O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 16 de setembro de 2017

Podemos fazer listas de erros... ou juntarmo-nos e fazer de todos um!

Avatar
 ●  55 comentários  ● 
Estou-me nas tintas se acham que isto é defender seja quem for... O momento atual só encontra paralelo no arranque de há duas temporadas atrás com Rui Vitória. Na altura foi Jesus o responsável pela união em torno da equipa e do treinador.

Vão ser capazes de fazer isso sozinhos ou precisam de ajuda do Jesus?

Podemos andar aqui todos em bicos de pés a ter imenso tempo para apontar o dedo... eu prefiro apontar a virar o rumo e querer vencer. São opções! Quem quiser continuar a bater nos erros... o exercício está muito bem feito: Culpar os jogadores é o caminho mais fácil. A realidade é outra!

Culpar os jogadores é o caminho mais fácil. A realidade é outra!

Avatar
 ●  72 comentários  ● 



1. Os jogadores são humanos, e eles próprios devem sentir o mesmo que qualquer adepto que ande com os olhos abertos: A luta é cada vez mais desigual, e quando a desconfiança se instala inebria qualquer vontade que se possa ter. 

2. O problema principal chama-se estratégia e planificação! Este é um plantel que não está ao nível do que se exige para o Benfica. Sinceramente, não deveria ser preciso explicar porquê.

3. O problema são 20 reforços este ano para um titular na A (Seferovic). Sim, não vou contar com Varela porque todos perceberam que era um acidente prestes a acontecer. Se o Benfica tem contratado André Moreira como QUIS, Varela ou era número 3 ou era emprestado novamente. Ideia dificílima de desmentir mesmo para os mais fanáticos!

4. O problema não é não poder gastar mais para garantir a viabilidade do clube. O Benfica gasta! Gasta é mal! O problema são 85 (!!) milhões de euros gastos em reforços desde que Rui Vitória chegou ao clube para dois titulares indiscutíveis: Mitroglou e Ederson!

5. Aposta na formação não é ter um plantel com 30 jogadores para que os putos da formação possam caber, só para se poder dizer que os miúdos estão lá, mesmo que na realidade contem muito pouco.

6. Reforços como Chrien e Krovinovic fora da Liga dos Campeões é consequência de um plantel formado sem qualquer critério. Para dois lugares no meio temos 7 jogadores! Extremos temos 6 com Diogo Gonçalves! Abram os olhos! Alguém é capaz de justificar isto?! Qual a moral de alguns destes jogadores?!

7. Há muito tempo que digo que apostar na formação não significa necessariamente apostar nos miúdos diretamente da equipa B para a A. Podem sair, ganhar experiência e voltar mais jogadores e mais fortes.

8. Hoje mesmo o SCP joga com o Tondela com Iuri Medeiros no 11. Gelson é titularíssimo. Podence tem presença assídua na equipa. Ah e tal que o Jorge Jesus era avesso à formação. Se calhar era, e é! Mas admitamos a possibilidade que talvez seja SOBRETUDO contra a formação baseado no modelo que lhe foi imposto pela Direção do Benfica, ter de ser ele a suportar as dores de crescimento todas, sabendo que ao fim de seis meses os jogadores estariam porta fora, COMO FACILMENTE SE PERCEBE!

9. Apostar na formação SIM. Desde que como backups de um onze forte, calejado e competitivo. O problema do Benfica, como se percebe, não é a formação. É o tal 11 que de ano para ano vai perdendo qualidade, qualidade essa que a formação não é capaz de repor no imediato, COMO SERIA ÓBVIO!

10. É utópico vir defender esta estratégia com base na frase fácil de que é o ÚNICO caminho para a viabilidade do clube. É mentira! O único caminho para a viabilidade do Benfica é um Benfica competitivo, a lutar para ser campeão, a ter os seus jogadores a fazer figura nas melhores montras, a jogar LIGA DOS CAMPEÕES e a beneficiar dessas receitas, e ter estádios cheios a época toda. Sem vitórias, sem ilusão dos adeptos, não há estratégia que resista.

11. De Rui Vitória, também não me vou alongar muito. Pode ser bom na moral, bom a papar tudo o que lhe impõe vindo de cima. Mas ainda não provou ser bom a fazer do todo mais do que a soma das partes. 

12. Rui Vitória teve o mérito de herdar um Benfica ganhador, e sem mexer muito manter a senda ganhadora. Mas SEMPRE que tenta mexer muda para pior, diga-se. Este ano é exemplo disso. Falou-se que queria mudar o sistema, apostar num ataque mais móvel. Só um cego não vê que a invenção de Rui Vitória não funciona. O pinheiro Mitroglou faz muita falta. Jonas e Seferovic têm pouca presença na área e todo o ataque se ressente disso.

13. Alguém já percebeu qual o papel de Gabriel na equipa? O seu enquadramento tático? Gabriel é a prova provada do desnorte, de um jogador que é lançado lá para dentro para tentar resolver na base da anarquia, na base da sorte, na base da técnica individual, mas nada como resultado de qualquer planeamento do seu treinador.

14. Onde está o crescimento de Zivkovic, de Rafa, de Cervi, de Jimenez, de Carrilho?! 57 milhões de euros em 5 jogadores e Rui Vitória não é capaz de fazer nada deles?! Vi mais de Carrilho hoje pelo Watford do que num ano inteiro com a camisola do Benfica!

15. Já lembrei os 20 reforços que chegaram ao Benfica este ano para UM titular na equipa A? Mas o que é isto, alguém me pode dizer?!

16. E termino com o óbvio. Não há cenários alternativos! Esta estratégia só podia dar nisto, mais cedo ou mais tarde. Está mais do que provado que não há nenhum clube do mundo que ganhe só com a formação e sem continuar a investir nas grandes figuras. 

Está também provado que nem o Benfica tem capacidade de lançar um ou dois Bernardos Silvas todos os anos.

E mais: Está também mais do que provado que as equipas que mais gastam são as que ganham quase sempre. Alguém me diga qual é o país em que a equipa que gasta menos é a que mais ganha consecutivamente. Não existe, meus caros!

E o Benfica, como maior clube do país, como clube que mais receitas gera, é essa que tem de ser a sua força: A capacidade de gastar mais do que os outros (porque pode), comprar melhores jogadores, e ter depois o Seixal para lançar uns miúdos de quando em vez para suportar toda uma estratégia tendo sempre como base um ONZE forte onde os putos não cheguem com a obrigação de levar a equipa às costas e começar a brilhar desde logo!

Rui Vitória explica onde está o erro (sem querer...)

Avatar
 ●  32 comentários  ● 
Diz o treinador:

"O título de tetracampeão não se perde de um dia para o outro"


Ora aqui está o que tenho dito... aquele grupo (pelos vistos incluindo o treinador) acham que começam o campeonato como Tetracampeões!

ESTÃO MUITO ENGANADOS!



Começam o campeonato a ter que conquistar tudo de novo e este ano a lutar contra uma aliança dentro e fora de campo que visa fazer o FCPorto campeão e do Sporting vice-campeão lutando até final para não parecer mal... É o Projecto Roquette II.

Se este grupo acha que são Tetracampeões e que tudo se resolverá sem correrem mais, sem quererem mais e sem lutarem mais que outros... Podem já começar a trabalhar para 2018/2019.

IN-COM-PE-TEN-TES!

Avatar
 ●  135 comentários  ● 

Contratações? Vieira? Rui Vitória? Vão bardamerda, como diz o outro...

Quem é que era preciso ter contratado para ganhar ao Boavista?

O que se viu hoje foi uma realidade que muitos não querem ver... há em campo jogadores que se contentam ter sido campeões e que acham que os jogos se resolvem porque eles são seres superiores!

Só tenho pena que continuem com dificuldades em ver isso...

Sim, o Varela falhou... sim, não é o Ederson, mas mal vão jogadores como Pizzi, Jonas, Grimaldo, Salvio, Zivkovic, Luisão, etc quando uma falha (UMA!) do guarda-redes é o suficiente para impor uma derrota ao Benfica!

ACORDEM INCOMPETENTES!

E sim, Rui Vitória e Luis Filipe Vieira têm culpa... de não apertar com estes meninos por entrarem em campo de fato de gala!

Boavista - SL Benfica.

Avatar
 ●  51 comentários  ● 
Onze inicial: Bruno Varela, André Almeida, Luisão, Rúben Dias, Grimaldo, Filipe Augusto, Pizzi, Zivkovic, Salvio, Jonas e Seferovic.

Suplentes: Júlio César, Samaris, Raúl, Gabriel Barbosa, Krovinovic, Cervi e Rafa.

O cordeiro sacrificial foi Lisandro. Era o elo mais fraco. Faltou coragem a Rui Vitória para mexer noutros lugares e nomes.

Este jogo tem que marcar uma viragem de página nas exibições. É preciso ganhar e mostrar mais.

Vamos lá Sport Lisboa e Benfica!!!

Nota: Não tínhamos ido buscar um "reforço" ao Barcelona?!

Onde vais estar em Maio de 2018?

Avatar
 ●  50 comentários  ● 

Realmente a nossa atração pelo abismo devia ser motivo de estudo. Se eu tivesse paciência para fazer um mestrado em sociologia, podem crer que apostava neste fenómeno de auto-destruição que vivemos no SLBenfica.

Estar ligado ao mundo empresarial deixa-me efetivamente muito distante desta capacidade de perceber que estratégias sustentáveis só são boas quando se ganha! As estratégias suicídas, pelo contrário, só são más se não derem para ganhar.

O futebol virou negócio! Há muitos anos, não é de agora... 

A UEFA estabelece modelos a três para o fair play financeiro, no domínio empresarial global, as empresas de sucesso fazem planos estratégicos no mínimo a três anos, muitas a cinco anos.

Muitas das empresas que vemos liderarem nos mais diversos setores pensam a 3 ou 5 anos... e nesse caminho passam por vitórias que sustentam a atividade e por tormentas que suportam a estratégia. Esses são momentos, tipicamente, aproveitados por adversários para fazer vitórias isoladas. Nestes momentos, os gestores ou vergam à pressão de resultados isolados ou mantém a estratégia sustentada (ajustada ao longo do percurso em função da evolução económica).



Por cá o bullyfiquista entende que a estratégia do Benfica deve ser ano a ano... e a estratégia e as pessoas que eram vencedoras, às primeiras contrariedades são questionadas e colocadas em causa.

Perdoem-me os que esperavam que eu soubesse como se faz isso de forma equilibrada e racional. Porventura não é um bom momento para falarmos dada a vossa ausência do Estádio, mas talvez lá mais diante iremos conseguir conversar, quando outros que agora são à prova de bala quebrarem como quebram fortes e fracos e vocês, como nos últimos dois anos, se imaginarem no Marquês ao invés de em terceiro lugar da Liga.

Pelo caminho, registo com interesse a forma como se vai pegando na narrativa de quem procura criar confusão e instabilidade na Luz. Se os adeptos estão a questionar, há gente que se aproveita e adensa a polémica.

O exemplo vem hoje no Jornal O Jogo. Penso que é difícil dar alguma credibilidade a esse jornal no que respeita ao Benfica, quando se vê a orientação que levam nas recentes campanhas contra o Benfica e alinhadas com a "palhaçada" que tem sido levada a cabo pelo Chico Esperto e pelo Minion.

Diz hoje esse jornal que depois de Nuno Gomes, sai Rui Costa.

Bom, num contexto de mundo empresarial, apesar de não gostar da ideia, começa a ser complicado admitir que este tipo de clubes sejam apenas geridos profissionalmente por benfiquistas... é o sinal dos tempos e dos profissionais da gestão. Há uns anos foi o mesmo com os jogadores e hoje em dia é o que se vê.

Isto para dizer que os mesmos que questionam a chegada ao clube do Diogo, depois de diversos anos a fazer um excelente trabalho no Sporting, são os mesmos que lamentam a saída do Nuno Gomes que foi colocado a liderar o Caixa Futebol Campus (decisão a que sempre manifestei o meu desacordo), sem que o ex-jogador apresentasse qualquer qualificação ou historial para o cargo.

Talvez maior atenção ao fenómeno da formação permitisse perceber a saída do Nuno Gomes... mas isso sinceramente é algo que não interessa explorar. Porém a liderança não pode bloquear a ação da sua equipa por falta de conhecimento e com isso se perderem oportunidades de captar os melhores talentos.

Agora Rui Costa... já aqui questionei há umas semanas o que anda a fazer o homem no Benfica. Na verdade, ninguém sabe! Ouvi por aí dizer que o rapaz até estava de férias em pleno final de Agosto em que se fechavam os últimos processos do plantel.

Porém "aqui del Rei" que o jornal O Jogo diz que ele se vai embora. Não sei o que me irrita mais, se é que os bullyfiquistas alinhem numa estratégia óbvia de afastar os adeptos da equipa... se é o facto de os bullyfiquistas simplemesmente optarem por criticar sem critério.

Se o Rui Costa está é porque pactua com decisões que não gostamos e não faz nada, não serve para nada! Se o Rui Costa sai é porque o edifício da estrutura está a ruir porque sai ele e o Nuno Gomes, duas pessoas a quem pouco ou nada lhes atribuimos no processo dos últimos anos.

Não se entende! Eu da minha parte vou fazer o meu caminho...

Sinto-me obrigado a ser coerente com o que sempre defendi e que, felizmente, vejo agora finalmente o Presidente defender: Prefiro colocar um título em causa em prol da sustentabilidade, do que colocar em causa a sustentabilidade em prol de um título. Foi neste sentido que sempre defendi o agora vemos de aposta nos recursos que temos ao invés dos "camiões de contratações" ou de investimentos milionários.

Uns dizem que sou um defensor de Vieira. O BenficaEagle, creio que não se referia a mim (espero), fala nos "pajens". Eu tenho alguma dificuldade em perceber que me considerem um defensor do Vieira, quando na verdade o que se passou nos últimos dois anos foi o Presidente ter adotado uma estratégia pela qual sempre me bati... e a qual muitos de vós criticavam.

Essa foi a estratégia que nos trouxe um Tetra, muitas receitas e capacidade de ser um clube sustentável. É essa que vou defender e defenderei as pessoas que pensarem como eu.

Quem quiser colocar em causa pessoas e estratégias porque em determinado momento as coisas não estão bem... isso é lá convosco. Eu não conto ir ao estádio apenas a partir de Fevereiro ou Março quando, como desejo e prevejo, começar a cheirar a título.

Talvez as criticas da falta de jogadores para a posição A ou B se revelem desnecessárias mais adiante quando perceberem que teria sido muito pior fazer "All Ins" em planteis curtos e caros que, perante a sobrecarga de jogos e/ou lesões, vão quebrar a partir do Natal.

Quer isto dizer que está tudo bem? Não creio, mas não consigo deixar de concordar com o Rui Vitória quando este refere que se fosse fácil encontrar substitutos ou alterantivas de qualidade a jogadores como Guedes, Semedo, Lindelof, Sanches, Gaitan, Ederson, etc... os clubes que cá vieram pdeixar mais de 200M€ por esses jogadores, teriam poupado dinheiro e encontrado essas alternativas.

Claro que era muito melhor ter dito que não a todas estas vendas... mas aí teriamos que pedir a quem acredita que era possível retê-los como se pagavam os ordenados e como se resolvia a insatisfação e reação dos jogadores. 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Falar depois é fácil: Falemos antes

Avatar
 ●  43 comentários  ● 
Lista de convocados:
 Guarda-redes: Júlio César e Bruno Varela;
 Defesas: Luisão, Lisandro, Rúben Dias, André Almeida, Grimaldo e Eliseu;
 Médios: Filipe Augusto, Samaris, Zivkovic, Salvio, Krovinovic, Pizzi e Cervi;
 Avançados: Raúl Jiménez, Jonas, Gabriel Barbosa, Seferovic e Rafa.

Como podem contar facilmente, são 20! Ou seja, dois irão ficar de fora dos 18 para o jogo.

Eu estive a olhar e tive alguma dificuldade em decidir e lembrei-me das muitas críticas que aqui surgiram sobre a estrutura do banco no último jogo. Vamos lá falar antes, porque depois qualquer um fala em função do que aconteceu....

Para mim ficariam de fora o Lisandro e o Eliseu, jogaria com o Ruben no eixo da defesa (continuo a acreditar que o Kalaica talvez até devesse aparecer antes). No banco o Samaris pode perfeitamente fazer o lugar de central se houver algum problema.

De resto, o 11 seria o habitual:

Varela, Almeida, Luisão e Ruben, Grimaldo; Filipe Augusto, Zivkovic, Pizzi e Salvio, Jonas e Seferovic.

Decorrente do evoluir do jogo, o lançamento do Krovi para o lugar Salvio, passando o Pizzi para a direita e o Raul avançar para o lugar do Jonas que precisa de descansar. O Samaris pode refrescar o meio campo no lugar do Filipe ou do Sefe se o jogo não estiver decidido.

Exclusivo: Mudanças no SLBenfica, a "sportinguização" e a opinião do Vice Presidente Fernando Tavares

Avatar
 ●  133 comentários  ● 

Como adiantamos em primeira mão no NGB, o SL Benfica prepara-se para trazer para o Seixal mais um sportinguista que até candidato a Vice Presidente de José Couceiro foi. A sportinguização continua a grande velocidade.


Também a entrada de Simão Sabrosa é no mínimo estranha, mas ainda assim habitual nos convites feitos por Luis Filipe Vieira(ou será Domingos Soares de Oliveira?).

Simão foi um grande atleta, chegou a capitão do Benfica e deu-nos muitas alegrias. No entanto, o cargo de Relações Internacionais deve ser entregue a alguém com prestígio lá fora, o que Simão tem pouco. Já se percebeu que este "cargo" é uma forma de acomodar nomes.

Face ao "tabu" instalado dentro do Sport Lisboa e Benfica quanto à "cooptação" generalizada de não-benfiquistas para gerir o clube é a altura de trazermos à vossa atenção as palavras de Fernando Tavares, Vice Presidente do Sport Lisboa e Benfica. A sua opinião é clara, transparente e não deixa margem para qualquer dúvida. 

Aqui está parte da entrevista que deu algum tempo atrás ao nosso blogue:

Pergunta:
Na equipa de gestão que integrou apareceram pela primeira vez os "profissionais". Aqueles que foram apresentados aos sócios como mais-valias profissionais, independentemente da sua afinidade 
clubistica. Alguma vez sentiu que eles estivessem a mais no SLBenfica ou que poderiam vir a tornar-se um problema?

Resposta:
Antes de mais afirmar que nunca fui contra a profissionalização do Benfica. Pelo contrário, tive oportunidade de profissionalizar as modalidades. Seria impossível governar o Benfica sem profissionais. Por outro lado, direi que é possível profissionalizar com benfiquistas. Outra questão é o modelo de governo, ou seja, que tipo de interação tem que ser criada entre os órgãos eleitos e os profissionais. Senti esse problema a partir do momento em que passaram a condicionar o presidente do Benfica nas suas decisões e sobretudo quando essas decisões não eram as que mais defendiam os interesses do clube. E repito, decisões tomadas por pessoas sem filiação ao clube, sem uma relação emocional com o Benfica e que passaram a ter uma influência decisiva na tomada de decisões no clube e na SAD.

Pergunta:
Como se sente, na qualidade de ex-dirigente, um benfiquista que quando dá voz a um crítica ou desacordo face ao status quo, é logo apelidado de abutre, papagaio, oportunista...? Como acha que foi possível chegar-se a este ponto de "com o Presidente ou contra o Benfica"?

Resposta:
Tem a ver com a excessiva personalização do poder em torno do presidente. É uma estratégia errada que divide os benfiquistas. Se o clube ganha, está tudo bem, mas se o clube atravessa dificuldades nos resultados, esta estratégia vira-se contra o presidente. É uma espécie de feitiço que se vira contra o feiticeiro e espanta-me como o presidente do Benfica ainda não percebeu que não ganha nada em hostilizar outros benfiquistas. É a estratégia dos não-benfiquistas da SAD, que encurralam o clube numa guerra sem sentido e impedem que se crie um ambiente de unidade e concórdia no clube. E sobretudo, impede que todos percebam que o verdadeiro adversário do Benfica não está entre os benfiquistas.

Pergunta:
Um projeto capaz de colocar como prioridade a conquista de títulos deve prevalecer sobre as recentes abordagens de exploração da marca Benfica (à margem dos títulos), tal como a aplicação do numero de sócios, construção de infra - estruturas, etc?

Resposta:
O Benfica é um clube desportivo não é uma empresa. Isto não quer dizer que não existe uma estratégia de marca. Claro que sim, mas tem de estar subordinada a uma estratégia de produto. Primeiro os resultados, depois sim, a exploração da marca. O descontentamento generalizado dos adeptos provam isto, ninguém quer saber se o Benfica vendeu muitas camisolas ou fez grandes receitas. O que move os benfiquistas é saber se o Benfica ganha muitos, poucos ou nenhuns títulos. Atualmente a estratégia de marca está a sufocar o produto. Foi a estratégia de marca que fez com que o Benfica se distraísse do seu principal objetivo, que era ganhar o campeonato. Todos nós ficamos satisfeitos por ver o Benfica chegar aos quartos-de- final da Liga dos Campeões mas quem decide tem de ter a lucidez de perceber que o grande objetivo é ganhar o campeonato. Uma, duas, três vezes. E só depois de recuperar a hegemonia do futebol português se pode pensar em ganhar algo na Europa.

(Entrevista completa AQUI e AQUI)

---------------------------------
Fernando Tavares é uma pessoa insuspeita quanto às suas opiniões, como Rui Gomes da Silva também é. 
São 2 benfiquistas de gema e partilham a mesma opinião quanto aos "não-benfiquistas" em cargos de gestão no clube bem como quanto à estratégia interna e externa do Sport Lisboa e Benfica.

Pegando na frase de Fernando Tavares: "Só depois de recuperar a hegemonia do futebol português se pode pensar em ganhar algo na Europa".

Depois de um tetra campeonato não seria esse o passo natural? Consolidação de uma equipa ganhadora e ambição de fazer mais e ganhar na Europa? O que justifica o desinvestimento COMPLETO na equipa de futebol?

Sabem qual é a alternativa a um benfiquista incompetente? Um Benfiquista Competente.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Não é preciso ir ao Daily Mail

Avatar
 ●  44 comentários  ● 


O antigo director adjunto da Marca não teve problemas em descrever o que todos sabemos:

"Hay gente que pone tanto empeño en ganar, en proclamarse ganadores, que traspasan las reglas de una manera obscena. Una de las cosas que más sorprenden de todo esto es la reiteración en los nombres de los equipos. Son casi siempre los mismos: Juventus, Oporto..."  (ver aqui)


Quem é que pagou uma viagem ao Brasil a um árbitro e à família? FC PORTO.

Quem é que recebia árbitros em casa? O presidente do FC PORTO.

Quem é que foi escoltado por UM HOMICIDA CONDENADO? O presidente do FC PORTO.

Qual é o único clube que não DESCEU DE DIVISÃO PORQUE FOI SALVO POR 2 ALARGAMENTOS DE DIVISÃO FEITOS À MEDIDA? FC PORTO.

Há alguma dúvida sobre a natureza do FC PORTO DESDE OS ANOS 30 DO SÉC.XX? NENHUMA.

Tenho dito.

Nota: Só não me peçam para defender José Manuel Antunes, vice presidente de João Vale e Azevedo, que até nas eleições em que Vilarinho derrota Vale e Azevedo esteve lá como candidato a vice do ex-preso.

O híbrido Pedro Mil Homens afasta Nuno Gomes do SLBenfica. A sportinguização prossegue

Avatar
 ●  160 comentários  ● 


"Nuno Gomes deixa o Benfica. O antigo jogador já não exercia o cargo de Director da formação - 
a direção do Campus do Seixal passou para as mãos de Pedro Mil-Homens - mas Record pode adiantar que não vai continuar mais no clube da Luz.

Após ter sido Director para as relações internacionais, o ex-avançado dirigiu a formação nos últimos dois anos, após ter substituído Armando Jorge Carneiro. Já este mês foi substituído por Pedro Mil-Homens, antigo responsável pela Academia do Sporting.

Pedro Mil-Homens não será apenas o novo responsável pela área da formação do Benfica. O antigo diretor do Sporting terá a seu cargo a supervisão do polo universitário dos encarnados." - Record.

----------------------------------

Domingos Soares de Oliveira, com a benção do presidente do SL Benfica, continua a sua perseguição a toda a gente que goste mais do clube que de fretes. Nuno Gomes, pouco dado a fretes, sai do clube.

É substituído por Pedro Mil Homens, um suposto benfiquista que serviu presidentes do Sporting com uma estratégia anti-Benfica. Ou seja, é deste "benfiquismo" que Soares de Oliveira(como bom sportinguista) aprecia. Eu não.

Agora só falta vir o Diogo Matos, antigo candidato a vice presidente do Sporting. São este tipo de decisões que fazem entender porque Pedro Guerra ainda senta o rabo no estúdio da BTV.


Ou o José "Peyroteo" Couceiro, como escrevia Rui Gomes da Silva. Aliás nem seria nenhuma surpresa para quem conhece Luis Filipe Vieira.


Entretanto, os "mansos" benfiquistas têm é que engolir, quer dizer, "reagir e encher estádios" conforme escreve José Marinho no sítio do Sport Lisboa e Benfica. Sim porque o mais normal é apelar aos benfiquistas que paguem o que lhes pedirem. Aliás, como se viu no Pack Champions, se és benfiquista tens é que pagar. A carne fica para o Mendes.

Também é natural que se apele aos benfiquistas que encham um estádio(e financiem um clube) que mandou para o lixo cachecóis e símbolos do SL Benfica na temporada passada. (e volta de novo à carga esta época: ver aqui)  Pois quem não se dá ao respeito...

Os benfiquistas pagam como nunca, o clube vende como nunca, mas o passivo não baixa nem há dinheiro para contratações. Qual é a peça deste puzzle que está a faltar?
____

"Nuno Gomes jamais aceitaria - depois de enxovalhado - ir para a "prateleira dourada" da Benfica SAD apesar de ainda lá caberem mais três ou quatro" por Alberto Miguéns. ver aqui

Curtas

Avatar
 ●  90 comentários  ● 

Debate no Porto na hora do jogo:
"Ontem à noite, enquanto se disputava o FC Porto – Besiktas no Estádio do Dragão, na RTP 1 realizava-se um debate entre os candidatos à Câmara Municipal do Porto. A marcação deste debate para este dia e esta hora, uma altura em que uma grande fatia dos potenciais eleitores se encontrava a assistir a um jogo da mais importante competição futebolística do mundo, não pode deixar de ser vista como uma falta de respeito pelos portuenses em geral, pelos portistas em particular e pelos próprios candidatos autárquicos. E é, acima de tudo, reveladora de uma noção de serviço público do canal do Estado que precisa urgentemente de ser revista", pode ler-se na newsletter 'Dragões Diário'." - Record.

Esta reclamação do FC Porto não faz qualquer sentido por várias razões. 
A primeira prende-se com o facto de o sócio do FC Porto e atual autarca do Porto Rui Moreira é que tem escolhido os debates a que vai. Se queria tanto ver o jogo, faltava como tem faltado a quase todos. Ou ontem é que a "democracia" era importante?

O também sócio e membro do Conselho Superior do FC Porto, Manuel Pizarro, não se escusou nem colocou obstáculos quando foram escolhidas as datas dos debates. Aliás, tema esse que foi colocado à consideração dos candidatos muito antes da marcação dos jogos.

Finalmente, a esmagadora maioria dos adeptos de futebol na cidade do Porto não é adepta do FC Porto. Esmagadoramente são adeptos do SL Benfica, do Sporting CP e do Boavista. O debate autárquico que realmente interessará aos adeptos do FC Porto será o de Gondomar, município que concentra a maioria dos sócios pagantes do FC Porto.

Misturar portuenses e portistas é, além de provinciano, uma estupidez.

Pedro Guerra ainda na BTV?:
O que é que este senhor ainda faz na BTV? Nem director de conteúdos nem comentador nem nada. A presença deste senhor em orgãos ligados ao Sport Lisboa e Benfica é uma vergonha sem fim.

A forma vergonhosa como não se defendeu NEM DEFENDEU O CLUBE nos ataques relacionados com os mails e os vouchers obrigam a que se afaste definitivamente do clube. Enquanto andou de peito cheio nos corredores da Luz hostilizou benfiquistas e gente com muitos anos de clube.

É interditar a sua entrada na Luz a não ser que pague Redpass ou bilhete. Chega de seres execráveis no Sport Lisboa e Benfica. 

Preços para os jogos da Champions:
Agora a desculpa para uma "casa" com menos de 40 mil espectadores é que o jogo tinha pouco interesse. Isto só pode vir de um lagarto ou de um azul corrupto confortavelmente instalado na estrutura do Sport Lisboa e Benfica.

Para um benfiquista de gema, até um jogo a feijões do SL Benfica tem interesse. 

Ora, se um jogo com o Portimonense chamou 52.795 espectadores à Luz, com o Belém chamou 56.262 espectadores e com o Braga chamou 58.826 espectadores, um jogo da Champions League não seria para encher o estádio? Uma competição limitada no tempo e que é tão importante?

Podem plantar nos jornais as "notícias" que quiserem. Os aumentos até 70% dos preços para os jogos da Champions afastou os benfiquistas do estádio. Decisão desastrosa quer financeiramente quer desportivamente.

A seguinte notícia fala por si própria:


Darwin também no futebol, a sobrevivência dos mais fortes, a morte dos fracos.

Avatar
 ●  59 comentários  ● 
Dando uma vista de olhos aos jornais de hoje:

Na “A Bola”, Fejsa pode voltar no Bessa”, no Record, “Fejsa longe do Bessa.” Da minha parte, esclarecido.

No Correio da Manhã, “Vieira exige aposta nos jovens Rúben e Carvalho”. Quanto ao Rúben, por mim é já amanhã... Não porque tenha visto algo especial do moço nos jogos da pré-época, mas porque tem potencial e sobretudo parece ter mentalidade, o que o torna num jogador com potencial para engatar assim as coisas lhe comecem a correr bem.

Para além disso, chegamos a um ponto em que tem de se começar a deitar fora as cartas que não servem e ver aquilo que sobra. Lisandro não serve... há muito tempo. Como tão poucos viram isso, sinceramente não sei. Luisão também não está num grande momento, mas neste momento parece ser a única peça com potencial de colar os cacos e estabilizar aquela defesa que mete água por todos os lados.

Sobre o Carvalho, aqui há poucos dias falei dele. Para haver aposta no Carvalho vai haver alguém que também chegou ao Benfica com sonhos e não vai ser aposta. É que para já há o Pizzi. E depois há o Carvalho. E ainda há o Krovinovic. E ainda há o Chrien. Quatro para um lugar. Como aqui disse na altura, isto não é um plantel bem formado nem uma aposta consciente na formação. Se o plantel tem 30 jogadores é por causa disto, para os putos da formação caberem, mesmo que não joguem.

Se falarmos nos trincos, há o Fejsa, depois há o Samaris... e ainda há o Augusto que, segundo o “Record" de hoje, “Felipe Augusto conquista Rui Vitória”, mais 3 para um lugar, o que dá, a nível de meio campo, e tendo em conta que o Benfica joga em 4-4-2, em sete jogadores para dois lugares!

Mas podíamos continuar para falar por exemplo em Diogo Gonçalves. Para as alas há Sálvio e há Cervi. E há Zivkovic e Rafa. Agora também há Gabriel... E depois há também o Diogo Gonçalves... Mais seis para dois lugares, mais um exemplo de um plantel bem formado, onde os jogadores da formação estão aí a... rebentar!

E tudo isto meus amigos é fatual, a não ser que alguém desse lado me queira vir justificar estes números e explicar-me os benefícios desta estratégia que sinceramente não entendo. A confusão é evidente, e só não vê quem não quer.

Claro que Vieira exige... Formação. Claro que exige, e só pode exigir. Vieira precisa da formação para justificar toda a estratégia, para dizer que se está a trabalhar no futuro e não no presente que se vê nesta altura.

No “Record” vem também hoje Doumbia: “Ainda aprendo uns truques com Jesus”. Eu não sei se aprende ou não, o que sei é que no Sporting são n os jogadores a dizer que aprendem qualquer coisa com o seu treinador...

E gostava que no Benfica também houvessem cabeçalhos assim, jogadores a evoluir, jogadores a dizerem que o seu treinador os tornou melhores... E destes não vejo. O que não teria importância nenhuma se eu não lesse os cabeçalhos tantas vezes encomendados nos jornais mas notasse essa evolução no campo e em jogadores como Cervi, Zivkovic, Rafa, Jimenez, Carrilho, e já só falo destes 5 porque acho que estes pelo menos têm potencial para serem muito mais do que têm sido.

Por fim, Benfica perdeu em casa com CSKA, o Porto perdeu em casa com o Besiktas, salvou-se o Sporting que foi vencer a casa do Olimpiacos.

Não estamos a falar de nenhuns colossos europeus, estamos a falar de equipas dos campeonatos russo, turco e grego, aqueles campeonatos que normalmente competem com o português para estarem logo a seguir ao top 5 Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França.

Continue-se pois a falar nos records de pontos no campeonato português para se dar a ideia de que cá dentro as grandes equipas estão muitíssimo mais fortes do que num passado recente. Não estão de facto, as outras 15 do campeonato é que estão muitíssimo mais fracas, a viverem de tostões e de jogadores emprestados e cada vez mais perto do abismo. As pessoas não notam mas cada vez mais, as grandes figuras do campeonato fora dos três grandes, são jogadores emprestados pelos três grandes às pequenas equipas!

E por isso mesmo acabo esta vistoria aos jornais com o Record de hoje: “Liga Ibérica vai mesmo avançar.” Darwin também no futebol, a sobrevivência dos mais fortes, a morte dos fracos.


Inevitável, diria! 

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Entretanto no mundo da arbitragem....

Avatar
 ●  29 comentários  ● 
...sabe-se que o SL Benfica vai ser apitado no Bessa por Artur Soares Dias, árbitro adepto do FC Porto e que foi ameaçado por Super Dragões no centro de treinos da Maia.

Para ser coerente, o CA de Fontelas Gomes nomeou Jorge Sousa, antigo SD e adepto do FC Porto, para apitar a deslocação do clube condenado por corrupção a Vila do Conde.

Nisto Fontelas Gomes é coerente. E em outras coisas que em tempo oportuno virão à baila.



Já agora, aproveito para confirmar que andamos anos a perder um grande gestor de futebol. 
O antigo árbitro Carlos Calheiros, de nome completo José Carlos Amorim Calheiros, mais conhecido nas Agências de Viagens por José Amorim, é agora Vice-Presidente da AF Viana do Castelo para o futebol sénior.

Isto para os adeptos de futebol mais novos pouco dirá. Mas para quem acompanha futebol há mais tempo, este nome provoca arrepios. 

Não deixa de ser uma vergonha enorme para uma Associação de Futebol ter nos seus quadros alguém que apitou como Calheiros apitou o seu FC Porto tantos anos a fio. O que a AF Viana do Castelo deve à AF Porto? A Adriano Pinto ou a Lourenço Pinto?

Mais ainda: este senhor viajou para o Brasil com a família e quem pagou? O FC Porto. Hoje já não temos programas como o "Donos da Bola" em que estas manobras eram desmascaradas sem receio de ninguém.

Portanto, quem diz que o Apito Dourado já passou...não sabe do que fala. Preocupem-se com o destravado do linhas brancas e não acordem que não é preciso.

"Cachecol do Porto"...sabem quem é?

No Benfica reina o silêncio mas o que está mal são os blogs

Avatar
 ●  104 comentários  ● 
Como já disse milhentas vezes: Apoiar é no Estádio! Isso de vir com conversas de que não podemos falar mal quando pensamos mal, porque este blog tem muita visibilidade e não se pode destabilizar, é conversa da treta!

Porque eu sou do tempo em que o blog não tinha visibilidade nenhuma e em que era uma sorte que cada texto fosse lido por 50 pessoas. E a fórmula (e motivação) nesses tempos era exatamente a mesma.

A não ser que me queiram convencer que, das duas uma:
1. A liberdade de expressão vale para tudo menos para falar do Benfica;
2. Pode-se explanar ideias próprias em blogs mas só para 50 pessoas. Quando passar das 50 deixa de ser um blog para passar a ser veículo de destabilização.

Se cada texto é hoje lido por 10000 pessoas é porque se calhar os nossos leitores apreciam que aqui cada um ainda diga aquilo que pensa (mesmo que não concorde). Aqui não se diz aquilo que fica bem só para manter as águas calmas e não levantar ondas. Quem é isso que procura que vá a outros blogs que há por essa blogosfera fora muitos desse tipo por onde escolher.

Antes de eu aderir a este blog há 7 ou 8 anos atrás, entrei num outro onde ao fim de 4 ou 5 textos, fiz lá uma criticazinha e meteram-me logo a andar porque eu me recusei a mudar. E vim para este porque era diferente, e porque o BenficaByGb aceitou ter-me cá, e verdade seja dita que, apesar de um historial de divergências com o BenficaByGB ao longo do tempo sobre várias temáticas, NUNCA o BenficaByGB me tentou calar ou moldar para continuar a escrever no espaço DELE. Aqui a liberdade de cada um sempre foi respeitada.

E como já cá ando há muitos anos, lembro-me também dos tempos em que muitos insinuavam que este blog estava por detrás de outros candidatos a Presidente do Benfica e que tinha objetivos políticos. Mas até esses desistiram das insinuações, já que nunca houve candidatos patrocinados, nem sequer houve publicidade paga. Este espaço continua a ser aquilo que sempre foi, um espaço onde alguns rapazes (hoje já homens) apaixonados pelo Benfica expõe aquilo em que acreditam, por muito absurdo que seja.

Hoje, com a participação do Ex Vice Presidente Rui Gomes da Silva neste blog com uma crónica semanal, há insinuações que vou lendo, de que este blog prepara o terreno para o ex-Vice-Presidente chegar em breve a Presidente do clube.

Ora vamos lá explanar algumas ideias para que nos deixemos de absurdos:

1. Se um dia Rui Gomes da Silva for candidato a Presidente do Benfica é problema dele e um direito que lhe assiste. Repito: UM DIREITO, de que poucos se podem gabar de ter, acrescentaria.

2. Este blog não prepara o terreno para ninguém. Este blog não tem nem poderia sequer ter interesses eleitorais, até porque como já perceberam, nem sequer todos os escribas deste blog defendem as mesmas ideias.

3. E mesmo que eu escrevesse neste blog com objetivos de me apresentar como candidato à Presidência do Benfica qual seria o problema, podem-me explicar? É crime por acaso ter-se um blog onde se possa explanar ideias próprias e discuti-las com aqueles que tiverem interesse em lê-las? Mas escrever-se num blog é sinónimo de votos? Se eu vier para aqui escrever coisas com que ninguém se identifica alguém vai votar em mim? Mas quem é que elege os Presidentes afinal? São os blogs ou são os sócios?

4. Que conhecimento infalível têm aqueles, sempre bem mais interessados em aniquilar o mensageiro do que em discutir a mensagem em nome de qualquer coisa que não entendo, para defender imediatamente que o caminho de LFV de vender tudo o que mexe assim que cheira a dinheiro é o ÚNICO caminho possível para a viabilidade do clube? Porque não o que RGS sugere no seu último texto (e com o qual concordo a 100%), “Planeando ciclos de 3 anos para ganhar e não ciclos anuais para... vender!” É possível discutirmos os dois caminhos como gente civilizada e que quer o melhor para o Benfica?

5. Assumo também que não me incomodava nada que ATÉ Vale e Azevedo se apresentasse a eleições novamente e pronto para apresentar as suas ideias. Se ele amanhã criar um blog eu vou lá ler. Seguramente não iria ter o meu voto mas, não há de ter esse direito se cumprir os requisitos porquê? Por mim pode vir Vale e Azevedo, RGS, Rui Costa, LFV, podem vir todos que eu ouço-os a todos... e no fim opto. Tão simples, não é?

6. Por último, há algo que assumidamente sou, e que aqueles que tão cegamente defendem este Presidente ao ponto de no caso dele amanhã sugerir trocar a Águia no símbolo do clube por uma girafa provavelmente também irem defender o mesmo (Sim, há mais Salvadores Sobrais no país, que se podem peidar à vontade que a malta vai sempre aplaudir), também deveriam ser:

Deveriam ser contra um QUALQUER Presidente que se apresenta constantemente a sufrágio sem participar num ÚNICO debate eleitoral onde a sua obra possa ser questionada e abordada sob um outro ponto de vista. Esta merda agora parece que LFV pode dedicar-se a construir Universidades e a levantar tijolo atrás de tijolo em vez de investir no futebol, que a malta tem toda de dizer Ámen! A Universidade é que é importante, que vai dar ao Benfica um lucro doido, e é tão urgente que não pode esperar. O que pode e deve esperar é claro o futebol, mesmo que só este ano tenham entrado 20 novos jogadores para 1 titular de caras!

Aqueles que constantemente criticam quem escreve num blog por ter opinião diferente à sua é nisto que deveriam pensar, quando têm um Presidente que acha que a obra diz tudo, que nunca tem de responder a ninguém, que em debates não participa, que precisa de um Arruaceiro de Comunicação que fale por si, e que quando uma vez por ano dá uma entrevista televisiva é aquilo que a gente sabe, conversas de amigos com o objetivo de nunca incomodar o entrevistado com perguntas difíceis.

É este o Benfiquismo que defendem?! Conhecem alguma outra área da sociedade onde tantos silêncios sejam permitidos? Ou querem que o Benfica seja como o outro, que vai dar entrevistas televisivas e fazer figuras de urso, e que na hora das justíssimas críticas se defende dizendo que o problema do seu clube é falta de militância?!

ranking