O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Balanço da jornada europeia.

 ●  + 3 comentários  ● 
No cômputo geral esta deve ter sido uma das melhores semanas em termos de resultados na Europa para mim.

O Benfica conseguiu ganhar fora na Liga dos Campeões, algo que deveria acontecer muito mais frequentemente, mas isto acaba por ser uma evolução positiva. Além disso, nota-se que a equipa está em crescimento apesar de menos espectacular que no ano passado. Existe imensa qualidade no plantel e vários jogadores estão num bom momento de forma. Destaque para Gaitán e Bruno César no último jogo.
No geral a equipa esteve bem, tendo apenas desperdiçado muitas das oportunidades que criou. No entanto, não compreendo as críticas á equipa. Uma vitória é uma vitória e o domínio do Benfica foi evidente para todos. Não podemos esperar um Benfica que jogue com o pé no acelerador todo o jogo durante todos os jogos desta temporada. Basta ver o resultado que isso deu na época passada após uma série fabulosa de 18 jogos consecutivos a ganhar e encantar que resultaram numa quebra a pique da equipa na ponta final da temporada.



Outro ponto positivo esta semana foi a vitória do Sporting pois permite melhorar o ranking de Portugal na Europa. Além disso um Sporting forte é menos submisso aos Corruptos.Contudo, é importante que o Benfica esteja atento ao Sporting e não se deixe ser surpreendido. Wolfswinkel é um ponta-de-lança muito interessante e convém que o seu estilo de jogo seja bem estudado.

Mas o que tornou esta semana interessante foi ver a brigada da Corrupção a ser humilhada na Europa. Gosto de ver equipas portuguesas a ganhar com duas excepções, uma antiga e outra nova, os Andrades e os Marroquinos.

O destaque desta jornada europeia vai para o jogador da foto acima: Danny. Além de ter contribuído para a sodomização da corruptagem e ter expulso o actor-de-novelas uruguaias a maneira como festejou o golo que marcou contra o Porto fez com que o respeito que tenho por ele subisse em flecha. 
Se quiser voltar para Portugal para mim teria sempre as portas do Benfica abertas depois deste festejo (e considerando que a nível de clubes é um jogador com elevado rendimento).



de ROBERT ENKE, a JOAO PINTO !!!

 ●  + 16 comentários  ● 

A propósito de um poste aqui inserido pelo REDMOON, que versava sobre o livro que nos deixou o saudoso ROBERT ENKE, houve uma troca de ideias entre o Redmoon e o CONDE DE VIMIOSO, um conhecido e apreciado Bloguista a quem tenho o prazer de lhe chamar AMIGO.

Nesse bate-boca, vieram à baila vários nomes do Benfica à época em que o malogrado ENKE esteve no Benfica e um deles, foi o de JOÃO PINTO. É sobre este, que o CONDE nos conta, se calhar, algumas coisas que muitos Benfiquistas desconhecem. É um texto algo extenso, mas vale a pena.








JVP, o Menino d’Ouro
João Pinto nasceu de uma relação amorosa que nunca teve assento civil. Embora o pai tenha assumido a paternidade, os encontros eram muito raros, pois nunca com ele coabitou. Juntamente com os avós e a mãe, habitavam num Bairro camarário de nome Falcão (ainda não era Águia), e ali foi crescendo com os meninos do bairro jogando principalmente à bola... até que um dia, alguém o convidou a ir para um clube, desses de freguesia, não muito longe da sua casa: O ÁGUIAS DA AREOSA, associação dirigida e frequentada maioritariamente por Benfiquistas. (Bastante mais tarde, tornei-me sócio deste clube, já o João defendia o GLORIOSO, por homenagem ao João, através de um amigo que conheci que era dirigente).
O ÁGUIAS, participava em campeonatos de futebol de salão e o João, sendo seu atleta federado começou a dar nas vistas, tendo sido contratado pelo Boavista. (não sem que o clube de Contumil se tenha tentado atravessar, mas como o Major já impunha algum respeito na altura, rumou mesmo ao Boavista.) O Major foi como um pai para o João, como ele varias vezes o referiu, e foi pela mão dele ao altar, com 16 anos e já com o filho Tiago.

O João, que já tinha um titulo de campeão do mundo sub 20 muito mais novo do que os outros, jogava e impressionava na primeira equipa do Boavista, tendo sido contratado pelo Atlético de Madrid por uma verba avultada, mas onde não se ambientou regressando ao Boavista passado um ano.
Foi novamente campeão do mundo e aí já não havia dúvidas: era um fora de série. Naturalmente foi para ao SLB, já que o Major preferia negociar com o Benfica do que com os corruptos. Benfica que, apesar de o sistema começar a caminhar, ainda dominava desportiva e financeiramente o futebol Português, muito pela grande dedicação e disponibilidade económica do MAIOR BENFIQUISTA QUE CONHECI, O SENHOR JORGE DE BRITO, como eu o tratava.
João Pinto, apesar da sua classe, era mais um numa equipa onde cintilavam muitas e enormes vedetas acabadas de disputar uma final da Taça dos Campeões Europeus, perdida para o Milão, e como era natural integrou-se e começou a mostrar os seus grandes dotes.

Nessa altura, subterraneamente, já o "Polvo" (não era o Paul) nos tinha roubado o campeonato desse ano, mas não nos impediu de cilindrar o Boavista com 5-2 na final da Taça de Portugal, num jogo memorável. (ainda o nosso Nuno Gomes jogava do outro lado.) Nesse ano, tivemos o nosso verão quente, com as rescisões daquele que eu alcunhei a partir daí por piolhoso: o Paulo Sousa, assim como o Pacheco e, também o João que desapareceu para parte incerta. Uma situação arquitectada pelo megalómano Sousa Cintra, um cafageste que fez de tudo para ganhar dinheiro, não olhando a meios para atingir os fins. Com o João desaparecido, não se falava de mais nada em Portugal, a Nação Benfiquista vivia suspensa até que, Jorge de Brito foi resgatá-lo a Espanha. Soube-se depois que a única pessoa que sabia do seu paradeiro, além do lagarto, era o Major que o convenceu a ficar no GLORIOSO e que telefonou a Jorge de Brito para o ir buscar. Foi apoteótico o regresso com a chegada ao Estádio da luz a ser aguardada por uma mole imensa de Benfiquistas

Entretanto, Jorge de Brito terá ficado algo abalado com tudo isto, ele que era uma pessoa de valores, de berço e condição, imagino o quanto lhe doeu o GLORIOSO ser golpeado de forma cobarde por um salafrário...! E ainda com o mandato longe do fim, surgem nas assembleias e na imprensa os patos bravos, conotado com o "G 8", ávidos de protagonismo que com golpes rasteiros foram desgastando e apoucando a Presidência daquele que, repito, foi o Maior Benfiquista que conheci. E JORGE DE BRITO abdicou, com as eleições a serem realizadas em Janeiro de 1994. Damásio assume a Presidência e inicia, para mim, o período mais negro da Historia do GLORIOSO.

Com a equipa de Jorge de Brito, somos Campeões em 93/94, ano da coroação de JOÃO PINTO como um dos monstros que passaram pelo GLORIOSO. Fomos cilindrar a lagartada no Campo Grande, naquele que ficou como um dos jogos mais memoráveis que vi, 3-6, com os 3 primeiros golos e a reviravolta de João Pinto, e que golos..! FABULOSOS. O treinador era (outro monstro) o Toni, esse que depois de empatar na luz com o Bayer Leverkusen (na altura uma das melhores equipas alemãs), disse no fim do jogo: Isto ainda não acabou e foi a Leverkusen empatar 4-4 num jogo épico, onde o João voltou a brilhar a grande altura.

Mas veio a nova época, e Damásio que nada percebia do Benfica, aconselhado por Abílio Rodrigues despede o Toni e contrata Artur Jorge, que desfaz uma equipa de nível europeu, porque, (à boa maneira Estalinista) com ele tudo começava de novo. Da grande equipa restou João Pinto e pouco mais e, aqui começa a fase do João Pinto CAPITÃO.

O Benfica sem liderança e com Damásio de braço dado com o Corrupto, hipoteca a nossa independência e quase todos os seus valores. Com o "Polvo" a dominar todos os terrenos, havia que achincalhar, humilhar e anular o que o Benfica tinha de melhor dentro dos relvados, e esse era o JOÃO: Ele era agredido, acotovelado, escarrado e ainda era expulso, perante uma direcção pusilâmine que não o defendia, nem a ele nem ao Benfica. Damásio acossado pelos Benfiquistas usou o ultimo trunfo: JOÃO PINTO,(crismado a partir daí) seria o MENINO DE OURO, com contrato VITALÍCIO.
Na altura, num convívio de Benfiquistas, tive uma tirada que nunca mais esqueci, (talvez porque muitos concordaram com ela) disse: O DAMÁSIO PÔS O ESTÁDIO DA LUZ ÀS COSTAS DO JOÃO PINTO! E a catedral antiga era muito pesada, como vocês sabem.

Sem culpa dele, para mim, é aqui que começa o declínio do JOÃO, porque com uma direcção frouxa, é o João que assume a critica ao "Polvo", aos árbitros, aos adversários e até dirigentes de outros clubes! Carga demasiado pesada para o João, que muitas vezes era expulso só por abrir a boca. Com um salário ao nível dos melhores da Europa, com poder e funções que nunca deveriam ser dele, é natural o deslumbramento do João. A falta de rumo e de liderança, com o clube numa fuga para a frente a todos os níveis, Damásio, (que penso ser o único Presidente na Historia do Clube com um relatório de contas chumbado), CAI E APRESENTA A DEMISSÃO.

É eleito Vale e Azevedo e logo de principio acontece o primeiro choque. Vale, queria instituir no clube os ordenados por objectivos, dos jogadores no clube e nos vindouros. Todos aceitaram excepto João Pinto, o que até se compreende. João Pinto tinha um contrato dito vitalício, de 385.000 CONTOS (1.925.000€) por ano mais prémios a dobrar e Vale, achava isso incomportável na altura para o clube, mas o João não aceitou. Surgiu mais tarde uma proposta do Corunha de 2.5000.000 CONTOS (12.5M€), foi proposto o negócio ao João, mas ele disse que só iria, se o Benfica lhe desse 500.000 CONTOS (2.5M€). Vale recusou e o João continuou.

Naturalmente o João, pelos anos, pelo seu currículo e como capitão, tinha uma forte autoridade no balneário, onde havia o grupo dos que alinhavam com o João e os outros. Era já publico que o ambiente familiar do João era conturbado. Aconteceu um problema grave entre ele e o Nuno Gomes, (que eram grandes amigos, amizade que incluía as famílias de ambos) e isso foi a gota de água, somado a um rendimento em campo que diminuía a olhos vistos. É bom lembrar que na sua última época o João marcou apenas 3 golos, muito abaixo da sua fasquia. Mais forte do que isto foi a opinião do treinador Juup Heinkes que recomendou a dispensa do João, certamente pelos motivos referidos.

Na altura já colaborava com o Benfica o maior empresário da época de nome José Veiga, procurando o Benfica tirar proveito da zanga que ele tinha tido com o corrupto. Soube, em conversa com um director (quando o questionei sobre a presença do Veiga no camarote Presidencial), que Veiga estava a ser muito útil ao Benfica e de quem já era credor de muito dinheiro. Mais, dizia para o Vale ir resolvendo a vida do clube, e não se preocupasse com o que ele tinha a receber.
Meus amigos, o que sei é que o João foi dispensado e levado pelo Veiga para o Sporting com um contrato de 2.000.000 CONTOS por 4 anos. Mais tarde surgiram umas denúncias de dinheiros mal parados, (à volta de 1.000.000 de contos) que até meteu tribunal. O João disse que não recebeu, o Veiga também não, mas no fim chegaram a acordo com o Sporting e ficaram todos amigos.
Ah! parece que o Veiga nunca mais falou daquela coisa da colaboração com o BENFICA.

GOSTO MUITO DO JVP, (fui eu que comecei a chamar-lhe assim nos estágios e, JVP ficou) ele foi o menos culpado da forma como certas coisas evoluíram. Já o disse muitas vezes: SE O JOÃO TIVESSE ENCARADO A SUA CARREIRA DA FORMA PROFISSIONAL COMO O FIZERAM FIGO E RUI COSTA, TERIA SIDO O MELHOR.
OBRIGADO JVP

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O que está a matar mais ainda o futebol português

 ●  + 2 comentários  ● 
O Redmoon escreveu ontem sobre os empréstimos desregulados que matavam o futebol que eu referi nuns mails que troco com alguns benfiquistas sobre a actualidade, entre eles o GB. Com a autorização dele publico um comentário do GB nesse email e que já tinha aqui colocado mas que não sei porque desapareceu, nem os administadores sabem.

«Claro que sim, mas é apenas uma gota num oceano gigantesco do que está realmente a dar cabo do futebol e a afastar-nos das elites do Mundo e a aproximar-nos dos campeonatos como o da Roménia, de onde vem o nosso adversário ridículo de hoje.
Olhemos ao video abaixo (invistam algum do vosso tempo a ver este video):





É fácil de ver que, como em muitas outras coisas, o futebol português não deixa nada a dever a colossos históricos com provas dadas na formação como Barcelona, Ajax ou Arsenal, no que toca a matéria de formação.

No entanto, infelizmente, e como muitas outras iniciativas do futebol português (90% delas inovadas pelo Benfica) as intenções acabam por cair por terra ao esbarrarem nos regulamentos e nos negócios obscuros dos empresários.

Este tema dos empresários então é algo que enoja qualquer adepto mais atento. Basta ver o exemplo mais recente destas «movimentações obscuras» que é a chamada de Kleber (FCP) para a selecção brasileira. O brasileiro é um jogador que ainda pouco ou nada mostrou e para se valorizar e para acabar com o "frisson" da imprensa sobre a substituição do Falcão, alguém arranjou uma ida deste tipo à selecção.

Já com David Luiz aconteceu o mesmo, ao ser um jogador regular na selecção para poder ser posicionado numa transferência para Inglaterra. Depois de consumada... eclipse.
São apenas dois exemplos mais recentes que mostram que, independentemente da qualidade do jogador, há muitos outros interesses a gravitar em torno do futebol

Em Portugal é preciso haver uma verdadeira revolução, um 25 de Abril como alguém já disse em tempos, para nos voltar a colocar no caminho certo. Houve quem dissesse que o apoio do Benfica ao Fernando Gomes era com a promessa de algumas destas revoluções, mas está à vista que isso não aconteceu, nem vai acontecer nos próximos anos.

Para não matarem o futebol português é preciso mexer em duas coisas fundamentais:
- Regulamento das Competições Profissionais (Liga)
- Regulamento Disciplinar da FPF

Nos regulamentos das competições entram todas as restrições necessárias a um pequeno país como Portugal: Limitação de extra-comunitários, limitação de número de empréstimos a clubes profissionais, regulamentação das equipas B, incentivo/imposição de iniciativas sobre a formação (% do orçamento para formação, jogadores formados em Portugal impostos nos planteis, etc.), limites à "importação" de jovens extra-comunitários, etc.
Nos regulamentos disciplinares entrarão todas as vergonhas à vista de todos no actual regulamento e que sucessivamente os clubes têm evitado interferir para não ferir as susceptibilidades do Papa Corrupto. Os regulamentos actuais são propositadamente dúbios para permitir diferentes interpretações e, consequentemente, cozinhados de bastidores que, quando não resultadam na CD da Liga... resultam depois no CJ da FPF.
Manter tudo isto como está não está a matar o futebol, está sim a arrastar-nos para um nivelamento com a "2ª Divisão" do futebol Europeu, afastando-nos da "1ª Divisão" onde sempre estivemos e nos notabilizámos.

O problema é que num país e num futebol que se tem apoiado sobretudo em manobras obscuras e corruptas, quanto mais formos de "2ª Divisão", mais fácil será de estes «patrões» manterem os seus esquemas corruptos, criando dependências (genericamente financeiras) que fazem dos mais pequenos, cada vez mais pequenos e dependentes dos maiores que os alimentam.

PS- No dia que a UEFA quiser ser arrojada nas decisões que transformam o futebol num espetáculo, deixem-se de tecnologias e um número anormal de árbitros, para mudarem regras básicas como as paragens de jogo para substituções (não faz sentido parar o jogo quando há um 4º árbitro que as pode controlar), passar a duração do jogo para duas partes de 30 minutos de tempo útil (cada vez que o árbitro apita... pára o relógio), etc...»

Um quinto ...

 ●  + 2 comentários  ● 
Portugal, 29 de Setembro de 2011

Decorreu um quinto do campeonato, 6 jogos, e algumas comparações já são possíveis de fazer relativamente à época passada. Assim ao cabo de 6 jornadas temos mais 5 pontos (14 contra 9), fruto de mais 6 golos marcados (15 contra 9) e de mais 1 sofrido (7 contra 6, pasme-se). O FCP tem menos 4 pontos e com isso se explica que estejamos em 1º lugar. Houve uma melhoria do Benfica e houve um decréscimo do FCP. E isso também foi evidente no empate que fomos lá arrancar a “ferros”.

Se há pessoas que ainda não perceberam bem que os campeonatos se ganham com os pontos que nós fazemos e com os pontos que os adversários perdem, este está a ser um bom exemplo. Não me interessa detalhar as razões do pior momento do FCP. Porque o que se passou no ano passado foi uma vergonha, por tudo o que a arbitragem fez, e por tudo o que a Direcção do Benfica deixou que se fizesse até à jornada 4 de Guimarães, e depois da jornada 22 em Braga, onde o roubo de Xistra deu lugar à nossa “submissão” até ao fim do campeonato.

Fez-se um grande investimento na equipa, mais de 30 milhões de euros, tiveram de se vender alguns jogadores e ceder outros que fizeram uma época razoável e os números acabam por nos ser favoráveis essencialmente pela mudança de sistema de jogo: o histórico 4-4-2, embora na variante de losango deu lugar, quase sempre, ao 4-2-3-1. Uma das excepções foi em Barcelos, com a dupla Saviola e Jara no ataque, Javi a trinco, Aimar, Nolito e Gaitan no meio, e empatamos. Não houve milagres feitos por jogadores, há sim melhorias obtidas a partir da melhor organização de jogo.

Claro que no Benfica isto não se debate, isto não se discute, não se fazem comparações e até parece haver uma cultura de esbanjar dinheiro, como se o dinheiro caísse do céu. Mas não cai e o passivo aí está perto dos 500 milhões de euros, um grande feito do Sr.º Vieira e toda a tralha que o segue cegamente sem questionar, sem perguntar quando é que vamos sair deste buraco em que ele e os bancos nos meteram. É que o passivo remunerado subiu, como admite o relatório e contas, logo, os juros que pagamos são mais elevados. Quanto? Já ouvi falar em 10 milhões por ano (ordenado de craque mundial) ...

Viva o Benfica dos sócios portanto ...

Neste período também fizemos 2 jogos para a Champions (mais a pré-eliminatória e play-off) e embora tenhamos apenas mais 1 ponto, a diferença é significativa pois ganhamos – finalmente – em casa do adversário que sai do pote 4, aquele que estatisticamente é mais fraco. E também jogando em 4-2-3-1. As perspectivas de seguir para os oitavos da Champions melhoraram embora haja muito caminho pela frente.

Sobre os jogadores que saíram, tal como em casos anteriores, prova-se a velha máxima do futebol “só faz falta quem está”. Apesar de Coentrão ter sido vendido por questões de necessidade – como provam as Contas da SAD, tal como antes David Luiz e Di Maria, a realidade é que alguns dos que entram aproveitam a oportunidade para mostrar o seu talento, que de outra forma se esboroava no “banco”. Gaitán é o último desses que aproveitaram e de que maneira, as ausências dos que saem.

Já em relação a Roberto, pouco vou dizer porque não me interessa criar um assunto que não leva a nada, mas em Espanha – e tal como eu esperava – ele vai mostrando toda a sua enorme qualidade e talento, enquanto se por cá existe finalmente tranquilidade sobre essa posição, mas em minha opinião, é o modelo de jogo que impede de sofrermos mais golos. Contudo o que é bom para o Artur Moraes é bom para o Benfica e como tal para mim também.

Quanto às arbitragens, podem ter achado que o árbitro do FCP - Benfica fez um bom jogo, mas analisando a forma como inventou faltas contra o Benfica, eu mantenho-me na mesma: o sistema continua, o manual de arbitragem continua, talvez neste jogo e dada a previsível superioridade do FCP, em particular no plano psicológico depois da goleada do ano passado, as ordens para o árbitro, não incluíam a marcação de penaltys. Apenas livres. De tantos marcar algum poderia dar golo. E deu: o 1º golo do FCP ...

Mesmo assim, com o sistema bem organizado, parece que o FCP se apresta para dar um tombo desportivo. Vamos ver. Temos de ser pacientes. Faltam quatro quintos ...

Não foi só no Dragão que soou o alarme! Em Liege também!

 ●  + 3 comentários  ● 
Não o dos resultados, mas sim o alarme do calote! Os belgas reclamam... qualquer coisita por Mangala e Defour. É que a vida anda difícil para todos! Veremos o destaque dado a esta notícia nos próximos dias!

Alarme no dragão!!

Avatar
 ●  + 5 comentários  ● 
Nesta conversa de «capitães» foi exigida, ao treinador e aos jogadores, uma vitória categórica em Coimbra. Só faltou o Pedro Emanuel...!

Como se comportarão os merdia?

 ●  + 10 comentários  ● 
Vejamos os seguintes resultados:

Sporting 1 vs Olhanense 1
Nordsjaelland 0 vs. Sporting 0
Beira-Mar 0 vs. Sporting 0

Feirense 0 vs. corruptos0
corruptos 2 vs. ENORME GLORIOSO 2
Zenit 3 vs. corruptos 1

Em relação ao zbording, a comunicação social não deixou passar em claro os maus resultados e falou em crise, chegando a questionar o presidente do zbording da saída de Domingos. Foi um novela que já terminou e começou uma nova mas que todos já conhecemos, umas vitoriazitas e o zbording já está nos píncaros e ninguém os pára.

Se o Benfica tivesse a série de resultados dos corruptos, amanhã teríamos entrevistas aos jogadores que pouco jogam, na primeira página diriam que os jogadores já nem podem ver o JJ, que o cão e o gato do Javi andam depressivos e isso está a influenciar a prestações de Javi. Entretanto lá arranjariam umas novelas com jogadores de costas voltadas e treinadores sondados para substituir JJ.

Com esta serie de maus resultados dos corruptos estou ansioso para ver as capas de amanhã. Estou para ver que novelas irão arranjar para os corruptos, irei ver se falam em crises, se entrevistam o Walter, ou a prostituta uruguaia, se lançam nomes de treinadores para substituir Vitor Pereira.

Eu acredito que amanhã iremos assistir á desculpabilização dos maus resultados com a história do azar e de jogarem com menos um.

Amanhã iremos assistir ao rebaixamento total da nossa (des)comunicação social.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Recordar Robert Enke

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
Há dias assim, e hoje, sem esperar passou-me pelas mãos o livro de Robert Enke, ex guarda redes do Benfica que se suicidou em Novembro de 2009, livro esse que será lançado aqui em Inglaterra na próxima semana.

Comecei a folhear o livro, sem ler nada em profundidade mas, rapidamente o meu interesse foi aumentando e, a certa altura devorava folha atrás de folha. Não é um livro escrito sobre a carreira do jogador. É um livro sobre a vida do homem, marcada por momentos fulgurantes dentro do relvado mas, marcada sobretudo pela depressão que sempre o acompanhou desde tenra idade.

Tantas vezes idolatramos o jogador A ou B, tantas vezes aplaudimos ou assobiamos, tantas vezes idolatramos ou matamos o jogador esquecendo a pessoa que se esconde por detrás do nome e, esta história, a história de Robert Enke tocou-me vivamente, a forma como alguém que aos olhos do mundo sempre teve tudo mas, que viveu sempre no medo e da forma mais solitária possível de imaginar.

O livro é um relato dos amigos, é um relato da esposa também, transcrevem-se diálogos e, são trazidas a público dezenas de passagens escritas pelo próprio Enke que guardava os seus pensamentos mais íntimos num diário.

Pelo meio, claro, contam-se histórias da sua passagem pelo Benfica, e para um Benfiquista, esses capítulos só por si valem o preço do livro. Relatos do seu grande e quase único amigo no balneário encarnado, Moreira, amigo esse que ficou para a vida mesmo quando Enke estava já fora do Benfica, histórias da vontade de Enke fugir imediatamente de Portugal assim que aterrou, histórias do caricato momento da assinatura do contrato em frente à imprensa, com Vale e Azevedo a ficar “azul” com a hesitação do alemão na hora de colocar a tinta no papel, que esteve a milésimos de segundos de se levantar da cadeira e fugir.

Histórias também sobre aquilo que era o Benfica da altura: os pagamentos em atraso, as burlas de Vale e Azevedo, os 7-0 de Vigo, a anarquia do balneário, a catadupa de treinadores, a curta passagem de Mourinho pelo Benfica, a balbúrdia que era o Benfica naquela altura, o caricato de um dia em que o pagamento do salário de Robert Enke foi parar às mãos do sueco Anders Anderson, o relato da reunião em casa de Pinto da Costa que tudo fez para roubar o Alemão ao Benfica… É ler para crer.

Enke chegou a cursto zero e partiu também a custo zero. Segundo ele, percebeu que tinha de sair do Benfica quando lhe foi dada a braçadeira de capitão. Entregar a braçadeira a um estrangeiro de 24 anos era, segundo o alemão, sinal da crise de identidade, da ausência de bandeiras no balneário, sinal inequívoco de que algo estava muitíssimo mal no clube. Enke era capitão, uma pessoa que sofria de depressão e que só falava com dois ou três jogadores!! Enke tinha de dar o passo seguinte, tinha de ir para um campeonato mais competitivo. Nessa altura já a depressão controlava a sua vida, queria urgentemente regressar à Alemanha mas, na Alemanha Enke era apenas mais um que jogava num campeonato periférico da Europa, num clube que acabara em quarto lugar.

Através de Moreira, ficamos a conhecer o homem, que de Portugal só se queixava, aliás, o seu estado mental obrigava-o a queixar-se de tudo: que os portugueses não falavam inglês, que os portugueses eram loucos na estrada, que os portugueses tratavam mal os animais, que os portugueses eram isto e aquilo, enfim, um homem que tinha tudo mas que era como se não tivesse nada, ou pelo menos era incapaz de apreciar a vida.

Robert Enke foi um grandíssimo guarda redes no Benfica. Deixou saudades. Eu, por acaso, tive oportunidade de durante o seu tempo em Portugal, trocar algumas palavras com ele, porque ele ia sempre com os seus sete cães a um veterinário bem perto da minha casa. Muitas vezes o vi por lá, e Enke foi sempre sorrisos e uma pessoa extremamente cordial. Essa simpatia fazia-me ter ainda mais apreço por ele.

O seu suicídio foi por isso um choque. Desde que saiu do Benfica, a carreira e a vida de Robert Enke foi sempre a descer. Na cabeça de Robert Enke, ou se era o melhor do mundo ou o pior do mundo, não havia meio termo. E o facto de nunca ter tido oportunidades em Barcelona minou e muito a sua personalidade e a sua confiança. De Barcelona foi para a Turquia e da Turquia para a Alemanha mas a sua depressão nunca mais o largou. A morte da filha foi a estocada final.

No fim do livro, já nos seus últimos capítulos, e sustentado em muito por aquilo que Enke escrevia no seu diário, a confissão, de que os anos mais felizes da sua vida tinham sido passados em Portugal e no Benfica, num clube e num país inigualável. Foi preciso sair para aprender a apreciar as pequenas coisas da vida, as mesmas que dantes só se queixava.

Robert Enke já tinha casa em Portugal ali para os lados de Sintra, e aí passara férias nos seus últimos dois anos de vida. Pensava em regressar, de preferência para jogar futebol mas também para viver depois de terminada a carreira, no único país em que fora feliz. Infelizmente foi tarde demais…

Até sempre Robert…

Para quem tiver oportunidade, esta é uma leitura que recomendo vivamente.

Zenit foi Zenit, ante um clube menor...

 ●  + 9 comentários  ● 
O clube da fruta, dos quinhentinhos e do café com leite, acaba de ser goleado por 3x1 pelos colegas do Danny.
Não tirassem os rapazes do Zenit o pé no acelerador e o resultado podia ser mais volumoso!!!

 Se considerarmos que o golo dos corruptos foi em off-side, que o consumidor de mariscadas  anulou um golo limpo ao Zenit, que o nr. 15, o Danny e o nr. 11 não QUISERAM marcar, o resultado certo seriam uns escassos 7 x 0

Mas o árbitro não se portou nada bem ao dar o 2º. amarelo ao Foicilhe....logo ele que é tão bom rapaz e incapaz de fazer algo menos digno no desporto....

Vi o jogo na SPORKA-TV (desculpem lá, ninguém é perfeito...) mas tanto o pivot como o Freitas Lobo, mais pareciam que estavam num velório!!! 

Alguém que tenha visto o jogo, deram conta de lá estar no gramado o Mortinho? Eu não...

Otelul 0 x Benfica 1: Não gostei, pronto.

 ●  + 14 comentários  ● 
Antes de mais, o objectivo principal foi conseguido: 3 pontos, fundamentais para seguir em frente para a fase seguinte. Mais o indispensável dinheiro. Apreciei a capacidade de integração progressiva de Bruno César, jogador que tem facturado e mostra-se disponível para a luta, além de uma inegável qualidade técnica que lhe permite deambular em várias posições, sendo sempre um garante de algo de bom para o colectivo! Gostaria que JJ o testasse no apoio ao ponta de lança num jogo com menor grau de dificuldade. O "Rei Artur" esteve igual a si próprio e Rodrigo vai deixando água na boca...

Agora que não restem dúvidas: o Otelul é uma equipa fraquíssima! Solidária, é certo, mas sem sequer um jogador que faça a diferença ou que "pinte a manta" no miolo. Até mesmo Marius Pena, o "striker", é um jogador limitado que só teria lugar em Portugal numa equipa do último terço da tabela! Por isso, não se admite exibição tão fraca do Sport Lisboa e Benfica! Porquê? Por que somos o Benfica e temos de entrar em campo com a ambição de vencer e jogar bem! Ontem, apenas houve a "espera" do 1º golo e pronto. Nunca houve aceleração do jogo, nem envolvência progressiva do adversário até à asfixia! E com esta equipa romena isso era obrigatório! O contexto da Champions League não é desculpa para um eventual equilíbrio de forças. Não! Somos o Benfica, que eu saiba! Notou-se cansaço decorrente do Dragay, é verdade. Porém, isso não pode explicar o fraco desempenho de ontem. Esperava-se e exigia-se mais! No mínimo, mais atitude. Fogachos momentâneos de Gaitán não chegam para fazer dele um jogador de top. Ele tem muito mais para dar e sabe disso. Tem que, em 90 minutos, ser consistente. Para além disto, a incapacidade da equipa, excepto em parcos momentos, de se movimentar harmoniosamente. O miolo não pressiona devidamente e permite que continue a acontecer as mesmas situações de sempre: contra ataques rápidos do adversário e liberdade para vários jogadores na zona central já no último terço do terreno! Algo que me deixa preocupado, ainda para mais dada a enorme qualidade da dupla Javi/Witsel. Depois houve outra situação que me deixou perplexo: sendo eu treinador de bancada, achei inexplicável (a não ser por lesão) a troca de Bruno César por Rúben Amorim! Para além de ser uma substituição (em teoria) defensiva, creio que teria muito mais sentido trocar Axel Witsel, jogador mais fustigado e necessitado de descanso do que Bruno César, jogador com muito menos minutos nas pernas. Também acho completamente desnecessário Cardozo fazer sempre 90 minutos.

O resultado final é melhor que a exibição e creio que temos de exigir mais ao Benfica! Ganhar não pode chegar! Não eramos nós os adeptos que nos enchíamos de peito a cada goleada? Temos ser mais exigentes claro está! Não pedia um 0-5, peço sim uma exibição mais consistente nos 90 minutos e com muito mais qualidade. Algo que só vi com o Twente na Luz.

O resultado em Old Trafford não foi bom, JJ deu-o a entender. A partir daqui o United vai acelerar a fundo rumo ao apuramento e já não irá facilitar mais. Se bem que temos agora mais chances de acabar em 1º lugar, pois um empate a zero com os campeões ingleses pode chegar, se fizermos o mesmo resultado que os "devils" na Suíça e se a normalidade prevalecer nos nossos jogos em casa. Sim, conto ganhar ao Basileia na Luz! E porque não fora também?!

Vivó "gordo"!!!

 ●  + 7 comentários  ● 
VIVÓ "GORDO"!!!!



Infelismente não foi possível ver o jogo, por isso a referência ao jogo vai para Bruno César que para muitos foi rapidamente apelidado de gordo, lento e o "Novo Roger".

Esta vtória e este golo de Bruno César, mais um, é dedicado a essas mentes brilhantes que após um jogo conseguiram ver tudo aquilo que Bruno César não é.

GANDA BRUNO!!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Da Roménia vieram 3 pontos e muitos euros !!!

 ●  + 5 comentários  ● 
O jogo desta noite na Roménia, podia e devia ser o resultado mais largo e grosso, porque em jogo jogado estivemos sempre por cima.

Os Romenos tiveram, apenas uma oportunidade de golo, muito bem anulada pelo nosso Rei Artur. Éra de um guarda-redes assim que o nosso GLORIOSO precisava. Nada fez durante o jogo, porque não foi necessário, mas quando foi preciso o xor Morais, mostrou a sua valia e está a mostrar ao Sr. Mano Menezes que merece também, uma oportunidade na canarinha.


Os 3 pontos, os 800 mil euros e o aproveitamento do resultado em Manchester, foi plenamente conseguido!!!

Mas podíamos e devíamos ter marcado mais golos. O Sr. Jorge Jesus tem que afinar melhor aquela máquina atacante. É confrangedor estarmos sempre no ataque e não materializarmos em golos todo o nosso poderio.

Afinal de contas, face ao  resultado de hoje em Manchester com o Basileia, parece que na Catedral, perdemos 2 pontos com os colegas do NANI e do minino Anderson

O Rodrigo deu-nos sinais, que temos ali um puto que num futuro breve nos vai dar muitas alegrias, quanto aos restantes tudo bem, é capaz de haver um ou outro jogador que rendeu menos, mas para mim, todos os  que vestem aquele SAGRADO MANTO, são bons e jogam sempre bem!!!

E pronto, no próximo jogo contra o Paços é necessária a nossa presença, a fim de levarmos o ANDOR aos nossos ombros, de jornada em jornada, até ao MARQUÊS !!!

É só para abrir o apetite para mais logo...

Avatar
 ●  + 11 comentários  ● 
CARREGA BENFICA!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Políticas em empréstimos: Um dos maiores cancros do futebol português

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 
O jornal Abola dava hoje destaque a um possível mau estar em Paços de Ferreira, provocado pela expulsão de Fábio Faria no último jogo, propositada segundo alguns, para evitar que o jogador defrontasse o Sport Lisboa e Benfica, clube que detém o seu passe.

Eu não quero discutir aqui se a acusação terá ou não algum fundo de verdade, até porque não tenho dados que me permitam avaliar a situação mas, de uma coisa podem estar todos certos: sou benfiquista mas não enterro a cabeça na areia, não tenho dúvida nenhuma que muitas vezes é nas politicas de empréstimos que se ganham e perdem campeonatos, e o Benfica, talvez, mal ou bem e talvez já farto de ser anjinho, talvez se tenha visto obrigado a jogar com as mesmas regras dos outros.

Pessoalmente, há muito tempo que sou contra as politicas de empréstimos. Sou contra porque me parece que é um mercado sem regras, e que desvirtua (e muito) a verdade do campeonato.

Não quero com este exemplo culpar apenas o Porto do uso destas políticas, mas este foi para mim um exemplo escandaloso, quando há três épocas atrás estavam no plantel principal do Vitória de Setúbal 11 jogadores do FCPorto! Está certo que nem todos eram titulares mas, entre esses 11 havia nomes como Bruno Vale, Sandro, Bruno Gama, Leandro Lima, Cláudio Pitbull e Bruno Moraes, mais de uma mão cheia de jogadores de grande qualidade, e que evidentemente proporcionaram ao Vitória uma época tranquila.

Agora eu pergunto, haverá justiça num campeonato em que Benfica e Sporting defrontem o Setúbal duas vezes numa época com estes 6 jogadores em campo, enquanto o FCPorto enfrenta o mesmo Setúbal sem estes 6 jogadores? E mesmo que eles joguem contra o FCPorto, a desconfiança sobre o seu emprenho não será questionável? Estarão Benfica, Porto e Sporting a jogar o mesmo campeonato? Estarão a defrontar o mesmo adversário?

E agora pergunto, o que pensarão deste exemplo clubes do nível do Setúbal que disputavam com ele a manutenção, e que por uma ou outra razão escolheram não ter relações privilegiadas com nenhum clube grande, abdicando de empréstimos fáceis e vivendo apenas do seu orçamento? Haverá alguma justiça num campeonato destes? Num campeonato em que um clube vive do seu orçamento, é cumpridor, faz sacrifícios e desce de divisão, enquanto um outro pobre e falido, tem ao seu serviço 6 jogadores de nível superior que recebem ordenados que o clube não pode pagar, mas que neste caso são pagos na totalidade pelo clube que empresta?


Seria o mesmo que o Benfica ter uma relação privilegiada com o Real Madrid, e enquanto o Porto e o Sporting pagavam na integra os salários dos seus jogadores, o Benfica tinha todos os anos seis ou sete dispensados de Madrid a jogar pelo nosso clube.

Repito que estou a dar este exemplo do FCPorto mas, o Benfica não será também nenhum santo nesta matéria. Se o Benfica montou um caldinho com o Fábio Faria, acho mal que o tenha feito, se bem que também achei mal o ano passado quando o Leiria foi jogar com o FCPorto sem 5 dos seus titulares! Em nome de quê? Em nome de muitos campeonatos que se ganham e perdem desta forma sem ninguém perceber porquê , em nome de relações mal explicadas entre clubes e pagamento de favores que ninguém sabe quais são.

Eu não sei exactamente o que é certo ou errado nesta matéria. Em Inglaterra por exemplo, os jogadores emprestados não podem jogar contra o clube de origem. E segundo me informei (andei agora à procura na net e julgo que a informação é correcta), cada clube não pode ter mais do que quatro jogadores emprestados durante uma época inteira, têm de ter menos de 24 anos e só podem vir 2 do mesmo clube.

Bem diferente do que acontece em Portugal. Hoje fala-se de Fábio Faria, amanhã falar-se-á de Kelvin, do Pitbull e no dia seguinte de Urreta. Seja como for, e independentemente dos inocentes e dos culpados, legislação conveniente é urgente nesta matéria, já que, como disse, é aqui, nas politicas de empréstimos que muitos campeões se fabricam e que muitos outros são relegados para divisões inferiores, a razão óbvia pela qual muitos clubes casam ou divorciam, as relações promíscuas de um futebol pobre, teso e endividado, onde a cheta é escassa e que é sustentado em 90% pelas economias de três ou quatro clubes.

Reportagem n'A Bola sobre o "Seixal".

 ●  + 5 comentários  ● 

Creio que é importante assinalar a excelência da reportagem feita n' A Bola acerca do futebol jovem do Sport Lisboa e Benfica. Está ali muito trabalho e dinheiro investido! Muita gente dedicada e empenhada em tornar o clube numa referência mundial na área. As condições são "top notch" e tudo está pensado ao pormenor, com muitos miúdos a terem uma oportunidade para se formarem como homens e atletas!

Porém, o que me ficou na retina foi o que foi dito por um dos responsáveis do "Caixa", o importante é formar homens e... jogadores com o ADN Benfica! São dois pontos essenciais! "Quando vemos que ainda não chegaram jogadores da formação à titularidade na equipa principal, é sinal que temos que trabalhar mais. Jogadores com o Nelson Oliveira vão lá chegar e acredito que, mais ano menos ano, vamos ter o Benfica de novo com muitos jogadores portugueses."- diz Armando Carneiro, director do espaço. Ter uma presença residual de jovens e portugueses no plantel principal do clube é grave! Não é "à Benfica". Bem sei que o importante é ganhar. Mas também é importante fazer o clube "regressar" um pouco à sua origem!

Claro que o futebol de hoje é diferente de há 25 anos atrás, os ditames da competitividade e a Lei Bosman ditam estes moldes. A necessidade de fazer dinheiro é vital! E é claro que "ser do português e do Benfica" não dá direito ao 11 titular e não é um garante de qualidade! Mas cabe ao Centro trabalhar esse futuro! Já temos alguns miúdos a dar os primeiros passos: David Simão, Rúben Pinto, Miguel Vítor e Luís Martins. Outros estão em... processo de lapidação- Miguel Rosa, Yartey, Roderick... Não basta tê-los no plantel, também não podemos esperar grandes exibições nos parcos minutos e também não podemos lançá-los em condições adversas (como aconteceu muita vez a Roderick). Os referidos jovens já mostraram qualidades. Agora é preciso que o técnico principal do SLB (JJ ou outro qualquer) reforce esta "identidade. Mas também é preciso que a estrutura do Campus se esforce e que se sinta apoiado e motivado! É preciso que vejam que o trabalho tem retorno, pois se daqui a outros 5 anos o futebol jovem do SLB não tiver um real peso na constituição dos plantéis algo está muito errado!

Off topic: Fui ver o que os jornais diziam de alguns dos nossos emprestados após a jornada de ontem. André Almeida e Schaffer foram os melhores da União (estou curioso em vê-los nas mãos de Cajuda). Nuno Coelho foi o melhor do Beira-Mar e Melgarejo marcou o golo do Paços. Aliás, creio que no paraguaio temos craque para o futuro.

Não, Senhor Ministro !!!

 ●  + 7 comentários  ● 


Sr. Ministro da Defesa

Não gostei de o  ver na sexta-feira passada no estádio do ladrão, perdão... dragão, sentado  ao lado de uma pessoa que faz da batota e trapaça, a bandeira do seu clube.

SIM, SENHOR MINISTRO !!!

Essa personagem e seu particular amigo, que preside ao clube de quem o Senhor Ministro é adepto confesso foi, esse clube, condenado por corrupção desportiva.

Não me diga Senhor Ministro, que não sabe, porque era imperdoável e não lhe ficava nada bem !!!

Já o vi sentado  variadíssimas vezes ao lado de tal dignidade, mas isso não afectava a minha maneira de pensar sobre o que é o bem e o que é o mal, porque sabia eu e sabíamos todos que estala lá na sua qualidade de adepto e também de DEPUTADO, mas a essas duas valências, o Sr. Ministro  sabe o que a maioria do Povo Honrado e trabalhador deste País, pensa delas.

Como à mulher de César não basta ser séria, o Sr. Ministro também tem que fazer esse esforço suplementar, pelo menos enquanto ocupar esse honroso e elevado cargo!!!

Tal como o Dr. Passos Coelho, seu chefe de partido e chefe do Governo - com a ajuda do meu voto - não vai à Madeira fazer campanha por motivos mais que ÓBVIOS, também o Senhor Ministro tem que fazer uma escolha mais selectiva às suas companhias, porque caso o não faça, corre o risco de entrar para dentro deste ditado bem Português::

Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és!!!


Li o seu perfil no sitio do Ministério e o Senhor Ministro tem um grande, longo e variadíssimo cabedal, quer na Área do Direito, na de Empresarial, quer nos cargos políticos e nas Publicações.  Use esse seu  vasto traquejo  na selecção dos seus amigos (enquanto Ministro) ou então, já que é muito dado a essa coisa de futebóis, use a 18ª. Lei da Arbitragem que é: BOM SENSO !!!


Receba Vª.Exa. apenas e só, na qualidade de Ministro e do partido da minha preferência,  Respeitosos  Cumprimentos.

Viseu, 26 de Setembro de 2011
Viriato de Viseu



PS. Não deixem de ler a excelente entrevista de José Carlos Soares ao MasterGroove

domingo, 25 de setembro de 2011

José Carlos Soares em entrevista ao MasterGroove

Avatar
 ●  + 7 comentários  ● 
"Não tenho nem nunca tive donos, sempre pensei pela minha cabeça"



Bem disposto, com um excelente sentido de humor, apaixonado pela filha, adora ler, jogar à bola com os amigos, ver filmes e séries, deitar-se tarde e acordar tarde (o que agora só pode fazer aos fins-de-semana para desespero da sua mãe), ligeiramente acima do peso (uns bons 40 quilos), abomina gente parva e falsa, e não tem paciência para ‘puxa-sacos’ nem mentirosos. O retrato do grande comunicador José Carlos Soares.


 



MG - O que estás a fazer actualmente em termos profissionais?

JCS - Sou colaborador do Correio da Manhã e faço comunicação noutro local...

Como iniciaste a tua vida profissional, e quais os momentos marcantes?

Comecei nas rádios locais, em Sesimbra, e depois fui convidado para a Rádio Comercial pelo Senhor Artur Agostinho. Depois foi o caminho normal.
Todos os momentos são marcantes quando temos a profissão que sempre desejamos ter e sentimos paixão pelo que fazemos. Fui feliz na Rádio Comercial, no Correio da Manhã Rádio e na TVI. Depois seguiram-se anos de muita dificuldade mas sempre dando o melhor de mim. Curiosamente esta minha experiência no Correio da Manhã está a dar-me grande prazer e fez renascer a paixão pela minha profissão, vamos ver o que me reserva o futuro.

Falaste no Enorme Artur Agostinho... Quais as figuras que te marcaram?

Sem sombra de dúvidas foram três: Artur Agostinho, Jorge Perestrelo e José Neves de Sousa, infelizmente nenhum deles se encontra entre nós.

Já vais com uns aninhos valentes nesta profissão… deves ter na memória muitos episódios engraçados...
Como deves imaginar em 25 anos de carreira foram muitos os momentos e episódios sendo que muitos não se podem contar, mas recordo uma vez na Austrália quando eu e alguns companheiros aproveitando um dia de folga fomos para a praia e quando demos por nós estavamos a nadar no meio de alguns tubarões... agora tem piada mas no momento não teve graça nenhuma.

Como foi participar no arranque da Benfica TV?

Senti muito orgulho por ter sido escolhido pelo Presidente Luís Filipe Vieira e pelo Rui Costa para ser o narrador do primeiro jogo transmitido pelo canal do meu clube. Fico grato por eles terem ‘lutado’ para que fosse eu o escolhido. Ter sido o primeiro narrador do canal é algo que ninguém, por muito que queira, me pode tirar.

Um momento extraordinário que guardo na memória, foi o relato do golo de Javi Garcia, aos 89’ frente à Naval 1º de Maio… Foi um jogo incrível...! Como foi viver aquele momento?

Emoção, apenas e só emoção, talvez um pouco a mais porque fui um pouco criticado por ter gritado tanto...

E entretanto saíste da Benfica TV...

Tive um convite para ir para Angola e como a minha ligação ao canal era precária e insuficiente para poder sobreviver tive que dar outro rumo à minha vida, até porque senti que quem, realmente, manda no canal nunca teve muito interesse em aproveitar a minha experiência já que eu sempre estive sub-aproveitado.

E em Angola, como se vive o Benfica em Angola?

É uma paixão, não só dos portugueses que lá vivem mas principalmente pelos angolanos que amam o clube de paixão.

Qual a tua opinião sobre a actual Benfica TV?

Não tenho o canal em casa pelo que não posso tecer grandes comentários sobre o que por lá se passa e apenas aos fins-de-semana dou uma ‘olhadela’ quando vou a casa dos meus pais, de qualquer das formas esperava que já estivessem noutro patamar de qualidade.

Gostarias de voltar?

Essa questão não deverá ser colocada a mim mas sim a quem, realmente, manda e actualmente quem, realmente, manda não vê em mim uma opção válida e com qualidade para o canal. De qualquer forma hoje em dia estou noutro projecto, muito aliciante, onde sou reconhecido e desejado.

Consideras-te um jornalista incómodo? Sentes-te de alguma forma marginalizado?

Não tenho nem nunca tive donos, sempre pensei pela minha cabeça e isso nos dias que correm é incómodo. Marginalizado? Talvez, mas nunca tiveram coragem de mo dizer na cara, provavelmente porque eu não tenho telhados de vidro. Mesmo quando estava na Benfica tv nunca fiz fretes nem jeitos a ninguém e curiosamente os únicos a quem eu reconhecia autoridade para me pedir alguma coisa, o Presidente Luís Filipe e o Rui Costa, nunca o fizeram. De resto a única vez que um deles me disse alguma coisa sobre o meu trabalho foi o Rui que antes da estreia com o Nápoles me disse “Zé se tiveres que ‘bater’ bate mas não o faças com muita força”, isto prova a nobreza e honestidade do Rui e do Luís e também o reconhecimento do meu profissionalismo e estatuto para poder criticar se fosse caso disso.

O que pensas sobre o estado do futebol português e do Benfica?

O futebol português será sempre pequenino enquanto continuar a ser gerido por certa gente. Enquanto prevalecer a ‘ordem vigente’ o futebol português continuará a ser uma mentira. Sobre o Benfica apenas direi que jogue bem ou mal, ganhe ou perca será sempre o clube do meu coração. Felizmente este ano está a jogar bem e a ganhar o que me deixa muito feliz.

E sobre os dez anos de Luís Filipe Vieira à frente dos destinos do Clube?

Sou suspeito para falar do Luís porque sou seu amigo e tenho a certeza que está a conduzir o Benfica ao rumo certo, apesar de alguns acidentes de percurso. Ele e o Rui Costa, que é o futuro do clube, deverão continuar a trabalhar lado a lado e a confiarem um no outro apesar das ‘minas e armadilhas’ que lhes são lançadas para os pés.

A comunicação social desportiva em Portugal é muitas vezes criticada, nomeadamente na blogosfera...

Na sua grande maioria é injustamente acusada de ‘compadrios’. A grande maioria é gente séria e competente que não deveria ser acusada por alguns ‘fanáticos’ que pensam que não existe vida para além do futebol e dos clubes. Existem efectivamente alguns ‘avençados’ mas esses estão ‘regionalmente’ concentrados e depois existem alguns ‘catedráticos’ que falam de futebol como se falassem de coisas realmente sérias e determinantes para as nossas vidas. Todos eles estão devidamente identificados mas continuam a ter muita ‘saída’ e mercado profissional, porque são ‘politicamente correctos’.

Costumas acompanhar a blogosfera benfiquista?

Infelizmente não tenho muito tempo disponível para acompanhar como queria mas parece-me que de uma forma geral se perde muito tempo a falar ‘dos outros’ em vez de se falar ‘dos nossos’.

Como te sentes ao ser considerado, por muitos, o melhor narrador de jogos da televisão portuguesa?

Sinto que não sou, porque não consigo conceber um país (ainda para mais tão pequeno), que se pudesse dar ao luxo de deixar de fora alguém que fosse mesmo o melhor narrador de jogos da televisão portuguesa.

O que é que gostarias de fazer em televisão que ainda não tenhas feito?

Para além de gostar de ter tempo para ficar em casa a fazer ‘zapping’ e poder assistir aos programas que mais gosto de ver na televisão, gostaria de um dia ter um ‘talk-show’ meu onde pudesse fazer o que melhor sei fazer: comunicar.  MG

E o que dizer deste Marítimo?

 ●  + 6 comentários  ● 
Lembram-se do Marítimo no início da época passada? No pico da polémica Kléber? Uma pobreza franciscana total...
Lembram-se de Carlos Pereira dizer que sabia de umas coisas sobre o processo de transferência do ponta de lança brasileiro para o Dragay? E que ia falar, sem medos? Já se passaram uns meses e Carlos Pereira nunca mais disse nada. Para quem sabia de uns valentes podres sobre o CRAC, o presidente do clube madeirense perdeu o pio. Porquê? "Nos entretantos", lembro-me de outra coisa: de uma visita de Carlos Pereira a Contumil. O que se terá passado nessa visita? Não sei. Mas sei que se olhar para a tabela classificativa, vejo um Marítimo a um ponto do 1º lugar! Com uma equipa praticamente igual à do ano passado! Não vos parece esquisito? A mim sim! Muitos de nós havíamos previsto que no ano passado os madeirenses iam passar um mau bocado. No entanto, se pensarmos no silêncio de Carlos Pereira em relação ao Kléber, acho esquisito um Marítimo tão forte nesta temporada. Ainda para mais, como já disse, com um plantel quase igual, mas sem as "vedetas" Kléber e Djalma...

PS: E se a Académica bater o Feirense amanhã fica a 2 pontos do 1º lugar. Pedro Emanuel é mesmo bom treinador, não é?

Nico Gaitán: aquela incógnita! E uns "off topics"!

 ●  + 12 comentários  ● 
Tenho a certeza que o meu comportamento durante o FCP x SLB foi repetido por milhares de benfiquistas que acompanharam o jogo. Comportamento que ocorreu noutros jogos desta época: Gaitán é um jogador que testa a paciência do comum adepto. Passa um jogo inteiro cuja a acção é praticamente nula, de um desinteresse irritante e de repente, do nada... um golo! Ou uma assistência. E quase sempre com uma pincelada de génio. O argentino, pelo que consta, pediu a JJ para jogar na esquerda. E parece que ele rende mais naquela banda do que na direita, onde JJ o coloca. Mas Nolito complica as contas. E muito! Para mim, o espanhol é titular de caras... Não só pelos golos que já apontou, mas pela dedicação que coloca ao jogo.
Muitos opinam em favor de ver "Nico" ao meio. Quanto a mim, concordo. Gaitán é daqueles jogadores que só vê a baliza e que gosta de ter a bola nos pés. Jogar nas alas implica um esforço extra na ajuda aos laterais, algo que o 20 é avesso. Mas sobretudo creio que o mais importante é deixá-lo "vagabundear" pelo último terço do campo, pronto a inventar uma jogada de génio, uma assistência impossível ou um remate (praticamente) indefensável.
Gaitán é um craque! Tem um fabuloso pé esquerdo e com ele tem a habilidade para o impossível. Mas não é nenhum Di María. É diferente. Não é um Aimar, mas creio que poderia render mais ao meio, dando-lhe uma função mais livre, insistindo numa responsabilização diferente para o rumo do jogo. Colocá-lo mais no meio e mais à frente, perto do ponta de lança. A testar. Só uma opinião...
Off topic: Emerson não me deixa nada descansado. É lento a decidir e no último terço do campo é sempre pouco eficaz. Revela alguma destreza a defender, porém as suas invenções são um arrepio... Capdevila será mais fraco? Pois se for, que péssima contratação!
Off topic 2: O jogo na Roménia é forçosamente para ganhar! Mesmo sendo um jogo para Champions League, o Otelul é uma equipa da 3ª divisão da Europa e se nós queremos ser da 1ª, ganhar é obrigatório! Pelo prestígio e dinheiro!
Off topic 3: Muitos falam em testes para alguns jogadores do plantel. Creio que falar nisso é falacioso! O plantel do Sport Lisboa e Benfica tem de ser composto por jogadores prontos a entrar a qualquer altura! E o que JJ tem de perceber é que a rotação tem de ser feita por todos! E que essa rotação se faz desde o início da época! Até por uma questão de motivação para os jogadores! Não podem ser sempre os mesmos 13/14 jogadores a contar! Se isto é um momento para David Simão, não sei. Mas sei que o jovem português não conta para JJ. E que os miúdos são um "fardo" imposto pela Direcção e pela pressão dos adeptos em ter "formação" nos AA do clube!

Eclipse D.Simão

 ●  + 10 comentários  ● 
Mais uma convocatória, esta apesar de ser para a Champions é com um modesto clube que eu nem sei escrever o nome sem ter que ir a procura, e mais uma vez David Simão fica fora da convocatória.

Já ontem no Seixal um responsável do Real Madrid quando foi questionado a falar sobre Rodrigo desejou que Jesus tivesse «coragem de apostar nele de forma continuada», mas Jesus teima em ignorar questões como a rotatividade.

Todos sabem que não tenho grande simpatia pelo Jesus - nem pequena sequer (acho que pior que ele num grande só mesmo o Vitor Pereira). Mas acho importante lançar mais um alerta que ou o Jesus aproveita para rodar mais a equipa (e tem plantel com qualidade para isso) ou vamos outra vez chegar ao fim da época com os jogadores de rastos como no ano passado.

David Simão, Rodrigo, Nelson Oliveira (quando estiver bem), Miguel Victor, Capdevila, Eduardo são jogadores que porventura não serão titulares do Benfica, pelo menos este ano, mas que merecem ter oportunidades para jogar mais tempo e fazer parte da história da nossa conquista deste campeonato.

O Jesus não pode continuar a «encostar» os jogadores que lhe apetece fazendo-os sentir como «excedentes» e que os outros é que são bons. Rotatividade não é só aplicada ao Aimar.

NAO É UM SITIO MALIGNO !!!!!

 ●  + 5 comentários  ● 
Nas últimas horas, foram muitos Blogues da Blogosfera Benfiquista alvo de ataques dos androides que, concertadamente induziram o GOOGLE  que estes nossos blogues, continham virus.



MEOs
A coisa processa-se da seguinte maneira.

Quando vos aparecer um aviso a dizer o seguinte: SUSPEITA DE SITIO MALIGNO

IGNOREM....e façam o seguinte:
Cliquem onde diz: IGNORAR ESTE AVISO

Depois aparece uma página e se repararem no lado direito superior, está lá a dizer: NÃO É UM SITIO MALIGNO.

Cliquem aí porque se vai entrar numa página da Google que diz: STOP BADWARE
Saiam depois dessa pagina e.....FICAMOS LIVRE DE PERIGO E DOS ANDROIDES !!!

Já fiz isso a muitos blogues e agora entro normalmente.

QUANTO AOS ANDROIDES....A GENTE UM DIA DESTES VÊ-SE !!!!!   

Update by Vermelhusco:

Basicamente o que se passa é o seguinte
O alerta está relacionado com a utilização nestes blogs de um contador de visitas em tempo real, o Blogutils.net, e de um script alojado no domínio dbncawbp.cz.cc.

Se tem o contador Blogutils.net instalado, ou algum script alojado no domínio acima, precisa de ir à área de gestão do seu blog e apagar o respetivo código.

O alerta não é imediatamente desativado, pelo que mesmo depois de retirar o contador/script, pode continuar a receber o alerta (leva algum tempo até a página do blog ser indexada novamente, já sem os códigos instalados).

O Blogutils foi adicionado à nossa lista de serviços com "algo na manga" e que não devem ser instalados. Se o seu blog abrir publicidade ou provocar alertas de conteúdo malicioso, reveja imediatamente os serviços externos que tem instalados.
  

Não se tratou de um ataque a blogues benfiquistas mas sim de um problema que afectou imensos blogues de todo o tipo de interesses. 

sábado, 24 de setembro de 2011

amarelinha em excesso = alucinações !!!

 ●  + 5 comentários  ● 
 Dois dos maiores palermas que  pertencem aos quadros do clube assumidamente corrupto, participaram  numa rábula no fim do jogo de ontem tão estúpidas, que até fazem arrancar os cabelos à careca de um Santo dos mais calmos e pacientes.

Grunhiram os palermóides  e  consumidores habituais da amarelinha Povoense, aos papagaios amestrados das TVs e canetas de aluguer que ficou uma expulsão ao Cardozo por fazer.


Os roncadores foram o Foicilhe muito dado aos teatros e o VERDE do Pântano, que jura ter VISTO essa suposta agressão.

Mas o que é que se passa ó Póvoas com aquela mistela???

Um, já confunde a cabeça  com o cu e vice-versa e  o outro julga que viu !!!

Serão já alucinações por causa daquele concentrado amarelado ???


Cá para mim,  o "produto" deve andar com as dosagens trocadas ou alguns preparados estarão já a perder qualidade.  Alguma coisa é e urge que o seu autor faça uma revisão cuidada ao "preparado" caso contrário, as carecas serão no futuro mais que muitas ou ainda assistiremos com terror, a uma desgraça em pleno estádio!!!

Será que as doses têm o peso certo ou é a balança que deve andar desafinada???

Pelo visionamento do vídeo que em boa hora o MASTER aqui nos deixou, se poderá verificar o descontrolo porque passam os parcos e debilitados  neurónios destes caceteiros e trauliteiros, ao serviço do clube do Padre da Freguesia das Antas.

É preciso ter lata!!

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 
Este foi o jogo em que Fucile, antes de simular ter sido agredido por Cardoso, já tinha simulado ter sido vítima de duas outras agressões, e por esse motivo já tinha sido avisado pelo árbitro;

Este foi o jogo em que Kléber, já perfeitamente imbuído do verdadeiro espírito do dragão, já tinha também simulado ter sido vítima de outra agressão que não existiu;

Este foi o jogo em que Guarín simula um penalty que não existe;

Este foi o jogo em que Guarin simula ter sofrido falta de Javi Garcia, falta essa que não existe e que origina a amostragem de um cartão amarelo a Javi Garcia e depois a Luisão por protestos;

Este foi o jogo em que Guarin, mais uma vez Guarin, ainda não satisfeito por já ter forçado um cartão amarelo a Javi Garcia, choca propositadamente com o espanhol duas vezes numa jogada sem bola à procura de desencadear um burburinho que forçasse o segundo amarelo e expulsão do espanhol;

Este foi o jogo em que o primeiro golo do Porto resulta de uma falta que não existe;

Este foi o jogo em que Hulk, quase a perder as estribeiras, encosta a cabeça a Maxi Pereira que, desportivamente sorri para o brasileiro, abraça-o e acalma-o. Fosse Fucile no lugar de Maxi, adivinhem lá o que teria acontecido.

E o que vemos nós no final do encontro? O treinador e os jogadores do FCPorto a queixarem-se da arbitragem!! É preciso ter lata e estarem, de facto, muitíssimo mal habituados!



Mudo de canal, paro por acaso na RTP N, e lá estão os paineleiros habituais, o tal Guedes e o consocio lagarto a discutir o que? O jogo?! Os golos? As jogadas bonitas? Não, estão a discutir sim a suposta agressão do Cardoso a Fucile. E as imagens passam clarinhas à sua frente mas, ainda assim, conseguem vislumbrar a tal agressão, que até o jornal corrupto OJogo, é hoje unânime em reconhecer que não existe!! Depois da merda que todos vimos na TV, esta gentalha ainda quer passar a ideia de que o Porto não ganhou porque foi roubado!!!

E é este o futebol que temos senhores! Depois de um clássico, supostamente o jogo entre as duas melhores equipas do país e um dos jogos do ano, o que é que há para discutir sobre o jogo? Uma agressão que não existe!

Pobrezinho futebol português, pobrezinho país, pobrezinha televisão portuguesa que dá voz a estes pobrezinhos paineleiros que de futebol não percebem nada, em programas que mais não pretendem do que manipular a opinião pública e condicionar as arbitragens dos jogos seguintes.

Já alguma vez se perguntaram sobre os porquês do sucesso deste tipo de programas em Portugal? Eu tenho uma teoria: Porque em Portugal ninguém acredita no futebol jogado e é depois nos programas dos paineleiros que se tenta defender a verdade desportiva.

Já alguma vez se perguntaram dos porquês de em Inglaterra, o país do futebol, este tipo de programas não existirem? Em primeiro lugar porque os estádios estão cheios de gente que acredita na justiça dos resultados finais; em segundo, porque são estes paineleiros, os tais que discutem num estúdio de televisão a verdade desportiva que não existe nas quatro linhas, os mesmos que estão a destruir o futebol.

"O FC Porto vai ganhar por 3-0"

Avatar
 ●  + 15 comentários  ● 

Ó COLLINA, MANDA MAIS !!!

 ●  + 7 comentários  ● 

Não tenhamos dúvida que este resultado, a par da nossa soberba 2ª.parte, foi por obra e graça de uma arbitragem com poucas ONDAS.

E porquê???

Porque o OBSERVADOR DA UEFA que o COLLINA em boa hora nos enviou, obrigou a fazer uma arbitragem quase isenta, ao ex-superdragão de Lordelo.

A cobardia dos corruptos é imensa. Veja-se que esta noite, puseram a nossa bandeira naquele covil de ladrões.

Não houve bolas de golfe, nem isqueiros, nem galinhas, nem pedras, nem pedregulhos e o nosso vermelhão não foi beliscado - até ver, porque o autocarro ainda se encontra em Palermo e não podemos deitar foguetes antes da festa - .

Penso que o CORRUPTO-MOR teve medo do observador e mandou fazer uma retirada estratégica da sua jagunçada e tropa de choque.

Será por haver também eleições na FPF e o Fernando das Facturas teria algo a perder com aquelas guerrilhas hbituais  de clube regional,  complexado???

OBRIGADO COLLINA. REPETE LÁ ESSA COISA DE OBSERVADORES E MANDA-NOS MAIS E JÁ AGORA... TAMBÉM ÁRBITROS !!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O MAFARRICO GOSTOU !!!

 ●  + 13 comentários  ● 
Eu gostei do jogo
Eu gostei da nossa equipa
Eu gostei do nosso treinador, no jogo
Eu gostei do JJ na Conferencia de Imprensa (um senhor)
Eu gostei do resultado
Eu gostei do árbitro
Eu gostei do ambiente antes durante e depois do jogo
Eu gostei de ver o melão com que o treinador corrupto ficou
Eu gostei de ver as trombas dos escribas e pés de microfone.
Eu gostei de tudo até do que estou a escrever.

MAFARRICO

Fucile Apanhado em Flagrante!!

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
VERGONHA!!!





adenda: Analise do lance pelo árbitro Pedro Henriques



Resumo das simulações ridículas dos portistas neste jogo: ver aqui


Contentam-se com pouco! Desilusão...

 ●  + 32 comentários  ● 
Olhar para as movimentações finais do Jesus e para os sorrisos dos jogadores, parece que fizemos um grande resultado ao empatar com aquele clube de merda.
Enquanto tivermos medo deles, é isto... que tristeza! Sem vontade de ganhar!

EDIT: Disse o Jesus na flashinterview: «fui sempre eu que tive que ir atrás do resultado»! Só não mando este gajo para um sitio feio por respeito ao Benfica. Palhaço!

A CORRUPÇÃO NESTE PAÍS, COMPENSA !!!

 ●  + 2 comentários  ● 
Estamos no intervalo e o clube que oferece putas a árbitros está já a ganhar por 1 x 0

E até está a ganhar merecidamente por aquilo que jogou nesta primeira parte.

Mas não é de agora que o Benfica está a ser prejudicado pela ascensão  do clube dos quinhentinhos.

Vamos lá a ver uma coisa e se nos entendemos de uma vez por todas.
O clube do Guimaro e Martins dos Santos, tem tido neste últimos anos uma equipa de jeito com bons jogadores e isso é mais que evidente.

Mas como é que foi isso conseguido?
Através das corrupções e máfias do passado.

Vejamos;
O AL CAPONE antes de ser rico era paupérrimo, só que, através da máfia virou rico e, se foi preso não foi por ser mafioso e  assassino, mas por uma simples fuga ao fisco.

 OCHOA Columbiano também era pobre, muito pobre, mas com a máfia e o seu Cartel da droga, tornou-se rico, muito rico, a tal ponto que,  tal como fazia o Al Capone, também distribuía muito do seu pecúlio mafioso pelos pobres. No seu funeral teve largos milhares a chorarem-no, apesar de ser um assassino  atroz, porque no afrontamento à polícia não teve pejo em por uma bomba numa livraria matando dezenas de crianças.

O NORIEGA era outro pobretanas que conseguiu através de muitas mafiosices almejar o posto de General do Panamá e ser seu Presidente, mas que utilizava o  cargo para tráfico de droga.  Aquando do casamento da sua filha, convidou 5.000 pessoas mas o convite era acompanhado por uma garrafa de champanhe Francês e de um copo de cristal.
Note-se que o vencimento deste enquanto Genera,l era de 5.000 dólares.

(neste momento em que escrevo o resultado já é de 2x1 a favor dos mafiosos)

O que é que eu quero dizer?
Que o clube do marido da Filomena que acumula com o de namorado da esforçada universitária, mafiosou e corruptou em devido tempo e agora.....É RICO !!!
E, como este País tem uma justiça de trampa e este MAFIOSO tem os juízes e demais justiceiros na mão, temos que nos preparar para que vermos este file a correr nas salas mafiosas durante muito tempo mais.

DASSSSSS.....

1ª Parte - Encolhidos como sempre

 ●  + 1 comentário  ● 
Um gajo vergar-se perante equipas de grande gabarito ainda vai. Agora este medo estúpido de jogar no Dragão já mete nojo. Todos borradinhos!
Nada está perdido, na segunda parte temos mais que qualidade para dar a volta.

UEFA ATENTA !!!

 ●  + 10 comentários  ● 

A UEFA que está a vigiar de perto o nosso futebol podre e fedorento, achou por bem mandar vir para a guerra de hoje, um observador a fim de vigiar ao vivo e a cores as apintadelas do ex-superdragão de Lordelo.

JÁ NÃO E NADA MAU !!!

Só que a enfermidade grave porque passa este futebol doente, não vai lá com uma simples aspirina e requer tratamento, mais profundo e adequado com carácter de urgência.

Para erradicar de uma vez por todas, tamanha maleita, a UEFA tem que prestar sua maior atenção e que passa, por mandar vir não um observador, mas sim 3 ou 4 que acompanharão uma EQUIPA DE ARBITRAGEM também estrangeira séria, honesta e acima de qualquer suspeita complementando esses benefícios mandando também vigiar de perto o GARRIDO, não vá ele fazer umas investidas junto das suas gentes acenando-lhes com  iguarias.

E já agora, que essa rapaziada toda não seja apreciadora de marisco e que se dê por contente com o bacalhau e tripas, que por certo lhe serão servidas no hotel confeccionados com requinte e todos os temperos,  servidas com esmero e simpatia, como manda a tradição Portuguesa na arte de bem receber quem nos visita.

Ao que parece, aquela careca do COLLINA não serve só para os piolhos lá fazerem ski, mas também para servir de carapaça e tapar do sol e do frio, os seus neurónios que estão a funcionar na perfeição.

Sem dúvidas

 ●  + 9 comentários  ● 
Temos equipa e capacidade para vencer o jogo. Somos superiores: SEM DESCULPAS!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Quantos são? Quantos são ???

 ●  + 14 comentários  ● 
1º- trabalho
2º-confiança
3º-Acreditar

A propósito do apintador de serviço no jogo de amanhã e que pôs toda a familia BENFIQUISTA em alvoroço,eu como  crente que sou só quero que os nossos heróis
entrem em campo com o pensamento na vitória até porque, somos os melhores, somos os maiores e temos a melhor equipa, e o  nosso clube nunca perde porque só perdem os fracos, ás vezes... não ganha, o que não é bem a mesma coisa.

-Se trabalharmos com afinco, com seriedade sem receios.
-Se tivermos confiança no trabalho que está a ser feito.
-Se acreditarmos no nosso valor.

NÃO TEMOS DE TER MEDO NEM DO JORGE SOUSA NEM DE FDP. NENHUM.

MAFARRICO

Presos por não aplaudir LFV, presos por aplaudir!

 ●  + 7 comentários  ● 
O NGB está a mudar! Infelizmente, os benfiquistas (parte deles) continua avesso ao debate e à viva troca de ideias! Até confundem a saída do GB como comodismo perante o reinado de Vieira! Este "blogger" nunca se acomodará! Muito menos será complacente com a gestão pouco visionária e cheia de inconsistências de LFV! Aliás, em 10 anos muito mais poderia/deveria ter sido feito no que toca ao âmbito do futebol! Mas mesmo muito mais! Só a propaganda leviana da máquina Vieirista impede que os benfiquistas mostrem o seu descontentamento e que percebam o muito que falta ao SLB! Porém, nem tudo tem sido mau na vigência do presidente encarnado. E apesar de eu e muitos outros sermos vincadamente contrários ao presidente, somos acima de tudo benfiquistas! E isso é algo que custa a muitos! Somos é críticos! E sabemos distinguir as coisas.

Vejamos: ontem assumi posição favorável e crente da postura do SLB no caso Garay. Acusaram-nos de comodistas! Eis os factos:
"... o atleta Ezequiel Garay foi transferido a título definitivo do Real Madrid CF pelo valor de 5,5 milhões de euros, tendo o referido atleta celebrado um contrato de trabalho desportivo com a Sociedade por 4 (quatro) épocas desportivas, ou seja, até 30 de Junho de 2015. Mais se informa que o montante da cláusula de rescisão expressa no referido contrato de trabalho desportivo ascende a 20 milhões de euros.
De referir que, ao abrigo do contrato de aquisição de direitos desportivos e económicos do atleta, o Real Madrid CF terá direito a receber numa futura transferência 50% do valor da mesma."
in site do SLB

Não há azo a especulação! E se isto foi comunicado à CMVM para mim é o que conta! E daí a minha sugestão, que foi aceite pelo Viriato, em enviar às redacções de Espanho o comunicado emitido! Agora se há dinheiros por baixo da mesa, ninguém sabe... Mas em devido tempo isso também seria "apanhado". Agora o facto é que perante este comunicado aos adeptos, a verdade assiste-nos. Mais explicações, Florentino que as dê.

Agora se me falarem na hipocrisia de LFV no aniversário do "Seixal", se quiserem falaremos disso! Mas depois do clássico...

Ó Jorge de Sousa, não te ponhas a pau não?!

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 











A UEFA decidiu (e não foi a meu pedido, juro) que vai vigiar árbitro Jorge Sousa no dragão!
O 'controlador' será um colaborador próximo de Pierluigi Collina. (LOOOL) CM


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Garay?

 ●  + 15 comentários  ● 
O argentino já provou ser um belo reforço. Agora 12 milhões é absurdo! E o SLB, felizmente já foi célere o suficiente a desmentir a notícia. E apesar de eu ser céptico no que diz respeito aos negócios de LFV, desta feita não me parece que haja necessidade de sequer pegarmos mais neste assunto! Aliás, se a CMVM foi esclarecida que apenas pagámos 5,5 milhões, os benfiquistas poderão acompanhar eventuais desenvolvimentos. Já agora convém enviarmos o comunicado emitido pelo nosso site as redacções dos jornais desportivos espanhóis e até mesmo a "peñas madridistas", para que os adeptos "merengues" fiquem esclarecidos!

Serviços Secretos

 ●  + 15 comentários  ● 
Meus caros, foi-me entregue em mãos o relatório dos meus serviços secretos a informarem-me da equipa que os corruptos irão apresentar.

Fica então á atenção do JJ:




Os corruptos irão jogar em 5x3x4x1, com a defesa subida e a jogarem em fora-de-jogo.

José Ramalho será o patrão da defesa subindo para junto dos restantes defesas colocando sempre em fora-de-jogo os jogadores do Benfica.

Na frente de ataque, mais propriamente na ala esquerda, irá estar Bertino Miranda, conhecido pela sua forma sagaz como consegue escapar ao fora-de-jogo e também como consegue fazer com que os seu colegas de ataque nunca fiquem em fora-de-jogo.

Como matador irá estar o fantástico Jorge Boisa Super Dragão. Deus perdoa, Jorge Boisa não!!! É já considerado um dos melhores pontas de lança dos corruptos e do futebol corruptuguês. Quando as coisas estão difíceis, eis que aparece sempre o Jorge Boisa a fazer a diferença, não fosse ele um Super Dragão dos sete costados.

A equipa ideal para o dragão!

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 
A Liga de clubes revelou hoje, que Artur Soares Dias e Olegário Benquerença vão ser os fiscais de linha, da equipa de arbitragem liderada por Jorge Sousa para o clássico no dragão. O 4º árbitro será o Bracarense Cosme Machado.

CASTIGOS & CASTIGADOS

 ●  + 16 comentários  ● 
deViriato Viseu 
paradisciplina@ligaportugal.pt
data21 de Setembro de 2011 11:46
assuntoCASTIGOS & CASTIGADOS
enviado porgmail.com
     

Que essa servil e cangada LIGA presidida pelo Fernando das Facturas Gomes estava ao serviço do clube que oferece viagens e meninas a árbitros, já o sabíamos há muito tempo,  ao menos podiam disfarçar um pouco e fazer um intervalo nessas filantropias ao clube do Guimaro e Martins dos Santos.

Um jogo de castigo ao James Rodriguez por uma agressão, não lembra ao diabo, nem ao careca e nem ao maneta.

Mas ainda estão a tempo de lhe reduzir a pena para metade e assim, ainda poderá jogar contra o BENFICA, na 2ª.parte...penso eu de que...

Cumprimentos
Viriato de Viseu

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O NGB está a mudar

 ●  + 22 comentários  ● 
O que para aqui vai de insultos entre benfiquistas. Envergonha qualquer pessoa educada, mas enfim, os actos ficam para quem os pratica. Mas não é isso que venho rapidamente partilhar convosco.

Vou dar a todos excelentes notícias. Aos mais "seguidistas" venho anunciar que vou ter que fazer uma interrupção por tempo indeterminado no meu contributo no blog, por falta de tempo. Boas notícias! Yupiiiii, meninos... menos um a "por o dedo na ferida".

Sinceramente, e olhando à quantidade de insultos e faltas de respeito que tenho lido entre benfiquistas, quase que nem dá pena. Mas enfim, fica dada essa boa notícia do meu afastamento que nada tem a ver com o SLBenfica ou com o descontentamento (para isso bastava parar de escrever e pronto), mas sim com a falta de tempo.

Aproveito, com isso, para anunciar a entrada no blog do MasterGroove e do Viriato de Viseu. Posso dizer-vos que é com ENORME orgulho que anuncio estas duas entradas para a equipa do blog que deixará de contar com o GeraçãoBenfica.

Em registos diferentes são duas pessoas que muito respeito pela sua honestidade e dedicação à causa benfiquista. Sem desprimor para ninguém, deixo uma palavra especial à sabedoria e experiência de vida do nosso companheiro Viriato de Viseu. RESPEITEM, pelo menos.

A política de gestão do blog será da inteira responsabilidade dos futuros Administradores que, se entenderem farão algum comentário ou alteração nesse sentido.
    

recentes

ranking