O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 9 de julho de 2011

Mais um...

 ●  2 comentários  ● 
Depois do Danilo Pereira sair depois de ser dos melhores do Euro Sub 19 no ano passado, depois do Mário Rui que já saiu este ano, como não há duas sem três, há mais um jogador da selecção que vai ao Mundial Sub 20 que abandona o Benfica. Lassana Camará segue para o Valladolid.

E já vi também que o GB anda entretido a ler as noticias sobre os novos reforços e com dificuldades em faltar um plantel com os que cá estão. Quem não tem? Sobre essa história da UEFA e dos estrangeiros, vai uma ajudinha:

Tem que ser assim:
25 jogadores na Lista A, dos quais oito terão que ser formados localmente dos quais quatro têm de ser formados no clube (3 anos completos inscritos na FPF).

Número ilimitado na Lista B - Qualquer jogador nascido após 1 de Janeiro de 1989 e que tenha sido inscrito pelo clube durante dois anos inteiros consecutivos.

A parte má é que dos que estão em Nyon... só o Kardec, Roderick e Ruben Pinto cabem nessa lista B, acho eu. O que não resolve nada.

Só uma perguntita...

 ●  13 comentários  ● 
Já não bastava os nossos jogos de pré-época serem transmitidos pela SportTV, porque supostamente o SLB nada pode fazer contra isso, agora temos no nosso 1º teste uma equipa de amadores, quando o planeado era uma equipa de profissionais? Já no ano passado os relvados eram uma vergonha... Então porque ainda andamos metidos com este aldrabão da GamaSport? Nunca ninguém tem culpa...

Adenda: Antes que me digam "ah e tal, não faz mal, desde que paguem", só para reflectir. Se o Benfica ia jogar com o Nice, espero que este adversário seja no seguimento de alguma espécie de planeamento técnico! Acho espantosa a falta de exigência perante detalhes que falham sempre! Mas nunca faz mal... Por isso, a pergunta mantém-se. Porquê a GamaSport. Será que estamos de "rabo preso" ou é puro desleixo?

Segundo os jornaleiros...

 ●  22 comentários  ● 
... isto vai ficar mais ou menos assim:

O Record diz que ao plantel faltam ainda Danilo, Ansaldi, Alex Sandro e Witsel em operações que podem chegar aos 30M€ na totalidade. Ou seja um investimento superior à venda de Coentrão.

Segundo o Record, Roberto será a "sombra" de Artur Moraes e Mika o terceiro guarda-redes, com Julio Cesar a sair emprestado, tal como Carole, dada a entrada de dois laterais esquerdos (!?)

Mas as potenciais contratações não ficam por aqui, dado que se Luisão sair (há muito que eu alerto para este perigo real), é Mangala que avança. Quem também avança, mas para a porta da saída de regresso ao Brasil é o Kardec - no negócio Danilo?

O Jogo parece afinar pelo mesmo diapasão no que toca a Danilo e Witsel, considerando que ambos são prioridades da SAD, tal como Ansaldi e dando o negócio por Alex Sandro quase concluído.

Por fim n'A Bola tudo igual: Witsel, Danilo e Alex Sandro, avançando no entanto o nome de Drenthe ao invés de Ansaldi.

No Correio da Manhã, continua a ser assunto a pretensa aposta de Paes do Amaral para criar um novo canal televisivo dedicado exclusivamente ao Desporto. Paes do Amaral, defende o CM, tem 50M€/ano para investir em conteúdos e os alvos estão definidos: jogos da Liga dos Campeões e Liga Europa a partir do final desta época, tal como a Liga Italiana. Já conquistados estarão os da Liga Espanhola. Segue-se em 2013 a Formula 1 e no ano seguinte os jogos do SLBenfica (2013/2014) por 30M€.


The way I see it:
Parece-me cada vez mais real o interesse em Witsel, um médio criativo que concorre directamente com jogadores como C.Martins, Aimar, Bruno César, Enzo Perez e Gaitan. Dado que destes só jogam dois de cada vez (na direita e centro), parece-me que dois serão candidatos a deixar o SLBenfica. Serão os dois únicos que já cá estavam? Veremos...

Quanto a Danilo, apesar de poder jogar como médio e lateral, no Brasil é mais visto como um médio direito, pelo que me parece que poderá ser visto à luz de uma segunda opção (cara, se for isso...) para o lugar de Enzo Perez. Ou então acautelar a saída de Maxi Pereira... que continua sem renovar?

Já a contratação de Alex Sandro, suplente de Leo (35 anos) no Santos por 8,5M€ me parece esquisita e precisarei de mais informação para a perceber. Pois todos os jornais dão esta transferência como concluida, mas também a de Ansaldi como grande objectivo da SAD - até porque o Brasileiro só chega do Mundial no fim de Agosto. E Carole? Fará sentido apostar em dois jogadores novos, num investimento de mais de cerca de 15M€ e emprestar um jogador europeu que já tem meio ano de adaptação? Veremos...

Com as chegadas de Danilo, Alex Sandro e Witsel, os estrangeiros da equipa passariam para 27, sabendo nós que na UEFA apenas podemos inscrever 17 estrangeiros, pelo que temos 10 estrangeiros a mais (e já não estou a contar com Kardec nem Fernandez).

É certo que em Portugal, infelizmente, essas regras não se aplicam porque os iluminados do Norte não deixam. Contudo, qual o interesse de termos jogadores que não possam jogar na UEFA? Ou sequer de ter um plantel com mais de 27 jogadores? Face a isto, admitindo a entrada desses três, arrisquem lá uma lista de 10 estrangeiros candidatos à saída. Não é fácil...

Jogadores e movimentações, aparte volto a mostrar a minha muito grande relutância relativamente às noticias sobre os Direitos Televisivos. Senão vejamos:

- A Worldcom precisou de investir 3M€/ano (o triplo do que pagava Oliveira) pela Liga Espanhola. Querem agora comprar os direitos à UEFA e Liga Italiana e Inglesa, bem como a Formula 1. É expectável que paguem apenas 12M€/ano por tudo isto? Não me parece...
- Miguel Paes do Amaral tem cerca de 30% da TVI numa operação que custou cerca de 90M€.
- Ora, em menos de dois anos um investimento nos media de 90M€ + 50M€/ano... parece-me um bocadinho ambicioso demais. Já para não dizer que os direitos do SLBenfica (apenas os 15 jogos do campeonato) serão avaliados em 10x o valor da Liga Espanhola... hummm!
- À margem de tudo isto, o fantástico direito de preferência concedido à Olivesportos até 2016.
- São variáveis a mais para... tanto milhão! Mas Deus queira que o CM esteja certo... (não me parece, mas...)

PS- Depois da parvoíce do Nice, restou-nos ir à Suiça defrontar uma selecção de jogadores da 2-Divisão para manter o particular de hoje às 19.30.

Especulando de vez em quando...

 ●  12 comentários  ● 
Parece-me algo errado a facção "pró Vieira" dizer que os que o contestam só especulam! Não digo que não o façamos! Mas quem o defende também especula! Porque dizer que LFV é um grande presidente é, só por si, especulação! Podem apoiá-lo! Tudo bem, não tem mal. É o presidente do nosso clube. Porém, a estatística dá-nos poucos títulos em 10 anos de magistério!

Então se Vieira é um grande presidente, porquê a contestação e as interrogações a cada movimento? É fácil, creio! Primeiro, há que perceber isto: quem o defende, defende (ou pensa que defende) o SLB acima de tudo. E se o presidente opta por aí, é o correcto! Os que são contra, qualquer mexida é difícil de compreender! E qual a dificuldade de compreensão? De novo, simples! Não vou falar se Coentrão, Di María, David Luiz ou Ramires foram vendidos pelo preço correcto. Isso seria sempre especulação... A contestação vem da inépcia em substituir quem é vendido. Vejamos: Mais de meio ano depois, David Luiz não tem substituto. Gaitán, belíssimo jogador, não fez esquecer "Angelito", Ramires também não foi substituído e Coentrão aposto que vai passar mais de uma semana e não veremos novo lateral esquerdo. Isto passa por onde? Na falta de habilidade de movimentação no mercado! Se LFV sabia que dificilmente seguraria Coentrão, já deveria ter o nome escolhido para o substituir para o atacar eficazmente. Neste caso até o pode ter. Mas a experiência indica-nos que não tem! Para além da inépcia, pensem nos custos desportivos: quem será o lateral na pré da Champions? E o resto da defesa... Ui. E se formos eliminados??? Por causa de um erro desses?

O caso de Moreira é paradigmático! Antes mesmo de o jogador afirmar que foi opção própria, uns gritaram que o GR é um chulo que há muito vivia da caridade, outros estrebucharam que não se percebia (incluo-me neste grupo, porque com estrangeiros a mais a lógica manda dispensar Roberto e J. César!). Ninguém tinha razão! Moreira merecia mais chances quando comparado a... Roberto e os que não percebiam, oiçam o keeper. Ainda assim, especulando, creio que o SLB podia tê-lo segurado! Em vez disso, deixou-o cair, ao permitir que saísse de borla!

Somado e baralhado. Eu sou um profundo contestário de LFV. E a estatística dá-me razão! O meu clube é o SLB e mesmo não percebendo a gestão desportiva e temendo a repetição do que se tem passado, lá vou estar à espera sempre do melhor, desejando estar enganado! E digo: se estiver enganado, digo-o! Mas se eu estiver certo, sublinho a minha opinião!

É sempre tudo mal feito

 ●  15 comentários  ● 
"É um misto de sentimentos, de nostalgia mas também de alegria, porque vou ter um novo desafio num campeonato em que sempre sonhei jogar."

"Fui eu que quis assumir este desafio e agradeço a todas as pessoas, desde o roupeiro ao Presidente, que me ajudaram ao longo destes últimos 12 anos"

Portanto, alguns iluminados querem que acreditemos mais nos que eles dizem do que nas palavras do próprio jogador. Sou muito sincero, esta saída peca por tardia, não por ser um guarda-redes horrível mas sim porque já merecia ser feliz depois da demonstração de Benfiquismo e profissionalismo que sempre demonstrou. Moreira, obrigado pelo teu profissionalismo, pelo teu empenho e pelo teu Benfiquismo, que sejas feliz nesta tua aventura.

Isto é como a história da transferência do Coentrão, foi transferido por 30 milhões mas anda tudo doido a decompor o valor deduzindo comissões, percentagens e mais no sei o quê só para tentarem demonstrar que afinal é um mau negócio, como se só o Benfica é que tivesse de pagar direitos de formação e comissões ou percentagens de passes. O mais ridículo de tudo é andarem a incluir o Garay nas contas quando o jogador ainda não foi confirmado e muito menos os valores. Tudo serve para tirar mérito á maior transferência deste defeso. LFV fez e faz muita asneira? Acredito que sim!!! Agora parem é de "bater" no homem mesmo quando não há motivo para tal, dá dó!!!


sexta-feira, 8 de julho de 2011

Procuram-se

 ●  11 comentários  ● 
Quando todos os planteis já arrancaram os trabalhos, é caso para perguntar onde andam:

Yebda, Balboa, Leandro Pimenta, Oblak, Diogo Figueiras, André Carvalhas, André Soares, Luis Martins, Jean Silva, Alípio e os restantes que subiram dos juniores?

O Caxinas

 ●  20 comentários  ● 
Portugal, 8 de Julho de 2011

Não foi há muito tempo que na Gala Anual do Benfica, o Sr.º Vieira fazia um apelo público patético ao “Caxinas”, para que ficasse para sempre no Benfica. Fábio Coentrão foi vendido anteontem ao Real Madrid num negócio cruzado com a aquisição de 50% do passe de Garay, que de acordo com a imprensa cor-de-rosa desportiva, rendeu aos cofres do Benfica cerca de 24,5 milhões (30-5,5).
Este tema sugere-me as seguintes reflexões:

1º A Benfica SAD vendeu porque precisa de vender e não porque o Real Madrid pagou a cláusula de rescisão do jogador. A Benfica SAD precisa de vender porque o negócio futebol não se compadece com sentimentalismos clubísticos e assim, sai o jogador que o mercado escolher e não os que a Benfica SAD quiser vender.

2º A prova que a Benfica SAD precisa de vender é que o negócio só foi possível porque o Real também alienou parte do passe de um jogador que considera excedentário no seu plantel. Se não precisássemos de vender, o Real só levava o jogador se batesse a cláusula, sem qualquer outra condição.

3º Fica pois evidente que a Benfica SAD está condicionada e em posição negocial mais frágil que o Real Madrid. O Benfica cedeu um activo que era importante do ponto de vista desportivo e na mística em que os adeptos se reviam, o Real vendeu um jogador excedentário. Parecem-me evidentes as diferenças.

4º O Sr.º Vieira e sua equipa tentaram dar a ideia de que o Benfica não tinha alternativa, porque o Real Madrid pagou a cláusula. A mensagem passou através da mesma comunicação social que tanto nos prejudica, porque as fontes de informação partiram do interior do próprio Benfica. Os meandros do negócio, as dicas que iam sendo publicadas, a alegada dificuldade do negócio e a alegada posição intransigente do Sr.º Vieira, os valores que o Real propunha e que o Benfica aceitava, etc, tudo programado para passar a ideia que o Benfica do Sr.º Vieira esteve irredutível até ao fim mas nada pôde fazer. Hipocrisia e mentiras, estas são algumas facetas das Direcções do Sr.º Vieira.

5º Vá lá que desta vez não tivemos que assistir à despedida emocionada de Coentrão, numa encenação como foi a saída de Simão para o Atlético de Madrid. Conhecedor da importância que Simão Sabrosa tinha no Benfica, Vieira que já na altura teve de vender, fez aquela cena que tocou os corações mais sensíveis dos benfiquistas (mas não o meu). O Simão sairia por 25 milhões, mas o Benfica ficava com um crédito de 5 milhões em futuras negociações com o Atlético de Madrid. Depois só inscrevemos nas Receitas da SAD a verba de 18 milhões. Os outros 2 milhões foram para o empresário, Jorge Mendes. Pagos pelo Benfica (isto não veio em letras gordas nas páginas dos jornais).

6º Do passe desportivo de Fábio Coentrão, 20% já tinham sido alienados ao Fundo de Jogadores por 3 milhões. O Benfica não recebeu os 24,5 milhões atrás referidos, mas menos de 21,5 milhões, porque a parte a receber pelo Rio Ave ainda terá de ser paga pelo Benfica, bem como a comissão do empresário Jorge Mendes (outra vez). E porque é o Benfica que paga? Porque a comunicação social teve o cuidado de esconder esses detalhes, para não fragilizar a posição do Sr.º Vieira, elemento amigo de todo este “sistema” que se alimenta do dinheiro do futebol (empresários, comunicação social, bancos, etc).

7º Claro que em contrapartida também obtivemos mais um jogador, tal como Matic no negócio David Luiz, e agora é fazer “figas” para que Garay tenha sucesso no Benfica.

8º Por último só quem anda distraído ou é muito mas muito ingénuo, pode continuar a acreditar no actual projecto desportivo do Benfica. Um projecto feito à medida dos Bancos, da Olivedesportos, da submissão aos interesses instalados no futebol. Podem-me dizer que não se vê outra alternativa melhor, e concedo que sim. Mas não me venham falar do “Benfica dos sócios” ou do “campeonato da credibilidade”, “tangas” com 10 anos e outros mais a seguir ...

Que sentido tem isto?

 ●  37 comentários  ● 
TEM SENTIDO? I
Parece que enquanto os "monos" Roberto e Julio César continuam pelo plantel, o SLBenfica decidiu deixar sair Moreira e contratar o Mika.

A entrada do jovem de 20 anos é inquestionavelmente uma aposta de futuro e bem conhecida do actual treinador de GR do SLBenfica. Nada a apontar. Já são dois excelentes guarda-redes que o SLBenfica tem acautelados para o futuro da baliza: Oblak e agora Mika.

Nesta linha, até porque o Mika já vai tendo alguma experiência até de primeira divisão, era perfeitamente aceitável o cenário Artur, Mika e Moreira. Agora... a saída do Moreira? Depois do Nuno Gomes, sair o jogador que há mais temporadas estava no plantel? Qual é a ideia? Acabar com as referências portuguesas no balneário?

A entrada de Mika e a manutenção no plantel de Moreira iria, como expliquei ontem, resolver um factor importantíssimo do excedente de estrangeiros, além de que continuo a considerar que Roberto e Julio César não têm qualidade para ser jogadores do SLBenfica - ora, dado que Artur Moraes é a escolha para a baliza e Mika é um jovem de grande qualidade, manter Moreira era no mínimo sensato.

Obviamente que para o Moreira, integrar um plantel da Premiership é claramente melhor que se manter na sombra de jogadores que erraram mais num ano que Moreira, com todas as suas ineficiências, em toda a carreira no SLBenfica.

Como defendi que devia ter sido feito com Nuno Gomes, acho que com Moreira deveria também ter sido feito o esforço organizativo de o manter no SLBenfica. A "minha baliza" era Artur Moraes no campeonato e Champions (por ser experiente), Moreira na Taça de Portugal (e Liga Europa se viéssemos a "cair" para lá) e Mika (na Taça da Liga).

E com isto lá fica mais uma vaga de estrangeiro ocupada com Julio César ou Roberto! Se é para ocupar a terceira vaga com um estrangeiro, que seja Oblak.

TEM SENTIDO? II
No que toca à saída de jogadores que se constituem referência no SLBenfica, nem que seja, pela longevidade que estavam no plantel, depois de Quim, Nuno Gomes e agora Moreira... continua a falar-se em mais um central além de Garay e num médio que pode ser Witsel. Será que depois dos três portugueses, Luisão e Aimar podem estar de saída da Luz também?

Entretanto, para alimentar a vossa ansiedade, o nosso companheiro Rednight antecipa uma contratação-surpresa, de nacionalidade portuguesa, para o SLBenfica. Com tanto excedentário e tanto jogador ainda a entrar... antecipo que haverá mais saídas do que as que estávamos a pensar (e se calhar desejar).

TEM SENTIDO? III
O empresário do puto brazuca de 20 anos, um defesa esquerdo suplente do "velhote" Leo (ex Benfica) no Santos diz que está tudo praticamente concluído para o rapazinho vir para o SLBenfica por, imagine-se um valor na ordem dos 8,5M€ (ou perto disso). Num negócio, mais uma vez, intermediado por Jorge Mendes.

Não está em causa a qualidade do jogador que espero que tenha muita, mas se fosse mesmo mesmo bom, o Leo com 35 anos não o sentava no banquinho.

Isto quando o SLBenfica acabou de dispensar, com a mesma idade, um jogador de grande qualidade que só precisava de ter uma oportunidade para mostrar ser um excelente jogador, como tem estado a evidenciar no estágio dos Sub-20 para o Mundial.

TEM SENTIDO? IV
Entretanto, a ESAF vai lançar o Sporting Champions Fund, um fundo de 20M€. Espero e desejo que o SLBenfica não comece a ficar prejudicado por "movimentações da ESAF" para promover os jogadores desse fundo ao invés dos jogadores do SLBenfica. Veremos...

quinta-feira, 7 de julho de 2011

SLBenfica continua a arrumar a casa

 ●  15 comentários  ● 
No seguimento dos meus últimos tópicos sobre este tema, onde tenho apresentado algumas soluções, e especialmente no último tópico Sangria entre os estrangeiros, de acordo com as últimas notícias da imprensa, o SLBenfica continua a arrumar a casa.

Aparentemente o Bolton terá levado uma nega ás pretensões de levar o Rodrigo, sendo eles informado que o jogador será integrado no plantel do SLBenfica. Uma excelente notícia dado que considero que este jogador tem potencial para ser superior ao... Falcão.

Na mesma linha, Melgarejo será "trabalhado" numa equipa que aposta no futebol de ataque e com um treinador que gosta de trabalhar com jovens, sendo ele próprio um treinador de muita qualidade - Paços de Ferreria.

Antes de Melgarejo, já Miguel Rosa e Leo Kanu tinham saído para o Belenenses. O Miguel entendo que merece um clube da I Divisão, mas aparentemente foi o próprio que preferiu ficar em Lisboa ao invés de ir para o Olhanense. Quanto ao Leo Kanu, ou muito me engano ou é mais outro que nunca vai vestir a camisola.

De Leiria chegam notícias que o nosso treinador de guarda-redes terá recomendado Mika, um jovem guarda-redes (e português) do Leiria com quem já trabalhou e em quem vê um enorme potencial e que resolveria o problema dos estrangeiros. Eu ontem falei em Daniel Fernandes, mas fico muito contente com esta potencial solução, e mais ainda pelo facto de ela representar a intenção da SAD em dispensar dois jogadores que não vejo com "dimensão qualitativa" para o SLBenfica: Roberto e Julio César.

Falta agora resolver dois problemas:

a) O problema central, com Miguel Victor a continuar a impressionar no estágio de Nyon. Eu continuo na minha: Luisão, Garay, Miguel Victor e Roderick seriam excelente escolha, na certeza que Matic e Javi Garcia (em caso de emergência) também pode fazer o lugar.

b) O problema na lateral esquerda, com Carole a não poder ainda ser mais do que alternativa (além de que estará no Mundial Sub20) e a precisarmos de uma solução de raíz. Hoje fala a Bola no Alex Sandro, um brasileiro, e reitera o Record o interesse em Ansaldi. Sinceramente, não conheço nem um nem outro, mas a minha escolha seria sempre um atleta Europeu.

Nesse sentido, importa continuar este processo e apontar o caminho da saída a Kardec, Jardel, Fábio Faria, Shaffer, Peixoto, Roberto e Julio César - todos jogadores que entendo não terem qualidade para jogar no SLBenfica. Bem como colocar EM PORTUGAL e num empréstimo com "garantias" de utilização regular: Urreta, Oblak e André Almeida.

Fica a faltar a incógnita Cardozo. Eu continuo a achar que vai sair e não sei se a SAD resisitirá a substituí-lo por outro estrangeiro. Na dúvida total para mim, está uma saída de Aimar e/ou Saviola, continuo a achar que pode acontecer pelo menos uma delas e acho que a saída (ou não) de Cardozo poderá ter uma palavra a dizer.

Mais uma vez, reitero, estou optimista para a nova temporada.

PS- Continuo com uma mágoa imensa por termos deixado sair o Mário Rui. Excelente jogador.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Benfica em GUERRA com Olivedesportos

 ●  9 comentários  ● 
Lembram-se das situações que ocorreram no passado com o extinto 24horas a acusar o Vieira de um crime qualquer na transferência do Mantorras? Lembram-se dos comentários jocosos da sporttv contra o Benfica que até valeram comunicados? Lembram-se do comunicado dos orgãos sociais que falava na suspensão das negociações? Lembram-se das criticas recentes ao grupo do Oliveira quando foi a questão da newsletter?

Eu sei que «passou no barulho das luzes» desta novela que foi a transferência do Coentrão, mas há dias o GB deu conta do seguinte:

«Depois de ter garantido a transmissão dos encontros do Benfica na Suíça, durante o estágio de pré-época, a Sport Tv assegurou também os direitos para emitir os primeiros dois jogos dos encarnados em solo nacional, ambos no Torneio do Guadiana.

Desta forma, o canal desportivo transmite os encontros com Nice, Servette e Dijon, todos em solo helvético, e também as partidas com Paris Saint Germain e Anderlecht, a contar para o Torneio do Guadiana, que este ano se disputa no Estádio do Algarve, em Faro.»


Já sei. Já sei. Quem negoceia isso é a Gamasport blá blá blá o Benfica não pode fazer nada e temos até sorte em ele não ter negociado com Porto Canal... Há sempre desculpas! O Deus-Sol nunca erra, raramente tem dúvidas e se ele faz é porque é o melhor!

Uma coisa é certa, há cada vez mais sinais de que faça o Oliveira o que fizer, como disse o irmão dele uma vez, tem o Benfica (e todos os outros) «engessado». O Vieira também pouco ou nada lhe interessa ir contra isto e esta novela vai acabar se calhar depois das próximas eleições ou antes disso (se formos campeões e der para a noticia ir a reboque da euforia).

O Benfica vai acabar a renovar o contrato com o amigo Oliveira e o Vieira vai ficar visto como o gajo que até tentou negociar com o Paes do Amaral e foi tão astuto que fez o Oliveira chegar-se à frente em grande e subir dos actuais e miseráveis 7,5 milhões (mais 2,5 milhões/ano que o Levante de Espanha) para um pouco mais do que os 20M que o Porto tem nas novas temporadas do novo contrato. Com isso o Porto lá vai aumentar mais uma vez, a terceira em cinco anos, as receitas com as transmissões, mas o Vieira é o maior. Deus queira que eu me engane.

A questão "Torre de Babel"

 ●  6 comentários  ● 
O plantel de futebol do Sport Lisboa e Benfica é um "chorrilho" de nacionalidades, com predominância para argentinos e brasileiros (cerca de 13 jogadores ao todo). Portugueses são uma minoria. É lógico que a lei do futebol dita a internacionalização dos plantéis. Porém, o Benfica, e é isso que nos importa, tem estrangeiros a mais, o que vai obrigar a uma redução a eito no grupo e com isso ir-se-ão perder bons elementos. Isto demonstra, a pouco tempo da Champions League, uma total desorganização! Ter de emagracer o plantel não por imposição técnica, mas sim por imposição legal é a demonstração cabal de uma total falta de critério no que toca à escolha de jogadores. Adquirir jovens estrangeiros de 19/20 anos para o plantel em catadupa em vez de abrir vagas para jovens portugueses, formados no Seixal de preferência, é um gasto desnecessário e limita as nossas hipóteses no âmbito técnico! Dou um exemplo: o tal de Mário Rui. Qual a diferença entre ele e Carole indago. Entre Melgarejo/Kardec e Nelson Oliveira. Ou até mesmo entre Matic e Nuno Coelho. Entre Jardel e Miguel Vítor. Estrangeiros teremos de ter sempre, é lógico. Mas não podemos viver encurralados no seu elevado número e obrigar o treinador a escolher um português só porque sim! Por exemplo: supondo nós que José Moreira seria indubitavelmente um guarda redes menos capaz que Júlio César (algo que não acredito), o brasileiro vê o seu espaço no plantel diminuido porque é... estrangeiro. E porque os demais quarda redes são... estrangeiros. O mesmo se passa com Urreta por exemplo. Teve um bom empréstimo. Mas... as hipóteses são reduzidas. Não porque não tenha capacidade, mas sim porque é... uruguaio. É bem verdade que é bom a dificuldade na escolha. Indica alguma qualidade! Mas não em todos. Mas também é verdade que alguns dos estrangeiros são desnecessários, porque um português faria o seu lugar na perfeição. Caso de Carole, Jardel ou de Matic...

É uma questão importante esta. Estamos à beira de adquirir Garay (algo que ensombra o "poder negocial" de LFV) e o titular da faixa esquerda também será estrangeiro! Catorze meses depois dos festejos do Marquês ficámos sem meio 11 titular. Com ganhos de tesouraria é certo (não tantos como os que poderiam ter sido), mas sem substitutos à altura. Tínhamos tido tempo de acautelar todas as posições. Porém, optou-se pelo desbragado gasto de dinheiro sem critério! E entende-se agora, por exemplo, no ano passado a dispensa de Urreta, ficando assim sem extremos. Muitos não compreenderam JJ. Mas explicação pode ter passado por aqui! O mesmo sucedendo com Rodrigo. Por exemplo... E outros que tais!

A mim decepciona-me a visão de o Sport Lisboa e Benfica, um clube enraizado no povo português, entrar em campo sem um único luso (algo que certamente será recorrente). Não pretendo 11 nacionais. Mas metade, metade seria exequível! Ou no mínimo 3...

Chegar ao estágio sem ter definido cerca 80/85% do plantel, estando com um excedente enorme, com jogadores que só lá vão encher e outros que só lá estão porque não há centrais... É mau! muito mau! E temo que JJ invente de novo, ao apostar em Javi para central, tendo Miguel Vítor e Roderick. Se é para isso, não valia a pena chamar Roderick dos sub20! Ter mais do que uma solução no plantel e apostar numa adaptação (temporária) é falta de confiança nas próprias escolhas!

Sangria entre os estrangeiros...

 ●  28 comentários  ● 
O jornal A Bola fala hoje na necessidade de reduzir drasticamente o número de estrangeiros para cumprir as regras da Liga de Clubes (19 estra ngeiros) e da UEFA (17 estrangeiros).

A Bola dá como quase certos 16, a saber: Artur, Luisão, Maxi, Jardel, Matic, Perez, Nolito, Bruno Cesar, Aimar, Javi Garcia, Gaitan, Jara, Cardozo e Saviola aos quais junta lá Garay e um novo lateral esquerdo.

Por falar em novo lateral esquerdo estrangeiro, chamo a vossa atenção para a FANTÁSTICA exibição do Mário Rui (agora no Parma depois de dispensado do SLBenfica) ontem no particular contra o Egipto. Se calhar ainda vamos lamentar...

Assim sendo, para a UEFA podemos inscrever mais três jogadores entre: Roberto, Julio César, Wass, Shaffer, Carole, Urreta, Rodrigo e Mora. (estou aqui a assumir que Melgarejo será emprestado - fala-se no Paços Ferreira - tal como André Almeida, acontecendo o mesmo a Kardec e Fernandez).

Posto isto, fica a minha sugestão, face a estas limitações e ao que pude observar dos treinos:

» Saídas: Jardel, Roberto, Julio César, Shaffer e Urreta
» Entradas: Wass, Carole, Rodrigo e Mora (juntamente com o futuro defesa esquerdo).

A mais que possível saída de Cardozo é irrelevante nas contas, dado que se tal acontecer deverá ser substituído por um estrangeiro, ainda que eu continue a afirmar que não seria necessário olhando às soluções que temos.

Na baliza, Oblak poderia ser a escolha se uma venda de Cardozo não implicasse a entrada de outro estrangeiro - eu apostaria em Rodrigo e Mora para o apoio a Saviola e Jara, havendo ainda Nelson Oliveira e Perez, ou mesmo Gaitan e Nolito que podem fazer de segundo avançado.

Caso se opte pela entrada de outro estrangeiro ou se mantenha Cardozo, a minha sugestão poderia ser Daniel Fernandes - dado ser português e estar de saída do Bochum.

Para a defesa, dado a minha sugestão de ver sair Jardel, faria um quarteto com Luisão, Garay, Miguel Victor e... Roderick. Teremos dois centrais de grande qualidade, pelo que ter dois excelentes jogadores da formação como segundas opções é aceitável, até porque são bons jogadores - como aliás Miguel Victor já começa a demonstrar no estágio. Se optarem pela saída de um destes jovens, talvez José Castro ou Fernando Meira.

Tudo isto muda, no que toca aos estrangeiros, se sair algum dos jogadores acima dados como "certos". É aqui que volta à equação jogadores como Saviola ou Aimar que começa a ver-se no estágio terem substitutos que lhes darão muita luta (Bruno César, Mora e Rodrigo a juntar a Jara).

No que toca a portugueses seriam então: Moreira, Daniel Fernandes, Miguel Victor, Roderick, Nuno Coelho, Ruben Amorim, David Simão, Carlos Martins e Nelson Oliveira. Nove, cinco dos quais formados na Luz - as regras "mandam" um mínimo de oito, quatro deles formados na Luz. Deste lote seriam dispensados Fábio Faria e César Peixoto, entre os que actualmente estão em Nyon.

É só a minha sugestão. Qual seria a vossa para resolver esta questão?

terça-feira, 5 de julho de 2011

Transferência de Fábio Coentrão – Desmontar os números

 ●  55 comentários  ● 


Hoje durante o dia já li e ouvi disparates tremendos sobre a transferência do Fábio Coentrão para o Benfica. Os números que vou “desmontar” neste tópico servem essencialmente para os benfiquistas entenderem de vez QUANTO RECEBE REALMENTE O BENFICA. A explicação em baixo é baseada nos vários comunicados que a Sport Lisboa e Benfica SAD, assim como o Benfica Stars Fund em rigor com as exigências da CMVM obrigam, no que concerne á aquisição ou alienação (venda) de direitos ou títulos.

Valor base da oferta do Real Madrid: 30 Milhões de Euros!

Aos 30 Milhões o Benfica terá que deduzir:
3 Milhões para o Jorge Mendes – O empresário era detentor de 10% dos Direitos Económicos
6 Milhões para o Benfica Stars Fund – O Fundo adquiriu em 2010 20% dos Direitos Económicos
1,5 Milhões para o Rio Ave – Direitos de Formação do Fábio.

Feitas as deduções pela questão de formação e de alienação de percentagens dos direitos económicos, o valor da transferência ficaria em:
- 19,5 Milhões

Agora os extras, que tem a ver com a questão dos direitos alienados ao Benfica Stars Fund:
- O Benfica recebe 15% sobre as mais valias financeiras do Benfica Stars Fund, e desta forma o Benfica recebe um valor que corresponde a 900Mil Euros.
- Em Fevereiro de 2010, o Benfica já tinha alienado 20% dos direitos económicos do Fábio Coentrão ao Benfica Stars Fund por um valor de 3Milhões.

Portanto, com as devidas deduções e recebimentos pelo acordado com o Benfica Stars Fund, o valor global total da transferência para o Benfica é de 23,4 Milhões de Euros.

Agora as duas partes más ou menos boas da forma como o Coentrão foi transferido.
1- O Benfica vai receber faseadamente como aconteceu com o Simão Sabrosa, mas também como recebem maioritariamente os clubes que realizam grandes transferências, exceptuando claro os exemplos de Chelsea, Manchester City que tem investidores e consequentemente pagam “na hora”. Aliás, o comunicado que o Benfica enviou á CMVM confirma isso, pois afiança que “o Benfica chegou a um principio de acordo com o Real Madrid Club de Fútbol para a transferência, a título definitivo, da totalidade dos direitos desportivos e económicos do atleta Fábio Coentrão por um valor de 30.000.000 (trinta milhões) de euros.”

2- O Real Madrid apenas ofereceu os 30 Milhões porque paralelamente será feita a transferência do Ezequiel Garay para a Luz. A transferência está acertada e contratualizada nos mesmos moldes das transferências do Rodrigo e do Alípio, sendo que o Real Madrid ainda vai ficar com percentagem dos direitos económicos do argentino que está neste momento na Copa América.

3- A outra face dos 30 Milhões. A ESAF (Espírito Santo Activos Financeiros) que gere o Benfica Stars Fund, EXIGIU ao Benfica que o valor do passe do Garay ou eventualmente outro jogador não fosse englobado no negócio…e porquê? Muito simples, porque isso representaria um decréscimo do valor da transferência para os 20 Milhões de Euros e consequentemente representaria uma mais valia para o fundo de 4 Milhões ao invés dos 6 Milhões.

Espero que esta explicação tenha servido para que entendam realmente a forma como a negociação foi feita, que sirva para perceberem quais os valores de transferência REAIS, mas que também sirva para perceberem o porquê de o negócio Garay parecer estar a ser á margem deste do Fábio.

- O meu pedido de desculpas aos meus colegas de blogue por estar a “tapar” os vossos tópicos, mas parecia-me de demasiada importância esclarecer os contornos de um negócio, que não interessa como, mas que mais uma vez tive acesso ás questões fundamentais…

Não perca também o "Comboios que só passam uma vez na vida" do RedMoon.

Comboios que só passam uma vez na vida

Avatar
 ●  22 comentários  ● 
Agora que a novela Coentrão parece finalmente ter chegado ao fim, apraz-me reflectir no processo, e lembrar que há alguns meses atrás, o Fábio era a bandeira do Benfica, o jogador mais querido, o porta-estandarte da verdadeira mística, o exemplo a seguir, um caso de amor eterno ao clube.

As suas palavras de amor eterno foram recebidas em apoteose pelos adeptos, o que para os detractores de LFV era o combustível perfeito. Pois se Coentrão era o exemplo de Benfiquismo supremo, e se até dizia que não se importava de ficar para sempre, de que estava à espera LFV para renovar o seu contracto e não encetar sequer qualquer negociação com vista à sua transferência?

Algum tempo depois, a desilusão completa. Coentrão mostrou as verdadeiras cores, cores que no fundo não são só as suas mas as da grande maioria dos jogadores de futebol profissionais dos tempos modernos. Afinal, o representante máximo da mística encarnada era uma maçã podre, indigno de vestir o manto sagrado, um traidor e mal agradecido, e tudo fazia por nos ver pelas costas.

Eu já aqui muito escrevi sobre este tema onde os intervenientes eram outros (Di Maria por exemplo), e não me melindra rigorosamente nada a vontade de Coentrão e outros como Coentrão saírem. Jogadores do seu calibre têm o direito de ambicionar chegar ao topo do mundo, têm o direito de sonhar com fortunas e reconhecimento internacional (que só acontece jogando ao mais alto nível), e o direito de sonhar levantar Ligas dos Campeões.

O amor à camisola já não existe. Em lado nenhum, há muito tempo que digo isto. Ultimamente, no Benfica, esse tal amor à camisola tem sido atribuído a Nuno Gomes e Moreira, em função dos seus anos de casa. Pois eu continuo na minha, e se algum dia algum jogador encarnado tiver o Real Madrid e o Chelsea atrás dele, e esse jogador disser (e cumprir) que prefere o Benfica a esses clubes porque o Benfica é o clube do coração, aí sim eu tiro-lhe o meu chapéu e reconheço-lhe então o tal Benfiquismo ímpar que faz alguém colocar os interesses do clube acima dos seus.

Agora, jogadores que ficam no clube dez anos, mas que segundo conste nunca tiveram clubes verdadeiramente de topo atrás deles, e que usam depois a sua "mediania futebolística" para pavonear o seu Benfiquismo, quando na verdade teriam feito exactamente o mesmo que os tais "traidores" fizeram se tivessem tido essa possibilidade, não contem comigo para esse tipo de endeusamento.

Nem sequer está aqui em causa o Nuno Gomes e o Moreira. Quem sou eu para colocar em causa o seu Benfiquismo mas, serão eles mais benfiquistas que o Coentrão? No relvado, senhores, Coentrão foi tão benfiquista quanto um benfiquista pode ser. E isso para mim chega.

Não acreditei nas suas palavras, não rejubilei com as promessas de amor eterno de Coentrão de há 2 meses atrás que eram obviamente promessas para encher capas de jornais, tal como agora não o considero maçã podre e personna non grata na Luz, só porque decidiu dar asas aos seus sonhos. Coentrão chegou por 1 milhão de euros, em campo sempre deu tudo, suou a camisola como ninguém, honrou o emblema... Sai por 30 milhões, só lhe posso desejar que seja feliz. Não nos fica a dever nada.

A única coisa que critico (e aqui escrevi sobre isso), foram as suas palavras públicas que deixaram em todos um sentimento de desconsideração, desrespeito e traição. Poderia ter saído sem tanto alarido mas, na verdade, até isso compreendo. E perdoo. Não é caso virgem o esticar a corda, há muito dinheiro em jogo e muita gente a querer comer do mesmo bolo. É o lema do cada um por si do mundo em que vivemos.

Traição? Também não entro por ai. Ultimamente apelida-se de traição sempre que um jogador decide zelar pelos seus próprios interesses. A verdade é que se indicutivelmente acontece muitas vezes os jogadores tratarem mal os clubes em que jogam, não é menos verdade que muitas mais vezes acontece o contrário: serem os clubes a tratar mal jogadores e treinadores. Quantas carreiras foram destruídas por erros de direcções na escolha de jogadores e treinadores? Quantos foram arrumados na prateleira? Quantos foram tratados como mercadoria quando deixam de interessar?

Quantos treinadores têm o privilégio de escolher o momento da sua saída dos clubes, quando em 99% das vezes abandonam os clubes corridos pelas direcções e saindo sempre pela porta pequena? Vide João Vieira Pinto, um símbolo encarnado de uma década, que foi tendo propostas ao longo da carreira e podia muito bem ter mudado de ares e, ainda assim, sempre escolheu o Benfica. Até à chegada de um tal de Vale e Azevedo, que o humilhou e encostou às cordas, correndo com ele como se corre um cão com o cio!

Haverá forma de evitar episódios como os de Coentrão, que tanto desgosto causam nos adeptos? Na minha opinião há apenas uma, que não resolve mas ameniza: fazer-se parte de um clube ganhador, que em cada ano vença títulos e chegue pelo menos aos 1/8 da Liga dos Campeões. Não é, infelizmente, o caso do Benfica.

E faço minhas as palavras do Jedi Vermelho há dois dias neste blogue, quando disse que um clube que só ganha de 5 em 5 anos, é normal que os jogadores se apressem a sair nos poucos momentos em que se está em alta. É que na cabeça dos jogadores, os anos maus são bem mais do que os anos bons, e certos comboios só passam uma vez na vida. Às vezes basta uma lesão para mudar toda uma carreira.



Seguir para baixo, que hoje foi um dia fértil em opiniões.

Negócio Coentrão: agora falo eu

 ●  5 comentários  ● 
Bem sei que a blogosfera ficou inundada com este negócio. E como tal, chega a minha vez...


Assim que saiu cá para fora que Coentrão assinou pelos "merengues" por 30 milhões as "hurras" foram mais que muitas! E justificadas! LFV conseguiu que os espanhóis pagassem a cláusula. E se assim foi, também me junto ao coro. O presidente "did it"!


No entanto, ao longo da tarde os relatos a partir de Madrid foram mais difusos. Dos 30 milhões iniciais passámos a especulação da vinda de Garay (por 10 milhões) e/ou Drenthe por empréstimo. Mas para já é especulação. Só...


No entanto, a prudência, olhando ao passado negocial de LFV, manda-nos ter calma perante tão idílico cenário. 30 milhões é muito bom, creio! E o presidente ganharia oxigénio extra perante a contestação! E eu, como parte da "facção contestatária", tir-o-lhe o chapéu! Porém, as nuvens regressaram de Madrid. Rosa Veloso, jornalista da RTP, que acompanhou o processo de bem perto em Espanha, relata que Garay é forte possibilidade para rumar à Luz. E aí teremos de saber quanto pagaremos pelo passe do defesa argentino. Mais de 5 milhões é inadmissível!


É claro que tudo é especulação, aguardemos pois uns dias. Mas pergunto: porquê de alguma desconfiança perante tão bom cenário: vergar o Real aos 30M? Creio que é simples, LFV não sido o melhor exemplo de negociante! Só isso.


Outro ponto importante: temos um defesa esquerdo a menos. Só espero que neste tempo em que durou a novela que o SLB se tenha acautelado e tenha posto "a máquina" a mexer para atacar incisivamente e sem hesitações um defesa de qualidade reconhecida e não mais um miúdo desconhecido! Seja o Ansaldi ou outro. Só espero que a sua substituição tenha sido previamente acautelada! Creio que também aqui a desconfiança seja nota dominante. Vejamos os exemplos mais recentes de Di María. Mas sobretudo os casos de David Luiz e Ramires! A próxima 2ª feira é o limite para apresentar o tal defesa!


Por isso, aguardemos...

(Sigam para o post abaixo "Para que não hajam dúvidas" para outra opinião!)

Para que não hajam dúvidas

 ●  30 comentários  ● 
Fábio Contrão no Real Madrid por 30 milhões de euros.

Podem confirmar aqui: http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR34622.pdf

Presidente, assim é que se faz!! Temos de aprender com os erros e começar a saber vender!!

Agora vamos lá ver como correm as coisas na compra do central e do lateral.

Excelente negócio!!

Update do Vermelhusco (desculpa pj mas não quero andar a multiplicar posts sobre o mesmo tema):

"Fabio Coentrao ya es jugador del Real Madrid después del acuerdo al que ha llegado el club blanco con el Benfica por 30 millones de euros. En la misma operación, Garay se iría al conjunto lisboeta por 10 kilos y Drenthe podría llegar cedido." in Marca

 Se se confirma a vinda de Garay por 10 milhões mais o Drenthe emprestado então este negócio não é assim tão bom por isso vamos com calma antes de atirar foguetes.

(UPDATED) Ainda antes dos Parabéns...

 ●  40 comentários  ● 
Na sequência da noticia já dada a conhecer pelo Vermelhusco sobre a oficialização de Coentrão no Real por 30 milhões!! ...vamos esperar pelos próximos detalhes deste negócio.

Segundo o comunicado, o SLBenfica "chegou a um princípio de acordo com o Real Madrid Club de Fútbol". Ora quer isto dizer que o Real Madrid não accionou a clausula de rescisão, ou seja, não pagou os 30M€ em cash e a pronto!

Posto isto, antes de dar os Parabéns ao Sr. Presidente - e darei quando tiver todos os dados, se for caso disso - é importante ainda perceber:

1. Forma de pagamento dos 30M€? Para finanças do SLBenfica é muito diferente receber já os 30M€ ou ir recebendo como aconteceu com o Simão e outros.
2. Aquisição de jogador(es) do Real Madrid? É importante perceber se Garay (e Drenthe?) serão brevemente contratados pelo SLBenfica, numa operação que só alguém muito distraído poderia considerar ser feita de forma dissociada desta operação.

Caso não se venha a confirmar a entrada de jogadores do Real Madrid neste negócio, indiscutivelmente, apesar das "manobras" de Jorge Mendes, será claramente o melhor negócio já realizado por Luis Filipe Vieira.

Entretanto... uma ACTUALIZAÇÃO:
"El lateral izquierdo firma por seis años. El Real Madrid pagará 30 millones de euros por él, según ha comunicado el Benfica a la Comisión de Valores. En la operación entra Garay, pero su traspaso, valorado en 12 millones, se negocia aparte. El Madrid se reserva el 50% de los derechos del central"
in Jornal As

Ou seja, 30M - 6M (50% de Garay) = 24M€ + Metade do passe de Garay. Será?

Coentrão no Real por 30 milhões!!

 ●  12 comentários  ● 
Comunicado á CMVM:

«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, vem informar que chegou a um princípio de acordo com o Real Madrid Club de Fútbol para a transferência, a título definitivo, da totalidade dos direitos desportivos e económicos do atleta Fábio Coentrão por um valor de 30.000.000 (trinta milhões) de euros.

Mais se informa que o referido acordo de transferência será formalizado assim que o atleta concluir os exames médicos a que se irá submeter, com o consentimento da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, e vier a ser acordada a celebração de um contrato de trabalho entre aquele atleta e o Real Madrid Club de Fútbol»


Se se confirmar a venda pelo valor da cláusula de rescisão sem a inclusão de nenhum jogador do Real para baixar o valor trata-se de uma grande vitória e um golpe de asa de Luís Filipe Vieira no braço-de-ferro com Real Madrid, Jorge Mendes e Coentrão e aplaudo o Presidente por ter conseguido defender os interesses do clube. 

 Parabéns Presidente!


Vamos esperar pelos próximos desenvolvimentos do dia para ver se o Benfica "compra" um ou dois jogadores do Real Madrid e por que valores.
Estou a rezar para que Garay venha para o Glorioso por não mais que 5 milhões de euros - na minha opinião não vale mais e não existe nenhum clube disposto a dar 10 milhões por ele ou então já o teriam feito - pois o salário do jogador é altíssimo e o Benfica não tem capacidade para dar 10 milhões e manter o salário deste jogador.
Se o Benfica conseguir comprar Garay por 5 milhões tratar-se-á também de uma grande vitória de Vieira e apesar de ser um risco iniciar a 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões com uma defesa composta por Jardel, Miguel Vitor e Roderick a vinda de um jogador com a classe de Garay garante uma defesa de ferro durante a época.

 Gostava de salientar a grande injecção de moral que é ver o Benfica a finalmente conseguir vender uma das suas principais vedetas pelo valor da cláusula de rescisão! Se havia algo que muitos sócios e adeptos (incluindo eu) estavam a precisar de ver para partirem para esta época animados e com esperança era ver o Benfica a realizar um bom negócio e a não ceder perante os interesses de terceiros. 

Agora toca a adquirir um substituto de Coentrão (mais barato que o Ansaldi por favor).

Carrega Benfica!

20M€ + Garay e Drenthe

 ●  24 comentários  ● 
Segundo é notícia em Espanha, a transferência de Coentrão vai ser fechada por 20 milhões de euros e os passes em definitivo de Garay e Drenthe.

Não me agrada a entrada de Drenthe e considero Garay um defesa demasiado caro nos salários para fazer sentido. Para terem uma ideia ganha no Real mais do dobro do que ganha Luisão, o capitão do Benfica e a referência da defesa. Isto vai dar asneira.

Se o argentino é caríssimo, já o holandês é um jogador muito indisciplinado e que tem tido um rendimento muitíssimo baixo, mesmo em clubes como o... Hércules.

Quanto ao valor, 1/3 a menos do valor da clausula é um valor demasiado baixo considerando ser um dos melhores laterais esquerdos do Mundo (e polivalente), logo depois da «birra» feita pelo empresário e o jogador, parece-me precisamente o contrário do que o GB dizia no post anterior, E porque não ser exemplar com Coentrão?. Ou seja, estamos precisamente a abrir a porta a quem se saia do Benfica assim mesmo.

Por mim, se forem estes os dados, acho um mau negócio, uma negociação mal conduzida e o Benfica saiu a perder.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

E porque não ser exemplar com Coentrão?

 ●  22 comentários  ● 
O puto das Caxinas decidiu alinhar na conversa do Mendes e decidiu não ir para a Suiça porque acha que o SLBenfica deve negociar com o Madrid a sua saída do SLBenfica. Entende que é justo, vejam lá.

Por trás de tudo isto está o mesmo que esteve por trás das saídas de Manuel Fernandes, de Tiago... enfim. Todos sabemos a "técnica" utilizada para fazer sair jogadores que faziam falta ao SLBenfica e que sairam por valores bem abaixo do que deveriam.

Pelo caminho ao SLBenfica foram postas duas opções: Chelsea e uma proposta pela clausula que deixa o Real Madrid a grande distância (recordo que o Bayern já tinha apresentado 22,5M€); E uma "jogada de bastidores" do Real Madrid através do Jorge Mendes, procurando baixar o valor da transferência porque, coitadinhos, precisam ter para gastar 45M€ no Neymar, outro tanto no Aguero e outros que tais.

Com o jogador já mais que alinhado nesta conversa, com o Mendes com uma agenda própria e depois de já ter aberto várias vezes o precedente na Luz, lá foi Luis Filipe Vieira para Madrid negociar mais uma vez. E foi novamente pressionado pela necessidade de fazer dinheiro e de não deixar a situação atingir a escandaleira.

No que me diz respeito, está na hora de Luis Filipe Vieira dar o exemplo ao Fábio Coentrão e a todos os outros - chamo a atenção que há pelo menos mais dois (titulares) com vontade de "melhores contratos" fora de Portugal.

O Sr. Caxineiro e o seu empresário deviam ter sido sentados a uma mesa antes da época terminar para lhes ser apresentar as condições de saída do SLBenfica: 30M€ em dinheiro na conta do SLBenfica e o Sr. Coentrão podia ir para onde quisesse. Compensativamente, ao jogador e seu empresário deveria ter sido apresentada uma proposta de contrato (para mais tarde anunciar quando e se lhe apetecesse fazer uma birra destas) com uma muito substantiva melhoria contratual, renovação por cinco anos e aumento da clausula para 40M€.

Isto teria sido o cenário ideal. Mas como não foi e como temos (ainda) SLBenfica e temos um futuro para preservar, há que ser exemplar desde já.

Para começar, é apresentar ao jogador e ao seu empresário um processo disciplinar e exigir a integração do estágio em Nyon, onde (em nome do SLBenfica) lhe espera uma proposta de renovação e melhoria de contrato, que obviamente se ele reservará ao direito de recusar.

Para Madrid, e ao seu empresário, a informação da suspensão imediata de todas as negociações, enquanto o jogador, como profissional que é, não integrar o estágio da equipa do SLBenfica. Ao mesmo tempo informar de forma clara as condições sobre as quais aceita negociar o jogador, informando que não serão alvo de negociação quaisquer outras alternativas, estipulando um prazo para uma proposta do R.Madrid.

O SLBenfica é muito, mas muito maior que o Mendes e que o caxineiro. Nem um, nem outro se mostraram tão "artistas" quando o SLBenfica pagou ordenados ao Fábio para este andar a portar-se como um puto mimado e pouco profissional.

Se for preciso pagar um ano de vencimentos ao caxineiro para o manter apenas a treinar, é importante que de uma vez por todas se dê o exemplo. Vejam o "caso Izmailov". É preciso, de uma vez, por todas, que os jogadores e ESPECIALMENTE O MENDES entendam que é o SLBenfica que decide que negócios faz ou não e aos jogadores (e empresários) cabe aceitar e respeitar o que exigiram nos contratos.

O Presidente não pode pactuar mais com isto, sob risco de todos os anos haver uma "novela" destas... ou até mais que uma. Temos que parar de ir negociar jogadores do SLBenfica a "casa" de quem os quer comprar, de aceder às pretenções de empresários, etc. etc. etc.

Onde já se viu o SLBenfica querer o Dedé, por exemplo, e emprestar dois jogadores (sem custos de empréstimo) ao Vasco da Gama, quando este clube se mostra irredutível na venda do Dedé?

Onde já se viu o SLBenfica aceitar sequer negociar com o R.Madrid quando estes estão a pactuar com a "birra infantil" do caxineiro sob orientação do empresário?

Se os espanhóis querem um activo do SLBenfica têm que vir a Lisboa negociá-lo e aceitar as condições do SLBenfica. É tão simples quanto isto, caso contrário, o jogador mantêm-se no SLBenfica, onde tem contrato e onde o clube paga religiosamente todos os seus compromissos.

PS- Boa notícia do dia, os jogos de preparação da pré-temporada vão ser todos transmitidos por quem? BenficaTV? Errado! Isso seria o normal... é mesmo pelo Oliveirinha:

"Depois de ter garantido a transmissão dos encontros do Benfica na Suíça, durante o estágio de pré-época, a Sport Tv assegurou também os direitos para emitir os primeiros dois jogos dos encarnados em solo nacional, ambos no Torneio do Guadiana.

Desta forma, o canal desportivo transmite os encontros com Nice, Servette e Dijon, todos em solo helvético, e também as partidas com Paris Saint Germain e Anderlecht, a contar para o Torneio do Guadiana, que este ano se disputa no Estádio do Algarve, em Faro.

Confira as datas dos jogos:

9 julho - Benfica-Nice, às 19h30, em Friburgo
10 julho - FC Servette-Benfica, às 20h00, em Genebra
12 julho - Benfica-Dijon, às 20h00, em Nyon
15 julho - Benfica-PSG, às 20h45, em Faro
16 julho – PSG-Anderlecht, às 20h45, em Faro
17 julho – Benfica-Anderlecht, às 20h45, em Faro."

LFV rastejou mais uma vez

 ●  19 comentários  ● 
A Bola à uns minutos (às 20.20) lançou a notícia que o LFV está mais uma vez (foda-se não aprende!) em Madrid para negociar o Coentrão.

Antes de eles apagar a notícia que também está no serbenfiquista, dizia o seguinte:

«Vieira em Madrid para negociar CoentrãoO presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, está em Madrid para negociar com o Real Madrid a transferência de Fábio Coentrão. A transferência não está acertada e as negociações podem prolongar-se por mais algum tempo.»

Já não há paciência para a incapacidade deste tipo em se impor. Se a isto se juntarem rumores que o Coentrão foi para Madrid para pressionar a que se feche o negócio, então esperam-nos grandes notícias daqui a umas horas.

Isto não há dúvidas: ou 30 milhões ou o jogador até pode ir para o meio do campo do Bernabeu que eu estou-me a cagar. Mas afinal quem é que manda? O Benfica que o tirou da merda em que ele andava perdido ou é o Jorge Mendes? Se calhar são as comissões que mandam...

Razão tem o Jedivermelho, é Mais do mesmo...

Mais do mesmo...

 ●  12 comentários  ● 
Desculpem-me se consigo pensar pela minha cabeça e ver que nem tudo está bem no futebol do meu clube!

Esta novela Coentrão é mais uma trapalhada negocial de LFV! Em primeiro lugar, o que faz o NOSSO defesa esquerdo em Madrid? O Real quer o jogador e este segue para Madrid? Porque não se deslocam os madrilenos a Lisboa? O presidente inutilmente tem insistido em 30 milhões. Mas já sabemos o que vai acontecer. Menos dinheiro e um flibusteiro de jogador! Garay é um nomes que se fala. Não vai estar a tempo da "pré" da Champions e recebe "um balúrdio"! Já pensaram quanto irá pesar isso no orçamento? E um negócio a ser feito por 25 milhões (LOL), quanto gastaríamos em ordenados? E o balneário? Como iria reagir?

Drenthe? Tem potencial, sim! Mas se no Hércules não desequilibrou, vai ser jogador em Lisboa? E de novo, o ordenado? Pois...

De novo, vamos para o estágio reféns da gestão amadora do Sport Lisboa e Benfica! Sem centrais titulares, sem um defesa esquerdo decente e com excesso de jogadores! E para não falar no ridículo que JJ caiu, ao desprezar Miguel Vítor na entrevista dada a A Bola, para agora chamá-lo! Tudo porque a "estrutura" não adquiriu um central de qualidade!

Já agora: expliquem-me Leo Kanu. O jogador tem 23 anos! Um jovem para potenciar? Um brasileiro de 23 anos, que jogava na IV divisão? Ainda percebo Melgarejo (não totalmente) porque tem 20 anos, agora Leo Kanu, 23 anos e da IV do Brasil!? E com Miguel Vítor, Fábio Faria e Roderick nos nossos quadros! Não há como perceber!

Antes de atirarem atoardas, leiam o que escrevi e contrargumentem! Ou então nem comentem! O seguidismo tem limites! Pois se vocês dizem que exageramos na crítica, muitos exageram no carneirismo!

Negócio Coentrão: Os valores

 ●  13 comentários  ● 
Só eu é que acho que 25M€ a pronto + Garay é melhor negócio do que 30M€ a pronto?

Drenthe, sinceramente, dispenso que seja incluido. Qualquer das formas, se vier para trabalhar e ser trabalhado, admito que o empréstimo possa ser uma boa solução, até porque nos resolve o problema lateral.

De uma assentada, recebemos 25M, resolvemos um complicado problema CENTRAL e ainda um LATERAL.

Receber à cabeça os 30M e ainda ter que investir 6 ou 8M num central e outro tanto num lateral... ficaríamos com muito menos dinheiro.

Com a inclusão de Garay, desde que entrem mais de 20/22M€ A PRONTO, será sempre um excelente negócio.

Se o SLBenfica tivesse as contas menos desequilibradas do que estão (e estão muito), se o SLBenfica tivesse alternativas à relação com Jorge Mendes através de uma influência directa (sem intermediários) no mercado e nos principais clubes compradores - o que não temos... poderíamos fazer frente ao Jorge Mendes e insistir na posição dos 30M€ a pronto ou nada feito.

Mas...

Fábio Coentrão ficou em Lisboa

 ●  13 comentários  ● 
Pois é, meus amigos. O Fábio Coentrão já não seguiu para estágio em Nyon, num indício de que ou assumiu a ruptura com o SLBenfica, ou então as negociações relativas à venda do jogador para onde o Jorge Mendes quer estão perto da conclusão.

O desafio que deixo é:

» Quais os contornos que acham que terá o negócio? Que valores e/ou jogadores envolvidos?

O sector defensivo

 ●  12 comentários  ● 
Antes de mais quero manifestar a minha total compreensão pela preocupação dos Benfiquistas em relação ao nosso sector defensivo.

No entanto penso que não é necessário entrar já em paranóia. Tenho confiança que virá um central para entrar de caras na equipa e se tal acontecer poderá fazer dupla com Jardel ou Miguel Vítor, prefiro o Miguel Vítor. Caso, entretanto, não venha o tal central penso que JJ poderá jogar com Javi Garcia e Jardel ou Javi Garcia e Miguel Vitor, não é o ideal mas não é nenhum drama.

Depois temos a questão do lateral direito onde temos Waas, Amorim e também o André Almeida. Não é o ideal mas penso que não será dramático.

Na esquerda ainda temos o Coentrão mas caso este saia ficamos com o Carole e ainda o Peixoto. Não é o ideal mas penso que darão conta do recado.

Há que ter mais confiança na equipa técnica do Benfica e em Rui Costa que já afirmou que o Benfica vai buscar um central. Um pouco mais de paciência, por favor!!

Quero também aproveitar para acabar de vez com um mito lançado por alguns Benfiquistas em que dizem que Miguel Vítor é baixo para central e que não tem qualidade.

Em relação á qualidade, penso que Miguel Vítor a tem!!! Dêem-lhe as mesmas oportunidades que deram ao Jardel e ao Sidnei e verão que não ficarão desiludidos. Deixem-se das tretas do saber sair a jogar e não sei mais o quê. Um defesa deve ser bom na marcação, no posicionamento e no desarme, no caso dos centrais acresce o factor das bolas de cabeça onde o posicionamento é um factor importante.

Outra questão é a questão da altura. Muitos Benfiquistas acham que Miguel Vítor é um jogador baixo para defesa central, então aqui fica uma comparação curiosa e que desmonta completamente este mito:

David Luiz: 1,85m
Miguel Vítor: 1,84m

Portanto, aquele centímetro a menos em relação ao David Luiz deve fazer toda a diferença concerteza...

Vamos ser um pouco mais pacientes e ver a coisa pelo lado positivo, até agora, repito, até agora, mantemos o onze inicial da última época, com excepção de Salvio, o que nos garante automatismo e uma melhor integração dos que chegam.

Vamos lá a ter calma pessoal!!!

domingo, 3 de julho de 2011

... Faz fraca a forte gente.

 ●  16 comentários  ● 
Toda a gente sabe a primeira parte deste ditado. E como assenta ao Sport Lisboa e Benfica! Por partes! Antes de mais, este não é um post de crítica gratuíta a LFV! É só de discordância e de... incompreensão!

Ora bem, a novela Fábio Coentrão mete-me nojo! E demonstra ao que chegámos! O jogador quer, a todo transe, sair! E só para o Real Madrid. A permeabilidade do nosso balneário e da estrutura profissional, a juntar à cabeça loura de Coentrão assim o tem ditado! A falta de protecção que os nossos jogadores têm, expostos a todos os ataques vígaros de um qualquer empresário têm levado a uma delapidação contínua do nosso património! E não é de agora. Podemos recuar até Edgar e Hugo Leal. Passando por Manuel Fernandes ou Miguel. Todos vendidos a "preço de fábrica" porque o SLB não tem tido a estrutura indicada para os segurar!

De há uns anos para cá, são constantes as novelas Cardozo e Luisão. Sempre com queixinhas de quererem sair e agora é Coentrão. Tudo o que é jogador que se destaque no SLB, ao primeiro assédio ficam doidos para sair! E o importante é perguntar porquê?

Das duas, uma: falta de competência na estrutura para proteger e potenciar jogadores ou falta de critério na contratação de jogadores, no que respeita à vertente pessoal e humana! Either way, o ónus está em quem dirige o clube! Quantas vezes os adeptos "berram" com a atitude do j0gador quando quer sair do Benfica, fazendo-lhe juras de ódio, mandando-o para a rua, etc... Quantas vezes? Mas antes disso, há que perceber a constância deste tipo de atitudes.

Porquê? Porque raio insistem em ver o SLB apenas como uma ponte? E à primeira proposta, querem sair disparados? Se Coentrão assinou, conscientemente, um contrato com cláusula de 30 milhões, porque se está "cagando" que o Real apenas chegue aos 15?

Eu tenho um palpite: facilitando a 1ª vez num negócio, a partir daí todos querem o mesmo tratamento. Basta recuar até ao negócio Simão, por exemplo. O nosso capitão e jogador mais decisivo, vendido por menos de 20 milhões + dois jogadores (quais?). Facilitou-se e pronto!

Mas receio bem que o problema seja mais profundo: a incapacidade de criar uma equipa constantemente vencedora. Se o SLB fosse constantemente vencedor, os jogadores não teriam tanta pressa. Sair este ano ou no ano que vem é igual. Os títulos aparecem quase de certo...

No actual Benfica os jogadores, quando ganham um título, querem sair quando a maré está favorável. Porque o próximo título pode demorar... Cinco anos, talvez.

Importante: Mesmo que isso aconteça noutros clubes, admito que sim, não aparece tanto. E também aí se nota a tal questão da "protecção"! E dos bufos!

Convém, digo eu, duas coisas: o esforço em proteger os jogadores de ataques "especulativos". E criar uma equipa vencedora. Já agora: mais atenção ao carácter de cada um. Exemplo: Maxi. Se este quisesse já tinha atirado mais umas atoardas por causa da renovação

Off topic: miúdos
Rodrigo. Eu não percebi a vinda deste jovem para o SLB. Ninguém percebeu. Mas se tem dado boas indicações, mantenham-no!

Miguel Rosa. Lombalgia? Já não vai a Nyon e muito provavelmente já não fica! O jogador mais experiente dos jovens da formação ficar de fora é um erro grosseiro! Tudo para dar espaço a incógnitas estrangeiras. Só mais do mesmo! Resta saber se depois daquela apresentação com tanta pompa, vamos cair no ridículo de os riscar a todos! Ou então de os manter para fazer número para a UEFA!

Miguel Vítor. Chamado à pressa para encher! A incapacidade de contratar um central dá nisto! E a qualidade que mostrou há dois/três anos atrás, hoje, se ele tivesse sido uma aposta mais contínua, até poderia ser titular! Ter um jogador para fazer número, prejudicando-o e atrasando-o para um empréstimo é mesmo "à Benfica"! E o Miguel é bem melhor que o Roderick e o Fábio Faria! Há coisas que não se percebem!

Off topic 2: a falta de uma mística dá nisto.

Sílvio. O ex-Braga está agora em Madrid e deu a ganhar à filial do Porto vários milhões. Sílvio foi dispensado do SLB. A falta de critério nas dispensas dos putos dá nisto! É certo que não modo de saber, mas a frieza com que as coisas são conduzidas dá aso a um desprezo pelo SLB que é constante! Basta ler a entrevista dele ao CM neste Sábado! Nuno Gomes é mais um exemplo. Mas há mais, contem-nos!

Que Organização, Manuel Sérgio?

 ●  15 comentários  ● 
«Comecei ontem a trabalhar no Benfica e tenho de elogiar a organização e a liderança dentro do futebol do Benfica» disse há dias Manuel Sérgio.

Mas que raio de organização é essa que manda vir o Miguel Victor (que tinha guia de marcha) e o Roderick (que estava na selecção) para se juntar ao Fábio Faria e ao Jardel para atacar a Champions?

É a mesma organização que contrata o Leo Kanu para central e nem sequer para estágio segue?

Por falar em estágio, com mais de uma semana de trabalho e arrancar para Nyon temos um problema gigantesco no centro da defesa - e já nem estou a olhar a (mais uma) novela do Luisão querer sair do SLBenfica. Não estou a olhar mas acredito nela plenamente, porque o próprio já manifestou esse interesse e ao cabo de 30 anos e sete temporadas é legítimo que queira sair para um último grande contrato financeiro.

Se Luisão forçar a saída como se está a chegar ao ponto que se permite ao Fábio fazer o mesmo, aí sim arrancamos uma temporada ao nível do Fernando Santos: Um descalabro total na defesa.

Uma coisa é certa: Da (ainda) não renovação do Maxi, passando por (mais um) caso Luisão, pela saída atribulada do Coentrão e acabando na falta de um grande segundo central... há ali um grande descalabro que tem que ser rapidamente corrigido.

Sobre o Coentrão é simples: Se há/houve proposta de 30M€ do Chelsea (ou mesmo a de 25M€ do Bayern há uns tempos), só é preciso dizer ao agente do jogador que se quer sair, sairá, mas no mínimo, pelo valor da melhor proposta formal já recebida pelo SLBenfica. Se não for para isso, que não estamos disponíveis sequer para negociar. SIMPLES!

Entretanto, mais à frente no meio campo, Miguel Rosa é o primeiro da formação a ser "encostado". Como disse ontem, lamento, mas compreendo.


Entretanto, a mesma organização que Manuel Sérgio disse existir, é a que continua sem conter as informações que vão saindo sobre a Operação Furacão e as escutas que aos poucos vão sendo comentadas. Primeiro foi a situação fiscal do Jorge Jesus, depois as revelações do Jorge Batista, agora é o Correio da Manhã a acrescentar mais dados, afirmando taxativamente a existência das mesmas e as evidências de alguém do staff directivo do SLBenfica com comunicação directa com o FCPorto. GRAVE! Muito Grave.

É fundamental que o SLBenfica mostre interesse em colaborar com este processo da PJ (quem não deve não teme...) e procurar saber quem é essa ou essas pessoas ou saber se estas notícias são realmente verdadeiras.

A organização, elogiada por Manuel Sérgio, do SLBenfica não só não existe, como aquela que existe se mostra bastante incompetente. É esta, como já disse, a mais importante e urgente contratação que o SLBenfica tem que fazer.

Braço de ferro Benfica-Real

 ●  16 comentários  ● 
Toda a situação do sai-não-sai de Coentrão está a tornar-se num processo que está a afectar toda a pré-época do Benfica. Não só porque sem se definir a sua saída é impossível procurar uma alternativa para a sua posição como aparentemente o Benfica necessita das verbas (ou da vinda de um jogador do Real para compensar algumas das lacunas ainda existentes no plantel.


No entanto, e tendo em conta a existência de mais um clube interessado no jogador - ainda para mais interessado em bater a cláusula de rescisão do jogador - acho que a Direcção só tem uma coisa a fazer: declarar oficialmente o fim de qualquer negociação com o Real Madrid sobre a possível transferência do jogador para os madrilenos e apresentar uma queixa á FIFA.
Esta declaração deve ser feita de uma forma pública por Rui Costa ou Luís Filipe Vieira ao mesmo que tempo que deixam um recado ao jogador: que ou vai para o clube que apresenta a melhor oferta para o Benfica ou então não é transferido para lado nenhum. Na actualidade, o Chelsea é um dos maiores clubes do mundo, com uma estrutura profissional e ganhadora que joga na melhor Liga do mundo além de que é capaz de bater as ofertas salariais de qualquer clube do mundo excepto, provavelmente o Manchester City.

O Benfica não pode ficar refém destas jogadas típicas dos madrilenos de aliciar o jogador que lhes interessa e esperar que este provoque tanta destabilização a nível interno no clube, que vendê-lo com prejuízo acaba por ser um mal menor. Consequentemente, está na hora de capitalizar o interesse do Chelsea e apresentar uma queixa á FIFA sobre a postura dos espanhóis.

Se esta Direcção foi eleita para defender os interesses superiores do clube isso reflecte-se não só em defender o clube contra a corrupção e outras manobras que possam existir mas também em garantir que os negócios de transferências feitos são os mais vantajosos para o clube especialmente quando não existe prejuízo financeiro ou desportivo para o jogador.
Está na hora de alguém tomar uma atitude pública e junto do jogador demonstrar que não se pode pisar e passar por cima do clube e tentar prejudicá-lo.
Toca a chamar o senhor Jorge Mendes e o Coentrão para uma reunião (nada de ir a Madrid ou Londres) e comunicar que a não ser que o Real ofereça o mesmo que o Chelsea, o Coentrão não sai do clube. O Benfica não aceitará transferir um jogador que tente forçar a saída prejudicando o clube a nível financeiro. E se continua com a postura que tem tido a nível público então fica a aquecer o banco nos próximos tempos.

Quanto ao carácter do jogador: que Coentrão queira sair e realizar o contrato da sua vida até percebo, fico desiludido porque cheguei a pensar que era um jogador que sentia a camisola mais do que muitos mas percebo. Agora recusar a saída para o Chelsea que lhe pode oferecer o mesmo ou mais a nível salarial e profissional que o Real isso já não compreendo. E acho de extremo mau gosto que tente forçar a saída a qualquer custo para o Real mesmo que tal prejudique o Benfica tendo em conta que existem outros interessados dispostos a oferecer mais pelo jogador e sem que este veja a sua carreira prejudicada.
Diz muito do seu carácter quando não olha a meios para forçar a sua saída do clube que além de o ter lançado a nível profissional não deixou de acreditar nele quando foi corrido do Saragoça por se ter perdido na noite e andar com comportamentos que um jogador de futebol profissional nunca pode assumir.

P.S. - Não pôr termo a estas atitudes de Coentrão pode levar a que as situações de indisciplina se alastrem ao resto do plantel: e se Luisão decide ter o mesmo tipo de atitudes que o Coentrão??

Um problema central

 ●  11 comentários  ● 
Apesar de o Benfica já ter contratado um sem número de jogadores esta temporada e apresentar um claro excedente de jogadores para as posições de avançado e para o centro do terreno espero que na estrutura encarnada se esteja a trabalhar para garantir a contratação de mais um ou dois defesas centrais de qualidade indiscutível.

Neste momento o Benfica tem para o centro da defesa Luisão, Jardel, Fábio Faria, Roderick e Miguel Vítor com os três portugueses sendo cartas fora do baralho ou seja por falta de qualidade (Fábio Faria), gritante inexperiência (Roderick) ou embirranço do treinador (Miguel Vitor) enquanto que o brasileiro Jardel pode ser grande mas não é grande coisa.

Tendo em conta que a primeira eliminatória para Champions em que o Benfica vai participar é já daqui a 25 dias e Luisão vai estar indisponível para essa eliminatória (além de aparentemente estar a forçar a saída do clube) constata-se que existe uma lacuna importante na equipa perto de um jogo importantíssimo para o Benfica não só por causa do retorno financeiro que uma presença na CL garante mas também pela necessidade de definir os objectivos para esta temporada.

 Garantir uma dupla de centrais forte é absolutamente essencial para uma equipa que se quer competitiva e que se quer afirmar como candidata ao título. Basta verificar que foi para essa posição que o Sporting foi buscar 2 reforços de alta qualidade e com experiência para se juntar a Carriço.
No Benfica Luisão não chega, e se o Girafa se lesiona o Benfica fica com uma defesa de papel isto porque não existe mais ninguém para o centro do terreno que garanta estabilidade como ele.
Na minha opinião além de manter Miguel Vitor no  plantel - e a sua inclusão no estágio na Suiça é uma óptima notícia que só peca por tardia - torna-se essencial arranjar mais um jogador de qualidade indiscutível para essa posição. Alguém que possa assumir o manto de liderança da defesa na ausência de Luisão.

Uma das frases que acho que tem um maior fundo de verdade no futebol é que "o ataque ganha jogos mas a defesa campeonatos" e realmente o Benfica o ano passado perdeu o campeonato por culpa da frágil defesa que apresentou no começo da época com um guarda-redes inseguro e dois centrais inexperientes mais interessados em exibir-se com cavalgadas pelo meio-campo que em assegurar a estabilidade da equipa.

O jogador a contratar terá que ter um perfil diferente do sul-americano-de-19/20-anos além de que a inclusão de Miguel Vítor no plantel terá que ser para toda a época e não só para esta pré-eliminatória. Seria uma tremenda falta de respeito para o jogador descartá-lo depois da 3ª pré-eliminatória ainda para mais quando não o Benfica não tem neste momento centrais melhores que ele no plantel excluindo Luisão e quando já teve uma atitude reprovável ao não integrar o jogador no começo dos trabalhos de pré-temporada.

Como uma nota final é com preocupação que vejo a leviandade como todo este processo está a ser resolvido. Acho incompreensível que se ande atrás de mais um jogador de meio-campo quando existem lacunas no plantel tão gritantes e numa posição tão fulcral como a de defesa central a tão pouco tempo de se chegar a um momento crucial da época. Estão ser cometidos os mesmos erros que na época passada quando não se compensou adequadamente a saída de Di Maria e Ramires. Desta vez não se está a compensar a saída de David Luiz e Sidnei do Benfica.

ranking