O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 22 de julho de 2017

SL Benfica - Hull City

Avatar
 ●  107 comentários  ● 
Um jogo fundamental para a lista de dispensas e de restantes contratações, diria eu...

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Sugestões para os próximos dias.

Avatar
 ●  42 comentários  ● 




Onde anda o Saraiva? Caladinho....

Avatar
 ●  37 comentários  ● 



""Ele que é um passarinho, tem que aprender. E se ele aprender, se for humilde, se descer à terra... Ou então o Dr. Varandas encontre alguém que saiba, especialista em áreas mentais, e que trate dele", disse Octávio Machado, esta sexta-feira, à CM TV, referindo-se a Bruno de Carvalho."

Rafael Cabral - uma boa opção?

Avatar
 ●  41 comentários  ● 

"“Maior revelação da meta brasileira em muitos anos”, “próximo goleiro titular da seleção”, “futuro dono do gol de um grande clube europeu”. Rafael Cabral se acostumou a ouvir frases como essas durante os três anos e meio em que vestiu a camisa 1 do Santos. Mas nenhuma dessas frases mostra realmente o que aconteceu com sua carreira desde que trocou a Vila Belmiro pela Itália, em julho de 2013.

Campeão da Libertadores-2011 e companheiro de Neymar e Ganso no Santos que tanto sucesso fez no início desta década, Rafael não está na seleção, não é titular de nenhum grande clube do Velho Continente e nem se concretizou como a salvação do gol brasileiro. Aos 26 anos e cumprindo a quarta das cinco temporadas do contrato firmado com o Napoli, o goleiro mal sabe o que é jogar. Nos últimos 24 meses, ou seja, durante um período de dois anos, o brasileiro disputou apenas uma partida oficial: a vitória por 3 a 1 sobre o Spezia, pelas oitavas de final da Copa Itália, em janeiro deste ano. E antes de atuar contra a equipe da segunda divisão italiana, ele estava sem ir a campo em um confronto de competição desde 26 de fevereiro de 2015. O longo período de inatividade não está relacionado a nenhuma contusão ou grave problema físico com o qual Rafael tenha convivido recentemente –teve sua última lesão grave em 2014. Ele não jogou simplesmente porque é reserva.

Mas nem sempre foi assim. O ex-santista foi titular do Napoli durante boa parte das suas duas primeiras temporadas na Europa. Mas, no início de 2015, perdeu a posição e nunca mais conseguiu retomá-la. A situação ficou ainda pior no início da temporada seguinte. As contratações de Pepe Reina, goleiro campeão mundial pela seleção espanhola, e do brasileiro Gabriel fizeram com que ele se tornasse a terceira opção para a meta napolitana. 

Apesar da dificuldade para jogar na Itália, Rafael não retornou ao Brasil quando o São Paulo o procurou no fim de 2015 para substituir Rogério Ceni no ano seguinte. Na atual temporada, o status do brasileiro dentro do Napoli subiu um pouco. A saída de Gabriel o devolveu o posto de primeiro reserva e permitiu que ele voltasse a jogar… pelo menos uma vez. 

Mas, “maior revelação da meta brasileira em muitos anos”, “próximo goleiro titular da seleção” e “futuro dono do gol de um grande clube europeu” não são mais frases que fazem parte da rotina de Rafael Cabral."

 -Artigo escrito por Rafael Reis a 01/03/2017 no "Blog do Rafael Reis". 

Pedro Pereira: Não será o primeiro a quem a camisola do Benfica pesa mais do que as outras

Avatar
 ●  17 comentários  ● 
Quando um jogador como Pedro Pereira, que apesar dos seus curtos 19 anos ingressou no Benfica depois de já cá ter estado e de conhecer os cantos à casa e, principalmente, depois de já ter feito 21 jogos com a camisola da Sampdoria, demonstra em campo o nervosismo e a falta de confiança que este jovem tem demonstrado nesta pré-época, percebemos todos que a camisola do Benfica não é para todos e que pesa mais do que as outras realmente.

Não é caso virgem. No Benfica há inúmeros casos de jogadores, até com algum talento, mas que, fruto da pressão a que um jogador do Benfica está sujeito, nunca vingaram com a camisola da águia.

Abel Xavier será, se calhar, um dos mais flagrantes. A sério que não me lembro de um jogador tão mal amado na Luz como ele, alguém que assim que tocava na bola era logo brindado com um coro de assobios.

O que é certo é que este Abel Xavier, depois de ter saído da Luz pela porta pequena, fez ainda carreira em clubes como Roma, Liverpool, Everton ou PSV, pelo que, eventualmente, não era tão mau assim.

E depois, confesso também que tenho especial admiração por jogadores com nervos à prova de bala, daqueles que podem ter um estádio inteiro a insultá-lo, e que não estão nem aí...

Se calhar por isso, ainda hoje, o jogador que mais apreciei ver com a camisola do Benfica foi Isaías, alguém que podia ter o terceiro anel inteiro a rir-se depois de o ver chutar a bola 4 vezes para fora do estádio, mas que à quinta tentativa rematava na mesma nem que fosse do meio campo, e volta e meia resolvia jogos importantes com golos de levantar o estádio.

Era Isaías o melhor jogador do Benfica? Provavelmente não! Mas em dia sim, de Isaías podia sempre vir qualquer coisa de especial. Por alguma razão Bobby Robson dizia que sempre que jogava contra o Benfica, o Isaías era quem o assustava, se calhar por ser o mais imprevisível, o mais anárquico dentro do sistema de jogo.

Estes são também os jogadores que nos jogos a doer não sofrem cá de complexos de inferioridade, cerram normalmente os dentes, olham os adversários nos olhos e transcendem-se, estando sempre na linha da frente e contagiando os colegas no ataque à muralha adversária.

Mas voltando ao Pedro Pereira, este nem assobiado foi ainda... Por enquanto são apenas jogos a brincar contra adversários de terceira e que nem sequer são jogados no Estádio da Luz, e esperava-se mais confiança...

A qualidade, ok, às vezes joga-se bem e em outras mal mas, a confiança é fulcral em quem quer jogar no Benfica, e tem de estar lá mesmo quando se joga mal.

Hermes no flanco oposto é um caso desses... Já fez coisas boas e coisas más, mas de certeza que Rui Vitória já sabe quem Hermes é... Porque o Hermes pede a bola e quer a bola e tenta estar sempre em jogo... Quando não faz melhor não é porque a cabeça não deixa, é porque não sabe.

Ao contrário do Pedro Pereira que, não quer a bola, que passa imediatamente a bola, e que sempre que a tem no pé hesita no que fazer... E alguém a quem se calhar Rui Vitória ainda não conhece realmente, sabendo apenas que tem de ser forçosamente melhor do que aquilo que todos temos visto.


Mas repito, o moço tem 19 anos, e estes são os jogadores que embora seja óbvio que não estão ainda preparados para jogar com a camisola do Benfica, convém mantê-los no radar, dar-lhes jogos em clubes menores, porque um dia as coisas começam a sair melhor, a confiança instala-se, e podem tornar-se num caso sério.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

SL Benfica - Bétis Sevilha

Avatar
 ●  61 comentários  ● 
BENFICA: Júlio César, Pedro Pereira, Luisão, Jardel, Hermes, Rafa Silva, Fejsa, Filipe Augusto, Cervi, Jonas e Seferovic.

BÉTIS: Adán, Rafa Navarro, Mandi, Jordi Amat, Durmisi, Camarasa, César, Juan José Narvaez, Joaquín, Sergio León e Ivan Navarro.





Pré-temporada parte 2 arranca hoje. O que falta?

Avatar
 ●  52 comentários  ● 

Arranca hoje a segunda fase da pré-temporada com o jogo com o Bétis de Sevilha.

O jogo de hoje e o de dia 22/07 com o Hull City ajudarão a dissipar algumas dúvidas sobre o que falta(se é que falta) à equipa.

Como acho que apostar numa boa performance(passar os oitavos de final) na Champions é garantidamente apostar no PENTA, parece-me que falta experiência e qualidade na defesa que forneçam garantias à altura do clube.

Também no meio campo, falta um patrão que paute o jogo quando necessário e tenha capacidade de transportar e distribuir o jogo vindo desde desde a defesa e nem Fejsa ou Pizzi fazem isso.  Não será também um miúdo acabado de chegar do Rio Ave e lesionado que o conseguirá fazer desde já.

Os campeonatos ganham-se desde o primeiro jogo por isso não há tempo a perder para dar mais qualidade e experiência a esta equipa.

O que acham que falta? Ou não falta? 




Surpresa nas capas dos jornais? Não. Quem afinal domina a imprensa?

Avatar
 ●  34 comentários  ● 
Octávio Machado arrasou Bruno de Carvalho ontem na CMTV. Seria de esperar que hoje fosse o tema principal na imprensa desportiva.

Não foi. O assunto está a ser abafado pois Octávio denunciou factos com bastante gravidade e que analisaremos mais tarde.

Caiu foi o mito de que é o SL Benfica que domina a imprensa.




quarta-feira, 19 de julho de 2017

E para encerrar o tema de ontem do "fora de campo":

Avatar
 ●  42 comentários  ● 

E é isto.

Amanhã joga o Glorioso. Vamos falar de futebol amanhã! :)

Veremos se precisamos mesmo de 1 guarda-redes, um defesa central, um defesa direito e esquerdo, um 8...coisa pouca.

SL Benfica - Bétis(20/07) e SL Benfica - Hull City(22/07).

Gilberto Madaíl: ainda têm dúvidas sobre este senhor?

Avatar
 ●  83 comentários  ● 


Sobre os mails:

"Gilberto Madail comentou esta quarta-feira, à TSF, o polémico caso dos emails, denunciado pelo diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, considerando que este "é muito mais grave do que o Apito Dourado". O antigo presidente da FPF defende ainda que o atual líder da federação, Fernando Gomes, cujos SMS alegadamente foram interceptados pelo Benfica, deveria abordar publicamente o assunto." - Record.

Sobre a detenção de Angel Villar:

"Isto deixa-me muito confuso. Não entendo, estou siderado. Não percebo como é que um homem que está há vinte e tal anos na federação espanhola e trabalhou 18 ou 19 na UEFA e na FIFA, onde só pode ter ganho muito bem, vive isto. Temos uma forte ligação, falámos há dois meses e nunca tive qualquer sinal de que ele poderia estar envolvido nisto. Não acredito. Fizemos dois ou três jogos e só tive de pagar o cachet normal, nunca me foi pedido mais nada do que isso", explicou Madaíl ao nosso jornal." - Record.

Espero não tornar a ver este senhor como convidado no Estádio da Luz.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Fora de campo: os profissionais da indignação que ocasionalmente vestem "Je suis Charlie"

Avatar
 ●  129 comentários  ● 
Os profissionais da indignação levantam-se em uníssono!

Contra quê? 

Indignados com os 13 milhões doados pelos portugueses e que estão presos sabe-se lá onde enquanto os cidadãos a quem se destinavam continuam a passar necessidade?

Indignados pelas toneladas de roupas, medicação e alimentos que estão armazenados em tendas e armazéns e que estão interditos às organizações de cidadãos que os querem distribuir à população idosa que não tem meios de transporte próprio e que não pode se deslocar ao centro de distribuição definido por uma outra organização insensível à realidade e magnitude da tragédia?

Indignados por mais de 60 cidadãos que morreram de forma trágica e que, passado um mês, ainda nada foi feito para que “outro Pedrogão” não surja como se viu em Mangualde ou em Alijó?

Indignados por um SIRESP que até distribui dividendos mas que não funciona para aquilo que foi contratado nem pode ser responsabilizado por isso?

Indignados por um banco público que precisou de mais de 4.000M€ dos nossos impostos (e vai precisar de mais ainda) e afinal não há responsáveis por esse buraco? Foi “a crise”?

Indignados por armas de guerra ter sido roubadas por falta de meios de quem as deveria guardar enquanto se pagam centenas de milhões de euros em rendas à EDP ou PPP’s rodoviárias?

Indignados por ninguém se demitir e assumir as suas responsabilidades?

Indignados por políticos incapazes de resolver qualquer problema mais complicado em tempo útil?

Não. 

Isso são coisas menores. 

O que realmente indigna os profissionais da indignação são as opiniões, polémicas ou não, de um médico que teve realizações notáveis ao serviço da humanidade e que com isso salvou VIDAS. 

O que realmente indigna os profissionais da indignação são as opiniões de um advogado que, polémico ou não, limita-se a repetir o que o comum dos portugueses diz quando está numa sala de espera qualquer deste país.

Isso sim obriga a conferências de imprensa inflamadas, a pedidos de demissão furiosos e até a abaixo assinados a exigir a decapitação dos envolvidos.

Parece que a liberdade de expressão é boa mas só após passar no crivo da censura da nova moral.


Da esquerda à direita, os militantes do "Je suis Charlie" suspenderam a liberdade de opinião.


O mais engraçado é que os profissionais da indignação eram os primeiros na fila da frente das manifestações a favor do “Charlie Hebdo” com pequenos cartazes a dizer: “Je Suis Charlie”.

Apetece é repetir as palavras do Rui Sinel de Cordes:



Já agora, quando forem à feira, vejam qual destes é o programa de facturação utilizado pelo vosso feirante preferido. 


Os outros comerciantes que pagam impostos e são obrigados a pagar por um programa de facturação para poderem ter a porta aberta estão curiosos.

Afinal há ou não liberdade de expressão?

Angel Villar detido. Vem aí uma bomba no futebol europeu?

Avatar
 ●  26 comentários  ● 


Já agora, e pode ser falha minha, não encontro qualquer notícia da saída de Angel Villar do Comité de Arbitragem da UEFA.

Será um acaso que a última atualização da página tenha sido...ontem?


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Exclusivo NGB: os mails.

Avatar
 ●  126 comentários  ● 


Desde as primeiras divulgações por parte de Francisco Janota Marques que eu e qualquer benfiquista de gema que pense apenas nos interesses do clube ficamos a pensar sobre a veracidade dos mails e até que ponto os conteúdos divulgados poderiam indiciar algum ilícito por parte do SL Benfica.

Como benfiquista, sempre defendi durante o período vergonhoso dos anos 90 e do agora negado Apito Dourado que o SL Benfica tinha que estar bem representado nos órgãos de gestão do futebol nacional a fim de impedir que o FC Porto continuasse a dominar arbitragem, disciplina e justiça no futebol português.

No entanto, nunca isso poderia servir para o SL Benfica se substituir ao FC Porto na procura de favorecimento por parte seja de quem fosse. 

Quem nos acompanha há mais tempo sabe que foi aqui que foi divulgado que Vítor Pereira(Conselho de Arbitragem) ligava sempre a todos os árbitros que íam apitar o SL Benfica no fim de semana seguinte a pedir que o árbitro “apitasse bem, com cuidado e que não tomasse decisões precipitadas”.

O facto de Vítor Pereira fazer isto era um sinal de quê? Só mesmo o ex-árbitro poderá responder. O que nós achamos inaceitável foi que o SL Benfica não se tivesse demarcado desta conduta ou não tivesse participado publicamente nos esclarecimentos sobre o porquê de VP ter esta preocupação.

Mas há algo que nunca vi nestes últimos anos: foi o SL Benfica ser mais beneficiado com erros de arbitragem que qualquer outro. Mesmos as tão badaladas “Ligas Reais” nunca retiraram ao SL Benfica o primeiro lugar mesmo com critérios “à Rui Santos”.

No NGB sempre pautamos as nossas críticas à estrutura do SL Benfica e à equipa de futebol e nunca nos vangloriamos de qualquer vitória com golos ou situações de erro de arbitragem. 

Por isso, o que fizemos durante as semanas seguintes foi tentar reunir informação suficiente que nos permitisse perceber o que se tinha passado. E conseguimos.

Quisemos saber se:

1 - os mails divulgados existiram

2 - se a maneira como foram obtidos seria importante ou não quanto à relevância do seu conteúdo

3 - os mails, sendo verdadeiros na forma, tinham sido verdadeiramente divulgados quanto ao conteúdo

4 - quais as possíveis consequências para o SL Benfica quer a nível da justiça civil quer a nível da justiça desportiva.

Após várias semanas de pesquisa, pedidos de informação e recorrendo a fontes independentes dentro do próprio SL Benfica, tentamos responder a estas questões.

Questão nº1: Os mails divulgados existiram? 

Resposta: Sim. Existiram. 

Questão nº2: A forma como foram obtidos é ou não importante quanto à relevância do seu conteúdo?

Resposta: É importante a nível criminal. Ao nível do benfiquismo de gema, o que é realmente importante é saber se alguém no SL Benfica tentou corromper ou manipular árbitros, delegados ou até mesmo dirigentes da FPF.

Não aceito nem nunca aceitarei procedimentos “à Porto”.

Questão nº3: Os mails foram divulgados na sua forma original, ou seja, sem manipulação nos conteúdos?

Resposta: O que foi divulgado não corresponde aos originais. Este é talvez o ponto mais importante. Os conteúdos divulgados foram truncados, manipulados, revelados de forma tendenciosa e fora de contexto.

Questão nº4: Quais as consequências para o SL Benfica a nível da justiça civil ou da desportiva?

Resposta: Nenhumas. A nível da justiça civil, não há rigorosamente nada nos mails, mesmo nas suas versões originais, que corresponda a qualquer ilícito criminal. Zero. Além disso, em virtude de os mails terem sido obtidos através de meios não legais, a sua utilização não é válida.

A nível da justiça desportiva também não haverá consequências. E porquê? Porque a decisão recente de anular os castigos ao FC Porto e a Pinto da Costa por levarem em conta que na justiça civil as Escutas do Apito Dourado não foram consideradas válidas criou jurisprudência neste campo.

Se os mails não são válidos na justiça civil, nunca poderão ser usados na justiça desportiva.

Então se as respostas a estas questões são estas, porquê toda esta campanha mediática sobre os mails?

Bem, esta campanha visava manchar o nome do SL Benfica e condicionar a actuação de árbitros, delegados e dirigentes da FPF na temporada que agora se inicia.

Não foi por acaso, no entanto, que desde a primeira divulgação por parte de Janota Marques que os termos utilizados pelo próprio passaram de “corrupção” para “tráfico(trafégo na versão do azeiteiro) de influências” e depois para um simples “inbestigue-se”.

Também não foi por acaso que o próprio Janota Marques passou a “apelar” ao SL Benfica abrisse o acesso a todos os seus mails como forma de clarificar a situação. Então se era tudo verdadeiro e sem margem para dúvidas para quê esse apelo?

Também se a quantidade de informação na posse de Janota Marques era tanta, porque escolheu revelar essa “bomba” da bruxaria ao invés de revelar visitas de árbitros a casa de Vieira, o fornecimento de prostitutas a delegados ou árbitros como pagamento de favores ao SL Benfica ou ainda o pagamento de viagens ao Brasil a árbitros ou dirigentes da FPF?

Temos mais dados e escreveremos mais pormenores nos próximos dias. Mas não estávamos descansados até termos conseguido esclarecer estes pontos.

Agora, como diz o outro, tudo será “peaners”. Ou pensam que se deixou de falar em “suspender o campeonato” por acaso?

Uma nota final: nada disto quer dizer que somos contra a que se investigue. Pelo contrário. Que se investigue tudo!

O tempo dá-me sempre razão. Benfiquistas são OS ADEPTOS!

Avatar
 ●  61 comentários  ● 
Repito imensas vezes nos meus posts que, tirando raras excepções, para mim os únicos que podem afirmar o seu amor ao SL Benfica são os adeptos.

Jogadores ou dirigentes têm que provar muita coisa até merecerem ser um de nós.

Nos últimos tempos, tivemos vários exemplos como o caso de Maxi Pereira que depois de anos e anos no SLB a primeira coisa que fez no FCP foi falar mal do Benfica.

Coentrão é apenas mais um.


ATUALIZAÇÃO:

O jogador Fábio Coentrão publicou à pouco a seguinte mensagem no seguimento da fotografia acima:

"Fui desagradavelmente surpreendido por uma inscrição num cachecol que não reflecte o respeito que nutro por todas as instituições e neste caso particular por uma a quem dediquei boa parte da minha carreira. Ofender quem quer que seja nunca fez parte da minha postura, nem enquanto homem nem enquanto profissional. Hoje represento o Sporting Clube de Portugal e, como sempre, com o compromisso de deixar a alma em campo pelos adeptos e pelo clube, mas respeitando, sempre com elevação, todos os adversários".

domingo, 16 de julho de 2017

Demasiado tarde para tentar Joe Hart?

Avatar
 ●  61 comentários  ● 
Para LFV as coisas devem ser bem simples:

LFV investe na formação, LFV ganha com a fotmação, logo LFV quer aposta na formação, para mais quando acaba de fazer (mais) 105 milhões em 3 produtos da formação e que há duas épocas atrás não passavam de "Zés Ninguém".

Ora se eu sou Presidente de um clube que é Tetra Campeão, se a aposta na formação parece estar a dar resultado, e se ainda há um ano atrás disse na televisão qualquer coisa como: “Ok, o Rafa vem agora e estamos a investir forte MAS, se calhar os reforços já estão cá todos e no próximo ano não chega ninguém”, e ainda que: “Nós temos a formação toda planeada até aos juvenis, e já sabemos quem vem da formação para substituir quem no caso de haver saídas”, as ideias do Presidente parecem claras e nós já devemos saber todos com o que podemos contar.

Para os adeptos as coisas são, no entanto, mais complicadas: Os adeptos desconfiam sempre destes miúdos que aparecem nas primeiras equipas com pouquíssima experiência de futebol de alto nível.

Não digo que os adeptos não apoiem. Os adeptos apoiam, DESDE QUE, sejam convencidos pelas exibições dos próprios jogadores e, muito importante, pelos resultados da equipa.

Mas quando entramos numa pré-época num jogo contra o Neuchatel e logo no segundo minuto Ruben Dias dá uma casa monumental com a bola a passar-lhe por cima, dando um golo ao Neuchatel felizmente anulado por fora de jogo, o instinto mais básico é o adepto achar que: “Este não está nem de perto nem de longe preparado ainda para jogar uma Champions League.”

E quando se vê Hermes, bem, a mesmíssima coisa...

Mas ah e tal que aqui há dois anos atrás o Lindelof, o Semedo e o Ederson também não estavam preparados e agora já cá cantam 105 milhões!

Tudo verdade mas, com uma pequena diferença:

O Lindelof era no Benfica o quarto central do plantel, o Ederson era o suplente do titularíssimo Júlio César, e Nélson Semedo mostrou após a saída de Maxi e logo nos primeiros jogos da pré-época que tínhamos ali jogador... Lá está, os tais sinais positivos que por exemplo Ruben Dias não mostrou AINDA.

Ora, quando se apanha um 5-1 do Young Boys os adeptos levam as mãos à cabeça! E levam porquê? Pela derrota em si num jogo a feijões? Claro que não! Levam porque estas derrotas sem peso nenhum em termos do que será a época que aí vem, vão ao encontro das desconfianças que já existem na cabeça dos adeptos quanto à qualidade dos reforços que entraram ATÉ AGORA no Benfica deste ano, tendo em conta a qualidade que saiu.

Lá estás tu Redmoon a criticar... Mas não, não é o Redmoon a criticar... É o Redmoon a constatar a opinião generalizada de todos os Benfiquistas com quem tem falado (Sim, o Redmoon também tem direito a férias em Portugal e também fala com muitos), opiniões obviamente com muitíssima margem de erro por não conhecerem os reforços tão bem como quem os contratou.

Podemos todos ser surpreendidos já num próximo jogo com um grande jogo do Benfica, onde se apresente uma versão sólida da nossa defesa? Claro que sim! Como disse, nisto das pré-épocas há diversos sinais que depois, nos jogos a sério não se concretizam!

E estes jogos da pré-época servem também para testar soluções e fazer triagens, dando ao treinador a possibilidade de perceber em jogos a brincar o que serve e o que não serve...

E antes que venham já aí os do costume dizer que o que o Redmoon está a fazer é criticar o Rúben Dias, é só para clarificar que o que preocupa os Benfiquistas nesta altura não é o Rúben Dias: É a ausência (à primeira vista), de quatro titulares indiscutíveis para a nossa defesa, para os quais “os Rúbens Dias do Benfica” possam ser a retaguarda com tempo e espaço para crescerem como jogadores.

Os adeptos desconfiam da condição física de Luisão, os adeptos desconfiam da condição física de Júlio César, os adeptos desconfiam de Lizandro Lopes que, após três anos de Benfica nunca soube afirmar-se como titular (Lindelof, por exemplo, aproveitou a oportunidade que teve e pegou de estaca), os adeptos não sabem muito bem o que esperar de Jardel, e os adeptos sabem que Grimaldo sobressai muito mais pela qualidade que empresta ao ataque do que pela solidez que traz à sua defesa, e os adeptos conhecem muito bem André Almeida para saberem que apesar da sua INDISCUTÍVEL utilidade, não está ali um lateral para um grande Benfica!

Isto, repito, é o feeling do adepto, do Redmoon sim mas garantidamente de muitos mais Benfiquistas... E nisto de feelings, às vezes erra-se, em outras acerta-se, e o feeling de Rui Vitória pesa seguramente em termos de conhecimento muitíssimo mais do que o meu.

Se do meio campo para a frente, e se não houverem saídas, a equipa parece montada, é cá atrás, na defesa, onde dizem os entendidos que se ganham os campeonatos, que as preocupações dos adeptos se sustentam...

E a talhe de foice, vale o que vale, e começando pela baliza, e nós que até para lá vendemos um guarda-redes este ano, é demasiado tarde (o West Ham também o quer) para tentar o empréstimo de Joe Hart, este que ainda o ano passado esteve emprestado ao Torino?



ranking