O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 10 de setembro de 2011

Fraquinho, mas...

 ●  22 comentários  ● 
Já dizia o Trapattoni que não conseguimos brilhar há que ser práticos. Missão cumprida: A vitória.

Para 4ª feira precisamos de muito mais.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Meninos de Cristal

 ●  15 comentários  ● 
Leiria x Corruptos - o Leiria fez 12 faltas
Corruptos x Setúbal - os chocos-fritos fizeram 11 faltas
Tão simpáticos que eles são para os «amiguinhos». Vejam lá se estragam os meninos do Porto.

As contas das Eleições da FPF

 ●  5 comentários  ● 
«As contas que o presidente do Benfica não sabe fazer nem tem quem las faça: A Assembleia Geral da FPF tem 500 votos divididos pela Liga e Assosiações. Pinto da Costa tem do seu lado, os 100 votos da Liga, 37 da AF do Porto, 25 da AF de Braga, 21 da AF de Aveiro, 21 da AF de Setúbal, 8 da AF da Madeira, 6 da AF de Castelo Branco, 12 AF de Coimbra, 9 da AF de Viana do Castelo, 7 da AF de Vila Real e salvo erro 12 da AF de Leiria. Isto dá 257 votos, o suficiente para Pinto da Costa colocar quem quiser na FPF»
Autor que prefiro não revelar, porque já sofreu demais por ser honesto

Segundo quem bem conhece estas manobras, o Soares Franco é só para «fazer figura» (e para a de parvo ele tem jeito) com o objectivo de unir forças em torno de Fernando Gomes que o Benfica simpaticamente promoveu ao apoiar para a Liga.

As eleições da FPF não serão só uma eleição, mas sim também início do próximo poleiro na Liga para o onde o Pinto já terá também eleito.

Uma batalha minha: o futebol jovem do SLB

 ●  3 comentários  ● 
Um tema que me caro: o futebol jovem do SLB. Foi hoje anunciado que João Santos, homem conhecedor da casa, foi nomeado Director Técnico do "Caixa". Parece-me um posto muito interessante! E aliciante. Formar fornadas jogadores "à Benfica" é algo de honroso! E prestigiante: ser o mentor do futuro do SLB! Não conheço a competência de João Santos, por assumo que é um homem capaz.


Agora... Qual é a efectiva importância do cargo de Director Técnico da Formação? Qual o seu peso no futebol benfiquista? Qual o peso de João Santos, entre Rui Costa, António Carraça e LFV? E já agora o treinador principal. O Seixal custa muito dinheiro aos cofres do clube e está mais do que na hora de o futebol sénior ter retorno! Basta das parvoíces de dizerem que os jogadores não têm estaleca para o SLB. E só se vê em campo! E não é com empréstimos a equipas do sistema que vamos lá! Eu não espero que saiam enormes craques todos os anos! Mas se sairem jogadores que "componham" o plantel, para mim é óptimo! Exemplo: o 3º gr pode ser um júnior/senior 1º ano. O 4º central um produto das escolas e por aí a fora! Neste momento temos no plantel jovens jogadores, mas que peso terão para JJ? Todos sabemos que lá estão pelos regulamentos. Senão vejam os minutos na pré temporada!


O Director Técnico da Formação tem de ser uma voz de peso na altura de construir o plantel! E também de ser um produtor de resultados! E sejamos honestos: o David Simão merece o plantel do SLB! Pelo que fez no seu empréstimo ao Paços! É já um craque? Não! Titular? Longe disso! Mas também não podemos esperar logo isso! E isso é o erro dos benfiquistas: esperar que os miúdos sejam logo craques! Lá fora os jogadores jovens passam 2/3 temporadas a "marinar" no plantel principal, são a 3ª opção na sua posição! Mas vão entrando, a pouco e pouco!


O exemplo também vem lá de fora. FC Barcelona e o Man United, os clubes mais bem sucedidos dos últimos 10/15 anos, fomentam os jovens! As realidades são diferentes, bem sei! Mas porque não nos aproximamos das boas práticas em vez de as rejeitarmos logo?

PS: Até porque é bom não esquecer que temos duas das maiores promessas ao nível de área no Mundo! Uma formada cá, outra lá fora! Vamos enjeitá-los? Ou trabalhá-los com jogadores mais experientes e craques feitos? É preferível por o Nelson Oliveira a treinar ao lado do Saviola e Aimar ou de um qualquer brasileiro?

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

BOMBA ou Estupidez?

 ●  23 comentários  ● 
Conselho de Presidentes pede candidatura de Fernando Gomes à Federação

O Conselho de Presidentes, órgão que junta os líderes dos 32 clubes que participam nos campeonatos profissionais, reunido esta quinta-feira na Alfândega do Porto, solicitou ao presidente da Liga de Clubes, Fernando Gomes, para avançar com a candidatura à liderança da Federação Portuguesa de Futebol.De acordo com o que foi anunciado no final da reunião, realizada à porta fechada, Fernando Gomes vai reflectir e ficou de dar uma resposta no início da próxima semanain A Bola

O Sr. Jorge Nuno, como é conhecido no mundo alternadeiro, já saiu a terreiro para dizer que esta opção é ESCOLHA UNÂNIME entre o Conselho de Presidentes.

A confirmar-se, eu tenho uma dúvida: Depois do erro de o apoiar à Liga, será possível repetir o erro e apoiá-lo à Federação, abrindo lugar a mais um corrupto para Liga???

O meu desejo é que rapidamente Luis Filipe Vieira se demarque desta palhaçada e reitere a sua opção anti-Sistema (seja quem for)!!!

Fernando Gomes? Mais que nunca o Benfica não pode adormecer...

 ●  2 comentários  ● 
Desculpem bater no mesmo assunto. Mas Fernando Gomes na FPF seria a ruína total do futebol português, ao nível de justiça e transparência!


Soares Franco seria o típico pau-mandado, uma cassete de repetição. Já Gomes é um competente homem de mão! Com a Liga controladíssima, o sucessor seria alguém da confiança de PC. Logicamente...


E o Benfica? Manteria o apoio a Fernando Gomes para a FPF? E o Sporting? Volta-se para Soares Franco? Pois é, dividir para reinar! Hoje e sempre a estratégia!


Desengana-te GB! Estas eleições são importantíssimas! E a parada acabou de subir se Fernando Gomes concorrer! E se ganhar, a Liga irá passar para alguém da confiança do sistema! E se a parada sobe, mais alto temos de jogar! Agora, mais que nunca, Benfica e Sporting de vez terão de acertar posições! E o nosso clube não pode permitir a que a vergonha continue! E o Sporting tem de perceber que como as coisas estão, já nem sequer terão chances de ficar à nossa frente, quanto mais ganhar um título! E desenganem-se aqueles que pensem que LFV não tem de ser enérgico neste combate! Possivelmente o mais importante do seu mandato! E se o vencer, aí sim poderá ser dos melhores da história! Se perder será apenas uma nota de rodapé! E agora Presidente?

Desenganem-se os que acham que foi por acaso...

 ●  3 comentários  ● 
... Que Fernando Gomes chegou à Liga de Clubes:

"O conselho de presidentes de clubes da Liga está reunido na Alfandega do Porto para reunir consenso sobre o candidato a apoiar na corrida à presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF)."

As Eleições da FPF estão longe de ser... Tudo

 ●  12 comentários  ● 
Caros amigos, vamos lá com mais calma no tema das eleições da FPF. Não será seguramente a eleição de Seara ou Loureiro que vão acabar com o Sistema, nem sequer a eleição de Franco que o vai fazer perdurar. Vamos lá ver isso:

O Sistema em Portugal é composto por diferentes pilares: Desde logo a Imprensa (pela influência do Oliveira), seguindo-se, imagine-se, os regulamentos disciplinares e de competição da Liga (estes controladíssimos pelo Fernando Gomes depois de termos permitido que fossem "desenhados" pelo Guilherme Aguiar... e imaginem, Fernando Seara fazia parte desse grupo de trabalho) - é nesta questão dos regulamentos que entram os delegados e observadores, esses sim os principais responsáveis por os árbitros fazerem o que lhes apetece, simplesmente... porque podem.

Ora, actualmente a FPF serve para muito pouco no quadro do futebol profissional. No limite serve de recurso regulamentar disciplinar (o CJ da FPF é liderado também por gente ligada ao FCPorto). No futuro, além desta componente, passará também a ter a responsabilidade sobre a arbitragem - nomeações.

Quem considerar que passar a arbitragem para a FPF e ter depois esse organismo com uma pessoa isenta é resolver o problema do futebol português... está enganado. Ajudará, claro, a que uma pequena parte do Sistema fique comprometido (as nomeações), mas tudo o resto... continuará entregue aos de sempre.

Ao contrário do que muitos tentam dizer, o problema na arbitragem não está em Vitor Pereira. Nomear os árbitros vale o que vale, quando a seguir há todo um Sistema que influencia a sua prestação através de jogadas de bastidores com os observadores e delegados da Liga. São esses que lhes "vão ao bolso" se lhes derem más notas, são esses que lhes permitem errar... e esses mantêm-se na liga, bem como todo o regulamento disciplinar e da competição que está cheio de "esquemas" que, principalmente, o FCPorto conhece bem.

Para o bastião da FPF representar um factor decisivo, é preciso que haja "mão de ferro" de quem para lá for para comprar uma "guerra" pela credibilidade com a Liga, expondo e desafiando os regulamentos disciplinares e da competição - revisão de castigos (e afins), estrangeiros, etc. - e chamando a si os delegados e observadores. Sinceramente... não creio que Seara seja essa pessoa, Hermínio Loureiro, talvez.

Isto para dizer que, sendo fundamental e de elogiar a vontade e iniciativa do SLBenfica para não deixar que esta eleição seja mais um passeio para o Sistema, é importante que todos percebam que isto não vai resolver os males do futebol português. Longe, muito longe, disso.

Onde se começarão a resolver os problemas do futebol português será na "expulsão" de Joaquim Oliveira do SLBenfica (não esquecer a saída dele da SAD, também), será o fim do financiamento do Sistema que, com isso, controla e "se passeia" na imprensa desportiva promovendo/enterrando jogadores, dirigentes e árbitros, e influenciando a opinião pública.

O rompimento do SLBenfica com o Joaquim Oliveira será o princípio do fim deste e com ele irão todos os que têm protegido as suas manobras financeiras e abrir-se-ão as portas para um novo rumo na imprensa desportiva em Portugal. Daí em diante, todos os corruptos se sentirão menos protegidos. Se juntarmos a esta componente a revisão dos regulamentos da Liga... aí sim.

Isto então para explicar que é importantíssimo que se garanta que o próximo presidente da FPF seja alguém isento e honesto. O SLBenfica estará a fazer o seu trabalho nesse sentido. Mas é preciso que ninguém considere que o trabalho acaba aqui ou sequer que vai resolver seja o que for no imediato. Para algo mudar no futebol português, além da liderança da FPF, é preciso mudar os regulamentos da Liga e correr com o Joaquim Oliveira (pelo menos) do SLBenfica.

Eleições para a FPF: O grande desafio de LFV

 ●  6 comentários  ● 
Soares Franco é candidato. O homem que, a par de JEB, tornou o Sporting num clube menor e verdadeiramente vassalo vai-se candidatar à FPF! E imagine-se a surpresa: FC Porto, SC Braga e CD Nacional apoiam-no! Só o facto deste fétido triunvirato se ter juntado para apoiar devia ser suficiente para que a Direcção do Sporting contrariasse desde já o ex-presidente! Mas de certo que dentro do covil lagarto velhos barões e hábitos de servilismo subsistem! E será o apoio leonino a Fernando Seara a prova de boa vontade que o Sport Lisboa e Benfica precisa para assumir de vez uma (inesperada) aliança com o vizinho do lado de lá da estrada! E é importante que o nosso mais importante rival dê esse sinal. Caso contrário, tudo continua! Soares Franco como joguete (como sempre foi) do FCP, clube secundado pelos escudeiros "gayrreiros" e "bananas do Jardim"! Fora os aliados de circunstância (Académica, Leira e Setúbal).

A par da questão dos contratos televisivos, este é o maior desafio de LFV: puxar o Sporting para nós. Criar uma alternativa ao eixo Norte/Madeira. O SLB tem de liderar um novo movimento no futebol português! E ter o Sporting do mesmo lado da barricada é fundamental para esse novo "vento". E após isto, juntar cinergias com os demais clubes. Quem me dera que os empréstimos a Guimarães, Leiria e Belenenses fossem o início deste "projecto"! Mas para isto acontecer, tudo tem que ser muito bem preparado e o Concelho de Presidentes de hoje terá um papel fundamental para a contagem de "espingardas"! E no meio disto, Fernando Seara tem de se sentir bem respaldado e com apoios fortes. O eixo Lisboa (Benfica, Sporting, Belenenses e Atlético) da Liga tem de estar com ele. O clube de Alcântara é um actor relevante: é necessário apoiá-lo desportivamente para que se mantenha na Orangina, mantendo Lisboa bem viva no mapa da II Liga. Para além de Lisboa, é preciso "espetar uma lança" em África, que é como quem diz na AF Braga, com Vitória, Gil Vicente e Moreirense a bordo deste comboio. Será preciso que LFV e Gordinho Lopes ponham as diferenças de parte e criem esta cisão a Norte, deixando o Braga a falar sozinho na sua AF. Com a AF Porto enfranquecida a nível de clubes, ganhar Braga será portanto fundamental! A ideia, ao fim ao cabo, tem de ser criar a divisão nas AF's representadas na Liga de Clubes ao nível dos mesmos e esperar que a AF Lisboa faça o desequilíbrio e deixe a contenda a favor de Seara.

E convenhamos, colocar Soares Franco na corrida à FPF sem o apoio do Sporting descredibilizava em muito a candidatura, deixando o Eixo do Sistema bem frágil! Se sair derrotado, mais frágil o polvo fica! E disso não há dúvidas...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A nova cara do Sistema - ou dividir para reinar

 ●  18 comentários  ● 
Antigo presidente do Sporting vai apresentar candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Futebol. As eleições estão marcadas para 10 de Dezembro.

O anúncio formal da candidatura deverá acontecer ainda esta sexta-feira e Filipe Soares Franco conta já com os apoios de FC Porto, SC Braga e Nacional. Fica por saber a posição de Benfica e Sporting. 


 in A Bola.

Parece que os Corruptos encontraram uma cara para meterem na Federação. Neste caso, o símbolo da submissão do Sporting aos Andrades. Uma jogada digna de mestres da porcaria - a típica estratégia de dividir para reinar, escolhendo um ex-Presidente do Sporting na expectativa de dividir Benfica e Sporting além do resto dos clubes da zona de Lisboa.

Esta candidatura deixa a actual Direcção do Sporting numa situação muito complicada pois com a candidatura de Soares Franco muitos sportinguistas poderão cair na ilusão de que irão ter alguma influência na FPF. Nada de mais errado. A eleição de Soares Franco apenas contribuirá para o perpetuar do domínio dos Corruptos sobre a arbitragem e consequentemente sobre o futebol português. O que o Sporting ganharia em apoiar esta candidatura seria quanto muito uma ou duas Taças de Portugal.

Resta ver o resultado da reunião de Godinho Lopes e Luís Filipe Vieira. Está na hora de voltar a impulsionar a candidatura de Fernando Seara que conta com o apoio de Luís Duque ou de Hermínio Loureiro que é odiado no Norte por não se submeter ás artimanhas dos vendedores de fruta. Está na hora dos clubes de Lisboa e de todas as regiões do País que não o Norte abrirem os olhos - a actual hegemonia da minoria de bloqueio corrupta (que valia 30% dos votos na aprovação de estatutos valendo agora ainda menos) é prejudicial a todos os clubes e regiões do País que não abram as pernas aos interesses sinistros da Máfia de Contumil.

Caixinha: Da incompetência e do servilismo no futebol nacional...

 ●  15 comentários  ● 
Pedro Caixinha, ao que parece, está de saída da União de Leiria, clube que me é caro e quem me conhece sabe porquê. Isto só prova (mais uma vez) que em Portugal muitos treinadores vêem a sua carreira a ser construída artificialmente, com a benção papal e em clube protegidos, onde um penalty ou um vermelho a favor aqui e ali ajudam decisivamente à construção de uma boa temporada! Recordemos que a União já teve o ex-futuro Mourinho Vítor Pontes. Na época passada, com um futebol confrangedor e com um plantel paupérrimo, a União acabou a Liga em 10º lugar! Com 10 pontos a mais que o 15º! Com o 2º pior ataque da Liga e uma diferença de golos que se cifra em... 13 negativos! Caixinha, no Dragão, retirou 8 habituais titulares, com o pretexto de... testar opções alternativas! No Dragão! E na Luz? Não?


Ano após ano, existem em Portugal treinadores, mais ou menos veteranos, que vão perdendo o comboio da 1ª e da 2ª Liga, em detrimento de outros técnicos, totalmente inexperientes, a quem são dados de mão beijada clubes para treinar! E curiosamente todos, mais ou menos, ligados ao lodaçal azul! Pedro Emanuel é a última criação! E a Académica, à 2ª jornada, já era arvorada como a nova sensação da época! Em Barcelos perderam o pio!


Pedro Caixinha pertence à linhagem dos pseudo Mourinhos (Vítor Pontes, J. C. Almeida, José Gomes, Villas-Boas, João Pinto (o bronco capitão dos andrades na década de 90), Domingos, Jorge Costa, etc), autênticas unidades "sleepers" que pululam no futebol português, sempre a jeito de fazer um favor ao patrão e que são colocados com o propósito de "facilitar" e deixar o clube em dívida com a entidade tutelar! Patrão esse que os colocou, por bons serviços, em bons clubes! Para não falar em Vítor Pereira, que antes de regressar a casa para ser adjunto de AVB, andou por fora do Dragão a "fazer pela vida". Fora aqueles que nunca estiveram ligados ao lodo-mãe mas que nunca se coíbem dar um "jeito" aos andrades, colocando-se sempre em bicos de pés quando recebem o Benfica! Não é, mister Manuel Machado e mister Daúto?! Pior: são os clubes que se submetem a isto, pagando caro se não o fizerem! Bem vemos a ascenção meteórica do SC Braga, em detrimento do Vitória de Guimarães, clube com uma identidade mais própria e que tem pago caro certas audácias que não sabemos, mas que lhes custou uma descida de divisão (!) num ano em que haviam saído da alçada dragonesa! Curiosamente...


Já outros treinadores, com resultados interessantes por onde passaram nunca chegam a "arrancar" na carreira, sendo esquecidos... Caso gritante: Álvaro Magalhães! Outro caso giro, Carlos Mozer. No ano passado pegou numa Naval "beyond salvation" e pô-la a praticar bom futebol e hoje está esquecido... Ele que até foi campeão de Angola. Como eu gostava que a União o fosse resgatar! Para o bem de André Almeida e dos demais que lá estão!


O caso de Pedro Caixinha é sintomático e similar a muitos treinadores, ligados umbilicalmente ou por simpatia manifesta ao CRAC, devido aos clubes em que são colocados. São elevados mais alto nível de competência, com métodos (supostamente) avançadíssimos e sempre com a cobertura dos media, mas que espremendo o futebol produzido este não chega a nada! Jesualdo Ferreira foi igual. Saído do CRAC, vejam a sua carreira (Málaga e Panathinaikos, com resultados pouco mais que decepcionantes). J. C. Pereira andou de clube em clube e nada! Vítor Pontes, idem... Ou seja, até podem enganar durante algum tempo, mas chega a um ponto que não dá mais! E como diz RAP a verdade é como o azeite, para além de ser uma excelente forma de temperar alimentos, vem sempre ao de cima! Mais cedo ou mais tarde!

Primeira instrução de Vitor Pereira a Mangala

 ●  5 comentários  ● 
Mangala AKA Bruno Alves II

http://videos.sapo.tl/BBqo0Hf7v8hSKGm3cz7A

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Cimeira presidencial

 ●  9 comentários  ● 
Goste-se ou não, o caminho para um futebol mais... "desempoeirado" é o da sã convivência entre Benfica e Sporting. Mais: é preciso que da parte dos benfiquistas haja a disciplina suficiente para não caírmos na tentação da provocação extra-futebol! Godinho Lopes já deu sinais de querer cortar com o passado servil e é preciso que continue a apostar nesse caminho. A "zanga" com João Ferreira demonstra-o! E a demarcação em relação ao caso Pedro Proença também! Da parte do Benfica exige-se que se acabe com patetices do tipo apoiar Fernando Gomes e ser mais incisivo em relação ao que se passa neste podre futebol!

Do almoço de hoje espero que tenha saído um acerto de agulhas entre ambos os clubes, nomeadamente no apoio a Fernando Seara para a FPF. E espero que as constantes movimentações de Benfica e Sporting, no âmbito dos empréstimos a diferentes clubes continue, por forma a estancar a influência do CRAC na Liga. Importante: não quero que o SLB substitua o CRAC no trono do lodaçal! Quero sim que o lodo acabe e isso implica honestidade dos nossos dirigentes, bem como os do Sporting! E como tal, nós, adeptos temos de ser vigilantes. Não querer LFV (ou outro presidente do SLB) no trono papal, nem permitir que o Sporting se "estique"!

Todos sabemos que a estratégia do Porco-Mor tem sido dividir para reinar. Cabe ao Sport Lisboa e Benfica e Sporting Clube de Portugal perceber que ambos são mais fortes não se estiverem lado a lado (isso é impossível e nem eu quero), mas sim ambos contra os Andrades nortenhos! O sistema é forte? É! Mas os mamões (Oliveirinhas e afins) que gravitam em redor da bola querem é bolso cheio! E isso eles não conseguem só com o CRAC! Imaginem o seguinte: eu não sei em que moldes estão os contratos do Sporting, mas e se, hipoteticamente, Benfica e Sporting passassem para o Pais do Amaral, o que aconteceria à SporcoTV??

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

"Heróis" em formação

 ●  7 comentários  ● 
Obrigado ao JJD por mais este vídeo

Uma cultura muito especial - A Vitória

 ●  5 comentários  ● 
Como benfiquista, prefiro obviamente o Real Madrid ao Barcelona. Mas como adepto do futebol é preciso reconhecer que se vive em Barcelona possivelmente uma cultura que não se vive em qualquer outro clube do Mundo. Como diz o lema do Barça: "mais que um clube...".

Abaixo, um texto publicado a 2 de março de 2007. Quatro dias depois (6 de março), o Barcelona jogou e venceu por 1-0 em Liverpool. Foi eliminado, porque precisava de mais um golo (tinha perdido no Camp Nou, a 21 de fevereiro, na primeira mão da Champions, por 1-2). Mas jogou e venceu, em Inglaterra, tal como Guardiola tinha sugerido: em 3x4x3 (Valdés; Puyol, Thuram e Oleguer; Marquéz, Xavi, Iniesta e Deco; Messi, Eto'o e Ronaldinho). O mesmo sistema que recuperou para o Barcelona na última segunda-feira, na goleada de 5-0 ao Villarreal. Em Março de 2007 Guardiola já tinha terminado a carreira de jogador, mas ainda não era treinador. Só cinco meses depois se viria a estrear, então ao comando Barcelona B.

Sentir

Na última página de ontem do La Vanguardia, a atriz Norma Aleandro dizia que muita gente ganha a lotaria e nem se apercebe disso. Creio que para os que amam o Barça (muito) e o futebol (ainda mais), há muito tempo que nos tocou a lotaria. E o melhor de tudo é que nos apercebemos disso.

Lamento, Norma.

Parece, segundo dizem, que o dream team voltou em Saragoça. Eu acho que o dream team nunca se tinha ido.

"Atrai-me a vitória e dou conta de que o caminho que mais nos aproxima dela é o protagonismo. Jamais pensaria um desafio sem jogar no meio-campo do adversário." Frase maravilhosa de Marcelo Bielsa que o Barcelona fez sua há mais de uma década. Em Barcelona entende-se que é possível ganhar de mil maneiras. Todas válidas. Todas servem. E mais houvesse. Mas em Barcelona também se entende que jamais se pode ganhar e voltar a ganhar de uma forma que não seja sentida. Pelos directores, treinadores, jogadores, amigos, imprensa, pelas pessoas que todas as semanas vão ao jogo.

Acredito que os jogadores do Barça sentem isto assim. Sentem-no mesmo, porque muitos deles viram os seus antepassados mais próximos fazê-lo. Sentem-no porque os viram fazer e ganhar (como as vitórias reforçam as convicções!) e porque sabem que como isso já foi feito, é possível voltar a fazê-lo. Se não o sentissem assim, ganhariam na mesma. Mas apenas um dia. Não o fariam durante tanto tempo. Não se pode passar de jogar com uma linha defensiva de quatro para três - e digo três, não cinco - e fazê-lo com toda a normalidade. E fazê-lo bem. E ganhar. E estar nas meias-finais da Taça.

Posso estar enganado, mas é isto que vejo: eles gostam de se organizar através da bola. A atacar e a defender desta forma não entendem que a bola não pode estar aqui e nós ali. Que a bola não pode estar em cima e nós em baixo. Sentem que em vez de correrem muito até onde está a bola, acabará por ser ela a chegar onde eles estão. Sentem que os atacantes para triunfarem e saírem nas capas dos jornais precisam de bons passes dos médios e estes, para poderem fazê-lo, precisam de uma boa bola dos seus defesas. Eu passo-a a ti e tu passas a eles. Ronaldinho sabe que é melhor com Eto'o e Eto'o sabe que é melhor com Ronaldinho. Têm as suas coisas, mas juntos são melhores do que sozinhos. Insistem em saber onde está o homem livre a cada momento do jogo. E sabem que é melhor esse homem livre ser Iniesta do que um lateral. Sabem que Xavi e Iniesta são compatíveis. E, já agora, porque raio não haveriam de ser? Entendem, como todo o bom jogo colectivo, que quando se começa pela direita, o melhor é acabar pela esquerda. E que um passe para trás não significa medo, mas antes o início de outra jogada melhor. Sentem que a oportunidade acabará por chegar e que a posse de bola em si mesma não é nada, a não ser algo para chegar ao golo. Que aos extremos é melhor que a bola chegue desde o centro do que desde as laterais. E que se jogam os três pequenos (Deco-Xavi-Iniesta), como em Saragoça, os canteranos devem ocupar-se da criação e da elaboração do jogo, e Deco da finalização. Sentem que se tivermos de jogar com apenas três atrás, assim será. Mas esses três terão de ter as pernas de Puyol e Oleguer. E também sabem que têm o melhor jogador do Mundo, ou quase, e o melhor goleador do Mundo, ou quase, e que se falamos de saber jogar futebol, não de resolver partidas, repito, de saber jogar futebol, temos os melhores médios-centro do Mundo. Mas todos estes melhor ou quase, noutro enquadramento só representariam o "quase". Não teriam hipótese de ser o "melhor". E eles sabem-nos. Ou pelo menos sentem-no.

É isso que penso.

E mesmo assim, às vezes, também perdem. Perdem por falta de vontade. Por não terem suado a camisola ou por serem "peseteros". Ou porque ultimamente têm comido muito e bem. E já não têm tanta fome. Sim, também perdem por estas razões. Como todas as equipas do Mundo. Mas também perdem porque, às vezes, Xavi ou Deco ou Iniesta vão roubar a bola aos centrais quando era melhor que não fossem. Ou porque a bola que começa pela direita acaba por voltar à direita. Ou porque o terceiro homem da defesa é pouco utilizado. Ou porque Ronaldinho tem que receber mais bolas de Márquez e menos de Sylvinho. Ou porque a transição ataque-defesa se faz de forma cada vez mais lenta. Ou porque falta Eto'o. Ou seja lá porque razão for. Mas perdem. E perdem ainda por outras coisas que só eles sabem e têm que saber. Uns porque nasceram aqui e assim foram educados. Outros porque não lhes resta outro remédio que não seja aprender.

Amanhã o Barça irá perder. Ou depois de amanhã. Acontece a todos. Mas ninguém pode negar que há muito tempo que o Barça é uma equipa reconhecível, com identidade. Ninguém pode negar isso. Nem uma única pessoa.

E sabem como isso me agrada.

Algumas horas antes do jogo com o Saragoça, Iniesta mandou uma mensagem ao meu irmão. O meu irmão renviou-a para mim. Dizia: "O dream team está de volta. Vou jogar." Dá para sentir ou não como eles adoram esta maravilhosa profissão que é ser jogador de futebol?

Têm alguma dúvida sobre a forma mais indicada para derrotar os Beatles?

Passam? São eliminados? Não duvidem das palavras de Bielsa

domingo, 4 de setembro de 2011

Cartão de Visita de Rui Vitória

 ●  17 comentários  ● 
Aí está o primeiro jogo de Rui Vitória no Guimarães. Ainda sem Urreta e Nuno Assis, a equipa que vinha a acumular erros e maus resultados goleou o Nacional por 4-1, uma equipa que criou dificuldades ao Benfica (0-2 na Madeira). Não tenho duvidas que estã encontrado o futuro treinador do Benfica, e que treinador (sem cagança e muito profissionalismo).

O impacto do insucesso esta temporada

 ●  15 comentários  ● 
Desde sempre, os grandes lideres assentam as bases do seu sucesso na capacidade de antecipar possíveis insucessos e, dessa forma, antecipar também a forma de reagir perante os mesmos ou até de os evitar.

Numa temporada longe de estar a ser consensual como basta ver pelos comentários e posts neste blog, tenho três perguntas simples:

- O sucesso desta temporada é determinante para o futuro nas eleições de Luis Filipe Vieira? Dois títulos apenas em mais de 10 anos não satisfaz os benfiquistas? Ou isso não é determinante?
- E para Jorge Jesus? O treinador tem espaço de gratidão para falhar mais uma vez de forma clamorosa como na temporada passada?

- E quanto aos possíveis factores de insucesso? Quais poderão ser? Ou estará tudo controlado?

ranking