Como desmontar uma estrutura vencedora
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Como desmontar uma estrutura vencedora

 ●  + 10 comentários  ● 
No seguimento do meu post anterior sinais de uma oposição credível vou escrever sobre como as pessoas com capacidade de decisão esta época conseguiram fazer o impensável e destruir uma estrutura vencedora que foi montada o ano passado. Antes de o fazer há que dar mérito a quem, para mim foram os principais obreiros dessa estrutura montada na época passada:
- Luís Filipe Vieira por apontar Rui Costa para Director-Desportivo e dar-lhe autonomia nas contratações e gestão do plantel,
- Rui Costa por contratar jogadores de classe mundial como Javi Garcia, Javier Saviola e Ramires,
- JJ por incutir ambição tremenda no plantel mostrando sede de ganhar títulos e por conseguir montar uma equipa que jogou futebol em Portugal como não se via á imensos anos e que jogou com uma ambição e raça semelhantes ao Benfica de 80 e principio de 90.

Se há algo que eu não faço é culpar as pessoas por tudo e por nada. Aponto os erros e as responsabilidades de cada um nos sucessos e insucessos, e como apontei estas situações dignas de nota também é essencial apontar os erros cometidos esta temporada que foram imensos e cometidos essencialmente por dois protagonistas: Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus. De forma a que se possa aprender com estes erros e evitar que se repitam. Não é sendo um "yes-man" que se faz com que as pessoas aprendam com os erros.

Estes são os erros que aponto a cada um deles:

Luís Filipe Vieira:
- Apoiar a candidatura á presidência de Fernando Gomes na Liga. Esta jogada mirabolante ainda estou para compreender e teve custos óbvios para o Benfica em termos de arbitragens. Já era mais que sabido que o Porto andava a fazer a cama a Hermínio Loureiro á anos e Luís Filipe Vieira dormiu á sombra da bananeira e não trabalhou de modo a apoiar a candidatura de alguém que garantisse um mínimo de isenção no futebol. Como tal chegou-se a uma situação em que se viu obrigado a apoiar Fernando Gomes para minimizar os danos ao Benfica - algo que o ínicio desta época demonstrou que não foi alcançado. Mesmo que não haja corrupção de árbitros como houve até á altura do Apito Dourado, estes compreenderam para que lado é que a balança de poder pendeu e decidiram agradar ao dono. Como é que é possível que um ex-dirigente de um clube rival mantenha a isenção num cargo em que tem que defender a verdade da competição e garantir a isenção entre todos os intervenientes? Como é que LFV não se apercebeu que FG não garantia nada?

- Logo a seguir ao Benfica ser campeão menoriza o papel de Rui Costa na estrutura benfiquista e na conquista do título na televisão. Isto quando foi Rui Costa que garantiu os reforços de classe mundial que deram força á equipa e capacidade de JJ construir uma equipa fabulosa. Jogadores como Aimar, no tempo de Quique, Saviola, Javi Garcia entre outros.

- Consequentemente, usurpa as funções de Rui Costa e assume as responsabilidades na gestão das entradas e saídas do plantel. Como os erros aqui são imensos tenho que dividir por vários parágrafos.

- Vendeu o Di Maria abaixo da cláusula de rescisão depois da época fantástica que fez incluindo no negócio dois míudos que têm um talento fantástico: são invisíveis! Nem Alípio joga nos juniores nem Rodrigo pelo Bolton. Só gostava de saber se o Benfica já recebeu os 6 milhões por presenças na equipa de Di Maria e os 5 associados ao rendimento desportivo...

- Desde a chegada de Ramires que era mais que certo e sabido que no final da época iria sair. Mesmo assim Luís Filipe Vieira não consegue assegurar a contratação de uma das duas alternativas para o seu lugar: Wesley ou Elias (internacional brasileiro). Ou seja, andou a dormir e não supriu a saída de uma das pedras base da equipa apesar de fazer uma viagem ao Brasil para garantir um desses nomes provavelmente por falta de dinheiro não consegue concretizar nenhum dos negócios o que me leva ao meu próximo ponto.

- Gastou 8,5 milhões de euros num guarda-redes que não assegurou segurança no imediato. Como ficou mais que provado no ínicio da época Roberto não era Guarda-Redes com qualidade e experiência indiscutíveis para garantir segurança na baliza. Um guarda-redes com muito futuro é certo mas com perfil diferente daquele que era necessário. Ao mesmo tempo que gasta um balúrdio para contratar o 3º guarda-redes do 11º classificado do Campeonato Espanhol, um jogador por quem o Saragoça só ia pagar 2 milhões. Obviamente que despendendo estas somas de dinheiro não há depois capacidade financeira para assegurar reforços essenciais para o equilíbrio da equipa.

- Não garantir um dos nomes de qualidade indiscútivel pedidos por JJ (Guardado, Huntelaar, Quaresma, Simão, Wesley ou Elias) para fortalecer a equipa nas posições mais necessitadas - as alas. Ao mesmo tempo empresta Urreta que está prestes a explodir (infeliz lesão no Corunha) para o negócio furado de Guardado não usando as soluções já presentes dentro do clube para substituir os jogadores que saíram,

- Criar problemas no plantel principal com uma péssima gestão de dossiers delicados como prémios e renovações. Não pagou os prémios prometidos aos jogadores a tempo e horas pela conquista do campeonato e Taça da Liga e não fez as renovações prometidas a jogadores nucleares do plantel a tempo e horas,

- Posteriormente só fragiliza ainda mais a posição do Benfica no futebol português e a sua própria imagem permitindo que o clube seja ridicularizado pelos Corruptos. Passa uma imagem de líder fraco ao ser incapaz de cumprir as ameaças de boicote ao jogo do Dragão se não houvesse segurança como se veio a comprovar com os arremessos de pedras ao autocarro e de bolas de golfe aos jogadores da equipa durante o jogo.

Na gestão das entradas e saídas do plantel Luís Filipe Vieira comete erros em barda e parece apostar mais em manter boas relações com os empresários "amigos" do Benfica do que em reforçar a equipa com jogadores de qualidade indiscutivel. Acho importante que se assegurem boas relações com alguns empresários mas daí a fazer contratações quase exclusivamente no mercado sul-americano de jogadores que não têm qualidade para entrarem de caras no onze principal vai uma grande distância.
Contratações de jovens como Gaitán, Jara, Airton, Kardec ou Salvio são bons negócios quando integradas numa política de contratações que também assegure a entrada de nomes como Guardado, Simão ou Elias que teriam lugar de caras no onze titular mas nunca devia o sucesso da equipa ficar dependente destes jovens. Queima-se injustamente jogadores com grande potencial bem como não se assegura os resultados desportivos desejados.

Jorge Jesus:
- Ostracização de Quim que fez um campeonato irrepreensível. JJ não gosta de Quim e assim que possível ostracizou o guarda-redes em directo na televisão pois queria um guarda-redes que garantisse segurança no imediato. Fez finca-pé por Roberto quando este não era nada do pretendido num defeso em que havia um excesso de guarda-redes de altíssima qualidade no mercado a preços baixos como demonstra a contratação de Hildebrand pelo Sporting, Amelia e muitos outros. Esta situação deve ter caído muito mal no grupo de trabalho.

- Péssima planificação de pré-temporada. É incompreensível que se marque um amigável a 3 dias do primeiro troféu oficial, ainda para mais contra os Corruptos! O jogo mais importante para qualquer adepto benfiquista. A derrota desse jogo foi o momento que definiu esta temporada.

- Teimosia em apostar sempre na mesma táctica ultra-ofensiva mesmo quando não tem jogadores que garantem equílibrio defensivo á equipa. Se no ano passado Ramires e Di Maria garantiam segurança defensiva á equipa. Ramires fazia quase duas posições - ajudava Javi Garcia e fazia o flanco direito enquanto que com Di Maria na equipa César Peixoto não tinha que fazer tantos jogos a titular contra equipas claramente acima do seu nível e Coentrão garantia outra segurança.
Esta situação é ainda mais incompreensível quando uma aposta no 4-3-3 durante a pré-época demonstrou que a equipa jogava melhor nesse sistema além de se adequar mais á actual composição do plantel que tem poucos extremos de raiz mas jogadores que brilhariam mais nesse sistema como Jara, Salvio, Saviola e que permite integrar Carlos Martins, Aimar e Javi Garcia num triangulo a meio campo.

- Inventa no escalonamento do onze para os jogos. Contra o Porto comete um dos erros mais primários que podia cometer: muda completamente a estrutura da defesa colocando David Luiz a lateral-esquerdo (onde NUNCA fez um bom jogo) e um Sidnei totalmente fora de forma a titular. Não garante cobertura á defesa apostando num meio-campo mais sólido e comete o erro de retirar Saviola da equipa.

- Hostiliza a equipa ao ser incapaz de assumir os seus erros na preparação desse jogo.


Tanto JJ como LFV têm mérito pelo que alcançaram no Benfica mas com tantos erros esgotaram o capital de confiança que tinham. Para mim Luís Filipe Vieira então perdeu toda a confiança que tinha nele. Se estes erros tivessem sido cometidos por um Presidente inexperiente no seu primeiro mandato, ainda havia espaço a alguma margem de manobra mas é injustificável que tantos erros amadores sejam cometidos por alguém com 7 anos de experiência como Presidente mais alguns como Director Desportivo. Ainda para mais quando são erros que já foram cometidos no passado como por exemplo com a saída de Simão e Manuel Fernandes na época 2007/2008 seguido do despedimento de Fernando Santos.

Rui Costa para mim peca por imobilismo, no entanto acho que é o menos culpado nisto tudo apesar de não estar isento de responsabilidades. O meu próximo tópico será sobre o seu papel nesta embrulhada e sobre as suas responsabilidades.

10 comentários blogger

  1. Fantástico Post, tiraste-me as palavras do pensamento! Mas, e agora que defendes que seja feito? Que esta estrutura directiva se demita, ou acha-os com força para continuar, mostrar a união que nunca mostraram e seguir para a luta?

    Cumprimentos Benfiquistas

    http://fundamentalismobenfiquista.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Gabriel Vilas Boas25 novembro, 2010 13:12

    Desta vez concordo em absoluto contigo. Não te dou os parabéns porque, como grande benfiquista que és, não te deve ter dado grande prazer escrever este post.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Obviamente que escrever este texto não me deu prazer nenhum. A mim o que me dá prazer é ver o Benfica a ganhar e a dominar.
    Este ano ando pior que estragado e com uma azia rídicula por ver outros clubes á frente do Benfica.

    Infelizmente, com estes erros cometidos o Benfica que tinha uma estrutura montada e vantagem sobre os rivais está onde se encontra agora. É por isso que estou chateado e ataco tanto o Presidente do Benfica nos meus posts.

    Quero é que o Benfica ganhe e seja respeitado. Não tenho lealdades por ninguém a não ser pelo Glorioso que amo desde que me lembro.

    Quanto aos anónimos que se entretêm a mandar insultos, já sabem que esses ditos insultos pessoais não serão aprovados. Além do mais é para o lado que me deito melhor - receber insultos de anónimos na internet só dá para rir.

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde,

    É tempo de dar um grito de revolta, a falta de brio e profissionalismo é por demais evidente, quem enverga uma camisola centenária,com um vasto e riquíssimo palmarés, de um clube que tem como nome SPORT LISBOA E BENFICA, não pode gozar com a cara dos sócios e muito menos faltar ao respeito aos nossos antepassados... O Sport Lisboa e Benfica é muito maior do que aqueles que dele se aproveitam para promoção pessoal, o Sport Lisboa e Benfica é garra,é ambição,é empenho,é suor,é lágrimas,é acima de tudo paixão e amor. Basta de falta de planeamento e de desculpas de mau perdedor, é necessário uma alteração de mentalidade no nosso clube e para tal coisa, é necessário uma renovação e respectiva devolução do clube a quem o ama e sente!

    A mágoa e tristeza que me invade é enorme, pois vejo jogadores,equipa técnica e respectivos orgãos sociais,semana após semana, a passar por isto com total normalidade e sem sentido de responsabilização, sinal de que para estes o Sport Lisboa e Benfica não é paixão,não é suor,não é lágrimas,mas sim promoção!

    Por fim, deixo aqui o meu apelo aos sócios do Sport Lisboa e Benfica, para que não deixemos passar estas situações em claro e assobiar para o lado como se nada estivesse a acontecer na nossa casa. O nosso clube é e sempre será muito maior do que aqueles que dele se servem, pois não pedimos que ganhem sempre, mas sim que lutem com paixão até ao último segundo de cada partida.

    Et Pluribus Unum

    Joel Gonçalves
    (Sócio do Sport Lisboa e Benfica)

    ResponderEliminar
  5. Vermelhusco, perfeitamente de acordo. Espero que nas próximas eleições apareça alguém com um projecto com pés e cabeça.

    Por agora é apoiar a equipa e esperar que JJ regresse á terra e aposte no sistema de jogo que nos fez brilhar aqui e na Europa, até porque ele agora tem o Ruben Amorim para fazer de Ramires.

    ResponderEliminar
  6. Caros anónimos, comentários de pessoas que não se identificam e que insultem os bloggers não serão admitidos.
    Podem berrar que é censura á vontade e PIDE isto ou aquilo, mas as regras para verem comentários aceites estão escarrapachadas na barra lateral. Quem não as cumpre não vê os comentários publicados pura e simplesmente.

    Se querem ver os comentários publicados identifiquem-se e sigam as regras definidas. Não é censura, trata-se de boa educação e de seguir as regras definidas para todos os comentadores do blogue.

    Quem for retardado e não conseguir seguir estas regras tão simples, temos pena.

    ResponderEliminar
  7. Para mim há dois erros-base... Não substituição de jogadores fundamentais com jogadores de grande qualidade, ainda que já com a carreira numa fase avançada, tal como Simão...

    Sendo assim o Benfica ficou sem extremos de qualidade e outro erro desta vez do JJ foi não querer mudar a táctica a utilizar... O 4x3x3 era sem dúvida uma boa opção onde seria possível usar Javi, Aimar e Martins a meio-campo e usar Cardozo na frente com Gaitan, Salvio, Saviola, Jara, Weldon (dois destes 5) nas costas...

    Ainda assim parece-me ainda possível a conquista do campeonato se os responsáveis assumirem erros dando créditos a equipa e protegendo-a!

    ResponderEliminar
  8. A questão a tantos benfiquistas que identificam tão bem os problemas do clube é quem, onde e quando, mais do que como.
    Ou vamos esperar de novo até vésperas de eleições para se criar um projecto alternativo, sem líder, sem nexo, sem coerência? Vamos a isso.
    Rua com o vieirismo (e já agora que este não seja substituido pelo veiguismo, mas sim por benfiquismo, o que já seria uma novidade).

    ResponderEliminar
  9. Caro anónimo, aceitei unica e exclusivamente o seu comentário porque é construtivo e tem ideias pertinentes, tudo com respeito e boa educação, mas da próxima vez minimamente coloque o seu nome no final para "sabermos" quem é e podermos juntar estas boas ideias e mentalidade a uma "pessoa", porque senão como forma de mostrar o cumprimento das regras sobre comentários de anónimos serei obrigado a eliminar o seu comentário antes de vir a público.

    saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  10. Belo texto...qts aos anónimos cada um tem o que merece...eu tb os tenho ...ahahah

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares