O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 9 de outubro de 2010

Trocar o Essencial pelo Acessório

 ●  26 comentários  ● 
O Apito Dourado teve o mérito de trazer ao futebol nacional a discussão sobre a verdade desportiva. Muitos têm sido os que reconhecem a existência do Sistema, de jornalistas a empresários, passando por funcionários judiciais, dirigentes desportivos, enfim...

Parece que apenas o Laurentino Dias - e os políticos - não quer assumir a realidade e não só permite o Sistema, como mantém a FPF num formato de ilegalidade.

Lia no Ndrangheta há uns dias que, à margem do "apoio" a Fernando Seara para avançar para a FPF, o SLBenfica continuava a descurar o essencial: Olhar as demais funções da FPF - Comissão de Disciplina, Conselho de Justiça, etc.

Ontem no Comunicado do SLBenfica liamos também que "o Apito Dourado ainda não acabou", dado estarem no Tribunal da Relação os recursos em apreciação. (JÁ ME ESCLARECERAM NÃO SER POSSIVEL NESTE CASO, MAS IMAGINE-SE UM PROCESO QUE) como é apanágio da justiça portuguesa, se um processo saltar até ao Supremo Tribunal Administrativo. Atentem nesta informação deixada nos comentário do GB: O STA é "presidido por Lúcio Barbosa, um grande amigo de Pinto da Costa e de Valentim Loureiro. Tanto que, em 2004, foi vice--presidente do FC Porto e até recebeu o Dragão de Ouro, em 2007. Além disso, sempre que o líder dos dragões precisa de testemunhas, Barbosa é quase sempre arrolado. Foi, por exemplo, o que sucedeu, em vários processos do ‘Apito’. Além do cargo que exerceu no FC Porto, o juiz também já foi presidente dos conselhos de Disciplina e de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, sempre indicado pela Associação de Futebol do Porto".

Este é apenas um exemplo de como ao andarmos a discutir as arbitragens e as escutas estamos simplesmente a desfocar do essencial para apontar ao acessório.

Agora, pasmem-se, o SLBenfica sabe isso tudo... e contribui para esse caminho.
O SLBenfica sabe dos "telhados de vidro" de Paulo Gonçalves...
e mantém-no em funções.
O SLBenfica sabe da necessidade de "povoar" os CD e CJ da FPF e da Liga, assim como "dominar" a AFLisboa... e continuam a brincar aos "Trios d'Ataque" e aos penalties que se marcam e ficam por marcar.

Vou voltar a repetir: OS ÁRBITROS SÃO O LADO MAIS FRACO DO SISTEMA! Metam isto na vossa cabeça de uma vez por todas! Vão sempre haver penaltys por marcar ou marcados a mais, foras de jogo mal tirados ou por marcar...

O que faz variar esse pêndulo (dos erros de arbitragem - os premeditados e os outros) é a acção que os observadores e delegados da Liga exercem sobre os árbitros e as suas ambições nas classificações. Esses delegados e observadores são escolhidos a dedo pela Liga (Disciplina e Arbitragem) e respectivo presidente a quem o SLBenfica continua a não ter coragem para apontar o dedo. Porquê?

Tanto delegados como observadores, como os árbitros sabem depois que podem contar com "as costas quentes" por parte dos organismos da Liga e FPF que ilibarão o que for necessário e terão ainda a imprensa do amigo Oliveira a fazer esquecer tudo muito rapidamente. E por falar em Joaquim Oliveira, cá estamos perante outra pessoa que continua a contribuir para a continuidade do Sistema, mas uma pessoa a quem o SLBenfica continua a não ter coragem para apontar o dedo. Porquê?

Os poderes do futebol num futuro breve dividir-se-ão entre Futebol (na FPF) e Negócio (na Liga). O SLBenfica não está a acautelar a sua posição em nenhum dos campos de jogo e ainda ontem o Carlos Pereira recebeu o que precisava para saldar a resistência ao FCPorto e começar a recuperar na tabela: Um tacho na Liga - mais um Presidente "comprado".

A reunião dos Presidentes na Liga ontem foi bem demonstrativa como as prioridades do SLBenfica (e consequentemente dos seus sócios) estão invertidas: De um lado o Sistema com Pinto da Costa, Salvador, Rui Alves e Bettencourt, com uns quantos clubes a gravitar em torno das migalhas (Setúbal, Académica, Belenenses, Rio Ave, Beira-Mar, Marítimo, Olhanense, Portimonense, etc).... do outro lado podia ver-se Luis Filipe Vieira em conversas de corredor quase circunscritas a Emílio Macedo que, sabe o GB, quer voltar ao convívio do Sistema, mas as portas estão-lhe vedadas por influência de Salvador e Alves.

Cá fora, os adeptos continuam a discutir se o António Pedro Vasconcelos fica no Trio de Ataque olhando isso como um acto de benfiquismo, onde divulgando lances onde a arbitragem terá beneficiado o FCPorto.

Pelo caminho continua por perceber o porquê de não nos focarmos todos no essencial e perceber porque as questões realmente relevantes, e não os "fait divers", continuam a não merecer a acção concreta do SLBenfica e dos sócios e adeptos.

Não sejamos ingénuos! O problema não está em Pinto da Costa ser Presidente do FCPorto, ou nos árbitros, o problema está em não compreendermos que se deve liderar o Clube para ser, antes de tudo mais, um clube de futebol, com resultados desportivos.

Para isso, precisamos de apontar aos factores realmente relevantes no mundo do futebol e começar e por de parte a conversa empresarial, os profissionais altamente credenciados na alta finança, etc. Deixemos lá o Benfica-Empresa e passemos a trabalhar no Benfica-Clube.

NÃO QUEREMOS SER BENEFICIADOS, NEM CONTROLAR UM NOVO SISTEMA! Queremos sim é ser activos a "limpar" do Sistema aqueles que o controlam, tornando-o numa organização livre, honesta e em prol da verdade desportiva.

Para isso temos que funcionar como contra-poder das pessoas que minam o futebol: Pinto da Costa, Joaquim Oliveira, Fernando Gomes, Gilberto Madaíl. Tirando o primeiro, com quem Luis Filipe Vieira teve uma assumida amizade arruinada apenas pela justa ambição do nosso Presidente, todos os demais são "figurinhas" que o Presidente do SLBenfica, inexplicavelmente, não consegue, não quer ou não pode atacar.

Enquanto eles forem olhados como "amigos", nunca conseguiremos contribuir para que não coloquem nos principais organismos as pessoas que irão sempre defender interesses obscuros, corruptos e orientados ao enriquecimento de toda essa estrutura que está ao serviço dos poderes podres do futebol nacional. ESTE É O PRINCIPAL PROBLEMA e não pode continuar a ser escondido dos adeptos (um dia vou perceber porquê), nem pode ser olhado com medidas populares para parecerem bem.

Queremos mesmo continuar a falar de penaltys por marcar? De foras de jogo? Eu compreendo que interesse desviar para aí quando não se quer ou não se pode ir pelo caminho verdadeiramente necessário. Mas nesse caso, não enganem os benfiquistas...

PS- Agora que muito se fala nisso: Se for essa a decisão, estou 100% solidário com o Presidente se em caso de ofensa à integridade física da equipa, decidirem não chegar ao Estádio do Ladrão e voltarem à civilização. Mesmo que isso implique (o que não me parece) multa ou derrota.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Links interessantes (Corrupção)

 ●  3 comentários  ● 
Blog O Golpe de Estádio - incompleto, mas com informação interessante
CM: Recordar o familiar do Rui Moreira - Espregueira Mendes

Através do Facebook no recém criado grupo: FC Porto, a Mentira Desportiva
As Ilegalidades do Plano de Pormenor das Antas - poucos conhecem esta!
Cronologia do Apito Dourado - Sempre bom recordar o encadeamento
A Golpada do Centro de Estágio - Mais um "favor"

GB no Facebook: LINK

A Verdade da Mentira

 ●  6 comentários  ● 

Em reacção à entrevista do Presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, à Antena 1, o sr. Pinto de Sousa – arguido do processo Apito Dourado – reagiu em comunicado enviado para as redacções dos principais jornais diários.

Como o mesmo contém algumas incorrecções, outras falsidades e outros tantos lapsos de memória, o Sport Lisboa e Benfica vem esclarecer que:

a) O senhor Pinto de Sousa está ligado a um dos períodos mais negros do futebol português, em que o tráfico de influencias, a corrupção e o compadrio foram prática corrente aceite e promovida por alguns dos principais responsáveis do nosso futebol.

b) O facto da justiça ainda não ter condenado o sr. Pinto de Sousa não significa que ele seja inocente. As provas existem, a sua evidência é indesmentível e só um formalismo jurídico ainda não permitiu a sua condenação. É bom recordar que o processo não terminou, está pendente de recurso no tribunal da Relação.

c) O Presidente do Sport Lisboa e Benfica – ao contrário do que foi afirmado pelo senhor Pinto de Sousa – não almoçou com ele “diversas vezes”, jantou duas, a pedido de um amigo comum e – facto relevante – antes de serem conhecidos os contornos e o envolvimento do senhor Pinto de Sousa no Processo Apito Dourado.

d) A verdade nunca pode ser considerada uma manobra de diversão, e só pela cumplicidade de alguns agentes judiciais é que a justiça ignorou a evidência das provas, como bem recentemente ficou provado.

e) O Sport Lisboa e Benfica, efectivamente, nada tem a ver com as amizades do Senhor Pinto de Sousa, mas tem a ver com a transparência e a verdade no futebol português e o facto deste ter voltado a contactar árbitros no activo e a movimentar-se para colocar o senhor Paulo Costa como presidente do futuro Conselho de Arbitragem da FPF. Sinal preocupante de que há quem queira que as velhas práticas voltem a fazer parte do nosso quotidiano.

f) Já agora, e como a memória é curta, convém lembrar que foi o senhor Pinto de Sousa que quis impor – seguramente por indicação de alguém – o senhor Martins dos Santos para a final da Taça de Portugal da época 2003/2004.

h) O senhor Pinto de Sousa pode ainda não ter sido condenado pela justiça, mas não é por isso que voltou a fazer parte dos homens sérios deste país.


* Comunicado Oficial do Sport Lisboa e Benfica, publicado no site do clube esta tarde.


Se muitas vezes nos últimos tempos a política de comunicação do clube tem sido criticada (e muitas vezez com razão), parece que a mesma está agora a caminhar na direcção correcta.

O que está por responder e o Apelo à RTPN

 ●  8 comentários  ● 
Infelizmente há alguns temas que temos todos falado neste blog e noutros que têm ficado «abandonados» pelos benfiquistas e que não entendo porquê:

- O contrato da Sagres? O que seria um impulso para as modalidades, com um patrocínio de longo prazo etc. neste momento não existe e as modalidades são quase todas patrocinadas pela MEO (e o futsal nem tem patrocinador - e é o campeão europeu). Quanto paga a MEO (PT)? Que destino teve o dinheiro da Sagres?

- Porque se insiste em pactuar com o silêncio do Presidente em relação a Fernando Gomes e Joaquim Oliveira - dois pilares de não estarmos no topo da Liga este ano?

- Com a entrada de novos assalariados para a formação (Maruta e Armando Jorge), quem sai? Aumentam os custos? A que propósito? Que é feito de Manuel Ribeiro, Nené, etc.?

- Porquê apoiar Fernando Seara à FPF? Vai sair da CMSintra? Vai sair da política? O GB disse num tópico que há um azedume das Associações contra um dos mentores do Novo Regime Jurídico que as Associações não querem. Isso confirma-se? Porquê Seara e não outro? Qual a mais-valia de ser Seara?

- Porque tarda o rompimento real das relações com Joaquim Oliveira, abrindo uma nova página na história do SLBenfica?

- O que vai realmente ser feito para que o Comunicado dos Orgãos Sociais do Clube seja levado a sério? O que vai ser feito para apelar à ausência nos jogos fora da Luz?


Entretanto li na TertuliaBenfiquista, um blog que sigo há muito, que fez um apelo ao benfiquismo, para que pressionemos a RTP a não afastar o António Pedro Vasconcelos. Uma medida justíssima vinda de um blogger que me habituei a respeitar e considerar.

APOIADO A 100%. Mas este pedido tão inflamado não devia só ser válido para reforçar uma posição de força da direcção do Benfica. Quando chega a hora de direcção se juntar à luta dos blogs, sites e foruns contra o Fernando Gomes, Joaquim Oliveira, Madaíl e o resto da corja de «amigos» do Vieira, não se vêem estes apelos a favor do Movimento Vamos Impugnar os Campeonatos Corrompidos (MVICC).

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

O regresso do Mito da Formação do Sporting

 ●  Sem comentários  ● 
Um ex funcionário do Sporting resolveu colocar o "dedo na ferida" e acabar com o mito da formação do Sporting. Numa entrevista ao site Academia de Talentos (o RedMoon devia começar a frequentar este site ehehehe) o olheiro agora contratado pelo Manchester City, quando lhe perguntam "Neste momento, o Sporting ainda é a melhor escola de formação de Portugal?" afirma taxativamente "Isso é um Mito".

Quem o diz é o ex número 2 da formação do SportingCP que tem ainda tempo para reles comentários sobre o funcionário do Sport Lisboa e Benfica, Bruno Maruta, que quase acusa de espião enviado por Luis Filipe Vieira, de quem elogia o trabalho na formação [NDR: também eu... só falta é ter tomates para apostar nos putos]. Eis a interessante entrevista:

Sente que há quinze anos atrás era mais fácil ser assumidamente sportinguista dentro do clube? Hoje em dia ser sportinguista fecha as portas às pessoas dentro do Sporting?
O Sporting tem um bocado a cultura de que a galinha da vizinha é melhor que a nossa e aquelas pessoas que viviam o clube da forma que eu vivi durante estes quase catorze anos, talvez sejam vistas pela estrutura do Sporting como pessoas que estão sempre seguras e há que investir pouco nessas pessoas porque essas dificilmente vão querer sair da estrutura porque estão lá porque gostam do clube.

Nos últimos anos, eu tenho reparado que se tem olhado para a estrutura dos rivais, não digo com inveja, mas pensando que se calhar que a estrutura deles tem mais valor que a nossa e descurando, um pouco, o que existe dentro da nossa própria casa.
Como sabe existem muitas pessoas na estrutura de formação do Sporting que são benfiquistas e portistas e parece haver um pouco o estigma de que ser sportinguista não é positivo, pois quem é sportinguista quer demasiado ganhar e não é "frio" o suficiente para desempenhar uma tarefa de uma forma "desapaixonada"...
Não sei, eu senti isso de uma forma bastante peculiar, senti que as pessoas da casa, as pessoas do Sporting, os verdadeiros sportinguistas estavam sempre em segundo plano, o que não quer dizer que essa afirmação que teve esteja totalmente correcta.

Muito se tem falado na internet, acerca do Prof. Bruno Maruta, que era o principal olheiro do Benfica há alguns anos. Entretanto, ele saiu do Benfica e foi para o Sporting, mas, dois anos depois, saiu dos leões e voltou para o Benfica. Correm muitos rumores na internet que ele tenha vindo "espiar" o Sporting a mando do Benfica, para ter acesso à base de dados do Sporting. Podia-nos explicar exactamente o que se passou com o Bruno Maruta? Como ele foi parar ao Sporting, quem é o que foi buscar e porque é que ele saiu?
O Bruno Maruta era a pessoa no Benfica que fazia o trabalho mais parecido com o meu. A nível nacional falava-se de Aurélio Pereira, Bento Valente e Bruno Maruta. Quando se foi buscar o Bruno Maruta foi a situação que falei anteriormente, de olhar para o clube rival e pensar que a galinha deles é mais gorda que a nossa e desejar que a galinha deles venha para nós. E foi o que aconteceu.

Eu fui sempre contra a sua contratação, até porque já tinha algumas situações menos positivas em relação a ele, porque estando em clubes completamente opostos como é o caso do Sporting e do Benfica há sempre atritos no meio disto tudo. Portanto, ir buscar para o Sporting um elemento que nos tinha causado algumas situações menos agradáveis e arranjado situações que nós não concordámos era arranjar um problema onde ele não existia.

A vinda do Bruno Maruta para o Sporting veio confirmar todas as minhas suspeitas, ele não veio trazer nada de novo ao Sporting e, pelo contrário, veio causar uma grande instabilidade dentro do clube a todos os níveis, pois o departamento de recrutamento ficou logo dividido (criou-se a área 1 e 2 e até aí o departamento era só um) e a partir daí os atritos começaram, num departamento que até então tinha um grande sucesso.

Se a vinda do Bruno Maruta para o Sporting foi pensada ou planeada para vir espiar ou aprender connosco isso não sei nem posso confirmar, mas, em relação a isso, sempre tive algumas dúvidas quanto à sua entrada no clube porque a única coisa que analiso são factos e os factos é exactamente isso que revelam.

Se o Bento Valente era contra a vinda de Bruno Maruta, quem foi que o quis trazer para o Sporting?
Aurélio Pereira e Paulo Cardoso. Foram essas duas pessoas que quiseram ir buscar o Bruno Maruta ao Benfica. Penso que houve uma situação em que o coordenador actual dos escalões de escolas e infantis do Sporting (Hugo Cruz) teve um convite ou disse que teve um convite para ir para o Benfica, o que criou uma instabilidade ali e foi uma tentativa de, se calhar, vingança por parte do Sporting ir buscar o Bruno Maruta.

Entretanto, o ainda actual coordenador de escolas e infantis acabou por não se transferir para o Benfica, mas o Bruno Maruta acabou por vir para o Sporting.

Qual é a perspectiva do Aurélio Pereira e do Paulo Cardoso após a saída do Bruno Maruta e o seu regresso ao Benfica? Foram apanhados de surpresa?
Foram. Não estavam à espera da saída do Bruno Maruta do Sporting, não esperavam que ele pagasse da forma que pagou o facto de eles o terem ido buscar ao Benfica. Ninguém estava à espera de que ele, no final do contracto, fechasse a porta.

Falei com dois dirigentes do Sporting durante o intervalo do Sporting Vs Nacional que me disseram que isto não teria acontecido em mais nenhum outro clube do mundo. Pensa que o Sporting foi ingénuo em abrir as portas do clube ao Bruno Maruta?
Completamente, se o Sporting olhasse para a sua própria casa e visse os técnicos que lá tem e que têm qualidade... Até porque o Bruno Maruta não veio trazer rigorosamente nada de novo. Eu penso é que ele aprendeu muito durante os dois anos em que lá esteve, desde a forma como estamos organizados, a forma como observávamos os jogadores, etc.

Assim sendo, de onde vem a reputação do Bruno Maruta de ser "uma pessoa que tem um computador dentro da cabeça"?
Sabe que no Benfica, tudo o que mexe tem uma dimensão maior que no Sporting e se calhar o Bruno Maruta começou a fazer algo no Benfica que até aquela altura não estava a ser feito. Até à altura em que ele apareceu é de salientar que o Sporting não tinha grande concorrência e, a partir de certa altura, o Bruno Maruta começou a dar-nos algum trabalho.

Portanto, ficou com alguma reputação, porque a partir daí o trabalho passou a ser mais dividido e penso que foi aí que se criou o tal mito do Bruno Maruta.

Tem alguma opinião sobre quem é que enviou e depois veio buscar o Bruno Maruta ao Sporting por parte do Benfica?
Penso que foi o Presidente do Benfica. Trata-se de uma pessoa bastante interessada no futebol juvenil e, aliás, desde que o Sr. Luís Filipe Vieira chegou ao Benfica, o clube tem feito um bom trabalho na formação.

Que danos é que na sua estimativa, criou esta passagem de Bruno Maruta pelo Sporting? Disse que ele não acrescentou nada, mas, por outro lado, pode ter vindo retirar algo. Ele teve acesso à base de dados do Sporting...
Completamente, durante dois anos ele teve acesso à base de dados do Sporting, teve acesso aos métodos de trabalho do Sporting, teve acesso à estrutura, soube como está montada, o que as pessoas pensam, qual a forma de trabalhar, qual a metodologia utilizada, etc.

O Sr. Bruno Maruta neste momento tem conhecimento de tudo e, se ele não tivesse vindo, teria mais dificuldades em concorrer connosco.

Qual foi a reacção do Prof Jean Paul Castro e do Prof Pedro Mil-Homens quando se aperceberam que o Bruno Maruta iria regressar ao Benfica? Disse que o Aurélio Pereira e Pedro Cardoso ficaram incrédulos, tendo em conta que Jean Paul e o Pedro Mil-Homens são talvez as duas figuras mais poderosas da formação do Sporting como é que eles reagiram à saída do Bruno Maruta?
Ninguém da estrutura directiva do Sporting estava à espera da saída do Bruno Maruta. Causou bastante instabilidade saber que ele ia regressar ao Benfica e com conhecimento profundo de toda a estrutura do Sporting.

Que situações é que se passaram com o Bruno Maruta antes de ele vir para o Sporting e que lhe desagradaram? Pode dizer-nos alguns exemplos?
São situações normais de quem está a disputar um miúdo. Existem dois clubes que querem disputar um miúdo e é evidente que os dois clubes tentam convencer o miúdo a ir para o seu clube. O que acontece muitas vezes é que se utilizam recursos menos dignos e que levam a uma espécie de lei do tudo ou nada e eu, em determinados momentos, senti que estavam a haver algumas atitudes menos dignas em termos profissionais.

Há vários exemplos de vários jogadores, eu não queria mencionar nenhum, mas houve várias tentativas para descredibilizar o próprio Sporting, Aurélio Pereira, Bento Valente e até a Academia. Esse senhor tentou isso diversas vezes e depois, como prémio, foi convidado para vir para o Sporting.

Reacção desejada (parte III)

 ●  4 comentários  ● 
Venho só completar o meu post e o do GB com a minha visão sobre a entrevista do nosso presidente, ouvida por mim na íntegra através da Antena 1 esta manhã

Pontos positivos:

- A intransigente defesa de Ricardo Costa, contra a descredibilização movida pelo sistema;
- Pôr o dedo na ferida em relação as escutas publicadas no You Tube referentes ao caso "Apito Dourado";
- A referência mais do que meritória em relação a chamada de Carlos Martins a selecção;
- Os elogios ás boas exibições de Roberto e PRINCIPALMENTE a revelação que embora tenha sido Jorge Jesus a referir o guarda-redes como reforço preferencial, os custos da transferência são da TOTAL responsabilidade do presidente;
- O esforço para o total cumprimento em todas as ocasiões dos compromissos da instituição, seja com entidades ou pessoas alheias, ou funcionários do clube;
- A promessa de que TODOS os jogadores do plantel permanecerão até ao final da temporada;
- A preocupação mostrada com a segurança de adeptos e funcionários do clube em relação a deslocações a norte, nomeadamente à cidade do Porto, mas referindo que não estão em causa os cidadãos da cidade, mas gangs de vândalos a mando do sistema que repetidamente agridem e vandalizam tudo o que esteja ligado a instituição Benfica;
- A condescedência com que a PSP Porto prima a sua actuação sempre que implica acção perante os referidos gangs;
- O ataque ao treinador do Porto, referindo o ridículo da situação já que quem devia se queixar de ter sido prejudicado seria o Vitória de Guimarães;
- Realçar o facto que não se apitam penalties contra o Porto nem a favor do Benfica neste campeonato;
- A referência à futura construção do Museu do Benfica;
- A CONFIRMAÇÃO QUE NA POSSIBILIDADE DE FERNANDO SEARA SE CANDIDATAR ÁS ELEIÇÕES DA FPF, TERÁ O TOTAL APOIO DO BENFICA, e pelas palavras do presidente dá para depreender que haverão já conversas em curso nesse sentido, e mesmo sendo outro, haverá candidato apoiado pelo Benfica fora do radar do polvo;

Pontos negativos:

- A renovada defesa de Gilberto Madaíl, que nunca defendeu fosse que o que fosse sobre interesses do Benfica, e mesmo muitos interesses da Federação em benefício do clube corrupto;
- A referência que o tal boicote aos jogos fora não foi uma exigência mas um PEDIDO dos orgãos sociais aos sócios, grave precedente...isto será mais uma ajuda para tornar aquele plenário reunido de emergência num autêntico bluff...poderão vocês deduzir o que isto quer dizer em relação à participação na Taça da Liga...;
- As palavras simpáticas em relação a Vítor Pereira, como se não tivesse feito o mínimo das suas obrigações, como se tivesse-nos feito um favor com aquela conferência de imprensa...enaltecer a sua iniciativa, sim, agora elogios...;
- O presidente referiu que TODAS as decisões do clube estão a ser tomadas com antecedência...espero bem que a pré-época anterior o tenha feito acordar para a realidade e que desta vez isso seja mesmo verdade...

(Deixo a referência que alguns pontos positivos ou negativos não o são garantidamente, pois estão dependentes das acções futuras)

Último ponto e este o meti a parte pela sua total incognita:

- NEGOCIAÇÃO DO CONTRATO DE DIREITOS TELEVISIVOS, O PRESIDENTE REFERIU QUE IRÁ HAVER UMA REUNIÃO DOS ORGÃOS SOCIAIS NAS PRÓXIMAS SEMANAS, PARA QUE SE DECIDA, ATÉ 31 DE DEZEMBRO DESTE ANO, O PROCEDIMENTO A TOMAR EM RELAÇÃO ÁS NEGOCIAÇÕES, SEJA AVANÇAR PARA A RENOVAÇÃO COM A OLIVEDESPORTOS COM RENEGOCIAÇÃO DE VALORES, OU ENTÃO A PROCURA DE ALTERNATIVAS.

No geral achei a entrevista bastante positiva e enalteço o presidente pelas posições tomadas, agora só faltam as acções que as suportem.

Para quem ainda não leu, é interessante que o faça até para ter uma ideia mais abrangente desta entrevista e das suas consequências e possibilidades de acção, Reacção desejada, Reacção desejada (parte II) que tem o audio da entrevista e onde o GB expõe alguns assuntos prementes e que a parte do iceberg que eu refiro no 1º post poderá ser a resposta.

Reacção Desejada (parte II) - inclui Audio da entrevista

 ●  6 comentários  ● 
O DarthVader, e muito bem, veio elogiar a Reacção desejada de Luis Filipe Vieira ao apontar a falha grave de André Villas Boas, mas eu gostaria de completar essa reacção, dizendo que é fácil bater na "raia miúda" e esquecer o Fernando Gomes e a Liga de Clubes que de uma assentada:

» Mudaram a final da Taça da Liga para Norte
» Limitaram o "castigo" a André Villas Boas a uma advertência e 250€ de multa

Se a questão da Taça da Liga já é ridícula o suficiente para o SLBenfica levar por diante a tímida intenção de não participar, já a questão de a Liga de Clubes ter orquestrado com o FCPorto o manhoso Comunicado, de modo a funcionar como atenuante para o André Villas Boas não ser castigado ou suspenso como é qualquer outro treinador... isso é inaceitável.

LINK da Entrevista:



Parabéns ao Presidente por se mostrar atento ao triste espetáculo do André Villas Boas, mas infelizmente essa marioneta não conta para nada no que deve ser o fortíssimo e cerrado combate ao Sistema. Aguarda-se pois a reacção forte e efectiva em relação a Fernando Gomes (e se não for pedir muito, a Joaquim Oliveira, face às recentes escutas).

E agora Presidente? Vai mostrar-nos que a sua defesa dos interesses do SLBenfica é superior a essas SUAS amizades com gente que só quer mal ao SLBenfica?

Reacção desejada

 ●  6 comentários  ● 
Vieira deu uma entrevista à Antena 1 em que chamou à reacção de Villas Boas no final do jogo Guimarães-Porto de "ridícula e caricata" e fez algo que devia ser feito, ao mencionar e realçar a grande penalidade que não foi assinalada contra o Porto, mostrando que os azuis mais do que protestar por se sentirem lesados, deviam era no mínimo estar calados perante o favorecimento!

Esta espero ser a parte visível do iceberg, aquele que a direcção do Benfica está a realizar nos bastidores, para colocar todos os movimentos do sistema em cheque. Neste caso, deve esforçar-se para reiterar a falta de coerência e a hipocrisia que guia a mentalidade daquela agremiação. Temos de nos esforçar por eliminar completamente qualquer réstia de credibilidade e que fiquem sem auditório para todas as suas palavras dirigidas contra nós.

Sem qualquer sector da sociedade que os defenda os corruptos ficarão cada vez mais isolados e os seus acólitos cada vez mais temerão seguir o seu caminho obscuro de cumplicidade criminosa. Aí será então possível trazer à justiça (a verdadeira) os culpados por ter enterrado o futebol português numa idade das trevas.

Devemos cimentar a ideia que o Benfica e os seus adeptos são pessoas, tanto colectiva como individuais, credíveis, honradas e respeitadoras e que primam pelo seu desejo pela imparcialidade e competitividade saudável no futebol português.

Os ideais valem tanto ou mais que qualquer guerrilha, lei isenta, ou gestores anti-sistema. Porque tudo podem mudar.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Fazer história na Europa! São grandes (literalmente)

 ●  3 comentários  ● 

Os Benfiquistas e o Movimento (MVICC)

 ●  7 comentários  ● 
Eu poderia aguentar mais umas horas, para vos ver todos felizes a cascar no Rui Moreira por causa da sua triste figura ontem já retratada em Foge Rui Moreira, Foge senão o Macaco apanha-te.

Mas para quê?
Para que serve tudo isso quando há uns dias a Gloriosasfera, possivelmente o melhor projecto online de divulgação dos blogs benfiquistas, teve a audácia e a coragem de lançar o MVICC - Movimento Vamos Impugnar os Campeonatos Corrompidos.

Trata-se de um movimento oficioso, sem qualquer apoio da Direcção do SLBenfica (nem poderia), e que visa denunciar de forma organizada os enquadramentos de corrupção do futebol português e organizar iniciativas que tenham impacto directo sobre esses interesses corruptos. No limite, ser uma ponte oficiosa entre a Gloriosasfera e o SLBenfica.

O (novo) Blog GeraçãoBenfica imediatamente decidiu disponibilizar-se integralmente para ajudar a este projecto liderado pela Gloriosasfera, mas qual não foi o meu espanto quando verifiquei que a mobilização da generalidade da blogsfera benfiquista... simplesmente ignorou esta iniciativa.

A rapidez com que temos, nos blogs, atitudes de André Villas Boas, a chorar pelas arbitragens, não é a mesma rapidez que utilizamos depois quando somos chamados a organizarmo-nos e tomar atitudes e é isso que nos distingue daqueles que dominam o futebol nacional.

A guerra de egos, a constante discussão sobre o "tamanho da pilinha" dos bloggers, a fértil acusação do tamanho do benfiquismo ou do serviço prestado ao benfiquismo... em tudo isso somos todos muito rápidos e disponíveis. Temos todos muita capacidade e inteligência para falar do SLBenfica, para criticar as arbitragens e queixar dos favorecimentos dos outros, etc.

Mas quando chegou a hora de tomar atitudes, de juntarmos as cabeças para partilhar ideias e concretizar acções concretas que tenham impacto directo sobre todas essas questões para as quais reclamamos justiça…

… quando chega essa hora, esquecemo-nos de tudo e fingimos que há outras coisas mais importantes, escudando-nos no desejado anonimato, na certeza prévia de que nunca dá nem nada, etc. etc. etc.

Eu bem me recordo quando, individualmente (lá está!) decidi em 2005 criar um Manifesto de Apoio aos jogadores do SLBenfica que iam disputar o Benfica x Sporting para o título. Escrevi o dito manifesto, publiquei-o no Serbenfiquista.com e com os poucos ou nenhuns contributos, lá imprimi mais de 30 cópias e fui a Óbidos entregar sozinho ao Lourenço Coelho que me prometia distribuir pelos jogadores, equipa técnica e dirigentes. Eu não me vou esquecer desse dia… como também não me esqueço a falta de envolvimento dos users do serbenfiquista nesse dia.

É muito fácil criticar! Mais fácil ainda dizer que está mal e os outros são uns malandros… difícil, difícil é ter tomates para fazer alguma coisa pelo SLBenfica.

E depois ainda há os que acham que têm moral para criticar seja o que for que a direcção faça de errado? Não têm… eu que tantas vezes aponto o dedo quando acho que está mal, sou o primeiro a dizer que quem tem oportunidade para contribuir, para fazer algo, e não faz… NÃO TEM MORAL ALGUMA para cobrar essas atitudes a terceiros.

Se eu fosse Presidente do SLBenfica e visse os sócios a fazer o meu trabalho, combater a corrupção, antes de mais ficaria triste pela minha incapacidade, mas olharia como um aviso de que estão atentos e interessados, funcionando para mim como um incentivo a fazer melhor neste domínio. Por outro lado, se visse nascer uma iniciativa destas e os benfiquistas, que tanto criticam, a deixarem ao abandono, seria o primeiro a estar certo de que se nem os adeptos, o povo, se revolta… porque raio haveria eu de o fazer, se depois não terei “as costas quentes”?

Da minha parte continuarei disponível para colaborar com o MVICC e todos os demais Movimentos que visem a credibilização e a verdade desportiva. E vocês? O que querem fazer pelo SLBenfica?

Foge Rui Moreira, Foge senão o Macaco apanha-te

 ●  13 comentários  ● 


Em defesa do que considera ser um "direito alienável", neste caso do Pinto da Costa comprar árbitros, juízes, observadores e afins, o Rui Moreira desatou a fugir do Trio D'Ataque, se calhar em direcção a uma vigília com aqueles tipos que vandalizam, agridem e afins. E por falar em direitos alienáveis...

terça-feira, 5 de outubro de 2010

O "auto-endeusado" Villas-Boas

 ●  8 comentários  ● 
Este menino não deve ter noção da sorte que tem. Tem só o melhor "guia" para o sucesso, alguém que até faz o emplastro parecer o sucessor do Mourinho. Aliás, acredito que se eu treina-se o Porto neste momento daqui a dois anos estava no Manchester United a substituir o reformado Sir Alex Ferguson.

Pinto da Costa faz questão de ter tudo previsto...3/4 dos árbitros "enfrutados", presidentes de clubes em sentido para não descerem de divisão, homens de confiança em operações "underground" nas posições certas, juízes que são convidados para jantaradas de fim de semana, e a lista é tão comprida que me fico por aqui...o corrupto-mor até tem tempo para ser ele e os seus subalternos directivos a manterem em sentido os jogadores de maneira a nunca mostrarem descontentamento nem falhas de desempenho.

Villas Boas fica com o trabalho mais fácil, é só com a sua equipa técnica manter os índices físicos dos jogadores, montar uma táctica, meter 11 em campo e voilá, vitórias atrás de vitórias.

O problema é que Villas Boas não se contenta com isso. Ele sente que o mérito é mais dele que de outra pessoa, ele sente que é alguém predestinado com o sucesso, que é um "mastermind" das tácticas, e que pode ter a arrogância de Mourinho sem perder a coerência... Coisa que só ele vê. Ele, um treinador principiante e com meia duzia de jogos nessa posição, nas conferências de imprensa é um poço de verborreia, tanto em relação ao seu trabalho no Porto, como em relação ao principal rival, o Benfica, como se fosse o dono da verdade.

Isto tudo aconteceu enquanto o Porto ganhou...agora que perderam os 1ºs pontos, só se pode verificar, Villas Boas perdeu a cabeça! O "frutado" Xistra foi atacado de tal forma que mesmo tendo de proteger os corruptos não podia esconder tamanha cena e teve de expulsar o "special-two". Foi roubado de tal forma que alucinou e inventou situações de grande penalidade para o Porto que mais ninguém conseguiu vislumbrar, e mais, diz que "agora é a nossa vez de pedir justiça" isto em relação ao caso das declarações de Vítor Pereira dar razão ao Benfica de ter sido prejudicado contra o mesmo Vitória de Guimarães. Exige mesmo que a comissão de arbitragem venha dar justificações! E veio dizer que afinal o Benfica tinha razões de queixa só para reforçar a sua posição de ter sido roubado! Isto tudo depois de todos verem que quem mais foi prejudicado foi o Guimarães com um penalti por marcar! Vide, Eu assumo, o Villas Boas tem razões para protestar...

Das duas uma...ou isto é ingratidão para com o padrinho sobre tudo o que ele fez para o por no topo, ou então isto é um caso de psiquiatria e temos um louco a solta!

O que acham que este Villas Boas faria no Benfica?

Gente desta só merecia uma coisa, cair tão fundo, mas tão fundo, que cai-se no ridículo, algo que se arrisca desde já com tamanhas atitudes, só mascaradas pela classificação arranjada pelo padrinho.

O que é facto é que ele prometeu fazer o "mea-culpa" se não se vislumbra-se nenhuma irregularidade a prejudicar o Porto, ficamos então a espera...

E só um aparte...acho que este era um bom momento para os dirigentes do Benfica meterem o dedo na ferida...

ps: Imagem retirada do blog que esta na imagem do tópico. Merece uma visita, rábulas bem "sacadas" e montagens ilariantes.

pss: E os submissos continuam a sua caminhada da vulgaridade...

Alexandre Pais (quase) Abre o Livro

 ●  6 comentários  ● 
Hoje, em resposta ao Cottonete, Alexandre Pais (quase) abriu o livro e mostrou alguns exemplos que regem o jornalismo d'O Jogo e A Bola - obviamente que também acontecerá em alguma medida no Record... ainda há muito demonstrem ser o melhor informado sobre muitos temas importantes:

"Quando Record erra, pede desculpa. Nem sempre assim foi, na tradição da velha imprensa desportiva que nunca se enganava, ou de alguma dela que continua a querer dar a ideia, obviamente errada, da sua infalibilidade. Mas há quase oito anos que emendámos a mão, com a certeza, facilmente comprovável pelos números, que o leitor merece e aprecia esse gesto de humildade.

O que Record não faz é prestar assessoria à direção dos clubes, nem os seus jornalistas algum dia serão notícia pela sua presença nos “convívios” em que alguns dirigentes estudam a melhor maneira de desancarem a concorrência.

Também o diretor de Record – contratado pelos acionistas para editar e gerir um jornal – não se reúne, não almoça, não janta, não viaja com presidentes de clubes ou de outras organizações, a quem, mesmo em contactos fortuitos, não pede o número do telefone, nem fornece o seu – e muito menos permite que lhe segurem no guarda-chuva. E isso acontece apenas porque a sua função como jornalista não é traficar notícias, nem deixar-se condicionar, e o seu trabalho como gestor não é defender os interesses alheios.

Record reage assim com superioridade moral e distância aos recentes comunicados produzidos por JE Bettencourt, ou a seu mando, e que, nunca referindo Record, nos pretendiam atingir, contrapondo, às notícias verdadeiras que demos, a vã tentativa de justificar insucessos que é o seu desmentido. E ameaçando impedir a nossa entrada nas instalações leoninas – o torpe preço que pretendem cobrar para que nos calemos.

Ainda no último sábado, no prestigiado “AS” do país vizinho, se avançava, como exemplo, com o direito dos jornais em apagar, nas fotos a publicar, as marcas dos patrocinadores das camisolas ou dos painéis das entrevistas no final dos jogos. Não cairemos no erro dos dirigentes do Sporting, acenando-lhes com esse boicote, mas queremos que entendam que escolheram o pior caminho. Porque não nos silenciarão. Melhor fariam em trabalhar com mais competência. Aliás, se a tivessem, não veriam, à 7.ª jornada, o FC Porto a... 10 pontos. E esse é que é o seu problema."

EU ASSUMO: o Villas Boas tem razão para protestar

 ●  7 comentários  ● 
Só quem é muito faccioso não consegue ver que ficou mesmo um penalty por marcar como o Villas Boas afirmou no flash interview (onde lá se descaiu que o SLBenfica foi prejudicado com o Guimarães). Está aqui à vista (by nsalta):



Entretanto (cortesia da TertuliaBenfiquista), segue o tal Minuto 77 que Villas Boas fala... vou ver isto mais umas 380 mil vezes para encontrar o tal penalty, ou será que ele fala do cuspo?:



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Um raio de esperanca?...

 ●  5 comentários  ● 
O árbitro do Marítimo-Benfica recebeu má nota (2,4 – Insatisfatório - numa escala de 1 a 5) sendo penalizado nomeadamente por não ter assinalado uma grande penalidade sobre Javier Saviola e por ter mostrado, indevidamente, o cartão amarelo a Fábio Coentrão.

A actuação do árbitro João Capela, no Marítimo-Benfica da sexta jornada da Liga Zon-Sagres, foi classificada como «insatisfatória» pelo observador.

Numa escala de 1-5, João Capela recebeu 2,5, sendo-lhe imputados erros ao não assinalar uma grande penalidade cometida sobre Javier Saviola e ao mostrar indevidamente, por má interpretação, o cartão amarelo a Fábio Coentrão.

Recorde-se que ao árbitro Olegário-Benquerença, no V. Guimarães-Benfica, foi atribuída a nota de 2,3, correspondente a um «muito insatisfatório», numa partida que mereceu amargos reparos dos encarnados.

A classificação dos árbitros é feita nos seguintes parâmetros, de 1 a 5: 1 a 1,9 – Fraco; 2 a 2,4 – Muito Insatisfatório; 2,5 a 2,9 – Insatisfatório; 3 a 3,4 – Satisfatório; 3,5 a 3,9 – Bom; 4 a 4,4 – Muito Bom; 4,5 a 5 – Excelente.

in "A Bola"

Pelos vistos o roubo de Capela no jogo contra o Maritimo valeu-lhe classificacao negativa no relatorio do observador. Tendo em conta as escutas e que tanto este arbitro como o Olarapio tiveram avaliacoes negativas pelos observadores concluo que pelos vistos alguns dos tentaculos do polvo ainda nao regeneraram totalmente e que neste momento os observadores nao estao completamente sob o jugo dos Corruptos.

Ao contrario dos donos do apito que como e sabido tem tido um desempenho digno da decada de 90 este ano.

"O Jogo" (Oliveira) assume a defesa do Sistema

 ●  5 comentários  ● 
VERGONHOSO TÍTULO! Nem sequer o subtitulo "Fibra e golaço" desculpa a miserável chamada de capa que escolheram para a excelente exibição do Carlos Martins.

O GB tem dito problemas, mas eu vou chamar os bois pelos nomes: O Joaquim Oliveira, através do seu jornal, deve achar que o Carlos Martins utiliza daqueles comprimidos amarelos que fazem cair o cabelo, que o Administrador da SAD do clube corrupto, aquele tipo que trata as gordas, faz lá no seu laboratório e dá aos jogadores do CRAC.

Esta veia, Sr. Joaquim Corrupto, esta veia é de raça, de trabalho, de vontade... ali corre sangue VERMELHO! Nas veias corre sangue VERMELHO, seus corruptos.

Como já é preconizado pelo MVICC no site oficial, eu já enviei a minha queixa para a ERC.

Deus Perdoa... a Gloriosasfera, não!

 ●  7 comentários  ● 
Porque a Gloriosafera não brinca! Porque a Gloriosasfera tem um mandato universal para defender o SLBenfica, o Movimento para Impugnação dos Campeonatos Corrompidos já arrancou.

O site está em http://www.mvicc.gloriosasfera.com e destina-se a publicar, além de tudo o que venha a ser decidido pelo movimento, artigos de opinião dos membros sobre a corrupção.

Quem pretenda escrever e participar no MVICC público informem, por favor, atrávés do email movimentovicc@gmail.com. O site utiliza a plataforma do blogspot, a mais utilizada entre os Benfiquistas.

Está também a ser últimado um site de acesso privado para apresentação de propostas, discussão e votação em endereço a divulgar apenas aos participantes do movimento.

Os membros que desejem participar de forma activa, apresentar propostas, discutir e votar as mesmas, deverão enviar um email para movimentovicc@gmail.com.

CARREGA BENFICA!

domingo, 3 de outubro de 2010

Benfica 1 Braga 0 - Os autocarros destroem-se à bomba!

 ●  10 comentários  ● 
Apos a derrota contra o Schalke 04 na Alemanha, tenho que dizer que estava apreensivo quanto a reaccao que a nossa equipa e adeptos iriam ter no jogo de hoje contra um dos aliados do Porto. E so posso dizer que fiquei bastante feliz com a grande reaccao da equipa e dos jogadores! A equipa demonstrou uma grande forca psicologica em superar o desaire na Alemanha (que so aconteceu por causa de dois erros individuais num jogo bastante razoavel da equipa). E os adeptos responderam a chamada (embora em numero menor do que o esperado) e apoiaram a equipa.

Na 1a parte o jogo so deu Benfica. O Benfica entrou mandao no jogo e rapidamente encostou o Braga as cordas e asfixiou a equipa adversaria com movimentacoes bastante interessantes de Maxi Pereira, Coentrao e Aimar (que parecia ter um alvo nas costas de tanta porrada que levou dos "Guerreiros do Minho"). A equipa recuperava rapidamente a bola e fazia jogadas envolventes mas em que o ultimo passe falhava algumas vezes.
No fim da 1a parte parece que o Porto B se lembrou que estavam ali para jogar a bola e la decidiram por os reflexos do Roberto a prova (uma defesa magistral - agora que esta com confianca ja se comeca a perceber as suas qualidades).

No entanto, na 2a parte notou-se um decrescimo na qualidade de jogo do Benfica e uma subida do Braga por demerito da nossa equipa. Nao que tenham conseguido criar algum lance de perigo mas deixaram de jogar com 10/11 jogadores atras da linha de meio campo e pressionaram mais a nossa defesa. Foi tambem nesta altura que se notou que o Saviola estava numa noite desinspirada ao falhar um golo incrivel depois de uma boa jogada de Kardec. Pelos vistos nao e so o Cardozo que os falha.
Quando o JJ ja se preparava para fazer sair o Saviola e o Carlos Martins, estes criam o golo do Benfica. O primeiro tirou um coelho da cartola e o segundo destruiu o autocarro do Braga a bomba.

Apos o golo, o Benfica so teve que gerir a posse de bola e nao deixar o Braga criar situacoes de perigo. Foi engracado ver o Porto B a correr atras do prejuizo depois de terem andado a queimar tempo ate ao golo (A substituicao do Vandinho meteu vergonha.). E ainda podiamos ter marcado mais um se o Coentrao tivesse tido mais sangue frio no momento da verdade.
No final so me resta salientar que foi um resultado inteiramente justo pois so uma equipa procurou a vitoria: o Benfica. O Braga veio a Luz com o intuito de empatar e arredar-nos de vez da luta pelo titulo em vez de jogarem para os seus objectivos.

Uma nota final para uma melhoria exibicional do Gaitan que hoje jogou a um nivel bastante interessante e para as movimentacoes do Kardec. Nota-se que esta em baixo de forma mas e um jogador bastante interessante. Diferente do Cardozo, nao e um matador mas nao deixa de ser perigoso e de abrir imensas brechas nas defesas adversarias para os companheiros aproveitarem. Sao jogadores diferentes e acho que ate nem seriam incompativeis na mesma equipa.

A equipa de arbitragem esteve razoavel, embora os 6 minutos de compensacao tenham sido exagerados bem como ter pactuado com as perdas de tempo do Braga.

Homem do jogo: Carlos Martins. Foi subindo de nivel ao longo do jogo. O golo foi de grande qualidade pela recepcao da bola e pela facilidade de remate com o seu pe menos forte.

Positivo: Reaccao do Benfica ao resultado aadverso do meio da semana. Carlos Martins. Maxi Pereira. Aimar. Subida de forma de Gaitan.

Negativo: Postura da equipa do Braga. Completa falta de ambicao, e so se esforcaram por discutir o resultado depois de se verem a perder. David Luiz algo inseguro.

MVICC - Movimento Vamos Impugnar Os Campeonatos Corrompidos

 ●  22 comentários  ● 
Surge, como sempre na blogsfera benfiquista, a ideia de criar um movimento que vise Impugnar Os Campeonatos Corrompidos. O que acham os benfiquistas?

Disponíveis para ajudar?
Como pensam que poderiam ajudar?

Maré Vermelha exige-se!

 ●  10 comentários  ● 
Se para bem do nosso clube e do futebol português TODOS os benfiquistas devem boicotar a sua presença nos jogos fora de casa como medida para dar uma importante estocada no sistema, em casa EXIGE-SE que adiram em massa! Não se desculpa que hajam lugares vazios, e todos seremos culpados se tal acontecer! Os jogadores e equipa técnica precisam de todo o apoio que lhes possamos disponibilizar e do inferno da luz para vergar todo e qualquer oponente! Se as vezes há desculpa por ser dia de semana, hoje não é o caso!

Esta noite jogamos contra um dos clubes alinhados com o sistema, o mais forte afilhado de sua santidade D. Corleone Bufão, não duvidem duas vezes que eles tudo farão em termos de anti-jogo e da perfídia para que os nossos jogadores não consigam expor toda a sua qualidade e que ainda sejam castigados.

É preciso pressionar essa gente sempre que tocar na bola! Façamo-los sentir como se estivessem no banco dos réus do caso " Casa Pia"! É necessário martelar-lhes a confiança até que ela não exista!

Ataquem o árbitro sempre que ele decida segundo as indicações da casa mãe! Temos de faze-lo sentir-se como se estivesse na sala de partos!

TODOS A APOIAR O BENFICA!

Agora, além desta mobilização da massa adepta e da resposta dentro de campo que se exige, também temos de não descurar a resposta fora de campo, que tenho a esperança que esteja a ser preparada neste momento que me dirigo a vós.

É claro que é necessário manter o sigilo na estratégia contra o sistema, e atacar quando tiverem o flanco exposto. Espero que desta vez os dirigentes benfiquistas tenham o plano bem estudado e que dêem uma goleada a este sistema extremamente experiente nestas andanças.

Temos de atacar as eleições da FPF! O Benfica tem de ter um candidato imparcial e apoiar a sua candidatura! O Benfica tem de atacar todos os que ameaçam e realizam a morte da isenção no futebol português! O Benfica tem de tentar estorvar e impedir sempre que possível todas as movimentações corruptas da corja! O Benfica tem de exercer a sua influência junto das associações de futebol, altamente subjugadas neste momento ao polvo! O Benfica deve defender novos estatutos tanto para a Federação, como para outras instituições desportivas, de maneira a tornar o futebol português mais transparente! O Benfica tem de actuar junto do sistema judicial, altamente corrompido, para que as suas decisões deixem de estar restringidas!

Nunca nos podemos rebaixar e pensar que se não nos vencemos temos de nos juntar a eles, como muitos vieram defender em relação as eleições da liga, em que como "não seria possível derrotar a candidatura do Fernandinho Gomes, o melhor foi então apoiá-lo de maneira a tentar angariar a sua boa vontade". Bem viram o grande erro que foi da direcção... agora pede-se que corrijam esse tipo de conduta nos bastidores do futebol português. O Benfica tem de ter os seus candidatos e defende-los até ao fim!

Tal como o vermelhusco mostrou em A morte da justiça portuguesa, novas escutas do apito dourado, o sistema se move em todo o tipo de terrenos, e não dorme em serviço. São arbitros, juizes, presidentes de comissões de arbitragem, presidentes de liga, presidentes de federação, presidentes de associações de futebol, comunicação social, dirigentes de clubes, jogadores...

Eles não dormem em serviço e muito menos devemos dormir nós! Temos de atacá-los e dificultar a sua vida em todos os momentos! Temos de vergá-los as velhas máximas que deviam ser sempre aplicadas... O CRIME NÃO COMPENSA! A MENTIRA VEM SEMPRE AO DE CIMA!

ranking