O NOVO BLOG GERAÇÃO BENFICA é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.

Translate

Jorge Jesus esteve bem a gerir o jogo frente ao Sporting?

segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

EXCLUSIVO: Oliver Sarkic assina pelo Benfica!

 
O Jovem avançado de 17 anos chega do Anderlecht!

Eu avisei: Valência desistiu? Não me parece!

Segundo A Bola, o Valência apresentou esta tarde uma proposta de 25M€ + o avançado Jonas.

O Benfica terá recusado!
Este tema está longe de estar fechado, e com Cristante contratado, menos ainda.

Oxalá fique... Mas se quiser jogar mais que ontem, senão pode ir à vida dele!

Ops! Então esta proposta não foi precisamente o que escrevi há uns dias que seria o plano do Valência? Querem ver que sou o Peter Lim?

BOMBA: Cristante no Benfica por 6M€

Segundo fontes italianas, Bryan Cristante do AC Milan, jovem talento internacional sub-19 de Itália, que joga a 6 ou a 8, será reforço do Benfica por 6M€.
 
Espera-se que o negócio seja oficializado hoje.
 
Quanto a Enzo Perez, Luís Filipe Vieira tem resistido à sua venda, mas a sua permanência ainda não é certa.

Quanto ao Avançado, o Benfica está a negociar em várias frentes para trazer um Avançado de qualidade.


ACTUALIZAÇÃO (20h20): Confirma-se a notícia que adiantamos às 14h.

Cristante já veste a camisola do Benfica!

 

Só espero que ao fim deste dia...


...de Enzo, Gaitan, Salvio e Luisão, pelo menos 3 ainda cá estejam. 

E já agora, um abraço a um jogador que é um exemplo de humildade e, já agora, de benfiquismo puro. Bernardo Silva é o seu nome. 

Já que o treinador do Benfica lhe negou um lugar no campo, ele vestiu a camisola 12. Essa ninguém o obriga a despir.



A "Obra Prima do Mestre" ou a " Prima do Mestre de Obras"?

É indiscutível, na minha opinião, que Jesus não colocou o Benfica a jogar apenas "o dobro" como prometera na primeira conferência de imprensa quando foi apresentado - colocou-os a jogar muito mais que isso. O "Mister Bazófia", que para alguns é uma designação pejorativa, mas para mim esse termo não se aplica a nada nem a ninguém que faz parte do SLBenfica.

Para mim a crítica ou elogio que nós, benfiquistas, fazemos a qualquer profissional do SLBenfica está ao nível dos elogios (por vezes vistos com uma "lupa enorme") ou as críticas (por vezes demasiado exigentes) que fazemos aos nossos filhos. Talvez quando muitos forem pais vão perceber isso.

Dito isto, não tenho problema nenhum em afirmar que esta será, porventura, o pior plantel que Jesus tem para orientar nestes seis anos de SLBenfica. Não quero com isto dizer que é mau... apenas que o SLBenfica, fruto de muito esforço e alguma loucura insana, teve nos últimos anos planteis de enormíssima qualidade.

Jorge Jesus, igual a si próprio, colheu para si grande parte do mérito das notas artísticas e dos (poucos, digo eu, para as equipas que teve) títulos que conquistou. Podem tirar o homem do bairro, não tiram o bairro do homem. Ele é assim e não vai mudar.

Porém, muitos dos críticos do treinador - técnica e tacticamente não partilho que quase nenhumas dessas criticas - sempre foram afirmando que Jesus seria realmente posto à prova quando deixasse de ter tantas e tão valiosas soluções no campo, no banco e até na bancada, soluções que por vezes os seus adversários não tinham nem sequer para completar um onze titular.

Pois bem, para esses... chegou o dia. Mesmo com a permanência de Enzo, como desejamos (mas que eu mantenho a opinião que possivelmente sairá amanhã), o plantel do SLBenfica não dará este ano ao Jorge Jesus nem perto das garantias que tem dado nos anos anteriores.

Hoje mesmo foi possível ver que sem Gaitan e Salvio... esta equipa fica orfã de soluções, de dinamismo de repentismo... de tudo! Hoje não houve Enzo, espero que seja apenas um mau momento de forma e não, como muitos defendem, a cabeça já fora do Benfica, mas a realidade é que desde a Supertaça que "não há Enzo".

Muito critiquei aqui o Oscar Cardozo. Mantenho aqui tudo o que disse, mas não podemos deixar sair o jogador sem ter uma alternativa possante para colocar em jogos destes. Cardozo podia até ter todos os defeitos que lhe apontei, mas nestes jogos a sua dimensão física era fundamental (e por isso "facturava" várias vezes). Saiu o Cardozo mas não entrou ninguém com essas características. O mais próximo disso é o Nelson Oliveira, mas o Jesus descarta completamente quem outrora elogiara de forma louca.

Não há "lampejos de decisão" na frente! Qual Artur qual carapuça... o maior problema do Benfica neste momento é a falta de um ataque concretizador, com capacidade de criar desequilíbrios, como fazia Rodrigo. Jara é patético a jogar, Talisca nunca será um segundo avançado na Europa (aliás nem sei o que será alguma vez na Europa, parece um "Roger mais alto" - tem jeito, mas parece decidir sempre mal e tarde), Derley pouco tem jogado e Lima... fez a primeira época e depois tem sido sempre a "perder gás".

Depois nas alas... Bebé, como diz Jesus está longe de estar "formado". Sorte a dele que veio de fora e tem a possibilidade de ter a ajuda do treinador para aos 24 anos cumprir as tais etapas que os jovens da formação têm que fazer sozinhos... as tais 10x que têm que nascer. Ola John nunca rendeu o que nos mostrou no Twente quando jogou com o Benfica, Sulejmani lesiona-se com frequência e apesar de andar a virar baldes de água gelada nos balenários ainda não treina devido à lesão no ombro. Sobram Gaitan e Salvio... Se há uma lesão num destes... acabou-se a dinâmica.

No meio campo defensivo vou dar o benefício da dúvida ao Samaris. Todos dizem que é bom, nunca o vi jogar, mas desconfio sempre que de quem só chegue à selecção aos 25 anos. A Grécia não tem propriamente um viveiro de craques. Seja como for, é puro desconhecimento... André Almeida oferece garantias e Fejsa veremos como regressa tal como Amorim. Se Enzo sai... não me venham com o Talisca! Não dá nem para os piores jogos do Enzo. Melhor que o Talisca, muito melhor (ainda que com falhas) fez o Teixeira na pré-epoca.

Na defesa, o super-Maxi e o Luisão perdem velocidade e agilidade de ano para ano... Solução? Jogadores rápidos, mas com grande leitura de jogo. Jardel é rápido... Eliseu nem por isso. Porém, Jardel decide menos bem que Eliseu. Ou seja... completam-se mas não chegam como chegavam Garay e Siqueira.

Na baliza, Julio Cesar está desde 2011 fora das grandes exibições (com Mourinho) e desde 2012 com a carreira em queda abrupta. Se tivesse 25 anos não era grave... tem 35. Não creio que seja com ele que possamos esquecer o "iceman" Oblak. Artur Moraes seguramente que já não tem reparação possível e é apenas esperar que saia do Clube e Paulo Lopes só conta para a estatística e para o balneário.

Ora, posso até estar a ser pessimista, mas tenho dúvidas que Jorge Jesus tenha a matéria prima que precisa para nos possibilitar jogos e exibições ao nível dos últimos 5 anos. Muitas dúvidas. Oxalá tudo mude e o treinador transforme latão em ouro... mas do que temos visto, parece complicado.

Assim sendo, parece que chegou finalmente a prova de fogo para Jorge Jesus. Mesmo com os reforços tardios e longe de serem as primeiras escolhas, como é publico, aliás nem as segundas foram, Julio César, Samaris e Campbell (?) não parecem ser a chave para este problema. Podem ajudar a atenuar mas...

Depois de 5 anos com armas de grande porte para combater com os adversários, Jorge Jesus enfrenta agora o grande desafio, com um plantel que não é mais forte individualmente que o do maior rival (FCPorto) nem se conseguiu superiorizar no resultado com o eterno rival (Sporting), é hora de Jesus mostrar se realmente faz milagres que nem a "Nossa Senhora" é capaz, como tem dado a entender nos últimos cinco anos... ou se isso aconteceu, como muitos lhe apontam (treinadores adversários inclusive), porque o Presidente lhe deu condições que mais ninguém tinha.

Será que é fácil tomar decisões quando temos jogadores como DiMaria, Aimar, Ramires, Javi, Markovic, Rodrigo, etc... ou essas decisões só foram fáceis porque o treinador assim as criou?

O futuro o dirá, eu quero acreditar que Jesus irá transformar um plantel sem opções, num conjunto de jogadores altamente potenciado, como ele diz que só ele faz.

Vamos lá mister, este ano é a época da "Obra Prima do Mestre" ou da " Prima do Mestre de Obras"?

domingo, 31 de Agosto de 2014

Não chega.

Como escrevi ao intervalo a culpa não é do Artur mas sim de quem o meteu a jogar.  De quem dá instruções para os constantes atrasos para ele.  E nem é um erro de agora. 

De resto uma boa primeira parte mas ainda assim insuficiente para ganhar. 

Como me dizia um amigo à pouco, algo preocupante é a incapacidade do treinador do Benfica em resolver com mexidas no jogo. Mas como ele também acrescentou,  com craques é fácil fazer bem não é Jorge Jesus?  Com Derleys já não é a mesma coisa.  O toque do mestre é uma treta.

O Porto já descolou e nestes jogos entre concorrentes não se ganham campeonatos a meio,  mas dão importante motivação. 

E finalmente : desvalorizar a capacidade dos suplentes de poderem resolver ou ajudar é mais uma afirmação inacreditável de JJ.  Um jogador cansado é melhor que um fresco?  Então o que faz esse suplente no clube se não serve para entrar?

O resultado sabe a pouco.  É a realidade.

Espero que o dia de amanhã não traga o que se comenta nos bastidores...

Benfica vs Sporting: O mais e o menos

O MAIS:
Boas exibições a nível individual, incluindo Talisca, Jardel, André Almeida e Eliseu, talvez as pedras que suscitam mais dúvidas junto dos adeptos.

A matriz do jogo mantém-se, com futebol ofensivo, por vezes bonito, na busca do golo do primeiro ao último minuto.

Gaitan e Sálvio em grande: difícil imaginar o Benfica sem estes dois jogadores.

Apesar das pedras que nos faltam, o Benfica não está morto, está na luta, e já se vê neste “novo” Benfica dedo do treinador.

O MENOS:
Falta de talento individual no banco para alterar o rumo do jogo (daí as substituições tardias)

Falta ao Benfica a qualidade de jogadores como Rodrigo ou Markovic, jogadores capazes de resolver um jogo atado numa jogada individual.

Falta um avançado de qualidade que chegue e faça golos. Cardozo hoje tinha dado jeito.

Enzo: Não foi o motor de outros jogos.

Artur: Não chega ser capaz do melhor e do pior no mesmo jogo. Cada vez que a bola lhe chega, os adeptos suspiram e a defesa leva as mãos à cabeça.


Jogo na BenficaTV em definição normal, estando a Premiership na BTV2 em alta definição. Não percebo a lógica desta política. É pelo Benfica que pago o canal. 

Ao intervalo...

Artur não pode ser o responsável.  Aquele que o vê nos treinos e que saberá melhor que ninguém que Artur não tem condições para estar na baliza é que é o responsável pelos erros dele. Veremos o que trará a segunda parte.

O Proença saberá esperar pelo "MasterPlan"?

Onde terminará a ambição do Sistema que domina o futebol português? Esta questão poderá ditar a dança de cadeiras que vamos assistir em 2015 no futebol nacional e internacional.

A FPF sempre esteve para a UEFA como Portugal para a União Europeia: o bom aluno, cumpridor, sempre a apoiar que saberá, quando nos cargos mais importantes, defender os interesses de quem mais os beneficiou. Tal como na UE, também na UEFA vamos tendo cargos de "sombra", que passam abaixo do radar da opinião pública, até que um dia chegue o nosso dia... Madaíl ainda achou que poderia ser ele, mas não foi... Teve que se contentar com uma daquelas prateleiras douradas, mas que são importantes para "minar" o caminho para quem atrás de si vier...

Quando li o texto anterior do Shadows sobre o Proença lembrei-me que nem o árbitro, nem Fernando Gomes, nem os restantes "patrões" do futebol português querem mais do mesmo. Não é por acaso que Proença fez uma "campanha de notoriedade" na UEFA, suportado pela FPF e não é por acaso que Fernando Gomes tem desde 2004 sucessivos cargos-sombra na UEFA que lhe permitem criar uma teia de relações com as confederações que o podem um dia apoiar ao lugar de Presidente da UEFA.

Então e o Platitni? Obviamente que o francês corrupto quer a FIFA! Estas duas organizações são, possivelmente, as organizações legais corruptas menos fiscalizadas do mundo. O sítio certo para gente como Platini e como o testa de ferro da corrupção do futebol português.

Não subestimem o futebol português como plataforma giratória de dinheiro dos grandes clubes do mundo, dos grandes proprietários, das grandes negociatas de jogadores com fundos, passando assim longe dos olhares mais atentos dos reguladores dos grandes países europeus.

É apetecível para todos ter portugueses bem posicionados na UEFA. Fernando Gomes sabe disso, ou melhor, o Sistema sabe disso... E Platini saberá disso.

Ora, é aqui que as eleições da Liga têm um papel fundamental. A acontecer em 2015 uma possível mudança de Fernando Gomes para a UEFA, é importante ter na Liga alguém de consenso que poss ou seguir os passos de Fernando Gomes e transitar para a FPF, ou apoiar a ascensão de outro testa de ferro para a FPF, criando assim o "arco do poder" dominado integralmente pelos "patrões" de sempre, com Benfica e Sporting a servirem de "lorpas" da já antiga estratégia do "cavalo de Tróia".

Reparem bem: Fernando Gomes, próximo de Platini, a assegurar na UEFA a defesa dos interesses do extinto G14 (onde sempre "barraram" o Benfica), o francês a dominar o futebol mundial e os interesses corruptos dos muitos milhões de patrocínios e interesses que circulam na FIFA por ocasião das organizações de competições mundiais... E por cá o poder de organização, arbitragem, regulação e disciplina totalmente controlado pelos peões que venham a assumir o papel nacional de defesa deste desígnio, sendo que poderá até ser um boa oportunidade para voltar a fundir a Liga com a FPF - um plano que avançará seguramente se o Platini não avançar para a FIFA e Fernando Gomes tiver que aguardar mais tempo pela sua vaga.

Obviamente que Pedro Proença, a quem Vitor Pereira passou a perna no Mundial "esquecendo-se" de fazer campanha por ele para a final como fizeram os italianos, terá em Fernando Gomes um importante aliado para ser o futuro líder da "evolução fictícia" da arbitragem e com isso uns anos mais tarde subir também ele para a UEFA. Ora, Pedro Proença pode ser muito benfiquista, até acredito que o seja, mas sabe bem que o benfiquismo e honestidade dele não o levam a lado nenhum neste "MasterPlan". Proença sabe bem que terá que estar do lado dos que o podem levar até onde quer estar em Portugal e depois na UEFA.

Saberá Proenca esperar pelo MasterPlan, continuando a alinhar com os interesses de quem o pode levar a fazer parte desse plano?

Escolhe o teu 11 para mais logo...

Quem são os teus 11 magníficos para vencer (não tenho duvidas) o Sporting?

Eis a minha escolha: Oblak, Maxi, Luisão- Garay e Siqueira; Matic e Enzo, Gaitan, Salvio, Markovic e Rodrigo.

Ops! Not possible...

Agora a serio: Artur, Maxi, Luisão, Jardel e Eliseu; André Almeida, Enzo e Gaitan (a 10); Salvio e Ola John; Lima.

Não lançaria o Julio Cesar logo num derby, sob risco de poder correr mal e ficar marcado por ainda não estar alinhado com a defesa. O Samaris poderei ser opção mas no decorrer da partida.

E vocês?

artigos recentes