de ROBERT ENKE, a JOAO PINTO !!!
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 30 de setembro de 2011

de ROBERT ENKE, a JOAO PINTO !!!

 ●  + 16 comentários  ● 

A propósito de um poste aqui inserido pelo REDMOON, que versava sobre o livro que nos deixou o saudoso ROBERT ENKE, houve uma troca de ideias entre o Redmoon e o CONDE DE VIMIOSO, um conhecido e apreciado Bloguista a quem tenho o prazer de lhe chamar AMIGO.

Nesse bate-boca, vieram à baila vários nomes do Benfica à época em que o malogrado ENKE esteve no Benfica e um deles, foi o de JOÃO PINTO. É sobre este, que o CONDE nos conta, se calhar, algumas coisas que muitos Benfiquistas desconhecem. É um texto algo extenso, mas vale a pena.








JVP, o Menino d’Ouro
João Pinto nasceu de uma relação amorosa que nunca teve assento civil. Embora o pai tenha assumido a paternidade, os encontros eram muito raros, pois nunca com ele coabitou. Juntamente com os avós e a mãe, habitavam num Bairro camarário de nome Falcão (ainda não era Águia), e ali foi crescendo com os meninos do bairro jogando principalmente à bola... até que um dia, alguém o convidou a ir para um clube, desses de freguesia, não muito longe da sua casa: O ÁGUIAS DA AREOSA, associação dirigida e frequentada maioritariamente por Benfiquistas. (Bastante mais tarde, tornei-me sócio deste clube, já o João defendia o GLORIOSO, por homenagem ao João, através de um amigo que conheci que era dirigente).
O ÁGUIAS, participava em campeonatos de futebol de salão e o João, sendo seu atleta federado começou a dar nas vistas, tendo sido contratado pelo Boavista. (não sem que o clube de Contumil se tenha tentado atravessar, mas como o Major já impunha algum respeito na altura, rumou mesmo ao Boavista.) O Major foi como um pai para o João, como ele varias vezes o referiu, e foi pela mão dele ao altar, com 16 anos e já com o filho Tiago.

O João, que já tinha um titulo de campeão do mundo sub 20 muito mais novo do que os outros, jogava e impressionava na primeira equipa do Boavista, tendo sido contratado pelo Atlético de Madrid por uma verba avultada, mas onde não se ambientou regressando ao Boavista passado um ano.
Foi novamente campeão do mundo e aí já não havia dúvidas: era um fora de série. Naturalmente foi para ao SLB, já que o Major preferia negociar com o Benfica do que com os corruptos. Benfica que, apesar de o sistema começar a caminhar, ainda dominava desportiva e financeiramente o futebol Português, muito pela grande dedicação e disponibilidade económica do MAIOR BENFIQUISTA QUE CONHECI, O SENHOR JORGE DE BRITO, como eu o tratava.
João Pinto, apesar da sua classe, era mais um numa equipa onde cintilavam muitas e enormes vedetas acabadas de disputar uma final da Taça dos Campeões Europeus, perdida para o Milão, e como era natural integrou-se e começou a mostrar os seus grandes dotes.

Nessa altura, subterraneamente, já o "Polvo" (não era o Paul) nos tinha roubado o campeonato desse ano, mas não nos impediu de cilindrar o Boavista com 5-2 na final da Taça de Portugal, num jogo memorável. (ainda o nosso Nuno Gomes jogava do outro lado.) Nesse ano, tivemos o nosso verão quente, com as rescisões daquele que eu alcunhei a partir daí por piolhoso: o Paulo Sousa, assim como o Pacheco e, também o João que desapareceu para parte incerta. Uma situação arquitectada pelo megalómano Sousa Cintra, um cafageste que fez de tudo para ganhar dinheiro, não olhando a meios para atingir os fins. Com o João desaparecido, não se falava de mais nada em Portugal, a Nação Benfiquista vivia suspensa até que, Jorge de Brito foi resgatá-lo a Espanha. Soube-se depois que a única pessoa que sabia do seu paradeiro, além do lagarto, era o Major que o convenceu a ficar no GLORIOSO e que telefonou a Jorge de Brito para o ir buscar. Foi apoteótico o regresso com a chegada ao Estádio da luz a ser aguardada por uma mole imensa de Benfiquistas

Entretanto, Jorge de Brito terá ficado algo abalado com tudo isto, ele que era uma pessoa de valores, de berço e condição, imagino o quanto lhe doeu o GLORIOSO ser golpeado de forma cobarde por um salafrário...! E ainda com o mandato longe do fim, surgem nas assembleias e na imprensa os patos bravos, conotado com o "G 8", ávidos de protagonismo que com golpes rasteiros foram desgastando e apoucando a Presidência daquele que, repito, foi o Maior Benfiquista que conheci. E JORGE DE BRITO abdicou, com as eleições a serem realizadas em Janeiro de 1994. Damásio assume a Presidência e inicia, para mim, o período mais negro da Historia do GLORIOSO.

Com a equipa de Jorge de Brito, somos Campeões em 93/94, ano da coroação de JOÃO PINTO como um dos monstros que passaram pelo GLORIOSO. Fomos cilindrar a lagartada no Campo Grande, naquele que ficou como um dos jogos mais memoráveis que vi, 3-6, com os 3 primeiros golos e a reviravolta de João Pinto, e que golos..! FABULOSOS. O treinador era (outro monstro) o Toni, esse que depois de empatar na luz com o Bayer Leverkusen (na altura uma das melhores equipas alemãs), disse no fim do jogo: Isto ainda não acabou e foi a Leverkusen empatar 4-4 num jogo épico, onde o João voltou a brilhar a grande altura.

Mas veio a nova época, e Damásio que nada percebia do Benfica, aconselhado por Abílio Rodrigues despede o Toni e contrata Artur Jorge, que desfaz uma equipa de nível europeu, porque, (à boa maneira Estalinista) com ele tudo começava de novo. Da grande equipa restou João Pinto e pouco mais e, aqui começa a fase do João Pinto CAPITÃO.

O Benfica sem liderança e com Damásio de braço dado com o Corrupto, hipoteca a nossa independência e quase todos os seus valores. Com o "Polvo" a dominar todos os terrenos, havia que achincalhar, humilhar e anular o que o Benfica tinha de melhor dentro dos relvados, e esse era o JOÃO: Ele era agredido, acotovelado, escarrado e ainda era expulso, perante uma direcção pusilâmine que não o defendia, nem a ele nem ao Benfica. Damásio acossado pelos Benfiquistas usou o ultimo trunfo: JOÃO PINTO,(crismado a partir daí) seria o MENINO DE OURO, com contrato VITALÍCIO.
Na altura, num convívio de Benfiquistas, tive uma tirada que nunca mais esqueci, (talvez porque muitos concordaram com ela) disse: O DAMÁSIO PÔS O ESTÁDIO DA LUZ ÀS COSTAS DO JOÃO PINTO! E a catedral antiga era muito pesada, como vocês sabem.

Sem culpa dele, para mim, é aqui que começa o declínio do JOÃO, porque com uma direcção frouxa, é o João que assume a critica ao "Polvo", aos árbitros, aos adversários e até dirigentes de outros clubes! Carga demasiado pesada para o João, que muitas vezes era expulso só por abrir a boca. Com um salário ao nível dos melhores da Europa, com poder e funções que nunca deveriam ser dele, é natural o deslumbramento do João. A falta de rumo e de liderança, com o clube numa fuga para a frente a todos os níveis, Damásio, (que penso ser o único Presidente na Historia do Clube com um relatório de contas chumbado), CAI E APRESENTA A DEMISSÃO.

É eleito Vale e Azevedo e logo de principio acontece o primeiro choque. Vale, queria instituir no clube os ordenados por objectivos, dos jogadores no clube e nos vindouros. Todos aceitaram excepto João Pinto, o que até se compreende. João Pinto tinha um contrato dito vitalício, de 385.000 CONTOS (1.925.000€) por ano mais prémios a dobrar e Vale, achava isso incomportável na altura para o clube, mas o João não aceitou. Surgiu mais tarde uma proposta do Corunha de 2.5000.000 CONTOS (12.5M€), foi proposto o negócio ao João, mas ele disse que só iria, se o Benfica lhe desse 500.000 CONTOS (2.5M€). Vale recusou e o João continuou.

Naturalmente o João, pelos anos, pelo seu currículo e como capitão, tinha uma forte autoridade no balneário, onde havia o grupo dos que alinhavam com o João e os outros. Era já publico que o ambiente familiar do João era conturbado. Aconteceu um problema grave entre ele e o Nuno Gomes, (que eram grandes amigos, amizade que incluía as famílias de ambos) e isso foi a gota de água, somado a um rendimento em campo que diminuía a olhos vistos. É bom lembrar que na sua última época o João marcou apenas 3 golos, muito abaixo da sua fasquia. Mais forte do que isto foi a opinião do treinador Juup Heinkes que recomendou a dispensa do João, certamente pelos motivos referidos.

Na altura já colaborava com o Benfica o maior empresário da época de nome José Veiga, procurando o Benfica tirar proveito da zanga que ele tinha tido com o corrupto. Soube, em conversa com um director (quando o questionei sobre a presença do Veiga no camarote Presidencial), que Veiga estava a ser muito útil ao Benfica e de quem já era credor de muito dinheiro. Mais, dizia para o Vale ir resolvendo a vida do clube, e não se preocupasse com o que ele tinha a receber.
Meus amigos, o que sei é que o João foi dispensado e levado pelo Veiga para o Sporting com um contrato de 2.000.000 CONTOS por 4 anos. Mais tarde surgiram umas denúncias de dinheiros mal parados, (à volta de 1.000.000 de contos) que até meteu tribunal. O João disse que não recebeu, o Veiga também não, mas no fim chegaram a acordo com o Sporting e ficaram todos amigos.
Ah! parece que o Veiga nunca mais falou daquela coisa da colaboração com o BENFICA.

GOSTO MUITO DO JVP, (fui eu que comecei a chamar-lhe assim nos estágios e, JVP ficou) ele foi o menos culpado da forma como certas coisas evoluíram. Já o disse muitas vezes: SE O JOÃO TIVESSE ENCARADO A SUA CARREIRA DA FORMA PROFISSIONAL COMO O FIZERAM FIGO E RUI COSTA, TERIA SIDO O MELHOR.
OBRIGADO JVP

16 comentários blogger

  1. Texto interessante, mas os dinheiros mal parados da transferencia para o Sporting não foram parar ao bolso de nenhum dos mencionados no texto....
    E também ficava bem mencionar o teatrinho que foi montado quando já estava tudo planeado nessa transferencia.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado ao Conde por este texto, que retrata um periodo da historia do Benfica por quem esteve por dentro.

    Que o Conde apareca mais vezes e conte outras historias que nos ca estaremos para as ouvir.

    Sobre o post especificamente, tudo bem , esses serao eventualmente os factos, mas continuo a achar que o dossier Joao Pinto poderia ter sido gerido de outra maneira.

    A saida de borla nao se entende.

    Os problemas entre Joao Pinto e Vale ja vinham de tras, e a celebre e humilhante conferencia de imprensa e o pedido de desculpas publico de Joao Pinto, a mando de Vale e Azevedo depois dos 7-0 de Vigo, explica muita coisa, talvez ate o fraco rendimento do jogador e a sua desmotivacao. A ostracizacao do jogador comecou logo no inicio.

    O jogador nao aceitou mudar os seus termos do contracto? Estava no seu direito. Quantos de nos o fariamos se eramos principiescamente bem pagos?

    Artur Jorge foi estalinista no Benfica e quis comecar tudo de novo? Vale e Azevedo deu sempre a sensacao de pretender fazer exactamente o mesmo. Todos os bons jogadores que tinhamos sairam, Van Hoijdonk, gamarra, o Joao Pinto, e veio o SOuness e um navio de ingleses entre os quais Pembridges e o gordo do Michael Thomas.

    Esta 'e apenas uma opiniao, claro, mas quando lembro a epoca de Vale e Azevedo no Benfica, nao recordo apenas as HIPOTETICAS falcatruas. Recordo tambem uma epoca em que desportivamente, na minha opiniao, o dossier futebol foi muito mal gerido.

    Talvez faltasse o dinheiro, aceito, e sem dinheiro nao ha bons planteis.

    Mas se aquele era um benfica com problemas, mais uma razao para nao se deixar sair o CAPITAO DE BORLA, para ir oferecer titulos ao rival da segunda circular.

    Talvez Joao Pinto devesse ter sido mais profissional mas, talvez tambem Vale e Azevedo devesse ter sido capaz de encontrar formas de casar com o jogador e motiva-lo, em vez de partir para a ruptura total.

    Com essa ruptura o Benfica nao ganhou rigorosamente nada.

    ResponderEliminar
  3. Sobre o J.Pinto e a sua passagem pelo BENFICA, tenho de dizer o seguinte:
    -Foi dos melhores profissionais que por lá passaram.
    -Escorraçá-lo do BENFICA foi o maior crime que alguém podia cometer.
    -Oferecê-lo de Borla ao inimigo foi um crime ainda maior.
    -Este crime deveria ter sido julgado
    -Tudo isto aconteceu porque infelizmente tivemos um presidente que se chamou JVA.

    Já agora e em relação à ida do JVP para o Cepórtém, ouvi da boca do próprio num programa da tv o seguinte:
    -No dia em que me comprometi com o Ceportém, recebi um telefonema do Pinto da Costa a dizer que cobria a prosposta, mas como já tinha dado a palavra...

    ESTE É MAIS UM EPISÓDIO DA PIOR FASE DO MAIOR CLUBE DO MUNDO, QUE ESTEVE À BEIRA DA "INSOLVÊNCIA"

    BENFICA SEMPRE

    ResponderEliminar
  4. Conde de Vimioso30 setembro, 2011 11:49

    Deixem-me precisar a razao deste post:

    Este texto foi escrito ha mais de um ano e para quem nao me conhece tao bem fiquem a saber que normalmente me envergonho de seguida dos textos que publico porque nuncaoa releio e aparecem as gralhas e quantas vezes erros de gramatica e sintaxe.
    Aquando do texto do Redmoon sobre o malogrado Enke estabeleceu-se aqui entre nos uma saudavel troca de opinioes em que o Red me desafiou a escrever sobre esse periodo do Benfica.
    Porque sou preguiçoso e seria mais um texto daqueles extensos, lembrei-me que ja tinha escrito sobre isto e recuperando o texto enviei-o ao Viriato para que o fizesse chegar ao Red e o Virito num dos seus furos convenceu-me a que o texto fosse publicado no Geraçao. Vale o que Vale, sao tempos passados que em que vivi, ainda mais intensamente o dia a dia do Glorioso e desse periodo posso afiançar-vos, com toda a modestia, que havera pouca gente alem do staf que estivesse tao por dentro do que se ia passando no nosso clube. Ha muita gentee ate um escriba deste blogue que o podem comprovar. O texto foi um desafio que me propuseram na altura e foi publicado em circuito fechado. Como referi nos tais comentarios, o passado serve-me de experiencia para tornar o presente e o furuto melhor e so para isso, nao dispensando que, tambem gosto de o recordar mas em amenas cavaqueiras.

    Posto isto, quero so precisar algumas incorrecçoes que, apesar da supervisao do Viriato, ainda verteram.

    1º. No titulo esta JVA, quando devia estar JVP, embora ache que o JVA poderia ter sido o Menino de Ouro dos Presidentes ele que chegou a Presidencia do clube com menos de 40 anos, mas sobre isto ja sei que estou refem de uma maioria que nao pensa como eu e eu ate compreendo tal a campanha que foi feita contra o Benfica por seu entreposto. Eu sei que a ideia nao era Vale, a ideia era destruir o Benfica dando a entender que era ele o alvo. E conseguiram porque as vezes sou obrigado a dizer a alguns amigos Benfiquistas que nem imaginam a nossa luta para desmacarar os objectivos de uma imprensa manconada com os maiores salafrarios que ainda andam por ai.

    Oliveiredo, o corrupto, Valentao, Pimenta marado (que se dizia Benfiquista) e ate politicos tiveram medo da força que o Benfica poderia vir a ter.

    Agora amigos quando vos digo que quando Vale chegou ao Benfica aquilo era uma cratera mairo que qualquer vulcao, porque eu tambem conheci bem Damasio e aqui vai mais uma correcçao, quando la em cima esta G 8 devem ler Getoito, por contraponto ao jetset da quinta da Marinha que o Damasio transformou o Benfica. Um Getoito falido.

    Nao pensem que o que me move e o Vale, nao, a mim o que sempre me moveu e move e o meu BENFICA.

    Agora morrerei convencido que Vale era e continuaria a ser a melhor soluçao para o Benfica e recordo-vos que um ilustre e conceituado Benfiquista, Manuel Boto seu ex-vice-presidente disse o mesmo ja depois de se ter demitido., mais concretamente disse que reconhecia que Vale era a melhor soluçao para os proximos 10 anos, estes que agora acabamos.

    E assim, começo a escrever e depois...parar, e complicado e e por isso que me abstendo e tambem porque me aflige que alguem pense que procuro algum protagonismo,nao e digo ate que no dia, que espero breve, o meu clube dominar naturalmente o desporto portugues e estar no top ten das equipas europeias, ja poderei viver tranquilo.

    E essa a minha luta, porque sei das capacidades do monstro que dizem, ANDA ADORMECIDO.

    O Red pos uma serie de questoes, bem como uma do Islander que responderei mais para diante, bem como outras que possam surgir.

    Desculpem la...

    ResponderEliminar
  5. O Van Hooijdonk foi corrido por Vilarinho e Vieira, assim como foi o Meira, Poborsky e todo e qualquer jogador contratado por Vale e Azevedo.

    As "purgas" no Benfica são um mal geral e não se cingiram ao Vale.

    ResponderEliminar
  6. Mas a diferença, é que uns foram corridos a troco de dinheiro,o JVP foi corrido a toco de nada e para o RIVAL.
    É uma GRANDE diferença.

    BENFICA SEMPRE

    ResponderEliminar
  7. eheheheh em vês de JVP escrevi JVA?
    Desculpe lá Ó Sr. Conde este seu vassalo...foi o adiantado da hora...penso eu de que...
    (já está corrigido)

    Mas o Sr. Conde tem que fazer a fineza de nos elucidar com muitas outras sabedorias porque muita história do Benfica não lhe passou ao lado, esteve dentro dela.

    ResponderEliminar
  8. @Conde de Vimioso

    Da minha parte, acho a tua contribuicao valiosa e que so enriquece este espaco, e nao ha que ter vergonha das nossas opinioes, desde que saibamos debater com elevacao respeitando sempre a opiniao de cada um.

    Ja percebi que tens de Vale e Azevedo a melhor das opinioes, e nada me garante que nao tenhas toda a razao. Como ja aqui escrevi, eu tambem sai derrotado da eleicao quando Vilarinho ganhou. Gostava da verticalidade de Vale e Azevedo, da independencia de pensamento, parecia-me um presidente sem medo, e depois de Damasios e Jorge De Brito (um excelente benfiquista como dizes mas sem perfil para liderar um navio daquele tamanho), Vale e Azevedo foi uma lufada de ar fresco. A escolha de Mourinho foi perfeita.

    Mas depois, claro, as falcatruas que vieram a publico (embora tu defendas que possa ter sido tudo uma marosca para o entalar e ate possas ter razao), foram para pessoas como eu, uma desilusao completa.

    Depois, o quadro tracado por Vilarinho e Filipe Vieira, sobre o Benfica que Vale e Azevedo lhes deixou, enegreceu ainda mais esse quadro...

    Seria tudo mentira? Talvez mas, como digo, eu faco parte do Ze Povinho, e as tantas ja nao sei em que acreditar.

    ResponderEliminar
  9. Caro RedMoon,

    Tantas incorrecções nem parece de ti! Van hoidjonk foi contratado por vale e corrido pela corja que se seguiu, o mesmo se passou com poborsky, meira e mesmo enke. Quanto a gamarra tb foi com vale que veio e foi vendido apenas após a recusa de JVP em sair para a Corunha, como recurso para algum encaixe financeiro! Na verdade qd vale saiu tinhas no Benfica, Van Hoidjonk, Meira, Marchena, Enke, Joao Tomas, Poborsky, Miguel e Mourinho, este e que foi o legado, o resto que se diz serve para desculpar Sextos lugares...

    ResponderEliminar
  10. Das primeiras medidas que Vilarinho tomou, assim que tomou posse foi, (incompreensivelmente) chegar a um acordo com o Olibeiredo!! Foi um fortíssimo golpe no anseio dos adeptos!
    Ainda hoje me custa engolir tamanha aberração!

    ResponderEliminar
  11. De facto, enganei me em relacao ao Van Hoijdonk. Esse ja foi com Vilarinho.

    Mas jugo nao me enganar quando digo que entre 97 e 2000, o Benfica acabou o campeonato tres vezes em terceiro lugar e uma em segundo.

    ResponderEliminar
  12. Digam lá o que disserem sobre o JVA,e eu não quero ajuizar,porque estava fora de Portugal,há uma assunto que ele conseguiu e que o LFV desdenhou.Refiro-me a ter conseguido libertar-se das garras do Oliveira e que o LFV não aproveitou.Foi o maior erro que LFV cometeu que implicou com o actual estado das coisas.Tivesse aproveitado e de certeza que nem o porko nem o Oliveira estariam com o sistema no bolso.Por continuo atento à estratégia que o LFV quer usar em relação aos nossos direitos televisivos.Nunca lhe perdoei o não se ter libertado do Oliveira,com base na sua amizade.E o Benfica ficou mais prejudicado.Claro que o LFV fez grandes coisas(tb seria o melhor)mas esse erro crasso continua a fazer-se sentir.

    ResponderEliminar
  13. Eu fui um dos que apoiei e critiquei o Vale, mas após váris conversas com o ENORME CONDE comecei a ver alguma Luz sobre o que se passou com Vale e Azevedo.

    Já disse pessoalmente ao Conde que o grande problema de Vale foi a forma como entrou no Benfica e no futebol corruptuguês, foi como um elefante a entrar numa loja de loiça, estão a entender?

    Ao fazer o que fez com o Olibeiredo, este sentiu-se ameaçado e tinha consciência que sem o Benfica o "sistema" poderia começar a desmoronar como um baralho de cartas e a forma que encontraram para combater o Vale foi como sempre fazem, com a descomunicação social. O problema de Vale foi ter rabos de palha e foi por aí que o sistema o atacou através dos mérdias, intoxicando os Benfiquistas sobre hipotéticas fraudes. Eles sabem muito bem quais são os valores com que os Benfiquistas se regem e sabiam muito bem que os Benfiquistas jamais aceitariam um presidente que estivesse ligado a hipotéticos crimes, lembrem-se que aconteceu o mesmo com Veiga assim que viram que o Benfica começava a crescer.

    A máquina de propaganda montada pelo "sistema" foi o que permitiu que Vieira e Vilarinho chegassem ao Benfica, tudo com a conivência com Vilarinho e Vieira. A factura a pagar por Vieira e Vilarinho seria a continuidade com o olibeiredo.

    Sabem porque Vieira nunca foi fortemente atacado como Vale foi? Porque o Vieira não anda á dois dias no futebol, quando chegou ao Benfica já uns anos de futebol corruptuguês e Vieira sabe muitos podres do corrupto das bufas.

    Vieira fez um excelente trabalho no aspecto empresarial do Benfica, falta a parte desportiva que ainda está longe de estar sólida mas estamos no bom caminho, pois temos um equipa forte e competitiva, falta matar o sistema que poderá começar na não renovação do contrato com o olibeiredo.

    ResponderEliminar
  14. obrigado Viriato e Conde de Vimioso, por nos brindarem com este excelente tópico. Um verdadeiro serviço público.

    ResponderEliminar
  15. A maioria das pessoas nem sabe sequer pq é que Vale e Azevedo foi condenado. A maioria das pessoas nem faz ideia que a juiza q o condenou disse que ele fez o que fez em defesa dos interesses do SL Benfica. Vale e Azevedo foi o unico q atacou forte e feio o sistema e como tal todas as forças do mesmo voltaram-se contra ele. Mas adiante, são águas passadas.

    Dá-me alegria ler tantas opinião q vão de encontro à minha e que não se deixam cegar pelas patranhas dos média.

    Apenas digo uma coisa, Vale e Azevedo deixou um passivo menor do que aquele que recebeu. Para "ladrão" é obra. E comparem com o passivo que Vieira irá deixar...

    Sobre João Pinto...a transferência para o Sporting estava à muito acordada. Aquela conferência de imprensa do João foi das coisas mais patéticas q alguma vez vi e perdi todo o respeito q tinha por ele. Eu que o idolatrava passei quase a odiá-lo. E qd chegou ao scp e cantou e saltou o "SLB...SLB"...enfim...eu vi, ninguem me contou.

    ResponderEliminar
  16. Conde de Vimioso30 setembro, 2011 21:57

    Esta a segunda tentaiva de replica aos vossos comentarios pois a primeira saiu tao comprida que nem entrou e que explica os traimites da traiçai e condenaçao a Vale e Azevedo que penso o Viriati ira postar proximamente.

    Li agora o ultimo comentario do Pedro e posso informar garantidamente os valores do passivo recibo e deixado por Vale e que foi auditado pela empresa que o Damasio contratou pois o Vale nunca mudou de auditor no que sendo ele advogado facilmente teria conhecimentos, ate proximos, mas nao, Vale manteve o auditor deixado pelo Damasio. A mim isto so me revela transparencia.

    Passivo recebido.....85.000.000€

    Passivo deixado..... 65.000.000€ com provisoes.

    Como disse, brevemente terao a resposta, que nao e minha mas sim o pricipal da traiçao e julgamento de Vale.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares