Confusão no GAYniário
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Confusão no GAYniário

 ●  + 1 comentário  ● 
É com muita satisfação que o GB teve conhecimento (e continuo em contactos para confirmar as próximas linhas) que o gayniário do Dragão vive momentos complicados. Aquela merda parece o mercado o Bolhão em dia de saldos das varinas.

Contrariamente ao que acontecia no passado Giorgio di Bufa e Gaynaldo Teles falharam redondamente no planeamento do seu enriquecimento anual com as transferências de jogadores. A necessidade de não levantar muitos alertas com as contas da SAD obrigou-os a vender os líderes da banda gay (Lucho e Emanuelle "a puta") e o seu braço direito (Lisandro) numa assentada, ao mesmo tempo que vendiam também o Charroko.

Ora, todos sabem que o Gayneário do Dragão vive acima de tudo do clima de controlo total, imposição e rédea curta que deriva do eixo de dois líderes (um de campo e outro fora de campo - Lucho e Emanuelle "a puta") em sintonia com o controlador da noite do Porto - Gaynaldo Teles.

O que se passou é que numa assentada os dois bufos e patrões do balneário sairam e com eles saiu ainda o braço direito de um deles. A esperança era que o Merdeles e o Espírito Santo obreiro do título de 2006 pudessem segurar as pontas! NADA DE MAIS ERRADO!

Num ápice, não só não seguraram o balneário como enfrentaram a luta feroz de "outros galos" como o Burro Fu Alves ou mesmo o homem do cavaquinho e o incrível Flop!

Ora em balneário descontrolado... quem não tem mão é treinador sem credibilidade. Em boa verdade nunca teve e sempre se foi apoiando nos já identificados líderes da banda Gay. Na ausência desses e com demasiados egos a surgirem, também este foi apanhado na maré e há cada vez mais que lhe antecipe um "very light" pelo carro a dentro como o holandês.

A história não fica completa sem a Cebola Podre! Como o GB em tempos anunciou, reina a hipocrisia para com o merdoso vendido, quando este deixou claro que estava no Dragay por tinha sido a vontade do empresário para ganhar algum, porque ele até tinha ficado na Luz onde deixara amigos e bons momentos. E ao saberem, como o Merdeles e o Burro Fu Alves, que ele ganhava pró dobro deles... foi um fartar vilanagem.

Confusão suficiente no mercado do Bolhão de Merda? Nada disso! Há por lá um ex-lagarticha de quem se diz estar em cura de substâncias não autorizadas e mais frequentemente encontradas nos "agarradinhos" do Casal Ventoso, talvez por isso a lesão tão prolongada, súbita e por explicar se continua a intrigar muita gente... menos os corruptos avençados da imprensa desportiva.

Para terminar, o maravilhoso e incrível Flop dos 100M€ continua a ouvir dos colegas que ele precisa de uma bola só para ele e que se quer jogar sozinho, que o faça porque os demais não vão correr para ele andar a mandar-se para o chão com o vento.

Juntamente com isso, o tio Juju Bebedeira continua a deixar no "banquillo" o Bellaxuxa e o ValeriaZero e dá tempo de antena a gajos como o Guaxini ou o Merdiano Gonzalez que simplesmente tiram do sério qualquer andrade.

Depois do Cotonette andar a chamar cretinos aos sócios da OSGA e do espectro de termos como adversários gurus como o Soco Pinto ou do Luis "Fazias Fazias" Lobo... só mesmo saber deste granel que anda pelo Gayniário do Dragay (tal qual um mercado do Bolhão em dia de saldos) me poderia deixar ainda mais contente.

1 comentários blogger

  1. Eheheheheh...excelente.

    O muro de Berlin também caiu e as corrupções dos CORRUPTOS, terão também os dias contados.

    Convém ir guardando na geladeira, o melhor espumante Francês para se comemorar...penso eu de que.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares