O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Sporting precisa de 44 milhões para evitar falência (JN)

Avatar
 ●  + 63 comentários  ● 


Qual o destaque que esta notícia está a ter na comunicação social??? Quase nenhum! 

noticia do Jornal de notícias (Versão papel): 

A Sporting SAD deverá decidir hoje em assembleia-geral a entrada de dinheiro fresco no montante de 44 milhões de euros para evitar a falência, dos quais 18 milhões serão através de um aumento de capital e 26 milhões por via de suprimentos provenientes das mais-valias geradas pela venda de João Mário ao Inter de Milão e de Slimani ao Leicester, apurou o Jornal de Notícias junto de fontes da SAD. 

 Estas duas operações terão de ser feitas obrigatoriamente durante este ano desportivo e sem as quais o Sporting será forçado a dissolver a sociedade anónima desportiva com efeitos nefastos para todos os acionistas, começando pelo próprio Sporting, que detém no total 64% da sociedade, da Holdimo, a empresa do angolano Álvaro Sobrinho, com 30%, e da Olivedesportos (3%). A SAD do Sporting será obrigada a aumentar o seu capital social dos atuais 67 milhões de euros para 111 milhões para conseguir ultrapassar a situação prevista no artigo 35.º do Código das Sociedades Comerciais em que o ativo representa a menos de metade do passivo. 

A consultora PwC, que certificou as contas da Sporting SAD relativas ao último exercício terminado em junho, chama a atenção que os leões apresentam um capital próprio negativo no montante de cerca de 25 milhões de euros, um prejuízo de 31,9 milhões de euros e um passivo corrente superior ao ativo corrente em 79,2 milhões de euros. Perante esta situação, o Sporting vai fazer um aumento de capital de 18 milhões de euros a realizar por entradas em dinheiro, sendo que será o presidente Bruno de Carvalho a liderar a operação junto de investidores de referência selecionados e sem que os atuais acionistas tenham direitos de preferência, segundo informação fornecida no relatório e contas de 2015/2016. 

Fonte próxima dos leões afirmou ao JN que a entrada de novos acionistas está ainda a ser negociada e que o aumento de capital previsto pode não ser feito todo de uma vez, conforme uma autorização dada pela assembleia geral em 2013 ao conselho de administração, que poderá proceder a um ou mais aumentos do capital social até ao montante dos 18 milhões de euros. A mesma fonte explica que o montante de 26 milhões para completar os 44 milhões em falta não será feito com a entrada de dinheiro fresco, mas através de suprimentos das vendas de João Mário e Slimani, que rendeu à SAD 54 milhões de euros já nesta época desportiva. 

Esta é uma questão que não parece preocupar a administração liderada por Bruno de Carvalho uma vez que está convicta que,com linhas orientadoras já anteriormente anunciadas, sustentado e assente no projeto de reestruturação financeira já implementado e tendo em consideração os factos subsequentes, como a venda de jogadores já neste ano desportivo, permitirão à SAD criar valor, gerar lucros e sair da situação de perda de metade do capital em que se encontra. 

Link da notícia online: http://www.jn.pt/desporto/interior/sporting-precisa-de-44-milhoes-para-evitar-falencia-5417939.html


O Sporting é que está super bem!!!  O Clube com "pujança financeira" e que "não precisava de vender ninguém no verão"

Ainda esta semana o Rui Santos, no Tempo Extra da SIC Noticias, tentou comparar o Passivo da Sporting SAD + Sporting SGPG + Sporting Clube + VMOC's do tempo dos antigos Presidentes, com apenas o Passivo da Sporting SAD de Bruno de Carvalho

Se o valor baixou é porque devem estar tudo bem, pelos lados de Alvalade! :)



Para Rui Santos, da SIC Notícias, o Passivo do Sporting Clube + Sporting SGPS +  VMOC's não interessa a ninguém

Se essas Responsabilidades estão "escondidas" ... é porque se calhar os credores não se irão "lembrar" que esse Passivo existe, ou então não! :)

O fantasma Garay continua a assombrar o Benfica.

Avatar
 ●  + 55 comentários  ● 
"No verão de 2014, durante o Mundial do Brasil, chegou uma oferta do Bayern de 20 milhões de euros que coloquei na mesa do Benfica. Para o jogador também era uma proposta economicamente muito interessante, superior à do Zenit". - Notícia completa em Record.

A venda de Garay continua a vir lembrar várias vezes o péssimo negócio realizado pelo Benfica aquando da sua saída.

E nem a desculpa de que iria sair a custo zero no final da temporada servia pois entre sair por 2.4M e a custo zero que saísse a zero mas cumpria a temporada. E ao contrário de outros, nunca Garay deixou que divergências pessoais afectassem o seu rendimento em campo. Foi sempre irrepreensível.

O caso Garay é apenas um em tantos negócios duvidosos realizados com o eixo Zenit-Monaco-Valência-Atlético Madrid. 

Jogadores que só saíam pelas claúsulas mas que depois acabam por sair por valores inferiores e a pagar a perder de vista. 

Jogadores que interessavam ao Benfica como Siqueira mas que Vieira não exerce o direito de opção para o jogador depois...ir para o Atlético de Madrid. E ainda hoje continuamos sem um defesa esquerdo de qualidade.

Jogadores comprados a peso de ouro ao Atlético de Madrid e que nem um ainda serviu para ser revendido por um preço superior. Só em Pizzi, Salvio e Jimenez estão gastos praticamente 50 milhões de euros. 

Olhando para o panorama mundial, Garay continua a ser um dos melhores centrais a jogar. Rendimento constante, fiável e com hábitos de vida que lhe permitem manter-se focado na carreira. Um jogador à Benfica.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Que tenha servido para perceber quem são aqueles com que se pode contar

Avatar
 ●  + 42 comentários  ● 
Poderemos sempre invocar atenuantes (e elas existem sem dúvida alguma), mas é um facto de que este Benfica versão 2016/17 até ao momento tem jogado muito poucochinho.

E nem sequer poderemos falar num início de época difícil. O mais difícil que houve até ontem chama-se Braga, num jogo que vencemos mas que, em abono da verdade, estivessem os Deuses da fortuna contra nós, o resultado poderia ter sido bem diferente.

Falemos do Chaves na semana passada, e mais uma vez aconteceu uma vitória num jogo em que estivemos muito longe de poder dizer que dominámos em toda a linha, e em que mais uma vez a sorte nos favoreceu em alguns momentos.

Temos dois pontos perdidos em casa contra o Setúbal num jogo que tínhamos de ter ganho...

E na Liga dos Campeões, convenhamos, dois pontos perdidos em casa contra o Besiktas não podiam ter acontecido, e esta derrota em Nápoles, não sendo uma derrota que não se possa aceitar, provou apenas que cometendo os mesmos erros que já temos vindo a cometer contra equipas mais pequenas, quando acontece contra as grandes equipas os resultados podem ser desastrosos.

Mas pegando no jogo de ontem, e muito longe de mim vir fazer aqui uma dissertação de tática (coisa que não sei fazer), há coisas que saltam à vista:

Em primeiro lugar, Júlio César... Falhou em toda a linha... Num jogo em que mesmo a perder 1-0 estivemos sempre dentro do jogo, quem nos colocou realmente fora do jogo foi Júlio César... e contra erros individuais daquele calibre, convenhamos, não há treinador que nos possa valer...

A defesa... Está bem longe de dar garantias neste momento... A meter água em alguns jogos de consumo interno mas, a nível europeu as insuficiências acentuam-se... Não chega ter bons laterais a fazer coisas bonitas lá à frente, se quando é para defender estão bem longe de mostrar a consistência que se pede... Chega a dar a sensação que para ganharmos bolas lá atrás só mesmo por antecipação e tudo o que é bola dividida é ganha pelo adversário!

Quando uma defesa chora desesperadamente pelo regresso de... Jardel, o patinho feio para tantos... para ver se estabiliza, está tudo dito...

No miolo confirma-se o potencial de Horta, mas confirma-se também que não é um miúdo que devesse ter iniciado a época como titular indiscutível e sobre os ombros do qual toda a responsabilidade recai... Tem de crescer e vai crescer seguramente, mas talvez não tenha sido de bom tom obriga-lo a crescer num ambiente em que já não pode falhar por não ter as costas protegidas...

Poderia ser Danilo esse jogador capaz de dividir a responsabilidade da camisola 8 com Horta mas, o facto de nem na Liga dos Campeões estar inscrito faz-me duvidar de toda a estratégia...

Confirma-se também que defensivamente a equipa paga caro o facto de Horta não ser tão efectivo como Renato Sanches quando a equipa perde a bola... Fejsa joga muitas vezes sozinho!

Célis não convence até ao momento, Pizzi no centro é solução que o ano passado não resultou... Samaris também nunca convenceu ninguém, e é o que há...

Quando não há Horta a 100% o jogo não estica... E muito menos irá alguma vez esticar com André Almeida e Fejsa no centro (isto não é meio campo de equipa grande e de quem vai a Nápoles para jogar à bola!) E não é preciso ter grande memória para lembrar o início de época do ano passado, em que o jogo também não esticava até chegar Renato Sanches, e o quão caro pagámos por isso...

Este Benfica, olhando para aquilo que é o nosso modelo de jogo desespera pelo regresso de Jonas ou Rafa... Sem nenhum dos dois em campo e com um miolo tão estático como o nosso, não há forma deste miolo esticar o jogo e arrastar marcações de modo a colocar os extremos com espaço para correr e em situação de 1 para 1...

Ah e tal que Carrilho jogou pouco (e de facto jogou, e pior que isso é parecer que está em campo a fazer-nos um favor), mas verdade se diga, quantas vezes a bola chega aos extremos em condições de os fazer ganhar um lance em velocidade? Muito poucas...

Vê-se Brian Ruiz no Sporting a jogar a passo, e aparece mais vezes este jogador solto em condições de desequilibrar do que qualquer extremo do Benfica...

Mesmo Sálvio, caramba, tem jogado mal e coiso e tal mas no Benfica parece que jogo se faz a partir das linhas quando devia estar a ser feito a partir do meio para depois colocar os extremos em jogo em condições de partir rápido para cima do adversário... A lógica está invertida...

É uma critica que faço a Rui Vitória? Talvez sim em função do que tenho visto... Mas também não acredito que Rui Vitória seja estúpido e não tenha já percebido a realidade, o que acho é que ele mesmo não tem forma de suprir nesta altura a falta de Jonas (e Rafa) que viria resolver grande parte destes problemas que se notam... Tem tentado com Guedes mas, sem grande sucesso até ao momento...

Razões para desesperar? Claro que não! Em primeiro lugar porque a atitude e a vontade estão lá e, mesmo jogando mal fomos capazes de atravessar este período difícil de lesões a limitar os danos e sem colocar em causa nenhum objetivo coletivo da época...

E em segundo porque acredito piamente que Jonas e Rafa levarão esta equipa para patamares exibicionais bem mais elevados, e que Rui Vitória tem sido vítima de já ter tentado Cervi, Guedes e Pizzi naquela posição fulcral do modelo de jogo da equipa e nenhum ser capaz de fazer o que esta precisa...

Que o jogo de ontem tenha servido para Rui Vitória fazer de Ederson titular indiscutível... Que tenha servido também para perceber que Carrilho tem de lutar muito mais para merecer estar em campo sequer...


Maus jogos acontece a todos... Mas também é nos maus jogos que se percebe quem são aqueles com que se pode contar. 

"Prémios morais"? Não obrigado.

Avatar
 ●  + 42 comentários  ● 

Todos concordamos que foi uma noite infeliz do Benfica a vários níveis e que provavelmente não se repetirá tão depressa.

Que com os lesionados recuperados a coisa poderia ter sido diferente.

Que se tivéssemos aproveitado uma das duas oportunidades iniciais seria um jogo completamente diferente. Se,se,se…

Que o Benfica no ano passado regressou a exibições na Champions mais de acordo com o historial glorioso do clube e por isso custa ainda mais ver o clube encaixar 4 golos e regressar por momentos a um passado recente de vergonhas na Europa, que aliás tem sido o normal desde que Vieira pegou no clube, com a excepção das campanhas na segunda divisão, a Liga Europa. Mas afinal até o Braga conseguiu ir a uma final dessa e o Sevilha anda a mandar como quer também nessa competição.

O que já mete nojo é a conversinha de festinhas no lombo que agora passaram a ser moda entre alguns comentadores.

Quando leio coisas como “realçar a reacção dos jogadores perante o resultado” ou enaltecimento do “brio profissional” perante a adversidade dá-me náuseas.

O nosso clube é o Sport Lisboa e Benfica. Um dos clubes no mundo com maior impacto, visibilidade e massa adepta. Tem mais de 100 anos de história.

Os nossos jogadores são dos mais bem pagos em Portugal e têm da parte do clube condições muito boas para exercer a sua profissão.

Será que não esperamos que se entreguem sempre com o máximo do seu esforço? Que se empenhem sempre a 100% mesmo perante adversidades? Que suem a camisola até ao apito final? Ou afinal só recebem salários milionários para brilharem frente aos “Cascalheiras” do campeonato português?

Até já li que Júlio César deveria continuar a titular para encorajar o rapaz. Mas está tudo louco? 
Estamos a lidar com meninos ou com profissionais de alta competição? Errou? Aguente-se e faça por mostrar que não se vai repetir treinando nos limites. É válido para qualquer jogador.

Quem não tiver estaleca para aguentar a pressão e a exigência de estar no Sport Lisboa e Benfica que faça as malinhas e vá embora. No Benfica, apesar do que alguns querem, a exigência é constante e a pressão até é válida para jogos a feijões.

Mas "prémios morais" quando se leva 4 golos é que não. Isso pode ser desculpável em clubes regionais ou com objectivos reduzidos. No caso do nosso Benfica, o clube entra sempre para ganhar. Sempre. 

Entende-se que foi uma noite daquelas. Mas uma derrota com 4 golos sofridos e uma exibição sofrível não tem espaço para elogios. 

Nota: Parabéns aos miúdos que foram impedidos de crescer no Benfica e que triunfam noutros clubes pela convocatória para a selecção nacional. Que continuem a evoluir como merecem. 

Para a Champions não chega qualquer coisa.

Avatar
 ●  + 116 comentários  ● 
Ao mais alto nível e com equipas mais fortes, não chega ter boa imprensa ou achar-se que as coisas irão sempre correr bem.

Perder em Nápoles nunca seria um resultado trágico mas perder assim expõe em demasiado as fragilidades do plantel.

É inevitável começar por Júlio César. A sua exibição foi má demais. Não se compreende como um GR com a sua experiência e qualidade tem uma noite assim. Face às exibições que vinha realizando esta temporada fica difícil explicar o que sucedeu. Mal nos 4 golos sofridos. Muito mal. Colocou o tapete vermelho para Ederson assumir a titularidade.

Rui Vitória apostou na sua experiência e conhecimento prévio do ambiente do San Paolo. Falhou essa aposta.

Mas as insuficiências para a exigência de uma Champions não ficam por aqui. 

Lisandro vem descendo de produção jogo após jogo. Quantas vezes não disse que era preciso contratar um central de qualidade e experiência para ser o parceiro de Lindelof e fazer face à dificuldade da Champions? Muitas. 

André Horta está ainda em crescimento e ainda não tem a intensidade e qualidade para assumir a este nível. O tal 8 que não contratamos também fez falta.

Pizzi...já nem tenho palavras. Um zero. 

Carrillo teve cerca de 15 minutos prometedores mas depois desapareceu. Preferia que Gonçalo Guedes tivesse sido o escolhido em vez dele. Carrillo tem que fazer muito mais para justificar estar no Benfica.

O resto da equipa esteve menos mal que os outros mas ninguém se pode limpar totalmente deste resultado com Rui Vitória à cabeça.

Gonçalo Guedes entrou bem e marcou um golo fantástico. Salvio esteve na sua praia que é jogar pouco mais que 20 minutos. Marcou também um bom golo.

Vir com a demagogia do Seixal ou de que tudo se resolve sempre com a boa vontade de Rui Vitória em comer tudo o que Vieira lhe dá não serve lá fora. Pode resultar cá dentro com o nosso fraco campeonato mas ao mais alto nível não chega.

Rui Vitória abriu os olhos no ano passado e passou a jogar e a escolher jogadores à sua maneira. Valeu-lhe uma boa Champions e um título de campeão nacional. Espero que o torne a fazer agora. Estamos bem a tempo de salvar tudo. Vão voltar os lesionados e serão uma boa adição ao grupo. 

AOM Rui!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Nápoles - Sport Lisboa e Benfica.

Avatar
 ●  + 92 comentários  ● 

Ederson ou Júlio César? Salvio ou Pizzi na direita? Cervi ou Gonçalo Guedes? Lisandro ou Luisão? 

Que equipa escolheria para jogar no difícil campo do Nápoles?

Hoje festeja-se uma notícia de jornal!!

Avatar
 ●  + 16 comentários  ● 
"O FC Porto comemora esta quarta-feira o seu 123.º aniversário, com um programa que terá como ponto mais simbólico a cerimónia pública do hastear da bandeira." - O Jogo.

O clube que até 1987 festejava a sua fundação a 2 de Agosto de cada ano, homenageando o seu legítimo fundador José Monteiro da Costa, hoje festeja a data inventada por Pinto da Costa.

Como não há qualquer documento, acta ou prova de que o tal Nicolau fundou o clube em 1893, toca a usar como data de fundação a data de uma notícia de jornal! Sim, a data de fundação do FCP dos dias de hoje é a data de uma notícia de jornal: 28 de Setembro de 1893.

O tal jogo nunca se realizou. O que aconteceu foi um jogo em cidades, Lisboa vs. Porto, a 2 de Março de 1894. Cada cidade levou uma selecção de jogadores dos clubes da cidade. Também aqui Pinto da Costa mente descaradamente quando aponta este jogo como o primeiro do FCP.

O tal fundador inventado por Pinto da Costa nem sequer foi nunca sócio do FCP. Aliás, a publicação "História do FC Porto" publica a lista dos primeiros 100 sócios do clube:



Então o fundador, primeiro presidente e grande obreiro do clube que é fundado em 1893 mas só tem actividade registada a partir de 2 de Agosto de 1906, não consta na lista? 

José Monteiro da Costa faleceu aos 29 anos em 1911. O clube continuou a homenagear o seu legítimo fundador. O fundador inventado por Pinto da Costa viveu até 1948. Nunca durante todos esses anos Nicolau foi sócio do FCP, reivindicou o seu direito de fundador ou primeiro presidente. Nunca se envolveu ou se indignou com o facto de estarem a festejar 2 de Agosto como data de fundação ou estarem a considerar Monteiro da Costa como primeiro presidente!


A placa de 1963 colocada na campa de Monteiro da Costa não deixa dúvidas a ninguém.

Portanto, hoje os portistas corruptos, vigaristas e aldrabões festejam a data...de saída de uma notícia num jornal de Lisboa. Que palhaços!!

Nota: Um artigo completo sobre o tema no EDDB.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

EXCLUSIVO: Sporting com 529,9M€ de "Passivo" e Benfica com 470,3M€ de Passivo

Avatar
 ●  + 119 comentários  ● 
Quanto ao Sporting Clube de Portugal:

Fonte: Relatório e Contas do Sporting Clube Portugal (2012/2013)




É sabido que o Sporting  apresentou mais de 577M€ de Passivo, em todas as suas Empresas, no último Relatório e Contas do Sporting Clube Portugal 2012/2013, conhecido publicamente (Ver link), relativo ao exercício económico que terminou a 30 de Junho de 2013, e que dizia respeito à altura em que Bruno de Carvalho entrou no Sporting, como Presidente do Sporting Clube Portugal.

Desde essa altura, o Passivo total de todas as empresas do Sporting Clube Portugal voltou a ficar "escondido" para o público em geral, apesar de o Sporting afirmar que é dos poucos que "apresenta" Contas Consolidadas. Isso é Falso! Neste momento, o Passivo+VMOC's da Sporting SAD está nos 249,3M€ + 127,9M€, e sabe-se isso porque são obrigados a apresentar essa informação na CMVM, ou seja as responsabilidades totais da Sporting SAD são de 377,2M€ (Passivo+VMOC's). O Problema é que a Sporting SGPS está "escondida"!

Com a reestruturação do Grupo Sporting, que aconteceu durante o mandato de Bruno de Carvalho, a Sporting Património e Marketing SA passou para a esfera da Sporting SAD (ver Link), mas poderão continuar a existir mais de 152M€ de Passivo na Sporting SGPS, que não terão sido pagos! Essa informação foi "escondida" por Bruno de Carvalho, e por isso não se sabe ao certo o Passivo actual da Sporting SGPS!

Se somarmos aos 377,2M€ de Passivo + VMOC's da Sporting SAD, os 152,7M€ que a Sporting SGPS poderá continuar a ter, é fácil de perceber que o Sporting neste momento poderá apresentar  529,9M€ de Passivo+VMOC's, em termos consolidados, no total de todas as Empresas do Grupo Sporting.

Para agravar a situação, o Activo de todas as Empresas do Sporting poderá ser inferior a 285M€, já que, por exemplo a Sporting SAD (incluindo neste momento a SPM - Sporting Património e Marketing) apenas tem 224,3M€ de Activo, informação apresentada este mês à CMVM (Ver link)!

Ou seja, o Sporting nas suas empresas, continua com um "buraco financeiro" superior a 245M€, já que tem de se considerar o ACTIVO TOTAL e o PASSIVO TOTAL + VMOC's de todas as Empresas do Grupo Sporting!

Considerando que o Activo de 59,7M€ que estava nas diversas Empresas de Promoção Imobiliária continua no Grupo Sporting, algo que se desconhece, já que as empresas foram dissolvidas (ver link), e considerando a existência do Passivo de 152,7M€ da Sporting SGPS, algo que também se desconhece,  pode-se "estimar" que, o Sporting poderá ter os seguintes números:

ACTIVO (Todas as Empresas):  284,0M€
PASSIVO + VMOC's (Todas as Empresas): 529,9M€
"CAPITAL PRÓPRIO" (Todas as Empresas): - 245,9M€


Um dos poucos aspectos que Bruno de Carvalho conseguiu melhorar nestes 3 anos, está relacionado com os 20M€ que a Sporting SAD tinha em dívida para com o Angolano Álvaro Sobrinho (ver link), Passivo que foi convertido em Acções da Sporting SAD, e essa operação permitiu diminuir ligeiramente o Passivo Total das Empresas do Sporting, face a 2013, mas para que isso tivesse acontecido, o Angolano passou a ser "dono" de 29,9% da Sporting SAD!

