O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 26 de outubro de 2019

Milhões de euros depois...

Avatar
 ●  52 comentários  ● 

O presidente do SL Benfica foi ver o jogo?

Um banho de bola, também no basket. Estão falidos mas o resultado em campo...

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Parabéns ao departamento médico do SL Benfica, à administração da SAD e ao treinador Bruno Lage

Avatar
 ●  127 comentários  ● 



Departamento médico/Benfica LAB:

Não sabemos se é pura incompetência de alguém em particular ou se de todos ao mesmo tempo. A realidade é que nos últimos anos é uma vergonha a quantidade de lesões que se verificam no Sport Lisboa e Benfica.

Os meses passam sem qualquer evidência de que as coisas melhoram ou são resolvidas.

Administração da SAD:

A administração da SAD do SL Benfica tem toda a disponibilidade do mundo para dezenas de entrevistas, para organização de eventos de glorificação do presidente, para visitas ao estrangeiro, para tudo!

No entanto, não há um administrador, director ou até serviçais que tenham reparado que o relvado está uma desgraça e que não consolidou desde que foi colocado. Sabemos, assegurado pela administração, que não foi pisado em nenhum dos vários eventos organizados na Luz no Verão.

Daí ser extraordinário que a empresa responsável pelo relvado não tenha sido obrigada a substituir aquela vergonha por um relvado decente. 

Paragens nas competições não têm faltado. Ainda agora foram 3 semanas!!

Porque então a administração não agiu? Não viram? 

Bruno Lage:

Colocar em campo, naquele relvado, jogadores acabados de vir de lesão era pedir mesmo uma coisa destas. Esperemos que Florentino não tenha ele também problemas pois foi também lançado acabado de vir de lesão.

Se o mau estado do relvado passou ao lado da administração, será que o treinador não se apercebeu? Não alertou? Não tem o treinador a obrigação de zelar pelos seus atletas? 

As várias estruturas do SL Benfica não falam entre si? Não comunicam? Não há ninguém que reporte problemas a ninguém?

Ou será que é também como no caso de Paulo Gonçalves? O tratador da relva não dizia nada a ninguém sobre o que andava a fazer?

Tudo isto tem nomes: AMADORISMO. INCOMPETÊNCIA.

Se calhar podem dispensar um dos 40 e tal gajos pagos para comentar na NET para olhar para o relvado. Ou podem não pagar mais casamentos a ninguém e usar esse dinheiro para financiar um relvado novo.

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Quem não sente o Sport Lisboa e Benfica pode falar assim sem problemas...

Avatar
 ●  141 comentários  ● 


Há coisas inegociáveis. O emblema do SL Benfica é uma delas.

O nome do clube é Sport Lisboa e Benfica. São essas iniciais que estão no emblema.

Quem não estiver bem com o nome do nosso clube, com o seu emblema ou até com os seus valores históricos tem bom remédio.

Só mesmo um adepto de outro clube para olhar para o emblema do clube como se estivesse falar de mudar o aspecto de um pacote de arroz ou de uma garrafa de sumo de laranja.

O Sport Lisboa e Benfica não é um produto de supermercado, Domingos Soares de Oliveira.

Os contorcionistas da NEWS Benfica

Avatar
 ●  37 comentários  ● 


A NEWS Benfica, (veículo de propaganda tipo Dragões Diário do nosso clube), traz hoje uma análise curiosa ao jogo de ontem com o Lyon.

Lê-se o seguinte:

"São três pontos importantes, conquistados frente a um valoroso adversário que não perdia há 11 jogos na fase de grupos da Liga dos Campeões (a última derrota havia sido frente à Juventus em 2016). E importa realçar que iniciámos o jogo com cinco jogadores da formação no onze inicial, uma média de idades muito jovem dos titulares, os quais demonstraram a maturidade e competência necessárias para ultrapassar mais um obstáculo difícil." - SL Benfica.


Curioso critério este de não contar com os jogos dos oitavos de final da Liga dos Campeões para a contabilização de vitórias e derrotas.

Por este critério, podemos dizer que não perdemos na final da Champions/Taça dos Campeões desde 1990.

Ou mais puxado ainda podemos dizer que não perdemos em casa com o FC Porto ainda esta temporada. Quando excluímos o que não interessa, os números funcionam sempre a nosso favor.

Foi uma vitória contra o 17º classificado do campeonato francês. Uma equipa que não vence um jogo para o campeonato francês desde 16 de Agosto de 2019, isto sim um facto. 

Uma equipa que, mesmo com esta performance miserável no seu campeonato, foi ganhar fora ao Leipzig que nos venceu em casa. 

Uma equipa a quem só ganhamos porque tivemos uma oferta no final do jogo. 

Critérios contorcionistas.

O futebol deprimente puxa o assobio

Avatar
 ●  97 comentários  ● 


O treinador do SL Benfica, Bruno Lage, a "estrutura" bem como alguns dos jogadores do plantel principal estiveram (e estão) totalmente de acordo com este gesto de Seferovic, que ainda hoje não foi condenado pelo director para o futebol nem pelo presidente do SL Benfica. Um estará muito ocupado a fumar, o outro prefere apertar o pescoço aos sócios. Antes o Seferovic que só gesticula...

Há uma nova espécie de paradigma que nos querem impingir neste benfiquismo 2.0 nascido em 2003. Não se pode assobiar ou vaiar a equipa. Só é permitido bater palminhas, acender as luzes do telemóvel ou agradecer ao presidente por ter recolocado as pedras da calçada na Avenida General Norton de Matos.

Só que este benfiquismo de pacotilha, contratado a peso de ouro a partir de 2003, tem uma deficiência fatal: não faz a mínima ideia o que é o Sport Lisboa e Benfica, os valores que o transformaram num dos maiores clubes do mundo e o que é a exigência dos benfiquistas de gema, não produzidos em aviário ou fruto de nenhuma linha de montagem e lavagem ao cérebro. 

O futebol apresentado pelo SLB de Lage é deprimente. A conversa de Bruno Lage é deprimente.

Larguras, comprimentos, verticalidades, entre linhas, transições, 9 atrás da bola...Lage é isto. Conversa de chacha para jornalista estagiário repetir como se isso fosse a essência do futebol.

Para Lage, um grande jogador é o que corre kms, mesmo que essas corridas sejam totalmente inúteis como é o caso de Seferovic. Um jogador banal, fantástico para um clube menor da Liga portuguesa, mas que continua a ser titular no SL Benfica da Champions. 

Para o teórico Lage, querer ganhar um jogo de Liga dos Campeões é meter o maior número possível de jogadores sem experiência de alta competição, muito menos sem experiência de jogos deste nível. Pois, a não ser que caia do céu, ninguém vence jogos ou eliminatórias da Champions sem uma base de jogadores de qualidade e experientes. 

Todos queremos que Florentino, os Tavares todos, o Ferro, o Ruben, o Jota e todos os miúdos que apareçam triunfem e façam parte do futuro do clube. Mas isso não acelera nem os torna naquilo que não são, ainda. 

Tomás Tavares ainda não tem pedalada para uma competição destas e Florentino, por muito que o endeusem para o despachar no final do ano por 120 milhões, não tem também ritmo e qualidade ainda para ser titular num jogo de Champions. Com uma equipa melhor que este 17º classificado da Liga Francesa ainda teria sido pior.

Ontem, tirando Rafa e Gabriel, a equipa foi banal e deprimente. 

Aliás, um sinal dessa mediocridade é o facto de Pizzi, o rei das assistências e golos atrás de golos na nossa Liga, o tal jogador que muitos e muita imprensa procura classificar como fantástico, ter marcado o seu primeiro golo de Champions ao fim de 34 jogos. Seria interessante perceber quantos jogos na Champions ganhou o SL Benfica com Pizzi em campo. Assim de repente, diria que menos de metade.

Bruno Lage, em vez de preparar uma equipa base e a partir daí estimular a competitividade no plantel forçando quem joga mais vezes a manter um nível elevado e a "obrigar" quem está fora do habitual 11 inicial a treinar sempre nos limites, faz exactamente o contrário. 

Não tem uma estratégia, um 11 base, nem sequer uma ideia de jogo que se adapte às circunstâncias. Uma confusão que os jogadores não percebem como se tem visto.

Lage vem para as conferências de imprensa dizer que todos contam e depois o balneário assiste ao que se faz e diz a Fejsa, Cervi, Samaris ou Zivkovic. Que treinador poder ser respeitado por um balneário que SABE O QUE SE PASSA?

A estratégia de Bruno Lage é meter o máximo número de putos na Champions, para exibir o catálogo, e meter os preferidos e autorizados na Liga portuguesa. E rezar para que tudo corra bem.

Só que a bitola do benfiquista que ama o clube acima de tudo não é esta mediocridade. 

A bitola do benfiquista que ama o clube não é a de passar as semanas a pensar em quanto o Jorge Mendes vai dar pelo Florentino, pelo Ruben Dias em Janeiro ou pelo Ferro em Junho.

O benfiquista que ama o clube não quer saber se o Seixal vai ter mais 15 campos e se vamos buscar mais 10 miúdos de 16 anos ao Leste Europeu.

O benfiquista que ama o clube PAGA para estar nas bancadas da Luz e de todos os estádios do mundo onde o SL Benfica jogar.

O benfiquista que ama o clube só quer em troca bom futebol e vitórias do seu Glorioso!

O benfiquista que ama o clube paga bilhetes e RedPass sem pestanejar. 

O que o benfiquista que ama o clube espera é que jogadores profissionais de futebol, bem como os seus treinadores, pagos a peso de ouro, não lhe venham dizer como tem que se expressar nas bancadas. É que jogadores e treinadores estão ali para trabalhar, para executar um trabalho que é ganhar jogos de futebol e demonstrarem que durante a semana não andam a coçar os tomates.

O benfiquista que ama o clube, que PAGA para ver o seu Sport Lisboa e Benfica, espera ver nos jogos oficiais jogadas estudadas, lances de laboratório, planos A, B e C. É isso que é exigido a profissionais pagos a peso de ouro. É isso que é exigido a todos os que vestem o Manto Sagrado.

O benfiquista que ama o clube não pode aceitar que em Outubro a equipa do Sport Lisboa e Benfica não aguente mais de 60 minutos de jogo sem começar a rebentar fisicamente.

O benfiquista que ama o clube não pode aceitar que a bitola do SL Benfica passe a ser a de uma equipa pequena, de um qualquer Sheffield. O nosso clube não pode passar uma segunda parte na retranca contra um 17º classificado da Liga Francesa, em que a determinado ponto a estatística marcava 0 remates para nós e 7 para os franceses.

Os medíocres pegam nos assobios dos adeptos e reclamam da exigência, pois sabem que dificilmente têm qualidade para corresponder ao que se espera de um jogador do Sport Lisboa e Benfica. 

Os jogadores que têm consciência da honra que é estarem em campo com a camisola do Sport Lisboa e Benfica pegam nos assobios e usam-nos para no jogo seguinte fazerem a exibição das suas vidas. 

O futebol deprimente, a mediocridade e a bitola baixa vão sempre merecer assobios e vaias.

Queixam-se do ambiente frio no estádio da Luz? Queixam-se dos assobios? Queixam-se que alguns os adeptos não esperam pelo fim do jogo para sair? 

Em vez de se queixarem façam o vosso trabalho com qualidade e com a exigência que estar no SL Benfica merece.

Não venham com lições de moral ou benfiquismo para os adeptos. Não estão habilitados a isso nem é para tais moralismos que são pagos. 

Joguem à bola, e bem, e ganhem todos os jogos. É só para isso que aí estão.

Os adeptos têm amor ao clube, ao Manto Sagrado e aos valores históricos do SL Benfica. Vocês estão aí temporariamente. Nós estamos sempre ali.

Joguem à bola!

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Uma vitória preciosa...mas imerecida

Avatar
 ●  218 comentários  ● 
Uma exibição miserável.

Uma segunda parte de equipa pequena, à medida da mentalidade de Bruno Lage.

Um golo da vitória caído do céu, fruto de um erro enorme de Anthony Lopes e do mérito e única coisa de jeito que Pizzi fez.

Opções de Lage inacreditáveis e a encarar a Champions como palco para experimentalismos. Muda quase meia equipa de um jogo da Champions para outro sem explicação ou logica.

Bruno Lage é um treinador medíocre. Alguém que se preocupa com muita coisa menos com o interesse do SL Benfica. 

Ganhar era o mínimo. Foi conseguido sem mérito. Mas foi o mínimo do mínimo, contra o 17o da Liga Francesa.

SL Benfica - Lyon: 11 inicial e suplentes

Avatar
 ●  89 comentários  ● 



11 inicial do SL BENFICA: 
Odysseas, Tomás Tavares, Rúben, Ferro, Grimaldo, Florentino, Gabriel, Rafa, Cervi, Gedson e Seferovic.

Suplentes: 
Zlobin, André Almeida, Jardel, Taarabt, Pizzi, Raul de Tomas e Vinícius.

----------------------------------------------

Uma equipa que tem a titulares jogadores que não contam para o treinador noutros jogos não pode ser levada a sério.

Ou então é o treinador do SL Benfica que anda a gozar com a cara dos benfiquistas.

Volto a dizer: 
GANHAR HOJE É O MÍNIMO QUE SE EXIGE.

Convocados SL Benfica - Lyon

Avatar
 ●  82 comentários  ● 


Lista de convocados do SL Benfica:
Guarda-redes: Zlobin e Odysseas;

Defesas: Jardel, Ferro, André Almeida, Rúben Dias, Tomás Tavares e Grimaldo;

Médios: Taarabt, Florentino, Pizzi, Gabriel, Gedson, Rafa e Cervi;

Avançados: Raul de Tomas, Seferovic e Vinícius.

------------------------------------------

2 titulares do primeiro jogo com os alemães não convocados: Jota e Fejsa.

Também fora dos convocados: Samaris, Zivkovic ou Caio Lucas.

Bruno Lage prossegue, desta forma, executando o seu papel serviçal na perfeição.

Até porque faz todo o sentido pressionar Florentino a jogar à força quando vem de uma lesão, por exemplo.

Continua a ser um mistério(ou não €€€€€) a vinda de Caio Lucas para Lisboa. Para fazer o que ele faz não estava cá o Willock?

Depois, os 2 proscritos e que tanta comichão fazem: Samaris e Zivkovic.

Quando se tem nos convocados um Taraabt que andou ANOS a gozar com o SL Benfica e os benfiquistas, com mensagens públicas de chacota, com noites intermináveis no Urban e que está muito longe de ser um "craque", perde-se a legitimidade para dar lições de moral seja a quem for.

Aliás, seria interessante Bruno Lage explicar porque não gosta de Samaris e porque lhe fez confusão o grego assumir no balneário a defesa do grupo. Para azar de Lage, Samaris é um profissional exemplar desde o seu primeiro dia de SL Benfica e por isso é que, mesmo excluído, fica na bancada a vibrar com os companheiros.

Mas é preciso colocar à força o catálogo em campo.

Já sobre Zivkovic, já o acusaram de tudo. Não treina bem, é gordo, é alcoólico, é drogado, não joga nada...já foi tudo colocado cá fora para justificar uma única opção: manter o jogador fora do campo para não se notar a sua qualidade e o obrigar a sair partilhando os despojos. Certamente que Caio Lucas, por exemplo, não tem nos 2 pés a qualidade de Zivkovic.

Com tudo isto à parte, a única coisa que esperamos logo é uma vitória perante o 17º classificado do campeonato francês.

Golos de Pizzi, Seferovic e Taraabt, para depois virem cá dizer "Toma Shadowsss!!!!".

É o mínimo que se exige. 

terça-feira, 22 de outubro de 2019

Centralização dos direitos televisivos e a reformulação dos campeonatos nacionais na mão do SL Benfica

Avatar
 ●  77 comentários  ● 


A centralização dos direitos televisivos é o objectivo de 99% dos clubes e dirigentes desportivos nacionais. Com isso pensam ter na mão a viabilização financeira do nosso futebol bem como assegurado o futuro das competições. 

Mas só quem não conhecer os dirigentes desportivos portugueses é que pode acreditar que os fundos que chegariam de um contrato de centralização de direitos seriam utilizados para modernizar clubes e o nosso futebol. 

Basta lembrar como no final dos anos 90 foi apresentada ao adepto do futebol a grande solução para os problemas financeiros dos clubes: as SAD. 

Como percebemos hoje, cerca de 20 anos depois desse fenómeno "fantástico", não só as SAD não resolveram nada como continuamos a ter clubes endividados, sem capacidade de afirmação europeia, e um quadro de competições completamente desproporcional face ao país que temos. 

Os dirigentes que realmente mandam do futebol português, na sua maioria, já cá andam há quase 30 anos. Alguns até mais que isso. Foram incapazes de promover o nosso campeonato como espectáculo desportivo atractivo para o público. 

Temos um presidente da FPF que desaparece sempre que surgem problemas que envolvem corrupção, arbitragens ou negócios obscuros envolvendo tomadas de poder em SADs de pequenos clubes. 

Não é capaz de exigir ao poder político uma legislação eficaz que combata a violência como um todo. Andar a fazer decretos-lei destinados a claques é não querer resolver este tema. Não temos uma lei ou justiça eficazes que sejam céleres em proibir que adeptos violentos ou envolvidos em confrontos sejam interditados de ir a eventos desportivos. Em Inglaterra, há adeptos que se não se apresentarem na esquadra local em hora do jogo, são imediatamente procurados e detidos para cumprir pena de prisão. 

Cá em Portugal, os adeptos violentos são escolhidos pela FPF para liderar “a claque de Portugal”. 

Temos um conjunto de associações de futebol que continuam dominadas pelos mesmos senhores desde final dos anos 80 do séc.XX e cujo grande objectivo é estar bem representados nos órgãos da FPF e estar perto do poder. 

Ora, mediante tudo isto, há um ponto fundamental: nunca haverá centralização de direitos televisivos em Portugal sem o SL Benfica. 

O que se passou com a Sport TV durante os anos em que o SLB teve na mão os seus direitos televisivos demonstra que, sem o Glorioso, não há viabilidade financeira para qualquer projecto. (Imperdoável o que Vieira fez ao devolver o poder à Sport TV). 

Por isso, defendo que deve ser o SL Benfica a liderar um projecto de renovação do nosso futebol e, forçar essa mudança, introduzindo o tema da centralização dos direitos televisivos. 

Para o SL Benfica partilhar o seu valor financeiro num contrato desta dimensão, então teria que se promover, antes, uma reformulação profunda dos nossos campeonatos. Reforçar a competitividade e envolver todo o país no fenómeno desportivo, como forma de puxar os jovens para o desporto. 

A distribuição do dinheiro num quadro reformulado de competições visaria assim a divulgação do futebol e da prática do desporto. Como? 

a) Defendo a diminuição do número de equipas na primeira divisão do campeonato para um número a rondar os 12-14. 

Poderá ser estudada a formula mais adequada: 2 voltas simples ou 2 voltas, em que na segunda volta a primeira metade das equipas disputaria o título e a segunda metade disputaria a permanência. Prefiro esta segunda formula em que o interesse na competição se manteria até ao final. 

b) Defendo também a criação de 3 zonas como substituição da segunda divisão. Seria uma espécie de recriação das zonas norte, centro e sul que já tivemos no passado. 

Sei que há quem se oponha a esta medida por achar que assim não se está a premiar o mérito. Pelo contrário: não só se premeia o mérito como se garante o crescimento da modalidade e a distribuição uniforme pelo país dos dinheiros da centralização como forma de promover o futebol e o desporto. 

Assegura que todo o país terá direito a futebol de primeira divisão e impede assim as "batotas" que levam regularmente dinheiros públicos a ajudar alguns clubes, ao invés de outros que não têm esses apoios.

Quanto às equipas das ilhas, não sei se a solução passaria por uma “zona” das ilhas mas também teria que se assegurar pelo menos uma vaga para o Portugal Insular. 

Só num cenário de completa reformulação dos nossos campeonatos é que poderia aceitar uma solução de centralização de direitos televisivos. E com a salvaguarda de que o SL Benfica, em caso de as mudanças promovidas no futebol serem descontinuadas, teria a opção de recuperar os seus direitos. 

O Sport Lisboa e Benfica, como clube de grandeza e abrangência nacionais, tem direitos e obrigações como resultado da sua dimensão. 

Defendo que o presidente do Sport Lisboa e Benfica, seja quem for, tem na mão o futuro do futebol português. 

Parece algo arrogante esta posição? Sim, até pode parecer. Mas se os clubes portugueses querem ter futuro num quadro de competições europeias cada vez com mais importância, ou se adaptam ou desaparecem. 

Cabe ao SL Benfica este papel de liderança.

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Exclusivo: O Benfica que quero!, por Rui Gomes da Silva

Avatar
 ●  110 comentários  ● 


Comecemos - então - pelo Benfica que eu quero .. .
Pelo Benfica sem igual em Portugal e sem superior na Europa e no Mundo.

Esse Benfica é o que fez questão de oferecer a sua parte da receita do jogo da passada sexta feira ao Cova da Piedade!

Um gesto à Benfica do Presidente, sublinhado pelo Presidente do Cova da Piedade, no agradecimento que fez!

Um pequeno gesto financeiro, mas uma atitude de enorme significado ético e desportivo.

Para que fique registado o elogio público!

TUDO É RELATIVO?

Se compararmos tudo teremos de concluir que sim! Mas será mesmo assim?

Na verdade, há sempre quem o pense porque ... “até não nos podemos queixar”!
Se compararmos com o “nosso vizinho” ... só temos de agradecer à providência divina!

Foi assim que deixámos de ser importantes no Mundo!

Será assim que - enquanto Benfica - deixaremos de ser importantes na Europa do futebol.
Rir-nos-emos do Sporting, e até ... muito possivelmente ... do FC Porto!

Voltaremos ao Marquês uma quantas vezes ... porque os outros estarão piores!

Mas os vossos filhos, os nossos netos, pedirão camisolas dos clubes europeus que joguem - para ganhar - a Liga dos Campeões.

E será com elas que jogarão futebol na escola!

Como, antes, se era do Salgueiros, do Leixões, do Beira Mar, do União de Leiria, do União de Tomar, do Lusitano de Évora, do Desportivo de Beja, ... de tantos outros e se era ... do Benfica!

Tudo é relativo!

Mas é esse Benfica ... melhor relativamente a um Sporting a desfazer-se em ritmo acelerado ... que eu não quero!

E se tudo é relativo ... então que o seja, outra vez, em comparação com os novos senhores (alguns dos quais também velhos senhores) da Europa do futebol!

É esse o Benfica que quero, ... é esse o Benfica com que sonho!

Mas, infelizmente, não será o Benfica que teremos ... se não conseguirmos mudar!

ESTABILIDADE (PRECISA-SE)!!!

Esse Benfica com que sonho é um Benfica feito de estabilidade.

Mas de estabilidade enquanto meio de preparação e consolidação interna para ganhar na Europa!

E nunca estabilidade como meio para ir ganhando cá dentro, de forma a que, com a montra da Europa (que só serve mesmo para isso, ... para “montra”), se consiga vender tudo lá fora!

Dizia o Embaixador José Fernandes Fafe que ... “da ideia que uma pessoa faz de si, posso antecipar a sua resposta a uma situação”.

Basta conhecer a natureza humana e - dentro dela - o perfil psicológico de quem temos pela frente para sabermos a resposta que será dada a cada situação em concreto!

Com essa “ajuda” poderemos resolver, em 3 tempos, todas as dúvidas postas a correr sobre o que sairia da reunião de órgãos sociais marcada (agora) para 28!

Nada a não ser o que já está! Mas a seu tempo anteciparemos o que de lá sairá!

O que não será difícil de adivinhar.

Não só porque ... “da ideia que uma pessoa faz de si, posso antecipar a sua resposta a uma situação” ... como estabilidade foi a palavra que a “estrutura de comunicação” sublinhou mas palavras do Presidente, no evento do Seixal, na passada semana!

E percebe-se porquê!

Porque acham que, com esse discurso, inverterão a enorme instabilidade em que vive a “estrutura”!

O melhor - para defesa do Benfica - é não falar dos pormenores porque só os títulos dos jornais diários ... falam de tanto nervosismo, .. de tanta confusão, ... de tanta instabilidade!

E AINDA ASSIM ... HÁ OS QUE ACREDITAM!!!

Ainda assim ... há os que - não sendo pagos, porque esses têm desculpa - ainda acreditam ... em tudo o que lhes dizem!

Contra os que parecem clamar no deserto! Até os desertos passarem a ser florestas tropicais, dando razão a quem apontava o dedo a tanto erro.

Assim vai o Benfica!

Não na construção ... mas, antes, no excesso de betão!

Não na formação ... mas, isso sim, no excesso de comercialização!

Não em cada contratação ... mas, quase sempre, na sua não utilização!

Não nas vendas ... mas no excesso de comissões!

Se o Benfica fosse uma grande área comercial ... mas não é!

E isso só não ê verdade porque o Benfica é muito grande!

Até um dia!

TANTA ASSINATURA ... TANTA RENOVAÇÃO

Nesse frenesim comunicacional, do que não nos podemos queixar é de notícias sobre cada assinatura ou renovação de contrato.

Como se cada um desses processos fosse uma telenovela, com muitos episódios.

E quando o processo entusiasma mais uma assistência presa aos folhetins, quando a “coisa” já leva mais do que uma temporada ... eis que surge, das trevas ou do nevoeiro ... a Gestifute e o seu Cavaleiro Andante ... para, num ápice, resolver as dúvidas, aumentar cláusulas, fazer crescer vencimentos ... e por-nos a prever a próxima conquista europeia.

A das vendas com lucros para tanta gente ... menos para o Benfica ... cada vez mais longe da Europa do futebol!

E quem ganha com isso?

O GRANDE CAPITAL (I)

Quem ganha com isso, com toda a certeza, é o “grande capital”!

Não o “grande capital” inimigo de classe do Partido que o Presidente do Benfica apoiou no penúltimo acto eleitoral, mas, antes, o “novo grande capital” feito dos novos senhores do futebol: os empresários!

Os que são “parceiros estratégicos” e os que, mesmo sem serem estratégicos, se contentam em ser parceiros!

Parceiros conjunturais de contratos que, na sua esmagadora maioria, todos sabem não ser para ter futuro ... a não ser nas folhas de comissões desses mesmos empresários,

Por assinarem eles ... ou por deixarem que outros assinem !

Para além deles - parceiros estratégicos ou não - há outros que dizem ter ganho bem ...

O GRANDE CAPITAL (II)

Têm sido pródigas as redes sociais em referências a empresas que nascem e vivem por causa de prestações de serviços ao Benfica ...

Não conheço como não me recordo de - no tempo em que fui VP - essas tantas sociedades (a cuja identificação, poupo, obviamente, os leitores da NGB) terem presença assídua entre os parceiros do Benfica!

Mas duas coisas posso afirmar: nunca delas tomei conhecimento como Administrador da SAD nem com elas me foi dado qualquer contrato para assinar!

Haverá, por certo, razões que terão presidido a essas escolhas!

Até porque a natureza do Benfica - como clube dos sócios e instituição de utilidade pública - a isso obriga!

Como se já não bastasse pagar comissões de negócios que não queremos!!!

A INJUSTIÇA DO GOLDEN BOY

Por falar em pagar comissões de negócios que não queremos, veio-me à memória o facto de só um jogador “made in Seixal” estar entre os finalistas do troféu “Golden Boy”!

Ora, pela narrativa com que vamos sendo inundados, nos últimos tempos, 4 ou 5 jogadores da formação do Benfica deveriam estar a lutar pela distinção!

O problema é esse!

É acreditarmos no que as “forças da propaganda” nos vão impingindo!

Há por lá muito bom jogador ... mas daí a podermos ser Campeões Europeus só com jogadores do Seixal ... vai uma diferença enorme!

A diferença entre a realidade e a demagogia!

“VOTO ELECTRÓNICO É A NOVA APOSTA DO LEÃO”

Para fechar ... uma notícia boa!

Li, nos jornais de sexta - logo após a derrota do Sporting, em Alverca - que o Sporting vai apostar no voto electrónico.

Concluí - de mim para mim ... vá lá saber-se porquê - que Frederico Varandas (apesar da contestação das últimas horas) ... vai ser Presidente do Sporting por muitos anos!

Os que quiser!

Se calhar é sobre isso que tem andado a receber lições em encontros reservados ... algures em Cascais!

FUTEBOL FEMININO

Lições que não chegam para impedir a derrota no 1.º derby da História do futebol feminino.

Benfica - Sporting, 3-0!!!

Um grande jogo!

Mas - para quem viu o jogo - um argumento mais a favor de quem acha que, também no futebol feminino, só valerá a pena apostar ... se a Europa for o limite!!!

TAÇA DE PORTUGAL
(O melhor e pior da semana)

Foram muitas as eliminações surpresa na segunda competição mais importante do nosso calendário.

Costuma-se dizer nestes casos que... "houve Taça!". Honra seja feita às equipas mais "pequenas" mas que se revelaram grandes em campo! Foi o melhor da semana!

Mas é preocupante quando equipas profissionais perdem com outras equipas em que os jogadores têm trabalhos "normais" e a tempo inteiro. Isto é o pior da semana.

Pior da semana e preocupante no sentido que confirma que o nosso campeonato não apresenta a qualidade que tanto se apregoa em alguns momentos da temporada. Infelizmente para todos nós que gostamos de futebol...

Infelizmente porque, essa falta de qualidade, confirma depois a irrelevância dos clubes portugueses nas competições europeias e que, sem isso, não permite darem um salto qualitativo necessário para subirmos o nível do nosso campeonato.

Daí que, no caso do Benfica, desprezar a Europa, querendo só ser campeão em Portugal e nas transferências milionárias, é condenar o Benfica à mesma irrelevância a que alguns já estão destinados.

Esse não é o caminho que defendo para o Benfica nem é o caminho que fez do nosso clube um clube de fama mundial. 

Queremos ser os melhores e maiores pelo que a equipa faça dentro de campo e não pelo betão ou pelo campeonato dos empresários.

domingo, 20 de outubro de 2019

A "paixão" Zivkovic... e a memória selectiva sobre o Jovic

Avatar
 ●  55 comentários  ● 
O "Santo" que preferiu ficar seis meses sem jogar e a treinar à parte no Partizan porque, além de não querer renovar o contrato - para poder empochar ele a transferência - ainda teve o paizinho a ser agressivo e rude com o clube que o formou, parece que virou vítima.

Na Sérvia, os mesmos que lhe reconhecem o potencial nas pernas (por confirmar), confirmam isso sim a efectiva falta de cabeça e responsabilidade deste rapaz - como apenas este exemplo (mas há mais).

Antes de escrever fui pesquisar e fazer exercícios de memória e falta-me encontrar um jogo o sérvio tenha deslumbrado e justificado tanto burburinho à volta da sua utilização. O rapaz jogou mais de 80 que fez pelo Benfica, quase todos incompletos (o que não será um acaso).... mais de 1300 minutos na época passada e cerca de 2000 na época anterior. Com Lage esteve em campo em 10 jogos na época passada. Na primeira temporada marcou tres golos e fez nove assistencias. Na época passada nada...

O Shadows pelos visto sabe que o rapaz treina a 100% e os treinadores são todos estúpidos porque ele dedica-se totalmente mas optam por jogar com os que treinam menos que ele.

Por outro lado, o Shadows acha também que o problema é que ele não aceita sair... e por isso não joga. Isto porque, alegadamente, o contrato dele prevê aumentos significativos ano após ano - o que não me parece desadequado sabendo o Benfica que a valorização dos jogadores com qualidade dificilmente os mantém em Portugal - mas esquece-se o Shadows que se o problema é querer que ele saia... então porque o "escondem"?

Ora deixa cá ver se entendo:

- Profissional exemplar
- Treina afincadamente
- Qualidade acima dos jogam / ou pelo menos igual
- Contrato que aumenta bastante anualmente

Perante isto, o clube porque quer que ele saia... não o deixa jogar?!

Faz todo o sentido, realmente!

Pergunto eu: Não se dará o caso de ninguém querer dar um bom ordenado a um jogador (e um pai) conflituoso e pouco profissional e, perante isto, o empresário/pai prefere que ele fique (outra vez, como já ficou no Partizan) sem jogar para poder ganhar mais dinheiro do que empenhar-se para justificar o que ganha e, com isso, justificar em campo que possa ir jogar noutros clubes?

Porque raio a tentação é culpar o SLBenfica quando, o lógico seria por o jogador a jogar para que ele pudesse valorizar e sair??

Porque razão não se tenta usar a cabeça e perceber que o principal prejudicado - e com isso interessado no inverso - é precisamente o SLBenfica que investe bastante num jogador que, aparentemente, não quer trabalhar porque tem o seu contrato chorudo mesmo que nada faça por isso?

Não será de estranhar que os tubarões que o pai dizia que o tinham debaixo de olho... tenham todos percebido que seria um mau investimento?

E por falar em maus investimentos, aqui muito se criticou (para não variar) que a culpa de o Jovic não ter rendido no SLBenfica era... do Benfica, pois claro! Ainda que o jogador tenha ASSUMIDO que no SLBenfica não foi profissional e que jamais poderia ter ocorrido algo melhor para ele face à sua atitude em treino... os benfiquistas criticam é o clube.

Mas o tempo não falha.... e vejam bem o Jovic no Real Madrid. Em Espanha sucedem-se os memes sobre a total ausência do jogador em campo, na medida em que mal toca na bola e o que faz... pouco acrescenta. Quem o viu e quem o vê? Ou efectivamente estar num "clube de segunda" e ser treinado por um sérvio ajuda muito...? Pois é... jogar nos grandes é outra história.

Este rapazinho custou 60M ao Real Madrid... mas tardam os comentários do Shadows...

ranking