O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 16 de novembro de 2013

A ausência do Presidente na Intercontinental

 ●  17 comentários  ● 
Tenho lido muitos a criticarem a ausência do Presidente (mais uma) em momentos decisivos do SLBenfica, especialmente das modalidades, mas desta vez há uma desculpa óbvia:

- quando se tem uma pessoa de confiança no hospital em estado grave, não há cabeça para ir a jogos...

(Desculpem lá! Foi inevitável a brincadeira!!)

O Estádio do Estrela? Bem pensado, mal executado

 ●  5 comentários  ● 
Nós tínhamos avisado... As ideias que estávamos a apresentar para o SLBenfica ainda não terminaram. Esta ia aparecer daqui a uns dias, mas as críticas em torno da (possível) aquisição do Estádio do Estrela da Amadora impõem uma antecipação.

Querem saber porque é uma ideia bem pensada mas muito muito mal executada?

Nós explicamos... Ainda hoje!

------------------------------------------------

Atualização: O velho saiu dos cuidados intensivos e já respira sem máquina. A CS curiosamente não sabe nada...

O Derby visto pelos sportinguistas na Luz.

Avatar
 ●  3 comentários  ● 


Este vídeo publicado por um grupo chamado "LionHeartsTV" tem o condão de mostrar o que os adeptos adversários dizem, pensam e sentem durante o 'calor do momento', misturado com os habituais cânticos de uma claque ou grupo de adeptos.

Uma coisa louvo neste vídeo: não ocultaram os golos do Benfica e até colocam um comentário curioso no primeiro de Cardozo.

Uma visão interessante do jogo, para quem gosta de observar o fenómeno desportivo como um todo.  

Benfica Construção S.A. - Empresa do Bob o Construtor

 ●  24 comentários  ● 
O clube da Amadora foi declarado insolvente em 2009.

O Benfica pretende adquirir em hasta pública as instalações que pertenceram ao Estrela da Amadora, clube que foi declarado insolvente em 2009.
Segundo avançou o Diário de Notícias esta sexta-feira, através de fonte próxima do processo, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, já teve conversas com a Câmara Municipal da Amadora.
A ideia do Benfica é libertar o Centro de Estágios do Seixal, que está praticamente no limite, e fazer do estádio da Reboleira um pólo para as camadas mais jovens.
Ainda de acordo com o DN, o dirigente está disposto a dar dois milhões de euros pelas instalações (estádio e Bingo) e não o pedido como base de licitação, de 3,5 milhões, dado que as instalações estão bastante degradadas.


in Sapo

Isto só pode ser brincadeira. Espero bem que seja brincadeira. Por que raio é que o Benfica vai se enfiar a comprar um estádio de outro clube???
O que tem o Benfica a ver com estes negócios imobiliários da treta? Isto é do mais absurdo que existe e neste momento o Benfica é gerido por Luís Filipe Vieira como as suas empresas de construção Promovalor e Inland (e todas as suas múltiplas subsidiárias e empresas subcontratadas).
É apenas mais uma empresa no grupo imobiliário de Luís Filipe Vieira - contribuindo para o catapultar da fortuna deste.

O Centro de Estágios do Seixal está no limite????? Quando é que foi construído o centro de estágio? Nem á 10 anos!
Como é que é possível que já esteja no limite? Quem foi o incompetente que projectou o centro de estágio e não soube prever que iria estar lotado apenas dez anos depois? Quem foi o incompetente na Direcção que aprovou esse plano? 
Ai, foi o nosso Querido Líder? Coitado, então não chateiem o coitado do homem caramba. Ele só quer o melhor para o Benfica caramba! 
E toda a gente sabe que ele não pode mais, mas faz o melhor que pode e por isso temos que aturar este devaneios que são feitos por pura bondade. Isto porque o Benfica é uma instituição de caridade e temos que tratar bem os nossos.

Alguém que apresente queixa na PJ contra este senhor e o desfalque que está a fazer no Benfica porque isto já está a atingir proporções absolutamente rídiculas.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Fez-se Luz mesmo no fim...

Avatar
 ●  19 comentários  ● 

...mas há jogadores que estão ali a fazer o quê...não é Nani?

Paulo Bento: inventar ou vencer.

Avatar
 ●  2 comentários  ● 

A selecção joga hoje uma cartada decisiva para a ida ao Mundial. Não vencer numa Luz a abarrotar será meio caminho para ver o Mundial pela TV.

Não ir ao Brasil será trágico. Assim como o foi não ir a França em 98.

Esta selecção tem seguido um caminho comum ao de muitas outras por esse mundo fora.
Não se chamam os que estão em melhor forma, mas sim os que formam uma espécie de 'grupo de trabalho habitual', tipo plantel. Um erro, na minha opinião.

Pelo meio, umas tricas e guerras com agentes e jogadores, mas deixando sempre o verdadeiro interesse da selecção para segundo plano.
Vedetas em campo que preferem não suar muito, não estragar o penteado e alimentar o seu ego gigantesco, a dar o litro.

É o Jorge Mendes a querer promover alguém, é o Paulo Bento, que na linha de muitos outros, prefere insistir numa solução fraca a dar o braço a torcer e escolher outro jogador/caminho...tudo a puxar para baixo.

Por muito que não me apeteça, nestes jogos decisivos acabo por ser como os outros. Gostaria de ver Portugal a vencer. E já agora mostrar ao sueco do PSG que na Luz as coisas não são fáceis...

Se tivermos um Paulo Bento ao nível do Europeu, talvez tenhamos uma boa noite. Mas não se esqueçam que não jogamos sozinhos.

Do outro lado está uma boa selecção. 

As portas do Além entreabriram-se ontem...

Avatar
 ●  43 comentários  ● 

...mas ainda não foi desta que foste ter com os teus amigos.

Frases da responsabilidade de quem as proferiu.

Avatar
 ●  10 comentários  ● 

«Acabou o descarregamento de jogadores» LFV 23 Fev 2008

«Vamos continuar a surpreender muita gente com alguns resultados que muita gente não espera», LFV 23 Fev 2008

«O Benfica não vai participar na Taça da Liga» - LFV em 19-05-07

«Ninguém terá tanto sucesso em Portugal como o Benfica» - LFV em 28-02-07

«Depois do Verão, seremos o maior clube do mundo» - LFV em 29-04-2006

«Vamos ser campeões doa a quem doer» - LFV em 04-10-2005

«Queremos ser campeões europeus» - LFV em 16-07-05

«Só o Benfica enche estádios» - LFV em 16-07-05

«Vamos arrasar pela Europa fora» - LFV em 17-04-05

«Vocês já me conhecem um pouco, não sou homem de protagonismo. Sou um homem discreto.» Entrevista a O JOGO 18/10/2003

«Nos próximos três anos resolveremos todos os problemas do Benfica. Não faço promessas aos sócios». Luís Filipe Vieira, in A Bola

«Dentro de 3 anos o Benfica será o maior do mundo» - 19-04-2003

«É possível termos meio milhão de sócios em 2003.» Outubro 2002

«O objectivo é termos 500 mil sócios daqui a três anos.» Outubro 2003

«Se o benfica não tiver 300 mil sócios até Outubro demito-me» - LFV em 02-06-05.

«Duzentos mil sócios até Junho do próximo ano é o objectivo» - LFV em 06-09-07.

«O clube voltou a ser dos mais representados na Selecção. Tem seis jogadores e todos portugueses» - Filipe Vieira em 30-5-2004.

«O Benfica será mais forte que o Real Madrid» 19-04-2003 Entrevista a O JOGO


«Muito em breve seremos demolidores.»

«O projecto do Benfica está a assustar muita gente» - LFV em 2006.

«Temos a coluna vertebral do futuro campeão europeu» (27/4/2002)

«Temos a coluna vertebral do futuro campeão europeu. Queremos só fazer alguns reajustamentos, sabendo que temos um grande técnico (Jesualdo Ferreira)» (28 de Abril de 2002)

«Não faço mais comentários, a não ser que o Major é um homem sério» (20 de Abril de 2004, quando surgiram as primeiras notícias do caso «Apito Dourado»)

«A dívida do Benfica não assusta ninguém, deixem chegar o Benfica a 2011 e verão que o Benfica será um colosso europeu, para não dizer mundial» (21 de Setembro de 2006, em entrevista à RTP)

«Para o Simão sair, já disse o que é preciso. Se alguém pagar a cláusula de rescisão, não podemos fazer nada» (19 de Julho de 2007)

«Sabemos que estamos a construir a equipa mais forte dos últimos dez anos do Benfica. Temos grandes ambições e o nosso técnico deve estar muito feliz com o plantel que tem. Qualquer treinador do Mundo gostaria de ser treinador do Benfica com este plantel», (26 de Julho de 2007, depois de Fernando Santos ter dito que perder Simão seria um pesadelo)

«Se eu fosse o treinador só queria dormir, porque quando acordasse não sabia qual a equipa que ia pôr a jogar, com tanta qualidade», (no mês seguinte, ainda reagindo às palavras de Fernando Santos)

«Desde a pré-época que o Benfica não vive dias tranquilos. Os jogadores precisam de estabilidade, o que neste momento não têm» (Nuno Gomes, a 18 de Agosto de 2007, após o empate com o Leixões, na jornada inaugural)

«Não percebo como se pede tranquilidade e condições de trabalho. Se há coisa que há neste clube é tranquilidade!» (21 de Agosto de 2007, em resposta a Nuno Gomes, um dia depois de ter despedido Fernando Santos)

«Sei o que estou a fazer e as pessoas que me rodeiam são competentes, sejam do Sporting, como dizem, ou não.» (a 2 de Novembro de 2007, após a demissão de Andrade e Sousa e respondendo a críticas de Tinoco Faria)

«o novo modelo benfiquista, o novo organigrama, assentam numa estrutura de profissionais benfiquistas", o qual será pensado após a construção da nova sede "encarnada".» 30-03-08

«Quem vier, morre» - Dez 2005

«Ninguém morre se a equipa falhar a presença na próxima edição da Champions» - 21 Abril 2008

«o Benfica já não é gerido de fora para dentro»- 5-07-2007 inauguração da casa do Benfica de Trancoso

«Não vale a pena acenarem com lenços brancos. Temos treinador e jogadores para sermos campeões nacionais. Não é com três ou quatro jornadas que podem pensar o pior. E se algo acontecer pelo caminho, ninguém pode ficar incomodado.» Setembro 2006

«o Benfica é muito apetitoso», (a 12 de Março, em Getafe, após a eliminação da Taça UEFA.)

«Se calhar foi mau para o Benfica ter sido campeão recentemente» (30 de Março de 2008)

«Hoje todos sabem quem manda no Benfica. É o presidente» (Record, 19 Setembro de 2004)

«o Mantorras fica no benfica até quando ele quiser... » (LFV no telejornal da rtp1 20/05/08 )

"Não estou preocupado com campeonatos nem com Champions" (LFV conferência de imprensa 14/04/09)

"Para a estratégia do Benfica [a Liga dos Campeões], não conta."(LFV conferência de imprensa 14/04/09)

"PODEMOS NÃO SER CAMPEÕES NACIONAIS, MAS SOMOS OS CAMPEÕES DA BOA-DISPOSIÇÃO!" Luis Filipe Vieira, in Record 20/05/2007

«Ou, como eu vejo o futuro, podemos escolher um caminho de responsabilidade nos projectos, de estabilidade, de crescimento e consolidação de tudo quanto já foi feito.» 17 Abril de 2009 discurso de inauguração da Casa do Benfica em Oleiros, Castelo Branco.

"Um título europeu não é um sonho, mas sim uma meta a atingir." - Junho de 2005.

"Não sairá nenhum que seja do núcleo duro do plantel." - Junho de 2005. Um dos nomes confrontados foi Miguel, dias depois no Valência!

“preparado para tudo (...) existem jogadores referenciados para todas as posições” - Agosto de 2010. Estas palavras foram proferidas a propósito de uma eventual saída de Ramires. Bem se viu quem foi contratado...

"Comigo, chegará a altura em que o grande protagonismo será daqueles que estou a pôr dentro do Benfica. Vão ver que chegará a altura, se me deixarem levar o projecto até ao fim, em que desapareço de cena." - Março de 2003.

"Com Mantorras e Sokota, onde encaixaríamos Jardel? Não haveria possibilidade de coabitação. Foi uma opção que fizemos, mas não está em causa o valor de Jardel. Ele é um jogador desse nível." Outubro de 2001.

"Todos nós temos essa tristeza, mas as coisas vão mudar." - Outubro de 2001. Atirou esta frase feita quando foi interpelado por benfiquistas nos EUA acerca da inexistência de jogadores do SLB na Selecção.

"Próximo mandato desportivo: 3+1+50" 24-10-2012

"Vamos baixar as quotas dos sócios e os preços dos bilhetes" 20-10-2012

O porta-voz do golpe final.

Avatar
 ●  6 comentários  ● 


Um grupo que tem o presidente da Académica como porta-voz...deveria estar no Linhó ou em Pinheiro da Cruz. Mas não. Estão à solta.

Nacional da Madeira, União da Madeira, Estoril, Belenenses, Académica, Arouca, FC Porto, Braga, Vitória de Guimarães, Tondela, Rio Ave, Setúbal, Olhanense e Penafiel.

Os peões seguem alegres o rei. A verdadeira rainha continua calada. Depois chorará lágrimas de crocodilo.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Nelson Oliveira «dá razão» ao NGB

 ●  13 comentários  ● 
Um chorrilho de asneiras, é o que se pode dizer das últimas declarações de Nelson Oliveira. Vejamos:

“Cardozo é um excelente avançado, mas não é o género de avançado que eu aprecio”, confessou o ponta de lança português, que não tem dúvidas em escolher um modelo: “Zlatan Ibrahimovic. É uma das minhas referências, um dos avançados que mais gosto de ver jogar”

Portanto uma frase brilhante em duas dimensões:

- Primeiro porque "relativiza" a qualidade de um jogador que tem sido decisivo na equipa do SLBenfica, onde alguém decidiu que ele não tinha qualidade para jogar (por muito discutivel que seja essa decisão).

- Depois porque quando Portugal vai jogar precisamente com a Suécia... o destaque dele é Zlatan Ibrahimovic

É caso para dizer que uma asneira nunca vem só naquela cabeça.

Porém, infelizmente, este caso só vem dar razão à necessidade de o SLBenfica implementar um modelo de acompanhamento aos jogadores da formação como aqui defendemos no tópico Exclusivo NGB: Ideia 6. Formação - Projecto Mística a este propósito:

"Um dos factores fundamentais, ao nível do treino mental, por exemplo, passaria por ter jovens mais habilitados a lidar com o processo de transição e com a "mentalidade fácil" de promoção da imprensa ou dos adeptos, evitando comportamentos desviantes como teve o Nelson Oliveira ou João Cancelo."


Na verdade, este tipo de declarações como as do Nelson Oliveira - e agora venham as criticas - são completamente compreensiveis.

Depois de o treinador o ter apontado a ele e a Rodrigo como o futuro do SLBenfica, depois de ser chamado à selecção, depois de estar a marcar golos e a destacar-se em França, depois de o SLBenfica rejubilar com primeiras páginas e reportagens sobre a ascenção da "estrela" Nelson Oliveira... obviamente que um jovem, desacompanhado, ganha expectativas e com essas expectativas vem o vedetismo (nos muitos jovens sem cabeça nem acompanhamento) e vêm as atitudes irreflectidas dentro e fora de campo, como que a querer provar a sua qualidade.



O caso de Nelson Oliveira seria totalmente evitado com um modelo de formação e especialmente com um modelo de transição bem estruturado. Não existe no SLBenfica!

Infelizmente caimos na tentação de prometer aos jogadores mundos e fundos, projectar-lhes uma dimensão galáctica antes sequer de o justificarem ou darem um pontapé na bola... e depois dão-se casos como este e como o de Djuricic.

O jovem sérvio foi resgatado na Holanda, e pelos vistos alguém lhe há-de ter prometido transformá-lo na estrela de uma equipa de dimensão internacional, até houve coragem suficiente para lhe entregar a camisola 10 acabada de sair dos ombros de... Aimar. Estava encontrado o "new rising star".

Porém, ao contrário do que muitos pensam, não é apenas o Ivan Cavaleiro, o João Cancelo ou Bernardo Silva que aos 18 ou 19 anos precisam de crescer. Mesmos o que não têm passaporte português passam por esse mesmo processo, como vimos com DiMaria que muitos pediam que fosse dispensado no final da primeira temporada na Luz.

Por isso Djuricic não chegou com a promessa de o ajudarem a trabalhar e desenvolver para poder mostrar o seu potencial, mas sim com a promessa que seria ele e mais 10.... o que passados uns meses e sem ser possível pela sua competência ainda ter esse estatuto, que se conquista, o jogador começa a mostrar desagrado, a falar demais e a denotar instabilidade e insatisfação.

Evitável? Totalmente...

Quem escolheria para a 'Bola d'Ouro'?

Avatar
 ●  20 comentários  ● 

Gareth Bale (País de Gales)

Edinson Cavani (Uruguai)

Cristiano Ronaldo (Portugal)

Radamel Falcao (Colômbia)

Eden Hazard (Bélgica)

Zlatan Ibrahimovic (Suécia)

Andrés Iniesta (Espanha)

Philipp Lahm (Alemanha)

Robert Lewandowski (Polônia)

Lionel Messi (Argentina)

Thomas Müller (Alemanha)

Manuel Neuer (Alemanha)

Neymar (Brasil)

Mesut Özil (Alemanha)

Andrea Pirlo (Itália)

Franck Ribéry (França)

Arjen Robben (Holanda)

Bastian Schweinsteiger (Alemanha)

Luis Suárez (Uruguai)

Thiago Silva (Brasil)

Yaya Touré (Costa do Marfim)

Robin Van Persie (Holanda)

Xavi (Espanha)

Ainda o dérbi: os meus factos (vai doer aos dois lados)

 ●  28 comentários  ● 
(porque continuo a ver muita hipocrisia...parecendo que não, já chateia)

Para os viscondes aprenderem. Factos. Repito, factos:

- 1-1 de Capel é duplo fora-de-jogo (Montero e depois Capel). Óculos;
- Fora-de-jogo de Sílvio mal tirado (lance de golo claro para o Benfica). Este não convém falar;
- 3-1 de Cardozo é fora-de-jogo (o passe é para trás, mas ele está ligeiramente adiantado. O que andam a discutir não faz sentido, só estaria em jogo se ele estivesse atrás da linha da bola). Não estamos a falar de foras-de-jogo de Montero, adiantado aos metros;
- Luisão sofre falta de Montero, pé em riste (há imagens claras). Não há penalti. Rennie;
- 3-3 do Sporting tem origem numa falta inexistente. Ajustar graduação;
- Penalti escandaloso de Rojo sobre Luisão por assinalar (e expulsão). Não há lei da vantagem. A bola seguiu e entrou por coincidência e sorte de viscondes e do apitador;
- André Almeida é imprudente e faz penalti não assinalado para o Sporting;
- Não há penalti a favor do Benfica do prolongamento. Mesmo indo a bola à mão, não há intenção.

Resumo, segundo aplicação das regras com "mão-de-ferro": 
- Sporting prejudicado 2 vezes (sofre 1 golo irregular e devia ter tido 1 penalti);
- Benfica prejudicado 4 vezes (sofre 2 golos irregulares, devia ter tido 1 penalti e 1 expulsão para o adversário, 1 fora-de-jogo mal tirado, para previsível golo).

Se formos minimamente sérios fica assim:
- Fora-de-jogo de Montero e Capel na mesma jogada, é difícil de ver naquele ritmo. Deve-se beneficiar quem ataca. Aceita-se;
- Fora-de-jogo de Cardozo é igualmente difícil. Benefício de quem ataca. Aceita-se;
- Fora-de-jogo mal tirado a Sílvio é difícil de ver. Devia-se beneficiar quem ataca, mas... Aceita-se;
- Não há penalti de Luisão. Basta ver com atenção a entrada imprudente de Montero; Decisão acertada;
- Há penalti de André Almeida. Decisão errada;
- Visto que no seguimento do lance há golo do Benfica, "aceita-se" que não tenha havido penalti sobre Luisão e consequente expulsão de Rojo;
- 3-3 sai de falta inexistente. Às vezes acontece, os jogadores enganam muito os árbitros, como aqui aconteceu. Aceita-se;

Portanto o melhor é pegarem na conversa habitual de calimeros e corarem de vergonha. E lembrem-se, lá em cima, para além da corrupção assumida, ganha-se comprando guerra contra o Sul e fomentando outra entre os rivais.


De resto:

- Benfica ganhou, como é habitual;
- Jorge Jesus ridículo como sempre, indo para a confusão no final do jogo;
- Prolongamento é obra de Jesus: perdeu o meio-campo sozinho, ou seja, levou outro banho táctico;
- Cada 3 bolas paradas, Benfica sofre 1 golo (mínimo). Vergonha;
- William é enorme;
- Sporting compensa a menor qualidade com mais entrega (aprende Benfica, não é por 1 jogo e meio bom que as coisas mudam);
- Bruno de Carvalho, o Chuck Norris do Campo Grande, é para lá de ridículo. Estará a fazer bom trabalho noutras áreas, ali...é só mais um derrotado;
- Violência e insultos gratuitos estão a mais no futebol. Esquecem-se que todos têm amigos e família no rival. Cambada de anormais;


- Quem utiliza petardos devia ser impedido de entrar em qualquer recinto desportivo.

NGB é o braço armado da Oposição

 ●  22 comentários  ● 

Não sabiam? Somos mesmo... pelo menos era isso que liamos em comentários e noutros blogs. Bem... na verdade depois de o Presidente ter dito que foi um homem de confiança de Pinto da Costa já são poucos que têm coragem de dizer que somos nós quem prejudica o Benfica.

Curiosamente, todos esses que tentam INVENTAR mentiras sobre o NGB quando aqui se critica alguma coisa, nunca aparecem a comentar quando, e são muitas vezes, este blog é um espaço de apresentação de ideias e sugestões.

A pergunta que se impõe: Onde andam os criticos do NGB nos tópicos sobre novas ideias ou sugestões para a Direcção do Clube, não para outra qualquer, mas sim para esta? Onde estão as opiniões, as criticas os argumentos, etc?


Se fazemos um tópico a criticar algo que entendemos estar errado ou se aparece um assunto mais polémico como a recente declaração de amor do Presidente ao seu ex-amigo, chovem comentários para aprovar... uns a concordar outros a insultar, etc.

Mas quando, e não são poucas as vezes, são feitos tópicos com sugestões construtivas, os tópicos têm muitas visualizações, mas poucos contributos.

É caso para dizer que afinal essa gente não nos critica para defender o SLBenfica... mas simplementes porque não é capaz de pensar pela própria cabeça. Assim fica fácil perceber porque a blogsfera cai nas temporadas com menos sucesso e cresce fortemente quando começa a correr bem. Esses têm o SLBenfica que merecem...

Quanto a nós... já tinham sido muitas, agora já foram mais seis... e ainda faltam mais umas quantas ideias para o nosso SLBenfica que amamos e queremos ver crescer ainda mais.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Benfica e Sporting - Adversários ao máximo, inimigos ao mínimo.

Avatar
 ●  16 comentários  ● 

Encarnado e Verde, Verde e Encarnado, as cores das camisolas de cada lado…
Vermelho, a cor do sangue, Verde, a cor da juventude… Futebol… A festa em toda a
sua plenitude!

Nascido na Farmácia Franco, criado por Cosme Damião, nasce em 1904 o Sport Lisboa, que rima e abraça, a partir de 1906, com Benfica... Fundado por José Alvalade em 1906, nasce o Sporting Clube de Portugal.

Clube do Povo vs. Clube da Elite. Clube do “Campo às Costas” vs. Clube do Estádio nos terrenos do avô, Visconde de Alvalade. Clube dos “Diabos Vermelhos” vs. “Cinco Violinos”. Pé descalço vs. Elegância…

Esta é a natureza destes dois clubes… Muito os separa, porém, na vida há curiosidades e, nas palavras de um célebre portuense, muito mais nos une. Nascidos na Cidade de Lisboa, vivem e habitam na zona da Segunda Circular. Nascidos na Capital, abertos ao Mundo, Conquistaram Portugal!

José Maria Nicolau vs. Alfredo Trindade, o entusiasmo pelo ciclismo a nível nacional floresceu, e o público acorreu às nossas estradas, para ver o ciclismo, em muito devido à rivalidade entre Benfica e Sporting, pese embora saudável, tremendamente competitiva.

Benfica vs. Sporting é Rui Costa vs. Luís Figo, é elegância e distinção, os Príncipes do Futebol português em ação.

Benfica e Sporting são clubes de extensão nacional, presentes em qualquer canto do país. Benfica e Sporting têm responsabilidades públicas, lideram Fundações de caráter social e estão presentes no dia-a-dia dos portugueses.

Benfica e Sporting não deixaram de ganhar em 1974, Benfica e Sporting deixaram de ganhar em cada ano em que não acreditaram que o podiam fazer e deixaram de ganhar, de cada vez que se esqueceram das palavras de José Maria Pedroto, “Os clubes de Lisboa unidos são demasiado fortes, é preciso dividir, para reinar”… Não será necessário referir o nome do grande discípulo e seguidor do Pedrotismo.

As finais da Taça de Portugal no Jamor passam a ser crime e só com o beneplácito papal podem ser realizadas em OEIRAS, pois a alternativa, claramente isenta é… zona das Antas (quatro finais no Estádio das Antas contra uma em Alvalade) …

No Sporting, Sousa Cintra quis atacar o Benfica, no Benfica Manuel Damásio ajudou um outro clube…

Não quero vencedores de dérbis à distância… Não defendo um controlo autocrático do futebol, não defendo submissão entre clubes, defendo alianças estratégicas pela limpeza e democratização do futebol, não quero adeptos do Benfica a ficarem contentes pelas vitórias (nacionais) do Sporting e também não quero o inverso.
A rivalidade tem que existir e o DERBY ETERNO não seria derby sem a rivalidade saudável que (quase) sempre pautou o comportamento de ambos os clubes.

Os dirigentes de Benfica e Sporting devem perceber que têm de ser eles a liderar a mudança que há trinta anos escapa aos portugueses, pois vencer não é tudo, quando a verdade ficar para trás… para se ser grande, é preciso ser uma referência nacional, ter a simpatia, pelo menos o simples respeito da esmagadora maioria dos adeptos lusos, principalmente fora das fronteiras da sua delimitada região.

Benfica e Sporting devem ser adversários dentro de campo e não inimigos. Pois, por mais que tentem denegrir, só os ETERNOS RIVAIS têm a grandeza e a elegância que nos envaidece…
Por último dizer que foi um enorme prazer assistir ao Grande Dérbi de Sábado passado, há muito tempo que a elegância não reabria os olhos para a vida e passeava nos campos e bancadas do futebol português. Viva o Futebol Português, Viva Portugal!
--------------------------------------------------------------------------

Do leitor Saint-Exupery.

O Zé-Ninguém que se tornou Presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Avatar
 ●  28 comentários  ● 

"Era uma vez um empresário chamado Zé Ninguém. O Sr. Zé Ninguém cresceu numa família humilde, não teve oportunidade de estudar. Mas como era um chico-esperto e tinha uma ambição desmesurada, lá foi subindo na vida a custo e à custa de algumas falcatruas.

Como era esperto, sabia que o mundo do futebol lhe poderia abrir portas e aumentar a pequena riqueza que juntará até então.

Num acto de genialidade, decide tornar-se sócio do Benfica (?), do Porto e do Sporting. Assim, seria mais fácil, um empresário que se preze não tem cores, não tem preferências, não tem inimigos, não tem clube.

Nunca foi visto no Estádio da Luz, não sabia quem era o Cavém, nunca participou em Assembleias do clube, nunca participou na vida do clube.

Mas era amigo de Pinto da Costa, um homem de confiança mesmo. O Presidente do clube corrupto do norte ficou amigo dele nos velhos tempos do Alverca, quando andavam os dois divertidos, juntamente com José Veiga, a desviar jogadores do Benfica para irem parar ao FCP.

Entretanto o Benfica atravessava uma terrível crise, financeira e desportiva. Zé Ninguém viu ali um El Dorado, um clube com adeptos sedentos de mudança.

Zé Ninguém foi ficando mais rico, mas não lhe bastava. Tinha uma pérola no Alverca e decidiu vende-la ao Benfica, pois seria o negócio que lhe abriria as portas das Luz, para que pudesse entrar sem ser considerado um corpo estranho.

Assim foi. Mantorras veio para o Benfica, o Alverca entretanto desapareceu do mapa e os muitos milhões do negócio Mantorras não ajudaram o Alverca.

Quando chegou ao Benfica, pela mão de Vilarinho. Zé Ninguém é nomeado Director de Futebol, apesar de nunca ter mostrado serviço nessa área e mais tarde ter admitido que não percebe nada de futebol. Lá foi construindo e seu império e aumentando a sua fortuna.

Entretanto Vilarinho passa a pasta ao Zé Ninguém, numas eleições que serviram apenas para formalizar o poder entregue em mãos. Havia um pequeno problema com a antiguidade do número de sócio de Zé Ninguém, mas nada que um número disponível de outro sócio entretanto falecido não resolvesse.

Entretanto rebenta um escândalo de corrupção, o famoso Apito Dourado. Zé Ninguém aparece nas TVs a defender os seus amigos, Pinto da Costa e Valentim Loureiro, desafiando o individuo que denunciou o Caso Apito Dourado a apresentar provas ou a demitir-se.

As provas apareceram, anonimamente segundo Zé Ninguém, no seu gabinete, sob a forma de um dossier e umas escutas. Zé Ninguém percebe que não pode continuar a defender os seus amigos em público. E passa a adoptar uma postura pela "verdade desportiva".

Vai contratar um advogado, que andou pelos gabinetes de Adelino Caldeira e pelas SAD do Porto e Boavista, Paulo Gonçalves. E mais tarde, José Veiga, seu amigo nos negócios do Alverca com o FCP, para liderar o futebol do Benfica, já que ele não percebia nada.
E para que nada falte ao novo Benfica, vai contratar um scouter ao Porto, o famoso Jorge "O Porto é a minha religião" Gomes, para dominarmos o mercado sul-americano.
Contrata um gestor de topo, que sempre foi sportinguista, mais conhecido pela sigla DSO.

Entretanto, Zé Ninguém conhece alguns percalços.

Paulo Gonçalves teve azar na forma como conduziu o Processo apito Dourado, tendo o Benfica perdido a batalha em toda a linha, para o FCP.
José Veiga, apenas teve sucesso esporádico, tendo o futebol do Benfica voltado a definhar para sorte do FCP. (Zé Ninguém, como não gostava da imagem de perdedor, tratou de o mandar embora e passar a trata-lo como um oportunista)
Jorge Gomes também conheceu alguns contratempos, pois jogadores apalavrados com o Benfica iam para o FCP.
E o magnifico DSO conseguiu passar de um passivo de 80 para 500 milhões.

Mas o extraordinário Zé Ninguém continuava imparável, ganhava eleições de rajada no clube, sempre acima dos 80% de votantes.

Os sócios estão mais contentes que nunca, apesar da grande maioria ter ficado impedida de se poder candidatar a Presidente do clube do seu coração, com o golpe estatutário delineado por Zé Ninguém, continuam a ver em Zé Ninguém o salvador.

No futebol ganha sempre o do costume e Zé Ninguém recorda com nostalgia, em tribunal, o tempo em que era amigo e homem de confiança de Pinto da Costa.

Mas nem isso serve para abalar a confiança dos benfiquistas num homem que foi tudo, menos benfiquista antes de chegar ao Benfica.
" - retirado do "Ser Benfiquista".

Fala um dos homens da confiança de Pinto da Costa.

Avatar
 ●  18 comentários  ● 

"Sou figurante da série 'The Walking Dead'"

"Presidente da AF Porto lembra que os dois grandes de Lisboa são dois clubes tornando, tornando o ato contra-natura.

A ideia de que Benfica e Sporting deveria formar uma aliança para que a AF de Lisboa se impusesse à do Porto pode parecer viável no papel, mas difícil de concretizar aos olhos de Lourenço Pinto.
"Essa dita aliança dos clubes de Lisboa, com o sentido de que estavam criadas as condições para que Lisboa se impusesse ao Porto e ao norte em matéria futebolística, não passa de uma frase ou desejo que não é concretizável ", referiu o líder da AF do Porto à Antena 1.

Na base da teoria de Lourenço Pinto está a enorme rivalidade existente entre os dois emblemas. "É do senso comum que eventual aliança entre Benfica e Sporting é um ato contra-natura, porque são 2 clubes rivais, adversários, vizinhos intoleráveis e vivem emocionalmente há décadas essa quase adversidade, a gerar quase animosidade", recordou." - O Jogo.

Já falamos nisto vezes sem conta. O que mais atemoriza o FC Porto e os seus dirigentes é o facto de Benfica e Sporting lutarem juntos pela limpeza das estruturas do futebol de gente ligada ao FC Porto e assim retirar-lhes o poder de influenciar como o têm feito até agora.

O que Lourenço Pinto pretende também é passar o fantasma do centralismo de Lisboa e do mal que Benfica e Sporting pretendem fazer ao 'norte futebolístico'.

Esquecem é que foi já durante o 'poder' da AF Porto que deixou de haver a 2ª divisão por zonas, que assegurava que todo o país teria acesso a futebol de 1ª divisão. 
Com essa alteração, vimos os clubes amigos do FC Porto a subirem para facilitar a vida à casa mãe. Tiveram o que mereciam pois muitos deles já nem existem ou estão nas 'distritais'.

Mas pode ficar sossegado Lourenço Pinto, a AF Porto e o FC Porto.

O Sporting pode ter um sportinguista de coração ao leme com a mania que é o Rambo, mas nós benfiquistas temos um homem da confiança de Pinto da Costa(link)  na presidência do Sport Lisboa e Benfica.

E enquanto isso acontecer, a festa na Av. dos Aliados continuará a acontecer regularmente e a AF Lisboa continuará a lutar sozinha contra os corruptos do futebol português. 

Exclusivo NGB: Ideia 6. Formação - Projecto Mística

 ●  Sem comentários  ● 
Parece-me que com uma infra-estrutura como a do Caixa Futebol Campus e com milhões investidos em prospecção de jogadores desde os 8 anos, é impossível hoje em dia dizermos que o SLBenfica não tem jogadores com capacidade para lançar na primeira equipa.

O problema é outro: Chama-se transição para o contexto de futebol profissional

A realidade é que jogadores que marcam efectiva diferença nos juniores, ou mesmo agora na equipa B, efectivamente têm sérias dificuldades em se afirmar no plantel principal e em evidenciar uma preparação física e mental que lhes permita imporem-se num plantel muitíssimo forte e que custa milhões... e com milhões de interesses de "amigos" e empresários a gravitar em torno do Clube.

Nesse sentido, a minha ideia passa por constituir de um Projecto Bi-anual de Acompanhamento e Desenvolvimento do Atleta da Formação do escalão Sub18 em diante, com vista à sua integração, como reforço e mais-valia imediata, no plantel principal do SLBenfica.

Modelo de Funcionamento:

O Projecto arrancaria com cinco jogadores entre os 18 e os 21 anos, formados no SLBenfica e seleccionados pela equipa de projecto abaixo descrita em função do seu potencial, necessidades da equipa principal e possibilidades de confirmação do potencial de evolução.

Durante dois anos os jogadores seriam acompanhados nas dimensões físicas, de treino e psicológicas/mentais, no sentido de os preparar para um processo de integração rápida e valorativa no plantel principal do SLBenfica como reforços efectivos.

O arranque do projecto, porque há matéria prima com qualidade como Nelson Oliveira ou Ivan Cavaleiro, excepcionalmente poderia haver uma transição logo no primeiro ano, pelo que no final desse ano, dois jogadores teriam sido já preparados nas diferentes dimensões de trabalho para integrarem o plantel principal (ou sairem do projecto caso não tenham correspondido ao longo do ano).

No segundo ano (tal como nos seguintes daí em diante), dois novos jogadores integrarão o plano de dois anos de acompanhamento e no final desse ano, dois dos que transitam do primeiro ano, integrarão o plantel principal (ou sairão do projecto caso não correspondam).

Na prática estabelecer-se-ia um modelo de rotatividade dentro do modelo, em que idealmente os atletas fariam parte deste projecto durante um mínimo de uma temporada e um máximo de três, acompanhados de perto por uma estrutura profissional e científica que os ajudasse nas dimensões:

- Física
- Treino
- Mental

O objectivo passaria por reforçar o plano de transição das camadas jovens para os seniores, mesmo para aqueles jogadores que, por motivos competitivos, é mais relevante estarem emprestados do que na equipa B. Nesses casos, haveria uma comunicação permanente com o clube de destino, nessas mesmas dimensões de trabalho e uma escolha criteriosa dos clubes onde os jogadores pudessem evoluir por forma a manter os principios do plano de formação.

Um dos factores fundamentais, ao nível do treino mental, por exemplo, passaria por ter jovens mais habilitados a lidar com o processo de transição e com a "mentalidade fácil" de promoção da imprensa ou dos adeptos, evitando comportamentos desviantes como teve o Nelson Oliveira ou João Cancelo.

Por outro lado, daria ao treinador da equipa principal, que responderia ao lider deste projecto, uma visão de médio prazo a acompanhar também ele os jogadores e com isso facilitando a sua integração e selecção inicial para integração no projecto. Desta forma, os jogadores ao invés de chegarem "demasiado verdes", chegariam já com uma estrutura mental e física mais evoluida e com menor sujeição ao erro prematuro e, com isso mais rapidamente se tornariam soluções efectivas reduzindo drasticamente as necessidades de investimento do SLBenfica em reforços para o plantel principal, ao mesmo tempo que valoriza jogadores que poderão, seguramente, vir a constituir receitas extraordinárias com vendas.


Estrutura Organizativa:


Sob a Liderança directa do Director Geral da SAD (já aqui expliquei no tópico Exclusivo NGB: Ideia 1. - O Presidente a importância de rever este cargo), deveria ser criada uma equipa suportada em três segmentos:

a) Elementos do Laboratorio de Optimização de Rendimento Desportivo acompanhará com regularidade os jogadores, integrados com as equipas técnicas dos clubes de destino onde estarão emprestados, para colaborar activamente na optimização do rendimento desportivo.

b) Elementos do Dpt. de Prospecção que acompanharã com regularidade os jogos e treinos dos 5 atletas do programa, igualmente em colaboração com as equipas técnicas dos clubes de destino.

c) As equipas técnicas dos escalões de formação do SLBenfica onde actuam os jogadores e/ou os clubes de destino, no caso de estarem emprestados.

O Director Geral da SAD, teria uma relação pessoal directa e frequente com os atletas, para monitorizar todo o projecto.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

To be or not to be, to talk or not to talk...

 ●  30 comentários  ● 


Portugal, 12 de Novembro de 2013

No sábado à noite logo após a épica vitoria sobre o SCP, comentei com um amigo benfiquista com quem partilho muitos momentos de benfiquismo (bons e maus), que “foi um bom jogo, com muitos golos e muita emoção, mas amanhã o que vamos ver e ler nos jornais será bem diferente”.
Também foi nesse sentido que ao falar na sexta-feira, com um cliente adepto do SCP, quando ele desejou que “fosse um bom jogo, que ganhe o melhor e que não haja casos de arbitragem”, eu respondi que também esperava o mesmo, mas que quanto á arbitragem, ficasse “descansado” que a comunicação social iria desenterrar os casos que fosse possível.
Não estou portanto, surpreendido com o caminho que as “coisas” tomaram após a vitória do Benfica sobre o SCP, justa, sem grandes penalidades e sem golos em fora de jogo. O Benfica, como JJ tem vindo a frisar (apesar de muitos adeptos do Benfica não perceberem), está a subir de forma e apresenta um colectivo mais forte do que há um mês atrás. Seguramente daqui a um mês estaremos ainda melhor.
O SCP bateu-se bem, trabalhou muito e acabou por ser “beneficiado” por um 2º golo que raramente marcam, na sequência de um canto. À primeira vista, diria que a defesa do Benfica, em particular Luisão, foi lenta a abordar o lance. Mas no dia seguinte vi que o Manchester ganhou 1-0 ao Arsenal (líder do campeonato) com um golo praticamente igual, e fiquei mais descansado.
Este 2º golo do SCP aconteceu pouco mais de 15 mn na segunda parte, ou seja, relativamente pouco tempo para que o esquema táctico do Benfica (4-2-3-1 com um único avançado) desse os seus frutos, o tal 4º golo da tranquilidade. Pelo contrário, ao cair para o lado do SCP, o golo complicou tudo para o nosso lado. Cenário normal nos jogos com resultado de 2 golos de diferença...
O 3º golo do SCP, que alguns irão mais uma vez atribuir ao mau posicionamento da defesa (que “azar” já não termos o Roberto) ou ao misticismo dos descontos, é um golo que na minha opinião, nasce mais de um erro de Ivan Cavaleiro que não soube pensar o jogo naquela fase crucial e fez falta escusada em zona complicada. Uma característica dos jovens que se vão afirmando na equipa principal, é não pensarem bem o jogo, não tomarem as melhores decisões. Falta de maturidade. E numa equipa constantemente pressionada como o Benfica, a margem de erro dos jovens jogadores é muitíssimo menor.
No final, e apesar deste erro de Ivan Cavaleiro, ganhamos com a ajuda de Patrício, o SCP – estranhamente - não teve andamento para o Benfica nos últimos 30 mn, e acabou por cair, como se costuma dizer, de “cabeça erguida”. Parabéns a todos os intervenientes que proporcionaram esse grande espectáculo a quem pôde assistir, em particular aos que foram ao estádio, com grandes golos, grandes jogadas e muita entrega física sem maldade.
Ora já sabemos que o futebol português, ao contrário do futebol de outros países, tem 3 fases bem distintas, com impactos geridos de formas muito variadas e com distintos objectivos. Temos o antes do jogo, os 90 e tal minutos do jogo, e o pós jogo. Normalmente o pós jogo é a fase que dura mais e onde se revela a baixa qualidade ética e moral dos outros protagonistas: dirigentes, comentadores e jornalistas.
A actual Direcção do SCP surpreendeu-me pela negativa. Não esperava a traulitada verbal de um Presidente que tem dado exemplos de inteligência na gestão financeira do seu clube/SAD e que tem sabido agregar a cultura leonina em torno de um objectivo futebolístico de médio – longo prazo.
Bruno de Carvalho não podia agarrar-se desesperadamente às ampliações e repetições da Sporttv, para julgar o trabalho do árbitro. Porque sabe que as ampliações e repetições são escolhidas por critério, e naquela estação raramente têm algum paralelo com a proporcionalidade dos erros dos árbitros em relação aos dois clubes. Como já se tinha visto no caso Capela.
Falar de “erros sempre para o mesmo lado” não é de pessoa séria, idónea, justa, mas sim de um adepto tendencioso a quem chegaram informações distorcidas (pela Sporttv) porque no campo não viu nada daquilo que depois criticou. Não viu porque não existiu. Não existiu fora de jogo de Cardozo no 3º golo, como não existiu fora de jogo de Capel no 1º golo (na dúvida favorece-se quem ataca), não existiu penalty de Luisão porque este abordou a bola antes do jogador do SCP, pode existir penalty de André Almeida porque já se viu que em Portugal os critérios nesta matéria são muito distintos de árbitro para árbitro, e de camisola para camisola, pode ter existido um fora de jogo mal assinalado a Sílvio aos 50 mn, que na sequência podia ter dado o 4-1, mas que não mereceu da Sporttv o destaque que mereceram outros lances de centímetros. No lance do 4º golo existiu penalty sobre Luisão, e a sermos tão rigorosos teríamos de falar num penalty e numa expulsão não assinalada (mais a imagem de Patrício poupada). Existiu falta, no lançamento de linha lateral que o precede? Já se viram tantos lances iguais, nuns marca-se, noutros não se marca, porque razão teria de existir premeditação contra o SCP?
Bruno de Carvalho sabe que os homens do apito não têm televisão em campo e têm de decidir com base no que vêem, com base no bom ou mau posicionamento no terreno de jogo, com base na boa ou má capacidade de interpretar lances mais fáceis ou mais difíceis. Se Bruno de Carvalho quer que na dúvida os árbitros apitem a favor do SCP, então é apenas mais um desqualificado que veste a roupa do Sr.º Doutor mas que tem as cuecas sujas, como tantos outros que por aí andam, seguindo aquela velha afirmação de Pimenta Machado.
Não quero reduzir este tópico do debate a um “falar ou não falar” das arbitragens. Os que falam demais como o SCP. Os que falam de menos como o Benfica. A solução estará sempre no meio. Porque os clubes têm de saber defender os seus interesses, num determinado contexto competitivo manobrado por diversos “actores”. E há actores que prejudicam o espectáculo subvertendo as leis do jogo. Não foi o caso de Duarte Gomes, o árbitro que ficou ligado ao famoso penalty que só ele viu sobre Jardel em 2001/2002, e ao título que o FCP comemorou no estádio da Luz, em que aos 5 mn parou uma jogada de contra ataque perigoso do Benfica, para marcar falta contra o FCP...

Onde está Oblak?

 ●  8 comentários  ● 
Passado o rescaldo do derby, que os sportinguistas lamentavelmente conseguiram transformar um grande jogo num discussão sobre arbitragens nos dias seguintes, gostariamos de abrir a discussão de opinião sobre Jan Oblak.

O suplente de Handanovic, por quem o Man City quer dar 20M€, na selecção da Eslovénia - onde já se estreou num jogo de qualificação para o Mundial (aos 19 anos!), tarda em aparecer na baliza do SLBenfica.

A medida imediata que parecia lógica seria o Jan passar a ser a opção definitiva como segundo guarda-redes do SLBenfica. Convenhamos que para o Artur Moraes, que parece lidar mal com a pressão, é muito conveniente ter o Paulo Lopes no banco. É certo que não tem ameaça. Com Oblak seria diferente.

Será adequado manter a rotatividade, sabendo nós que o Paulo Lopes, sem prejuizo da sua entrega, já nada tem a acrescentar ao SLBenfica?

A segunda iniciativa, já aqui defendida no blog, seria a titularidade do Jan Oblak nas Taças nacionais (Taça da Liga e Taça de Portugal). Foi, salvo erro, como Jorge Jesus que se perdeu a entrega da baliza ao suplente nestas competições, especialmente a partir de uma determinada altura de cada competição, ou seja, com JJ eles jogam enquanto "é a fejiões" e depois entra o Artur Moraes. Não parece ser a melhor solução.

Não será justo entregar a baliza ao Oblak, um jovem de imensa qualidade, nas Taças nacionais, independentemente do grau de dificuldade de cada jogo?

A terceira, necessariamente respeitando a ordem que é apresentada, passa por ter a coragem de lidar com as falhas do Artur Moraes. Têm sido menores, contudo tem deixado a ideia de continuar a ser mal batido, ainda que balance esses factos com boas intervenções durante os jogos. 

Será hora de mudar na baliza no campeonato, mantendo eventualmente Artur Moraes na Champions (por ter mais experiência, ainda que não ande feliz nessa competição, mas evitando assim uma transição completa), como faz Ancellotti no Real Madrid com Casillas?

Assunto Robert Enke - Resposta do Eintracht Braunschweig:

Avatar
 ●  7 comentários  ● 

"The club Eintracht Braunschweig and all of our genuine fans distance ourselves vehemently from any such pictures/illustrations or defamation of any other club or player. On August 19th, on www.eintracht.com, we acknowledged the subject and clearly distanced ourselves from all vile, disrespectful or abhorrent content relating to the death of Robert Enke. Both the fan-representatives as well as the Braunschweig fan groups are completely agreed that any such remarks are utterly intolerable. As a consequence, prior to, during and following last Friday evening’s derby, there were no incidents relating to this subject.

http://www.eintracht.com/aktuelles/neues/eintracht-distanziert-sich/

We firmly believe that concerted and purposeful efforts were made in this context to discredit the club Eintracht Braunschweig and our fans.

We will be deleting all detrimental texts and/or pictures which were posted, in order to prevent any platform for such content being provided."


O benfiquismo continua a ser golpeado e de luto.

Avatar
 ●  34 comentários  ● 



"Toda a gente sabe que há uns anos eu era um homem de confiança de Pinto da Costa, e nunca ouvi falar no senhor Antero". - Luis Filipe Vieira, presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Esta frase na boca de José Veiga, Bruno Carvalho, Rui Rangel ou outro qualquer indignaria logo muitos benfiquistas. Pelo menos 83% de pouco mais de 20 mil votantes.

Dita por Luis Filipe Vieira, é ignorada pelos mesmos, esperando que mais uma facada no benfiquismo passe despercebida.

A frase revela vários pormenores reveladores mas ao mesmo tempo humilhantes para o benfiquismo, por serem tão óbvios.

"Há uns anos..." - quantos?

"...eu era um homem da confiança de Pinto da Costa..." - tinha a confiança do maior cancro do futebol português. A própria expressão utilizada revela subalternidade a Pinto da Costa.

"...e nunca ouvi falar no senhor Antero". - Como que a afirmar que envolvimento com Pinto da Costa e o seu núcleo duro do presidente do FC Porto era tal que este 'portista-novo', Antero de seu nome, era desconhecido a eles e não fazia parte desse estrito grupo. 

A cumplicidade com quem odeia o Benfica era muita. Demasiada para alguém que juntamente com isso era sócio do FC Porto. Durante 24 anos.

Pode Luis Filipe Vieira, envolvido em negócios com o FC Porto e Pinto da Costa, dizer que desconhecia a conspiração do FC Porto contra o Benfica? O ódio desse senhor ao nosso clube?

Alguma vez Pinto da Costa ou Bruno de Carvalho afirmariam em público que eram homens de confiança de Luis Filipe Vieira, benfiquista?

Que lata tem este senhor ao vir chamar seja o que fôr a outros benfiquistas! Aventureiros?! 
Mal intencionados?! Infiltrados?! Quem é nesta história o verdadeiro infiltrado? 

Por muito que venham invocar o "profundo benfiquismo" de Luis Filipe Vieira, os seus actos dizem algo completamente diferente.

No máximo, será um benfiquista de ocasião, ou não de gema, como já foi apelidado.

Muito mal está o benfiquismo que deixa passar em claro estes golpes no benfiquismo.

Nota: a assistência no Benfica-Sporting revela o desencanto com o clube. Apenas 40 mil benfiquistas. 

Isto é o fruto da estabilidade

 ●  17 comentários  ● 
A GRANDE MENTIRA
Quando Vale e Azevedo deixou o Benfica, o Passivo total era de 80 milhões de euros.
O desafio é perceber o que é que foi feito que explique porque é que o Passivo, actualmente, ultrapasse os 500 milhões. Assim, os investimentos relevantes efectuados foram os seguintes:
1. Estádio: Custo 162 M€, dos quais devem ser deduzidas as seguintes parcelas:
- 25M€ (de ajudas do Estado)
– 40 M€ (alienação de terrenos, inclusivamente do estádio antigo)
– 10 M€ (Câmara Municipal de Lisboa)
Custo líquido do Estádio: 87 M€
2. Custo do Centro de Estágios: 15 M€ (totalmente pagos pelo nanimg da Caixa Geral de Depósitos)
3. Custo do Museu: 10 M€
4. Custo da Benfica TV: 3 M€
Assim, admitindo um cenário muito, mas mesmo muito generoso, em que desde a construção do novo Estádio, em 2003, nada foi pago e os 15 milhões do naming da CGD são ignorados, o passivo deveria ser:
Passivo inicial: 80 M€
+ Custo Líquido do Estádio: 87 M€
+ Custo Centro de Estágios: 15 M€
+ Custo do Museu: 10 M€
+ Benfica TV: 3 M€
Somado tudo isto, o Passivo total do Benfica deveria ser, no máximo dos máximos, 195 milhões de euros. E repito, o Passivo só seria 195 milhões se não tivéssemos pago um único cêntimo do estádio nos últimos 10 anos e não considerássemos o naming do Centro de Estágios.
No entanto, o Passivo do Benfica é superior a 500 milhões.
Onde pára a diferença entre mais de 500 milhões e 195 milhões?
Para onde foram mais de 300 milhões de euros? É que entre comissões, negociatas, Pizzis, Robertos, Fariñas, salários milionários, mordomias, contratação de amigos, contratação de opositores, derreteram-se mais de 300 milhões!
O milagre financeiro apregoado por Luís Filipe Vieira e Domingos Soares de Oliveira é a maior MENTIRA de sempre que alguma vez foi contada aos Benfiquistas.
Sinceramente, pouco me importam as histórias de empresas falidas, processos em tribunal ou da falência do Alverca.
A mim interessa-me o que estes senhores estão a fazer ao Benfica.
Depois que ninguém venha dizer que não foi avisado ou que não sabia...

Por Bruno Carvalho.

Caro Bruno Carvalho, tenho que admitir que achei que fez uma campanha patética quando foi candidato á presidência do Benfica. No entanto, nos últimos anos demonstrou que é um verdadeiro benfiquista e não um "infiltrado" do Porto. Aliás porque é que os benfiquistas têm um medo irracional de meterem um infiltrado do Porto no Benfica, se quem lá está á doze anos era um homem de confiança de Pinto da Costa?

O facto é que avisos é o que não falta, mas para o benfiquista seguidista o que interessa é que não hajam capas de jornal depreciativas sobre o Benfica, nem notícias de teor negativo nos jornais. Enquanto isso não acontece dormem descansados com a ilusão de que tudo corre bem, quando de facto o Benfica não passa da cepa torta á 12 anos.

Quanto á sua pergunta de para onde foram mais de 300 milhões de euros deixo-lhe uma pista: Luís Filipe Vieira, que não era ninguém de relevo antes de ser Presidente do Benfica era em 2007 o 75º mais rico de Portugal com uma fortuna de 150 milhões de euros (notícia mais recente que encontro sobre esta lista na Internet). 

Já que parece ter tempo para fazer estas pesquisas, pergunto-lhe qual era o passivo do Benfica em 2007?Ora, o Fórum Benfica (grande blogue) escrevia em 2008 que segundo o Relatório e Contas CONSOLIDADO do Grupo Empresarial do Benfica 2006/2007, o passivo do Grupo Empresarial do Benfica em 2006/2007 era de 215 milhões de euros na mesma altura em que Vieira tinha um património de 150 milhões. Curiosamente, Domingos Soares Oliveira afirmou em 27 de Março de 2007 que o estádio estaria pago em 2013. Logo claramente, a dívida do estádio já não entra no passivo do clube.

De facto algo cheira muito mal nas contas do clube. Infelizmente, esse cheiro nauseabundo, bem como o apoio de Vieira ao Sistema Corrupto que domina o futebol português na figura de Fernando Gomes foi validado por 83% dos benfiquistas.

Quero terminar este texto com uma simples pergunta: 
- Quando os credores vierem bater á porta do Benfica, irá Vieira meter dinheiro do seu bolso para salvar o clube que o fez rico?
Esperemos que Vieira seja um benfiquista como Jorge de Brito porque dentro em breve vamos precisar de alguém com bolsos fundos no clube. Caso não seja, o consulado de Vieira á frente do Benfica irá apenas revelar aos benfiquistas que ao lado de Vieira Vale e Azevedo é um menino de coro...

Um ultraje à memória de Robert Enke.

Avatar
 ●  10 comentários  ● 


"Na sexta-feira, Hannover e Eintracht Braunschweig encontraram-se num jogo sem grande história, que terminou num redondo 0-0, na partida inaugural da jornada 12 da Bundesliga. O pior veio depois...

Primeiro surgiu uma imagem de um porco, com a inscrição de 96 num dos lados, em alusão ao número que consta no nome do clube. Uma provocação, é certo, mas que nada tem de similar com o que veio a seguir.

Num dos fóruns do clube começou a circular uma imagem com Robert Enke no centro. Na foto, o guardião surge de boca aberta, com um comboio a passar por entre a boca, numa clara alusão à trágica morte do guardião, que se suicidou em 2009. Em volta de uma imagem já de si surreal, os adeptos do Eintracht Braunschweig colocaram a inscrição "Follow your keeper" - Sigam o vosso guarda-redes...

Se a imagem já é de si reprovável, pior se torna quando, precisam no domingo se cumpriu o quarto aniversário da morte do malogrado ex-guarda-redes do Benfica." - Record.

A rivalidade não justifica tudo. Isto é inaceitável.
Por isso, enviamos hoje um mail para os 2 senhores responsáveis pela ligação com os adeptos no Eintracht Braunschweig:

- Nils Burgdorf: nils.burgdorf@eintracht.com
- Erik Lieberknecht: erik.lieberknecht@eintracht.com

O texto foi este:

"Mr.Nils Burgdorf and Mr.Erik Lieberknecht,

Last friday the fans from your club used a bad taste image to insult Robert Enke's memory and all the millions around the world that suffer from the same illness that caused his death.

The rivalry in football does not justify messing with the memory and the personal tragedies of anyone.

Robert Enke played for Benfica and honored us with his commitment and performance. 
Therefore we require a formal apology to the family of Robert Enke.

It's the least that you and your club can do. 

Benfica Fans"

Solicitamos a todos que o possam fazer que enviem emails a estes senhores até que o clube alemão possa tomar a medida certa que é lamentar o sucedido e pedir desculpas à família de Robert Enke.

É uma vergonha haver gente desta a conspurcar o desporto.

Poderão também deixar as vossas mensagens no Facebook do Eintracht AQUI.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Homem de confiança de Pinto da Costa?

Avatar
 ●  15 comentários  ● 

"Toda a gente sabe que há uns anos eu era um homem de confiança de Pinto da Costa, e nunca ouvi falar no senhor Antero" - CM.

Como não quero que venham novamente com a lenga-lenga de que estou a acusar o presidente do Sport Lisboa e Benfica em vão, quero pedir que me confirmem se Luis Filipe Vieira realmente disse isto em tribunal.

"Uma questão de coerência." - Comunicado do Sport Lisboa e Benfica

Avatar
 ●  19 comentários  ● 

Nota prévia: excelente comunicado!

"Resistiu, até esta segunda-feira, o Sport Lisboa e Benfica a entrar numa discussão que entendeu ser natural num primeiro momento, mas que no tempo e no tom em que a mesma se está a prolongar é completamente absurda e merece repúdio.

Sejamos sérios. Há lances de dúvida no jogo? Claro que há, como há em todos os jogos com a intensidade em que decorreu o jogo do passado sábado. Os lances duvidosos repartiram-se, mas os reparos e acusações limitaram-se a apontar, de forma parcial, prejuízos apenas para o Sporting Clube de Portugal.

É claro que a omissão, por parte do operador televisivo, da linha virtual em alguns casos e da má colocação da mesma em outros também contribuiu para desvirtuar a análise de alguns lances.

A discussão faz parte do Futebol e por isso é legítimo que o Sporting peça os relatórios que entender sobre o jogo, e que disso dê publicidade nos jornais que entende, mas seria coerente que pedissem, com a mesma indignação que publicamente têm exibido, os relatórios do jogo com o Benfica em Alvalade, com a Académica em Coimbra, com o Olhanense no Algarve e com o Marítimo, também em Alvalade.

Não podemos reclamar apenas de algumas cenas do filme, temos de ser coerentes e ter memória do filme todo. Quando assim não acontece perdemos credibilidade e ficamos reféns da demagogia e do mais primário populismo.

Quantas vezes já vimos alguns directores, editores ou articulistas de jornais escreverem e condenarem o excesso de protagonismo que os dirigentes assumem em detrimento dos jogadores? E do absurdo de discutir as arbitragens da forma como se discutem em detrimento do jogo?

Pois bem, os jornais e os seus directores têm toda a legitimidade de definir a linha editorial, os editores e opinadores têm todo o direito em assumir o que bem entenderem, mas uma vez percorrido este caminho não podem, no futuro, estes mesmos responsáveis voltar a cair na tentação hipócrita de criticar este tipo de comportamento por parte dos dirigentes desportivos, dada a forma como estão a dar eco de algumas declarações irresponsáveis.

Registe-se, ainda, que não houve da parte de nenhum dirigente do Benfica qualquer palavra desrespeitosa em relação a algum profissional do Sporting. Não é admissível, por isso, que o presidente do Sporting, pela segunda vez, se dirija da forma que se dirigiu ao treinador do Sport Lisboa e Benfica. A liberdade de expressão tem fronteiras que devem ser respeitadas. Não é por gritar mais alto nem por insultar mais vezes que se ganha a razão." - in Sport Lisboa e Benfica.

Há sportinguistas e há...lagartos.

Avatar
 ●  17 comentários  ● 

“Foi apelidado de um dérbi inesquecível. Isso tudo é uma treta. Podia ter ficado para a história se tivesse uma arbitragem competente. Não é por ter tido 7 golos que passa a ser um hino ao futebol. Para os benfiquistas e os amantes do futebol foi um jogo engraçado e com golos, mas para nós foi o dérbi do desespero. Um jogo que fica envergonhado pela arbitragem de um benfiquista incompetente e mostra que temos de ser muito melhores que os outros para vencer” - Eduardo Barroso à RR (via Record).

Eduardo Barroso integra aquele grupo liderado por Dias Ferreira a que apelido de lagartos.
Lagartos são todos os sportinguistas anti-Benfica.

É natural um sportinguista gostar de ver o Benfica perder. Assim como um benfiquista gostar de ver o Sporting perder. A rivalidade também é isso.

Neste caso é muito mais que isso. O anti-benfiquismo primário cega os lagartos. E por isso, num jogo em que o golo da vitória é marcado devido a uma fífia do seu guarda-redes, os lagartos continuam a bater no árbitro para justificarem a derrota.

Já toda a gente reconheceu que houveram erros, para ambos os lados. E logo aí deveria terminar esta choradeira.
Mas não. Há que encobrir o erro de Rui Patrício batendo no árbitro.

Só que há árbitros e há árbitros. Há uns que erram recorrentemente para o mesmo lado. Outros como Duarte Gomes têm de vez em quando um jogo menos conseguido.

Os sportinguistas, gente que acima de tudo quer que o seu Sporting vença sempre e que não é obcecada com o Benfica, certamente ficaram irritados e desgostosos com a derrota do seu clube. Qualquer adepto ficaria. 

Mas isto passa já os limites do aceitável quanto a reclamações. Eduardo Barroso, até pelas responsabilidades que já teve no passado, deveria ter outra postura.
Tem tanto de bom médico como de desbocado.

Gostava de o ter visto comentar assim a arbitragem do jogo SCP-SLB desta temporada.
A ele, a Leonardo Jardim ou a BdC.

Se não tivessem andado tantos anos a lamber as botas ao velho do alterne, se calhar não teriam perdido influência nos orgãos de decisão e seriam mais respeitados pelas cúpulas do futebol.

Como hoje ouvi dizer pelo presidente da APAF, os clubes antes de comentarem arbitragens deveriam olhar para dentro dos seus plantéis e olhar para os erros dos seus jogadores e treinadores.

Quando uma arbitragem torna o campo inclinado, caro Eduardo Barroso, não há sequer lugar a prolongamentos. A coisa resolve-se em 90 minutos.
Já o vimos acontecer tantas vezes com o mesmo clube de sempre.

Por isso, veja lá se mostra menos lagartice e mais sportinguismo.

O futebol português beneficiará de ter um Sporting forte e focado, e não de ter o Sporting calimero.

Vamos fazer uma coleta a favor da PT/Meo

 ●  5 comentários  ● 

Será que os rapazinhos não têm dinheiro para mudar as lonas do estádio da Luz?

A imagem do Meo já mudou há meses... Mas mesmo que não fosse por isso... O Aimar??! E com aquela camisola, salvo erro, da época do 2008/09!?

À atenção de quem de direito...

Vote no golo de Matic para o prémio "Puskas 2013".

Avatar
 ●  1 comentário  ● 

O golo de Matic frente ao FC Porto está entre os 10 nomeados para o prémio "Puskas 2013".

Pode votar no site do 'France Football', AQUI.

Vote também no site da FIFA, AQUI.

Vamos ajudar a elevar o nome do Benfica?

Dizem que a sua ausência da Selecção foi encomendada...

Avatar
 ●  20 comentários  ● 

ranking