Apesar desta última operação, o "Capital Próprio", considerando as responsabilidades com VMOC's, continua muito negativo! 

O "Buraco Financeiro" continua a ser preocupante, e por isso é que Bruno de Carvalho (Presidente) e Carlos Vieira (Vice-Presidente para a área financeira) continuam a esconder as contas "consolidadas" do Sporting!


E a grande questão que importa colocar sobre o Sporting é a seguinte:

PORQUE ESTÁ "ESCONDIDO" O PASSIVO da SPORTING SGPS???



Quanto ao Sport Lisboa e Benfica:

Fonte: Relatório e Contas Consolidado do Sport Lisboa e Benfica (2015/2016)


As famosas contas "consolidadas" do Sport Lisboa e Benfica ... que supostamente não existiam segundo Bruno de Carvalho (Presidente) e Carlos Vieira (Vice-Presidente para a área financeira) ... afinal existem! 

Ao contrário da Sporting SGPS, o Passivo da Benfica SGPS é de apenas 9 mil euros! Ou seja, no Benfica ninguém anda a "esconder" milhões de Passivo na SGPS, como acontece no Sporting!

E imagine-se ...  todos os sócios do Benfica conseguem saber que a 30-06-2016 (Pág. 94 do Relatório e Contas CONSOLIDADO do Sport Lisboa e Benfica 2015/2016), o Benfica tem:

ACTIVO (Todas as Empresas): 491,4M€
PASSIVO (Todas as Empresas): 470,3M€
CAPITAL PRÓPRIO (Todas as Empresas): +21,1M€


Os sócios do Benfica também conseguem saber que 96% do Passivo de todas as Empresas do Benfica está registado na SAD, sociedade que tem Relatório e Contas publicado na CMVM! 

No Benfica ninguém anda a "esconder" Passivo, como acontece no Sporting e na sua Sporting SGPS!


Face a esta análise, pode-se concluir que:
O Sporting poderá ter um PASSIVO+VMOC's superior ao Benfica! (SCP: 529,9M€ vs SLB: 470,3M€)
O Sporting poderá ter um SALDO (Capital Próprio+VMOC's) muito pior do que o Benfica (SCP:-245,9M€ vs SLB: +21,1M€)


Como nunca pretendo ser injusto com ninguém, e de forma a que esta comparação do Passivo + VMOC's de Benfica VS Sporting possa estar o mais actualizada possível, lanço o desafio público a Bruno de Carvalho (Presidente) e a Carlos Vieira (Vice-Presidente para a área financeira), para que tenham a "coragem" de apresentar publicamente o Activo e o Passivo+VMOC's de todas as Empresas do Sporting, incluindo a Sporting SGPS, informação que consta do Relatório e Contas Consolidado do Sporting Clube de Portugal - 2015/2016!

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Em poucos dias, DSO desmente-se a si próprio.

Avatar
 ●  + 132 comentários  ● 

"“Não há nenhuma necessidade específica para andar a vender jogadores em janeiro”, afirmou Domingos Soares de Oliveira, referindo-se à reabertura de mercado de transferência que vai ocorrer no início de 2017." - SAPO a 21/09/2016.

Soares Oliveira: "Provavelmente teremos de concretizar duas vendas" de jogadores". - Jornal de Negócios a 25/09/2016.
Se puxarmos pela memória, lembramos a promessa de DSO sobre não precisarmos sequer de vender os melhores jogadores. 

Ou seja: o que interessa é ir empurrando a realidade com a barriga e dizer o que for mais agradável ao ouvido dos adeptos em determinado momento.

A situação financeira do Benfica é cada vez mais um labirinto criado por DSO para não se encontrar o fio à meada. As promessas sobre diminuir o endividamento e melhorar a capacidade financeira do Benfica até agora falharam todas.

Deve-se tudo e mais alguma coisa e nem o estádio está ainda pago ao contrário das promessas de Vieira. 

O que há sim é uma procura ávida de receitas mas que acabam por não se refletir no desafogo do Benfica. Até o contrato da NOS, apresentado com tanta pompa, afinal agora está dependente da boa vontade da NOS pois se as tais clausulas existissem legalmente seria simples activá-las.

É fácil manipular ou mascarar números em R&C's. Mas a realidade do dia a dia não se compadece dessas artimanhas. E até agora no Benfica parece estarmos a encher um poço sem fundo com novas fontes de receita. Cada vez mais preocupado com isto.

Entrevista completa de Domingos Soares de Oliveira à Antena 1/Jornal de Negócios

Avatar
 ●  + 62 comentários  ● 




Algumas notas importantes da entrevista:

- Em principio teremos novo empréstimo Obrigacionista em 2017, mantendo sempre 3 empréstimos Obrigacionistas em cada triénio, intercalados por 1 ano.
- Vamos reduzir os empréstimos bancários, ficando cada vez menos dependentes da banca.
- Não vai existir antecipação de receitas da NOS, via factoring.
- Mantém-se o objectivo de alcançar 1 ano de facturação total do Grupo Benfica (SAD + Clube) a equivaler ao Passivo "financeiro" total do Grupo Benfica (empréstimos bancários, emp. obrigacionistas, factoring, etc). Neste momento esse objectivo está em 236M€ vs 310M€. Até final do próximo mandato (2020) é expectável que esse objectivo seja alcançado.
- Naming do estádio continua a ser negociado a nível internacional. A médio ou longo-prazo talvez existam novidades.
- Não existirá aumento de capital da SAD por via de VMOC's, porque o Benfica quer continuar a manter a maioria do capital, e essa operação representa o risco de perda da maioria do capital.
- Aumento da quotizações dos sócios, sem aumento das quotas individuais, por via do aumento dos sócios. Quotas familiares estão a ser analisadas.
- A BTV terá uma redução de custos a rondar os 50% esta época, por via do menor investimento nas ligas internacionais.
- A política de contratações continuará essencialmente a visar jovens com elevado potencial, que possam render em termos desportivos e em termos económicos.
- A dimensão do mercado Benfica é praticamente o dobro de Sporting e Porto, de acordo com os estudos que patrocinadores e operadoras de telecomunicações têm realizado. 
- Benfica espera que a NOS respeite o acordo assinado, e realize a renegociação do contrato com o Benfica, devido à clausula de salvaguarda existente no contrato, face a valores dos rivais.
- Este ano espera-se que a facturação voltará a aumentar, mantendo o mesmo nível de lucro da época anterior. Cerca de 90% dos proveitos operacionais já estão assegurados. Será necessário superar os 81M€ de mais-valia em venda de jogadores, e é expectável que sejam vendidos pelo menos 2 jogadores até final da época. Mais de 60% da facturação total já vem do exterior.
- Quem tem maior dificuldades em pagar, tem tido maior tolerância por parte da banca. Existiu perdão de dívida, por via das VMOC's, e sugeriu que se analisasse quanto é que os 3 grandes pagam em termos de juros. De forma indirecta, comparou o Sporting à Grécia, em termos financeiros.


Inácio, segue o Dias Ferreira...

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 
...e sai da televisão.

Se Ricardo Costa estava à espera de uma desculpa para dispensar Inácio do "Playoff" hoje o portista mascarado deu-se à morte.

O que ele tem feito a João Alves semana após semana é miserável porque é literalmente mentira.

Um grande abraço de solidariedade a João Alves.

domingo, 25 de setembro de 2016

Ainda bem que Rui Vitória não vos ouve...

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 

Para muitos benfiquistas, a foto acima representa o plantel do Benfica: Máquinas! Vê-se uns jogos, uns videos no youtube, tem-se uma ideia do que vale cada jogador... e depois "exige-se" os nomes joguem.

Dois exemplos: Danilo, Carrillo e Zivkovic. Três excelentes jogadores, sem dúvida.

Porém, infelizmente, não fazem parte do exercito da foto e por isso não bastam quatro ou cinco lances bem feitos quando entram em campo, um ou dois treinos bem feitos e já não estar lesionado para serem opção para titulares.

Rui Vitória, felizmente (e talvez seja esse o segredo do sucesso) nunca atamancou a entrada de jogadores na equipa, nem os manda lá para dentro apenas porque o nome é de alguém que, em tempos, justificou ser titular.

O Shadows está muito espantado que um jogador que esteve dois meses lesionado quando regressou, antes disso, de mais de seis meses sem jogar, não seja ainda opção para Rui Vitória.

Outros adeptos ficam muito espantados que a crescente dinâmica do Carrillo ainda não lhe tenha valido a titularidade.

Eu, por enquanto, limito-me a observar a inteligencia com que Rui Vitória escolhe os momentos para lançar os jogadores, pois habitualmente eles não entram "porque sim" ou porque estão disponíveis. Habitualmente os jogadores, com Rui Vitória, quando chega o momento de serem aposta, entram para não mais sair, entram conhecendo perfeitamente as ideias do treinador e da equipa... e com todas as condições físicas para poderem triunfar.

Dito isto, quando Danilo regressar terá que esperar... Carrillo de jogo para jogo aparenta estar com uma dinâmica crescente e Zivkovic irá fazer o mesmo caminho. Se tudo correr como Rui Vitória aparenta estar a antecipar, chegaremos perto dos momentos decisivos da temporada com estes dois jogadores a serem "donos" das alas esquerda e direita do Benfica... e a partirem a loiça toda!

sábado, 24 de setembro de 2016

Quem tem Mitroglou...

Avatar
 ●  + 92 comentários  ● 
...arrisca-se a marcar mesmo quando não faz um jogo brilhante.

De facto, o Benfica não fez um jogo bonito contra um Chaves bem organizado e muito venenoso no contra-ataque.

E o Benfica pode agradecer à sorte não ter ido para o intervalo a perder.

Salvio não sai da equipa nem à lei da bala. É um zero em campo. 

Grimaldo, o tal que inventaram que o Guardiola tinha cá vindo vê-lo, é excelente a atacar. O problema é que a defender continua fraco. Foi pelo seu lado que o Chaves atacou quase sempre. Era o seu lado que estava sempre aberto com Fejsa a ter que vir sempre fechar.

Pizzi, por muito que o queiram cobrir de ouro, continua a ser um jogador mediano e caro. Lances de bola parada são inofensivos e falha passes a torto e a direito.

Fejsa continua a ser fundamental. 

Não se entende porque o craque Zivkovic continua a não ser utilizado.

Os parabéns a Rui Vitória que passa uma mensagem de autocontrole e inteligência que está a fazer escola em Portugal. Falta a equipa começar a jogar melhor futebol, mas se acabar como hoje nãome importo nada que a nota artística vá para os vencedores morais. :)

Ainda diziam que dar 7Mpor Mitroglou era demasiado...

Quanto custou o Pizzi, mesmo?

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Há uns tempos havia por aí um "Aqui Del Rei" por causa do valor do Pizzi que teria custado 14M€ ao Benfica pela totalidade do passe. Bom, eu diria que um jogador que já fora tão importante na época passada e tem sido absolutamente fundamental nesta temporada... acaba por sair barato.

Poucos gostam do jogo do português, mas na realidade o Pizzi tem sido absolutamente vital e marcado a diferença nos equilibrios da equipa, sendo até decisivo na finalização e assistências. Perto de outros, 14M€ é uma pechincha!

Sem me alongar, gostava de dar os parabéns a um excelente treinador português que tornou difícil a missão de um Benfica, que apesar de muito desfalcado é o líder do campeonato. Excelente surpresa este Chaves de Jorge Simão. Muito bem...

Quanto ao nosso treinador, que mais dizer sobre o homem? A jogar a liderança do campeonato, com um golo mal anulado pelo caminho, sem perder o norte quando o adversário criou perigo no contra-ataque... e com um plantel desfalcado de nada mais nada menos de 4 ou 5 titulares, ou seis se quiserem ter em conta o Jimenez também!

Nunca ouvimos o Rui Vitória lamentar-se das ausências, numa usou as ausências para justificar o menor rendimento da equipa em alguns momentos do jogo... zero! Simplesmente irradia confiança no plantel e descobre soluções sem vergonha de lançar jovens para o campo, como hoje ia fazer antes do 1-0 quando já se preparava para meter o José Gomes (17 anos) para tentar ganhar o jogo.

Fantástico! #RUMOAO36

Chaves - Benfica.

Avatar
 ●  + 18 comentários  ● 
Onze oficial do Benfica: Ederson; Nélson Semedo, Lindelof, Lisandro e Grimaldo; Fejsa, André Horta, Pizzi e Salvio; Gonçalo Guedes e Mitroglou.

Suplentes: Júlio César, Luisão, André Almeida, Celis, Carrillo, Zivkovic e José Gomes.

Estádio do Dragão, anos 90 em 2016.

Avatar
 ●  + 29 comentários  ● 
"«Jogar contra onze é complicado, contra mais é ainda mais difícil. Vamos continuar este nosso trabalho de formiga. Todos são inteligentes para perceber, não é preciso de dizer nomes. A educação que tenho ainda me permite um pouco de paciência para certas coisas mas tudo tem limites», limitou-se a dizer à Sport TV no final do encontro." - A Bola.

Desde que divulgamos, em primeira mão, os nomes do Conselho de Arbitragem propostos por Fernando Gomes avisamos que este ano seria o regresso a um sistema que vimos tantas vezes no passado.

O que se passou na noite de sexta no Dragão foi mais um exemplo de um jogo manipulado habilmente para beneficiar os do costume.

O penalty a beneficiar o FCP, que só mesmo a favor do clube do Apito Dourado é que seria marcado com aquela facilidade, bem como o penalty escandaloso surripiado ao Boavista bastariam para ilustrar a vergonha que se viu no Dragão. 

Mas todo o condicionamento dos jogadores do Boavista com o "empurrão" de faltas marcadas num só sentido fez o resto.

E no fim...bem lá apareceu um lance pródigo em jogos do FCP: o "deslize" do guarda redes que selou a vitória. Certamente foi um azar como em tantas outras ocasiões...

A escolha do "banana" Fontelas e do "escolhido a dedo" Paulo Costa levará ao colo o FCP sempre que for possível, já que a equipa banal como é pouco mais conseguirá que exibições medianas.

Os palhaços da comunicação de Benfica e Sporting que continuem empenhados em medir "as pilinhas". Não se preocupem com os jantares regulares em Matosinhos ou em Espinho. 

Repetir que na FPF está o ex-director financeiro do FCP no período do Apito Dourado, que o seu braço direito tem a alcunha de "Cachecol do Porto", que quem manda na arbitragem foi escolhido pelo tipo que insistem dar como morto todos os anos e que todos juntos mandam no essencial do futebol em Portugal não é ser chato. É lembrar que nem todos apoiam corruptos, ex-corruptos ou tipos que arranjam bilhetes a António Araújo para levar as "deusas" ao futebol ver o FCP. 

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Os Milhões da formação e do Caixa Futebol Campus

Avatar
 ●  + 30 comentários  ● 
Fonte: Jornal Record (Primeira grande "fornada" do Caixa Futebol Campus).

Após o 10º Aniversário do Caixa Futebol Campus, apraz-me registar que 6 jogadores já renderam 116,75M€, e com os objectivos a alcançar de Renato Sanches e André Gomes, é possível que o valor se aproxime dos 150M€, pelos 6 jogadores que foram vendidos nos últimos 3 anos (2014 a 2016).

- Confirma-se o que escrevi em 2014. As vendas por 15M€/Cada das primeiras vendas da formação seriam uma "pechincha", e "dentro de 2 ou 3 anos valeriam o dobro". Na altura, muita gente ficou escandalizada pelo facto de o Benfica vender jogadores da equipa B por 15M€. Agora ninguém "ousa" questionar o valor dos jogadores, que já são todos Internacionais A pelas suas selecções, e se Renato Sanches e André Gomes já renderam muito dinheiro este verão, pagos por Bayern Munique e Barcelona, acredito também que Oblak, Cancelo e Bernardo Silva poderão ser revendidos pelos seus actuais clubes,  por valores entre os 30M€ a 50M€/cada, para clubes de maior dimensão.

A próxima fornada de 6 jogadores da formação/equipa B que estão na equipa A (Éderson, Nelson Semedo, Lindelof, André Horta, Gonçalo Guedes e José Gomes) terão de render no mínimo o dobro do que rendeu a anterior fornada (ou seja, poderá representar 230M€), nos próximos 3 anos, e têm valor para serem transaccionados directamente para o TOP 10 dos principais Colossos (Barcelona, Real Madrid, Atlético Madrid, Manchester United, Manchester City, Chelsea, Arsenal, Bayern Munique, Juventus, PSG). 

Duvido que o Benfica consiga segurar esses 6 talentos para além de 2019, atendendo à cobiça crescente que estão a suscitar, devido a 2 factores:
- Hoje, o Centro de Formação do Seixal é visto pelos "colossos" como o principal viveiro de talentos a nível mundial, tendo inclusive recebido o prémio de "Melhor Academia do Mundo", pelo Globe Soccer Awards.
-  Por outro lado, o facto de nos próximos anos Portugal ter o título de "Campeão da Europa" em futebol ajuda a valorizar ainda mais os jogadores "Made in Portugal", e isso será válido para todos os principais clubes portugueses.

Se o Benfica em 3 anos pode encaixar cerca de 230M€ nesses 6 talentos da formação (Éderson, Nelson Semedo, Lindelof, André Horta, Gonçalo Guedes e José Gomes), ainda existem outros jogadores mais ou menos experientes que nos próximos 3 anos podem render muito dinheiro, e também são cobiçados (Grimaldo, Fejsa, Samaris, Danilo Barbosa se for adquirido, Pizzi, Salvio, Rafa Silva, Carrillo, Zivkovic, Cervi, Jonas, Mitroglou, Raúl Jimenez) pack de 13 jogadores que poderão valer mais de 300M€, nos próximos 3 anos.

Será uma previsão excessiva? Não me parece. Os 6 jogadores da formação poderão ser transaccionados por valores, em média, superiores a 35M€/Cada, e os outros 13 talentos facilmente poderão render transferências por valores, em média, superiores a 20M€/25M€. Considero uma previsão realista, atendendo ao negócio Renato Sanches.

O grande desafio da Benfica SAD nos próximos anos consistirá em resistir ao enorme "assédio" que continuará a receber pelas suas principais pérolas, vendendo no máximo 2 a 3 "pérolas" por época. 

E isto serve para explicar que, neste momento, a sustentabilidade do Benfica está assegurada! A questão do Benfica não é a de ter "obrigatoriedade" de realizar 2 ou 3 grandes vendas para compor o seu orçamento anual. A grande questão do Benfica, neste momento, consiste em resistir ao máximo às propostas e sondagens que chegam ao Estádio da Luz, tendo a hipótese de escolher 2 ou 3 talentos que poderão ser transaccionados em cada época, mantendo outros 20 talentos no seu plantel, além de um filão de jovens talentos da formação/equipa B "ávidos" por alcançarem a equipa A.

Para este "sucesso" na promoção de jovens talentos, continuará a ser fundamental que o Benfica continue a conquistar títulos nacionais, e a realizar boas performances na Champions League, além da participação dos jogadores nas suas respectivas selecções nacionais. 

Talento existe! Esperemos que as conquistas desportivas sejam a consequência natural desse talento. 

Mais do que o Estádio da Luz, considero esta a principal "Obra" de Luís Filipe Vieira.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Finanças: Benfica SAD com mais de 20M€ de lucro em 2015/2016

Avatar
 ●  + 93 comentários  ● 
A Benfica SAD apresentou hoje de tarde um comunicado à CMVM, tendo informado mais de 20M€ de lucro em 2015/2016. (Link)

O Relatório e Contas completo só será apresentado no final do mês de Outubro, no entanto é possível tirar algumas conclusões com o comunicado apresentado:

Comunicado da Benfica SAD à CMVM

O Activo aumentou 46M€ e o Passivo aumentou 26M€. Atendendo a que a Benfica SAD em Julho e Agosto adquiriu vários jogadores, onde se inclui Rafa Silva, e praticamente não vendeu ninguém "relevante" nesse período, é expectável que o Activo se aproxime dos 500M€ a 30.09.16 no R&C do 1º Trimestre 2016/2017.

Os Proveitos Operacionais e os Proveitos Totais aumentaram consideravelmente, muito devido à excelente performance que o Benfica teve na UEFA Champions League. 

A Relação Passivo Vs Proveitos Totais baixou de 2,3 para 2,15 anos, ou seja, bastaria pouco mais de 2 anos de actividade da Benfica SAD para cobrir o passivo total. Este indicador tem melhorado e é expectável que continue a melhorar atendendo às declarações recentes de Luís Filipe Vieira e de Domingos Soares de Oliveira.

Apesar de o Passivo se situar nos 455M€, o Passivo remunerado continua a rondar os 300M€, e este é o valor que paga juros anuais, e que nos próximos anos deverá baixar. 

Outra questão importante, o Empréstimo do Benfica Clube à Benfica SAD estava registado no Activo na rúbrica "Empresas do Grupo e Partes Relacionadas" e essa rúbrica baixou de 46,6M€ para 3,1M€, tendo o Activo Intangível aumentado imenso de 104,7M€ para 169,0M€. Estou curioso para perceber esta situação, mas isso só será possível no Relatório e Contas.

Se a Benfica SAD pagou ao Benfica "Clube" o que devia, isso é uma boa notícia, no entanto é difícil de explicar como é que o Activo Intangível "Líquido" terá aumentado até aos 169M€, até Junho 2016, sem contar ainda com o reforço Rafa Silva, até porque a 31.03.2016, o Activo Intangível situava-se nos 118,7M€.

Por último, o Grupo Benfica (Clube + SAD) já tinha superado os 200M€, no entanto em 2015/2016 foi a primeira vez que uma SAD em Portugal superou os 200M€, sem considerar a facturação do clube.

Em termos gerais está tudo OK, 3º ano consecutivo com lucros e com aumento de Proveitos

No final do mês de Outubro conseguiremos perceber mais em detalhe alguns aspectos das contas agora apresentadas.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica