Sem colete à prova de balas.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Sem colete à prova de balas.

Avatar
 ●  + 18 comentários  ● 
A jornada e acontecimentos deste fim de semana deixaram a descoberto um dos grandes problemas do Benfica.
Os jogadores não têm uma figura 'paterna' que lhes sirva de defesa e lhes conceda paz mental para fazerem aquilo em que são melhores, que é jogar à bola, e que os prepare para enfrentar um árbitro que, como muito bem escreveu alguém hoje, deixa os jogadores nervosos.

Os árbitros mais antigos, com raras excepções, tinham a máxima de que se ninguém dava por eles, é porque tinham feito um bom trabalho.
Pedro Proença, por outro lado, é o expoente máximo da nova geração de árbitros: é exibicionista e tem uma ânsia muito grande por destaque.

Isso demonstra-se pelas exibições que Proença realiza lá fora, que são de um nível bem acima das que realiza em Portugal.
Cá dentro, Proença pega na bitola que tem feito escola na arbitragem nacional: em caso de dúvida, prejudica-se o Benfica.

Ora, os jogadores por muito profissionais que sejam, não são imunes a essas actuações de Proença.
Daí ser necessário fornecer aos jogadores do Benfica uma preparação psicológica e técnica para saberem lidar com essas adversidades, em especial no calor do momento.
Os episódios com Luisão e Cardozo, dois dos jogadores mais destacados do plantel, deixa exposta a falta de preparação dos jogadores do Benfica para estes momentos.

A situação agrava-se quando não há uma voz que assuma a sua defesa, antecipadamente. 
O chamado colete à prova de balas. Não defende tudo, mas protege de muita coisa.

Esse colete é o treinador, o responsável do futebol e o presidente do clube.
Estas 3 figuras no Benfica, como sabemos, são apenas 2 pessoas. O treinador e o presidente. O responsável pelo futebol vai alternando entre JJ e LFV.

E na realidade, nem um nem outro são essa linha de defesa de que os jogadores precisam.

Jorge Jesus tem demonstrado uma cautela demasiado grande quando se trata de comentar os benefícios concedidos em campo ao FC Porto pelos árbitros. Prefere desfazer-se em elogios à 'qualidade de jogo' portista.
Demasiado pouco para quem tem tanta força na língua para dissertar sobre imensos outros assuntos nas conferências de imprensa.

Luis Filipe Vieira continua a não demonstrar habilidade(nem vontade) para falar de futebol, dando ainda mais força à tese defendida por muitos de que na verdade, ele não gosta de futebol.

E assim, sem linhas de defesa, os nossos jogadores estão expostos as situações como a que aconteceu com Cardozo.
Numa altura crítica do jogo, perante a conveniente inacção de Pedro Proença, o 'Tacuara' perdeu a cabeça.

Não houveram declarações antes do jogo sobre esta nomeação para um desafio sempre complicado, e nada foi dito depois para contrapor ao eco das 'vozes' do dono, que já tornaram oficial o discurso sobre os benefícios da arbitragem ao Benfica.

Em vez de ser o Benfica a condicionar de forma pro-activa aquilo de que se fala, ou não se diz nada ou então o clube vai sempre a reboque das frases oriundas do Dragay.

Caros amigos, os jogadores são deixados à sua sorte dentro de campo. Sem colete, sem defesas.

E é assim que entramos na fase decisiva da época. Nada de bom se augura.

18 comentários blogger

  1. O que se augura é mais do mesmo. Em maio, com tudo perdido, Vieira escondido, manda os "profissionais" dar entrevistas...

    ResponderEliminar
  2. Portanto, responsabilizas o JJ e o Vieira pela atitude do Cardozo.

    Devias somente criticar as pessoas pelas suas responsabilidades e não pela dos outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Responsabilizo a estrutura. Cardozo incluído. Mas em vez de penalizar ao máximo o elo mais fraco, o jogador, penalizo os responsáveis que é assim que deve funcionar qualquer estrutura.

      Eliminar
  3. Nada abala a minha confiança no jogadores e na vontade deles se sagrarem campeões.
    Com milhões de adeptos e sócios como se pode dizer que o jogadores e o Benfica estão desprotegidos?
    A propaganda e as interferências extrafutebol só poderão afectar se nós, sócios e adeptos o permitirmos!
    Não podemos deixarmo-nos enredar na ansiedade e nervosimo pretendidas pelo POLVO CORRUPTO nem devemos permitir que o Benfica caia nas armadilhas montadas pelo POLVO CORRUPTO!

    A nossa voz é a voz do Benfica.
    Assim sendo, que a tua voz seja a voz do Benfica!



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Superaguia, isso é muito bonito mas de nada vale.
      Pergunta a um jogador se os gritos de incentivo no estádio superam um penalty não sancionado a favor do Benfica, um jogador expulso injustamente, ou outras situações idênticas.
      Chega dessa conversa do temos é que apoiar. É preciso muito mais que isso para derrotar este sistema podre. A decisão da FPF hoje demonstra claramente isso.

      Eliminar
  4. O Jorge Jesus não diz o que devia porque quer ir treinar o Porto... Ainda se lembram de como ele dizia quando estava no Braga que ganhar ao Benfica só na Playstation? Agora cala-se e nunca diz nada sobre o Porto porque está a manter as portas abertas...

    Já assinaram a petição para tirar o Pedro Portença de sócio?


    http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N21593

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que passa a ideia de que ele não quer pisar alguns 'calos'. E isso preocupa-me.

      Eliminar

  5. Quantos milhares de posts já se fizeram com teor igual a este.

    Algo mudou mesmo que o Benfica continue a ser roubado e apoucado.

    Esta direcção quer as coisas assim porque não sabe nem tem condições para defender o clube mas também é verdade que uma boa parte dos Benfiquistas concorda com isto.

    Por isso os 83% têm o que merecem pena é que seja o clube e aqueles que se opõem a ser humilhados e vilipendiados.

    Claro que com o jogo parado Cardoso pôs-se a jeito mesmo que o bem industraido defesaseco desta filial corrupta estivesse a gozar com o pagode dando pequenos toques para ir afastando a bola do Cardoso.

    Fosse o gesto do Cardoso o cume da violência e muito meigo seria o futebol.

    Mas não, pois Cardoso passou a ser um assassino a abater e coitado vai ter que levar contudo pois se nem o Matic defendem o destino de Cardoso será a forca.

    Se há coisa que no Benfica nunca houve foi a cobardia que se vê hoje.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viste as capas dos jornais que falam em 'redenção' do Cardozo? A mensagem vai passando.
      Nisto tenho pena dos jogadores, pois estão entregues a si próprios.

      Eliminar
  6. Vamos ver duas coisas, para mim o LFV ñ gosta do Glorioso e o JJ sempre foi ganho EU e perdem eles, e desde que esta fazer este joguinho para ganhar € ou vai substituir o Vitó ainda pior. O Benfica deste presidente nunca foi pautado por uma defesa dos jogadores com inteligência . Veja-se o caso Luisão desde ocaso nunca foi o mesmo, neste momento podemos ver o Verdadeiro Cardoso renovou ja não faz nada (esta ninguém tira esta ao sombras). Ps: para quando numa AG um pedido de expulsão do P.Proença ? ou pedir para se justificar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo o teu comentário, Pimento.
      Mas pergunto: perante o silêncio do Benfica, faz sentido pedir a expulsão de Pedro Proença? Os danos que o silêncio vai provocando não é tão grave quanto os 'erros' do Proença? Não são esses 'erros' uma consequência da falta de pressão do Benfica por uma estrutura da arbitragem isenta?

      Eliminar
  7. Este CD da FPF cavou o seu funeral.

    Misturou casos diferentes para acomodar vozes sobre cada um dos caso.

    Se sobre as expulsões ninguem pode reclamar sobre o criterio adoptado, pois vale o relatorio do arbitro.
    Já sobre a não expulsão do fcp da taça da liga existem pressupostos legais e clubes prejudicados com a decisão. E aqui, quer o Braga B, quer o V Setubal, já se pronunciaram contra a posição do CD.

    Vamos a ver se a Taça da Liga continua?

    xico caçador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que li, o recurso suspende a competição. Vamos ver se o Setúbal ou a Liga recorrem.

      Eliminar
  8. Como está leve a minha consciência por não ter votado nesta direção...

    ResponderEliminar
  9. Perante tanta corrupção
    Está para nascer o valentão
    Que atinja os resultados da multidão
    Que se movimente em espirito de união

    Chamem-lhe o que quiserem (não dar o corpo às balas, cobardia, estupidez, incompetência), não há generais que ganhem batalhas com as tropas divididas.
    Quem ganhar esta batalha?

    Digam (com acções) aos nossos jogadores, que nós 6 milhões vamos estrangular economicamente o polvo, tal como esse mesmo que não dá o corpo às balas pediu e a grande maioria ignorou e que temporariamente se aguentem sozinhos sem o nosso apoio nos jogos fora de casa.

    Não é com guerra convencional que se combate o terrorismo.

    Se estas medidas falharem, então sim, exijam mudança de postura.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares