O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 18 de março de 2014

Sem fazer barulho nem atropelar ninguém

Avatar
 ●  32 comentários  ● 
Rodrigo é um caso paradigmático do futebol do Benfica, que prova que de facto, quem sabe sabe, e o resto é conversa.

Não houve quem criticasse esta contratação, de um jogador das escolas do Real Madrid por 6 milhões de euros, em tempos em que, convém recordar, a moda era associar jogadas escuras e negócios de cimento, a todos os negócios que o Benfica fazia com Madrid.

O primeiro ano foi em Bolton, e eu, se calhar por morar por aqui e acompanhar as coisas mais de perto, fui sempre acrescentando que o miúdo Rodrigo, apesar de não ser um titular indiscutível de uma equipa que jogava para não descer, mostrava qualidade acima da média.

Prova disso foi o facto de, enquanto alguns continuavam a questionar esta contratação e o facto de nem num Bolton conseguir ser titular, no final da época o mesmo Bolton lutou desesperadamente para contratar o jogador de 19 anos a título definitivo, algo que Luís Filipe Vieira sempre recusou. 

No ano seguinte, Rodrigo regressou à Luz e foi lentamente entrando na equipa. Imediatamente mostrou o seu talento e que tinha tudo para ser um prodígio, altura em que, convém lembrar, até em Madrid se voltou a falar dele, e a falarem-se em cláusulas que existiram eventualmente que permitiriam ao clube espanhol recuperar Rodrigo a qualquer momento.

Mas entretanto aconteceu o jogo da Rússia no qual se Rodrigo se lesionou com alguma gravidade. E desde aí, o sururu em volta do avançado arrefeceu e levou tempo a voltar a ser o mesmo. Essa foi a altura em que alguns voltaram a questionar a qualidade do miúdo, a questionar até porque razão Rodrigo ia tendo os seus minutos de jogo em vez de um outro miúdo e terror das balizas adversárias chamado Nélson Oliveira, um português que tinha tudo para ser tão bom ou melhor que Rodrigo. 

Rodrigo foi sentindo o seu valor ser posto em causa, e sentiu-se muitas vezes o seu desespero em fazer as coisas certas e mostrar serviço rapidamente. Percebeu-se também, que no esquema de Jorge Jesus, o seu papel era muito diferente daquele que lhe era destinado na seleção Sub 21 espanhola (no qual continuava a render e a marcar golos quase sempre), papel esse a que terá levado algum tempo a adaptar-se.

Apesar de tudo, no entanto, há algo de que sempre tive a certeza: era uma questão de tempo, porque só um cego não via que estava ali um jogador com tudo para ser excecional.

Caramba, para alguns, se Jorge Jesus era de facto um potenciador de jogadores tem forçosamente de fazer render todo e qualquer jogador que lhe passe pelas mãos. Se o Rodrigo dava, o Nélson também tinha de dar. Era uma questão de oportunidades, diziam alguns. 

Mas enquanto Rodrigo continuava a trabalhar, o Nélson amuava. Enquanto Rodrigo continuava a respeitar as escolhas do treinador e a elogiar a qualidade dos que jogavam, o Nélson reclamava minutos de jogo porque já sabia tudo. Enquanto Rodrigo falava sempre do treinador e do clube com respeito e admiração, o Nélson falava mal de ambos e elogiava as políticas desportivas dos adversários do Benfica. Enquanto Rodrigo ia mostrando aqui e ali um potencial imenso, o Nélson desapontava por todo o lugar por que passava. Enquanto O Rodrigo mostrava a atitude certa de quem quer ser um vencedor, o Nélson mostrava porque razão não singram algumas outrora esperanças do nosso futebol.

Jorge potencia? Inquestionavelmente! Mas não faz milagres. Em primeiro lugar é preciso talento para ser potenciado, e isso nem todos têm. Em segundo, o treinador fará a sua parte. Mas o jogador tem de lá estar para fazer o resto, com humildade, dedicação, capacidade de trabalho e sofrimento, e confiança nas suas capacidades. Rodrigo sempre o teve. O Nélson, infelizmente, 3 ou 4 anos depois parece voltar a ter de começar do zero. Quando um jogador não quer, não há treinador que o salve.

Que prazer me dá ver Rodrigo brilhar com a camisola do Benfica neste momento, antes da partida para outros voos que seguramente serão grandiosos. Pelo talento que tem, pelo respeito que sempre mostrou pela camisola que enverga, por ter mostrado a toda a gente o que é subir a pulso a escada do sucesso, sem fazer barulho nem atropelar ninguém.

32 comentários blogger

  1. Disseste tudo. Uma lição também para os maldizentes deste e doutros blogues.

    ResponderEliminar
  2. Está tudo muito bem, mas, segundo as últimas notícias, nomeadamente na bola e record, o Rodrigo é jogador.....do Benfica! Ei lá! Então não tinha sido vendido a um fundo?? Já ninguém percebe nada disto...e se calhar é para não se perceber. De qualquer forma, está um senhor jogador. E sim, é verdade, soube esperar pela sua oportunidade e agarrou-a para não mais largar, digo eu.
    Cumprimentos,
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gestão de Vieira é "transparente" e quem manda é o Jorge Mendes... vendeu-se a um Fundo, mas será que se recebeu dinheiro ou vai acontecer como o Roberto que foi uma venda só para a Contabilidade e mais tarde, para Mendes resolver o problema do Pizzi?

      Eliminar
    2. Fizeram o que entenderam que melhor podiam fazer e eu confio neles.

      Eliminar
    3. O SLB vendeu os direitos económicos. Não vendeu os direitos desportivos. Coisas diferentes...

      Eliminar
    4. Podias explicar isso melhor? Obrigado.
      Cumprimentos,
      Pedro

      Eliminar
    5. A Fiscalidade no Desporto (VII): Cedência de Direitos Económicos e Económico - Desportivos de Jogadores

      Os direitos desportivos são aqueles que emergem de um contrato de trabalho desportivo realizado entre um Clube/Sociedade Anónima Desportiva ("SAD") e um jogador. Já os direitos económicos desportivos consubstanciam-se no direito à compensação exigida por um Clube/SAD, que detém um contrato de trabalho desportivo com um jogador, para que prescinda desse jogador em favor de outro Clube/SAD, permitindo assim a sua transferência para outra entidade desportiva.

      Eliminar
  3. esta num grande momento de forma...é bom jogador mas tb ainda tem que melhorar imenso na finalização para ser considerado um avançado de top... A comparação com o N.Oliveira não acho muito justa, isto porque o Rodrigo tem sido aposta desde ha 2 anos com os frutos a serem colhidos agora...e o N.Oliveira foi durante meia época, e das poucas vezes que foi chamado ate mostrou mais que o rodrigo ( após a lesão contra o zenit).... A razão de o Rodrigo continuar a ser aposta e o N.Oliveira ter sido emprestado isso já não sei (não ter cabeça, falta de humildade, etc), mas neste momento o Rodrigo já está muito mais evoluído e num patamar mais elevado que o N.Oliveira

    Luis.

    ResponderEliminar
  4. No próximo ano, se ficar Jesus, vamos ver-te "dar a volta" à conversa e mostrar que se não fosse o Jesus o Nelson Oliveira não teria dado jogador...

    Se o Jesus nao ficar, vamos ver o mesmo... pela mão de outro, sendo que aí aparecerão alguns a dizer que o Jesus é que não apostou nele.

    Seja como for, duas notas:

    1. SOBERBO RODRIGO - não tenho qualquer duvida que a regularidade de aposta foi fundamental para o rendmento do Rodrigo (em detrimento do super-Cardozo que passou de fundamental a excedentário).

    2. O NELSON NA PRÓXIMA ÉPOCA VAI REGRESSAR AO BENFICA - se trabalhar, se tiver juizo e se estiver mais calado e jogar mais e se quiser aprender... vai ser um caso sério de sucesso igual ou superior ao do Rodrigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não desejo mal nenhum ao Nelson e tomara eu que tivesses razao.

      Felizmente, para todos, ate para o nelson, ha sempre uma segunda oportunidade.

      Mas do que fez ate agora, a nivel de futebol senior foi ZERO, e a sua atitude nao merecei melhor sorte

      Eliminar
    2. Cardozo excedentário?! Fdx, numa só palavra: hilariante!

      Eliminar
    3. O N. Oliveira amua, é verdade. Mas o Jesus também amuou com ele (aliás como todos nós... aquele lance na área do Chelsea dava-nos as meias da Champions).

      Mas o que o teu texto demonstra é que aquele argumento muito utilizado para desvalorizar a formação do Benfica não tem valor. Não, não é porque um jogador não se impõe num Bolton ou num Rennes ou num Belenenses que isso prova que não é jogador para o Benfica.

      E se o N. Oliveira provou zero a nivel sénior, o Rodrigo estava com negativos antes do JJ começar a apostar nele. E atenção! O N. Oliveira leva oito golos tendo já perdido meia época seja por opção técnica seja por lesão. Deve ter melhor aproveitamento do que o Lima ou o proprio Rodrigo.

      Acredito que ele vai voltar em força ao Benfica. Mas para isso são necessárias duas condições : ele ganhar juizo e o Jesus apostar realmente nele.

      Eliminar
    4. quer dizer o salvio também passou de jogador mais caro de sempre do clube a excedentário?

      Eliminar
  5. Atropelar? Redmoon, já basta o que aconteceu ao Mario Figueiredo, essa merda tem que ser divulgada em todo o lado!

    cumps a todos

    ResponderEliminar
  6. Rodrigo está muito bem sem dúvida, mas não descartem Cardozo. s.f.favor. Tão brevemnte não encontraremos outro como ele. Temos de o aproveitar ao máximo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Cardoso naturalmente que não está descartado. Isso só acontece nas cabeças de alguns tolinhos. Aqui há muitos.
      O Nelson Oliveira penso que já perdeu o autocarro, a sua doença não tem cura. Infelizmente.

      Eliminar
  7. Grande post. Grandes verdades.

    ResponderEliminar
  8. O texto aborda um assunto interessante. Infelizmente há adeptos do Benfica que confundem as suas ideias com o valor das pessoas. Isto é: eles pensam que o jogador A vai ser um talento. E se isso não acontece a culpa é do treinador.

    Aqui no clube da Divisão Sénior também há adeptos assim...

    É pena que assim seja. Primeiro porque há uma coisa que se chama respeito, e devemos respeitar quem pensa diferente, incluindo o treinador (mais bem pagou ou menos bem pago). Segundo porque sempre houve e haverá diferenças de rendimento entre os escalões de formação e o nível sénior.

    Já li imbecilidades por parte de adeptos do Benfica (?!?!) que se Jesus ganha muito, tem de transformar os jogadores da formação em grandes vedetas.

    Se o ridículo matasse, o Benfica tinha menos adeptos, mas seguramente melhores adeptos...

    Rodrigo está a fazer uma época razoável. Ao cabo de 2 temporadas e meia, está a ter sucesso. Porque foi humilde. Porque trabalhou. Porque tentou perceber. 9 golos em 22 jogos são um bom número? Não são. E não podemos esquecer que no ano passado marcamos 76 golos, e que em qualquer uma das 4 épocas completas que JJ está no Benfica nunca marcamos menos de 61 golos. Este ano vejo muito difícil que isso volte a acontecer e para isso contribui a pouca produção ofensiva quer de Rodrigo quer de Lima.

    Mas o modelo de jogo tem funcionado, a defesa tem sido mais eficaz (Oblak pode ter a ver com isso, tal como Fejsa que é mais trinco 6 do que algum dia Matic foi) e a percentagem de pontos nem é de desconsiderar: 84% (tanta como no ano do titulo anterior, mas ainda menos do que na época passada).

    Não podemos ser distraídos. 9 golos é ainda assim uma média baixa para uma equipa como o Benfica. Contudo, na perspectiva do texto, é mais do que suficiente para garantir que com Nélson Oliveira não teríamos marcado esses golos. Na minha opinião não teríamos.

    Quanto a considerarem alguns que Cardozo é "excedentário", são sempre os mesmos, são os que entrando-lhe a realidade pelos olhos a dentro, não conseguem enxergar nada, mas continuam, a teorizar... Cardozo é fundamental para que Lima ou Rodrigo marquem mais golos. Lima no ano passado marcou 20 golos em 29 jogos e este ano vai com 10 em 22 jogos... porque ao lado de Cardozo sempre beneficiou do trabalho de pivot de Cardozo, que abre linhas de passe para outros.... e daí marcarmos tantos golos com Cardozo e tão poucos este ano...

    ResponderEliminar
  9. Pah tirem o Resevado do cimo do blog, começou a basofia???

    ResponderEliminar
  10. Excelente post, gostei muito. O que não gostei foi no topo do site, dizer RESERVADO. Então mas o que é isto? Até parece que já ganhamos alguma coisa. E depois dizem que andamos com euforias e que não o devíamos fazer. Eu pelo menos não faço, mas vocês incitam o pessoal a ficar eufórico.
    Gosto muito deste blog pelas suas teorias que estão sempre bem explicadas, mas isto é uma vergonha.

    ResponderEliminar
  11. Só espero que fique pelo menos mais um ano.

    Esse reservado fica muito mal. Estou a ver que há quem não aprenda com os erros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo o que dizes, mas quem tem que aprender? Somos nós que jogamos à bola? Ou quem realmente falhou nas alturas que não podia falhar? Vamos andar feitos meninos com medo até ao fim, ou vamos assumir que temos a melhor equipa do campeonato e que com esta vantagem temos que ser campeões?

      Eliminar
    2. No ano passado também tinha-mos isso tudo apos jogo com o maritimo e depois olha... irra as vezes da-me vontde de dizer que so temos o que merecemos, nao esta nada reservado e acho que ainda esta bem longe por sinal

      Eliminar
  12. Comeco por dizer acho ridiculo aquele reservado no top da pagina voces nao aprendem mesmo a ser humildes nao estao escaldados com a epoca anterior um mes antes la estava o reservado e ainda hoje nos programas televisos falam dessa md@ nao e so o JJ que nao e humilde como aqui se diz de vez em qdo afinal ha mais com falta de humildade,por mim o reser vado saia a rua qdo matematicamente ja fossemos campeoes ,quanto ao Rodrigo depois da lesao eu fui um dos que desacreditei nele enganei-me esta um senhor jogador ainda bem,quanto ao Nelson para mim esta a um nivel do Roderick Miranda nao passa da cepa torta aqui nao corro o risco de me enganar esta a frente dos olhos de toda a gente,tudo o amis de acordo com o RedMoon

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não leves a mal, mas faço copy/past do que já escrevi acima.

      "Entendo o que dizes, mas quem tem que aprender? Somos nós que jogamos à bola? Ou quem realmente falhou nas alturas que não podia falhar? Vamos andar feitos meninos com medo até ao fim, ou vamos assumir que temos a melhor equipa do campeonato e que com esta vantagem temos que ser campeões?"

      Eliminar
  13. As festas do benfica não precisam de preparação. Onde houver Benfiquistas, há festa. Os sitios de festejos não se reservam, invadem-se quando há coisas a festejar. Se querem a minha opinião sobre a decoração de interiores do vosso tasco, retirem-me isso. Abraço.

    ResponderEliminar
  14. Já começa a merda do reservado?? Mas vocês não aprendem???? Parece até parece que estão a ver se as coisas começam a correr mal. Inacreditável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Frank, repito as palavras escritas acima:

      Entendo o que dizes, mas quem tem que aprender? Somos nós que jogamos à bola? Ou quem realmente falhou nas alturas que não podia falhar? Vamos andar feitos meninos com medo até ao fim, ou vamos assumir que temos a melhor equipa do campeonato e que com esta vantagem temos que ser campeões?

      Eliminar
  15. Pedem para o JJ ter menos basófia e metem esse RESERVADO aqui no tasco? Afinal quem não aprende?

    ResponderEliminar
  16. No ano passdo taambém era isso tudo apos jogo com o Maritimo e depois olha... irra as vezes da-me vontde de dizer que os adeptos so têm o que merecem. não esta nada reservado e temo que ainda esteja bem longe de tar conseguido, mas enfim não aprendem...

    ResponderEliminar
  17. O Nelson Oliveira vai regressar? Sim, e por mim iria directamente para a equipa B porque o trabalho que está a fazer Funes Mori na B, mais um que mostrou ao Nelson o que é humildade, merece a sua oportunidade de trabalhar na equipa principal e com JJ. O Nelson terá de provar na equipa B que pode ser opção na equipa principal. Com a saída de Rodrigo, para o ano ficaremos com Cardozo, Lima, Funes, Markovic e Nelson Oliveira.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking