O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Rui Costa: “futebol não é só ir ao Marquês”

Avatar
 ●  102 comentários  ● 
WTF!!!?
Eu li bem este gajo dizer “parem lá com isso de quererem ganhar”!?

Sérgio Conceição a improvisar.

Avatar
 ●  70 comentários  ● 

"Não vou mudar aquilo que é a minha opinião. Podíamos jogar no domingo às 16 horas e tínhamos mais tempo para recuperar. Por exemplo o RB Leipzig também vai jogar sábado e jogam de três em três dias, mas a grande diferença são a quantidade de soluções que eles têm e nós não. Não quero criar qualquer tipo de desculpa, mesmo se o resultado for menos bom não vou dizer no final do jogo, porque estaria a contrariar aquilo que já disse. Mas não deixo de manifestar algum desagrado ao tempo de recuperação em relação aos rivais... E as equipas mais prejudicadas são o V. Guimarães, Sp. Braga e FC Porto", sublinhou o treinador portista na antevisão do jogo com o Belenenses, no Dragão, sábado às 20h30.

Curioso o FCP só se queixar agora que jogou à quarta-feira. E ainda mais curioso puxar ao assunto o Guimarães e o Braga. 

Quem não te conhecer que te compre, Sérgio Conceição. Sei bem o que queres.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Os reforços de Janeiro... podem chegar antes de Janeiro

Avatar
 ●  111 comentários  ● 

Tive o cuidado de ver ontem com mais atenção o jogo da Youth League. Difícil é dizer quem é que não pode ambicionar um lugar na equipa principal.

Florentino, João Felix, João Filipe, Gedson Fernandes... tanta qualidade!

Na equipa B, como já disse ontem, João Carvalho, Alex Pinto, Keaton Parks, Martin Chrien, Chris Willock... tanta qualidade!

Algo que me diz que, este ano, ainda vamos escrever o PENTA com o suor de vários destes jogadores!

Amanhã voltaremos a este assunto

Avatar
 ●  65 comentários  ● 
Conforme disse ontem, a forma como Rui Santos anda a reboque do FC Porto e do Sporting é evidente.

Amanhã pegaremos neste tema.

A diferença entre os cartilheiros abaixo? Nenhuma. Tudo parasitas.



Ah grande DSO! Sempre a subir! Mas e o Rui Costa?

Avatar
 ●  77 comentários  ● 




Mas então o Rui Costa não é responsável por isto e aquilo, um elemento tão importante no futebol do clube? 

Então porque só o adepto do Sporting Soares de Oliveira é que não só é aumentado(e que aumento!) como leva sempre prémios?

Não entendo como alguém tão importante para o presidente nas decisões do futebol não é premiado.
Ou será que...?

Ederson: o melhor guarda-redes do mundo, vendido por 40M rendeu 16M ao SL Benfica. Estamos a saque?

Avatar
 ●  185 comentários  ● 

O nosso clube é de facto um excelente negócio para muita gente.

O jornal "A Bola" detalha alguns números:

"Veja em baixo os valores de algumas compras da águia

Seferovic (final de contrato) – €3,9M
Krovinovic (Rio Ave) – €3,5M
Óscar Benítez (Lanús) – 4,4M
Zivkovic (final de contrato) – €6,3M

E também os valores de algumas transferências e respetivos ganhos, após dedução de todos os gastos com as operações

Gonçalo Guedes (PSG) – €30M – Ganho de €26M
Lindelof (Man. United) – €35M – Ganho de €23,1M
Ederson (Man. City) – €40M – Ganho de €16M
Hélder Costa (Wolverhampton) – €15M – Ganho de €13M
Marçal (Lyon) – €4,5M – Ganho de €3,9M
Renato Sanches (Bayern) – €35M – Ganho de €31,5M
Sidnei (Corunha) – €6,5M – Ganho de €6M
Gaitán (Atl. Madrid) – €25M – Ganho de €18,9M."

Plantel delapidado mas os bolsos de muita gente estão bem cheios. Com Jorge Mendes à cabeça. Só em 8 jogadores aqui descritos estão mais de 50M de euros a voar para outros lados. 

Depois admirem-se de levarmos 5 de um Basileia ou estarmos a zero na Champions. A prioridade desta gente não é o sucesso do clube.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Mister é preciso que lhe expliquem?

Avatar
 ●  41 comentários  ● 

MUITA QUALIDADE!

"Bater no ceguinho" a moda que vale vendas e audiências...

Avatar
 ●  68 comentários  ● 

A moda que impera entre o jornalismo e os "paineleiros" nacionais: O BENFICA ESTÁ MAL!

Entre os que querem viver disso (jornalistas, televisões, etc.) e os que querem alimentar-se disso (Chico Esperto, Minion, etc) e os que querem fomentar isso (paineleiros...), o que interessa é explorar o momento.

E infelizmente os jogadores parecem que ainda não ter percebido onde se estão a meter e onde estão a meter o Benfica.

FALTA ATITUDE! Não falta qualidade!

O Benfica simplesmente não pode prestar vassalagem e terminar um jogo na Champions com três remates à baliza, dois com origem num miudo que acabou de sair da equipa B e faz o terceiro ou quarto jogo pela equipa principal.

É notória a necessidade de transição em vários jogadores nucleares dos últimos dois/três anos! 

Aqueles que pediam que Jonas não saísse no defeso por ser um erro, talvez agora entendam que o brasileiro, de enorme qualidade, já não está em condições físicas para uma temporada de 50 jogos. 

Julio Cesar, que foi um guarda-redes de grande qualidade, tem o mesmo problema de limitações físicas.

Luisão fará em Fevereiro 37 anos! Uma coisa é fazer parte ativa da equipa, outra coisa é ter que estar em campo em todos os jogos. Simplesmente já não lhe é possível fazer isso com a mesma qualidade.

Salvio é um caso especial. Na verdade recuperou de duas temporadas nefastas que lhe tiraram o fulgor que fez valer 13M. Mas por outro lado, nunca mais foi o mesmo!! Salvio é hoje um jogador que mistura a excelente leitura e entrega, com imensas más decisões de passe e concretização

Pizzi vem de duas temporadas a fazer cerca de 100 jogos quase sempre completos, em mais de 7.500 minutos de jogo. É impossível continuar a render ao mesmo nível, se o fizesse seria um jogador que jamais "caberia" num campeonato como o português. E mesmo jogadores como Messi ou Ronaldo têm épocas oscilantes, imagine-se outros que estão a anos luz deles...

Depois temos jogadores como Fejsa e Grimaldo que têm que ser geridos fisicamente pela equipa técnica com pinças por serem jogadores de enorme qualidade, mas que se não forem "geridos", passam mais tempo lesionados do que disponíveis. Porém, poderá o Benfica "abdicar" destes dois jogadores e simplesmente descartar jogadores de tamanha qualidade? claro que não...


Este impacto na espinha dorsal débil, foi ainda afetada pelo curso natural das coisas que levou à saída de Semedo, Lindelof e Ederson - qualquer deles impossíveis de segurar - e ainda de Mitroglou que nunca escondeu o desejo de sair de Portugal, apesar de não ser uma obrigação.

Seria o momento ideal para aparecerem aqueles que pediam oportunidades na sombra dos que saíram: Jardel, Rafa, Zivkovic, Jimenez... Mas a realidade é que esses jogadores não têm acrescentado qualidade, apesar de serem jogadores de enorme qualidade.

A posição de Rui Vitória fica, assim, imensamente complicada:

- Não pode contar com os que sairam, que se houvesse mais iguais a eles, os que sairam não tinham valido tanto dinheiro.

- Não pode contar com os mais experientes que estão, que por motivos diferentes não rendem e parecem nunca mais voltar a render ao mesmo nível.

- Não pode contar com quem reclamava ou devia reclamar oportunidades, porque entram em campo sem a garra e determinação que justifique a qualidade que têm.

... sobram os míudos!

Ruben Dias e Diogo Gonçalves aos 20 anos são a voz da irreverência e da vontade de mudar o rumo das coisas. Eu percebo Luis Filipe Vieira quando acredita no produto do Caixa Futebol Campus, porque os miudos têm qualidade... mas não é, QUEREM MAIS QUE TODOS!

Se estamos então perante um novo ciclo, fará sentido então os restantes miúdos de grande qualidade fazerem um "take over" à equipa principal?

Claro que não... mas o motivo mais uma vez choque de frente com Rui Vitória! Pelo treinador do Benfica talvez a solução passasse por Alex Pinto ou Paolo Medina na direita, talvez Kalaica pudesse estar ao lado de Ruben Dias, talvez o Ferro pudesse ocupar o lugar no banco em vez do Lisandro, se calhar o Gedson iria a jogo na vez do Filipe Augusto, talvez o Florentino pudesse jogar em vez do Samaris, talvez o João Filipe e o Jota pudessem jogador na vez do Zivkovic, do Cervi ou do Rafa, ou mesmo do Seferovi. Talvez o João Carvalho devesse ser ele a jogar quando o Jonas não aguenta. Talvez até o Embaló pudesse treinar com os séniores de vez em quando...

Mas o problema é que na fez desses todos que ficariam por jogar, estão contratos milionários que representariam prejuizos elevadíssimos ao SLBenfica caso aos poucos começassem a ser segundas opções.

O SLBenfica vai, não tenho dúvidas nenhumas, fazer uma "limpeza geral" (e não lhe entrego aqui uma conotação negativa) a muitos destes jogadores... mas para isso precisam que eles estejam a jogar para tentar de alguma forma que eles possam vir a ser opção para alguém.

Dirão alguns que colocamos em causa um Penta que seria histórico! É verdade! Mas haveria algum momento, depois do Tetra, que não viesse a ser histórico? Depois do Penta seria o Hexa, o Hepta e por aí fora...

E na verdade... só se poderia fazer uma transição em movimento. Não dava para vender todos, até porque é preciso que eles aceitem sair da zona de conforto onde estão todos agora, e simplesmente "lançar os míudos às feras".

Os jogadores do Benfica, atualmente, estão a alimentar a moda de "bater no ceguinho"! Todos os dias se enchem jornais com o momento do Benfica, todos os dias se dedicam horas de programas ao momento do Benfica... E os jogadores do Benfica não parecem ter força mental ou física para mudar isso... excepto os míudos, Rui Vitória já lá meteu dois, e não me parece que vá ficar por aqui.

Rui Santos a reboque de Francisco J Marques e do FC Porto.

Avatar
 ●  44 comentários  ● 

Ontem tivemos mais evidências disso mesmo.

Esmiuçarei mais em pormenor amanhã. Mas aviso o pseudo-jornalista Rui Santos que não passou em claro a sua falta de coluna vertebral.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Adeptos assim mereciam tanto...!

Avatar
 ●  108 comentários  ● 

Obrigado pela foto bro!
Dependesse destes adeptos e o Glorioso goleava em qualquer lado. O desafio da equipa do SL Benfica é estar à altura dos adeptos que tem.

Quanto ao jogo, duvido que Rui Vitória ou Luis Filipe Vieira tenham entendido o que se passou.

A consistência do meio campo é fundamental no futebol de hoje. Seja com o Cascalheira ou com o Manchester United.

Rui Vitória foi obrigado a colocar Samaris em vez de Filipe Augusto. Será que percebeu que mesmo com alguns erros Samaris dá muito mais à equipa que o inútil do Filipe Augusto? Que diferença na intensidade.

Mesmo assim à frente de Fejsa e Samaris o elemento criativo continua o seu show de completa banalidade e medíocridade: Pizzi. Um festival de passes errados, de bolas perdidas e de cantos inúteis. Isto quando há um Zivkovic para meter em campo.

Na defesa, Douglas dá provas a quem tivesse dúvidas que é um desastre a defender. Talvez seja um bom apoio ao ataque mas defesa...nunca.

Jardel esteve melhor do que esperava mas beneficiou de um Ruben Dias que de jogo para jogo vai assumindo o lugar de pilar da defesa. Jogou tanto tempo com amarelo e não se deixou intimidar. Grimaldo é bom a atacar mas pressionado para defender falha clamorosamente. 

Svilar demonstra 2 coisas fundamentais: vai ser um grande GR mas está longe de ter condições para jogar numa Champions pois a inexperiência custa golos e pontos. 

Diogo Gonçalves foi o melhor benfiquista em campo. Confiante e sem medo de rematar ou de levar a bola para a frente, demonstra a outros mais experientes como fazer. 

Salvio...nem sei o que diga pois esteve em campo a fazer não sei o quê.

Jimenez esteve demasiado tempo fora da área e assim não pode ser a referência que o resto da equipa precisaria que fosse.

Rui Vitória dificilmente perceberá o que se passou. Voltará a não meter na equipa Zivkovic e Krovinovic no campeonato, nem fixará Jimenez na área.

Luis Filipe Vieira achará certamente que é altura de dar já 50% dos putos Diogo e Ruben ao Jorge Mendes.

Não vão querer entender que temos 4 derrotas em 4 jogos ou que marcamos 1 golo e sofremos...10.

Há hipóteses de seguir em frente ainda? Dependemos de nós e do Manchester United. Mas a vergonha de uma equipa de Pote 1 estar a zero com clubes como o CSKA ou o Basel ninguém já limpa.

Um abraço especial ao grupo especial que esteve nas bancadas em Manchester. Vocês são os maiores. 

E mais uma vez....

Avatar
 ●  47 comentários  ● 
Svilar, Ruben Dias e Diogo Gonçalves...
Devia explicar alguma coisa!

Manchester United - Sport Lisboa e Benfica. 11 inicial.

Avatar
 ●  60 comentários  ● 

BENFICA: SVILAR; DOUGLAS, RÚBEN DIAS, JARDEL, GRIMALDO; FEJSA, FILIPE AUGUSTO, PIZZI; SALVIO, DIOGO GONÇALVES E RAÚL.

Banco: Cervi, Samaris, Eliseu, Júlio César, Lisandro, Seferovic e Jonas.

Manchester United: De Gea; Darmian, Bailly, Smalling e Blind; McTominay e Matic; Mata, Lingard e Martial; Lukaku.
-----------------------

Nota quanto às escolhas de RV: estou tão fartinho deste treinador...espero que, para bem do futuro do clube, ganhemos. Mas não haja dúvidas de que RV já perdeu a massa associativa com as suas opções.

Old Trafford: Onde a história da Champions deste ano pode mudar.

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Old Trafford, 31/10/2017, manhã. (Obrigado pela foto!)


LISTA DE CONVOCADOS:

Guarda-redes: Svilar, Júlio César e Bruno Varela;

Defesas: Lisandro, Grimaldo, Douglas, Eliseu, Jardel e Rúben Dias;

Médios: Fejsa, Filipe Augusto, Samaris, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Cervi e Diogo Gonçalves;

Avançados: Raúl, Jonas, Gabriel, Seferovic e Rafa.

--------------------------------

Precisamos de vencer. Qualquer outro resultado tornará a Champions deste ano num fracasso enorme.

Todos temos as nossas preferências e eu deixo as minhas mediante os disponíveis:

Svilar, Salvio, Jardel, Ruben Dias, Eliseu, Fejsa, Samaris, Zivkovic, Diogo Gonçalves, Pizzi e Raúl. 

Sim, coloco o Salvio a defesa direito, o Pizzi do lado direito do ataque e Zivkovic a pensar o nosso jogo com o apoio de Samaris. Entre Lisandro e Jardel, prefiro o Jardel.

Precisamos de cabedal no meio campo e no ataque. 

Bora lá rapazes. Honrem o Manto Sagrado e os mais de 3 mil que estarão nas bancadas hoje a puxar por vós!

Para isto já saem da toca. E para defender o Sport Lisboa e Benfica do maior ataque da história?

Avatar
 ●  82 comentários  ● 

"Vieira celebra esta terça-feira 14 anos da sua primeira eleição prometendo segurar talentos saídos do Seixal. Os seus vices-presidentes falam como tem sido esse período e dos resultados obtidos. 

Palavra aos vices-presidentes:

"Esta recuperação está associada a Luís Filipe Vieira. É um estratega" - José Eduardo Moniz

"As pessoas por vezes divergem, mas no final há uma decisão e essa decisão é em bloco assumida por todos. É um sinal de união" - Nuno Gaioso


" O balanço é claramente positivo . É um líder" - João da Costa Quinta

"Trabalhar com o presidente é muito fácil pois mete-nos completamente à vontade. Não liga a protocolos" - Domingos Almeida Lima". Record.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Exclusivo: "As razões da conflitualidade no futebol português", por Rui Gomes da Silva.

Avatar
 ●  117 comentários  ● 


AS RAZÕES DA CONFLITUALIDADE NO FUTEBOL PORTUGUÊS 

A CONFLITUALIDADE 

Nos últimos tempos, têm-se sucedido as análises - mais ou menos intelectuais - sobre as razões, as motivações, as explicações sobre o elevado grau de conflitualidade no futebol português.

Como se fôssemos uma ilha, como se não existissem (por esse mundo fora) tantos exemplos dessa mesma disputa.
Disputa que - com raríssimas excepções - não nos deve deixar preocupados.

Num mundo de comunicação, num mundo de imagem, de comentário, de liberdade em relação à normal exteriorização de cada e de todas as opiniões, só o contrário seria para admirar.

Portanto, não se pense como admissível querer cercear a livre opinião, a crítica permanente e uma fiscalização a todo o tempo, porque no mundo do Facebook, do Instagram, do WhatsApp e de todas as ferramentas de comunicação ao nosso dispor, pensar que isso seria possível parece ainda mais caricato que ... querer tapar o sol com uma peneira.

São bem vindos os apelos à pacificação do futebol português, mas deverá - quem os faz - perceber as razões dessa mesma “guerra sem quartel”.

“GUERRA” CONTRA O BENFICA

Porque se trata de uma “guerra”.

Uma “guerra” - em Portugal e é isso que aqui nos interessa - contra o Benfica e quem não quiser perceber isso não merece estar ... em lado nenhum.

Aqui, como em todas as “guerras” há sempre os que acham que é sempre demais ... Mas não é!

Uma sociedade democrática aceita a crítica, a divergência, uma disputa eleitoral ... até!

Mas não perdoa aos que estão sempre dispostos a falar sobre a vitória e as questões consensuais ... mas não dão a cara nos momentos em que são precisos.

Ou talvez não ... não serão precisos ... porque não saberiam o que dizer ... a não ser que lhes dissessem.

Adiante ... mas esta é uma “guerra” ... que temos que vencer!

O Benfica, o de todos, o nosso ... e não o de alguém (ou o que achamos que, por ser de alguém, neste momento, não merece o nosso esforço).

Antes pelo contrário, porque o Benfica - no e para o que aqui interessa - está sempre para além e acima de tudo e de todos!

AS RAZÕES DOS ATAQUES

Mas detenhamo-nos (de forma bem precisa, embora sem que a ordem signifique alguma precedência entre elas) nas razões desse aumento do radicalismo e da conflitualidade no futebol português.

1. Desde logo por o Benfica estar a ganhar (ou ter ganho) de forma sistemática e sustentada.

16 anos sem ganhar, para uns, e 4 sem ganhar nada (literalmente nada), para outros, ditou uma estratégia de desespero: atirar a tudo ... para parecer que em tudo são prejudicados.

2. Depois, por o FC Porto ter percebido que não teria outro modo de superar esta crise, nos tempos mais próximos, que não fosse através de jogadas que nada tem a ver com o futebol ... mas tem tudo a ver com quem as protagoniza.

Foi esse o caminho traçado, logo apoiado pela necessidade de sobrevivência de quem está, neste momento, no Sporting.

3. De facto, o Sporting percebeu que a continuidade de vitórias do Benfica implicaria a mudança da liderança em Alvalade.

E quem anunciou, à sua chegada, que viria por, pelo menos, 20 anos, não quererá sair ao fim de 6 ... sem ser campeão (ou seja, como os outros que criticou para lá chegar).

4. Acresce, a essas razões, a do treinador do Sporting em continuar a ter como sonho (que o seu egocentrismo exige a si próprio) provar que, depois dele, foi o dilúvio.

Não foi ... porque, como sabemos, depois dele, o Benfica já ganhou os 2 campeonatos ... com ele do outro lado, embora ele ache que uma não vitória de quem o veio substituir limpe todas as derrotas que sofreu desde então!

5. Ora, perante o que ficou referido, ambos - treinador e presidente do Sporting - terão de impedir o Benfica de ganhar (o que não significa ganharem eles) para poderem alimentar a esperança de “sobreviverem”!

Uma vitória que até pode ser uma derrota, se a vitória não for ... do Benfica!

6. A par de tudo isto, algumas opções (há quem lhe chame erros ou displicência) na preparação da época do Benfica.

Um Benfica onde não se terá percebido que 2017/18 era decisivo ... por causa do penta, das acusações diversas, da introdução do video-árbitro, ... e que fez alimentar as esperanças de quem, fora do campo nos quer ver mais fragilizados, o que dentro do campo se tem provado estar - por si mesmo - bastante vulnerável.

7. E como “... o poder vem do campo ...” (não se esqueçam) os resultados deste princípio de época fizeram alimentar - para quem a idealizou - a certeza da estratégia ... achando que causa e consequência advinham dessa mesma forma de actuar (legitimando-a) em vez de perceberem que resultava muito por fruto de erros alheios!

Como se o sol se levantasse por eles acordarem, ... assim acham que estão na frente por causa das suas “provocações”!

8. Por último - embora o leque de razões pudesse ser muito estendido em explicações diversas -  porque as autoridades - as do futebol e não só ... - têm pactuado com atropelos à legalidade sem nada fazerem nem nada pensarem fazer.

Começando pela Liga, tão preocupada em defender o “negócio” do futebol ... mas que não intervém ... vá lá saber-se porquê.

E porque não cremos que as razões se prendam com a dependência da maioria que lá fez chegar quem lá está (até porque as maiorias, especialmente as presidenciais, se esgotam no momento de cada eleição ...), achamos estranho tanto silêncio.

MAS ... NÃO CAIAM NO RIDÍCULO

Estas, de forma sucinta, as razões da enorme conflitualidade no futebol português.

Agora ... poupem-me a invocações ridículas ... como a de achar que essa mesma conflitualidade existe por força dos sucessivos e repetidos programas de televisão sobre as jornadas, os erros dos árbitros e os erros dos treinadores, dos jogadores, dos clubes ... nomeadamente dos seus responsáveis máximos.

Não vou discutir - obviamente - a fraquíssima qualidade de alguns desses programas e o nível quase boçal de alguns dos intervenientes nos mesmos, mas admitir isso seria o mesmo que justificar ... os excessos da liberdade ... na política, com a existência de meios de comunicação social.

Conhecemos estas derivas populistas, tão frequentes no futebol português (e a que, tantas vezes, as Direções dos clubes também recorrem), mas poupem-se ao ridículo!

ACABAR COM O BENFICA A GANHAR

Pois isto só vai acabar quando o Benfica voltar a ganhar ... para os calar.

E quando espero que isso possa acontecer?

O que desejo é que seja já em Maio.

Nós ... no Marquês 

Eles ... a chorar, com o Marques!

Entretidinhos - como pequeninos com as manias das grandezas que são (uns), ou reduzidos à sua expressão de mera influência regional (outros) - a pensar o que terão que fazer para tentar impedir o sexto ... seguido!

Seria uma enorme satisfação ... para passar o Verão de 2018 ... “em grande”!!!

DUAS NOTAS FINAIS 

E porque o tempo da sua relevância - se não forem feitas hoje - se perderá, por certo, com o tempo que aí vem ... ficam duas notas finais.

a) As derivas que vivem de acusações inventadas contra os centralismos (como as do “funcionário do ano” ... eu não imaginaria melhor designação para o pôr no lugar dele e reduzi-lo à sua insignificância), acabam sempre com apelos a qualquer coisa de patético ...

Tomem boa nota e não digam que não avisei!

b) O jogo foi há 2 dias (no momento em que escrevo) e ainda não ouvi as gravações áudio do vídeo árbitro do jogo de Vila do Conde ... 

Será que também se avariou ou só se pode ouvir quando são jogos do Benfica???

domingo, 29 de outubro de 2017

Quo Vadis Benfica

Avatar
 ●  33 comentários  ● 
Aqueles momentos em que ouvimos "puxar as orelhas" aos benfiquistas e... achamos muito bem!

No que se tornou este Benfica...! Ausência de respeito e total aburguesamento de adeptos e jogadores.

Por este andar, aproximam-se mais uns anos a ver ganhar, nas diversas modalidades.

VIDEO

ranking