O blogue NOVO GERAÇÃO BENFICA é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 27 de maio de 2016

Avatar

A fixar:

 ●   ●  26 comentários  ● 

"agiu (…) na exorbitância de tais funções"

 

"O tribunal conclui pela inexistência de responsabilidade do Sporting neste caso, pelo que o clube não terá de pagar qualquer indeminização a Cardinal, já que considerou o juiz que Pereira Cristóvão agiu como vice-presidente do clube mas na exorbitância de tais funções."

Tirado daqui.

Ou seja, um dirigente, NO EXERCÍCIO DAS SUAS FUNÇÕES, executa o seu trabalho, da maneira que lhe aprouver, sem que a entidade que representa tenha qualquer responsabilidade.

Ou seja, o Sporting não tem culpa de nada, obviamente!

Daqui se conclui que a justiça portuguesa considera que se alguma vez alguém fizer uma trafulhice, poderá sempre isentar a entidade que representa, no alto das suas responsabilidades, ao alegar que atuou na exorbitância de tais funções! Bonito isto…

Resta saber se a justiça desportiva tomará alguma posição. Aposto muitos €€€ em que não acontecerá nada aos amigos viscondes.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Avatar

Exclusivo: Benfica avaliado em 285M€ (Estudo dos Clubes Mais Valiosos - KPMG)

 ●   ●  69 comentários  ● 
Manchester United & Real Madrid aparecem no topo da lista da KPMG

Manchester United e Real Madrid são os clubes mais valiosos na Europa, de acordo com um estudo das 32 equipas mais valiosas, realizado pela gigante da auditoria KPMG, com um valor de 2,905M€. O clube catalão Barcelona aparece em terceiro (2.758M€), Bayern de Munique na quarta posição (2.153M€) e, Arsenal em 5º (1.663M€).

A tabela apresentada mostra o valor que a KPMG atribui ao TOP 32 de clubes de futebol, na europa:

Grafico 1 - TOP 32 em "Enterprise Value" - Clubes Europeus (KPMG)
Fonte: KPMG


No total, os 32 clubes mais valiosos da Europa estão avaliados em mais de 26 mil milhões de euros, aparecendo o Benfica na 21ª posição com um valor de 285M€ e o FC Porto na 28ª posição com um valor de 188M€.

O Sporting, apelidado de suposta "maior potencia desportiva nacional" pelo seu "Presidente", nem sequer aparece na lista da KPMG.


Gráfico 2 - Clube Mais Valioso em cada uma das 8 Principais Ligas Europeias
 Fonte: KPMG




Análise ao Estudo da KPMG:

Os 3 clubes mais valiosos (Real Madrid, Manchester United e Barcelona) conseguem um múltiplo de 5 face à sua facturação anual.

O Benfica obtém um múltiplo de 2,8 face à facturação "operacional" anual (face a 2013/2014) e um múltiplo de 1,5 face à facturação "total" da Benfica SAD, ficando o clube avaliado em 285M€. O Porto aparece na lista avaliado em 188M€. 


Apesar da valorização do Benfica situar-se nos 285M€, por norma o "VALOR" real do Benfica sai prejudicado pelo facto de os estudos realizados pela Deloitte, Forbes e KPMG considerarem as receitas operacionais (matchday, tv, commercial) e em algumas dessas análises não considerarem as receitas com a "venda de jogadores", onde o Benfica tem demonstrado ser um dos clubes que mais receitas e lucros obtém a nível mundial com a transacção de jogadores.

Considerando um múltiplo de 2, face à facturação "total" da Benfica SAD, então  o "valor" real do Benfica deverá aproximar-se dos 400M€.

Esta análise da KPMG, tal como a análise da Forbes é apenas um indicador, na medida em que, por exemplo, avaliam o AC Milan em 545M€ e o clube poderá ser transaccionado este verão por 700M€.

Este estudo também demonstra que os clubes não precisam de ser propriedade "privada" de forma a conseguirem ser competitivos e valorizados, como bem demonstram os casos do Real Madrid e do Barcelona (no mercado Espanhol) ou os  casos do Benfica e do Porto (atendendo à dimensão do mercado nacional)!


Para finalizar, é curioso o facto de a comunicação social portuguesa não ter feito qualquer referência à avaliação que Benfica e Porto tiveram neste estudo da KPMG, e apenas terem mencionado a avaliação dos principais clubes (Real Madrid, Manchester United, Barcelona e Bayen Munique), como por exemplo aconteceu com a notícia do jornal A Bola.

Mais uma vez, teve de ser este Blog a dar o "Exclusivo" nacional sobre um facto que considero relevante e pertinente sobre as "finanças" dos clubes nacionais, e que deveria ter merecido maior destaque por parte da comunicação social portuguesa.



Link do Estudo Original da KPMG : https://www.footballbenchmark.com/documents/files/public/KPMG_Football_Clubs'_Valuation_Report_26_May_2016.pdf

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Avatar

Desejo deste final de temporada.

 ●   ●  20 comentários  ● 

Que a greve dos estivadores continue para que Vieira não possa descarregar mais um contentor de jogadores.

Avatar

Lideranças.

 ●   ●  16 comentários  ● 


Ontem Rui Vitória desdobrou-se em entrevistas em jeito de balanço da temporada.

Boas entrevistas em que acima de tudo se vincou a sua personalidade e forma de estar no futebol. Inclusivo, agregador, discreto mas muito profissional com sentido de “empresa”. É esse o estilo de Rui Vitória.

Claro que nem todos se poderão rever neste estilo mais discreto do treinador do Benfica. Alguns preferirão o estilo egocêntrico, espalhafatoso e agressivo de Jorge Jesus. Como é o caso do já ontem mencionado Rui Santos.

Na realidade, o comentador da SIC ontem revelou, e está no seu direito, um conceito de liderança um pouco distorcido. Líder não é quem grita mais. Não é quem anda a anunciar aos 4 ventos que é muito bom, que passa a vida em modo “auto-promoção” ou que pensa que é superior aos outros.

Dito isto, tanto Rui Vitória ou Jorge Jesus são líderes. Não há dúvida. Qual o estilo que prefiro? Claramente o de Rui Vitória. Tem tudo a ver com o registo do nosso clube, na tradição das presidências históricas que fizeram o Benfica um gigante, e que sempre primaram pelo respeito, pelo rigor e pela defesa dos interesses superiores do clube. Rui Vitória respeitou e honrou tudo isso.

Passou pelo "cabo das tormentas" e acabou por chegar com sucesso ao destino.

Há uma certeza que fica para a próxima temporada: o treinador Rui Vitória parte muito mais bem preparado para enfrentar as grandes dificuldades que aí vêm. Isso é bom.

Avatar

Hoje foi dia de Vitória...

 ●   ●  33 comentários  ● 

Depois da vergonha embaraçosa da entrevista AKA bajulice do Rui Santos ao Jesus, hoje Rui Vitória deu uma entrevista ao jornal A Bola, outra à RTP e ainda tem um programa sobre ele na SIC.

Não me vou alongar em grandes análises, pois serei muito tendencioso na análise aquele que sempre foi a minha escolha para suceder o ex-treinador do Benfica, mas nem eu nunca idealizei que conhecendo melhor o treinador Rui Vitória seria possível ter um orgulho tão efetivo no comandante do nosso futebol.

O homem é de uma elevação, respeito e conhecimento brutal! Tem uma capacidade de descrever e explicar a realidade de forma assombrosa e detalha sem pudores os "segredos" do nosso Benfica, numa confiança inabalável que o que ali se constrói não se copia, pois é resultado de muito trabalho diário, muita ligação entre equipa técnica, jogadores, staff e adeptos.

Vi as três peças sobre Rui Vitória e só tenho uma coisa a dizer: Nunca mais chega o dia da Supertaça! 

terça-feira, 24 de maio de 2016

Avatar

Tempo Extra - com Rui Santos.

 ●   ●  66 comentários  ● 

Eu sou espectador regular do “Tempo Extra”. Discordo de muita coisa dita por Rui Santos mas também reconheço que sabe muito dos meandros do futebol português e que diz sempre muito menos do que sabe. Por vezes tem coragem para afrontar algumas vacas sagradas do futebol português e isso é de elogio.

No passado sábado os jornalistas João Abreu e Rui Santos entrevistaram Jorge Jesus num “Tempo Extra” especial.

Uma entrevista “encomendada” ou não, mas onde se esperaria que o treinador do Sporting fosse confrontado com os seus próprios erros e que sacrificaram, por exemplo, uma vantagem de 7 ou 8 pontos. Esse seria o ponto essencial de uma entrevista que visasse analisar a época desportiva.

O que aconteceu foi uma entrevista que lembrou a dada por José Sócrates a José Alberto Carvalho na TVI. Um exercício de tentativa de lavagem de imagem e de legitimar uma mentira.

Não houve lugar a perguntas incómodas, com a excepção daquela em que questionaram JJ sobre as declarações em que classificou RV como um “não-treinador”. E foi oportuno lembrar que foi um jornalista que inventou algo que RV não tinha dito e dessa forma provocou o treinador do Sporting.

Mas foi a excepção. Não há razão nenhuma para que se faça uma entrevista de “glorificação” a um treinador que perdeu tudo e que ainda por cima é dos mais bem pagos do mundo.

Pelo contrário, mais responsabilidades lhe devem ser pedidas por ter perdido para um treinador que assumia pela primeira vez um grande e que tem uma carreira de treinador ainda muito curta comparada com os mais de 20 anos de carreira de Jorge Jesus como treinador.

O culminar do show deprimente de vassalagem foi aquele troféu ridículo de “melhor treinador” onde através de uma contabilização de critério risível Rui Santos agradeceu o exclusivo a Jorge Jesus.

Ridículo para quem deu o troféu mas também para quem o aceitou.

Isto já vinha daquela tabela alternativa da “Liga Real” que dando uma série de voltas no mundo dos “ses” colocava o Sporting como campeão.

Não estou habituado a momentos destes, tipo TVI24, na SIC Notícias.

O “Tempo Extra” é um formato que terá sempre o seu valor enquanto Rui Santos quiser ser visto como comentador imparcial. A partir do momento que quiser vestir a camisola de adepto, não importa a côr, o seu espaço deixará de fazer sentido.

Rui Santos deu um golpe na sua credibilidade com a vassalagem de sábado. Não vai ser fácil recuperar.

Avatar

Resumindo:

 ●   ●  55 comentários  ● 


Pagar 25% em comissões e despesas é normal. Obrigado aos empresários que nos dão a honra de termos cá Taraabt a ganhar 2.3M€(é barato). O Mitroglou querer ganhar 1.8M€ é que é caro.

Obrigado pelos negócios fantásticos com o Atlético de Madrid, nos quais destaco aqueles 2 craques que recebemos no negócio Simão Sabrosa , os 14M€ pelo Pizzi ou até mesmo os 18M€ pelo Jimenez, quando só pagaram(vamos ver se…) 16M€ por um guarda redes de topo e de grande futuro como o Oblak.

Obrigado também aos empresários que” forçaram”(loool) que o Benfica comprasse por 11M€(já tinha dado 2.5M€) e a pronto o Salvio para que o Atlético de Madrid pudesse logo de seguida usar esse dinheiro para pagar ao FC Porto mais uma tranche do Falcão. Ou seja, o Atlético de Madrid não queria o jogador, mas ainda assim conseguiu receber mais dinheiro do que tinha dado por ele ao Lanus e ainda usou esse dinheiro para financiar o FC Porto. Espertalhões os espanhóis.

Obrigado também pelas dezenas de jogadores sob contrato, muitos deles que nunca sequer vestirão a camisola do Glorioso. Significam quantos milhões em vencimentos? Peaners!!

Também devemos ser gratos pelos “activos” que tornam os mais de 400M€ de passivo uma coisa ligeira. Aqueles milhões de juros anuais são irrisórios quando lemos no R&C que o activo é superior ao passivo. Assim está tudo bem!

Só falta reconhecer que alguém que tem na sua história mais tempo de associado ao FC Porto que ao clube que preside merece sempre o benefício da dúvida. Ele e os outros portistas que trabalham hoje no Benfica. Bem como o sportinguista que gere as finanças do Benfica.

Essa coisa de fazer tudo para manter os melhores jogadores do plantel está “overrated”. Que é isso de ambicionar um Benfica mais forte e que faça ainda melhor na Champions?

Que é isso de querer fazer valer contratos assinados? Coitadinhos dos jogadores não podem ser contrariados. Contrariar um jogador é não perceber “as dinâmicas e maravilhas” do mercado. Em tudo na vida...os mercados é que mandam!

Malandro desse Ricardo Araújo Pereira que só é benfiquista de gema e nunca torceu por outro clube nem nunca saberá o que é festejar um golo do FC Porto na Tribuna das Antas com o próprio Pinto da Costa.

Avatar

Não é benfiquista quem não disser que o Ricardo Araújo Pereira é o maior...

 ●   ●  95 comentários  ● 

Mandou bocas ao Luis Filipe Vieira? Então tem razão e é um grande benfiquista...

Curiosamente, o mesmo supra-benfiquista que afirmou nunca se ter referido a Rui Vitória, esqueceu-se de ter na memória que não só dissera que ia ser um erro histórico deixar sair Jesus, como tal iria por em causa a conquista do tricampeonato e ainda foi mais longe dizendo que no Benfica acreditavam que venciam sem o Jesus, porque quem ganhava era... a estrutura. Esta última parte naquele seu tom jocoso habitual.

Pois é... para azar do Ricardo Araújo Pereira, a estrutura não ganhou, como nunca ganhou... mas ajudou um grande treinador a ganhar, ajudou esse treinador a conquistar mais pontos que alguma vez algum treinador já conquistara e, como ele bem recordou, jogou de igual para igual na Champions com jogadores como Ederson, Lindelof e Renato Sanches a titulares, algo que antes do erro histórico nunca fora visto acontecer, quanto mais com jovens em campo.

Agora vamos aos três mantras do supra-benfiquista:

- "Uma equipa só de jovens não ganha"! Ora, ele diz que ouve sinfonias, que lê livros e recita poemas, salvo erro, porém talvez tenha algumas dificuldades na interpretação, pois a frase que ele usa para sustentar isto é que Luis Filipe Vieira dissera que em 2020 60% do plantel seria formado no SLBenfica.

Bom, ou eu tenho alguma dificuldade de interpretação, ou isso quer dizer que - independentemente da idade que tenham - o Presidente gostaria de em 2020 ter mais de 10 jogadores no plantel cuja formação tive sido feita em parte ou totalidade na Luz. Isso quer dizer que hoje em dia tem Ederson, Paulo Lopes, Silvio, Lindelof, Semedo, Guedes, Renato... portanto sete jogadores. Eu diria que ainda vamos em 2016 e já estamos muito perto, mesmo considerando que só se mantenham dois destes, por diferentes motivos.

Luis Filipe Vieira nunca disse que metade do plantel do SLBenfica deveria ter 18 anos... ele disse que gostaria de criar condições para que jogadores da formação se mantivessem na Luz por mais do que um ano, o que se torna impossível que aconteça quando são desafiados por 35M€ + objetivos por colossos mundiais, mas isso não impede o desejo.

- "O Benfica tem que ser Renato, Gaitan e Jonas"! Numa alusão à juventude, qualidade e experiência, algo que curiosamente tem caracterizado todos os planteis do SLBenfica nos últimos anos, mas que simpaticamente RAP se esquece. Curiosamente este foi o primeiro ano em que houveram miudos da formação a jogar e já aqui referi a importância que isso teve para o título - só não vê quem não quer. Portanto, mais um mantra sem sentido.

- "Atravessar a auto-estrada a correr pode resultar, mas é estupidez"! Ora, para quem começou por reconhecer os "tomates de aço" de Rui Vitória, dizer que é obra do acaso e da sorte uma conquista do SLBenfica com o melhor ataque, melhor marcador, melhor numero de pontos, etc... é, no mínimo, conveniente para quem tanto desacreditou que fosse possível.

Se dependesse da confiança demonstrada por Ricardo Araújo Pereira, Rui Vitória não teria dado o primeiro treino, o SLBenfica teria fechado as portas e juntado os benfiquistas a chorar o "erro histórico" de ter saído Jesus.

- "Se estas a ganhar, não mexas"! Advoga o especialista. Curiosamente uma máxima que o próprio advoga mas não cumpre na sua vida profissional e que na prática significa que o Benfica deveria continuar a ter no Benfica pessoas com atitudes como aquelas que agradecemos agora que tenha tido enquanto rival. Porque ganhámos, deveríamos aturar todas as birras, faltas de respeito, excessos, abusos de poder e teimosias do ex-treinador.

Gostava de saber o que é para o RAP a mística. Não é seguramente estar a babar de bêbado no Marquês de Pombal uma vez por ano, porque o Benfica é mais que isso... mas também gostava de saber como é que ele ensina essa mística às filhas. Será que é proibindo-as de ver os jogos do Benfica? Na prática era o que ele fazia aos jovens do Seixal... Sabe o Ricardo Araújo Pereira que míudos como o Renato eram proibídos, repito para os mais distraídos, proibidos de ver os treinos da equipa principal? Sabem... aquela equipa que eles acordavam e dormiam a pensar nela... pois, não podiam sequer chegar perto.

Sabe o Ricardo que quando havia maus resultados aquela tática de plano A não resultava, o "erro histórico" chegava ao desplante de afirmar que os treinos andavam a ser vigiados ou que havia bufos na dita, estrutura?

Sabe o Ricardo que assim que optou por sair para o dito rival, o "erro histórico" quis basicamente levar quase toda a estrutura do Benfica, desde Lourenço Coelho, passando por Bruno Mendes e staff da prospeção e até médico? Deve ser porque não acrescentam valor.

Hoje é muito fácil dizer-se que agora também não quer que Rui Vitória saia! O chamado vidente depois dos factos... isso é facil, qual personagem que ele tão bem faz do "professor Chibanga". Mas na verdade, o que Rui Vitória precisava era que ele tivesse acreditado no Benfica, no Rui Vitória, jogadores... e tivesse dito que Jesus era parte do passado... e foi!

Rui Vitória não foi apenas um atravessar da auto-estrada a correr. Nunca o foi, nunca será! Aliás, esse sentimento era mais o que nos caracterizava quando celebravamos títulos antes do tempo com Jesus, acabando ajoelhados, quando perdiamos eliminatórias da Taça de Portugal e da Liga Europa com o FCPorto e SCBraga depois de vencer a primeira mão, quando ficávamos a 21 pontos de treinadores que nunca mais ganharam nada na vida...

Com Rui Vitória ultrapassámos uma pré-epoca que mais pareceu uma estância balnear deixada por Jorge Jesus como o seu programa de pré-temporada, fizemos uma pré-temporada já em competição e com três jogos com rivais pelo caminho... e quando o mister teve tempo para atravessar a auto-estrada, o trânsito parou para a ver passear classe que há muito não viamos... a chuva de golos uns atrás de outros que meteram dois jogadores entre os três melhores marcadores.

É fácil ter jeito para o humor, tempo de antena e mandar uns bitaites com piada... o povão gosta!

Gosto muito da profissão do Ricardo e do trabalho que tem feito... mas não confunda isso com supra-benfiquismo.

PS- Mudando de assunto, é giro ver as "primadonas" que andam indignadas que se aceitem propostas por jogadores ou que se paguem comissões a empresários. Aqueles que acham que o futebol é um meio honesto onde os jogadores chegam aos clubes porque os presidentes são um bando de bons rapazes que não "lavam a mão" aos empresarios em troco de ter os melhores primeiro que outros. 

Devem ser os mesmos que acham que, seja quanto for que o clube receba, só começarem a soar os nomes de Manchester United, Barcelona, Real Madrid, Atlético Madrid, Chelsea, City, etc... qualquer jogador se esquece de onde veio, o que disse ou que fez... ninguém prefere, mesmo bem pagos, jogar com o Todela, Feirense, Chaves ou Arouca em vez de estar todos os fins de semana a jogar nas melhroes ligas do Mundo.  

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Avatar

Goodfellas, Wise Guys e outros "amantes do futebol ".

 ●   ●  28 comentários  ● 


"As autoridades fiscais espanholas estão a investigar transferências intermediadas pelo super-agente Jorge Mendes entre o futebol português e o Valência de Peter Lim, segundo escreve o diário "El Mundo".

Em causa estão negócios como os de Rodrigo, André Gomes, Enzo Pérez e João Cancelo, todos ex-Benfica, mas também o bracarense Aderlan Santos.

O diário espanhol relembra o primeiro negócio, em Janeiro de 2014, envolvendo Rodrigo e André Gomes, cujos passes foram comprados pelo fundo Meriton Capital Limited, propriedade de Peter Lim, novo dono do clube valenciano.

"Pelo primeiro, o Meriton Capital pagou 30 milhões, incluindo 17 milhões para pagamentos a terceiros e comissões", escreve a publicação espanhola. "No caso de Gomes, a sua contratação fixou-se em 15 milhões, dos quais somente 9,5 milhões ficaram nos cofres do Benfica", recorda o diário.

O jornal recorda que ambos os jogadores entraram no plantel do Valência no Verão e, em Junho de 2015, passaram a ser do clube "por troca do pagamento dos mesmo montantes que o Meriton pagara". Mas, segundo o diário espanhol, "é neste amontoado de direitos económicos, desportivos e de comissões que as Finanças se concentram".

Mais tarde, "já sem participação do fundo de Lim", o Valência contratou o internacional argentino Enzo Pérez ao Benfica por 25 milhões e João Cancelo por 15 milhões. Refere a publicação que "as comissões pagas pelo clube lisboeta chegaram a 25%" e "em ambas as contratações também interveio Jorge Mendes". 

O texto do jornal espanhol aponta ainda a ligação de Mendes a outros negócios (Negredo, Abdennour, Santi Mina, Bakkali e Danilo Barbosa), além de lembrar o caso de Aderlan Santos: "Dos 10 milhões da transferência, metade foram para o Sporting de Braga e outra metade para a empresa MNM, propriedade de Fernando Meira, antigo jogador representado por Jorge Mendes." - Económico.

Avatar

Ricardo Araújo Pereira e o Benfica.

 ●   ●  33 comentários  ● 

Levantou muita polémica a posição de Ricardo Araújo Pereira acerca da saída de Jorge Jesus e agora sobre a sua retratação(ou não) sobre Rui Vitória.

O que vi no “Governo Sombra” foi um adepto do Benfica a defender uma posição que deveria ser básica em qualquer outro adepto: a defesa do Benfica vencedor.

Como todos os que acompanham o NGB sabem, eu fui dos poucos que defendia a dispensa de Jorge Jesus desde 2013 e que bastantes críticas valeram na caixa de comentários do blogue. Portanto eu e RAP estavamos em desacordo sobre a manutenção de Jorge Jesus ao leme do Benfica.

O curioso disto, e que RAP frisou, é que hoje ele parece ser o único que criticou a situação no princípio da temporada ou até em Novembro. Aliás, como eu também o fiz em vários textos do blogue. É tipo os que votaram em Vale e Azevedo: hoje ninguém foi.

Os ataques à opinião do RAP têm a ver com as suas críticas a…Luis Filipe Vieira.

É que as críticas de RAP ao processo de dispensa de JJ visam a gestão desportiva do presidente do Benfica. É essa a razão pela qual tem sido tão atacado, até pelos mesmos que comungavam do seu ponto de vista no princípio da temporada.

RAP expôs 3 pontos fundamentais e que são incontestáveis(obrigado ao Benfica Eagle por os ter sintetizado no seu post de domingo):

- “Uma equipa só de jovens não ganha. O Benfica tem que ser Renato’s, Gaitan’s e Jonas”.

- “Atravessar a auto-estrada a correr pode resultar, mas é estupidez.”

- “Se estás a ganhar está quieto! Não mexas!”

Estes 3 pontos foram quantas vezes sustentados no NGB? Dezenas de vezes.

A aposta e inclusão de jovens da formação na equipa principal, tendo referências de qualidade com quem possam aprender e evoluir.

Ter uma equipa campeã ou cheia de bons valores e destruí-la em nome de dinheiro quando se está a vencer é como atravessar a tal auto-estrada. Pode correr bem mas a probabilidade maior é que corra mal.

O futebol tem aquela velha máxima: em equipa que ganha não se mexe.

Rui Vitória fez o que pôde e correu bem. Correu pela auto-estrada, levou uns toques mas acabou por a conseguir atravessar. Graças a quem? Só a si e ao seu trabalho.

Hoje, como também escrevi no passado, é fácil saltar para “a carruagem da vitória” e vir dizer que sabiam que ía correr bem.

Sabiam quando? Quando o Benfica jogava à 04h da madrugada na mesma semana que iria disputar a Supertaça?

Quando o Benfica estava a 7 pontos do primeiro classificado?

Quando Rui Vitória afirmou várias vezes, quando se viu sozinho na luta contra os “jesuítas”, que nunca esperou facilidades porque se fosse fácil ou simples não teria sido ele o contratado?

Quando Luis Filipe Vieira andou a dar entrevistas com desculpas de “dores de crescimento” ou “ano de transição” aos mesmos jornais que noutras ocasiões eram considerados de avençados?

Porque razão Luis Filipe Vieira se manteve longe da equipa durante toda a pré-temporada?

Porque razão prometeu LFV o mesmo investimento no plantel a RV e afinal só subtraiu? Ah espera, deu o Taraabt.

Ricardo Araújo Pereira assume a sua condição de SÓ adepto do Benfica. O seu contentamento com o clube acontece só quando o Benfica vence e a sua imensa amargura surge quando o Benfica não vence. Deveria ser sempre assim.

O que Luis Filipe Vieira não gosta é deste tipo de adeptos. Exigentes e insatisfeitos com os títulos do “campeão de vendas”.

Tem azar, porque felizmente o nosso clube ainda tem milhares destes adeptos. Milhões deles. Por isso é que apesar dessa aura de “grande sucesso que mais ninguém conseguiria ao leme do clube”, o clube perdeu 100 mil sócios nos últimos anos e nunca esteve perto da tal marca que LFV colocou como condição para ficar no clube: 300 mil sócios.

A maioria não vive iludida com as capas de jornais a falarem em milhões, porque esses milhões não marcam golos. Craques sim, marcam muitos golos e enchem estádios. Mas esses são vendidos ao primeiro suspiro.

O que interessa é ganhar e melhorar as condições para ganhar.

Somos tricampeões? Sem dúvida. Graças a Rui Vitória e à sua capacidade de agregação, qualidade de gestão e aproveitamento dos jovens. Ou alguém duvida que sem esses jovens a época teria sido, como estava a ser, desastrosa?

Não vem aí nenhum apocalipse, como se pretende fazer crer. Ninguém anda desnorteado com a possibilidade de venda dos pilares do título número 35.

O que entristece é que, centenas de milhões de vendas depois, o Benfica deve o mesmo(mais de 400M€), continua a necessitar de ir aumentando a parada na emissão de obrigações em vez de com uma das vendas “milionárias” liquidar essa via de financiamento, continua a não ter qualquer capacidade de reter os seus melhores nem sequer miúdos com uma carreira inteira pela frente, e ainda continuar a andar nas mãos de empresários e comissionistas que vivem da especulação e da proliferação de negócios e transferências.

RAP tinha razão sobre JJ? Não tinha. Mas na sua visão de adepto ferrenho do SPORT LISBOA E BENFICA está totalmente certo.

domingo, 22 de maio de 2016

Avatar

Um abraço e um balde.

 ●   ●  52 comentários  ● 

Um abraço ao Rui Fonte, que bem merece ser feliz e espetou mais uma bofetada de luva branca no Fernando Santos.
(Assim como o Hugo Vieira que marcou mais de 20 golos, mas não serve. O Eder é melhor...)

Um balde para todos os corruptos que, como sempre tenho dito, sem ajuda de árbitros não passam de um clube mediano.
Um balde de merda para vós, depositado nas mãos de Maxi Pereira.

Avatar

Ricardo Araújo Pereira sobre Jorge Jesus, Vieira e o Benfica (21-05-2016)

 ●   ●  100 comentários  ● 



"Uma equipa só de jovens não ganha"
"O Benfica tem de ser Renato's, Gaitan's e Jonas"

 "Atravessar a auto-estrada a correr pode resultar, mas é estupidez"
"Se estás a ganhar está quieto!!! não mexas!!!"
Avatar

O Apocalipse não pára e a Importância da Formação

 ●   ●  34 comentários  ● 

É o fim do mundo em cuecas! O Carrillo? Depois da época fantástica que fez com a camisola do Benfica poder render 25M€? Nem pensar, tem que cá ficar um ano pelo menos porque os adeptos sabem que depois de um ano parado ele de certeza que vai justificar muito mais do que esse valor no próximo ano (mesmo que nunca o tenha justificado no passado) e, mais ainda, será um jogador que não vai estar o ano inteiro pressionado pela mudança nem nada...

E continuo chocado com a venda do Renato Sanches! O Correio da Manhã da Alemanha disse, está dito! As clausulas são leoninas e mesmo com vários interessados, o Benfica achou que era dinheiro a mais e escolheram vender a quem tinha "clausulas do Bild".

Por falar em clausulas... vender Gaitan por 25M€ aos 28 anos é um crime! valia pelo menos mais 10... porque sim.

Enfim, voltando ao Renato, há uns dias que ando para aqui partilhar um fator que porventura terá passado ao lado de muitos benfiquistas, mas que é um elemento de enorme relevância no sucesso desta temporada. Repararam na forma como o Renato viveu os festejos do Marquês?

A par dele, também Ederson, Guedes, Nuno Santos e Lindelof evidenciavam uma paixão pela conquista que é difícil de explicar por palavras, tendo o mesmo sido repetido ontem em Coimbra.

A todos os que ainda não perceberam a importância de ter na equipa jogadores de qualidade que sabem o que é o Benfica, que sabem o que representa vencer um rival, que sabem o que é a dimensão e a forma de estar das pessoas que estão nas bancadas... voltem a ver a festa.

É importantíssimo o SLBenfica ter jogadores portugueses e da formação, com elevada qualidade no plantel. Nem pensaria duas vezes se o Benfica pudesse vender Carrillo e comprar Rafa, como circula por aí um rumor, ou ter em Jota um dos substitutos de Jonas.

Aguardo pelo momento em que o José Gomes e o João Filipe virão a estar prontos para chegar ao plantel principal, tal como o João Carvalho ou o João Nunes, ou ver o que conseguiremos obter do João Teixeira ou do Diogo Gonçalves.

O caminho é este, complementado com jogadores jovens de qualidade como o Cervi e outros também de grande qualidade mais experientes.

Estão todos a pensar que assim vai ser o fim das aspirações do Benfica ao título? Ainda bem... nos últimos dois anos disseram o mesmo e foi o que se viu. Se vocês acreditassem que este era o caminho certo é que eu começava a ficar preocupado.

sábado, 21 de maio de 2016

Avatar

Mais Mercado ... "verão quente" na luz

 ●   ●  45 comentários  ● 
GR Ederson tem proposta de 20M€, muito longe dos 45M€ da cláusula de rescisão. (Jorge Mendes/RioAve têm 50% do passe). Espero que fique pelo menos mais 1 época.

DC Lindelof está a ter propostas que se aproximam da cláusula de rescisão (30M€). Ou pagam a cláusula de rescisão, ou deve ficar.
DC Jardel, Lisandro e Luisão têm abordagens que vão desde os 5M€ aos 8M€/cada. No total espero que só saiam 2 dos 4 centrais.

MC Renato Sanches já foi por 35M€ + 45M€ de objectivos difíceis de alcançar (segundo o Jornal alemão Bild e o espanhol Mundo Deportivo). Confirma-se o "Mau negocio". Devia ter ficado mais 1 ano, e valorizar-se mais.

MC Talisca, pode ir para a China, tal como Jonas (Pack de 50M€ pelos 2)

MA Salvio poderá sair. Tem abordagens. Se aparecer proposta de 20M€ ou mais, poderá ser negociado.. A sua companheira Magali Aravena descuidou-se sobre o assunto ontem no Twitter, tal como eu já tinha adiantado na quinta-feira.

MA Gaitan a sair por 25M€, é pouco. Jackson com a mesma idade foi por 35M€, para o Atlético Madrid.

MA André Carrillo, se sair por 25M€ para o Atlético Madrid, será a maior "anedota" das negociatas Vieira/Jorge Mendes/Atlético de Madrid. Pelo menos que faça 1 época no Benfica. Havendo negócio com o Atlético já se sabe que depois há contrapartidas inflaccionadas para os 50% do Raul Jimenez, e talvez um Diogo Jota também inflaccionado.

AC Jonas,  poderá ter proposta chinesa a rondar os 25M€, tal como Talisca. Com uma proposta salárial de 5M€/Ano "limpos" será complicado de o segurar, e a confirmar-se será das maiores perdas desportivas das últimas largas épocas.

Atendendo ao rodopio de propostas que chegam à luz ... não admira que existam nomes a circular na comunicação social, sobre possíveis reforços, principalmente para o meio-campo e ataque... Bentancur, Ante Coric, Marko Pjaca, Rafa Silva, Diogo Jota, Zivkovic, além dos já assegurados André Horta e Franco Cervi ... são nomes de que se fala. Nem todos virão, mas todos são possibilidades.

O "verão quente" só agora está a iniciar! 

Já tinha avisado há 2 dias para o que vinha ai!

9 Vendas podem render mais de 200M€... mas espero que Ederson, Lindelof e André Carrillo continuem pelo menos mais 1 época.
Avatar

Dia 0

 ●   ●  20 comentários  ● 
Deixem-me apenas partilhar o meu orgulho convosco.

Hoje o meu filho marcou o seu primeiro (eheheh) golo na Catedral, no seu primeiro jogo com o Manto Sagrado.

Estou sem palavras... :)



Avatar

Vieira, um homem de palavra.

 ●   ●  69 comentários  ● 

"Em 2014/2015 as pessoas vão começar a notar algo de novo no Benfica, nomeadamente em termos de jogadores portugueses. A estratégia é termos cada vez mais jogadores portugueses no plantel. Este é o último ano em que vamos precisar de vender jogadores."
- Luís Filipe Vieira, Agosto de 2013.

3 anos depois basta um sopro na direção da Luz e Vieira diz: "Vendido! "

Ainda bem que os 400M da NOS vão pagar o passivo. Assim isto será tudo dinheiro líquido para o Benfica e poderemos ir buscar estrelas para encher o estádio o ano todo.

artigos recentes