O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 18 de abril de 2020

Que país é este?

Avatar
 ●  37 comentários  ● 


"O segurança do Porto Bruno Pidá, condenado a 23 anos de prisão, no processo Noite Branca, vai sair da prisão. Bruno Pinto, conhecido como "Pidá", sai com uma licença de saída de 45 dias, beneficiando da lei aprovada pelo Governo para aliviar as prisões e evitar a propagação da Covid-19 nestes estabelecimentos.

Pidá cumpre pena pelo homicídio do segurança Ilídio Correia e está no estabelecimento prisional de Coimbra. No entanto, ainda não se sabe ao certo qual o dia em que o cabecilha do gang da ribeira vai sair." - CM.

Um homicida condenado, líder de um gangue responsável por uma onda de crime no Porto, vai beneficiar da lei sobre o Covid-19 e os presos?

Que país é este que solta homicidas? 

Esperemos que a notícia não seja verdadeira.

sexta-feira, 17 de abril de 2020

O Juiz para julgar Rui Pinto

Avatar
 ●  82 comentários  ● 

Parece estar a causar muito incómodo o facto de o juiz escolhido para presidir ao colectivo que vai julgar Rui Pinto ser um benfiquista assumido.

São artigos online, são comentários de gente "notável" e são acima de tudo juízos de valor sobre alguém que não conhecem.

O juiz em causa é benfiquista, como mais de metade dos adeptos de futebol em Portugal. Não era difícil escolher um. O que deve presidir à escolha/inclusão para sorteio é a qualidade técnica do juiz e não a sua simpatia clubística.

É curioso que só se levantam questões quando os escolhidos são adeptos do SL Benfica.

Temos gente do FCP a mandar na FPF, temos adeptos do FCP em vários orgãos importantes do mundo judicial, e nada disso levanta questões.

Mais ainda: que eu saiba, apenas o Apito Dourado é algo inquestionável e que demonstrou o podre que era o nosso futebol e em como UM CLUBE dominou e ganhou à margem das leis.

Lamento se o juiz escolhido sentiu necessidade de ir apagar publicações antigas só por ter sido encarregue do processo de Rui Pinto. Quem tem a consciência tranquila não apaga nada.

Da sua parte, esperamos que julgue com imparcialidade, aplicando a constituição e a lei, e defendendo o interesse público de aplicação da justiça.

Lamento que ninguém ligado ao SL Benfica tenha ainda vindo a público sair em defesa, não do juiz, mas do SL Benfica. 

Não somos andrades nem tivemos favores para não descer de divisão. Não inventamos uma fundação que nunca existiu. 

Somos o clube de Borges Coutinho ou Cosme Damião. De Eusébio ou Coluna. De Paneira ou Nené. De Bento ou de Toni. E tantos outros.

Temos honra, somos honestos e nunca permitiremos que alguém transforme o SL Benfica num esterco tipo andrade.

O Senhor Juiz que honre o seu estatuto de benfiquista por aplicar a lei!

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Exclusivo: E NÃO DEVIAS, LUÍS, SER TU A FALAR?, por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  205 comentários  ● 


Na semana passada, pedi, aqui, ao Presidente do Benfica para não se esconder (como sempre faz, nas derrotas) mas, que falasse aos benfiquistas (como é costume, em dia de grandes vitórias).

Que nos tranquilizasse com um sorriso - o mesmo com que levou Gonçalo Guedes ao PSG - dizendo-nos que nada do que aí vinha afetaria o Benfica, em vez de nos deixar espantados com as notícias contraditórias colocadas pela estrutura nos jornais!

Que, em vez de anunciar investimentos de 100 milhões, depois de já ter anunciado 200 milhões, para logo a seguir uma equipa “made in” Seixal, a que se sucedeu no sábado, a anunciada venda de Ruben Dias (do que sei, já “fechada” há muito) ...

Que, em vez de começar uma nova narrativa para justificar mais um negócio - como foram as de Oblak, Ederson, N. Semedo, Lindelof, R. Sanches, G. Guedes, J. Félix - nos dissesse que, depois desta crise, acabariam as parcerias estratégicas, bem como comissões de 10% em futuras compras, vendas ou renovações!

Que, em vez de enviar recados pela voz de um colaborador - por muito qualificado e bem pago que seja, mas um colaborador da SAD - pelo qual soubemos que o Benfica tem, hoje, quase ... 600 funcionários, nos viesse dizer - agora que já não há outros Grupos para lhe definirem e ditarem a estratégia que deve seguir - como irá fazer para que o Benfica seja forte e resista a toda esta crise!

Porque, não podendo o Benfica negociar cortes na dívida, substituições nas posições devedoras por amigos por conta de uma futura OPA ou a gestão da mesma por empresas amigas, importa saber o que pensa fazer!

Sim, o que se esperava de um Presidente com uma ideia muito precisa do que quer para o Benfica era que - para além de já se ter pronunciado sobre a questão dos campeonatos, dos calendários e da forma como deve acabar a época - nos tranquilizasse sobre a forma como sairemos da crise!

Como pensa ultrapassar o facto de:

- Durante as próximas épocas, não poder dispor de UM EURO de direitos televisivos porque já os recebeu adiantados da NOS 

- Por quem pensa substituir a EMIRATES já na próxima época 

- Como vai ultrapassar as novas condições de pagamento impostas pela ADIDAS 

- Como vai fazer com a diminuição abrupta das receitas de bilheteira por força da mais que provável aprovação das novas regras de espetáculos ao vivo, para os próximos meses, a que se adicionará a falta de dinheiro para a compra de lugares cativos, fundadores ou red pass, ou da redução drástica das receitas de merchandising?

Dizer que estamos melhor preparados não chega! Estamos pela dimensão ... mas estaremos ... pela gestão?

- Porque não vem o Presidente do Benfica anunciar (a par das doações SNS, que passaram dos ridículos 3 ventiladores para um sem fim de ações solidárias, como se fossem susceptíveis de ser articuladas num qualquer processo judicial como matéria abonatória) um conjunto de decisões que possam sossegar os sócios de menos posses e, por isso, mais penalizados com o que aí vem?

- Porque não anuncia a possibilidade de os jogos serem dados em canal aberto para que todos os que não podem ir ao Estádio possam ver o seu Benfica?

- E - já agora - o que pensa o Presidente fazer do “seu braço armado” (eleitoral ... claro), as Casas do Benfica?

Deixemos o ridículo do elogio às que resistem a “fazer bolos” ou em regime de venda para “take away” e falemos delas com a consideração e o respeito que nos devem merecer! 

Porque, por certo, todas esperariam uma palavra do Presidente, deixando caminhos para as ajudar a ultrapassar esta crise!

Encontrando formas de as ajudar nesta queda brutal de receitas, elas que vivem do convívio entre sócios (do que estão, agora impedidas), da bilhética para os jogos na Luz (que não há e cujo reinício será feito com limitações que as penalizarão em muito) e com o merchandising dos nossos produtos oficiais, que, sem jogos e sem presença física nas Casas impedirão qualquer receita (mesmo que comprem “on line” não haverá distribuição de comissões a nível local)!

Sobre isto o Presidente disse nada porque deles só os votos electrónicos interessam. 

- Porque não vem o Presidente anunciar cortes, por acordo, nos vencimentos dos quadros superiores do Benfica, aplicando, por exemplo, esses milhões de euros na sustentação das Casas do Benfica?

- Porque não anuncia o Presidente do Benfica que a diferença entre os mais de 34 milhões de euros de comissões pagas o ano passado e as que resultarem de um máximo de, por exemplo, 3%, será aplicada no apoio às Casas do Benfica, mas também na sustentação das Filiais e das Delegações do SLB, em função de regras e de critérios especiais.

Eu sei que não votam ... mas fazem parte da presença do Benfica em todo o Mundo e foi por elas e com elas que o BENFICA se fez grande.

Tão grande que permite a quem lá está, hoje, pagar, num só ano, mais de 34 milhões de euros de comissões ... que tanta falta vão fazer no futuro!

Porque sobre esse futuro, sobre essa forma de ajudar quem precisa em ultrapassar a crise que aí vem, é que queremos ouvir o Presidente do Benfica falar!

Sobre esse apoio às Casas, impossibilitadas de facturar num futuro próximo!

Sobre a possibilidade de diminuição do valor das quotas!

Ou sobre a diminuição do preço dos lugares de época, possivelmente com critérios de valorização de antiguidade e de fidelidade na aquisição desses lugares ao longo dos anos.

Ou sobre a diminuição de despesas desnecessárias mesmo para quem - por força dos Estatutos - não recebe vencimento do Clube ou da SAD-

Eu sei que a colocação dos inúmeros jogadores do plantel que nunca jogarão no Benfica - alguns deles confessadamente comprados para ganhar dinheiro - ocuparão muito tempo!

Como ocupará a tentativa de receber o pagamento de jogadores vendidos que a parte compradora nunca teve intenções de pagar (com o perigo de - para quem os vendeu com o anúncio de determinados pressupostos - os ver serem devolvidos à base com a invocação de cláusulas omitidas)!

O futebol vai mudar!

E ou aproveitamos essa mudança ou perderemos o comboio da modernidade e da Europa!
Não basta dizer que somos melhores.

Porque, com esse discurso, andamos a ser envergonhados na Europa!

Vamos indo ao Marquês, mas, a continuar assim, deixaremos de ir ao Marquês e já não teremos hipótese de regressarmos à nossa grandeza europeia!

Por tudo isto ... queremos ouvir o Presidente do Benfica!

Sem medo do futuro, do que aí vem ... e, porque de consciência tranquila - como um Presidente do Benfica tem que estar - sem medo do caso Lex, do caso E-Toupeira, e, muito especialmente (como me pareceu ver em funcionários da estrutura) sem medo da libertação de Rui Pinto!

Sem medo porque, a não ser que eu não saiba tudo, não temos que ter medo de nada!

Para os mais cépticos ... nada como relembrar Camões:

“Um fraco Rei faz fraca a forte gente”!!!

ranking