O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

2016. Ano Novo.

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 

A todos os que visitam o NGB desejamos um 2016 muito feliz.
Aos benfiquistas desejo títulos e felicidades pessoais.
Aos outros muitas felicidades pessoais e azia desportiva. :)

Grande abraço a todos!

A promessa... outra vez

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 
aqui tinha registado a promessa do nosso presidente, quando apresentou o negócio NOS.

Hoje, depois da entrevista do nosso presidente, quero deixar bem vincado ISTO.



Fantástico! Pizzi por 14 milhões!

Avatar
 ●  + 102 comentários  ● 

Este Atlético de Madrid anda sempre a ser comido pelo presidente.

"O Benfica, que detinha metade dos direitos económicos do futebolista português Pizzi, anunciou hoje que adquiriu os restantes 50% ao Atlético de Madrid por oito milhões de euros.

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (...) vem informar que adquiriu os restantes 50% dos direitos económicos do atleta Luis Miguel Afonso Fernandes (Pizzi) que remanesciam na titularidade do Club Atlético de Madrid SAD pelo valor de oito milhões de euros", lê-se no comunicado enviado pelo campeão português à Comissão do Mercado de Valores mobiliários (CMVM).

O médio de 26 anos, que foi adquirido pelo Atlético de Madrid ao Sporting de Braga em 2011/12, está a cumprir a sua segunda época no Benfica, depois de ter estado emprestado pelos 'encarnados' ao Espanyol em 2013/14, época em que os 'encarnados' comprarem metade do seu 'passe' por seis milhões de euros."

Vou sempre falar de ti... enquanto quiseres falar de mim, gordo!

Avatar
 ●  + 20 comentários  ● 
"A minha estratégia foi esperar para ver o que acontecia nos rivais e, depois, a partir daí, fazer valer a dimensão do Sporting. Nunca tinha visto o Sporting fazer um negócio a este nível, de patrocínios e de direitos televisivos, melhor do que os rivais" 



Eu imagino as masturbações intelectuais que isto deve gerar em alguns acéfalos que acreditam que contratos de 10 anos, com validações jurídicas e implicações orçamentais de dimensão são negociados em 5 ou 10 dias. O problema nem é tanto os acéfalos que se deixam enganar... o problema é mesmo os que não são acéfalos e aceitam que o trapaceiro os trate como incapacitados mentais.

O responsável máximo dos leões revelou ainda que uma operadora propôs um negócio que incluía comissões, mas não revelou a sua identidade, negando-se ainda, por motivos de confidencialidade, a desvendar os valores associados a cada uma das parcelas do negócio (diretos de TV, distribuição da Sporting TV e patrocínios na camisola e Estádio)

Fantástico! Ao nível do Vale e Azevedo talvez, reparem:

"Nunca tinha visto o Sporting fazer um negócio a este nível, de patrocínios e de direitos televisivos, melhor do que os rivais" 

MAS


"negando-se ainda, por motivos de confidencialidade, a desvender os valores associados a cada uma das parcelas do negócio"


Espetacular! O negócio dos rapazes é feito em 5 dias e é melhor que o dos rivais... porque ele diz que sim e todos têm que acreditar nele... porque sim!


"Há os que querem fazer as coisas de uma forma apressada, ou porque têm estratégias específicas, ou porque têm eleições, dívidas de centenas de milhões para pagar."

Esta cola sempre bem! Dizer que o Benfica tem dívidas para pagar. Mas... Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Trimestre 2015/2016). Quem será que tem realmente dívidas para pagar? Bom... na verdade as últimas noticias explicam antes que... tem dívidas, sim, mas para NÃO PAGAR!

Depois de ler a entrevista de Luis Filipe Vieira

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 
Lendo a entrevista completa de Luis Filipe Vieira hoje... mais uma vez não concordo com todas as perspectivas - principalmente quando se põe a falar de futebol, mas no que diz respeito aos temas essenciais de gestão empresarial, ainda que não tenha lido nada que já não fosse a opinião que tenho vindo a escrever, fiquei totalmente esclarecido sobre o trabalho diferenciador que está a ser feito num pilar que considero fundamental: a sustentabilidade e resiliência económico-financeira do Sport Lisboa e Benfica.

No que diz respeito aos temas relacionados com os contratos da NOS e MEO... registo que continuamos a ver benfiquistas a tomar como certas as artimanhas de presidentes adversários e a desvalorizar e desmentir o próprio Presidente. Humm.. deve ser pela obra (não) feita do gordo.

A entrevista: O futuro a desenhar-se como aqui sempre previ

Avatar
 ●  + 41 comentários  ● 
Os jornalistas têm de ser muito melhores do que aquilo que demonstram nas perguntas que fazem... Mas não as podem fazer, porque ter uma grande entrevista com o Presidente encarnado no último dia do ano são privilégios que importa manter para dar azo a entrevistas futuras, e por isso as perguntas feitas são sempre aquelas que sabemos: as que tocam nos assuntos aos de leve, sem ferir suscetibilidades nem encostar ninguém à parede, em suma, entrevistas para fazer cumprir os objetivos do entrevistado e não do público em geral que a seguir vai ler.

Em suma, uma entrevista para encher chouriços... Repare-se:

EM RELAÇÃO AOS DIRETOS TELEVISIVOS:

LFV:“Os contratos do Sporting e do Porto só foram possíveis porque o Benfica voltou a liderar o processo (...) Portanto só podemos estar orgulhosos de que outros clubes possam beneficiar da revolução que foi iniciada por nós.” 

A isto pois, um verdadeiro LOL... Vamos lá Benfiquistas, vamos todos celebrar e dar as mãos, que se lixe se outros recebem quase tanto como nós, que se lixe se andámos anos a dizer que exigíamos ser pagos de acordo com a nossa dimensão e que essa dimensão era de anos luz em relação aos adversários, o que importa é o orgulho de podermos dizer aos nossos rivais, vocês fizeram o contrato das vossas vidas, mas por nossa causa que iniciámos a luta. Prometo que hoje à meia noite não me esquecerei de fazer um brinde a isto!



ABOLA:Mas o acordo com a NOS contempla essa salvaguarda (cláusula em função dos valores dos contratos de Porto e Sporting)?

LFV:Obviamente. E por isso em Janeiro voltaremos a estar sentados com a NOS, algo que está contemplado no nosso acordo.

Obviamente para nós também. Obviamente que todos percebemos que isto é assumir que se não está satisfeito com o contrato que se fez tendo em conta o que outros fizeram. Obviamente que isto é assumir que neste momento são outros a rir-se. Obviamente aqui o jornalista deveria perguntar que tipo de cláusulas são essas, se são os 20% ou os 10% ou os 25% de que se fala. Deveria perguntar se ia em Janeiro à NOS partir o bolo-rei ou buscar mais dinheiro! Mas não, muda-se de assunto e nem uma pergunta é feita neste sentido.


ABOLA:Mas falar em 515 milhões é um número impressionante.

LFV: O que é importante é perceber quanto vão receber os clubes nessas componentes, direitos televisivos, canal do clube e publicidade nas camisolas e no estádio. Como já disse as conclusões são fáceis.

Sim Presidente, as conclusões são fáceis. Para já as conclusões, tendo em conta os Relatórios, são as contas apresentadas pelo Benfica Eagle já neste blogue, e que confirmam aquilo que já todos os Benfiquistas sabem: Tendo em conta a dimensão das marcas, em termos relativos os rivais fizeram um contrato bem melhor que nós.


SOBRE RUI VITÓRIA
Todos os treinadores estão dependentes de resultados. Qual é a margem de manobra de Rui Vitória?

Qual foi a margem de manobra do nosso último treinador? Como bem se lembra foi muito grande, as pessoas é que às vezes têm tendência para esquecer. Aí tem a resposta.

Presidente, francamente, Jorge Jesus teve margem de manobra porque ganhou logo na sua primeiro época com um futebol de sonho, e aí criou a sua almofada... Se a sua primeira época tivesse sido o que está a ser neste momento a primeira época de Rui Vitória, todos sabemos que teria saído muito rapidamente, tal como saiu Quique Flores... Atirar areia para os olhos das pessoas, não.


O BENFICA MADE IN BENFICA

ABOLA: Já lhe fizeram alguma oferta ou perguntaram sobre a possibilidade de vender o Nélson Semedo, o Renato Sanches ou o Gonçalo Guedes?

LFV: Não vou revelar nada em relação a isso, apenas que são três jogadores em quem acreditamos muito e que fazendo o trabalho que têm de fazer não faltarão clubes interessados. Para já o que nós queremos é que cresçam dentro do Benfica e nos ajudem a atingir os nossos objetivos.

Hahaha, reparem no pormenor, “para já”... Reparem no outro pormenor “não vou revelar nada em relação a isso” (afinal o que há para revelar Presidente?!? Que já estão vendidos como se diz?!?!)...

Isto não era hora de uma resposta categórica? Dizer algo como “ eles são o futuro do Benfica e nos próximos três anos só saem pelo valor das cláusulas?”... Mas não, mais uma vez as reticências... As mesmas reticencias que se puseram em relação a Cancelo e Bernardo (“Sim, há para lá umas cláusulas quaisquer”), e todos sabemos o que aconteceu a seguir.

Evidentemente, são jogadores, COMO AQUI SEMPRE DISSE, com guia de marcha a MUITO curto prazo e que terão uma passagem muito fugaz pelo nosso clube, a não ser claro, que sejam medianos... Serão tanto parte de um projeto como um Witsel ou um Markovic! Passarão pelo clube, mas sem ficarem tempo suficiente para que à sua volta se possa construir o quer que seja! 

O Benfica Made in Benfica é uma treta como SEMPRE AQUI DISSE: O que há é o Cash Made in Benfica, num clube onde já todos percebemos que o cifrão é que manda e se sobrepõe a qualquer projeto desportivo!

Mas muito em breve aqui estarei a relembrar tudo aquilo que escrevi ao longo dos últimos anos sobre este assunto...




Para todos um bom ano... Haveria mais para escrever sobre a entrevista de hoje mas o champagne já está fresco e a partir de agora seria só dizer asneiras

A entrevista completa de Luis Filipe Vieira hoje

Avatar
 ●  + 9 comentários  ● 




retirado do blog Papoila Saltitante

Lá se vai o mito do poder negocial do Sporting

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Diziam uns entendidos que a NOS "cedeu" na negociação do Sporting para fazer concorrência, via Sporttv, a um alegado novo canal de desporto da MEO.

Pois bem, Academica, Belenenses, Nacional, Arouca, Paços Ferreira, Marítimo e Braga assinaram esta noite com a NOS. Bastaria apenas estes e o Benfica para esvaziar completamente um canal que só passasse FCPorto, Guimarães, Boavista e Sporting.

Aos poucos vai caindo a máscara e os argumentos vão fugindo. Falta pouco até Bruno de Carvalho ser exposto na sua mentira.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Uma perspectiva verde...

Avatar
 ●  + 40 comentários  ● 
... que até é interessante. Ora sigam lá o raciocínio seguido num post de um blog sportinguista e digam lá o que acham:


"Façamos contas e não olhemos apenas para o número grande apresentado!

Contrato NOS + Benfica (Total: 400M€):

– Direitos televisivos equipa sénior A (Contrato revisto após 3 anos, podendo ser renovado por mais 7 anos) – A partir de 2016;
– Direito transmissão e distribuição da BTV em sinal aberto (10 anos).

Contrato MEO + Porto (Total: 457M€):

– Direitos televisivos equipa sénior A (10 anos) – A partir de 2018;
– Direito transmissão e distribuição do Porto Canal (12,5 anos);
– Principal Patrocinador das camisolas (7,5 anos);
– Direito de Exploração Comercial de Espaços Publicitários do Estádio do Dragão (10 anos).

Contrato NOS + Sporting (Total: 446M€):

– Direitos televisivos equipa sénior A (10 anos) – A partir de 2018;
– Direito transmissão e distribuição da SportingTV (12,5 anos);
– Principal Patrocinador das camisolas (12,5!!!! anos);
– Direito de Exploração Comercial de Espaços Publicitários do Estádio Alvalade XXI (10 anos).

No que toca ao Sporting, houve de facto um grande negócio que foi a renegociação do contrato em vigor com a PPTV para os jogos até 2018 e publicidade do estádio, sendo que este último ponto foi adicionado ao contrato pois não fazia parte do contrato anterior.

Há ainda a suposta cláusula no contrato do Benfica com a NOS de aumento de 10% caso haja negociação dos rivais por valores superiores, contudo não sabemos se esta cláusula de facto é real.

Mas podemos perceber aqui que o FCP e o SCP se venderam por completo, à excepção do naming do Estádio, contudo, tendo a NOS e a Altice os direitos de Exploração Comercial de Espaços Publicitários dos Estádios, estes vão estar tão identificados com estas empresas que será difícil a negociação deste activo (Naming).

O Benfica deixou esta possibilidade em aberto para um potencial negócio e, já tinha o seu principal Sponsor nas camisolas (Fly Emirates).
Mas podemos concluir que se a Exploração Comercial de Espaços Publicitários dos Estádios rende em média 20M por ano, hipotecando 10 anos desta fonte de rendimento, são 200M que devem ser retirados aos 457M e 446M do FCP e SCP respectivamente, sobrando assim 257M no caso do Porto e 246M no caso do Sporting para as camisolas, Canal do clube e Direitos de TV.

Se tomarmos por base os 5M por ano que a PT pagava aos clubes pelo patrocínio nas camisolas e, se for o mesmo valor atribuído, retiramos 37,5M (7,5 anos) aos 257M que sobram no FCP e 62,5M (12,5!!! anos) aos 246M que sobram no SCP.

Agora para o Canal do Clube e direitos televisivos sobra 219,5M para o FCP e 183,5M para o SCP.

Assim chegamos à conclusão que os acordos para a exploração das mesmas coisas (Canal do Clube + Direitos TV) ficam como abaixo indicados:


Benfica: 400M
Porto: 219,5M
Sporting: 183,5M

A verdade dos números, essa não engana ninguém."



Não fui eu que fiz as contas. Foram eles!

NGB declara: Obrigado Bruno de Carvalho!

Avatar
 ●  + 41 comentários  ● 
Eu não tenho dúvidas, mas também não tenho que explicar porquê, que o SLBenfica tem no contrato com a NOS uma salvaguarda que coloca o contrato do Benfica acima dos valores da concorrência.

Dito isto, apesar da inabilidade negocial de Luis Filipe Vieira segundo a maioria dos benfiquistas, o grande  ontem fez um grande favor ao SLBenfica, apesar da tentativa da NOS de contrariar esse valor.

Cá para mim a "geringonça" é simples:

O Bruno de Carvalho não conseguiu tanto pelos direitos televisivos + primeira linha de publicidade como o FCPorto (ou seja, contrato igual ao que têm com a Olivedesportos).

O Bruno de Carvalho não conseguiu tanto pelo canal SportingTV e pela camisola como o FCPorto negociou com o MEO.

O Bruno de Carvalho teve então que negociar, tal como o FCPorto, toda a publicidade do estádio de Alvalade, cativando durante 12 anos todas as receitas de publicidade no estádio para... a NOS.

O Bruno de Carvalho teve então que ir bater à porta do Oliveira e ceder-lhe os direitos de publicidade de todo o estádio do Sporting (e não apenas da primeira linha, como ele já tinha) até 2018 por mais 8 a 9M€/ano - aqui se incluem todos os namings, segundas e terceiras linhas de publicidade, multimédia e SportingTV.

O Bruno de Carvalho teve então que adicionar à comunicação da NOS, que era demasiado baixa para poder "contar a sua história", o valor desta renegociação.

Ora, eu se fosse ao Vieira, não aceitava a justificação da NOS de que o contrato do Sporting é inferior ao do SLBenfica por vale 446M por muito mais coisas e muito mais tempo. Eu iria sim pelas declarações do Bruno de Carvalho que (diz ele) só cedeu os direitos, a camisola, o canal e a primeira linha - ah e já agora Obrigado Bruno por leres os comentários no NGB.


Assim sendo, e voltando à clausula, se no caso do FCPorto é facil perceber que o contrato deles é abaixo do contrato do Benfica e portanto não haverá (em tese) qualquer ajuste a fazer ao SLBenfica, quanto ao Sporting, depois da palhaçada do Bruno de Carvalho ontem depois do jogo, o que o Benfica devia fazer era dizer ao Miguel que ou ele publicamente desmente o Bruno de Carvalho clarificando as clausulas que o Bruno não quer divulgar ("está lá a informação que tínhamos de dar ao mercado. O resto é reservado às entidades e aos accionistas") ou então a NOS assume que o deixa falar assim e tem que ajustar o contrato do Benfica de acordo com os 515M.

Tem a bola o Miguel Almeida. Ou desmente o Bruno ou aumenta o Benfica!

Alguém vai ter um início de ano muito doloroso para a sua imagem... e não é o SLBenfica!

Da nossa parte, em nome do NGB, fica o nosso agradecimento ao Bruno de Carvalho. Grande abraço oh Tonto!

A Fábula do Burro e dos Inteligentes

Avatar
 ●  + 93 comentários  ● 
Nos últimos dias a mensagem é clara: Bruno de Carvalho (especialmente) e Pinto da Costa são dois personagens altamente inteligentes e brilhantes gestores e negociadores capazes de transformar merda em ouro... e Luis Filipe Vieira, que basicamente liderou todos os processos de transformação empresarial no futebol em Portugal, é o único burro.

É interessante perceber que um clube que tinha a propriedade dos seus direitos, um canal onde os transmitir, um canal que gerava receitas de 35M/ano, um main-sponsor de top mundial num contrato de apenas 3 anos e a propriedade de todos os seus direitos publicitários multimédia e de estáticos...

... tem então menos capacidade negocial que um clube que tem um contrato em vigor até 2018, renegociado em 2010 por 108M€ (média de 13,5M€/ano - como podem ver no comunicado à CMVM), que inclui os direitos de TV, publicidade estática e canais multimédia (website). O FCPorto tinha um contrato semelhante até 2018 e por cerca de 20M€/ano.

Não sou eu que digo isto... os links têm informação oficial
Ora, perante isto o que acontece?

Quem está amarrado a contratos, quem não consegue realizar contratos de sponsor para as camisolas e quem recebe da Olivesportos 13 e 20M€ por direitos + publicidade... passa então para 51M/ano e 45M (+6M que faltam receber dos três anos que faltam), num total de 51M/ano apenas porque o Benfica recebeu 55M (40+10 da Emirates + 2M da publicidade +3M/ano relativos aos 30M da BTV que valem este ano ainda).

Ou seja, o que querem que eu acredite é que a NOS e a MEO são tão más a negociar com quem não tem poder negocial e tão fabulosos a negociar com quem tem poder negocial que consegue ao final do dia que fiquem todos a receber mais ou menos o mesmo... e no caso da NOS ainda com a fantástica abordagem de se darem ao luxo de querer ativos de publicidade do estádio do Sporting mas não quererem - segundo já aqui li - do SLBenfica.

Eh pah brilhante...
Onde é que contribuo para a "Operação Estátua" ao Bruno de Carvalho? É no mesmo sítio onde se pagava para a Operação Pavilhão?


Depois acho brilhante ver o presidente da agremiação do Lumiar a fazer uma conferência de imprensa para explicar o contrato e... nada explicar. Reparem:

"O comunicado é claro. Quem não sabe que fique a saber, uma declaração à CMVM tem implicação grave, pessoal, como presidente e administrador. Está lá claro

Ficaram esclarecidos? Não? Então tentem assim:
"Conseguiu perceber no contrato do Benfica? Et voilá... Está respondido. Sabe que os contratos têm sigilo, informámos os mercados do que estava envolvido. Nenhum o fez e nós fomos os mais explícitos, como sempre"


Continuam sem perceber? Nem ele:
"Não percebo por que é que há negócios em Portugal em que ninguém questiona absolutamente nada. É tudo lindo e magnífico, porque é. Não sabemos nada, mas é magnífico"


Talvez agora ele esclareça o contrato:
"Não percebo as dúvidas que vejo durante o dia todo. Era ler o comunicado, ser mais informativo e ficavam todos contentes, porque o futebol português saiu beneficiado"


Não... ainda não foi desta! Mas ficamos a saber porque o Sporting tem tão boa posição negocial:
"Há muitas décadas que o Sporting não ganha títulos para um clube da sua dimensão"


Mas pelo menos sabemos que ele não tem problemas em esclarecer o contrato... ou será que tem algo a esconder?
"Chateia-me ver-nos a ser tão escalpelizados, quando a única coisa que interessava era ler e analisar. Sabem, quando fazemos um trabalho de comparação, não pode colocar 'camisolas' e anos à frente; não se pode colocar lá 'canal' e não sei quantos anos; 'main sponsor' e não sei quantos anos. Não é assim que se faz. Há ativos, custos desses ativos e lucro do negócio" 


Ahhhhh agora sim. Esclarecidos? Não?
"Ninguém até agora se preocupou com o custo dos canais. Ninguém se preocupou os negócios tiveram comissões ou se há liberdade para mexer no dinheiro. O que posso garantir é que no Sporting não houve comissões e o dinheiro é todo do Sporting"


Cá está! O brilhantismo negocial... o homem sabe tudo dos outros contratos, faz um melhor que todos e eles não sabem nada do contrato dele. Brilhante! Espetáculo, hein.... 

Isto é absolutamente ridículo! E mais ridículo é ver os benfiquistas a embarcar nesta merda...

O mesmo Sporting tinha um contrato com a PPTV que valia qualquer coisa como 13,5M€/ano e que incluia os direitos de TV até 2018 e a primeira linha de publicidade estática e ainda inclui os direitos de exploração multimédia (site oficial). Esse contrato já estava totalmente antecipado nas receitas, valendo estas ultimas três épocas cerca de 40,5M€. 

Refere agora o Sporting que passa a 69M€ ou seja, mais 9,5M€/ano por um ativo que sai da propriedade da PPTV e vai para propriedade de uma empresa onde o dono da PPTV tem 2%. Tudo pelos lindos olhos do Sporting, claro... o Sporting NADA deu em troca ao Oliveira pelos 9,5M€/anos... 

Isto porque o Bruno é brilhante e os outros são todos burros!!!!

Este mesmo reajuste coloca o valor anual dos direitos televisivos e publicidade estática em 23M (13,5 + 9,5). Aos quais podemos juntar + 5M€/ano da SportingTv, 5M€/ano da camisola (ambos a 12,5 anos)

Ficam a faltar 12M€/ano durante 12 anos, que as frases do Bruno teimam em não querer explicar a que dizem respeito, mas que eu sou capaz de apontar a contrapartidas bem mais alargadas.

Será que a NOS vai ter contrapartidas na venda de passes de jogadores?

Será que a NOS vai ficar com as receitas dos naming rights existentes ou que venham a ser negociados das bancadas, estádio e academia?

Ou então somos todos burros e do alto do poder negocial nulo do Sporting, as camisolas também valem 10M€ tal como o Benfica, os direitos não valem 23M (mais 10 do que recebiam) mas sim 28M em linha com o Benfica (aumentando mais do dobro no Sporting) e a SportingTV ainda vale 7M que é quase o mesmo que a BenficaTv apesar de esta ter conteudos internacionais nas próximas epocas (França, Italia, etc).

Isto tudo decorrente da brilhante capacidade negocial de quem não tinha argumentos (Sporting) e da burrice negocial de quem tem os argumentos todos (NOS e Benfica)

Nota final. Vejam lá o negócio do Sporting na óptica da NOS:

- O Sporting não tem poder negocial
- O Sporting não tem alternativa senão ceder
- A NOS já tem o Benfica e, juntamente com a MEO, 70% do mercado já está negociado (FCP e SLB) arriscando-se o Sporting a ficar isolado e sem receitas

E entao o que decidem fazer... aumentar brutalmente o valor do contrato do Sporting e prejudicar o parceiro que lhes deu a vantagem negocial para o futuro da liderança do mercado?

 Acham mesmo que isto faz algum sentido???

Aliás em termos comparativos a NOS o que refere é simples: (EM TESE) comprou ao Benfica por 400M o mesmo que comprou ao Sporting por 446M, sendo nestes inclui a camisola por 12 anos, a publicidade por 12 anos e o canal por 2 anos a mais do Benfica... por mais 46M tudo, avaliando estes três ativos em 4,6M€/ano. Se 1,5M forem da publicidade e zero do canal, significa que a camisola valeu 2,2M€/ano.

Como a publicidade nao vale apenas 1,5M, a camisola também valerá pelo menos o mesmo que já recebiam da PT então temos cerca de 2M + 4,5M = 6,5M€ x 12,5 anos = 81M€ pelos ativos adicionais

Dos 365M é admissível que o canal seja valorizado em 8M€/ano (2/3 da BenficaTV, ou seja, 100M€) ficando os direitos valorizados em 265M€ (26,5M€/ano) o que já faria todo o sentido à luz da renegociação a preços de mercado atuais na ordem dos 20M e no sentido em que nos próximos 10 anos a valorização é toda para a NOS.

Inclusivamente isso alinha com a notícia dada pela TVI que o Sporting estava a pedir 35M pelos direitos + canal (26,5 + 8) ao qual a NOS cedeu apenas a troco inclusão de 12,5 anos das receitas totais de publicidade do estádio e da camisola.

É tão fácil olhar para o negócio da perspectiva certa, não é?

O "Mau" negócio de Vieira com a NOS, explicado! (By Benfica Eagle)

Avatar
 ●  + 131 comentários  ● 
ADEPTOS EM PORTUGAL (Estudo encomendado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional e desenvolvido pela Deloitte):
 
PORTUGAL - Liga Portuguesa de Futebol Profissional / Deloitte - ADEPTOS em Portugal:
1. Benfica - 4,1 milhões (38,8%)
2. Porto - 2,6 milhões (24,4%)
3. Sporting - 2,1 milhões (20,2%)"

 
Partindo desta realidade, e de um estudo credível (LPFP & Deloitte), ANTES das renovações com MEO e NOS, tínhamos os  3 grandes com as seguintes receitas "liquidas" negociadas (Jogos + Canal + Publicidade estática + Main Sponsor):

CLUBE ---------- Jogos & Canal + Main Sponsor + Publicidade Estática:
Benfica (4,1M) - "23M€" + 8M€ a 10M€ (com Emirates) + 2 a 3M€ = 33M€ a  36M€
Porto (2,6M) ---- 17M€ + 4M€ (com a ex-PT) = 21M€
Sporting (2,1M) --- 15M€ + 4M€ (com a ex-PT) = 19M€

NOTA 1: No caso do Porto e Sporting além dos Jogos a designada "Publicidade estática" já estava incluída no contrato com a Olivedesportos (PPTV, SA). Os canais de TV do Porto e Sporting geram receitas residuais.
NOTA 2: No caso do Benfica apenas considerei o valor líquido de receitas televisivas, retirando os custos da BTV. +- 11M€/Ano com todas as ligas estrangeiras).

Apenas nesta altura, com a BTV "Premium", o Benfica conseguiu aproximar-se do seu real "valor de mercado" face aos rivais! 


Depois das renegociações com a NOS e a MEO:


Fonte: Jornal Público

Na próxima década:

CLUBE ---------- Jogos & Canal + Main Sponsor + Publicidade Estática:
Benfica (4,1M) - "40M€" + 8M€ a 10M€ (com Emirates) + 2 a 3M€ = 50M€ a  52M€
Porto (2,6M) ---- 45M€/Ano por tudo = 45M€/Ano
Sporting (2,1M) --- 40M€/Ano por tudo = 40M€/Ano

NOTA 1: "40M€" da NOS, considerando que a BTV baixa para custos semelhantes aos do Porto Canal e Sporting TV, e isso deixa de ser um factor diferenciador.
NOTA 2: O Porto e Sporting incluíram as 4 componentes nos contratos. O Benfica só incluiu 2 (Jogos & Canal)
 
Analisando o mercado "natural" dos Adeptos em Portugal, nem com uma revisão de 25% do Benfica com a NOS em "alta" (de 40M€/Ano para 50M€/Ano) o Benfica receberia o JUSTO VALOR face aos rivais. Veremos se esse aditamento irá aparecer comunicado na CMVM. Vou esperar "sentado".
 
Sporting e Porto conseguiram DUPLICAR as suas verbas anuais para a próxima década, a mesma estimativa "justa" que tinha escrito há 1 mês, e que poderá acontecer ao nível dos conteúdos desportivos a nível internacional. (Porto e Sporting passaram de 21M€/Ano e 19M€/Ano respectivamente,  para uma média de 45M€/Ano e 40M€/Ano).
 
O Benfica para já só conseguirá aumentar as suas verbas anuais em cerca de 50%, no melhor dos cenários actuais (33M€/Ano a 36M€/Ano para 50M€/Ano a 52M€/Ano)

Se Porto e Sporting duplicaram o valor dos seus contratos, para a próxima década, então o Benfica teria de valer cerca de 65M€/Ano a 70M€/Ano considerando NOS + Emirates + Publicidade Estática (sem incluir namings de Estádios&Bancadas, nem contratos com Sagres ou SuperBock)!

 
Ontem considerei que Luís Filipe Vieira fez um "mau" negócio com a NOS, baseado em FACTOS, ESTUDOS CREDÍVEIS e TENDÊNCIAS DE MERCADO, que agora expliquei e demonstrei!

Só o facto de a "estrutura" do Benfica, alegadamente, considerar que o Benfica "só" vale mais 10%, 20% ou 25% do que os rivais (já foram plantadas 3 notícias sobre o assunto da cláusula de salvaguarda), é reveladora das más decisões que foram tomadas ao nível dos direitos televisivos, com a NOS.

Compete à "Estrutura" do Benfica explicar-se, tal como rapidamente apareceu a dar entrevistas, após o acordo com a NOS.

E a grande pergunta que se coloca é: Porque motivo os rivais duplicaram os seus valores anuais com a MEO e NOS, para a próxima década, e o Benfica (no melhor dos cenários) apenas conseguiu aumentar em 50% os valores negociados com a NOS??

E se vier n'A Bola...

Avatar
 ●  + 37 comentários  ● 
... Que o Benfica GARANTIU com a NOS automaticamente mais 25% do que o segundo melhor contrato?

será que assim já se pode acreditar?

ou tem que ser dito pelo propagandista do gordo?

Se vem no Record...

Avatar
 ●  + 20 comentários  ● 

...então como benfiquista tenho de acreditar. Isto porque o jornal escolhido para as entrevistas de fundo do presidente e do capitão do clube não estará errado no que publica.

Diz o Record :

JOGOS CASEIROS DO BENFICA NA SPORTTV ATÉ 2018

"Começa a assentar alguma poeira sobre os sensacionais negócios dos grandes clubes portugueses no que diz respeito à venda de direitos televisivos. Record sabe que a Sport TV, cuja propriedade é dividida igualmente pela NOS e por Joaquim Oliveira, já assegurou a transmissão dos jogos dos 3 grandes nas épocas de 2016/17 e 2017/18. O FC Porto, que assinou com a MEO, tem os seus direitos alienados à empresa de Joaquim Oliveira até 2018.

Falta agora saber se a partir da próxima época a NOS vai transmitir em exclusivo o sinal da Sport TV, num ataque direto aos assinantes da sua principal concorrente. Certo e sabido é que quem quiser ver os jogos em casa de Benfica, Sporting e FC Porto nas próximas duas épocas terá de ser assinante da Sport TV. Depois, logo se verá...

Note-se ainda que Joaquim Oliveira esteve diretamente envolvidos nas negociações da NOS com Benfica e Sporting, conforme Record conseguiu também confirmar. Desta forma, reforçou a posição da Sport TV neste jogo dos direitos televisivos.

Autor: Eugénio Queirós".

Quem é que dizia que Joaquim Oliveira já não contava para nada?

Alguém ainda se lembra...

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 
de quem causou a decisão da AdC que impôs as condições ao Oliveira que hoje permitem que haja concorrência e com isso o avanço da MEO e da NOS?

Mário Figueiredo - com o processo que colocou nos tribunais contra a Olivedesportos
Benfica - ao reclamar do processo de "entrada" da PT no capital da Sporttv

Detalhes...

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Montámos o circo e hoje a lona caiu-nos em cima

Avatar
 ●  + 62 comentários  ● 
Já aqui o disse ontem, estou-me absolutamente marimbando se daqui a 10 anos o Benfica terá efetuado 10 milhões a mais ou 10 milhões a menos do que os rivais com os seus direitos televisivos.

Para mim a estrondosa derrota não é essa... A derrota é que esta era a hora em que tínhamos de traduzir a grandeza que reclamamos para nós próprios e que chafurdamos constantemente na cara dos outros para números...

Sim, nós, os maiores, os Reis de tudo... Os Reis das audiências, os Reis da faturação, os Reis a vender jornais, os Reis a abrir telejornais, os Reis em número de sócios, os Reis a encher estádios e a dar de comer a tanta gente, os Reis que em ano de título Benfiquista até conseguem apagar a crise do país...

Os Reis que bateram o pé à SportTV porque o que davam era muito pouco, os Reis que passaram a dar jogos na sua TV e que acharam que o Benfica só por si tinha grandeza para deitar o Sistema abaixo...

E passados 15 anos de LFV à frente do Benfica, depois de tanta propaganda, e tanta grandeza e tanta virtude, na hora de traduzir todas essas bandeiras para números, vendemos a nossa marca durante 10 anos por valores similares aos dos outros...

Se não era agora, num contrato desta dimensão, que tínhamos realmente de provar que éramos de outra galáxia, é quando e onde? Queremos ser os maiores em quê?! A vender jornais?! É isso que nos alimenta?!

O problema é o milhão a mais ou o milhão a menos?! Claro que não! O problema é o que andámos a dizer durante anos! O problema é a fanfarronice que não nos larga!

É que a nós não chegou fechar um contrato por 400 milhões! Não! Nós tivemos de montar o circo! Nós tivemos de voltar a gritar bem alto o quanto especiais somos e a esfregar os milhões na cara dos outros, anunciando logo ao país e em jeito de achincalho, que nunca os clubes rivais seriam capazes de chegar sequer perto!

Nós que anunciámos logo a “limpeza” do nosso passivo (ehehehe), contrato histórico que deixaria os adversários a léguas nos próximos anos, incapazes de competir connosco ou de cheirarem sequer os próximos 15 campeonatos...

E duas semanas foi o tempo que levou para que os Guerras desta vida engolissem as palavras, que a lona do circo nos caísse com estrondo em cima, e para que os rivais tão pequeninos surgissem com os seus contratos assinados e claramente ao nível do nosso!

E essa é a grande derrota de Vieira... É que agora os rivais virão, e com toda a razão diga-se, dizer assim: “Mas vocês, depois de tanta fanfarronice são assim tão maiores que nós em relação a quê?”

Ao fim de 15 anos aliás, o que temos de facto que os outros não tenham? É o Estádio? É o Museu? É a Academia? É a TV? É miúdos formados na nossa casa? É o contrato televisivo? É um estádio cheio todos os 15 dias? É ter tudo o que construímos já pago?

O que é de facto que nos tempos modernos nos torna assim tão especiais e tão melhores que os outros?! Eu só queria que fosse o futebol a fazer-nos diferentes para melhor, prescindia de bom grado de tudo o resto, mas não, infelizmente também não é aí!

É isto retirar os méritos que LFV merece certamente pela obra que também fez? De maneira nenhuma! Mas é importante percebermos todos também que na sua generalidade, LFV acabou por não fazer nada que os outros clubes também não tenham feito, um bocadinho melhor ou um bocadinho pior, um bocadinho antes ou um bocadinho depois, cada um com as suas circunstancias...

Apetece-me cada vez mais perguntar: O que é de facto o Benfica nos dias de hoje? É ainda um clube de futebol, focado essencialmente no futebol, ou é cada vez mais uma marca apenas, uma grande marca sem dúvida alguma e que entre outras coisas também tem uma equipa de futebol (não muito forte por sinal), mas que, pelo que se vê nem ao nível da marca é assim tão valorizada  em relação à dos rivais como tantas vezes queremos fazer crer?

Veremos pois o que se seguirá a seguir... Veremos pois se os MEGA 400 milhões (que hoje já parecem tão curtos) servirão de facto para pagar o passivo, como tão pomposamente anunciámos!

Veremos se os nossos rivais continuarão a focar as suas atenções no futebol, a reforçar as suas equipas, a dedicarem-se àquilo que de facto faz os seus adeptos vibrar, a projetar-se nas grandes montras, e o Benfica a pagar o seu passivo (um LOL para isto), a oferecer descontos na Repsol e a ver a Champions na TV...

Mas assim vamos, de chavão em chavão, de fanfarronice em fanfarronice, a perceber de tudo menos da porcaria da bola, e quando vamos a ver, depois de tudo bem espremido, o que fica para mostrar deste Benfica versão século XXI, é realmente muito pouco.



A politica falhada da Comunicação do Benfica

Avatar
 ●  + 26 comentários  ● 
Sim eu sei... O Benfica não quer alinhar nas conversas de café potenciadas pelo gordo e que só têm como objectivo esconder as fragilidades da sua gestão de merceeiro.

Porém o Benfica não pode ignorar o capital de confiança dos seus adeptos e simpatizantes, os tais que faça chuva ou sol estão aqui na Luz. São esses que precisavam que o Presidente se disponibilizasse a falar agora numa qualquer ocasião formal que o levasse a comentar o negócio do Benfica, ignorando os demais e as comparações.

O Benfica deveria agora mostrar aos adeptos qual é a estratégia, que valores fazem parte do acordo com a Emirates, que receitas espera o Benfica obter com a publicidade no estádio.

Se o acordo com a Emirates valer 8 a 10M/ano como parece, e se a publicidade valer cerca de 12 @ 15M estamos a falar de 250M€ ano acima dos 400M - o que facilmente esmaga qualquer teoria de terceiros...

Infelizmente a mentalidade dos adeptos não lhes permite fazer simples contas de inversas e aos 457 e 446M retirar os valores das receitas de publicidade e camisolas e sabem porquê?

Se quiserem valorizar muito a TV, o que me parecia mais logico dado que as audiencias (que é o que conta) não sao o dobro no Benfica do que são nos rivais, então terão que admitir que a marca deles não vale grande coisa. Se fizerem o contrario admitem que perderam muito na TV.

Reparem:
Admitamos que o Benfica recebe 30M pelos direitos e 10M pela BTV (que tem jogos internacionais ainda nas próximas épocas) e por oposição admitamos que os rivais recebem respetivamente 28+5M e 24+3,5M.

O Benfica receberia entao 400M, FCPorto 320M e o SportingCP 275M.

Na medida em que a marca Benfica sim tem uma diferença global de valorização do que as restantes, vamos então considerar que o FCPorto recebe 6M pela camisola e o Sporting 4M/ano. Ou seja, respetivamente mais 38M e 42M.

Isto coloca as receitas publicitarias do FCPorto em 100M a 10 anos (10am/ano) e as do Sporting em 130M (12,5 anos = pouco mais de 10M/ano.

Admitindo então que, comprovadamente a marca vale mais que a dos demais, entao se assumirmos (por baixo) 8M/ano da camisola e 12M da publicidade serão mais 200M em 10 anos.

Ou seja, mesmo admitindo valorizações semelhantes dos varios ativos em jogo, o Benfica teria 600M de receitas a 10 anos e com bastante maior autonomia ao longo desse período e os rivais teriam 457M e 418M para os 10 anos de contrato (ajustando em baixa os valores do Sporting de 12 para 10 anos nas camisolas e publicidade - para facilitar a comparação).

fácil não é?

agora escolham se quiserem que eles tenham os mesmos 30M do Benfica nos direitos então venderam em saldos a camisola por uma década... Ou se acham a camisola um bom ativo, então os direitos ficaram quase iguais aos 20 e 18M que ja recebiam respetivamente Porto e Sporting.

De que se riem estes totós?

Afinal o negócio do século foi mediano?

Avatar
 ●  + 29 comentários  ● 


Poucas horas antes da revelação pública do negócio Benfica/NOS, escrevi no NGB o seguinte:

Quanto aos valores concretos, continuo a defender que o Benfica poderá alienar os seus direitos televisivos mas nunca por uma valor líquido abaixo dos 50M€ e nunca por um período superior a 3 ou 4 anos, no máximo.”

Depois da apresentação formal do acordo no Estádio da Luz, tornei a escrever sobre o tema:

A preocupação em fechar um acordo era apenas da NOS. O Benfica tinha muito tempo até ao final da temporada para suscitar uma disputa pelos seus direitos.

Preferiu fechar a correr com a NOS e afinal com tanto ainda por definir.

Um acordo vago ou com demasiados pormenores escondidos.

A NOS sai a ganhar pois impediu um leilão pelos direitos do Benfica. O benfica saiu a ganhar? Cada vez tenho mais dúvidas.”

O “negociador implacável” Vieira afinal fez um acordo fraco para o que é a marca Benfica.

Quer nos valores, pois os outros vão receber pelos direitos televisivos montantes parecidos, que no clausulado pois a história de que o Benfica ao fim de 3 anos pode rescindir é falsa. Se a NOS quiser, mesmo que o Benfica não queira, o contrato prossegue.

Além disso, ainda ninguém afirmou que a publicidade estática não está incluída no acordo Benfica/NOS. Pelo contrário, essas respostas foram evitadas.

Não vos parece curioso que a Sporttv tenha sempre feito parte integrante dos seus acordos a publicidade estática?

Que o MEO tenha incluído também a mesma publicidade no acordo com o FCP?

Que a NOS tenha também incluído no seu acordo com o Sporting a publicidade estática?

No caso do Benfica, que claramente é o clube com maior público alvo, marca mais forte e com maior visibilidade, essa fatia não tenha interessado à NOS?

Também em valores globais a dúvida permanece. Quanto é que a Emirates paga ao Benfica por ano? Alguém leu algum comunicado do Benfica, leu já o R&C do futuro ou andamos a ler o Record e a Bola em busca de fontes credíveis?

Mantenho a opinião de que o Benfica, por deter os seus direitos, era o menos interessado em precipitar acordos.

As operadoras tinham que batalhar entre si e o Benfica assistir no seu cadeirão pela licitação. Hoje o tal valor de 50M€/ano que lancei antes de qualquer acordo ser conhecido já não parece tão descabido. Pelo contrário, seria o valor mínimo justo.

O Benfica mais uma vez pela mão de Vieira hipotecou o seu valor para a próxima década assim como tinha sido em 2003. Contentou-se com um valor mediano para o valor da marca Benfica apenas para salvar a pele, pois o clube está sem um cêntimo furado, e para contentar as suas ligações pessoais.

A propaganda de Vieira segue dentro de momentos.

recentes

ranking