O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 8 de junho de 2013

Porque não essa estrela??

Avatar
 ●  41 comentários  ● 
Numa altura em que um artista se vai embora, uma daquelas estrelas que nos faz sonhar.

Eu sonhei quando voltou Rui Costa, quando trouxeram Reyes, Aimar e depois Saviola. Jogadores que trazem adeptos aos estádios. Não quero falar dos jogadores fantásticos mas que chegaram aqui como desconhecidos, gostava que apoiassem o departamento de prospeção do nosso clube e que dessem um nome de alguém que foi "esquecido" ou que por razões diversas tenha baixado a sua cotação e que trouxesse mais um pouco do sonho que vivemos com essas estrelas.

Tu que és um benfiquista fantástico e que tens olho para a coisa, diz-me um (ou vários) nome(s) de alguém que pudesse trazer magia, um jogador consagrado que não nos custasse 20 ou 30 milhões de euros mas que nos fizesse sonhar.

Ansiosamente à espera...

BB

Gracias "El Mago"

Avatar
 ●  5 comentários  ● 


Não vou obviamente cometer o erro de achar que há jogadores maiores que o clube. Mas há sem dúvida alguns que na sua carreira acharam que eram, que vieram, serviram-se dele, e foram embora à sua vida achando que eram os melhores do mundo. Alguns não passaram de uns badamecos, lembro-me de um Hugo Leal por exemplo, pobre iludido, que achava que a Luz era demasiado pequena para o seu talento. Teve o que mereceu.

Depois há outros, Di Maria por exemplo, que se calhar legitimamente achou que a sua categoria merecia mais, mas também alguém que ainda o avião vinha no ar para aterrar em Lisboa já dizia que queria era aterrar em Londres, porque a Luz era apenas uma passagem para algo melhor. Estes passam pelo clube, são nossos ídolos enquanto cá estão mas, também os esquecemos rapidamente.

E depois há ainda outra espécie, aqueles que nunca foram de falar muito nem de se por em bicos de pés, que nunca se acharam grande coisa mas que a gente sabe que são enormes, enormíssimos, gigantes. E dessa estripe rara há dois que eu quero aqui lembrar hoje, que não sendo maiores que o clube porque desse nem Eusébio foi, sempre me fizeram sentir que eram quase tão grandes como o clube, deixando em mim a incómoda sensação que o Benfica lhes devia qualquer coisa: devia-lhes a carreira que a sua classe merecia.

Michel Preud'Homme e Pablo Aimar são dessa estirpe. Sobre o belga, não vou dizer que era inquestionavelmente o melhor guarda-redes do mundo mas, vou dizer que, no seu tempo, se me dessem a escolher um guarda-redes qualquer para eu colocar na baliza do Benfica, era o Michel que eu lá punha. O homem era soberbo e tinha mística, só que teve o azar de chegar ao Benfica na altura errada...

Tivesse sido um aninho antes teria apanhado Schwarz, Mozer, Rui Costa, Futre, Paulo Sousa, Rui Aguas, Vitor Paneira, João Pinto, Isaías, Iuran, Kulkov e outros. Ao chegar quando chegou, levou com Artur Jorge, King, Paredão, Marcelo, Clóvis, Pringle, Paulão, Nelo, Tavares e afins... E foi este Benfica, o pior Benfica da sua história que, sem nunca se queixar, Michel Preud'Homme salvou vezes sem conta de humilhações que poderiam ter sido muitíssimo maiores do que as que passámos. .

Este Preud'Homme, aos 40 anos e na véspera da final da Taça de Portugal onde o Benfica estaria presente, foi visto nesse sábado a passear sozinho no Estádio e pelas imediações do Jamor à mesma hora a que o jogo se disputaria no dia seguinte. Alguém o encontrou e perguntou-lhe o que andava ali a fazer, que o jogo era só amanhã. Resposta do Belga: "Vim preparar-me, sentir o ambiente e a relva, e principalmente avaliar o posicionamento do sol à hora do jogo." Mais palavras para quê Senhor Preud'Homme, um profissional de corpo inteiro! Deixou saudades!



Nos últimos anos, esse jogador emblemático foi para mim Pablo Aimar.... Foi um achado de Rui Costa, que chegou à Luz eventualmente porque quem vendeu achava que ele estava acabado. Bem se devem ter arrependido. E depois de um trabalho excecional do departamento médico do Benfica, eis que Aimar renasceu. Na primeira época faz 29 jogos, na segunda faz 40, na terceira 45, e à quarta arrancou numa forma fantástica parecendo um miúdo em inicio de carreira. À quinta então, o ocaso, as lesões voltaram a tomar conta de si, e uma hipotética transferência em Dezembro não concretizada, parece ter criado um imbróglio/divórcio com o treinador que nunca terá sido muito bem explicado. 

Mas em suma, um jogador talentoso, humilde, respeitado no mundo inteiro, alguém que só por si valia o bilhete do jogo. Um senhor este Aimar, um predestinado, um daqueles que até poderia ter complexos de altivez, mas que sempre falou do Benfica com respeito e admiração, e desde o primeiro minuto percebeu a sua grandeza.

Ao contrário de Preud'Homme, Aimar teve sorte oposta e jogou no provavelmente melhor Benfica dos últimos 20 anos, tendo a seu lado jogadores que, nas suas próprias palavras, o motivavam e espicaçavam na sua ambição.

Como disse, e isto é opinião pessoal, acho que o episódio da hipotética transferência para a Arábia Saudita em Dezembro, terá causado um certo mau estar entre o Mágico 10 e Jorge Jesus. A partir daí, Aimar passou a ser uma terceira escolha, e as lesões não explicam tudo.

E tenho pena, porque o Argentino merecia uma outra despedida, no relvado, perante todos aqueles que durante cinco anos puderam apreciar o seu futebol e a sua enorme grandeza enquanto homem, e também, porque não, com os títulos que a sua classe merecia, com a participação na Final da Liga Europa, onde me pareceu que ia entrar em campo, não tivesse sido a lesão de Garay a queimar a última substituição e a matar talvez o seu último grande sonho enquanto profissional de futebol ao mais alto nível.

Ainda assim, excelentes as palavras do mago, do Presidente e de Rui Costa na hora da despedida. Que volte um dia, é o meu desejo. Um homem com muito para ensinar aos mais novos. Se há alguém que a miudagem vai ouvir, Aimar é seguramente um deles, uma enciclopédia do futebol e de um Benfica com valores.

Quando se fala em apostar nas escolas do clube, e se critica os estrangeiros que chegam porque não sentem a camisola, é bom lembrar que há sempre excepções, e de ambos os lados. Se comparar Preud´Homme e Pablo Aimar ao Hugo Leal, ao Edgar, ao Pepa, ao Rui Baião, ao Maniche e a alguns outros, eu sei imediatamente quem são os benfiquistas e quem não são. Sim, talvez o belga e o argentino não tenham nascido benfiquistas mas, estes, ao contrário dos outros, serão benfiquistas para toda a vida, com o seu nome gravado a letras de ouro na história deste glorioso clube.

Pablo Aimar

Avatar
 ●  2 comentários  ● 


Um futebolista de grande categoria, e que foi um prazer ver no Sport Lisboa e Benfica.
Não teve a despedida que merecia e que deveria ter sido organizada aquando do último jogo do campeonato.

São jogadores desta craveira que precisamos no nosso clube. Pelo que percebe do jogo, duvido que não se vá tornar um grande treinador.

Golo de quem?

Avatar
 ●  15 comentários  ● 



Ganhar com um golo de Postiga é motivo de orgulho para alguém? Chiça!!

Ver Bruno Alves, Raúl Meireles ou Ruben Micael na selecção é motivo de orgulho ou vergonha?

Só mesmo para agradar ao seleccionador nacional Jorge Mendes.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A "teoria do erro" e os erros de gestão

 ●  28 comentários  ● 


Portugal, 7 de Junho de 2013



Como seguramente alguns adeptos e sócios do Benfica já perceberam, o treinador do Benfica é o único que após cada desaire é “espremido” em termos de desempenho, em termos de opções, em termos de erros. Os treinadores de FCP e SCP, pelo contrário, têm sempre o álibi da arbitragem ou de um jogo menos conseguido.


Quem patrocina este tipo de coisas é a comunicação social e o silêncio do Benfica. Exemplo máximo no denominado Caso Capela, exemplo mínimo os Casos Xistra, Proença, Soares Dias, Hugo Miguel, Vasco Santos, Jorge Sousa, etc. A Direcção do Benfica, encolhe os ombros, já que o bom actor que é o “faz-que-é” Presidente, lá vai repetindo até à exaustão os discursos que outros escrevem, onde se apela a mais e mais entrega, mais e mais dedicação, mais e mais capacidade de sofrimento, mais e mais crença no rumo traçado, etc, etc. A máquina que manda no Benfica através do Sr.º Vieira, de facto envolve muita gente, das mais variadas actividades e sabem bem como manipular pensamentos e vontades dos adeptos. Adiante.


A questão do “erro do treinador” é uma ficção fácil de desmontar. Porque por definição, um erro é um desvio à norma, e por definição não há norma no futebol. Se houvesse uma norma no futebol isso significaria que dominando a norma, tomávamos sempre as melhores opções e ganhávamos sempre. Ou seja, aqueles que mais falam dos erros, ou seja, aqueles que mais subentendem conhecer a norma no futebol, esse ganhariam sempre. Quem são eles? Os tais jornalistas da comunicação social....


Ora quantos jornalistas têm ou tiveram sucesso como treinadores de futebol? Nenhum. Percebe-se pois que a teoria do “erro” do treinador do Benfica é uma forma de desviar as atenções dos “erros de arbitragem”, esses sim mensuráveis por comparação com a norma. Qual é a norma da arbitragem? As leis do jogo! 


Como se depreende, os tais que patrocinam a teoria do “erro do treinador” do Benfica, são os mesmos que escondem a teoria do “erro do árbitro”. Ora quando o FCP e SCP são beneficiados, ora quando o Benfica é prejudicado. Mas é sempre assim?


Não. O critério inverte-se quando entendem que o Benfica foi beneficiado, ou o FCP e SCP prejudicados. Temos pois “casos Capela” mas nunca teremos “casos Hugo Miguel”, apesar de este ter rubricado uma das mais vergonhosas arbitragens que há memória em Portugal, desde o 1º campeonato nacional no tempo do Estado Novo!


Mas há outro campo onde com rigor, podemos falar de erros: os erros de gestão. E no Benfica infelizmente acontecem demasiadas vezes, com – coincidência – encobrimento da comunicação social. A mesma que patrocina o erro do treinador do Benfica e patrocina a manipulação do erro do árbitro, também patrocina o branqueamento do erro de gestão da Direcção do Benfica.


Há uma “norma” na gestão que se possa aplicar às decisões tomadas? Julgo que sim. A do bom senso! Vejamos. Em Abril de 2012 cedendo às críticas dos analistas (que por tabela arrastam os adeptos), a Direcção anunciou – em mais um acto populista e demagógico - que Emerson não ia continuar no Benfica. Em Abril começaram a negociar Sálvio para o Benfica. Sálvio não é defesa esquerdo, mas sim “médio ala” direito, portanto continuou a faltar um substituto para Emerson. E não se percebeu o interesse em Sálvio uma vez que entre a comunicação social (os tais protagonistas) era unânime que o Benfica não tinha ganho o campeonato por causa da má rotação do plantel por parte do treinador, e também porque o defesa esquerdo não subia, não cruzava, não atacava como eles achavam que devia ser.


O tempo passou, o Sálvio veio, o defesa esquerdo não. E contudo Eliseu do Málaga, que pelos vistos apenas custava 5 milhões, estava disponível para vir. Mas a decisão da Direcção foi apostar no Salvio e contratar o Luisinho por 500 mil euros ao Paços de Ferreira. Decisão correcta? Acho que não. E não o digo porque a época passou, mas porque pesando o trinómio custo/qualidade/carências, a opção prioritária era o defesa esquerdo.


Um ano depois a opção da Direcção manifestou-se, como eu esperava, errada. Jesus voltou a ter de arrostar com o título de “inventor” pela adaptação de Melgarejo a defesa esquerdo (sinal que não terá sido ele a decidir contratar Luisinho), ou seja, Jesus voltou a ser fragilizado pelas opções que foi obrigado a tomar por incúria da Direcção, Sálvio apesar da boa comunicação social (e estas coisas nunca saem de “borla”) marcou 10 golos em 29 jogos, contra os 10 golos de Bruno César em 26 jogos, ou os 11 golos de Nolito em 29 jogos. E no final voltamos a perder os títulos todos pelos erros dos mesmos árbitros (Carlos Xistra e Hugo Miguel) que na época passada ajudaram os adversários a tirar 5 pontos ao Benfica antes da recepção ao FCP, e que depois desse jogo, marcado por mais um golo em claro fora de jogo (qualquer semelhança com a Taça não é coincidência), ainda fomos penalizados em Alvalade e Vila do Conde por mais erros escandalosos de arbitragem.


Quem se interessar pois pela teoria do erro, deve pois mudar de alvo. Não é o treinador que erra, porque não há “norma” nas opções dos treinadores. São os árbitros e a Direcção do Benfica que erram, porque ambos podem ser comparados com “normas”, seja o regulamento da arbitragem, seja o regulamento do bom senso. Mas curiosamente, ambos estão bem protegidos pela comunicação social. Não é por acaso...

Bye Bye Óscar Tacuara Cardozo

 ●  25 comentários  ● 





Ao que tudo indica, Óscar Cardozo estará mesmo de saída do Benfica a caminho da Turquia, para o nosso adversário da meia final da Liga Europa, o Fenerbahce.

A imagem do ( suposto ) registo da Federação Turca de Futebol corre pelo Twitter e restantes redes sociais.

Vai demorar quanto tempo a CMVM vir questionar o Benfica, que tem sido célere a desmentir possíveis reforços.

Vai a preço de saldo ? Leva Melgarejo consigo, também agenciado por Pedro Aldave ?

Será que vamos perder outra vez esta oportunidade?

 ●  9 comentários  ● 
Em 2009/10 eu escrevi neste blog que, ao sermos campeões, teríamos uma brilhante oportunidade de "matar" a subsistência do Sistema e do próprio CRAC (AKA Clube Regional Assumidamente Corrupto). Bastava para tal: Renovar o titulo em 2010/11.

Não só não renovámos... como ficámos a 21 pontos do lider desse campeonato (CRAC).

Ou seja, perdemos a dita oportunidade e pelo contrário viramos toda a instabilidade contra o SLBenfica, tendo sido o ano onde o JJ foi altamente contestado e, perante o assédio do FCPorto após a saída do Villas Boas, foi “honrado” com o actual contrato que terminou em 2013, avaliado em 4M€/ano.

Com sinceridade, eu acho que há aqui uma segunda oportunidade... e curiosamente considero que estamos novamente a desperdiçar esse momento, o que já começa a ser estranho!

Começa a ser intrigante como todas as oportunidades de “matar” o Sistema são desperdiçadas...

Neste momento o status no CRAC é o seguinte:

- Apesar de passarem a mensagem de que o treinador é que não aceitou a renovação, a verdade é que desde Janeiro que o treinador está despedido. Tudo o resto têm sido “fait divers” para dar empowerment ao novo treinador e contornar a surpresa que foi para eles terem sido campeões.

- Este ano grande parte do rendimento da equipa esteve associado ao Nody e ao Tropeção Colombiano... e ambos já foram despachados para pagar os ordenados em atraso e a conta da EDP. Mas não vai ficar por aqui e o Tronco Francês já está com guia de marcha também. Ou seja, eles precisam claramente de reforçar o plantel...

- ... e por reforçar o plantel não estou obviamente a falar nos “favores” que têm estado a ser pagos ao Guimarães, Estoril e Paços de Ferreira. Nada disto foi mais do que PAGAR FAVORES, o que eu costumo chamar de “distribuir a riqueza” pelos amigos.

- As contas da SAD estão no “red line”. Há salários em atraso e pagamentos a fornecedores mais atrasados ainda. - Esta época que passou há vários casos de “apoios” de arbitragem que sustentaram muitos pontos conquistados. - Com a “conversa sobre os arbitros” muito na moda, com inteligencia estão a rodear-se de parceiros que lhes vão valer pontos: Estoril, Paços Ferreira, Guimarães, Académica, Belenenses, Setubal, Rio Ave, Arouca, Braga, Nacional... etc.

- Nesta linha de parceiros, eles remuneraram indirectamente todos os que prejudicaram o Benfica em momentos chave... e de forma abusiva com o Paços Ferreira (o adversário da jornada decisiva do campeonato) já pagaram 1M pelo treinador, já cederam o estádio para a Champions, já recuperaram um jogador pagando o dobro do que estava estabelecido e ainda vão emprestar jogadores.

... Contudo, com tudo isto para esplorar no CRAC e andarmos DIARIAMENTE a inundar a opinião publica sobre estas situações... estamos pelo contrário em silêncio, sem sequer explorar as fraquezas do CRAC neste momento mais crítico... e pelo contrário estamos a permitir que a imprensa continue a explorar o nosso silêncio, inventando (ou não) todos os dias as questões que temos lido.

Com esta ausência de estratégia de comunicação para proteger o SLBenfica e mais ainda para “atacar” o adversário (CRAC), vamos perder totalmente esta oportunidade, permitir-lhes que se reposicionem e reorganizem sem qualquer pressão... e mais grave ainda vamos permitir que o Jorge Jesus saia totalmente fragilizado.

O que vai então acontecer se isto continuar assim?

O CRAC, como habitualmente quando se prepara bem, vai preparar-se com tranquilidade e sem pressão para, à sua maneira, estruturar a proxima temporada. Tudo farão em termos de comunicação (na imprensa e directamente) para continuar a meter pressão diaria sobre o Benfica e sobre a forma como os benfiquistas podem ser explorados e massacrados.

Os parceiros e arbitros irão também fazer “o seu papel” neste tema, numa tentativa forçada de nas primeiras 4 ou 5 jornadas se tentar que o SLBenfica fique logo a 2, 3, 5 pontos de atraso, com a imensa pressão sobre o Jorge Jesus, facilitando o trabalho ao Paulo Fonseca, dando-lhe liberdade e tranquilidade para trabalhar na fase onde terá tudo a provar aos adeptos que muito desconfiam dele.

Portanto, ou TUDO MUDA (mas de forma drastica no SLBenfica e especialmente na forma como fazemos as coisas) e poderemos sonhar com um ano diferente do que passsou ou TUDO SERÁ COMO ANTES e em Dezembro já estará o SLBenfica num reboliço e a pedir a cabeça do Jorge Jesus, e voltamos – tal como em 2010/11- a ficar a mais de 15 pontos do lider.

Como vai ser Sr. Presidente? Há coragem ou tem mais em que pensar??

PS- Sobre o site oficial: Eu sei que quem escreve não são funcionários do Benfica e que é um serviço subcontratado, mas PAREM DE CHAMAR "OS ENCARNADOS" AO SLBENFICA. Parece que estou a ler o Record, Jogo ou Bola, porra....

COMUNICADO SLBenfica...

 ●  5 comentários  ● 

Pelo segundo dia consecutivo, o jornal “A Bola” insiste numa falsidade. Como o Sport Lisboa e Benfica não tem intenção de adjudicar nenhum jogador à “A Bola” e como este jornal não faz parte do nosso scouting, estranhamos a insistência no jogador Emiliano Insúa. 

O Benfica não tem interesse no jogador, mas alguém tem interesse em fazer passar o contrário. Do jornal “A Bola” temos a ideia, que queremos preservar, de um jornal idóneo. Lamentamos a insistência em notícias sem fundamento e não teremos nenhum problema em desmentir todos os jogadores que clubes, familiares e empresários, neste defeso, vão colocar na órbitra do Benfica.
in Site Oficial Sport Lisboa e Benfica

Tem mesmo que ser assim: AZEDO e agressivo!

Hoje há jogo da selecção...e começou a caça às bruxas.

Avatar
 ●  15 comentários  ● 

Selecção...do Jorge Mendes. 

Enquanto isso, no país do Apito Dourado, o FC Porto continua a saldar as dívidas(favores) de fim de época e já a distribuir as peças para a próxima temporada, conforme bem resumido no blogue do Manuel.
O Paços então...ficou com o Euromilhões.
Treinador, Estádio, Josué, será que foi tudo de férias na Luz? Será que ninguém no Benfica tem coragem para denunciar a vergonha das compensações do FCP ao Paços de Ferreira?
Ninguém se indigna com isto? Indignam-se...os benfiquistas. Só os benfiquistas. Como bem disse hoje um grande benfiquista.

No Benfica, neste esquema de pirâmide invertida em que o treinador é que conduz as negociações e faz exigências, e não o clube que lhe paga um salário que outros cá dentro e lá fora lhe recusaram pagar, é hora de procurar culpados, ou bodes expiatórios que lavem as vestes e as mãos dos Pilatos que tomam decisões.

O Artur parece ser o primeiro responsável. O Lima é outro que convém criticar pois 'falhou golos'. Até o Cardozo, que sempre dividiu ao meio as preferências dos adeptos, está na calha, pois ousou perder o controlo e confrontar Jorge Jesus perante mais uma invenção do treinador. Como tantos outros jogadores, incluindo Pablo Aimar, o fizeram no balneário.

É hora de caça às bruxas no Benfica. Sem nunca perder de vista o 'inimigo benfiquista', esses benfiquistas 'puro-sangue' que são os verdadeiros inimigos da estabilidade do clube.
Há que eliminar quem oferece resistência a um treinador que, enquanto não tiver alguém que goste do clube e perceba de futebol a mandar nele, nada mais tem para oferecer ao clube.   

Vamos falar de futebol? (Só para entendidos!)

Avatar
 ●  9 comentários  ● 




Isto foi um dos jogos tipo 'arcade' que mais fez pelo gosto dos adolescentes pela bola!!
Quem jogou isto e chegou ao jogo final, e venceu, é que pode opinar sobre futebol.
O resto que se cale para sempre!! :)  

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Fonseca no FCP, P.Emanuel no Arouca, S.Conceição na Académica,Jesualdo no Braga, etc...etc...

Avatar
 ●  1 comentário  ● 




Dedicamos em especial a estes os versos do 1:45 a 2:00.

O novo treinador do FC Porto.

Avatar
 ●  46 comentários  ● 

Está pago o favor da última jornada.
Assim como estão pagos os favores ao Estoril.

Se fosse ao contrário, ficaria o FC Porto calado? Nem pensar.

O que vai fazer o Benfica? Caladinho como sempre?

Frendly Reminder...

 ●  4 comentários  ● 

Só para que não fique esquecido (pode vir a ser relevante no futuro)... Eis os últimos contributos para o futuro do SLBenfica:

Dispensas na Luz (continuação)



Valem o que valem, nem sequer queremos reconhecimento ou mérito por isto... Mas há uma coisa que este espaço nunca poderá ser acusado: De não ser construtivo.

... E nem sequer reservamos estas ideias para reuniões com o Presidente, as condicionamos a reconhecimentos públicos ou a cargos no Clube.

Ah e tal apostar na formação...

 ●  15 comentários  ● 
E vai daí anunciamos que mandamos um promissor avançado, acabado de sair dos juniores para... Viseu! Numa estratégia semelhante à que mandou o Derlis Gonzalez de volta para a América Latina...

Sancidino Silva e Leandro Pimenta (este até se percebe!) vão jogar pela Académica de Viseu, recém promovidos à II Liga, na próxima temporada.

Portanto, só para ver se eu percebi: O Sancidino, que todos dizem ser um jovem de grande potencial, sai dos juniores directo para 291Kms de distância de Lisboa para iniciar a sua carreira de profissional...

Só por curiosidade... estão a pensar usar a equipa B então para quem? Serve para quê? Quem é o "arquitecto" deste chorrilho de asneiras?!

MAS SERÁ POSSÍVEL QUE NÃO SE APRENDEU NADA NESTES ANOS????


Vou voltar a colocar aqui um excerto de um texto meu no tópico Carta Aberta ao Presidente do Sport Lisboa e Benfica:

"Ora, se no caso das suas empresas o Presidente é que sabe, já no caso do SLBenfica, eu prefiro que se dedique a 100% ao clube e seja remunerado em conformidade (e com objectivos em função do sucesso desportivo), do que pague mais do que seria a sua remuneração a um conjunto de "multiplos pseudo-lideres representativos" que acabam depois por não passar de "yes men" do Sr. Presidente. As decisões que tomam, precisam na mesma de si, ou muitas vezes são decisões fracas. (...)
É precisamente daqui que vem a ideia (errada) de que há gente que manda demais no SLBenfica. Eles não mandam demais, o Sr. Presidente é manda "demenos"."

Mudanças no Hoquei do SLBenfica?

 ●  20 comentários  ● 

As últimas noticias dão conta das possíveis saídas de Luis Viana (uma referência no hoquei do SLBenfica) e de Luis Sénica (o treinador que, na Luz, venceu tudo o que havia para vencer) - alegadamente os motivos aparentes são a necessidade de reduzir orçamentos.

Fica desde já o apelo à Direcção do SLBenfica que faça todos os esforços desportivos e financeiros para manter estes dois profissionais ao serviço do SLBenfica.


Bem sei que o Luis quer fazer o seu "ultimo contrato" no regresso ao Norte, mas ele sente bem o peso da nossa camisola. É preciso dar-lhe as necessárias condições para que um "atleta à Benfica" possa constituir-se como uma referência para continuarmos a formar jogadores à Benfica na Luz.

Atenção que não estou a defender o Luis Viana pela sua qualidade como hoquista, mas sim pela sua capacidade de dinamização e de jogar com garra e determinação à Benfica. Obviamente que como hoquista, sendo de grande qualidade, não é menos verdade que o SLBenfica pode encontrar alternativas e inclusivamente apostar na prata da casa que está a crescer em grande qualidade como já aconteceu com o Diogo Rafael.


Relativamente ao Luis Sénica, é preciso não cair na "tentação Jesus" de crucificar o Luis Sénica por ter estado na frente do campeonato e o ter perdido. No Hoquei português, enquanto houver este tipo de arbitros e enquanto não dedicarmos o devido tempo a perceber porque os jogos decisivos do campeonato se passam sempre a Norte e 90% das vezes apanhamos o FCPorto nas ultimas três jornadas... Será sempre a mesma situação.

Presidente (ou lá quem lê o blog e lhe vai entregar as ideias que aqui escrevemos como sendo suas), é importantíssimo segurar estes dois profissionais num projecto a dois/tres anos para conquistarmos 2 em 3 titulos nacionais e revalidar um titulo europeu.


Um atleta à Benfica.

Avatar
 ●  6 comentários  ● 


Luis Viana, o teu exemplo deve ser seguido por todos os que envergam a camisola do Glorioso.
Homenagem também neste blogue.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

A renovação

 ●  5 comentários  ● 
Portugal, 5 de Junho de 2013

Após vários episódios perfeitamente reveladores da falta de rumo, falta de estratégia ou o que de equivalente se lhe queira chamar, o Benfica finalmente comunicou à CMVM a renovação de contrato com Jorge Jesus. Não foi um processo simples, muito menos foi fácil de concluir em particular após a derrota nas 3 grandes provas em que estivemos empenhados até ao final.

Esta demora no processo era perfeitamente escusada, mas adivinhava-se que assim seria. Recordando o que foi sendo dito na imprensa, que como sabemos, funciona também como receptáculo de “recados” e outras mensagens com conteúdo ambíguo, que ao contrário do que pensam os seus mentores, costumam ter custos desportivos imprevistos:
Título principal “Renovação de Jesus fora dos planos”, titulo secundário “Vieira recusa abordar assunto”, RECORD on-line, quarta-feira, 31 outubro de 2012 | 06:40.
“O treinador do Benfica, Jorge Jesus, não sabe ainda qual vai ser o seu futuro no clube, uma vez que o contrato que os liga aos encarnados acaba no final da temporada” – BOLA online, 15-12-2012
Este tipo de mensagens, resultantes da habitual inépcia da Direcção em saber utilizar a comunicação como ferramenta ao serviço dos interesses do clube, conduziu os midia a debates opinativos com alguma regularidade, sobre os méritos e deméritos do treinador, ora elogiando, ora apontando lacunas e criticas, que no final da época se transformaram apenas em lacunas e criticas pelo falhanço dos objectivos que legitimamente esperávamos alcançar.
Passar o debate dos midia para os adeptos é muito fácil, uma vez que vivemos em autênticas sociedades de informação, e como tal as pessoas falam do que se fala e não do que lhes apetece falar. Porque estão condicionadas e a grande maioria dos adeptos não consegue fugir aos temas que os midia criam.
Ou seja, percebe-se com facilidade que a figura do treinador estava fragilizada nas últimas semanas devido ao acumular de inêxitos, apesar de nem todos esses inêxitos se deverem a factores de incompetência própria. E com naturalidade, o resultado final da articulação das vontades dos midia com a influência nos adeptos, tornou a renovação de Jesus muito mais difícil do que seria desejável. Com consequências para a próxima época.
Como se vê o problema da falta de estratégia do Benfica para a comunicação, tem consequências várias e acarreta sistemáticos ónus para quem tenta fazer o melhor, em competições viciadas, como bem se viu nas “performances” dos árbitros nas ultimas jornadas do campeonato, culminando na indicação de Jorge Sousa (o árbitro que nos impediu de ganhar a Taça de Portugal), como n.º 1 dos árbitros portugueses. “Feito” que já havia alcançado na época 2008/2009 quando, por mera coincidência seguramente, arbitrou 4 jogos ao Benfica e conseguiu que tivéssemos 3 derrotas, quando os demais árbitros nos restantes 26 jogos apenas tinham “conseguido” 2. O “sistema” da arbitragem é muito claro nas suas opções e não é também por acaso que Bruno Paixão, o ultimo árbitro que esteve numa derrota justa do FCP, ainda hoje não arbitra jogos desse clube, para além de ter perdido as insignias de internacional.
A renovação de Jesus veio tarde. Envolvida numa penumbra sebastianista e com declarações de princípios demagógicas por parte do mesmo Presidente que despediu Fernando Santos na 1ª jornada do 2º ano de contrato, a renovação deveria ter acontecido por avaliação global positiva dos 3 anos de contratos integralmente decorridos, bem como dos meses já vencidos neste 4º ano de contrato. Jesus, como qualquer treinador do Benfica, não deve ser avaliado pelo número de títulos conquistados, mas pelo dinheiro e prestígio gerado. E porquê? Porque o paradigma dos clubes mudou.
Hoje um bom treinador é um treinador que gera dinheiro para sustentar uma boa equipa sem perder nunca a ilusão da conquista. Se ganhar títulos tanto melhor. Mas esta não pode ser a condição necessária para definir a renovação. A independência dos Bancos deve ser conseguida à custa do dinheiro gerado pelo futebol. E não da conquista de títulos, para os quais se gastam recursos que muitas vezes não se têm, que depois custam caro na gestão das épocas seguintes. O exemplo do SCP é elucidativo: durante os últimos 3 anos buscaram uma equipa e hoje não têm dinheiro para nada.

Por ultimo quem sabe porque razão não conquistamos o titulo de campeão esta época e de vencedores da Taça, bem como porque razão fomos impedidos no ano passado de lutar pelo título, óbviamente sabe que só as percentagens de Jesus poderão, com alguma sorte (já que o Sr.º Vieira só fala de arbitragens quando estes forem profissionais, ou seja, nunca) vir a dar títulos. Porque nos últimos 27 anos foi o treinador que com consistência conseguiu obter as maiores percentagens de pontos conquistados no campeonato, condição necessária para ganhar o título.

A vitoria de Portugal talvez não dê muito jeito

 ●  20 comentários  ● 
... À "Rainha de Inglaterra".

Será que a espera do dia 12 tem a ver com a necessidade de esperar pelo jogo contra a Rússia?

O futuro presidente do "CRAC" nunca negou que este não é o "seu treinador".

Continuam os tiros nos pés... Irra!

 ●  9 comentários  ● 
Como disse, e bem, o Shadows no tópico anterior, perdemos ontem uma grande oportunidade para fazer um fundamental reforço da posição de Jorge Jesus perante os sócios.

Ao invés, permite-se que o "day after" seja a habitual palhaçada! Toda a gente a falar do que não sabe, simplesmente porque o Sport Lisboa e Benfica opta por não marcar qualquer posição sobre a renovação de Jorge Jesus.

Continuamos a deixar o treinador "entregue a si próprio" e à sorte ou azar dos seus resultados.

Como eu já tinha dito no tópico Conferência de Imprensa de Luis Filipe Vieira, era este o momento de dizer à imprensa amestrada e, especialmente aos sócios, que a confiança e apoio a Jorge Jesus é inabalável seja sob que circunstâncias for. Que o projecto que envolve Jorge Jesus no futebol do SLBenfica não começa nem acaba na conquista de titulos, mas que esses titulos são o objectivo principal de toda a estratégia.

Desta forma, novamente optaram por se esconder atrás da situação e esperar para ver, permitindo que este anuncio seja feito de modo a que todos se considerem legitimados para a comentar e julgar:

- Uns comentam os valores - e nem aí há clareza.
Quando se diz que os sócios são o mais importante do Clube, é fundamental comunicar com os sócios de forma clara e transparente. Neste caso, é importante clarificar porquê e se um treinador que fez um bom trabalho mas não conquistou titulos aufere um vencimento entre os mais altos da Europa.
- Outros julgam a adequação de renovar nestas circunstâncias
- Outros aplaudem renovar nestas circunstâncias...

E com isto ficam os benfiquistas divididos num imenso ruido e o treinador sujeito ao que for capaz de fazer.

A continuar assim, esta época tem tudo para ser a repetição do pesadelo, mas com pior desfecho...


Recordo aqui umas palavras de Jupp Heynckes que em 2011/12 o Bayern ficou perto de ganhar tudo e não ganhou nada. Tal como Jorge Jesus (e os benfiquistas mais racionais) afirma sobre a época passada do SLBenfica, ele diz que essa época «não foi má. Simplesmente não teve um final bonito. Mas aprendemos com isso e o clube despontou esta temporada», em que recordo que o Bayern... ganhou tudo.

Mas infelizmente os primeiros sinais que chegam da Luz tardam em ser positivos, antes pelo contrário, começamos a temer que na Direcção e Administração do SLBenfica não se aprenda com os erros e simplesmente se opta por insistir nos erros... com esperança!

É totalmente desejável que não se insista neste tipo de erros de "abandono público" do treinador, bem como na absurda inércia de demorar demasiado tempo a tomar decisões fundamentais para "calar o ruido" que influencia os sócios e adeptos e fundamentais também para uma efectiva capacidade de antecipação sobre acontecimentos importantes da vida e do dia a dia do Clube.

terça-feira, 4 de junho de 2013

A nova temporada começa mal em 2 pontos fundamentais.

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

Ponto 1: A renovação de Jorge Jesus.

Anunciar a renovação através de um comunicado seco, sem mais explicações, é passar um atestado de menoridade aos sócios e adeptos.
A renovação de Jorge Jesus estava longe de ser a única prioridade do Benfica para a reorganização do seu departamento de futebol. Aliás, sem essa reorganização, nenhum treinador poderá aspirar a realizar um trabalho de fundo e teremos mais uma temporada de muita conversa mas com os mesmo resultados dos últimos 3 anos. Infelizmente.
Anunciar a renovação de Jorge Jesus sem fazer ao mesmo tempo o anúncio da reorganização da estrutura do futebol é um erro. Assim como é um erro o reforço dos poderes e competências de Jorge Jesus.
Mandam Luis Filipe Vieira e Jorge Jesus. A receita para o fracasso. 

O que fará Luis Filipe Vieira se o Benfica não vencer o primeiro jogo da temporada, como tem sido hábito? Teremos outro Fernando Santos? Ou será que realmente, apesar do timing falhado, LFV ainda vai dotar o futebol de gestores profissionais, assegurando Jorge Jesus no único lugar que sabe fazer que é o de treinador, e ao mesmo tempo, protegê-lo com essa nova estrutura?
Duvido.  

Ponto 2: A iminente demissão de José Eduardo Moniz.

É algo que vem sendo falado em surdina nas últimas semanas. Hoje na BolaTV, o sportinguista Nicolau Santos no programa 'Tribuna de Honra' trouxe esse assunto à baila, em conexão com o tema do projecto da BenficaTV para a nova temporada.
Se JEM sair do Benfica, será um golpe na direcção de LFV e no caminho da BenficaTV para uma nova era.
É com muita preocupação que veremos a BTV nas mãos dos 'Luis Lemos' e outros.
   

E agora Joaquim Oliveira? Não dás ponto sem nó!

 ●  12 comentários  ● 
A notícia é avançada na edição de hoje do jornal “i” e sublinha que o grupo de capital de risco, liderado pelo empresário angolano António Mosquito, ficará com 51% do capital da Controlinveste. Joaquim Oliveira, actual presidente do conselho de administração do grupo, BCP e BES deverão ficar com os restantes 49% do capital do grupo, ou seja, em minoria e sem capacidade de decisão.

Joaquim Oliveira fica assim com o seu negócio centrado na área dos direitos televisivos e desportivos. Mantém-se também a sua participação na Sport tv. 


É precisamente este último paragrafo da noticia do DE que me deixa intrigado com o que Joaquim Oliveira esteja a preparar. Vejamos:

- Alienou a Controlinveste para pagar os 300M€ de empréstimo ao BCP.
- A Controlinveste, da qual ficou com parte dos 49% detidos por Oliveira, BCP e BES, irá ser alvo de uma grande reestruturação e "encolhimento" na sua dimensão... e valor), logo o valor da sua parte do capital vai ficar ainda menor.

Posto isto sobram os direitos televisivos e desportivos, como diz o Diário Económico.

Actualmente Joaquim Oliveira receberá pelos direitos televisivos cerca de 200M€, dos quais lucra mais de 100M€. Contudo, é também o único player (além das TV's generalistas) que possui os meios para assegurar as transmissões dos jogos - o que representa custos muito elevados.

Contudo, também aqui o SLBenfica anunciou que quer transmitir os seus jogos na BenficaTV... o que convenhamos é diferente de dizer que não vamos revender os direitos novamente. Pode é ser usada a plataforma da BenficaTV como canal de transmissão do conteudo, ao invés de outro canal.

Mas também a Liga, pela pessoa de Mario Figueiredo, continua a "luta" pela centralização dos direitos televisivos na Liga de Clubes para uma redestribuição das receitas de forma "mais generosa" do que actualmente. Não obstante, pelo andar da carruagem, se não acontecer essa situação, a Liga de Clubes tem os dias contados, pois as decisões do futebol estão todas na FPF (jogada de mestre de Fernando Gomes!!).

Ou seja, a "jogada" de Joaquim Oliveira poderá ser a de comprar os direitos televisivos do SLBenfica - e manter assim o total domínio das transmissões televisivas das Ligas profissionais em Portugal... mas assegurar as sua transmissão através da BenficaTV, alargando a plataforma à ZON e passando esta para Pay per View.

Ao mesmo tempo, com esse integral domínio das receitas dos direitos televisivos, garante que a Liga não interefere nesta questão, esvaziando a Liga de qualquer utilidade em Portugal e com isso acabando com qualquer tipo de oposição que seja feita a Fernando Gomes e poder instalado e que serve os interessados que bem se conhece.

Na prática, ficariam todos contentes:

- O SLBenfica aumenta as receitas e passa os jogos na BenficaTV.
- O Oliveira mantem os direitos sobre os jogos do SLBenfica.
- O "Sistema" do qual o JO faz parte integrante, consegue garantir o fim da Liga e o reforço dos poderes de Fernando Gomes.
- A PT e a ZON ficam contentes porque as plataformas ganham receitas e espectadores seja via BenficaTV, seja via a "sua" Sporttv.

Obviamente que só mesmo a minha suspeita que o Joaquim Oliveira não dá ponto sem nó, depois de tantos anos de domínio é que leva a este tipo de projecção e no final de contas pode ser (e desejavelmente deve ser) tudo diferente. Mas fica o "exercício" para comentário dos nossos leitores.

OFICIAL: Jorge Jesus renova por 2 anos

 ●  10 comentários  ● 
«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, vem informar que renovou o contrato de trabalho desportivo celebrado com o seu treinador Jorge Fernando Pinheiro de Jesus por mais duas épocas desportivas, ou seja, até 30 de Junho de 2015.»

in Site Oficial Sport Lisboa e Benfica

Depois do Rui Faria ter continuado como adjunto do Mourinho, depois de Jesus renovar.. querem ver que, como disse no tópico anterior (Quando eles começam a crescer, o Sistema "engole"), a "Rainha de Inglaterra" vai ter que ir buscar o Paulo Fonseca ou o Marco Silva?

Quando eles começam a crescer, o Sistema "engole"

 ●  30 comentários  ● 
Ao mínimo esboço de que um clube poderá vir a ganhar algum tipo de ascensão desportiva... Lá está a "estrutura" do FCPorto em campo para os "ajudar" a crescer.

Aconteceu sempre assim: Marítimo, Nacional, Guimarães, Braga, Rio Ave... e agora Paços Ferreira e Estoril.

Destes, apenas o Marítimo (derivado do "caso Kleber") e o Guimarães têm ali umas pontinhas de desagrado, sendo que no caso dos vimaranenses a questão está já ultrapassada e estão a "recolocar-se" ao serviço de Sua Majestade para o que for preciso.

De resto... são todos fieis súbditos de Sua Majestade a "Rainha de Inglaterra", aos quais ainda se juntam Olhanense, Setúbal e Académica - curioso com estes três conseguiram escapar "in extremis" à descida. Há coincidências fantásticas, não há?

E como se não bastasse, o Belenenses - os eternos submissos a par do Setúbal e Académica - estão de volta à primeira liga.

Agora Paços de Ferreira e o Estoril são os novos eleitos deste grupinho que garante ao FCPorto perto de 35 pontos por temporada - pois até algumas "percas estratégicas de pontos" estão pensadas para ser no meio do "grupinho dos amigos". Ora, se considerarmos uma média das últimas épocas, estes representam à partida cerca de metade dos pontos que o FCPorto precisa para vencer os títulos.

A confirmar-se a notícia d'A Bola, reparem bem:

- Marítimo (treinado por Pedro Martins - já por diversas vezes admirado publicamente pela "Rainha de Inglaterra")
- Nacional (presidido por Rui Alves - recorre a todas as "manobras" e anda sempre "alinhado" com o Sistema)
- Guimarães (nova Direcção a enfrentar dificuldades, rapidamente perceberam de que lado têm que estar. o FCPorto pagou 1M por cada um dos dois jogadores que lá foi buscar, o Benfica estava interessado num deles e o Guimarães tinha uma dívida ao SLBenfica de 1,2M... valeu de alguma coisa? Nada disso! Tivemos os juniores).
- Rio Ave (treinado por Nuno Espírito Santo - Ex-FCPorto)


- Paços Ferreira (Na sequência do interesse do Sporting, resgataram para o FCPorto o Josué e fala-se em empréstimos de jogadores, nomeadamente para a baliza de onde sai Cássio para o, também amigo, SCBraga. Outros que perceberam como se podem lá manter em cima... e para isso vão já buscar o Jorge Costa.
- SCBraga (treinado agora por um Ex-FCPorto e confesso admirador desse clube, Jesualdo Ferreira. Até as relações entre presidentes são privilegiadas).
- Estoril (os novos "players" do futebol nacional, liderados pelos brasileiros da Traffic, já conhecem também a voz do dono. Fala-se que depois de Carlos Eduardo e Licá, também Marco Silva - o treinador - pode seguir as pisadas os seus jogadores para o FCPorto)
- Belenenses (treinado por Van Der Gaag - já por diversas vezes admirado publicamente pela "Rainha de Inglaterra", mas nem era preciso ao terem uma SAD liderada, segundo o próprio, por um fanático do FCPorto).
- Setubal (onde até os adeptos dizem que começam o campeonato a perder 6 pontos - os dos jogos com o FCPorto), Académica (a equipa C que o FCPorto vai sempre mantendo) e o amigo dos ultimos 3 anos Olhanense (com imensos empréstimos) fecham o ciclo.

São 11 em 16 equipas! Impressionante domínio do futebol nacional...

11 em 16 equipas, se essas se comportarem devidamente nas suas lutas pela permanência, o FCPorto nem precisa de ir deixando uns pontinhos em alguns empates no "grupo de amigos" e quando assim é são 66 (!!) pontos garantidos - em algumas épocas dava só aqui para serem campeões.

VIVA O FUTEBOL DE MERDA!
VIVA O FERNANDO GOMES - Aquele que apoiamos de forma irredutível!
Vamos mas é comprar guarda-redes, continuar fragilizar o nosso treinador e continuar com a mania e a cagança que somos os maiores... 

Homenagem a um grande senhor.

Avatar
 ●  5 comentários  ● 

"«Os últimos dois anos foram muito intensos, apenas vivi para o futebol. Por isso, não vou treinar mais, apesar de ter recebido propostas de clubes importantes». Com estas palavras, Jupp Heynckes, até agora treinador do Bayern Munique, anunciou o adeus ao futebol. 

Depois de histórico triplete pelo Bayern (venceu o campeonato, a taça e a Liga dos Campeões), Heynckes, 68 anos, decidiu assim dizer adeus, numa altura em que era fortemente associado ao interesse do Real Madrid, clube no qual também conquistou a Liga dos Campeões na época 1997/1998.

«Durante as últimas semanas dei-me conta que cheguei a uma idade na qual se sente enorme tensão. Já no ano passado tinha dito à minha mulher que tinha intenção de cumprir o meu contrato com o Bayern até 2013 e ir embora. Como tal, não vou treinar mais», vincou o treinador, que ao longo da sua carreira também passou pelo Benfica, em 1999/2000." - Pasquim do Serpa.

Como nunca foi um treinador que procurasse a ribalta das câmaras ou que andasse atrás dos jornalistas, nunca teve a especial simpatia dos jornalistas e de muitos dos adeptos.

O problema desses é que o seu currículo mete num chinelo os catedráticos do comentário profissional e os treinadores dos grandes ordenados mas que saltam de clube em clube acumulando insucessos.

Acabou da melhor forma. Por cima.


Estão à procura de quê? O NGB ajuda outra vez...

 ●  17 comentários  ● 

Fácil, fácil e a custo zero:

A 'organização impecável' ou 'Alguém viu as escadas no Dragão Caixa?'

Avatar
 ●  1 comentário  ● 





A ilusão da segurança não passou disso. Ilusão.
Quem esteve no pavilhão ou viu o jogo na TV apercebeu-se que naquela bancada lateral onde estavam os Super Dragays não haviam escadas. Havia sim uma multidão comprimida. 
Mas como a foto acima comprova, ali há escadas. 
Nos jogos em que recebem o Benfica, aquela zona fica fora das regras de segurança.
Uma busca rápida no Google comprova isso.

A tal 'organização impecável' que tantos elogios aparentemente granjeou, inclusivé deste palhacito que ainda veio mandar bocas depois, deixou entrar dezenas de pessoas sem bilhete para aquela bancada.
A PSP do Porto mais uma vez pactuante com aquele bando de guarda costas do papa peidoso. Uma vergonha para a farda que vestem.

Extraordinário como também a CERH publica quase 200 fotografias da final no seu website e em apenas 3 se consegue vislumbrar uma pequena parte daquela bancada, duas das quais acima reproduzidas.

Enquanto certos grupos estiverem acima da lei, mesmo alguns momentos em que parecem agir com um mínimo de fair-play, não passarão disso mesmo. Momentos e excepções.
A sua impunidade estará de volta noutro momento.

European goal of the season 2012-13

Avatar
 ●  3 comentários  ● 


O 'The Guardian' considerou o golo de Lima ao Sporting como um dos melhores golos marcados na Europa nesta temporada que finda.

Neste link poderão consultar os outros escolhidos para esta lista, que ainda está em elaboração final.
Através do vosso comentário na página da votação poderão escolher o golo de Lima para o TOP dos melhores.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Hóquei Histórico

 ●  8 comentários  ● 


Portugal, 3 de Junho de 2013

O 1º título de campeões europeus no Hóquei em Patins fez história nas modalidades de pavilhão do Benfica e ao mesmo tempo ajudou a mitigar a frustração da má época no futebol, no qual perdemos 2 títulos internos “roubados” pelos erros direccionados dos árbitros, e a Liga Europa por um golo infeliz.


Quanto ao título de campeões europeus no Hóquei, finalmente conseguimos o que já há muito merecíamos: o máximo título das competições europeias. Merecíamos porque somos o clube que, ininterruptamente, pratica a modalidade há mais tempo, merecíamos porque somos o clube português com maior palmarés na modalidade e merecíamos porque já tínhamos perdido 4 finais anteriores.


Dá-se a particularidade que este baptismo de vitórias na Euro Liga do Hóquei aconteceu precisamente onde a lógica menos apontaria no início da prova: no pavilhão do FCP e precisamente contra a equipa da casa!

O requinte da coincidência foi tal, que nem faltou o presidente do FCP, o mesmo que na antevéspera brincava na Casa do FCP da Afurada que “no FCP ganham-se os jogos no 1º ao 92º minuto” e também “não estava a ver o FCP perder um jogo no último minuto”.


Pois ontem teve de assistir na privilegiada bancada presidencial do seu pavilhão à 1ª vitória do Benfica na Champions do Hóquei, e não foi no último minuto. Foi no 4º minuto do prolongamento! Como gostei de ver aquela cara de “bola sobada” quando a bola entrou... E a “netinha” ao seu lado... que espectáculo ...


Mas como no Benfica de Vieira temos um “rumo” e “sabemos para onde vamos, logo de seguida lembrei-me de uma noticia publicada no RECORD em 22 de Maio, na qual se dava conta que: “Perdido o campeonato, são poucas as certezas do Benfica para a próxima época. Pública que é a saída do treinador Luís Sénica, a indefinição começa logo no banco, estando em cima da mesa os nomes de dois técnicos portugueses – Pedro Nunes (Paço de Arcos) e Vítor Silva (Candelária) – e um espanhol”. E também que “sendo certa a continuidade de Valter Neves, Diogo Rafael e João Rodrigues, os restantes sete jogadores aguardam por notícias, desesperando pela definição da sua situação, quando outros clubes já começaram a tratar de renovações em Fevereiro”.


Ou seja: perdido o campeonato, há que fazer uma revolução. Mais ou menos a mesma lógica do que queriam fazer no futebol, porque já se percebeu qual é o “rumo”. É não haver rumo. Adiante. 


Agora e por mero acaso do destino, mas com muito suor, inspiração e dedicação dos galhardos atletas e treinadores do hóquei benfiquista, ganhamos o que NUNCA havia sido ganho em toda a história do Benfica e a pergunta é: a revolução vai para a frente?


Ou será que quem devia sair eram precisamente os que decidiram revolucionar o Hóquei?


Vamos concluir desta maneira. O Prof.º Sénica pôs o Hóquei do Benfica no trilho do sucesso. Em 4 anos, disputou duas Final Four da Taça CERS, uma perdida, a segunda ganha, discutiu a Final Eight da Euro Liga perdendo nos quartos de final com o Valdagno, e ganhou a Euro Liga na 2ª participação. 4 participações positivas nas provas europeias.


Pelo contrário, no campeonato, apenas ganhou 1, para além de 1 Supertaça e 1 Taça de Portugal, cito de memória. Ou seja, ganhou 2 troféus internacionais e apenas ganhou 1 campeonato. Onde quero chegar?


O Benfica venceu em provas arbitradas por árbitros estrangeiros. Não é uma coincidência, é uma constatação. E ganhou mais, apesar do nível de dificuldade das provas ser superior à dificuldade do campeonato português.

O FCP conseguiu pela 2ª vez, organizar a Final Four da Champions League do Hóquei. A 1ª vez, há uns 9/10 anos terminou com agressões aos hoquistas do Barcelona, que venceram o FCP na final. Como é que apesar disso eles ganham a organização desta prova, só a Federação de Hóquei poderá explicar. Mas o que é certo é que o Benfica concorreu à organização da Final Four da 1ª Taça CERS e da actual Champions League. A 1º foi perdida para Torres Vedras, a 2ª, esta, foi para o FCP. Nada acontece por acaso...


No Hóquei como no Futebol, a Federação está ao serviço do FCP. A eventual dispensa dos serviços do Prof.º Sénica e da esmagadora maioria do plantel, apenas servirá para o Benfica (!?) branquear o controlo do FCP nesta modalidade. Porque esta revolução anunciada, não irá tornar o Benfica mais forte.

Algumas considerações quanto à época que agora termina

Avatar
 ●  26 comentários  ● 

Continuidade de Jorge Jesus
Dúvidas nenhumas quanto à qualidade e competência do treinador. Algumas dúvidas porém, se a sua continuidade é neste momento a decisão certa. O episódio Cardozo e o episódio Enzo são reveladores (talvez) de um certo mau estar no balneário que pode ser fatal. Todos sabemos como Jorge Jesus leva os seus jogadores ao limite, como os desgasta física e mentalmente, como lhes quase exige a perfeição. E tudo isso é muito mais fácil de exigir quando se ganha, quando os resultados comprovam o acerto das decisões de quem comanda. Quando não se ganha é normal que a duvida se instale. E como sabemos a duvida instalou-se na Direção, nos adeptos, e evidentemente, nos jogadores também. Continuará Jorge Jesus a ter os jogadores do seu lado? Essa é a principal questão que só os primeiros jogos da nova época dissiparão.

O Dossier renovação
Uma verdadeira anedota. Primeiro Jorge Jesus quer mas a direção não sabe se quer. Depois a direção já quer mas o treinador não quer pensar no assunto naquele momento. Depois o Presidente confirma a comunhão de ideias e quase anuncia o casamento mas o treinador diz que não é hora de falar em renovações e que tem de ponderar várias coisas. Depois a direção parece que já não quer, o treinador quer e o presidente não se sabe se quer. E duas semanas após o términos da época ainda não se sabe quem é o treinador! Podia ser pior?

Calado é um poeta
Pode ser azar apenas, mas também pode ser karma. Desde que LFV abriu a boca este ano a seguir ao jogo do Marítimo, vencemos um jogo, ainda assim sofrível, frente ao Moreirense. Facto. O ano passado, desde que LFV abriu a boca em direto na televisão para anunciar o disparate de que só falaria de arbitragens quando estas fossem profissionais, foi comer e calar até ao fim, com perdas de pontos irreparáveis, fruto de erros dos homens do apito. E o presidente, surdo e mudo, cúmplice e refém do silencio que anunciou. Ao fim de 12 anos Sr Presidente, há erros tão primários que até o mais fiel dos adeptos já tem dificuldade em perdoar.

A politica de Comunicação do Clube
Continua um desastre, um verdadeiro desastre, de um amadorismo puro. Pode-se claro culpar todos os Gabriéis deste mundo mas, a verdade, nua e crua, é que a comunicação do clube deveria ser responsabilidade do Presidente do clube, e o problema aqui é que a sua impreparação para esse tipo de responsabilidade é absolutamente gritante. Onde anda o líder nas horas difíceis?

Jorge Jesus
Que um banho de humildade tenha tomado conta de si, são os meus desejos. Que tenha aprendido de uma vez por todas que num clube como o nosso, não há épocas de sonho antes de se conquistar porra nehuma. Que saiba assumir responsabilidade pelos fracassos, porque se os orçamentos dos clubes permitem justificar derrotas com FCP ou Chelsea por exemplo, já o mesmo não serve para justificar derrotas com Guimarães em finais de Taças nem com Bragas em meias finais de Liga Europa. O Benfica não é ainda a tal super potencia que o seu discurso por vezes anuncia. Estamos perto de ser essa tal grande equipa? Acho que sim. Mas falta ainda algo, que não é técnica nem é tática nem é jogadores, mas uma pequeníssima mas grande coisa chamada MENTALIDADE. Será capaz de nos dar isso?

Prioridade ao Campeonato
O ano passado Jorge Jesus assumiu que a campanha na Liga dos Campeões prejudicou a nossa sorte no campeonato. Todos os adeptos ouviram e compreenderam. Este ano porém o problema repetiu-se, e Jorge Jesus TENTOU ser fiel às suas palavras um ano antes e disse por exemplo que a equipa que primeiro saísse da Europa teria mais possibilidades de ser campeã nacional. Muitas vezes JJ assumiu o cansaço e as limitações do plantel numa luta em 4 frentes. OS SÓCIOS ACEITARAM? CLARO QUE NÃO! Os sócios exigiram sim lutar por tudo e nada de prioridades. Jogar até estoirar. É essa a mentalidade dos grandes clubes, aceito. Mas o Benfica não tinha plantel para isso. Perdemos em Braga a Taça da Liga nas penalidades e já quase caiu o Carmo e a Trindade. Exigir-se conquistar tudo quando em Dezembro se vende Nolito e Bruno César e Aimar não saiu por acaso, e quando no plantel só existe um lateral e dois médios centros competitivos, é verdadeiramente utópico. No Benfica não há pois lugar a prioridades, e essa é uma das grandes lições da corrente época.

António Carraça
Não percebo, ninguém percebe qual o papel deste senhor. Para que serve um diretor desportivo se nunca aparece para dar a cara? Para que serve ele se nunca serve para fazer de escudo entre o balneário e o exterior? Ao fim de 12 anos Senhor Presidente, onde está a estrutura ganhadora, a estrutura capaz, a estrutura competente? E isso, Sr Presidente, também tem a ver com roubos de arbitragens ou consequências da gestão de Vale e Azevedo? São 12 anos Senhor!! DOZE!!!! E o amadorismo ainda prevalece em tantos aspetos da vida do clube!

As Lágrimas
Que o tornem mais forte Sr Jorge Jesus, é tudo o que peço. Porque sinceramente não gostei das lágrimas após o segundo golo do Guimarães. Faltavam 10 minutos para o jogo acabar Mister. E um jogador seu que olhasse para o banco naquela altura à procura de soluções pouco mais via que derrotismo, descrença, incapacidade e resignação total. Eu sei o que aquela final do Jamor significava para si mas, caramba, aquela era hora de dar um murro na mesa e mostrar o que vale. As lágrimas tinham de ficar para mais tarde.

Rui Gomes da Silva
Inquestionavelmente é alguém que em termos de posições que defende está bem próximo da maioria dos Benfiquistas. Mas o seu tempo de antena, nos atuais moldes, deveria acabar aqui. Deveria afastar-se, reciclar, e aparecer um dia mais tarde com outras ideias e talvez outro discurso. A intenção foi boa, mas o seu discurso fanfarrão só resulta em equipas ganhadoras. Sem ganhar, Sr. Rui Gomes da Silva, é complicado, faz de nós todos motivo de chacota, os bobos da corte, porque não duvide, já agora, que o Sr. é muitíssimo responsável pelo grande crescendo do Anti-Benfiquismo que se tem verificado nos últimos anos. Não perceber isso é andar a dormir.



Nota: Espero que a renovação de Jorge Jesus seja resultado de uma forte convicção do Presidente de que esse é o caminho certo para o clube, e não o de ir apenas pelo caminho mais fácil. Sim, já sei, que alguns dirão que o caminho mais fácil seria despedir o treinador. Mas eu aí discordo. Acho que despedir JJ seria ter de assumir mais uma vez o fracasso, o blá, blá, blá do costume, o início de um novo ciclo, um discurso já completamente gasto.

Verdades na blogoesfera benfiquista.

Avatar
 ●  11 comentários  ● 

"...Mas o que queria realmente analisar, é como o hóquei e o seu treinador deveriam ser um exemplo a seguir. Como se viu ontem, mesmo com clima adverso, com raça e ambição nada nem ninguém para o Benfica. E a equipa de futebol deveria colocar os olhos no hóquei! Para mim existe um ponto fundamental que faz toda a diferença, que é a equipa de hóquei ter no seu plantel bastantes portugueses e que acima disso sentem e sabem o que é ser do Benfica, o que isso representa, quem são os nossos adversários e como é que os “matamos”: com vitórias como a de ontem!

É pena que no futebol não se tenha esta mentalidade, esta raça, este querer!

Outra coisa que me faz grande confusão é a diferença de tratamento…

Pelo que me comentaram ontem, ainda não foi renovado o contrato com o Prof. Luis Sénica. Curiosamente, o Prof. Sénica entrou para o Benfica ao mesmo tempo de Jorge Jesus e igualmente para uma modalidade que tem um “sistema” que a meu ver é bem pior que o que existe no futebol. E as semelhanças ficam-se por aqui. O Prof. Sénica, em quatro anos, ganhou:

1 Campeonato

1 Taça de Portugal

2 Supertaças

1 Taça CERS

1 Liga Europeia

1 Taça Continental

Foram 7 titulos em 4 anos, 3 deles europeus! Um percurso incrivel, feito numa secção que pouco ou nada ganhava antes de ele entrar, e mesmo assim ainda não renovaram contrato com o homem? Este sim é para manter por muitos e bons anos, porque isto sim é um trabalho à Benfica!

Do outro lado temos um treinador que também está à 4 anos no Benfica, que nesses 4 anos ganhou:

1 Campeonato

3 Taças da Liga

E o que é que acontece com este Sr.? Renova contrato como sendo o supra-sumo e ainda com poderes reforçados (ainda se espera a confirmação oficial da renovação)

Já para não falar na diferença de comportamento que ambos os treinadores colocam nas equipas nos jogos decisivos…

É isto que me custa ver no Benfica, ver que não existe uma méritocracia instalada. Em que se mandam embora treinadores vencedores, caso do Futsal, se demora a renovar com quem merece, mas que se renovam contratos com treinadores que acumulam mais titulos perdidos do que os ganhos.

Sr. Presidente, pergunto-lhe a si…será assim tão dificil seguir o exemplo do hoquei e do futsal (não o actual, mas o da altura em que também fomos campeões europeus)? Será assim tão dificil, dotar a equipa de futebol e o seu treinador de uma mentalidade vencedora, que saibam o que é representar o Benfica, o que é suar a camisola, e que mais do que só palavras, traduzam em campo a nossa superioridade?

É em campo que os “destruimos”, não é com conferências de imprensa, não é com comunicados. É com raça, querer e ambição!

Jorje Jesus e companhia…metam os olhos no hóquei!

Presidente, se quer “calar” a oposição, é fazer no futebol o que o hóquei e o “antigo” futsal faziam e fazem. Conquistar titulos! De vitórias morais estamos nós fartos. Queremos titulos para podermos todos festejar juntos como ontem aconteceu.

Parabéns Campeões! Obrigado Prof. Sénica! Obrigado equipa! Obrigado Presidente (pelo titulo de ontem)!

P.S: Lamento só uma coisa, que o Presidente do Sport Lisboa e Benfica não tenha estado presente na conquista mais importante do hóquei do Benfica. Devia ter estado lá, presente, sem medo, a mostrar que o Benfica nada teme, que não se rebaixa e que no fim, quando isso acontece, sai vencedor!" - retirado do blogue Benfica Anonymous.
"Com ou sem adeptos a apoiar, os atletas que envergam a camisola do Sport Lisboa e Benfica têm a obrigação de entrar em qualquer lado no mínimo para lutar pela vitória qualquer que seja o ambiente em seu redor. Se não podem contar com o apoio dos nossos adeptos, os atletas terão que se valer a eles próprios e representar os que neste país de brincadeira, não podem exprimir livremente o seu benfiquismo.

Para quando a demissão de um Ministro incompetente que continua a pactuar com esta vergonha seja por acção ou por omissão ?

Bcool
" - retirado do blogue Ontem vi-te no Estádio da Luz.

Os Três Estarolas!

 ●  5 comentários  ● 

AS SEMELHANÇAS ENTRE  NUNO MARÇAL,  REINALDO VENTURA  E  PEDRO GIL!



Há sempre imagens que nos marcam ao longo da vida. Ás vezes bastam 2 ou 3 segundos a ver tal paisagem, que por muitos anos que passem, iremos sempre recordá-las! Posso desde já afirmar que ao longo da minha vida, já admirei várias imagens que tão cedo não esquecerei.  E ontem, ao ganhar mais umas, tive uma revelação! Pode ter sido inspiração divina, já que há muito tempo que ando a pensar e a falar em Jesus, pode ter sido das cervejas dos festejos, que caíram na fraqueza... mas seja qual for a origem, aqui a vou partilhar: as semelhanças entre o Nuno Marçal, o Reinaldo Ventura e o Pedro Gil!


vamos então ver as semelhanças:
1) Já tiveram cabelo!!
2) Já foram internacionais pelas suas seleções;
3) Doutorados no jogo do Macaquinho do Chinês; ver aqui a Teoria do Macaquinho do Chinês
4) Todos têm marcada uma consulta com um proctólogo (A Proctologia é uma especialidade médica que cuida das patologias relacionadas com o Intestino Grosso, recto e ânus ) para removerem os anéis, pulseiras e até relógios daqueles traseiros depois do "Fisting" ou fist fucking se preferirem ( prática sexual que envolve a inserção da mão ou antebraço na vagina (brachio vaginal) ou no ânus (brachio procticus)) com que foram brindados em plena "draGay caixa"!


O Nuno Marçal, anda com prisão de ventre desde há uma época atrás! Coitado, nem aos piores inimigos devemos desejar tal sorte! Ainda me lembro de o ver correr como uma menina histérica, pedindo aos seus macaquinhos presentes na arena, que não deixassem Carlos Lisboa e os seus basquetebolistas Heróis festejarem na "draGay Caixa"! "Macacos e Azeiteiros, não os podemos deixar festejar no nosso recinto!!" gritava ele, com aquela voz nasalada de quem já ardia de azia!! Nessa noite, não havia farmácia que conseguisse acudir os macacos, pois houve rutura de stock de Pepsamar e Compensan!! Que te resta em termos futuros? Estás já arrependido dos teus pecados?

O Reinaldo Ventura, que levou o jogo todo igual a si próprio, dirigindo palavras meigas e inspiradoras aos nossos jogadores a cada paragem de jogo, a cada passagem pelo nosso banco de suplentes. Teve ainda a excelente ideia de ir festejar o 5º golo dos junto dos CORAJOSOS adeptos benfiquistas, gritando: "Vão perder novamente nos descontos!!" Porventura, terá gritado com tanto entusiasmo, que perdeu força para a etapa complementar... pela boca morre o peixe!!  Logo tu, um dos generais com melhor curriculum na escola do Macaco... E agora Reinaldo? Vais conseguir engolir? 

Pedro Gil, espanhol simpático, que desde sempre demonstrou excelente conduta desportiva, assim que chegou ali, sentiu-se em casa! Bastou-lhe pôr uns "napperons" e uns "bibelots" da Mini Mouse vestida de sevilhana para ter um "lar doce lar". E ontem, ficou tão bonito  nas imagens da RTP, gritando "Chupaaaaa!! Cabronnn!!" Também tu,"nuestro hermano" foste agraciado com uma boa enrabadela no perlongamento! Direi até, uma enrabadela de ouro! Não sei se ainda estará com dores, imagino que sim, pois sempre que o filmavam após o final de jogo, ainda estava de pé, certamente condicionando pelas dores que o impediam de encostar o ânus ao macio cabedal azul da sua cadeira. Ou isso, ou na comemoração do 5º golo, poderá ter engolido o Stick, e aquilo estava ali qual cofragem de betão armado! não dobra, nem agaixa!! Será que vais ficar sempre assim, firme e hirto, ou vais mesmo ter de "agaixar" para pedir desculpa à comissão do Macaco?


Espero que vos seja providenciado um bom seguro médico, pois vão precisar de toda a ajuda possível! Se depender de mim, e de muitos como eu, para o ano há mais proctólogos! E se depender mesmo de mim, garanto que não só não haverá vaselina para untar as luvas, como irá ser espalhada areia para aumentar a "fricção" no fist fuck!! E para mim, enfiar menos do que até ao cotovelo é derrota!

Já sabem, Sintam a Mística, Carrega Benfica!!

ranking