O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Filipe Augusto:

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Quem vier atrás que recupere o futebol...

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
Dei por mim hoje a pensar que depois da missiva hipócrita de Fernando Gomes, os clubes grandes iam ter a vergonha na cara de ficar calados, na medida em que se por um lado é verdade o que ele refere... não é menos verdade que Fernando Gomes, e mais ainda Pedro Proença, têm sido verdadeiros alinhados com o que agora o presidente da FPF se queixa...

Mas reparei que sou tão ingénuo quanto Fernando Gomes é hipócrita, quanto Francisco J Marques é mentiroso ou quanto Minion Saraiva é incendiário e mal educado...

Rapidamente os ditos pontas de lança da estratégia destruidora do futebol português saltaram para criticar, não Fernando Gomes... mas o Benfica. 

Impressionante! Estes anormais e respeitos líderes dos seus clubes que os orquestram feitos marionetas, conseguem que qualquer coisa vá parar a uma qualquer culpa ou responsabilidade do SLBenfica.

Eu já aqui disse e repito, a estratégia desta gente é destruir o futebol, afastar os patrocinadores de grande dimensão e escala, de modo a que o SLBenfica perca acesso a este tipo de receitas e assim estrangule a operação.

PARA QUEM NÃO SABE, O CHICO ESPERTO E O MINION - BEM COMO OS RESPETIVOS EMISSÁRIOS - TENTARAM AFINCADAMENTE QUE MINAR A RELAÇÃO DA EMIRATES COM O SLBENFICA PARA FORÇAR UMA RESCISÃO UNILATERAL...
Este futebol está podre! Ninguém quer saber o que vai acontecer no futuro ao futebol e aos clubes. Quem lá está só pretende uma coisa: Resultados imediatos porque o povão não é dos clubes... o povão é dos títulos.

O povão não quer saber da redução da divida, quer saber do aumento dos golos! Se tivermos que endividar mais ainda para ganhar um título, a resposta é óbvia: Venha o dinheiro.

Isto faz lembrar bem a recente crise financeira que arrastou o BES, CGD e MBCP para resultados negativos e profundas necessidades de cortar de forma brutal. Curiosamente, as semelhanças estão todas lá: O verde rebentou e está a saque; o azul está intervencionado e dificilmente de lá sairá e o rosa/vermelho agiu primeiro que os outros, caiu e parecia secundário face aos outros dois, mas agora é sem dúvida o único com capacidade para ter futuro...

ESTE FUTEBOL VAI MORRER... MAS ESTES CHULOS PELO MENOS FICAM RICOS!

Aproveitem enquanto têm clube, os acéfalos que apoiam isto!

Fernando Gomes: o cúmulo da hipocrisia.

Avatar
 ●  + 17 comentários  ● 


A publicidade paga que Fernando Gomes plantou hoje nos jornais desportivos é um dos maiores exercícios de hipocrisia dos últimos anos em Portugal.

Da parte do NGB, foram inúmeras as vezes que perguntamos porque o líder do futebol em Portugal não se pronunciava sobre o clima de terror e ódio que se instalou no futebol português.

Fernando Gomes diz-se preocupado com os árbitros. Eu pergunto onde andou quando Artur Soares Dias foi ameaçado por elementos dos Super Dragões. 

O que fez Fernando Gomes quando os árbitros até à paulada foram atacados?

Como explica Fernando Gomes o apoio financeiro e logístico a Fernando Madureira sob a égide de liderar e criar uma "claque de Portugal"?

Como reagiu Fernando Gomes aos ataques numa área de serviço da A1 a adeptos do SLB por parte dos autocarros dos Super Dragões?

São muitos os textos que produzimos, como ESTE, sobre tudo o que Fernando Gomes e o seu braço direito, Tiago "Cachecol do Porto" Craveiro têm vindo a preparar.

Fernando Gomes pode até pintar-se de vermelho, vestir-se de ovelha ou mascarar-se tipo Woodstock.

Só é enganado quem quer. Fernando Gomes flutua na pujança financeira da FPF devido aos milhões vindos da UEFA e da FIFA.

O director financeiro do FC Porto durante todo o período do Apito Dourado não merece qualquer crédito ou consideração. 

Universo Porto - da Bancada.

Avatar
 ●  + 63 comentários  ● 


Consta que no "Universo Porto" a passagem dos dias não está a ajudar a manter o espírito do grupo unido. Os relatos de vencimentos e prémios em atraso sucedem-se e nem todos estarão com a mesma paciência para aceitar pagamentos "em prestações". Será que as contas da electricidade estão em dia ou o próximo jogo da Champions no Dragão poderá ser à luz de velas? 

Afinal parece que o caso Aboubakar foi mesmo...um caso. Parece que André André terá ido ao encontro do colega descontente com a visita de Aboubakar ao balneário do Besiktas. O problema é que o jogador camaronês não apreciou o atrevimento e a coisa terá acabado com André André "atropelado" e com Sérgio Conceição metido na confusão também, como ele gosta.

O problema é que o FCP precisa de Aboubakar mais do que o africano precisa do FCP. A não ser que Soares comece a marcar e muito...se assim for veremos Aboubakar no banco.

Quanto a Fernando Gomes e ao seu artigo de hoje...fica para outro post. Há tanto para dizer...começando logo pela coincidência de só agora, que o seu amigo Madureira se safou de uma espera, Fernando Gomes demonstrar preocupação pelo clima de ódio e intimidação. Não o vi preocupado quando Soares Dias teve uma espera dos Super Dragões. 

Mais tarde "falaremos melhor".

Há melhor exemplo do desastre desta política desportiva?

Avatar
 ●  + 81 comentários  ● 
Como o Shadows disse e bem na sua análise ao jogo da última Terça-Feira, MAIS uma vez o Benfica não ganhou a luta do meio campo. É absolutamente inacreditável como qualquer equipa mais ou menos organizada, com jogadores mais ou menos banais, tem momentos em que parte um Tetra-Campeão por completo e domina o jogo como quer.

O problema principal deste Benfica é o meio-campo mas, como alguém disse esta semana, o GRAVE problema que o Benfica tem neste momento é a existência de problemas em TODOS os setores da equipa.

Na baliza não é preciso falar, na defesa também não, no ataque a venda de Mitroglou já mais do que mostrou que de momento o Benfica só sabe jogar nos subúrbios da área adversária e não tem presença lá dentro mas... no meio campo, ó meus amigos, mas há quantos anos é que andamos a falar disto?!

Porra, e se nós, trauliteiros da bola, a dar umas larachas aqui e ali mas sem perceber muito da poda, vemos há tanto tempo as evidências, é desculpável que lá dentro do clube, onde estão os génios e os gestores e os treinadores profissionais ninguém dê conta da coisa?

Repare-se:

O que é que aconteceu há dois anos atrás no primeiro ano de Rui Vitória?

O Benfica começou a época com Fejsa e Pizzi no miolo e a perder o meio campo (e pontos) em quase todos os jogos. Como é que Rui Vitória resolveu o problema? Com Renato Sanches, que trouxe ao meio campo do Benfica a agressividade, o pulmão, a irreverência, a capacidade de levar jogo para a frente que o Benfica não tinha.

Acabada a época Renato Sanches sai aos 18 anos porque o Benfica não podia estragar-lhe a vida ao fim da miséria de 20 jogos, e o que é que os Benfiquistas esperaram que se fizesse, no mínimo?

Que se contratasse o substituto do Renato Sanches! O tempo passou e nada do substituto de Renato Sanches, até chegar ao Benfica um tal da Danilo, emprestado pelo Mendes, que ninguém sabia se era 6 ou 8, mas de quem os leigos adeptos do Benfica desconfiaram logo, até porque imediatamente ficou fora da lista da Liga dos Campeões!

E a época ainda assim fez-se. Pior do que a anterior, com muito menos qualidade mas ainda deu para ganhar o campeonato, estando o Benfica 100% dependente do Pizzi (a peça da cristaleira que não podia partir – o que já diz muito da qualidade do meio campo encarnado), e Fejsa que teve um ano "bom" em termos de lesões, perdendo APENAS 14 jogos.

A título de curiosidade, Fejsa este ano já perdeu 5 jogos, o ano passado perdeu 14, na anterior perdeu 10 e na outra antes perdeu 38! Em três épocas e três meses, o nosso abono de família Fejsa já perdeu 67 jogos por lesão! Como se vê, um part timer de luxo e, pior que isso, um part timer em quem o Benfica se dá ao luxo de depender como pão para a boca sem se preocupar em ter um substituto à altura! Fonte: transfermarkt

Ainda assim, o Benfica com o seu meio campo debilitado e sem o tal reforço para a posição 8 por quem os Benfiquistas suspiram (todos menos o Presidente, que na entrevista televisiva que deu lá disse com o seu ar fanfarrão que os Benfiquistas que não se preocupassem que a estrutura sabia o que estava a fazer), lá teve de ir ao mercado em Janeiro, mais uma vez ao mercado do Mendes, de onde chegou mais um remendo de primeiríssima linha de nome Filipe Augusto.

E assim foi de Janeiro até Junho, tempo mais do que suficiente para confirmar aquilo que já se sabia: Que Renato Sanches continuava sem substituto, que Fejsa só faz meia época e que quando está fora a equipa joga partida, que Pizzi fez uma grande época sem se poder dar ao luxo de ficar um jogo que fosse de fora, que Samaris por muita alma que tenha nunca será uma solução para a titularidade, e que os reforços do Mendes Danilo e Augusto nem no Braga seriam titulares.

Mas... Deu para ser campeão... Espremido mas deu.

Mais um defeso e que esperam os Benfiquistas? Evidentemente que se resolva este problema de vez MAS... 

...Mais um defeso a gastar pouquinho, um tal de Chrien, um Krovinovic que ninguém conhecia muito bem, e foi tudo!

Ah, e pelo meio, as páginas nos jornais ao longo do Verão: “Newcastle doido por Samaris”, “Newcastle dá 20 milhões por Samaris”, “LFV pede 25 milhões por Samaris.”

Oh meus amigos, tudo tretas! Por 20 milhões o Samaris ia já amanhã, com laço e tudo, e LFV ia lá levá-lo pessoalmente de comboio! E com 20 milhões ia-se contratar 2 reforços de jeito para resolver aquele problema do meio campo de vez! 

Ou seja, o historial é este, e é assim que entramos na época presente!

Com os Benfiquistas animados e a pensar que a Super Estrutura está a colocar as necessidades da equipa no topo da sua lista de prioridades?! Não, mas com um tal de Chrien e um Krovinovic para ainda iludir a malta por... alguns dias. O tempo suficiente para se perceber que quer um quer outro, nem na Liga dos Campeões foram inscritos, logo, naquele meio campo de 7 para dois lugares (!!) devem ser os últimos da hierarquia. Ah, e um tal de João Carvalho lá pelo meio!

E a época começa, os desaires acontecem, e continua a mesma lenga lenga de sempre: Fejsa no estaleiro, Pizzi em esforço a tentar disfarçar insuficiências e com demasiada responsabilidade para os seus ombros, e com Augusto e Samaris a confirmarem aquilo que se sabe e já há muito se sabia: Que não servem como figuras de primeira linha! 3 anos sem resolver a porcaria do problema!

Há melhor exemplo do desastre desta política desportiva? Se isto não é incompetência, qual é o nome que sugerem?!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Uma equipa de campeões começa a época.

Avatar
 ●  + 16 comentários  ● 

Afinal em que 11 você apostaria para vencer a crise exibicional?

Avatar
 ●  + 125 comentários  ● 
A vénia aos adeptos. Como sempre deve acontecer.
 As vedetas de hoje aguentariam o Terceiro Anel?

Guarda-redes: Júlio César, Paulo Lopes, Bruno Varela, Mile Svilar

Defesas: André Almeida, Douglas, Luisão, Lisandro, Jardel, Kalaica, Ruben Dias, Eliseu e Grimaldo.

Meio Campo: Zivkovic, Cervi, Krovinovic, Samaris, Diogo Gonçalves, Fejsa, Chrien, João Carvalho, Pizzi, Filipe Augusto, Rafa e Salvio.

Avançados: Raul, Jonas, Seferovic, Gabriel e Willock.

Face ao que temos visto esta temporada, nos últimos jogos e até ontem, que 11 escolheriam para sábado?

Mudam o esquema de jogo?

Repito a minha escolha:
Júlio César ou Varela
André Almeida, Ruben, Jardel e Grimaldo
Fejsa, Samaris Krovinovic
Pizzi, Zivkovic
Raul

Vamos lá dar o nosso contributo(e coragem) a Rui Vitória para tomar decisões que ele bem precisa.

O caso Samaris.

Avatar
 ●  + 107 comentários  ● 

Desde o primeiro minuto de jogo que Samaris foi constantemente acossado, empurrado, até agredido, com e sem bola.

Em certo período do jogo, Samaris sofreu sucessivamente falta atrás de falta, tudo com o beneplácito do árbitro do jogo.

O Braga levava a táctica bem estudada, inclusive a de desgastar Samaris e apostar no seu jogo mais viril e por vezes violento para sacar-lhe a expulsão. Tiveram azar porque o grego não só lutou em campo para cobrir a sua posição como aguentou sem dar margem para vermelhos as agressões de que foi alvo. 

Quem o critica não ou viu na TV ou nem viu o jogo.

Este sim merece ser defendido.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica