O NOVO BLOG GERAÇÃO BENFICA é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.

Translate

Considera que a Sporttv manipula deliberadamente as imagens das transmissões?

segunda-feira, 2 de março de 2015

domingo, 1 de março de 2015

O líder é o Benfica.

Quanto a isso os adeptos dos outros clubes podem estar certos.

Hoje é uma noite feliz para portistas, corruptos e lagartos. Aliás daqui a pouco vou ver os programas da noite desportiva para ver a festa no Marquês daqueles lagartos que desejavam a derrota do seu clube. Pois levaram três. Satisfeitos?

Um abraço aos meus amigos sportinguistas que serão os únicos a lamentar esta derrota do seu clube.

Quanto aos benfiquistas,  estamos tranquilos e assim continuaremos. Basta vencermos os nossos jogos e em Maio lá faremos a merecida festa.

Vai uma Sagres, BdC? :)

São tão Anti-Benfica que pensei que queriam levar mais!


Finanças: Os 3 Grandes (1º Semestre de 2014/2015)

Fonte: Relatórios e Contas da Benfica SAD, Porto SAD, Sporting SAD (1 º Semestre de 2014/2015)

Benfica: A Benfica SAD continua a ser a SAD que factura mais em Portugal, tendo alcançado os 102,9M€ de proveitos e 90,6M€ de custos, originando 12,3M€ de lucros. 

Seguindo as boas práticas de gestão, a Benfica SAD tem os proveitos operacionais equilibrados face aos custos operacionais, e a venda de jogadores (44,5M€) permitiu cobrir o investimento em jogadores + custos com a venda de jogadores (19M€), e também os custos financeiros e custos de investimentos (17,8M€). Esta época, com a aquisição do Benfica Stars Fund existem custos de investimento "líquidos" a rondar os 5M€ que estão considerados nesta última rúbrica.

Uma SAD em Portugal tem de vender sempre jogadores para pagar as contratações e os custos com os juros da Banca, e é isso que o Benfica tem feito. A Benfica SAD obteve 44,5M€ com as mais-valias do Enzo Perez, Oblak, Markovic e Cardozo. Com a venda do Bernardo Silva (15,75M€) e Franco Jara (1,5M€), que apenas serão registadas no 3º Trimestre de 2014/2015, a Benfica SAD já assegurou 60M€ de mais-valias com a venda de jogadores, que permitem cobrir os 30M€/Ano de aquisições (amortizações), os 25M€/Ano de custos financeiros com os empréstimos e os 5M€ de custos excepcionais de investimento relativos à aquisição do Benfica Stars Fund. 

Em termos de Activo e Passivo, o Benfica tem a sua situação equilibrada com um Activo de 434M€ e Passivo de 429,2M€, sem ter necessidade de recorrer a VMOC's como a Sporting SAD fez, ou sem recorrer a Interesses sem Controlo como aconteceu com a Porto SAD. Os 2 rivais neste 1º Semestre tiveram de recorrer a aumentos de capital das SAD's para cobrir prejuízos que têm vindo a acumular.

Até final da época, a Benfica SAD poderá alcançar os 170M€ de proveitos e 170M€ de custos mantendo a sua situação equilibrada em termos de actividade da SAD, sem necessidade de vender jogadores até Junho de 2015.


Porto: A Porto SAD viu a sua situação financeira e patrimonial agravar-se imenso nos últimos meses. Sem o Aumento de Capital da SAD poderia correr o risco de ficar de fora das Competições Europeias, devido aos prejuízos acumulados.

Em termos de Proveitos Operacionais, a Porto SAD, alcançou 51,3M€ e teve Custos Operacionais de 60M€, tendo um saldo negativo "crónico", mas este saldo ainda é mais negativo do que aparenta porque a Porto SAD registou nesta época o prémio de participação na Champions League que normalmente registava no final da época passada, já que costumava fazer o registo no exercício económico em que o apuramento acontecia.

Em termos de Venda de Jogadores a situação também não está famosa. Segundo o orçamento previsional do início da época, a Porto SAD necessitava de 66M€ de mais-valias com venda de jogadores para equilibrar as suas contas e até agora ainda só conseguiu obter 23,4M€. Até Junho de 2014/2015 terá de vender pelo menos 2 titulares para tapar o "buraco" financeiro desta época, e ainda terá de vender mais 1 ou 2 titulares no início do próximo exercício económico. A juntar a este facto existe 3 emprestados com permanência incerta (Casemiro, Oliver e Tello). A grave situação financeira da Porto SAD permite compreender a "campanha" que Pinto da Costa tem feito nas últimas semanas na comunicação social para vender Jackson, Danilo, etc. e que aliás era pouco habitual no Presidente do Porto. O "desespero financeiro" assim obriga.

O mais grave das contas semestrais apresentadas é o facto de a Porto SAD no 2º Trimestre (Outubro a Dezembro) ter apresentado 22M€ de prejuizos obtidos apenas em 3 meses, e mesmo desde o início da época, considerando os 24,5M€ de mais-valias com jogadores, apresenta 8,5M€ de prejuízos. Foi a única SAD dos 3 grandes com prejuízos no 1º Semestre de 2014/2015.

Em termos de Activo e de Passivo, a Porto SAD tinha capitais próprios negativos que apenas foram resolvidos com a incorporação de 47% da EuroAntas (detentora do Estádio do Dragão) nas contas da Porto SAD, tendo o Porto realizado a consolidação segundo o método integral, considerando 100% dos Activos e 100% dos Passivos dessa empresa, eliminando operações intra-grupo e considerando os Interesses Sem Controlo (58,3M€) que dizem respeito ao Porto Clube. Mesmo com os 47% da EuroAntas a Porto SAD tem 3,7M€ de capitais próprios negativos (relativos à empresa-mãe) e é muito provável que nos próximos tempos tenha necessidade de realizar novo aumento de capital social da SAD, passando os restantes 53% da EuroAntas de forma a que o Capital Próprio atribuível à empresa-mãe (Porto SAD) fique positivo.

Até final da época, a performance da Porto SAD dependerá do montante que a Porto SAD conseguirá realizar em vendas. Sem nenhuma venda a Porto SAD poderá ter mais de 45M€ de prejuizos em 2014/2015. Se conseguir mais-valias superiores a 45M€ poderá então ter Proveitos e Custos equilibrados, a rondar os 160M€.


Sporting: A Sporting SAD facturou metade da Benfica SAD e gastou 1/3 da Benfica SAD, tendo apresentado 53,8M€ de proveitos e 30,1M€ de custos.

Para estes resultados, muito contribuiram 4 situações GRAVES:

1ª situação: Acontece que para esses resultados muito contribuiu o registo a 100% da venda do Rojo, e é pouco compreensível como é que os auditores da Pwc permitiram registar toda a mais-valia do Rojo, sem a realização de uma provisão, tendo em conta o litígio da Doyen com o Sporting no TAS (Tribunal Arbitral do Desporto). Só nesta operação existem 15,75M€ de proveitos questionáveis, que por norma não deveriam ter sido registados da forma que o foram. A Doyen só recebeu 3M€ e reclama pelo menos 18,75M€ + juros de mora.

2ª situação: Por outro lado, para tal resultado positivo a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros atribuido pelo NovoBanco e Millenium Bcp, que terá superado os 10M€, neste Semestre. Ou seja, sem a influência dessas 2 situações "anormais", a Sporting SAD teria facturado 38,8M€ e teria custos de 40M€, apresentado resultados negativos no 2º Semestre de 2014/2015.

Ao nível dos Activos e Passivos, surgem outras 2 situações igualmente graves face às 2 situações que referi anteriormente (caso Rojo e perdão de juros). 

3ª situação: A Sporting SAD teve de recorrer a uma reestruturação financeira que envolveu um aumento de capital da SAD, passagem da SPM para a SAD (empresa detentora dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade), e recorreu a 127,9M€ de VMOC's, que são obrigações (financiamento) que serão obrigatoriamente convertidas em acções dentro de 10 Anos. E quanto às VMOC's das 2 uma: ou o Sporting dentro de 10 Anos arranja os 127,9M€ para adquirir as VMOC's ou a Sporting SAD passará a ser detida maioritáriamente pela Banca. Apesar de as VMOC's não serem registadas contabilisticamente como Passivo, na prática são responsabilidades que o Sporting terá de assumir se quiser manter o controlo maioritário da SAD.

4ª situação: Com base na informação do R&C, sabe-se que o Sporting "valorizou" os direitos de superfície do Estádio de Alvalade em 208M€ "brutos" e 147M€ líquidos!!! Se os direitos de superfície de Alvalade valem esse montante, gostaria de saber quanto valem os direitos de superfície do Estádio da Luz!

Considerando as 4 situações (contabilização indevida do "Caso Rojo", Perdão de juros por pressão junto da Banca, VMOC's que poderão levar à venda do Sporting à Banca, valorização "anormal" dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade) arrisco-me a afirmar que nem o Vale de Azevedo se lembraria de tais atitudes.

Jesus like a boss (parte II)

«Vão dizer mais uma vez que o Benfica jogou com mais um. O Benfica vencia por 5-0 e talvez o Estoril ainda pudesse empatar... Vamos ver o se os nossos adversários se vão agarrar à expulsão»

sábado, 28 de fevereiro de 2015

A tranquilidade de ser líder..

...e de jogar primeiro que os adversários.

Foi um jogo fluido em que cedo se percebeu que o Estoril de José Peyroteo Couceiro não seria adversário para o futebol do Benfica.

Gaitan sempre o mais objetivo e Jonas o mais matreiro e perigoso.

Foi uma prenda de aniversário para este nosso clube a que quase 47.000 benfiquistas se associaram.

Uma tarde tranquila que permitirá ver o clássico de amanhã com muita descontração.

É o ideal.

Finanças: O "SUCESSO" ou o "FRACASSO" da Benfica TV?

Atendendo às notícias que circularam sobre a Benfica TV, há alguns meses, e tendo em conta o Relatório e Contas do 1º Semestre da Benfica TV, publicado na CMVM:



Fonte: Relatório e Contas da Benfica SAD - 1º Semestre 2014/2015

É importante lembrar que, no anterior exercício de 2013/2014, a Benfica SAD:
- Facturou 28M€/Ano "brutos" em direitos televisivos
- Apresentou custos com a BTV de 11M€/Ano
- Teve lucro de 17M€/Ano, com direitos televisivos

É importante referir que, nos primeiros 6 meses, do actual exercício económico, a Benfica SAD:
- Aumentou os proveitos com direitos televisivos, de 12M€ para 16,5M€, em 6 meses.
- Aumentou o lucro, com os direitos televisivos, de 6,5M€ para 11M€, em 6 meses.
- Os proveitos dos direitos televisivos aumentaram 38%, face ao 1º Semestre 2013/2014.
O lucro dos direitos televisivos aumentou 69%, face ao 1º Semestre 2013/2014.

Se a tendência de crescimento de 38% nos proveitos se verificar no total dos 12 meses do exercício de 2014/2015, então:
- Os proveitos dos direitos televisivos poderão subir de 28M€/Ano para 38,5M€/Ano.
- O lucro, com os direitos televisivos, poderá subir de 17M€/Ano para 27,5M€ (considerando os custos da BTV de 11M€/Ano).

É importante lembrar, que a proposta da Olivedesportos, no máximo, chegaria aos 21M€/Ano em 2017/2018, segundo o que foi noticiado no Jornal Público, e na presente época poderíamos ter recebido 18M€/Ano.

É importante referir que:
- Em apenas 6 meses já lucramos 11M€/Semestre, quando a proposta alternativa apenas nos oferecia 9M€/Semestre, em 2014/2015.
- Em 12 meses, poderemos lucrar 27,5M€/Ano, quando a proposta alternativa apenas nos oferecia 18M€/Ano, em 2014/2015.


A partir de agora, se alguém, fora do Benfica, ou de dentro do Benfica, "ousar" afirmar que a Benfica TV é um fracasso, e que é necessário pensar em alternativas... só poderá ser considerado incompetente ou estar de má fé.

SURREAL: A incompetência do Jornal Record (94M€ em salários ou em "Valor" do Plantel)?

A INCOMPETÊNCIA dos Jornalistas do Jornal RECORD veio mais uma vez à tona, com uma notícia absolutamente SURREAL!




Link da Notícia (Jornal Record 28-02-2015)


Observando-se o Relatório e Contas da Benfica SAD (1º Semestre 2014/2015) publicado na CMVM:


Link do R&C Benfica SAD (1º Semestre 2014/2015) (pág 40)


Como é que é possível que um Jornal Desportivo informe os seus leitores de que o Benfica gastou 94M€ em salários anuais, quando esse valor diz respeito ao Valor Líquido Contabilístico dos passes dos atletas???


Quadro do Activo Intangível "Bruto", onde se incluem os jogadores:

Link do R&C Benfica SAD (1º Semestre 2014/2015) (pág 39)


O Benfica investiu 175M€ em todos os jogadores contratados. 

Já Amortizou 81M€ ao valor "Bruto" (que equivale ao preço de custo dos jogadores contratados), tendo dessa forma um Activo Liquido do Plantel de futebol avaliado actualmente em 94M€ (175M€ - 81M€). 

Para o cálculo do Activo "Líquido" é necessário remover as Amortizações, que equivalem a uma desvalorização contabilística dos passes dos jogadores.


É inacreditável como um Jornal desportivo transforma o Valor actual do Plantel (na contabilidade da SAD), e afirma que se trata do valor Anual dos Salários pagos pelo Benfica!

SURREAL... nunca li tamanha INCOMPETÊNCIA!!


Link para a notícia publicada no site do Record: 


----------------------------------------------------------


ADENDA: O Jornal Record, por volta das 12h30 retirou a notícia inicial que tinha publicado e publicou uma nova notícia, com novo link:


Ativos com valor contabilístico de 94 milhões

No relatório e contas, o Benfica informou sobre a redução do passivo consolidado em 19,9 milhões de euros (4,4 por cento) e revelou que os ativos do clube (64 jogadores entre as equipas principal e B) têm um valor contabilístico de 94 milhões.


O Benfica encerrou o primeiro semestre do exercício de 2014/15 com um lucro de 13,2 milhões, de acordo com o relatório e contas da SAD enviado  à CMVM. Para este resultado contribuíram as transferências, que renderam 73,175 milhões de euros, embora nos cofres da sociedade tenham entrado 59,675 milhões, uma vez que os encarnados só tinham 50 por cento do passe de Markovic e 80 por cento de Cardozo.

Link para a nova notícia publicada no site do Record:

É importante referir que também esta notícia é INCOMPETENTE.

A Benfica SAD tem Activos com valor "líquido" contabilístico de 434M€.
O Valor dos Activos Intangíveis (Jogadores), em termos "líquidos", é que valem 94M€, e não são os únicos "Activos" da Benfica SAD.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Jesus rebenta com FLOPetegui!


Jorge Jesus abordou o tema das arbitragens tão falado por Julen Lopetegui, perguntando ao treinador portista se ele se referia ao Penafiel-FC Porto, depois do técnico espanhol ter dado a entender que o Benfica era o clube mais beneficiado pelas arbitragens nesta temporada. 

"O treinador do FC Porto está sempre a falar de arbitragens. É natural que fale sobre essa matéria, mas não quero ir por aí. Só lhe pergunto de que jogo está a falar. Se é do Penafiel-FC Porto já sei do que é que ele está a falar", referiu Jorge Jesus esta sexta-feira, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Estoril, agendado para sábado, às 17 horas, no Estádio da Luz. 

 O técnico dos encarnado diz que o seu forte é treinar e não o jogo falado: "A minha responsabilidade como treinador do Benfica é desenvolver um trabalho para que possamos apresentar-nos bem nos jogos. Agora, o jogo falado não é o meu forte, nem dos meus jogadores", disse.
In Record

CLASSE! Muito e muito bem esteve Jorge Jesus...
... quando o jogo falado é bem jogado, até ali o Rolo Compressor do Jesus dá cartas.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

artigos recentes