Otelul 0 x Benfica 1: Não gostei, pronto.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Otelul 0 x Benfica 1: Não gostei, pronto.

 ●  + 14 comentários  ● 
Antes de mais, o objectivo principal foi conseguido: 3 pontos, fundamentais para seguir em frente para a fase seguinte. Mais o indispensável dinheiro. Apreciei a capacidade de integração progressiva de Bruno César, jogador que tem facturado e mostra-se disponível para a luta, além de uma inegável qualidade técnica que lhe permite deambular em várias posições, sendo sempre um garante de algo de bom para o colectivo! Gostaria que JJ o testasse no apoio ao ponta de lança num jogo com menor grau de dificuldade. O "Rei Artur" esteve igual a si próprio e Rodrigo vai deixando água na boca...

Agora que não restem dúvidas: o Otelul é uma equipa fraquíssima! Solidária, é certo, mas sem sequer um jogador que faça a diferença ou que "pinte a manta" no miolo. Até mesmo Marius Pena, o "striker", é um jogador limitado que só teria lugar em Portugal numa equipa do último terço da tabela! Por isso, não se admite exibição tão fraca do Sport Lisboa e Benfica! Porquê? Por que somos o Benfica e temos de entrar em campo com a ambição de vencer e jogar bem! Ontem, apenas houve a "espera" do 1º golo e pronto. Nunca houve aceleração do jogo, nem envolvência progressiva do adversário até à asfixia! E com esta equipa romena isso era obrigatório! O contexto da Champions League não é desculpa para um eventual equilíbrio de forças. Não! Somos o Benfica, que eu saiba! Notou-se cansaço decorrente do Dragay, é verdade. Porém, isso não pode explicar o fraco desempenho de ontem. Esperava-se e exigia-se mais! No mínimo, mais atitude. Fogachos momentâneos de Gaitán não chegam para fazer dele um jogador de top. Ele tem muito mais para dar e sabe disso. Tem que, em 90 minutos, ser consistente. Para além disto, a incapacidade da equipa, excepto em parcos momentos, de se movimentar harmoniosamente. O miolo não pressiona devidamente e permite que continue a acontecer as mesmas situações de sempre: contra ataques rápidos do adversário e liberdade para vários jogadores na zona central já no último terço do terreno! Algo que me deixa preocupado, ainda para mais dada a enorme qualidade da dupla Javi/Witsel. Depois houve outra situação que me deixou perplexo: sendo eu treinador de bancada, achei inexplicável (a não ser por lesão) a troca de Bruno César por Rúben Amorim! Para além de ser uma substituição (em teoria) defensiva, creio que teria muito mais sentido trocar Axel Witsel, jogador mais fustigado e necessitado de descanso do que Bruno César, jogador com muito menos minutos nas pernas. Também acho completamente desnecessário Cardozo fazer sempre 90 minutos.

O resultado final é melhor que a exibição e creio que temos de exigir mais ao Benfica! Ganhar não pode chegar! Não eramos nós os adeptos que nos enchíamos de peito a cada goleada? Temos ser mais exigentes claro está! Não pedia um 0-5, peço sim uma exibição mais consistente nos 90 minutos e com muito mais qualidade. Algo que só vi com o Twente na Luz.

O resultado em Old Trafford não foi bom, JJ deu-o a entender. A partir daqui o United vai acelerar a fundo rumo ao apuramento e já não irá facilitar mais. Se bem que temos agora mais chances de acabar em 1º lugar, pois um empate a zero com os campeões ingleses pode chegar, se fizermos o mesmo resultado que os "devils" na Suíça e se a normalidade prevalecer nos nossos jogos em casa. Sim, conto ganhar ao Basileia na Luz! E porque não fora também?!

14 comentários blogger

  1. achei que ante um adversário que me pareceu muito frágil, o Benfica podia e deveria ter feito mais, mas como dizes, o essencial foi conseguido e com isso a liderança repartida no grupo com que menos se esperava, o que demonstra que por vezes o que se julga fácil não é assim tão fácil.

    ResponderEliminar
  2. Também achei que podiamos e deviamos marcar mais.
    É de arrancar os cabelos estarmos sempre por cima do adversário em ataques continuados e não serem marcados os golos desse trabalho.

    E se o Rei Artur não estivesse lá aos 90' ???
    De qualquer forma o 1º. lugar nesta fase estará ao nosso alcance.

    ResponderEliminar
  3. ganhar fora à equipa que perdeu em casa do Basileia por 2-1 que foi empatar 3-3 em Manchester, será mau?

    E a gestão de esforço não se fazia ou fazia-se com quem??

    ResponderEliminar
  4. Meus amigos, n entremos em considerandos de "ses", da Champions ser uma competição equilibrada e de o Otelul só ter perdido 2-1 em Basileia! Temos de nos cingir ao que vimos! E o que vimos foi um Otelul fraquíssimo! E perante este adversário o SLB tinha obrigação de fazer uma exibição bem melhor e n fez! N foi gestão de esforço, pq os problemas identificados no jogo de ontem são recorrentes! Nesta fase da época entrar em gestão de esforço é uma falácia, a gestão é feita com jogadores, na rotação dos mesmos!

    ResponderEliminar
  5. Acho que farfalho,o maltês,me tirou as palavras da boca.Há que fazer a gestão de esforço e o resultado é bom.

    ResponderEliminar
  6. So vi os ultimos vinte minutos mas deu tempo de ver tres posses de bola do Benfica sobre o meio campo adversario, acabarem em tres passes do Garay para o Artur que manda um "pastel" pa frente sem nexo nenhum. O ultimo dos quais nem levanta a bola e vai parar direito aos pes de um medio do Otelul que lanca o contra-ataque perigoso.
    Muito pobre para uma equipa com tanta qualidade tecnica e de passe fazer isto.
    Esperava mais de Garay sinceramente, a bola no pe as vezes parece que queima.
    E o "low kick" do Nolito no Witsel e de mandar as maos a cabeca. Como e possivel nao ver o companheiro a chegar mesmo em cima especialmente quando o arbitro apita?!!

    Batigol

    ResponderEliminar
  7. Mantenho o que ando a falar desde o inicio de epoca, o Benfica em 4x3x3 não diria as abébias que dá.

    O facto do chutão para frente depois do atraso para o GR deve-se essencialmente porque só temos Witsl para a fase de construção. Quando está Aimar este deveria recuar e vir buscar jogo, partindo de trás na organização de jogo. Com uma dupla Witsel e Aimar na fase de construção não teriamos o problema da saida de bola.

    Sabem o que faltou na primeira parte com os corruptos? A saida de bola para o ataque. E sabem porquê? Porque Aimar estava a jogar longe de Witsel e como Javi não é propriemente um construtor de jogo, só Witsel não chegava.

    Aimar e Witsel a jogar lado a lado com Javi nas costas daria uma melhor circulação de bola e organização de jogo ofensivo.

    ResponderEliminar
  8. Concordo com o comentário e o pjsimoes identificou correctamente o problema. Só temos um construtor de jogo decente, de entre os que tem jogado - Aimar. No Ladrão estava demasiado afastado da equipa, demasiado à frente, e portanto não havia modo de ter jogo fluído. Com o Otelul foi igual.
    Este problema não se verifica nas transições, mas em ataque continuado, ainda por cima com 11 a defender como ontem, o resultado foi o que se viu - muita posse de bola mas pouco perigo, muito pouco!

    Tem de se ter táctica alternativa e começar a dar oportunidades ao outro "10" no plantel - David Simão.

    ResponderEliminar
  9. mais um técnico de bancada que só manda postas de pescada e vê o filme como se fosse tudo muito fácil...

    ResponderEliminar
  10. Gostei do precioso contributo para o debate do anónimo! Nada melhor que dizer "mais um técnico de bancada que só manda postas de pescada e vê o filme como se fosse tudo muito fácil..." Já agora creio que isso se estende aos demais que deram opinião! Enfim...

    ResponderEliminar
  11. Ó anónimo, presumo que as tuas conversas de futebol entre amigo se resume a um: "Não sou treinador, o JJ é que sabe, por isso não tenho opinião nenhuma sobre futebol. Que tal falarmos sobre o tempo? Espero, do tempo tb não sou tecnico, por isso não tenho opinião. Esperem, podemos falar sobre sexo. Epá, não sou técnico, por isso não tenho opinião sobre tal assunto. O melhor é não falarmos sobre nada."

    Cada um tem a sua opinião, podes não concordar e deixar a tua, agora desvalorizar as opiniões dos outros porque não são técnicos é ridiculo. Quem gosta de futebol, fala de futebol, seja aqui ou num grupo de amigos.

    ResponderEliminar
  12. Realmente gostava de ver o JJ adoptar o 433.Temos jogadores para isso e é um esquema muito mais equilibrado,tanto defensivamente quer ofensivamente.Porque será que o JJ a não a implementa?

    ResponderEliminar
  13. Xirico,n implementa pq teima só na sua ideia,n admitindo alternativas. Vide o Emerson. Se o Cap é pior,estamos a deitar mt dinheiro à rua em ordenados! Obrigado, pjsimões. Debater é mm o mais importante.gostei da resposta

    ResponderEliminar
  14. Jedi, o JJ já fez avanços... Jogamos em 4x2x3x1 na maioria das vezes e por vezes é que utilizamos o 4x1x3x2 Kamikase... Quem sabe se ele não muda para o 4x3x3... Há que ter fé!!! :D Mas verdade também seja dita, tirando um ou outro jogo menos conseguido, a equipa tem estado bem e JJ tb tem estado bem, irando um ou putro pormenor...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares