O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 13 de março de 2020

Conselho de Arbitragem da FPF investigado por suspeitas de corrupção e falsificação de documentos

Avatar
 ●  75 comentários  ● 

O Ministério Público está a investigar o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), confirmou o PÚBLICO junto da Procuradoria-Geral da República (PGR). 

A mesma fonte confirmou que foi aberto um inquérito, sujeito a segredo de justiça, que se encontra a ser investigado no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP). 

A notícia foi avançada pela RTP, que adiantou que as investigações tiveram início numa queixa feita pelo ex-árbitro Jorge Ferreira. O antigo profissional de arbitragem revelou ter sido o autor das informações enviadas às autoridades. Em causa estão alegados crimes de corrupção e falsificação de documentos. O árbitro garantiu ainda, em entrevista ao mesmo canal, que sofreu pressões para beneficiar os clubes com maior poder


“Já fui ouvido e a Polícia Judiciária (PJ) arrolou várias testemunhas. [Falei] das ilegalidades que o CA tem efectuado. Essencialmente dois tipos: corrupção e falsificação de documentos. As provas que tenho foram entregues à PJ. O Conselho de Arbitragem quer agradar aos árbitros e aos clubes, aos que têm poder. Os três grandes, essencialmente”, afirmou o árbitro. 

Jorge Ferreira diz que as pressões para beneficiar os “três grandes” eram feitas pelos dirigentes deste órgão de arbitragem. “Pode ser feito através de um telefonema ou pessoalmente. Dizem-nos: ‘Tu estás bem, vais fazer um jogo, prepara-te. Olha que eles já estão a falar muito'”, exemplifica, acrescentando que a pressão que existia sobre os juízes “dependia da tabela" classificativa. "Isso hoje continua a acontecer”, garante. 


No final da temporada 2016-17, o árbitro Jorge Ferreira foi despromovido à segunda categoria (C2), decisão que contestou, alegando existirem incompatibilidades no processo de classificação. 

Um dos avaliadores naquela época, Paulo Costa, é irmão de Rui Costa, árbitro de primeira categoria (C1). Esta ligação familiar foi denunciada pelo árbitro, obrigando o CA a fazer uma nova classificação, sem ter em conta as avaliações de Paulo Costa. A nova lista mantinha Jorge Ferreira em posição de despromoção e o profissional de arbitragem decidiu recorrer desta segunda avaliação. O Conselho de Justiça (CJ) da FPF deu provimento ao recurso do árbitro, anulando a sua exclusão do quadro de juízes da segunda categoria. Contudo, Jorge Ferreira não voltou a ser integrado na segunda categoria, entrando com nova acção contra o CA. O CJ considerou terem existido ilegalidades na despromoção do juiz à categoria C3.
in Publico

Creio que todos se recordam do que aqui escrevi já várias vezes, tanto eu como o Shadows aliás, que há ORDENS DIRECTAS do Fontelas e do aparelho de arbitragem aos árbitros, sobre como se devem comportar face aos grandes e ao... barulho que fazem.

quinta-feira, 12 de março de 2020

Última hora: Liga suspensa

Avatar
 ●  46 comentários  ● 


O que será preciso para parar o campeonato nacional de futebol?

Avatar
 ●  67 comentários  ● 

Os dirigentes desportivos estão ao nível dos dirigentes políticos: medíocres e prisioneiros de interesses económicos.

Provavelmente só se algum familiar seu estiver infectado é que darão importância à situação atual.

Todas as competições desportivas têm que ser suspensas.

quarta-feira, 11 de março de 2020

Curtas

Avatar
 ●  99 comentários  ● 


BTV com sinal aberto? 

Se o clube fosse o proprietário dos seus direitos televisivos, se o clube fosse o proprietário dos direitos de transmissão do seu próprio canal, poderia tomar a iniciativa de transmitir o jogo de sábado em canal aberto. 

Jorge Jesus 

Continua a campanha intensa de promoção da imagem do antigo treinador do Sporting, aproveitando o mau momento da nossa equipa. 

Como acabaria este rumor? Com uma declaração de Luis Filipe Vieira a desmentir que Jorge Jesus venha a ser novamente treinador do nosso clube, agora ou no futuro. 

By the way: Jorge Jesus NUNCA MAIS!


terça-feira, 10 de março de 2020

Figurinhas

Avatar
 ●  42 comentários  ● 

"Luís Bernardo, diretor de comunicação das águias, comentou o atual momento da equipa de futebol profissional e não foi meigo nas palavras. "Não podemos meter a cabeça debaixo da areia. Este ciclo de jogos tem sido terrível do ponto de vista dos pontos e do ponto de vista exibicional. Mas acredito, como todos os benfiquistas, que aquele grupo de trabalho, pela qualidade e união que existe saberão dar uma resposta. O título está em aberto. Cada jornada será uma final", atirou o responsável benfiquista, salientando que este é um momento de "grande exigência". 

"Temos a noção clara que estamos a passar um momento muito difícil do ponto de vista exibicional, tal como do ponto de vista dos resultados. Agora, é nestes momentos que temos que encarar de frente os problemas e assumir os próprios erros. Encarar o futuro com confiança. Temos confiança nesta equipa de trabalho, trereinadores, jogadores, que no passado já deram provas da capacidade de superação e de dar resposta positiva. É bom não esquecer que também foi este grupo que atingiu resultados históricos. E nada é apagado de um dia para o outro", sublinhou Luís Bernardo, em declarações à BTV." - Record.

---------------------------------

Luis Bernardo não faz parte dos orgãos sociais do SL Benfica.

Não faz parte sequer do CA da SAD do Sport Lisboa e Benfica.

Não tem nenhum cargo de gestão no futebol do Sport Lisboa e Benfica.

É um simples avençado, contratado por Luis Filipe Vieira para tratar da comunicação do clube, e não ser a cara do clube ou opinar sobre o clube.

Para isso temos os Orgãos Sociais eleitos ou o Conselho de Administração da SAD.

Luis Bernardo, assim como Pedro Guerra, são figurinhas responsáveis por uma Comunicação deficiente, fraca, inútil, e que só tem servido Luis Filipe Vieira e não o Sport Lisboa e Benfica.

É lamentável que o Sport Lisboa e Benfica chegue a este ponto.

Covid-19 e o futebol português

Avatar
 ●  82 comentários  ● 

Na sua opinião, o campeonato deve ser suspenso?

Acha que os jogos devem ser realizados na mesma, mas à porta fechada?


segunda-feira, 9 de março de 2020

Exclusivo: "É este o Benfica que queremos?", por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  109 comentários  ● 

É este o “Benfica hegemónico” que nos prometeram? 

É este o “Benfica de dimensão mundial” com que nos acenaram? 

É este o “Benfica 10 anos à frente” com que enchem a boca? 

É este o “Benfica europeu” que nos dizem estar a construir? 

É este o Benfica que querem, ... que queremos? 

O EMPATE EM SETÚBAL (DEPOIS DO EMPATE COM O MOREIRENSE) 

O Benfica empatou com um Vitória de Setúbal fraquíssimo, como havia empatado com um Moreirense também muito fraco! 

E nem as arbitragens podemos culpar, já que, em cada um desses jogos, tivemos 2 penalties a favor! 
Em 4,falhámos 2, e perdemos 4 pontos! 

O mais fácil seria culpar Pizzi, por os ter falhado, ou Bruno Lage por ter insistido nele para os marcar ... com 50% de aproveitamento! 

Mas isso seria meter a cabeça na areia! 

UM PROJETO SEM ALMA 

O grande problema, hoje, do Benfica, é que nada do que é dito por quem manda corresponde ao que é feito! 

Porque o que querem não corresponde ao que dizem! 

Porque tudo está a ser feito para que seja uma minoria, um pequeno grupo, a mandar no Benfica! 
Ou, melhor ... a ficar com o Benfica! 

Um projeto sem chama, que decorre de textos escritos por terceiros (com frases “made in” Alvalade), feito de “primeiro o negócio, depois as vitórias”, quando deveria ser o contrário! 

Mas para o que querem - enfraquecer o Benfica para apresentar a solução de investimento externo contra a perca da maioria do clube na SAD - serve à perfeição! 

A CULPA MORRE NO BALNEÁRIO 

A tentação de culpar o treinador ou os jogadores é humana! 

E o que quer quem manda é que a culpa morra no balneário, como morreu com Rui Vitória. 
Mas aceitar isso é ser conivente na desresponsabilização de quem toma decisões! 

Neste caso ... do Presidente! 

Um Presidente que – inexplicavelmente a seguir às notícias que “plantou” depois do empate em casa com o Moreirense - não foi ao Bonfim! 

OS ERROS DE UMA ESTRUTURA JÁ FORA DE PRAZO 

Ao olhar lá “para dentro” - percebemos um deslumbramento obcecado, sem qualquer sinal de que vão “emendar a mão”. 

Há qualquer coisa de patológico na estrutura, uma sobranceria, uma bazófia, uma falta de noção que gera facilitismos de vária ordem! 

Traduzidos nos erros de palmatória na política de vendas e nas contratações! 

Ou na política de comunicação errónea (como as já referidas proclamações da “hegemonia”, dos “10 anos à frente”, da “dimensão mundial”, do “Benfica europeu” e - máxime - do “Benfica europeu só com jogadores do Seixal”). 

Ou o discurso da aposta desequilibrada na formação (com óbvios prejuízos na competitividade da equipa)! 

E - o tema desta última semana - um histerismo bacoco com os resultados financeiros, como se o Benfica fosse um qualquer produto “plastificado”, voltado para “os mercados”, para o negócio. 

Como me diria um amigo meu ... “há certos alimentos, de inegável qualidade, que mesmo no frigorífico se deterioram e ficam impróprios para consumo, ... assim vejo eu - hoje - a direcção do Benfica, cujo prazo de validade expirou”!!! 

UM PORTO GASTO, INTERVENCIONADO E INCOMPETENTE 

E se o Sporting não existe nem faz sombra a ninguém, o que mantém vivo este Presidente é um Porto de quem ele, tendo sido sempre amigo, lhe retribui, hoje, essa gentileza! 

Um Porto gasto em todos os sentidos, incompetente, sem treinador, desunido, com problemas anunciados internamente, 

intervencionada pela UEFA ... que nos ajuda a manter a aparência de uma liderança que .. se arrepiarem caminho ... desaparecerá num ápice! 

CONTRADIÇÕES 

Com uma aparente saúde financeira (discutiremos isso um dia destes) o Benfica deixa-nos uma sensação de crise anunciada! 

Desde Dezembro, percebemos que a equipa tem alguns problemas! 

Com os jogadores da formação a passarem de quase certezas mundiais da próxima década a excomungados e emprestados sem bilhete de volta! 

POLÍCIA COM RED PASS? NÃO, OBRIGADO! 

E, como se isso não bastasse, temos as repetidas visitas da Polícia ... quase a pedir um “red pass” para cada agente que nos entra pela porta 18! 

São nódoas que continuam a manchar a nossa reputação! 

Que esperemos sejam todas falsas! 
Não é a PJ, o MP ou a Magistratura que poderão destruir a imagem do Benfica! 

São as possíveis práticas por que que esses senhores têm optado que nos vão conduzindo a este cenário de destruição da nossa imagem e dos valores e princípios fundacionais! 

PLATAFORMA DE NEGÓCIOS? NÃO, OBRIGADO! 

Por isso, o que me assusta são declarações como “o Benfica tem as contas auditadas” ... à imagem do que aconteceu, há poucos anos, com outras instituições também julgadas sólidas. 

O que eu queria ouvir do Presidente do Benfica seria um peremptório: “não fizemos nada do que nos acusam”

Mas não foi isso que ele disse. 

Por mim - como sempre - condeno expressamente “a enorme plataforma de negócios em que Luis Filipe Vieira transformou o Benfica”. 


Porque - convençam-se disso - Vieira deixou, há algum tempo, de ser solução para o Benfica, antes se tendo transformado no principal problema que temos para resolver! 

GRATIDÃO ETERNA? NÃO, OBRIGADO! 

Não podemos e não iremos cometer o mesmo erro de outros! 

Porque continuar a apostar num projeto esgotado, na duplicação inconsequente do Seixal, em propostas sem base de evolução só para distrair as atenções dos casos de polícia ... não nos ajudará a fazer regressar o Benfica ao convívio desportivo com os grandes clubes da Europa! 

Chega de negócio, chega de cimento, chega de entreposto de jogadores, chega de sermos um instrumento na estratégia de um comissionista na venda de jogadores! 

GANHAR! 

Vamos lá ganhar no campo! 

Porque - e deveriam sabê-lo porque um dos teóricos de serviço lá pelos lados da Luz sempre fez questão de o escrever - “o poder, no futebol, vem do campo”! 

A não ser que queiram dar cabo de tudo o que em conjunto conseguimos! 

Para isso ... como cantavam - ironicamente - os sócios do Benfica, depois do empate em Setúbal ... “vota Vieira"! 

Ou não ... se amarem o Benfica!

domingo, 8 de março de 2020

O que falta no campeonato da mediocridade...

Avatar
 ●  29 comentários  ● 
Ao FCPorto falta:  Famalicão (f), Marítimo (c), Aves (f), Boavista (c), Paços de Ferreira (f), Belenenses SAD (c), Tondela (f), Sporting (c), Moreirense (c) e Sp. Braga (f)

Cinco jogos fora e outros tantos em casa. Dois jogos seguidos em casa antes de visitar o SCBraga na última jornada.

Já o SLBenfica terá ainda Tondela (c), Portimonense (f), Rio Ave (f), Santa Clara (c), Marítimo (f), Boavista (c), Famalicão (f), V. Guimarães (c), Aves (f) e Sporting (c):

Cinco jogos fora e outros tantos em casa. Dois jogos seguidos fora e fim de campeonato em casa  com... o SportingCP.

Finanças: Análise aos 3 Grandes - Benfica, Porto e Sporting (1º Sem. 2019/2020) (By Benfica Eagle)

Avatar
 ●  48 comentários  ● 

BENFICA: A Benfica SAD apresentou 244,2M€ de Rendimentos totais e 140M€ de Custos totais no 1º Semestre, mais do TRIPO da Porto SAD, e mais do DOBRO da Sporting SAD! Em termos de Rendimentos operacionais os mesmos foram de 101,9M€ no 1º Semestre, quase o DOBRO da Porto SAD e mais do DOBRO da Sporting SAD, muito devido à participação na Champions League, que representou quase metade do total dos Rendimentos operacionais.  Ao nível dos Custos operacionais verificou-se nos últimos 2 anos um aumento considerável dos Custos Operacionais, muito devido ao aumento dos Custos de Pessoal e dos FSE - Fornecimento de Serviços Externos. em 17/18 foram gastos 116M€, em 18/19 foram gastos 164M€ e esta época em 6 meses foram gastos 93,6M€ (mais de 180M€/Ano) sem se verificar um aumento de qualidade em termos desportivos, bem pelo contrário! O mais preocupante é que um orçamento de 180M€ em custos operacionais implica a presença constante na Champions League, e mesmo isso pode não chegar para pagar a totalidade dos custos operacionais. Os resultados Operacionais no 1º Semestre foram de +8,3M€, sendo a única SAD dos 3 grandes com resultados operacionais positivos, mas seguindo-se a tendência para a totalidade da época os resultados operacionais anuais serão negativos, devido ao afastamento das competições europeias.

Em termos de Rendimentos com Atletas a Benfica SAD alcançou os 137M€, muito devido a João Félix, Carrillo, Salvio e Lisandro Lopez, tendo permitido um resultado positivo de 108,4M€, sendo a melhor dos 3 grandes.

Em termos de Rendimentos financeiros e de investimentos a Benfica SAD apresenta um resultado negativo de -4,9M€, sendo também a melhor dos 3 grandes.

O Resultado Líquido do Exercício foi de 104,2M€, muito devido aos resultados operacionais e com atletas, e pagou 7,6M€ em impostos devido aos lucros consideráveis que alcançou, sendo também a que apresenta melhores resultados dos 3 grandes.

Em termos de balanço a Benfica SAD alcançou 608,7M€ de activo, 385,3M€ de passivo e 223,4M€ de capitais próprios postivos, sendo quase o dobro do capital social inicial (115M€).


PORTO: A Porto SAD apresentou apenas 30% dos rendimentos da Benfica SAD no 1º Semestre (72,7M€ vs 244,2M€) 124,5M€ de Custos Totais, e mesmo assim Luís Filipe Vieira deu o "jeito" a Pinto da Costa, salvando-o novamente, após a "sabotagem" ao Penta. A Porto SAD apresentou apenas 52,4M€ em rendimentos operacionais, com uma queda abrupta devido à não presença na Champions League. Os Custos operacionais situaram-se nos 75,3M€, originando -22,9M€ de Resultados Operacionais.

Ao nível dos Resultados com Atletas o mesmo foi também negativo com apenas 19,2M€ de Rendimentos com Atletas, que originaram cerca de 3M€ de mais-valias, retirando os Custos com transações de Atletas. Considerando as Amortizações dos Atletas que continuam na SAD, o Resultado total com Atletas foi de -18M€.

Em termos de Rendimentos Financeiros e de Investimentos o resultado foi negativo em -10,5M€ sendo já o dobro da Benfica SAD.

Em termos de Resultado Líquido do Exercício a Porto SAD apresentou prejuízos de -51,8M€ em apenas 6 meses, e seguindo-se a tendência, sem a venda de jogadores em Junho, os prejuízos vão chegar aos -110M€ numa só época!

A Porto SAD apresenta 357,6M€ de Activo, 444,5M€ de Passivo, o que representa um Capital Próprio de -86,9M€ negativos. No entanto se considerarmos os interesse sem Controlo (EuroAntas) pelo facto de considerarem 100% do Estádio no Balanço, quando apenas passaram cerca de metade dessa empresa do clube para a SAD, então nesse cenário o capital próprio atribuído ao Porto Clube é de -145,1M€! Ou seja, a Porto SAD está em FALÊNCIA!


SPORTING: A Sporting SAD apresentou 91,6M€ de Rendimentos Totais e 88,8M€ de Custos totais, tendo a sua situação equilibrada, registado a venda de Bruno Fernandes apenas no 2º Semestre. Em termos de Rendimentos Operacionais atingiu os 43,6M€ e Custos Operacionais de 59,7M€, o que originou -16,1M€ de Resultados Operacionais.

Em termos de Rendimentos com Atletas registou 48,0M€, deduzindo 10,6M€ de Amortizações com Atletas e Custos com Transações de Atletas de 10,6M€, originando +26,8M€ de Resultados com Atletas no 1º Semestre. No total da época irá superar os 100M€ com a venda de Bruno Fernandes. Se os sucessores de Bruno de Carvalho não tivessem chegado a acordo com a maioria dos jogadores que rescindiram após a invasão de Alcochete, o Sporting já tinha FALIDO!

Em termos de Resultados Financeiros e de Investimentos a Sporting SAD teve -7,8M€, e Resultado Líquido do Exercício foi positivo em +2,7M€.

A Sporting SAD apresentou 283,3M€ no Activo, 304,1M€ de Passivo, e considerando Passivo + VMOC's o valor sobe para 432,0M€. Os Capitais Próprios (sem VMOC's) são negativos em -20,8M€. Considerando os VMOC's o saldo é negativo em -148,7M€, no entanto já se sabe que o Sporting recebeu um "perdão" da banca, e poderá comprar os vmoc's com um desconto de 70%, situação que configura um verdadeiro ESCÂNDALO!


Período 2010-2020 1º Semestre (9,5 épocas)


Desde 2010 até ao 1º semestre 2020 (9 épocas e meia), o Resultado dos Exercícios acumulados foram os seguintes:
Benfica: +210,5M€ de lucros
Porto: -199,6M€ de prejuízos
Sporting: -140,7M€ de prejuízos




Período 2000-2020 1º Semestre (19,5 épocas)


Benfica: 1.179M€ (4,5 anos) | +219M€ de lucros
Porto: 840M€ (4,5 anos) | -164M€ de prejuízos
Sporting: 620M€ (4,5 anos) | -27M€ de prejuízos






A Benfica SAD é neste momento a que mais factura e a que mais tem lucros no período 2015-2020 1º Semestre. Em apenas 4,5 anos a Benfica SAD facturou mais de 339M€ do que a Porto SAD, e conseguiu resultados do exercício melhores do que a Porto SAD em 383M€! Mesmo com estes resultados, no último período de 5 épocas Luís Filipe Vieira ofereceu um campeonato ao Porto, na altura da "sabotagem" ao Penta devido à pressão dos "e-mails", e esta época pretende também oferecer o campeonato ao Porto, de forma a salvar Pinto da Costa que começa a enfrentar forte oposição por parte do grupo de João Rafael Koheler (link)!

ranking