O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Ao ridículo que Vieira chega!

Avatar
 ●  + 51 comentários  ● 

Via "Papoilas do Biscaia"
Que presidente de um grande clube europeu se dava a este papel ridículo?

Claro que para Vieira o que interessa é alimentar a "máquina" Mendes. Daí o sorriso enorme do empresário.


TESTE: Quem é capaz de ser árbitro de futebol?

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 
Acho que mais tarde ou mais cedo, quando o vídeo árbitro tiver sido implantado e depois retirado do jogo por todos perceberem que estava a matar o futebol dentro das quatro linhas, e que fora delas a polémica e a contestação continuava a existir (e como eu prevejo, até a piorar), todos vão ter de perguntar a si próprios se:

1. Aceitam o erro arbitral como parte do jogo, aceitam que numas semanas beneficia uns e em outras prejudica os mesmos, acreditam na honestidade de quem dirige os jogos (mesmo quando prejudica os seus clubes), e aí sim vale a pena continuarem a gostar do jogo e a dedicar-lhe tanto da sua paixão;

2. Ou então, se não confiam, se de tudo desconfiam e em tudo vêm erros intencionais, o melhor é dedicarem a sua paixão a outro hobby qualquer, porque se torna difícil perceber o que é que retiram do jogo que seja benéfico para si;


A verdade é que o erro arbitral é parte integrante do jogo, daí ser se calhar o único desporto com regras tão subjetivas, que fazem com que o juízo de cada lance seja QUASE sempre fruto do CRITÉRIO de interpretação de quem apita.

A grande maioria dos MUITOS programas televisivos de debate de bola existem porque jogam (e ganham a vida) nesta zona cinzenta provocada por esta subjetividade, porque esta zona cinzenta potencia o debate e a intriga, e porque as regras do jogo permitem que um lance visto na TV de 10 ângulos diferentes e em camera lenta, tenha ainda assim 3 comentadeiros sentados à mesma mesa quase a andar à chapada e a dar diferentes juízos ao mesmo lance.

Como já aqui escrevi, por pouco tempo mas já andei dentro dos campos de futebol de 11 de apito na boca. Isto não faz de mim um “expert” na matéria em termos de interpretação dessa zona cinzenta de cada lance, mas faz de mim um conhecedor das dificuldades do ofício e da impossibilidade de em muitos lances haver um juízo correto.

Para quem tem a mania de ver só em cada erro arbitral (especialmente nos foras-de-jogo, como por exemplo o golo anulado ao Sporting contra o Marítimo), intencionalidade ou incompetência (em vez da impossibilidade de um juízo 100% correto fruto das limitações humanas como eu aqui tantas vezes defendo), eu sugeria um pequeno exercício:

Será que no Ténis, nos grandes torneios, aqueles árbitros que passam o jogo TODO a olhar APENAS e só para uma linha estática desenhada no court, com a ÚNICA função de ver se a bola bate dentro ou fora do campo, também são incompetentes ou “vendidos” de cada vez que vem o Olho de Falcão provar que tantas vezes os seus juízos são errados? Esses também são comprados pelo Federer ou pelo Nadal?!  

Pensem nisso companheiros, porque se no Ténis é assim com linhas estáticas, imaginem o quanto mais difícil é num jogo de futebol com 22 pessoas em constante movimento e sem linhas fisicamente desenhadas no campo que facilitem a interpretação de alguns lances.

Os debates televisivos de futebol existem por causa desta palhaçada da zona cinzenta. No dia em que não houvesse erros para apimentar a coisa, alguém iria perder tempo a ver este programas para falar da jogada bonita do Aimar ou daqueles excelente desenho tático do Rui Vitória?! Mas alguém tem interesse em discutir o FUTEBOL depois do jogo acabar e dos pontos do jogo estarem atribuídos?!

Em resumo, sim, mantenho-me no primeiro grupo, no grupo que acredita na honestidade de quem apita (nos dias de hoje), no grupo que acredita que ao longo do campeonato, com erros a favor e erros contra as contas no fim ficam mais ou menos bem saldadas, no grupo que acredita que a maior parte das vezes que um clube fala de árbitros é para escamotear culpas próprias, e no grupo que acredita que os árbitros são humanos, e que para “ajudar” à sua já se si dificílima missão, têm ainda de lidar com a pressão gigantesca das massas adeptas e de jogadores no próprio campo sempre à espera da primeira oportunidade para os enganar.

A juntar a isto, temos um futebol que se transformou no futebol dos “Prolongamentos”, dos “Play Offs” e dos “Dias Seguintes”, com advogados, engenheiros, feirantes, comentadeiros e até jovens prodígios do Damaiense, a querer serem eles os “entendidos” definidores dos critérios de análise desses lances cinzentos, fazendo com que muitos árbitros comecem a apitar, não como vêm os lances no relvado mas sim como os mesmos serão vistos quando estes futeboleiros de pacotilha os analisarem na TV, esta gente que nunca deu um chute na bola ou que eram os gordos que iam sempre à baliza, e que não sabem sequer que o contacto no futebol sempre foi permitido (até certo ponto) e que futebol nunca foi Ballet.

Para acabar, e porque estou farto desta conversa de árbitros, semana após semana apenas para desculpar erros próprios dos clubes, sugiro que vejam o vídeo deste post e me digam em quantos lances destes acertam e quantos de vocês eram capazes de ser árbitros, daqueles que nunca erram, que é o que nós exigimos aos outros.

NOTA: Compreendam no vídeo a dificuldade de no campo analisar um fora de jogo a ter de olhar para a bola a partir ao mesmo tempo, sem TVs nem repetições.




O futebol vive de resultados. E o de ontem foi mau!

Avatar
 ●  + 33 comentários  ● 
O que faz Luisão perante o único jogador do Setúbal que está à sua frente?

Luisão deixa o jogador avançar, não se antecipa e o Benfica sofre golo.

Bastam os resultados começarem a correr mal e há quem comece logo a baralhar as coisas. 

Não é por a equipa não estar a corresponder e por nos últimos jogos termos perdido pontos e a Taça da Liga que se vai pedir a cabeça do treinador ou seja de quem for. Não é situação para isso. É com este plantel e com esta equipa técnica com que se vai até ao final da temporada lutar pelo que resta.

Mas a exigência de estar no Sport Lisboa e Benfica não se coaduna com palmadinhas nas costas ou desculpas por insucessos. Isso é bom para clubezecos!

Essa conversa “do apoiar” é ridícula! Quem tem que puxar pelos adeptos é a equipa com o seu empenho, com o seu esforço! Com o seu melhor! 

O futebol vive de RESULTADOS! Querem cantar canções de “amor” a bater palminhas juntem-se aos escuteiros, pah.

Muito menos se pode ou deve retirar qualquer pressão quanto à estrutura, treinadores ou jogadores. Quem não souber lidar com a pressão não está a fazer nada no Benfica!

A realidade é que a equipa não está a jogar nada, Rui Vitória não está a conseguir travar a degradação das exibições e os resultados maus estão a começar a surgir.

Acho que está a faltar um pouco de coragem a Rui Vitória para mexer na orgânica da equipa e “encostar” alguns nomes que não estão a corresponder ou que perante a estrutura actual da equipa não estão a resultar.

Fica claro que Zivkovic tem que ser o “pensador” do nosso jogo visto não haver mais ninguém com a sua qualidade de passe ou visão de jogo, que Luisão não tem condições para jogar a titular pois joga desconcentrado como se viu no golo do Setúbal e que temos uma clara insuficiência a meio campo que já nos custou dissabores até na temporada passada.

Não chega despejar alas para o campo quando depois no meio não temos quem ajude Fejsa a fechar mas também a construir. E que adianta insistir em Jonas em campo quando o mesmo não estiver num bom dia?

Há que ter coragem, caro Rui Vitória. 

Este Benfica já fez bem melhor e tem que voltar a fazê-lo, urgentemente! 

P.S.: São ridículos os “recados” que estão a ser enviados para a CS sobre a arbitragem! O Benfica não perdeu pontos pela arbitragem! Perdeu porque não jogou o suficiente para os merecer!

O que espero é que a “estrutura” do Benfica tenha a coragem de denunciar que há um clube que se tem ganho jogos é porque tem sido favorecido! Isso sim! Mas voltarei a esse tema, muitas vezes.

Em lances importantes no mesmo momento de jogo, marca-se sempre a favor do FCP e nunca se marca a favor dos outros.

Nos momentos fracos, a força da vitória!

Avatar
 ●  + 47 comentários  ● 

Fico imensamente feliz que o Benfica não seja liderado por aqueles que impelidos pela vontade de mostrarem a sua opinião, escolhem os momentos bons para relativizar os méritos e os momentos maus para encontrar culpados.

Como disse uma vez Luis Filipe Vieira, nas poucas frases da sua autoria que me revejo: "Só não falha quem não tem que decidir".

Agora é tão facil dizer que a culpa é do Luisão, do Pizzi, do Carrillo, do André Almeida... enfim, com jeitinho podemos dizer que a culpa é de qualquer um, na medida em que têm estado todos em momentos de rendimento abaixo do que nos têm habituado.

Incrível como há um mês e meio os mesmos adeptos que apelidam a equipa de medíocre, são aqueles que exultavam termos um plantel completo e que dava para ter duas equipas de grande qualidade.

Da minha parte não tenho grandes dúvidas: O Benfica vai ser campeão! 

Tal como fiz na época de Trapattoni, vou estar na Luz em todos os jogos a apoiar, talvez ainda vá sair desiludido de alguns jogos, talvez não! Mas vou sempre acreditar no título e tenho motivos para isso porque, caso ainda não tenham percebido, o SLBenfica é o líder da classificação!

Eu estou-me nas tintas para todo os que praticam esse desporto de destilar ódio e frustração em cima da equipa do SLBenfica. Pois eu prefiro acreditar já no próximo jogo... e se correr mal, quero acreditar no seguinte.

Sim, eu sei que "algo" se passou no futebol português que fez FCPorto e SportingCP calarem-se sobre as arbitragens desde aquela famigerada reunião na FPF. Depois disso o Benfica foi roubado em três golos (três) com o Boavista, em dois lances capitais com o Tondela, num golo ilegal com o Moreirense e agora num penalty com o Setúbal.

Se acho que isso é o motivo das perdas de pontos? Não! Penso que um clube como o Benfica tem a obrigação de vencer estes jogos contra os adversários e contra erros de arbitragem. Mas isso não faz com que me esqueça de que "algo se passou".

Seja como for, mantenho intocável a convicação de que vamos ser campeões! É com essa convicção que estarei na Luz e continuarei a apoiar o SLBenfica em todos os jogos estamos nós em primeiro, ou em segundo lugar - onde sinceramente nao acredito que venhamos a estar até Maio.

Aceito que qualquer um de vós venha para os blogs, redes sociais, cafés e mensagens aos amigos deixar as suas frustrações. Podem trazê-las todas, porque me são totalmente indiferentes perante a minha convicção genuína que vamos ser campeões.

E desejo até que haja muitos destes profetas da frustração e da desgraça, pois será em cima desse descrédito que vamos construir o sucesso que em Maio fará esses frustrados saltar a gritar "O Benfica é Campeão".

Deixo um abraço especial, então, a todos esses adeptos que acreditam sem pestanejar que o SLBenfica deveria vencer todos os jogos e que sempre que tal não acontece, os jogadores são fracos, não deviam jogar o A, o B ou Z e que já agora o treinador não é competente e pode ser despedido na primeira oportunidade.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Liga da Verdade NGB 16/17: Benfica 51 Pts Vs Porto 45 Pts (19ª Jornada)

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 

SLB (Principais Casos de Arbitragem) 
2J Benfica 1-1 Setúbal (Manuel Oliveira AF Porto) Vitória (+2) (Prejuízo Indiscutível! Golo Irregular evidente do Setúbal
10J Porto 1-1 Benfica (Artur Soares Dias AF Porto) Empate (=) (Benefício? CA dá razão em relação ao tipo de lances de braço/mão na área do Benfica. Benefício da dúvida)
12J Marítimo 2-1 Benfica (Vasco Santos AF Porto) Empate (+1) (Prejuízo? Pelo menos 1 dos penaltys deveria ter sido assinalado, sobre Nelson Semedo ou sobre Salvio. No 2º Golo do Marítimo pode ter existido obstrução a Ederson
13J Benfica 2-1 Sporting (Jorge Sousa AF Porto) Vitória (=) (Benefício? CA dá benefício da dúvida em relação às mãos na área)
14J Estoril 0-1 Benfica  (Bruno Paixão AF Setúbal) Vitória (=) (Prejuízo? Penalty não assinalado sobre Jimenez. Penalty bem assinalado por carrinho e corte evidente com o braço, que originou Golo)
17J Benfica 3-3 Boavista (Luís Ferreira AF Braga – Advogado do Apito dourado) Vitória (+2) (Prejuízo Indiscutível! 3 Golos Irregulares evidentes do Boavista)
19J Setúbal 1-0 Benfica (João Pinheiro AF Braga) Empate (+1) (Prejuízo? Possível Penalty, mão na Bola do jogador do Setúbal na grande área a remate de Mitroglou. Penalty não assinalado sobre Carrillo. Pelo menos 1 dos 2 Penaltys deveria ter sido assinalado.)

“Liga da Verdade – NGB” - Benfica ficaria com +6 Pontos 

Melhor Cenário para o Benfica: +10 Pontos. 
Vitória contra Setúbal (+2), Empate contra Porto (=), Vitória contra Marítimo (+3), Vitória contra Sporting (=), Vitória contra Estoril (=), Vitória contra Boavista (+2), Vitória contra Setúbal (+3)
Pior Cenário para o Benfica: +0 Pontos.  
Vitória contra Setúbal (+2), Derrota contra Porto (-1), Derrota contra Marítimo (=), Derrota contra Sporting (-3), Vitória contra Estoril (=), Vitória contra Boavista (+2), Derrota contra o Setúbal)


FCP (Principais Casos de Arbitragem) 
3J Sporting 2-1 Porto Empate (+1) (Tiago Martins AF Lisboa) (Prejuízo? No 1º Golo não existe falta sobre Slimani. Golo irregular | Casos das mãos nos Golos do Sporting, CA dá Benefício da dúvida ao árbitro neste tipo de lances)
5J Tondela 0–0 Porto Derrota (-1) (Hugo Miguel AF Lisboa) (Benefício? Penalty de Felipe
9J Setúbal 0–0 Porto Vitória (+2) (João Pinheiro AF Braga) (Prejuízo? Penalty sobre Otávio
10J Porto 1-1 Benfica Empate (=) (Artur Soares Dias AF Porto) (Prejuízo? CA dá razão em relação ao tipo de lances de braço/mão na área do Benfica. Benefício da dúvida)
11J Belenenses 0-0 Porto Empate (=) (Manuel Oliveira AF Porto) (jogo sem casos polémicos) 
16J P. Ferreira 0–0 Porto Derrota (-1) (Artur Soares Dias AF Porto) (Benefício? Penalty de Alex Telles)
18J Porto 4–2 Rio Ave Vitória (=) (Jorge Sousa AF Porto) (Benefício? 2 expulsões perdoadas a Felipe e Layun até ao momento em que perdia por 1-2 e o 1º Golo do Porto foi em fora-de-jogo

“Liga da Verdade – NGB” - Porto ficaria com +1 Ponto

Melhor Cenário para o Porto: +7 Pontos 
Vitória contra Sporting (+3), Empate contra Tondela (=), Vitória contra Setúbal (+2), Vitória contra Benfica (+2), Empate com Belenenses (=), Empate contra P. Ferreira (=), Vitória contra Rio Ave (=). 

Pior Cenário para o Porto: -5 Pontos
Derrota contra Sporting (=), Derrota contra Tondela (-1), Empate contra Setúbal (=), Empate contra Benfica (=), Empate com Belenenses (=), Derrota contra P. Ferreira (-1), Derrota contra Rio Ave (-3). 


Liga da Verdade NGB (Diferença de 6 Pontos entre SLB e FCP) 
Benfica: 45 + 6 = 51 Pontos 
Porto: 44 + 1 = 45 Pontos 

Melhor Cenário (para SLB & FCP) (Diferença de 4 Pontos entre SLB e FCP) 
Benfica: 45 + 10 = 55 Pontos 
Porto: 44 +7 = 51 Pontos 

Pior Cenário (para SLB & FCP) (Diferença de 6 Pontos entre SLB e FCP) 
Benfica: 45 +0 = 45 Pontos 
Porto: 44 -5 = 39 Pontos

Casos da Jornada (19ª Jornada): 

Possível Penalty de mão-na-bola na Grande área do Setúbal:


Penalty sobre Carrillo






















Apontamentos adicionais:  
1 ) Para se fazer uma análise séria é importante considerar golos irregulares sofridos ou marcados e possíveis penaltys favoráveis ou desfavoráveis (considerando que seriam marcados golos), ou seja, lances que têm influência directa no resultado final. Na análise foram considerados jogos onde Benfica e Porto perderam pontos e/ou existiram vitórias contestadas. 

2) Numa Liga da Verdade "séria" deve ser dada a opinião dos Autores da Análise, e além disso deve ser comparado o Melhor Cenário para ambos os clubes e comparado o Pior Cenário para ambos os clubes

3) Numa análise "séria" nunca se deve fazer o que faz Rui Santos e a sua "Liga da Treta" fazem, onde é comparado um cenário optimista para o Porto e um cenário pessimista para o Benfica, indo contra a opinião de ex-árbitros e a posição oficial do CA (Conselho de Arbitragem) em relação aos lances que envolveram mãos ou braços nas grandes áreas, de forma a apresentar a sua tendenciosa análise em prejuízo do Benfica e em benefício do Porto.

4) Como curiosidade, nos 5 jogos polémicos do Benfica estiveram envolvidos árbitros do "velho sistema" (da AF Porto e AF Braga), e quase sempre com decisões que implicaram perda de pontos para o Benfica. Nos últimos 4 jogos dos 7 jogos polémicos do Porto, estiveram envolvidos 4 árbitros do "velho sistema" (AF Porto), que em vários casos de dúvida beneficiaram o Porto.

5) Quanto ao Sporting, quem tem de se preocupar com esse clube é o SC Braga e o Vitória de Guimarães, na luta pelo 3º lugar no Campeonato Nacional da 1ª Liga.

#LigaDaVerdadeNGB

PS: A "Liga da Verdade NGB" voltará a ser publicada e actualizada quando existirem factos significativos que mereçam destaque, até final da época!

A sobranceria paga-se quase sempre caro, mas os maus sinais têm vindo de cima!

Avatar
 ●  + 55 comentários  ● 
De que nos vamos queixar hoje? Do penalty no último segundo pois claro, que ocultará tudo o resto e tudo o que não fomos capazes de produzir, mais uma vez, contra uma equipa de terceira categoria.

Evidentemente, nem Porto nem Sporting se atrasaram no campeonato por causa dos árbitros, nem o Benfica perdeu a Taça da Liga ou viu diminuída a vantagem que tem no Campeonato por causa dos árbitros.

Os pontos perdem-se (quase sempre) quando não se joga nada, que foi o que o Benfica fez contra o Boavista, que fez em 45 minutos com o Tondela, que fez em 90 minutos com o Moreirense e que voltou a fazer hoje em 90 minutos com o Setúbal.

E quando se joga pevide, passa-se pois o jogo a escrutinar a 100% todos os juízos do homem do apito, porque de facto a incapacidade futebolística é tanta que qualquer esmola arbitral é bem vinda: um penalty, um pontapé de canto, até um lançamento de linha lateral se preciso.

Pode-se sempre tentar enganar as massas, pode-se sempre tentar atirar poeira para os olhos das pessoas para as desviar do essencial, mas a verdade também é que por detrás do ruído que se levanta para desviar as atenções, os adeptos não são estúpidos, nem os encarnados, nem os azuis nem os verdes, e percebem quase sempre que as sequências de maus resultados são alicercerados no que as más exibições dos seus clubes merecem.

Causas?

Má forma de alguns jogadores? Óbvio. Acontece, todos os clubes passam por estas fases e talvez esta seja a nossa.

Jogadores que perderam o foco?! Não duvido. Não duvido que o catálogo da La Redoute já esperava ter o Lindelof em Manchester por esta altura e ter o Jimenez na China. Sonhou com isso o Benfica e os jogadores também certamente. Talvez seja preciso tempo para reajustar o chip.

A venda de Gonçalo Guedes? Claro! Um clube que diz que não precisa de vender em Janeiro mas que depois não tem capacidade para segurar o seu jogador em melhor forma mais uns meses, percebe se calhar já hoje que a diferença entre ter Jonas ou Guedes na frente é a diferença entre ser capaz de jogar a 100km/h ou não passar dos 20.

Jogadores que precisam de jogar para serem vendidos, mesmo que não estejam a jogar a ponta de um corno? Só não vê quem não quer. Para mim nem tanto pelo Sálvio, mas Lindelof é um exemplo crasso! Tem sido demasiado fraco para manter Jardel no banco, ainda por cima para por o Sueco a jogar no lado em que o Brasileiro é mais forte! Mas o sueco tem de ser vendido... E se eu fosse o Jardel também estaria f*#?do!

Pizzi e Fejsa no meio?! Já tanto se bateu nesta tecla e nada se fez, que passa a ideia de que são os adeptos que não pescam nada disto. Mas pescam, essa é que é a verdade. Nada contra o Fejsa e o Pizzi de facto, mas vê-los a jogar em sub-rendimento, ultimamente a jogar quase parados, a jogar sempre só porque sim, ou porque na realidade no Benfica não há outros para os seus lugares, faz-me realmente perguntar que raio de planeamento de época é este e que raio de flexibilidade tática se quer dar à equipa (para mais quando já eram conhecidas as consequências desta fórmula o ano passado)!

Claro que Rui Vitória tem também de assumir a sua quota parte de culpa neste mau momento, e este ano não se pode queixar nem de falta de fartura nem de investimento. Neste momento vê-se uma equipa a assentar o seu jogo bem mais no brilhantismo individual do que no coletivo que não tem.

Mas na verdade também, os interesses financeiros a sobreporem-se em todos os Janeiros aos interesses desportivos não vem de hoje. LFV tem sido perito neste tipo de abordagens e neste tipo de favas com que contempla os seus treinadores a meio da época, quando se está no calor da luta e os treinadores têm de ir buscar (e criar) novas soluções.

Neste momento o que se vê essencialmente é muita falta de concentração e de foco da parte de alguns jogadores. Infelizmente tenho de dizer que a destabilização tem vindo de cima, de três ou quatro jogadores com um pé na Luz e outro lá fora, e desta ideia que se criou que deste Benfica poderiam sair já dois ou três titulares hoje, e que quem ficasse chegaria e sobraria para dar conta do recado.

A sobranceria paga-se quase sempre caro, mas os maus sinais têm vindo de cima!

V. Setúbal - Sport Lisboa e Benfica

Avatar
 ●  + 70 comentários  ● 

Onze inicial do Benfica: Ederson;, Nélson Semedo, Luisão, Lindelof e André Almeida; Fejsa, Pizzi, Zivkovic e Cervi, Jonas e Mitroglou.

É para ganhar!!!

Negar o Apito Dourado é atacar o Sport Lisboa e Benfica. Parte II

Avatar
 ●  + 18 comentários  ● 
Adriano Pinto foi fundamental no controle da arbitragem


No seguimento do post "Negar o Apito Dourado é atacar o Sport Lisboa e Benfica. Parte I", volto a falar do ataque de Pinto da Costa às estruturas do futebol de forma a garantir a sua sobrevivência na presidência do FC Porto. E isso só se vai conseguir com o FC Porto campeão.

O que Pinto da Costa parece também esquecer é que uma das únicas pessoas que ousou fazer frente ao presidente do FC Porto não teve medo de decidir o seguinte:

"FC Porto perde seis pontos, Pinto da Costa suspenso por dois anos, Boavista despromovido


A decisão foi anunciada por Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

A CD puniu também João Loureiro, antigo presidente da SAD do Boavista, com uma suspensão de quatro anos e uma multa de 25.000 euros.

Além da perda de seis pontos, o FC Porto foi punido com uma multa total de 150.000 euros, e Pinto da Costa condenado ao pagamento de 10.000 euros, na sequência de dois processos instaurados pela LPFP, por corrupção tentada, que condenaram ainda os árbitros Jacinto Paixão (quatro anos), José Chilrito e Manuel Quadrado (dois anos e meio)." - Sapo.


Ricardo Costa afrontou a corrupção. O FC Porto só não foi condenado fora do desporto e com descida de divisão porque as escutas telefónicas que todos conhecemos foram consideradas inválidas em tribunal. Uma "tecnicalidade" à portuguesa que safou os corruptos.

Mas numa altura da história do país em que outras escutas que comprometiam o então primeiro ministro foram mandadas destruir à pressa por um dos mais altos responsáveis judiciais do nosso sistema de justiça, isto também não foi estranho.

Aliás, bastava olhar para a tribuna do Estádio do Dragão para ver quantos juízes por lá andavam e andam.

A questão é só uma e foi alertada aqui no NGB ainda antes das eleições da FPF: o FC Porto precisa deste título de campeão e para isso faria tudo, mesmo recorrer aos métodos antigos.

O FC Porto tem que obrigatoriamente vender no final da temporada. E se não valorizar jogadores sendo campeão, não vai sequer ficar próximo dos cerca de 100 milhões de euros que necessita. 

Por isso apostou na indicação de nomes para o Conselho de Arbitragem da FPF, apostou na reaproximação a Fernando Gomes através do seu braço direito Tiago Craveiro(conhecido como "Cachecol do Porto") e pressiona à maneira antiga árbitros e jogadores adversários.

Também a "zanga" fingida com Joaquim Oliveira serviu só para enganar os otários. Joaquim Oliveira está em força novamente na marcação cerrada aos decisores do futebol. Não há evento na FPF em que não esteja na primeira fila. Até ontem, na final da Taça da Liga, estava com Pedro Proença e os presidentes de Moreirense e Braga na tribuna do Estádio do Algarve.

Na sequência da reunião secreta com Fontelas Gomes, estão à vista os resultados que dão vitórias ao FC Porto. Desta vez foi o "piscinas" André Silva a sacar um penalty ao burro do Moreira. Mas teria o árbitro marcado aquele penalty se fosse o Benfica ou o Sporting que estivessem na mesma posição de perder pontos? Nunca.

Daí que não tenha sido por acaso que Pinto da Costa atacou em público e de forma tão cobarde Rui Gomes da Silva e o Sport Lisboa e Benfica.

Mas até agora, alguém da estrutura do Benfica sequer ousou colocar este velho corrupto na linha? Não! Só silêncio! Quando se trata de responder ao FC Porto do Benfica nada se ouve! 

Nem presidente, nem vices, nem sequer o pau mandado no Dubai. Silêncio total.

Hoje não tenho a mínima dúvida que Rui Gomes da Silva continuará a defender o Sport Lisboa e Benfica no "Dia Seguinte". Podem gostar ou não do seu estilo, mas ninguém tem dúvidas que defende o Benfica! 

Hoje também vou estar atento a André Ventura e Pedro Guerra. Sempre tão bem informados e preocupados com o Sporting, quero ver se hoje têm a coragem de defender o Benfica deste ataque e desta mentira de Pinto da Costa!

Quero ver se hoje vão defender o Benfica e o futebol português deste "Apito Dourado II" em que o FC Porto torna a controlar o sistema e a usar a mesma fórmula de sempre: prejudicar o Benfica, afastar dos lugares cimeiros o Sporting para eliminar concorrência e controlar tudo na fase final do campeonato para poderem ser campeões!

Os burros lagartos e lampiões, portanto os fanáticos e com palas, que continuam a alimentar uma guerra estúpida entre Benfica e Sporting, não têm pelo que parece inteligência para ver o óbvio. Não sei onde é que andaram nos últimos 30 anos.

Um destes exemplos é este post no Mister do Café. Estranho como é que um blogue aparentemente bem informado vem fazer um post dando como exemplo de apoio ao Benfica Pedro Proença! Descobriu a pólvora que o Proença era sócio do Benfica! 

O que o Mister parece não lembrar é os momentos chave em que Proença entregou directamente ao FC Porto 2 títulos de campeão subtraídos ao Benfica! 

Nem sequer o Mister parece ter percebido que Duarte Gomes, Proença e Fontelas eram unha com carne até saírem da arbitragem e da APAF. Até Fontelas ter roído a corda a Proença e ter passado por cima do antigo árbitro para ir para a FPF.

Lá está: o fanatismo no apoio a Bruno de Carvalho e a necessidade de agitar o "anti-Benfica" faz com que o Mister do Café em vez de defender o Sporting defenda Bruno de Carvalho. São opções. Quando o seu clube ficar novamente a lamber os pés ao FC Porto, depois venha chorar.

No NGB continuaremos a defender o Sport Lisboa e Benfica e a denunciar os corruptos que infectam o futebol português desde os anos 80.

Continuaremos a lembrar o Apito Dourado e os roubos vergonhosos desde final dos anos 80. Quem não tiver memória disso ou não era nascido, que se informe antes de falar do que não sabe.

Há algo de muito sujo no futebol português

Avatar
 ●  + 24 comentários  ● 

É só a mim que me parece estranho que o treinador de uma equipa da I Liga, portanto adversário do Sporting também, seja tratado como funcionário deste clube?

Eu percebo a excitação do Sporting por o Moreirense ter vencido a competição depois de afastar o Benfica. Na prática o facto de terem eliminado o Benfica conta como #maisumtitulo para o Sporting.

Agora... destacar "em especial" (é uma citação) o Inácio na mesma medida em que destacam os seus próprios jogadores? 

É só a mim que me parece que estamos a falar de um treinador que na verdade é um funcionário do Sporting empregado num clube adversário, porque o treinador atual não tem boa relação com ele?

Não deixa contudo de ter a sua piada ver que esse funcionário do Sporting tem tantos títulos conquistados em dois meses no Moreirense, como o treinador que o afastou tem em dois anos no Sporting.

Por falar em títulos no Sporting, pelos vistos já há quem os compare ao Moreirense: "Agora seja o que Deus quiser. É regressar à minha casa. Conseguimos ganhar um troféu, incrível. Agora é tentar lutar pelo campeonato [no Sporting]. Se ganhámos aqui, também podemos ganhar lá"

domingo, 29 de janeiro de 2017

"Contra o Benfica" virou moda

Avatar
 ●  + 46 comentários  ● 
Dos adversários à imprensa, virou moda carregar a pressão no Benfica ignorando as exibições medíocres de quem tem como missão recuperar pontos ao Benfica.

Uma dessas equipas, com um futebol sofrível, voltou ontem a ter o caminho aberto pela arbitragem numa série de 4 jogos seguidos a serem-lhes oferecidos pontos sem mérito dentro de campo.

Este futebol português é uma palhaçada!

Desde que o Benfica é PREJUDICADO em todos os jogos e o FCPorto BENEFICIADO de forma escandalosa, nunca mais ninguém se queimou do estado da arbitragem. Aquela reunião foi muito útil, realmente

sábado, 28 de janeiro de 2017

Benvindos ao Apito Dourado - Temporada 2

Avatar
 ●  + 57 comentários  ● 
Quando foram as eleições da Liga o Shadows tentou avisar, mas poucos foram os que quiseram ouvir, tanto que estavam entretidos a mandar pedras ao treinador e presidente do Sporting, o que só quer dizer que a estratégia deles estava a iniciar na perfeição.

A consolidação foi feita há umas semanas, novamente notíciada pelo Shadows e mais uma vez ignorada pela generalidade ocupada novamente com o Sporting e com a troca de galhardetes, quando o Papa foi ao Jamor reunir sozinho com os líderes dos árbitros e da Federação ignorando a reunião geral que haveria no dia seguinte.

Digam que o homem lá em cima está velho e acabado, digam... a verdade é que ele deu a volta e está aí com um novo Sistema totalmente vergado à sua influência.

Temporada 2 do Apito Dourado (versão para totós):

- Garantir, na imprensa, o estímulo constante da co clima de guerrilha entre Benfica e Sporting de modo a manter os adeptos de ambos os clubes entretidos

- Fomentar, na imprensa, a ilusão de que o Benfica é ajudado pelas arbitragens e controla um suposto sistema.

- Substituir Vitor Pereira por Fontelas Gomes na arbitragem, colocando na sombra Paulo Costa - dado na estrutura da FPF como "não profissional" de modo a poder mover-se fora do radar.

- Assegurar a permanência do clima de guerrilha Benfica/Sporting através da imprensa, comentadores em programas desportivos e sempre suportados na ideia de que o Benfica é benefíciado.

- Aproveitar os momentos de necesidade de "apoio" da arbitragem para aumentar os "soundbytes" sobre o benefício do Benfica.

- Garantir a conjugação, em jogos-chave, de pressão da arbitragem sobre o Benfica e "simplificação do caminho" nos jogos do Porto - exemplo: três erros graves contra o Benfica no jogo com o Boavista em casa e quatro favorecimentos graves do FCPorto em casa com o Moreirense no mesmo fim de semana.

O esquema nem sequer dá muito trabalho a implementar, porque benfiquistas e sportinguistas são TÃO BURROS a discutir entre si o tamanho das pilinhas, que em apenas metado do campeonato, já o Fontelas fez este lindo serviço:


O castigo agora de Rui Vitória não foi de todo inocente e muito menos esqueceu a importância da guerra entre Sporting e Benfica. O treinador do Benfica, que qualquer pessoa é capaz de distinguir pelo seu comportamento correto, é suspenso por 15 dias e falha três jogos do Benfica (TRÊS!) para o campeonato, reparem que dificilmente algum treinador falhou esse número de jogos numa suspensão, porém o que eles quiseram imediatamente foi voltar a mandar a pressão para cima da guerra Sporting x Benfica.

Com a forma como as equipas hoje em dia treinam e as comunicações permitem que na verdade seja apenas uma questão de presença em campo (sempre importante, claro), o que a FPF quis com isto foi retirar o foco de cima do FCPorto novamente e virar os benfiquistas contra a FPF por comparação com os castigos perdoados ao Jesus.

Cair nessa falácia será "dar o ouro ao bandido".

O FCPorto montou uma teia para vencerem este campeonato e estão a fazer tudo o que for possível para tal. A posição do Sporting a 10 pontos da liderança também é, para eles, fundamental, na medida em que não seria possível ter a arbitragem a prejudicar duas equipas em simultaneo e então fizeram questão de cedo os afastar praticamente da luta pelo título.

Agora o mais grave e absurdo de tudo isto:

- O presidente do Sporting, ao que sabemos, não pretende desafiar esta situação, porque prefere claramente que o FCPorto seja campeão do que o SLBenfica.

Ou seja, em Alvalade a estratégia vai continuar a ser anti-Benfica de modo a garantir que, estando o Sporting afastado, pelo menos o Benfica não vence, mesmo que isso signifique facilitar a vida a quem está a regressar a tempos de influencia sobre as arbitragens e mesmo que isso signifique o Sporting continuar mais anos sem vencer. Desde que o Benfica não vença está tudo bem!

Pelo caminho, lá se vão vendo equipas como o Moreirense apresentar-se no Algarve com uma estranhíssima frescura física durante 75 minutos, com jogadores que sairam para o intervalo complemente de rastos e regressaram com uma frescura física de quem tinha trocado de corpo no balneário.

A gerência agradece ao Póvoas o apoio ao filho pródigo (Inácio) dos tempos da "amarelinha". Ele lá sabia do que falava quando apontou a Rui Vitória que tomasse "pastilhas" para a azia.

PARABÉNS A TODOS OS QUE VÃO CONTINUAR A ASSOBIAR PARA O LADO E CRITICAR O BENFICA OU A APONTAR AO SPORTING!!!!! O título de campeão do FCPorto agradece!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Com que então o Apito Dourado não existiu? Acabo de o ver!

Avatar
 ●  + 36 comentários  ● 




"O Conselho de Disciplina puniu com 15 dias de suspensão Rui Vitória, na sequência da expulsão do treinador do Benfica após o encontro com o Moreirense, de quinta-feira, a contar para a Taça CTT. 
Vitória recebeu ordem de expulsão de Tiago Martins no final do encontro e a secção profissional do Conselho de Disciplina - excecionalmente reunida à sexta-feira - considerou que cometeu "lesão da honra e reputação" da equipa de arbitragem, punindo-o ao abrigo do artigo 136 do Regulamento Disciplinar da Liga.
Além da suspensão, o treinador terá ainda de pagar uma multa de 3.825 euros.
Com este castigo, Rui Vitória irá falhar os próximos três jogos do Benfica na Liga: V. Setúbal, Nacional e Arouca, regressando ao banco no jogo com o Sp. Braga, da 22.ª jornada. Antes disso, terá ainda o jogo com o Borussia Dortmund da Liga dos Campeões onde, obviamente, o castigo não se aplica." - Record.

------------------

Como todos puderam ler nos vários posts sobre o jogo de ontem, nenhum blogger do NGB justificou a derrota com a arbitragem porque de facto não foi por ela que o Benfica perdeu.

Mas daí a ignorar o que se passou a partir de determinados momentos do jogo...

Foi o que Rui Vitória fez. Publicamente ninguém viu Rui Vitória referir-se à arbitragem mas teve a frontalidade de se dirigir à equipa de arbitragem no final do jogo.

Pois o que RV disse deve ter sido tão ofensivo que o Conselho de Disciplina, num tempo record, até se reuniu excepcionalmente e castigou RV com 15 dias. Um treinador sem qualquer historial de má conduta ou linguagem abusiva.

Tiago Martins deve ser mesmo uma pessoal especial. Com 34 anos, chegou a árbitro internacional com apenas três jogos na I Liga. O seu protector na arbitragem é alguém que gosta muito dele certamente.

Seja como for, em pouco mais de 15 dias, assistimos a 1 arbitragem que leva o FC Porto ao colo no seu jogo do campeonato, Nuno Espírito Santo já elogia os árbitros e o treinador mais cordial da Primeira Liga leva 15 dias de castigo cirurgicamente apanhando 3 jogos do campeonato nacional.

Tudo após a reunião secreta entre Pinto da Costa, Fontelas Gomes e Paulo Costa no Jamor.

Enquanto os paus-mandados do comentário desportivo ligados ao Benfica andam muito preocupados com o Sporting e com os prémios de Bruno de Carvalho, o FC Porto e os seus apaniguados vão colocando em prática o plano para chegar ao título.

Vou repetir: isto não é nada que não tivessemos avisado que ía acontecer, ainda nem sequer Fernando Gomes tinha anunciado a sua recandidatura à FPF.

Vamos ser anjinhos ou vamos colocar a FPF ao barulho?

--------------

Calado: "A pressão sobre os árbitros começa a dar frutos - em caso de dúvida, errar contra o Benfica".

►Abre a pestana Benfica!


Factos evidentes do jogo de ontem

Avatar
 ●  + 59 comentários  ● 

Mitroglou é o único ponta de lança que temos. O único que tem sentido de área e posicionamento. Faltando ele, não há outra alternativa no plantel.

Nem Jonas nem Jimenez fazem essa posição. Não é de agora que se sabe isso, e portanto é incompreensível como não só não temos alternativas no plantel como ontem Rui Vitória torna a insistir em meter Jonas sozinho como homem de área. Nem a 10 nem como ponta de lança. Jonas serve mas para ser um apoio ao 10(quando existe) ou ao ponta de lança.

De resto, a equipa esteve mal colectivamente. Esteve mal na abordagem ao jogo e na forma como o encarou marcando logo cedo.

E como já foi escrito neste blogue, a queda de forma da equipa não é de agora. 

As fragilidades estão à vista, e não é por falta de avisos desde a pré-temporada. Negar a realidade não resolve os problemas.

Não temos alternativa ao Fejsa, pois Samaris não é trinco. Mas como bem assinalou o Redmoon, no ano passado tínhamos o Renato Sanches que corria kms e ajudava a encher o meio campo. 

Falta um patrão no meio campo. Pizzi, por mais que o queiram endeusar, é um jogador pouco mais que banal e inconstante. Não é um Valdo, um Thern, um Enzo ou um Paneira, só para citar alguns. Não chega.

Além disso, quem não nota a diferença de qualidade no passe entre Pizzi e Zivkovic? Viram quantas bolas perigosas colocou Zivkovic na área assim que entrou? Notam as diferenças na visão de jogo? Zivkovic deixa Pizzi a milhas em todos os capítulos do jogo.

Depois a defesa. No princípio da temporada, defendi a contratação de um central de qualidade para emparelhar com Lindelof. Preferiu-se não ir buscar o tal central e trocar o Lindelof de posição para acomodar Luisão. Os resultados estão à vista. 

Ederson. O grande responsável por muitos pontos safos. Um pilar.

Na frente, como já disse, sem Mitroglou não há quem faça o seu lugar. 

Vejo uma preocupação muito grande de Rui Vitória em acomodar alguns nomes nas suas opções mas grande dificuldade em lidar com a sua retirada por falta de rendimento.

Salvio é um exemplo evidente de um atleta que não rende mas continua a ser escolhido.

Não encarar os problemas é meio caminho para entregar este campeonato ao FC Porto. Se as lesões não foram desculpa até agora(e não são, numa equipa com as ambições do Benfica) também não o serão agora.

Uma nota sobre a arbitragem: todos sabem que não justifico resultados do Benfica com arbitragens. Nem o farei com a de ontem. No entanto, a forma habilidosa como o árbitro apitou a partir de determinado momento do jogo é uma amostra do que aí vem. 

Mas avisamos quantas vezes neste blogue, mesmo antes de começar o campeonato? 

Acidente de percurso foi o Boavista. Ontem foi a confirmação de fragilidades óbvias!

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 
Vamos dizer que uma derrota como a de ontem em nada belisca a nossa confiança e que aquilo foi apenas um acidente de percurso?

Não! Acidente de percurso foi o jogo do Boavista no qual encaixámos três golos num ápice, com erros do árbitro sim, mas com uma facilidade que não se admite em nenhuma equipa de primeira divisão, quanto mais numa equipa Tri-Campeã Nacional.

Ontem não foi um acidente de percurso! Foi a confirmação de uma fragilidade que foi posta a nu com o Boavista, que não foi dissipada com o Tondela, e que ontem contra o Moreirense foi completamente ridicularizada. E logo pelo Inácio, o que só serve para piorar as coisas!

Não há que ter medo de dizer as coisas, para mais num blogue que não passa de conversa de café entre adeptos!

Aquilo que aconteceu ontem na segunda parte do jogo com o Moreirense é, vamos dizer as coisas como elas são, inadmissível! A mensagem no balneário tem de ser essa, não o ah e tal que isto foi só um acidente de percurso e que noites más acontecem!

Não me venham cá agora com teorias de suplementos vitamínicos numa equipa que até poupava jogadores para lutar pela manutenção, ou que agora a culpa foi da troca dos centrais, quando alguns andaram meses a dizer que o Lindelof estava a jogar mal porque jogava no lado que não era dele!

Naquela segunda parte com Moreirense não houve tática, apenas desnorte! Aquele trio ofensivo do Moreirense passou a segunda parte a fazer o que quis da defesa do Benfica, e nunca houve forma de travar isso. Até para toques bonitos e passes de gala deu! O Eliseu andava mortinho por dar um “biqueiro” num para o arrumar de vez, mesmo que tivesse de vir para a rua a seguir.

Quer Boavista quer Moreirense, duas equipas banalíssimas, pareceram ter a lição muitíssimo bem estudada, saber exatamente onde pressionar, e enquanto tiveram pernas colocaram sempre a equipa do Benfica em sobressalto.

Claro que o treinador tem de assumir a responsabilidade pelo que se viu ontem, e perceber que mais do que resultado numa competição pouco importante, o que alarma os Benfiquistas é a exibição e os sinais que se têm mostrado nas últimas semanas.

Culpa da tática? Talvez mas, convenhamos, não há tática que resista a tanto erro individual e a tanta perca de bola infantil em passes antes da nossa linha de meio campo!

Alguns dirão, falta Fejsa! Ok, naquele estilo de jogo que é o nosso, o Fejsa é de facto fundamental. Mas convenhamos, só é fundamental porque a alternativa é o Samaris e o outro do meio é o Pizzi. O problema não é o Fejsa e já o ano passado houve muitos jogos sem Fejsa. Mas havia Renato e este ano não há. E chegados à janela de transferências a prioridade continua a ser fazer render milhões e não colmatar as lacunas que o plantel obviamente tem.

Em suma, acho que no Benfica se sente nesta altura que não temos de acelerar o passo e que basta manter o que temos feito... Acho que se sente que se pode vender um, dois ou três jogadores titulares, e que quem ficar chega e sobra para dar conta do recado!

Provavelmente também se sente que se pode andar a tentar vender este e aquele, e que isto não mexe com os jogadores e não lhes retira o foco do que é importante!

Razões para dramatismos ou sinal de alarme?! Claro que não! Mas há que assumir que aquilo que se viu ontem não pode ser analisado apenas à luz de que foi apenas e só uma má noite!

As últimas três semanas mostraram fragilidade, falta de foco e erros primários que só falta de concentração pode explicar...

Vencer Segunda-Feira o Vitória de Setúbal é fundamental, tal como o é contrariar de vez esta ideia.

Sem choros, nem lamentos! Culpa própria!

Avatar
 ●  + 96 comentários  ● 

Não faz qualquer sentido o Benfica procurar culpados que não estejam dentro de casa, mas também está longe de ter sido uma situação que seja sequer motivo de preocupação, quanto mais de alarme.

O SLBenfica mudou quatro jogadores da defesa (um mudou de lado e três não têm jogado) e isso foi bastante evidente no desacerto que ocorreu em campo e que deu origem aos golos adversários.

Aparte disso, entre a excelente exibição do guarda-redes adversário e os postes... a bola simplesmente não ia entrar por muito tempo que ali ficássemos. Há jogos assim, todas as equipas os têm.

Discordo totalmente dos que dizem que houve displicência do Benfica neste jogo, como discordo que tal tenha ocorrido nos jogos com o Boavista e Tondela.

Por outro lado, também pouco me interessa se os jogadores do Moreirense jogavam ali o jogo da temporada e evidenciaram até aos 75' uma frescura física pouco característica e habitual.

Pouco me importa se o árbitro esteve bem ou mal...

Uma equipa grande, mesmo com a segunda equipa ou a defesa de segunda linha, deveria ter a obrigação de superar adversários como o Moreirense mesmo quando o adversário tem estímulos físicos artificiais, quando o árbitro erra ou quando têm objectivos diferentes.

Quando isto não acontece, tal como tem sido habitual, também neste caso #ACulpaédoBenfica. Hoje tivemos culpa por ter falhado, por não ter concretizado, por ter tido desconcentrações.

Ponto final parágrafo, como diz o treinador campeão nacional e líder do campeonato.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Negar o Apito Dourado é atacar o Sport Lisboa e Benfica. Parte I

Avatar
 ●  + 70 comentários  ● 


“O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, marcou presença no lançamento do livro ‘Fernando Martins - Retratos de uma vida 1917- 2013’, que serve de homenagem ao antigo presidente do Benfica, no dia em que este faria 100 anos. O líder dos dragões aproveitou o momento para realçar o espírito de amizade e lealdade de Fernando Martins, mesmo num dos momentos mais difíceis à frente do clube, quando foi confrontado com o processo Apito Dourado. 

Contudo, não deixou de atacar o "papagaio avençado", dos comentários televisivos de "2.ª feira", referindo-se a Rui Gomes da Silva, antigo dirigente do Benfica que se encontrava presente na Sala Roma do Hotel Altis. 

"Ele nunca foi um inimigo. Eu tive o prazer de, em 1982, no meu acto de posse, ter a presença do sr. Fernando Martins, que foi propositadamente ao Porto dar-me um abraço. Eu recordo-me e vi, infelizmente há pouco tempo, aquando do seu falecimento, que a SIC passou declarações de Fernando Martins sobre o processo Apito Dourado, onde ele disse ‘É tudo mentira! Sei de onde isso vem, isso não vai dar nada porque isso é tudo mentira!’ E provou-se que tinha razão. (...) Mesmo com recursos obrigatórios para a Relação, foi tudo arquivado, não tive a mínima pena. Isto demonstra a sua grandeza e amizade. Quando, passados tantos anos, ainda há um papagaio avençado de 2.ª feira que na TV só fala no processo Apito Dourado...", frisou, num ataque claro ao comentador do programa ‘Dia Seguinte’.” – Record

----------------------- 

Isto não aconteceu nos anos 80,90 ou na década passada. A negação do Apito Dourado aconteceu ontem perante antigos governantes e outros convidados. 

Aquilo que as escutas disponíveis no Youtube COMPROVAM só não existe na cabeça de Pinto da Costa e de corruptos como ele. 

Fernando Martins negou? Bem, o antigo presidente do Benfica teve claras responsabilidades na ascensão de Pinto da Costa no futebol português. Foi ele que abriu as portas dos órgãos decisórios do futebol português ao presidente do FC Porto. 

Foi Fernando Martins, mais preocupado com a vida empresarial fora do clube, que deu o apoio necessário ao crescimento do poder de Pinto da Costa. E por isso e não só, Fernando Martins viu os benfiquistas votarem noutra pessoa para liderar o clube. 

Pinto da Costa tenta tirar partido da passagem do tempo para que os mais novos pensem que o Apito Dourado, os anos 90 e outras manobras que deram ao FCP o domínio do nosso futebol durante tanto tempo foram histórias da carochinha. 

Mas não, caro Pinto da Costa. 


Foi tudo real e começou com a dupla que fez com José Maria Pedroto, que pedia o controlo dos árbitros a quem o contratasse. 


Também foi real a conversa com Pinto de Sousa. Aliás, todas as conversas disponíveis no Youtube com Pinto de Sousa ou António Araújo. 



Também verdadeira foi a fuga para a Galiza e o regresso escoltado por um bando de criminosos, onde estava incluído um(ou mais) homicida(s), atualmente a cumprir pena de prisão. 


Também não há dúvidas das vezes que mandou, por interposta pessoa, “dar recados” sob as mais variadas formas. 

O que ninguém pode desmentir são os vários milhões usados para “facilitar” alguns processos ou procedimentos envolvendo colaboradores do FC Porto. 

O clube que Pinto da Costa construiu é uma farsa. 

O Apito Dourado foi uma realidade. E ainda não desapareceu, como ainda no passado fim de semana se viu no estádio do Dragão. 

Negar o Apito Dourado e usando um ex-presidente do Glorioso é também atacar o Sport Lisboa e Benfica. 

Foi o Apito Dourado e o que o antecedeu nos anos 90 que ROUBOU ao Glorioso e ao futebol português a verdade desportiva. 

Directamente ROUBOU ao Sport Lisboa e Benfica e a outros clubes vários títulos de campeão nacional e dessa forma receitas de milhões de euros. 

Negar o Apito Dourado, em Lisboa, é um ataque vergonhoso ao nosso clube. 

Mas este assunto tem muito mais que se lhe diga. Abordarei isso na parte II deste post.

A renovação de Rui Vitória: Fosse assim tão fácil com os bons jogadores depois de tão bom desempenho

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 
A renovação de Rui Vitória é uma vitória redonda de... Luís Filipe Vieira.

Estamos a falar de um treinador que foi campeão o ano passado, que venceu a Taça da Liga, que chegou aos quartos de final da Liga dos Campeões...

Um treinador que este ano tem um avanço confortável no Campeonato, que está na Final Four da Taça da Liga, que está na meia final da Taça de Portugal e nos oitavos de final da Champions League...

E um treinador que, a juntar a tudo isto, tem lançados jovens que, como já percebemos, valerão os tão desejados milhões todos os anos, indispensáveis para alimentar a máquina.

Poderíamos dizer, eh lá, temos aqui um caso sério de treinador que a esta hora deve estar a ser cobiçado por alguns clubes europeus dispostos a pagar muito, ou se calhar até a fazer o FCP andar atrás dele, e lá vai o Presidente encarnado ter de subir a parada se o quiser manter como aconteceu com um outro que por cá andou.

Mas não... Tudo calmo, e aí está um treinador que, tendo ainda contrato por mais dois anos, por “mísero” milhão de euros (se comparado com outros), e depois de tão boa obra feira aceita prolongar o seu contrato até 2021. Fosse assim tão fácil com alguns jogadores depois de tão bom desempenho!

É este texto uma critica encapotada a Rui Vitória? De maneira nenhuma! Assumidamente já aqui escrevi que para mim, o grande mérito de Rui Vitória tem sido não complicar, e isso também tem o seu mérito. Os resultados falam por si.

Mas se um dia perguntarem a Rui Vitória quanto de si tem o Benfica nesta vitoriosa caminhada, acho que ele terá forçosamente de assumir que terá alguma coisa certamente, mas que terá MUITO mais dos jogadores e da Direção do que de si. A verdade é que o Benfica parece hoje estar dois passos à frente dos adversários nos aspetos fundamentais, e isso é que tem sido decisivo.

Chegámos pois a um ponto em que dá a ideia de que no Benfica qualquer treinador se arrisca a ser campeão, e que a Direção já não precisa, como aconteceu no passado, de um treinador que venha mudar muitas coisas ou ensinar a melhor maneira de se conseguir algo.

Com erros evidentemente, com decisões questionáveis como tantas vezes levantamos aqui, mas no geral essa é a ideia que prevalece:

Luís Filipe Vieira parece ter chegado ao destino, e tornado consensual o reconhecimento da sua obra e dos seus enormes méritos neste vitorioso percurso. 



P.S. Seria bom os adeptos terem consciência de que as gigantescas máquinas de comunicação dos clubes não são dirigidas apenas aos clubes rivais, mas também aos adeptos do próprio clube. Está bem que os adeptos gostam de papar tudo, mas no caso de Jiménez por exemplo, não custava nada ao Benfica ou à imprensa portuguesa ter dito a verdade e assumido que se Jimenez não foi para a China, não foi por ter decidido ficar na Europa e tentar a glória no Benfica como foi dito (alguém acredita que LFV ia negociar à China sem o aval do jogador?) Eu sei que fica bem dizer isso, mas é mentira!

Basta consultar uns sites estrangeiros ou até o tweeter do clube Tianjin Quanjian, para perceber que Jimenez não foi para a China porque a lei dos estrangeiros na China mudou, e ao mudar o clube teve de se virar para as suas prioridades. Não foi pois Jimenez a recusar a China mas a China a recusar o jogador.

“As a matter of fact, the club had even prepared the contracts for Falcão and Benfica striker Raul Jimenez. We had already reached agreement with them on wages and bonus. The pair were expected to sign the contracts, but the new rules forced us to give up on them.”

“We are currently discussing whether to hold onto [former Brazil international] Luis Fabiano. But Cannavaro told us he preferred Kalinic, who would perfectly fit into the team's style of play.”
-Shu Yuhui; source: Tianjin Sports Channel via Goal


recentes

ranking

Em Defesa do Benfica