O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 16 de julho de 2011

Mais um roubo aos corruptos

 ●  11 comentários  ● 
Epá, este ano é só gamanços aos corruptos mas ninguém vê nada nesses merdas que se dizem jornalistas.

"FC Porto dá 12 milhões pelo belga Axel Witsel"

É só Benfiquistas infiltrados naquela sad porca ou então estão carregadinhos de bufos, tal é a roubalheira que lhes estamos a fazer. Até começo a ter dó!!! Eh eh eh

Obrigado Vermelhovsky por mais esta divulgação no O Antitripa

Confirmação: Eduardo e o SLBenfica

 ●  14 comentários  ● 
O Génova confirma: Eduardo deve rumar à Luz. As negociações entre o clube italiano e o Benfica estão praticamente concluídas. «Segunda ou terça-feira, fica tudo fechado. Será um empréstimo, válido por uma época. O Benfica ficará com opção de compra do passe de Eduardo», disse Stefano Capozucca, director-desportivo do Génova, ao Maisfutebol

Aceitam-se apostas! Quem serão os três guarda-redes do SLBenfica?

Para poder entrar Eduardo, a única opção viável que vejo é Artur Moraes, Eduardo e Mika. Caso permaneça Roberto, a entrada de Eduardo seria uma atrocidade.

PS- Já que estamos a falar de escolhas, para logo a noite quem querem que fique pelo caminho na Copa América? Garay ou Maxi Pereira? Eu prefiro que Maxi regresse mais depressa...

Paradigma M: Matic ou Martins?

 ●  7 comentários  ● 
Gostava de abrir aqui uma discussão sobre um tema que me parece dividir (positivamente) os benfiquistas: MATIC.

Começo por dizer que com a chegada de Witsel, acredito que nem Carlos Martins nem Matic serão titulares no SLBenfica! O belga é claramente um jogador muito superior a ambos e mais polivalente o que constitui um factor importantíssimo no futebol actual.

Muitos temos pedido que Jorge Jesus altere, pelo menos de vez em quando, o seu teimoso 4-4-2 losango para um 4-3-3 mais dinâmico. Na minha opinião Jorge Jesus no ano passado não tinha plantel para isso, especialmente no ataque onde em 4-3-3 dificilmente podemos jogar com um avançado fixo e com pouca mobilidade como Cardozo.

Ao contrário do que muitos escrevem, eu não considero (de todo) Carlos Martins um nº10, tal como nem pensar em considerar Matic um trinco.

Posto isto, acho que qualquer um dos jogadores em causa Carlos Martins ou Matic são boas opções se ficarem no plantel, mas para jogar em 4-3-3 - e não faz sentido ficarem os dois. Sempre que Jorge Jesus usar o 4-4-2 penso que não são boas opções face às soluções que temos para a posição de trinco (Javi e N.Coelho) e para 10 (Aimar, Gaitan, Bruno César e David Simão).

Neste sentido, a minha escolha é, claramente, Carlos Martins. Tal como o jogador que escolheria para alternativa a Javi Garcia seria o Nuno Coelho. Matic poderia ser emprestado esta temporada a um clube onde o 4-3-3 seja um sistema base e ele possa ser utilizado como box-to-box para evoluir o passe e o posicionamento, no sentido de na próxima temporada substituir Carlos Martins no plantel. Além disso Carlos Martins é português e isso para mim conta mesmo muito quando falamos de dois jogadores de qualidade. E já nem estou a falar da garra e entrega imensas.

O português faz 30 anos em Abril e entra na fase da carreira onde um último grande contrato, em campeonatos menos fortes (o Rubin Kazan e o Lokomotiv já o quiseram). Neste sentido, o Matic na próxima temporada (faz 23 anos dia 1 de Agosto) chegaria com excelentes condições para prepararmos uma grande e lucrativa venda de Witsel daqui a duas/três temporadas.

Uma nota apenas que, para mim, a permanência de Nuno Coelho nem deveria ser colocada em causa. Ele é, indiscutivelmente o melhor trinco do plantel depois de Javi Garcia.

Quanto ao plantel e às boas expectativas, concordo em absoluto com o último tópico do meu companheiro SouBenfica (eu sabia que alguma vez ia concordar com ele ehehehe):
- Por mim é isto mesmo

PS- A lista de jogadores a colocar/emprestar ou vender é imensa e impressionante: César Peixoto, Carlos Martins ou Matic, José Luis Fernandez, Jan Oblak, Luís Martins, Bakar, Jean Silva, Shaffer, Balboa, Jorge Ribeiro, Hassan Yebda, Elvis, Freddy Adu, Evandro Brandão, Alípio, Wass, André Almeida, Ruben Pinto ou Roderick, Saviola ou Rodrigo Mora, Roberto, Júlio César, Carole, Jardel, Fábio Faria...

Por mim é isto mesmo

 ●  45 comentários  ● 
Um campeão do Mundo com muita experiência, espanhol e até nisso com entendimento perfeito com o CRAQUE que é o Nolito na frente.

Um campeão de França, possante e com experiência na Europa.

Um português titular da selecção nacional e excelente alternativa a Artur Moraes (todas as grandes equipas têm que ter dois grandes guarda-redes).

E CHEGA! TOCA A FECHAR O PLANTEL E CAGUEM LÁ NO DANILO!
Pronto, o Mangala se o Luisão sair que o Bertolucci confirmou que pode acontecer.

Depois é só acertar as saídas:
- Saviola para manter Mora, eu gostei do puto que é possante tem velocidade e garra como Nolito
- Matic ou Martins de saída para manter Nuno Coelho, que classe que mostrou ontem ali como alternativa Javi. Para jogar a trinco Nuno Coelho é melhor que Matic, para jogar a box-to-box o Martins é melhor que o Matic.
- Roberto e Julio César para manter o Urreta como alternativa ao Enzo Perez
- Ruben Amorim definitivamente como alternativa a Maxi Pereira

Era assim:
Artur, Eduardo e Mika
Amorim e Maxi, Mangala/Luisão, Garay e Miguel Victor, Roderick; Capdevilla e Emerson
Javi Garcia e Nuno Coelho
Enzo e Urreta; Witsel e C.Martins/Matic; Aimar, Bruno César e David Simão; Nolito e Gaitan;
Mora, Jara e Rodrigo; Nelson Oliveira e Cardozo

27 jogadores
9 (ou 8) portugueses
4 formados no Benfica

E NÃO TENHO DUVIDAS:

CAMPEÕES 2011/12

Notas soltas

 ●  16 comentários  ● 
Com esta equipa do Benfica JJ pode escolher entre três sistemas tácticos:

4x1x3x2 - O preferido de JJ


Este será o sistema táctico habitual do Benfica. A equipa que apresento será aquela que poderá iniciar o campeonato.

Na frente coloquei Gaitan porque Nolito está a ganhar vantagem a Gaitan como ala, Saviola ainda não está totalmente bem e Gaitan tem feito bons jogos, coloco-o no apoio a Cardozo.

Witsel será o médio de cobertura, o médio box-to-box, o que irá equilibrar as coisas a meio campo, podendo entrar Enzo em determinados jogos.

Bruno César, para mim, é um organizador e na esquerda prefiro um jogador com outra dinâmica.

Acredito que com o tempo JJ colocará Saviola na equipa inicial, se não for sempre o titular e Gaitan irá rodando com Nolito na esquerda.

4x3x3 - O melhor para este Benfica


Este é o sistema que eu acho que o Benfica simplesmente arrasaria. Este sistema táctico com os jogadores que o Benfica tem para o meio campo, daria-nos consistência defensiva, principalmente nas transições ataque-defesa e daria-nos uma qualidade de passe muito boa.

Como  Benfica joga em passes curtos e tabelas, neste sistema seria difícil Cardozo entrar, preferindo um jogador mais móvel e mais rápido e que faça constantes trocas posicionais com Nolito e Gaitan, Jara é o homem ideal, assim como Rodrigo ou Saviola, este último não está de inicio porque Jara está bem melhor neste momento e os nomes não jogam mas sim quem está melhor.

Esta equipa garante-nos solidez defensiva, um meio campo fortíssimo tanto na recuperação como na construção e um ataque móvel e dificílimo de parar face á velocidade e técnica dos avançados.



4x2x3x1 - Sistema alternativo de JJ


Este sistema táctico será o alternativo de JJ, segundo ele. É um sistema interessante e semelhante ao 4x3x3 com a diferença que neste sistema os médios de cobertura jogam lado a lado e o terceiro médio jogará no apoio ao ponta de lança, aparecendo na segunda fase de construção de jogo e aparecendo mais na área.

Um dos médios de cobertura, para mim seria Witsel, seria o primeiro médio de construção, chegando-se mais á frente para permitir que Aimar avance para a área ou para as laterais.

Neste sistema penso que Cardozo poderá encaixar melhor, pois Aimar apoiaria mais Cardozo, jogaria mais perto deste e assim Cardozo poderia ser a referência na área.







Como podem verificar, JJ tem muito por onde escolher,  todas as opções e tácticas serão válidas se forem pelo menos equilibradas e não o 4x1x3x2 versão Kamikase do ano passado. Este ano temos boas "segundas linhas" e não pode haver desculpas do desgaste ou de poucas soluções. JJ tem tudo para fazer uma excelente época, isto partindo do principio que não sai mais ninguém do núcleo duro, como é óbvio.

Eu não tenho qualquer formação em futebol, é somente a minha opinião, a opinião de um amante de futebol que agora se armou em Freitas Lobo. Agora deixem a vossa opinião, digam-me como gostariam de ver o Benfica jogar, afinal, todos nós temos um treinador dentro de nós.


sexta-feira, 15 de julho de 2011

Nolito e Artur / Saviola e Bruno César

 ●  23 comentários  ● 
Um adversário de respeito e que nos permite tirar boas conclusões sobre o SLBenfica 2011/12 e em que um vitória nos assenta muito bem. Não me vou alongar muito em análises ao jogo, deixando isso para outros companheiros do blog, queria apenas destacar algumas impressões muito boas e algumas menos boas que retirei de hoje.

SINAL MAIS!
Nolito! Nolito! Nolito! Nolito! Nolito! Que jogador! Que escola... que raça... que qualidade! Depois de DiMaria, não tenho dúvidas que a nossa ala esquerda vai voltar a "voar". Nolito é muito, mas muito bom jogador.
Artur, um pouco mais em jogo hoje, também demonstrou muita segurança, muita qualidade e transmite uma confiança enorme.

Aimar, Gaitan, Javi e Miguel Victor em muito bom plano também. Uma chamada de atenção para os poucos minutos, mas na posição certa de Nuno Coelho! Não o dispensem! Muito bom jogador. O mesmo se aplica a Urreta, é uma excelente alternativa ao Enzo Perez.

E Witsel não engana! Mesmo "meio perdido" dá bem para ver que é craque.

SINAL MENOS!
Saviola não muda a minha opinião por um grande remate! Saviola não é um mau jogador, porra! Mas com a qualidade e dinâmica de Gaitan e Jara para aquela posição, juntamente com a opção Rodrigo e ainda Enzo Perez que pode jogar ali também... Se Saviola fosse um jovem e "mais em conta", não tinha duvidas que devia ficar, mas como não é... eu optaria pela venda do jogador. SE FOSSE O NUNO GOMES A FALHAR ESTAS BOLAS..!

Bruno César, quando a dinâmica e complexidade aumenta, fica claro que um jogador com aquelas características físicas não pode jogar naquela posição. Bruno César é claramente um nº10, mas está muito atrás de Aimar e Gaitan e agora Witsel. Com Nolito a carburar na esquerda e com Gaitan a poder também jogar ali... Bruno Cesar fica sem espaço senão o banco.

Fabio Faria e André Almeida foram os que acumularam mais erros. O primeiro porque não é, nem fisicamente, defesa esquerdo e o segundo porque se apanha agora numa equipa onde a exigência é muito maior, ainda para mais depois de um temporada quase inteira a jogar a médio.

Com Nuno Coelho e Ruben Amorim, Matic continua a não me impressionar a não ser pela vezes que impõe a estampa física, qualquer das formas, penso que a equipa não fica mais pobre se Matic não jogar. Atenção que isto não quer dizer que tenha jogado mal! Vai tirar espaço aos dois portugueses que indiquei e... não vai jogar com Witsel e Javi Garcia no caminho dele.

E sobre o Matic há uma coisa que não entendo! Porquê forçar a adaptação de um "nº8" a médio defensivo, quando se tem um jogador de qualidade e que faz a posição de raiz (Nuno Coelho)?

JJ, assim já chateia! Há meses que sofremos golos em todos os jogos! Também é o polvo? Ou é da copa américa? Qual a desculpa desta vez?

 ●  5 comentários  ● 

BenficaTV começa a "mexer"

 ●  11 comentários  ● 
Até Dezembro Benfica TV assegura transmissão de 180 jogos

Manchester United, Barcelona, Chelsea, Milão, Inter Milão, Valência, Bayern Munique, Liverpool, Flamengo, São Paulo, Vasco da Gama, Palmeiras, Estudiantes e Vélez Sarsfield são alguns dos clubes que vão poder ser vistos na Benfica TV até Dezembro. A Benfica TV acaba de alargar a sua oferta de conteúdos, garantindo os direitos de transmissão - em directo ou diferido - de um total de 180 jogos envolvendo clubes e selecções mundiais de topo. As transmissões incluem alguns jogos de torneios de prestígio da pré-época como a Audi Cup 2011 (Bayern Munique, FC Barcelona, AC Milan e Internacional de Porto Alegre), a Dublin Super Cup 2011 (Celtic, Manchester City e Inter Milão); jogos particulares de pré-época do Manchester United (inclui o jogo com o Barcelona nos Estados Unidos, numa reedição da final da Liga dos Campeões), Chelsea ou Liverpool; jogos de qualificação para o Mundial de 2014, envolvendo diversas selecções nacionais (Brasil, por exemplo).

Conteúdos interessantes, que dão valor à BenficaTV e à importância do canal nas grelhas das entidades que o transmitem (Meo, Cabovisão, Clix...). É, claramente, um marco muito relevante na BenficaTV e, acima de tudo e o que mais destaco, um "chega pra lá" no Joaquim Oliveira que habitualmente adquire estes conteúdos.

Parabéns a quem tomou esta decisão.

Próximo passo, retirar a gestão do Site Oficial e dos conteúdos de online (email, etc.) da Sportinveste...

... e depois as Transmissões Televisivas!

Bufos e bufas

 ●  7 comentários  ● 
Caros amigos, afinal o Benfica também tem infiltrados na sad dos corruptos, senão vejam esta:

Sim, estamos conversando com Porto há pouco mais de um mês. Tudo vai depender da proposta que será apresentada, para depois conversarmos com o Corinthians, com quem o Bruno tem contrato. Acredito que o negócio possa ser concretizado, mas vamos esperar. Para já apenas posso dizer que o FC Porto está interessado. E se o negócio for bom para o jogador e para o Corinthians, o Bruno irá para Portugal", Thiago Ferro, representante da Mondial Sport Management & Consulting*

Estranho, ou talvez não, é que não vi nenhuma capa de jornal a dizer algo como: "Benfica "rouba" B. César aos corruptos!!"; "Benfica antecipa-se aos corruptos"; "Luís Filipe Vieira leva a melhor sobre os bufolas".

Portanto, neste defeso já roubamos um jogador aos corruptos, por sinal bom jogador, e nenhum merdia largou um bufa sobre o assunto. Querem mais provas que esta de que os merdia estão absolutamente amordaçados?

Nota: Esta situação foi levantada pelo blogue O Antitripa, como não poderia deixar de ser. Desculpem lá o gamanço mas isto tem de ser divulgado.

Novo Treinador Basquete SLBenfica...

 ●  9 comentários  ● 
É Carlos Lisboa! Uma referência do SLBenfica nesta modalidade era até agora o director geral das modalidades que passa (despromovido?) do gabinete para o soalho do pavilhão - uma experiência já outrora experimentada.

O Comunicado do SLBenfica afirma que Lisboa acumulará as funções de treinador e director geral das modalidades. Isso parece-me, no mínimo, inaceitável. O cargo de treinador da equipa profissional de basquetebol é um trabalho de tempo inteiro, tal como o é a gestão de todas as modalidades do clube e o interface entre os treinadores e responsáveis de secções e o Dr. João Coutinho que em si também não se pode dedicar a full time a essa gestão.

Sinceramente? Esta decisão "soube a pouco..."

Como é possível escrever isso?

 ●  10 comentários  ● 
Percebo o que quiseste dizer, mas porra: "Luisão já vai tarde"?

Desculpem-me comentar directamente um tópico de um colega do blog, mas dizer que o capitão do SLBenfica já vai tarde embora... Numa temporada (mais uma) de grandes mudanças, dizer que o jogador com mais épocas de Benfica "já vai tarde" embora, é no mínimo criticável.

Reitero aqui, a este propósito, minha opinião. O SLBenfica deve ser absolutamente intransigente numa potencial transferência deste jogador, pela importância que representa no Clube. (Mais uma) renovação de contrato está fora de questão, na minha perspectiva. Se o jogador quiser sair (este ano ainda não ouvi dele nada nesse sentido, como ouvi noutros anos), a posição do SLBenfica tem que ser esta: O valor mínimo aceitável é X, o teu empresário traga uma proposta dessas ou nada feito. Na minha opinião o X nunca deverá ser inferior a 12M€.

Luisão já vai tarde

 ●  15 comentários  ● 
João Vieira Pinto foi talvez o mais perto de uma referência que o Benfica teve nos últimos anos. Antes disso sim. Havia jogadores que assumiam um papel importante e colocavam o clube acima de muitos interesses.

Agora é habitual confundir «ser referência» com «ter qualidade». O Coentrão dá três pontapés na bola, já é uma referência, mas o Miguel Victor torna-se incompreensível porque é capitão num jogo. Javi Garcia e Aimar, que vão para a terceira temporada no Benfica já envergaram a braçadeira de capitão...

Hoje em dia não é preciso ser dedicado e ter sentido de liderança de grupo, não porque é um grupo, mas... porque é o grupo do Benfica, como acontecia nos tempos de Veloso, por exemplo. O que é preciso é ser bom jogador e tem espírito de trabalho.

Felizmente, no «Benfica do Veloso» só havia desses, ou seja, jogadores com muita vontade de trabalhar e colocar o Benfica acima de tudo. Depois havia os outros que lutavam ainda mais, que trabalhavam em prol deles e do resto da equipa (e não estou a falar de vitórias) e eram vistos como um exemplo.

O Benfica, além de «cemitério de treinadores» tornou-se num entreposto de jogadores que chegam todos os anos à Luz em mais que uma dezena, com ordenados muito superiores aos que já lá estavam e direitinhos para titulares. Perdeu-se o sentido de exigência...

Quando me refiro que Luisão já vai tarde quero dizer que o jogador que se revolta contra os adeptos porque sermos demasiado exigentes e o jogador que em metade das temporadas que esteve na Luz teve sempre episódios de «eu quero ir embora, mas também podem aumentar e vou só no ano que vem» não é uma referência, é apenas o jogador que está no plantel há mais anos.

É por isto que entendo o GB quando este diz que considera o Nuno Gomes uma referência, como João Vieira Pinto era. Luisão não é. Curiosamente todas as grandes referências do Benfica, como da generalidade dos clubes de dimensão em portugal são... portugueses. O brasileiro não deixará saudades se sair e muito menos se o Benfica puder ir buscar o Mangala - excelente jogador.

Moreira não tinha personalidade para ser referência e todas as outras que poderia ser há muito lhes abriram a porta. Sobrava Nuno Gomes que Jesus quis ver sair e Vieira fez-lhe a vontade. O Luisão, na impossibilidade de mais um aumento, vai «forçar a barra» mais uma vez para poder sair e acreditem que ele consegue se quiser.

A estratégia do Benfica sobre o Danilo, Witsel e agora Mangala é a mesma que o Luisão poderá usar. Pressionar o clube para aceitar as propostas dando a entender que fica contrariado. Não fará sentido nenhum qualquer tipo de escandaleira dos benfiquistas se o brazuca sair e vier Mangala.

Chegando Mangala e Garay (dois jovens de grande qualidade) com Miguel Victor (também jovem), importa acrescentar ainda experiência ao eixo da defesa. Fernando Meira seria a minha escolha, pois é português, tem qualidade para ser um bom substituto e, acima de tudo, um bom «professor» para Miguel Victor que, esse sim, deve ser «trabalhado» para ser uma futura referência no Benfica. Um jogador que tem sido sempre capitão em todas as camadas jovens do Benfica e da selecção.

Ontem o GB falou aqui em Eduardo e eu hoje junto-vos o Fernando Meira. Com a renovação de Maxi Pereira e a contratação de Emerson, ficava apenas a faltar-nos definir as «segundas escolhas» das alas para termos uma excelente defesa e com três elementos portugueses e os restantes com experiência de grandes ligas europeias (Espanha, Inglaterra e França). Nestas segundas escolhas Wass e Carole seriam suficientes...

Se juntarmos a estes três outros que «jogam à Benfica» como Ruben Amorim e Carlos Martins, completando o «ramalhete» com David Simão, Ruben Pinto (para poder rodar o Roderick) e Nélson Oliveira para termos oito portugueses, quatro dos quais formados na Luz.

Na rota de saída ficariam Roberto, Julio César, Shaffer, F.Faria, Jardel e André Almeida. A permanência de Martins e Matic, forçaria a saída de Nuno Coelho (eu preferia a saída de Matic). Depois Fernandez e Peixoto juntamente com Mora e Urreta (dois jogadores que tenho pena se saírem, mas não cabem mesmo todos).

A pré-temporada - fase 1

 ●  1 comentário  ● 
Portugal, 15 de Julho de 2011

Terminamos a 1º fase da pré-temporada com a derrota frente ao Dijon, recém promovido à Ligue 1 francesa. Uma derrota que confesso, me irritou de sobremaneira.

No Benfica há uma tendência para tornar complicado o que é simples, a Direcção não o impede, o Director Desportivo idem, enfim, parece que não se passa nada, que ninguém tem a ver ou pode fazer alguma coisa, e no fim os erros pagam-se caros, pois o Benfica é a única equipa portuguesa e no Mundo em que os resultados dos treinos são analisados com o maior requinte e pormenor. E não propriamente para sublinhar os aspectos positivos, que são regra geral completamente ignorados, mas sim para recalcar processos de desestabilização.

Se sabemos que cada mau resultado do Benfica, incluindo a pré temporada, é utilizado como arma de arremesso da comunicação social contra jogadores, técnicos e às vezes até Direcção, porque persistimos em “pormo-nos a jeito”?

Desta pré-temporada sobra a goleada esperada frente à Selecção de Friburgo e o expectável empate frente ao primodivisionário Servette. Expectável porque tínhamos jogado 24 horas antes e o Servette não.

A derrota frente ao Dijon, essa para mim não era esperada e não devia ter acontecido. Porque tínhamos tido um dia de intervalo, o que não sendo adequado, mas para equipas profissionais e nesta fase, é razoável porque os jogadores não fazem os 90 mn de cada partida. Contudo ao ver o alinhamento da equipa e os primeiros minutos, percebi que dificilmente faríamos um bom resultado.

Não gosto nem costumo criticar ninguém no futebol benfiquista, muito menos o treinador, mas desta vez tem de ser porque me parece que foram cometidos erros de principiante. E se estamos na 3ª época de Jesus no Benfica, isto parece-me inadmissível.

Não falo de esquemas tácticos nem analiso a bondade das ilações que o treinador pode ter querido tirar. Falo que para obtermos um bom resultado não podíamos utilizar uma dupla de centrais que não havia jogado junta, presos de mecanismos de conjunto e entendimento, sacrificando Javi como trinco para experimentar o Matic que já se tinha visto com os de Friburgo que é um jogador que gosta de subir e tem pouca capacidade de choque, característica necessária para um trinco.

Estas opções voltaram a sacrificar Fábio Faria que é central e voltou a jogar adaptado a lateral esquerdo, o que não é fácil para um jogador com mais de 1,90 m de altura e que como já tínhamos verificado com o David Luiz, no Dragão, em Liverpool ou mais atrás em Alvalade com Quique Flores, é claramente uma má opção, porque dá sempre maus resultados desportivos. E quando se tem no banco um defesa esquerdo, Schaffer, ainda se entende menos estas adaptações.

Foram adaptações que estavam condenadas ao insucesso desportivo em várias vertentes. (1) porque os jogadores sendo equiparados a matraquilhos que jogam em várias posições, não gostam nem dão o máximo porque sentem que é uma opção temporária, (2) porque percebem que algumas opções do treinador são mesmo para “queimar” outros colegas e a pergunta que lhes pode ocorrer é “quando será a minha vez?”, (3) ainda porque a movimentação colectiva não pode ser a melhor porque vários jogadores têm de compensar os colegas e assim perdem eficácia nas suas funções e cansam-se desnecessariamente. Exemplifico. Para cobrir as costas de Matic que sobe demais, alguém da defesa tinha de subir, logo desguarnecia a sua posição que devia ser assegurada por outro colega (ver posição de Miguel Vítor no 1º golo), para cobrir as perdas de bola de Fábio Faria, eram os centrais que tinham de estar “à coca”. Etc, etc. Qual a influência na movimentação colectiva? Muita e de má qualidade obviamente...

Ora quando um treinador experimentado não consegue ver coisas simples que uma pessoa minimamente atenta, consegue descortinar, a pergunta é “ a quem é que estamos entregues e que resultados podemos esperar?”.

Uma palavra também para a Direcção que mais uma vez optou por sacrificar os interesses desportivos aos económicos, sem sabermos sequer o que ganhamos com isso. Isto é. Ao ceder à Gamasports a organização do estágio, o que vimos foi um “pacote” de 3 jogos com adversários pouco convenientes e em datas menos convenientes ainda. Resultado: 1 empate e 1 derrota que já puseram os adeptos a pensar e a comunicação social a criticar vários jogadores.

Agora vêm aí Troféu do Guadiana com árbitros portugueses ...

Champions: Benfica defronta Trabzonspor

 ●  6 comentários  ● 

Modalidades: As boas notícias do defeso

 ●  6 comentários  ● 
Nestes tempos a malta só anda com a cabeça na “bola”, mas nas modalidades há movimentações importantes. No Hóquei já garantimos á algumas semanas o ingresso do Sérgio Silva e do Carlos Lopez. Em particular este último é um enorme jogador. Este “menino” agora com 34 anos vem do Barcelona e com quatro dezenas de títulos conquistados na carreira. Será um avançado de peso e alguém que tem no seu ADN uma coisa...vitória!

No Andebol a decisão de prescindir do Prof. José António Silva como treinador é o primeiro ponto positivo. Apesar de bem reforçada na última temporada, continuou a faltar claramente aprumo táctico. A equipa mostrava ter condições para mais, mas nos momentos decisivos faltava sempre qualquer coisa. A vinda do Jorge Rito é um garante de qualidade. Durante alguns anos foi adjunto no Super-ABC do Donner e tem um trabalho notável na equipa bracarense nos últimos anos.
Mas para além de um novo e competente treinador, o Benfica deu uma valente “facada” no plantel do actual campeão nacional ao ir buscar o Inácio Carmo. Jogador de enorme qualidade, grande grande reforço!

Quanto ao Basket, o Benfica já terá treinador, embora ainda não tenha sido anunciado oficialmente. O grande destaque vai para a contratação do Betinho, provavelmente o melhor jogador português desde o Carlos Lisboa e que esteve para ingressar na NBA. Para além do Betinho também já está garantido o Frederik Gentry, outro jogador que sabe o que é ganhar títulos. Para além destas duas contratações, o plantel não terá grande alterações e os jogadores fundamentais vão continuar (Ben Reed renovou esta semana) e apenas a situação do António Tavares não está decidida...embora fosse importante mantê-lo.

Na “sombra” se vai preparando o ataque aos títulos...

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Convocatória de JJ para o Torneio Guadiana

 ●  8 comentários  ● 
Guarda-redes: Artur Moraes, Roberto e Júlio César;

Defesas: Daniel Wass, André Almeida, Miguel Vítor, Jardel e Fábio Faria;

Médios: Ruben Amorim, Javi García, Nuno Coelho, Matic, Witsel, David Simão, Rúben Pinto, Pablo Aimar; Nicolás Gaitán, Enzo Pérez, Urreta, Nolito e Bruno César;

Avançados: Cardozo, Saviola, Jara e Rodrigo Mora.

Relativamente aos jogadores que estiveram  na Suíça, destaque para as ausências de César Peixoto, Carlos Martins e Shaffer por opção. Carlos Martins ficou sem espaço no plantel com a contratação de tantos jogadores para o meio campo. O que para mim é uma pena pois considero tratar-se de um jogador de alta qualidade e com muita raça.
Rodrigo e Roderick Miranda também faltam por estarem nas selecções de sub-20 dos respectivos países. Nelson Oliveira também não foi convocado.

Alan Kardec e Fernández, pretendido pelo Evian, também não constam na lista de jogadores que vão viajar para o Algarve.

Tendo em conta que no plantel principal ainda vão entrar Luisão, Maxi Pereira, Garay e dois laterais-esquerdos (Carole e outro a contratar) então ainda vão haver alguns jogadores neste Torneio que não vão ficar no plantel.  Na minha opinião esses jogadores são André Almeida, Wass, Fábio Faria e Mora e assim se chega aos 27 desejados.

Só umas perguntas

 ●  6 comentários  ● 
- Fernandez está de saída para França. Questiono-me o porquê da sua aquisição em Janeiro. Pouco jogou e quando o fez nada acrescentou à equipa! Porquê buscar um estrangeiro deste calibre. Agora está de saída, sem glória e perspectivas. Agora digo eu: na próxima época, se ele não for titular no Evian, e se o quiser de volta, vão-me dizer "se ele não presta para o Evian, não presta para o Benfica!" E daí advém o seguinte: Para quê a sua compra? A mesma pergunta para André Almeida... Será que não poderíamos apostar nos juniores para estes empréstimos?

- Kardec vai para o Santos. O Benfica apresentou uma proposta por Danilo, que foi recusada. E nós emprestamos o Kardec ao Santos? O mesmo se havia passado com o Vasco da Gama e Dedé... Porquê?

- Se repararmos, nós não temos a linha defensiva titular na Copa América. Temos Maxi e Luisão! Garay não sabemos que trará à equipa! Vir do Real Madrid não é sinónimo imediato de qualidade e ainda temos a questão da adaptação. Falta ainda um lateral esquerdo! E tudo isto não é desculpa para tanto golo sofrido! Quem joga no lugar de Maxi, quando este se lesionar? Quem joga à esquerda? As opções vistas são fracas... E no meio, só mesmo Miguel Vítor escapa! Da posição 6 para frente temos várias alternativas e de qualidade. Não seria recomendável termos opções defensivas ao nível do resto?

- Não temos guarda-redes a mais?

- Foi aventado hoje o nome de Soriano para o nosso ataque. Parece-me bem. Mas... seria mais um estrangeiro!

- O que vai acontecer a Rúben Pinto, David Simão e Nelson Oliveira? Iremos ter um plantel com 30 jogadores só para cumprir as directivas da UEFA? Recordo que LFV prometeu 4 jovens "canteranos" no plantel deste ano!

Ajudem o Jesus a fazer a convocatória...

 ●  8 comentários  ● 
Segundo Jorge Jesus, é hora de fazer dispensas, já hoje antes da partida para o Algarve. O desafio que vos lançamos é: Deixem-nos aqui as vossas escolhas para os dispensados. Se fossem o Jorge Jesus, a quem comunicariam hoje a dispensa do plantel?

Pode ser noticia no SLBenfica

 ●  8 comentários  ● 
O que acham os benfiquistas de termos um trio de guarda-redes formado por Artur Moraes, Eduardo Carvalho e Mika?

Segundo se diz, parece que Eduardo é hipótese para reforçar o SLBenfica se Roberto sair (Julio César será possivelmente uma certeza a sua saída).

Teoricamente Yebda até pode ser incluido nesse negócio com o Genova, até porque o Presidente do clube italiano não gosta de Eduardo.

Com o aproximar do final da Copa América (termina dia 24), começam a adensar-se as notícias da potencial saída de Luisão, factor que não agrada ao SLBenfica, mas também há consciência que "à terceira pode ser de vez", dado que já por duas vezes Luisão - no SLBenfica à 7 anos - demonstrou vontade de abandonar a Luz para um último grande contrato.

Por agora, não passam de boatos e conversas de "boca pequena" (ou seja simples comentários não vinculativos). O objectivo do tópico não é o de apoiar ou criticar as movimentações, mas sim o de saber a vossa opinião, caso se concretizassem estas mudanças?

A minha opinião sobre isto?
Aceitaria (atenção ao tempo verbal) uma proposta por Luisão desde que a mesma superasse ou igualasse 12M€. Parece-me que esta exigência tão elevada para um central de 30 anos se justifica pela importância que assume no balneário e pelos anos que leva na equipa. Como alternativa a este cenário estaria mais uma renovação de contrato, mas também confesso que já me enjoa este "filme" do capitão do SLBenfica todos os anos. O Bertolucci que traga o dinheiro e ele sai... caso contrário respeite com profissionalismo o contrato.

Quanto ao Eduardo, se viesse (atenção ao tempo verbal) para alternativa (de qualidade) ao Artur Moraes seria uma excelente aquisição - e é Português (muito importante também)! Já tinha sido a minha opção antes de Roberto, mas obviamente que só fará sentido se nos conseguirmos libertar primeiro do encargo brutal anual que representa Roberto (e já nem estou a pensar em recuperar parte da transferência).

Nem tanto ao mar nem tanto á terra.

 ●  14 comentários  ● 
Apesar de o balanço no final do estágio na Suiça não poder ser considerado positivo eu não posso concordar com os meus colegas de blogue em classificar este começo de temporada como um descalabro.

Na minha opinião, apesar de haver algumas indefinições no plantel, existe acima de tudo bastante ansiedade e insatisfação na blogosfera benfiquista relacionados com a época anterior. Isso origina algumas opiniões inflamadas. No entanto, se para mim houve algum de bom neste estágio é que o Benfica não foi elevado aos píncaros nem pode ser considerado campeão da pré-época. Todos vimos no que isso resultou a época passada...

Apesar de haver um certo atraso na definição dos jogadores para posições fulcrais do plantel, nomeadamente na defesa o facto é que o Benfica já tem os jogadores para o meio campo e ataque definidos, com bastantes escolhas de qualidade e que garantem imensa versatilidade em esquemas tácticos.
Com estes jogadores dá para jogar num modelo semelhante ao do campeonato 2009/2010, em 4-3-3 ou na estratégia "kamikaze" da época passada que servia perfeitamente para arrasar equipas fracas embora não fosse adequada para jogos com equipas fortes. Não só isso, mas existem soluções suficientes para tornar dificil de prever as mudanças no modelo táctico no decorrer de um jogo.
Parecendo que não o Benfica só precisa de contratar mais um ou dois jogadores: um lateral-esquerdo e um central de qualidade para despachar Jardel.

Este estágio na Suiça serviu para tomar o pulso a muitos jogadores, definir se eram alternativas reais ou não e para apurar índices físicos. A partir de agora, começa a colocação dos jogadores excedentários - de novo uma situação perfeitamente normal. Primeiro contrata~se os jogadores que interessam e só depois se colocam os excedentários. Prioridade para o reforço do plantel sobre a colocação dos jogadores que não interessam, que o Benfica não é centro de emprego.

Para o estágio no Algarve já só deverão partir os jogadores que ficam no plantel o que permitirá criar mecanismos que preparem a equipa para a 3ª pré-eliminatória da Champions. Do meio-campo para a frente está a equipa-base da época passada o que garante automatismos suficientes para garantir que o modelo de jogo não fique descaracterizado.

Parece-me haver um plano definido e como a contratação de um lateral esquerdo (Eliseu ou Emerson por exemplo) deverá estar por horas ou dias acredito que a equipa estará a um nível aceitável para a 3ª pré-eliminatória em que tem estatuto de cabeça-de-série, evitando adversários complicados como o Panatinaikos, Standard Liége, Dinamo Kiev entre outros.

Os clubes que podem calhar no sorteio são: Rubin Kazan (Rússia), Trabzonspor (Turquia), Odense (Dinamarca), Zurique (Suíça) ou Vaslui (Roménia). O Rubin é claramente a fava deste sorteio.

Não tenho dúvidas que o plantel ficará definido nos próximos dias e que a preparação para este compromisso importante irá ser feita de forma profissional.
No play-off que tem um grau de exigência mais elevado o Benfica já terá a defesa titular composta por Luisão, Garay e Maxi Pereira.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

A vinda de Witsel é uma boa e má notícia!

 ●  18 comentários  ● 
Ponto1: Fico satisfeito com a vinda de Witsel! É um jovem com valor e com largo futuro pela frente, podendo render muito a nível desportivo e financeiro!

Ponto 2: A vinda deste jogador, pelo espaço de terreno que pisa, implica a meu ver, uma viragem táctica! É um nº 8 e JJ, muitíssimo mal, tem insistido na ausência de um jogador que apoie efectivamente o bom nº6 que tem em Javi Garcia! Resultado? O Benfica, desde a saída de Ramires, sofre golos em barda! E de pensar que muitos confundiram Ramires e Salvio dá-me vontade de rir! A dupla Javi/Witsel poderá dar, em teoria (só o saberemos quando a bola rolar), mais conforto à linha defensiva e isso é fundamental!

Ponto 3: A vinda de Witsel fecha a porta a mais um jogador que foi para Nyon! Mais uma prova que as mais de 3 dezenas que foram para estágio, e descontando os das selecções, foram fruto do "desgoverno" da tal estrutura que, mesmo estando recheada de "profissionais", cometeu muitos disparates e não formou um plantel a 10/12 dias do 1º jogo da Champions League. Muito dinheiro gasto desnecessariamente, muitos jogadores e ainda assim falta uma 2ª linha (excepção de Miguel Vítor) competente! E isto tudo somado dá que o estágio pouco serviu a não ser para trabalhar o físico (veremos a que custo) e pouco mais!

Ponto 4: Com Witsel espero que JJ se convença de vez que não pode insistir no 4x1x3x2. É suicídio! As dezenas de golos sofridos em 2011 provam-no! E assim, são boas notícias a vindo do belga!

Ponto 5: (off topic Witsel) Mas para quando o fim da burrice de JJ nas conferências de imprensa? Não pode dizer aqueles disparates dos centrais, chancelados por ele ainda mais! Javi, e bem, defendeu Jardel no pós Servette! E agora aparece JJ a enterrá-lo! Muito básico, JJ!

Witsel, Jesus, Alex Sandro, Danilo e... Luisão

 ●  14 comentários  ● 
Vamos começar pelas boas notícias! Alex Witsel é claramente dos que não vem atrasado, não vem colmatar nenhuma carência grave, mas vem acrescentar qualidade e capacidade de marcar a diferença ao futebol do SLBenfica. Alex Witsel ao contrário do que eu próprio já escrevi (e fui corrigido) não é um nº10 mas sim um box to box, um jogador com características semelhantes às de Carlos Martins, mas (não menosprezando) melhor jogador.

Não é um substituto de Javi Garcia, nem de Aimar ou Gaitan. É um jogador para jogar em 4-3-3 ou em 4-2-3-1 com Javi e Aimar/Gaitan. No entanto, reforço que Matic não é substituto à altura de Javi Garcia, nem é superior a C.Martins ou Witsel. Para mim, Matic é um problema por resolver, tal como é a substituição de Javi (que pode sempre ser assegurada por Ruben Amorim). Espero que com isto C.Martins não saia para permanecer Matic...

Complica-se, assim, ainda mais a definição do plantel e dos portugueses a integrá-lo, pois espero que não tenhamos um plantel com mais de 27/28 jogadores de modo a não penalizar os mais jovens. Os elogios a Roberto deixam ainda a ideia que será aposta para segundo guarda-redes. Witsel, Roberto e alguns estrangeiros que já cá estavam vão complicar claramente as contas das dispensas para o cumprimento das regras de oito portugueses (quatro deles da formação). Amanhã, com a partida para o Algarve, já teremos mais evidências segundo afirmou Jorge Jesus:

«Há vários jogadores que vão sair, mas até chegarmos a Lisboa todos os jogadores que estão a trabalhar connosco vão saber por conhecimento directo quem é que vai partir para o Algarve e quem vai ficar»

No que toca ao reforço da esquerda, Jorge Jesus deu a entender que Drenthe e Ansaldi não eram as prioridades, o que se juntarmos às notícias do Brasil que as negociações por Alex Sandro estiveram perto da conclusão, percebemos quem é que era o preferido de Jorge Jesus.

Esse preferido que acabou - uma história que se repete - no FCPorto por uma verba absolutamente inacreditável: 9,5M€. Sinceramente, se era para vir por estes valores, espero que o Jorge Jesus estivesse a pensar noutro jogador porque dar tanto dinheiro por um brasileiro de 20 anos e suplente do ex-benfiquista Leo... não me parecia boa decisão.

Por falar em "perdas" para o FCPorto, agora parece ser Danilo o alvo deles. Depois de mais um arrastar de negociações, como todas aquelas em que acabámos por perder os jogadores para o FCPorto, do Brasil chegam noticias confirmadas de uma proposta do FCPorto por Danilo. Curiosamente essa proposta é igual em valor à do SLBenfica, mas inclui um jogador (Walter). Já o SLBenfica permitiu o empréstimo de Kardec ao Santos num processo totalmente à margem desta transferência como fez questão de deixar claro o responsável do Santos - o mesmo já havia acontecido (também com insucesso) com Eder Luis e Fillipe Bastos para o Vasco da Gama. A rever, estas posturas "simpáticas" do SLBenfica...

Independentemente da qualidade dos jogadores, é inegável que o SLBenfica estava interessado nos jogadores e fez propostas concretas por ambos... e propostas elevadas, o que evidencia interesse efectivo. Inegável também é mais uma intromissão do FCPorto na contratação de jogadores identificados pela prospecção do SLBenfica. Depois do "caso dos bufos" lançado pelo Jorge Baptista (e ainda antes pelo Marinho Neves), repete-se mais uma vez a intromissão do FCPorto em contratações que o SLBenfica se esforça para concluir.

É preciso acabar com estas situações de vez! Podemos desvalorizar o interesse nos jogadores, podemos colocar em causa a qualidade e o valor dos jogadores (em ambos os casos estamos a desvalorizar a nossa prospecção), mas uma coisa não podemos evitar: Admitir que começa a ridicularizar os benfiquistas a existência destes episódios TODOS OS ANOS de forma repetida e até em mais que um jogador.

Isto não acontece em mais parte nenhuma do Mundo! Para o FCPorto começa a ser um "ponto de honra" abordarem os jogadores que o SLBenfica teima em demorar e deixar arrastar-se nas negociações... é preciso, de uma vez por todas, haver uma enérgica e irrepreensível reacção a estas situações. Como? Sendo mais direccionado na conclusão dos processos negociais...

Por falar em processos negociais, foi com enorme preocupação que vi Jorge Jesus comentar uma potencial saída de Luisão e Cardozo: «Se os perder fazem-me falta. O Luisão conhece os processos todos da equipa na zona defensiva, conhece muito bem o que eu quero, é um líder dentro de campo, se o perdesse era uma baixa complicada.»

Neste altura da temporada, o que me teria tranquilizado, ao invés da constatação do óbvio, seria a total indisponibilidade do Jorge Jesus para saída do (agora) capitão de equipa, afastando liminarmente essa possibilidade, independentemente das propostas. Fiquei... pessimista sobre a saída de Luisão e das notícias que vieram a lume recentemente.

Isto não se diz, JJ

 ●  13 comentários  ● 
«Miguel Vítor, Jardel e Javi Garcia vão dando para os jogos da pré-época, mas não quando começar a sério». O Javi ainda entendo, mas dizer isto sobre dois centrais da equipa, um deles contratado em Janeiro a pedido dele próprio?

E pelos vistos coloca-se a questão da perda de Luisão: «Se perder Luisão será uma baixa complicada». Muito preocupante.

Quanto ao lateral esquerdo, o Ricardo Costa fala como se o Emerson já cá estivesse.

Desnorte total...

 ●  16 comentários  ● 
Antes de mais, sobre o que o Vermelhusco disse no tópico anterior (must read) não me digam que é mentira e que o Benfica não andava no encalço dos dois jogadores. Ou se quiserem podem dizer isso e enganar-se a vocês próprios. Força nisso.

O que acho que é um desnorte absolutamente incrível numa equipa de alta competição e que move milhões é chegarmos ao dia 13 de Julho (com a época iniciada a 22 de Junho, ou seja à quase um mês) com uns cerca de 17 jogadores por dispensar, dois quais mais de 10 foram contratados este ano e no anterior:

Oblak, Wass, André Almeida, Roderick, Nuno Coelho, Mora, Yebda, Balboa, Alípio, Peixoto, Kardec, Shaffer, Fernandez, Fabio Faria, Jorge Ribeiro, Carole e Urreta.

E como se isto não bastasse, ainda andamos atrás de um central, dois laterais esquerdos e dois médios.

INCOMPETÊNCIA!

PS- Já que estão numa de acreditar no Pai Natal, aproveitem e neguem esta também: http://chamagloriosa.blogspot.com/2011/07/e-agora.html

Só boas notícias!

 ●  7 comentários  ● 
Ou como actores externos defendem o Benfica da incompetência de quem dirige o clube:

Os corruptos "roubaram" Alex Sandro por 9,5 milhões de euros. Apesar de nunca acreditar muito que este jogador realmente interessava apenas digo: obrigado por salvaguardarem as finanças do Benfica e impedirem a nossa Direcção de contratar mais um estrangeiro inexperiente!


Drenthe recusou o Benfica. Pelos vistos o holandês além de mau profissional também não gosta de ver o seu nome metido em pacotes de transferência sem ser tido nem achado. Lixou os dirigentes do Madrid e "complicou" as contas de forma a reaverem parte do dinheiro que gastaram no Coentrão. Boas notícias para o Benfica.

Em duas frentes distintas as finanças do clube foram salvaguardadas ao mesmo tempo que obrigam a Direcção a procurar no mercado por reais alternativas ao Coentrão. Curioso que isso foi alcançado não pela inteligência dos nossos dirigentes.

E querem laterais para o clube além de jogadores portugueses por causa das regras da UEFA? Vão buscar o Nélson! Tem qualidade mais do que suficiente para substituir o Maxi, ainda é novo e precavê-se um problema também na próxima época quando o uruguaio sair.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Em resposta à minha pergunta. Sim, é preocupante!

 ●  9 comentários  ● 
Creio que vale a pena a preocupação!! Não se trata apenas de dizer mal porque sim, como alguns visitantes deste espaço gostam de fazer transparecer! E é bom que JJ se preocupe! Há que reflectir perante os maus resultados! E os poucos resultados. Explicando:

- Em primeiro lugar: falta de planeamento do plantel! Jogadores a mais, soluções a menos no plano defensivo! E isso é preocupante. Não se trata apenas da ausência de Maxi, Luisão e Garay. Trata-se da falta de uma linha defensiva alternativa credível! Só mesmo Miguel Vítor escapa! E nem um lateral esquerdo competente temos! E Coentrão já saiu há uma semana...

- Há muitas e boas soluções do miolo em diante! E isso, com tempo, irá vir ao de cima. Porém, o desgoverno nas contratações levam ao excesso! E JJ teima em adaptações, queimando David Simão que poderia ser uma boa solução dentro do plantel!

- O estágio, no fundo, pouco serviu. O excesso do plantel e a falta de opções alternativas na defesa não permitiram grandes afinações do processo do esquema de jogo! Se já sabemos que esta é a altura de testes, também é verdade que não se pode perder tempo e que a afinação táctica é vital!

- Por falar em excessos: o que traz Matic ao plantel? Um jogador que "custou" 5 milhões de euros tem de trazer algo de diferente! André Almeida? Why? Rodrigo Mora, idem... Já Nolito e Bruno César, sim claramente!

- Apesar de serem apenas treinos, isto ainda é o Benfica! Não podemos assobiar para o lado perante estes resultados e fingir que tudo está bem e normal! Espera-se e exige-se algo mais que um empate e uma derrota perante recém promovidos do campeonato suiço e francês! É verdade que estão com andamentos diferentes, mas...

- Por último, uma questão táctica! Creio que JJ demonstra que pouco aprendeu com os erros da época passada! Jogar Javi ou Matic sozinhos, entregues às tarefas defensivas é um erro! em 2010 havia Ramires que fazia o apoio a Javi e conferia equilíbrio! Salvio era diferente do brasileiro! E Enzo também! Witsel pode ser a solução! Mas um trinco a jogar com três médios claramente ofensivos deixam uma defesa que já de si é fraca à mercê dos ataques contrários! Sofremos golos sem parar e a explicação passa por aqui!

Em suma, há aspectos positivos. Principalmente, no que concerne à qualidade dos jogadores do meio para frente. Mas a falta de opções na defesa e exposição defensiva sofrida perante o actual sistema táctico vão nos causar dissabores se não forem resolvidos rapidamente!

PS: Sigam para o post a seguir, "Estamos a falar do SLB, lembrem-se!" para a visão do GB ao momento actual do SLB!

Estamos a falar do SLBenfica, lembrem-se!

 ●  21 comentários  ● 
Não posso deixar de ficar surpreendido quando ainda na pré temporada começamos a arranjar desculpas para empatar ou perder com duas equipas que acabaram de subir à primeira divisão dos respectivos campeonatos suiço e francês. Estamos a falar de equipas do tipo... Beira-Mar ou Setúbal lá do sitio.

Sejamos claros, com os adversários que o SLBenfica defrontou tínhamos a obrigação de, pelo menos vencer os respectivos jogos. Não está em causa a qualidade das exibições colectivas ou sequer goleadas, mas há mínimos e uma equipa como o SLBenfica não pode ter estes resultados, nem em regime de pré temporada.

Feito este enquadramento, sou forçado a concordar com o SouBenfica no seu tópico Impressões da Suíça, quando aponta o dedo a Jorge Jesus pela forma atabalhoada com que trabalhou os recursos, com mudanças sucessivas em curto espaço de tempo, combinações estranhas, obstinações tácticas e "misturas" pessimamente mal feitas afectando rendimento de todos.

Abomino conversas "sportinguistas" de desculpabilização com as experiências, a carga de treino, etc. Nem pensar, meus amigos. Isso está absolutamente fora de questão. Jorge Jesus tem um plantel, ainda que muitíssimo mal planeado, que bem trabalhado pode fazer figura nas competições nacionais - a falta de preparação adequada impedirá ir mais além, nomeadamente na Europa.

Para começar, a quantidade interminável de jogadores que foram para a Suiça com o futuro incerto é inaceitável. Para que possam jogar, implica que Jorge Jesus faça esta "baralhada" de substituições.

Depois, a construção de um plantel mal ponderada em função das carências e das regras da UEFA e Liga de Clubes, especialmente a primeira. Chegamos a poucos dias das competições oficiais com a substituição de Fábio Coentrão por concretizar quando todos sabíamos que ia sair - ninguém tinha dúvidas.

Há ali alguns jogadores que simplesmente não têm atitude ou qualidade para jogar no SLBenfica:
- Matic? Nem é trinco bem bom médio ofensivo, ficar no plantel para tirar o lugar ao Carlos Martins? Por amor de Deus... nunca deveria ter vindo.
- Wass? O que faz Jorge Jesus pensar em integrar este jogador no plantel? Será que desaprendeu? Se o jogador já era assim, porque não foi logo emprestado?
- Roderick? Até quando vamos queimar as etapas de formação deste jogador impedindo-o de jogar com regularidade para evoluir - algo que precisa bastante?
- Fabio Faria? O homem é defesa central. Ninguém entende a insistência como defesa esquerdo, num momento em que faltam centrais, o Jorge Jesus prefere lá meter o Javi em vez de apostar no Faria e meter o Shaffer a "encher" a esquerda - já que não tem defesas.
- Nolito? Na esquerda já jogaram B.Cesar, Gaitan, Jara, etc. Este é o melhor jogador para essa posição tarda em jogar (fresco) com Aimar ou Gaitan e Urreta (que está a justificar) porquê?
- Mora? Vamos continuar indefinidos na frente de ataque? Mora jogou hoje os primeiros 40min. e mostrou que tem qualidade, capacidade física, técnica e atitude. Pouca coisa para se dizer que merece, mas... porquê insistir em Saviola - claramente o que está pior de todos os que jogaram?

E no meio disto tudo ainda queremos que os jogadores cheguem da Copa América directos para o onze titular na Champions e ainda lhes juntar mais três ou quatro novos jogadores.

JORGE JESUS! Tem lá calma... bem sei que continuas a olhar lá para cima para o antro da corrupção como um objectivo pessoal e agora até vês que o Vitor não tem pedalada para aquilo e com uma época mal preparada pode ser a tua oportunidade... Eu sei.

Mas a matéria prima está no plantel e há ainda algumas adições (inaceitavelmente tardias) a serem feitas. Inaceitalvemente apenas porque são para resolver carências. Se fosse para reforçar ou adicionar valor, não haveria qualquer problema.

Ainda há tempo para corrigir os erros e o Jorge Jesus é quem tem mais para corrigir. O mal causado pelo péssimo planeamento (mais uma vez) desta direcção já não se pode voltar atrás... pode é corrigir-se depressa e não é nenhuma revolução.

Se eu fosse o Jorge Jesus, chegando a Lisboa comunicava imediatamente a lista de dispensas para poder começar a trabalhar no duro com o plantel que enfrentará os desafios da temporada! Além disso, no lugar dele ganharia um bocadinho de humildade para perceber que há ali plantel para começar a trabalhar o 4-3-3 de forma mais objectiva, mas claro que não esquecendo o 4-4-2 e mesmo o 4-2-3-1. É para isso que servem as pré-temporadas.

Na baliza volto a reforçar que Artur foi reforço, pelo que não podemos MESMO (nem que emprestemos) dar-nos ao luxo de ter o Roberto a ganhar 2M€/ano... no banco. Bem sei que não está nos planos, mas temos que dispensar ambos os guarda-redes. Mika tem qualidade para ser o segundo guarda-redes e o terceiro - como sempre foi no passado - pode ser o dos juniores ou Oblak.

Na defesa, definitivamente Wass e Roderick não têm "pedalada" para este plantel e Jardel não tem qualidade suficiente. Miguel Victor tem tudo o que é preciso para ser o terceiro central da equipa, pelo que deveríamos apostar num jovem com qualidade ou num jogador experiente (Fernando Meira?) para completar os centrais. Preferência português.

Nas laterais, Maxi vale engolirmos o orgulho e dar ao Paco Casal o que ele quer e renovar logo que ponha os pés em Lisboa. André Almeida (até porque Ruben Amorim pode ajudar) deveria ficar como alternativa. No flanco oposto, se já não for possível resgatar Mário Rui para alternativa, a aposta em Carole deve manter-se e abandonar a ideia do Alex Sandro para ir buscar um titular indiscutivel (Ansaldi?).

No meio campo defensivo ou de transição, por amor de Deus! Matic não é jogador para o SLBenfica. Defende mal e entrega pior. As funções de Matic podem ser feitas com muito mais qualidade por um jogador português que muito admiro: Carlos Martins... e ao que parece ainda vem Witsel (desnecessário, digo eu!). De resto, tudo certo!

No meio campo de ataque, Aimar e Gaitan têm a batuta e isso é indiscutível e com grande qualidade. Na esquerda do ataque Nolito sem dúvida e ainda Bruno César. Na direita Enzo (ainda não provou o que o trouxe) e Urreta.

No ataque, Cardozo e Saviola na minha opinião continuam sem justificar. Eu apostaria na saída/venda dos dois para a contratação de um titular indiscutível (Brian Ruiz não é). O restante quadro seria composto por Rodrigo, Mora, Jara e N.Oliveira.

VOLTO A REPETIR:
Não se trata de por tudo em causa! Longe disso, porque como já disse há ali muitos jogadores de qualidade e muito potencial, além de que há três potenciais titulares na defesa ausentes. O que está em causa é fazerem-se as opções certas para corrigir erros passados (e alguns recentes) e o treinador não querer fazer parte do problema, mas da solução.

Também não se trata de querer que, nesta altura, o SLBenfica apresente elevados níveis exibicionais colectivos. Longe disso...

... mas também não podemos esconder-nos atrás de desculpas esfarrapadas das experiências, cansaço ou "podermos perder". É no primeiro treino, no primeiro jogo da temporada que se começa a ganhar uma equipa, que se começam a ganhar os títulos.

VAMOS LÁ BENFICA!

E agora? Já vale pena a preocupação?

 ●  11 comentários  ● 

Impressões da Suíça

 ●  19 comentários  ● 
- péssima gestão do Jesus dos tempos e posições para por os jogadores em campo
- Wass não tem estaleca para o Benfica e o Andre Almeida justifica mais (muito mais)
- Nolito é o melhor reforço
- os jovens da formação não contam para o Jesus
- Faria não é inferior ao Roderick que ainda tem muito muito pela frente até ser jogador do Benfica
- Mora tem físico e velocidade, é pena o Jesus não ter mostrado mais
- Matic tirando o físico é banal
- Rodrigo tem potencial mas é pequenino
- Jesus continua sem apostar no 433 - não aprende
- Miguel Victor foi usado até estoirar, a ideia era fraqueja-lo?
- Aimar e Gaitan são os únicos 10
- Bruno César é interessante
- Cardozo quando a dificuldade aumenta ele desaparece, nada de novo
- Saviola continua fora da mãe, como Jesus
Ou seja péssimo planeamento desta época com muito por fazer. Muito mesmo

PS- alguém explique aos burros da Sporttv que o Nelson Oliveira e o Carole não jogaram por estarem nos estágios do Mundial sub 20

O Sobral diz que já é do SLBenfica

 ●  3 comentários  ● 


Alex Witsel já não escapa ao Benfica e, apesar do alegado interesse da Roma em desviá-lo para Itália, a Luz é, garantidamente, o destino do médio belga do Standard Liège para as próximas cinco épocas, num anúncio a confirmar-se nos próximos dias, confirmou o Maisfutebol, nesta terça-feira.

O acordo entre os clubes foi alcançado a troco de oito milhões de euros, mas o contrato ainda não foi assinado, como confirmou o pai e empresário do jogador ao Maisfutebol. «Estou à espera do contacto do Benfica e do Standard amanhã [quarta-feira] ou, o mais tardar, na quinta», disse Thierry Witsel, que já havia manifestado ao nosso jornal a satisfação pelo rumo na carreira do filho.

in Maisfutebol

Diz-me quem o conhece, e nele eu acredito, que mais que um nº10, este Witsel é um excelente nº8, possivelmente para um 4-3-3 com Javi, Witsel e Aimar, com Nolito na esquerda, Perez na direita e Jara ou Rodrigo na frente (Cardozo para 4-3-3, não me parece...).

Será o "adeus" de Carlos Martins? Só de Martins?

Começa a definir-se o plantel...

 ●  31 comentários  ● 
Estive a "passar os olhos" n'A Bola e li sobre algumas decisões/definições que começarão a ser tomadas em relação ao plantel que reforçam por completo a minha convicção de que teremos uma excelente equipa para a temporada 2011/12.

Diz o jornal que a "troika" composta por Luis Filipe Vieira, Rui Costa, António Carraça e Jorge Jesus (com Manuel Sérgio na sombra) terá já decidido algumas permanências e dispensas, das quais destaco duas permanências que há muito venho defendendo e que registo com com muito agrado que os responsáveis do SLBenfica pensem de igual forma:

Miguel Victor e Rodrigo são para ficar integrados no plantel

Entre os empréstimos com vista a ganharem maior maturidade competitiva, essencial para um campeonato mais técnico e com velocidade com o português, estarão Wass e Mora, juntamente com Roderick e Ruben Pinto. Excelentes notícias! O empréstimo de Mora, que é um jogador de qualidade, estará inserida numa eventual permanência de Cardozo, o que faz todo o sentido.

Por esclarecer: Urreta e André Almeida, mas penso que o empréstimo será talvez a opção mais sensata para ambos os casos.

Nos dispensados aparecem César Peixoto (Servette?), Kardec (Santos), Fernandez (Independiente), Shaffer (?), Julio César e Fábio Faria (?).

Estas eram as boas notícias... mas não fica por aqui. Carole pode também ser emprestado e chegarão, ao que tudo indica mais três a quatro jogadores: Danilo, Witsel, Alex Sandro e, possivelmente, Ansaldi para titular na esquerda.

A contratação de Witsel, até prova em contrário, parece-me indiciar a saída de um médio que receio ser Carlos Martins. Na circunstância de um investimento de 8M€ num jogador que dificilmente será titular (com Gaitan e Aimar pela frente), parece-me despropositado.

Alex Sandro parece-me ser uma aposta a dois anos de Kia Jurabishian, pois se chegar Ansaldi, duvido que o brasileiro seja titular tantas vezes quantas as necessárias para uma transferência para Inglaterra, como parece estar "programado".

Por fim Danilo, reforço mais uma vez que tal como Gaitan não era (nem é) médio esquerdo, Danilo também não é defesa direito. Danilo, como se pode perceber pelas palavras dos responsáveis do Milan que observaram o jogador e pelas palavras dos responsáveis do Santos... é um médio direito. Uma comparação interessante é a de Ramires. Nesse sentido parece-me redutor olhar para Danilo como alternativa a Maxi Pereira, salvo se considerarmos definitivamente a "descida" no terreno de Ruben Amorim para esse lugar.

Assim, o "desenho" do plantel de acordo com estas indicações d'A Bola ficaria assim:

Artur (E), Roberto (E) e Mika (P)
Maxi (E) e Ruben Amorim (P)
Luisão (E), Garay (E), Miguel Victor (F) e Jardel (E)
Ansaldi ? (E) e Alex Sandro ? (E)
Javi Garcia (E), Matic (E) e Nuno Coelho (P)
Enzo Perez (E) e Danilo (E)
Aimar (E), Gaitan (E) e Witsel (E)
Nolito (E) e Bruno César (E) e David Simão (F)
Cardozo (E), Saviola (E), Jara (E), Rodrigo (E) e Nélson Oliveira (F)

(E) - Estrangeiros: 21 (19)
(P) - Portugueses: 7 (8)
(F) - Formação: 3 (4)
Total: 27 jogadores

Nota: para cumprir os requisitos da UEFA, temos quatro estrangeiros que não podem ser inscritos e temos em falta um jogador formado localmente e oriundo da formação. Solução? Relativamente simples: dispensar Jardel e manter Roderick Miranda resolve o problema dos jogadores nacionais e de fora da UEFA ficariam apenas três estrangeiros a saber: Matic (temos o Nuno Coelho), Rodrigo (temos o Jara) e... Witsel ou Enzo Perez (dado que para ambos há alternativas).

O que acham?

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Plantel para 2011/2012

 ●  19 comentários  ● 
Plantel para inscrever na Liga:

GR- Artur, Roberto, Mika
DD- Máxi, Wass
DE- ????, Carole
DC- Luisão, Garay, M. Vitor, Fábio Faria
Méd. Def.- Javi, Matic, Nuno Coelho
Méd. Of.- Aimar, C. Martins, B. César, D. Simão
Méd. Dir.- Enzo, Amorim
Méd. Esq.- Gaitan, Nolito
Avançados- Cardozo, Saviola, Jara, Rodrigo, N. Oliveira, Mora

Plantel com 28 jogadores, onde alguns fazem várias posições o que dá a JJ soluções quase ilimitadas.


Plantel para inscrever na Liga dos Campeões:

GR- Artur, Roberto, Mika
DD- Máxi
DE- ????
DC- Luisão, Garay, M. Vitor, Fábio Faria
Méd. Def.- Javi, Matic
Méd. Of.- Aimar, C. Martins, B. César
Méd. Dir.- Enzo, Amorim
Méd. Esq.- Gaitan, Nolito
Avançados- Cardozo, Saviola, Jara, Rodrigo, N. Oliveira

São 23 jogadores inscritos com 17 estrangeiros, 4 jogadores formados em Portugal e 2 formados no Benfica.

Ficamos só com um lateral de raiz para cada lateral mas temos Ruben Amorim e Fábio Faria que fazem as posições. Mora sai porque é estrangeiro porque não tenho base de avaliação para o retirar por ser mais fraco que Jara ou Rodrigo. Não é o ideal mas é o melhor que pensei face a tanto estrangeiro.

Se vier um dos falados da comunicação social, então penso que algum estrangeiro terá de sair. Na minha opinião não seria necessário vir mais ninguém depois de Garay e um defesa esquerdo titular. Se é para comprar alguém para o meio campo então que apostem nos portugueses, como por exemplo o Paulo Machado. Pode tão caro como os que se falam mas é português e de qualidade.

É mais forte que eles...

 ●  7 comentários  ● 
E pronto! É mais forte que eles! Simplesmente não conseguem conter a bazófia...

Ah e tal vamos ter uma equipa extraordinária...

Blá blá blá temos jogadores à Benfica...

PORRA, pah! Mas esta malta não aprende?
Que mania de gostarem de aparecer nos jornais, de aparecerem feitos heróis em vez de se calarem e aprenderem de uma vez a trabalhar mais do que os outros e a serem mais eficientes que os outros.

Não chega a Mística e o Jornal O Benfica? Que mania, pah! Isto já irrita!

Primeiras impressões do Benfica 11/12

 ●  11 comentários  ● 
Como sabem, eu acredito plenamente que temos na Suiça uma parte do plantel que será campeão este ano. Não tenho qualquer dúvida disso. Posto isso, ao cabo de dois jogos acho que já consigo tirar algumas ilações, especialmente das contratações novas e dos defeitos/qualidades antigos.

Antes de mais, ainda que considere que haja muito espaço para uma gestão mais eficaz e competente dos inúmeros recursos que temos na Suiça, no estágio. Ainda assim, Jorge Jesus é o treinador e este tipo de questões mais técnicas são aquelas que temos que respeitar - ainda que seja sempre legítimo termos opiniões diferentes.

Na minha perspectiva, quem não "vai a jogo" nesta temporada simplesmente não deveria estar na Suiça. Jogadores como Shaffer, Peixoto, Kardec ou Fernandez deveriam logo ter ficado em Lisboa.

A questão dos jogadores formados na Luz tem claramente que ser melhor equacionada. Está à vista que Ruben Pinto "não conta" para Jorge Jesus, estando lá só para "encher" e desde já digo o que já disse antes: É normal. O Ruben não deveria integrar este plantel, mas sim ser emprestado a um clube da Liga Orangina.

Isto coloca a tal questão dos quatro jogadores formados no Clube para as listas da UEFA que podem (e devem) perfeitamente ser Miguel Victor, Roderick, D.Simão e N.Oliveira. A permanência do Ruben Pinto está pois directamente relacionada com a permanência do Miguel Victor. O central não quer passar uma temporada "na sombra" quando tem um desafio aliciante na Championship.

Na minha perspectiva, Miguel Victor está mais forte fisicamente, mais seguro e mais confiante. Tem claramente muito mais velocidade e posicionamento que o Roderick (o que é normal dada a idade) e considero-o - de longe - melhor jogador que o Jardel. Numa equipa com Luisão e Garay, parece-me ser o terceiro central que oferece todas as garantias. Roderick, na impossiblidade de sair para jogar (Obrigado aos "iluminados" que permitiram a saída do Moreira que impossibilitou isso), seria o quatro central - libertando-se o Benfica de Jardel.

Arrumada a questão dos jogadores formados na Luz e dos centrais, olhemos à baliza. Quando temos Artur Moraes e Mica, a terceira vaga será um erro se for ocupada por um jogador que recebe por ano 2M€. É hora de fazer sair Roberto e Julio César, um porque não tem condições e outro porque... simplesmente não tem qualidade. Incrivelmente, teríamos de ir buscar mais um guarda-redes e nesse caso teria que ser um segundo guarda-redes... português. Mas quem? Pois...

Continuamos sem laterais titulares. Na direita, Wass é jovem e precisa de se adaptar a um futebol mais técnico e evoluído que o dinamarquês e na esquerda, Carole não tem (ainda?) qualidade para ser titular do SLBenfica. Na direita, Maxi é cada vez mais sinal de preocupação pelas recentes declarações e por ainda não ter renovado (como é possível?). Na esquerda simplesmente ainda não há substituto de Coentrão - e Fábio Faria não é seguramente solução.

Nas laterais temos um problema complicadíssimo, especialmente se Maxi não renovar brevemente, pois se o SLBenfica "cheirar" uma solução de ruptura, o melhor será mesmo transferir o jogador neste defeso (enquanto pode). O que seria uma absoluta desgraça, mas que eu não afasto de todo, dada a loucura de contratar Danilo (ATENÇÃO: Danilo é médio e não defesa...). Já na esquerda, acho que esse tal Alex Sandro não será mais que Carole, pelo que pressinto que não seria esse o caminho... Veremos.

No meio campo defensivo, Nuno Coelho ainda não se viu, sendo vítima do "entreposto de jogadores" que por ali andam. Já se viu um Javi Garcia igual a si próprio e um Matic que sendo interessante... não é igual a ninguém. Não o considero sequer opção para o lugar de Javi... nem melhor que C.Martins para jogar na posição de box to box. "Houston we have a problem" - para que serve este Matic?

Directamente relacionado com Matic está a ausência do C.Martins. Lesionado, diz o boletim clínico, "na ronha" a preparar a saída digo eu conhecendo o "feitiozinho" do rapaz que dá tudo em campo pela camisola que veste, mas é danado para injustiças. Ainda no meio campo, Peixoto também parece seguir o caminho da saída - nada que surpreenda ou que lamentemos.

No meio campo de ataque, Nolito é craque e Bruno César uma excelente opção. Dificilmente será primeira opção num meio campo com Nolito e Gaitan nas suas posições, mas seguramente será uma opção a ter muito em conta.

Já Enzo Perez que todos afirmam ser ainda melhor que Bruno César, tarda em mostrar, mas nota-se pela movimentação e "toque de bola" que é um jogador com qualidade. É preciso agora é mostrá-la. Quem continua a mostrar muita qualidade é o Pablo Aimar, mas continuo com a mesma ideia que pode sair - ainda para mais se permanecer Cardozo.

O meio campo de ataque, parece muito bem entregue, com Nolito (esq. e ataque), Bruno César (esq. e centro), Gaitan (centro, esq. e dir.) e Enzo Perez (dir. e centro). A estes junta-se o inevitável (em qualidade) Aimar e ainda David Simão e Ruben Amorim.

No ataque, Cardozo pelo passar do tempo parece de pedra e cal (será?) e continua igual a si próprio - lento pouco agressivo... mas concretizador (é o que se pede). Saviola continua também igual a si próprio em todos os clubes por onde passa, ou seja, uma época em grande... e depois é sempre a descer (foi assim em Barcelona, Monaco, Sevilla, Madrid...), na minha perspectiva com o pequeno Rodrigo e Jara a mostrarem serviço, parece-me que Saviola terá dificuldades em se manter como primeira opção, salvo casmurrice de Jorge Jesus.

Estranhamente Rodrigo Mora continua fora das opções - será a porta da saída ou a falta de ritmo pelo tempo parado? veremos, mas eu tenho boas expectativas sobre ele. Também Nelson Oliveira está fora, mas pelo estágio dos Sub20, contudo se lá estivesse penso que teria poucas oportunidades, como David Simão.

Em resumo, um plantel a 15 dias da primeira competição oficial com ainda muito por fazer e definir. Na minha opinião com muita gente a mais - alguns dos que já sabem que vão sair, nem deviam ter ido para Suiça. Infelizmente, um plantel muito estrangeiro, onde os portugueses poucas oportunidades terão de jogar, inclusive arriscamos a possibilidade de ter um 11 composto exclusivamente por estrangeiros.

PS- Continuo a lamentar muito termos perdido o Mário Rui - um jogador de grande qualidade. Espero que não aconteça o mesmo com o Yartey, que tem qualidade para ser opção na Luz na próxima temporada como alternativa ao Nolito.

domingo, 10 de julho de 2011

Cansaço mais que evidente

 ●  13 comentários  ● 
Aconteceu o que eu espera que ia acontecer perante uma equipa com mais qualidade e com muito mais andamento face á fase mais avançada da sua preparação.

Notou-se claramente que os jogadores do Benfica estavam desgastados fisicamente e isso foi óbvio nas faltas feitas e nos passes errados, bem como nas transições defesa-ataque que raramente foi feitas com grande sucesso. A segunda parte foi melhor, pois JJ reforçou o meio campo e tivémos mais controlo de bola mas a jogarmos em 90% das vezes em passes laterais.

Como o Benfica jogou praticamente a primeira parte toda á defesa, estive praticamente concentrado no Miguel Vitor. Devo dizer que cada vez tenho mais a certeza e menos dúvida de que lhe daria a titularidade ao lado do Luisão. Esteve sempre muito sereno e é, de longe, duas vezes melhor que o desastrado Jardel.

O melhor em campo do Benfica com Servette

 ●  12 comentários  ● 
Mas este é da formação é melhor não pôr no plantel. Ali para a esquerda é melhor o Peixoto ou Fernandez. E quanto ao Nolito, tem que perceber que isto é equipa para jogar no futebol português, que merda é essa de não se mandar para o chão e dar tudo em campo? - esse é craque.

Orgulho Benfiquista

 ●  8 comentários  ● 
Para ficar, sff... E jogar!

Bom treino!!!

 ●  10 comentários  ● 
Primeiro jogo da época com uma vitória por 9-1 sobre uma selecção de jogadores amadores, portanto, foi um excelente treino e nada mais que isso.

O que retiro deste jogo:

Processos Ofensivos: O trabalho está praticamente feito, faltando limar algumas arestas mas coisas superficiais, nada de muito profundo.

Processos Defensivos: Esta é a minha principal preocupação e este jogo não serviu de nada para tentar perceber se a equipa evoluiu ou não em relação ao ano passado. A única coisa que vi foi o JJ a fazer subir a equipa de forma a fazerem pressão alta. É necessário um jogo com um adversário mais forte para ver como se comporta a equipa em termos defensivos.

Os reforços:

André Almeida: Defesa direito nunca!! Gostaria de o ver jogar a médio.
Matic: Precisa de trabalhar o posicionamento táctico, o que é normal. A minha opinião mantém-se, penso que é mais um box-to-box que um trinco como Javi.
Bruno César: Uma agradável surpresa. Gostei muito de o ver jogar!!! Parece-me que poderá ser o natural sucessor de Aimar. O seu entrosamento com a equipa, e em especial com Aimar, dá a impressão que já está na equipa há uns tempos. Vamos ver como se comporta com equipas de qualidade superior.
Wass: Jogou de forma tímida e este jogo deu para tudo, portanto, vou esperar pelos próximos jogos para ter uma opinião mais consistente.
Nuno Coelho: Jogou fora de posição, por isso não há nada a dizer.
Nolito: Marcou um golo e nota-se que é um jogador com cultura europeia. Recebe a bola e levanta a cabeça para ver as opções que tem antes de ir para o drible, coisa que Jara deveria fazer muitas mais vezes. Jogador interessante.
Perez: Jogou fora do seu habitat natural pelo que não vou tecer considerações sobre a sua prestação. A rever mas na sua habitual posição.
Rodrigo: Aos poucos parece uma boa aquisição do Benfica. Se continuar a evoluir poderá ser o substituto de Cardozo.

Maiores destaques:

Cardozo: Tosco, sem velocidade e sem técnica, mas a verdade é que o homem mete a redondinha lá dentro e o resto é conversa.
Bruno César: Além de parecer estar completamente entrosado com a equipa, onde fez boas combinações com os colegas, é um jogador rápido, que definiu sempre bem os lances. Fiquei com água na boca em relação a este jogador.
David Simão: Foi pena que a sua estreia tivesse que ser a defesa esquerdo. Apesar de não ter estado bem, notou-se que nunca virou a cara á luta. Força nisso rapaz que da próxima quero ver-te em terrenos mais adiantados.
Aimar: Parece que joga de pantufas. É delicioso ver um jogador daqueles a jogar á bola. Fantástico!!!
Saviola: Ó homem, ou te mexes ou então metam lá o Jara. Queres um conselho? Joga simples!!! Não compliques o que está fácil, remata á baliza homem. Para quê a porra de mais um toquezinho na bola quando podes definir o lance mais cedo?
Miguel Vítor: Fica-te bem essa braçadeira!!!  Vamos ver o que te reserva o futuro, se fosse eu o plantel. Exibição serena e tranquila.

Depois deste treino vamos ver como reagem alguns jogadores e a equipa contra equipas mas competitivas.

Porra, finalmente a bola já rola!!!! :)

ranking