O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 13 de novembro de 2010

Benfica: O Clube das Desculpas (esfarrapadas)

 ●  16 comentários  ● 
O Vieira chegou ao Benfica no virar do século com a queda do Vale e Azevedo. Diz o GB num dos seus últimos tópicos que foi o Vieira, o Bibi e o Mário Dias que o «empurraram» para presidente, servindo de «testa de ferro» para a sua entrada no clube onde viam a oportunidade de enriquecerem e se notabilizarem à custa da construção do estádio e do centro de estágio.

Até 2009 o Vieira andou de desculpa em desculpa para justificar os fracassos.

Durante muitos anos era o Vale e Azevedo o culpado, mas na verdade o clube na altura tinha um passivo quase 10x inferior e, num momento económico menos adverso gastava muito menos e distinguia-se muito mais. Não tivesse o advogado sido criminoso e a sua audácia em «movimentações» como a contratação de Poborsky, VanHoijdoonk, Mourinho, Nuno Gomes, etc. e especialmente a coragem para rescindir unilateralmente com Joaquim Oliveira, ter-lhe-iam valido um lugar na história do Clube.

Mas ainda assim os benfiquistas, que adoram criar heróis lá foram olhando para o Vale e Azevedo como o Judas que enterrou o Benfica e considerando o Vieira o salvador deste Mundo e do outro. Resultados? ZERO! Nesse percurso conseguimos ficar fora das competições europeias pela primeira vez, conseguimos acumular milhões e milhões em camiões de jogadores inúteis.

Depois da desculpa do Vale e Azevedo, chegou a desculpa da prioridade à recuperação económica e às infra-estruturas. O tal salvador da pátria benfiquista, depois de ter piorado fortemente as finanças face ao período do criminoso do Vale e Azevedo, convencia agora os benfiquistas que não fazia mal estar a ser humilhados desportivamente ano após ano, queimando treinadores como se de um cemitério se tratasse porque... afinal tínhamos um estádio e um centro de estágio.

Em 2009 o Vieira, pouco prudentemente e embalado pela boa temporada que o Jesus estava a fazer, resolveu então subir a fasquia e disse que era finalmente o mandato desportivo. Vamos lá então cobrar esse mandato desportivo ao Vieira.

Quando deviamos realmente estar virados para a criação de valor para o clube, eis que as apostas de Vieira foram: Julio César (0,5M), Patric (2M), Shaffer (2M), Peixoto (0,4M), Menezes (1,5M), Airton (3M), Keirrison (1,5M), Faria (2M), Salvio (2M), Jara (5,5M), Weldon (0,1M), Kardec (2M), Oblak (3,9M) e Eder Luiz (3,6M)... para se juntarem a Saviola (5M), Ramires (7,5M€), Javi Garcia (7M), Roberto (8,5M) e Gaitan (8,4M).

Feitas as contas de merceeiro e acreditando que alguns valores podem não estar correctos, os que não têm categoria (ou ainda não demonstrar ter) para jogar no Benfica são 14 jogadores contratados em apenas uma época e meia, tendo custado 30M€ ao Benfica.

Jogadores que são mesmo apostas para trazer mais valias ao Benfica foram cinco jogadores e já estou a ser simpático para o Roberto e o Gaitan. Estes totalizaram 36,4M€ numa época e meia.

Feitas as contas dá os tais mais de 60M€ que o jornal A Bola falava no outro dia. O engraçado é que desses mais de 60M (a caminho dos 70M - 14 milhões de contos) metade não serviu para mesmo nada e se não tivessem vindo, o Benfica não teria tido qualquer problema com isso.

O Vieira disse então ontem que este plantel está muito valorizado e a pergunta que eu faço é quem são eles além do David Luiz e do Coentrão que poderão valer em Janeiro (?) ou Julho cerca de 60M€. Quem são os outros? Que outros jogadores poderão valer mais de 20 a 30% de lucro bruto face ao que custaram?

Neste mesmo mandato desportivo vimos clubes adversários ou rivais reforçarem-se com jogadores que o Benfica teve oportunidade claríssima de ter contratado como Falcão (5,4M), Moutinho (11M - 70%), Varela (0€), Micael (3M), Alvaro Pereira (4,5M), Evaldo (3M), João Pereira (3M), Eduardo (4M). Feitas as contas seriam precisamente 30,9M€, ou seja, o valor semelhante ao que o Benfica gastou nos 14 pinos (não servem para mais). Nem vou juntar aqui o pedido feito pelo Quaresma, ou o Huntelaar ou mesmo o Simão.

Para concluir as palavras do Vieira, diz ele que não pode estar descontente com o Jesus nem tê-lo a prazo porque é o mesmo treinador e os mesmos jogadores que no ano passado venceram tudo com brilhantismo! NÃO SÃO! MAS NÃO SÃO MESMO:

O Jesus é 1,5M€/ano mais rico! Os jogadores são mais "pobres" na dimensão do prometido prémio do título e estão mais desiludidos depois de tantas promessas por cumprir com transferências, renovações de contrato entre outras que ficaram pelo caminho para pagar os 30M do camião de jogadores que o Vieira presenteou os seus empresários amigos.

Ao contrário do que escrevem os meus companheiros do blog Redmoon e GB, para mim o «Mandato Desportivo» não se lê apenas pelos títulos. Eu acho que os títulos serão uma consequência de um planeamento desportivo adequado, feito por pessoas competentes e interessadas em fazer o Benfica chegar a patamares DESPORTIVOS elevados.

No Benfica não há nada disto e prepara-se já a próxima desculpa: O Jorge Jesus estraga as equipas no segundo ano, cria problemas de balneário, etc. Mais uma vez, passados dez anos e dois títulos avulsos, o Vieira continua imune às responsabilidades.

PS- Não concordo com o tópico do DarthVader sobre as remunerações! Ou melhor concordo que a incompetência não seja premiada como ele defende. Mas prefiro uma situação onde quem lá está enche os bolsos quando o clube enche também com titulos e dinheiro, do que andarem a apregoar que não ganham nada com aquilo e depois dar prémios a incompetentes e andarem a aproveitar-se da notoriedade do clube para fazerem negócios pessoais em Espanha, Angola e Portugal - link

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Gestor premiado com resultados negativos

 ●  2 comentários  ● 

"Responsável por prejuízos de 19 milhões de euros na época transacta, a Benfica SAD pagou um prémio de desempenho de 99 mil euros ao "super-administrador" Domingos Soares de Oliveira, além da remuneração fixa de 216 mil euros - salário médio mensal de 15,4 mil euros.

O ex-presidente executivo da consultora Cap Gemini para Portugal e Espanha - que acumula no Benfica os pelouros das finanças, comercial, de marketing, o controlo de gestão, os sistemas informáticos e os recursos humanos - é mesmo o único dos três administradores da SAD benfiquista a receber bónus, segundo relatam as contas consolidadas, divulgadas ontem à Comissão do Mercado de Valores Mobiliarios. Razões para este prémio? "O assunto é do foro interno do Benfica", esclarece o assessor de comunicação do clube.

O responsável pelo futebol, Rui Costa, auferiu um salário base de 231 mil euros anuais (média de 16,3 mil euros mensais) e Maria Teresa Rodrigues Claudino arrecadou 43,5 mil euros entre Julho e Novembro de 2009 - mês em que abandonou as funções no conselho de administração da SAD. No total, a empresa pagou 617 mil euros aos três gestores, incluindo os encargos sociais.

Pelos estatutos da SAD do Benfica, os outros três administradores - Luís Filipe Vieira, Rui Cunha e Rui Gomes da Silva, respectivamente, presidente e responsável pela coordenação do conselho de administração, supervisão geral e relações institucionais - não auferiram qualquer rendimento, ao contrário do que acontece nas SAD de Sporting e FC Porto.

Custos controlados
O número de trabalhadores aumentou de 93 para 137 - um acréscimo de 44 ou 47,3% -, mas os custos salariais da Benfica SAD subiram apenas 1,1 milhões de euros na época de 2009/2010 em relação ao período transacto, para 38,2 milhões de euros. Destes 44 novos funcionários, 14 são jogadores - total de 61 - e os administrativos mais do que duplicaram - de 26 para 53.

As contratações desta época custaram 27 milhões de euros e concentraram-se nos jogadores Nicolas Gaitán, Franco Jara, Jan Oblak e Roberto. A Benfica SAD avalia em 12,6 milhões os ganhos líquidos resultantes da venda de Ramires (Chelsea), Rafik Halliche (Fulham) e Ariza Makukula (Manisaspor), mas esta verba ainda não se encontra reflectida no relatório da época transacta.

Na bolsa os resultados não têm sido felizes. Os dez pontos de diferença para o FC Porto, líder do campeonato, podem ser uma das causas para a queda nas últimas sessões do título benfiquista, o qual fechou ontem a valer 1,86 euros - menos 26% do que no início do ano."

in Diário Económico

Fora os resultados das compras e vendas, já esmiuçados aqui (não se entende como alguns negócios foram colocados num exercício enquanto outros realizados na mesma altura não foram contabilizados) e os rendimentos dos administradores, que embora principescos, foram acordados por duas partes através de um contrato dentro dos termos da lei, o que não se entende é que um administrador seja premiado por uns resultados, que embora não manchem a sua eficiência e experiência, foram negativos...ora receber um prémio por um desempenho medíocre não penso que seja a "motivação" certa para fazer alguém aumentar os seus esforços no trabalho para atingir metas, no fundo deve pensar que tudo o que fez esta bem. Algum de vocês, comum trabalhador de classe média se imagina a trabalhar sem grandes preocupações pela eficiencia da empresa, a receber um prémio por isso? Bem pelo contrário, corre é o risco de ficar na lista dos "dispensáveis".

Neste caso o que se põe em questão é porque os estatutos da Benfica SAD permitem isto e quem os aprovou (foram concerteza os accionistas, mas o Benfica não detém 51%?), 99 mil euros no universo financeiro do clube não é nada de muito grave, mas é um mau exemplo e costume para quem supostamente tem de lutar todos os dias pela excelência de maneira a maximizar o crescimento económico do clube, que depois ajude ao crescimento desportivo e cultural. Mas como diria qualquer gestor de uma grande empresa para justificar o seu principesco ordenado ou prémios de desempenho , "vocês não percebem nada de economia de mercado". E nós, simples mortais lá continuaremos as nossas simples vidas com as nossas éticas antiquadas...

Não percam a rábula do Oscar-r sobre o eclipse moral d'A Bola, "A Bola", O jornal que me ensinou a ler.

“A bola” - O jornal que me ensinou a ler.

 ●  5 comentários  ● 
Aquelas páginas enormes, duas ou três vezes por semana , eram a minha obra literária predilecta. Não era a descrição das defesas do Bento ou das fintas do Chalana, era toda aquela prosa sinfónica que entrava nos meus ouvidos e me fazia viajar nas nuvens!

Começava e não consiga parar, até tudo ter absorvido… Estava sempre à espera que o meu irmão chegasse com o jornal debaixo do braço, como se fosse o melhor dos doces que pudesse receber…

Muito mais tarde e já sem sentir nenhuma sinfonia nos meus ouvidos - os Maestros eram cada vez menos, e a sinfonia tinha virado musica pimba – só as notícias sobre o meu Benfica me obrigavam à sua leitura diária. Nas deslocações de comboio que efectuava, todo os dias, para o centro do Porto, o gozo era profundo!

Era como se mostrasse o meu bilhete de identidade clubístico, numa Palermo em crescimento. Eram giros os olhares cúmplices dos meus camaradas desconhecidos e que tinham coragem para fazer o mesmo! Melhor, só gozo que sentia quando via os andrades, algo incomodados, talvez por não entenderem que a paixão não tem momentos, vive-se… Tudo aquilo refrescava-me a alma, fazia-me sentir bem, e quanto mais o Benfica perdia mais eu fazia questão de ler o meu jornal e o meu Benfica à vista de todos! Ao pensar nesses tempos idos, invade-me uma nostalgia agreste, houve muito sofrimento e muitas derrotas! Já se sabia como ganhavam os corruptos, mas o Benfica estava a ficar moribundo e a precisar de ser ligado à máquina!

Há uns tempos que “A Bola” me deixava cada vez mais desinteressado, as suas análises aos jogos pareciam redacções de miúdos do ensino básico escritas em meia dúzia de linhas. Abria as páginas dedicadas aos corruptos e era óbvia a subserviência lá explanada. Andei assim desiludido até ao cartoon do “Frango à Roberto”. Tinham todo o direito de o fazer, mas eu não gostei e prometi a mim mesmo que não gastava nem mais um cêntimo na compra do jornal!

E lembrar-me que por vezes tive de me deslocar kms, para o conseguir comprar! Fazia-o pela convicção de contribuir, de alguma forma, para manter o jornal desportivo mais independente, fora dos grupos económicos que aos seus concorrente proporcionam uma distribuição muito mais eficaz. São vários os locais onde só se vendem os outro dois, mas com isso Vítor Serpa não se preocupa…
                  
Só importa manter a todo o custo, o “notável” escritor de livros à grosa e comentador “impoluto”, que à custa do pedigree (apesar de ser um animal rafeiro) com que nasceu, lhe permitiu ascender ao topo da hierarquia dos incompetentes e medíocres deste país!

A justificação de Vítor Serpa, ontem “A Bola” é um escarro saído de uma garganta carregada de imundice! Entre tanta verborreia, escreve: “Nada de anormal. Vou, aliás, continuar a gostar dos "Gatos" e, principalmente, do incomparável talento de Ricardo Araújo Pereira de quem sou e, julgo, continuarei a ser fã.”. De quem sou, e julgo; o que é isto?!! Uma ameaça ao RAP no meio do canto da sereia aos adeptos benfiquistas e a preocupação em garantir um lugar na próxima gala do Benfica?!!!

Anteontem, enviei um e-mail a esse senhor, digo o seguinte em determinado momento; “…É surpreendente saber, que no “seu” jornal, vale mais manter quem ameaça abandonar, porque se chama MST, nem que para isso tenha de usar a censura ao bom estilo pidesco, do que cumprir com a deontologia jornalística e garantir a livre expressão de opinião. Só fico na dúvida se calculou que RAP, se solidarizaria com um colega vítima de censura. Se calhar não, porque isto de honra e carácter, não está ao alcance de todos – para si, outros "valores" se levantam, talvez os mesmos que afundam o nosso país!”

E pronto, mais uma das poucas referências de um passado, com substância, desapareceu de vez para mim! Espero que LFV não dê a próxima entrevista televisiva a esse acéfalo acusado de plagiador (só falta ouvirmos escutas no Youtube), nem ao jornal que tem por director um jornalista tão pidesco. E, acima de tudo, não o convide para a próxima gala do Benfica – isso seria gozar com os benfiquistas e o Benfica!!!

Como gostaria de ver, que todos os benfiquistas que lá comentam fizessem o mesmo que RAP e que mais nenhum se disponibilizasse para ocupar os seus lugares!

Claro que nada disso vai acontecer!


Blog Chamagloriosa: "Os silêncios de Jesus"

 ●  9 comentários  ● 
Parabéns ao autor, Trainmaniac do blog Chamagloriosa e que também é autor da crónica no Serbenfiquista O ridículo não ganha jogos:

"Muitos se interrogam do porquê de Jesus não assumir minimamente os seus erros esta época, que têm sido bastantes, de facto. Podemos ser simplistas e pensar que a personalidade arrogante do treinador justifica tudo. Perde na Liga dos Campeões, no palco onde mais se queria mostrar, e não fala de erros de preparação ou de falta de competitividade do plantel à disposição para os desafios europeus. É goleado no Dragão e não assume o erro de ter posto o Benfica preocupado essencialmente com um jogador.

Afinal, Jesus será assim tão arrogante e burro, a ponto de não ver problemas no seu próprio trabalho? Meus amigos, esqueçam completamente essa ideia. Jesus não é parvo, e para atingir os fins escolhe por vezes meios pouco compreensíveis.

Jesus é apenas mais um nome na longa lista de grandes amizades de Vieira que rapidamente caem por terra. Dos jantares luxuosos com Pinto da Costa, aos empreendimentos com António Salvador, passando pela associação a Vítor Santos, à relação umbilical com José Veiga, passando pelas férias que passava com José Antonio Camacho e à estima que tinha por Fernando Santos, também os telefonemas às três da manhã com Jorge Jesus acabaram. Os motivos são os mesmos de sempre. Vieira é pouco confiável, é prepotente, não respeita o espaço de acção e decisão de outros, e os seus famosos golpes de asa normalmente atingem quem está mais próximo de si.

Depois da pré-época desastrosa que tivemos, com uma acção no mercado que de tão trágica nem consigo dizer que foi incompetência, Jesus e Vieira entraram numa guerra fria. Dos jogadores que saíram e que não foram substituídos, aos empréstimos autorizados com condições que acabaram por não ser cumpridas, à falta de pagamento de prémios aos jogadores do seu balneário, passando por renovações prometidas a elementos chave do plantel que ainda hoje estão por efectivar, acrescentando ainda falsas notícias postas a correr pela direcção no balneário em relação a remunerações de recém-chegados e que tanto celeuma provocaram a dada altura. Tudo isto ao mesmo tempo que Vieira papagueava em público que este é o plantel mais caro de sempre, que deve alcançar grandes objectivos, gastando quase 10 milhões de Euros em jogadores que nem nunca haviam jogado nos séniores enquanto dizia à boca cheia que não havia dinheiro para jogadores do Santos.

Jesus percebeu perfeitamente o que se passou. A incompetência ou vontade de Vieira em garantir que o Benfica não caminha para o sucesso durável retiraram a Jesus muitas possibilidades de se afirmar em definitivo na cena internacional. E este, que não gosta destas brincadeiras, observa com atenção e preocupa-se em salvar a pele.

Os silêncios de Jesus mais não são do que a resposta a um presidente desbocado, autoritário e incompetente. E com o seu mau feitio, ainda piora a situação, escolhendo conscientemente o trilho da arrogância, tanto no discurso como em campo, montando uma equipa que não tem o nível que tinha no ano passado de uma forma ainda mais ambiciosa que no ano passado. Basta lembrar a forma aberta e suicidária como jogámos em Lyon, por exemplo. Ao fim e ao cabo, Jesus sabe que tem mais dois anos de contrato, pagos a peso de ouro, e que se Vieira o quiser despedir, não será propriamente o fim do mundo. Pelo contrário, será o Benfica a perder um técnico que já deu mostras do seu valor e garantidamente capaz de ter êxito mesmo em estruturas frágeis como a do Benfica, não ficando muito beliscada a imagem do técnico por causa desta época, visto que o crédito obtido em épocas anteriores assegurar-lhe-á certamente um bom desafio no período pós-Benfica.

Por isso não se espantem se continuar o discurso continuar igual. Culpas de maus resultados não serão assumidas por Jesus, uma vez que quem primeiro as devia assumir, está calado que nem um rato, escondido entre bacocas frases de bajulação a um regime sanguinário como o que existe em Angola. As culpas não serão assumidas por Jesus, pois pediu experiência, pediu Quaresma, pediu Guardado, pediu Wesley e Elias, e no final apenas apareceram Alípio e Rodrigo. Porque foi informado da deslocação indesejada a Angola já com tudo marcado e acertado com o governo angolano, sem hipótese de propor outra data ou de dar o seu aval. Porque um balneário pacífico que havia, foi posto a ferro e fogo pelo mercado carnavalesco que Vieira patrocinou, enquanto andava a caminho de empreendimentos seus no Brasil e em Angola, algumas dessas vezes pago com dinheiro do Benfica. E porque, em abono da verdade, já percebeu que a prioridade agora deve ser o de salvar a sua pele. Porque a máquina propagandista de Vieira está bem oleada... vejam-se as minuciosas e convenientes fugas de informação que têm surgido nos jornais, vejam-se as crónicas das habituais canetas de aluguer do senhor presidente.

Numa época em que foi pedido aos adeptos que deixassem de apoiar o Benfica fora de casa, numa época em que o futebol do Benfica sofreu um blackout quase total, do treinador continuaremos a ter uma postura alinhada com o seu contexto: o silêncio."

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

RIP A Bola

 ●  8 comentários  ● 



Tenho muita pena em ver que o unico jornal desportivo semi-decente, nao alinhado com a corrupcao e que nao tem uma reputacao ao nivel do 24 Horas finalmente decidiu baixar a cabeca e alinhar pelo diapasao dos outros.
O unico jornal desportivo que ainda comprava (muito por merito de alguns dos colunistas que la escrevem bem como de jornalistas as direitas como Jose Manuel Delgado) e que a partir de agora boicotarei.

Numa altura em que o diferendo entre os Gatos Fedorentos e Miguel Sousa Tavares estava num nivel tal em que MST foi completamente desmascarado como um hipocrita inculto e que se contradiz constantemente para defender nao as suas conviccoes mas o que lhe convem, Vitor Serpa tentou pressionar Ze Diogo Quintela (o unico Sportinguista que para mim tem letra grande porque nao se verga aoss corruptos e contribui assim para a belenensizacao do seu clube) a nao responder a letra a MST.
Escusado sera dizer que tanto ZDQ como RAP (que se solidarizou com o colega) quebraram a ligacao com o diario desportivo pois tem uma espinha dorsal demasiado recta para se submeterem a pressoes de gente ligada ao futebol.

Eu interrogo-me que beneficio existe para A Bola em antagonizar aqueles que muito provavelmente sao os colunistas mais populares do jornal? Porque sera que Vitor Serpa sentiu a necessidade de fazer o que fez e tentar calar quem o Polvo nao tinha conseguido calar.

Muito triste ver que os tentaculos da corrupcao ja chegaram a Lisboa a redaccao da Biblia do Desporto portugues.

Se quiserem protestar contra esta atitude deploravel do jornal entao sugiro que enviem os vossos protestos para o seguinte e-mail que tirei do website deles: clientes@abola.pt

Entretanto o comentador Zepissa criou um grupo no Facebook de protesto apelo a todos os benfiquistas para entrarem neste grupo. Se somos o clube com mais seguidores no Facebook entao temos que tornar este grupo enorme!!

Entretanto adicionei o texto censurado do ZDQ e uma carta aberta do APV (um benfiquista que respeito cada vez mais) sobre esta situacao.

Denunciar a Corrupção: Está nas Nossas mãos

 ●  1 comentário  ● 
Pois é, benfiquistas, não se trata de um regresso, mas sim uma passagem pelo blog apenas para partilhar com os benfiquistas uma informação que encontrei e considero pertinente:


Trata-se de um espaço de denúncia, anónima se quiserem, de casos de corrupção ou fraude. Mas cuidado! Qualquer utilização indevida ou sem critério funcionará como factor de descredibilização da própria denúncia.

Quem quiser recorrer a esta "ferramenta" do DCIAP tem que ser criterioso na informação que presta e disponibilizar o máximo de indícios e/ou provas que permitam desencadear uma investigação, caso contrário estão a descredibilizar o tipo de denuncia a e penalizar outras que possam ser mais credíveis.

Mais um excelente treinador a ser queimado por esta Direcção

Avatar
 ●  20 comentários  ● 
O Benfica perdeu com o FCP com David Luís à esquerda, Sidnei no meio e Coentrão à frente, como já antes havia perdido na final da Super Taça com o mesmo FCP com os jogadores do Benfica a jogar nas posições de origem.

Faz-me lembrar o ano de 2004 e os críticos de Scolari, que diziam por exemplo que Portugal só tinha pedido contra a Grécia no primeiro jogo do Euro, porque em campo não estava o meio campo do Mourinho. Tivesse Portugal sido eliminado na fase de grupos e esse seria sempre um mito a virar certeza mas, eis que dessa vez houve hipótese de verificar em campo o contra-factual. Portugal voltaria a perder com a mesma Grécia, na mesma competição, e pois, o meio-campo do Mourinho já estava lá.

Prefiro dizer que o Benfica perdeu porque o FCP foi melhor. Mais diria: actualmente o FCP é melhor e só por milagre o Benfica ganharia aquele jogo, com ou sem David Luíz à esquerda.

Agora, para que não se pense que ando aqui a defender cegamente Jorge Jesus e que o homem nunca comete erros, diria que acho que, de facto, foram tomadas opções tácticas no jogo do Dragão no mínimo duvidosas e que apressaram a hecatombe. Mas mais do que as opções tácticas, do que eu não gostei mesmo nada foi da oportunidade que Jorge Jesus perdeu de, por exemplo, à semelhança de Mourinho, mostrar que sabe ser mestre dentro e fora do campo. Adivinhando-se a crítica corrosiva por parte da comunicação social ao plantel do Benfica depois de uma derrota de 5-0, o que Jorge Jesus deveria ter dito imediatamente após o jogo era: respeitem os jogadores, eu assumo esta derrota, provavelmente não terei tomado as melhores opções para este jogo. Curto e simples, ganharia o respeito dos adeptos e do próprio balneário. Foi uma oportunidade perdida.

Eu continuo adepto e apoiante de Jorge Jesus. A 100%. Há muitos anos que não estava tão convicto do Benfica ter um treinador tão competente. Arrepia-me quando alguns vêm lembrar agora o Fernando Santos e o Quique, esses é que eram bons, aliás não foi o Quique que também levou 5 na Grécia? Perdoem-me a franqueza mas, anda aqui muita gente que, das duas uma: ou não percebe nada disto ou não sabe o que quer.

E isto leva-me para outro assunto: a Direcção do Benfica. Há pessoas que, em face do que normalmente publico neste blog, pensam que eu sou pró-Vieira. Quero esclarecer aqui que nem sou pró-Vieira nem anti-Vieira, o que sou é pro-Benfica e defenderei Vieira sempre que ache que ele é atacado injustamente. E tal como muitas vezes aqui o defendi, sou também agora capaz de o criticar, dar por exemplo razão ao GB com quem discordei em algumas ocasiões, e admitir que, de facto, depois do benefício da dúvida que lhes fui dando, esta época foi muitíssimo mal planeada.

Porque eu acredito sinceramente que Jorge Jesus é um excelente treinador. O que acho é que, tal como o treinador foi incapaz de no último domingo proteger os jogadores, a direcção do Benfica está este ano, mais uma vez, a queimar um excelente treinador. Tal como há dois anos já tinha queimado Fernando Santos ao vender Simão a dois dias do fecho das inscrições.

Acredito também, em face do que tenho visto, que André Vilas Boas é um bom treinador. Mas a verdade também é que no Porto, para um treinador falhar precisa de ser mesmo muito mau. O Porto dá-lhes tudo: protecção, cultura de vitória, jogadores disciplinados e os meios. O Porto vende Bruno Alves compra Ottamendi, vende Meireles compra João Moutinho, e já ninguém se lembra dos que saíram. E João Moutinho que no SCP era maçã podre, não é na minha opinião um jogador brilhante mas, tem sido brilhante no FCP e arrisco-me a dizer que nunca mais será brilhante em clube nenhum.É assim no Porto e mais nada. Não têm outra opção.

No Benfica, pelo contrário, depois de uma época brilhante, o treinador consagrado revela ambição de outros voos, fazer crescer o clube, e o que é que a direcção faz? Vende os flancos da equipa, não os substitui, e manda o treinador às feras com o slogan: "Ah queres ser campeão europeu e vencer tudo? Pois isto é o que tens, agora desemerda-te!"

E estamos nós aqui agora a discutir o Jesus, porque a equipa não joga como no ano passado, e claro que não joga nem pode jogar. O Braga do Jesus também não jogava como o Benfica do ano passado, e o Belenenses do Jesus também não. O que Jesus mostrou o ano passado é aquilo que é capaz de fazer num clube que lhe dê os meios para fazer aquilo que ele fez. No Porto, Jorge jesus seria treinador para ser campeão europeu. No Benfica é mais um excelente treinador a ser queimado e a arriscar sair pela porta pequena para ir treinar o Beira-Mar! E admira-se a gente eles preferem sempre ir para o Porto?

Diferenças entre o Porto e o Benfica? Há muitas, a nível directivo sim, mas também nos adeptos, na sua mentalidade. O que é que o Porto faz quando perde campeonatos? Inventa um inimigo externo e não se desune, aparece no ano seguinte ainda mais forte. No Benfica o verniz estala logo ao primeiro embate, pedem-se logo cabeças, e entra água por todos os cantos.

No Porto, compram-se Ottamendis, James, Walters e Sousas por muitos milhões para a prateleira, e que é que os adeptos dizem? Não dizem nada, são pacientes, Lizandro também chegou às antas e só rendeu 2 anos depois.

Ao Benfica, chegam Gaitan e Jara, internacionais argentinos e jogadores de grande futuro, e que é que os adeptos fazem ao fim de duas semanas? Perguntem ao Roberto que o Roberto sabe. No Benfica, o que é nosso é sempre merda.

E isto é o Benfica. Uma direcção frágil, um clube instável, adeptos divididos... Se tivesse de apontar a grande diferença entre o Benfica e o Porto, é que ao contrário do Porto, o Benfica é um clube que não tem um verdadeiro ideal que una as pessoas em seu redor. O ideal do Benfica é “Quando esta merda abana, é deitar tudo abaixo e construir de novo.”

Mas também não alinho no discurso da hecatombe e das eleições antecipadas. Vieira tem feito um excelente trabalho em algumas áreas do clube, a maioria dos adeptos são inteligentes, não têm memória curta e é por isso que ele ainda lá está, porque os sócios do Benfica ainda se lembram do clube que ele encontrou.

Mas Vieira que não tenha dúvidas: O balão esgotou-se. Este não é mais o mandato da reestruturação do clube. Este é o mandato dos resultados desportivos como o próprio anunciou. E é por eles que daqui a dois anos vai ser julgado.

Muito obrigado Sr. Presidente por tudo aquilo que de bom fez mas, a partir de agora o caminho é só um: Ganhar, ganhar ou ir embora!

Assembleia Geral - Será que ainda se lembram do clube?

 ●  6 comentários  ● 
Quando vejo alguns bloggers a cascar em cima do Nazaré por este ter dito o mesmo que todos pensamos e ter criticado e posto o dedo na ferida em cima da postura e opções do Jesus, assim como da preparação desta temporada, tenho que chegar à conclusão que os benfiquistas se esquecem que o Presidente da AG é, precisamente, o mais alto representante dos sócios no clube.

Ao presidente da AG não lhe cabe defender a SAD, que é dos accionistas e onde os sócios do clube não riscam nada. Ao presidente da AG cabe defender os interesses dos sócios.

Por falar em sócios, onde anda a AG prometida pelo Vieira para discutir os Direitos Televisivos? Não era suposto ele ouvir os sócios antes de negociar fosse com quem fosse? Se é assim porque é que anda em negociações com o Oliveira sem ainda nos ter ouvido?

Por falar também nisto lembrei-me do Jorge Máximo que queria fazer uma AG promovida pelos sócios para boicotar a renovação com o Oliveira. Mas a revisão dos estatutos obrigou o homem a angariar 10.000 assinaturas de sócios do Benfica com quotas em dia para poder marcar uma AG.

E dizem que o Benfica é dos sócios? Só se for dos sócios do verdadeiro dono do Benfica, o Vieira.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Homicídio à mão armada...Castigo? Trabalho comunitário!

 ●  15 comentários  ● 
MULTA PARA O PORTO PELOS DISTURBIOS DE DOMINGO: 4200€!

Bem sabemos que se há alguém que tem uma actividade, e essa actividade dá mais lucro se feita á margem da lei, então a maioria das pessoas seguiria esse caminho, pois a honra e a ética têm um preço para muitos.

Estando nós num estado de direito e pelo menos no papel, democrático, quem for apanhado em praticas ilícitas incorre numa multa ou até a cumprir uma pena judicial. O problema é que muitas vezes a pena praticada é tão leve que só encoraja quem prevarica a continuar a desrespeitar a lei, pois acaba lucrando com isso. Há muitos casos destes na nossa sociedade, desde empresas poluidoras que pagam impostos ambientais irrisórios mas gastam menos que se instalassem filtros anti-fumos, empresários que praticam actos de lavagem de dinheiro e tráfico de influências mas são condenados no máximo a penas suspensas e multas simbólicas, só para nomear dois exemplos.

E o futebol não é excepção, nomeadamente o clube que melhor aproveita a sociedade burocrática, corrupta e sem valores em que vivemos. O FCPorto tem já uma longa linha de actividades ilícitas às quais a resposta dissuasiva foi sempre nada mais que simbólica e para calar possíveis bocas acusadoras. Haveria muitos casos no longo mandato de Pinto da Costa que dariam para escrever um livro, mas vou pôr aqui os casos mais recentes e que estão mais frescos na nossa memória:

1- Apito Dourado

Em finais de 2004, são interceptadas escutas de dirigentes portistas, empresários, dirigentes da Arbitragem, Árbitros e até Juízes. Apesar da notória presença de uma teia de influências para definir resultados de jogos de futebol, as escutas são determinadas como ilegais. Mais tarde o processo com o nome de Apito Final atribui penas aos prevaricadores mas com diferentes pesos e medidas...o Boavista embora clube que através de Valentim Loureiro e mais tarde João Loureiro estivesse envolvido no esquema corrupto acabou por ser o bode espiatório de todo o processo e acabou despromovido, entre outras condenações mais ou menos graves, Pinto da Costa foi suspenso da actividade directiva por 2 anos (nunca vi a diferença entre o que ele fazia antes de ser suspenso e nesses 2 anos que supostamente estava proibido de ter qualquer negócio ou ligação com o futebol e o seu clube) e o FCPorto foi condenado à perda de 6 pontos! quando foi a instituição mandatária de toda a actividade corrupta presente nas escutas e o seu presidente figura central ( e mais, 6 pontos sabendo-se que esses mesmos 6 pontos não alterariam em nada a posição do clube nesse campeonato...sem surpresas não se recorreu da sentença...)

2- Túnel da Luz

Dia 20 de dezembro de 2009... contra todos os prognósticos um Benfica desfalcado ganha e bem ao seu adversário que vinha na máxima força e no acesso aos balneários acaba por haver arrufos entre elementos da equipa do Porto e os Stewards que estavam nos corredores. O que foi dito que provoca-se tais cenas nunca se soube, mas o que é facto é que Sapunaru e Hulk são apanhados pelas Câmaras a agredir o chefe dos Stewards, sem falar também no que fez Hélton e passou impune...mas adiante, Sapunaru foi condenado pela comissão disciplinar da Liga a 2 meses e Hulk a 3 meses, o que se formos a ver a lei até foi simpático, já que a moldura penal para tais actos vai de 6 meses a 3 anos, 2 e 3 meses foi lisonjeiro. Apesar disso muitas vezes de pessoal ligado ao Porto e até ao Sporting se levantaram a contestar tais castigos, como sendo uma "manobra" do Benfica de forma a ganhar o campeonato...mais tarde o Conselho de justiça da Federação anula a decisão do conselho disciplinar da Liga e reduz os castigos para 3 e 4 JOGOS! Os Portistas que influenciaram a decisão dos elementos federativos já tinham argumentos para contestar a conquista imaculada do campeonato por parte do Benfica...

3- Visitas ao estádio do Dragão (ladrão) e final da taça da Liga 2010

As duas últimas deslocações do Benfica ao dragão e a final da taça da Liga foram marcados por cenas de violência gratuita, agressões e arremesso de objectos tanto contra o autocarro como contra adeptos e jogadores do Benfica, não preciso relembrar as imagens de televisão que nesses 3 jogos mostraram como uns grupos de adeptos do Porto atacavam os seus "inimigos" com selvajaria e com a conivência do líder dos superdragões Fernando Madureira e dos dirigentes portistas, que nunca emitiram nenhum comunicado a pedir aos adeptos para se acalmarem ao contrário dos dirigentes Benfiquistas em relação aos seus adeptos. No final o FCPorto foi multado em valores irrisórios para os distúrbios causados, que causam descrédito do futebol português, e afastam pessoas de bem a ver os jogos de futebol com a família.

Como querem que gente daquela sem alma, que se vende em troca de vitórias e títulos, deixe de fazer todos estes actos impróprios, se nunca se sentem realmente lesadas ao praticá-los? Quem tivesse um pingo de consciência (e há muitos adeptos do porto que o têm, renegando estes tristes espectáculos de outros, será que o adepto que uma imagem de tv apanha muito bem, a atirar e acertar com um isqueiro em Jorge Jesus, foi condenado pelo acto?) nunca o faria mesmo que não fosse o caso. Mas se esta gente até renega os próprios adeptos do seu clube que vivem no centro e no sul, apelidando-os juntamente com os dos outros clubes "mouros" (na antena 1 uma vez ouvi um testemunha de um adepto portista do algarve, altamente indignado pelo tratamento dos seus dirigentes em relação a adeptos do clube) só pode ser travada com a força da lei, a lei que não pode ser corrompida, a lei que pune pela medida certa. Enquanto nos mantivermos neste paradigma, em que os prevaricadores se acham beneficiados em praticar actos contra a lei, e os lesados serão sempre os inocentes que pretendem ver um simples jogo de futebol, não podem contar em ter estádios cheios e um desporto limpo e de arregalar os olhos.

O novo "diamante" angolano das camadas jovens.

 ●  12 comentários  ● 
Parece que nos juniores do Benfica temos um novo diamante a ser lapidado: o sobrinho do Presidente de Angola!

Rômulo Santos é sobrinho de José Eduardo dos Santos, presidente angolano e joga na formação do Benfica desde o início da época passada.

O avançado, de 18 anos, está actualmente no plantel de Juniores A dos encarnados. Rômulo Santos é filho de um dos irmãos de José Eduardo dos Santos, mas tem nacionalidade brasileira, uma vez que foi naquele país que nasceu. É essa a nacionalidade que aparece nos sítios do Benfica e da própria Federação. O atacante vivia em Inglaterra antes de chegar a Portugal.

Esta época, face à forte concorrência, ainda não foi utilizado pelo treinador João Santos. Na temporada passada, com Diamantino Miranda, participou em quatro jogos: um para o campeonato e três na Liga Intercalar. Nos Juniores B, em 2008-2009, também só jogou outros tantos desafios. E nunca marcou um golo.


http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=1706827

Como é que uma situação destas se admite? A quem é que beneficia pôr um miudo que não faz nada na equipa dos juniores? É que a equipa dos juniores é que não beneficia com isto.
Quem está na Direcção não defende o Benfica. Está lá para se servir dele.

As Marionetas (vulgarmente conhecidos por Sócios)

 ●  Sem comentários  ● 
Antes de mais queria dar as boas vindas ao blog ao oscar-r, um novo membro que vem acrescentar algo ao blog dado que tem uma opinião concordante com a actual direção. Depois, aproveitar este meu último dia de maior disponibilidade antes de voltar a mergulhar no trabalho para um tópico sobre as recentes declarações do Jesus, dos jornais e do Nazaré.

Quando ouvi a desvalorização do Jesus perante a calamidade, a humilhação e a vergonha a que milhões de benfiquistas foram sujeitos no Domingo fiquei em estado de choque. Como é possível que no Sport Lisboa e Benfica se leve um banho de bola daquele tamanho do adversário directo, uma humilhante goleada (a mais pesada da história) e afinal está tudo bem?

Diz o mestre da táctica que o Benfica não perdeu pelas opções que ele tomou. Isso é AINDA MAIS grave. Então se nem foi pelas opções que ele tomou, isso quer dizer que levámos um baile de bola legitimamente?

Estará ele a dar razão ao Dr. Nazaré da AG que parece que afinal sempre há gente que compreende que o clube tem sócios e não apenas acionistas, quando diz que falta matéria prima. Perdão? Matéria prima? Então o Benfica gastou 37 milhões de euros, qualquer coisa como 7 milhões de contos na moeda antiga e falta matéria prima?

E o Mantorras? O tal com quem o Vieira ia ter uma reunião à 45 sextas-feiras atrás e que continua a receber ordenado para andar a passear em Angola e nem sequer inscrito está pelo Benfica. Mas já teve a falta de pudor de dizer que ainda vai jogar mais pelo Benfica. Pudera, o Benfica é do «pai» dele, o rapaz faz o que quer e diz o que quer.

Já nos jornais, continua a sede de exploração de Jesus como bode espiatório de toda esta situação, a mostrar que afinal o mega presidente Vieira anda intransigente com o Jesus, não lhe vai permitir mais nada, pressão máxima etc etc etc etc.... tretas é o que é.

Os sócios estão a ser marionetizados pela imprensa e pela direção e o Benfica vai andando de fiasco em fiasco, de milhões em milhões gastos, de humilhação em humilhação mas está tudo bem porque "agora é que vai ser" e até andamos em Angola a homenagear o regime, os presidentes e o raio que os parta. Por este andar, não tarda muito até estarmos iguais ou piores que os lagartos

«Não perguntes o que o Benfica pode fazer por ti, pergunta antes o que podes tu fazer pelo Benfica!

 ●  20 comentários  ● 


Ao aceitar colaborar com blog, (novo)GeraçãoBenfica, faço-o pela convicção que tenho, que discutir o Benfica com pluralidade só o engrandece! Assim, darei a minha opinião frontal sobre o que penso do Benfica. Não conheço ninguém ligado à direcção ou à oposição. O meu pensamento é apenas condicionado pela minha paixão! Quem me conhece, de alguns comentários que vou fazendo neste blog, sabe que sigo uma linha “pró Vieira”, isto é; normalmente defendo o actual Benfica e, convenhamos, fazê-lo de momento não é fácil!

No entanto, continuo a ver razões para acreditarmos nele. Bem sei que LFV, de futebol jogado pouco percebe, mas não alinho com os que dizem que ele está lá apenas para se servir do Benfica! Estou convencido que, não fosse ele e mais alguns, e o Benfica estaria bem pior. Posso estar errado mas é a minha convicção!

Para mim, o problema está em nós, adeptos! Sei que é uma afirmação controversa, mas justifico-a: Dizer que somos seis milhões e depois raramente ver o estádio com 60 mil pessoas, faz-me pensar que vivemos numa ilusão! Como é possível, independentemente do estado de forma da equipa, não estarem sempre mais de 50 mil pessoas na Luz?

Para reclamar aparecem todos! Fico com a sensação que muitos vivem o Benfica como algo fora de si, parece que projectam a sua insatisfação no próprio clube e, só quando o vêem ganhar, é que o trazem de volta para dentro! Eu não consigo senti-lo assim, e nunca me senti humilhado, mesmo quando vi os 7-1 em Alvalade, 6-2 em Setúbal ou 7-0 em Vigo, (nas duas goleadas caseiras acabamos por ser campeões, oxalá se repita…). Prefiro ver o Benfica perder que tornar-se um clube fechado em si mesmo, no qual, os seus adeptos jogam golfe das bancadas para o "green" do seu Estádio, fazem dos jogadores adversários a bandeira que sinaliza o buraco e levem galinhas nos bolsos, como afirma o Porco Monteiro, para as soltar junto do guarda-redes adversário!

Humilhar-me-ia, saber que o meu clube ganha com batotice, comprovada em escutas reais, onde se ouvisse a voz do presidente do meu clube a distribuir fruta por tudo o que mexe à volta do futebol! Ficar todo lixado ou dorido, sim, humilhado nunca, não o permito! O Benfica está dentro de mim e, como eu, tem dias bons e dias maus.

Nasci numa cidade que se tornou uma “Palermo” à portuguesa. E viver num país que permite tal coisa, é que me humilha e deveria humilhar-nos a todos! Muitos dizem que os nossos dirigentes nada fazem para lutar contra esse estado de coisas! Então, e Nós, o que fazemos? Passamos a vida a criticar o clube e na hora de escolher quem manda no país escolhemos sempre os mesmos, muda o disco e toca o mesmo – ninguém enfrenta a corrupção neste pais e o corrupto-mor está como peixe na água. Se realmente somos seis milhões, temos muita responsabilidade nisso…

Não interpretem isto como qualquer posição política, é apenas um grito de indignação! Se pensam que não conta, vejam o que fez o corrupto-mor quando um ministro das finanças permitiu que penhorassem a retrete das antas: tratou de imediato de mobilizar as tropas terroristas e toca a marchar pelas avenidas do Porto… Foi assim que ele se foi impondo. Os políticos deste país que foram aparecendo e que queriam governar, tratavam logo de baixar as calças ao corrupto! (Incrível, como em Palermo, um político que o enfrentou, ganhou e desmistificou o poder andrade).

Por mim, assim que tive a confirmação de quem esteve presente nos almoços de homenagem a  tal personagem, mudei o meu sentido de voto! Não suportava continuar votar em quem esquece princípios básicos de honradez! Sou uma pessoa de fortes convicções, mas como poderia ajudar a eleger gente tão hipócrita (um dos que lá estava foi eleito pelo meu Círculo e teve o meu voto). Só um partido não teve deputados presentes, isso não quer dizer que tenha votado nele, há outras formas de votar… e muitos outros partidos!

Muitos se indignaram mas não vi um protesto geral a dizer que não votaríamos em partidos que tivessem lá deputados. Todos reconhecemos que temos de fazer boicote a tudo e mais alguma coisa, mas atacar os políticos que permitem este estado de coisas, nem conversa. Depois, há os que se queixam que vamos vender os direitos televisivos a um dos padrinhos! Estão à espera de quê? Que a direcção do Benfica enfrente sozinha, um sistema corrupto, a todos os níveis, existente em Portugal?!!!.

Temos um fundo de jogadores e vamos pagar impostos no nosso país. Em Palermo as percentagens dos passes são vendidas para offshores e impostos nem vê-los. Ainda por cima, tenho de aturar os andrades alienados da minha cidade a acusar Lisboa de centralismo e de junta com os benfiquistas, ser a culpada do atraso do nosso país. É esta falácia (que em Lisboa é só ladrões) que eles usam, que suporta a postura guerreira que adoptam sempre que vêm o Benfica pela frente. Curioso como o Sporting escapa a tal privilégio!!!

Resumindo, ou o corrupto-mor estica o pernil e os ratos saem do esgoto para reclamar o seu quinhão, lançando a barafunda, ou só uma mudança de mentalidades em Portugal permitirá que o Benfica volte a ocupar o seu lugar!

Não, que eu pense que está tudo bem no nosso clube, mas para mim, outros valores se levantam… de momento!!!

E daqui, quero abraçar o Benfica e dizer que estou sempre com ele!

 

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Novo Membro

 ●  2 comentários  ● 
À parte de todas as discussões fervorosas que vão fustigando a gloriosasfera depois do descalabro benfiquista em contumil, o blog GeraçãoBenfica não dorme em serviço e está sempre a procura de melhorar o seu conteúdo e pluralidade de idéias. Defendemos o debate saudável entre as várias correntes, sejam mais condescendentes, concordantes ou discordantes, só assim o universo benfiquista pode alcançar o seu total potencial, a união na partilha de idéias

É com muito gosto que apresentamos o nosso novo colaborador, o Oscar-r.

Foi contratado a custo zero embora com um ordenado muito elevado, mas estejam descansados, o nosso presidente paga! :P

Muito brevemente terão o gosto de ler o 1º texto de mais um benfiquista a lutar por um futuro melhor.

Como já todos sabem, este blog se rege por um sistema sem linha editorial, cada colaborador tem 100% de liberdade criadora e total responsabilidade sobre o conteúdo dos seus posts.

Só há uma regra que nos guia, lutar por um Benfica Melhor!


Encontrado o bode espiatório

 ●  8 comentários  ● 
O presidente está como quer: Anda a passear em Angola e os jornais estão os três a "fazer barulho" de volta do bode espiatório favorito desta direcção na última decada: os treinadores.

O Jogo, do Joaquim Oliveira tão prontamente defendido pelo Benfica quando foi atacado verbalmente pelos DV, é o que vai mais longe e chama à primeira pagina "a encomenda" do dia. Afinal não há atrasos de prémios, nem de salários, nem de nada! Antes pelo contrário, havia 500.000€ para dar pela vitória no Dragão. LOL!

A Bola, reconhecida pelos serviços prestados pelo Serpa e o Delgado para ganhar o lugar de ouro na Gala do Benfica, vem dizer que esta direcção é tão implacável, tão implacável que decidiu "Tolerância Zero para Jesus". Lindo!

No Record, de repente ficou tudo "pelos cabelos com Jesus" e parece que o tal treinador que os metia a todos a jogar, afinal é um merdas que não percebe nada disto e já ninguém o atura. Fantástico!

Pelo caminho, o Vieira vai-se espraiar para Angola outra vez, onde vai juntar mais uns milhões às movimentações com o BIG, Sonangol e Sagres. Já tem bode espiatório para usar a tal memória curta que ele tanto fala e conhece que os sócios têm. Nuns casos ele não gosta que o benfiquistas se esqueçam, mas noutros dá jeito que tenham boa memória. Não nos podemos aborrecer com isso, fomos nós que deixamos que ele tomasse conta disto.

um blog muito interessante sobre o momento actual do Benfica:
http://bola7inc.wordpress.com/2010/11/08/parabens-lfv/
Concordo com tudo e o ultimo link é muito importante.

É seguir o exemplo

 ●  2 comentários  ● 

Se Luis Filipe Vieira soube ver que João Coutinho tinha condições para ser um bom Vice-Presidente para as modalidades, também já deveria ter percebido que ele próprio não pode mandar no Futebol do Benfica, por mais que o seu Ego desmesurado e a sua insuficiência “neuronial” o faça pensar que é uma versão portuguesa do Florentino Perez.

Numa semana em que a moral das tropas está nos mais baixos niveis possiveis, é de bom tom destacar quem no clube se tem afirmado pelo rigor e pela competência e essa pessoa é precisamente o responsável pelas modalidades, o senhor João Coutinho, alguém que curiosamente entrou no clube como parceiro através da sua Naturplan.

João Coutinho teve a astúcia de se fazer rodear de gente competente e com um passado vitorioso no clube. Nessa estrutura um nome salta á vista, precisamente o de Carlos Lisboa. Coutinho/Lisboa tem tido a capacidade de gerir financeira e desportivamente de forma exemplar, sem que nenhum deles tenha necessidade de assumir vedetismo ou vitórias, ou de entrar numa área que não seja a sua.

É fácil perceber as razões que levam ao sucesso de João Coutinho. Nos títulos das modalidades, sempre que algum reportér da Benfica TV se aproximava de si, as suas palavras eram sempre no sentido de valorizar os atletas, os técnicos e os seccionistas das modalidades, enquanto nas derrotas, como por exemplo sucedeu este fim de semana no Hóquei, foi o primeiro a dar a cara, mas acima de tudo, a valorizar a entrega e a forma honesta como a equipa se comportou.

Isto não quer dizer que venhamos a ganhar tudo, mas é com esta forma de estar e de dirigir que se controiem vitórias.

Era isso que LFV deveria perceber...

Como por vezes há quem tenha a tentação de escrever que alguns escribas do blogue se limitam a reagir, aqui está a prova em como á já alguns meses houvesse neste blogue quem previsse que nas modalidades estava um bom exemplo.

Das Modalidades o Exemplo – by GB


Andebol em Busca da Glória by Jonas Thern

O regresso do Hóquei á Benfica – by Jonas Thern

Quer esperar do Futsal – by Orgulho SLB

Quando as coisas parecem mesmo deprimentes...

 ●  4 comentários  ● 
O Sporting mostra que podiam estar ainda piores.
Depois do Rogerio Alves demonstrar que os dirigentes do Sporting se esqueceram de que o clube deles e algo mais que um antro de anti-benfiquistas (curioso que sejam os benfiquistas que parecam mais saudosos de um rival como o sporting ja foi) o clube da minha terra la desancou nos lagartos.

Hoje no trabalho ja tinha tido uns sportinguistas a mandar bocas. Disse-lhes para esperar por hoje a noite...

Apesar de nao ser comum recomendo a todos a leitura deste post do inespugnabile no blogue Ndrangheta. Quando um dos mais acerrimos defensores do Luis Filipe Vieira desde sempre escreve isto... e porque as coisas vao mesmo mal.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

História de um desastre anunciado

 ●  8 comentários  ● 

Basta ver os tópicos que vêm sendo criados no blogue desde a pré-temporada para perceber que a qualquer momento isto podia acontecer.
A propósito deste jogo, andámos a tentar enganar-nos a nós próprios a falar de “coragem”, “confiança”, “sem medo”, quando nós próprios sabíamos lá bem fundo no nosso íntimo que não tínhamos a mínima hipótese de ganhar este jogo contra uma equipa normal, sim NORMAL!

E sabíamos que não iríamos ganhar porque este Benfica não “joga o dobro da equipa do Quique”, como o ano passado o JJ tanto proclamava.
É uma equipa com tiques monstruosos de vedetismo, onde o trabalho não é premiado e onde o factor psicológico não existe.

A equipa não é a mesma guerreira da temporada passada, mas a culpa não é só dos jogadores, é acima de tudo de quem lhes incutiu o Medo! Estar uma semana a preparar uma equipa para um jogo com medo de um jogador é meio caminho andado para perder. É esta falta de crença, esta falta de identidade de Campeão que me levou toda a semana a nada escrever, pois sabia que iríamos perder…era demasiado óbvio!

O que para mim não era nada óbvio era perdermos por cinco zero, temos uma oportunidade de golo num canto, o David Luiz voltar a defesa esquerdo, o Coentrão não jogar no lugar dele, o Sidnei jogar e o Saviola ficar de fora!

Como se não bastasse, ainda teve que ser o “pobre” do Roberto a ter que dar a cara num dia destes….mas afinal de contas o que anda João Gabriel e Ricardo Maia a fazer? A pergunta que eu deixo é:
- Será que Luisão se recusou a ir á Flash-Interview?
O que me foi contado ainda ontem á noite é que ele se recusou a ir…aliás, como aconteceu na zona mista, onde ninguém falou.

Depois de um desastre destes, mais inacreditável é Jorge Jesus não dar a cara como homem e dizer claramente: “Eu sou o responsável”.
Para quem se proclamava como o Mestre da Táctica, apenas lhe deixo esta minha citação:
“Os grandes líderes não se mostram nas vitórias. Assumem-se nas derrotas e com elas aprendem no sentido de voltar a vencer.”

Temo que este venha a ser um ano longo, muito longo…
Outro tópico muito actual do SouBenfica - Diferente, diferente...foi o ano passado!

Bôbos da corte (sim é o Benfica)

 ●  11 comentários  ● 

A conclusão a que chego depois de assistir ao jogo de ontem é que o nosso Benfica é o bôbo da corte do futebol português e que esta Direcção de incapazes, incompetentes e borrados na gestão do futebol não faz nada para mudar esta situação!! (já para não mencionar os inúmeros erros na construção do plantel e o esbanjar de dinheiro de dinheiro em jogadores de qualidade duvidosa)

Pior, mandam ameaças ocas para o ar como o boicote aos jogos fora para depois eles próprios desrespeitarem esse boicote vendendo bilhetes para o jogo no Dragão ou como a ameaça feita pelo nosso presidente de que se não houvessem condições de segurança asseguradas o Benfica não entraria em campo.

E tendo em conta que o autocarro do Benfica foi apedrejado á chegada ao estádio do Dragão e os nossos jogadores (o ROBERTO) foram atingidos com bolas de golfe (!) e até se largaram galinhas no campo!!! Eu só me pergunto por que raio é que a Direcção autorizou o Benfica a entrar em campo com estas condições. No máximo, a equipa devia ter saído do campo quando o Roberto foi atingido pela bola de golfe! Ou alguém duvida que se isto tivesse acontecido no Estádio da Luz os corruptos tinham acabado o jogo (quanto muito iniciavam uma batalha campal)?

Basicamente, o Benfica é o bôbo da corte do futebol português. Leva tareias, é humilhado e ridicularizado em todos os sentidos pelos Corruptos e ainda se sujeita a estas situações.
A Direcção não defende nem os interesses nem a reputação do Benfica e se somos humilhados é porque a nossa Direcção é subserviente aos Corruptos.

Já não basta a humilhação como temos uma Direcção que não faz uma palha para mudar isto.
Os adeptos benfiquistas gostam de ver o Benfica ser tratado desta forma?? Então ninguém faz nada para mudar este estado de coisas?
Sou um benfiquista do Norte, e já estou FARTO de ver o Benfica a ser humilhado. Estou FARTO de que não pareça haver ninguém que tenha os tomates de dar um murro na mesa e de não pactuar com estas situações! Estas situações não vão mudar enquanto não houver alguém que em vez de mandar umas ameaçazitas para o ar que depois não cumpre dá mas é uns sopapos valentes em resposta ás provocações.
Em Guimarães se isto acontecesse, haviam de ver a resposta que estava preparada a quem gozasse desta forma com o Vitória. Mas os benfiquistas são todos carneiros? A nossa Direcção é composta por cobardolas?
O Benfica parece daqueles miudos que levam porrada dos outros e que em vez de responder berra a choramingar que vai chamar o irmão mais velho. Ameaças inócuas que só deixam o pátio da escola todo a rir-se da figura patética.

Mas não me admira nada que assim seja. Parece que a prioridade desta Direcção está em combinar amigáveis em Angola para dar uma ajudinha ás negociatas do nosso Querido Líder. Pelos vistos a equipa do Benfica serve é para isso. Cá para mim andaram a poupar-se para o jogo de dia 10. (/sarcasmo)

E preparem-se porque todas as outras ameaças feitas aquando do Comunicado exigido pela Blogosfera também não vão dar em nada. Vamos jogar na Taça da Liga, assinar um contrato com valores mais baixos do que os pretendidos com a Olivedesportos entre outras coisas.

Diferente, diferente... foi o ano passado!

 ●  3 comentários  ● 
Eu estou relativamente à vontade para falar do Jorge Jesus e para o criticar. Nunca foi treinador que me entusiasmasse e quem procurar tópicos meus desde que fui convidado para este blog ou comentários noutros blogs ou no serbenfiquista, nunca vai encontrar um desses "orgasmos mentais" que alguns têm com o Jorge Jesus.

O único tópico que foi escrito neste blog que mais se aproximou do que penso do Jorge Jesus foi escrito pelo GB ainda o homem era treinador do Braga e lhe chamava de "treinador do Sistema", dado só se ter notabilizado em clubes ligados ao Sistema (Belenenses; Braga... e já ia a caminho do Porto). Aparentemente o GB mudou de ideias mais tarde.

Mas a verdade é que nem assim vou criticar o Jorge Jesus por se ter cagado todo de medo de ir ao dragão e ter desmontado a equipa toda. Prefiro antes perguntar/observar algumas coisas:

- Porque razão houve incumprimento nos pagamentos de prémios aos jogadores? O que justifica que tal não tenha ocorrido com o treinador que ainda viu o seu salário aumentar para um dos mais caros de sempre do Benfica?

- Qual a razão para tanta indisciplina dos jogadores do Benfica com os adversários e uns com os outros? Desde cartões amarelos em barda, passando por discussões entre eles até discussões com o treinador?

- A que memória apela o presidente Vieira quando foi com ele que desportivamente o Benfica bateu os piores records, agora com mais um fantástico de maior derrota em casa do Porto? (desde ficar fora das competições europeias - essa nem o SCP .... enfim).

- Quem justifica os Milhões investidos em Eder Luis, Airton, Menezes, Faria, Gaitan, Jara, Kardec, apenas para falar nos que destinariam a esta temporada e simplesmente não jogam, não são solução e não acrescentam absolutamente nada?

- Por que motivo, tirando os dois anos do Veiga, entrámos sempre no Dragão com medo deles mostrando claramente sermos uma organização inferior a eles?

- Vamos continuar continuamente a queimar treinadores como Trapattoni, Mourinho, Fernando Santos, Quique Flores que fora do Benfica conquistam títulos e se notabilizam, mas no Benfica são sempre os culpados da ineficiência da organização de Vieira que continua mais preocupado com o BIC, Angola, a Inland e o raio que o parta?

- Quantos milhões vão ser mais necessários gastar para ficar PROVADO que esta direcção não tem qualquer capacidade para gerir um clube DESPORTIVO? Se eu quisesse uma empresa, cheia de esquemas não corruptos se calhar era boa ideia, mas para o Clube de futebol é preciso quem goste do clube e perceba que é um clube de futebol.

E não me vou alongar mais porque ao contrario do presidente que vai agora curtir uma viagem a Angola e encaixar mais uns milhões para os seus negócios e dos seus amigos do betão, eu continuo pior que fodido com o que se passou ontem e não tenho paciência para estar a tentar mostrar que precisamos é de dar um grito de revolta e acabar com a incompetência no Benfica.

Para terminar o Jesus tem culpa? Claro que tem! Mas não é só pela escolha táctica que fez, mas também pela péssima relação que está a ter com os jogadores ao ponto de os deixar fartinhos dele até à raiz dos cabelos. Mas é melhor eu não falar disto porque ele é o maior.

Lendo n blogs benfiquistas...

 ●  11 comentários  ● 
A pergunta que se faz é:

A culpa é toda do Jorge Jesus?

Publicado também no Cativo Vermelho

domingo, 7 de novembro de 2010

Jesus merecia, mas nós não!

 ●  25 comentários  ● 

Já disse diversas vezes que o título fez muito mal a muita gente no Benfica e a pessoa que foi mais afectada foi claramente o Jorge Jesus. A sua atitude prepotente ao longo deste começo de temporada sempre que questionado por alguma coisa que corria mal, já lhe merecia uma humilhação destas….mas nós benfiquistas que seguimos o clube para todo o lado, que lhe pagamos quotas, que os idolatramos, não merecíamos ser goleados por uma equipa onde jogam autênticos podões como Rolando’s, Maicon’s ou Guarin’s!!

Não é admissível que um Campeão entre em campo com esta atitude miserável, de falta de entrega, de medo, de tremideira constante, sem conseguir fazer cinco passes seguidos sem perder a bola.

E enquanto os “meninos” vão para Angola passear, eu vou passar a semana toda a perceber porque razão o David Luiz voltou a ser lateral esquerdo, porque razão o Saviola fica no banco e porque o Coentrão não joga a lateral…e a ter que ouvir aquela merda de gente!

Como se não bastasse, no flash interview não foi capaz de se assumir como responsável por aquilo que aconteceu hoje.

Pedem-se responsabilidades!!!

La vamos nos para Angola...

 ●  3 comentários  ● 
E agora la vai o Benfica para Angola para ser bombo de festa noutro Pais.
Ate quero ver como vai estar o ambiente no aviao...

Mas se calhar e melhor nao criticar. Afinal nao ha maneira possivel de o Luis Filipe Vieira cometer erros! Isto esta tudo planeado e nao passa de uma estrategia para aumentar a crediblidade do Benfica ao mesmo tempo que fazemos o grandioso feito de abrir um Centro de Documentacao!!
Tal como foi tudo minuciosamente planeado na pre-epoca! Quem precisa de substitutos para o Ramires quando podemos ir buscar um suplente do Atletico Madrid por 2 milhoes? Ou quem precisa de um substituto para o Di Maria e de um lateral-esquerdo quando podemos gastar 17 milhoes de euros em Robertos e Gaitans.

Mas que gloriosa ambicao e sagaz planificacao por parte do nosso Querido Lider!

Jesus pecou...foi castigado

 ●  5 comentários  ● 
David Luiz a defesa esquerdo? Sidnei a central? Coentrão a meio campo? Saviola no banco?... Anfield Road second edition...

Porquê inventar e logo nos jogos decisivos? Espero que seja esta a definitiva vez que te faça ter aprendido a lição Jesus...

Vitória justa do Porto...

Vencer o Receio

 ●  12 comentários  ● 
Esta noite vamos ter a prova de fogo a este Benfica, não os corruptos com quem iremos jogar, mas contra as nossas fobias. Não pensemos que somos frágeis, porque somos bons, temos boa equipa apesar de uma ou outra lacuna. Quem não tem lacunas? Acho que nem Pepe Guardiola e Mourinho se podem gabar disso.

Não pensem que o Porto tem uma super-equipa, pois não tem, não tem de certeza um super-treinador... Então o que separa o Porto do Benfica?

Acima de tudo, o clima extra-jogo criado desde há décadas de cada vez que vamos jogar ao estádio desse clube, e todos os estratagemas de dirigentes ligados a esse clube como de corrompidos que compactuam com os seus interesses.

1 - Os adeptos desse clube fazem um belo trabalho a criar um clima de terror e insegurança, tanto para a comitiva benfiquistas como a adeptos encarnados que se "atrevam" a invadir a "nação" portista.
2 - Os receios imbuidos em toda a estrutura benfiquista, desde os jogadores a membros da direcção, de que não podem dar o seu máximo pelo clube dentro das 4 linhas, dualidade de critérios arbitrais que sufoca a capacidade encarnada e ao mesmo tempo aumenta a capacidade portista (o facto de se ver um amarelo à mais mínima falta é supressor de um alto desempenho, o facto de nunca se apitar grandes penalidades em faltas claras sofridas na grande área é supressor de um alto rendimento, faltas minimas assinaladas contra e outras claras não assinaladas a favor, mais um factor supressor de alto desempenho, entre outros)
3 - Comunicação Social que branqueia a gravidade destas situações e realça a excepcionalidade dos beneficiados e as fraquezas dos prejudicados.

Hoje não podemos pedir que tudo isto desapareça e que tenhamos um jogo leal dentro das 4 linhas, esqueçam...todos os dias pedimos à direcção para endurecer na sua luta contra estes movimentos dos corruptos, que estando sob pressão nunca conseguiriam estes "resultados", esperemos que o quanto antes comecem a fazê-lo.

Hoje o que se pode pedir é que a equipa técnica e jogadores do Benfica se superem e sejam exímios na forma como vão encarar este jogo de início a fim. Todos terão o seu papel, mas a grande figura que poderá tornar possível esta plausível vitória no jogo de hoje é Jorge Jesus.

É ele que durante esta semana depois do jogo com o Lyon teve de preparar física e psicológicamente todos os jogadores de forma a resistir ao ambiente que vão encontrar daqui a pouco, porque não se deixem enganar, embora o factor físico tenha a sua importância, é o factor psicológico que vai decidir o vencedor! Se o benfica entrar seguro, de cabeça fria e sabendo o que tem de fazer, garanto-vos, ninguém vai ver um Porto demolidor. Aliás, penso que se for assim teremos até um jogo equilibrado, onde eles só ganharão na posse de bola, pois jogam em casa.

Se JJ tiver preparado bem a equipa no factor psicológico será meio caminho andado para não sucumbirmos ao "inferno" do dragão...o restante terá de ser um sentido posicional muito apurado, aliado a um espírito de entreajuda inquebrável... JJ tem de ter muito em conta as compensações defensivas, sempre que o Coentrão subir, tem logo de ser coberto por alguém (David Luiz, Javi García), David Luiz tem de reduzir as suas incursões ofensivas ao mínimo, só subindo pela certa e coberto pela retaguarda, Carlos Martins deve ter mais cuidados defensivos que o normal, para ajudar Javi García nas tarefas de cobertura do meio campo, Saviola deve ser um avançado móvel a descair para as linhas para servir de suporte para trocas de bola com os extremos ou no centro com Carlos Martins ou Aimar. Não meteria o Gaitán, mostrou fragilidades a defender e em correr riscos de expulsão. Meteria o Sálvio que mostrou além de colaborar na defesa, ser um jogador de drible fácil e que pode combinar bem com Saviola.

Vai ser a batalha das nossas vidas, e como qualquer batalha épica, ganhe-se ou perca-se, se formos gigantes na nossa entrega, não será tão cedo esquecida...

JJ, veste o o uniforme de combate e prepara as nossas gentes para a batalha! Humildade e garra!

Este é o onze que escolheria:

Roberto
Maxi, Luisão, D.Luiz, Coentrão
J. Garcia
Sálvio, Aimar, Carlos Martins
Saviola, Kardec

Como disse o vermelhusco, DEIXEM-NOS SONHAR! Sei que pode parecer uma continuação deste post dele, mas achei que devemos frisar este ponto em que somos nós mesmo que temos de vencer este monstro maioritariamente imaginário que alguém criou e nós fortalecemos ao longo dos anos.

ranking