Há 20 anos foi assim. E agora, como será?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Há 20 anos foi assim. E agora, como será?

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 

Para que não fiquem dúvidas: Este Bayer Leverkusen é uma grande equipa. Jogue o Benfica com a sua melhor equipa ou jogue com algumas segundas linhas, esta será sempre uma eliminatória em que o Benfica não terá mais possibilidades de ganhar do que aquelas que terá de perder.

Mas independente de tudo isto, a pergunta que importa fazer em vésperas desse grande jogo é: o que queremos nós desta Taça Uefa? Mais importante: O que quererá Jorge Jesus?

Bem sei que já o ouvimos dizer que esta Taça Uefa nunca será a prioridade, mas isto são coisas que se vão dizendo antes dos grandes jogos acontecerem. Quando eles chegam, o discurso muda muitas vezes, os níveis de adrenalina elevam-se, a vontade de vencer e dar cartas na Europa sobrepõe-se a tudo o resto.

Onde devemos afinal colocar as nossas fichas neste momento? Onde as deve colocar Jorge Jesus? E se Jorge Jesus decidir poupar alguns jogadores frente ao Leverkusen, seremos capazes de lhe perdoar a eliminação? Seremos capazes de nós próprios, adeptos, dizer que a grande prioridade é vencer o campeonato e a Taça Uefa que se dane?

Pessoalmente estou dividido, são muitos anos sem levantar uma Taça Europeia e essa seria sempre uma alegria inabalável. Mas não tenho dúvidas: a Taça Uefa condiciona (e de que maneira) a prestação a nível interno e colocar-nos-á em desvantagem em relação ao FCPorto.

Em primeiro lugar porque o Benfica não tem só Taça Uefa. Tem também Taça de Portugal e Taça da Liga.

Em segundo porque a questão dos jogos à quinta-feira é bem mais difícil de gerir do que à Terça ou à Quarta. Em semanas de Taça da Liga ou Taça de Portugal, teremos jogado 3 jogos em 6 dias em vez de em 7, jogando à quinta-feira, domingo e quarta-feira, 3 jogos separados por 72 horas entre si, suficiente para rebentar qualquer plantel.

Em terceiro lugar porque a Taça Uefa tem mais uma eliminatória do que a Liga dos Campeões. Neste momento o Benfica joga os 1/16 da Taça Uefa enquanto o FCPorto já joga os 1/8 da Liga dos Campeões, ou seja, menos dois jogos para fazer no seu percurso.


Resumindo e baralhando: Em teoria o Benfica será sempre um candidato a ganhar a Taça Uefa. Mas a Taça Uefa tem fortes possibilidades de prejudicar a prestação a nível interno, não tenhamos dúvidas disso.

O ano passado o Sporting por exemplo, fez uma grande festa por eliminar o Manchester City desta competição. Mas nos jornais em Inglaterra, antes do jogo, o Manchester City já tinha praticamente abdicado desta competição, especialmente porque o grande rival United já estava fora das competições europeias e essa seria uma vantagem que o United não poderia ter na luta pelo título que o City veio a conquistar.

Para já, e conhecendo o percurso de Jorge Jesus, não tenho dúvidas. O Jesus quererá ganhar tudo e quererá eliminar este grande Bayern (que já está afastado do título alemão e apostará tudo nesta competição). O que corre é mais uma vez o risco de se prejudicar irremediavelmente a nível interno.

No entanto, acho que Proença acabou por nos fazer um favor: Fez bem em expulsar o Matic para que este tenha pelo menos duas semanas de descanso em Portugal. E só tenho pena que não tenha expulso também Sálvio em vez do Cardozo, porque de facto Matic e Sálvio são as duas pedras que da parte de Jorge Jesus não têm merecido qualquer descanso. Todos os outros, de uma forma ou de outra, têm sido alvo de alguma rotação ao contrario do que aconteceu em anos anteriores.

Se de Matic ainda compreendo que seja um jogador praticamente insubstituível, em relação a Sálvio custa-me a compreender o seu não descanso. Gaitan tem jogado pouco, é grande jogador e é capaz de fazer perfeitamente o lugar na faixa direita. Aliás, neste jogo na Madeira, Sálvio pareceu-me já estar em défice físico.

Grande noite a do 4-4 em Leverkusen a 15 de Março de 1994, uma noite que nunca esquecerei mas, pessoalmente, abdicava desta competição: Temos Campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga para conquistar.

19 comentários blogger

  1. Este jogo a que assisti no Estádio foi um dos mais extraordinários que vi. Bons tempos.

    ResponderEliminar
  2. 4-4 seria um excelente resultado novamente...

    A sacrificar alguma competição, também seria esta a minha escolha. No entanto, acho que o JJ não é pessoa para desistir de ganhar um troféu europeu, nem tem a inteligência para saber sacrificar esta competição para garantir melhores condições para o triplete (que é o que eu mais quero). Claramente, ele não é jogador de xadrez.

    Por mim, era rodar a equipa nesta eliminatória. Até podia acontecer darem-se bem, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica até tem plantel para fazer rotação em todos os lugares. Dá para fazer rotação, assim o queira Jesus.

      Onde estamos piores é com o Sálvio e com o Matic.

      Mas com Aimar e MArtins disponiveis, acho que a rotação é possivel. Mas preferia ver os principais a jogar em Portugal e os Andres Almeidas, os Andres Gomes e os Urretas a jogar na Europa, e não o contrário.

      Eliminar
  3. Águia Preocupada12 fevereiro, 2013 23:24

    E porque havemos de "prejudicar" uma competição em prol de outra(s)? Nos outros países não me parece que façam isso! (apesar desse exemplo do City que me parece pouco verosímel)
    Nos outros países, nomeadamente em Inglaterra, joga-se ao domingo e à quarta e não consta que tenham havido muitas mortes em campo... Aliás nesse aspecto, não podemos falar!
    Gostaria muito de fazer o triplice; mas a ter que abdicar fá-lo-ia na Taça da Liga.
    Mas sinceramente, é melhor jogarmos em todas as frentes, porque o campeonato...sabemos o que a casa gasta, não é verdade?
    Quanto a esse jogo, que jogatana louca! Que grande jogo, caramba!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa de em Inglaterra se jogar ao domingo e à quarta-feira não é bem assim.

      Ou melhor, não é diferente de Portugal ou Espanha, as competições são as mesmas. Às vezes joga-se às quartas feiras, às vezes não.

      A excepção é a época natalícia, onde jogam de facto 4 jogos em 7 dias a um ritmo louco. Mas não duvides, rodam o plantel, quer as grandes quer as pequenas equipas. Embora as grandes equipas tenham uma vantagem: têm bancos de luxo, coisa que os clubes em Portugal não têm.

      Em Inglaterra, na Taça da Liga jogam os miudos, alguns até da equipa de reservas. Não jogam os jogadores principais.

      E para os grandes clubes Ingleses, a Taça Uefa não conta. Acredita que é assim, moro cá e sei o que se diz. Para um adepto do Manchester United é quase uma vergonha disputar uma Taça Uefa.Tenho amigos fanáticos que nem viam os jogos. E tenho amigos do Liverpool que são alvo de chacota porque a sua competição neste momento é a taça Uefa. Liga dos Campeões só em sonhos.

      E mais: vê a selecção das equipas do Manchester United para a Liga inglesa e para a Liga dos Campeões quando teem jogos na mesma semana. Há sempre jogadores a descansar, não jogam os mesmos nos dois jogos seguidos.

      Como exemplo, no último fim de semana, o Manchester United descansou 4 jogadores. E ia descansar 7!! Mas à última hora Ferguson mudou de ideias, porque o City tinha perdido frente ao Southampton e o Ferguson quis arrumar a questão do campeonato imediatamente.

      A questão em Portugal é: os clubes portugueses têm planteis para apostar tudo em 4 frentes? Já sei: vais lembrar o Porto do Mourinho e do Vilas Boas. Mas há uma diferença: foram épocas em que o Porto passeou no campeonato português, nunca teve de disputar a Liga Portuguesa taco a taco até ao final. Isso faz toda a diferença.

      Eliminar
  4. Vi este jogo gravado. Nessa noite tive um compromisso inadiável, e deixei o jogo a gravar.
    Passei 2 horas a ver se ouvia alguém a gritar golo e nada...assim que sai da reunião onde estava, resisti a perguntar o resultado. Não vi ninguém nem quis ouvir ninguém.
    Cheguei a casa e sem sequer trocar uma palavras com os meus pais ou irmãos sentei-me a ver o jogo.
    E que jogaço!
    Nunca esqueci o nome Ulrich Haberland!! :)

    Quanto a abdicar...isso dá mau resultado. Sempre.
    Temos que jogar para ganhar. Queres saber qual a competição a abdicar? A Taça da Liga, caso o FCP não seja excluído.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tendo podido acompanhar o Benfica na sua fase mais gloriosa, não tenho dúvidas em apontar os 3 jogos do Benfica que vi e que mais me marcaram:

      O 4-4 de Leverkusen.

      O 1-3 em Londres frente ao Arsenal.

      E claro, o 6-3 de Alvalade.

      Grandes, grandes noites! E já lá vai tanto tempo!!

      Eliminar

    2. Em todos esse jogos há um elo comum.

      TONI

      Eliminar

    3. Red

      Não concordo nada contigo.

      Para mim não há poupanças pois o ojogo seguinte é sempre para ganhar.

      Dar tudo nem que seja a feijões porque se o fizermos estamos mais próximos de ganhar tudo.

      Se não o conseguirmos que reste a consnciêcia de tudo ter sido feito e isso já me deixa descansado.

      Só falta dizermos que também abdicamos da CL.

      Agora se me perguntarem pelo meu optimismo digo-te que é pouco porque o bBenfica não é dirigido nem treinado por vencedores mas sim por oportunistas.

      Eliminar
  5. Não partilho essa ideia de abdicar de alguma competição, mas pondo esse cenário a única que é lógico abdicar seria a taça da liga, tendo em conta que o Benfica tem 27 jogadores, desses 15 a 18 de boa qualidade chega e sobra para campeonato taça que é apenas em Abril e Liga Europa o que o Jesus quer fazer é desculpar uma possível eliminação. Para a glória é preciso querer e ambição, ele começa com estas histórias e no fim ficamos só com a taça da liga

    ResponderEliminar
  6. Não partilho essa ideia de abdicar de alguma competição, mas pondo esse cenário a única que é lógico abdicar seria a taça da liga, tendo em conta que o Benfica tem 27 jogadores, desses 15 a 18 de boa qualidade chega e sobra para campeonato taça que é apenas em Abril e Liga Europa o que o Jesus quer fazer é desculpar uma possível eliminação. Para a glória é preciso querer e ambição, ele começa com estas histórias e no fim ficamos só com a taça da liga

    ResponderEliminar
  7. Claro que o JJ diz que o que interessa é o campeonato e se tiver de deixar alguma coisa para trás deixa a Liga Europa e acho que é sincero quando diz isto. No entanto, certamente que quererá ganhar também a Liga Europa e que, apesar de querer o campeonato, vai-lhe custar não lutar pela Liga Europa também.
    Vejo muitos benfiquistas a desvalorizar mais a Liga Europa do que até a Taça da Liga. Eu sou jovem. Nunca vi o Benfica numa final europeia e seria para mim uma alegria enorme ver o meu Benfica numa final europeia, apesar de ser uma competição menos prestigiante que a Champions. Também acho que o campeonato deve ser a prioridade e que o Benfica não deve sobrecarregar jogadores importantes com os jogos europeus, mas mesmo com rotações na equipa o Benfica tem de encarar a Liga Europa como mais um troféu a vencer.

    ResponderEliminar
  8. Não digo abdicar mas sim usar jogadores de 2ª linha...

    ResponderEliminar
  9. Só faço uma simples pergunta? O Benfica é conhecido e famoso mundialmente, porque razão ou porque motivo? esta pergunta fazia ao iluminado do JJ e faço-a a todos os que dizem que a competição europeia seja ela qual for, apesar de só haver duas, é uma competição menor que o campeonato ou menos importante, ou o que queiram dizer acerca dela?

    ResponderEliminar
  10. Agora a minha opinião, qualquer treinador que chegue ao meu clube, Benfica, e abdique da competição europeia, para mim não tem categoria nem ambição para treinar um clube como o Benfica.
    JJ fala assim pelos motivos que falei, e porque não sabe nem nunca soube gerir um plantel, as suas equipas chegam sempre ao ponto fulcral das epocas todas arrebentadas fisicamente, e foi assim que perdemos 2 grandes hipoteses com ele de chegar à final da liga europa e quem sabe conquista-la. A sua mania com o Julio Cesar em vez do Quim, na primeira epoca, custou essa possibilidade em Liverpool, entre outras.
    O Benfica é conhecido porque foi bicampeão europeu, disputou 3 finais seguidas, em 8 anos disputou 5 finais, e a acrescentar a isso durante os anos 80, mais 3 finais europeias, duas das quais as vi ao vivo, e sei bem o que me custou falhar o acesso em 1981 à final da taça das taças, assim como em 1994, um clube só é considerado grande a nivel europeu e mundial, pelos titulos continentais conquistados, nunca jamais o será por ter N campeonatos ganhos, Y taças do país ganhas.
    Pela minha experiencia, custa tanto não chegar lá como chegar lá e perder, mas mesmo assim, a final da Taça dos Campeões contra o Milão em Viena, é um jogo que ficará para sempre na minha memoria, pois foi o mais fantastico ambiente que encontrei num jogo de futebol, é indescritivel a emoção de vermos o nosso clube num jogo daqueles, só quem nunca teve esse privilegio e oportunidade, pode falar como JJ.
    Desde que vejo o Benfica e o entendo, que a ambição de todas as direcções era ter de volta o Benfica numa final europeia e ganha-la, de preferencia os campeões, onde a nossa historia é mais gloriosa, mas qualquer uma das outras é brilhante.
    Na minha opinião prefiro ganhar uma Liga Europa do que 5 campeonatos e 5 taças seguida sem fazer nada de relevante a nivel europeu e preferia ganhar uma Taça dos Campeões do que 10 campeonatos e taças seguidos.
    Portanto a competição europeia é sempre a competição mais importante que o campeonato, para mim, ou a par com o campeonato, por isso qualquer jogo e eliminatoria europeia é sempre para o Benfica ganhar e o objectivo é sempre chegar à final, depois de lá estar é prepara-la bem para trazer o caneco e depois sim fazer a festa, para não suceder os erros que sucederam durante a decada de 80.
    A afirmação do Porto sobre o Benfica fez-se não pelos campeonatos e taças que eles foram ganhando, mas sim por aquilo que eles foram fazendo na Europa, e ai por muito que custe admitir, eles suplantaram o Benfica, porque eles têm sempre como objectivo vencer a prova europeia onde estão inseridos, vão ver as palavras de Villas Boas no inicio da sua epoca no Porto, somos candidatos a ganhar a Liga Europa, vejam a ambição do Mourinho quando esteve lá, vejam o motivo pelo qual não deixaram Deco sair em 2004, porque lhe disseram que ia tentar ganhar a liga dos campeões, olhem para a ambição do Mourinho já ganhei duas dos campeões mas pelo menos quero ganhar mais uma, não é por se falar que se ganha, mas sem a ambição de ganhar é muito mais dificil.
    O benfica nos anos 70 e 80 ganhou muitos campeonatos e taças, mas houve uma geração que sempre teve a ambição de chegar a uma final europeia e ganha-la, conseguiram chegar lá mas não conseguiram ganhar, se duvidam vão perguntar aos jogadores dos anos 70 e 80, o que faltou nas suas carreiras que eles dizem-vos.

    ResponderEliminar
  11. É um problema: estamos em muitas competições, não sabemos bem qual ou quais deixar para trás, queríamos era ganhar tudo... Eu lembro que o FrutaFdoPorto ganhou o campeonato e a Taça Uefa na época passada. Não seremos nós capazes de fazer o mesmo? Afinal confiamos ou não confiamos no potencial da nossa equipa? O cansaço... bom, os jogadores podem rodar, e quem jogar terá de trabalhar para a equipa atingir os objetivos que os sócios e adeptos almejam e merecem.

    ResponderEliminar
  12. Epá, ainda não jogámos e já vejo desculpas para a derrota??

    Faz-me lembrar a deslocação a Glasgow, na qual lerpámos 2 pontos e que segundo alguns, foi um bom resultado...

    Deixem-se de merdas. Sejam exigentes. O jogo é para ganhar e mais nada. Se o Bayer é uma grande equipa, o que dizer de Inter, Nápoles, Chelsea, Atlético de Madrid, Liverpool?

    Que raio de conversa que já cheira mal. Os outros querem sempre ganhar. Nós andamos sempre a fazer contas, a falar de que competição queremos ganhar... E acabamos sempre por não ganhar nada. Infelizmente, essa é a nossa bandeira!

    ResponderEliminar

  13. Caro Zé

    Era para falar dessa questão mas vitória na LE, mesmo sendo a segunda prova da UEFA trás mais prestigio ao Benfica do que 3 campeonatos.

    Claro que eu quero ser campeão mas não esqueço que quando no tempo de Koeman o Benfica eliminou o MU nas meias finais da CL a CNN este 1,30 horas a falar do grande Benfica.

    JJ tem quantidade e qualidade para gerir e apostar em tudo e se alguma ficar pelo caminho paciência mas o jogo a ganhar é sempre o seguinte.

    ResponderEliminar
  14. Só faltou dizer que o City deixou o SCP ganhar. Gostei.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares