitíssimo o Benfica. Causa desgaste, entra seguramente no balneário, afecta a convivência diária entre pessoas, afasta seguramente qualquer interesse de grandes jogadores ou treinadores entrarem no circo que o Benfica é nesta altura.

Mas...

A mim, enquanto Benfiquista, o único interesse que tenho nas escutas é em perceber realmente o estado a que o Benfica chegou sob a liderança de LFV, e em como a grande maioria dos Benfiquistas foi realmente CEGA para tanta desta merda que foi feita bem debaixo dos nossos olhos.

O que fica desta bosta toda que tem vindo a lume é que não é difícil perceber hoje as razões pelas quais o Benfica tem ganho tão pouco...

PERDER NÃO É MAIS DO QUE A CONSEQUÊNCIA NATURAL DE TUDO AQUILO QUE TEMOS OUVIDO. PONTO!

Perdemos, porque afinal e como aqui dizemos há muiiiitttooooo tempo, o plano desportivo nunca foi o mais importante. Ganhar foi importante num certo período de tempo como forma de legitimação do poder, não mais do que isso.

E anda aqui um gajo a discutir o Jesus e o Pizzi e o Lage e o Zivkovic, quando tudo aquilo que se tem passado no plano desportivo mais não é do que a consequência lógica de uma Direção anterior que tomara ter tido para as matérias de gestão desportiva um terço do olho (ou interesse) que tinha para o cifrão e para o cimento!

Hoje sei que não estava louco logo no início quando anunciei que o Seixal seria uma fábrica de milhões mas que não serviria nunca como base  para o Benfica do futuro como nos estava a ser dito. Até Bruno Lage (de acordo com as escutas) percebeu isso. Ainda me lembro dos sonhos de tantos por aqui: ÍAMOS SER O BARCELONA DE PORTUGAL!

Hoje sabe-se a opinião que Bruno Lage e Jorge Jesus tinham dos plantéis que tinham ao seu dispor.

Hoje sabe-se a opinião que Bruno Lage e Jorge Jesus tinham de Weigl (a derrocada desportiva do Benfica começou no primeiro jogo em que foi titular, é preciso lembrar). Ficaram os treinadores reféns de um investimento de 20 milhões que teve de ser justificado (mesmo que com prejuízos desportivos evidentes), porque nunca mais o Benfica quis assumir o erro e investir num jogador que o pudesse substituir.

Hoje sabe-se o que Bruno Lage já há 3 anos atrás pensava de alguns “veteranos” do balneário... Veteranos esses que 3 anos depois ainda lá estão e foram a base da equipa de JJ (e agora de Veríssimo), porque não há outros.

E isto leva-me para o presente e futuro do Benfica e naturalmente para Rui Costa... Porque sou um homem dividido de facto em tudo o que penso e sinto...

Porque metade de mim diz-me que Rui Costa precisa de tempo antes de ser julgado...

Metade de mim percebe que o estado em que LFV deixou o Benfica no plano desportivo (que é o que me interessa) é tão mau, que seria criminoso julgar Rui Costa por aquilo que não conseguiu fazer em 3 ou 4 meses de Presidência!

Mas há também outra metade de mim que não perdoa a Rui Costa o facto de ter estado lá dentro nos últimos 13 anos, e ter deixado o Benfica chegar a este ponto absolutamente miserável a que chegámos...

Se eu percebo que no futebol como na política, às vezes é preciso ser contorcionista, engolir certos sapos e ser refém de alguns silêncios para poder ir trepando a escada do poder e chegar lá acima? Sem dúvida!

Mas não o Rui Costa foda-se! RUI COSTA JÁ ESTAVA LÀ EM CIMA NO DEGRAU MAIS ALTO DA ESCADA! Rui Costa já era um símbolo do Benfica bem antes de LFV ser conhecido entre nós!

Rui Costa era um homem rico, com a vida feita, que financeiramente não precisava do Benfica para nada.

Qualquer Benfiquista percebe que LFV precisou em certa altura bem mais de Rui Costa do que Rui Costa de LFV. Só o Rui não percebeu isso!

E a minha desilusão é tanta que anteontem mesmo ficámos a saber através de escutas o tempo que os experts do Benfica dedicaram a preparar LFV para a sua intervenção sobre a famosa OPA, o negócio do século para o Benfica segundo LFV... Entrevista preparada ao pormenor para que a mensagem passasse exatamente como tinha de passar sem qualquer tiro nos pés.

Uma equipa inteira a preparar o Presidente para o golpe... Só Rui Costa  e DSO não se aperceberam de nada!!

De Rui Costa, mesmo sobre a OPA, nem um ai nem um ui se ouviu até hoje! Como aliás da grande maioria dos sócios! Se dependesse deles, o Benfica como o conhecemos já era!

A verdade é que não fosse a justiça ter vindo em nosso auxílio, Rui Costa ainda lá estaria hoje como vice-presidente a assinar tudo de cruz enquanto o Benfica era “assaltado” todos os dias.

É possível perdoar-lhe isto?! Não, da minha parte não. Talvez se fosse outro mas não ao Rui! Não ao Rui meu ídolo de infância que teve tudo para ser para o Benfica aquilo que Eusébio foi há 22 anos atrás quando quase sozinho deu o golpe de misericórdia em Vale e Azevedo.

Sim Rui, tu podias ter sido esse homem... Ao invés deixaste-te usar e ser um mero bibelot a ganhar pó na secretária de LFV num dos períodos mais negros da história do Sport Lisboa e Benfica!

25 de janeiro de 2022

Pensei várias vezes se lançava post...

Avatar
| 94 comentários
...de lançamento do jogo.

Mas o feeling era mau.

E infelizmente o jogo comprova a miséria que é este SL Benfica.

Um Boavista desfalcado! Alguém tem explicação para isto?

Eusébio se visse isto choraria certamente... De tristeza pelo que fizeram ao nosso SL Benfica.

Sempre presente nos nossos corações

Avatar
| 20 comentários

23 de janeiro de 2022

«Penálti mudou o jogo, ficámos intranquilos»

Avatar
| 77 comentários

Eu nem quero imaginar o que se diria de um SLBenfica que permitisse uma reviravolta em casa porque... ficou intranquilo com um penalty.

Porém, como é o SportingCP terão sido as tais "dores de crescimento" típicas de quem leva 5 do Ajax (quem não se lembra das parangonas de jornais a falar em dores de crescimento depois de levarem 5 na Holanda)...

Em Portugal há memória curta e boa imprensa. Isso já ajudou Jesus, Vilas Boas, Mourinho, agora é o Amorim. Curiosamente, quando se sentam na sala de conferências de impresa como treinadores do SLBenfica, o que vende é tentar que eles escorreguem.

Ruben Amorim tem mérito com treinador. Sem duvida! Mas infelizmente para ele não tem 50% mérito que lhe atribuem. 

Há uns quantos jogos que a famosa "aposta na formação" começou a ficar pelo caminho e aquela "jogada" de lançar o Essugo ou o Nazinho vai ter que continuar a esperar por melhores dias em que saibam que o árbitro vai voltar a esquecer-se de uma expulsão, de um penalty ou de assinalar os lances que dão aquele empurrãozinho para a vitoria.

E porque falo nisto?

Gostaria de saber em que situação estaria o Sporting se, sem recuar muitos jogos (porque há muitos outros casos e o ano passado então era escandaloso), tivesse sido assinalado o penalty favorável ao Gil Vicente ainda com 0-0 e se o Paulinho tivesse sido expulso, como era devido, com o Portimonense com o Sporting a perder 1-0?

Possivelmente agora estariam com menos 9 pontos do que têm - ou seja em terceiro com apenas mais três pontos que o SCBraga.

21 de janeiro de 2022

Depois digam se é ou não assim...

Avatar
| 85 comentários

 Continua o circo de devassa da vida interna do SL Benfica.

Curioso que supostamente há uma investigação profunda aos negócios do FC Porto mas não há leaks de escutas cá para fora. ZERO. NADA.

Pior são os benfiquistas que continuam a chafurdar na devassa ao SL Benfica.

Vale tudo para chegar ao poder no SL Benfica. Nem que o tenham de destruir primeiro...

19 de janeiro de 2022

O Estado da Nação Benfiquista

Avatar
| 125 comentários

Estamos, na minha opinião, a passar o pior período da história do SL Benfica, talvez ao nível do que se passou na presidência de Manuel Damásio.

Sim, quer o que está a acontecer agora quer o que aconteceu nos tempos de Damásio supera em muito o que aconteceu nos tempos de Vale e Azevedo.

Estamos a assistir a um ataque cerrado do universo COFINA ao SL Benfica, infelizmente com o beneplácito de alguns benfiquistas sequiosos de holofotes ou de entrar no SL Benfica a qualquer preço.

Reparem que já se chegou ao ponto de revelarem conversas privadas em que não estão em causa crimes. Coisas do dia a dia, algumas banais ou normais numa organização grande, são expostas sem qualquer pudor.

A vida interna do SL Benfica está a ser devassada e a imagem do SL Benfica a ser amachucada de todas as formas.

Mas sabem o que mete mais nojo? É a corja de benfiquistas que se aproveita disto.

Os mesmos que até 2020 nada viam, nada sabiam e nada queriam ver ou saber.

Estas coisas não são de agora! A crise de benfiquismo não é de agora! O aproveitamento do clube para negócios pessoais não é de agora!

Sim, na realidade tirando as conversas privadas, nada disto é novo. Só que até 2020 ninguém queira saber e ai de quem levantasse qualquer suspeita. Lembram-se, seus parasitas? Pois nós não esquecemos.

Aliás, é curioso ver que há quem prefira chafurdar neste lamaçal atual que reconhecer sequer o papel que os poucos que tentaram alertar para o que se passava tiveram. E nesses como é óbvio destacamos o papel do NGB.

Denunciamos esta merda toda há quantos anos? Muitos. Até em programas de televisão nos atacavam dizendo que estávamos a fazer mal ao SL Benfica. Que falar de Vieira era atacar o SL Benfica.

Paineleiros na mão de Janela ou de Luis Bernardo que se esforçavam até para alimentar blogues de vieiristas, e a pagar! Mas no NGB resistimos a tudo, em nome do interesse do SL Benfica.

Mas hoje já nada disto está em causa. Vieira já foi detido, afastado do SL Benfica, e as autoridades têm na mão muita informação para apurarem a realidade.

Portanto, esta devassa da vida interna do SL Benfica só interessa a quem quer atacar o clube ou a quem quer entrar lá a qualquer preço.

Para o bem e para o mal, Rui Costa foi eleito de forma esmagadora.

A única razão para cair, caso continue a não existir qualquer prova que tivesse sido parte interessada nos negócios do SL Benfica, será a falta de resultados desportivos especialmente no futebol.

Ou a falta de defesa do SL Benfica face aos benefícios da arbitragem dados ao FC Porto como se tem visto nas últimas jornadas. Quem não serve para defender o SL Benfica não serve para lá estar.

Os benfiquistas tiveram 2 hipóteses nos últimos 2 anos para erradicar quem quisessem do clube e preferiram continuar com quem estava.

Sabemos muito bem onde isto vai parar.

Os benfiquistas, se estão realmente preocupados com o SL Benfica, devem:

- Recusar em Assembleia Geral a venda da maioria do capital da SAD a um investidor

- Recusar em Assembleia Geral que o SL Benfica assine qualquer acordo de Centralização de Direitos Televisivos que retire valor ao SL Benfica para financiar o FC Porto ou outros clubes.

- Aprovar em Assembleia Geral o impedimento de o SL Benfica apoiar qualquer candidato a órgãos da FPF ou da LPFP ligado ao FC Porto de Pinto da Costa

- Recusar qualquer alteração de Estatutos que limite a democracia no SL Benfica

- Recusar qualquer Operação Imobiliária envolvendo o Seixal ou o novo local para a Cidade Desportiva sem entrega antecipada ao PMAG de uma declaração por parte dos membros da Direcção e da Administração da SAD ao PMAG da SAD que enuncie que não são donos ou parte interessada em terrenos nas zonas envolvidas (e zonas circundantes), bem como seus familiares ou empresas em que sejam accionistas

Salvar o SL Benfica não é apoiar o ataque que a COFINA está a fazer ao SL Benfica.

Salvar o SL Benfica é ser exigente com quem lá está, e não vacilar na defesa dos interesses do SL Benfica.

17 de janeiro de 2022

Exclusivo: Rui Gomes da Silva fala aos benfiquistas

Avatar
| 160 comentários
"O Benfica precisa de todos nós, para ser salvo daqueles que o consideram um mealheiro para financiar o futebol português."


Imagem de: MG

BENFICA: DESORIENTADO, SEM RUMO E SEM FOCO

Escrevo hoje, não por causa do empate de sábado, mas pelas vitórias das próximas semanas.

Para que essas (que no Benfica sempre acontecem em grande maioria) não nos façam esquecer os caminhos para onde estão a levar o “nosso” Clube!

Os caminhos que quase todos - com exceção dos que me apoiaram em 2020 - consideravam ser os caminhos a seguir com as pessoas que sempre lá estiveram e apoiaram!

Os caminhos que eu vi e que todos os que por lá andavam - se não sabiam ou eram coniventes e/ou “sócios” - percebiam onde iam dar.

Ou tinham a obrigação de perceber!

Ou será que, assinando tudo, nunca questionaram ou sequer desconfiaram de nada? Será possível, em pleno século XXI, e numa das maiores empresas nacionais, que um administrador diga que assinava…sem saber que pagamentos estava a autorizar? Ele ou qualquer outro membro da Administração da SAD?

Mas escrevo - apesar de ter prometido a mim mesmo e à minha Família que ia fazer um ano sem intervir no Benfica … o que, nas minhas previsões, coincidirá com o culminar desta crise e a provável convocação de novas eleições - por dever de consciência!

Para não calar uma evidência que ficou bem patente na entrevista de Rui Costa, na semana passada, à Benfica TV.

A impreparação para o lugar é tão gritante que é penoso ver uma figura que, tendo sido brilhante e inspirador dentro das 4 linhas, fora delas é personagem vulgar e desinspiradora!

A dificuldade em exprimir uma ideia - numa entrevista combinada, preparada e ensaiada um sem número de vezes - é tão grande que até dei por mim a sentir vergonha alheia. E uma tristeza muito grande por ser por aqui que o Benfica - no seu todo - optou por ir.

Também - por isso - não nos devemos esquecer de quem, em 2020, apoiou Luís Filipe Vieira.

Ou quem, nessas mesmas eleições, o querendo tirar do lugar, achava que tudo à volta, desde o treinador até ao agora Presidente, eram para continuar. Incluindo Domingos Soares de Oliveira também.

Ou quem agora, quando ganhávamos a tangente aos medíocres deste mundo, se vangloriava de ter apoiado Rui Costa.

E nem sequer falo dos tristes que em cada momento dizem o que as “janelas” deste mundo lhes mostram como o caminho a seguir!

Falo de todos os outros!

O que nos reserva o futuro?

Uma Centralização de Direitos Televisivos feita à medida do FC Porto e em que o Benfica, principal fonte de receitas desse contrato, nada oporá a que lhe retirem valor.

Do que vimos um novo projecto de betão, com mais especulação imobiliária, com novas escutas e quiçá novos detidos daqui a uns anos.

Quando já não houver mais inquéritos, escutas e detenções para fazer entre os que foram coniventes com Vieira... estes escândalos diários que nos consomem como benfiquistas, só deixarão de afetar o Benfica quando se esgotarem essas responsabilidades e desaparecerem - de vez - esses responsáveis.

Ao mesmo tempo, o Benfica do novo projeto imobiliário não terá dinheiro e não faltará - de entre os novos gurus do novo Presidente - quem lhe dirá que o seu benfiquismo será a carapaça ideal para ir buscar, de novo, um qualquer Textor como “salvador”!

Pouco interessa quem faz comunicados bonitos a invocar benfiquismo ou faz cara de zangado para os jornais, quando cá fora representa os mesmos interesses abutres, e, pasme-se, partilha a mesma rede de amizades e visitas de casa que dominava Vieira.

E se o Seixal começou com Vale Azevedo - que a máquina de imagens, paga a peso de ouro, fez tudo para fazer desaparecer essa parte da nossa História, dando os louros a Vieira (que em determinado momento quis substituir Cosme Damião na nossa memória colectiva) - também aqui seremos surpreendidos com o novo mas tão impreparado e tão sem futuro Presidente do Benfica, a ser levado pelos que, então ao seu lado, negociavam com o americano para alienar o Benfica (ou o que restar das aventuras), fazendo de conta que essa ideia foi dele!

Enquanto eu tiver forças … vou lutar contra tudo isto!

Porque acredito no Benfica que os nossos Pais nos deixaram e com que sonhamos todos os dias!

Porque - já agora - estamos a trilhar um caminho que ou se inverte urgentemente regressando ao foco do Benfica - que é o futebol e as modalidades - ou inexoravelmente caminharemos para novas eleições num prazo infelizmente bem mais curto do que os Sócios imaginam.

Não se esqueçam porque eu não esqueço que o Benfica precisa de todos nós, para ser salvo daqueles que o consideram um mealheiro para financiar o futebol português.

16 de janeiro de 2022

Exclusivo: Entrevista a João Lobo

Avatar
| 59 comentários

1. Quem é o João Lobo e qual é a sua participação no dia-a-dia do associativismo no SLBenfica?

O João Lobo é um sócio do SL Benfica, com 41 anos de idade, apaixonado por tudo o que faz e em que os verdadeiros valores do SL Benfica têm um papel fundamental no dia a dia.

A participação no associativismo do clube vem desde cedo, e manifesta-se diariamente em casa, no trabalho e nos mais diversos círculos sociais, numa luta constante pelo bem do SL Benfica.

O SL Benfica é essa força motriz e um dos grandes responsáveis pela paixão que ponho em tudo o que faço.

2. Grande parte dos benfiquistas apoiou Vieira há um ano, quando já tudo indiciava a situação que agora conhecemos. O que levou acha que levou os benfiquistas a votarem ainda no ex-presidente?

O futebol é um fenómeno que tende a perpetuar dirigentes. Internamente (e provavelmente) porque os critérios democráticos são muito discutíveis. Externamente, o escrutínio é quase inexistente. Creio que as pessoas não têm a determinação suficiente face ao destino e por isso não têm coragem para alterar o caminho. Já dizia Miguel Torga:

É um fenómeno curioso: O país ergue-se indignado, moureja o dia inteiro indignado, come, bebe e diverte-se indignado, mas não passa disto.

Falta-lhe o romantismo cívico da agressão.

Somos, socialmente uma colectividade pacífica de revoltados.

3. Aceitaria fazer parte de uma lista/solução de governo para o SL Benfica que permitisse a continuação de Domingos Soares de Oliveira como principal decisor dos negócios do SL Benfica?

O Dr. Domingos faz parte de uma equipa de órgãos sociais de uma administração que não tem resultados à altura do SL Benfica que eu defendo, quer desportivos, quer financeiros, quer aparentemente éticos, em função da informação que dispomos e cujas decisões não se coadunam com os valores do SL Benfica.

O Dr. Domingos trata o SL Benfica apenas como uma marca e os sócios como clientes.

Está no Benfica, mas não é benfiquista - algo que até foi dito pelo próprio. E isso num clube é muito importante. Quando as coisas correm menos bem, nomeadamente a nível desportivo, quem não é verdadeiramente benfiquista não as sente como um benfiquista. 

Quando as coisas não correm bem, não estamos perante um dia menos eficiente na empresa. Estamos perante um mau resultado do SL Benfica, e isso não é recuperável. São as vitórias que criam a cultura de um clube como o SL Benfica. Não é apenas a marca. Não é a empresa. Não é o sócio entendido como cliente.

Este tema faz-me particularmente confusão. Quantos milhares e milhares de benfiquistas competentes temos? Contraceno com muitos com regularidade, pelo que jamais poderei entender a ausência de benfiquistas em órgãos de gestão e decisão. Falta muito Benfica ao Benfica.

Adicionalmente não me parece que os critérios de integração do Dr. Domingos no universo Benfica tenham tido em conta os seus conhecimentos do produto que é o futebol, e nos cargos que ocupa e ocupou, o domínio dessa temática ]e fundamental. Todos os seus eventuais conhecimentos do produto futebol, desportiva e financeiramente falando, foi o SL Benfica e as circunstâncias do cargo que ocupa que lhe deu, e não o contrário.

Para terminar, e avaliando o seu desempenho na gestão da SL Benfica SAD, não verifico que as suas supostas competências adquiridas se traduzam numa boa gestão.

Pegando por exemplo no passivo, por se tratar de um indicador económico sensível ao universo Benfica, não conseguimos estabelecer uma relação de causalidade entre um passivo elevado e a conquista de títulos.

Ao contrário de outros clubes que apostaram na competitividade das suas equipas com a consequente obtenção de títulos, mantendo passivos altos – cabendo a cada um a avaliação deste trade-off, no SL Benfica não verificamos essa correlação. A SL Benfica SAD tem em 2021 exactamente o mesmo passivo que tinha em 2011 (portanto há 10 anos atrás), e que ascendia a 380 milhões de euros, sem que possamos dizer que neste período o SL Benfica tenha sido hegemónico a nível desportivo. E tudo isto após as centenas de milhões que entraram na SAD, através de antecipações de receitas televisivas e alienações de atletas (delapidando irrecuperavelmente os plantéis), que como sabemos, foram vencer títulos para outros clubes.

4. Que balanço faz dos primeiros meses de Rui Costa Presidente? O que acha de Rui Costa ter apostado na continuidade sem gente mais jovem e com outras valências e preparação? Não estará ainda Vieira “dentro do SL Benfica”?

O João Lobo tem confiança em Rui Costa como solução de futuro para a liderança do SL Benfica? Porquê?

Rui Costa sente-se inseguro e procura apoio em pessoas da estrutura que conhecem o contexto, contexto esse que Rui Costa também devia conhecer, em função dos anos que ocupou o cargo de administrador para o futebol.

Sendo o futebol o principal negócio da Benfica SAD e estando Rui Costa como administrador há tantos anos, o trabalho que tem demonstrado é manifestamente fraco. Não isolo Rui Costa administrador para o futebol com o cargo de presidente que ocupa agora, face }a importância da posição já antes exercida.

Os insucessos destes anos todos, e mais grave ainda, as situações que conhecemos actualmente e que beliscam a instituição SL Benfica e que nada têm a ver com os valores do clube, sejam por acção ou omissão de Rui Costa, são a nota comum.

E se forem por omissão o caso é ainda mais grave, significando isso que no exercício das suas funções remuneradas, Rui Costa não actuava como se espera de um órgão social de uma administração.

O escrutínio da actividade do clube e da SAD é um dever de qualquer sócio ou acionista (como aliás está definidos nos estatutos), quanto mais de um órgão social que naturalmente tem responsabilidades acrescidas.

Quero ainda deixar um comentário sobre a comunicação do clube, que tem como objectivo propagandear e garantir a continuidade de quem está no poder. Esta é uma estratégia de há muitos anos, que infelizmente não mudou com Rui Costa e que tem diminuído a cultura de exigência dos benfiquistas - veja-se a mentira que é a suposta hegemonia do clube.

O que gastamos nesta falácia que é a comunicação do SL Benfica, que muitas vezes nos envergonha enquanto benfiquistas, era suficiente para termos equipas competitivas nas modalidades, por exemplo. Falo deste tema por ser responsabilidade do presidente.

A comunicação do SL Benfica devem ser as vitórias. Não há melhor comunicação que essa e só se conseguem vitórias fazendo mais e melhor do que os outros, e para isso é necessário investimento.

5. Já vamos a futebol, que todos gostam de falar, mas vamos falar de modalidades. Acompanha as modalidades do Clube, ou o João Lobo "é mais futebol"?

Dedico mais tempo ao futebol. As modalidades apenas acompanho com a regularidade possível. Não é alheio a este facto a falta de investimento que tem vindo a ser feito nas modalidades. A gestão e as respectivas decisões de quem dirige foram afastando os sócios, e não o contrário.

A pergunta que deve ser feita é porque e que as pessoas deixaram de ir? Quando o Benfica tinha atletas excepcionais e equipas fantásticas à altura do clube, fosse em que modalidade fosse, os pavilhões estavam cheios. Podíamos nem sempre ganhar, mas a probabilidade era muito grande, em função da competitividade que apresentávamos. E mesmo não ganhando, os sócios admiravam os atletas do clube por serem os melhores, e queriam ver os mesmos ao vivo, enchendo os pavilhões. É a cultura de vitória que nos dá isso. Ao invés, a ausência dessa cultura afasta as pessoas. Conforme referi acima, uma derrota do nosso clube não é a mesma coisa nem tem o mesmo impacto que um dia que corre menos bem numa empresa. Uma derrota é algo de irrecuperável, e a sua regularidade descaracteriza um clube vencedor.

6. Se pudesse dar três conselhos ao Rui Costa sobre as modalidades, o que lhe diria?

Apostar em 2 ou 3 modalidades com grande potencial de sucesso. Futsal, basquetebol e hóquei serão aquelas com que os sócios mais se identificam.

Apostar no desporto feminino para alcançar hegemonia incontestável a este nível.

Para a generalidade das modalidades, afectação de recursos e investimento com base em indicadores de desempenho e profissionalização que permitam estes desafios.

7. Qual a sua posição quanto às relações com o FC Porto? E com o Sporting CP?

São adversários. Penso que não devem existir quaisquer relações para além dessa, posição que será comum a todos os outros clubes. A grandeza de qualquer um deles entre si reside precisamente no facto de serem adversários.

8. Temos exposto aqui diariamente ao longo dos anos muitas situações onde a Liga liderada por Pedro Proença e a FPF liderada por Fernando Gomes tomam decisões claramente inclinadas para o lado do FC Porto e em que os interesses do SL Benfica saem sempre prejudicados. Temos o exemplo do caso lamentável do Estoril – FC Porto, que acabou por ser decisivo quanto ao título desse ano. Qual a sua opinião sobre isso?

Um SL Benfica forte não depende de lideranças exógenas. Mais importante que isso, um SL Benfica sério e credível não se mete nesses temas. Na sua grandeza imensurável, as pessoas e as gentes do SL Benfica só se devem focar na nossa realidade e nos nossos destinos.

Relativamente ao caso concreto descrito na questão, entendo não ser relevante para o sucesso do Benfica. O Benfica tem a obrigação de ser hegemónico mesmo com estas eventuais situações. Isto são praticas que podem interessar a outros clubes, nas não ao SL Benfica. Se, por exemplo, o Benfica tivesse ganho o jogo em casa a esse adversário nesse ano, teria sido campeão.

Mas tínhamos um presidente que nessa época desinvestiu na equipa principal e que, na véspera desse jogo importantíssimo, estava a anunciar aos sócios a antecipação da receita dos direitos televisivos e a iludi-los com reduções de passivo.

9. A renegociação dos direitos televisivos vai marcar os próximos anos. Qual a sua opinião? Seria mesmo necessário antecipar contratos que só terminam daqui a 6 ou 7 anos? O que acha que está por detrás da pressa em centralizar os Direitos Televisivos? Qual deveria ser a postura do SLBenfica? Deve o clube aceitar uma centralização que inflacione artificialmente as receitas dos adversários, retirando ao SL Benfica parte das suas receitas?

O Decreto está aprovado e, por princípio, não afasto essa possibilidade. Adversários com maior capacidade de investimento e teoricamente mais fortes, farão de um SL Benfica ganhador ainda mais forte. Os melhores campeonatos têm essa centralização, e não vejo que por via desta centralização os maiores clubes tenham deixado de ganhar internamente e quando competem na Europa do futebol.

No entanto é uma matéria que carece de um estudo rigoroso e independente, incluindo benchmarking com outras ligas onde essa prática é comum há vários anos, com visíveis melhorias de competitividade. Penso que o modelo da Premier League será o mais interessante para Portugal, modelo esse que distribui de forma equitativa os direitos internacionais e no caso dos direitos domésticos, 50% são distribuídos igualmente (sendo dos restantes 50%, 25% distribuídos por mérito desportivo e 25% por aparições na tv).

10. Na nossa perspectiva, sem a aposta no Digital é totalmente inviável que vá crescer o bolo dos direitos em Portugal, sem que isso gere nenhuma dependência ou subjugação a poderes externos aos clubes e ao futebol jogado. Não seria mais inteligente o Benfica fazer uma aposta com um gigante digital como fizeram a La Liga, o Real Madrid, a F1, etc e opor-se à Centralização?

Não tenho essa opinião. Devemos procurar uma solução que seja a melhor para todos. O SL Benfica tem essa responsabilidade clubística, mas também social. Apenas o aumento de competitividade interna pode projectar o SL Benfica para a dimensão europeia que eu idealizo. Acresce o facto de que, se estamos sempre a querer valorizar o futebol nacional, temos de o demonstrar.

11. Vamos à bola! A contratação de Jorge Jesus foi um erro?

Foi um erro antes mesmo de se confirmar, até porque todo o processo dinamitou o treinador cessante no decorrer desse campeonato. O senhor Jorge Jesus volta à órbita do SL Benfica em Dezembro de 2019, após vencer a Libertadores, e numa campanha execrável da comunicação social (permitida pelo SL Benfica) contra o então treinador do clube, que era o actual campeão. Não só era campeão, como à data desse renovado interesse no senhor Jorge Jesus liderava o campeonato com 7 pontos de avanço.

A partir desse momento, com a conivência da comunicação do próprio clube (que não defendeu o balneário e o respectivo treinador como devia), assistimos a um ataque à estabilidade que até então reinava quase diário em praticamente todas as conferências de imprensa, que conjuntamente com outros factores levaram à perda de um campeonato quase ganho na primeira volta.

É impensável ter contratado um treinador como o senhor Jorge Jesus, que teve o comportamento que teve para com o Benfica, seus sócios e colaboradores, enquanto treinava um clube adversário. Não são esses os valores das pessoas que queremos no SL Benfica, e os resultados foram os que vimos, mesmo com a atribuição de recursos financeiros e condições que não haviam sido dadas a outros treinadores.

O SL Benfica não pode equacionar ter nos seus quadros adeptos ou simpatizantes de clubes adversários.

12. Tem algum nome ou nomes em mente que gostaria (de forma realista) de ver treinar o SL Benfica num futuro próximo? Que tipo de treinador um João Lobo presidente do SL Benfica quereria no banco?

Não pensei em situações hipotéticas para esta temporada, que cedo correu mal. Acho que qualquer treinador tem a obrigação de vencer títulos no SL Benfica, sendo que os desafios têm de ser partilhados com a gestão e a estrutura. Com a actual, será muito difícil e continuaremos a assistir a maus desempenhos desportivos no futebol.

O SL Benfica é um projecto interessante para treinadores de topo e não será difícil assegurar este recurso. Para além de ter de ter provas dadas a nível técnico, tem de ter cultura de vitória e identidade com os valores do SL Benfica.

13. Muito se tem falado nos jogadores emprestados. O que acha de as equipas emprestarem jogadores a clubes da mesma divisão? Deveria haver um tecto limite para jogadores emprestados, não importa a divisão? Acha que o Benfica deveria resgatar algum dos atuais jogadores emprestados? Alguém que lhe salte à vista?

Não faz sentido qualquer sentido a existência de empréstimos a clubes que competem na mesma liga, sendo que para outras ligas não vejo qualquer problema.

A inclusão de jogadores emprestados no actual plantel é da responsabilidade da equipa técnica, mas não creio que seja isso que falte ao plantel.

14. Há quem defenda a "limpeza" do plantel de jogadores acomodados e sem chama. Acha que o SL Benfica precisa de uma revolução no plantel, para iniciar um novo ciclo vitorioso sem vícios (e lealdades) do passado recente?

Não acho. O que o SL Benfica precisa é de uma liderança credível e competente ao mais alto nível. É à Direcção e aos respectivos Órgãos Sociais que compete incutir os valores que devem prevalecer, extensíveis ao plantel. Em resultado desta actuação criteriosa e exigível à Direcção, o plantel tem de ser definido tendo em vista os mais altos interesses do SL Benfica, e não quaisquer outros, como são exemplo os negócios que temos vindo a assistir na trade em que se transformou a Benfica SAD.

O SL Benfica tem muitos jogadores que são benfiquistas e que não procuraram sair. Dou-lhe o exemplo de Ruben Dias. Não há valor de transferência que pague um craque que no ano em que chega ao melhor campeonato do mundo é eleito jogador do ano. Para além disto, que não é pouco, o que é que o exemplo do Rúben tem a mais que os outros? É benfiquista até aos ossos. Capitão desde sempre, atitude diária que personifica os valores e a cultura benfiquista. É esse benfiquismo que o faz transcender e ser melhor do que os outros.

Olhando para o actual plantel e para estrutura de futebol que iniciou esta época, ee com tristeza que concluo que, também no plantel, falte muito Benfica ao SL Benfica.

15. Vamos terminar com três perguntas muito claras e sem rodeios: Quer ser Presidente do SL Benfica? Pensa candidatar-se no futuro?

Estarei sempre disponível para contribuir no que puder para o SL Benfica. Tento estar sempre na frente da luta caso haja essa necessidade, e com o panorama actual isso não será diferente.

16. Qual a sua opinião sobre os candidatos e seus projectos: A) João Noronha Lopes B) Rui Gomes da Silva

Foram candidatos recentes e ambos têm o meu respeito por se terem dedicado a uma luta tao nobre, com o investimento pessoal que isso acarreta.

17. Acha que Luis Filipe Vieira estará, como se diz, a preparar o regresso assim que a justiça o permitir?

Pode estar a preparar o que quiser. É um cenário que não tem cabimento para qualquer sócio que defenda os valores do SL Benfica.

18. Que mensagem gostaria de passar aos benfiquistas?

A força do SL Benfica são os sócios. São eles o princípio e o fim de tudo o que respeita ao SL Benfica.

A sua participação na vida activa do clube é fundamental e engrandece o clube diariamente. Não podemos apenas agir em estado de necessidade e em momentos de crise.

Na medida e na realidade e possibilidades das vidas de cada um, temos de dar tudo pelo nosso clube. Acima de qualquer razão ou emoção está o interesse maior e comum, que é o sucesso do nosso clube.

Viva o Sport Lisboa e Benfica!

15 de janeiro de 2022

Não sei o que é pior:

Avatar
| 96 comentários
A mediocridade do plantel do SL Benfica, que não consegue vencer um jogo a um Moreirense...

Ou aqueles que se dizem Benfiquistas mas que torcem para que tudo corra mal. 
Os heróis do Twitter são do pior que há.  

Jardel e a teoria dos Campeonatos oferecidos a quem dá jeito

Avatar
| 52 comentários

«Em 2002, tive uma overdose e fiquei sete dias acordado, usando cocaína. Para vocês que me estão a ver, isso não é exemplo nenhum. Contratei mulheres, fiquei naquela vida achando que não ia acontecer nada comigo, que estava tudo bem» Mario Jardel no Big Brother

Isto foi na época 2002/2003, que venceu o FCPorto e o SportingCP (mergulhado nos problemas que sairam a publico nessa altura) ficou a mais de 20 pontos.

O jogador que no início dessa época (portanto após o titulo do SportingCP em 2001/2002) estava já imerso, infelizmente, em tremendos problemas de droga, tem tido a coragem de alertar os jovens para a sua situação.

Porém a questão que devemos retirar daqui é: então mas em 2001/2002, com Jardel a jogar sob o efeito da cocaina - como referiu já no programa - os controlos antidoping nunca detectaram? Que não detectassem até 1999 em plena altura quente do Apito Dourado e controlo total pelo FCPorto é facil de entender... 

... porém a forma como o SportingCP foi "levado ao colo pelas arbitragens" nesse ano e, pelos que conta o Jardel, também pelas instituições encarregues dos controlos antidoping, só vem demonstrar o que aqui vimos dizendo há muitos anos e que os benfiquistas teima em ignorar:

Em Portugal, o vencedor da Liga é quem os poderes instituidos da FPF e da Liga quiserem que seja ou, melhor dito, precisem que seja. Nessa altura, como agora, foi preciso fingir que o FCPorto não tinha o controlo e dominio da Liga e FPF (como todos sabemos: Tinha e tem) e depois de um penta foi necessário deixar ganhar outros: Boavista (de Paulo Gonçalves) e duas vezes o SportingCP enquanto o FCPorto se reorganizava e preparava para mais seis campeonatos em sete anos (apenas interrompidos por aquele campeonato surreal do Trapattoni no ano do Del Neri no FCPorto

Assim que quando quisermos que o SLBenfica ou qualquer outro clube ganhe campeonatos em campo... antes temos que correr com esta corja toda que domina o futebol em Portugal

14 de janeiro de 2022

Existem os que são populares, e aqueles que não o sendo são quem melhor dorme nesta altura

Avatar
| 43 comentários

A malta que não se esqueça que para o bem ou para o mal, somos nós quem tem colocado esta gente à frente dos destinos do Benfica... E que não adianta um gajo vir aqui criticar quem quer que seja num momento em que o clube lidere o campeonato... Tal como não adianta enaltecer algo que até esteja a ser bem feito num momento em que o Benfica esteja numa série negativa de resultados...

A manada não funciona assim porque a manada pensa e anda a reboque das emoções com que abandona o estádio no fim de cada jogo dependendo do resultado final. No futebol, na mesma semana pode ser-se ótimo, uma merda e voltar a ser ótimo 3 dias depois, e é esse o perigo.

Mas a manada que não esqueça que para os alpinistas sociais que chegam às Direções dos clubes e se perpetuam por lá (eleitos por todos nós, volto a repetir), e para mais quando esses alpinistas nunca tiveram nenhuma ligação umbilical ao clube que se conheça (há até quem jure que em miúdos torciam por outras cores), as vitórias só servem para legitimar as trafulhices que farão de seguida bem debaixo dos nossos narizes inebriados pela valente bebedeira que apanhámos no Marquês numa noite de festa rija e orgulho clubista!

Mas para os alpinistas, não são as vitórias desportivas que os movem, não são as taças no museu que os fazem acordar todos os dias. Nunca foram... As vitórias desportivas são apenas a cortina de fumo, a cenoura que se dá aos tolos para os manter minimamente saciados para que por trás se possa ir cumprindo o verdadeiro propósito de vida e a razão pela qual ocupam os cargos que ocupam.

Foi a seguir a uma grande vitória que meia dúzia de sócios votaram na aberração de só permitir que pessoas com um mínimo de 25 anos como sócios efetivos pudessem ser Presidentes (significando que alguém que seja sócio desde o dia em que nasceu, só aos 43 anos poderia concorrer à Presidência do Benfica!!!!), ou já se esqueceram? Tudo porque o fantasma Vale e Azevedo estava ali ao virar da esquina paaaraa noooosssss comeeeeeeeeeerr novaaameeeeenteeeeee, lembram-se?!

Foi a CMVM que impediu que o golpe da OPA de Luís Filipe Vieira fosse adiante, ou já se esqueceram também? Se a OPA dependesse dos sócios, o golpe tinha sido feito e aplaudido de pé, bem à frente dos nossos olhos, tudo em nome dos superiores interesses do Sport Lisboa e Benfica!!

A malta acreditava realmente que o homem estava no Benfica há 20 anos sem ganhar um euro (como o próprio ainda há pouco tempo disse numa entrevista televisiva enquanto os violinos tocavam ao fundo)?

A malta acreditava que o homem que transformou as pedras da calçada (palavras do próprio) num império de milhões, andava há 20 anos a distribuir dinheiro a rodos por jogadores, clubes, treinadores, gestores, empresários, advogados, cartilheiros, construtoras, etc, e que para ele, para o CRIADOR DISTO TUDO, não sobrava nada?

A malta acreditava que enquanto toda esta gente que gravita à volta do Benfica comprava todos os meses carros novos de alta cilindrada e casas de férias no Algarve, o bom Samaritano LFV chegava a casa no fim de cada mês de trabalho árduo, com um cheque de zero euros para ajudar nas despesas?

A malta acreditava realmente que o bom Samaritano LFV reuniu um dia a família na sala de jantar lá de casa, e que lhes comunicou que iria privá-los da sua presença nos próximos 20 anos a troco de nada, tudo em nome do seu amor ao Benfica?!

Foda-se, a sério?! Era esta a narrativa?! Foram precisas as escutas para perceberem que a história não podia ser como nos era contada?! Que o retorno tinha obrigatoriamente de estar a vir de algum lado?! E o pior é que são estes, os mesmos que durante anos defenderam esta fantasia, que já vêm aí com a mesma pujança e cagança para aplaudir agora o Rui, amanhã o Manel ou o Joaquim sem fazerem no mínimo um exame de auto consciência em frente ao espelho primeiro antes de iniciarem nova cruzada opinativa!

Há por aí gente (e então nas televisões ui ui!!!!!), que no mínimo deveria remeter-se para sempre ao silêncio! E não é por não terem direito à sua opinião nem a enganarem-se! É pela vergonha que deviam sentir de perceberem como as suas opiniões foram erradas e que tendo o eco que têm foram imensamente prejudiciais aos interesses do Sport Lisboa e Benfica!

Era o mínimo que deviam fazer se tivessem um pingo de vergonha na cara! Se estivessem nos lugares em que estão para defender de facto o Benfica e não o ordenado ao fim do mês e os lugares nas tribunas VIP em dia de jogo... Se não fizessem todos parte do mesmo circo de interesses, mas em cargos diferentes... Se não fossem agora desempenhar o mesmíssimo papel do Ámen a tudo, o papel de guardiões do templo de quem tem o poder nesta altura, e castrar publicamente qualquer opinião que vá contra o novo status quo instalado...

As maçãs podres, os maus Benfiquistas continuarão a ser os Rui Gomes da Silva da vida, aqueles que levantaram ondas e lutaram contra a estabilidade interna que tantos cegamente defendiam, aqueles que fizeram inimigos e foram ostracizados pelos próprios Benfiquistas, mesmo que tenham estado quase sempre certos em tudo aquilo que disseram. 

E isto enquanto lá estavam os heróis de hoje, que durante mais de 10 anos assinavam de cruz e nunca viram todo o mal que nos estava a ser feito. Ainda hoje lá estariam a assistir a tudo da primeira fila, submissos e sem dizer ai nem ui, não fosse a justiça ter vindo novamente em nosso auxílio.

A estratégia de sempre: Acusa os outros do que fazes e ninguém dará conta do que estás a fazer!

Avatar
| 26 comentários

 


Eis que acordamos hoje com a noticia de que os inspetores dos impostos (sim, podem rir-se) suspeitam que o SLBenfica foi beneficiado pelo SCBraga no unico campeonato que o Braga podia ter ganhado na sua história.... curiosamente um caso com 12 anos e que corresponde a uma das duas situações (desde 1995 que os campeoantos são a 3 pontos) onde o FCPorto não ficou em primeiro ou segundo.

Ele há coincidências fantásticas nesta justiça portuguesa, não há?

Curiosamente isto aparece quando "alegadamente" querem investigar viciação de resultados por parte do FCPorto... Algo que nunca tinhamos sido confrontados antes:








13 de janeiro de 2022

Simão Sabrosa: parasita a defender o tacho

Avatar
| 117 comentários


 

"A situação actual do Benfica para totós" (a ver se ajudamos o Benitez a entender)

Avatar
| 25 comentários

Como não poderia deixar de ser, Francisco Benitez apressou-se a dar uma entrevista a criticar a entrevista de ontem de Rui Costa. O bom de poder falar abertamente, no meu caso, é que não votei em nenhum dos dois porque não os considero preparados para serem presidentes do SLBenfica, mas considero Rui Costa muitissímo menos mau que Benitez.

Por outro lado, ao contrário do que muitos gostam de dizer, também foi aqui neste blog que defendi - antes das eleições - que Rui Costa deveria ter feito uma profunda reestruturação dos Orgãos Sociais e da Administração da SAD (onde elenquei a necessidade das saídas de Miguel Moreira e Domingos Soares Oliveira) - a ultima vez que o escrevi foi em Setembro antes das eleições. Também o Shadows defendeu isso vezes. 

Portanto nem Benitez, nem as viuvas que o Noronha Lopes deixou no Twitter nos dão lições de benfiquismo, nem aceitamos que tentem colar-nos a apoios que não damos a ninguém, apenas porque não toleramos que a ignorância seja o principal vector de oposição no SLBenfica. Enquanto a oposição for #amadora e #ignorante, nunca seremos capazes de acabar com o que está mal no SLBenfica.

Volta Francisco Benitez ao tema das assinaturas dos contratos para querer "colar" Rui Costa aos alegados esquemas de Vieira. Um erro recorrente nas viuvas e que Benitez vai atrás...

Benitez apoiou um candidato que quando apareceu foi saudado pelo NGB e vimos como um factor positivo como podem ver em mais um mito que cai que eramos contra João Noronha Lopes: Nova candidatura à presidência do SL Benfica anunciada hoje

Porém quando começámos a ver o que estava na base de tudo, percebemos que não se queria acabar com o Vieirismo, queriam era mudar de estilo, pois tinham os apoios dos mesmos que estavam na base dos alegados esquemas de Vieira: O assalto ao SL Benfica, comprovado e explicado

Esta gente vir agora mostrar-se muito indignados, com a incapacidade de Rui Costa e quererem ligá-lo aos esquemas de Vieira quando antes queriam mantê-lo nos seus projectos: Noronha Lopes: «Quando for eleito falarei com Rui Costa para saber as suas ideias» (pois é, o problema da internet é ter memória).

Nessa altura o Cristo era Luis Filipe Vieira, que funcionava como dono do Clube, diziam eles (e bem) que o ex-Presidente punha e dispunha como se o clube fosse seu por direito e que tinha "encostado" Rui Costa a uma mera figura de estilo para proteger a sua imagem.

Porém, agora dá jeito dizer que Rui Costa tinha que ter um papel activo nas decisões... quando antes todos sabiam (e até queriam ter Rui Costa por perto) que ele estava no SLBenfica como elemento inerte que se limitava a "andar por ali" a espera que um dia o Vieira se quissesse ir embora.

Se eu concordo com isto? NÃO! Mas NUNCA concordei... não acordei agora para a realidade. Que Rui Costa assinava os contratos que lhe mandavam sem sequer ter poder de opinar sobre os mesmos, já todos sabiam... apenas antes uns (como Benitez e Noronha) não ligavam e agora se mostram indigandos. Rui Costa pode ser muito impreparado ou, como dizia hoje um excelente artigo do Mauro Xavier que não deixou "pedra sobre pedra" é um Presidente em fase de Adaptação (não se fiquei pelo título, leiam o artigo que vale a pena).

Já no caso de Domingos Soares Oliveira, não tem que sair porque é arguido do Saco Azul. Qualquer infeliz pode ser arguido de um processo... isso não faz dele acusado de nada e muito menos condenado. Domingos Soares Oliveira tem que sair do SLBenfica porque são demasiados anos no Clube, demasiados vícios, demasiada ligação ao passado... é preciso virar a página, mudar ideias, conceitos e compromissos. 
Curiosamente, a lista da qual fazia parte Francisco Benitez, quando arrancou até equacionava manter Domingos Soares Oliveira no futuro na SAD e tinha-o com boas referências: "O Benfica tem excelentes profissionais, Soares de Oliveira é alguém de quem tenho boas referências mas não faço juízos antes de entrar nas empresas. Conversarei com todos eles e veremos o que melhor serve os interesses do Benfica".

É o que eu digo, o problema da internet é ter memória... bastante mais do que a memória de Francisco Benitez que ou quis um tacho como PMAG de Noronha Lopes... ou então perdeu a espinha dorsal.

Termino deixando uma explicação final a Francisco Benitez:

- O que está em causa nos processos do SLBenfica (os 55 que falam os jornais) não é que se tenha roubado o SLBenfica, mas sim que as vendas ou compras tenham decorrido inseridas num ecosistema de relações que depois se beneficiavam entre eles.

Ora, já todos antecipamos o que vai acontecer: A prioridade deste gente não eram os titulos do SLBenfica, mas o enriquecimento de todos para que se protegessem entre todos e, de caminho, lá ir tendo uns titulos e repartindo uns titulos entre todos para se fazerem perdurar.

Ouvir Rui Costa dizer que assinava os contratos e não sabia o que se passava depois, é óbvio e des esperar, assim como é óbvio que a Auditoria não vai encontrar nada DENTRO do SLBenfica, porque os alegados esquemas ocorriam depois do dinheiro sair (ou antes de entrar) no SLBenfica. Malandro que é malandro sabe fazer as coisas... jamais essas coisas andariam por aí para todos verem.

Assim que tenham memória acima de tudo e não apareçam a fazer agora figura de salvadores da pátria ao atacar aqueles que há bem pouco tempo defendiam, exactamente pelo mesmo motivo que hoje os atacam: para poder fazer parte do circulo de poder.

QUEREMOS QUE HAJA UMA OPOSIÇÃO VIGILANTE, o SLBENFICA PRECISA DISSO, MAS NÃO UMA OPOSIÇÃO OPORTUNISTA!

PS- A tirada sobre John Textor é brilhante, pois como sabe que por estutos a entrada de um investor so lhe confere maioria do capital se os sócios assim o aceitarem, resolve entrar na arte da fantasia "Foi-nos dito que o Benfica nunca vai perder a maioria, mas o facto de eu ter a maioria enquanto acionista não quer dizer que eu tenho algum peso em termos de controlo de gestão. E o que eu quero saber, efetivamente, é quem vai mandar no Benfica, em termos de controlo de gestão, se John Textor vier a entrar no capital do Benfica"

Já nem lhe recomendava que fosse ver qual o peso que tem John Textor, por exemplo  no Cristal Palace, onde tem 18% do Clube, uma posição similar à do Presidente (anterior accionista com maior quota), para poder participar do processo de gestão. Ou seja, alguém que quer ter poder de decisão numa SAD cujos membros são definidos em função da percentagem de titularidade da SAD, jamais terá capacidade para controlar a SAD enquanto não tiver a maioria do capital. 

Porque a realidade é 80 por cento diferente do Twitter: Uma análise à Entrevista de Rui Costa

Avatar
| 75 comentários

Ontem tinha aqui escrito que A entrevista de Rui Costa já correu mal. Somos assim!, pois via muita gente preocupada a disparar perguntas e pouco interessada nas respostas. Eu percebo: O que quer que fosse que Rui Costa dissesse, eles estariam sempre preparados para criticar. 

No NGB somos diferentes, quisemos focar-nos nas respostas que esperávamos e não nas perguntas, pois as perguntas apenas ilibam quem se quer fazer passar por exigente e conhecedor, de ter eles próprios de assumir uma posição e serem julgados por ela.

Claro que no Twitter, o "gangue da guerrilha" teve até vários que dizem não ter aguentado o tempo todo... que o Rui Costa mentiu, que a entrevista tinha tele-ponto, que não era em directo... enfim. Quando digo que é um erro, quem quer fazer oposição (o que é saudável), fomentar este tipo de parvoice... é porque isto apenas legitima quem lá está como menos mau do que as atoardas que se dizem fora. Talvez um dia entendam que a falta e maturidade de muitos destes miudos só prejudica que haja uma oposição forte e credível (que acho que é necessária). Não posso, por isso, concordar com a postura do tira-se estes e logo se vê, quando os "outros" mais não fazem do que mostrar-nos como seria bom se o vieirismo se pudesse manifestar de uma forma que lhes interessa mais a eles.

Mas adiante... olhando para a entrevista, eu não sei se respondeu ou não a todas as questões que os colunistas fizeram questão de colocar nas colunas de opinião, mas sei que em larga escala foram falados quase todos os temas que abordei no texto que escrevi ontem. O que desde logo para mim é um ponto de partida positivo. Outra coisa é que tenha gostado das respostas - que era a minha principal preocupação.

Vamos começar pelo (pouco) que não foi falado do que referi no meu artigo:
- Direitos Televisivos
- Poderes do Futebol Português

São dois pontos intimamente ligados, como tenho vindo a explicar e como temos vindo a alertar há muitos anos. Daqui a uns anos, os que agora acordaram para as AG, para os Estatutos e para a forma totalitarista como Vieira geria o Benfica (o que vinhamos alertando desde 2012), virão dizer que em 2022 se permitiu que fosse dado o maior golpe corrupto da história do futebol português: em linha com o que fora feito com o arranque da Olivedesportos na decada de 80 ou 90. Ç

Talvez o primeiro ponto seja ainda cedo para falar dele sem que se tenham iniciado os trabalhos e assim não por já sal nas feridas e deixar-nos sob ataque dos demais. Porém sobre o segundo ponto, esteve bem ao recordar a questão de se dar mais relevância à "novela Flamengo/Jesus" do que às buscas no FCPorto... porém teve "medo" (?) de dizer o nome do FCPorto, o que nem sei qualificar de tão infeliz que é.

Relativmaente ao que se falou, há um denominador comum em toda a entrevista de Rui Costa que, desta vez, foi em directo e durou mais de hora e meia, onde foi possível falar de quase tudo. Um dado bastante positivo, porém denotou-se um elemento óbvio que prejudica muito a mensagem que Rui Costa quer transmitir: Trata-se de alguém muito impreparado para o cargo. Espero que cresça com o tempo, mas o ponto de partida é o do "jogador da bola que chegou ao gabinete", o que invariavelmente vai resultar em vários erros de abordagem e comunicação, apesar de todo o lado positivo que é deixarmos de fora os barões do betão, dos bancos ou da política.

Quem quiser ver o copo meio vazio dirá que é um Presidente incapaz; Quem quiser ver o copo meio cheio dirá que é um Presidente em formação.


Trata-se claramente de "um jogador da bola" com um bocadinho mais de educação e formação que o normal, que "aterrou" como presidente e responsável por alguma coisa... que é, nem mais nem menos a maior instituição portuguesa. Talvez só quem passe por isso saiba que ou se tem tarimba ou não há volta a dar: ao início vai ser complicado.

Dito isto, algumas mensagens importantes:

- Nem uma unica referencia a Luis Filipe Vieira (nem positiva nem negativa) numa tentativa clara de virar a pagina. Porém enrolou-se muito em justificações e vitimização (a puxar "mais uma vez" a carta de que não precisa de esquemas porque é rico e abdicou de muito pelo sonho).

- Ficou claro que foi um mero "joguete" nas mãos de Luis Filipe Vieira, pela forma taxativa como afirmou (e é uma afirmação importante mesmo que não a queiram entender) que não faz ideia do que acontecia aos fluxos de dinheiro inerentes aos contratos. Rui Costa foi, e deixou-o claro, não alguém conivente, mas sim alguém irrelevante nas decisões do SLBenfica até hoje - e quis sê-lo, aceitou sê-lo porque tinha a ambição que um dia chegaria o seu dia.

- Reiterou o apoio a Domingos Soares Oliveira e desresponsabilizou-o também de qualquer conivencia com as acções de Vieira. Esta, como a anterior, é uma "jogada" arriscada que ou corre muito bem e muitos terão de engolir as suspeitas e assumir que tinham um presidente que mais bem era um dono que fazia o que queria... ou então prova-se que eles foram coniventes e sairão enxovalhados.

- Infelizmente não lhe foi colocada a questão sobre reestruturação de recursos do Benfica e Rui Costa esteve muito mal na frase "Quisemos meter duas mulheres para cumprir a lei das Sociedades Anonimas" (frase muito infeliz), porém mais uma vez achei positivo o conteudo (e mais uma vez péssima a forma) como demonstrou querer afastar-se de Jose Antonio dos Santos e do ecosistema Vieira. Nesta dimensão assume conversas para que um potencial investidor que queira trazer mais ao Benfica que o Rei dos Frangos possa assumir a posição que este tem na SAD.

Ao contrário do que eu previa, não falou em reforçar posição, nem em aumentos de capital. Veremos como evoluem estas conversas. Seria imprudente detalhar mais.

- Falou detalhadamente na questão da auditoria. Os "auditores do twitter" já se apressaram a arrasar a escolha de uma das mais conceituadas auditoras do mundo, porque o DSO trabalhou lá há 20 anos, ao mesmo tempo que acham que três meses para auditar contratos, fluxos e responsabilidades é muito. Eu sinceramente até achei irreal quando disse que ia poder apresentar resultados em Outubro.

Afirmou que o SLBenfica não se constituiu assistente precisamente porque do resultado da auditoria se identificou que não haverá indicios (naqueles três processos iniciais de que se tenha lesado o SLBenfica financeiramente). Aqui importa esclarecer uma coisa: Se Vieira quis fazer negocios com gente duvidosa e depois as comissões (devidas em qualquer negocio) ao invés de ficarem com os agentes se repartiam e lhe eram atribuidas isso não pode ser visto como lesar o Benfica na medida em que o pagamento da comissão é legal. Pode discutir-se se é um valor alto ou baixo... mas não é ilegal nem criminal fazer maus negocios, o processo por gestão danosa habitualmente não leva a nada senão questões subjectivas faceis de combater.

Temos agora a EY a seguir o caminho e rasto dos adicionais 55 processos e eu estimo que antes do final da epoca é materialmente impossível ter dados conclusivos desse trabalho. As auditorias são habiutalmente processos demorados que envolvem recolha de informação, entrevistas com os responsáveis, analise de dados, etc. Relatorios, validações...

- No campo desportivo cumpriu com o que antecipei: Se os resultados corresponderem, Veríssimo tem o perfil, no seu entender, para ser o futuro treinador e haverá um efectivo reforço da aposta na formação. Planteis mais curtos é uma obrigatoriedade imediata.

- Foi explicado episódio de Jesus e encerrado de uma vez. Não foi, e ficou provado, conduzido como um lider o deveria fazer e foi demasiado condescendente com o Jesus. Mas são estilos e lideranças, no caso dele demonstrando clara inexperiência.

- Reforçou a aposta no seu nucleo duro: DSO, Luis Marques, Rui Pedro Braz, Luisão, Pedro Marques e Pedro Mil Homens. Em geral não me agrada, mas é o que é.

- Deu nota que o processo dos Estatutos está a decorrer a bom ritmo e que prevê dentro de um mês e meio ter a primeira proposta para análise pela Direcção

Por fim, já numa fase onde se via um Rui Costa já mais à vontade, onde ja olhava mais nos olhos o entrevistador em vez de um olhar permanentemente desviado e centrado na mesa ou no chão, falou das infra-estruturas: renovação do Estádio (três de cinco projectos já adjudicados), projecto exterior em avaliação, assim como a novidade da Cidade Benfica que pretende fazer nascer em Lisboa para albergar modalidades e não só, que será um projecto gradual e que começará pela centralização do treino das modalidades, mas que não irá incluir o Benfica Campus.

Deixou claro que de futuro nunca os investimentos extra-desportivos penalizarão o foco principal dos investimentos: a componente desportiva.

Nas modalidades, reforçou a necessidade de reforçar o investimento, planificação e melhoria dos planteis, algo que há muito que não tem sido feito, destacando o trabalho das equipas femininas. Importante a medida de abertura gratuita aos sócios dos pavilhões para os jogos. E agora? Vamos ficar em casa e depois dizer que as equipas não prestam se nem quer as apoiamos à Benfica?

Um elemento transversal a todas as equipas e planteis: Reforçou, e bem, mesmo estando numa situação inferior aos rivais, ninguém tem autorização para baixar os braços e devem lutar pela camisola até ao ultimo minuto.


Em geral, como referi, principalmente bastante nervoso e repetitivo ao inicio. Nota-se inexperência e dificuldades na comunicação, assim como um fraco domínio de alguns dossiers (como as Finanças do Clube: "os capitais próprios estão altos e a situação é estável). 

Mantenho a minha opinião: É o menos mau de todas as opções que se apresentaram a votos desde 2012 (quando exigi pela primeira vez a saida de Vieira. Sim, não acordei agora como muitos!) porém isso não significa que seja alguém que esteja (neste momento) preparado para ser o referente de liderança, conhecimento estratégico e empresarial que necessitamos. Tem outras coisas, como o respeito do mundo do futebol, conhecimento do desporto em geral e dos balneários.

Na minha perspectiva, e depende de como queiram ver o copo (uma vez mais): Foi um joguete (como muitos) na mão de Vieira. O motivo pelo qual o foi, na minha óptica é porque quis seguir a ambição de lhe suceder e o "preço" a pagar era fazer a figura que lhe fosse pedida (até porque era comodo e exigia trabalhar pouco). Se isso é bom ou mau... cada um verá o copo como entende.

Porém parece-me óbvio, até por isso... que não o veremos implicado nos esquemas de Vieira, que já não se livra do julgamento publico como corrupto (até porque interessa à maquina do futebol), mas juridicamente (pelo conteudo que temos vindo a conhecer) não passará de alguém que se aproveitou do Clube para enriquecer (ainda mais) e reforçar uma teia de poder e influencias.

11 de janeiro de 2022

A entrevista de Rui Costa já correu mal. Somos assim!

Avatar
| 89 comentários
Há que saber assumir o que somos e como somos: Diga Rui Costa o que disser, vão sempre encontrar forma de o criticar, seja pela forma, pelo conteudo ou pela cor da gravata...

Dito isto, se eu fosse o Rui Costa utilizaria a entrevista de amanhã para calar os criticos, não porque a critica seja pouco recomendável (pelo contrário), mas porque nos dias que correm parece o unico motivo pelo qual o SLBenfica não ganha todos os campeonatos, todos os anos (e ainda a Champions), é porque quem está no SLBenfica é incompetente, corrupto e "cheira mal da boca"...

Rui Costa tem, acima de tudo, de decidir amanhã se quer entrar na história do SLBenfica e do futebol português... ou se quer proteger a sua imagem dos ataques dos "donos disto tudo" no futebol português.

Vieira, em tempos, decidiu "fazer parte do grupo" e ir ganhando... O que decide Rui Costa? Os benfiquistas ou a máfia?

Há muita gente preocupada com "as perguntas que fariam ao Rui Costa"... ou que as perguntas que acham que Pedro Pinto não fará... ou com a combinação que entendem que haverá entre Pedro Pinto e Rui Costa.

Eu como não tenho colunas nos jornais, nem ambição de ser nada no SLBenfica nunca na minha vida (declaro a minha incapacidade nativa para tal - soubesse mais gente reconhecer isso e talvez houvesse menos ruido e mais critica construtiva)... a minha única e principal preocupação não é o que lhe perguntam... mas o que ele responde. [Pedro Pinto é funcionário do SLBenfica, achar que vai assumir uma postura agressiva ou de exposição publica do entrevistado, além de absurdo, é não entender que nenhum outro jornalista o faria noutro orgão de comunicação, como querer que a BTV o faça?]

Curiosamente, fico muito surpreendido que gente que viva do marketing e da comunicação esteja mais preocupado com as perguntas do que com as respostas, sabendo-se que alguém habilidoso (ou bem preparado) pode responder de forma totalmente irrelevante a uma pergunta muito bem feita.

Assim que pensando um pouco sobre o que realmente me interessa ouvir de Rui Costa (não de Pedro Pinto):

- Retrospectiva sobre a situação desportiva, assumindo a necessidade de corrigir erros anteriores na estruturação do plantel. Não me chega nem quero ouvir falar apenas de erros assumidos, mas sim de como resolver e assegurar que não se volta a repetir.

O SLBenfica tem que voltar a ter um projecto desportivo acima de qualquer treinador e não poderá voltar a ver-se refém do treinador. Como disse o André Lima na entrevista de ontem: Ninguém está acima do SLBenfica, nem o Presidente.

Neste contexto, Rui Costa deveria deixar claras as linhas estratégicas do seu projecto desportivo, se passa ou não pela formação (e como), assim como o modelo de relação com o scouting, outrora elogiado como um dos melhores do Mundo e que nos ultimos 5 anos passou para segundo plano, com contratações duvidosas a superarem os "achados".

O SLBenfica tem, adicionalmente que ter como referencia o mercado nacional e assumir-se como um clube que identifica antecipadamente os jogadores de maior potencial para assumir a sua contratação. Caso, como sabemos, o SLBenfica seja prejudicado face aos rivais - por questões de interesses - Rui Costa deve assumir que o partilhará publicamente para acabar com a falta de transparência no futebol.

Sobre o Treinador, gostaria de ouvir Rui Costa assumir que o Veríssimo é treinador até final da temporada, mas caso o seu desempenho o justifique, será a aposta definitiva para o futuro projecto desportivo. Caso não o seja, que assuma desde já o perfil do futuro treinador, porém reforçando que quem não estiver ao lado de Nelson Veríssimo, seguramente não continuará no SLBenfica na próxima temporada. Seja quem for - caso contrário assistiremos aos jogadores a desvalorizar a liderança de Veríssimo.

Ainda no contexto do futebol, Rui Costa deveria assumir a posição de transparência de limitar o numero de jogadores sob contrato com o SLBenfica tanto no futebol profissional como nas camadas jovens, assim como assumir o compromisso de levar à Liga e à FPF uma proposta para que esse compromisso do SLBenfica seja levado a regulação que todos terão que respeitar a bem do futebol, da transparência e de potenciar a formação fora dos domínio dos três grandes - brevemente teremos uma entrevista no blog a alguém da formação, sobre este tema.

Dentro do Projecto desportivo, gostaria que assumisse a Reestruturação do modelo de gestão da SAD. Rui Costa não pode continuar a ser o Director Desportivo, Presidente da SAD e do Clube. Ao mesmo tempo, Pedro Mil Homens não aporta valor ao modelo de formação que queremos para o futuro. Rui Pedro Braz ou lhe dão um papel de relevância e liderança do futebol (e penso que não seja pessoa para ter esse perfil), ou substituí-lo por quem o possa ter e sirva de elemento de liderança para os jogadores, treinador e relações com outros clubes. Reestruturar todo o edificio do futebol para unificar a liderança do Futebol, Scouting, Formação e Feminino.

Fora do contexto do futebol, gostaria que Rui Costa nos partilhasse o projecto das modalidades. Actualmente, com excepção feita ao Volei, todas as modalidades apresentam um tremendo defice competitivo. Rui Costa deverá identificar as modalidades onde o SLBenfica pretende investir com resultados, reestruturar o modelo de responsabilidades, com um Director por cada Modalidade, perfeitamente identificado com o clube e acima de tudo com a modalidade.

Neste contexto de recursos humanos, deve ser assumido que o SLBenfica terá que promover uma renovação e reestruturação de recursos, voltando as bases, rejuvenescendo a estrutura e agradecer e permitir as saida de quem leva demasiados anos ou polémicas no SLBenfica. A todos os níveis. Neste contexto, assuma uma tomada de posição perante funcionários indiciados em processos criminais, como Miguel Moreira, Domingos Soares Oliveira, Paulo Gonçalves, etc. Esclarecer quem faz ou fará parte da estrutura do SLBenfica e assumir que irá sempre previligiar a transparência, o Benfiquismo e a competência. Neste contexto deve ser também assumido o fim da relação do SLBenfica, sem desprimor para com os mesmos, que tenham estado associados a questões pouco claras no SLBenfica ou fora (Carlos Janela, Pedro Guerra, etc).

Entre os dossiers estratégicos, exige-se uma tomada de posição clara e inequívoca sobre:

- Posição perante os poderes e arbitragem do futebol português. Actualmente o SLBenfica tem adotado uma postura calada perante tudo o que têm sido arbitragens que beneficiam os rivais (de forma grosseira!), atitudes levianas para com o Benfica, dualidade de critérios em sede disciplinar e regulamentar (Liga, FPF, TAD...). O Rui Costa deve assumir uma ruptura com a atual situação e demonstrar-se totalmente indisponível para continuar a apoiar Fernando Gomes e Pedro Proença se o estado das coisas não mudar. Deve assumir que iremor ser vocais e intransigentes, mesmo que nos castiguem e multem semanalmente.

- Direitos Televisivos: O SLBenfica é, claramente, o clube com maior massa adepta, com mais jogos entre os lideres de audiencias e de captura de patrocínios. O SLBenfica jamais aceitará uma posição negocial que reduza ou equilibre essa relevância, pelo que o foco terá que posicionar-se em aumentar as receitas por via da aposta no digital, como se fez em Espanha.

- Auditoria Forense. Rui Costa deverá explicar como está a ser feito o processo de auditoria, por quem, quais os objetivos e ambito, assim como apresentar a data de quando serão apresentados os resultados aos sócios em AG.

- Definição definitiva da estratégia do SLBenfica para o modelo accionista da SAD. Na minha perspectiva, realizar um aumento de capital para incorporar um novo accionista estratégico. Se não tem esse objectivo, espero que o deixe de parte de uma vez e seja claro: não será aberto o capital. Porém, é importante clarificar também o que fará o SLBenfica com a posição de José Antonio dos Santos: Na minha perspectiva, deveriamos imediatamente comprar já a sua posição na SAD.

- Ponto de situação da revisão dos estatutos.
Que espera ter uma primeira versão para divulgação aos sócios antes do final do mês de Janeiro, mais tardar Fevereiro.

- Nova estrutura da SAD:
Definição clara dos pelouros e responsabilidades de cada administrador da SAD, assim como identificação quem trabalhará em exclusividade executiva no SLBenfica.


ranking